Você está na página 1de 15

Universidade Gregório Semedo

Faculdade de Engenharia e Novas Tecnologias


Licenciatura em Engenharia Informática

Desenho de Sistemas de Informação

Introdução ao Desenho Arquitetural


Desenho de Alto Nível

4º Ano Eng.º Benadade Chipikita


Data Warehouse

É uma coleção de dados orientados por assuntos,


integrados, variáveis no tempo e não voláteis,
para dar suporte ao processo gerencial de
tomada de decisão ” [ Inmon ]
DW

“ É uma coleção de técnicas e tecnologias que


juntas disponibilizam um enfoque pragmático e
sistemático para tratar com o problema do
usuário final de acessar informações que estão
distribuídas em vários sistemas da organização ”
[ Barquini ]
Data Warehouse

“ É um processo em andamento que aglutina


dados de fontes heterogêneas, incluindo dados
históricos e dados externos para atender às
necessidades de consultas estruturadas, relatórios
analíticos e de suporte a decisão ” [Harjinder ]
DADOS OPERACIONAIS VS. DATA WAREHOUSE

Características BD Operacional Data Warehouse


Objetivo Operações diários do negócio Analisar o negócio
Uso Operacional Informativo
Tipo de processamento OLTP OLAP
Unidade de trabalho Inclusão, alteração, exclusão Carga e consulta
Número de usuários Milhares Centenas
Tipo de usuário Operadores Comunidade gerencial
Interação do usuário Somente pré-definida Pré-definida e ad-hoc
Condições dos dados Dados operacionais Dados Analíticos
Volume Megabytes - gigabytes Gigabytes - terabytes
Histórico 60 a 90 dias 5 a 10 anos
DADOS OPERACIONAIS VS. DATA WAREHOUSE

Características BD Operacional Data Warehouse


Granularidade Detalhados Detalhados e resumidos
Redundância Não ocorre Ocorre
Estrutura Estática Variável
Manutenção desejada Mínima Constante
Acesso a registros Dezenas Milhares
Atualização Contínua (tempo real) Periódica (batch)
Integridade Transação A cada actualização
Número de índices Poucos / simples Muitos / complexos
Intenção dos índices Localizar um registro Aperfeiçoar consultas
Arquitetura do Data Warehouse

Arquitetura do Data Warehouse pode variar conforme o tipo de


assunto abordado, isso ocorre devido as necessidades que
variam de empresa para empresa.

Arquitetura Genérica
Arquitetura de Duas Camadas
Arquitetura de Três Camadas
Arquitetura Genérica

A arquitetura genérica compreende a camada dos dados


operacionais que serão acessados pela camada de acesso a
dados. As camadas de gerenciamento de processos, transporte e
data warehouse são responsáveis por distribuir os dados e estão
no centro da arquitetura. A camada de acesso à informação
possibilita a extração das informações do Data Warehouse
utilizando um conjunto de ferramentas.
Arquitetura de Duas Camadas

A arquitetura de duas camadas utiliza um servidor, juntamente


com aplicações front end, que são ferramentas que realizam
operações sobre os dados consultados e os transformam em
informações úteis para os usuários, os componentes back end
são ferramentas responsáveis pela extração, limpeza e cargas
dos dados, mais conhecidas como ETL também são utilizadas
neste tipo de arquitetura.
Arquitetura de Três Camadas

A arquitetura de três camadas suporta vários usuários e serviços


devido a sua flexibilidade, as informações ficam armazenadas
em várias camadas. Na primeira camada estão as interfaces que
trabalham com o usuário, onde geralmente são gráficas. Na
segunda camada estão os servidores de banco de dados e
aplicações e, por isso, têm a necessidade de ter um acesso
eficiente e veloz aos dados compartilhados, e na última ficam
armazenadas as fontes de dados. A arquitetura de três camadas
é a mais utilizada pelos analistas.
Tarefa

Arquitectura MVC
Arquitectura PAC
Arquitectura Peer to peer
Arquitectura Blackboard
Arquitectura Orientada a Serviço
Referências Bibliográficas

DATE, C. J. Introdução a Sistemas de Bancos de Dados. 8ª Ed.,


Rio de Janeiro: Campus, 2004.

INMON, W. H. Building the Data Warehouse, Fourth Edition.


Indianápolis EUA: Wiley Publishing, 2005.

Você também pode gostar