Você está na página 1de 1

Occipital - apresenta uma perfuração grande e oval responsável por permitir a

comunicação do cérebro com o canal vertebral. • Parietal - é um osso par, sendo


responsável por formar o teto do crânio. Seu formato é chato e apresenta duas faces,
quatro bordas e quatro ângulos. • Temporal - é um osso par, extremamente importante
para o nosso corpo. Pois no seu interior, está localizado o aparelho auditivo. • Esfenóides -
é um osso irregular ímpar que fica localizado na base do crânio, antes dos temporais e da
porção basilar do osso occipital. • Frontal - é um osso largo e chato que fica localizado para
frente e para cima. Ele apresenta duas porções, sendo uma vertical e outra horizontal, onde
ficam localizadas as cavidades orbitais e nasais. • Etmóide - é um osso leve e espinhoso,
que apresenta um formato irregular e está localizado na parte anterior do crânio. •
Zigomático - é o osso responsável por fazer a ponte entre o neurocrânio e o viscerocrânio.
É ele que forma as maçãs do rosto. • Mandíbula - é o osso que forma o queixo e o
contorno inferior da face. É ele que permite que a pessoa abra a boca para comer, mastigar,
falar. • Maxilar - é o osso que forma a maior porção da face e que possui a maior parte do
tecido muscular. É o responsável pelas expressões faciais. • Nasal - Os ossos nasais são dois
pequenos ossos finos que variam significativamente de tamanho e forma conforme a
origem da pessoa e sua idade. Eles estão dispostos lado a lado (geminados) na porção
média e superior da face, e formam, através de sua união, "a ponte" do nariz. Cada um tem
duas superfícies e quatro bordas.