Você está na página 1de 36

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!

FOTOGRAFIA PARA
INICIANTES
Guia Primeiros Passos
+ 8 DICAS Essenciais
ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE

Todas as informações contidas neste Guia são provenientes de minhas experiencias passadas
ao longo de vários anos trabalhando com Fotografia. Embora eu tenha me esforçado ao
máximo para garantir a precisão e a mais alta qualidade dessas informações e acredito que
todas as técnicas e métodos aqui ensinados sejam altamente efetível eu não me responsabilizo
por erros ou omissões. Sua situação e/ou condição particular pode não se adequar
perfeitamente aos métodos e técnicas ensinados neste Guia. Assim, você deverá utilizar e
ajustar as informações deste Guia de acordo com sua situação e necessidades.
Todos os nomes de marcas, produtos e serviços mencionados neste Guia são propriedades de
seus respectivos donos e são usados somente como referência.

DIREITOS AUTORAIS

Este Guia está protegido por Leis de Direitos Autorais. Todos os Direitos sobre o Guia são
reservados. Você não tem permissão para para vender este Guia nem para copiar/reproduzir o
conteúdo do Guia em sites, blogs, jornais ou qualquer outro veículo de distribuição e mídia.
Qualquer tipo de violação dos Direitos Autorais estará sujeito a ações legais.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


OLÁ, BEM VINDO!

Blog/Site

Portfólio Online

Fanpage

Instagram

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Sumário
FOTOGRAFIA PARA INICIANTES ................................................................................................ 5
1 - INTRODUÇÃO ......................................................................................................................... 6
2 - O SURGIMENTO E A EVOLUÇÃO DAS CÂMERAS DIGITAIS .....Erro! Indicador não definido.
3 - OS PROCESSOS DA FOTOGRAFIA DIGITAL E OS COMPONENTES DE UMA CÂMERA ..... Erro!
Indicador não definido.
3.1 – O processo fotográfico ............................................................................................................ 8
3.2 - Lente ..................................................................................................................................... 9
3.3 - Sensor ................................................................................................................................. 10
3.4 - Resolução / megapixel........................................................................................................... 10
3.5 - Cartões de memória .............................................................................................................. 11
3.6 - Flash.................................................................................................................................... 12
3.7 - LCD ..................................................................................................................................... 12
3.8 - Modos de cena ..................................................................................................................... 13
3.8.1 - Os modos de cena mais comuns são:................................................................................... 14
3.8.2 - Modo Automático ............................................................................................................... 14
3.8.3 - Auto Flash Desativado ........................................................................................................ 14
3.8.4 - Auto Flash Ativado ............................................................................................................. 14
3.8.5 - Modo Retrato ..................................................................................................................... 15
3.8.6 - Modo Paisagem .................................................................................................................. 15
3.8.7 - Modo Macro ....................................................................................................................... 15
3.8.8 - Modo Esportes ................................................................................................................... 15
4 – EXPOSIÇÃO ......................................................................................................................... 16
4.1 - Sensibilidade (ISO)................................................................................................................ 16
4.2 – Velocidade de Obturação ...................................................................................................... 17
4.3 - Abertura de Diafragma .......................................................................................................... 18
8 DICAS ESSENCIAIS ................................................................................................................ 18
#1 – FOTOMETRIA ....................................................................................................................... 18
#2 – ENQUADRAMENTO E COMPOSIÇÃO ....................................................................................... 20
#3 – FOTOGRAFIAS MACRO .......................................................................................................... 24
#4 - RETRATO ............................................................................................................................. 25
#5 - PAISAGEM ............................................................................................................................ 27
#6 – FOTOS NOTURNAS ............................................................................................................... 30
#7 - Espetáculos........................................................................................................................... 33
#8 - Contraluz .............................................................................................................................. 35
Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!
Guia Primeiros Passos
+ 8 DICAS Essenciais

