Você está na página 1de 20

1

O DESEMPENHO DA
INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA
EM 2018
ÍNDICE
05 Âmbito da Indústria Química Brasileira

06 A Indústria Química Brasileira


06 • Faturamento Líquido da Indústria Química Brasileira por Segmento - 2018
07 • Evolução do Faturamento Líquido - 1995 a 2018
07 • Evolução do Faturamento Líquido por Segmento - 1996 a 2018
08 • Participação da Química no PIB Total
08 • Participação na Indústria de Transformação
09 • Evolução da Balança Comercial de Produtos Químicos de 1991 a 2018
09 • Resultado da Balança Comercial
09 • Faturamento Líquido da Indústria Química Mundial - 2017

10 Produtos Químicos de Uso Industrial


10 • Faturamento Líquido por Grupos de Produtos - 2018
11 • Evolução do Faturamento Líquido - 1995 a 2018
11 • Evolução da Produção - 1994 a 2018
12 • Evolução das Vendas Internas - 1994 a 2018
12 • Evolução da Balança Comercial - 1991 a 2018
13 • Distribuição das Plantas
13 • Investimentos Realizados e Programados
14 • Produtos Químicos de Uso Industrial

14 Produtos Químicos de Uso Final


14 • Produtos Farmacêuticos
15 • Fertilizantes
15 • Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos
16 • Produtos de Limpeza e Afins
16 • Defensivos Agrícolas
17 • Tintas, Esmaltes e Vernizes
17 • Fibras Artificiais e Sintéticas
O DESEMPENHO DA
INDÚSTRIA QUÍMICA
BRASILEIRA
E M 2 0 1 8
ÂMBITO DA
INDÚSTRIA QUÍMICA

Produtos químicos de uso industrial


• Produtos inorgânicos
• Produtos orgânicos
• Resinas e elastômeros
• Produtos e preparados químicos diversos

Produtos químicos de uso final


• Produtos farmacêuticos
• Fertilizantes
• Higiene pessoal, perfumaria e cosméticos
• Produtos de limpeza e afins
• Defensivos agrícolas
• Tintas, esmaltes e vernizes
• Fibras artificiais e sintéticas
• Outros

5
A INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA

FATURAMENTO LÍQUIDO DA INDÚSTRIA


QUÍMICA BRASILEIRA POR SEGMENTO
EM 2018*

US$ 127,9 bilhões*


*estimado

US$ 0,8 bi
US$ 3,8 bi Fibras artificias
e sintéticas
Tintas, esmaltes
e vernizes US$ 2,1 bi
US$ 7,3 bi Outros

Produtos
de limpeza
e afins

US$ 9,9 bi
Defensivos
agrícolas

US$ 11,2 bi
Higiene pessoal, US$ 65,2 bi
perfumaria e
cosméticos Produtos químicos
de uso industrial

US$ 10,2 bi
Fertilizantes

US$ 17,4 bi
Produtos
farmacêuticos

Fontes: Abiquim e associações dos segmentos específicos.

6
A INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA

EVOLUÇÃO DO FATURAMENTO LÍQUIDO


1995 A 2018*
462,3

Em dólares: 2018*/2017 = +5,4%


384,6
Em reais: 2018*/2017 = +20,2% 342,7
370,6 374,3

315,5
*estimado
279,9
249,4
225,2 225,9
200,9 201,2
176,4 175,5 179,4
140,0
150,0 144,3 147,7 146,9
108,9
91,3 124,6 128,8 127,9
121,4
79,8 104,3 101,9
111,9 107,3
65,9
49,8 50,8 82,5
38,0 43,0 60,3
72,3
41,4 42,8 46,2 43,8 43,6 38,8 37,3 45,5
36,3
1995

1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

2018*
US$ bilhões R$ bilhões
Fontes: Abiquim e associações dos segmentos específicos.

