Você está na página 1de 10

SIMULADO AOCP nossas ruas, e se procuramos não sair

de casa à noite somos fuzilados por um


LÍNGUA PORTUGUESA bando na frente de casa às 10 da manhã.
E, quando nossa tolerância ou
Falência múltipla resignação chegou ao limite, brota essa
Lya Luft onda humana de busca de dignidade
Um jornalista comentou para todos. Não se trata apenas de
recentemente num programa de centavos em passagens, mas de
televisão que pediu a um médico seu respeito.
amigo um diagnóstico do que está As vozes dizem NÃO: não aos ônibus
ocorrendo no Brasil: infecção, virose? A sujos e estragados, impontuais,
resposta foi perfeita: “Falência múltipla motoristas sobrecarregados; não às
dos órgãos”. escolas fechadas ou em ruínas; não aos
Nada mais acertado. Há quase dez professores e médicos impotentes,
anos realizo aqui na coluna minhas estradas intransitáveis, medo dentro e
passeatas: estas páginas são minha fora de casa. Não a um ensino em que a
avenida, as palavras são cartazes. Falo palavra “excelência” chega a parecer
em relações humanas e seus dramas, abuso ou ironia. Não ao mercado persa
porém mais frequentemente nas coisas de favores e cargos em que
inaceitáveis na nossa vida pública. transformam nossa política, não aos
Esgotei a paciência dos leitores corruptos às vezes condenados
reclamando da péssima educação — ocupando altos cargos, não ao absurdo
milhares de alunos sem escola ou número de partidos confusos.
abrigados em galpões e salinhas de As reclamações da multidão nas ruas
fundo de igrejas, para chegarem aos 9, são tão variadas quanto nossas
10 anos sem saber ler nem escrever. mazelas: por onde começar? Talvez pelo
Professores desesperados tentando prático, e imediato, sem planos
ensinar sem material básico, sem mirabolantes. Algo há de se poder fazer:
estrutura, salários vergonhosos, não creio que políticos e governo
estímulo nenhum. Universidades cujo tenham sido apanhados desprevenidos,
nível é seguidamente baixado: em lugar por mais que estivessem alienados em
de darem boas escolas a todas as torres de marfim.
crianças e jovens para que possam Infelizmente todo movimento de massas
entrar em excelentes universidades por provoca e abriga sem querer grupos
mérito e esforço, oferecem-lhes violentos e anárquicos: que isso não
favorecimentos prejudiciais. nos prejudique nem invalide nossas
Tenho clamado contra o horror da reivindicações.
saúde pública, mulheres parindo e Não sei como isso vai acabar: espero
velhos morrendo em colchonetes no que transformando o Brasil num lugar
corredor, consultas para doenças melhor para viver. Quase com atraso, a
graves marcadas para vários meses voz das ruas quer lisura, ética, ações,
depois, médicos exaustos trabalhando cumprimento de deveres, realização dos
além dos seus limites, tentando salvar mais básicos conceitos de decência e
vidas e confortar os pacientes, sem responsabilidade cívica, que andavam
condições mínimas de higiene, sem trocados por ganância monetária ou
aparelhamento e com salário ânsia eleitoreira.
humilhante. Que sobrevenham ordem e paz. Que
Em lugar de importarmos não sei depois desse chamado à consciência de
quantos mil médicos estrangeiros, quem quem lidera e governa não se absolvam
sabe vamos ser sensatos e oferecer os mensaleiros, não se deixem pessoas
condições e salários decentes aos medíocres ou de ética duvidosa em
médicos brasileiros que querem cuidar altos cargos, acabem as gigantescas
de nós? negociatas meio secretas, e se apliquem
Tenho reclamado das condições de decentemente somas que poderão
transporte, como no recente artigo “Três salvar vidas, educar jovens, abrir
senhoras sentadas”: transporte caro horizontes.
para o calamitoso serviço oferecido. Sou totalmente contrária a qualquer
