Você está na página 1de 7

1

BH1103 - GOVERNO, BUROCRACIA E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA – 2019.2

Professor: Ivan Filipe de Almeida Lopes Fernandes ivan.fernandes@ufabc.edu.br

E-mail para contato/dúvidas/envio de trabalhos:


Monitor Matutino: Aldenísio Moraes -- aldenisio.mc@ufabc.edu.br
Monitor Noturno: Rodrigo Gallo rodrigo.gallo@hotmail.com
Site de apoio: https://sites.google.com/site/ivanfilipefernandes/disciplinas/bpp/gbab

Objetivos: O objetivo da disciplina é dar aos alunos noções sobre a constituição


histórica das burocracias e da administração pública nas democracias modernas
e os seus formatos, incluindo as questões relativas à reforma do Estado. A
disciplina também busca debater o papel da burocracia no sistema político e os
dilemas que essa forma de poder traz ao regime democrático, sempre trazendo
referências internacionais para a análise do caso brasileiro.

Ementa: A evolução histórica da burocracia nas democracias modernas; Tensões


e interações entre burocracia e política; Burocracia, Estado e sociedade em regimes
democráticos; Formas de organização da burocracia e da administração pública
moderna; Burocracia e administração pública no contexto brasileiro: perspectivas
históricas e formatação atual; Reforma do Estado.

Metodologia:
A disciplina consiste de aulas expositivas e dialogadas, contando com apoio de um
ou dois textos para cada encontro ou tema. Em geral, o primeiro encontro sobre o
tema será mais expositivo e no segundo momento seguirão discussões baseadas
nos textos obrigatórios que DEVEM ser lidos.

Avaliação:

i) Resumo (20% da nota)


Como parte do processo de avaliação exige-se que cada aluno elabore um resumo
de uma a duas páginas em cada TEMA abordado pelo Programa de Ensino (10 ao
total), concluindo o resumo com duas perguntas sobre os textos. Estas perguntas
podem abordar dúvidas, questionamentos que se colocam a partir da leitura,
possíveis relações com outras disciplinas ou temas tratados no curso ou mesmo
relações com eventos ou acontecimentos da política atual.

Cada documento deve ser enviado ANTES da 2ª aula sobre o TEMA abordado para
o e-mail do monitor da disciplina e também do professor e trazidos à aula para
fundamentar a discussão. A exigência vale também para alunos ausentes.

Os resumos serão considerados como parte da nota final. A entrega dos


documentos no prazo, sua qualidade, a participação em sala de aula, além da
própria assiduidade.
2

ii) Atividade em Grupo (20% da nota)


Será realizada uma atividade em grupo (duplas ou trios) no dia 19 de julho sobre
o conteúdo ministrado até então na disciplina. O trabalho deverá ser realizado em
sala de aula.

iii) Prova Final (30% da nota)


Será realizada uma Prova Final no dia 28 de agosto sobre TODO o conteúdo da
disciplina. A 2ª Chamada será no dia 30 de agosto e poderá ser realizada por
qualquer aluno ausente no dia da Prova Final, não é necessário apresentar
atestado.

iv) Artigo Final (30% da nota)


O artigo final deve ter como tema a análise de uma repartição pública específica,
seja ela em âmbito municipal, estadual ou federal, e seja no âmbito dos poderes
executivo, legislativo ou judiciário. O trabalho deve ser realizado em duplas ou
trios.

O artigo deve ter de 8 a 12 páginas (incluindo bibliografia e excluindo possíveis


anexos), composto por uma parte de fundamentação teórico-conceitual (4-6
páginas), baseada na literatura utilizada na disciplina e a descrição “analítica” das
características do respectivo órgão pública, de suas funções, competências, tarefas,
atividades e estrutura, enfatizando alguns dos tópicos tratados no decorrer da
disciplina e discutidos na parte teórico-conceitual. Esta pesquisa deve se basear
em levantamento da Internet, documentos próprios do respectivo órgão, além de
entrevista com “pelo menos” um representante “significativo” da respectiva
instituição, preferencialmente presencial, mas em casos de órgãos federais por
exemplo pode ser por e-mail.

