Você está na página 1de 58

Diário Oficial de Bauru

QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 1


ASSINADO DIGITALMENTE
PELO PREFEITO MUNICIPAL
CLODOALDO Assinado de forma digital por CLODOALDO
ARMANDO GAZZETTA:13519910861

ARMANDO DN: c=BR, o=ICP-Brasil, ou=Secretaria da Receita


Federal do Brasil - RFB, ou=RFB e-CPF A3,

GAZZETTA:1351991086 ou=(EM BRANCO), ou=AR SERASA,


cn=CLODOALDO ARMANDO
GAZZETTA:13519910861
1 Dados: 2019.01.31 08:16:20 -02'00'

ANO XXIV - Edição 3.073 www.bauru.sp.gov.br QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 EDIÇÃO DIGITAL

agosto de 2.018.

PODER EXECUTIVO
Parágrafo único. O não atendimento ao disposto neste Decreto importará em autorização ao
Município em proceder a limpeza do terreno, diretamente ou através de empresas
contratadas ou conveniadas para esse fim, correndo as respectivas despesas por
Clodoaldo Armando Gazzetta conta do proprietário, compromissário ou possuidor do imóvel, nos termos do
disposto no artigo 491 do Decreto Municipal nº 10.084, de 01 de setembro de
Prefeito Municipal 2.005, sem prejuízo da aplicação da multa prevista no art. 5º da Lei Municipal nº
7.104, de 10 de agosto de 2.018.
Art. 5º Os agentes de fiscalização do Município poderão entrar nos imóveis fechados ou
abandonados para o fim de erradicação dos focos dos escorpiões e mosquitos,
nos termos do disposto na Lei Federal nº 13.301, de 27 de junho de 2016.
Informamos que as edições do Diário Oficial serão veiculadas somente na forma Parágrafo único. No caso de recusa do proprietário ou possuidor, desde que acompanhados da
digital, estando disponíveis para consulta no site da Prefeitura Municipal através autoridade policial ou da atividade delegada, os agentes de fiscalização do
Município poderão adentrar os imóveis para o fim de erradicação dos focos dos
do link: http://www.bauru.sp.gov.br/juridico/diariooficial escorpiões e mosquitos.
Art. 6º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, com vigência por 180

Seção I
(cento e oitenta) dias consecutivos e ininterruptos, sendo mantidas as exigências
de licenciamento para a supressão de espécies arbóreas.
Bauru, 29 de janeiro de 2.019.

Gabinete doMaria
Prefeito
CLODOALDO ARMANDO GAZZETTA
PREFEITO MUNICIPAL
ANTONIO CARLOS GARMS
SECRETÁRIO DOS NEGÓCIOS JURÍDICOS
José Majô Jandreice JOSÉ EDUARDO FOGOLIN PASSOS
Chefe de Gabinete SECRETÁRIO DE SAÚDE
Registrado no Departamento de Comunicação e Documentação da Prefeitura na mesma data
DANILO ALTAFIM PINHEIRO

DECRETOS MUNICIPAIS
DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO

DECRETO Nº 14.143, DE 29 DE JANEIRO DE 2.019 ATOS DO GABINETE


P. 14.016/19 Decreta situação de estado de emergência em saúde pública de Bauru com a
finalidade de combater a proliferação de escorpiões e mosquitos transmissores dos vírus da Dengue, EDITAL DE NOTIFICAÇÃO 001/2019
Chikungunya, Zika e Febre Amarela. O Prefeito Municipal de Bauru, Estado de São Paulo, em virtude do Decreto Municipal 14.143, de 29
O PREFEITO MUNICIPAL DE BAURU, no uso de suas atribuições legais, de janeiro de 2019, que declarou situação de emergência em saúde pública provocada pela proliferação
conferidas pelo inciso V art. 51 da Lei Orgânica do Município de Bauru, e de escorpiões e dos mosquitos transmissores dos vírus da Dengue, Chikungunya, Zika e Febre Amarela,
CONSIDERANDO a necessidade de resposta urgente à epidemia de dengue verificada no Município NOTIFICA todos os proprietários, compromissários ou possuidores, a qualquer título, de imóveis
de Bauru, conforme indicadores estatísticos da Secretaria Municipal de Saúde; particulares localizados no perímetro urbano do Município de Bauru a cumprirem o disposto no artigo 1º
CONSIDERANDO o expressivo aumento na incidência de acidentes por escorpiões; da Lei Municipal 7.104, de 10 de agosto de 2018, que assim dispõe:
CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer uma situação jurídica especial, que permita o “Art. 1º Constitui obrigação dos proprietários, compromissários ou possuidores, a qualquer título, de
atendimento às necessidades temporárias de excepcional interesse público, em imóveis particulares localizados no perímetro urbano:
resposta à situação de emergência; I – Manter limpos:
CONSIDERANDO a circulação do sorotipo Den-2; a) os terrenos particulares desprovidos de edificações;
CONSIDERANDO o consequente aumento da demanda por exames laboratoriais, consultas médicas, b) os terrenos particulares com construções inacabadas ou abandonadas;
produtos e serviços de saúde, em especial a partir do quarto trimestre de 2.018; c) os jardins dos prédios particulares desocupados ou abandonados;
CONSIDERANDO o expressivo aumento do número de consultas nas Unidades de Pronto d) os espaços públicos – calçadas defronte dos terrenos particulares.
Atendimento e demais unidades da rede; II – Remover do local, todo e qualquer resíduo de modo a não propiciar criadouro ou habitáculo de
CONSIDERANDO a avaliação do cenário atual local, pela Secretaria Municipal de Saúde do animais e insetos nocivos ao ser humano, bem como zelar para que terceiros ali não depositem nada sem
Município, contida em parecer sobre os danos e a necessidade de decretação do autorização.”
presente ato; Os proprietários, compromissários ou possuidores, a qualquer título, devem fazer a limpeza de seus lotes no
CONSIDERANDO que a ausência de limpeza em imóveis particulares localizados no perímetro prazo máximo de 30 (trinta) dias, contados da publicação do presente edital no Diário Oficial do Município,
urbano implica na proliferação de animais peçonhentos e pode causar o aumento sob pena de lavratura de auto de infração para imposição da multa prevista no artigo 5º da Lei Municipal
de focos que podem virar criadouros do Aedes aegypti; 7.104, de 10 de agosto de 2018 e execução da limpeza do terreno pelo Município, diretamente ou através
D E C R E TA de empresas contratadas ou conveniadas para esse fim, correndo as respectivas despesas por conta do
Art. 1º Fica declarada situação de emergência no Município de Bauru/SP, em razão da proprietário, compromissário ou possuidor do imóvel, nos termos do disposto no artigo 491 do Decreto
anormal situação caracterizada como emergência em saúde pública provocada Municipal 10.084, de 01 de setembro de 2005.
pela proliferação de escorpiões e dos mosquitos transmissores dos vírus da Bauru, 31 de Janeiro de 2.019.
Dengue, Chikungunya, Zika e Febre Amarela. CLODOALDO ARMANDO GAZZETTA
Art. 2º Todas as Secretarias Municipais, através de seus servidores, deverão atuar em PREFEITO
colaboração, priorizando as ações relacionadas à situação de emergência.
Parágrafo único. Será responsabilizada a autoridade administrativa que se omitir de suas OUVIDORIA GERAL
obrigações relacionadas com a segurança global da população.
Art. 3º Ficam os Secretários Municipais da Administração Direta autorizados a A OUVIDORIA GERAL DO MUNICÍPIO (criada pelo Decreto nº 13787 de 23 de maio de 2018)
disponibilizar os servidores que exerçam o cargo de agente de posturas lotados recebe manifestações referentes aos serviços prestados pelas secretarias municipais (exceto Secretaria da
em todas as Secretarias Municipais, os quais deverão colaborar com os agentes Saúde), EMDURB e DAE nos seguintes tipos:
de fiscalização para o cumprimento da Lei Municipal nº 7.104, de 10 de agosto ELOGIO;
de 2.018, enquanto vigente o decreto. SUGESTÃO;
Art. 4º Em razão da situação de emergência em saúde pública, o Município de Bauru RECLAMAÇÃO;
NOTIFICA a todos os proprietários, compromissários ou possuidores, a qualquer DENÚNCIA.
título, de imóveis particulares localizados no perímetro urbano do Município de Acesse a OUVIDORIA GERAL pelos seguintes canais:
Bauru para que, no prazo de 30 (trinta) dias contados a partir da publicação oficial Site da prefeitura: www.bauru.sp.gov.br/ouvidoria
do presente Decreto, procedam à limpeza dos terrenos particulares desprovidos email: ouvidoria@bauru.sp.gov.br
de edificações, dos terrenos particulares com construções inacabadas ou Telefone: 3235-1156 (segunda a sexta das 8h as 18h)
abandonadas, dos jardins dos prédios particulares desocupados ou abandonados Correspondência enviadas para o seguinte endereço:
e das calçadas defronte dos terrenos particulares, inclusive para que procedam à OUVIDORIA GERAL DO MUNICÍPIO
remoção de todo e qualquer tipo de resíduo e capinação, de modo a não propiciar Praça das Cerejeiras 1-59
criadouro ou habitáculo de animais e insetos nocivos ao ser humano, nos exatos Vila Noemy - Bauru - SP
termos da obrigação prevista no art. 1º da Lei Municipal nº 7.104, de 10 de CEP 17014-500
2 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

EXTRATOS
Atendimento: 8h às 12h – 13h às 17h

CONTATOS
QUARTO TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 8.233/17 - PROCESSO Nº 55.890/16 -
CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE BAURU - CONTRATADA: EMPRESA MUNICIPAL DE Secretário da Administração: (14) 98129-1264
DESENVOLVIMENTO URBANO E RURAL DE BAURU – EMDURB - OBJETO: As partes, resolvem, Gabinete do Secretário: (14) 3235-1099
alterar o item 2.1 da Cláusula Segunda do contrato, para acrescer mais 06 (seis) meses ao prazo de vigência, Divisão de Administração e Expediente: 3235-1203 / 3235-1110
passando de 24 (vinte e quatro) meses para 30 (trinta) meses, que passa a ter a seguinte redação: “2.1. Departamento de Administração de Materiais (Compras e Licitações): (14) 3235-1287 / (14) 3235-
O prazo do presente contrato será de 30 (trinta) meses, podendo ser prorrogado por iguais e sucessivos 1062 / (14) 3235-1357 / (14) 3235-1113 / (14) 3235-1337
períodos, justificadamente, nos termos do disposto no artigo 57, inciso II, da Lei Federal nº 8.666, de 21 de Divisão de Almoxarifado: (14) 3203-7533 / (14) 3227-1431
junho de 1.993.” Por consequência fica alterado o item 3.1 da Cláusula Terceira do contrato que passará a Divisão de Patrimônio: (14) 3203-7548
ser considerada da seguinte forma: “3.1. O CONTRATANTE pagará a CONTRATADA, pela prestação do Divisão de Serviços Essenciais: (14) 3227-6828
serviço, o seguinte valor, respectivamente: Departamento de Administração de Pessoal: (14) 3235-1199 / (14) 3235-1229 / (14) 3235-1137 / (14)
3235-1351 / (14) 3235-1227 / (14) 3235-1305
Unidade Quantidade Departamento de Avaliação Funcional: (14) 3235-1158
Valor
Item DESCRIÇÃO de estimada 6 Valor Total Divisão de Apoio ao Servidor: (14) 3234-9022
unitário
Medida meses Perícia Médica: (14) 3227-5647
COLETA DE LIXO ORGÂNICA Seção de Segurança e Medicina do Trabalho: (14) 3234-9022
DOMICILIAR (Resíduo Domiciliar Serviço Social: (14) 3227-5650
Urbano - RDU) Divisão de Avaliação: (14) 3235-1277
Coleta de lixo (porta a porta), de Departamento de Recursos Humanos: (14) 3235-1207
resíduos gerados pelos munícipes em Divisão de Concursos: (14) 3235-1081
toda cidade, transporte e a destinação Escola de Gestão Pública: (14) 3235-1043
até o aterro sanitário.
Forma de Prestação do Serviço: O E-mail: administracao@bauru.sp.gov.br
município será dividido em setores
01 Tonelada 46.000 R$ 133,90 R$ 6.159.400,00 PESQUISA DE ATENDIMENTO: http://www.bauru.sp.gov.br/pesquisa_atendimento.aspx
em horários diurnos e noturnos, sendo
obedecidas as rotas previamente OUVIDORIA: http://www.bauru.sp.gov.br/ouvidoria.aspx
FAQ – PERGUNTAS MAIS FREQUENTES: http://www.bauru.sp.gov.br/administracao/
estabelecidas.
É realizado por equipes, sendo 28
RESOLUÇÃO S.M.A Nº 02/2019
setores de coleta orgânica, com 28
motoristas e 112 coletores de lixo, sendo Cria o Grupo de Trabalho para análise, planejamento e execução das ações necessárias ao cumprimento
utilizado caminhão com compactadores da Lei Municipal nº 7.115, de 21 de setembro de 2018 – auxílio doença.
de lixo com percurso estimado de 40 O Secretário Municipal da Administração, no uso de suas atribuições legais,
km/setor, ou seja, 1120 km/dia. conferidas pelo artigo 12, inciso I, alínea “b”, da Lei Municipal nº 5.804/200, em conjunto com a Fundação
Consequentemente fica acrescido ao valor do contrato: R$ 6.159.400,00 (seis milhões, cento e cinquenta de Previdência dos Servidores Públicos Municipais Efetivos de Bauru.
e nove mil e quatrocentos reais), razão pela qual a Cláusula Terceira, item 3.2 do contrato original, passa Considerando a publicação da Lei Municipal nº 7.115, de 21 de setembro de 2018,
a ter a seguinte redação: “3.2. O valor total estimado para o presente contrato será de R$ 44.027.148,00 que dá nova redação ao art. 1º da Lei Municipal nº 6.574, de 17 de outubro de 2.014, que alterou o caput
(quarenta e quatro milhões, vinte e sete mil, cento e quarenta e oito reais), que será suportado pela Dotação do art. 1º e os seus §§ 1º e 2º da Lei Municipal nº 6.098, de 19 de julho de 2.011, altera vários dispositivos
Orçamentária do Município de Bauru, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.” - ASSINATURA:
da Lei Municipal nº 4.830, de 17 de maio de 2.002, da Lei Municipal nº 3.373, de 29 de julho de 1.991 e
02/01/19, conforme art. 61, parágrafo único da Lei Federal nº 8.666/93.
acrescenta dispositivos à Lei Municipal nº 1.574, de 07 de maio de 1.971;
Considerando as relevantes alterações referentes à forma de repasse dos aportes
1º TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 9.072/18 - PROCESSO Nº 54.731/17 - CONTRATANTE:
financeiros e à gestão do auxílio doença, a saber:
MUNICÍPIO DE BAURU – CONTRATADA: ELO MUSICAL LTDA EPP - OBJETO: As partes
Art. 2º O valor mensal dos aportes referidos no artigo anterior, após
resolvem alterar, o objeto e o valor do contrato, acrescendo ao objeto contratual 01 REFLETOR LED,
a atualização prevista, deverá ser rateado por todos os órgãos da
passando a Cláusula Primeira, item 1.1. do contrato original a ter a seguinte redação:“ A CONTRATADA
administração municipal na proporção da sua respectiva folha mensal
obriga-se, nos termos de sua proposta devidamente anexada ao Processo Administrativo 54.731/17, a
de remuneração dos servidores ativos em relação à folha total de
fornecer ao CONTRATANTE DIVERSOS EQUIPAMENTOS DE SOM E ACESSÓRIOS (04 CAIXA
remuneração dos servidores ativos base da totalidade da contribuição
AMPLIFICADA, 06 CAIXA ACÚSTICA, 02 CAIXA ATIVA, 03 TRIPÉ, 01 MESA DE SOM, 18 CABOS
patronal do respectivo mês.
EMBORRACHADOS, 17 MICROFONES, 02 CONTROLADORES LED E 07 REFLETORES DE LED),
melhor descritos no Anexo III do Edital nº 342/18.” Por consequência, será acrescido o montante de R$
Art. 8º Acrescentam os artigos 166-A, 166-B, 166-C, 166-D, 166-E,
622,61 (seiscentos e vinte e dois reais e sessenta e um centavos), passando o valor contratual para R$
166-F e 166-G à Lei Municipal nº 1.574, de 07 de maio de 1.971, com
38.172,27 (trinta e oito mil, cento e setenta e dois reais e vinte e sete centavos), razão pela qual o item
as seguintes redações:
4.1 da Cláusula Quarta do contrato original, passa a ter a seguinte redação: “4.1. O CONTRATANTE
pagará à CONTRATADA pela aquisição dos objetos descritos na Cláusula Primeira a importância total
de R$ 38.172,27 (trinta e oito mil, cento e setenta e dois reais e vinte e sete centavos), que será suportada Art. 166-A O auxílio-doença será concedido, pago e mantido pelos
pela dotação orçamentária do Município de Bauru, da Secretaria Municipal do Bem-Estar Social.” - órgãos empregadores, ao servidor que ficar incapacitado para o seu
ASSINATURA: 20/12/18. trabalho por mais de 15 (quinze) dias consecutivos e consistirá no valor
de seu último subsídio ou sua última remuneração no cargo efetivo, em
data imediatamente anterior a sua concessão, nos termos do art. 141-A

Seção II
da Lei Municipal nº 4.830, de 17 de maio de 2.002 e da Lei Municipal
nº 5.387, de 28 de agosto de 2.006.

Parágrafo único. Não será devido auxílio-doença ao servidor que for

Secretarias Municipais
admitido já portador da doença ou lesão invocada como causa para
o benefício, salvo quando a incapacidade sobrevier por motivo de
progressão ou agravamento dessa doença ou lesão.

Art. 166-B Até 31 de dezembro de 2.019, o auxílio-doença será

Secretaria da Administração
concedido pelos órgãos empregadores, a pedido ou de ofício, com
base em inspeção médica da Fundação de Previdência dos Servidores
Públicos Municipais Efetivos de Bauru - FUNPREV, a contar do 16º
(décimo sexto) dia do afastamento da atividade, enquanto permanecer
David José Françoso incapaz.

Secretário I - A contar da data do início da incapacidade, quando requerido dentro


de 30 (trinta) dias desta, ou;
LOCAIS E HORÁRIOS DE ATENDIMENTO II - A contar da data de entrada do requerimento, quando requerido após
SEDE da Secretaria da Administração o 30º (trigésimo) dia do afastamento da atividade.
Secretário, Expediente, Compras e Licitações, Administração de Pessoal, Recursos Humanos e Avaliação
Funcional. Art. 166-C A partir de 01 de janeiro de 2.020, o auxílio-doença
Praça das Cerejeiras, 1-59 – Altos da Cidade – CEP. 17014-900 será concedido pelos órgãos empregadores, a pedido ou de ofício,
Atendimento: 8h às 12h – 13h às 18h com base em inspeção médica através da Seção de Segurança e
Almoxarifado Central e Patrimônio Medicina do Trabalho da Secretaria Municipal de Administração,
Avenida Hélio Police, s/nº - Jardim Redentor – CEP. 17032-290 do Departamento de Água e Esgoto de Bauru - DAE e da Fundação
Atendimento: 7h às 12h – 13h às 17h de Previdência dos Servidores Públicos Municipais Efetivos de Bauru-
FUNPREV, a contar do 16º (décimo sexto) dia do afastamento da
SESMT atividade, enquanto permanecer incapaz. (grifo nosso).
Rua General Marcondes Salgado, 2-45 – Centro – CEP. 17010-040 I - A contar da data do início da incapacidade, quando requerido dentro
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 3

de 30 (trinta) dias desta, ou; PORTARIA Nº 333/2019: A Diretora de Departamento de Recursos Humanos no uso de suas atribuições
II - A contar da data de entrada do requerimento, quando requerido após legais, que confere com a Lei Municipal 7.109 de 12 de setembro de 2018, resolve: Tornar Sem Efeito no
o 30º (trigésimo) dia do afastamento da atividade. Diário Oficial nº 3073, a PORTARIA N.º 2626/2018 que nomeou o (a) Sr(a). ROSANGELA MARIA
ROSSI DE SOUZA, portador(a) do RG nº 13343175, classificação 142º lugar, no cargo efetivo de
Parágrafo único. A inspeção médica dos servidores efetivos da “TÉCNICO EM SAÚDE - TÉCNICO DE ENFERMAGEM”, DECURSO DE PRAZO.
Câmara Municipal de Bauru será realizada através da Seção de CONVOCAÇÃO/NOMEAÇÃO: Os (as) candidatos (as) relacionados (as) abaixo deverão comparecer no
Segurança e Medicina do Trabalho da Secretaria Municipal de Departamento de Recursos Humanos, situado na Praça das Cerejeiras 1-59, Vila Noemi, 2º Andar, no dia e
Administração. (grifo nosso). horário indicado, com os documentos (ORIGINAIS) relacionados no ANEXO I.
Art. 166-D Se concedido novo benefício decorrente da mesma doença A Diretora de Departamento de Administração de Pessoal, em conformidade com o disposto no decreto
dentro dos 60 (sessenta) dias seguintes à cessação do benefício anterior, municipal 6664 de 22 de julho de 1993 e, considerando cumpridas todas as medidas que a legislação impõe,
este será prorrogado. expede.

Art. 166-E O servidor em gozo de auxílio-doença, insuscetível de PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 334/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de TÉCNICO
recuperação, temporariamente, para suas atividades habituais, deverá, EM SAÚDE - TÉCNICO DE ENFERMAGEM, no quadro de servidores desta Prefeitura, Diário
se possível, ser submetido a processo de restrição funcional junto ao Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior a 30 dias, a contar
órgão de origem. desta publicação, o(a) Sr(a) ELENIR CLEMENTINO, portador(a) do RG nº 348543670, em virtude
do(a) mesmo (a) haver se classificado em 170º lugar, no concurso público para TÉCNICO EM SAÚDE -
Art. 166-F O pagamento do benefício ocorrerá até a efetiva restrição TÉCNICO DE ENFERMAGEM, edital nº 05/2014 SMS para exercer as funções do cargo.
funcional ou, quando considerado não recuperável, até a concessão da COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
aposentadoria por invalidez.
PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 335/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de TÉCNICO
Art. 166-G O servidor em gozo de auxílio-doença será considerado EM SAÚDE - TÉCNICO DE ENFERMAGEM, no quadro de servidores desta Prefeitura, Diário
pelo órgão empregador como licenciado.” (NR) Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior a 30 dias, a contar
desta publicação, o(a) Sr(a) MARIA ROSA DE SOUZA, portador(a) do RG nº 454970365, em virtude
Art. 9º Altera a redação do caput do art. 29 da Lei Municipal nº 3.373, do(a) mesmo (a) haver se classificado em 171º lugar, no concurso público para TÉCNICO EM SAÚDE -
de 29 de julho de 1.991, alterada pela Lei Municipal nº 4.869, de 05 de TÉCNICO DE ENFERMAGEM, edital nº 05/2014 SMS para exercer as funções do cargo.
julho de 2.002, que passa a ter a seguinte redação: COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.

“Art. 29 Aos servidores ativos, inclusive os afastados por auxílio- PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 336/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de TÉCNICO
doença, inativos e pensionistas, será pago uma gratificação natalina, EM SAÚDE - TÉCNICO DE ENFERMAGEM, no quadro de servidores desta Prefeitura, Diário Oficial
correspondente a 1/12 (um doze avos) àqueles que fizerem jus ao mês nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior a 30 dias, a contar desta
de dezembro, por mês de exercício e/ou afastamento no respectivo publicação, o(a) Sr(a) GRAZIELLE GOMES DE OLIVEIRA, portador(a) do RG nº 439087958, em
ano.” (NR) virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 172º lugar, no concurso público para TÉCNICO EM
SAÚDE - TÉCNICO DE ENFERMAGEM, edital nº 05/2014 SMS para exercer as funções do cargo.
Art. 10 A partir de 01 de janeiro de 2.020 a Fundação de Previdência COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
dos Servidores Públicos Municipais Efetivos de Bauru - FUNPREV
fará a cessão de um profissional médico para atuar exclusivamente PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 337/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de TÉCNICO
com perícias médicas junto a Seção de Segurança e Medicina do EM SAÚDE - TÉCNICO DE ENFERMAGEM, no quadro de servidores desta Prefeitura, Diário
Trabalho da Secretaria Municipal da Administração. (grifo nosso). Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior a 30 dias, a contar
desta publicação, o(a) Sr(a) JULIO FAUSTINO DA SILVA, portador(a) do RG nº 437534248, em virtude
RESOLVE: do(a) mesmo (a) haver se classificado em 173º lugar, no concurso público para TÉCNICO EM SAÚDE -
TÉCNICO DE ENFERMAGEM, edital nº 05/2014 SMS para exercer as funções do cargo.
Art. 1º Cria o Grupo de Trabalho para análise, planejamento e execução das ações COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
necessárias ao cumprimento da Lei Municipal nº 7.115, de 21 de setembro de 2018
– auxílio doença. PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 338/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de TÉCNICO
EM SAÚDE - TÉCNICO DE ENFERMAGEM, no quadro de servidores desta Prefeitura, Diário Oficial
Art. 2º O Grupo de Trabalho será composto pelos seguintes membros: nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior a 30 dias, a contar desta
publicação, o(a) Sr(a) JOANA DARC NORONHA PEREZ, portador(a) do RG nº 103475412, em virtude
Departamento de Avaliação Funcional – Secretaria da Administração do(a) mesmo (a) haver se classificado em 174º lugar, no concurso público para TÉCNICO EM SAÚDE -
- Zenir Alvarenga Alves – Mat. 29.361 – Presidente TÉCNICO DE ENFERMAGEM, edital nº 05/2014 SMS para exercer as funções do cargo.
- Camila Fernanda Toledo – Mat. 30.190 – Titular COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
- Erica Tatiana Vieira Munhoz – Mat. 33.003 – Titular
- Murillo Aparecido Placo – Mat. 24.233 – Suplente Observação: Nomeação motivada por APOSENTADORIA de Ana Maria Pereira da Silva e Silva,
- Maercy Peron Ferreira – Mat. 28.296 – Suplente matrícula 21.456, cargo efetivo de Auxiliar em Saúde – Auxiliar de Enfermagem, publicado no Diário
Oficial do Município em 01 de novembro de 2018.
Fundação de Previdência dos Servidores Públicos Municipais Efetivos de Bauru
- Katia Cristina Gonçalves – Mat. 460 – Titular PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 339/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de TÉCNICO
- Mônica Martyniak Donaire – Mat. 420 – Titular EM SAÚDE/TÉCNICO DE FARMÁCIA, no quadro de servidores desta Prefeitura, Diário Oficial
- Roberta Natali de Moraes – Mat. 336 – Suplente nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior a 30 dias, a contar desta
- Ricardo José Baro – Mat. 457 – Suplente publicação, o(a) Sr(a) ALESSANDRA ESCRIBANO RIBEIRO, portador(a) do RG nº 308329727, em
virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 37º lugar, no concurso público para TÉCNICO EM
Art. 3º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação. SAÚDE/TÉCNICO DE FARMÁCIA, edital nº 01/2015 - SMS para exercer as funções do cargo.
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
Bauru, 29 de janeiro de 2019.
Observação: Nomeação motivada por EXONERAÇÃO de Ivanete Mariana de Carvalho, matrícula
DAVID JOSÉ FRANÇOSO GILSON GIMENES CAMPOS 30.614, cargo efetivo de Técnico em Saúde – Técnico de Farmácia, publicado no Diário Oficial do
Secretário Municipal da Administração Presidente Município em 24 de novembro de 2018.

DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 340/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de TÉCNICO
EM SAÚDE/TÉCNICO DE FARMÁCIA, no quadro de servidores desta Prefeitura, Diário Oficial
TORNA SEM EFEITO nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior a 30 dias, a contar desta
PORTARIA Nº 330/2019: A Diretora de Departamento de Recursos Humanos no uso de suas atribuições publicação, o(a) Sr(a) FABIANA APARECIDA DE OLIVEIRA, portador(a) do RG nº 343844795, em
legais, que confere com a Lei Municipal 7.109 de 12 de setembro de 2018, resolve: Tornar Sem Efeito virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 38º lugar, no concurso público para TÉCNICO EM
no Diário Oficial nº 3073, a PORTARIA N.º 2612/2018 que nomeou o (a) Sr(a). JULIANA MARTINS SAÚDE/TÉCNICO DE FARMÁCIA, edital nº 01/2015 - SMS para exercer as funções do cargo.
CARNEIRO, portador(a) do RG nº 356974522, classificação 128º lugar, no cargo efetivo de “TÉCNICO COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
EM SAÚDE - TÉCNICO DE ENFERMAGEM”, DESISTÊNCIA TÁCITA.
Observação: Nomeação motivada por EXONERAÇÃO de Fernanda de Araujo Ferreira, matrícula 33.202,
PORTARIA Nº 331/2019: A Diretora de Departamento de Recursos Humanos no uso de suas atribuições cargo efetivo de Técnico em Saúde – Técnico de Farmácia, publicado no Diário Oficial do Município em
legais, que confere com a Lei Municipal 7.109 de 12 de setembro de 2018, resolve: Tornar Sem Efeito 24 de novembro de 2015.
no Diário Oficial nº 3073, a PORTARIA N.º 2617/2018 que nomeou o (a) Sr(a). ANDREIA CARON,
portador(a) do RG nº 340614985, classificação 133º lugar, no cargo efetivo de “TÉCNICO EM SAÚDE - PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 341/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de
TÉCNICO DE ENFERMAGEM”, DECURSO DE PRAZO. ASSISTENTE EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E SERVIÇOS - ATENDENTE, no quadro de
servidores desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo
PORTARIA Nº 332/2019: A Diretora de Departamento de Recursos Humanos no uso de suas atribuições não superior a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) MARLENE APARECIDA MACEDO
legais, que confere com a Lei Municipal 7.109 de 12 de setembro de 2018, resolve: Tornar Sem Efeito no SILVA, portador(a) do RG nº 26275941X, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 58º
Diário Oficial nº 3073, a PORTARIA N.º 2625/2018 que nomeou o (a) Sr(a). MARCIA NUNES RODA, lugar, no concurso público para ASSISTENTE EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E SERVIÇOS -
portador(a) do RG nº 13344898X, classificação 141º lugar, no cargo efetivo de “TÉCNICO EM SAÚDE ATENDENTE, edital nº 05/2015 para exercer as funções do cargo.
- TÉCNICO DE ENFERMAGEM”, DESISTÊNCIA TÁCITA. COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
4 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

Observação: Nomeação motivada por EXONERAÇÃO de Haroldo Olimpio Domingos, cargo efetivo de 255394123, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 77º lugar, no concurso público para
Assistente em Gestão Administrativa e Serviços – Atendente, publicado no Diário Oficial do Município em AGENTE EM MANUTENÇÃO CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - MOTORISTA, edital nº
27 de novembro de 2014. 03/2014 para exercer as funções do cargo.
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 342/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de
ASSISTENTE EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E SERVIÇOS - ATENDENTE, no quadro de Observação: Nomeação motivada por EXONERAÇÃO de Wallax Vinicius Batista, cargo efetivo de
servidores desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo Agente em Manutenção, Conservação e Transporte – Motorista, publicado no Diário Oficial do Município
não superior a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) CELIA HIROMI KOTI, portador(a) do RG em 04 de agosto de 2018.
nº 13502554, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 59º lugar, no concurso público para
ASSISTENTE EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E SERVIÇOS - ATENDENTE, edital nº 05/2015 PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 349/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de AGENTE
para exercer as funções do cargo. EM MANUTENÇÃO CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - MOTORISTA, no quadro de servidores
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min. desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior
a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) LEONARDO VINICIUS BRANDÃO RODRIGUES
Observação: Nomeação motivada por EXONERAÇÃO de Thainara Francesca Avante Conde, cargo DE SOUZA, portador(a) do RG nº 471040782, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 78º
efetivo de Assistente em Gestão Administrativa e Serviços – Atendente, publicado no Diário Oficial do lugar, no concurso público para AGENTE EM MANUTENÇÃO CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE
Município em 01 de novembro de 2018. - MOTORISTA, edital nº 03/2014 para exercer as funções do cargo.
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 343/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de AGENTE
EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E SERVIÇOS_AGENTE DE ADMINISTRAÇÃO, no quadro de Observação: Nomeação motivada por AMPLIAÇÃO DE QUADRO.
servidores desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo
não superior a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) DANIEL BAENA BENTO, portador(a) do RG PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 350/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de
nº 548650962, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 110º lugar, no concurso público para ASSISTENTE EM MANUTENÇÃO, CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - SERVENTE DE
AGENTE EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E SERVIÇOS_AGENTE DE ADMINISTRAÇÃO, LIMPEZA, no quadro de servidores desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das
edital nº 01/2016 para exercer as funções do cargo. exigências legais, num prazo não superior a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) MARIA DO
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min. CARMO DE SOUZA RODRIGUES, portador(a) do RG nº 212815611, em virtude do(a) mesmo (a)
haver se classificado em 42º lugar, no concurso público para ASSISTENTE EM MANUTENÇÃO,
Observação: Nomeação motivada por APOSENTADORIA de Marcia Regina de Oliveira Santos CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - SERVENTE DE LIMPEZA, edital nº 12/2016 para exercer as
Takamoto, cargo efetivo de Técnico em Gestão Administrativa e Serviços – Técnico de Administração, funções do cargo.
publicado no Diário Oficial do Município em 01 de novembro de 2016. COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.

PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 344/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de AGENTE Observação: Nomeação motivada por AMPLIAÇÃO DE QUADRO.
EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E SERVIÇOS_AGENTE DE ADMINISTRAÇÃO, no quadro de
PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 351/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de
servidores desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo
ASSISTENTE DE SERVIÇOS NA ESCOLA - SERVENTE DE ESCOLA, no quadro de servidores
não superior a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) JESSICA CRISTINA DA SILVA LIMA,
desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior
portador(a) do RG nº 47926718, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 111º lugar, no
a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) DENISE ROSSI, portador(a) do RG nº 220096028, em
concurso público para AGENTE EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E SERVIÇOS_AGENTE DE
virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 104º lugar, no concurso público para ASSISTENTE DE
ADMINISTRAÇÃO, edital nº 01/2016 para exercer as funções do cargo.
SERVIÇOS NA ESCOLA - SERVENTE DE ESCOLA, edital nº 17/2015 para exercer as funções do
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
cargo.
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
Observação: Nomeação motivada por AMPLIAÇÃO DE QUADRO.
Observação: Nomeação motivada por AMPLIAÇÃO DE QUADRO.
PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 345/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de AGENTE
EM MANUTENÇÃO CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - MOTORISTA, no quadro de servidores
PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 352/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de
desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior ASSISTENTE DE SERVIÇOS NA ESCOLA - SERVENTE DE ESCOLA, no quadro de servidores
a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) RENATO DE ABREU MARQUES, portador(a) do RG desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior
nº 236413594, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 74º lugar, no concurso público para a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) JUSSARA APARECIDA LORENSONI, portador(a) do
AGENTE EM MANUTENÇÃO CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - MOTORISTA, edital nº RG nº 12912173, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 105º lugar, no concurso público
03/2014 para exercer as funções do cargo. para ASSISTENTE DE SERVIÇOS NA ESCOLA - SERVENTE DE ESCOLA, edital nº 17/2015 para
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min. exercer as funções do cargo.
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
Observação: Nomeação motivada por EXONERAÇÃO de Vitor Gustavo Del Gaudio Freneda, cargo
efetivo de Agente em Manutenção, Conservação e Transporte – Motorista, publicado no Diário Oficial do Observação: Nomeação motivada por AMPLIAÇÃO DE QUADRO.
Município em 11 de setembro de 2018.
PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 353/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de
PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 346/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de AGENTE ASSISTENTE DE SERVIÇOS NA ESCOLA - SERVENTE DE ESCOLA, no quadro de servidores
EM MANUTENÇÃO CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - MOTORISTA, no quadro de servidores desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior
desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) LUZIA MICHELOTE DE ALVARENGA, portador(a) do
a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) LEANDRO CESAR ROCHA MARIANO, portador(a) RG nº 199913699, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 106º lugar, no concurso público
do RG nº 303187645, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 75º lugar, no concurso público para ASSISTENTE DE SERVIÇOS NA ESCOLA - SERVENTE DE ESCOLA, edital nº 17/2015 para
para AGENTE EM MANUTENÇÃO CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - MOTORISTA, edital nº exercer as funções do cargo.
03/2014 para exercer as funções do cargo. COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
Observação: Nomeação motivada por AMPLIAÇÃO DE QUADRO.
Observação: Nomeação motivada por APOSENTADORIA de Jose Carlos de Oliveira , cargo efetivo de
Agente em Manutenção, Conservação e Transporte – Motorista, publicado no Diário Oficial do Município PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 354/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de
em 07 de agosto de 2018. ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO ADJUNTO - PROFESSOR SUBSTITUTO DE EDUCAÇÃO
BÁSICA FUNDAMENTAL 6° AO 9° ANO - ARTE, no quadro de servidores desta Prefeitura, Diário
PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 347/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de AGENTE Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior a 30 dias, a contar
EM MANUTENÇÃO CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - MOTORISTA, no quadro de servidores desta publicação, o(a) Sr(a) CASSIA PEREIRA VALENTIM, portador(a) do RG nº 44647020X, em
desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior a virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 17º lugar, no concurso público para ESPECIALISTA
30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) DANILO HENRIQUE GAGO DE OLIVEIRA, portador(a) EM EDUCAÇÃO ADJUNTO - PROFESSOR SUBSTITUTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA
do RG nº 423521408, em virtude do(a) mesmo (a) haver se classificado em 76º lugar, no concurso público FUNDAMENTAL 6° AO 9° ANO - ARTE, edital nº 04/2016 para exercer as funções do cargo.
para AGENTE EM MANUTENÇÃO CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - MOTORISTA, edital nº COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min.
03/2014 para exercer as funções do cargo.
COMPARECER EM 31/01/2019 ÀS 08h30min. Observação: Nomeação motivada por APOSENTADORIA de Wilma Aparecida Weckwerth dos Reis
Graciano, cargo efetivo de Especialista em Educação – Professor de Educação Básica Fundamental,
Observação: Nomeação motivada por EXONERAÇÃO de Walter Castro Reis Junior, cargo efetivo de publicado no Diário Oficial do Município em 04 de dezembro de 2018.
Agente em Manutenção, Conservação e Transporte – Motorista, publicado no Diário Oficial do Município
em 28 de julho de 2018. ANEXO I (ORIGINAIS)
1. RG e CPF (com nome atualizado);
PORTARIA DE NOMEAÇÃO Nº 348/2019: Fica nomeado(a), para prover o cargo efetivo de AGENTE 2. Certidão de nascimento atualizada (caso não esteja legível) ou de casamento;
EM MANUTENÇÃO CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE - MOTORISTA, no quadro de servidores 3. Título de eleitor (com estado civil atualizado) e comprovantes da última votação ou Certidão da Justiça
desta Prefeitura, Diário Oficial nº 3073 após o cumprimento das exigências legais, num prazo não superior Eleitoral que comprove que está QUITE (http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/certidoes/certidao-de-
a 30 dias, a contar desta publicação, o(a) Sr(a) CLEBER AZEVEDO GIATTI, portador(a) do RG nº quitacao-eleitoral);
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 5

4. CTPS (Carteira de Trabalho - com nome atualizado); EDITAL Nº 01/2019


5. Comprovante de Situação Cadastral do CPF (com nome atualizado) (https://www.receita.fazenda.gov.br/ ABERTURA DE INSCRIÇÕES
Aplicacoes/SSL/ATCTA/CPF/ConsultaPublica.asp);
6. Comprovante de endereço atual; A PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU, através da Secretaria Municipal da Administração, por
7. Extrato do PIS/PASEP, com Estado Civil atualizado e verificar junto a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL determinação do Sr. Prefeito, faz saber que, com base no inciso II do artigo 37 da Constituição Federal,
ou BANCO DO BRASIL, se existe o na Lei Orgânica do Município de Bauru e nas Leis Municipais vigentes, realizará Concurso Público na
cadastro em mais de 01 (um) número de PIS ou PASEP, caso exista dois números deverá solicitar a modalidade “Provas e Títulos”, regido de acordo com as Instruções Especiais, parte integrante deste
regularização para um único número. É importante que todos os dados cadastrais do candidato estejam Edital, para o provimento do Cargo Público Efetivo de ESPECIALISTA EM SAÚDE – MÉDICO –
atualizados junto ao órgão responsável do PIS (CAIXA ECONÔMICA FEDERAL) ou PASEP (BANCO PNEUMOLOGISTA, descrito no Capítulo II deste Instrumento. O referido Cargo Público reger-se-á
DO BRASIL), antes da emissão e apresentação do documento junto ao Recursos Humanos desta Prefeitura, pelo Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Bauru (Lei Municipal nº 1.574/71 e alterações
para evitar problemas futuros; posteriores), pelo Regime Jurídico Único do Servidor Público Municipal de Bauru (Lei Municipal nº
8. Comprovação de regularidade com o serviço militar (Reservista e/ou equivalente); 3.373/91 e alterações posteriores), pelo Regime Disciplinar do Servidor Público Municipal de Bauru (Lei
9. Atestado de antecedentes criminais (www.ssp.sp.gov.br); Municipal nº 3.781/94 e alterações posteriores), pelo Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Servidores da
10. Certidão de nascimento de filhos até 21 anos; Secretaria Municipal da Saúde (Lei Municipal nº 5.950/10 e alterações posteriores) e demais disposições
11. Carteira de Vacinação dos filhos menores de 14 anos; legais aplicáveis aos Servidores Públicos Municipais.
12. PRÉ-REQUISITO EXIGIDO NO EDITAL DO CONCURSO. (Diplomas e/ou certificados);
13. Declaração ou certidão negativa de débitos para os cargos que possuem registros em seus respectivos INSTRUÇÕES ESPECIAIS
conselhos;
14. Declaração de horário e local de trabalho para os cargos que por Lei cabem acumulação (para fins de CAPÍTULO I – DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES:
análise do acúmulo e/ou compatibilidade de horários). 1. O Concurso Público realizar-se-á sob a responsabilidade da Comissão Examinadora, composta por:
Deborah Maciel Cavalcanti Rosa, Guilherme Nogueira Spinosa e Heloisa Ferrari Lombardi e sob
CONVOCAÇÃO a coordenação de Mariana Félix Bueno Belone e Luiz Gustavo de Oliveira, sendo todos os membros
O(A) candidato(a) FRANCIANE DANIELA MANFIO BARBOSA, classificado em 23° lugar no nomeados pela Portaria nº 123/2019, obedecidas as normas deste Edital.
concurso de acesso realizado para ESPECIALISTA EM GESTÃO ESCOLAR - DIRETOR DE 2. O Concurso Público regulado pelo presente Edital será devidamente acompanhado por um representante
ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL deverá comparecer no Departamento de Recursos Humanos, da Comissão de Desenvolvimento Funcional, nos termos do artigo 26, parágrafo 1º, inciso V da Lei
situado na Praça das Cerejeiras 1-59, Vila Noemi, 2º Andar, no dia 31/01/2019 ÀS 14h, com os documentos Municipal nº 5.950/10, membro da Comissão Examinadora.
(ORIGINAIS) relacionados no ANEXO I: 3. O Concurso destina-se ao preenchimento de vagas ora existentes e que vierem a surgir e é relativo
ao cargo efetivo descrito no Capítulo II, obedecida à ordem classificatória, durante o prazo de validade
Observação: Nomeação motivada por APOSENTADORIA de Adriana Piccirilli Teixeira Paula, matrícula previsto neste Edital.
15.674, cargo efetivo de Especialista em Gestão Escolar – Diretor de Escola de Educação Infantil, publicado 4. Os candidatos aprovados que, não tendo sido contemplados pelo número de vagas previstas pelo
no Diário Oficial do Município em 08 de dezembro de 2018. Capítulo II, integrarão o Cadastro de Reserva, com expectativa de direito à nomeação dentro do prazo de
validade do Concurso Público regulado pelo presente Edital e eventual prorrogação, em relação aos cargos
O(A) candidato(a) SIMONE FERNANDES GOMEZ DOS SANTOS, classificado em 24° lugar remanescentes, aos que vagarem e aos que forem criados.
no concurso de acesso realizado para ESPECIALISTA EM GESTÃO ESCOLAR - DIRETOR DE 5. Os candidatos que tomarem posse estarão subordinados ao Estatuto dos Servidores Públicos do
ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL deverá comparecer no Departamento de Recursos Humanos, Município de Bauru (Lei Municipal nº 1.574/71 e alterações posteriores), ao Regime Jurídico Único do
situado na Praça das Cerejeiras 1-59, Vila Noemi, 2º Andar, no dia 31/01/2019 ÀS 14h, com os documentos Servidor Público Municipal (Lei Municipal nº 3.373/91 e alterações posteriores), ao Regime Disciplinar
do Servidor Público Municipal de Bauru (Lei Municipal nº 3.781/94 e alterações posteriores), Plano de
(ORIGINAIS) relacionados no ANEXO I:
Cargos, Carreiras e Salários dos Servidores da Secretaria Municipal da Saúde (Lei Municipal nº 5.950/10
e alterações posteriores) e demais disposições legais aplicáveis aos Servidores Públicos Municipais.
Observação: Nomeação motivada por APOSENTADORIA de Meire Cristina dos Santos Dangió,
6. Os candidatos ao cargo do presente Concurso Público ficarão sujeitos à Jornada Básica de Trabalho
matrícula 16.726, cargo efetivo de Especialista em Gestão Escolar – Diretor de Escola de Educação Infantil,
prevista no Capítulo II deste Edital.
publicado no Diário Oficial do Município em 11 de dezembro de 2018.
7. O cargo, a(s) vaga(s), a escolaridade/pré-requisito e os vencimentos estão estabelecidos no Capítulo II
deste Edital.
O(A) candidato(a) ANA MARIA FERNANDES ITAJUBÁ BARAVIEIRA, classificado em 01° lugar
8. A data, o local e horário de realização da Prova Objetiva e Entrega de Títulos serão divulgados no
no concurso de acesso realizado para ESPECIALISTA EM GESTÃO ESCOLAR - DIRETOR DE
Edital de Convocação publicado no Diário Oficial de Bauru em 14 (quatorze) de março de 2019.
ESCOLA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL deverá comparecer no Departamento de Recursos
9. Os Títulos deverão ser entregues na data, horário e local designados para realização da Prova Objetiva,
Humanos, situado na Praça das Cerejeiras 1-59, Vila Noemi, 2º Andar, no dia 31/01/2019 ÀS 14h30min,
antes do início da mesma.
com os documentos (ORIGINAIS) relacionados no ANEXO I:
10. A Descrição do Cargo consta no Anexo I deste Edital.
11. O Conteúdo Programático consta no Anexo II deste Edital.
Observação: Nomeação motivada por APOSENTADORIA de Célia Regina Sanches Conte, matrícula
12. A contratação será pelo Regime Estatutário.
23.520, cargo efetivo de Especialista em Gestão Escolar – Diretor de Escola de Educação Fundamental,
publicado no Diário Oficial do Município em 17 de maio de 2018. CAPÍTULO II – DO CARGO, DA(S) VAGA(S), DA ESCOLARIDADE/PRÉ-REQUISITO, DOS
VENCIMENTOS, DOS BENEFÍCIOS, DA JORNADA DE TRABALHO E DO VALOR DAS
O(A) candidato(a) ANA BEATRIZ BUOSO MARCELINO, classificado em 02° lugar no concurso INSCRIÇÕES:
de acesso realizado para ESPECIALISTA EM GESTÃO ESCOLAR - DIRETOR DE ESCOLA DE
Jornada
EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL deverá comparecer no Departamento de Recursos Humanos, situado Escolaridade/ Valor
Cargo Vaga(s) Vencimentos¹ Benefícios² Básica de
na Praça das Cerejeiras 1-59, Vila Noemi, 2º Andar, no dia 31/01/2019 ÀS 14h30min, com os documentos Pré-Requisito Inscrição
Trabalho³
(ORIGINAIS) relacionados no ANEXO I:
Conclusão do
Ensino Superior
Observação: Nomeação motivada por APOSENTADORIA de Fabíola Pereira Soares, matrícula 24.354,
em Medicina
cargo efetivo de Especialista em Gestão Escolar – Diretor de Escola de Educação Fundamental, publicado
e Registro
no Diário Oficial do Município em 29 de dezembro de 2018.
no Conselho
Regional de
ANEXO I (ORIGINAIS) Especialista em
Medicina 15 horas /
1. Certidão de nascimento ou de casamento atualizado; Saúde – MÉDICO - 01 R$ 4.450,72 R$ 451,00 R$ 80,00
(CRM/SP) e semanais³
2. Título de eleitor (com estado civil atualizado), com comprovantes da última votação; PNEUMOLOGISTA
Residência
3. RG; CPF; (com estado civil atualizado);
Médica em
4. Certidão de nascimento de filhos até 21 anos;
Pneumologia
5. Carteira de Vacinação dos filhos menores de 14 anos;
ou Título de
6. Comprovação de Endereço;
Especialista em
7. Termo de responsabilidade (retirar no RH) onde afirma a disponibilidade de horário para exercício da
Pneumologia
função; Notas:
8. Ultimo holerite; *Comprovação de conclusão do Ensino Superior em Medicina e Registro no Conselho Regional de
9. Pré-requisito. Medicina do Estado de São Paulo. Além destes, apresentar comprovação de residência médica na referida
Dúvidas e informações telefone: 3235-1081 especialidade médica de atuação do Concurso Público afim, concedida pela Comissão Nacional de
Residência Médica/Ministério da Educação ou Título de Especialista na referida especialidade médica de
EXONERAÇÃO/ POSSE atuação do Concurso Público afim, concedido pela respectiva Sociedade de Especialidade.
PORTARIA N.º 355/2019 ROSEMEIRE LOPES PINTO, Diretora de Departamento de Administração Vencimento¹: Referência Salarial C1 / Grade dos Especialistas em Saúde – Médico, da Lei n° 5.950/10 e
de Pessoal, no uso das atribuições legais que lhe confere o Decreto 6.664 de 22 de julho de 1993, R E S alterações posteriores.
O L V E: Exonerar, a pedido, o(a) servidor(a) MAISA JAMPAULI BERNARDES, portador(a) do RG Benefícios²: Vale Compra (R$ 451,00) – Lei Municipal nº 5.323/05 e alterações posteriores e Lei Municipal
n.º 489534624, matrícula 32556 cargo efetivo de TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE - AGENTE DE nº 7.056/18.
PROTEÇÃO AMBIENTAL, e SANDRA MARQUEZI PIROLA BEZERRA, Diretora do Departamento Jornada Especial de Trabalho³: Os profissionais poderão ingressar nas Jornadas Especiais de Trabalho
de Recursos Humanos, no uso das atribuições legais que lhe confere a Lei Municipal 7.109 de 12 de (20, 24, 30, 36 e 40 horas/semanais) mediante solicitação do interessado ou por necessidade e interesse
setembro de 2018, RESOLVE: Dar posse no cargo efetivo de ESPECIALISTA EM MEIO AMBIENTE público, ficando condicionado à disponibilidade de carga horária, conforme previsto na Lei Municipal nº
– BIÓLOGO, a partir de 31/01/2019. 5.950/10, Lei Municipal nº 6.564/14 e alterações posteriores.
6 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