“Nos tratam como animais”, reclamou violência, mas este povo chegou ao
um usuário já idoso. A segurança extremo de sua tolerância, percebeu que
inexiste, somos mortos ao acaso em tem poder, não quer mais ser enganado
e explorado: que não se destrua nada, (C) explicação.
mas se abram horizontes reais de (D) proporção.
melhoria e contentamento. (E) consecução.
http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-
setti/tag/lya-luft/ 6) A expressão destacada que é
empregada para modificar todo o
1) De acordo com a autora, conteúdo expresso no fragmento se
(A) todo tipo de manifestação é legítima, encontra na alternativa
mesmo que violenta. (A) “Sou totalmente contrária a qualquer
(B) o povo está cansado de médicos violência, mas este povo chegou ao
despreparados e inexperientes. extremo de sua tolerância...”
(C) professores sem material didático são (B) “Um jornalista comentou recentemente
incapazes de ensinar. num programa de televisão que
(D) os políticos estavam prevenidos, pediu a um médico...”
embora não parecessem. (C) “Falo em relações humanas e seus
(E) médicos estrangeiros não estão dramas, porém mais frequentemente
preparados para o povo do Brasil. nas coisas inaceitáveis...”
(D) “Infelizmente todo movimento de
massas provoca e abriga sem querer
2) Em “...que isso não nos prejudique”,
grupos violentos e anárquicos...”
a forma verbal destacada está
(E) “...se apliquem decentemente somas
conjugada no
que poderão salvar vidas, educar
(A) presente do subjuntivo.
jovens, abrir horizontes.”
(B) presente do indicativo.
(C) futuro do subjuntivo.
7) Em “...que isso não nos prejudique
(D) futuro do indicativo.
nem invalide nossas reivindicações”, as
(E) imperfeito do subjuntivo.
expressões destacadas estabelecem
relação semântica de
3) passagem do texto em que há (A) contraste.
emprego da figura de linguagem (B) negação.
denominada de prosopopeia é (C) adição.
(A) “As reclamações da multidão nas ruas (D) alternância.
são tão variadas...” (E) explicação.
(B) “...a voz das ruas quer lisura, ética,
ações...”
8) Em “...não às escolas fechadas...”, o
(C) “...mulheres parindo e velhos morrendo
sinal indicativo de crase foi empregado
em colchonetes no corredor...”
para
(D) “Professores desesperados tentando
(A) evitar a ambiguidade presente no
ensinar sem material básico...”
fragmento, decorrente da semelhança entre
(E) “Sou totalmente contrária a qualquer
o som do verbo ‘haver’ e o artigo ‘a’.
violência...”
(B) atender à regência nominal do adjunto
adverbial, que requer um objeto indireto
4) O fragmento em que é possível haver
para completar o seu sentido.
uma concordância verbal diferente da
(C) marcar o emprego de um adjunto
apresentada é
adverbial cuja base é composta de um
(A) “...mas se abram horizontes reais...”
substantivo do gênero feminino.
(B) “...acabem as gigantescas
(D) marcar o emprego de uma locução
negociatas...”
prepositiva formada de um substantivo
(C) “Que sobrevenham ordem e paz.”
feminino seguido de um adjetivo.
(D) “...não aos corruptos às vezes
(E) marcar a fusão entre a preposição ‘a’,
condenados...”
requerida pelo verbo ‘dizer’, e o artigo ‘a’,
(E) “...não se absolvam os mensaleiros...”
empregado diante de ‘escolas’.
5) Em “não creio que políticos e governo 9) “Professores desesperados tentando
tenham sido apanhados desprevenidos, ensinar sem material básico, sem
por mais que estivessem alienados em estrutura, salários vergonhosos,
torres de marfim.”, a expressão em estímulo nenhum. Universidades cujo
destaque estabelece relação semântica nível é seguidamente baixado: em lugar
de de darem boas escolas a todas as
(A) contraste. crianças e jovens para que possam
(B) conclusão.
entrar em excelentes universidades por III. Reiteração de faltas injustificadas e de
mérito e esforço, oferecem-lhes evasão escolar, esgotados os recursos
