Você está na página 1de 9

A Alegoria da Caverna

A República – livro VII


Platão
1

www.novoliceu.com
Prof. Dr. Thiago Rodrigues Pereira
◈Pós-Doutor em Direitos Humanos pela Universidade
Católica de Petrópolis – UCP;
◈Doutor e Mestre em Direito pela Universidade Estácio
de Sá – UNESA-RJ;
◈Professor Adjunto do PPGD da UCP;
◈Professor Adjunto do Centro Universitário La Salle do
Rio de Janeiro - UNILASALLE-RJ;
◈Professor Adjunto da Rede Lusófona de ensino
superior; 2

◈Professor convidado da EMERJ.


www.novoliceu.com
PLATÃO
✓ Viveu provavelmente entre 427
a. C. – 347 a. C.;
✓ Ateniense de família nobre, seu
verdadeiro nome era Arístocles;
✓ Foi o principal discípulo de
Sócrates;
✓ Fundou a Academia, sua escola
filosófica;
✓ É considerado por muitos o
maior filósofo de todos os
tempos, pela importância de sua
obra até os dias de hoje.
3
RAZÃO PERFEIÇÃO
IMUTABILIDADE
MUNDO DAS IDEIAS
ESSÊNCIA
EPISTÉME
PLANO METAFÍSICO

PLANO FÍSICO
DÓXA FORMA

MUNDO DOS SENTIDOS


MUTABILIDADE IMPERFEIÇÃO
INSTINTO
4
A alegoria da
Caverna é o
livro mais
conhecido da
República .
Boa parte do
pensamento de
Platão se
encontra nessa
alegoria,
simples e ao
mesmo tempo
de profunda
sofisticação.
5
O Encantamento com a Verdade
O homem que
vivia nas sombras
da ignorância
consegue se livras
dos grilhões que o
aprisionavam, sai
da caverna, e após
um desconforto
inicial, fica
maravilhado com
a verdade e
percebe que vivia
no erro.
6
O verdadeiro
filósofo volta à
caverna para
mostrar a verdade
recém descoberta
por ele. Contudo,
os demais que
vivem na
ignorância matam
o filósofo pois não
aceitam que vivem
na mentira, na
dóxa.

7
8
9