Você está na página 1de 21

A Alemanha decretou estado de sítio devido ao movimento grevista

Levante maximalista em Samara, em 1918


Correio do Povo
Porto Alegre Correio do Povo
4 de abril de 1919, sexta-feira: Porto Alegre
04 de abril de 1919
A situação na Allemanha
Paris,2 — Ao decretar o estado de sitio na bacia O que é e o que quer o maximalismo.
do Ruhr, o governo de Berlim lançou um appello As causas do seu triumpho na Russia e os seus
mostrando que as desorden s provocadas pela objectivos internacionais O que é o
“parede’ entregavam o paiz á anarchia politica e maximalismo? Ha ainda muita gente que não
á derrocada economica, que fariam cessar a sabe responder convenientemente a esta
importação dos viveres que devem ser pagos pergunta. O maximalismo, entretanto, não é
com productos manufacturados e a exportação uma doutrina nova: tem um seculo, pois elle é
de carvão. Accrescenta o appello que os mais que um desenvolvimento das theorias de
viveres, de conformidade com as exigencias dos Saint-Simon, de Owen e de Carlos Fourier,
alliados, não entraram no territorio da gréve. fixada pelo Congresso Socialista de 1848,
Berlim, 2 — Houve combates de granadas e interpretada por Carlos Marx e Engels e
metralhadoras em Solsburgo. experimentada, com exito passageiro, pelos
Paris, 2 — Le Matin assignala que a gréve geral parisienses em 1871. Enfim, o maximalismo é
na Allemanha attinge o seu auge e ameaça ser nada mais nada menos que o communismo ou
tão perigosa quanto a precedente. Telegrammas marxismo, ligeiramente alterado pelas
successivos de Zurique assignalam que houve resoluções dos Congressos de Zimmerwald e,
disturbios em Francfort, havendo 11 mortos, 25 agora, pela necessidade da sua applicação á
mortos e 400 prisões. Russia. Foi a sua nova denominação que
desorientou. Ha trinta annos, o Partido
Revolucionario Russo, scindiu-lhe entre os
extremistas, que queriam a applicação “maxima”
do programma, e os moderados, que se
contentavam com a applicação “minima”. Os
primeiros tomaram onome de “maximalistas”,
que em russo significa ”bolsheviki”; os
segundos, a de minimalistas, em russo
“mensheviki”.
Em summa, os homens que actualmente Tchitcherin, commissario de Negocios
governam a Russia são os comunistas ou Extrangeiros do governo de Moscou, chamou ao
marxistas extremados e o regimen ali em vigor é maximalismo a “ditadura do pobre” e, como o
o “comunismo collectivo”, tão bem apresentado proletariado constitue uma unica familia, foi
e defendido por Cornelissen no seu livro “A organisado, por acto em 30 de outubro, o
caminho da Sociedade Nova”, há uma dezena “exercito internacional proletario”, destinado a
de annos publicado. O communismo collectivo é libertar os trabalhadores de todo o mundo do
o contrario, convém accrescentar, do “ “jugo capitalista”. Ahi está, a traços largos, a
communismo-individualista”, cuja expressão historia do maximalismo e os seus fins.
máxima se pode considerar Pedro Kropotkine.
Ahi está, talvez tardia, embora, uma explicação Correio do Povo
para o assassinato ha poucos mezes, já em Porto Alegre
pleno regimen bolsheviki, em Petrogrado, do 5 de abril de 1919, sábado:
grande philosopho que escreveu a “Conquista
do pão”. O governo maximalista repousa sobre Gréve de alfaiates — Conforme noticiaram
os “soviets”, que são os conselhos communaes os nossos telegrammas, há dias se declararam
eleitos pelo proprio povo.A Russia actual, é em gréve os alfaiates de Alegrete, em numero
portanto, uma Republica Federativa de Soviets, de 26. Exigiam elles o augmento dos preços
com um poder legislativo, o Congresso dos pelos quaes os proprietários de alfaiatarias
Soviets, e um poder executivo, nomeado pelo pagavam pelo feitio de cada peça dos trajes.
Congresso. No artigo 3º da Constituição do Uma comissão de grevistas entendeu-se com os
Governo dos Soviets, está todo o programma, si proprietarios de alfaiatarias, ácerca da sua
assim se póde, do communismo: “Propondo-se pretensão. Os proprietários de alfaiatarias
essencialmente a supprimir toda a exploração concordaram com os preços propostos pelos
do homem pelo homem, abolir definitivamente a officiaes, á vista do que cessou a gréve.
divisão da sociedade em classes, esmagar sem
piedade todos os exploradores, realizar a
organisação socialista da sociedade e fazer
triumphar o socialismo em todos os paizes.
Como não é mysterio para ninguém, o
communismo é uma doutrina anti-nacionalista,
desconhece a patria e quer destruir as
principaes bases em que repousam os Estados
modernos. A sua constituição proclama esse
internacionalismo, como vimos, e, dahi, esses
esforços, que para muita gente são
inexplicaveis, para estender o regimen
maximalista a outros paizes.
Correio do Povo
Porto Alegre
06 de abril de 1919
O serviço de bondes — Já não tem mais conta o
numero de reclamações que a imprensa local
publica, a partir de muitos annos, contra o
péssimo serviço de bondes da Companhia
Força e Luz, unica empreza que explora a
Soldados alemães com lança-chamas que têm como alvo os viação da cidade. Em toda a parte, o serviço de
spartacistas
bondes é um dos grandes, dos maiores factores

A situação na Allemanha do progresso local. Póde-se dizer que os

Paris,4 — Informam de Essen que a situação, bondes estão para o desenvolvimento cidadino

na bacia do Ruhr, se agrava de maneira como a estrada de ferro está para a riqueza das

assustadora. regiões ruraes. Com os bondes, as cidades

Paris, 4 — A Gazeta de Voss diz que a situação crescem, os arrabaldes povoam-se, o

alimentar em Stuttgart foi agravada pela gréve commercio estende-se, as industrias

geral, restando apenas algumas provisões de desenvolvemse porque, descongestionando o

farinha para poucos dias. centro urbano, amplia-se a zona de trabalho e

Amsterdam, 4 — A Gazeta de Francfort de actividade. Foram os bondes que realisaram

annuncia que a Allemanha declinou do pedido o milagre das grandes cidades americanas,

que fizera, no sentido de ter a Baviera uma quasi improvisadas da noite para o dia.

representação especial na Conferencia da Paz. Infelizmente, para Porto Alegre, o que é motivo

