Você está na página 1de 27

Este trabalho está licenciado sob a Licença Atribuição Não Comercial 2.5 Brasil Creative Commons.

Para visualizar uma cópia desta licença, visite <http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.5/br/>.

Copyright © 2018 by André Rodrigues, Larissa Ribeiro, Paula Desgualdo e Pedro Markun

Grafia atualizada segundo o Acordo Ortográfico da Língua


Portuguesa de 1990, que entrou em vigor no Brasil em 2009.

Capa e projeto gráfico


estúdio rebimboca

Revisão
viviane t. mendes
adriana moreira pedro

Tratamento de Imagem
américo freiria

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (cip)


(Câmara Brasileira do Livro, sp, Brasil)

Eleição dos bichos / André Rodrigues...[et al.]. –


1ª ed – São Paulo : Companhia das Letrinhas, 2018.

Outros autores: Larissa Ribeiro, Paula Desgualdo,


Pedro Markun.

ISBN 978-85-7406-839-8

1. Educação de crianças. 2. Educação – Aspectos


políticos 3. Política educacional I. Rodrigues, André.
II. Ribeiro, Larissa. III. Desgualdo, Paula. IV. Markun,
Pedro.

18-17436 CDD-379

Índice para catálogo sistemático:


1. Política para crianças: Educação: Política educacional 379

Iolanda Rodrigues Biode – Bibliotecária – CRB - 8/10014

2018

Todos os direitos desta edição reservados à


EDITORA SCHWARCZ S.A.
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 — São Paulo —
­ SP — Brasil
Telefone: (11) 3707 3500
www.companhiadasletrinhas.com.br
www.blogdacompanhia.com.br
/companhiadasletrinhas
companhiadasletrinhas
Não se falava em outra coisa
na floresta.

O Leão havia desviado toda a


água do rio para construir uma
piscina em frente à sua toca.
Para os outros bichos, aquilo foi a gota
d’água. Inconformados, eles começaram
a se perguntar se o Leão deveria mesmo
ser o rei da floresta.
Decidiram ir até a piscina
fazer uma MANIFESTAÇÃO.
O Leão não deu a mínima. Mas os bichos já estavam pensando
em maneiras de escolher outro líder.
Ficou decidido, então, que
haveria uma eleição na floresta.
A Macaca, a Preguiça e a Cobra O Leão, quando soube, não quis ficar de fora –
logo se apresentaram como teve bicho que reclamou, mas as regras permitiam
candidatas a presidente. que ele também participasse.
Sou um leão de família. Venho de uma antiga e
tradicional linhagem de leões, todos reis da floresta.
Foi o meu querido tataravô quem expulsou os
fedidos gambás para que os animais de bom cheiro
pudessem viver em paz. Dei emprego aos macacos
que desviaram o rio para fazer a piscina real.
Em time que está ganhando não se mexe.
Pela tradição, vote Leão!
Nós fomos enganados. Prometeram que a
piscina seria também para os macacos. O rei é
tão traiçoeiro e escorregadio quanto uma casca
de banana podre. No meu governo tudo será
diferente. Vamos construir tocas e lares para
todos. Chega de mentiras, Macaca presidenta!
Cresci na selva com todos vocês. Já rastejei muito
nesta terra, conheço cada buraco e cada ninho.
Enfrentamos a grande seca, sobrevivemos ao
incêndio e aos caçadores. Juntos somos fortes.
Vote na Cobra!
É hora de definirmos juntos o nosso futuro.
Olhos e ouvidos atentos, quero escutar cada um de
vocês. Não me julguem pelo nome, de preguiçosa não
tenha nada. Apenas não me apresso, porque acredito
que um bom governo não se constrói da noite para o
dia. Com calma e paciência, chegaremos lá!
Quando começaram as campanhas, os candidatos
tentaram convencer os eleitores a votar neles, mostrando
as vantagens de serem escolhidos presidente.