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


2 – O SURGIMENTO E EVOLUÇÃO
DAS CÂMERAS DIGITAIS
O surgimento das câmeras digitais tem sua origem nas
pesquisas militares durante a Segunda Guerra nos
Estados Unidos.
Em 1975, a Kodak apresentou o primeiro protótipo de
câmera sem filme baseado no CCD da Faichild Imaging,
A máquina pesava 4 quilos e gravava as imagens em
uma fita cassete. No ano seguinte, a própria Fairchild
lançaria a primeira câmera sem filme para uso comercial
da história, a chamada MV-101.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Kodak MV-101 / 1975

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


3 – OS PROCESSOS DA FOTOGRAFIA
DIGITAL E OS COMPONETES
DE UMA CÂMERA

3.1 – O processo fotográfico


Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!
3.2 – Lente
A lente é o elemento óptico que foca a luz da imagem no
sensor digital de uma câmera fotográfica. A lente, também
chamada de objetiva, permite controlar através do Diafragma
(mecanismo interno) a chegada de mais ou menos luz até o
sensor.

Lente da Sony NEX-5

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


3.3 - Sensor
O Sensor é um aparelho semicondutor, que registra a luz
eletricamente através de uma gradação em volts, medindo a
descarga elétrica gerada pela luz.

Sensor digital

3.4 - Resolução / megapixel


A imagem digital é formada por pixels, um pixel é o menor
ponto que forma uma imagem digital, sendo que o conjunto de
milhares de pixels forma a imagem inteira.
Megapixel designa um valor equivalente a um milhão de
pixels. É utilizado nas câmeras digitais para determinar o grau
de resolução, ou definição de uma imagem. Ou seja, quanto
maior for o número de megapixels, maior será a resolução da
imagem.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Representação dos pixels no sensor

3.5 - Cartões de memória


Cartão de memória ou cartão de memória flash é um
dispositivo de armazenamento de dados com memória flash
utilizado em câmeras digitais. Podem ser regravados várias
vezes, não necessitam de eletricidade para manter os dados
armazenados, são portáteis e suportam condições de uso e
armazenamento mais rigoroso.

Cartões de memória SD

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


3.6 - Flash
Quase todas as câmeras automáticas tem flash embutido para
ser usado em condições de baixa luminosidade. Tenha em
mente que os flashes embutidos não são muito potentes, para
isso é aconselhável usar um modelo de Flash Dedicado.

Flash Embutido Flash Dedicado

3.7 - LCD
O LCD é um display de cristal líquido usado para exibir imagens
em tempo real, além de permitir a visualização das fotos e do
menu da câmera.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


LCD da Sony NEX-5

3.8 - Modos de cena


Em fotografia, modo de exposição abrange modo de
fotografia e modo de cena, que se referem às possibilidades
de uma câmera fotográfica digital ser operada
automaticamente, ou então, de capturar imagens levando em
conta um determinado tipo de cenário, ou ainda, para obter
imagem com um efeito desejado.
Um botão de modos de exposição que costuma equipar
câmeras profissionais e compactas é o dial de modos, que dá
acesso rápido aos comandos manuais da câmera e ao controle
da exposição através da seleção dos modos de cena.

Dial de modos de cena

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


3.8.1 - Os modos de cena mais
comuns são:

3.8.2 - Modo Automático


No modo automático a câmera ajusta automaticamente as
definições para obter os melhores resultados com a
simplicidade de "apontar e disparar". Recomendado para
utilizadores inexperientes de câmeras digitais. Não
recomendado para quem deseja aprender a Fotografar
de Verdade!

3.8.3 - Auto Flash Desativado


A máquina faz ajustes automáticos, mas não utiliza o flash
mesmo quando a iluminação é fraca.

3.8.4 - Auto Flash Ativado


A máquina faz ajustes automáticos sempre utilizando o flash.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


3.8.5 - Modo Retrato
Aconselhável para tirar retratos de pessoas. A câmera faz os
ajustes de forma a dar ênfase nas pessoas, desfocando
suavemente o fundo.