Berlim, 4— O contagio das idéas spartacistas de progresso rapido das outras cidades, só lhe

estende-se ao regimento Augusta, que resiste serve de atrazo e de usurpadora da sua

para não ser incorporado ás forças que economia. O serviço dos bondes da Força e Luz

defendem o governo. As autoridades militares não resiste a mais rudimentar analyse. Elle está

cercaram o quartel, afim de desarmar o abaixo de qualquer rudimentar principio de

regimento e impedir a destruição da propriedade organisação e de interesse pelo bem publico.

militar. Os seus bondes, velhos, desconjuntados, sujos,

Berlim, 4 — A primeira remessa de viveres arrastamse por trilhos antiquissimos aos

chegou á região do Ruhr. Serão distribuidas sacolejões sobre rodas que já estão quase

grandes quantidades de gordura aos mineiros quadradas. Por falta de material e afim de

que trabalham. attenderem ao horario, embora espaçado, mas,

Confirma-se que a má situação pela falta de ainda assim, difícil de ser cumprido pelos

viveres é a causa principal da propagação da bondes, os electricos correm a toda velocidade,

gréve. mal sáem da rua dos Andradas e,


principalmente, nos arrabaldes, sacrificando os
animaes que atravessam as linhas, pondo em
perigo a vida dos transeuntes e não attendendo,
muitas vezes, o signal de parar das pessôas
que pretendem tomar o bonde e sempre
caminhando antes que os passageiros tenham
apeado, mesmo quando se trata de senhoras.
Nao precisamos enumerar a série de Ha mais de dez annos que Porto Alegre soffre a
inconvenientes e de perigos que a velocidade tortura das exigencias da Força e Luz e máu
dos bondes acarreta. Basta dizer que nas rectas grado as reclamações diarias dos sacrificados,
mais extensas, os passageiros seguram-se nos continuamos a pagar caro pelo serviço
encostos dos bancos fronteiros para não serem desconjuntado.
precipitados fóra dos vehiculos. São carreiras
demoniacas, ao ranger de ferros velhos e Correio do Povo
muitas vezes no meio da fumaça que o attricto Porto Alegre
de tanta cousa velha produz, fazendo queimar 09 de abril de 1919, quarta-feira:
os bronzes do jogo das rodas. Das onze ás
treze horas, os bondes trafegam apinhados,
com passageiros nos estribos e nas guardas
externas das plataformas, oferecendo um
espetaculo... pittoresco. São essas
commodidades que a Força e Luz offerece á
população de mais de 150 mil habitantes e que
paga nababescamente essse serviço digno de
não sabemos de onde. Vehiculo destinado á
pobreza, aos que não podem pagar viaturas Mobilização do conselho dos operários da Baviera

cáras, o bonde é, nesta capital, o meio de


transporte dos remediados e dos ricos. A A situação na Allemanha
pobreza que nos outros centros populosos mais Londres, 7 - Communicam de Berlim que o
directamente aproveita como bonde, aqui se vê governo bavaro deixou Munich para Nuremberg.
privada desse beneficio ou, então, é por elle O sr. Hoffmann, primeiro ministro, annunciou
sacrificada por pagar muitissimo mais cara a que o governo do Estado Livre da Baviera não
passagem. Todas as emprezas de bondes se retirou, mas transferiu sua séde para
dividem as suas linhas em secções, afim de não Nuremberg.
obrigar ao passageiro que se destina a um Copenhague, 7 - O conselho central de Munich
ponto proximo pagar o mesmo do que vae ao prohibiu a convocação da Dieta, que se devia
fim da viagem. Nas linhas centraes, que servem reunir em Munich. O “Abend Zeitung” publica a
só ao nucleo da cidade, as passagens são lista dos mandatários do povo da Baviera:
reduzidas ao minimo, pela semples razão dos ministros dos Extrangeiros, dr. Muehlon; Interior,
trajectos serem curtos. Para attender a classe Segitz; Justiça, dr. Boeheim; Finanças, Jaffe
pobre, ha bondes de 2ª classe, cuja passagem (independente); CommercioeMilitares.
custaametade, e ainda ha linhas, as dos Berlim, 8 - Telegrapham de Munich dizendo que
arrabaldes, habitados pelas classes menos um jornal d’ali publica aproclamação official do
abastadas, que, pela manhã e á tarde, durante conselho dos operarios da Baviera. Essa
as horas de entrada e saída das officinas, das proclamação declara que a população operaria
fabricas, das lojas, dos escriptorios, das da Baviera assume todos os poderes publicos
repartições publicas, as passagens custam a por intermédio dos conselhos de operarios,
metade do preço commum em qualquer bonde soldados, camponezes e commissarios do povo.
de 1ª ou 2ª classe.
Correio do Povo
Porto Alegre
17 de abril de 1919, quinta-feira:

Exposição Geral das Industrias — A commissão


organizadora da Exposição Geral de Industrias,
que se realisará no Theatro Helios, está
solicitando aos expositores que enviem seus
boletins de inscripção. Devem tambem os
expositores declarar a area de que necessitam A situação na Allemanha
para os seus mostruarios, em vista de se
approximar o dia da abertura do certamen, que Amsterdam, 15 — O “Nieuws Vandendag
será a 1º de maio. A commissão avisa também publica em telegramma de Gederland dizendo
aos industriaes que desejam expor productos de que os spartacistas da Westphalia avançam
sua fabricação, que, no Theatro Helios, se acha sobre a fronteira hollandeza, sendo as tropas
uma pessoa incumbida de dar os governamentaes impotentes para detel-os.
esclarecimentos. Na segunda-feira começarão a
ser publicados os nomes dos expositores que Copenhague, 15 — Terminou a gréve geral de
vão concorrer á exposição. A comissão Dantzig.
organizadora pede ainda aos expositores que
remettam os boletins do Theatro Helios, onde se Berlim, 15 — Proclamações do governo bavaro
effectuará a exposição, e não no Theatro Thalia. annunciam que a guarnição de Munich varreu
os usurpadores. A ordem foi restabelecida.

Munich, 15 — Telegramma de Frankfurter para


o jornal “Anzeiger”, diz que os communistas
retomaram a estação ferroviaria, as agencias
dos correios e telégrafos e outros edificios
publicos. O governo espera socorros de Berlim.