Jornada de 20 horas/ semanais: R$ 4.450,72+ R$ 1.483,42 de jornada suplementar.(33,33%) CAPÍTULO IV – DA ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO:
Jornada de 24 horas/ semanais: R$ 4.450,72+ R$ 2.670,43 de jornada suplementar.(60%) 1. De acordo com a Lei Municipal nº 6.871/16 e Lei Municipal nº 6.939/17, ficarão isentos do recolhimento
Jornada de 30 horas/ semanais: R$ 4.450,72+ R$ 4.450,72 de jornada suplementar.(100%) da Taxa de Inscrição, os candidatos que comprovarem no mínimo 02 (duas) DOAÇÕES DE SANGUE,
Jornada de 36 horas/ semanais: R$ 4.450,72+ R$ 6.231,00 de jornada suplementar. (140%) realizadas nos últimos 12 (doze) meses até o último dia do período de isenção da inscrição, em órgão
Jornada de 40 horas/ semanais: R$ 4.450,72+ R$ 7.418,01 de jornada suplementar.(166,67%) oficial ou em entidade coletora de sangue credenciada pela União, pelo Estado ou pelo Município.
Além da jornada de trabalho, os profissionais poderão realizar atividades sob a forma de “plantão extra” 2. A isenção, tratada no Item 1 deste Capítulo deverá ser expressamente requerida no ato da inscrição
junto aos serviços de atendimentos ininterruptos percebendo o valor de R$ 1.589,80 por 12 horas de plantão efetuada nos termos indicados no Capítulo III, ficando o candidato inteiramente responsável pelas
ininterrupto; poderão realizar 06 horas de plantão ininterrupto percebendo por este, 50% do valor citado. O informações prestadas, respondendo civil e criminalmente pelo teor das afirmativas.
cumprimento de plantões extras está condicionado à convocação do Secretário da Saúde ou do Diretor, com 3. Não será concedida a Isenção da Taxa de Inscrição tratada no Item 1 deste Capítulo aos que deixarem
anuência e termo de compromisso do servidor. de requerê-la expressamente, omitirem informações e/ou torná-las inverídicas.
4. Para efetivar a Isenção da Taxa de Inscrição nos termos do presente Capítulo, os candidatos deverão
CAPÍTULO III – DAS INSCRIÇÕES: apresentar no Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Bauru, localizado na Praça
1. A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a tácita aceitação das normas e condições das Cerejeiras, nº 1-59, Vila Noemy, Bauru/SP, CEP: 17014-900, nos dias 04 (quatro), 05 (cinco) e 06
estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento. (seis) de fevereiro de 2019, das 08h30min às 17h, documento hábil a comprovar no mínimo 02 (duas)
1.1) Objetivando evitar ônus desnecessário, o candidato deverá orientar-se no sentido de recolher o valor doações de sangue, realizadas nos últimos 12 (doze) meses até o último dia do período de isenção da
da inscrição somente após tomar conhecimento de todos os procedimentos, requisitos e condições exigidos inscrição, expedido por órgão oficial ou por entidade coletora de sangue credenciada pela União, pelo
para o concurso. Estado ou pelo Município, obrigatoriamente com a cópia do Pré-comprovante de inscrição, devidamente
2. As inscrições para o Concurso Público regulado neste Edital serão realizadas EXCLUSIVAMENTE impresso nos termos indicados no Capítulo III. O PRÉ-COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO encontra-
pela internet, no site www.bauru.sp.gov.br na ÁREA DE CONCURSOS das 0h (zero hora) do dia 04 se disponível na área de CONCURSOS/PORTAL DO CANDIDATO do site www.bauru.sp.gov.br
(quatro) de fevereiro de 2019 ate às 19h59min do dia 17 (dezessete) de fevereiro de 2019, (horário de 5. Será aceito o seguinte documento para fins de concessão da Isenção do Pagamento da Taxa de Inscrição:
Brasília/DF), devendo o candidato adotar os seguintes procedimentos: Declaração firmada em papel timbrado do órgão oficial ou da entidade coletora de sangue credenciada
2.1) Escolha do Cargo: Escolher o Cargo desejado em “Inscrições Abertas” e selecionar “Fazer pela União, pelo Estado ou pelo Município, contendo o nome completo e o número de identidade do
Inscrição”. doador, a data das 02 (duas) últimas doações, com assinatura, e carimbo do responsável do setor /
2.2) Cadastro: O candidato deverá efetuar seu acesso ao sistema (caso já possua usuário e senha área / departamento (cópia autenticada ou cópia simples acompanhada da via original).
cadastrados) ou cadastrar-se em “Cadastro do Candidato”, informando corretamente todos os dados 6. Os candidatos que optarem pela apresentação de cópia do comprovante de doação de sangue nos termos
solicitados, atentando-se para os dados OBRIGATÓRIOS. indicados no Item 5 deste Capítulo, deverão apresentar no local e período designados no Item 4, a via
2.3) Seleção do Cargo Desejado: Após preencher o cadastro, o candidato deverá optar pelo cargo para o original de seu comprovante de doação para que seja providenciada sua regular autenticação.
qual pretende concorrer, sendo, no caso regulado pelo presente Edital: Especialista em Saúde – MÉDICO 7. Será indeferido o Requerimento de Isenção do Pagamento da Taxa de Inscrição que estiver preenchido
- PNEUMOLOGISTA, e selecionar “Fazer Inscrição”. incorretamente, que for encaminhado por outro meio que não o estabelecido no Item 4 deste Capítulo e
2.4) Confirmação de Inscrição: Ler atentamente o “Formulário de Inscrição”, selecionar a opção de que não observar os requisitos elencados no Item 5, também deste Capítulo.
confirmação dos dados e após “Confirmar Inscrição”. 8. As decisões sobre deferimento/indeferimento de Isenção de Taxa de Inscrição serão publicadas no Diário
2.5) Recolhimento da Taxa de Inscrição - Impressão do Boleto Bancário e do Pré-Comprovante de Oficial de Bauru em 09 (nove) de fevereiro de 2019.
Inscrição: Após preencher o cadastro e escolher qual o cargo que pretende concorrer, o candidato deverá 9. Contra a decisão que indeferir a solicitação de Isenção da Taxa de Inscrição caberá recurso, devidamente
providenciar a impressão do Boleto Bancário no valor de R$ 80,00 (oitenta reais), importância esta justificado e comprovado, dentro do prazo de 05 (cinco) dias úteis, tendo como termo inicial o 1°
referente à Taxa de Inscrição, não restituível sob qualquer hipótese, bem como do Pré-Comprovante de (primeiro) dia útil subsequente à sua publicação no Diário Oficial de Bauru disponível no site: www.
Inscrição. bauru.sp.gov.br
a) O Boleto Bancário impresso nos termos indicados no Item 2.5 poderá ser pago em qualquer 10. O candidato beneficiado com a Isenção da Taxa de Inscrição terá sua inscrição efetivada nos termos do
agência bancária, até a data de seu vencimento. Não serão aceitos pagamentos em cheque, através de Capítulo III, Item 2.7.
transferência, DOC, ordem de pagamento, condicionais e/ou extemporâneas ou por qualquer outra 11. Os candidatos que tiverem a solicitação de Isenção da Taxa de Inscrição indeferida e desejarem efetivar
via que não a especificada neste Edital. Sendo verificado, a qualquer tempo, o recebimento de inscrição sua inscrição, poderão fazê-lo mediante pagamento do Boleto Bancário, nos termos indicados no Capítulo
que não atenda a todos os requisitos fixados no presente Item, a mesma será cancelada. III.
b) Não será aceito, como comprovante de pagamento de taxa de inscrição, comprovante de agendamento 11.1) O Boleto Bancário para os optantes “Doadores” será gerado com o valor integral da Inscrição,
bancário ou extrato bancário. permitindo aos candidatos efetuarem o pagamento em caso de indeferimento da Isenção do pagamento
c) O candidato que efetuar o pagamento do Boleto Bancário referente a outro concurso que não o da taxa de Inscrição pelos motivos expostos nos itens anteriores, observados o período de inscrição e os
do cargo previsto neste edital não poderá utilizá-lo para efetivar a inscrição neste concurso, sendo horários bancários de sua região.
obrigado a novo pagamento.
2.6) Todos os candidatos inscritos poderão reimprimir seu boleto bancário, caso necessário, no máximo até CAPÍTULO V – DAS CONDIÇÕES ESPECIAIS PARA PRESTAÇÃO DA(S) PROVA(S):
as 19h59min do dia 17 (dezessete) de fevereiro de 2019, quando este recurso será retirado do site, para 1. Condições Especiais para Prestação da Prova: Os candidatos com necessidades especiais temporárias
pagamento neste mesmo dia, impreterivelmente. ou permanentes, poderão requerê-las, de forma justificada, no ato da inscrição, apresentando pedido
2.7) Efetivação da Inscrição: O candidato deverá acompanhar (mediante login e senha de acesso) detalhado das condições especiais de que necessita, como por exemplo: prova ampliada, auxílio para
durante os 05 (cinco) dias úteis subsequentes ao pagamento do Boleto Bancário tratado no Item 2.5, leitura da prova, sala de fácil acesso, utilização de aparelho (auditivo, medição de glicemia, etc...) ou outras
na área de CONCURSOS/PORTAL DO CANDIDATO do site www.bauru.sp.gov.br a efetivação de sua condições as quais deverão estar claramente descritas no pedido.
inscrição. A inscrição do candidato somente será válida após a sua Efetivação, nos termos indicados 1.1)A solicitação da Condição Especial para prestar a prova deverá vir acompanhada de Laudo Médico,
neste item. Caso não seja observada tal determinação, o candidato ficará impossibilitado de realizar expedido no prazo máximo de 12 (doze) meses antes do término do período designado para as
a prova, não tendo direito a restituição dos valores recolhidos a título de Taxa de Inscrição. inscrições, no qual conste a Classificação Internacional de Doença – CID da doença que acomete o
a) O candidato deve imprimir o COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO (com status PAGO ou ISENTO) candidato, bem como a justificativa de necessidade da condição pleiteada pelo candidato.
na área de CONCURSOS/PORTAL DO CANDIDATO do site www.bauru.sp.gov.br após a efetivação e, 1.1.1) A não observância, pelo candidato, de quaisquer das disposições deste Capítulo, implicará a perda
para sua segurança, levar no dia da Prova. do direito de atendimento da condição especial.
b) Caso o candidato tenha efetuado o pagamento do Boleto Bancário nos termos indicados neste Capítulo 1.2) O laudo médico deverá ser enviado pelo correio com A.R. (Aviso de Recebimento) endereçado a
e não tenha a confirmação de seu pagamento no site supracitado, este deverá entrar em contato com o Comissão Examinadora do referido concurso, para o Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura
Departamento de Recursos Humanos, pelos telefones (14) 3235-1081, (14) 3235-1076 ou (14) 3235-1207, Municipal de Bauru, localizado na Praça das Cerejeiras, n° 1-59, Vila Noemy, Bauru/SP, CEP: 17014-900,
das 08h às 12h e das 13h às 18h. no período de 04 (quatro) a 17 (dezessete) de fevereiro de 2019.
Observações: a) Por se tratar de um sistema informatizado de concursos, o candidato deverá seguir todas 1.3) O atendimento às condições especiais pleiteadas ficará sujeito à análise da razoabilidade do solicitado.
as orientações deste, previstas neste Capítulo, bem como arquivar seu usuário e senha para possibilitar 1.4) As decisões sobre o requerimento de condição especial para prestação da Prova, serão publicadas no
posteriores consultas e/ou outras inscrições em outros concursos desta Prefeitura. Diário Oficial de Bauru em 28 (vinte e oito) de fevereiro de 2019.
c) A Prefeitura Municipal de Bauru não se responsabiliza por qualquer procedimento, efetuado pela internet, 1.5) Contra a decisão que indeferir a solicitação de condição especial para prestação da prova caberá
não recebido por motivo de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento recurso, devidamente justificado e comprovado, dentro do prazo de 05 (cinco) dias úteis, tendo como
das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência termo inicial o 1° (primeiro) dia útil subsequente à sua publicação no Diário Oficial de Bauru disponível
de dados. no site: www.bauru.sp.gov.br
3. O candidato deverá estar atento ao boleto que irá utilizar para pagamento de sua inscrição, pois caso
efetue o pagamento de boleto referente à inscrição cancelada, o pagamento será inválido, impossibilitando CAPÍTULO VI – DA CANDIDATA LACTANTE:
sua participação no certame. 1. A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização da prova em sala reservada, além
4. A Prefeitura Municipal de Bauru não se responsabiliza por inscrições não recebidas por quaisquer de informar na inscrição, deverá apresentar pessoalmente ou por e-mail, os seguintes documentos:
motivos de ordem técnica ou por procedimento indevido dos usuários ou de instituições bancárias. Assim, 1.1 Pessoalmente: A candidata lactante deverá apresentar na Prefeitura Municipal de Bauru – Departamento
é recomendável que o candidato realize a sua inscrição e efetue o respectivo pagamento com a devida de Recursos Humanos, localizado na Praça das Cerejeiras, nº 1-59, Vila Noemy, CEP: 17014-900 – Bauru/
antecedência. SP, 2° andar, requerimento contendo seu nome completo, o número da Carteira de Identidade (RG), o
5. As alterações de nome, RG e data de nascimento, referentes a este concurso, deverão ser realizadas na número do CPF, a nomenclatura do cargo que pretende concorrer, bem como seu número de inscrição,
área de CONCURSOS/PORTAL DO CANDIDATO do site: www.bauru.sp.gov.br até o último dia acompanhado de cópia da Certidão de Nascimento da criança e do documento de identificação oficial com
de inscrição. É de inteira responsabilidade do candidato o correto e completo preenchimento dos dados foto do acompanhante adulto, das 08h às 12h e das 13h às 18h, no período de 04 (quatro) de fevereiro
pessoais solicitados no ato da inscrição, dispondo do direito da Comissão Examinadora excluir do certame de 2019 a 21 (vinte e um) de março de 2019 e das 08h às 12h e das 13h às 16h, no dia 22 (vinte e dois)
o candidato que não o fizer. de março de 2019.
6. As informações prestadas no cadastro/inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, dispondo 1.2. Por e-mail: A candidata lactante deverá encaminhar cópia digitalizada da certidão de nascimento da
a Comissão Examinadora do direito de excluir do certame aquele que NÃO preencher o cadastro/inscrição criança e o documento de identificação oficial com foto do acompanhante adulto, para o e-mail rh@bauru.
de forma completa e correta. sp.gov.br até às 16h do dia 22 (vinte e dois) de março de 2019. A candidata deverá informar seu nome
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 7

completo, o número de sua Carteira de Identidade (RG), o número do CPF, a nomenclatura do cargo que Contra a decisão que indeferir a solicitação de inscrição como deficiente caberá recurso, devidamente
pretende concorrer, bem como seu número de inscrição. justificado e comprovado, dentro do prazo de 05 (cinco) dias úteis, tendo como termo inicial o 1°
2. Caso a candidata não tenha informado a condição de lactante na inscrição, esta deve observar o (primeiro) dia útil subsequente à sua publicação no Diário Oficial de Bauru disponível no site: www.
estabelecido nos itens 1.1 e 1.2. bauru.sp.gov.br
3. O acompanhante adulto ficará em sala reservada e será o responsável pela guarda da criança. Este estará
submetido a todas as normas constantes no Edital regulamentador do certame, inclusive no tocante ao uso CAPÍTULO VIII – DA PROVA, DA ENTREGA DE TÍTULOS E RESPECTIVAS PONTUAÇÕES:
de equipamentos eletrônicos e celulares. O concurso regulado pelo presente Edital será na modalidade “Provas e Títulos”, com caráter eliminatório
4. A candidata que não levar 01 (um) acompanhante adulto não poderá permanecer com a criança no local e classificatório, com valores atribuídos, a seguir:
de realização da prova.
5. No momento da amamentação, a candidata será acompanhada por um fiscal sem a presença do
responsável pela criança e sem o material da prova. Nº Duração da
Cargo Prova Peso Caráter
6. Caso a criança ainda não tenha nascido até a data estabelecida no Item 1, a candidata deverá apresentar Questões Prova
Conhecimentos
na data designada para realização da prova cópia da Certidão de Nascimento da criança, bem como o Especialista em Prova 30 Eliminatório e
Específicos 90 03 horas
documento de identificação do acompanhante, que deverá ser apenas 01 (uma) pessoa. Saúde – Objetiva Classificatório
Legislação SUS 10
7. A Prefeitura Municipal de Bauru não disponibilizará, em hipótese alguma, acompanhante para guarda MÉDICO -
Análise Apresentação de
da criança. PNEUMOLOGISTA - 10 Classificatório -
de Títulos Títulos
8. Não haverá compensação do tempo de amamentação em favor da candidata.
O Concurso Público realizado para preenchimento do cargo de Especialista em Saúde – MÉDICO -
CAPÍTULO VII – DAS INSCRIÇÕES PARA CANDIDATOS COM DEFICIÊNCIA: PNEUMOLOGISTA será composto por Prova Objetiva e Análise de Títulos, nos termos abaixo
As pessoas com deficiência que pretendem fazer uso das prerrogativas que lhes são facultadas no inciso
descritos:
VIII do artigo 37 da Constituição Federal, na Lei Federal nº 7.853/89, no Decreto Federal nº 3.298/99, na
2.1) 1ª Fase - Prova Objetiva: de caráter eliminatório e classificatório, valendo 90 (noventa) pontos,
Lei Complementar Estadual nº 683/92 e alterações posteriores, no Decreto Estadual nº 60.449/14, na Lei
prevista para realizar-se no dia 24 (vinte e quatro) de março de 2019, será composta por 40 (quarenta)
Municipal nº 6.871/16 e na Lei Municipal nº 6.939/17, é assegurado o direito de inscrever-se para o cargo
em Concurso Público, cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência. questões objetivas de múltipla escolha com 04 (quatro) alternativas cada uma, versando sobre os
Em cumprimento a legislação Federal, Estadual e Municipal, ser-lhes-á reservado o percentual de 5% assuntos constantes no Conteúdo Programático do Anexo II, sendo considerada apenas 01 (uma)
(cinco por cento) das vagas a serem preenchidas. alternativa correta, e sua aplicação terá duração de 03 (três) horas, sendo aprovados os candidatos que
As frações decorrentes do cálculo do percentual de que trata o caput desse artigo só serão arredondadas para obtiverem no mínimo 60% (sessenta por cento) de aproveitamento.
o número inteiro subsequente quando maiores ou iguais a 05 (cinco). 2.2) 2ª Fase - Análise de Títulos: de caráter classificatório, valendo 10 (dez) pontos, reger-se-á pelas
O candidato com deficiência, antes de inscrever-se no presente concurso deverá verificar se as atribuições regras a seguir expostas:
do cargo são compatíveis com a sua deficiência. a Análise de Títulos terá caráter classificatório e, portanto, não elimina do concurso os candidatos que não
Consideram-se pessoas com deficiência aquelas que se enquadram nas categorias discriminadas no artigo 4º apresentarem Títulos;
do Decreto Federal nº 3.298/99 e suas alterações, na Súmula 377 do Superior Tribunal de Justiça, e na Lei a entrega dos Títulos é de responsabilidade dos candidatos e os mesmos deverão ser entregues na data, local
Brasileira de Inclusão (LBI) nº 13.146/15 – Estatuto da Pessoa com Deficiência. e horário designados para realização da Prova Objetiva, antes do início ou após a entrega da mesma, em sala
As pessoas com deficiência, resguardadas as condições especiais previstas no artigo 40 do Decreto Federal indicada pela Coordenação do Concurso;
nº 3.298/99, participarão do concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se no ato da entrega dos Títulos, o candidato preencherá Formulário próprio fornecido pelo Departamento
refere ao conteúdo da prova, à avaliação e aos critérios de aprovação, ao dia, horário e local de aplicação de Recursos Humanos da Secretaria Municipal da Administração, no qual identificará a quantidade de
da prova. Títulos apresentados;
O candidato com deficiência poderá requerer no ato da inscrição e na forma disciplinada pelo Capítulo III o Formulário deverá ser assinado pelo candidato e pelo responsável pela recepção dos Títulos;
deste Edital, condição especial, para o dia de realização da prova, indicando as suas necessidades, conforme as cópias dos Títulos a serem entregues deverão ser Cópias Reprográficas simples, acompanhadas dos
previsto no artigo 40, parágrafos 1º e 2º, do Decreto Federal nº 3.298/99 e alterações.
originais ou cópias autenticadas em Cartório;
O candidato deverá declarar no ato da inscrição tal condição, especificando-a no Formulário de
todos os Títulos deverão ser comprovados por documentos que contenham as informações necessárias ao
Inscrição preenchido via internet nos termos indicados no Capítulo III.
perfeito enquadramento e consequente valoração;
Para Efetivar sua Inscrição nos termos indicados no Capítulo III, o candidato com deficiência deverá
apresentar Laudo Médico (original ou cópia autenticada) expedido no prazo máximo de 12 (doze) meses quando o documento não comprovar explicitamente que o Título se enquadra na área exigida no quadro
antes do término do período designado para as inscrições, atestando a espécie e o grau ou nível de abaixo, o candidato poderá entregar, também o histórico escolar (quando a entrega deste não for obrigatória)
deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença ou declaração da instituição que emitiu o documento, na qual declara a(s) área(s) de concentração e/
– CID, a provável causa da deficiência que lhe acomete, se há sequelas que assegurem a adaptação de sua ou programa(s) e/ou linha(s) de pesquisa(s) e/ou informações complementares que permitam o perfeito
prova, informando ainda, o nome do candidato, carteira de identidade (RG), número do CPF, conforme enquadramento do título.
modelo do Anexo III. após a entrega dos Títulos, não serão permitidas substituições ou complementações, em qualquer tempo;
O Laudo Médico para os fins acima indicados deverá constar expressamente que a deficiência se enquadra os Títulos não serão recebidos fora da data, local e horário, estabelecidos no Capítulo I, item 8 deste edital;
na previsão do artigo 4º e seus incisos do Decreto Federal nº 3.298/99 e alterações posteriores. o recebimento dos Títulos é de responsabilidade do Departamento de Recursos Humanos da Secretaria
Os benefícios previstos nos parágrafos 1º e 2º do artigo 40 do Decreto Federal nº 3.298/99, deverão ser Municipal da Administração e da Comissão de Desenvolvimento Funcional da Secretaria Municipal
requeridos conforme modelo do Anexo IV e tal Requerimento deverá ser enviado pelo correio com A.R. da Saúde e as respectivas avaliações são de responsabilidade da Comissão Examinadora nomeada pela
(Aviso de Recebimento) endereçado a Comissão Examinadora do referido concurso, para o Departamento Portaria nº 123/2019;
de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Bauru, localizado na Praça das Cerejeiras, n° 1-59, Vila serão considerados e pontuados os Títulos, conforme quadro a seguir:
Noemy, Bauru/SP, CEP: 17014-900, no período de 04 (quatro) a 17 (dezessete) de fevereiro de 2019.
Além do já determinado, o candidato com deficiência deverá declarar, quando da inscrição, se deseja
Valor
concorrer às vagas reservadas aos candidatos com deficiência, no campo destinado para tal finalidade. Título Comprovantes Valor Máximo
Unitário
O candidato com deficiência que não realizar a inscrição conforme as instruções constantes neste Capítulo,
Diploma, Certificado ou Declaração de conclusão de
não poderá impetrar recurso administrativo em favor de sua condição.
curso de pós-graduação em nível de Doutorado, em
O candidato com deficiência, se classificado na forma estabelecida por este Edital, além de figurar na lista Doutorado 4,0 pontos 4,0 pontos
qualquer área médica, devidamente reconhecido
de classificação geral, terá seu nome constante da lista específica de deficientes.
pelo órgão competente.
O candidato com deficiência aprovado no concurso regulado por este Edital, quando convocado, deverá,
Diploma, Certificado ou Declaração de conclusão de
munido de documento de identidade original, submeter-se à avaliação a ser realizada pelos médicos
curso de pós-graduação em nível de Mestrado, em
oficiais do Município de Bauru, objetivando verificar se a deficiência declarada se enquadra na previsão do Mestrado 3,0 pontos 3,0 pontos
qualquer área médica, devidamente reconhecido
artigo 4º, do Decreto Federal nº 3.298/99 e suas alterações, assim como se há compatibilidade ou não da
pelo órgão competente.
deficiência com as atribuições do cargo a ser ocupado, nos termos dos artigos 37 e 43 da referida norma,
Diploma, Certificado ou Declaração de conclusão de
observadas as seguintes disposições: Especialização/
curso de pós-graduação em nível de especialização
13.1) A avaliação de que trata este Item terá caráter terminativo. Título de
- lato sensu/Residência/Aprimoramento, com carga
13.2) Verificada a incompatibilidade entre a deficiência e as atribuições do cargo postulado, o candidato Especialista/
horária mínima de 360 horas/aula ou Título de 1,0 ponto 3,0 pontos
será eliminado do certame. Residência/
Especialista em qualquer área médica (exceto o
13.3) Será eliminado da lista de deficientes o candidato, cuja deficiência assinalada no Formulário de Aprimoramento
exigido no pré-requisito), devidamente reconhecido
Inscrição não se fizer constatada na forma do artigo 4º e seus incisos do Decreto Federal nº 3.298/99 e suas
pelo órgão competente.
alterações, devendo o mesmo permanecer apenas na lista de classificação geral.
As vagas reservadas que não forem providas por falta de candidatos com deficiência ou por reprovação no
os Diplomas, Certificados ou Declarações obtidos no exterior deverão ser convalidados por universidades
concurso ou na perícia médica, esgotada a listagem especial, serão preenchidas pelos demais candidatos
oficiais do Brasil, que mantenham cursos congêneres, credenciados nos órgãos competentes;
com estrita observância à ordem classificatória.
A não observância, pelo candidato, de qualquer das disposições deste Capítulo, implicará a perda do direito não serão avaliados Títulos não especificados no quadro do Item 2.2;
a ser nomeado para as vagas reservadas aos candidatos com deficiência. A Comissão Examinadora reserva o direito de requisitar outras informações pertinentes aos títulos e ou
O Laudo Médico apresentado terá validade somente para o Concurso Público regulado por este Edital e não documentos apresentados;
será devolvido ao candidato. a pontuação máxima que poderá ser obtida na Análise de Títulos será igual a 10 (dez) pontos;
Após a investidura do candidato, a deficiência não poderá ser arguida para justificar a concessão de restrição os pontos obtidos na Análise de Títulos, para efeito de Classificação Final, serão somados ao total de
funcional, licença por motivo de saúde ou aposentadoria por invalidez. pontos obtidos na Prova Objetiva;
As decisões sobre o requerimento de inscrição como deficiente serão publicadas no Diário Oficial de Bauru sem prejuízo das sanções penais e civis cabíveis, o candidato poderá ser excluído do Concurso Público, se
em 28 (vinte e oito) de fevereiro de 2019. verificada a falsidade de Declaração ou Ilegalidade na obtenção dos Títulos apresentados.
8 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

CAPÍTULO IX – DA REALIZAÇÃO DA PROVA E ENTREGA DE TÍTULOS: O Cartão Resposta será o único documento válido para correção e NÃO será substituído em hipótese
A data, local e horário para realização da 1ª Fase - Prova Objetiva e 2ª Fase – Entrega de Títulos serão alguma, salvo se detectado erro ocasionado pela Coordenação do Concurso.
publicados no Edital de Convocação no Diário Oficial de Bauru em 14 (quatorze) de março de 2019. 7. O candidato é responsável pela conferência de seus dados pessoais registrados no Cartão Resposta, tais
Só será permitida a participação do candidato na 1ª Fase - Prova Objetiva e 2ª Fase – Entrega de Títulos, como nome, número de inscrição e Cadastro de Pessoa Física (CPF).
na respectiva data, local e horário constantes do Edital de Convocação publicado no Diário Oficial de 8. A Prova Objetiva será corrigida por meio de leitura óptica, não sendo prevista a correção manual.
Bauru. Terá sua prova anulada e será automaticamente eliminado do certame o candidato que, durante a
É de inteira responsabilidade do candidato o acompanhamento das publicações na imprensa oficial, não realização da prova:
podendo alegar desconhecimento ou justificar sua ausência ou atraso na realização da 1ª Fase - Prova 9.1) for surpreendido dando e/ou recebendo auxílio para a execução da prova;
Objetiva. 9.2) faltar com o devido respeito para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas e/ou com
O candidato deverá comparecer ao local designado para realização da 1ª Fase - Prova Objetiva, com os demais candidatos;
antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário previsto para seu início, munido do seguinte 9.3) recusar-se, por qualquer motivo, a devolver o caderno de prova ou gabarito, quando solicitado;
documento original: Carteira de Identidade (RG) ou Carteira Expedida por Órgão de Classe que 9.4) descumprir as instruções contidas no caderno de prova.
tenha força de documento de identificação ou Carteira de Trabalho ou qualquer outro documento A 2ª Fase – Análise de Títulos aplicada aos candidatos ao cargo de Especialista em Saúde – MÉDICO
com foto reconhecido por lei. Não serão aceitas cópias, ainda que autenticadas. - PNEUMOLOGISTA, terá caráter Classificatório. A nota final corresponderá à soma do número de
4.1) Por medida de segurança, o candidato deverá levar no dia da Prova o Comprovante de Inscrição. acertos do candidato na 1ª Fase - Prova Objetiva e a pontuação obtida na 2ª Fase - Análise de Títulos.
Os documentos deverão estar em perfeitas condições e com fotos atuais, de forma a permitirem com Os resultados da 1ª Fase - Prova Objetiva e 2ª Fase - Análise de Títulos serão publicados oportunamente
clareza a identificação do candidato. no Diário Oficial de Bauru.
O não comparecimento na 1ª Fase - Prova Objetiva, qualquer que seja o motivo, caracterizará a desistência Da divulgação do Resultado constarão apenas os candidatos aprovados para o cargo tratado neste edital.
do candidato e resultará na sua automática eliminação. Não será concedida, em nenhuma hipótese, uma
Os candidatos aprovados no presente concurso serão classificados em ordem decrescente de pontuação e a
segunda chamada de prova.
posse será feita obedecendo-se rigorosamente à ordem de classificação e as necessidades da Administração
Não serão considerados os casos de alterações psicológicas, patológicas e/ou fisiológicas temporárias de
Pública, de acordo com sua conveniência e oportunidade.
candidatos e não será dispensado tratamento diferenciado em função dessas alterações, não havendo a
Em caso de empate na nota final do concurso, terá preferência o candidato que, na seguinte ordem:
possibilidade de oferecer condição especial e segunda chamada de Prova.
tiver idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, até o último dia de inscrição neste concurso, conforme
Ao adentrar a sala de aplicação, o candidato não poderá ausentar-se da mesma antes do início da prova.
prescrito pelo artigo 27, parágrafo único, da Lei nº 10.741/03 (Estatuto do Idoso);
O candidato somente poderá ausentar-se da sala em que será aplicada a Prova Objetiva, após o início da
comprovar ter realizado 90 (noventa) horas de serviços voluntários nos doze meses imediatamente
mesma, para beber água ou ir ao banheiro, acompanhado de um fiscal.
Nos casos de necessidade de atendimento de urgência, o candidato poderá ausentar-se da sala e ser antecedentes a data do último dia de inscrição (Art. 1º e 2º da Lei Municipal nº 7.083/2018)
atendido nas dependências do local onde se realiza a prova sob acompanhamento de um fiscal. Ao final do b1) O candidato deverá informar a realização do serviço voluntário no ato de sua inscrição e, para fins
atendimento, poderá retornar à sala, sem prorrogação do prazo para término da prova. de validação, enviar o comprovante do curso de capacitação e a declaração do trabalho voluntário em até
A inviolabilidade das provas será comprovada na sala de aplicação, no momento do rompimento do(s) 30 dias corridos a contar do último dia de inscrição. Tais documentos deverão ser enviados pelo correio
lacre(s) e da(s) embalagem(ns) de provas, na presença de até 03 (três) testemunhas e mediante assinatura com A.R. (Aviso de Recebimento) endereçados a Comissão Examinadora do referido concurso, para o
de Ata de ocorrência/Termo de compromisso. Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Bauru, localizado na Praça das Cerejeiras,
O horário de início da prova está previsto a partir das 09 horas, após os devidos esclarecimentos sobre sua n° 1-59, Vila Noemy, Bauru/SP, CEP: 17014-900 (Art. 3º da Lei Municipal nº 7.083/2018).
aplicação. b2) Caso o candidato não comprove documentalmente ter exercido o voluntariado, conforme previsto no
O candidato somente poderá entregar a Prova Objetiva e o Cartão Resposta, depois de transcorrida 01 Item b1 deste capítulo, desde que tenha declarado essa condição (no ato da inscrição), não terá direito a este
(uma) hora do início da aplicação da mesma. critério de desempate neste Concurso Público;
Será eliminado do certame o candidato que, durante a realização da Prova Objetiva, for surpreendido obtiver maior número de acertos nas questões de Conhecimentos Específicos da Prova Objetiva;
portando aparelhos eletrônicos, tais como bipe, walkman, agenda eletrônica, calculadora, notebook, obtiver maior número de acertos nas questões de Legislação do SUS da Prova Objetiva;
netbook, palmtop, receptor, gravador, telefone celular, máquina fotográfica, protetor auricular, MP3, MP4, obtiver maior pontuação na Análise de Títulos;
controle de alarme de carro, tablet, Ipad, Ipod, Iphone, etc., bem como relógio de qualquer espécie e óculos tiver maior idade entre os candidatos.
escuros.
13.1. É reservado à Coordenação do Concurso, caso julgue necessário, o direito de utilizar detector de CAPÍTULO XI – DOS RECURSOS:
metais, durante a aplicação da(s) prova(s). Caso o candidato seja flagrado pelo detector de metal portando Sob pena de não conhecimento, os recursos referentes a qualquer ato público do concurso regulado por este
qualquer tipo de aparelho eletrônico, será excluído do concurso. edital deverão ser endereçados à Comissão Examinadora e interpostos no prazo de até 05 (cinco) dias
13.2. Durante a realização de qualquer prova deste Concurso Público não será permitida a utilização de úteis após a ocorrência do evento que lhes der causa, tendo como termo inicial o 1º (primeiro) dia útil
qualquer tipo de aparelho que realize a gravação de imagem, de som, ou de imagem e som pelo candidato, subsequente à sua publicação no Diário Oficial de Bauru e no site www.bauru.sp.gov.br de acordo com o
pelos seus familiares ou por quaisquer outros estranhos ao Concurso Público. Caso haja qualquer modelo do Anexo V.
necessidade de realização de uma ou mais modalidades de gravação aqui citada, com vistas à produção O Candidato Recorrente deverá ser claro, consistente e objetivo em seu pleito, restando explícito o seu
do conhecimento a ser avaliado pela Comissão Examinadora do Concurso Público, caberá à Prefeitura requerimento (exemplos: anulação, alteração de gabarito, etc.).
Municipal de Bauru e, somente a ela, a realização, o uso e a guarda de todo e qualquer material produzido. Admitir-se-á um único recurso por candidato para cada ato público deste concurso, devidamente
Os candidatos não poderão adentrar a sala de prova utilizando quaisquer acessórios de chapelaria, tais como fundamentado, sendo desconsiderados recursos de igual teor e pedidos genéricos.
chapéu, boné, gorro, lenços, etc., exceto quando em tratamento de saúde, mediante apresentação de laudo Os recursos deverão ser entregues pelo candidato ou por seu procurador, em 02 (duas) vias (original e
médico no dia da realização da Prova Objetiva. cópia), no Expediente da Secretaria Municipal da Administração localizado na Praça das Cerejeiras, n°
Ao ingressar na sala para realização da prova, os candidatos deverão lacrar todos os seus pertences em 1-59, Vila Noemy, Bauru/SP, no horário das 8h às 12h e das 13h30min. às 18h. Não serão aceitos recursos
embalagem plástica fornecida pela organização deste Concurso Público, desligando todos os equipamentos interpostos por fax-símile, telegrama, internet ou por qualquer outro meio que não esteja especificado neste
eletrônicos (celulares, relógio de qualquer espécie) uma vez que, se os mesmos emitirem qualquer tipo de Edital.
sinal sonoro, o candidato será excluído do certame. Somente serão apreciados recursos interpostos dentro do prazo indicado no Item 1 deste Capítulo.
Caso o candidato seja flagrado com algum pertence sem lacre poderá ser eliminado do certame. São requisitos necessários à admissibilidade dos Recursos Administrativos interpostos em face do Concurso
A embalagem plástica, contendo os objetos pessoais, deverá permanecer durante todo o concurso debaixo Público regulado pelo presente edital:
da carteira. endereçamento à Comissão Examinadora do certame;
O candidato que não atender tal determinação poderá ser eliminado do certame. indicação do cargo para o qual concorreu o Candidato Recorrente;
Sugere-se aos candidatos, antes de lacrar seus pertences que verifiquem se estão portando todos os itens indicação da numeração do Edital regulamentador do Concurso Público do qual o Candidato Recorrente
necessários à execução da prova (óculos de grau (exceto óculos escuro), caneta esferográfica de material
participou e deseja esclarecimentos;
transparente, documento de identificação).
qualificação completa do Candidato Recorrente (nome completo, RG, CPF, endereço residencial e telefone
Após o início da Prova Objetiva não será permitido o rompimento do lacre.
(s) para contato);
A embalagem plástica tratada no Item 15 só poderá ser violada após a saída do candidato do local
indicação de seu número de inscrição;
estabelecido para realização da prova.
estar devidamente assinado pelo Candidato Recorrente.
As decisões dos recursos serão publicadas no Diário Oficial de Bauru.
CAPÍTULO X – DO JULGAMENTO DA PROVA, ANÁLISE DE TÍTULOS E DA SUA
CLASSIFICAÇÃO: O gabarito publicado poderá ser alterado em função dos recursos interpostos e a prova será corrigida de
A 1ª Fase - Prova Objetiva aplicada aos candidatos ao cargo de Especialista em Saúde – MÉDICO - acordo com o gabarito final divulgado após decisão de tais recursos.
PNEUMOLOGISTA, terá caráter eliminatório e classificatório, atribuindo-se 2,25 (dois pontos e vinte Os pontos relativos às questões eventualmente anuladas serão atribuídos a todos os candidatos constantes
e cinco centésimos) a cada questão correta. Será considerado aprovado aquele que obtiver, no mínimo, na lista de presença assinada na data em que for aplicada a prova.
60% (sessenta por cento) de aproveitamento. Em caso de republicação de gabarito, caberá Recurso Administrativo apenas das questões eventualmente
As questões da Prova Objetiva serão respondidas em um Cartão Resposta personalizado, que alteradas, observando-se o prazo preconizado pelo Item 1 deste Capítulo.
constará os dados do candidato. Não caberá interposição de Recurso requerendo a reconsideração de Recurso Indeferido interposto
Não será computada questão com emenda ou rasura, ainda que legível, nem questão não respondida ou que anteriormente.
contenha mais de uma resposta, mesmo que uma delas esteja correta. Serão preliminarmente indeferidos os recursos:
Os candidatos que fizerem algum tipo de rasura ou não preencherem corretamente o Cartão Resposta, com cujo teor desrespeite a Comissão Examinadora;
caneta esferográfica de tinta azul ou preta fabricada em material transparente de acordo com as instruções que esteja em desacordo com as especificações contidas neste Capítulo;
constantes na Folha de Rosto da Prova Objetiva e com as informações transmitidas pelos fiscais de sala, sem fundamentação ou com fundamentação inconsistente ou incoerente;
terão sua prova anulada. que não esteja explícito o requerimento do Candidato Recorrente.
Os prejuízos advindos de marcações feitas incorretamente no Cartão Resposta serão de inteira Os recursos interpostos que não preencherem os requisitos necessários à sua admissibilidade nos termos
responsabilidade do candidato, portanto não deverá ser feita nenhuma marca fora do campo reservado preconizados neste Capítulo serão recebidos como Direito de Petição, conforme prescrito pela Constituição
às respostas ou à assinatura, pois qualquer marca poderá ser lida pela leitora óptica, prejudicando o Federal de 1988.
desempenho do candidato. A Comissão Examinadora e a Prefeitura Municipal de Bauru constituem última instância para os recursos,
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 9