POR SEGMENTO (EM US$ BILHÃO)


1996 A 2018*
% 18*/ 96
SEGMENTOS 1996 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018* % 18*/ 17 a.a.

Produtos químicos de
19,9 55,1 62,8 46,9 61,2 73,8 69,5 72,5 69,7 53,5 52,4 59,0 65,2 10,5 5,5
uso industrial
Produtos
7,6 14,6 17,1 15,4 20,6 18,2 17,3 17,4 17,9 13,6 14,7 17,8 17,4 -2,2 3,8
farmacêuticos

Fertilizantes 3,0 9,0 14,2 9,7 11,5 17,4 17,0 15,8 16,4 12,6 8,6 8,8 10,2 15,9 5,7

Hig. pessoal, perf. e


4,2 8,8 10,5 11,1 13,4 15,1 14,9 14,9 15,5 10,8 9,8 13,1 11,2 -14,5 4,6
cosméticos

Produtos de limpeza e 2,8 6,3 7,1 6,7 8,0 8,9 8,1 8,1 7,7 5,9 6,2 7,0 7,3 5,0 4,5
afins

Defensivos agrícolas 1,8 5,4 7,1 6,6 7,3 8,5 9,7 11,5 12,2 9,6 9,6 8,8 9,9 12,0 8,0

Tintas, esmaltes e
2,0 2,4 3,0 3,0 3,9 4,5 4,3 4,2 4,1 3,1 3,4 4,1 3,8 -7,9 2,9
vernizes
Fibras artificiais e
n.d. 1,1 1,1 1,0 1,1 1,3 1,3 1,2 1,2 0,9 0,7 0,8 0,8 7,7 n.d.
sintéticas

Outros 1,5 1,6 1,7 1,5 1,8 2,2 2,1 2,2 2,2 1,9 1,9 2,0 2,1 5,0 1,5

TOTAL 42,8 104,3 124,6 101,9 128,8 150,0 144,3 147,7 146,9 111,9 107,3 121,4 127,9 5,4 5,1

*estimado n.d. não disponível.

Fontes: Abiquim e associações dos segmentos específicos.

7
A INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA

PARTICIPAÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA NO


PIB TOTAL (EM % SOBRE O PIB TOTAL)
3,6

3,3 3,2

2,9 3,0 3,0 2,9


2,8
2,7
2,4 2,4 2,5
2,3 2,3 2,4 2,4 2,4 2,4
2,3
2,1 2,1
2,0 2,0
1995

1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017
Nota: Admitindo-se que o valor agregado, em média, seja de 40%.
Fonte: Abiquim.

PARTICIPAÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA


NA INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO
(EM % SOBRE O PIB INDUSTRIAL)
Alimentos e bebidas 24,8
Coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis 16,7
Produtos químicos 12,0 (*)
Veículos automotores, reboques e carrocerias 6,3
Metalurgia 5,4 Produtos químicos
Celulose, papel e produtos de papel 4,4
em 2016: 3ª maior
Máquinas e equipamentos 3,7
Produtos de borracha e de material plástico 3,6
participação no PIB
Produtos de minerais não-metálicos 3,1 industrial.
Máquinas, aparelhos e materiais elétricos 2,7
(*) Produtos químicos: inclusive
Produtos de metal (exc.máquinas e equipam.) 2,6 farmoquímicos e farmacêuticos.
Equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos 2,4
Confecção de artigos do vestuário e acessórios 1,8 Nota: De 1992 a 1994, a química
Outros equipamentos de transporte (exc. veículos automotores) 1,8 ocupou a 1ª posição; de 1995 a 2004
Prep. de couros e fabricação de artefatos de couro, artigos de viagem e calçados 1,7 ficou em 2º; de 2005 a 2007, em 3º;
Produtos têxteis 1,5
de 2008 a 2013, em 4º; em 2014 subiu
Manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos 1,2
novamente para o 3º; e permaneceu
Produtos diversos 1,1
no 3º lugar em 2015 e 2016.
Móveis 1,0
Produtos de madeira 0,9
Fonte: IBGE – PIA Empresas Unidade
Impressão e reprodução de gravações 0,6
de Investigação: Unidade local
Produtos do fumo 0,6 industrial (base: 2016).