Participaram de tiraram selfies com


distribuíram panfletos, conversaram...
programas de televisão, outras espécies,
falaram mal de outros
Organizaram COMÍCIOS , candidatos (embora instalaram placas, e conversaram mais.
isso não fosse legal)
Participaram também de um DEBATE, Algumas vezes sobre coisas importantes
onde podiam fazer perguntas uns para a floresta, outras nem tanto.
aos outros, falar sobre as propostas e
apresentar seus pontos de vista.
No dia da eleição, os bichos se
organizaram em uma comprida fila
para colocar os votos, que eram
secretos, na URNA.
A Coruja ficou responsável pela contagem.
A Macaca foi desclassificada, porque
violou a regra 6 e distribuiu bananas
aos eleitores durante a campanha.

E a grande vencedora da eleição foi…


A Preguiça!
É claro que as opiniões sobre o resultado
da eleição foram diferentes.
Mas todos se reuniram para
ouvir o discurso da Preguiça.

Aprendi que o Leão só quer ser reconhecido pelo


trabalho que tem feito, que a Macaca, na verdade,
quer um espaço para brincar, que a Cobra quer
que os outros animais saibam que ela não é feita
só de veneno, que a Coruja quer uma escola para
ensinar os novos passarinhos a voar e que cada bicho
tem seus desejos e vivências próprias. Todos são
importantes à sua maneira. Como primeira medida
de governo, vamos criar um conselho para que todos
possam opinar sobre o que vai acontecer na floresta.
Juntos e sem pressa!
Foi assim que a floresta ganhou
uma nova presidenta...
Até a próxima primavera.
CAMPANHA: É o que o candidato faz GOVERNO: É o conjunto de
para ser conhecido durante a eleição. indivíduos que manda, escolhe as
regras e as leis.
CANDIDATO: É o nome que se dá aos
concorrentes na eleição. MANIFESTAÇÃO: Um grupo que
protesta unido para expressar sua
COMÍCIO: Uma reunião pública para
opinião sobre alguma coisa.
que o candidato apresente seus projetos.

DEBATE: Conversa entre os candidatos PRESIDENTE: É aquele que

para responderem perguntas e falarem governa em uma democracia.

sobre suas ideias. URNA: Uma caixa fechada onde


DEMOCRACIA: Forma de governo em os votos são colocados (ela também
Eleições são assim mesmo, vence quem for escolhido pela que a maioria escolhe, por meio do voto, pode ser eletrônica).
maioria. No caso deste livro, o final foi decidido pela quem vai governar.
VICE-PRESIDENTE: É quem ocupa
maioria das crianças que participaram de oficinas com os
ELEIÇÃO: É o processo de escolha de o lugar do presidente quando ele
autores e ajudaram a escrevê-lo. Mas poderia ser diferente.
um líder em uma democracia. não pode governar.
Em quem você votaria? Invente outro final e conte para a
gente! É só publicar nas redes sociais usando a hashtag ELEITOR: É o nome que se dá àqueles VOTO: É a escolha que cada
#eleicaodosbichos. que votam na eleição. um faz na eleição.
ANDRÉ RODRIGUES curte uma preguiça,
mas às vezes acorda leão.

LARISSA RIBEIRO vive com a macaca.


Prefere dançar e desenhar a escrever biografias.

