Você está na página 1de 8

CIÊNCIAS DA NATUREZA

A ciência originou-se nas escolas filosóficas da Grécia Antiga. Naquela época, o


sobrenatural era sempre a explicação para os fenômenos naturais. Com a evolução acadêmica,
as ciências passaram por uma fragmentação e surgiram a Matemática, a Biologia, a Física, a
Química, a Geologia e outras. Desde então, até o século XVII, as Ciências fizeram parte das
chamadas Ciências Naturais e o objetivo principal era estudar a natureza como um todo.
De acordo com as DCNEM, a área do conhecimento de Ciências Naturais engloba os
componentes curriculares de Biologia, Física e Química. São Ciências que têm em comum a
investigação da natureza e dos desenvolvimentos tecnológicos, compartilham linguagens para
representação e sistematização do conhecimento de fenômenos ou processos naturais e
tecnológicos. As disciplinas dessa área compõem a cultura científica e tecnológica que, como
toda cultura humana, é resultado e instrumento da evolução social e econômica, na atualidade e
ao longo da história. As características comuns à Biologia, Física e Química recomendam uma
articulação didática e pedagógica interna a sua área na condução do aprendizado, em sala de
aula ou em outras atividades dos estudantes. Procedimentos metodológicos comuns e linguagens
compartilhadas permitem que os objetivos gerais traduzidos para a especificidade da área
possam ser desenvolvidos em cada um dos componentes curriculares científicos e,
organicamente, pelo seu conjunto. Esses componentes curriculares incorporam e compartilham
— de forma explícita e integrada — conteúdos de Ciências afins, como Astronomia e Geologia.
Da mesma forma, aspectos biológicos, físicos e químicos, presentes em questões tecnológicas,
econômicas, ambientais ou éticas das relações interpessoais, do sistema produtivo e dos
serviços, serão tratados como contexto em que se desenvolve o conhecimento científico, e não
em separado, como apêndices ou aplicações de uma ciência básica. Assim, a matriz curricular da
área de Ciências da Natureza está organizada didaticamente em quatro dimensões dos
multiletramentos: Multiletramentos, Ciência, Cultura e Ética; Multiletramentos, Tecnologia e
Criatividade; Multiletramentos, Natureza, Transformações e Sociedade; e Multiletramentos,
Lógica, Análise e Representação.

• Matriz Curricular

ENSINO MÉDIO CIÊNCIAS NATURAIS


Multiletramentos, Ciência, Cultura e Ética

Os conteúdos trabalhados nesta dimensão partem de uma perspectiva de que as


Ciências da Natureza não são neutras. Dessa forma, é necessária a construção de diálogos
éticos em prol da sustentabilidade no enfrentamento de questões que se apresentem na
realidade dos estudantes, como situações problematizadoras. Essa realidade é o desafio a ser
considerado pelo professor para fomentar uma diversidade metodológica que permita a
construção, em coautoria com os estudantes, de projetos de intervenção pedagógica, a fim de
transformar essas realidades, considerando aspectos culturais, conhecimentos não formais e
suas origens. Assim, os multiletramentos são significativos para revelar e interpretar tais
contextos e, consequentemente, promover a apropriação da cultura científica escolar, embasada
na ética e nos direitos do cidadão, contribuindo com uma formação participativa, reflexiva e
crítica dos estudantes.
1ª ano 2ª ano 3ª ano
• Conceito de vida. • Categorias taxionômicas e • Código Genético • Base da
• Biologia como ciência. nomenclatura biológica. vida: os ácidos nucleicos.
• Cidadania e o cidadão no • Filogenia. • Biossíntese de proteínas.
mundo e em sua comunidade. • Importância ecológica e •Mutações genéticas
• Ciência Química: Evolução econômica de vertebrados e • Morfofisiologia humana.
histórica invertebrados: •Multicelularidade (tipos
• Modelo científico •Poríferos, Cnidários celulares, interdependência
• Importância da Ciência – • Platelmintos e nematelmintos funcional e estrutural das
Tecnologia – Sociedade • Peixes e Anfíbios células).
• Avanços tecnológicos numa • Répteis •Homeostase.
perspectiva sustentável • Aves e mamíferos •Integração dos sistemas
• História e desenvolvimento • Animais peçonhentos fisiológicos.
de Novos Materiais (do Egito •Classificação dos elementos •Distúrbios anátomo
aos dias de hoje). químicos: fisiológicos
• Evolução histórica das • História e evolução da •Características de ímãs.
concepções de força, classificação • Tabela •Evolução histórica do
movimentos e suas causas. Periódica Moderna conhecimento sobre
•Relação com os subníveis magnetismo.
energéticos •Experiência de Oersted.
•Estudo das propriedades •Campos magnéticos gerados
perIódicas e aperiódicas. por correntes retilíneas,
•Ligações químicas: circulares e senoidais.
•Ligações Intermoleculares •Linhas de força.
•Ligações Intramoleculares •Força magnética em cargas
• Concepções científicas e do pontuais e em fios.
senso comum acerca do •História e modelos
conceito de calor. •Evolução explicativos da origem e
histórica dos conceitos de evolução do universo.
calor e temperatura •Implicações da teoria da
•Escalas termométricas: relatividade restrita nos
abordagem qualitativa conceitos de espaço, massa e
•Dilatação de sólidos e tempo.
líquidos •Implicações da teoria da
•Formas de propagação de Relatividade Especial para
calor. corpos submetidos à
•Equilíbrio térmico – Lei Zero velocidade da luz.
da Termodinâmica.
•Trocas de calor.

