Você está na página 1de 2

DEMOSNTRANDO MUDANÇA DE ATITUDE

"Naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judeia e dizia:


Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus" Mateus 3:1-2.

Um dos aspecto da nossa vida que confiama a segurança da nossa salvação é o modo de
viver em amor. Ou seja “Sabemos que já passamos da morte para a vida porque amamos
nossos irmãos”, diz o evangelista João (1 João 3:14). O amor na Igreja de Jesus Cristo, é a
mola mestra de todos os relacionamentos saudáveis.
Jesus advertiu a Seus seguidores que através do amor eles seriam conhecidos como
verdaeiros discípulos. Assim, o amor ao irmão se torna a marca fundamental de quem é nova
criatura em Deus.
Mas sabemos também que às Escrituras nos advertem que o cração renovado por Deus vai
produzir frutos que agradem ao Pai, e isso tem haver com o desejo intenso de mudarmos
nossos velhos hábitos e abandonarmos vícios que nos diminuem como pessoas, matam a
espiritualidade e interferem em nossa saúde.

CONVERSÃO: MUDANÇA DE ATITUDE, MUDANÇA DE VIDA.

"Naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judeia e dizia:


Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus" Mateus 3:1-2.

O ARREPENDIMENTO VAI MUITO ALÉM DE UM SIMPLES REMORSO. O arrependimento é


atitude que tomamos para mudar o curso da nossa vida. Ele é uma decisão que devemos
tomar para que vivamos a plenitude do Reino de Deus.

Hoje veremos o complemente da vida de arrependimento, a mudança de atitude que deve


continuar acontecendo mesmo DEPOIS QUE NOS CONVERTEMOS E NOS
ARREPENDEMOS DA NOSSA ANTIGA FORMA DE AGIR.

Entender esse ponto básico e simples é vital para entendermos a diferença que existe quando
nos arrependemos. Muitos cristãs se arrependem e se convertem, mas não mudam sua
atitude, por isso costumam andar derrotados pelo diabo e por suas carnes. Para vencer todas
as coisas devemos mudar nossa atitude depois da nossa conversão. Veja abaixo a diferença:

A ANTIGA ATITUDE: REBELIÃO E INDEPENDÊNCIA

"[...] entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da
nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza,
filhos da ira, como também os demais" Efésios 2:3.

Outrora, quando andávamos no curso deste mundo, nossa vida estava sujeita a nós mesmos e
nós fazíamos aquilo que agradava a nossa carne e a nossa própria vontade. ESSE TIPO DE
ATITUDE É UMA ATITUDE DAQUELES QUE ESTÃO CONDENADOS E QUE NÃO
CONHECEMOS A GRAÇA DO NOSSO DEUS. Reflete toda a sua rebelião e independência
contra Deus.

MUITAS PESSOAS DO MUNDO DIZEM QUE SÃO BOAS POR 'NÃO FAZER MAL A
NINGUÉM'. Elas se enganam, pois fazem mal a elas mesmas. Quando nos afastamos de Deus
e damos ouvidos aos nossos desejos estamos destruindo as nossas vidas com as nossas
próprias mãos.
NÓS FOMOS CRIADOS POR DEUS A PARA A GLÓRIA DE DEUS.

O profeta Isaías disse: “Todo o que é chamado pelo meu nome, a quem criei para a minha
glória, a quem formei e fiz.” (Is 43:7). Nós fomos criados para dar glória a Deus. Portanto,
devemos glorificá-Lo em tudo o que fazemos com nossas vidas, como o apóstolo Paulo nos
lembra: “A fim de que nós, os que primeiro esperamos em Cristo, sejamos para o louvor da sua
glória.” (Ef 1:12).

Quando vivemos alheios a vida do Senhor e independentes da Sua vontade a nossa vida perde
seu valor e função. É por isso que muitas pessoas do mundo acabam se suicidando, pois a
vida delas não tem mais sentido.

A NOVA ATITUDE: SUBMISSÃO A DEUS E DEPENDÊNCIA DELE

"Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito
fruto; porque sem mim nada podeis fazer" João 15:5.

O contrário da vida de rebelião e independência é a submissão a Deus e a dependência dEle.


Nesta vida somos todos ramos da videira que é Jesus e dependemos da seiva que Ele nos dá
para poder fazer tudo. Devemos submeter nossa vida inteiramente a Deus e depender dEle em
todos os sentidos. Essa submissão e dependência não é falácia, mas deve ser uma prática
viva para nós.

SE NÃO NOS SUBMETEMOS A DEUS, CERTAMENTE SOMOS INSUBMISSOS.

“Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;
lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” 1 Pedro 5:6,7.

E se somos insubmissos, então estamos ainda muito distantes da realidade de vida que Deus
tem para nós. Igualmente, se não dependemos de Deus, certamente a nossa vida é baseada
apenas em nós mesmos e não irá subsistir. Nessa nova vida devemos nos submeter a vontade
de Deus e depender apenas do agir de Deus em todas as coisas.

PARA CAMINHAR ASSIM UM ATRIBUTO QUE DEVEMOS TER É A PACIÊNCIA.

“Portanto, irmãos, sede pacientes até a vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso
fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba as primeiras e as últimas chuvas” 1
Pedro 5:7.
Na maioria da vezes que vamos ao Senhor em oração sua resposta para nós é 'não'. Devemos
aprender a ouvir o 'não' de Deus para que Ele nos guie para as águas tranquilas e para os
pastos verdejantes. Devemos permanecer em Cristo, pois sem Ele não podemos fazer coisa
alguma.

Portanto, meus amados que Deus seja glorificado em nossas vidas. Que pela consideração da
Sua Palavra o Senhor nos dê a orientação necessária para agrada-lo em nossas vidas.