sendo soberanas em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais. Especialista em Pneumologia reconhecido pela Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT),
Após a publicação do gabarito, a prova será disponibilizada no site da Prefeitura Municipal de Bauru www. bem como Registro no Conselho Regional de Medicina – CRM/SP, estando em dia com sua anuidade
bauru.sp.gov.br. comprovando estar regular para o exercício da profissão) e os documentos necessários à investidura do
Após efetuadas as correções, o Cartão Resposta do candidato será disponibilizado no site da Prefeitura cargo indicados no Capítulo XIII, Item 5 deste Edital;
Municipal de Bauru www.bauru.sp.gov.br na área de CONCURSO/PORTAL DO CANDIDATO, gozar de boa saúde física e mental para o exercício das atribuições do cargo, devendo estas serem apuradas
podendo este ser visualizado até a publicação da Homologação do Concurso Público tratado neste edital, por perícia médica realizada por médico oficial.
nos termos prescritos no Capítulo XII. residir no Município de Bauru/SP ou em localidade próxima, nos termos das Leis Municipais nº 3.781/94
(artigo 14, inciso XII) e 5.805/09.
CAPÍTULO XII – DA HOMOLOGAÇÃO: não ter sido demitido ou exonerado do serviço público federal, estadual ou municipal, em consequência de
O resultado final do Concurso, após decididos todos os recursos interpostos tempestivamente observando as processo administrativo ou a bem do serviço público, bem como não ter sido demitido por justa causa de
determinações constantes no Capítulo XI, será homologado pelo Prefeito Municipal de Bauru. emprego público de autarquia, fundação, empresa pública, ou sociedade de economia mista, instituída por
A homologação citada no Item 1 será publicada no Diário Oficial de Bauru. órgãos da administração federal, estadual ou municipal;
conhecer e estar de acordo com as Instruções do Concurso.
CAPÍTULO XIII – DO PROVIMENTO DO CARGO: O ato de nomeação será tornado sem efeito quando o candidato:
O provimento do cargo obedecerá à ordem de classificação. não tomar posse dentro do prazo legal;
A nomeação será feita no Diário Oficial de Bauru, que estabelecerá data, local e horário para apresentação deixar de comprovar qualquer um dos requisitos especificados anteriormente;
do candidato aprovado. tiver sido demitido a bem do serviço público ou por justa causa, em quaisquer das esferas da Administração
Perderá os direitos decorrentes do concurso o candidato que: Pública;
não comparecer no prazo disciplinado por lei para a posse (artigo 40 da Lei Municipal nº 1.574/71); apresentar declarações falsas.
não aceitar as condições estabelecidas para exercício do cargo, pela Prefeitura Municipal de Bauru; A comprovação do preenchimento das condições necessárias à investidura no cargo será feita através da
recusar a nomeação (será excluído da lista de candidatos aprovados, sendo o fato formalizado em Termo apresentação/entrega de seus documentos comprobatórios.
de Desistência); O candidato nomeado que, na data da posse, não reunir todos os requisitos enumerados no Item 1 deste
não comprovar a escolaridade/pré-requisitos estabelecidos no presente Edital; Capítulo perderá o direito à vaga, sem ter direito à restituição da Taxa de Inscrição ou de qualquer despesa
for considerado inapto pela Perícia Médica para as atribuições do cargo para o qual concorreu. decorrente de sua nomeação.
O candidato, após sua nomeação no Diário Oficial de Bauru, terá para posse prazo de 30 (trinta) dias
corridos, prorrogáveis por mais 30 (trinta) dias corridos, desde que requerido pelo interessado durante seu CAPÍTULO XV – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS:
prazo de vigência e que haja conveniência da Administração, nos termos prescritos pela Lei Municipal nº A inexatidão das afirmativas, irregularidades de documentos ou outras ocorrências constatadas no decorrer
1.574/71, alterada pela Lei Municipal nº 7.109/18. do processo, ainda que verificadas posteriormente a aplicação das provas, acarretarão a perda dos direitos
A posse do candidato nomeado ficará condicionada: decorrentes do Concurso Público.
a comprovação da idade mínima de 18 (dezoito) anos, mediante apresentação da Certidão de Nascimento A Prefeitura Municipal de Bauru não se responsabiliza por eventuais prejuízos ao candidato decorrentes de:
ou Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável atualizada; endereço não atualizado;
a apresentação da Carteira de Identidade (RG) expedida no estado em que residir na data da nomeação; endereço de difícil acesso;
ser brasileiro nato ou naturalizado, nos termos do artigo 12 da Constituição Federal de 1.988, da Lei Federal correspondência devolvida pela ECT por razões diversas de fornecimento e/ou endereço errado do
nº 13.445, de 24 de maio de 2.017 (Lei de Migração). candidato;
a comprovação de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda (CPF), acompanhado correspondência recebida por terceiros.
de comprovante de sua Situação Cadastral; Toda a menção a horário neste Edital e em outros atos dele decorrentes terá como referência o horário
a apresentação de Comprovante de Residência emitido nos últimos 90 (noventa) dias. Caso o candidato não oficial de Brasília – DF.
possua comprovante de residência em seu nome, deverá apresentar declaração do responsável pelo imóvel Motivarão a eliminação do candidato do Concurso Público, sem prejuízo das sanções penais cabíveis, a
onde reside, com firma reconhecida; burla ou a tentativa de burla a quaisquer das normas definidas neste Edital ou a outras relativas ao Concurso
a apresentação de Termo de Responsabilidade, declarando não ter sido demitido(a) ou exonerado(a) do Público, aos comunicados, às Instruções ao candidato ou às instruções constantes da prova.
serviço público municipal, estadual ou federal, com firma reconhecida; O prazo de validade do presente Concurso Público será de 02 (dois) anos, a contar da data de sua
apresentação da Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS; Homologação, podendo ser prorrogado por igual período, de acordo com a necessidade da Administração
apresentação de inscrição no Programa de Integração Social (PIS) e/ou no Programa de Formação do Pública.
Patrimônio do Servidor Público (PASEP); É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar as publicações de todos os atos, editais e comunicados
a prova de quitação com as obrigações eleitorais, mediante apresentação do Título Eleitoral acompanhado referentes a este concurso, devendo ainda manter atualizado seu endereço para correspondência e demais
do comprovante de votação na última eleição; dados, no cadastro efetuado pelo mesmo, na área de CONCURSOS/PORTAL DO CANDIDATO do
quando do sexo masculino, a prova de quitação com as obrigações militares, mediante apresentação do site: www.bauru.sp.gov.br, inclusive após divulgação do resultado final.
Certificado de Reservista ou Carta Patente; Os atos relativos ao Concurso Público serão publicados no Diário Oficial de Bauru que estará disponível
a apresentação dos documentos que comprovem a escolaridade/pré-requisitos exigidos para investidura no na internet no endereço: www.bauru.sp.gov.br e no Departamento de Recursos Humanos, no endereço
cargo, bem como de outros documentos julgados necessários (conforme indicado no Capítulo XIV, Item indicado no Item 1.2 do Capítulo V, não se aceitando justificativas para o desconhecimento dos prazos
f deste edital); neles assinalados.
a comprovação de registro no Conselho Regional da categoria, acompanhada do comprovante de Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Examinadora designada pela Portaria nº 123/2019.
regularidade de pagamento da respectiva anuidade, quando existente;
a comprovação de não registrar antecedentes criminais, mediante apresentação de: ANEXO I
m.1) certidão negativa dos distribuidores criminais dos lugares em que tenha residido nos últimos 05 DESCRIÇÃO DO CARGO
(cinco) anos, da Justiça Federal e Estadual, devendo esta(s) ter(em) sido expedida(s) nos últimos 180 (cento
e oitenta) dias. ESPECIALISTA EM SAÚDE – MÉDICO - PNEUMOLOGISTA
m.2) certidão negativa de antecedentes criminais da Polícia Federal e da Polícia dos Estados onde tenha Prestar atendimentos de urgência e emergência a todos os pacientes, sem restrição de idade, em todos os
residido nos últimos 05 (cinco) anos, devendo estas terem sido expedidas no máximo há 90 (noventa) dias. serviços de saúde. Prestar atendimento médico em Unidades Ambulatoriais Básicas ou Especializadas,
à avaliação psicológica, para avaliação de sua saúde mental; mediante agendamento ou por demanda espontânea, em caso de Pronto Atendimento. Zelar pelo uso
à perícia médica, para avaliação de sua saúde física e mental, de caráter eliminatório. correto dos materiais utilizados. Orientar pacientes, familiares, profissionais e eventuais Órgãos. Realizar
Para posse é vedada: perícias e procedimentos administrativos relativos à área Médica. Implementar ações para promoção da
a acumulação de aposentadoria e cargo de um mesmo regime próprio de previdência ou regimes próprios saúde. Realizar ou supervisionar, analisar e interpretar exames de imagem. Desenvolver ações na área
distintos, salvo aqueles com previsão legal expressa no art.40, inciso 6º da Constituição Federal vigente. de Saúde Coletiva (Vigilância Epidemiológica, Sanitária e Ambiental). Executar atividades especializadas
a acumulação remunerada de cargos públicos exceto aquelas previstas no art. 37, inciso XVI, alíneas a, b e relacionadas à morte natural e à perícia para fins Jurídico-Legais (mortes não-naturais, crimes, acidentes
c da Constituição Federal vigente e Súmula 246. e lesões corporais). Orientar por telefone o acompanhante e/ou o próprio paciente dos procedimentos
qualquer acumulação remunerada de cargos havendo incompatibilidade de horário. emergenciais que podem ser realizados até receber o socorro. Designar e solicitar o mais rápido possível
De acordo com a Lei Municipal nº 6.525/2014, o candidato que tiver o interesse em ser tratado pelo nome o veículo móvel e equipe de saúde necessária para se realizar o atendimento ou transporte adequado do
social, deve requerer no ato da posse. paciente. Atender e manter a comunicação com a equipe enviada para locais de acidente diante de eventuais
Para posse somente serão aceitos documentos originais ou fotocópias autenticadas. necessidades. Ir junto à ambulância para o local designado e prestar atendimento médico emergencial no
local (primário). Zelar pelo transporte correto do paciente até o local de atendimento. Realizar exames
CAPÍTULO XIV – DOS REQUISITOS PARA A INVESTIDURA NO CARGO: clínicos e solicitar exames especializados. Interpretar dados dos exames. Estabelecer a hipótese diagnóstica
Das Condições Necessárias para Investidura no Cargo: Ao inscrever-se, o candidato deverá estar ciente e conduta nos atendimentos realizados. Realizar procedimentos médicos (clínicos e/ou cirúrgicos) de
de que sua posse ficará condicionada ao preenchimento das condições essenciais ao cargo abaixo descritas: urgência, compatíveis com as necessidades do paciente. Prescrever e aplicar medicamentos. Fazer
ser brasileiro nato ou naturalizado, nos termos do artigo 12 da Constituição Federal de 1.988, da Lei Federal acompanhamento do quadro do paciente. Solicitar transferências, internações e cirurgias. Indicar médico
nº 13.445, de 24 de maio de 2.017 (Lei de Migração). especialista para acompanhar o caso, etc. Realizar anamnese (levantar queixa, histórico médico e familiar,
ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos completos na data da posse; etc). Realizar exame clínico. Coletar materiais e secreções. Solicitar exames, quando julgar necessário.
estar em dia com as obrigações eleitorais; Interpretar exames. Estabelecer a hipótese diagnóstica e conduta nos atendimentos realizados. Orientar e
estar em dia com os deveres do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino; prescrever o uso de medicação. Realizar procedimentos clínicos e/ou cirúrgicos. Fazer o acompanhamento
não registrar antecedentes criminais, encontrando-se em pleno exercício de seus direitos civis e políticos; do quadro do paciente. Acompanhar o processo de tratamento, realizando alterações nos procedimentos
possuir os requisitos necessários para exercer o cargo pleiteado, bem como os documentos comprobatórios ou medicações. Marcar retorno, encaminhar para exames, especialistas, internações ou dar alta. Evitar
da escolaridade/pré-requisitos constantes do Capítulo II (Diploma, Certificado ou Declaração de contaminação com materiais perfurocortantes. Zelar pelo uso adequado dos equipamentos médicos
Conclusão do Ensino Superior em Medicina, devidamente registrado pelo órgão competente – MEC e utilizados. Solicitar materiais, quando necessário. Atentar-se para o processo de higienização dos materiais
Residência Médica em Pneumologia concedido pela Comissão Nacional de Residência Médica ou Título de utilizados. Orientar pacientes e familiares sobre as condições de saúde e informar sobre os procedimentos
10 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

realizados. Orientar os familiares, profissionais e pacientes sobre os medicamentos prescritos, seus efeitos, SUS e suas principais Legislações
posologia, reações adversas, etc. Indicar possibilidades de tratamento, aconselhando o mais adequado para 1.BRASIL. 1988. Constituição da República Federativa do BRASIL: promulgada em 05 de outubro de
o caso. Realizar encaminhamentos para exames, para outros profissionais de outras áreas e da área médica. 1988. São Paulo: IMESP, 1988 Seção II – Da saúde, Capitulo II, Título VIII. Disponível em:
Notificar a vigilância sanitária diante de casos de doenças infectocontagiosas, contaminação por alimentos http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm
ou demais produtos que possam se alastrar para população local ou municipal. Elaborar prontuários e BRASIL. Ministério da Saúde. Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a
laudos médicos. Emitir receitas. Elaborar protocolos de condutas médicas. Elaborar relatórios. Emitir promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes
pareceres e declarações. Fornecer atestados quando o paciente estiver impossibilitado de trabalhar. Realizar e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8080.htm
perícias. Prescrever medidas higiênicas. Avaliar e adequar o calendário vacinal dos pacientes. Promover BRASIL. Ministério da Saúde. Sistema Único de Saúde: Lei nº 8142, de 28 de dezembro de 1990. Dispõe
campanhas de saúde. Realizar atividades de educação em saúde para a população em geral e comunidades sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) e sobre as transferências
fechadas. Realizar visitas de apoio técnico às unidades de saúde. Estudar novos procedimentos médicos. intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde e dá outras providências.
Realizar pesquisas. Participar de comitês ou comissões que se relacionam com a área médica. Supervisionar Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8142.htm
a realização de exames de imagens, observando a técnica de execução para assegurar sua nitidez e BRASIL. Ministério da Saúde. Pacto pela Saúde. Portaria nº 399/GM, de 22 de fevereiro de 2006.
durabilidade. Analisar imagens, utilizando tecnologia adequada para elaborar o relatório elucidativo, Consolidação do SUS e aprova as Diretrizes Operacionais do Referido Pacto.
fornecendo o laudo das imagens analisadas. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt0399_22_02_2006.html
Elaborar rotinas para preparo de pacientes, observando a natureza do exame a ser realizado a fim de BRASIL. Decreto nº. 7.508, de 28 de junho de 2011. Regulamenta a Lei nº. 8.080, de 19 de setembro de
prevenir complicações e intercorrências. Colaborar tecnicamente, conforme legislação vigente, nas ações 1990, para dispor sobre a organização do Sistema Único de Saúde - SUS, o planejamento da saúde, a
de vigilância epidemiológica e de imunização desenvolvidas pelo município, definido normas internas, assistência à saúde e a articulação interfederativa, e dá outras providências.
sempre com embasamento em Normas Legais e Técnicas emanadas do Ministério da Saúde, da Secretaria Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/decreto/D7508.htm
Estadual de Saúde e de outros órgãos afins. Orientar os serviços de saúde públicos e privados de Bauru, BRASIL. Lei nº 12.871, de 22 de outubro de 2013. Institui o Programa Mais Médicos, altera as Leis nº
incluindo-se as Unidades municipais de saúde, quanto ao desenvolvimento adequado das ações de vigilância 8.745, de 9 de dezembro de 1993, e nº 6.932, de 7 de julho de 1981, e dá outras providências.
epidemiológica e de imunização. Colaborar tecnicamente com a equipe de vigilância epidemiológica Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2013/Lei/L12871.htm
na tomada imediata de medidas para contenção de epidemias e/ou de investigação epidemiológica, em
todos os casos que se fizer necessário, envolvendo doenças e/ou agravos inusitados à saúde, que possam Gestão do SUS, Atenção à Saúde e Saúde Suplementar
potencialmente representar riscos à saúde da coletividade. Avaliar dados epidemiológicos e elaborar BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2488/GM, de 21 de outubro de 2011. Aprova a Política
boletins periódicos. Analisar e investigar todos os óbitos ocorridos e/ou registrados no Município de Bauru, Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção
a partir das Declarações de Óbitos e outros documentos pertinentes, obtidos junto aos Cartórios, Instituto Básica para o Programa Saúde da Família (PSF) e o Programa Agentes Comunitários de Saúde(PACS).
Médico Legal, Delegacias de Polícia, Hospitais e demais serviços de saúde, etc. Executar, investigar, Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt2488_21_10_2011.html
conferir e analisar dados referentes aos Sistemas de Informação: SIM (Sistema de Mortalidade), SINAN BRASIL. Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Saúde Suplementar– Brasília : CONASS, 2011.
(Sistema de Notificação de Doenças e Agravos), SINASC (Sistema de Nascidos Vivos). Realizar visitas 148 p.- (Coleção Para Entender a Gestão do SUS 2011, 12). Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/
hospitalares, em serviços de saúde, em presídios, em domicílio e em outras instituições, sempre que se fizer publicacoes/para_entender_gestao_sus_v.12.pdf
necessário, para o pleno desenvolvimento das ações citadas; Compor a equipe de vigilância epidemiológica MENDES, E. V. As redes de atenção à saúde - Ciência & Saúde Coletiva, 15(5):2297-2305, 2010.
para inspeção em serviços de saúde, sempre que se fizer necessário, em especial aqueles que desenvolvem Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v15n5/v15n5a05.pdf
atividades de imunização, exercendo atividade como Autoridade Sanitária. Compor equipe técnica e de
fiscalização na área de vigilância sanitária e ambiental, atuando conforme legislação vigente. Compor Gestão do SUS e do Cuidado
equipes de fiscalização em serviços de saúde de quaisquer complexidades, conforme o nível de delegação 1.BRASIL. Ministério da Saúde. HumanizaSUS: Política Nacional de Humanização: A humanização
de competência ao município e leis do Sistema Único de Saúde - SUS; buscar assessoria técnica junto à como eixo norteador das práticas de atenção e gestão em todas as instâncias do SUS – Brasília: Ministério
da Saúde, 2004. (Série B. Textos Básicos de Saúde).
Secretaria Estadual de Saúde, Ministério da Saúde e outros órgãos afins, sempre que se fizer necessário.
Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/humanizasus_2004.pdf
Assessorar tecnicamente todos os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde e dos serviços de saúde,
BRASIL. Ministério da Saúde. Política Nacional de Promoção da Saúde –3. ed. – Brasília: Ministério da
públicos e privados de Bauru, no desenvolvimento das ações de vigilância epidemiológica e de imunização,
Saúde, 2010. 60 p. – (Série B. Textos Básicos de Saúde) (Série Pactos pela Saúde 2006; v. 7). Disponível
bem como para tomada de medidas pertinentes. Executar necropsias. Executar exames clínicos, de
em: http://www.conselho.saude.pr.gov.br/arquivos/File/Conferencias/10%20CES/politica_nacional_
laboratório, radiológico e outros. Estabelecer diagnóstico visando à elucidação da causa morte e a doença
promocao_saude_3ed.pdf
básica. Orientar familiares, no caso de morte por doença infectocontagiosa, para que tomem as medidas
BRASIL. Ministério da Saúde. Clínica ampliada e compartilhada – Brasília: Ministério da Saúde, 2009.
preventivas cabíveis. Orientar os pais de recém-nascidos acometidos por transtornos genéticos a procurarem
64 p. – (Série B. Textos Básicos de Saúde).
um aconselhamento genético eficiente. Fornecer informações para possibilitar o estabelecimento de dados
Disponível em:  http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/clinica_ampliada_compartilhada.pdf
epidemiológicos essenciais a fim de se adotar políticas de saúde pública concernente à realidade. Identificar
eventuais casos de morte não natural, considerados inicialmente morte natural e encaminhar para o Instituto
ANEXO III
Médico Legal para exame pericial obrigatório. Implementar atividades de ensino-aprendizagem visando
RELATÓRIO MÉDICO SOBRE PESSOA COM NECESSIDADES ESPECIAIS
o fortalecimento e a integração ensino-serviço-comunidade como cenário de práticas para a formação no
Atesto que o(a) Sr(a)(ta) ______________________________________________, portador(a) do
âmbito do SUS.
número de RG _____________________ e do CPF ________________________, inscrito sob o número
_________________no concurso público para o cargo de ________________________________é pessoa
ANEXO II
com deficiência, segundo o conceito e critérios expressos no artigo 4º, do Decreto nº. 3298, de 20.12.1999,
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO com redação dada pelo artigo 70, do Decreto nº. 5296, de 02.12.2004, da espécie (física, auditiva, visual,
mental ou múltipla) ____________________.
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Descrição da Deficiência:
Programa ____________________________________________________________________________________
Asma ____________________________________________________________________________________
Circulação pulmonar – tromboembolismo pulmonar e hipertensão pulmonar ____________________________________________________________________________________
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica Código CID-10:______________.
Doenças Pulmonares Intersticiais - Deficiência física: alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando
Doenças respiratórias do sono o comprometimento da função física (exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades
Derrames Pleurais para o desempenho de funções), apresentando-se sob a forma de:
Função Pulmonar: Espirometria paraplegia
Insuficiência respiratória paraparesia
Micoses Pulmonares monoplegia
Oxigenoterapia Domiciliar monoparesia
Pneumonia tetraplegia
Pneumopatias ocupacionais tetraparesia
Tabagismo triplegia
Tuberculose triparesia
Tosse crônica hemiplegia
Supurações pulmonares hemiparesia
ostomia
Bibliografia amputação ou ausência de membro
Medicina Interna de Harisson - 2 Volumes - 18ª Ed. 2013. São Paulo. Mcgraw-hill Interamericana. paralisia cerebral
Cecil - Tratado de Medicina Interna - 2 Vols -24.a edição. Elsevier 2014. São Paulo. nanismo
Consensos e Tratados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia. membros com deformidade congênita ou adquirida
Consensos e Diretrizes internacionais. - Deficiência Auditiva (anexar exame audiométrico): perda bilateral, parcial ou total, de quarenta e um
decibéis (dB) ou mais, aferida por audiograma nas frequências de 500HZ, 1.000HZ, 2.000Hz e 3.000Hz;
LEGISLAÇÃO SUS - Deficiência Visual (anexar exame oftalmológico):
Políticas de Saúde e Formação Político Institucional do SUS cegueira, na qual a acuidade visual é igual ou menor que 0,05 no melhor olho, com a melhor correção
1.CUNHA, J.P.P. et CUNHA R.E. Sistema Único de Saúde. Princípios In BRASIL, MULLER NETO, J.S. óptica.
et SCHRADER, F.T. Curso de Desenvolvimento gerencial do SUS: coletânea de textos, Cuiabá: EdUFMT, a baixa visão, que significa acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica.
2011 (p. 55 - 68). Disponível em: http://200.129.241.70/isc/sistema/arquivos/14101102534253.pdf os casos nos quais a somatória da medida do campo visual em ambos os olhos for igual ou menor que 60° .
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 11

ou a ocorrência simultânea de quaisquer das condições anteriores. ESCOLA DE GESTÃO PÚBLICA


visão monocular (Súmula n. 377, do STJ)
- Deficiência Mental: funcionamento intelectual significativamente inferior à média, com manifestação PALESTRA: “DA PESQUISA AO ENSINO: RELAÇÕES E CONTRIBUIÇÕES DE UM
antes dos dezoito anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como:
TRABALHO ACADÊMICO SOBRE O ENSINO DE MATEMÁTICA/GEOMETRIA PARA O
comunicação
cuidado pessoal ENSINO FUNDAMENTAL I “
habilidades sociais
utilização dos recursos da comunidade Ementa:
saúde e segurança Divulgação de conhecimento científico e referenciais na área de formação de professores e ensino de
habilidades acadêmicas
matemática. Relações entre o processo formativo do professor e suas práticas de ensino com os conteúdos
lazer
trabalho matemáticos. Divulgação e avaliação de um projeto de intervenção. Etapa atual de uma pesquisa sobre
- Deficiência Múltipla: associação de duas ou mais deficiências; formação de professores e o ensino de Matemática.
- Reabilitação pela Previdência Social (anexar declaração do INSS). Objetivos: Divulgar trabalho acadêmico promovendo o entendimento sobre as relações existente entre
a pesquisa sobre o ensino de Matemática/Geometria para o Ensino Fundamental e as práticas de ensino.
Local e Data: __________________________
As inscrições estarão abertas a todos os servidores da Prefeitura Municipal de Bauru.
Nome completo do médico/CRM:___________