3.8.6 - Modo Paisagem


Aconselhável para tirar fotos de paisagens. Condiciona a
câmera a obter imagem com nitidez se estendendo do primeiro
plano até o infinito.

3.8.7 - Modo Macro


Aconselhável para fotografias de objetos pequenos ou detalhes
de objetos maiores próximos à lente, como flores, insetos, etc.

3.8.8 - Modo Esportes


Ajusta a câmera para capturar imagens em movimento rápido.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


4 – EXPOSIÇÃO
A Exposição é o momento que o Sensor Digital se encontra
exposto à luz para o registro da imagem. A exposição é
controlada por uma combinação de três ajustes: Sensibilidade
(ISO), Velocidade de Obturação e Abertura de
Diafragma.

4.1 - Sensibilidade (ISO)


É uma medida de sensibilidade do sensor à luz. Ou seja, quanto
maior for o número ISO, maior será a capacidade de captação
de luz. Porém, menor será a qualidade da imagem, pois quanto
maior for o ISO, maior também será a quantidade de ruído
gerado. O ruído é um efeito indesejado, pois é a causa de
perda de qualidade de uma imagem.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


4.2 – Velocidade de Obturação
O obturador é um dispositivo mecânico que abre e fecha,
controlando o tempo de exposição do sensor à luz. É uma
espécie de cortina que protege o sensor, quanto mais tempo
aberto, mais luz entra. Ele fica embutido no interior do corpo da
câmera entre a lente e o sensor.

Obturador aberto e fechado

Baixa velocidade Alta Velocidade

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


4.3 - Abertura de Diafragma
O diafragma é um dispositivo mecânico que se localiza na
parte interna da lente. Ele tem as funções de regular a
quantidade de luz e determinar a profundidade de campo.

8 DICAS ESSENCIAIS

#1 – FOTOMETRIA
As câmeras digitais, assim como as antigas mecânicas (de
filme), são equipadas com um sensor sensível à luz, chamado
“Fotômetro”, eu adoro esse nome!

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


O Fotômetro consegue ler a condição de luz ambiente e indicar
qual a regulagem de velocidade ou abertura de diafragma será
ideal para a realização da fotografia.

Observação:
É importante lembrar que a escolha do ISO mais adequado
para a condição de iluminação do ambiente, seja realizada
antes de todo o processo. Pois a câmera irá realizar os cálculos
de fotometria baseados na regulagem da sensibilidade de
captação de luz definidos pelo número do ISO escolhido.
Existem também regulagens de fotometragem, que são modos
pré-definidos de leitura da área enquadrada.
O primeiro deles é o Modo Matricial, que faz uma leitura de
toda a área enquadrada.
O segundo é o Modo Central, que faz uma leitura parcial da
área enquadrada, mais concentrada no centro do
enquadramento. Na minha opinião, este é o modo mais
adequado para fotografias de forma geral, pois ele oferece uma
leitura fotométrica mais precisa.
O terceiro e último é o Modo Pontual, que é o oposto do
Modo Matricial, realizando uma leitura bem mais específica da
área enquadrada.
Em resumo, é a fotometria que vai indicar qual velocidade de
obturador ou abertura de diafragma você deverá escolher para
realizar a exposição ideal.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


#2 – ENQUADRAMENTO E COMPOSIÇÃO
O enquadramento é aquilo que vemos através do visor da
lente, é a imagem na tela de LCD, é o objetivo que vamos
fotografar. E composição é a união dos elementos visuais que
compõem este enquadramento.
Basicamente o enquadramento e a composição é que são
responsáveis por aquilo que queremos e o que não queremos
mostrar.
Existem alguns enquadramentos básicos, mas a verdade é que
não há limites para se fazer um enquadramento. Existem
também algumas regras para se fazer uma boa composição,
mas o fotógrafo também terá que contar com a sua própria
sensibilidade.