ENSINO MÉDIO CIÊNCIAS NATURAIS

Multiletramentos, Tecnologia, Informação e Criatividade


Os conteúdos trabalhados nesta dimensão devem desenvolver a consciência crítica
em relação ao que se ouve, lê, escreve e vê. Nesse sentido, é preciso compreender que o ser
humano precisa combinar múltiplas habilidades, conhecimento multicultural, comportamentos
adequados a diferentes contextos para exercer seus direitos e deveres de cidadão crítico e
consciente do presente e do futuro. Para isso, é importante que se entendam a tecnologia e a
informação como recursos presentes no cotidiano do indivíduo, em constante e rápida
transformação, tornando-se conhecimentos valiosos para as condições humanas de criatividade.
1ª ano 2ª ano 3ª ano
• Lixo e reaproveitamento da Doenças viróticas e saúde • Biotecnologia e bioética.
matéria. pública. •Engenharia genética:
• Ação antrópica sobre o • Sistemas de defesa – métodos, técnicas e
ambiente na perspectiva da Noções de imunologia. aplicações.
sustentabilidade. • Agricultura • Doenças bacterianas e • Bioética e teorias evolutivas.
sustentável. saúde pública. • Termoquímica:
• Bioenergética. • Antibióticos e mecanismos •Noções de reações
• Respiração celular. de resistência. exotérmicas e endotérmicas
• Fotossíntese. • Doenças fúngicas e saúde • Lei de Hess.
• Nutrição. pública. • Trabalho e energia potencial
•Organização e o • Fisiologia vegetal. elétrica.
funcionamento da célula. • Metabolismo e hormônios de • Capacitores.
• Célula procariota e eucariota. vegetais. • Propriedades elétricas dos
• Estruturas celulares. • Botânica paliçada. materiais condutores,
• Mecanismos de transporte • Fitoterápicos. semicondutores e isolantes.
celular. • Doenças e saúde pública dos • Potencial elétrico.
• Citoplasmas organelas. platelmintos e nematelmintos. • Evolução do conhecimento
• Núcleo (replicação do DNA, • Modelos atômicos: sobre Eletrologia de Tales de
cromossomos e cariótipo). •Evolução do Modelo Atômico Mileto a Charles Du Fay.
• Reprodução celular: mitose e de Dalton a Rutherford-Bohr • Diferença entre potencial
meiose. • Estrutura Atômica elétrico e corrente elétrica.
• Gametogênese. • Radioatividade • Potência elétrica.
• Embriologia. • Benefícios e riscos em uma • Leis de Ohm.
• Reprodução nos seres vivos. perspectiva cidadã. • Circuitos elétricos e
• Tipos de reprodução. • Fontes de luz e fenômenos associação de resistores em
• Cinética química: Modelo da ópticos. série paralela e mista.
Teoria das Colisões • Formação de cores. • Geradores e receptores
• Estudo de Gráficos • Princípios da óptica elétricos.
• Transformações Gasosas geométrica. • Utilização de medidores
• Equação Geral dos Gases de • Evolução histórica das ideias elétricos: amperímetro,
Clapeyron sobre fenômenos luminosos. voltímetro e ohmímetro.
• Teoria Cinética dos Gases. • Fontes de energia elétrica de
• Velocidade, aceleração, corrente contínua.
força, massa, peso.
• Impulso.
• Características de fluidos
ideais (incompressibilidade,
densidade e pressão).