Endereço para contato:_________________ Data e horário: 19/02/2018 – 09h


Telefone para contato:_________________ Carga horária: 02 horas.
Vagas: 50
Assinatura e carimbo do médico:__________
Local: Auditório do Gabinete do Prefeito. Praça das Cerejeiras nº 1-59, 3º andar.
ANEXO IV Palestrante: Prof.ª Ms. Aline Pereira Ramirez Barbosa
MODELO DE REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO PARA PESSOAS COM NECESSIDADES Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista- UNESP, mestra em Educação para a Ciência
ESPECIAIS (UNESP- Bauru) e doutoranda do mesmo programa. Atualmente leciona para o Ensino Fundamental I
no município de Bauru, atua como professora substituta na Universidade Estadual Paulista-UNESP, e é
Eu, ___(nome completo)___, ___(nacionalidade)___, ___(estado civil)___,residente e domiciliado na ___ professora-autora de planos de aula para a Revista Nova Escola.
(endereço completo / cidade)___, portador(a) da Cédula de Identidade RG nº _______, inscrito no CPF sob
nº ______ e inscrito(a) sob nº ________ no Concurso Público regulado pelo Edital nº_____, promovido
pela Prefeitura Municipal de Bauru para o cargo efetivo__________________, venho por intermédio deste Inscrições: Das 11h do dia 04/01/2019 às 17h do dia 18/02/2019 através do site www.bauru.sp.gov.br
REQUERER, conforme Laudo Médico anexo, que minha inscrição seja efetivada como Deficiente, para
fins de reserva de vaga nos termos prescritos pela legislação vigente. Clique em secretaria da administração – escola de governo – inscrições – preencha CPF e Matrícula
– selecione o curso e clique em matricular-se.
Bauru/SP, _____ de __________ de 2019.
__________ (Assinatura do Candidato)__________
(Nome Completo do Candidato) CURSO: “FUNDAMENTOS DA MATEMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO” - TURMA
2
ANEXO V Ementa: O principal objetivo consiste em revisar, discutir e compreender os principais tópicos de
MODELO DE RECURSO ADMINISTRATIVO matemática elementar do ensino médio, com a finalidade de aplicá-los em situações reais.
Tópicos Preliminares:
À COMISSÃO EXAMINADORA
Concurso Público: ___(cargo)___ -Potências e Raízes
Eu, ___ (nome completo)___, ___(nacionalidade)___, ___(estado civil)___,residente e domiciliado na ___ -Razões e Proporções
(endereço completo / cidade)___, portador(a) da Cédula de Identidade RG nº _______, inscrito no CPF sob -Regra de Três Simples e Composta
nº ______ e inscrito(a) sob nº ________ no Concurso Público regulado pelo Edital nº_____, promovido -Porcentagem
pela Prefeitura Municipal de Bauru para o cargo efetivo_______________, venho respeitosamente perante -Operações com mercadorias
Vossa Senhoria, INTERPOR o presente Recurso Administrativo, visando: (citar pedidos e fundamentos do
-Juros Simples e Compostos
recurso).
Diante do exposto REQUER-SE (citar os requerimentos do candidato Recorrente). -Noções de Matemática Financeira
Termos em que,
Pede e Espera Deferimento. As inscrições estarão abertas a todos os servidores da Prefeitura Municipal de Bauru e poderão
aproveitar o certificado para fins de Progressão por Qualificação Profissional os servidores lotados
Bauru/SP, _____ de __________ de 2019.
nos cargos enquadrados na Lei 5975/10.
__________ (Assinatura do Candidato)__________
(Nome Completo do Candidato)
(Telefones para Contato) Data e horário: 20/02/2019 e 27/02/2019 –09h às 12h
Carga horária: 06 horas
ANEXO VI Vagas: 50
CRONOGRAMA Local: Auditório do Gabinete do Prefeito
Palestrante: Maria Aline Lemos Silva Thobias
Datas Eventos
Possui graduação em Licenciatura de 1º Grau em Ciências Habilitação Plena em Matemática pela
12/01/2019 1ª Publicação Edital de Abertura de Inscrições
22/01/2019 2ª Publicação Edital de Abertura de Inscrições Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1983), graduação em Habilitação Plena em Física
31/01/2019 3ª Publicação Edital de Abertura de Inscrições pela Universidade de Franca (1985) e mestrado pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita
04/02/2019 Abertura Inscrições Filho (2000), Educação para a Ciência.
17/02/2019 Encerramento Inscrições
04, 05 e 06/02/2019 Período para Requerimento da Isenção da Taxa de Inscrição
Inscrições: das 11h do dia 29/01/2019 às 17h do dia 19/02/2019, através do site www.bauru.sp.gov.br
Publicação deferimento/indeferimento de Requerimento de Isenção de
09/02/2019
Taxa de Inscrição
Período para Solicitar Condição Especial para Realizar a Prova e Vaga de Clique em secretaria da administração – escola de governo – inscrições – preencha CPF e Matrícula
04/02/2019 a 17/02/2019
Deficiente – selecione o curso e clique em matricular-se.
04/02/2019 a 22/03/2019 Período para Solicitar Condição Especial para Lactante OBS: OS SERVIDORES QUE NÃO SE INSCREVEREM ATRAVÉS DO SITE NÃO TERÃO
Publicação deferimento/indeferimento de Requerimento para Condição DIREITO A CERTIFICADO.
28/02/2019
Especial e Vaga de Deficiente

Secretaria das
14/03/2019 1º Edital de Convocação da Prova Objetiva e Entrega de Títulos
19/03/2019 2º Edital de Convocação da Prova Objetiva e Entrega de Títulos
23/03/2019 3º Edital de Convocação da Prova Objetiva e Entrega de Títulos
24/03/2019 Previsão da Realização da Prova Objetiva e Entrega de Títulos

Administrações Regionais
26/03/2019 Previsão de Divulgação do Gabarito
18/04/2019 Previsão de Classificação Final
07/05/2019 Previsão de Homologação

Bauru/SP, 12 de janeiro de 2019. Luiz Eduardo Penteado Borgo


DAVID JOSÉ FRANÇOSO
SECRETÁRIO MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO
Secretário
12 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

LOCAIS E HORÁRIOS DE ATENDIMENTO Educação, Órgãos Municipais do Sistema Municipal de Ensino, no uso de suas atribuições previstas no art.
Sede da Secretaria de Administrações Regionais 3º, inciso V da Lei Municipal nº 6.270, de 29 de outubro de 2012 (dispõe sobre a organização do Sistema
Praça das Cerejeiras, 1-59 – 2º andar - Altos da Cidade Municipal de Ensino de Bauru e dá outras providências):
Fone: (14) 3235-1326 1- Cessa temporariamente os efeitos da PORTARIA Nº 05/2007, da ESCOLA DE EDUCAÇÃO
e-mail: admregionais@bauru.sp.gov.br INFANTIL PLANETA INFANTIL, CNPJ 04.574.990/0001-22, Inscrição Municipal nº 73.391, localizada
na cidade de Bauru, rua Carlos de Campos, 8-30, Vila Souto CEP : 17.054-060 e;
Departamento Social 2- Extingue a PORTARIA Nº 07/2008, ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL PLANETA – FÁTIMA
Praça das Cerejeiras, 1-59 – térreo - Altos da Cidade CRISTINA MARTINOSSO – ME, CNPJ 09.327.252/0001-02, Inscrição Municipal nº 505565, localizada
Fone: (14) 3235-1105 na cidade de Bauru, rua Carlos de Campos, 8-30, Vila Souto CEP : 17.054-060.
Atendimento das 8h as 12h e das 14h as 18h - de segunda a sexta-feira
Bauru, 25 de janeiro de 2019.
Regional Bela Vista ISABEL CRISTINA MIZIARA
Rua Santos Dumont, 14-43 Vl. Lemos SECRETÁRIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO

Secretaria de
Fone: (14) 3212 -7865
Atendimento das 7h as 17h - de segunda a sexta-feira

Regional Falcão/Independência
Rua Domingos Bertoni, 7-50 - Vila Industrial Economia e Finanças
Fone: (14) 3218-5013
Everson Demarchi
Atendimento das 7h as 12h e das 13h as 16h - de segunda a sexta-feira
Secretário
Regional São Geraldo
Alameda Carlos Galliters, qt. 2 Pq. São Geraldo DEPARTAMENTO DE DÍVIDA ATIVA – RECEITAS IMOBILIÁRIAS
Fone: (14) 3237-3460 DIVISÃO DE DÍVIDA ATIVA – RECEITAS IMOBILIÁRIAS
Atendimento das 7h as 12h e das 13h as 17h - de segunda a sexta-feira DIRETORA: CÉLIA FERNANDA DOS SANTOS

Regional Redentor/Mary Dota Notificamos o(s) contribuinte(s) abaixo relacionado da RESCISÃO e do CANCELAMENTO do
Avenida Cruzeiro do Sul, 27-50 Jd. Redentor PARCELAMENTO ADMINISTRATIVO nos Termos das cláusulas 14 ou 15 do respectivo Termo de
Fone: 3203-1890 Parcelamento combinado com o Artigo 270 do Decreto Municipal nº 10645/08 ou Artigo 269 do Decreto
Atendimento das 7h as 16h - de segunda a sexta-feira Municipal nº 11579/11.
Os valores pagos foram compensados nos valores da dívida original conforme dispõe do artigo 163 do
Subprefeitura de Tibiriçá Código Tributário Nacional, prosseguindo-se na cobrança do saldo devedor nos termos da legislação
Rua Figueira de Mello , 3-75 – Distrito de Tibiriçá vigente.
Fone: (14) 3279-1145
Atendimento das 7h as 11h e das 13h as 17h - de segunda a sexta-feira Proc. 18454/18 - Natividade Fonseca;

Secretaria de
Proc. 17413/18 - Paulo Cesar de Castro;
Proc. 16733/18 - Anderson Firmino Correa;
Proc. 16494/18 - Joaquim Afonso da Silva;

Desenvolvimento Econômico,
Proc. 15384/18 - Carlos Alberto Gomes Fernandes;
Proc. 14891/18 - Maria Margarida da Silva;
Poc. 14513/18 - Alencar Damasceno e Souza;

Turismo e Renda Proc. 13725/18 - Nivaldo de Oliveira Borges;


Proc. 13989/18 - Luiz Carlos Cabral;

Aline Prado Fogolin Proc. 13998/18 - Dorci Francisco de Lima;


Proc. 11300/18 – José de Juli;
Secretária Proc. 53513/17 – Emerson Maia Toneti;
Proc. 69159/16 – Durval Alves de Oliveira;

EXTRATOS Proc. 20185/16 – Joana Fernandes Monteiro;


Proc. 12981/18 – Fernando dos Santos;
Proc. 46956/18 – Euzebio Marciano.
CONTRATO Nº 9.198/19 - PROCESSO Nº 10.599/18 - CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE BAURU
- CONTRATADA: SPEEDY REFRIGERAÇÃO LTDA – EPP – OBJETO: A CONTRATADA obriga- DIVISÃO DE AUDITORIA FISCAL DE RECEITAS IMOBILIÁRIAS
se, nos termos de sua proposta devidamente anexada ao Processo Administrativo nº 10.599/18, a prestar
ao CONTRATANTE SERVIÇOS DE MANUTENÇÕES PREVENTIVAS MENSAL E CORRETIVAS PROCESSOS DEFERIDOS
EM 05 (CINCO) APARELHOS DE AR CONDICIONADOS, COM FORNECIMENTO DE MÃO DE
OBRA E PEÇAS, melhor descrito nos Anexos III e X do Edital nº 341/18, que contém as especificações 72.138/2018 Adriano aparecido Santana; 73.108/2018 Clarice Mattos Ribeiro; 74.818/2018 Seicho No Ie
técnicas e comerciais que possibilitarão o preparo das propostas. – PRAZO: 12 meses – VALOR do Brasil; 77.116/2018 Nelson Panhan.
TOTAL: R$ 6.999,96 - MODALIDADE: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 272/18 - PROPONENTES: 06 -
ASSINATURA: 07/01/19, conforme art. 61, parágrafo único da Lei Federal nº 8.666/93. PROCESSOS INDEFERIDOS

Secretaria da Educação
69.743/2018 Aparecida da Cruz Neves; 73.785/2018 Mosteiro Imaculada Conceição e São José;
76.091/2018 Ivoneth Campos Zanaro; 59.451/2018 Jamil Shayeb Participações Ltda; 26694/2018 José
Cano Biazi; 26697/2018 José Cano Biazi; 49002/2018 Eduardo Cirne Moreira; 74968/2018 Marcos
Isabel Cristina Miziara Roberto Ramos de Oliveira; 80242/2018 Elizabeth Boldarini; 81091/2018 Leonice Damasceno Barbosa;
Secretária 1989/2019 Adenir Garcia; 11946/2019 Antonio Tadeu Franze.

PROCESSOS DEFERIDOS PARCIALMENTE


PORTARIA DE PARALISAÇÃO TEMPORÁRIA E EXTINÇÃO Nº 31 /2019 – SE/CME

PROCESSOS DEFERIMENTO CONDICIONAL


A Secretaria da Educação do Município de Bauru – Estado de São Paulo e o Conselho Municipal de
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 13

PREF MUNIC DE BAURU


Secretária Municipal de Economia e Finanças

Balancete da Receita Consolidado Dezembro/2018


Natureza da Receita ficha descrição anterior mês ano previsão previsão atualizada diferençA
1.0.0.0.00.0.0.00.00. RECEITAS CORRENTES 966.944.935,44 91.671.307,55 1.058.616.242,99 1.107.903.359,00 1.116.966.780,79 0,00
1.1.0.0.00.0.0.00.00. IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUIÇÕES DE MELHORIA 307.916.824,61 29.262.565,52 337.179.390,13 332.610.926,00 333.304.546,00 0,00
1.1.1.0.00.0.0.00.00. IMPOSTOS 293.657.722,03 28.640.484,28 322.298.206,31 309.123.500,00 309.817.120,00 0,00
1.1.1.3.00.0.0.00.00. IMPOSTOS SOBRE A RENDA E PROVENTOS DE QUALQUER NAT 38.208.587,01 5.617.548,25 43.826.135,26 38.350.000,00 38.350.000,00 0,00
1.1.1.3.03.0.0.00.00. IMPOSTO SOBRE A RENDA - RETIDO NA FONTE 38.208.587,01 5.617.548,25 43.826.135,26 38.350.000,00 38.350.000,00 0,00
1.1.1.3.03.1.0.00.00. IMPOSTO SOBRE A RENDA - RETIDO NA FONTE - TRABALHO 21.624.467,74 3.541.130,21 25.165.597,95 23.000.000,00 23.000.000,00 0,00
1.1.1.3.03.1.1.00.00. 1 IMPOSTO SOBRE A RENDA - RETIDO NA FONTE - TRABALHO 21.624.467,74 3.541.130,21 25.165.597,95 23.000.000,00 23.000.000,00 2.165.597,95
1.1.1.3.03.4.0.00.00. IMPOSTO SOBRE A RENDA - RETIDO NA FONTE - OUTROS R 16.584.119,27 2.076.418,04 18.660.537,31 15.350.000,00 15.350.000,00 0,00
1.1.1.3.03.4.1.00.00. 2 IMPOSTO SOBRE A RENDA - RETIDO NA FONTE - OUTROS R 16.584.119,27 2.076.418,04 18.660.537,31 15.350.000,00 15.350.000,00 3.310.537,31
1.1.1.8.00.0.0.00.00. IMPOSTOS ESPECÍFICOS DE ESTADOS/DF MUNICÍPIOS 255.449.135,02 23.022.936,03 278.472.071,05 270.773.500,00 271.467.120,00 0,00
1.1.1.8.01.0.0.00.00. IMPOSTOS SOBRE O PATRIMÔNIO PARA ESTADOS/DF/MUNICÍ 153.125.284,06 12.296.272,33 165.421.556,39 159.713.445,00 160.113.445,00 0,00
1.1.1.8.01.1.0.00.00. IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE PREDIAL E TERRITORIAL 120.443.454,67 8.813.560,09 129.257.014,76 128.685.870,00 129.085.870,00 0,00
1.1.1.8.01.1.1.00.00. IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE PREDIAL E TERRITORIAL 93.945.317,86 6.194.977,00 100.140.294,86 99.800.000,00 99.800.000,00 0,00
1.1.1.8.01.1.1.01.00. 3 IMPOSTO PREDIAL 78.721.431,09 5.449.327,90 84.170.758,99 85.000.000,00 85.000.000,00 -829.241,01
1.1.1.8.01.1.1.02.00. 4 IMPOSTO TERRITORIAL 15.223.886,77 745.649,10 15.969.535,87 14.800.000,00 14.800.000,00 1.169.535,87
1.1.1.8.01.1.2.00.00. 5 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE PREDIAL E TERRITORIAL 214.204,13 71.683,35 285.887,48 98.485,00 98.485,00 187.402,48
1.1.1.8.01.1.3.00.00. IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE PREDIAL E TERRITORIAL 19.852.777,48 1.889.715,47 21.742.492,95 23.061.200,00 23.461.200,00 0,00
1.1.1.8.01.1.3.01.00. 6 DIVIDA ATIVA IMPOSTO PREDIAL 12.932.288,86 1.202.016,88 14.134.305,74 14.337.600,00 14.737.600,00 -603.294,26
1.1.1.8.01.1.3.02.00. 7 DIVIDA ATIVA IMPOSTO TERRITORIAL 4.549.253,12 400.176,87 4.949.429,99 5.655.400,00 5.655.400,00 -705.970,01
1.1.1.8.01.1.3.04.00. 8 ATUAL MONET DIVIDA ATIVA IPTU 2.370.463,55 287.521,72 2.657.985,27 3.068.200,00 3.068.200,00 -410.214,73
1.1.1.8.01.1.3.05.00. 769 AUTO INFRAÇÃO IPTU 771,95 0,00 771,95 0,00 0,00 771,95
1.1.1.8.01.1.4.00.00. 9 IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE PREDIAL E TERRITORIAL 6.431.155,20 657.184,27 7.088.339,47 5.726.185,00 5.726.185,00 1.362.154,47
1.1.1.8.01.4.0.00.00. IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO “INTER VIVOS” DE BENS IM 32.681.829,39 3.482.712,24 36.164.541,63 31.027.575,00 31.027.575,00 0,00
1.1.1.8.01.4.1.00.00. IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO “INTER VIVOS” DE BENS IM 32.166.878,49 3.473.741,54 35.640.620,03 29.080.000,00 29.080.000,00 0,00
1.1.1.8.01.4.1.01.00. 10 IMP. TRANSMISSÃO INTER VIVOS 32.166.878,49 3.473.741,54 35.640.620,03 29.080.000,00 29.080.000,00 6.560.620,03
1.1.1.8.01.4.2.00.00. 11 IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO “INTER VIVOS” DE BENS IM 571,64 0,00 571,64 170,00 170,00 401,64
1.1.1.8.01.4.3.00.00. IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO “INTER VIVOS” DE BENS IM 500.741,43 7.919,12 508.660,55 1.938.265,00 1.938.265,00 0,00
1.1.1.8.01.4.3.01.00. 12 RECEITA DA DIVIDA ATIVA ITBI PMB 491.738,31 7.889,46 499.627,77 1.935.800,00 1.935.800,00 -1.436.172,23
1.1.1.8.01.4.3.03.00. 13 ATUAL MONET DIVIDA ATIVA ITBI 9.003,12 29,66 9.032,78 2.465,00 2.465,00 6.567,78
1.1.1.8.01.4.4.00.00. 14 IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO “INTER VIVOS” DE BENS IM 13.637,83 1.051,58 14.689,41 9.140,00 9.140,00 5.549,41
1.1.1.8.02.0.0.00.00. IMPOSTOS SOBRE A PRODUÇÃO, CIRCULAÇÃO DE MERCADORI 102.323.850,96 10.726.663,70 113.050.514,66 111.060.055,00 111.353.675,00 0,00
1.1.1.8.02.3.0.00.00. IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA 102.323.850,96 10.726.663,70 113.050.514,66 111.060.055,00 111.353.675,00 0,00
1.1.1.8.02.3.1.00.00. IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA - PRIN 92.480.421,73 9.866.302,45 102.346.724,18 99.852.000,00 100.013.000,00 0,00
1.1.1.8.02.3.1.01.00. ISSQN 92.480.421,73 9.866.302,45 102.346.724,18 99.852.000,00 100.013.000,00 0,00
1.1.1.8.02.3.1.01.01. 15 ISSQN PROPRIO 46.519.079,49 5.017.492,53 51.536.572,02 54.280.000,00 54.280.000,00 -2.743.427,98
1.1.1.8.02.3.1.01.02. 16 ISSQN SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 27.546.707,10 2.773.345,32 30.320.052,42 27.433.000,00 27.433.000,00 2.887.052,42
1.1.1.8.02.3.1.01.03. 17 ISSQN SIMPLES NACIONAL 18.044.026,34 2.075.464,60 20.119.490,94 18.139.000,00 18.139.000,00 1.980.490,94
1.1.1.8.02.3.1.01.04. 777 PMB - ISS - CARTÕES 370.608,80 0,00 370.608,80 0,00 161.000,00 209.608,80
1.1.1.8.02.3.2.00.00. 18 IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA - MULT 175.013,15 27.038,63 202.051,78 96.375,00 96.375,00 105.676,78
1.1.1.8.02.3.3.00.00. IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA - DÍVI 6.843.309,47 513.913,98 7.357.223,45 8.374.235,00 8.506.855,00 0,00
1.1.1.8.02.3.3.01.00. 19 DIVIDA ATIVA ISSQN PRÓPRIO 4.656.829,72 345.920,89 5.002.750,61 6.057.250,00 6.057.250,00 -1.054.499,39
1.1.1.8.02.3.3.02.00. 20 DIVIDA ATIVA ISSQN SUBST TRIBUTARIA 1.068.338,03 42.154,54 1.110.492,57 1.122.685,00 1.122.685,00 -12.192,43
1.1.1.8.02.3.3.04.00. 21 AUTO INFRAÇÃO ISSQN 452.919,70 39.750,32 492.670,02 586.000,00 586.000,00 -93.329,98
1.1.1.8.02.3.3.05.00. 22 ATUAL MONET DIVIDA ATIVA ISSQN 562.601,71 86.088,23 648.689,94 608.300,00 608.300,00 40.389,94
1.1.1.8.02.3.3.06.00. 23 DIV ATIV ISSQN SIMPLES NACIONAL 102.620,31 0,00 102.620,31 0,00 132.620,00 -29.999,69
1.1.1.8.02.3.4.00.00. 24 IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA - DÍVI 2.825.106,61 319.408,64 3.144.515,25 2.737.445,00 2.737.445,00 407.070,25
1.1.2.0.00.0.0.00.00. TAXAS 14.258.827,78 622.036,48 14.880.864,26 23.485.640,00 23.485.640,00 0,00
1.1.2.1.00.0.0.00.00. TAXAS PELO EXERCÍCIO DO PODER DE POLÍCIA 12.307.767,40 439.213,55 12.746.980,95 16.103.695,00 16.103.695,00 0,00
1.1.2.1.01.0.0.00.00. TAXAS DE INSPEÇÃO, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO 12.307.767,40 439.213,55 12.746.980,95 16.103.695,00 16.103.695,00 0,00
1.1.2.1.01.1.0.00.00. TAXAS DE INSPEÇÃO, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO 12.307.767,40 439.213,55 12.746.980,95 16.103.695,00 16.103.695,00 0,00
1.1.2.1.01.1.1.00.00. TAXAS DE INSPEÇÃO, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO - PRINC 9.323.036,41 409.379,07 9.732.415,48 13.226.765,00 13.226.765,00 0,00
1.1.2.1.01.1.1.29.00. TAXA DE LICENÇA PARA EXECUÇÃO DE OBRAS 3.545.825,44 295.858,82 3.841.684,26 3.261.770,00 3.261.770,00 0,00
1.1.2.1.01.1.1.29.01. 25 TAXA DE LICENÇA DE EXECUÇÃO DE OBRAS PARTICULARES 3.545.825,44 295.858,82 3.841.684,26 3.251.770,00 3.251.770,00 589.914,26
1.1.2.1.01.1.1.29.02. 26 TAXA DE LICENÇA DE USO E OCUPAÇÃO DE SOLO RURAL 0,00 0,00 0,00 10.000,00 10.000,00 -10.000,00
1.1.2.1.01.1.1.36.00. TAXA DE APREENSÃO, DEPÓSITO OU LIBERAÇÃO DE ANIMAI 6.978,33 2.003,40 8.981,73 4.995,00 4.995,00 0,00
1.1.2.1.01.1.1.36.01. 31 TAXA DE APREENSAO,DEPOSITO OU LIBERACAO DE ANIMAIS 6.978,33 2.003,40 8.981,73 4.995,00 4.995,00 3.986,73
1.1.2.1.01.1.1.99.00. OUTRAS TAXAS PELO EXERCÍCIO DE PODER DE POLÍCIA 5.770.232,64 111.516,85 5.881.749,49 9.960.000,00 9.960.000,00 0,00
1.1.2.1.01.1.1.99.01. 32 TUFE - TX ÚNICA DE FISCALIZ ESTABELEC 5.770.232,64 111.516,85 5.881.749,49 9.960.000,00 9.960.000,00 -4.078.250,51
1.1.2.1.01.1.2.00.00. TAXAS DE INSPEÇÃO, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO - MULTA 32.467,93 6.413,52 38.881,45 38.705,00 38.705,00 0,00
1.1.2.1.01.1.2.03.00. 33 MULTAS E JUROS TX SERV BOMBEIROS 0,00 0,00 0,00 12.380,00 12.380,00 -12.380,00
1.1.2.1.01.1.2.04.00. 34 MULTAS E JUROS TX LIC OBRAS 979,70 1.525,83 2.505,53 1.290,00 1.290,00 1.215,53
1.1.2.1.01.1.2.05.00. 35 MULTAS E JUROS TX EXPEDIENTE 2.451,97 425,28 2.877,25 2.020,00 2.020,00 857,25
1.1.2.1.01.1.2.06.00. 36 MULTAS E JUROS TUFE 29.036,26 4.462,41 33.498,67 23.000,00 23.000,00 10.498,67
1.1.2.1.01.1.2.08.00. 38 MULTAS JUROS DE MORA DE TX SERV-VISTORIA TÉCNICA 0,00 0,00 0,00 15,00 15,00 -15,00
1.1.2.1.01.1.3.00.00. TAXAS DE INSPEÇÃO, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO - DÍVID 2.550.665,31 -11.722,71 2.538.942,60 2.437.025,00 2.437.025,00 0,00
1.1.2.1.01.1.3.01.00. 42 REC DIVIDA ATIVA DE OUTROS TRIBUTOS - DAE 161,93 22.643,21 22.805,14 1.150,00 1.150,00 21.655,14
1.1.2.1.01.1.3.02.00. 43 RECEITA DIVIDA ATIVA DE TAXAS- PMB 233.009,52 16.367,94 249.377,46 60.170,00 60.170,00 189.207,46
1.1.2.1.01.1.3.03.00. 44 REC DIV ATIVA - AUTO INFRAÇÃO OUTROS TRIBUTOS 171.883,58 13.107,51 184.991,09 139.950,00 139.950,00 45.041,09
1.1.2.1.01.1.3.04.00. 45 REC DIV ATIVA OUTROS TRIB LEV JUDICIAL 324.702,51 -197.699,04 127.003,47 428.700,00 428.700,00 -301.696,53
1.1.2.1.01.1.3.05.00. 46 ATUAL MONET DIV ATIVA TAXAS 49.369,11 4.771,62 54.140,73 56.500,00 56.500,00 -2.359,27
1.1.2.1.01.1.3.06.00. 47 REC DIVIDA ATIVA TUFE 1.004.665,30 61.158,86 1.065.824,16 926.000,00 926.000,00 139.824,16
1.1.2.1.01.1.3.07.00. 48 REC DIV ATIVA TX SERV BOMBEIROS 514.921,04 47.894,34 562.815,38 527.000,00 527.000,00 35.815,38
1.1.2.1.01.1.3.08.00. 49 ATUAL MONET DIV AT TX SERV BOMBEIRO 82.988,89 8.174,34 91.163,23 129.650,00 129.650,00 -38.486,77
1.1.2.1.01.1.3.09.00. 50 DIV ATIV TAXA DE LICENÇA DE OBRAS 14.434,20 1.175,48 15.609,68 15.785,00 15.785,00 -175,32
1.1.2.1.01.1.3.10.00. 51 RECEITA DIV ATIVA TX UTIL CALÇADAO 258,56 64,64 323,20 0,00 0,00 323,20
1.1.2.1.01.1.3.11.00. 52 ATUAL MONET DIV ATIVA TX LICENÇA OBRAS PART 194,34 41,48 235,82 270,00 270,00 -34,18
1.1.2.1.01.1.3.12.00. 53 REC DIVIDA ATIVA TX DE EXPEDIENTE 18.022,70 678,12 18.700,82 22.350,00 22.350,00 -3.649,18
1.1.2.1.01.1.3.13.00. 54 ATUALIZ. MONET. DIV. AT - TX DE EXPEDIENTE 14.117,84 778,10 14.895,94 16.085,00 16.085,00 -1.189,06
1.1.2.1.01.1.3.14.00. 55 REC DIVIDA ATIVA DE TAXA DE PUBLICIDADE - PMB 461,49 15,47 476,96 1.415,00 1.415,00 -938,04
1.1.2.1.01.1.3.15.00. 56 ATUAL. MONET. DIV. AT.- TAXA PUBLICIDADE 295,41 10,25 305,66 1.000,00 1.000,00 -694,34
1.1.2.1.01.1.3.16.00. 57 ATUAL MONET DIV ATIV - TUFE 120.875,94 9.059,16 129.935,10 111.000,00 111.000,00 18.935,10
1.1.2.1.01.1.3.17.00. 58 ATUALIZ. MONET. - DIV. ATIV.-TX UTIL. CALÇADAO 302,95 35,81 338,76 0,00 0,00 338,76
1.1.2.1.01.1.4.00.00. TAXAS DE INSPEÇÃO, CONTROLE E FISCALIZAÇÃO - DÍVID 401.597,75 35.143,67 436.741,42 401.200,00 401.200,00 0,00
1.1.2.1.01.1.4.02.00. 71 MULTAS JUROS MORA DIV ATIVA OUTROS TRIBUTOS - DAE 5,32 11,76 17,08 53.500,00 53.500,00 -53.482,92
1.1.2.1.01.1.4.03.00. 72 MULTAS E JUROS DIV ATIV TX SERV BOMBEIROS 177.993,11 16.953,98 194.947,09 156.420,00 156.420,00 38.527,09
1.1.2.1.01.1.4.05.00. 74 MULTA E JUROS DIV ATIV - TX LIC OBRAS PART 2.869,73 230,67 3.100,40 3.460,00 3.460,00 -359,60
1.1.2.1.01.1.4.06.00. 75 MULTAS E JUROS DIV. ATIVA - TAXA EXPEDIENTE 1.768,58 142,04 1.910,62 1.075,00 1.075,00 835,62
1.1.2.1.01.1.4.07.00. 76 MULTAS E JUROS DIV. ATIVA - TAXA PUBLICIDADE 1.056,27 35,26 1.091,53 3.745,00 3.745,00 -2.653,47
1.1.2.1.01.1.4.08.00. 77 MULTAS E JUROS DIV ATIV - TUFE 217.631,71 17.701,35 235.333,06 183.000,00 183.000,00 52.333,06
1.1.2.1.01.1.4.09.00. 78 MULTAS E JUROS DIV ATIV - TX CALÇADÃO 273,03 68,61 341,64 0,00 0,00 341,64
1.1.2.2.00.0.0.00.00. TAXAS PELA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1.951.060,38 182.822,93 2.133.883,31 7.381.945,00 7.381.945,00 0,00
1.1.2.2.01.0.0.00.00. TAXAS PELA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1.951.060,38 182.822,93 2.133.883,31 7.381.945,00 7.381.945,00 0,00
1.1.2.2.01.1.0.00.00. TAXAS PELA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1.951.060,38 182.822,93 2.133.883,31 7.381.945,00 7.381.945,00 0,00
1.1.2.2.01.1.1.00.00. TAXAS PELA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - PRINCIPAL 1.951.060,38 182.822,93 2.133.883,31 7.381.945,00 7.381.945,00 0,00
1.1.2.2.01.1.1.01.00. TAXA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - DAE 494.081,20 46.443,60 540.524,80 503.074,00 503.074,00 37.450,80
1.1.2.2.01.1.1.99.00. OUTRAS TAXAS PELA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1.456.979,18 136.379,33 1.593.358,51 6.878.871,00 6.878.871,00 0,00
1.1.2.2.01.1.1.99.01. 88 TAXA SERVIÇOS BOMBEIROS 0,00 0,00 0,00 3.000.000,00 3.000.000,00 -3.000.000,00
1.1.2.2.01.1.1.99.02. 89 TAXA EXPEDIENTE PMB 1.454.535,38 136.216,41 1.590.751,79 2.138.604,00 2.138.604,00 -547.852,21
1.1.2.2.01.1.1.99.03. 90 ATESTADO TÉCNICO DE OBRAS-PMB 325,84 0,00 325,84 2.973,00 2.973,00 -2.647,16
1.1.2.2.01.1.1.99.04. 91 TAXA SERVIÇOS - VISTORIA TÉCNICA-PMB 2.117,96 162,92 2.280,88 3.294,00 3.294,00 -1.013,12
1.1.2.2.01.1.1.99.05. 92 TAXA LIMPEZA DE TERRENOS PARTICULARES 0,00 0,00 0,00 1.734.000,00 1.734.000,00 -1.734.000,00
1.1.3.0.00.0.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA 274,80 44,76 319,56 1.786,00 1.786,00 0,00
1.1.3.8.00.0.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA - ESPECÍFICA E/M 274,80 44,76 319,56 1.786,00 1.786,00 0,00
1.1.3.8.01.0.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA PARA EXPANSÃO DA REDE DE 274,80 44,76 319,56 1.786,00 1.786,00 0,00
1.1.3.8.01.1.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA PARA EXPANSÃO DA REDE DE 274,80 44,76 319,56 1.786,00 1.786,00 0,00
1.1.3.8.01.1.1.00.00. CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA PARA EXPANSÃO DA REDE DE 274,80 44,76 319,56 1.786,00 1.786,00 0,00
1.1.3.8.01.1.1.01.00. 93 CONTRIB. MELHORIA AGUA POTAVEL - DAE 274,80 44,76 319,56 1.786,00 1.786,00 -1.466,44
TOTAL IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUIÇÕES DE MELHORIA 307.916.824,61 29.262.565,52 337.179.390,13 332.610.926,00 3.874.844,13
1.2.0.0.00.0.0.00.00. CONTRIBUIÇÕES 43.602.607,52 4.171.615,22 47.774.222,74 53.926.464,50 53.926.464,50 0,00
1.2.1.0.00.0.0.00.00. CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS 35.129.848,07 3.405.999,00 38.535.847,07 43.274.862,50 43.274.862,50 0,00
1.2.1.0.04.0.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO PARA O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA 34.467.010,92 3.347.062,76 37.814.073,68 42.251.487,50 42.251.487,50 0,00
1.2.1.0.04.2.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO DO SERVIDOR ATIVO CIVIL PARA O RPPS 31.528.753,01 2.801.079,37 34.329.832,38 39.457.487,50 39.457.487,50 0,00
1.2.1.0.04.2.1.00.00. CONTRIBUIÇÃO DO SERVIDOR ATIVO CIVIL PARA O RPPS - 31.519.249,86 2.801.079,37 34.320.329,23 39.397.487,50 39.397.487,50 0,00
1.2.1.0.04.2.1.01.00. 99 CONTRIB. SERVIDORES ATIVO CIVIL - PMB - SS 31.519.249,86 2.801.079,37 34.320.329,23 39.397.487,50 39.397.487,50 -5.077.158,27
1.2.1.0.04.2.2.00.00. CONTRIBUIÇÃO DO SERVIDOR ATIVO CIVIL PARA O RPPS - 9.503,15 0,00 9.503,15 60.000,00 60.000,00 0,00
1.2.1.0.04.2.2.01.00. 106 MULTAS E JUROS DE MORA DE CONTRIBUIÇÃO SERVIDOR - 9.503,15 0,00 9.503,15 60.000,00 60.000,00 -50.496,85
1.2.1.0.04.3.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO DOS SERVIDORES INATIVOS CIVIS PARA O 2.843.673,71 529.219,72 3.372.893,43 2.709.000,00 2.709.000,00 0,00
1.2.1.0.04.3.1.00.00. CONTRIBUIÇÃO DOS SERVIDORES INATIVOS CIVIS PARA O 2.843.673,71 529.219,72 3.372.893,43 2.709.000,00 2.709.000,00 0,00
1.2.1.0.04.3.1.01.00. 109 CONTRIB. SERVIDOR INATIVO CIVIL 2.843.673,71 529.219,72 3.372.893,43 2.709.000,00 2.709.000,00 663.893,43
1.2.1.0.04.4.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO DOS PENSIONISTAS CIVIS PARA O RPPS 94.584,20 16.763,67 111.347,87 85.000,00 85.000,00 0,00
1.2.1.0.04.4.1.00.00. CONTRIBUIÇÃO DOS PENSIONISTAS CIVIS PARA O RPPS - 94.584,20 16.763,67 111.347,87 85.000,00 85.000,00 0,00
1.2.1.0.04.4.1.01.00. 110 CONTRIBUIÇÃO PENSIONISTA CIVIL 94.584,20 16.763,67 111.347,87 85.000,00 85.000,00 26.347,87
1.2.1.0.99.0.0.00.00. OUTRAS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS 662.837,15 58.936,24 721.773,39 1.023.375,00 1.023.375,00 0,00
1.2.1.0.99.1.0.00.00. OUTRAS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS 662.837,15 58.936,24 721.773,39 1.023.375,00 1.023.375,00 0,00
1.2.1.0.99.1.2.00.00. OUTRAS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS - MULTAS E JUROS 13.092,41 5.321,91 18.414,32 6.040,00 6.040,00 0,00
1.2.1.0.99.1.2.01.00. 111 MULTAS E JUROS MORA CONTRIB CUSTEIO ILUMIN PÚBLICA 13.092,41 5.321,91 18.414,32 6.040,00 6.040,00 12.374,32
1.2.1.0.99.1.3.00.00. OUTRAS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS - DÍVIDA ATIVA 511.673,95 40.924,35 552.598,30 859.900,00 859.900,00 0,00
1.2.1.0.99.1.3.01.00. 112 REC DIV ATIVA CONTRIB CUSTEIO SERV ILUM PUBLICA 441.577,97 34.125,59 475.703,56 658.800,00 658.800,00 -183.096,44
1.2.1.0.99.1.3.02.00. 113 AT MONET DIV ATIV CONTR CUST ILUM PUBLICA 70.095,98 6.798,76 76.894,74 201.100,00 201.100,00 -124.205,26
1.2.1.0.99.1.4.00.00. OUTRAS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS - DÍVIDA ATIVA - MULT 138.070,79 12.689,98 150.760,77 157.435,00 157.435,00 0,00
1.2.1.0.99.1.4.01.00. 114 MULTA JUROS MORA DIV ATIVA CONTR CUSTEIO ILUM PUB 138.070,79 12.689,98 150.760,77 157.435,00 157.435,00 -6.674,23
1.2.4.0.00.0.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO PARA O CUSTEIO DO SERVIÇO DE ILUMINAÇ 8.472.759,45 765.616,22 9.238.375,67 10.651.602,00 10.651.602,00 0,00
14 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