favorecimentos prejudiciais.” O escolares.
pronome destacado retoma a expressão
(A) ‘Professores desesperados’. IV. Elevados níveis de repetência.
(B) ‘salários vergonhosos. Estão corretas as afirmativas:
(C) ‘favorecimentos prejudiciais’. a) I e III, apenas.
(D) ‘crianças e jovens’. b) I e II, apenas.
(E) ‘excelentes universidades. c) II, III e IV, apenas.
d) I, III e IV, apenas.
10) Em “Que sobrevenham ordem e e) I, II, III e IV.
paz.”, a expressão destacada funciona
como 14) O ensino será ministrado com base
(A) conjunção integrante. nos seguintes princípios, exceto:
(B) pronome relativo. a) respeito à liberdade e apreço à
(C) advérbio de modo. tolerância.
(D) conjunção coordenativa.
b) coexistência de instituições públicas e
(E) partícula de realce.
privadas de ensino.
c) garantia de padrão de qualidade.
LEGISLAÇÃO BASICA EM EDUCAÇÃO d) valorização da experiência extra-escolar.
e) vinculação entre a educação escolar, o
11. O IDEB trabalho voluntário e a renda familiar,
a) É uma ferramenta de acompanhamento visando direcionar e condicionar a
das metas estabelecidas pelo Plano do população ativa às necessidades sociais.
Desenvolvimento da Educação.
b) Tem metas nacionais e únicas e orienta 15) De acordo com o Estatuto da
cada escola a cumpri-las para a melhoria Criança e do Adolescente (ECA) a
da qualidade do ensino público brasileiro. criança e o adolescente têm direito à
educação, visando ao pleno
c) É um índice nacional, que não permite a desenvolvimento de sua pessoa,
avaliação por estado, município ou escola. preparo para o exercício da cidadania e
d) É calculado a partir do Censo Escolar, qualificação para o trabalho,
que fornece os dados sobre a reprovação assegurando-se-lhes:
escolar de cada instituição.
I. Igualdade de condições para o acesso e
12) Assegurar o cumprimento dos dias permanência na escola
letivos e horas-aula estabelecidas e
prover meios para recuperação dos II. Direito de ser respeitado por seus
alunos de menor rendimento, nos educadores.
termos do art. 12 da LDB, é atribuição:
a) dos docentes; III. Direito de contestar critérios avaliativos,
b) dos Municípios; podendo recorrer às instâncias escolares
c) da comunidade.; superiores.
d) dos estabelecimentos de ensino;
IV. Direito de organização e participação
e) das instituições auxiliares da escola.
em entidades estudantis.
13) De acordo com o Estatuto da
V. Acesso à escola privada e gratuita
Criança e do Adolescente ECA (Lei n°
próxima de sua residência.
8.069/90), os dirigentes de
estabelecimentos de ensino
Está(ao) correta(s):
fundamental comunicarão ao Conselho
a) Somente o item V está incorreto.
Tutelar os casos de:
I. Maus-tratos envolvendo seus alunos. b) Somente os itens II, III, e IV estão
corretos.
II. Indisciplina envolvendo funcionários e c) Somente os itens III, IV e V estão
alunos da escola. corretos.
d) Todos os itens estão corretos, exceto o
item III.
e) Todos os itens estão corretos. deles, com exceção dos estudos de Língua
Portuguesa e Literatura
16) Assinale a alternativa incorreta, B) a interdisciplinaridade será substituída
quanto a Resolução nº 3 18 que trata das pela transdisciplinaridade sendo reforçada
Diretrizes Curriculares Nacionais para o em momentos de estudos teóricos e
Ensino Médio práticos de diferentes matérias que devem
(A)Os currículos do ensino médio são ser contempladas nas diferentes áreas do
compostos por formação geral básica e conhecimento"
itinerário formativo, indissociavelmente C) todas as línguas estrangeiras deverão
(B) Deve ser ofertada língua inglesa, ser oferecidas conforme a escolha de cada
podendo ser oferecidas outras línguas estudante, assim como a oferta de outras
estrangeiras, em caráter optativo, competências linguísticas e
preferencialmente o espanhol, de acordo comunicacionais eletivas