ENSINO MÉDIO CIÊNCIAS NATURAIS


Multiletramentos, Lógica, Análise e Representação
Os conteúdos trabalhados nesta dimensão partem da convicção de que o raciocínio
lógico é capaz de romper com os processos de simples memorização de fórmulas e tabelas, pois
desenvolve a capacidade de construir conceitos a partir de observações e de experiências
vivenciadas dentro e fora da escola. Esse raciocínio contribui para a análise dos fatos, promove o
pensamento científico e desenvolve ações de manipulação de objetos de aprendizagem, de
operacionalização, de representação e de abstração. Nesse contexto, a representação assume,
nas Ciências da Natureza, o papel de construir modelos simbólicos dos diversos fenômenos,
contribuindo para a percepção da ciência no âmbito dos multiletramentos. Além disso, a lógica, a
análise e a representação devem atuar em conjunto, pois a natureza não age biológica, física e
quimicamente de maneira isolada, o que exige uma visão interdisciplinar das ciências.
1º ano 2º ano 3º ano
• Fluxo de matéria e energia • Características gerais e ciclo • Mendel e a hereditariedade
• Cadeias alimentares de reprodução dos Vírus • Conceitos básicos de
• Teias alimentares • Características gerais, genética
• Pirâmides ecológicas reprodução, nutrição e • Leis de Mendel
• Ciclos biogeoquímicos respiração das Bactérias • Probabilidade e combinação
• Níveis de organização dos • Características gerais e • Estudo de heredogramas
seres vivos classificação dos Protoctistas • Interação gênica
• Teoria celular • Principais protoctistas • Pleiotropia
• Composição química da parasitas humanos • Solubilidade dos Materiais:
célula • Flagelados – Doença de • Composição e Classificação
• Biomoléculas Chagas • Concentrações
• Metabolismo energético • Leishmaniose, giardíase e • Diluições
• Anabolismo e catabolismo tricomoníase • Impacto dos poluentes
Construção da Matéria: • Sarcodinos • Implicações sociais no
• Aplicações biotecnológicas • Esporozoários tratamento dos resíduos
• Características dos Materiais • Ciliados e algas químicos
• Classificação e Propriedades • Importância das Algas– • Equilíbrio Químico:
• Gerais da Matéria classificação e ciclos • Estado de Equilíbrio
• Métodos de Separação de reprodutivos • Características •Caráter dinâmico das
Misturas gerais dos Fungos interações químicas
Abordagem Quantitativa da • Classificação dos Fungos • Fatores que afetam o
Matéria: • Importância econômica Equilíbrio
• Leis Ponderais • Relações ecológicas – • pH e pOH
•Estudo do Modelo Científico líquens e micorrizas • Eletroquímica:
de Estrutura das Substâncias: • Aspectos Energéticos das
• Dalton e representações • Geometria Molecular • Reações Químicas
•Reações Químicas (abordagem qualitativa) • Oxidação-Redução
(abordagem qualitativa) • Polaridade • Pilhas e baterias
•Balanceamento por tentativas • Potência térmica e balanço • Processos de eletrização
• Grandezas Químicas (massa energético • Lei de Coulomb
molar, Mol, número de • Diagramas de fase • Campo elétrico vetorial e
Avogadro) • Gases ideais e linhas de força
• Notações científicas transformações gasosas • Fluxo elétrico e Lei de Gauss
• Cálculos Proporcionais da • Primeira e Segunda Leis da
Química Termodinâmica
• Estequiometria • Máquinas térmicas
• Sistema Internacional de • Aplicações tecnológicas –
Unidades motores e matrizes
• Conceitos de referencial, energéticas numa perspectiva
posição, deslocamento, sustentável
diferenciando grandezas • Enunciados de Kelvin e
escalares e vetoriais Clausius
• Momento linear, torque e • Período, comprimento,
momento angular frequência, amplitude e
• Colisões mecânicas velocidade de ondas
(elásticas e inelásticas) mecânicas
• Equilíbrio estático de • Fenômenos ondulatórios:
partículas e de corpos reflexão, refração, difração,
extensos ressonância e interferência
• Leis de Kepler • Qualidades do som:
• Princípios de Stevin e Pascal frequência, intensidade e
• Teorema do Empuxo timbre
• Princípio de Bernoulli • Audição humana e
problemas causados por
poluição sonora
• Intensidade sonora e
legislação a respeito
• Características dos
fenômenos sonoros
produzidos em instrumentos
musicais
• Qualidades fisiológicas do
som e o Efeito Doppler