1.2.4.0.00.1.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO PARA O CUSTEIO DO SERVIÇO DE ILUMINAÇ 8.472.759,45 765.616,22 9.238.375,67 10.651.602,00 10.651.602,00 0,00
1.2.4.0.00.1.1.00.00. CONTRIBUIÇÃO PARA O CUSTEIO DO SERVIÇO DE ILUMINAÇ 8.472.759,45 765.616,22 9.238.375,67 10.651.602,00 10.651.602,00 0,00
1.2.4.0.00.1.1.01.00. 115 CONTRIB. P/ O CUSTEIO DO SERV. ILUMINACAO PUBLICA 8.472.759,45 765.616,22 9.238.375,67 10.651.602,00 10.651.602,00 -1.413.226,33
TOTAL CONTRIBUIÇÕES 43.602.607,52 4.171.615,22 47.774.222,74 53.926.464,50 -6.152.241,76
1.3.0.0.00.0.0.00.00. RECEITA PATRIMONIAL 25.647.560,85 1.104.168,52 26.751.729,37 83.326.990,50 83.326.990,50 0,00
1.3.1.0.00.0.0.00.00. EXPLORAÇÃO DO PATRIMÔNIO IMOBILIÁRIO DO ESTADO 747.900,31 64.213,97 812.114,28 792.975,00 792.975,00 0,00
1.3.1.0.01.0.0.00.00. ALUGUÉIS, ARRENDAMENTOS, FOROS, LAUDÊMIOS, TARIFAS 689.431,94 57.622,46 747.054,40 650.310,00 650.310,00 0,00
1.3.1.0.01.1.0.00.00. ALUGUÉIS E ARRENDAMENTOS 689.431,94 57.622,46 747.054,40 650.310,00 650.310,00 0,00
1.3.1.0.01.1.1.00.00. ALUGUÉIS E ARRENDAMENTOS - PRINCIPAL 689.431,94 57.622,46 747.054,40 650.310,00 650.310,00 0,00
1.3.1.0.01.1.1.01.00. 116 ALUGUÉIS - PMB 11.290,26 0,00 11.290,26 24.673,00 24.673,00 -13.382,74
1.3.1.0.01.1.1.02.00. 117 ALUGUEIS - DAE 9.027,92 820,72 9.848,64 12.043,00 12.043,00 -2.194,36
1.3.1.0.01.1.1.03.00. 118 ALUGUEIS - EMDURB 621.331,33 52.416,25 673.747,58 557.094,00 557.094,00 116.653,58
1.3.1.0.01.1.1.04.00. 119 ALUGUÉIS - FUNPREV 47.782,43 4.385,49 52.167,92 56.500,00 56.500,00 -4.332,08
1.3.1.0.02.0.0.00.00. CONCESSÃO, PERMISSÃO, AUTORIZAÇÃO OU CESSÃO DO DIR 58.468,37 6.591,51 65.059,88 142.665,00 142.665,00 0,00
1.3.1.0.02.1.0.00.00. CONCESSÃO, PERMISSÃO, AUTORIZAÇÃO OU CESSÃO DO DIR 58.468,37 6.591,51 65.059,88 142.665,00 142.665,00 0,00
1.3.1.0.02.1.1.00.00. CONCESSÃO, PERMISSÃO, AUTORIZAÇÃO OU CESSÃO DO DIR 58.468,37 6.591,51 65.059,88 142.665,00 142.665,00 0,00
1.3.1.0.02.1.1.01.00. 120 RECEITA DE CONCESSÃO DE DIREITO REAL DE USO DE ÁRE 38.730,64 4.914,21 43.644,85 54.280,00 54.280,00 -10.635,15
1.3.1.0.02.1.1.02.00. 121 REC DE CONC DE DIR.REAL DE USO DE ÁREA PÚB - AEROP 4.860,90 441,90 5.302,80 4.605,00 4.605,00 697,80
1.3.1.0.02.1.1.03.00. 122 REC.CONC. DIR. REAL DE USO ÁREA PÚB - CENTRO ADMIN 87,43 0,00 87,43 490,00 490,00 -402,57
1.3.1.0.02.1.1.04.00. 123 REC.CONC. DIR. REAL DE USO ÁREA PÚB - ZOOLOGICO 14.789,40 1.235,40 16.024,80 83.290,00 83.290,00 -67.265,20
1.3.2.0.00.0.0.00.00. VALORES MOBILIÁRIOS 23.929.051,93 1.039.954,55 24.969.006,48 82.367.295,50 82.367.295,50 0,00
1.3.2.1.00.0.0.00.00. JUROS E CORREÇÕES MONETÁRIAS 23.928.753,01 1.039.954,55 24.968.707,56 82.367.131,50 82.367.131,50 0,00
1.3.2.1.00.1.0.00.00. REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS 6.689.506,41 -19.079,66 6.670.426,75 10.827.910,00 10.827.910,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.00.00. REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS - PRINCIPAL 6.689.506,41 -19.079,66 6.670.426,75 10.827.910,00 10.827.910,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.01.00. REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS DE RECURSOS VINCULADOS 5.720.657,39 -117.346,31 5.603.311,08 7.762.010,00 7.762.010,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.01.01. RECEITA DE REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS DE R 2.461.063,70 -565.103,69 1.895.960,01 1.460.161,00 1.460.161,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.01.01. 124 REM. DEP. BANC. ROYALTIES - SAÚDE 2.460.165,51 -565.424,26 1.894.741,25 1.446.219,00 1.446.219,00 448.522,25
1.3.2.1.00.1.1.01.01. 125 REM. DEP. BANC. ROYALTIES - EDUCAÇÃO 898,19 320,57 1.218,76 13.942,00 13.942,00 -12.723,24
1.3.2.1.00.1.1.01.02. RECEITA DE REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS DE R 76.726,33 2.091,17 78.817,50 259.280,00 259.280,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.01.02. 126 REM. DEP. BANC. FUNDEB 76.726,33 2.091,17 78.817,50 259.280,00 259.280,00 -180.462,50
1.3.2.1.00.1.1.01.03. RECEITA DE REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS DE R 138.892,05 11.631,91 150.523,96 1.150.799,00 1.150.799,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 127 REM. DEP. BANC. FNS - BLOCO PAB 1.637,04 3,28 1.640,32 118.260,00 118.260,00 -116.619,68
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 128 REM. DEP. BANC. FNS - BLOCO GESTÃO SUS 26.424,83 2.128,75 28.553,58 148.330,00 148.330,00 -119.776,42
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 129 REM. DEP. BANC. FNS - BLOCO MAC 3.594,90 0,00 3.594,90 344.415,00 344.415,00 -340.820,10
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 130 REM. DEP. BANC. FNS - BLOCO VIGILÂNCIA SAÚDE 2.501,83 0,00 2.501,83 110.930,00 110.930,00 -108.428,17
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 131 REM. DEP. BANC. FNS - INCENTIVO DST/AIDS 18.501,40 924,03 19.425,43 107.235,00 107.235,00 -87.809,57
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 132 REM. DEP. BANC. FNS - ASSISTENCIA FARMACEUTICA 407,25 2,79 410,04 32.960,00 32.960,00 -32.549,96
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 133 REM. DEP. BANC. SISTEMA PENITENCIARIO - ESTADUAL 0,46 0,04 0,50 22,00 22,00 -21,50
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 134 REM. DEP. BANC. CONTROLE DE GLICEMIA - ESTADUAL 1.552,19 187,24 1.739,43 6.485,00 6.485,00 -4.745,57
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 135 REM. DEP. BANC. DOSE CERTA - ESTADUAL 1.751,12 13,16 1.764,28 66.640,00 66.640,00 -64.875,72
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 136 REM. DEP. BANC. TUBERCULOSE - ESTADUAL 8,57 0,73 9,30 30,00 30,00 -20,70
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 137 REM. DEP. BANC. FNS - PROG NUTR SUPLEMENTAR 3.297,52 635,96 3.933,48 40.215,00 40.215,00 -36.281,52
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 138 REM. DEP. BANC. PAB - ESTADUAL 1.919,19 2,06 1.921,25 22.765,00 22.765,00 -20.843,75
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 139 REM. DEP. BANC. - BLOCO INVESTIMENTO - PQ JARAGUA 14,98 1,22 16,20 400,00 400,00 -383,80
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 140 REM DEP BANC- COMBATE AO AEDES AEGYPTI 543,52 56,63 600,15 1.090,00 1.090,00 -489,85
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 141 REM DEP BANC - AMPLIAÇÃO DO P.S CENTRAL 5.091,50 428,22 5.519,72 70.150,00 70.150,00 -64.630,28
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 142 REM. DEP. BANC. BLOCO INVESTIMENTO - CENTRAL SAMU 3.505,08 283,16 3.788,24 19.190,00 19.190,00 -15.401,76
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 143 REM. DEP. BANC. PROG. NAC. ALC.DROGAS 0,00 0,00 0,00 5,00 5,00 -5,00
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 144 REM. DEP. BANC. CAPS IN 0,00 0,00 0,00 2,00 2,00 -2,00
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 145 REM DEP BANC-EST. REDE SERV. AT.BÁSICA SAUDE 6.473,49 522,16 6.995,65 0,00 0,00 6.995,65
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 776 REM. DEP. BANC. - BLINV AQUIS VEICULO 1.208,43 107,59 1.316,02 0,00 0,00 1.316,02
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 806 REM DEP BANC - CUSTEIO A. S. PUB. SAÚDE 40.080,15 4.034,04 44.114,19 0,00 0,00 44.114,19
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 146 REM. DEP. BANC. - FNS BAURU BLINV UBS - JD JUSSA 148,96 12,16 161,12 6.200,00 6.200,00 -6.038,88
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 807 REM DEP BANC - INVEST. REDE S. PUB SAÚDE 12.043,21 1.610,88 13.654,09 0,00 0,00 13.654,09
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 147 REM DEP BANC - BLINV ACADEMIA S AMPL V CAROLINA 568,56 46,41 614,97 3.000,00 3.000,00 -2.385,03
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 148 REM DEP BANC - BLINV ACADEMIA S AMP STA EDWIRGES 567,14 46,30 613,44 2.995,00 2.995,00 -2.381,56
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 149 REM DEP BANC - BLINV PRG R.UBS OCTAVIO RASI 513,67 41,93 555,60 2.715,00 2.715,00 -2.159,40
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 150 REM DEP BANC - BLINV PRG R.UBS TIBIRICA 698,47 57,02 755,49 3.690,00 3.690,00 -2.934,51
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 151 REM DEP BANC - BLINV EST REDE SERV AT BAS SAUDE 0,91 0,08 0,99 19,00 19,00 -18,01
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 152 REM DEP BANC - MAC SAUDE DO TRABALHADOR 27,41 2,22 29,63 10.880,00 10.880,00 -10.850,37
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 153 REM DEP BANC - FMS BAURU BLINV UPA BELA VISTA 6,04 0,49 6,53 31,00 31,00 -24,47
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 154 REM DEP BANC - FMS BRU BLINV UBS N ESPERANÇA 619,72 50,59 670,31 3.270,00 3.270,00 -2.599,69
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 155 REM DEP BANC - ACÕES DE INV DE VIG EM SAUDE 0,00 0,00 0,00 3.900,00 3.900,00 -3.900,00
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 156 REM DEP BANC-BLINV -ESTRUT.REDE SERV. AT.BÁSICA SA 2.290,99 187,02 2.478,01 12.810,00 12.810,00 -10.331,99
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 157 REM DEP BANC- BRU BLINV REDENTOR/GEISEL 601,51 49,10 650,61 3.180,00 3.180,00 -2.529,39
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 158 REM DEP BANC - QUALIS MAIS UBS II 2.292,01 196,65 2.488,66 7.755,00 7.755,00 -5.266,34
1.3.2.1.00.1.1.01.03. 159 REM DEP BANC - BLINV UBS - VL. INDEPENDÊNCIA 0,00 0,00 0,00 1.230,00 1.230,00 -1.230,00
1.3.2.1.00.1.1.01.05. RECEITA DE REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS DE R 653.651,80 108.819,74 762.471,54 1.666.850,00 1.666.850,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 160 REM. DEP. BANC. DECENDIAL ANOS ANTERIORES A 2012 0,00 0,00 0,00 3.075,00 3.075,00 -3.075,00
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 161 REM. DEP. BANC. DECENDIAL ANO 2016 83,02 6,78 89,80 51.080,00 51.080,00 -50.990,20
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 162 REM. DEP. BANC. DECENDIAL ANO 2017 7.509,65 42,42 7.552,07 449.770,00 449.770,00 -442.217,93
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 163 REM. DEP. BANC. CONV. SEC. EST. TRANSP. ESCOLAR 4.004,49 793,73 4.798,22 17.375,00 17.375,00 -12.576,78
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 164 REM. DEP. BANC. QESE 167.040,13 15.745,82 182.785,95 740.945,00 740.945,00 -558.159,05
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 165 REM. DEP. BANC. MERENDA ESCOLAR ESTADUAL 33.118,90 4.782,83 37.901,73 29.515,00 29.515,00 8.386,73
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 166 REM. DEP. BANC. MERENDA FEDERAL 55.501,70 7.112,88 62.614,58 45.680,00 45.680,00 16.934,58
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 773 REM. DEP. BANC. DECENDIAL ANO 2018 325.602,56 75.500,71 401.103,27 0,00 0,00 401.103,27
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 860 REM. DEP. BANC. FPM - MP 815/17 APOIO ENTES 3.807,99 618,31 4.426,30 0,00 0,00 4.426,30
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 167 REM. DEP. BANC. DECENDIAL ANO 2014 0,00 0,00 0,00 8.440,00 8.440,00 -8.440,00
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 168 REM DEP BANC - IMPL DE ESCOLAS P/ ED. INFANTIL 7.447,76 333,31 7.781,07 108.470,00 108.470,00 -100.688,93
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 169 REM DEP BANC - MANUT. EDUC. INFANTIL 8.761,45 749,56 9.511,01 36.620,00 36.620,00 -27.108,99
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 170 REM DEP BANC - FNDE - MATERIAL ESCOLAR PRO INFANCI 401,58 -401,58 0,00 1.360,00 1.360,00 -1.360,00
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 171 REM. DEP. BANC. DECENDIAL ANO 2015 0,00 0,00 0,00 6.430,00 6.430,00 -6.430,00
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 172 REM DEP BANC - PROINFANCIA CONSTR CRECHES 32.370,18 2.828,94 35.199,12 108.470,00 108.470,00 -73.270,88
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 173 REM.DEP.BANC.FNDE - PROG. NAC. APOIO TRANSP.ESC. - 425,96 88,77 514,73 350,00 350,00 164,73
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 174 REM DEP BANC PROGR CRECHE ESCOLA MARY DOTTA CONST 7.202,76 617,26 7.820,02 24.345,00 24.345,00 -16.524,98
1.3.2.1.00.1.1.01.05. 175 REM DEP BANC - APOIO A CRECHES BRASIL CARINHOSO 373,67 0,00 373,67 34.925,00 34.925,00 -34.551,33
1.3.2.1.00.1.1.01.06. RECEITA DE REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS DE R 16.421,08 270,70 16.691,78 63.890,00 63.890,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.01.06. 176 REM. DEP. BANC. FDO MUN. DA SAÚDE 2.674,10 102,88 2.776,98 28.335,00 28.335,00 -25.558,02
1.3.2.1.00.1.1.01.06. 177 REM. DEP. BANC. PMB - TAXAS VIG. SAUDE 13.746,98 167,82 13.914,80 35.555,00 35.555,00 -21.640,20
1.3.2.1.00.1.1.01.09. RECEITA DE REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS DE R 4.840,98 665,40 5.506,38 43.565,00 43.565,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.01.09. 178 REM. DEP. BANC. CIDE 4.840,98 665,40 5.506,38 43.565,00 43.565,00 -38.058,62
1.3.2.1.00.1.1.01.10. RECEITA DE REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS DE R 68.924,39 906,50 69.830,89 218.110,00 218.110,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 179 REM DEP BANC - PROG. PRIM. INFANCIA SUAS 3.696,09 -3.696,09 0,00 2.580,00 2.580,00 -2.580,00
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 833 REM DEP BANC - BL PISO SOC. ESP. MEDIA ALTA COMPL 6.035,97 1.193,14 7.229,11 0,00 0,00 7.229,11
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 837 REM DEP BANC - FDO SOCIAL SOLIDAR.FUSSESP 23,73 3,25 26,98 0,00 0,00 26,98
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 842 REM DEP BANC - E.PARL. V. VICENTINA - AUXÍLIO 1.591,18 248,76 1.839,94 0,00 0,00 1.839,94
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 843 REM DEP BANC - E.PARL. V. VICENTINA - SUBVENÇÃO 99,81 0,17 99,98 0,00 0,00 99,98
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 180 REM. DEP. BANC. PSE - ACESSUAS TRABALHO 1.575,07 179,76 1.754,83 13.685,00 13.685,00 -11.930,17
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 181 REM DEP BANC - BL PISO SOC. ESP. MEDIA COMPL 9.167,55 0,00 9.167,55 24.140,00 24.140,00 -14.972,45
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 182 REM DEP BANC - BL PISO SOCIAL BASICO 6.565,11 285,76 6.850,87 7.970,00 7.970,00 -1.119,13
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 183 REM DEP BANC - AQUIS MOBIL COORD POLITICAS MULHERE 3.546,83 305,24 3.852,07 9.405,00 9.405,00 -5.552,93
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 184 REM DEP BANC - PISO SOC. ESP. ALTA COMPL. 1.542,98 0,00 1.542,98 15.370,00 15.370,00 -13.827,02
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 185 REM DEP BANC - GESTAO BOLSA FAMILIA 19.551,14 1.196,04 20.747,18 94.370,00 94.370,00 -73.622,82
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 186 REM DEP BANC - SEC POL P/MULH INC AUTON.ECON 0,00 0,00 0,00 30,00 30,00 -30,00
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 187 REM DEP BANC FMAS REDE PROT.SOC. ESP. M. COMPL 621,91 23,55 645,46 3.460,00 3.460,00 -2.814,54
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 188 REM DEP BANC - FMAS - CONTA REPROG. DO ESTADO 94,69 0,80 95,49 3.130,00 3.130,00 -3.034,51
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 189 REM DEP BANC - CONV EST - CENTRO DE CONV DO IDOSO 198,03 15,94 213,97 3.605,00 3.605,00 -3.391,03
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 190 REM DEP BANC- FNAS PSE - BENEF DE PREST CONTIN A E 444,15 40,74 484,89 1.435,00 1.435,00 -950,11
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 191 REM DEP BANC AÇÕES ESTRATÉGICAS PETI 3.737,55 239,50 3.977,05 7.775,00 7.775,00 -3.797,95
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 192 REM DEP BANC - ESTR REDE SERV PROT SOC ESP - A.M.C 2.572,04 220,42 2.792,46 8.695,00 8.695,00 -5.902,54
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 193 REM DEP BANC - FNAS APRIMORA REDE 50,44 4,33 54,77 170,00 170,00 -115,23
1.3.2.1.00.1.1.01.10. 194 REM DEP BANC - GSUAS - GESTAO SUAS 7.810,12 645,19 8.455,31 22.290,00 22.290,00 -13.834,69
1.3.2.1.00.1.1.01.99. RECEITA DE REMUNERAÇÃO DE OUTROS DEPÓSITOS BANCÁRI 2.300.137,06 323.371,96 2.623.509,02 2.899.355,00 2.899.355,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 195 REM. DEP. BANC. FDO DESENV. ESPORTIVO - FMDE 312,75 35,91 348,66 6.370,00 6.370,00 -6.021,34
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 196 REM. DEP. BANC. FDO ESP.PROM.ATIV.CULTURAIS-FEPAC 2.421,45 215,91 2.637,36 10.480,00 10.480,00 -7.842,64
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 197 REM. DEP. BANC. FDO MEIO AMBIENTE 21.780,20 4.426,79 26.206,99 48.890,00 48.890,00 -22.683,01
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 198 REM. DEP. BANC. FDO ZOOLÓGICO 185.708,52 20.526,24 206.234,76 310.215,00 310.215,00 -103.980,24
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 199 REM. DEP. BANC. FDO TURISMO 25,49 2,08 27,57 135,00 135,00 -107,43
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 200 REM. DEP. BANC. FDO BOMBEIROS 324.092,89 34.883,53 358.976,42 614.660,00 614.660,00 -255.683,58
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 201 REM. DEP. BANC. FDO ASSIST. SOCIAL 2.269,66 27,05 2.296,71 15.320,00 15.320,00 -13.023,29
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 202 REM. DEP. BANC. FDO CRIANÇA ADOLESCENTE 22.995,83 1.964,28 24.960,11 107.200,00 107.200,00 -82.239,89
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 203 REM. DEP. BANC. FDO SOLIDARIEDADE BAURU 1,93 0,16 2,09 10,00 10,00 -7,91
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 204 REM. DEP. BANC. FDO INFRA-ESTRUTURA 65,66 5,63 71,29 220,00 220,00 -148,71
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 205 REM. DEP. BANC. ASSOC. CENTRO OESTE BAURU-ARCO 66,66 5,71 72,37 230,00 230,00 -157,63
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 206 REM. DEP. BANC. ALIENAÇÃO DE BENS 2.538,01 289,80 2.827,81 34.650,00 34.650,00 -31.822,19
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 207 REM. DEP. BANC. CONTR. ILUM. PUBLICA - CIP 4.364,05 263,35 4.627,40 21.855,00 21.855,00 -17.227,60
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 208 REM. DEP. BANC. SEC ADMINISTRAÇÃO - CONSIGNAÇÃO 168,04 4,56 172,60 8.235,00 8.235,00 -8.062,40
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 209 REM. DEP. BANC.PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL - ESTADUAL 1.046,99 62,24 1.109,23 2.545,00 2.545,00 -1.435,77
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 210 REM. DEP. BANC. PROTEÇÃO BASICAL- ESTADUAL 851,39 37,45 888,84 1.940,00 1.940,00 -1.051,16
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 774 REM. DEP. FDO CRIAN/ADOLESC - REC. PROPRIOS 2.543,55 10,17 2.553,72 0,00 0,00 2.553,72
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 212 REM DEP BANC - OGU PROC 723424 SEG TEMPO 1.388,46 113,34 1.501,80 7.330,00 7.330,00 -5.828,20
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 821 REM DEP BANC - CONSTR VIADUTO FALCAO/B.VISTA 193,90 0,00 193,90 0,00 0,00 193,90
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 214 REM. DEP. BANC. PAC 2 - PAV BAIRRO TANGARAS 341,73 27,90 369,63 0,00 0,00 369,63
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 215 REM. DEP. BANC. FDO INFRAEST RECURSOS PROPRIOS 36,21 41,89 78,10 60,00 60,00 18,10
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 216 REM. DEP. BANC. FDO ESP DESPESA - SAGRA 1.589,63 147,80 1.737,43 7.080,00 7.080,00 -5.342,57
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 217 REM. DEP. BANC. MULTAS ARREC LIC ELETRONICO 3.902,65 464,74 4.367,39 13.135,00 13.135,00 -8.767,61
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 218 REM. DEP. BANC. FDO MUN DE HABITAÇÃO 2.164,47 108,06 2.272,53 11.800,00 11.800,00 -9.527,47
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 220 REM. POUP. FNS - BLGES II C REGULADOR 29.146,56 2.727,15 31.873,71 61.010,00 61.010,00 -29.136,29
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 221 REM. DEP. BANC. MULTAS ARREC TRANS BOLETOS 954,43 439,25 1.393,68 11.600,00 11.600,00 -10.206,32
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 223 REM. DEP. BANC. TUFE SEPLAN 2.006,84 82,08 2.088,92 11.970,00 11.970,00 -9.881,08
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 15

