Você está na página 1de 5

11/06/2019 Exercícios de Fixação - Módulo III

Página inicial / Meus cursos / IDCO-2019-1 / Módulo III / Exercícios de Fixação - Módulo III

Iniciado em terça, 11 jun 2019, 22:14


Estado Finalizada
Concluída em terça, 11 jun 2019, 22:47
Tempo 33 minutos 23 segundos
empregado
Avaliar 95,00 de um máximo de 100,00

Questão 1

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Marque a correta. Qual momento histórico mundial marca a mudança de hábitos da sociedade responsável pelo nascimento da
publicidade nas relações de consumo?

Escolha uma:
a. Revolução Industrial 

b. As cruzadas

c. Revolução tecnológica

d. Convenção de Varsóvia

Sua resposta está correta.

Resposta:"a"
Não há como falar em publicidade como a conhecemos hoje sem iniciar pela própria história do consumo. O mesmo motor impulsionador
deste, traduzido pela revolução industrial e a massificação da produção, dá o norte para o que chamamos atualmente de publicidade.
(Módulo 3, Unidade 1, “Quando surgiu a publicidade?”)
A resposta correta é: Revolução Industrial.

Questão 2

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Julgue o item a seguir em Verdadeiro ou falso:


A publicidade é caracterizada pelos fins que carregam ideais, geralmente humanitários, religiosos, políticos ou cívicos.

Escolha uma opção:


Verdadeiro

Falso 

A publicidade é caracterizada pelo intuito comercial.


(Módulo 3, Unidade 2, “Publicidade x Propaganda”)
A resposta correta é 'Falso'.

https://saberes.senado.leg.br/mod/quiz/review.php?attempt=5380986&cmid=42139 1/5
11/06/2019 Exercícios de Fixação - Módulo III

Questão 3

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Marque a correta. O CDC e o CBAP:

Escolha uma:
a. São incompatíveis entre si;

b. Convivem harmoniosamente; 

c. Tratam de assuntos completamente distintos;

d. Não possuem regras sobre a ética na publicidade;

Sua resposta está correta.


Resposta:"b"
Com a chegada do Código de Defesa do Consumidor, a questão dos limites para a atividade publicitária enfim encontra amparo legal na
forma de proteção aos direitos do consumidor. Desde então, a convivência entre o CBAP e o CDC é harmoniosa, e ambos, o primeiro
pela via privada e o segundo pela previsão legal, se prestam a regular o trabalho publicitário e proteger o consumidor.

(Módulo 3, Unidade 1, “Quais são os limites para a atividade publicitária?”)


A resposta correta é: Convivem harmoniosamente;.

Questão 4

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Marque a correta. O primeiro jornal diário brasileiro que veiculava anúncios foi o:

Escolha uma:
a. Jornal do Brasil

b. O Globo

c. Diário de São Paulo

d. Diário do Rio de Janeiro 

Sua resposta está correta.


Resposta:"d"
Em nosso País, já se coletam traços da publicidade, como a conhecemos hoje, a partir do século XIX. Anúncios de venda de escravos,
imóveis, carroças, artesanato e serviços de profissionais liberais eram corriqueiros em cartazes, folhetos e painéis em São Paulo e no Rio
de Janeiro. Nesta cidade, em 1821, nasceu o primeiro jornal diário do Brasil. O Diário do Rio de Janeiro era um jornal dedicado aos
anúncios de negócios.
(Módulo 3, Unidade 1, “Quando surgiu a publicidade?”)
A resposta correta é: Diário do Rio de Janeiro.

https://saberes.senado.leg.br/mod/quiz/review.php?attempt=5380986&cmid=42139 2/5
11/06/2019 Exercícios de Fixação - Módulo III

Questão 5

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Marque a correta. O Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária (CBAP) tem natureza de:

Escolha uma:
a. Lei ordinária

b. Lei delegada

c. Lei complementar

d. Tem natureza privada 

Sua resposta está correta.


Resposta:"d"
Com a chegada do Código de Defesa do Consumidor, a questão dos limites para a atividade publicitária enfim encontra amparo legal na
forma de proteção aos direitos do consumidor. Desde então, a convivência entre o CBAP e o CDC é harmoniosa, e ambos, o primeiro
pela via privada e o segundo pela previsão legal, se prestam a regular o trabalho publicitário e proteger o consumidor.

(Módulo 3, Unidade 1, “Quais são os limites para a atividade publicitária?”)


A resposta correta é: Tem natureza privada.

Questão 6

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Marque a correta. Qual princípio do CDC abaixo não é específico da publicidade:

Escolha uma:
a. Princípio da vinculação contratual da publicidade;

b. Princípio da transparência da fundamentação da publicidade;

c. Princípio da inversão do ônus da prova; 

d. Princípio da correção do desvio publicitário

Sua resposta está correta.