ENSINO MÉDIO CIÊNCIAS NATURAIS


Multiletramentos, Natureza, Transformação e Sociedade
Os conteúdos relativos a esta dimensão pretendem que o estudante seja considerado o
centro dos processos de ensino e de aprendizagem e de seu papel transformador na dinâmica
da natureza e da sociedade. Nesse contexto, a natureza, o ser humano e a sociedade devem ser
considerados de forma sustentável, por serem interdependentes. Além disso, esses três
elementos vivem em constante transformação e, desse modo, é preciso que o trabalho
pedagógico docente propicie que o estudante construa uma visão crítica sobre os processos de
interação entre natureza, ser humano e sociedade. Nessa perspectiva, ações pedagógicas
multiletradas contribuem para desvelar a ideologia erigida nas diversas representações do que
se considera “sustentabilidade”.
1ª ano 2ª ano 3ª ano
Conceitos básicos de Ecologia • Criptógamas, Briófitas e • Teoria Evolucionista
• Ecossistemas terrestres e Pteridófitas • Mito racial
aquáticos • Características gerais • Evidências da evolução
• Biogeografia brasileira • Anatomia • Mecanismos da evolução
• Dinâmica das populações e •Reprodução • Genética das populações
das comunidades •Importância ecológica e • Conquista do ambiente
• Indivíduos e populações econômica (etnobotânica) terrestre por animais e plantas
•Fatores determinantes da •Espermatófita, gimnospermas • Evolução do ser humano
densidade populacional e angiospermas • Fatores evolutivos
• Flutuações e oscilações de • Características gerais • Mutação
uma população • Anatomia fisiológica • Seleção natural
• Relações ecológicas: •Reprodução • Deriva genética
importância para o ser •Importância ecológica e •Equilíbrio gênico das
humano e para a natureza • econômica (etnobotânica) populações
População humana •Animais Invertebrados •Evolução dos grandes grupos
• Sucessão ecológica e •Características gerais dos biológicos
comunidade clímax Poríferos, Cnidários, dos • Eras geológicas
• Ambiente e saúde Platelmintos e Nematelmintos, •Química dos Compostos
• Adaptações do ser humano dos Moluscos, Anelídeos, Orgânicos:
ao meio ambiente Artrópodes e Equinodermas •Importância Biológica e
• Saúde como direito • Reprodução dos Industrial
• Desequilíbrios da saúde Invertebrados • Características, Classificação
•Drogas (conhecimento e •Animais Vertebrados e Nomenclatura (principais
prevenção) • Características gerais dos funções orgânicas)
• Sexo, sexualidade e gêneros animais vertebrados, peixes e •Isomeria dos compostos
• DST e AIDS anfíbios, répteis, aves e orgânicos
• Transformações dos mamíferos •Principais reações orgânicas:
Materiais • Reprodução dos vertebrados, hidrogenação, oxidação
•Métodos de Separação de peixes e anfíbios, répteis, aves branda saponificação,
Misturas • Aplicações e mamíferos esterificação
biotecnológicas • Funções Inorgânicas: •Estrutura e funcionamento de
•Teorias sobre movimento dos • Óxidos motores elétricos e matrizes
corpos celestes • Bases energéticas numa perspectiva
(geocentrismo, heliocentrismo, • Ácidos sustentável
concepções étnicas e • Reações de Neutralização •Evolução histórica do
modernas) • Sais conhecimento da indução
• Lei da Gravitação Universal • Recursos Energéticos: eletromagnética
• Uso racional da energia • Lei de Lenz e Lei de Faraday
• Seleção de combustíveis de •Geradores de energia elétrica
fontes mineral, fóssil e •Natureza e tipos de radiações
renovável eletromagnéticas e seus
• Reações de combustão efeitos
• Poluição ambiental • Fenômenos eletromagnéticos
•Estudo do carbono e suas nos sistemas de
propriedades telecomunicação
•Estudo dos hidrocarbonetos •Física Nuclear e suas
(cadeias normais, ramificada e aplicações
aromática) •Radiação de corpo negro
•Nomenclatura dos •Estrutura da matéria – efeito
hidrocarbonetos como foto elétrico.
fenômeno eletromagnético
• Luz
•Fenômenos luminosos:
reflexão, refração, dispersão
• Leis da reflexão
• Espelhos planos e esféricos
• Leis da refração
•Fenômenos ópticos em lentes
esféricas, dióptros planos,
prismas ópticos e instrumentos
ópticos
• Visão humana e correção
visual