com a disponibilidade da instituição ou rede D) há cinco possibilidades de itinerários
de ensino. formativos que podem ser organizados
(C) Na modalidade de educação de jovens pelas instituições (quatro se aprofundando
e adultos é possível oferecer até 80 (oitenta em cada uma das áreas de conhecimento e
por cento) de sua carga horária a distância, um quinto focado em formação técnica e
tanto na formação geral básica quanto nos profissional)
itinerários formativos do currículo, desde E) os itinerários formativos passarão a ter
que haja suporte tecnológico digital ou não dois eixos estruturantes que abordarão a
e pedagógico apropriado investigação científica e o
(D) O currículo por área de conhecimento empreendedorismo, entre os quais um
deve ser organizado e planejado dentro deverá ser indicado para estruturar o
das áreas de forma interdisciplinar e aprendizado
transdisciplinar
( E) O itinerário formativo não possibilita a 19) O Exame Nacional do Ensino Médio
concessão de certificados intermediários de ENEM tem como principal finalidade
qualificação profissional técnica, ainda que avaliar o desempenho escolar e
seja estruturado e organizado em etapas
com terminalidade segundo os interesses acadêmico do aluno ao final do Ensino
dos estudantes, as possibilidades das Médio Partindo dessa informação e tendo
instituições e redes de ensino, as como foco situações para as quais servem
demandas do mundo do trabalho e a os resultados do ENEM, é correto afirmar
relevância para o contexto local que esse exame.
I favorece a criação de referência nacional
17) Aos estabelecimentos de ensino não
para o aperfeiçoamento dos currículos do
cabe
a) elaborar e executar sua proposta Ensino
pedagógica. Médio
b) Recensear anualmente as crianças e II é utilizado como mecanismo único,
adolescentes em idade escolar, bem como alternativo ou complementar para acesso
os jovens e adultos que não concluíram a à educação superior, em especial para as
educação básica instituições federais.
c) administrar seu pessoal e seus recursos
III viabiliza o desenvolvimento de estudos
materiais e financeiros.
e indicadores sobre a educação brasileira
d) assegurar o cumprimento dos dias
letivos e horas-aula estabelecidas. IV constitui parâmetros para o sistema de
e) velar pelo cumprimento do plano de avaliação formal das instituições escolares
trabalho de cada docente. integrantes da rede de ensino privada
Estão corretas as complementações
18) Uma das principais medidas contidas em
aprovadas pelas Diretrizes Curriculares A) I, II, III e IV
Nacionais para o ensino médio consiste
B) II, III e IV apenas
em que
A) a formação geral básica deve ter carga C) I, III e IV apenas
horária total máxima de 3000 horas a D) I, II e III apenas
serem divididas entre os anos do ensino
fundamental e médio ou somente em parte 20) Acerca da execução do Fundo de
Manutenção e Desenvolvimento da
Educação Básica e de Valorização dos membros da comunidade e diretor da
Profissionais da Educação – FUNDEB, é escola.
correto afirmar que: IV. É responsável pelas funções
deliberativas, consultivas, fiscais e
a) trata-se de um fundo especial, de
mobilizadoras, para garantir a gestão
natureza contábil e de âmbito estadual e democrática nas escolas públicas.
municipal. V. Constitui um espaço escolar para se
b) os recursos destinados aos estados discutir o projeto pedagógico com a direção
são calculados com base no número de da escola.
alunos da educação infantil e do ensino Estão corretas as afirmativas:
fundamental. a) I, II e IV;
c) seus recursos são distribuídos b) I, II e V;
mediante autorização em convênios. c) II, III e IV;
d) os recursos destinados aos d) III, IV e V;
municípios são calculados com base no e) II, IV e V.
número de alunos do ensino
