Você está na página 1de 2

ESTUDO DE CASO I

 Idade: 44
 Sexo: Feminino
 Estado Civil: Divorciada
 Religião: Evangélica

Queixa Principal: Depressão

Sintomas:

 Insônia;
 Pensamento Acelerado e em Grande fluxo;
 Alucinações visuais e Auditivas;
 Delírios de caráter Persecutório;
 Sintomas negativos -> Expressão emocional Diminuída;
 Inapetência (ausência de apetite/ de vontade de comer e/ou de desejo sexual).
 Ansiedade;
 Tristeza profunda;
 Crises de choro;
 Medo.

Mecanismo de Defesa: Usar de sua Crença Religiosa para justificar seus delírios e alucinações.

Alterações da Consciência: acreditar que passa por uma provação divina. Que as vozes, é Deus
falando com ela.

Alteração do Afeto: Tem a expressão emocional Reduzida (não expressa muita emoção ao
contar sua história de vida).

Alteração do Processo de Pensamento: Devido a seu histórico de vida, todas as perdas que
teve, e as agressões que sofreu do ex marido, seus pensamentos foram alterados. Acredita que
seus pensamentos são ditados pelas vozes e ela é obrigada a tê-los.

Alteração da Sensopercepção: vozes que conversam entre si, que a insultam, que falam que
pessoas que ela conhece estão falando mal dela. Que dizem também que a morte é a melhor
saída para não enlouquecer.

Diagnóstico Inicial

Esquizofrenia -> Paranoide (Persecutória). (CID: F20.0)

Segundo o DSM-V, A esquizofrenia é um transtorno definido por anormalidade em dois (ou


mais) domínios a seguir:

*Delírio

* Alucinações

* Discurso Desorganizado

* comportamento grosseiramente desorganizado ou catatônico e,

*Sintomas negativos (expressão emocional diminuída ou avolia).


Há 4 tipos de esquizofrenia. A Paranóide portanto é o sub tipo mais leve do transtorno
que é caracterizada por alucinações e idéias delirantes, principalmente de conteúdo
persecutório onde, além dos delírios e/ou alucinações serem frequentes não há
proeminência dos sintomas que se enquadram em outros subtipos da esquizofrenia,
como fala desorganizada ou catatônica.
O DSM-V a enquadra no Espectro da Esquizofrenia e outros transtornos Psicóticos.
Já no Dalgalarrondo, é o principal transtorno psicótico, e descrita como: tendo as
alucinações e idéias delirantes, principalmente de caráter persecutório, como as
principais características.
Segundo Bleuler, o tipo paranoide, apresenta-se sob duas formas principais:
a) Constituído desde o início e com uma evolução crônica (depois de um período
de mal-estar e egocentrismo, desenvolvem-se, com o passar do tempo, delírios
no sentido de perseguição da grandeza ou da hipocondria);
b) Constituído depois de uma fase inicial aguda melancólica, maníaca, delirante
ou catatônica).
Muitos dos doentes deste tipo, conservam-se fora de livres de isolamento. Outros,
porém dividem o tempo entre livres e reclusos.

Transtorno Depressivo Recorrente, Episódio atual moderado (CID: F33.1).


Os sintomas apresentados foram de caráter melancólicos: ansiedade; tristeza
Profunda; Crises de Choro; Medo.
São recorrentes pois apresenta-se mais de um episódio depressivo ao longo da vida.
Ao puderam ser enquadrados em Episódio atual grave pois não apresentam agitações
motoras.
Os demais sintomas são decorrentes da Esquizofrenia Paranoide.