BIOLOGIA PARA O PAS-UNB 1ª ETAPA 2. CLASSIFICAÇÃO DAS DROGAS


 CITOLOGIA - BIOQUÍMICA PSICOTRÓPICAS
 CITOLOGIA - ORGANIZAÇÃO CELULAR 3. ALCOOLISMO
 CITOLOGIA – BIOGENÉTICA 4. TABAGISMO
 CITOLOGIA – NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR 5. COCAÍNA
 ECOLOGIA – CONCEITOS GERAIS 6. MACONHA
 ECOLOGIA – RELAÇÕES ECOLÓGICAS
 ECOLOGIA – CICLOS BIOGEOQUÍMICOS BIOLOGIA PARA O PAS-UNB 3ª ETAPA
 FISIOLOGIA ANIMAL – SISTEMA REPRODUTOR  BIOQUÍMICA
 PROGRAMA DE SAÚDE – VÍRUS  ORGANIZAÇÃO CELULAR
 PROGRAMA DE SAÚDE – DROGAS  CITOLOGIA
 NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR
BIOLOGIA PARA O PAS-UNB 2ª ETAPA  HISTOLOGIA ANIMAL
 ESTUDO DOS SERES VIVOS  GENÉTICAPRIMEIRA LEI DE MENDEL
 REINO PLANTAE  GENÉTICA: POLIALEIA E GRUPOS
 GIMNOSPERMAS E ANGIOSPERMAS SANQUÍNEOS
 BOTÂNICA: HISTOLOGIA E FISIOLOGIA  2ª LEI DE MENDEL
 REINO ANIMALIA  INTERAÇÃO GÊNICA
 ZOOLOGIA: ARTRÓPODES E  GENÉTICA
EQUINODERMOS  ORIGEM DA VIDA
 ZOOLOGIA: FILO CHORDATA  EVOLUÇÃO
 EMBRIOLOGIA  FISIOLOGISMO ANIMAL – SISTEMA
 HISTOLOGIA ANIMAL DIGESTÓRIO
 FISIOLOGIA ANIMAL: SISTEMA  FISIOLOGIA ANIMAL – SISTEMA
REPRODUTOR RESPIRATÓRIO
 FISIOLOGIA ANIMAL: SISTEMA NERVOSO  FISIOLOGIA ANIMAL – SISTEMA
 PROGRAMA DE SAÚDE 1 CIRCULATÓRIO
1. TIPOS DE DOENÇAS  FISIOLOGIA ANIMAL – SISTEMA
2. SISTEMA IMUNOLÓGICO EXCRETOR
3. IMUNIDADE  FISIOLOGIA ANIMAL – SISTEMA NERVOSO
4. MECANISMOS DE DEFESA NÃO  FISIOLOGIA ANIMAL – SISTEMA
ESPECÍFICA ENDÓCRINO
5. MECANISMOS DE DEFESA ESPECÍFICA  FISIOLOGIA ANIMAL – SISTEMA
 PROGRAMA DE SAÚDE 2 REPRODUTOR
1. VIROSES  PROGRAMA DE SAÚDE
2. BACTERIOSES 1. TIPOS DE DOENÇAS
 PROGRAMA DE SAÚDE 3 2. SISTEMA IMUNOLÓGICO
1. DROGAS
3. IMUNIDADE  INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA
4. MECANISMOS DE DEFESA NÃO-  TÓPICO DE FÍSICA MODERNA
ESPECÍFICA  GRAVITAÇÃO UNIVERSAL
5. MECANISMOS DE DEFESA ESPECÍFICA
6. VIROSES QUÍMICA PARA O PAS-UNB 1ª ETAPA
7. BACTERIOSES  TRANSFORMAÇÕES DA MATÉRIA
 ESTADOS FÍSICOS DA MATÉRIA
FÍSICA PARA O PAS-UNB 1ª ETAPA  LEIS PONDERAIS
 CINEMÁTICA ESCALAR  MASSA ATÔMICA, MOLECULAR E MOL
 ESCALARES E VETORES  CÁLCULOS QUÍMICOS