fundamental e médio. 23) A gestão democrática, citada na LDB
e) nos estados onde a arrecadação se 9394/96, garante à equipe pedagógica e
revela insuficiente para garantir o valor aos professores da escola o direito de
mínimo nacional por aluno ao ano, a estabelecer os princípios, finalidades e
União realiza aporte de recursos objetivos do Conselho de Classe, que
desempenha um papel de:
federais.
a) avaliação para discutir o aluno de modo
integral, e para dar suporte aos professores
CONHECIMENTOS PEDAGOGICOS apontando os insucessos dos alunos e
acentuando os pontos negativos;
21) Criar grupos de pessoas com b) avaliação dos alunos e de avaliação de
princípios educativos autogestionários; práticas docentes, com o objetivo de
estabelecer como critério de relevância diagnosticar a razão das dificuldades dos
o saber sistematizado, seu possível uso alunos e dos professores, e apontar as
prático e desprezar qualquer tentativa mudanças necessárias nos
de avaliação de aprendizagem, ao encaminhamentos pedagógicos;
menos em termos de conteúdo, são
características da chamada Pedagogia c) mecanismo democrático que possibilita
Institucional ou uma gestão democrática, com a
A. Tecnicista. participação de todos os agentes
B. Crítico-social dos Conteúdos. educativos;
C. Tradicional. d) lócus de observação para que os
D. Libertadora. professores indiquem os alunos com
E. Libertária. dificuldades de aprendizagem e com
problemas comportamentais, de
22) As famílias podem se envolver assiduidade, de relacionamento, de
ativamente nas decisões tomadas pelas agressividade e de concentração para
escolas de seus filhos. Candidatar-se a serem discutidos entre os alunos e os
uma vaga no Conselho Escolar é uma docentes;
boa maneira de acompanhar e auxiliar o e) instância de avaliação institucional onde
trabalho dos gestores escolares. Avalie a interação pedagógica ocorre devido a
as seguintes afirmativas acerca do busca de solução de problemas dos
Conselho Escolar: discentes levantados num bimestre,
trimestre ou semestre.
I. É constituído por representantes de pais,
estudantes, professores, demais 24) A questão do Projeto Político
funcionários, membros da comunidade Pedagógico das escolas é uma
local e o diretor da escola. discussão recente, no contexto
II. Destina-se a zelar pela manutenção da educacional brasileiro. Sobre ele, pode-
escola e participar da gestão se afirmar:
administrativa, pedagógica e financeira.
a) É um documento para ser apresentado à
III. É composto por docentes, estudantes,
Secretaria de Educação Estadual.
técnico-administrativos, familiares,
b) É um documento para ficar guardado na sociedade por meio de conteúdos que
escola. atendam às exigências profissionais, à
c) É um documento construído por um exceção das questões políticas e culturais
grupo de notáveis do órgão superior. postas na sociedade.
d) É um documento que restringe e) Plano de ensino, plano de aula, plano da
radicalmente a autonomia dos gestores, escola são sinônimos que representam
que não pode utilizar práticas inovadoras. uma ação desenvolvida pelo professor em
e) É um documento de democratização das sua disciplina.
decisões escolares e pedagógicas que
orientam a vida institucional das escolas. 27) “O modo como os professores
realizam o seu trabalho, selecionam
25) O projeto político-pedagógico da conteúdos das disciplinas, organizam
escola deve ser entendido como a os tempos e os espaços escolares,
própria organização do trabalho orientam as atividades dos alunos e
pedagógico diário da escola. É definem instrumentos de avaliação
considerado político e pedagógico indica as intenções educativas e as
porque concepções de aprendizagem que os
a) Expressa a formação do cidadão para orientam.” Considere a influência das
