Você está na página 1de 10

Guerra Fria

Grupo: Eduardo, José Hudson e Nícolas.


Turma: 22 C.
Disciplina: Português.
Introdução
• A Guerra Fria caracterizou-se pela divisão do mundo em dois
polos hegemônicos de poder, os EUA e a URSS.
• Compreendeu o período entre o final da segunda guerra
mundial (1945) e o fim da URSS (1991).
• Recebeu esse nome, por se tratar de um conflito apenas no
campo ideológico, devido a inviabilidade de um embate direto
(apesar de ambas as potências terem apoiado conflitos ao
redor do globo).
• Durante a Guerra Fria, ambas as potências adotaram mediadas
afim de aumentar suas áreas de influência. Dentre elas
destacam-se: A corrida aeroespacial, a caça às bruxas e a paz
armada.
Paz armada
• Nessa época, formaram-se dois blocos militares cujo objetivo
era defender os interesses militares dos países membros.
• OTAN (Organização do tratado do Atlântico Norte) : Criada em
1949 e liderada pelos EUA e Canadá, abarcava os países
europeus capitalistas e alguns socialistas.
• Pacto de Varsóvia: Criado em 1955 e liderado pela URSS,
defendia militarmente os países socialistas membros
(Cuba, China, Coreia do Norte, Romênia, Alemanha Oriental,
Albânia, Tchecoslováquia e Polônia.
• Logo as alianças militares estavam em pleno funcionamento, e
qualquer conflito entre dois países integrantes poderia
ocasionar uma guerra nunca vista antes.
Corrida aeroespacial
• EUA e URSS buscaram obter avanços significativos na área
aeroespacial, com o objetivo de mostrar ao mundo qual era o
sistema mais avançado.
• Em 1961 os soviéticos lançaram a Vostok 1 tripulada por Yuri
Gagarian esse fato marcou a ida do primeiro ser humano ao
espaço.
• Com isso, o presidente Norte-americano John F. Kennedy
prometeu enviar americanos a Lua e trazê-los de volta até o fim
da década.
• Então em 1968 Neil Armstrong e Edwin Aldrin tornaram-se os
primeiros humanos a caminhar em outro corpo celeste.
Caça ás Bruxas
• Os EUA e URSS lideraram uma forte política de combate ao
socialismo e capitalismo em seu território e no mundo. Usando o
cinema, a televisão, os jornais, as propagandas e até mesmo as
histórias em quadrinhos.
• Nos EUA destacou-se o Marcartismo comandado pelo senador
republicano Joseph McCarthy que consistia na total aversão ao
socialismo considerando-o como o que havia de pior no mundo.
• Na URSS os integrantes do Partido Comunista prendiam, matavam e
torturavam aqueles que não seguiam ás regras impostas pelo
governo.
• Um sistema de investigação e espionagem foi muito usado de ambos
os lados. Enquanto a espionagem norte-americana cabia aos
integrantes da CIA, os funcionários da KGB faziam os serviços
secretos soviéticos.
A “cortina de ferro”
• Logo após o fim da Segunda Guerra, a Alemanha foi dividida
em duas partes entre os países vencedores:
• República Democrática da Alemanha: Com capital em Berlim,
ficou sendo zona de influência soviética e, portanto, socialista.
• A República Federal da Alemanha: com capital em Bonn (parte
capitalista), ficou sob a influência dos países capitalistas.
• Em 1961 foi levantado o Muro de Berlim para dividir a
Alemanha.
• A expressão “Cortina de Ferro” só seria proferida em 1961
quanto Winston Churchill, em um discurso nos EUA condenou
o socialismo alegando que este era contrário aos valores
ocidentais (democracia e liberdade, principalmente).
Plano Marshall e Comecon
• Com o final da guerra muitos países estavam com sua
economia extremamente fragmentada e, nesse contexto EUA e
URSS criaram programas de ajuda econômica.
• Plano Marshall: Criado pelo secretário norte-americano George
Marshall, consistia na concessão de empréstimos a baixos
juros e investimentos públicos para facilitar o fim da crise na
Europa Ocidental e diminuir o avanço socialista.
• Comecon: Em resposta ao Plano Marshall, em 1949 foi fundado
o COMECON que visava a integração econômica entre países
do Leste Europeu.
Fim da Guerra e consequências
• A falta de democracia, o atraso econômico e a crise nas
repúblicas soviéticas acabaram por acelerar a crise do
socialismo no final da década de 1980.
• Em 1989 cai o Muro de Berlim e as duas Alemanhas são
reunificadas.
• No começo da década de 1990, o então presidente da União
Soviética Gorbachev começou a acelerar o fim do socialismo
naquele país e nos aliados.
• Era o fim de um período de embates políticos, ideológicos e
militares. O capitalismo vitorioso, aos poucos, iria sendo
implantado nos países socialistas.