 MOVIMENTOS RETILÍNEOS  ESTEQUIOMETRIA
 CINEMÁTICA ESCALAR – DIAGRAMAS  ESTADO GASOSO
HORÁRIOS  CINÉTICA QUÍMICA
 MOVIMENTO CIRCULAR  CONSTITUIÇÃO DA MATÉRIA
 LEIS DE NEWTON
 PLANO INCLINADO E ATRITO
 CENTRÍPETA E FORÇA ELÁSTICA (LEI DE QUÍMICA PARA O PAS-UNB 2ª ETAPA
HOOKE)  ATOMÍSTICA I
 CENTRO DE MASSA E EQUILÍBRIO  RADIOATIVIDADE
 ENERGIA MECÂNICA E SUA CONSERVAÇÃO  CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS
 TRABALHO E POTÊNCIA MECÂNICA ELEMENTOS (TABELA PERIÓDICA)
 IMPULSO E A QUANTIDADE DE MOVIMENTO  PROPRIEDADES PERIÓDICAS DOS
 HIDROSTÁTICA ELEMENTOS
 GRAVITAÇÃO UNIVERSAL  LIGAÇÕES QUÍMICAS
 MOVIMENTOS SOB A AÇÃO DA GRAVIDADE  POLARIDADE DAS MOLÉCULAS E FORÇAS
INTER-MOLECULARES
FÍSICA PARA O PAS-UNB 2ª ETAPA  FUNÇÕES INORGÂNICAS (ÁCIDOS E BASES)
 ONDAS  FUNÇÕES INORGÂNICAS (SAIS E ÓXIDOS)
 ONDAS UNIDIMENSIONAIS E  REAÇÕES DE ÓXIDO-REDUÇÃO
BIDIMENSIONAIS  PRINCÍPIOS BÁSICOS DA QUÍMICA
 ACÚSTICA ORGÂNICA
 ÓPTICA GEOMÉTRICA  FUNÇÕES ORGÂNICAS
 REFLEXÃO(ESPELHOS PLANOS E
ESFÉRICOS) QUÍMICA PARA O PAS-UNB 3ª ETAPA
 REFLEXÃO LUMINOSA  SOLUÇÕES
 LENTES ESFÉRICAS  CONCENTRAÇÃO
 INSTRUMENTOS ÓPTICOS E ÓPTICA DA  DILUIÇÃO DE SOLUÇÕES
VISÃO
 PROPRIEDADES COLIGATIVAS
 TERMOMETRIA
 CINÉTICA QUÍMICA
 CALORIMETRIA
 EQUILÍBRIO QUÍMICO
 DILATAÇÃO
 EQUILÍBRIO IÔNICO
 MUDANÇAS DE FASE
 HIDRÓLISE SALINA
 TRANSMISSÃO DE CALOR
 PRODUTO DE SOLUBILIDADE
 TERMODINÂMICA
 TERMOQUÍMICA
 DINÂMICA DO MHS
 ELETROQUÍMICA
 LEIS DE FARADAY
FÍSICA PARA O PAS-UNB 3ª ETAPA  PRINCÍPIOS BÁSICOS DA QUÍMICA
 ELETRIZAÇÃO ORGÂNICA
 LEI DE COLOUMB E CAMPO ELÉTRICO  FUNÇÕES ORGÂNICAS
 POTENCIAL ELÉTRICO E ENERGIA  COMPOSTOS ORGÂNICOS OXIGENADOS
POTENCIAL ELÉTRICA  FUNÇÕES ORGÂNICAS NITROGENADAS E
 CONDUTOR EM EQUILÍBRIO HALETOS ORGÂNICOS
ELETROSTÁTICO  ISOMERIA PLANA
 CORRENTE ELÉTRICA, RESISTÊNCIA, DDP,  COMPOSTOS DE FUNÇÃO MISTA E
1ª E 2ª DELIS DE OHM PROPRIEDADES FÍSICAS DOS COMPOSTOS
 GERADORES E RECEPTORES ELÉTRICOS ORGÂNICOS
 APARELHOS DE MEDIÇÃO ELÉTRICA E  REAÇÕES ORGÂNICAS
LEIS DE KIRCHHOFF  REAÇÃO DE ESTERIFICAÇÃO
 CAPACITORES  POLÍMEROS
 CAMPO MAGNÉTICO  HIDROCARBONETOS
 FORÇA MAGNÉTICA