Os enquadramentos básicos são:

Plano alto (ponto de vista de cima) é bastante usado para


mostrar de um ângulo geral todo um cenário, é usado também
quando se quer mostrar vários elementos de uma mesma cena
ou passar uma sensação de superioridade.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Plano baixo (ponto de vista de baixo), este plano é usado
com vários objetivos. Geralmente é mais usado para passar
uma sensação de subjetividade e para fazer algo parecer maior.

Plano aberto (plano geral), este plano


é bastante usado
para mostrar toda uma cena de frente, muitas pessoas
reunidas, e para fotos de paisagens.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Plano Close (plano próximo), muito usado para fotos de
pessoas, onde se enquadra do peito até o topo da cabeça. É
muito bem usado também para passar a sensação de
intimidade.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Plano de detalhe (plano super próximo), como o próprio
nome diz, é usado quando o objetivo é dar ênfase em algum
detalhe, seja do que for.

Plano em perspectiva (plano diagonal), este plano é


usado para dar profundidade ao objetivo fotografado e passar a
sensação de tridimensionalidade.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


#3 – FOTOGRAFIAS MACRO
A Fotografia Macro é a fotografia de pequenos seres e objetos
ou detalhes que normalmente passam despercebidos no nosso
dia-a-dia; são fotografados em seu tamanho natural ou
levemente aumentados através de aproximação da câmera ou
fazendo uso de acessórios destinados a este tipo de fotografia;
as macrofotografias são exibidas em tamanho bastante
ampliado para maior impacto visual.
As câmeras compactas em sua grande maioria têm uma função
macro que permite focalizar um objeto a 5 cm ou menos da
câmera, dependendo da qualidade da lente. Basicamente
existem duas formas de fazer fotos macro:

1. Coloque a câmera no modo macro, aproxime a lente do


objetivo a ser fotografado fazendo o enquadramento e a
composição. A câmera fará os ajustes de foco automático,
segure firme e dispare.
2. Para as câmeras que usam lentes especiais, você pode
usar tanto as lentes especiais para macro, quanto os filtros
macro que são fixados na frente da lente. Use o mesmo
princípio, aproxime a lente do objetivo a ser fotografado
fazendo o enquadramento e a composição. Neste caso é
aconselhável usar o foco manual para um controle mais
preciso de foco, em seguida dispare.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


#4 - RETRATO
Retratos são fotos de pessoas, existem algumas regras básicas
que devemos nos atentar para se fazer bons retratos.
A primeira coisa que devemos fazer para realizar bons retratos
é ficar atento ao enquadramento e a composição, isso é
fundamental para um bom retrato. Existe uma regra chamada
“regra dos terços” que consiste numa divisão da área
enquadrada em nove partes.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Através da regra dos terços, nós podemos delimitar as áreas de
maior interesse na fotografia.

• Para uma boa composição, devemos nos atentar


principalmente para o fundo atrás da pessoa, dê
preferência para fundos mais neutros, sem muita
informação. Preste bastante atenção também nos objetos
atrás da pessoa, principalmente atrás da cabeça.
• Se o seu objetivo é mostrar a pessoa e a paisagem atrás,
faça a composição com a pessoa ao lado do
enquadramento, assim você poderá dar ênfase nos dois
objetivos.
• Outra regra básica para fotos de retrato é pedir para a
pessoa ficar um pouco de lado, na diagonal. Isso evita que
a foto fique parecendo uma 3X4.
• Os erros mais cometidos em fotografia de retrato ocorrem
quando não se atenta para estas regras.
• Evite cortar mãos e pés, isso dá a sensação de amputação.
• Evite fazer o enquadramento muito acima da cabeça,
lembre-se, você está fotografando uma pessoa e não uma
paisagem.
• Fique atento com a luz do sol, evite fotos ao meio dia. A
luz vindo de cima provoca sombras fortes debaixo dos
olhos, nariz e pescoço. Caso você necessite fazer fotos
nessa condição, você deverá usar o flash como luz de
preenchimento. A luz do flash irá clarear as áreas
sombreadas.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


• Outra boa dica é deixar a pessoa numa posição em que a
luz principal venha de lado, assim a fotografia ganhará
volume, passando a sensação de tridimensionalidade.