1.3.2.1.00.1.1.01.99. 224 REM. DEP. BANC. TUFE SEMMA 214.940,61 25.050,86 239.991,47 359.600,00 359.600,00 -119.608,53
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 225 REM. DEP. BANC. COMP. FINC EXTRA MINERAIS CFEM 1.102,17 95,52 1.197,69 6.650,00 6.650,00 -5.452,31
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 226 REM. DEP. BANC. MULTAS PROCON 1.646,35 137,26 1.783,61 7.940,00 7.940,00 -6.156,39
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 227 REM POUP - CONST PISTA SKATE PC SILVESTRE AMANTINI 0,00 0,00 0,00 530,00 530,00 -530,00
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 228 REM. DEP. BANC. FMAS - VALE ALIMENTAÇÃO 94.802,74 2.550,01 97.352,75 171.870,00 171.870,00 -74.517,25
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 229 REM POUP - FDO INFRA ESTRUTURA REC PROPRIOS 177,46 16,62 194,08 220,00 220,00 -25,92
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 230 REM DEP BANC - CONST PISTA SKATE PC SIL.AMANTINI 0,00 0,00 0,00 4.500,00 4.500,00 -4.500,00
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 232 REM DEP BANC - DIVIDENDOS 1.172,31 47,19 1.219,50 2.850,00 2.850,00 -1.630,50
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 233 REM DEP BANC - ITR 2.299,09 247,71 2.546,80 3.455,00 3.455,00 -908,20
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 234 REM DEP BANC - IMPLANT PROJ. BRINC ESP BAURU 0,00 0,00 0,00 12.000,00 12.000,00 -12.000,00
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 235 REM DEP BANC - DEPÓSITOS JUDICIAIS - 70% S/MOV 10.662,16 445,52 11.107,68 50.000,00 50.000,00 -38.892,32
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 236 REM. POUP - MODERN. PISTA ATLETISMO 928,38 84,60 1.012,98 1.280,00 1.280,00 -267,02
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 238 REM POUP - CONV. CENTRO CONVIVENCIA IDOSO 33.474,93 2.787,39 36.262,32 44.770,00 44.770,00 -8.507,68
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 240 REM DEP BANC - FUMPI 4.872,91 346,34 5.219,25 4.000,00 4.000,00 1.219,25
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 241 REM DEP BANC - FDO SOLID. PADARIA ARTESANAL 49,02 3,42 52,44 0,00 0,00 52,44
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 242 REM POUP - CONSTR FASE II VIAD P/INTER CENTRO/V.FA 2.360,40 0,00 2.360,40 0,00 0,00 2.360,40
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 243 REM POUP - CONSTR FASE I VIADUTO FALCAO/B.VISTA 3.073,93 0,00 3.073,93 0,00 0,00 3.073,93
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 244 REM DEP BANC - DEPÓSITOS JUDICIAIS - 30% S/MOV 229.155,71 18.823,16 247.978,87 100.000,00 100.000,00 147.978,87
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 246 REM POUP - FDO MUN. ZOOLÓGICO 0,00 0,00 0,00 32.860,00 32.860,00 -32.860,00
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 247 REM DEP BANC - PROG CONS AGUAS BACIA DO BATALHA 1.867,91 0,00 1.867,91 0,00 0,00 1.867,91
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 248 REM DEP BANC - FDO DES ESP - FMDE REC PROPRIOS 162,97 13,31 176,28 2.795,00 2.795,00 -2.618,72
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 249 REM POUP - CONSTRUÇÃO CENTRO POP 21.861,73 -21.861,73 0,00 36.535,00 36.535,00 -36.535,00
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 250 REM DEP BANC - UN RECICL DE RES CONSTR CIVIL 231,49 38,40 269,89 0,00 0,00 269,89
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 251 REM DEP BANC - TAC CONTA/RESERVA 222,49 19,06 241,55 755,00 755,00 -513,45
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 253 REM DEP BANC - FEP - EDUCAÇÃO 2.633,10 718,91 3.352,01 14.240,00 14.240,00 -10.887,99
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 254 REM DEP BANC - FEP - SAÚDE 877,69 239,64 1.117,33 4.750,00 4.750,00 -3.632,67
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 775 REM DEP BANC -PAVIM - QUINTA BELA OLINDA 5.470,51 75,52 5.546,03 0,00 0,00 5.546,03
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 809 REM DEP BANC - FDO EST REC HÍDRICOS-FEHIDRO 308,67 10,42 319,09 0,00 0,00 319,09
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 256 REM DEP BANC - FINANC DEP. JUDICIAL 52.324,68 14.631,29 66.955,97 47.570,00 47.570,00 19.385,97
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 258 REM DEP BANC - PAC 2 PAV DIVERSOS BAIRROS 1.177,73 296,99 1.474,72 0,00 0,00 1.474,72
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 811 REM POUP - PROG CONS AGUAS BACIA DO BATALHA 19.078,21 1.140,58 20.218,79 0,00 0,00 20.218,79
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 260 REM DEP BANC - IMPL. COMPLEX PRAÇA ESPORT E DA CU 67,60 5,52 73,12 0,00 0,00 73,12
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 815 REM DEP BANC - RECAPE FLORIDA 12,44 249,31 261,75 0,00 0,00 261,75
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 830 REM DEP BANC - VEÍCULO - MULHERES RURAIS 2.373,01 258,76 2.631,77 0,00 0,00 2.631,77
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 863 REM DEP BANC - CONV EST RECAPE 6.267,94 948,20 7.216,14 0,00 0,00 7.216,14
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 261 REM DEP BANC.- SERVIÇO AEROPORTUÁRIO 1.013,98 83,39 1.097,37 4.200,00 4.200,00 -3.102,63
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 870 REM DEP BANC - CONV EST - COSTURANDO O FUTURO 592,34 131,80 724,14 0,00 0,00 724,14
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 263 REM DEP BANC - FDO M AQ AREAS OBRAS-DESENV 6.244,79 518,34 6.763,13 16.560,00 16.560,00 -9.796,87
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 264 REM POUP - CONSTR CENTRO INIC.ESPORTE 0,00 0,00 0,00 1.310,00 1.310,00 -1.310,00
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 268 REM DEP BANC - CONV EST TRAT ESGOTO - ETE - PMB 741.234,28 192.045,59 933.279,87 351.760,00 351.760,00 581.519,87
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 271 REM POUP - CONSTR EST TRAT ESGOTO V.LIMPA 213.709,06 15.073,10 228.782,16 309.375,00 309.375,00 -80.592,84
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 272 REM DEP BANC - MODERNIZAÇAO PISTA ATLETISMO 7,56 0,62 8,18 40,00 40,00 -31,82
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 871 REM DEP BANC - CONV EST - NATAL ESPETACULAR 129,58 21,44 151,02 0,00 0,00 151,02
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 276 REM DEP BANC - MECANIZACAO AGRÍCOLA 6.478,82 556,30 7.035,12 0,00 0,00 7.035,12
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 873 REM DEP BANC - PAVIMENTAÇÃO VAL DE PALMAS 440,20 33,56 473,76 0,00 0,00 473,76
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 875 REM DEP BANC - MOV. SEG. TRANSITO - CONSUMO 0,48 0,00 0,48 0,00 0,00 0,48
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 877 REM POUP - PAV VAL DE PALMAS 1.651,68 539,05 2.190,73 0,00 0,00 2.190,73
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 884 REM DEP BANC-INFRA URBANA CONST PÇA MARY DOTA 0,00 6,58 6,58 0,00 0,00 6,58
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 882 REM DEP BANC - LAZER PARA TODOS 0,00 4,28 4,28 0,00 0,00 4,28
1.3.2.1.00.1.1.01.99. 883 REM POUP - LAZER PARA TODOS 0,00 25,06 25,06 0,00 0,00 25,06
1.3.2.1.00.1.1.02.00. REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS DE RECURSOS NÃO VINCULADO 968.849,02 98.266,65 1.067.115,67 3.065.900,00 3.065.900,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.02.99. REMUNERAÇÃO DE OUTROS DEPÓSITOS DE RECURSOS NÃO VI 968.849,02 98.266,65 1.067.115,67 3.065.900,00 3.065.900,00 0,00
1.3.2.1.00.1.1.02.99. 277 REM. DEP. BANC. NÃO VINCULADOS - PMB 567.519,48 98.266,65 665.786,13 3.065.900,00 3.065.900,00 -2.400.113,87
1.3.2.1.00.1.1.02.99. 820 REM POUP - PGTO 13º SALÁRIO 401.329,54 0,00 401.329,54 0,00 0,00 401.329,54
1.3.2.1.00.2.0.00.00. REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS ESPECIAIS 9.689.797,90 979.577,23 10.669.375,13 12.626.000,00 12.626.000,00 0,00
1.3.2.1.00.2.1.00.00. REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS ESPECIAIS - PRINCIPAL 9.689.797,90 979.577,23 10.669.375,13 12.626.000,00 12.626.000,00 0,00
1.3.2.1.00.2.1.01.00. 279 REM. DEP. BANC. ESPECIAIS DAE - FTE 9.689.797,90 979.577,23 10.669.375,13 12.626.000,00 12.626.000,00 -1.956.624,87
1.3.2.1.00.4.0.00.00. REMUNERAÇÃO DOS RECURSOS DO REGIME PRÓPRIO DE PREV 7.549.448,70 79.456,98 7.628.905,68 58.913.221,50 58.913.221,50 0,00
1.3.2.1.00.4.1.00.00. 280 REMUNERAÇÃO DOS RECURSOS DO REGIME PRÓPRIO DE PREV 7.549.448,70 79.456,98 7.628.905,68 58.913.221,50 58.913.221,50 -51.284.315,82
1.3.2.2.00.0.0.00.00. DIVIDENDOS 298,92 0,00 298,92 164,00 164,00 0,00
1.3.2.2.00.1.0.00.00. DIVIDENDOS 298,92 0,00 298,92 164,00 164,00 0,00
1.3.2.2.00.1.1.00.00. DIVIDENDOS - PRINCIPAL 298,92 0,00 298,92 164,00 164,00 0,00
1.3.2.2.00.1.1.02.00. 281 DIVIDENDOS - JUROS TDA [ITR] 298,92 0,00 298,92 164,00 164,00 134,92
1.3.3.0.00.0.0.00.00. DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS MEDIANTE CONCESSÃO, 890.608,61 0,00 890.608,61 0,00 0,00 0,00
1.3.3.9.00.0.0.00.00. DEMAIS DELEGAÇÕES DE SERVIÇOS PÚBLICOS 890.608,61 0,00 890.608,61 0,00 0,00 0,00
1.3.3.9.99.0.0.00.00. OUTRAS DELEGAÇÕES DE SERVIÇOS PÚBLICOS 890.608,61 0,00 890.608,61 0,00 0,00 0,00
1.3.3.9.99.1.0.00.00. OUTRAS DELEGAÇÕES DE SERVIÇOS PÚBLICOS 890.608,61 0,00 890.608,61 0,00 0,00 0,00
1.3.3.9.99.1.1.00.00. OUTRAS DELEGAÇÕES DE SERVIÇOS PÚBLICOS - PRINCIPAL 890.608,61 0,00 890.608,61 0,00 0,00 0,00
1.3.3.9.99.1.1.01.00. 770 OUTORGA DOS SERV TRANSP COLETIVO LOCAL 890.608,61 0,00 890.608,61 0,00 0,00 890.608,61
1.3.6.0.00.0.0.00.00. CESSÃO DE DIREITOS 80.000,00 0,00 80.000,00 166.720,00 166.720,00 0,00
1.3.6.0.01.0.0.00.00. CESSÃO DO DIREITO DE OPERACIONALIZAÇÃO DE PAGAMENT 80.000,00 0,00 80.000,00 166.720,00 166.720,00 0,00
1.3.6.0.01.1.0.00.00. CESSÃO DO DIREITO DE OPERACIONALIZAÇÃO DE PAGAMENT 80.000,00 0,00 80.000,00 166.720,00 166.720,00 0,00
1.3.6.0.01.1.1.00.00. CESSÃO DO DIREITO DE OPERACIONALIZAÇÃO DE PAGAMENT 80.000,00 0,00 80.000,00 166.720,00 166.720,00 0,00
1.3.6.0.01.1.1.01.00. RECEITA CESSÃO DIREITO DE OPERACIONALIZAÇÃO 80.000,00 0,00 80.000,00 166.720,00 166.720,00 0,00
1.3.6.0.01.1.1.01.03. OUTRAS RECEITA DE CESSÃO DO DIREITO DE OPERACIONAL 80.000,00 0,00 80.000,00 166.720,00 166.720,00 0,00
1.3.6.0.01.1.1.01.03. 282 OUTRAS RECEITA DE CESSÃO DO DIR OPERAC - CARNE IPT 80.000,00 0,00 80.000,00 166.720,00 166.720,00 -86.720,00
TOTAL RECEITA PATRIMONIAL 25.647.560,85 1.104.168,52 26.751.729,37 83.326.990,50 -56.575.261,13
1.6.0.0.00.0.0.00.00. RECEITA DE SERVIÇOS 126.243.899,08 11.367.455,81 137.611.354,89 136.492.330,00 136.492.330,00 0,00
1.6.1.0.00.0.0.00.00. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E COMERCIAIS GERAIS 121.614.605,39 10.935.287,96 132.549.893,35 132.144.944,00 132.144.944,00 0,00
1.6.1.0.01.0.0.00.00. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E COMERCIAIS GERAIS 121.154.005,04 10.881.849,45 132.035.854,49 131.665.156,00 131.665.156,00 0,00
1.6.1.0.01.1.0.00.00. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E COMERCIAIS GERAIS 121.154.005,04 10.881.849,45 132.035.854,49 131.665.156,00 131.665.156,00 0,00
1.6.1.0.01.1.1.00.00. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E COMERCIAIS GERAIS - PRI 121.154.005,04 10.881.849,45 132.035.854,49 131.665.156,00 131.665.156,00 0,00
1.6.1.0.01.1.1.13.00. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS 121.154.005,04 10.881.849,45 132.035.854,49 131.665.156,00 131.665.156,00 0,00
1.6.1.0.01.1.1.13.02. SERVIÇOS DE VENDA DE EDITAIS 121.148.023,79 10.881.574,15 132.029.597,94 131.658.106,00 131.658.106,00 0,00
1.6.1.0.01.1.1.13.02. 283 SERVICOS DE VENDAS DE EDITAIS - PMB 121.148.023,79 10.881.574,15 132.029.597,94 131.658.106,00 131.658.106,00 371.491,94
1.6.1.0.01.1.1.13.99. OUTROS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS 5.981,25 275,30 6.256,55 7.050,00 7.050,00 0,00
1.6.1.0.01.1.1.13.99. 289 CONVÊNIO ADMINISTRAÇÃO - CUSTEIO-CONSIGNAÇÃO - PMB 5.981,25 275,30 6.256,55 7.050,00 7.050,00 -793,45
1.6.1.0.02.0.0.00.00. INSCRIÇÃO EM CONCURSOS E PROCESSOS SELETIVOS 347.441,60 45.090,00 392.531,60 367.149,00 367.149,00 0,00
1.6.1.0.02.1.0.00.00. INSCRIÇÃO EM CONCURSOS E PROCESSOS SELETIVOS 347.441,60 45.090,00 392.531,60 367.149,00 367.149,00 0,00
1.6.1.0.02.1.1.00.00. INSCRIÇÃO EM CONCURSOS E PROCESSOS SELETIVOS - PRI 347.441,60 45.090,00 392.531,60 367.149,00 367.149,00 0,00

1.6.1.0.02.1.1.01.00. 308 SERV. INSC. CONC. PÚBLICOS - PMB 291.266,60 16.705,00 307.971,60 300.000,00 300.000,00 7.971,60
1.6.1.0.02.1.1.02.00. 309 SERV. INSC. CONC. PÚBLICOS - DAE 56.175,00 28.385,00 84.560,00 67.149,00 67.149,00 17.411,00
1.6.1.0.03.0.0.00.00. SERVIÇOS DE REGISTRO, CERTIFICAÇÃO E FISCALIZAÇÃO 113.158,75 8.348,51 121.507,26 112.639,00 112.639,00 0,00
1.6.1.0.03.1.0.00.00. SERVIÇOS DE REGISTRO, CERTIFICAÇÃO E FISCALIZAÇÃO 113.158,75 8.348,51 121.507,26 112.639,00 112.639,00 0,00
1.6.1.0.03.1.1.00.00. SERVIÇOS DE REGISTRO, CERTIFICAÇÃO E FISCALIZAÇÃO 113.158,75 8.348,51 121.507,26 112.639,00 112.639,00 0,00
1.6.1.0.03.1.1.01.00. 310 SERV DISTRIB AGUA POR CONSUMO AUFERIDO - DAE 113.158,75 8.348,51 121.507,26 112.639,00 112.639,00 8.868,26
1.6.2.0.00.0.0.00.00. SERVIÇOS E ATIVIDADES REFERENTES À NAVEGAÇÃO E AO 2.898.678,01 271.716,14 3.170.394,15 3.234.329,00 3.234.329,00 0,00
1.6.2.0.02.0.0.00.00. SERVIÇOS DE TRANSPORTE 2.898.678,01 271.716,14 3.170.394,15 3.234.329,00 3.234.329,00 0,00
1.6.2.0.02.1.0.00.00. SERVIÇOS DE TRANSPORTE 2.898.678,01 271.716,14 3.170.394,15 3.234.329,00 3.234.329,00 0,00
1.6.2.0.02.1.1.00.00. SERVIÇOS DE TRANSPORTE - PRINCIPAL 2.898.678,01 271.716,14 3.170.394,15 3.234.329,00 3.234.329,00 0,00
1.6.2.0.02.1.1.01.00. SERVIÇOS DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO 2.898.678,01 271.716,14 3.170.394,15 3.234.329,00 3.234.329,00 0,00
1.6.2.0.02.1.1.01.01. 311 VENDA DE CARTEIRINHAS - EMDURB 2.892.579,31 271.094,91 3.163.674,22 3.223.559,00 3.223.559,00 -59.884,78
1.6.2.0.02.1.1.01.06. 315 TRANSF DE PTO DE ESTAC PROPRIETÁRIO - PMB 3.727,38 621,23 4.348,61 10.080,00 10.080,00 -5.731,39
1.6.2.0.02.1.1.01.07. 316 TRANSF DE PTO DE ESTAC LOCAL - PMB 2.371,32 0,00 2.371,32 690,00 690,00 1.681,32
1.6.9.0.00.0.0.00.00. OUTROS SERVIÇOS 1.730.615,68 160.451,71 1.891.067,39 1.113.057,00 1.113.057,00 0,00
1.6.9.0.99.0.0.00.00. OUTROS SERVIÇOS 1.730.615,68 160.451,71 1.891.067,39 1.113.057,00 1.113.057,00 0,00
1.6.9.0.99.1.0.00.00. OUTROS SERVIÇOS 1.730.615,68 160.451,71 1.891.067,39 1.113.057,00 1.113.057,00 0,00
1.6.9.0.99.1.1.00.00. OUTROS SERVIÇOS - PRINCIPAL 1.730.615,68 160.451,71 1.891.067,39 1.113.057,00 1.113.057,00 0,00
1.6.9.0.99.1.1.46.00. SERVIÇOS DE CEMITÉRIO 1.470.357,60 145.376,21 1.615.733,81 931.957,00 931.957,00 0,00
1.6.9.0.99.1.1.46.01. 325 CONCESSÃO DE TERRENO - CEMITERIO - EMDURB 1.470.357,60 145.376,21 1.615.733,81 931.957,00 931.957,00 683.776,81
1.6.9.0.99.1.1.99.00. OUTROS SERVIÇOS 260.258,08 15.075,50 275.333,58 181.100,00 181.100,00 0,00
1.6.9.0.99.1.1.99.03. 334 SERVIÇO AEROPORTUÁRIO 260.258,08 15.075,50 275.333,58 181.100,00 181.100,00 94.233,58
TOTAL RECEITA DE SERVIÇOS 126.243.899,08 11.367.455,81 137.611.354,89 136.492.330,00 1.119.024,89
1.7.0.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS CORRENTES 441.176.670,25 41.979.846,76 483.156.517,01 478.458.251,00 486.531.052,79 0,00
1.7.1.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO E DE SUAS ENTIDADES 124.553.717,64 15.261.879,82 139.815.597,46 150.978.900,00 153.009.884,55 0,00
1.7.1.8.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO - ESPECÍFICA E/M 124.553.717,64 15.261.879,82 139.815.597,46 150.978.900,00 153.009.884,55 0,00
1.7.1.8.01.0.0.00.00. PARTICIPAÇÃO NA RECEITA DA UNIÃO 48.654.115,75 8.101.266,14 56.755.381,89 61.589.304,00 61.589.304,00 0,00
1.7.1.8.01.2.0.00.00. COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS 44.865.204,04 4.553.186,86 49.418.390,90 54.788.504,00 54.788.504,00 0,00
9.7.1.8.01.2.1.00.00. 755 COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS -12.076.377,94 -2.019.837,50 -14.096.215,44 -13.697.126,00 -13.697.126,00 -399.089,44
1.7.1.8.01.2.1.00.00. 339 COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS 56.941.581,98 6.573.024,36 63.514.606,34 68.485.630,00 68.485.630,00 -4.971.023,66
1.7.1.8.01.3.0.00.00. COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DO MUNICÍPIOS 0,00 3.526.163,33 3.526.163,33 6.750.000,00 6.750.000,00 0,00
1.7.1.8.01.3.1.00.00. 340 COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DO MUNICÍPIOS 0,00 3.526.163,33 3.526.163,33 6.750.000,00 6.750.000,00 -3.223.836,67
1.7.1.8.01.4.0.00.00. COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS 3.440.310,41 0,00 3.440.310,41 0,00 0,00 0,00
1.7.1.8.01.4.1.00.00. 341 COTA-PARTE DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS 3.440.310,41 0,00 3.440.310,41 0,00 0,00 3.440.310,41
1.7.1.8.01.5.0.00.00. COTA-PARTE DO IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE TERRITOR 348.601,30 21.915,95 370.517,25 50.800,00 50.800,00 0,00
9.7.1.8.01.5.1.00.00. 756 COTA-PARTE DO IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE TERRITOR -104.607,38 11.978,21 -92.629,17 -12.700,00 -12.700,00 -79.929,17
1.7.1.8.01.5.1.00.00. 342 COTA-PARTE DO IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE TERRITOR 453.208,68 9.937,74 463.146,42 63.500,00 63.500,00 399.646,42
1.7.1.8.02.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIA DA COMPENSAÇÃO FINANCEIRA PELA EXPLO 1.604.336,44 189.861,82 1.794.198,26 1.942.020,00 1.942.020,00 0,00
1.7.1.8.02.2.0.00.00. COTA-PARTE DA COMPENSAÇÃO FINANCEIRA DE RECURSOS M 657.829,75 79.902,71 737.732,46 1.227.690,00 1.227.690,00 0,00
1.7.1.8.02.2.1.00.00. 343 COTA-PARTE DA COMPENSAÇÃO FINANCEIRA DE RECURSOS M 657.829,75 79.902,71 737.732,46 1.227.690,00 1.227.690,00 -489.957,54
1.7.1.8.02.6.0.00.00. COTA-PARTE DO FUNDO ESPECIAL DO PETRÓLEO - FEP 946.506,69 109.959,11 1.056.465,80 714.330,00 714.330,00 0,00
1.7.1.8.02.6.1.00.00. COTA-PARTE DO FUNDO ESPECIAL DO PETRÓLEO - FEP - P 946.506,69 109.959,11 1.056.465,80 714.330,00 714.330,00 0,00
1.7.1.8.02.6.1.01.00. 344 COTA PARTE DO FDO ESPECIAL PETROLEO - FEP - SAÚDE 236.626,68 27.489,78 264.116,46 178.600,00 178.600,00 85.516,46
1.7.1.8.02.6.1.02.00. 345 COTA PARTE DO FDO ESPECIAL PETROLEO - FEP - EDUCAÇ 709.880,01 82.469,33 792.349,34 535.730,00 535.730,00 256.619,34
1.7.1.8.03.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚD 50.929.954,96 5.121.801,78 56.051.756,74 62.906.951,00 62.906.951,00 0,00
1.7.1.8.03.1.0.00.00. TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚD 50.929.954,96 5.121.801,78 56.051.756,74 62.906.951,00 62.906.951,00 0,00
1.7.1.8.03.1.1.00.00. TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚD 50.929.954,96 5.121.801,78 56.051.756,74 62.906.951,00 62.906.951,00 0,00
1.7.1.8.03.1.1.01.00. 346 FNS - PAB - PAB FIXO 0,00 0,00 0,00 8.522.600,00 8.522.600,00 -8.522.600,00
1.7.1.8.03.1.1.02.00. 347 FNS - PAB - AGENTES COMUNITÁRIOS SAÚDE - ACS 0,00 0,00 0,00 968.100,00 968.100,00 -968.100,00
16 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