PAULA DESGUALDO vive perto da floresta


e é simpatizante da Preguiça, que não se apressa
Eleição dos Bichos é o segundo livro de uma série sobre política feita com e sabe ouvir.
e para crianças. Ele é resultado de um trabalho aberto e coletivo, criado a
muitas mãos. O processo segue a receita do primeiro título, Quem Manda PEDRO MARKUN é pai coruja da Maria
Aqui? (2015), também publicado pela Companhia das Letrinhas. Primeiro, e da Tereza e acha que a democracia foi a melhor
220 colaboradores apoiaram sua produção no site Juntos.com.vc. forma de governo que encontramos até agora.
Então, fizemos cinco oficinas com crianças, em São Paulo e em Florianópolis, Mas acredita que logo inventamos outra!
onde incorporamos os animais da floresta e participamos de uma eleição.
Tudo o que aconteceu nesses divertidos e surpreendentes encontros serviu de AS CRIANÇAS faziam parte de cinco turmas
inspiração para o livro, que, além da versão impressa, está disponível para incríveis de meninas e meninos com idade entre
download na internet gratuitamente (quemmandaaqui.com.br). É um convite quatro e onze anos que assumiram o papel de bichos
para a reflexão e para o diálogo construtivo entre crianças e adultos. da floresta para dar vida a este livro.
Lopes, José Police Neto, Joyce Reis Ferreira da Silva, Korsakas, Paulo Sergio Markun, Pedro Cobbett Stael
Julia Alquéres, Julia Luz Saldanha,Juliana Forlin, Markun, Pedro Henrique Cunali, Pedro Luis Martins,
Juliana Kalaigian, Júlio Boaro, Katsue Hamada E Pedro Nery, Pedro Ribeiro Telles, Ponai, Priscila
Zenun, Ken Otsuka, Laíssa Rodrigues Moreira, Laura Gonsales, Rafael da Silva Carvalho, Rafael Tosta,
Um grande abraço coletivo a todos que tornaram o livro possível. Affonseca Momberg, Laura Amorim, Laura Davis Rafaela Kahvegian, Rafaella Basile, Ramiro Levy,
Mattar, Laura De Barras Lima, Lea Van Steen, Letícia Ramiro Polla, Raul Torres, Reinaldo Moreira, Revista
Bahia, Letícia Raposo, Liana Yuri, Lilian Galarraga Azmina, Ricardo Borges Martins, Roberta Grünthal,
Adriana Salles, Alain Borenstein, Alan Dubner, Viotto Junior, Edilberto Rodrigues, Edson Jr, Eduardo Colantuono, Livia Lopes Sant Anna, Lorena Coutinho Roberta Rangel, Rodrigo De Morais Machado,
Alba Sewaybricker Benito, Alexandre Fugita, Aline Paes Barretto Filho, Eliana Markun, Eliane Dolce Nery da Fonseca, Lou Kfouri, Lucas Albin, Lucas Rômolo D’hipólito, Rosa Artigas, Sônia Silva, Stella
Cortes, Aline Emi Naoe, Amalia Ferreira, Amanda Guerriero, Elida Biasoli, Elisa Carareto Alves, Elisa Brandão, Lucia Lima Da Silva, Luciana Fernandes, Pina, Stephanie Sacco, Suzana Machado,
Rahra, Ana Carolina Evangelista, Ana Carolina Pompeia Soares Mayor, Erika Agostino, Erika Luciana Minami, Luciana Vasconcellos, Lúcio Talita Nozomi Kusunoki, Tatiana Dias, Tatiana
Moreno, Ana Carolina Viecili Velasco, Ana Elisa Pavani, Ester Campos Mello de Andrade, Evelyn Leonardo Pereira da Glória Tomás, Lucio Martins Kahvegian, Teresa Cepinho, Thais Grunthal, Thais
Faria Do Amaral, Ana Fisch,Ana Flora Kumagai, Ana Gomes, Fabiana Tarantino Zurita, Fabio Brasiliense Laginha, Luis Felipe Abbud, Maira Rios, Manoel Mascarenhas, Thais Reis Corte, Thiago Rondon,
Luiza Cascao Girardi Gaspar, Ana Maria Cortez Fernandes, Fabio Miyata, Fabio R, Fernanda de Canabarro, Manoela Mendes, Manuela Prado, Thomas Iacocca, Valéria Regina Ramb, Vanessa