#5 - PAISAGEM
As fotografias de paisagem são aquelas em que o nosso
objetivo é mostrar uma cena aberta. Os objetivos são infinitos,
mas os mais comuns são imagens de natureza, pôr-do-sol ou
cenas urbanas.

As regras básicas para se fazer


boas fotos de paisagem são:
Primeiramente deve se atentar para o enquadramento e a
composição da imagem, e para isso existe uma regra
importantíssima, que é o equilíbrio da linha do horizonte. Para
paisagens onde a linha do horizonte se encontra no infinito,
deve-se deixar a linha reta, equilibrada, como se fosse uma
balança zerada.
Quando o objetivo é mostrar a paisagem completa, procure
deixar a linha do horizonte no meio da foto. Se o objetivo é
mostrar mais o céu, deixe a linha do horizonte alinhada com a
linha de baixo da regra dos terços, e se o objetivo for mostra
mais a terra, deixe a linha do horizonte na linha superior da
regra dos terços. Nunca corte totalmente a terra ou o céu. Mas
lembre-se, toda regra pode ser quebrada.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Pode-se deixar a linha do horizonte perpendicular, isso funciona
bem quando as linhas do horizonte estão em perspectiva. Com
isso conseguimos passar a sensação de movimento e
profundidade.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Outra boa dica para fotos de paisagem, é fazê-las na chamada
“hora mágica”, que é a hora em que o sol está começando a se
pôr. A luz do pôr-do-sol é amarelada e diagonal, essa luz
provoca cores mais vivas e sombras mais charmosas.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Para paisagens panorâmicas existe uma técnica muito simples e
muito complexa ao mesmo tempo. Nós podemos fazer fotos
panorâmicas utilizando um recurso de Photoshop chamado
Photomerge.

#6 – FOTOS NOTURNAS
As fotos noturnas exigem um cuidado especial, pois a falta de
luz é um problema muito grande. Algumas máquinas
disponibilizam um modo automático de fotografia noturna, em
que a câmera faz os ajustes automáticos para um melhor
aproveitamento da imagem, mas a maioria das fotos não ficam
com uma boa qualidade, pois além de ficarem desfocadas é
gerado muito ruído. O ruído é provocado pela alta sensibilidade
do ISO. Como foi dito antes, quanto mais sensibilidade a luz,
mas ruído será gerado.
Fotos noturnas exigem luz, e para se obter luz nós podemos
recorrer às técnicas e aos equipamentos. São infinitos os
objetivos a serem fotografados, mas os mais comuns são fotos
de lugares como, por exemplo, a fachada de um belo prédio,
ou uma paisagem urbana. Nestes casos nós podemos fazer o
uso do tripé. O tripé irá garantir que a foto não fique tremida
ou desfocada.
A dica também é regular o ISO da sua câmera para um
número baixo, por exemplo, ISO entre 100 a 600 garantirá
nada ou pouquíssimo ruído. Se você quiser captar apenas a luz
natural da imagem, desabilite o flash automático.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Caso você queira usar o modo automático de foto noturna,
procure fazer o uso do tripé para garantir uma exposição mais
precisa.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Para aquelas famosas fotografias
de trânsito onde se vê apenas o
rastro das luzes dos carros, a dica
é a seguinte:
1. Coloque a câmera no tripé;
2. Regule o ISO para um número baixo, entre 100 e 600;
3. Regule o diafragma da lente para uma abertura pequena,
ou seja, para um número alto, entre 16 e 22 está bom
(isso garante bastante área focada);
4. Faça o enquadramento e a composição da imagem;
5. Faça a leitura da luz captada através do fotômetro da
câmera, que fará a leitura automaticamente;
6. Regule a velocidade de obturação conforme a leitura do
fotômetro ou regule a velocidade de forma que a
obturação fique bastante lenta;
7. Faça a fotografia.
8. Se não der certo de primeira não desista, vá tentando até
conseguir.
9. Boa sorte.