O artigo deve ser composto pelos seguintes elementos:


 Introdução: apresentação geral do documento, estrutura, metodologia e
procedimentos adotados, problematização.
 Fundamentação teórico-conceitual a partir da literatura da disciplina.
 Caracterização da instituição/órgão público: Funções, competências,
estrutura básica, tarefas.
 Os principais problemas identificados a partir da perspectiva dos temas
tratados na disciplina Governo, Burocracia e Administração Pública
 Conclusão final

Na elaboração do artigo deve se levar em consideração a “Guia De Normalização De
Trabalhos Acadêmicos“, disponível no site da UFABC:
http://portal.biblioteca.ufabc.edu.br/images/stories/docs/Guia_normatizacao.p
df. e os princípios reconhecidos para a elaboração de trabalhos acadêmicos; não
serão admitidos trabalhos envolvendo plágio, recomenda-se portanto leitura prévia
de cartilha sobre plágio, disponível em: http://www.noticias.uff.br/arquivos/cartilha-
sobre-plagio-academico.pdf.

No processo da elaboração do artigo deveriam ser levadas em consideração às


seguintes datas.
3

28/06 Definição dos grupos de trabalho e dos órgãos/instituições a serem


analisados

12/07 Apresentação de proposta de projeto empírico, incluindo as seguintes


informações: membros do grupo, órgãos/instituições a serem
analisados, descrição inicial do objeto empírico

26/07 Apresentação de esboço da pesquisa: Escopo, Procedimento da


pesquisa, Documentos já levantados; Instrumentos de pesquisa
(roteiro de entrevista).

03/09 Entrega do Artigo

As informações devem ser enviadas SEMPRE por e-mail aos monitores e professor.

A avaliação do artigo ocorre durante toda período letivo, incluindo o cumprimento


de todas as etapas da elaboração, de forma que tanto o processo da elaboração
como o próprio resultado, o artigo, serão considerados na definição do conceito
final.

Nota Final
A nota final será calculada numa escala de 0 – 10 e depois transformada nos
conceitos A (8.5 a 10), B (7,0 a 8,5), C (6 a 6,9), D (5 a 5,9) e F (<4,9)

PROGRAMA

(07 e 12 – JUNHO): Tópico 1 - Gestão Pública: primeiros conceitos§


Peters,Guy P.; Pierre, Jon. Introdução. In B. G. Peters & J. Pierre(Eds.), Administração
pública:Coletânea (pp. 15-52). São Paulo,Brasília: UNESP, ENAP.
§ presença obrigatória na IV Semana de Políticas Públicas: Noturno (12/06): 19h00 – Sala A001
– Adrian Lavalle: Representatividade no Legislativo e Inovação Política

(14 e 19 – JUNHO): Tópico 2 - Estado e burocracia


COSTIN, C. AdministraçãoPública (capítulo 1). Elsevier Brasil, Rio de Janeiro, 2010
Bresser Pereira, L. C. (2008). Nação, sociedade civil, Estado, e estado-nação: uma perspectiva
histórica. 1-23.

Textos complementares:
Tirole, Jean. 2017. Economics for the Common Good. Translated by Steven Rendall. Translation
edition. Princeton, NJ: Princeton University Press. (Capítulo 6).
Bresser-Pereira, L. C. (2009). Construindo o Estado republicano. Democracia e reforma da
gestão pública. Rio de Janeiro: Editora FGV. Parte I: A ascensão do Estado moderno
4

21 junho – Feriado (Corpus Christi)

(26 e 28– JUNHO): Tópico 3 - Burocracia e política


LOUREIRO, M.R.; OLIVIERI, C.;MARTES, A.C.B. Burocratas, partidos e grupos de interesse: o
debate sobre política e burocracia no Brasil. In LOUREIRO, M.R.; ABRUCIO, F.;PACHECO, R.
(Eds.). Burocracia e Política no BrasilContemporâneo, Ed. FGV, Rio de Janeiro, 2010, pp. 73-108.
WILSON, Woodrow. (2005) [1887]. O estudo da administração. Revista do Serviço Público 56
(3): 349-366 Jul/Set

Texto para discussão: Discutindo a relação entre Congresso e Agências Reguladoras.