8
A INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA

EVOLUÇÃO DA BALANÇA COMERCIAL


DE PRODUTOS QUÍMICOS
(US$ BILHÕES FOB) 1991 A 2018*
46,1 45,7
42,3 43,0 43,0
Déficit cresceu de Importações
38,3 37,2
forma explosiva:
Exportações 35,1 33,8 34,2

1991 = US$ 1,5 bi


2018* = US$ 29,1 bi 26,1
23,9

*estimado 17,4
15,3
14,5
11,0 15,8 14,8 14,2 14,5
8,9 9,7 10,1 9,8 10,7 10,8 10,1 13,1 12,8 12,1 13,7 14,0
5,7
8,0 10,7 11,9 10,4
4,5 7,4 8,9
3,6 3,6 5,9
3,4 3,5 3,8 3,6 3,4 4,0 3,5 3,8 4,8
2,1 2,3 2,5 2,8

2018*
1991

1992

1993

1994

1995

1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017
32,0 31,2

28,1 29,1
26,5
25,4
23,2 23,5
22,0
Déficit 20,7

15,7
13,3

8,6 8,0 8,4


6,5 6,6 7,2
5,8 6,3 6,3 6,2
4,6 5,4
2,9
1,5 1,3 2,0

2018*
1991

1992

1993

1994

1995

1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

Fonte: MDIC/Secex – Sistema AliceWeb – Novembro de 2018.

PAÍS VENDAS LÍQUIDAS


FATURAMENTO LÍQUIDO
CHINA 1.597
DA INDÚSTRIA QUÍMICA
ESTADOS UNIDOS 526
MUNDIAL 2017
(EM US$ BILHÃO)
JAPÃO 194

ALEMANHA 191

COREIA 166

BRASIL 104 [ 6ª posição ]9,1 bi Total mundial estimado:


FRANÇA 90 US$ 4.250,4 Bilhões
ÍNDIA 86
*Exclusive Farmacêuticos.
TAIWAN 83

ITÁLIA 66

HOLANDA 64

RÚSSIA 57
Fontes: ACC, CEFIC e Abiquim.

9
PRODUTOS QUÍMICOS DE USO INDUSTRIAL

FATURAMENTO LÍQUIDO POR GRUPOS


DE PRODUTOS – 2018*

US$ 11,6 bi US$ 10,3 bi


US$ 1,5 bi
Produtos e Resinas
Resinas preparados termoplásticas
termofixas químicos
diversos
US$ 1,2 bi
Elastômeros
US$ 10,5 bi
US$ 6,3 bi Petroquímicos
básicos
Intermediários
para resinas
e fibras

US$ 1,8 bi
US$ 4,1 bi Cloro e álcalis
Outros
inorgânicos
US$ 10,6 bi US$ 3,1 bi
Gases
Outros produtos industriais
químicos orgânicos
US$ 4,2 bi
Intermediários
para fertilizantes

Total PQI: US$ 65,2 bilhões*

48% do total da Petroquímica cerca


indústria química de 65% desse total
*estimado

Fonte: Abiquim.

10
PRODUTOS QUÍMICOS DE USO INDUSTRIAL

EVOLUÇÃO DO FATURAMENTO LÍQUIDO


1995 A 2018*
Em dólares: 2018*/2017 = +10,5%
Em reais: 2018*/2017 = +26,6% 238,6

*estimado
188,5
178,3 182,9
164,1
156,5
135,8
123,5
115,2
107,3 107,7
96,6 96,0 98,7 93,8
74,2
56,7 73,8 69,5 72,5 69,7
41,7 46,1 55,1
62,8 61,2
53,5
59,0
65,2
31,0 46,9 52,4
45,4
20,0 20,0 23,2 21,5 33,0
39,4
21,8 19,9 21,5 22,8 19,6 19,4 24,1
18,5 17,1
1995

1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

2018*
US$ bilhões R$ bilhões Fonte: Abiquim.

EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO
(ÍNDICE: MÉDIA 1994 = 100) – 1994 A 2018*

- 1,3 %

148,4 148,0 146,1 146,6 148,9 145,8 145,4 149,1 146,8 144,9
144,2 140,6 138,4
136,7 136,4
128,2
123,0 122,3
118,1 116,4
110,6 108,9
101,8 103,7
100,0
2009

2018*
1995

1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017
1994

*estimado Fonte: Abiquim.

11
PRODUTOS QUÍMICOS DE USO INDUSTRIAL

EVOLUÇÃO DAS VENDAS INTERNAS


(ÍNDICE: MÉDIA 1994 = 100) – 1994 A 2018*

- 0,8 %

148,8 150,2
144,6 146,4 147,5 148,7 147,5 147,6 144,5
142,9 143,3
137,0 135,8 139,3 140,3

122,5 124,2 128,3


119,2 117,5
110,6 109,7
104,9
100,0 100,7
1994

1995

1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

2018*
Fonte: Abiquim. *estimado

EVOLUÇÃO DA BALANÇA COMERCIAL


(EM US$ BILHÕES FOB) – 1991 A 2018*

Exportações devem cair -0,1% em 2018,


sobre 2017, alcançando US$ 11,7 bilhões.
Importações sobem 16,5%, para US$ 33,5 33,7 33,8 36,3 35,8
33,5
bilhões. 29,8 28,8
29,4
25,6 26,1
Déficit 2018* = US$ 21,8 bilhões
19,2 20,3
Importações
Exportações 13,8
12,5
11,9

8,4 8,9 13,4 12,4


7,4 7,9 8,2 7,6 8,5 8,0 11,7 12,1 10,7 11,7 11,7
6,9 10,1 10,9 10,2
9,2 8,6
5,0 7,7
3,3 4,0 6,3
3,2 5,1
3,1 3,2 3,5 3,2 3,6 3,0 3,3 4,1
2,1 2,3 2,3
2,6 3,0
1,9
2018*
1991

1992

1993

1994

1995

1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

Fonte: MDIC/Secex - Sistema Aliceweb – Novembro de 2018. *estimado

12
PRODUTOS QUÍMICOS DE USO INDUSTRIAL

DISTRIBUIÇÃO DAS PLANTAS

RR
AP

961 = Total de fábricas


de produtos químicos AM
CE RN
de uso industrial 7 PA
5
MA
2
13 1

cadastradas no Guia PI
2 PE
PB
3
da Indústria Química AC 16 AL
5
RO TO
Brasileira. 1
BA SE
MT 63 4

Fonte: Guia da Indústria Química DF

Brasileira Edição 2015/2016 – Abiquim. GO


9
MG
58 ES
MS
5 7
SP
535 RJ
PR 68
53

SC
29
RS
75

INVESTIMENTOS REALIZADOS E
PROGRAMADOS (EM US$ BILHÕES)
1995 A 2022 4,8

3,5

2,9
2,5 2,6
2,2 2,2
2,1
1,8
1,7
1,5 1,4
1,2
1,1 1,1 1,0 1,0 1,0 1,0
0,8 0,8
0,7 0,7 0,6
0,3 0,4 0,4
0,2
1995

1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

2018

2019

2020

2021

2022

Inclui US$ 3,3 bilhões


US$ 2,2 bi já
investidos de
projetos que ainda
não entraram em
operação. Fonte: Abiquim.