Londres, 16 — Os jornaes de Berlim dizem que


os extremistas organisam nova gréve politica
em toda a Allemanha.
Correio do Povo
Porto Alegre
23 de abril de 1919, quarta-feira:

Exposição Geral de Industrias — Hontem,


a commissão promotora da exposição geral de
industrias, que se realizará no Theatro Helios,
continuou a receber pedidos de commerciantes
para inscripção naquelle certamen. Os Os bolcheviques avançavam em seu domínio de territórios na Rússia

expositores que se increveram mais são os


seguintes: Augusto Correia e Robles, A conflagração
estabelecidos á rua dos Andradas n. 405, com A situação na Russia
officinas graphicas, mostruario occupando uma Omsk, 21 — O general Andogsky disse que as
area de dois metros quadrados; H. Saenger e duas margens de Kama, na extensão de
C., estabelecidos á rua Voluntarios da Patria n. tresentas milhas, foram tomadas pelos
531 com o Laboratorio Eka, mostruario com bolschevikistas, acrescentando que a captura de
uma area de tres metros quadrados; Oscar Menzelinsk é de importancia estrategica, porque
Teichmann e C., estabelecidos com fabrica de permitte empreender a offensiva para Rugulma.
chapéus á rua Castro Alves n. 12, mostruário As tropas siberianas occuparam Menzelink.
com 20 metros quadrados. Bopp Irmãos, As tropas do almirante Kotchak, a trinta e tres
estabelecidos com fabrica de cerveja, á rua milhas ao sul de Sterlitmak, infligiram grandes
Christovão Colombo. perdas aos bolschevikistas, e capturaram
prisioneiros, entre eles varios chefes
metralhadoras e dez canhões de grosso calibre,
em Starapul. Annuncia-se a desmoralisação
completa do exercito vermelho. Tres divisões se
recusaram a combater, sendo a retiradas da
frente. Os camponezes do governo de Viatk e
de outras regiões revoltaram-se contra os
soviets.
Correio do Povo
Porto Alegre
26 de abril de 1919, sábado:

O dia do trabalho
Rio, 24 - Todas as sociedades operarias estão
empenhadas para que, no dia 1º de maio
proximo, aja completa paralysação do trabalho,
A Hungria enfrentou crise política
afim de que todos os operarios possam
participar das commemorações projectadas. Em
A situação na Hungria
varias associações, realizar-se-ão sessões,
discursando diversos oradores. Haverá, na
Londres, 24— Sabe-se de fonte auctorisada que
praça Mauá, um meeting monstro da classe,
se esperaaquéda do governo soviets hungaro,
sendo representada a União Geral dos
em principio de maio, sendoogolpe de morte
Trabalhadores. A construcção civil adoptará, a
dado pelo proprio povo. Nos meios officiaes, diz-
partir do dia 2 demaio, um novo horario de oito
se que os bolshevikistas estão em pessima
horas fazendo um manifesto a esse respeito. A
situação financeira. Seus chefes já tentam
União dos Operarios Municipaes inaugurará a
negociarcomos banqueiros extrangeiros. Os
escola operaria Paulo Frontim, realisando uma
bolshevikis emitem notas dos bancos
passeata pela cidade. O Centro dos Operarios
extrangeiros, tão habilmente falsificadas que as
em Pedreiras organizou uma excursão a
proprias directorias dos bancos se enganam.
Petropolis.

Berlim, 25 — O “Tageblatt” publica telegramma


de Viena dizendo queaquéda do governo de
Budapeste está imminente.

Copenhague, 25 - Communicam de Budapest


que o governo do soviet nomeou o sr. Wilhelm
Boehm commissario do povo. O commandante
em chefe do exercito hungaro nomeou o sr.
Tibor Szamuell commandante das commissões
de rectaguarda e da frênte.
Correio do Povo
Porto Alegre
30 de abril de 1919, quarta-feira:

1º de maio — Conforme noticiámos, o partido


socialista operario commemorará a data de
amanhã, realisando, ás 8 horas, uma reunião
emfrente do Theatro Helios. Em seguida,
puxados por uma banda de musica, os Conferência Internacional Socialista
operarios percorrerão diversas ruas do
arrabalde S. João. A conflagração
Conferencia Internacional Socialista
Gréve dos operários do cáes do porto Amsterdam, 28 - Na primeira sessão da
— Hontem, pela manhã circulou a noticia de que Conferencia internacional socialista, realisada
havia estalado uma gréve dos trabalhadores do domingo, combinou-se que as
novo cáes do porto, que estava guardado por responsabilidadesda guerra deveriam ser
uma força da Brigada Militar. Realmente, discutidas novamente. O Congresso reunir-se-á
domingo ultimo, uma commissão de alguns mezes, em Lucerna, sendo sob essas
operariosempregados na construcção do cáes condições que os delegados belgas
do porto procurou o dr. Anthero Soares, assistemáConferencia.Osr. Ramsay Macdonald
engenheiro encarregado do referido serviço, e apresentou parecer sobreonovo projecto da Liga
lhe declarou que estava incumbida, por seus das Nações. Disse que o sr. Robert Cecil
companheiros, de solicitar augmento de salario. recebeu os delegados de Berna, affirmando-lhes
A commissão queria um augmento de 1$000 por que a Allemanha e a Russia seriam admittidas
dia para cada operario e deu prazo de vinte e na Liga das Nações, logo que as circumstancias
quatro horas para a solução do caso. O dr. permittissem.O delegado argentino Tomaso
Anthero Soares, depois de conferenciar com o apresentou uma declaração assignada pelo dr.
dr. Alvaro Pereira, membro da firma Alvaro Justo, chefe do partido social democrata
Pereira & C., constructora daquela obra, argentino, concernente á criação de um exercito
declarou á comissão, na segunda-feira, ao meio profissional na Allemanha. Dizse na Conferencia
dia, que só a attenderia si os trabalhadores da Paz que essa solução era o começo do
provassem que os outros operarios eram mais desarmamento europeu.
bem pagos do que os do cáes do porto, e que
os que não ficassem satisfeitos com esta
resolução se apresentassem para receber seus
salários. Compareceram, então, 70 operarios
que foram pagos immediatamente. Grande
numero, porém, faltou, não se mantendo
solidarios com seus companheiros, mas não
retomaram o serviço. Os grévistas se mantêm
em atitude pacifica.
Correio do Povo Gréve dos operarios do cáes do porto
Porto Alegre
1º de maio de 1919, quinta-feira: Os operarios da construcção do cáes do porto
desta cidade conservaram-se, hontem firmes na
attitude de não retomar o serviço sem o
1º de Maio - O dia de hoje, universalmente augmento de salários solicitado. Ao meio dia de
consagrado á comemoração do Trabalho, será hontem, o dr. Anthero Soares, engenheiro
celebrado nessa capital pelas agremiações encarregado da construcção, dirigiu-se, em
operarias aqui existentes. O partido socialista companhia do dr. Alvaro Pereira, membro da
operario realizará hoje, ás 8 horas, uma reunião, firma contratante da obra, á Pedreira da Serraria
emfrente ao Theatro Helios, á rua S. Pedro. Por que é explorada pela mesma firma, e de onde
essa ocasião farão uso da palavra varios são extraidas as pedras de cantaria e alvenaria,
operarios. Em seguida, os obreiros, puxados por afim de pagar os salarios do pessoal que ali
uma banda de musica, percorrerão as trabalha. Terminado que foi o pagamento, os
principaes ruas do arrabalde de S. João, operarios da pedreira pediram tambem o
dissolvendo-se no ponto de partida. A augmento de 1$000 por dia. Não sendo, porém,
Federação Operaria, comemorando tambem a attendidos aquelles operarios, que são em
data de hoje, effectuará duas reuniões numero de 40, se declararam solidarios com
operarias. Ás 8 horas, na séde daquella seus companheiros do cáes, retirando-se do
associação, á avenida Bomfim n. 48, reunir-se- serviço, em attitude calma. Conforme
ão os operarios, que dali seguirão, noticiámos, o governo do Estado estava
incorporados, para o arrabalde dos Navegantes. tomando providencias com relação á gréve,
Ahi falarão sobre a data diversos oradores. Às sendo de esperar que na proxima segunda feira
16 horas effectuarse-á a segunda reunião que continuassem os trabalhos do cáes do porto.
constará de um comicio, á praça Montevidéo.
Em commemoração á data de hoje, o dr. Borges 1º de Maio
de Medeiros, presidente do Estado, resolveu Paris, 29 - Uma personalidade qualificada
conceder dispensa do ponto aos operarios que pertencente ao governo, encara, sem temor, as
trabalham em obras estaduaes, sem que lhes manifestações de 1º de maio annunciadas,
sejam descontados os seus salarios. A sendo que o sr. Clemenceau realmente permittiu
Secretaria das Obras Publicas recebeu ordens as manifestações projetadas pelos operarios
de s. exc. para pôr em pratica aquella resolução. sem trabalho