Link: https://drive.google.com/file/d/1NrOKs6mhcmjl_ct3NUzJ23lcTnh7fNet/view
Textos complementares:
Bertholini, Frederico, and Carlos Pereira. 2017. “Pagando o preço de governar: custos de
gerência de coalizão no presidencialismo brasileiro.” Revista de Administração Pública 51 (4):
528–50.
Cingolani, Luciana, Kaj Thomsson, and Denis de Crombrugghe. 2015. “Minding Weber More
Than Ever? The Impacts of State Capacity and Bureaucratic Autonomy on Development Goals.”
World Development 72 (August): 191–207.
Limongi, Fernando, and Argelina Cheibub Figueiredo. 2017. “A Crise Atual e o Debate
Institucional.” Novos Estudos CEBRAP 36 (3): 79–97.

(03 a 10 – JULHO): Tópico 4 Controle e accountability da burocracia


ARANTES, R.; LOUREIRO, M.R.;COUTO, C.; TEIXEIRA, M.A. Controles democráticos sobre a
administração pública no Brasil: Legislativo, Tribunais de Contas, Judiciário e Ministério
Público. In LOUREIRO, M.R.; ABRUCIO, F.; PACHECO, R. (Eds.). Burocracia e Política no Brasil
Contemporâneo, Ed. FGV, Rio de Janeiro, 2010, pp. 109-147

Texto para discussão: notícia sobre caso comentado em sala de aula sobre TCU e
Judicialização da Saúde. Ao final do texto, link para acórdão do TCU
Link: https://portal.tcu.gov.br/imprensa/noticias/aumentam-os-gastos-publicos-com-judicializacao-da-saude.htm
Textos complementares:
Silva, Jeferson Mariano, and Jeferson Mariano Silva. 2018. “Mapping Brazil’s Supreme Court:
Ministers’ Positions in the Constitutional Jurisdiction (2012-2017).” Novos Estudos CEBRAP 37
(1): 35–54.
De Leon, L. (2010). Sobre agir de forma responsável em um mundo desordenado: ética
individual e responsabilidade administrativa. In B. G. Peters & J. Pierre (Eds.), Administração
pública. Coletânea (pp. 573-594). São Paulo, Brasília: UNESP, ENAP.

(12 e 17 - JULHO): Tópico 5 Administração pública e políticas públicas


5

FARAH,M.F.S. Administração pública e políticas públicas.RAP – Revista de Administração


Pública,v.45, n.3, p.813-36, 2011.
Freire, Alessandro de Oliveira Gouveia, Rafael Rocha Viana, Pedro Lucas de Moura Palatti, Pedro
Cavalcante, and Gabriela Lotta. 2015. “Influência Sobre o Processo Decisório: O Que Explica o
Protagonismo Da Burocracia de Médio Escalão?” In Burocracia de Médio Escalão: Perfil,
Trajetória e Atuação, 91–113. Brasília.

Textos complementares:
Bryner, G. C. (2010). Organizações públicas e políticas públicas. In B. G. Peters& J. Pierre (Eds.),
Administração pública. Coletânea (pp. 315-333). São Paulo, Brasília: UNESP, ENAP
SUBIRATS, Joan. (1989). El papel de la burocracia em el proceso de determinación e
implementación de las políticas publicas. In: SARAVIA, Enrique; FERRAREZI, Elisabete. (2007).
Políticas Públicas – Coletânea Volume 2. Brasília: ENAP.Pp 113-126 (texto complementar)

ATIVIDADE AVALIADA EM GRUPO: 19 JULHO

(24 e 26 – JULHO): Tópico 6 A burocracia brasileira no século XX


ABRUCIO, F.; PEDROTI, P.; PÓ,M. A formação da burocracia brasileira: trajetória e significado
das reformas administrativas. In LOUREIRO, M.R.; ABRUCIO, F.; PACHECO, R. (Eds.). Burocracia
e Política no Brasil Contemporâneo, Ed. FGV, Rio de Janeiro,2010, pp. 27-72.
NUNES, Edson de Oliveira. A Gramática Política do Brasil: clientelismo e insulamento
burocrático. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor; Brasília: ENAP, 2010 (4. Ed..). [capítulos a
definir]
Texto complementar:
COSTA, Frederico Lustosa da. 2008. “Brasil: 200 anos de Estado, 200 anos anos de
administração pública, 200 anos de reformas.” Revista de Administração Pública 42 (5): 829–
74.