Dica extra (coloque o disparo no modo Timer, daí você não


corre o risco de tremer a câmera na hora de apertar o
disparador).

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Observação: Estas regulagens só podem ser feitas com a
câmera no modo manual, porém nem todas as câmeras
compactas disponibilizam estas regulagens.

#7 - Espetáculos
As fotografias de espetáculo são aqueles registros de qualquer
tipo de espetáculo ou show cultural, os mais comuns são:
Shows Musicais, Peças de Teatro e Espetáculos de
Dança. Na maioria das vezes, são realizados à noite e dentro
de casas específicas como: teatros, casas noturnas ou palcos
improvisados.
A maioria dos espetáculos, são realizados com um monte de
parafernália técnica, e para nós fotógrafos, a mais importante
delas é a iluminação de palco. Levando em conta esse detalhe,
nós podemos usar e abusar desse recurso.
Para fotos de espetáculos teatrais e apresentações de dança,
jamais use o flash, é uma falta de educação muito grande. O
flash atrapalha e tira a concentração dos atores e dançarinos,
além de estragar a fotografia. Para uma boa foto, você deve
captar a imagem como ela é, com a iluminação original do
Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!
palco. Para isso uma boa dica é deixar a câmera em um tripé.
As regulagens devem ser manuais, desligue o flash, aumente a
sensibilidade do ISO para um número entre 800 e 1600, deixe
entrar bastante luz abrindo o diafragma da lente e depois faça
as regulagens de velocidade de obturação conforme a leitura
do fotômetro. Você também pode fazer testes usando os
modos automáticos de fotos noturnas.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!


Para fotos de espetáculos musicais, as regras são as mesmas
de teatro e dança, porém você pode fazer uso do flash em
algumas fotos, mas não abuse do flash. O flash só deve ser
usado para dar ênfase em algum músico ou criar efeitos de luz.
Outra boa dica é não usar o zoom digital da câmera, use
apenas o zoom normal da lente. O zoom digital faz um corte na
imagem já ampliada gerando uma grande perda de qualidade.

#8 - Contraluz
Fotos contraluz são aquelas realizadas contra qualquer fonte de
luz. Isso significa que a luz principal vem detrás do objetivo
fotografado. As fotos contraluz produzem um efeito de recorte
e silhueta de luz em volta do objetivo. O efeito de contraluz,
com certeza é um dos mais belos na fotografia. A luz que
envolve o objetivo fotografado gera um clima especial em toda
a imagem.
Para realizar uma boa foto contraluz, deve-se garantir a
iluminação frontal do objetivo. Essa regra não serve para
quando o seu objetivo é criar uma silhueta negra completa do
objetivo fotografado. Para se criar uma silhueta negra, basta
você escolher uma boa fonte de luz e posicionar o seu objetivo
contra ela, fique numa posição em que a sua lente esteja
dentro da sombra gerada pelo seu objetivo e faça a foto.
Existem algumas técnicas básicas para se realizar boas fotos
contraluz. Uma delas é manter o flash ligado, isso garante a
iluminação necessária para que o objetivo fotografado não se
transforme em uma silhueta negra. A outra como eu disse
antes, você deve posicionar a lente dentro da sombra gerada
pelo seu objetivo ou em um ângulo reto (de frente) com a
fonte de luz.
Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!
PARABÉNS, você chegou ao final deste e-book! Espero que
tenha gostado e que as informações passadas aqui sejam úteis
de alguma forma.
Porém eu aconselho que você não pare por aqui e procure se
aprimorar ainda mais, para isso eu indico fazer CURSOS de
FOTOGRAFIA que vão te proporcionar um conhecimento muito
mais avançado, elevando o seu nível técnico e profissional.
No meu site/blog eu indico alguns cursos de nível Iniciante e
Profissional, CLIQUE AQUI para conhecer.

Mais uma vez obrigado e boa sorte!

Douglas Luzz.

Curso de Fotografia para Iniciantes, COMPLETO e 100% Online, Clique aqui!