Cobertor para os pobres - Diz o Correio da


Serra, de Santa Maria: “Um grupo de distinctos
officiaes do Exercito, pertencentes aos corpos
que estacionam nesta cidade, tomou a si a
nobre iniciativa de angariar recursos para
comprar, este anno, cobertores para os
pobresinhos. É digna de aplausos a iniciativa
dos jovens militares.”
Correio do Povo Correio do Povo
Porto Alegre Porto Alegre
3 de maio de 1919, sábado: 6 de maio de 1919, terça-feira:

A gréve dos operarios do cáes do porto Gréve dos canteiros — Conforme temos
— Conforme temos noticiado, os operarios do noticiado, os operarios que trabalham na
cáes do porto, desde segunda-feira ultima, ás construcção do cáes do porto se mantêm em
12 horas, se mantêm em gréve, tendo, por isso, gréve desde o dia 29 do mez passado, por não
o governo do Estado procurado harmonisar os terem sido attendidas as suas reclamações
interesses da empresa constructora com os dos sobre o augmento de salarios. A solução
operarios. Assim, como já noticiámos, depois de suggerida pelo presidente do Estado não foi
um exame comparativo dos salarios pagos nas aceita pelos trabalhadores, conforme tambem
obras do cáes e emoutras executadas nesta noticiámos. Os trabalhadores da pedreira
capital, pela Secretaria das Obras Publicas, o explorada pela firma contratante da construcção
dr. Borges de Medeiros, attendendo á natureza do cáes declararam-se tambem em gréve, pelo
especial do serviço da muralha do cáes, seus mesmo motivo. Agora, em vista da firma Alvaro
maiores riscos e difficuldades, foi de parecer de Pereira e Cia. não querer attender,
se suggerir ao empreiteiro conceder metade do integralmente, a reclamação dos operarios, o
augmento solicitado. Á tarde,a mesma Syndicato dos Canteiros e Classes Annexas
commissão scientificou ao dr. Roy que os reuniu-se, hontem, ás 13 horas, para tratar do
grevistas não concordaram com o alvitre assumpto, na séde da Federação Operaria, á
lembrado pelo governo, mantendo, avenida Bomfim n. 48. Dessa reunião resultou o
integralmente a sua reclamação. Syndicato decretar a gréve geral de todos os
trabalhadores canteiros e das classes annexas.
A situação da Russia Dentre os operarios que trabalham em pedreira
Londres, 30 — Informações de fonte official e que se declararam em gréve, estão os da
britannica annunciam indicios de revolta dos pedreira da Intendencia Municipal, situada no
camponezes contra os maximalistas em toda bairro Rio Branco. Allegam elles que foram
parte da Russia. levados á gréve, não só por solidariedade com
os seus companheiros do cáes, como por
quererem que lhes sejam pagos os dias que não
trabalharem, por motivo de gréve ou quando
deixarem o trabalho esperando solução de
alguma reclamação que fizerem. Diversos
grévistas percorreram em grupos, algumas ruas
dos 2º e 4º districtos, procurando fazer com que
os trabalhadores do calçamento abandonassem
o serviço. Hoje, o Syndicato dos Canteiros e
Classes Annexas realizará outra reunião, no
mesmo local.
Rio Grande, 5 — Continúa a gréve do pessoal
do novo porto. Os paquetes da Costeira
descarregaram em Pelotas as cargas enviadas
para aqui, e os do Lloyd descarregam com
auxilio do pessoal de bordo. Os serviços de
bondes e de luz correm regularmente. Chegará,
hoje, dahi pelo Itapema um contigente da
Brigada Militar.

Nas ruas da Alemanha, as manifestações e os conflitos eram constantes

A conflagração
A situação na Allemanha Correio do Povo
Berlim, 4 — O presidente da Assembléa Porto Alegre
Nacional avisou todos os membros para 07 de maio de 1919, quarta-feira:
estarem promptos a receber convocação
imminente, talvez para 7 do corrente, em vista Gréve dos canteiros - Conforme ante-hotem
da gravidade da situação. noticiámos, declararam-se em gréve, nesta
Munich, 4 — Reappareceram os jornaes que se capital, os canteiros e classes annexas. Para
publicavam nesta cidade. tratar deste assumpto, realizou-se, hontem, ás
Berlim, 5 — Communicam de Bamberg que se 20 horas, uma reunião do Syndicato dos
travam sérios combates em Munich, nas Canteiros e Classes Annexas, na séde da
proximidades da estação ferroviaria e na parte Federação Operaria, no Campo do Bonfim, n.
sul da cidade. Os combates travam-se de casa 48. Nessa reunião, depois de ouvidas as
para casa, chegando mulheres a entrarem na commissões com o pessoal de todas as
luta. pedreiras, foi resolvida a continução da gréve
Munich, 5 — Foi proclamado o estado de sitio pacifica, que, parece, prolongar-se-á por algum
para toda a Baviera, sendo presos tempo.
os leaders spartacistas Toller e Klingerhoeffer.