(31 - JULHO e 02 – AGOSTO): Tópico 7 Administração pública no Brasil e a Nova Gestão


Pública
COSTIN, C. Administração Pública (capítulo 2, 4). Elsevier Brasil, Rio de Janeiro, 2010.
Cavalcante, Pedro. 2017. “Gestão Pública Contemporânea: Do Movimento Gerencialista Ao Pós-
NPM". IPEA
Pacheco, Regina. 2010. “A Agenda Da Nova Gestão Pública.” In Burocracia e Política No Brasil:
Desafios Para o Estado Democrático No Século XXI, edited by Maria Loureiro, Fernando Luiz
Abrucio, and Regina Silvia Pacheco, 73–108. Rio de Janeiro: Editora FGV.

(07 e 09 – AGOSTO): Tópico 8 – Administração pública e reforma do Estado – Brasil e o


Contexto Internacional
BRESSER-PEREIRA, L. Construindo o Estado republicano: Democracia e reforma da gestão
pública (capítulo 13). Editora FGV: Rio de Janeiro, 2009.
6

ABRUCIO, F. Desafios contemporâneos para a reforma da administração pública brasileira. In


PETERS, B.G.; PIERRE, J. (Eds.). Administração Pública. Editora Unesp: São Paulo, 2010, p. 537-
548.

(14 e 16 – AGOSTO): Tópico 9 Agências reguladoras no contexto da Reforma


Administrativa no Brasil
Bresser-Pereira, L.C. Agências Executivas e Reguladoras (Cap. 17) (2009).
PÓ, M.; ABRUCIO, F. Desenho e funcionamento dos mecanismos de controle e accountability das
agências reguladoras brasileiras: semelhanças e diferenças. RAP – Revista de Administração
Pública, v.40, n.4, p.679-98, 2006.
Baird, Marcelo. As Agências Reguladoras no Governo Dilma: Trajetória Errática? (2014)
Azumendi, S. L. (2016). Governança das agências reguladoras federais do Brasil: análise das
tendências de configuração das diretorias durante os últimos vinte anos de reformas.
Nota Técnica - IPEA: Projeto de Lei nº 6.621/2016 - a proposta de Lei das Agências Reguladoras

(21 e 23 – AGOSTO): Tópico 10 Governança e reforma administrativa no Brasil


Filgueiras, Fernando. "Indo além do gerencial: a agenda da governança democrática ea
mudança silenciada no Brasil." Revista de Administração Pública 52.1 (2018): 71-88.
Klijn, Erik-Hans. "New public management and governance: A comparison." Oxford handbook
of governance (2012): 201-214.
Rose‐Ackerman, Susan. "What does “governance” mean?." Governance 30.1 (2017): 23-27.

PROVA FINAL: 28/08


2ª CHAMADA: 30/08
7

DATAS CONTEÚDO
Gestão Pública: primeiros conceitos
07 e 12** de Junho
** Semana de Políticas Públicas (noturno)
Estado e burocracia
14** e 19 de junho
** potencial greve
21 de junho Feriado (Corpus Christi)
Burocracia e política
26 e 28** de junho
** Definição dos grupos de trabalho e das agências a serem analisadas
03 a 10 de julho Controle e accountability da burocracia
Administração pública e políticas públicas
12** e 17 de julho
**Apresentação de proposta de projeto empírico
19 de julho Atividade Avaliada – Trabalho em Grupo
A burocracia brasileira no século XX
24 a 26** de julho
** Entrega do esboço da pesquisa
31 de julho e 02
Administração pública no Brasil e a Nova Gestão Pública
de agosto
Administração pública e reforma do Estado – Brasil e o Contexto
07 e 09 de agosto
Internacional
Agências reguladoras no contexto da Reforma Administrativa no
14 e 16 de agosto
Brasil
21 e 23 de agosto Governança e reforma administrativa no Brasil
28 de agosto Prova Final
30 de agosto Prova Substitutiva
03 de setembro Entrega do Artigo Final