Resposta:"c"
O CDC elenca uma série de princípios que devem ser verificados em relação à publicidade: princípio da identificação da mensagem
publicitária (art. 36); princípio da vinculação contratual da publicidade (art. 30); princípio da veracidade (art. 37, § 2°); princípio do ônus da
prova a cargo do fornecedor (art. 38); princípio da transparência da fundamentação da publicidade (art. 36, parágrafo único); princípio da
correção do desvio publicitário (art. 56, XII). (O princípio do ônus da prova não é exclusivo da questão publicitária, os demais são.)
(Módulo 3, Unidade 1, “Quais são os limites para a atividade publicitária?”)
A resposta correta é: Princípio da inversão do ônus da prova;.

https://saberes.senado.leg.br/mod/quiz/review.php?attempt=5380986&cmid=42139 3/5
11/06/2019 Exercícios de Fixação - Módulo III

Questão 7

Parcialmente correto

Atingiu 5,00 de 10,00

Julgue o item a seguir em Verdadeiro ou falso:

Assinale a opção INCORRETA:

Na publicidade enganosa por comissão o anunciante induz o consumidor em erro fazendo declaração falsa sobre o Verdadeiro
produto ou serviço;

Chama-se de publicidade por intenção quando o anunciante induz o consumidor em erro deixando de informar algo Verdadeiro
essencial referente ao produto ou serviço.

São tipos de publicidade enganosa: a por comissão e a por omissão. Falso



A falta de informação sobre condições que já são de domínio público não caracteriza publicidade enganosa por Verdadeiro
omissão.

Sua resposta está parcialmente correta.


Você selecionou corretamente 2.
Resposta:"VFVV"
CDC. Art 37. § 3° Para os efeitos deste código, a publicidade é enganosa por omissão quando deixar de informar sobre dado essencial
do produto ou serviço.
(Módulo 3, Unidade 2, “Publicidade enganosa no CDC”)
A resposta correta é: Na publicidade enganosa por comissão o anunciante induz o consumidor em erro fazendo declaração falsa sobre o
produto ou serviço; → Verdadeiro, Chama-se de publicidade por intenção quando o anunciante induz o consumidor em erro deixando de
informar algo essencial referente ao produto ou serviço. → Falso, São tipos de publicidade enganosa: a por comissão e a por omissão. →
Verdadeiro, A falta de informação sobre condições que já são de domínio público não caracteriza publicidade enganosa por omissão. →
Verdadeiro.

Questão 8

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Marque a correta. “Essencial”, para fins de publicidade enganosa por omissão é:

Escolha uma:
a. O produto que serve para suprir necessidades básicas do consumidor;

b. Qualquer detalhe de informação do produto ou serviço independente da sua importância.

c. Aquela informação ou dado cuja ausência influencie o consumidor na sua decisão de comprar; 

d. Somente as informações de peso e medida dos produtos.

Sua resposta está correta.


Resposta:"c"
Tipos de publicidade enganosa: · Por comissão (ou por ação): o anunciante induz o consumidor em erro fazendo declaração falsa sobre o
produto ou serviço. *Ver jurisprudência por Comissão Exemplo: Produto anunciado afirma que tira riscos da pintura dos carros quando, na
verdade, o máximo que pode fazer é limpar a área onde aplicado. · Por omissão: o anunciante induz o consumidor em erro deixando de
informar algo essencial referente ao produto ou serviço.

(Módulo 3, Unidade 2, “Tipos de publicidade enganosa”)


A resposta correta é: Aquela informação ou dado cuja ausência influencie o consumidor na sua decisão de comprar;.

https://saberes.senado.leg.br/mod/quiz/review.php?attempt=5380986&cmid=42139 4/5
11/06/2019 Exercícios de Fixação - Módulo III

Questão 9

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

O art. 30 do CDC menciona publicidade e informação. Sobre a informação, julgue os itens a seguir em verdadeiro ou falso:

Informação é sinônimo de publicidade; Falso 

Informação é antônimo de publicidade; Falso 

Informação é o anúncio propriamente dito; Falso 

Informação é toda manifestação do fornecedor que não seja considerado anúncio; Verdadeiro 

Sua resposta está correta.


Resposta:"FFFV"
Informação, para os fins que aqui se discute, é toda manifestação do fornecedor que não seja considerada anúncio.
(Módulo 3, Unidade 3, “Força vinculante da publicidade para o fornecedor”)
A resposta correta é: Informação é sinônimo de publicidade; → Falso, Informação é antônimo de publicidade; → Falso, Informação é o
anúncio propriamente dito; → Falso, Informação é toda manifestação do fornecedor que não seja considerado anúncio; → Verdadeiro.

Questão 10

Correto

Atingiu 10,00 de 10,00

Julgue o item a seguir em verdadeiro ou falso:

Se um restaurante anunciar que sua pizza é a melhor do bairro, ele será obrigado a cumprir a promessa, pois há como medir isto com
precisão.

Escolha uma opção:


Verdadeiro

Falso 

Por “suficientemente precisa” é de se conceber que o simples exagero não é suficiente para vincular o fornecedor. Os casos em que o
anúncio promete, por exemplo, “a melhor pizza do bairro” ou “o melhor óleo de motor do mercado” não contêm precisão suficiente para
gerar a obrigação do fornecedor. Entretanto, caso este utilize o mesmo expediente para algo que pode ser aferido com certa
tranquilidade, como “o melhor preço da cidade” ou “o café mais barato do Brasil”, a vinculação passa a ser possível.

(Módulo 3, Unidade 3, “Força vinculante da publicidade para o fornecedor”)


A resposta correta é 'Falso'.

◄ Publicidade no Direito do Consumidor Seguir para...


As práticas abusivas ►

https://saberes.senado.leg.br/mod/quiz/review.php?attempt=5380986&cmid=42139 5/5