Telegrammas

Gréve dos trabalhadores do novo porto do Rio


Grande
Rio Grande, 5 — Os trabalhadores do novo
porto se declararam em gréve, hontem, pedindo
8 horas de trabalho. Todos os serviços do porto
estão paralysados. A gréve continúa, hoje,
reinando até agora perfeita ordem. Os serviços
de bonde e luz estão ameaçados de cessar em
vista do carvão e da lenha depositados no novo
porto não poderem ser transportados para a
Usina, por motivo da gréve.
Correio do Povo Correio do Povo
Porto Alegre Porto Alegre
8 de maio de 1919, quinta-feira: 10 de maio de 1919, sábado:

Gréve dos canteiros - Os operarios canteiros e A gréve – Segundo se lê em nossos


de classes annexas, de accôrdo com a telegrammas procedentes da cidade do Rio
deliberação do respectivo syndicato, continuam Grande, e publicados na secção competente, a
em gréve e mantendo-se em attitude pacifica. gréve que ali estalou augmentou de proporções.
Continuam tambem paralysadas as obras do Por um daquelles despachos se vê que houve
cáes do porto. ali um encontro sangrento entre operários
grévistas e a força publica. Esse mesmo
A gréve no Rio Grande telegramma allude a outro, que não recebemos,
Rio Grande, 7 - Continúa a gréve dos provavelmente em virtude da censura que, por
trabalhadores de estiva do novo porto. ordem superior, foi estabelecida para os
Adheriram os estivadores das ruas, recados telegraphicos da imprensa e
paralysando, assim, completamente o serviço particulares, conforme tambem se vê de outro
de carga e descarga. Estão no porto, recado que publicamos. Nesta capital os
impossibilitados de proseguir viagem os vapores trabalhadores canteiros e de classes annexas,
Rio Grande, Mercedes, Servulo Dourado e que se acham em gréve, continuam na mesma
Minas Geraes. Além do pessoal da Companhia attitude.
Swift, conforme communiquei, adheriu, hoje, á
gréve o pessoal da fabrica de tecelagem italo- O feminismo
brasileira. Não tem, porém, havido disturbios. Rio, 7 - O director da Estrada de Ferro Central
do Brasil, dr. Gonçalves Barbosa, resolveu
admittir que mulheres se inscrevam no concurso
para auxiliares de escripta, a effectuar-se na
Central, em junho, porem submettendo, antes
Correio do Povo do concurso, a questão ao ministro da Viação.
Porto Alegre
9 de maio de 1919, sexta-feira: O ex-czar e sua familia
Londres, 8 – O Dailly Chronicle diz saber, por
Gréves - Realizou-se, hontem, ás 20 horas, na duas fontes differentes, que o ex-czar e todos os
séde da “Federação Operaria”, á avenida membros de sua familia estariam ainda vivos.
Bomfim n. 48, mais uma reunião do “Syndicato O logar de seu asilo não foi divulgado, mas os
dos Canteiros e Classes Annexas” afim de tratar maximalistas ahi não reinam, embora a evasão
da continuação da gréve em que se acham os da familia seja impossivel.
operarios das referidas classes. Nessa reunião
foi deliberado que os trabalhadores se
mantenham na mesma attitude de gréve
pacifica, só retomando o serviço depois de
satisfeitas todas as suas reclamações.
Correio do Povo
Porto Alegre
11 de maio de 1919, domingo:

Tellegramas
A gréve
Pelotas, 10 — Continúa a gréve dos estivadores
deste porto. O vapor “Itaituba” voltou para o Rio, Comunista sendo fuzilado numa rua de Munique
sem poder descarregar. Permaneceram aqui Correio do Povo
alguns dos seus passageiros que se destinam a Porto Alegre
essa capital. Os grévistas mantêm-se em 14 de maio de 1919, quarta-feira:
attitude pacifica. O commando do 26º batalhão A situação na Allemanha
de infantaria recebeu ordem de prestar auxilio á Amsterdam, 13 - O Bayerisch Volks Zeitung
policia municipal, caso seja necessario. publica alguns detalhes da chacina que teve por
theatros as ruas de Munich por occasião da
Rio Grande, 10 — Continúa a gréve. De hontem ultima insurreição communista. Assim aquelle
para hoje nada de anormal foi registrado a não jornal descreve o fuzilamento de varias pessôas
ser algumas depredações, que os grévistas, da mais alta sociedade bavara, tomadas como
illudindo a vigilancia policial, commetteram na refens dos communistas: Emquanto as victimas
Hydraulica Municipal, inutilisando a valvula do formadas em 2 filas, aguardavam a hora da
encanamento directo da agua destinada ao morte, os soldados se entretinham tocando
frigorifico Swift. Este damno já foi reparado e flautas e harmoniums. Um filho do principe
outros estarão removidos amanhã. O pessoal Thurn, com 17 annos e chamado Taxis,
que trabalha nos serviços dos exgottos voltou proclamou, com lagrimas nos olhos a sua
hoje ao trabalho. innocencia e pediu que lhe poupassem a vida. O
commandante Steidel, que estava sentado
Rio Grande, 10 — Continúa a gréve do pessoal juntamente com uma mulher bebendo chopps
maritimo. Em consequencia da attitude seguidos, pretendeu attendel-o, porém sua
assumida pela mesma classe no Rio de Janeiro, companheira não o permittiu, dizendo: - Fóra
aggravou-se a situação. com este homem; não se deve acreditar nestes
animaes. A condessa de Westarpe, indignada
com a selvajeria, protestou com vehemencia,
exprobando o procedimento deshumano dos
communistas. Isto os enfureceu, sendo, então,
apressada a execução da condessa, que foi
obrigada a escrever uma carta de despedida
sobre as costas de um soldado. Dez minutos
depois, foram todos os presos fuzilados.
Innumeros cartazes pregados ás paredes
annunciavam que seriam tomados novos refens
entre os principaes habitantes da cidade, os
quaes seriam fuzilados logo que se
manifestasse qualquer hostilidade contra os
communistas.
As gréves Correio do Povo
Porto Alegre
Rio, 13 — As immediações do edificio do Lloyd 17 de maio de 1919, sábado:
Brasileiro estão guardadas por forças do
exercito e da marinha, afim de evitar qualquer A gréve — Assassinato de um padeiro —
tentativa de ataque, visto continuar sem solução Agréve dos padeiros, que ha dias irrompeu
a questão de embarque do pessoal de nesta capital, foi tristemente assignalada,
marinheiros e remadores, subsistindo a gréve. hontem, por um acto criminoso. É sabido que
Os alfaiates declararam-se em gréve. nem todos os padeiros adheriram ao
movimento. Um dos grévistas, encontrando,
Correio do Povo hontem, pela manhã, um de seus collegas que
Porto Alegre se recusaram a abandonar o trabalho, friamente
16 de maio de 1919, sexta-feira: o extendeu, sem vida, desfechando-lhe dois
A gréve tiros. O crime mereceu viva condemnação,
Ainda hontem, mantiveram-se em gréve os justificada ainda mais por ser a pobre victima
canteiros, classes annexas e os padeiros desta um chefe de familia que deixa filhos menores na
capital. Diversas padarias, porém, garantidas orphandade. É certo que não se póde, nem se
pela força publica, estão funccionando, sendo deve condemnar todos os grévistas por esse
que algumas forneceram o pão em suas acto de um desatinado. Mas este não póde
proprias carroças, sendo estas acompanhadas deixar de ser verberado. Acto de violencia,
cada uma, por duas praças do 1º regimento de criminoso injustificavel, elle em nada póde
cavallaria da Brigada Militar. Distribuem pão, em aproveitar aos interesses da classe do seu
carroça, as padarias Piccini, Cruzeiro, Garcia e autor. Antes, pelo contrario, concorrerá para
Tristeza. Na pedreira da Tristeza, de onde são compromettel-a, fazendo-a apparecer aos olhos
extrahidas pedras para o calçamento da cidade de toda a população sob um aspecto
e para as obras do cáes, está trabalhando uma ameaçador e condemnavel. Como é de dominio
turma de calceteiros da Intendencia Municipal, publico, o Syndicato Padeiral resolveu, quarta-
garantidos por uma força de 16 homens do 1º feira ultima, a gréve geral da classe. Até
regimento de cavallaria da Brigada Militar. hontem, pela manhã, nada havia ocorrido de
Conforme noticiámos, o Syndicato de anormal, a não ser a paralysação do trabalho na
Resistencia dos Alfaiates, esperava, até ás 18 maior parte das padarias. Algumas destas,
horas de hontem, solução ao memorial que guardadas pela policia, continuaram
dirigira aos proprietarios de alfaiaterias pedindo trabalhando, vendendo pão no balcão e em
augmento de salarios. Como, porém, não poucas carroças que eram garantidas por duas
recebesse resposta, o Syndicato reuniu-se, praças de cavallaria da Brigada Militar. Dentre
hontem, ás 20 horas, na séde da Federação as padarias que funccionam está a “Padaria
Operaria, á avenida Bomfim n. 48, e resolveu Piccini”, de propriedade do sr. Alexa ndre
decretar a gréve geral da classe. Piccini. Antonio Rodrigues Lopes, que foi a
victima do assassinato a que aludimos, era
Cobertores para os pobres forneiro desse estabelecimento, onde trabalhou
Jaguarão, 15 — Por iniciativa do tenente até á madrugada de hontem.
Sant’Anna de Barros, presidente da Sociedade
Beneficente, serão distribuidos cobertores aos
pobres no dia 24 do corrente.
Desastre ferroviario
Caxias, 16 — Entre as estações Barão e Carlos
Barbosa deu-se, hontem, um grande desastre
ferro-viario. Devido ao excesso de velocidade do
trem que vinha dahi para esta cidade,
descarrilaram dois vagões, num córte da
estrada. Chegaram aqui as seguintes pessoas
feridas no desastre: agente consular italiano
Extração de carvão pela Companhia Carbonífera Rio aqui Belarigni, commerciantes Alfredo
Grandense Carvalhoe Adelino Sassi, pharmaceutico Manoel
Alencastro Guimarães e uma creada deste, a
Companhia Carbonifera Rio Grandense Está
qual se acha em estado gravissimo.
publicado o relatorio da Companhia Rio
Grandense correspondente ao anno de 1918.
Correio do Povo
Por esse documento se vê que com o fim de
Porto Alegre
economisar o custo da extracção e para melhor
18 de maio de 1919, domingo:
attender ás necessidades technicas do serviço
de mina fizeram-se duas modificações
A gréve - Chegou, hontem, no nosso porto o
importantes no plano elaborado de 1917 e 1918
vapor Itaúba, da Companhia de Navegação
a saber: 1º mudar a posição do novo poço
Costeira. Como seus marinheiros se tivessem
destinado futuramente a ventilação,
declarado em gréve, no Rio de Janeiro, foram
satisfazendo assim a uma necessidade technica
elles substituidos por pessoal da armada. Entre
hoje reconhecida, poço este que só mais tarde
os novos tripulantes que vieram servindo no
será aberto; 2º supprir, no plano da mina, uma
Itaúba ha quatro marinheiros do couraçado
das tres galerias principaes parallelas
Minas Geraes. O Itaúba regressará, hoje, para o
projectadas. Essas alterações importarão em
Rio, tendo feito a viagem para aqui sem a menor
reducção na despeza, simplificando-se além
novidade.
disso, consideravelmente, o systema de
cruzamento de ar e portas. No systema de
A gréve
traballho entende dever adoptar uma medida
Rio Grande, 17 - A Companhia União Fabril, a
que parece de mutua vantagem para a
unica fabrica que ainda não funcciona por
Companhia e para os mineiros.
motivo de gréve, reabrirá na proxima segunda-
feira. O pessoal das officinas da Companhia
Franceza apresentouse, hoje, ao trabalho. No
novo porto compareceram alguns trabalhadores,
que foram empregados no serviço de
descarregar carvão. Nos armazens, os serviços
de capatazias e estiva ainda estão paralysados.
Chegou, do Rio, um delegado da União dos
Operarios Estivadores, que veiu tratar
interesses da classe em gréve.
Correio do Povo Correio do Povo
Porto Alegre Porto Alegre
20 de maio de 1919, terça-feira: 22 de maio de 1919, quinta-feira:

A gréve — Ainda até hontem, era a mesma a A gréve — As classes operarias que, conforme
situação da gréve dos canteiros, padeiros e temos noticiado, se declararam em gréve,
alfaiates. Fazia-se tambem sentiramesma falta continuam na mesma attitude. Hontem, ás 15
de pão dos dias anteriores. A “Padaria Italiana”, horas, em sua residencia, á rua dos Andradas n.
estabelecida á travessa 1º de Março,eque 204, o sr. Carlos Thomaz Ferrari, de
estava paralysada, recomeçou, hontem, a nacionalidade argentina, foi intimado por um
trabalhar, devendo voltar de hoje em diante a funccionario da Chefatura de Policia a
fornecer pão aos seus freguezes. – A Federação comparecer a essa repartição. Ali chegando,
Operaria havia distribuido boletins convidando ficou elle detido, incommunicavel, á disposição
os operarios para um comicio, que se deveria do dr. Annibal Loureiro, chefe de policia interino.
realisar ante-hontem, ás 15 horas, na avenida
Eduardo, esquina da rua S. Pedro. Este comicio Peste Bubonica
tinha por fim tratar do actual movimento Pelotas, 21 — A Opinião Publica confirma a
operarioedeprotestar contra os acontecimentos existencia da peste bubonica neste municipio,
de que foi theatroacidade do Rio Grande. Ao tendo irrompido na estação do Cerrito. O dr.
local indicado compareceu, pouco antes Cassio Braga publica uma carta confirmando
daquella hora, o dr. Annibal Loureiro, sub-chefe que um caso de peste foi attendido pelo dr.
de policia em exercicio, acompanhado de seu Requião. Hoje foi constatado um novo caso no
amanuense, sr. Waldemar Maya, do major Instituto de Hygiene. A Opinião Publica diz que
Hercules Limeira, delegado judiciario do 3º em vista do descaso do governo do Estado,
districto, sr. Armando Ferreira, sub-intendente pede providencias ao do municipio. O
do 4º districto, e de uma força de 20 praças da commandante do 26º batalhão de infantaria está
escolta presidencial.O dr. Annibal Loureiro, promovendo medidas prophilaticas no quartel. O
declarou aos presentes, por não haver medico municipal ordenou a desinfecção nos
encontrado a commissão promotora do hoteis e theatros.
“meeting”, que o seu comparecimento ali era
com o intuito de evitar que o comicio se Tellegramas
degenerasse em um movimento perturbador da A gréve
ordem, e não com o fim de impedir a reunião. Rio Grande, 21 — O delegado de policia
Um operario, usando a palavra fez sentir aos entregou ás respectivas directorias ás sédes da
seus companheiros que aquelle apparato de União Geral dos Trabalhadores, e Associação
força armada era uma falta de garantia e que dos Marinheiros e Remadores, que haviam sido
por isso deixava de se realisar a reunião fechadas por motivo das ultimas gréves. Essas
convocada. A Federação Operaria distribuiu, classes continuam em gréve.
hontem, um boletim, apresentando os mesmos
motivos para não realisação do comicio.
Correio do Povo
Porto Alegre
23 de maio de 1919, sexta-feira:

Influenza hespanhola
Santo Angelo, 22 — Noticias vindas da colonia
Santa Rosa dizem estar ali grassando, com
intensidade a influenza hespanhola.
Companhia Frigorifico Rio Grande

Companhia Frigorifico Rio Grande


Da Opinião Publica de Pelotas, transcrevemos
Correio do Povo
as seguintes linhas: “Segundo em tempo
Porto Alegre
noticiámos, vieram da Suissa, em transito pelo
24 de maio de 1919, sábado:
Havre e Rio de Janeiro, a bordo do vapor
francez Quessant, 89 volumes com machinaria,
A carne ás segundas-feiras — Empregados de
encommendada pela Companhia Frigorifico Rio
açougues nesta capital tomaram a iniciativa de
Grande para o estabelecimento queamesma
obter dos proprietarios que não abram ás
tem em construcção nesta cidade. Hontem,
segundas-feiras, deixando de vender carne
tivemos occasionalmente ensejo de assistir á
nesses dias. A essa iniciativa já prestaram apoio
descarga, de bordo das chatas Adolpho e S.
muitos proprietarios de açougues, tendo alguns
José, atracadas ao trapiche do Frigorifico, da
se manifestado contrarios. Caso seja levada a
alludida machinaria, vinda do Rio de Janeiro
effeito essa idéa, deixar-se-á de trabalhar nos
pelo vapor Itapoan, da Companhia Costeira.
matadouros aos domingos, tendo assim
Soubemos que a machinaria em questão,
descanso nesse dia os empregados dos
compõe-se de duas machinas a vapor Sulzer,
mesmos e os dos açougues.
de força de 600 cavallos, conjugadas a dois
compressores de amonea, de uma
potencialidade frigorifica de cerca de 800.000
frigorias por hora. Com estas machinas
principaes vieram tambem, os respectivos
condensadores de vapor, bombas de vacuo e
centrifugas, motores electricos auxiliares e
demais machinas complementares.
Correio do Povo Correio do Povo
Porto Alegre Porto Alegre
25 de maio de 1919, domingo: 27 de maio de 1919, terça-feira:

A gréve - Em reunião realisada antehontem,á A gréve - Ante-hontem e hontem continuaram


noite, na séde da Federação Operaria, o em gréve grupos de estivadores que trabalham
Syndicato dos Trapicheiros e Estivadores nos trapiches desta capital. A bordo dos vapores
resolveu declarar a gréve dessa classe, exigindo “Edimburgo” e “Guanaco” prosseguiu o trabalho
oito horas de trabalho e 8$000 diarios. Hontem, de descarga durante o dia de domingo. Alguns
pela manhã, poucos trabalhadores estivadores que se achavam a bordo, tendo
compareceram ao Centro Commercial, onde desembarcado, nas proximidades da Guarda-
vencem de 5$500 a 6$600 diarios e trabalham 9 Moria da Alfandega, foram ameaçados de ser
horas por dia. Sendo interrogados por que aggredidos por diversos grevistas que ali se
motivo os seus collegas não haviam achavam, não se tendo isso dado porque
comparecido ao trabalho, declararam que estes aquelles fugiram. Ante-hontem, antes do meio
desejavam augmento do ordenado e trabalhar 8 dia, fundeou neste porto o vapor “Itassucê”.
horas. Momentos depois ali compareceram Momentos depois, tendo atracado ao trapiche
varios estivadores, munidos de pedras, da Companhia Costeira, deu-se inicio á
convidando os seus collegas a abandonar o descarga das 240 toneladas de carga que
trabalho. Como alguns recusassem, houve conduzia. Para esse trabalho, que se prolongou
ligeiro conflicto entre os grevistas e os até ás 21 horas, a agencia daquella empreza
estivadores que estavam trabalhando. contratou 60 homens, sendo 30 empregados no
serviço do trapiche e 30 a bordo. Por ser
A peste bubonica em Pelotas – Como temos domingo, cada um desses homens foi pago á
noticiado em nosso serviço telegraphico, razão de 15$000. Como nas immediações dos
manifestaram-se alguns casos de peste trapiches da Costeira permanecessem alguns
bubonica em Pelotas. O intendente dali solicitou grévistas, as praças da Brigada Militar ali
providencias, por telegramma,á Directoria de destacadas convidaram-nos a se retirar, sendo
Hygiene, no sentido de ser extincta aquella attendidos. Hontem, nos trapiches da
molestia. Foi destacado para ir a Pelotas o dr. Companhia Costeira proseguiram os trabalhos
Ivo Corseuill, médico da diretoria de Hygiene. na mesma ordem do dia anterior, sendo em
numero de 90 os trabalhadores ali empregados,
entre os quaes alguns estivadores que,
sabbado, haviam abandonado o serviço e que
hontem se apresentaram novamente. Todos
esses estivadores que fizeram o serviço de
descarga e de carga do “Itassucê” e do
“Itaquera”, este chegado hontem, perceberam,
cada um delles, 7$000.
Influenza hespanhola Correio do Povo
Itaquy, 25 - Devido á grippe reinar Porto Alegre
assustadoramente, em Alvear, na Argentina, as 29 de maio de 1919, quinta-feira:
autoridades dali deixaram de commemorar a
data da independencia argentina. O povo daqui Distribuição de farinha — Conforme haviamos
espera que o governo ordene o fechamento dos antecipado os srs. Rubbo & Irmãos,
collegios, pois igual medida tomaram os proprietarios do Moinho Central, fizeram,
argentinos na occasião em que reinou aqui a hontem distribuição de farinha de milho a pobres
influenza hespanhola. desta capital. Naquelle estabelecimento, á
ruaMoura Azevedo, e no deposito da mesma, á
Correio do Povo avenida Bomfim n. 22, compareceram cerca de
Porto Alegre 200 pobres, tendo cada um delles recebido um
28 de maio de 1919, quarta-feira: pacote de tres kilos de farinha. Ao padre Diel,
Tellegramas vigario dos Navegantes, foram dados pacotes
de farinha para distribuição entre os pobres
A peste bubonica desse arrabalde. Á Santa Casa e a cada um dos
Pelotas, 27 - Foi verificado apenas mais um asylos desta capital, os srs. Rubbo & Irmãos
caso de peste bubonica. As autoridades doaram um saco de farinha. O serviço de
continuam tomando medidas prophylacticas. Já distribuição de farinha, prolongou-se até ás 19
foi remettido de S. Paulo o serum para vaccinas, horas.
daqui pedido.