13
A INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA

PRODUTOS QUÍMICOS DE USO INDUSTRIAL


2017 2018* 18* / 17 (%)

Faturamento líquido (US$ bilhão) 59,0 65,2 10,5%

Faturamento líquido (R$ bilhão) 188,5 238,6 26,6%

Produção em volume (base 1994 = 100) 146,8 144,9 -1,3%

Importações (US$ bilhão) 28,8 33,5 16,5%

Exportações (US$ bilhão) 11,7 11,7 -0,1%

Saldo balança comercial (US$ milhão) -17,1 -21,8 27,9%

Investimentos realizados (US$ bilhão) 1,0 0,7 -30,0%

Investimentos programados até 2022: US$ 5,5 bilhões

Fonte: Abiquim. *estimado

PRODUTOS QUÍMICOS DE USO FINAL


FARMACÊUTICOS

2017 2018* 18* / 17 (%)

Vendas (US$ bilhão) (1) 17,80 17,40 -2,2%

Vendas nominais (R$ bilhão) (1) 56,80 60,85 7,1%

Vendas (bilhão unidade-caixa) (1) 3,92 4,11 4,8%

Importações (US$ bilhão FOB) (2) 6,5 7,10 9,2%

(mil toneladas) (2) 41,4 46,05 11,2%

Exportações (US$ bilhão FOB) (2) 1,25 1,17 -6,4%

(mil toneladas) (2) 33,40 45,77 37,0%

Saldo balança comercial (US$ bilhão) (2) -5,25 -5,9 12,4%

(1) O IQVIA apura o PPP (Pharmacy Purchase Price), representando o Preço de Compra das Farmácias, com impostos e com desconto.
(2) Capítulo 30 da NCM. | *Valores acumulados – 12 meses móveis até setembro/2018.
Fontes: IQVIA e MDIC/Secex. | Elaboração: Sindusfarma / Diretoria de Mercado e Assuntos Jurídicos.

14
A INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA

USO FINAL/ FERTILIZANTES

2017 2018* 18* / 17 (%)

Faturamento líquido (US$ bilhão) 8,8 10,2 15,9%

Faturamento líquido (R$ bilhão) 28,1 37,2 32,4%

Volume de vendas (mil toneladas) 34.439 35.618 3,4%

Produção nacional (mil toneladas) 8.213 8.106 -1,3%

Exportação (US$ milhão FOB) (1) 137 156 13,9%

(mil toneladas) (1) 332 352 6,0%

Importação (US$ milhão FOB) (1) 6.732 7.691 14,2%

(mil toneladas) (1) 26.329 26.988 2,5%

Saldo comercial (US$ milhão) (1) -6.595 -7.535 14,3%

(1) Inclui matérias-primas para fer1lizantes; faturamento e receita de importação baseados no preço médio de importação e receita de
exportação, no preço médio de exportação (Fonte: MDIC). * Projeção MacroSector Consultores.

USO FINAL/ HIGIENE PESSOAL,


PERFUMARIA E COSMÉTICOS

2017 (2) 2018* 18* / 17 (%)

Faturamento líquido (US$ bilhão) (1) 13,1 11,2 -14,5%

Faturamento líquido (R$ bilhão) (3) 41,5 41,5 0,0%

Volume de vendas (mil toneladas) 1.376 1.389 0,9%

Importações (US$ milhão) 752,8 727,2 -3,4%

Exportações (US$ milhão) 645,7 664,7 2,9%

Saldo balança comercial (US$ milhão) -107,1 -62,5 -41,6%

Investimentos realizados (US$ milhão) 800 800 0,0%

(1) Taxa média anual do Dólar: 2017: US$1 = R$3,169; 2018: US$1 = R$3,702.
(2) Não inclui: Fraldas descartáveis; Absorventes higiênicos; Papel higiênico; Lenço de papel.
(3) Dados Ex-Factory. * Estimativas do tamanho do mercado de HPPC baseada na plataforma da ABIHPEC - Painel Dados de
Mercado; Dados de importação e exportação es1mados baseados nas informações de Janeiro a Setembro 2018.