um tipo de sociedade e define as ações tendências pedagógicas, ao longo do
educativas que a escola irá cumprir a fim século XX, nas práticas educativas e
de alcançar suas intenções educacionais. relacione as colunas a seguir:
b) Conforme o partido político que está no
Governo se configura de uma maneira ou 1. Tendência Tradicional.
de outra. 2. Tendência Renovada/Nova.
c) São os políticos que o elaboram e a 3. Tendência Tecnicista.
escola o coloca em prática apenas.
d) A concepção política e pedagógica 4. Tendência Libertadora/Crítico-Social.
escolhida pela Secretaria de Educação do ( )Papel do professor: mediar a construção
Estado está descrita no projeto e é seguida do conhecimento. Provocar, desafiar,
por todas as escolas estaduais. problematizar. Criar situações de
aprendizagem.
e) Nenhuma alternativa anterior está
( )Papel do aluno: Memorizar
correta.
conhecimentos. Ouvir com atenção. Fazer
exercícios.
26) "O planejamento é um processo de ( )Conteúdos escolares: Fatos. Conceitos.
racionalização, organização e Princípios científicos fragmentados.
coordenação da ação docente, ( )Metodologia /Didática: Descoberta pelo
articulando a atividade escolar e a aluno. Passos do método científico.
problemática do contexto ( )Função da avaliação: Diagnosticar e
social"(LIBÂNEO, 1994) Considerando a regular as aprendizagens. Orientar as
afirmação de José Carlos Libâneo sobre intervenções pedagógicas. Acompanhar o
a relevância do Planejamento para a desenvolvimento do aluno.
ação educativa, é correto afirmar que: A sequência está correta em:
a) Os acontecimentos do meio escolar não a) 4, 1, 3, 2, 4
sofrem influências econômicas, políticas e b) 1, 4, 2, 3, 4
culturais, uma vez que já há muitos
c) 2, 3, 3, 4, 1
conflitos na sociedade.
d) 3, 2, 4, 1, 2
b) A essência do Planejamento é
preencher os requisitos solicitados em e) 4, 3, 1, 4, 2
formulários que servirão de suporte para o
controle administrativo. 28) Embora seja um dos elementos mais
importantes dentro da teoria da
c) Para que o plano de ensino seja
educação, o currículo vem sendo
instrumento para a ação, ele deve ser
encarado como um elemento de pouca
como um guia de orientação e deve
importância. Em quase todas as
apresentar ordem sequencial, objetividade,
discussões que envolvam questões
coerência, flexibilidade.
relacionadas à educação não se
d) Ao planejar o processo de ensino, tanto menciona o currículo escolar como
escola como professores devem ter claro elemento relevante. Só é dada alguma
como a educação pode colaborar com a importância ao currículo escolar quando
se discute a inserção ou a eliminação de 30) Os currículos voltados para a
uma disciplina em um currículo já construção de competências visam
existente. Portanto, o currículo escolar é promover alterações nos processos
entendido como: educativos das escolas. Nesse sentido,
a) Um elemento dentro da teoria da a) Promovem os conteúdos escolares sem
educação não merecedor de uma a necessidade de agregá-los às práticas
discussão mais aprofundada, mais séria. sociais.
b) Instrumento que reflete todas as b) Primam pela hierarquia que valoriza
experiências em termos de conhecimento mais os conhecimentos sobre as
que serão proporcionados aos alunos de competências.
um determinado curso e deve ser encarado c) Transmitem saberes independentemente
como elemento central do processo da da necessidade de mobilizá-los em
educação institucionalizada. determinada ação.
c) Mecanismos de controle e regulação no d) Constroem o saber de forma
interior da educação que deve primar pela contextualizada.
teoria. e) Oportunizam o contato com o saber,
d) Instrumento mais legítimo de defesa do com prevalência sobre o saber fazer.
cidadão, principalmente no que diz respeito
às medidas materializadas. CONHECIMENTO S E S P E C Í F I C O S