Vannucchi, Ana Matsusaki, Ana Paula Campos, Urquidi Gabriel, Fernanda Desgualdo, Fernanda Marcela Brandão, Marcia Lima Desgualdo, Marcia Kalache, Vanusia Lopes, Vera Lucia Lopes, Victor
Ana Paula Casal De Rey, André Benevides, André Rigoni Abumrad, Fernando Chamis, Fernando Misawa Marcondes, Marcos Lima Desgualdo, Maria Farat, Victor Fisch, Vítor Baptista, Vitor Teixeira de
Carvalho, André Ruoppolo Biazoti, Andrea Lua Genaro, Fernando Nogueira, Flávia Scherner, Flora Carolina Accioly, Maria Carolina Marum Zemella, Souza do Couto, Vivian Pennafiel, Yuri Cesarotto.
Cunha Di Sarno, Andrea Rissardo, Andreza Chê Campanatti, Franco De Godoy Sciarra, Frederico Maria Clara Silveira Corrêa Kuyven, Maria Ines
Biagioni, Angelo Silva, Arianne Brogini, Arie Dutra Bortolato, Gabriel Mitani, Gabriela Callejas, Kibrit, Maria Ivonete Sales De Almeida, Mariana
Storch, Ariel Kogan, Arlette Kalaigian Kahvegian, Gabriela Sofia Antonio, Giovana Bomentre, Gisele Belmont, Mariana Giacomelli, Mariana Moraes, Um obrigada especial às
Aryane Cararo, Barao Di Sarno, Beatriz Petrilli, Federizzi Barcellos, Gláucia C. Pimentel, Glaucia Mariana Wilderom, Marieta Colucci Ribeiro,
Bia Ribeiro, Bianca Rozenberg, Bruna Kibrit, Bruno Salles Simon, Graziela Nivoloni, Guilherme Turri, escolas e espaços onde foram
Marina Canton, Marina Medeiros Helou, Martim
Hannud, Bruno Okada, Cadu Ronca, Camila Vitule Gustavo Alencar, Gustavo Costa, Gustavo Grasso, Pelisson Moraes, Maurício Deagualdo, Max Santos, realizadas as oficinas: EMEI
Brito de Souza, Carla Barbaro Venturwlli, Carla Gustavo Loschiavo de Carvalho Braga, Gustavo Melissa Weber Mendonça, Mirian Lima Desgualdo Dona Leopoldina, EMEI Professor
Mayumi Albertuni,Carol Vicentin, Claudia Carmello, Rigoni Abumrad, Gustavo Semerdjian Desgualdo, Borenstein, Mirian Malzyner, Mobi Yabiku Neto, Alceu Maynard de Araújo e
Claudia Semerdjian Desgualdo, Conrado De Biasi, Heitor Oz, Helena Bertho Dias, Helena Palla, Hellen Murilo Casagrande Modolo, Natalia Barbosa,
Cris Fronza, Cristiane Sigolo Laloni, Dahlia Dwk, Macedo, Heloisa Andrade De Paula, Ionit Zilberman,
Teia de Aprendizagens, as três
Nathaly Lopes Mattar, Nina Standerski, Nina
Daniel Mirolli, Daniela Arrais, Daniela Galanti, Irene Pereira, Ivens Queiroz Cavalcante, Janice em São Paulo, Barca dos Livros
Weingrill, Octavio Maringoni, Olivia Chiavareto
Daniela Silva, Danilo Torres de Sá Resende, Deborah Kirner, Jéssica Kibrit, Jéssica Reis, Joana Andrade, Pezzin, Patrícia Cavalcanti Carneiro, Paula Albano, Biblioteca e Colégio de Aplicação
Almonacid, Deborah Dubner, Diogo Sales, Edemar João Markun, Jose Carlos N Medeiros, José Henrique Paula Carolei, Paula Desgualdo, Paula Felice, Paula da UFSC, em Florianópolis.
Esta obra foi composta em Futura LT e impressa pela
RR Donneley em ofsete sobre papel Alta Alvura da Suzano Papel
e Celulose para a Editora Schwarcz em agosto de 2018.
A bicharada já estava mais do que cansada dos
mandos e desmandos do Leão. Ainda mais quando
descobrem que ele desviou água do rio para
construir uma piscina na própria toca — onde já
se viu? É aí que surge a ideia de fazer uma eleição
para escolher um novo governante para a floresta.
No páreo estão a Macaca, a Preguiça, a Cobra
e o próprio Leão. Mas o que exatamente acontece
em uma eleição? Quais são as regras?
Como o vencedor é eleito?
Prepare-se para descobrir tudo isso junto com
os bichos e escolher o seu candidato preferido.
Só não conte a ninguém: o voto deve ser secreto!