15
A INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA

USO FINAL/ LIMPEZA E AFINS

2017 2018* 18* / 17 (%)

Faturamento (US$ bilhão) (1) 6,99 7,3 5,0%

Faturamento (R$ bilhão) (1) 22,29 26,9 20,5%

Importações (US$ milhão) 588,2 594,1 1,0%

Exportações (US$ milhão) 255,1 260,2 2,0%

Saldo balança comercial (US$ milhão) -313,1 -333,9 6,6%

Volume de vendas (milhão toneladas) 8,94 9,21 3,0%

Obs: Segundo a ABIPLA, a par1r de 2007, as informações foram revisadas com base na Produção Industrial Anual (PIA), Pesquisa
Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF) e base de Referência de Preços Ex-Factory do Setor do Índice de Preços ao Produtor (IPP)
do Ins1tuto Brasileiro de Geografia e Estazs1ca (IBGE). *Estimado.
(1) Taxa Média Anual do Dólar em: 2017-R$ 3,1926; 2018-R$3,66 (Relatório Focus – 23.11.2018).

USO FINAL/ DEFENSIVOS


AGRÍCOLAS

2017* 2018* 18* / 17* (%)

Faturamento líquido (US$ bilhão) 8,8 9,9 12,0%

Faturamento líquido (R$ bilhão) 28,2 36,1 28,0%

Importação (US$ bilhão) 4,8 5,7 18,8%

(mil toneladas) 413,4 470,1 13,7%

(1) Considerou-se a taxa média anual do dólar para 2018 de US$ 3,66 / R$ (fonte: Relatório Focus – Banco Central). *estimado

16
A INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA

USO FINAL/ TINTAS, ESMALTES E VERNIZES

2017 2018* 18* / 17 (%)

Faturamento líquido (US$ bilhão) 4,07 3,75 -7,9%

Faturamento líquido (R$ bilhão) 12,99 13,57 4,5%

Número de empregados (mil) 17,65 17,62 -0,2%

Volume de vendas (milhão de litros) 1.535 1.551 1,0%

Exportações (US$ milhão) 136,87 136,88 0,0%

Importações (US$ milhão) 139,40 146,63 5,2%

Saldo balança comercial (US$ milhão) -2,53 -9,75 285,4%

*estimado

USO FINAL/FIBRAS ARTIFICIAIS E SINTÉTICAS

2017 2018* 18* / 17 (%)

Faturamento líquido (US$ bilhão) 0,78 0,84 7,7%

Faturamento líquido (R$ bilhão) 2,51 3,06 21,9%

Volume de vendas (mil toneladas) 230 227 -1,3%

Importação (US$ milhão) 934 1.018 9,0%

Exportação (US$ milhão) 97 141 45,4%

Saldo balança comercial (US$ milhão) -837 -877 4,8%

Investimentos (US$ milhão) 38 50 31,6%

Investimentos programados até 2023: US$ 300 milhões*

*estimado

17
Presidência Executiva
Fernando Figueiredo
Presidente-Executivo

Áreas
Andrea Carla Barreto Cunha
Diretora de Assuntos Técnicos

Denise Mazzaro Naranjo


Diretora de Assuntos de Comércio Exterior

Fátima Giovanna Coviello Ferreira


Diretora de Economia e Estatística

Marina Rocchi Martins Mattar


Diretora de Relações Institucionais e Sustentabilidade

Camila Matos
Gerente de Comunicação

César Augusto da Costa Lima


Gerente de Administração e Finanças

Éder da Silva
Gerente de Assuntos de Comércio Exterior

Fernando Correia de Moraes Tibau


Gerente de Inovação e Assuntos Regulatórios

Luiz Shizuo Harayashiki


Gerente de Gestão Empresarial

Elaboração e compilação de conteúdo:


Equipe de Economia e Estatística

Edição e Coordenação:
Gerência de Comunicação Abiquim

Projeto Gráfico e Diagramação:


Agência To Think

1
1
1

Interesses relacionados