29) Considere o excerto: 31) Helena pagou R$ 850,00 em uma


"Acompanhando processos de mudança peça de malha, como precisou de mais,
na avaliação, percebemos que há ela voltou na mesma loja e comprou
necessidade de serem realizadas mais R$ 714,00 em outra peça de malha
alterações tanto na avaliação em si de mesma qualidade. Qual é o
(finalidade, conteúdo, forma), quanto no comprimento da peça mais cara que
campo onde ela se dá (vínculo Helena comprou, sabendo que ela tem 8
pedagógico) e nas suas relações (com a metros a mais do que a segunda?
instituição na qual está inserida e com o (A) 30
sistema educacional e social)" (B) 35
(VASCONCELLOS, 2009). Sobre o (C) 42
processo de avaliação, assinale (D) 50
alternativa INCORRETA. (E) 60
a) A avaliação deve ser pensada como um
recurso que localiza as necessidades da 32) Qual é o volume de um cilindro reto
sala de aula e um levantamento que com raio medindo 5 cm e altura medindo
promove a superação. 10 cm? (Adote π = 3,14)
b) A questão fundamental em que deve-se (A) 800 cm3
pautar o professor não deve ser o de (B) 785 cm3
traduzir em uma nota o desempenho do (C) 700 cm3
aluno, mas sim o de como encontrar (D) 650 cm3
estratégias para que o aluno aprenda. (E) 25cm3
33) João possui 8 fichas com 4 cores
c) Para uma boa avaliação é necessário diferentes em um dos lados, ou seja,
recuperar o significado dos conteúdos, pois duas são vermelhas, duas são azuis,
assim o aluno poderá ver sentido no que duas são brancas e duas são verdes, e
está sendo apresentado. do outro lado são todas pretas. Após
d) O professor deve ter uma intenção clara. embaralhar as fichas e virar os lados
Ele deve superar o caráter de punição e de coloridos para baixo, João deve buscar
prêmio da avaliação. as fichas com cores iguais, virando
e) A avaliação deve ser aplicada somente exatamente duas delas. A probabilidade
após a exposição de todo conteúdo. de João retirar, ao acaso, duas fichas
Centralizar a avaliação em uma etapa com cores iguais na primeira tentativa é
facilita a levantamento das dificuldades. de
1
Desse modo, o professor poderá mais (A)
2
facilmente visualizar o aproveitamento dos 2
(B)
alunos. 3
1
(C)
7
(D)
1 (B) “Não gosto de pipoca e gosto de
3
1 chocolate”
(E) (C) “Não gosto de pipoca e chocolate”
6
(D) “Não gosto de pipoca e não gosto de
34) Um triângulo possui 10 cm2 de área. chocolate”
Se aumentarmos em 5 cm a base e em 4 (E) “Não gosto de pipoca ou não gosto de
cm a altura, a área do triângulo passará chocolate”
a ser 32 cm2. Assinalea alternativa que
apresenta o valor da base e da altura 39) João, José, Marcelo e Tiago são
original do triângulo respectivamente, irmãos e, enquanto jogavam bola no
sabendo que são números naturais. quintal, um deles chutou a bola com
(A) 1 cm e 5 cm. muita força e acabou quebrando o vidro
(B) 2 cm e 4 cm. da janela do vizinho.
(C) 3 cm e 4 cm. O que podemos com certeza
(D) 5 cm e 4 cm. afirmar sobre quem chutou a bola,
(E) 5 cm e 3 cm. sabendo que apenas uma das
proposições abaixo é verdadeira?
35) Uma prova contém 30 questões de
matemática, se um aluno errou 20% da 1. Quem chutou foi João ou José.
prova, quantas questões ele acertou? 2. Quem chutou foi Marcelo ou
(A) 6 João.
(B) 12 3. Quem chutou foi João ou Tiago.
(C) 18 (A) Não foi João.
(D) 20 (B) Não foi Marcelo.
(E) 24 (C) Não foi Tiago.
(D) Pode ter sido o Marcelo.
36) Qual é o resto da divisão do (E) Foi o João.
polinômio 𝑷(𝒙) = 𝟐𝒙𝟑 + 𝟑𝒙 + 𝟐 Por 𝒙 − 𝟏
(A) 3 40) Duas urnas guardam bolas brancas
(B) 5 e pretas. Uma das urnas tem 3 bolas
(C) 7 brancas e 1preta enquanto que a outra
(D) 8 tem 3 bolas brancas e 3 pretas.
(E) 11 Escolhendo-se uma urna ao acaso e em
seguida, sucessivamente e com
37) Considere quatro conjuntos não reposição duas de suas bolas, a
vazios A, B, C e D, representados no probabilidade de ocorrer uma branca e
uma preta é
diagrama a seguir, e assinale a
(A) 7/8
alternativa INCORRETA. (B) 7/16
(C) 3/8
(D) 7/32
(E) 3/16