A questão do trabalho
Rio, 27 - Dizia-se na Camara que o sr. Carlos de
Campos regressará a S. Paulo, e que será
portador do projecto calcado sobre os moldes
do trabalhismo inglez, isto é, estabelecer oito
horas de trabalho e salario minimo. Assim, fica
victorioso o alvitre da commissão de legislação
social, para que sejam por partes votadas as
leis que interessam o problema do proletariado
social, para que mais tarde se pratique a
codificação da materia.
Correio do Povo Empresa petrolifera
Porto Alegre S. Gabriel, 28 — Foi lavrado o contracto
30 de maio de 1919, sexta-feira: estabelecendo a sociedade industrial
denominada “Empreza Petrolifera Gabrielense”,
A gréve no Rio Grande — O deputado rio- constituida pelo coronel Francisco
grandense Gomercindo Ribas, discutindo, na Hermenegildo, intendente municipal: dr. Victotor
Camara,o requerimento de seu collega Mauricio PingreteMaximino Coasi, capitalistas. As jazidas
Lacerda solicitando informações sobreopedido estão situadas em campos do coronel
de auxilio da força federal por motivo darecente Hermenegildo, já estando em inicio o serviço de
grévena cidadedo Rio Grande, leu telegramma assentamento de machnas para a exploração.
que naquella occasião o dr. Borges de
Medeiros, presidente do Estado, passou ao
deputado Vespucio de Abreu, narrando os
acontecimentos desenrolados na referida
cidade. Otelegramma dodr. Borges de Medeiros
foi concebido nos seguintes termos: “Porto
Alegre, 13-Nodia3docorrente o delegadode
policia da cidade do Rio Grande communicou á
Chefatura de Policia que os trabalhadores
donovo porto se haviam declarado em gréve,
por motivo de ter a Companhia Franceza
supprimido os bondes communs que os
conduziam ao trabalho, substituindo-os por
bondes de lastro ou plataformas descobertas,
puxados por locomotivas.Agréve se manteve
pacifica ao principio; conservou esse caracter
atéodia6quando os operarios assumiram
attitude aggressivas, assaltando bondes,
impedindo que o pessoal do Frigorifico
trabalhasse, tentando privar a população de luz
e agua, commetendo outros excessos e
depredações. No dia 7, mantiveram os grevistas
a mesma attitude violenta, tentando invadir a
Fabrica Reingantz a fim de impedir que os
respectivos operarios continuassem a trabalhar.
Comparecendo a policia, sem uso de armas,
dispersou-os, effectuando a prisão de um
exaltado que tentou aggredil-a. Como se vê pelo
exposto, enquanto os grevistas se mantiveram
em attitude pacifica, foram respeitados e
garantidos todos os seus direitos, sendo
sómente empregada a força para reprimir
excessos criminosos.
Correio do Povo
Porto Alegre
3 de junho de 1919, terça-feira:

Militantes do movimento comunista marcham na Baviera

A situação na Allemanha
Berlim, 30 — Informam de Dusseldorff que
Estação ferroviária de Taquara
50.000 eleitores de Aix-la-Chapelle e arredores
assignam um pedido para o estabelecimento do
Reunião de empregados do commercio
Estado livre do oéste allemão.O orgão do
Rio, 1° — Os empregados do commercio e
partido do centro “Echo Dergenwarth” publica
industrias reuniram-se e fundaram uma
uma declaração mostrando que os comités
associação para a defeza e interesse da classe.
deAix-la-Chapelle, Treves, Bonne, Coblenz,
O sr. Alvaro Palmeira falou à Assembléa sobre a
Mayencee Wisbaden cooperaram com os
vantagem do syndicalismo. Os pontos
separatistas do Palatinato, já tendo sido
principaes são: 1º, oito horas de trabalho para
realizadas discussões importantes.
todos os empregados no commercio e na
Berlim 30 — O capitão Beerfelz fez uma
industria; 2º, estabelecer os vencimentos
conferencia sobre a causa do desmoronamento
minimos, baseados sobre o custo actual dos
da Allemanha, hontem, á tarde, deante de 4.000
viveres.
pessôas, em Rajek. Censurou o governo do
Kaiser que, segundo elle diz, enganou o povo
allemão e conduziu a guerra de maneiraamais
Transcrito do Jornal:
brutal e covarde. Citou a libertação official e
procurou provar que todos os documentos
Correio do Povo
existentes foram fabricados, desde 1913, na
Allemanha, que incitou continuamente a guerra. Porto Alegre – RS - Brazil

Minas de cobre “Há um século no Correio do Povo”


Santo Angelo, 28 — Chegou a esta villa o
banqueiro Americano Callier, acompanhado de
um engenheiro dahi, tendo seguido, ambos,
para o interior deste municipio, onde vão
examinar uma mina de cobre afim de exploral-a.
O banqueiro Callier manifestou desejos de
conhecer as minas de Missões, afim de
adquirilas.