41) Os pontos A , B e C são vértices


consecutivos de um hexágono regular
de área igual a 6. Qual a área do
triângulo ABC ?
(A)
a) 1
(B) b) 2
(C) c) 3
(D) d) √2
e) √3
(E)

38) Qual é a alternativa que apresenta a


negação da proposição: “Gosto de 42) Em uma cooperativa de agricultores
pipoca e gosto de chocolate” do município de Vitória de Santo Antão,
(A) “Gosto de pipoca e não gosto de foi realizada uma consulta em relação ao
chocolate” cultivo da cultura da cana-de-açúcar e
do algodão. Constatou-se que 125 De quantas maneiras distintas pode-se
associados cultivam a cana-de-açúcar, responder a esse questionário?
85 cultivam o algodão e 45 cultivam a)3125
ambos. Sabendo que todos os b)120
cooperativados cultivam pelo menos c)32
uma dessas duas culturas, qual é o d)25
número de agricultores da cooperativa? e)10
a) 210
b) 255 46) A soma dos ângulos das faces de
um poliedro convexo vale 720°.
c) 165
Sabendo-se que o número de faces vale
d) 125 2/3 do número de arestas, pode-se dizer
e) 45 que o número de faces vale.
a) 6.
43) Os pontos A(–1, 3) e B(5, –1) são b) 4.
extremidades de uma das diagonais de c) 5.
um quadrado. A equação da reta suporte d) 12.
da outra diagonal é e) 9.
a) 2x 3y 10
b) 2x 3y 7 0
47) Calcular a área total do sólido
c) 3x 2y 8 0
gerado pela rotação completa da figura
d) 3x 2y 4 0
dada em torno do eixo s.
e) 2x 3y 10

44) Um cone circular reto, cujo raio da


base é 3 cm, está inscrito em uma esfera
de raio 5 cm, conforme mostra a figura a
seguir.

O volume do cone corresponde a que a) 273


porcentagem do volume da esfera? b) 175
c) 98
a) 26,4% d) 75
b) 21,4% e) 49
c) 19,5%
d) 18,6%
48) Uma forma trigonométrica do
e) 16,2%
número complexo z = √𝟑 - 3i é:
a) - 2√3 (cos 60° + isen 60°)
45) Para responder a certo questionário,
b) cos 45° + isen 45°
preenche-se o cartão apresentado
abaixo, colocando-se um "x" em uma só c) 2 √3 (cos 300° + isen 300°)
resposta para cada questão. d) 2 √3 (cos 30° + isen 30°)

CARTÃO RESPOSTA 49) A função inversa da função 𝒇(𝒙) =


Questões 1 2 3 4 5 𝟐𝒙−𝟒
é
Sim −𝟑𝒙+𝟖

Não
a)

b)

c)

d)

e)

50) Encontre o conjunto solução da


equação a seguir:

𝐥𝐨𝐠 𝟕 (𝒙) + 𝐥𝐨𝐠 𝟕 (𝒙 + 𝟏)𝟐 + 𝐥𝐨𝐠 𝟏 (𝟔) = 𝟎


𝟕

a) S = { -2, 3}
b) S = { -6, 1}
c) S = { 2}
d) S = { 3}
e) S = { -3, 2}