1.7.1.8.03.1.1.03.00. 348 FNS - PAB - SAÚDE BUCAL - SB 0,00 0,00 0,00 300.250,00 300.250,00 -300.250,00
1.7.1.8.03.1.1.04.00. 349 FNS - PAB - SAÚDE DA FAMILIA - SF 0,00 0,00 0,00 636.500,00 636.500,00 -636.500,00

1.7.1.8.03.1.1.05.00. 350 FNS - PAF - ASSISTENCIA FARMACEUTICA BÁSICA - PARC 0,00 0,00 0,00 1.869.750,00 1.869.750,00 -1.869.750,00
1.7.1.8.03.1.1.06.00. 351 FNS - BVS - PISO FIXO DE VIG. E PROM DE SAUDE - PF 0,00 0,00 0,00 671.400,00 671.400,00 -671.400,00
1.7.1.8.03.1.1.10.00. 800 PROGRAMA DE ATENÇÃO BÁSICA 11.899.808,98 1.682.217,44 13.582.026,42 0,00 0,00 13.582.026,42
1.7.1.8.03.1.1.12.00. 356 INCENTIVO AÇOES VIG. P/ HEPATITES VIRAIS 0,00 0,00 0,00 90.750,00 90.750,00 -90.750,00
1.7.1.8.03.1.1.13.00. 357 FNS - MAC - CEO - CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOL 0,00 0,00 0,00 269.300,00 269.300,00 -269.300,00
1.7.1.8.03.1.1.14.00. 358 FNS - MAC - SERV ATEND MOV URGENCIA - SAMU 0,00 0,00 0,00 4.200.640,00 4.200.640,00 -4.200.640,00
1.7.1.8.03.1.1.15.00. 359 FNS - MAC - TETO MUN. MEDIA ALTA COMPL. AMB. HOSPI 0,00 0,00 0,00 17.993.601,00 17.993.601,00 -17.993.601,00
1.7.1.8.03.1.1.17.00. 361 FNS - MAC - TETO REDE SAÚDE MENTAL - RSME 0,00 0,00 0,00 1.985.500,00 1.985.500,00 -1.985.500,00
1.7.1.8.03.1.1.18.00. 362 FNS - TESTE RAPIDO DE GRAVIDEZ 0,00 0,00 0,00 16.325,00 16.325,00 -16.325,00
1.7.1.8.03.1.1.19.00. 801 Ações de Manutenção dos Serviços de Media e Alta C 34.193.962,56 2.807.588,79 37.001.551,35 0,00 0,00 37.001.551,35
1.7.1.8.03.1.1.20.00. 802 AÇÕES DE ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA 1.889.317,41 171.756,13 2.061.073,54 0,00 0,00 2.061.073,54
1.7.1.8.03.1.1.21.00. 363 FNS - MAC TETO MUN REDE DE URGENCIA B.VISTA 0,00 0,00 0,00 6.120.000,00 6.120.000,00 -6.120.000,00
1.7.1.8.03.1.1.22.00. 364 FNS - MAC - REDE BRASIL SEM MISERIA - BSOR-SM 0,00 0,00 0,00 61.200,00 61.200,00 -61.200,00
1.7.1.8.03.1.1.23.00. 803 PROGRAMA E INC. VIGILÂNCIA EM SAÚDE 2.898.866,01 460.239,42 3.359.105,43 0,00 0,00 3.359.105,43
1.7.1.8.03.1.1.24.00. 365 FNS - MAC - TETO MUN. REDE VIVER SEM LIMITES - RDE 0,00 0,00 0,00 6.511.680,00 6.511.680,00 -6.511.680,00
1.7.1.8.03.1.1.25.00. 804 GESTÃO SUS 48.000,00 0,00 48.000,00 0,00 0,00 48.000,00
1.7.1.8.03.1.1.36.00. 366 FNS - PAB - PROG. MELH DO ACESSO E DA QUAL. - PMAQ 0,00 0,00 0,00 1.073.500,00 1.073.500,00 -1.073.500,00
1.7.1.8.03.1.1.39.00. 368 FNS-MAC- TETO M. REDE DE URG.UPA IPIRANGA 0,00 0,00 0,00 2.080.800,00 2.080.800,00 -2.080.800,00
1.7.1.8.03.1.1.40.00. 369 FNS-MAC- TETO M. REDE URG.UPA REDENTOR/GEISEL 0,00 0,00 0,00 5.172.000,00 5.172.000,00 -5.172.000,00
1.7.1.8.03.1.1.42.00. 370 FNS - MAC - FAEC SIA - EXAMES DO LEITE MATERNO 0,00 0,00 0,00 4.120,00 4.120,00 -4.120,00
1.7.1.8.03.1.1.43.00. 371 FNS - BVS - INC IMPL MAN AÇOES SEVIÇOS PUB EST VIG 0,00 0,00 0,00 30.600,00 30.600,00 -30.600,00
1.7.1.8.03.1.1.47.00. 373 FNS - MAC - FAEC SIA - ATEND/ACOMP REAB FISICA/MEN 0,00 0,00 0,00 25.090,00 25.090,00 -25.090,00
1.7.1.8.03.1.1.48.00. 374 FNS - BVS - PISO FIXO VIG. SANITÁRIA - PARTE ANVIS 0,00 0,00 0,00 33.355,00 33.355,00 -33.355,00
1.7.1.8.03.1.1.49.00. 375 FNS - BVS - PISO FIXO VIG. SANITÁRIA - PARTE FNS 0,00 0,00 0,00 128.370,00 128.370,00 -128.370,00
1.7.1.8.03.1.1.51.00. 377 FNS - BVS - INC. AÇÕES VIG. PREV. CONT. DST/AIDS E 0,00 0,00 0,00 275.150,00 275.150,00 -275.150,00
1.7.1.8.03.1.1.52.00. 378 FNS - MAC - REDE VIVER SEM LIMITES - CEO MUNICIPAL 0,00 0,00 0,00 26.950,00 26.950,00 -26.950,00
1.7.1.8.03.1.1.53.00. 379 FNS - MAC - FAEC SIA - CADEIRAS DE RODAS 0,00 0,00 0,00 699.545,00 699.545,00 -699.545,00
1.7.1.8.03.1.1.54.00. 380 FNS-BL VIG INC PONTUAIS P/AÇOES SERV VIG EM SAÚDE 0,00 0,00 0,00 389.415,00 389.415,00 -389.415,00
1.7.1.8.03.1.1.55.00. 381 VIG. EM SAÚDE - HIV/AIDS - FORM. INFANTIL ADICIONA 0,00 0,00 0,00 17.130,00 17.130,00 -17.130,00
1.7.1.8.03.1.1.56.00. 382 FNS - BVS - ASSITÊNCIA FINANC. COMPL. - ACE - 95% 0,00 0,00 0,00 1.754.130,00 1.754.130,00 -1.754.130,00
1.7.1.8.03.1.1.57.00. 383 FNS - MAC - TETO MUN. MELHOR EM CASA 0,00 0,00 0,00 612.000,00 612.000,00 -612.000,00
1.7.1.8.03.1.1.58.00. 384 FNS - MAC SAÚDE DO TRABALHADOR 0,00 0,00 0,00 367.200,00 367.200,00 -367.200,00
1.7.1.8.04.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO FUNDO NACIONAL DE AS 2.894.963,53 229.973,21 3.124.936,74 3.962.435,00 3.962.435,00 0,00
1.7.1.8.04.1.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO FUNDO NACIONAL DE AS 2.894.963,53 229.973,21 3.124.936,74 3.962.435,00 3.962.435,00 0,00
1.7.1.8.04.1.1.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO FUNDO NACIONAL DE AS 2.894.963,53 229.973,21 3.124.936,74 3.962.435,00 3.962.435,00 0,00
1.7.1.8.04.1.1.01.00. 385 FNAS-PROG. PRIMEIRA INFANCIA SUAS 0,00 0,00 0,00 285.600,00 285.600,00 -285.600,00
1.7.1.8.04.1.1.02.00. 832 FNAS - BL PISO SOC. ESP. MEDIA ALTA COMPL 1.601.999,91 0,00 1.601.999,91 0,00 0,00 1.601.999,91
1.7.1.8.04.1.1.07.00. 386 GBF - GESTAO BOLSA FAMILIA 104.923,62 40.973,21 145.896,83 352.700,00 352.700,00 -206.803,17
1.7.1.8.04.1.1.09.00. 387 FNAS - ACESSUAS TRABALHO 100.000,00 0,00 100.000,00 0,00 0,00 100.000,00
1.7.1.8.04.1.1.11.00. 388 FNAS - BENEF DE PREST CONTINUADA A ESCOLA 2.040,00 0,00 2.040,00 1.060,00 1.060,00 980,00
1.7.1.8.04.1.1.12.00. 389 FNAS-PSE- AÇOES ESTRATÉGICAS DO PETI 0,00 0,00 0,00 16.950,00 16.950,00 -16.950,00
1.7.1.8.04.1.1.13.00. 390 FNAS - BL PISO SOC. ESP. MEDIA COMPL 0,00 0,00 0,00 727.465,00 727.465,00 -727.465,00
1.7.1.8.04.1.1.14.00. 391 FNAS - BL PISO SOCIAL BASICO 1.086.000,00 189.000,00 1.275.000,00 1.305.700,00 1.305.700,00 -30.700,00
1.7.1.8.04.1.1.15.00. 392 FNAS - PISO SOC. ESP. ALTA COMPL. 0,00 0,00 0,00 1.272.960,00 1.272.960,00 -1.272.960,00
1.7.1.8.05.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO FUNDO NACIONAL DO DE 17.213.295,46 1.444.761,08 18.658.056,54 19.523.390,00 19.523.390,00 0,00
1.7.1.8.05.1.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DO SALÁRIO-EDUCAÇÃO 11.848.328,10 836.707,36 12.685.035,46 12.734.000,00 12.734.000,00 0,00
1.7.1.8.05.1.1.00.00. TRANSFERÊNCIAS DO SALÁRIO-EDUCAÇÃO - PRINCIPAL 11.848.328,10 836.707,36 12.685.035,46 12.734.000,00 12.734.000,00 0,00
1.7.1.8.05.1.1.01.00. 395 QUOTA SALARIO EDUCAÇÃO LIVRE 11.848.328,10 836.707,36 12.685.035,46 12.734.000,00 12.734.000,00 -48.964,54
1.7.1.8.05.3.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DIRETAS DO FNDE REFERENTES AO PROGR 5.298.623,48 608.053,72 5.906.677,20 4.931.225,00 4.931.225,00 0,00
1.7.1.8.05.3.1.00.00. TRANSFERÊNCIAS DIRETAS DO FNDE REFERENTES AO PROGR 5.298.623,48 608.053,72 5.906.677,20 4.931.225,00 4.931.225,00 0,00
1.7.1.8.05.3.1.01.00. 396 FNDE - PNAEC - PROG. NAC. ALIM. ESCOLAR-CRECHE 1.232.062,20 136.895,80 1.368.958,00 1.064.150,00 1.064.150,00 304.808,00
1.7.1.8.05.3.1.02.00. 397 FNDE - PNAEF - PROG. NAC. ALIM. ESCOLAR-FUNDAMENT. 1.907.784,20 231.293,80 2.139.078,00 1.846.000,00 1.846.000,00 293.078,00
1.7.1.8.05.3.1.03.00. 398 FNDE - PNAEP - PROG. NAC. ALIM. ESCOLAR-PRE-ESC 978.996,60 108.777,40 1.087.774,00 847.575,00 847.575,00 240.199,00
1.7.1.8.05.3.1.04.00. 399 FNDE - PNAE EJA- PROG. NAC. ALIM. ESCOLAR-JOV.ADUL 122.042,88 13.560,32 135.603,20 109.440,00 109.440,00 26.163,20
1.7.1.8.05.3.1.05.00. 400 FNDE - PNAEM - PROG. NAC. ALIM. ESCOLAR-ENS. MEDIO 968.412,60 107.601,40 1.076.014,00 896.230,00 896.230,00 179.784,00
1.7.1.8.05.3.1.06.00. 401 FNDE - MAIS EDUCAÇÃO - FUNDAMENTAL 0,00 0,00 0,00 128.530,00 128.530,00 -128.530,00
1.7.1.8.05.3.1.07.00. 402 FNDE - ALIM ESCOLAR ATEND EDUCACIONAL ESPECIALIZAD 53.901,00 5.989,00 59.890,00 39.300,00 39.300,00 20.590,00
1.7.1.8.05.3.1.08.00. 878 PNAEM-MERENDA ESC ENS MEDIO FED INTEGRAL 35.424,00 3.936,00 39.360,00 0,00 0,00 39.360,00
1.7.1.8.05.4.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DIRETAS DO FNDE REFERENTES AO PROGR 66.343,88 0,00 66.343,88 44.305,00 44.305,00 0,00
1.7.1.8.05.4.1.00.00. TRANSFERÊNCIAS DIRETAS DO FNDE REFERENTES AO PROGR 66.343,88 0,00 66.343,88 44.305,00 44.305,00 0,00
1.7.1.8.05.4.1.01.00. 403 FNDE - PROG. NAC. APOIO TRANSP.ESCOLAR - ENS.MEDIO 15.571,77 0,00 15.571,77 10.460,00 10.460,00 5.111,77
1.7.1.8.05.4.1.02.00. 404 FNDE - PROG. NAC. APOIO TRANSP.ESC. - FUNDAMENTAL 50.772,11 0,00 50.772,11 33.845,00 33.845,00 16.927,11
1.7.1.8.05.9.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DIRETAS DO FUNDO NACIONAL DO 0,00 0,00 0,00 1.813.860,00 1.813.860,00 0,00
1.7.1.8.05.9.1.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DIRETAS DO FUNDO NACIONAL DO 0,00 0,00 0,00 1.813.860,00 1.813.860,00 0,00
1.7.1.8.05.9.1.02.00. 405 APOIO A CRECHES - BRASIL CARINHOSO 0,00 0,00 0,00 1.813.860,00 1.813.860,00 -1.813.860,00
1.7.1.8.06.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIA FINANCEIRA DO ICMS - DESONERAÇÃO - L 628.459,19 41.897,29 670.356,48 691.720,00 691.720,00 0,00
1.7.1.8.06.1.0.00.00. TRANSFERÊNCIA FINANCEIRA DO ICMS - DESONERAÇÃO - L 768.116,69 69.828,79 837.945,48 864.650,00 864.650,00 0,00
1.7.1.8.06.1.1.00.00. TRANSFERÊNCIA FINANCEIRA DO ICMS - DESONERAÇÃO - L 768.116,69 69.828,79 837.945,48 864.650,00 864.650,00 0,00
9.7.1.8.06.1.1.01.00. 757 TRANSF. FINANC. DO ICMS-DESONERAÇÃO - LC 87/96 -139.657,50 -27.931,50 -167.589,00 -172.930,00 -172.930,00 5.341,00
1.7.1.8.06.1.1.01.00. 406 TRANSF. FINANC. DO ICMS-DESONERAÇÃO - LC 87/96 768.116,69 69.828,79 837.945,48 864.650,00 864.650,00 -26.704,52
1.7.1.8.10.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS DA UNIÃO E DE SUAS ENT 1.541.792,68 132.318,50 1.674.111,18 363.080,00 1.715.064,55 0,00
1.7.1.8.10.9.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS DA UNIÃO 1.541.792,68 132.318,50 1.674.111,18 363.080,00 1.715.064,55 0,00
1.7.1.8.10.9.1.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS DA UNIÃO - PRIN 1.541.792,68 132.318,50 1.674.111,18 363.080,00 1.715.064,55 0,00
1.7.1.8.10.9.1.01.00. 407 CONV FED - PMCMV JARDIM IVONE 58.255,50 0,00 58.255,50 0,00 10.484,49 47.771,01
1.7.1.8.10.9.1.02.00. 408 CONV FED - PMCMV CONJ HAB S. JOAO IPIRANGA 15.761,23 0,00 15.761,23 0,00 10.163,08 5.598,15
1.7.1.8.10.9.1.03.00. 409 CONV FED - PMCMV COND RES SAN SEBASTIAN 112.352,31 0,00 112.352,31 0,00 24.680,11 87.672,20
1.7.1.8.10.9.1.04.00. 410 CONV FED - PMCMV RESID MORADAS BURITI 27.740,00 0,00 27.740,00 0,00 10.163,08 17.576,92
1.7.1.8.10.9.1.05.00. 411 CONV FED - PMCMV RESID TRÊS AMÉRICAS 123.312,27 0,00 123.312,27 0,00 55.097,78 68.214,49
1.7.1.8.10.9.1.06.00. 412 CONV FED - MCMV TRAB SOCIAL RESID AGUA DA GRAMA 116.998,08 0,00 116.998,08 0,00 129.355,56 -12.357,48
1.7.1.8.10.9.1.07.00. 840 CONV FED - E.PARL. V. VICENTINA - SUBVENÇÃO 60.000,00 0,00 60.000,00 0,00 60.000,00 0,00
1.7.1.8.10.9.1.08.00. 413 CONV FED - MCMV TRAB SOCIAL RESID SANTANA 284.900,00 0,00 284.900,00 0,00 270.374,18 14.525,82
1.7.1.8.10.9.1.09.00. 414 CONV FED - PMCMV COND RES EUCALIPTOS 92.197,91 40.300,00 132.497,91 0,00 10.163,08 122.334,83
1.7.1.8.10.9.1.10.00. 415 IMPLANT PROJ. BRINC. ESPORTE DE BAURU 0,00 0,00 0,00 363.080,00 363.080,00 -363.080,00
1.7.1.8.10.9.1.11.00. 416 PMCMV-PTTS-MIRANTE DA COLINA 74.500,00 31.000,00 105.500,00 0,00 21.663,08 83.836,92
1.7.1.8.10.9.1.12.00. 417 PMCMV-PTTS-MONTE VERDE 76.483,00 0,00 76.483,00 0,00 10.163,08 66.319,92
1.7.1.8.10.9.1.14.00. 419 CONV FED-PMCMV COND RES CHACARA FLORES 1 86.684,64 0,00 86.684,64 0,00 63.659,36 23.025,28
1.7.1.8.10.9.1.15.00. 420 CONV FED-PMCMV COND RES JD TV 0,00 0,00 0,00 0,00 90.727,12 -90.727,12
1.7.1.8.10.9.1.16.00. 421 CONV FED-PMCMV COND RES MANACAS 714,00 0,00 714,00 0,00 12.727,12 -12.013,12
1.7.1.8.10.9.1.17.00. 422 CONV FED-PMCMV COND RES IPES 42.207,42 0,00 42.207,42 0,00 67.617,99 -25.410,57
1.7.1.8.10.9.1.18.00. 423 CONV FED-PMCMV COND RES CHACARA FLORES 2 0,00 0,00 0,00 0,00 68.944,90 -68.944,90
1.7.1.8.10.9.1.19.00. 424 CONV FED-PMCMV- RESID. ARVOREDO 108.000,00 0,00 108.000,00 0,00 110.364,61 -2.364,61
1.7.1.8.10.9.1.20.00. 425 CONV FED-PMCMV RESID MONTE VERDE II 38.289,34 0,00 38.289,34 0,00 198.793,60 -160.504,26
1.7.1.8.10.9.1.21.00. 426 CONV FED-PMCMV RES. MONTE VERDE III 26.000,00 61.018,50 87.018,50 0,00 126.842,33 -39.823,83
1.7.1.8.10.9.1.22.00. 864 CONV FED-PMCMV COND RES CHACARA FLORES 2 65.100,79 0,00 65.100,79 0,00 0,00 65.100,79
1.7.1.8.10.9.1.23.00. 865 CONV FED-PMCMV COND RES JD TV 93.296,19 0,00 93.296,19 0,00 0,00 93.296,19
1.7.1.8.10.9.1.24.00. 867 CONV FED - PMCMV RES TRES AMERICAS II 39.000,00 0,00 39.000,00 0,00 0,00 39.000,00
1.7.1.8.99.0.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO 1.086.799,63 0,00 1.086.799,63 0,00 679.000,00 0,00
1.7.1.8.99.1.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO 1.086.799,63 0,00 1.086.799,63 0,00 679.000,00 0,00
1.7.1.8.99.1.1.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO - PRINCIPAL 1.086.799,63 0,00 1.086.799,63 0,00 679.000,00 0,00
1.7.1.8.99.1.1.02.00. 861 FPM - MP 815/17 APOIO ENTES 407.549,86 0,00 407.549,86 0,00 0,00 407.549,86
1.7.1.8.99.1.1.05.00. 862 FPM - MP 815/17 APOIO FINANC SAÚDE 679.249,77 -679.249,77 0,00 0,00 679.000,00 -679.000,00
1.7.1.8.99.1.1.06.00. 881 RECURSO AFM SAÚDE 0,00 679.249,77 679.249,77 0,00 0,00 679.249,77
1.7.2.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS E DO DISTRITO FEDERAL E 227.055.679,07 18.312.292,98 245.367.972,05 234.899.546,00 240.941.363,24 0,00
1.7.2.8.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS - ESPECÍFICA E/M 227.055.679,07 18.312.292,98 245.367.972,05 234.899.546,00 240.941.363,24 0,00
1.7.2.8.01.0.0.00.00. PARTICIPAÇÃO NA RECEITA DOS ESTADOS 208.773.776,86 16.289.967,50 225.063.744,36 217.751.123,00 218.798.702,97 0,00
1.7.2.8.01.1.0.00.00. COTA-PARTE DO ICMS 142.237.293,04 13.646.190,27 155.883.483,31 146.525.348,00 147.541.348,00 0,00
9.7.2.8.01.1.1.00.00. 758 COTA-PARTE DO ICMS - PRINCIPAL -35.559.323,01 -3.411.547,56 -38.970.870,57 -36.631.337,00 -36.631.337,00 -2.339.533,57
1.7.2.8.01.1.1.00.00. 428 COTA-PARTE DO ICMS - PRINCIPAL 177.796.616,05 17.057.737,83 194.854.353,88 183.156.685,00 184.172.685,00 10.681.668,88
1.7.2.8.01.2.0.00.00. COTA-PARTE DO IPVA 63.632.165,42 2.304.722,14 65.936.887,56 68.048.772,00 68.048.772,00 0,00
9.7.2.8.01.2.1.00.00. 759 COTA-PARTE DO IPVA - PRINCIPAL -15.911.836,64 -576.180,54 -16.488.017,18 -17.012.193,00 -17.012.193,00 524.175,82
1.7.2.8.01.2.1.00.00. 429 COTA-PARTE DO IPVA - PRINCIPAL 79.544.002,06 2.880.902,68 82.424.904,74 85.060.965,00 85.060.965,00 -2.636.060,26
1.7.2.8.01.3.0.00.00. COTA-PARTE DO IPI - MUNICÍPIOS 1.144.208,17 107.492,05 1.251.700,22 992.908,00 992.908,00 0,00
9.7.2.8.01.3.1.00.00. 760 COTA-PARTE DO IPI - MUNICÍPIOS - PRINCIPAL -286.052,07 -26.873,02 -312.925,09 -248.227,00 -248.227,00 -64.698,09
1.7.2.8.01.3.1.00.00. 430 COTA-PARTE DO IPI - MUNICÍPIOS - PRINCIPAL 1.430.260,24 134.365,07 1.564.625,31 1.241.135,00 1.241.135,00 323.490,31
1.7.2.8.01.4.0.00.00. COTA-PARTE DA CONTRIBUIÇÃO DE INTERVENÇÃO NO DOMÍN 377.475,06 0,00 377.475,06 584.600,00 584.600,00 0,00
1.7.2.8.01.4.1.00.00. 431 COTA-PARTE DA CONTRIBUIÇÃO DE INTERVENÇÃO NO DOMÍN 377.475,06 0,00 377.475,06 584.600,00 584.600,00 -207.124,94
1.7.2.8.01.9.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS 1.382.635,17 231.563,04 1.614.198,21 1.599.495,00 1.631.074,97 0,00
1.7.2.8.01.9.1.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS - PRINCIPAL 1.382.635,17 231.563,04 1.614.198,21 1.599.495,00 1.631.074,97 0,00
1.7.2.8.01.9.1.01.00. 432 DRADS - REDE DE PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL 728.653,00 146.269,44 874.922,44 848.935,00 880.376,00 -5.453,56
1.7.2.8.01.9.1.02.00. 433 DRADS - REDE DE PROTEÇÃO SOCIAL BASICA 416.850,00 38.400,00 455.250,00 468.125,00 468.125,00 -12.875,00
1.7.2.8.01.9.1.03.00. 434 DRADS - FEAS - CREAS - ESTADUAL 0,00 0,00 0,00 19.850,00 19.850,00 -19.850,00
1.7.2.8.01.9.1.04.00. 435 DRADS - FEAS - LA - ESTADUAL 0,00 0,00 0,00 23.255,00 23.255,00 -23.255,00
1.7.2.8.01.9.1.05.00. 436 BANCO POVO PAULISTA - PRÊMIO SERVIDOR 2.664,17 0,00 2.664,17 180,00 318,97 2.345,20
1.7.2.8.01.9.1.06.00. 437 DRADS - REDE PROT.SOC. ESP. M. COMPL 234.468,00 46.893,60 281.361,60 239.150,00 239.150,00 42.211,60
1.7.2.8.02.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIA DA COTA-PARTE DA COMPENSAÇÃO FINANCE 972.369,81 114.830,28 1.087.200,09 704.525,00 704.525,00 0,00
1.7.2.8.02.3.0.00.00. COTA-PARTE ROYALTIES - COMPENSAÇÃO FINANCEIRA PELA 972.369,81 114.830,28 1.087.200,09 704.525,00 704.525,00 0,00
1.7.2.8.02.3.1.00.00. COTA-PARTE ROYALTIES - COMPENSAÇÃO FINANCEIRA PELA 972.369,81 114.830,28 1.087.200,09 704.525,00 704.525,00 0,00
1.7.2.8.02.3.1.01.00. 438 COTA-PARTE ROYALTIES COMP FIN PROD PETRÓLEO - SAÚD 243.092,45 28.707,57 271.800,02 176.125,00 176.125,00 95.675,02
1.7.2.8.02.3.1.02.00. 439 COTA-PARTE ROYALTIES COMP FIN PROD PETRÓLEO - EDUC 729.277,36 86.122,71 815.400,07 528.400,00 528.400,00 287.000,07
1.7.2.8.03.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO ESTADO PARA PROGRAMAS 2.049.537,00 277.026,00 2.326.563,00 3.466.423,00 3.466.423,00 0,00
1.7.2.8.03.1.0.00.00. TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO ESTADO PARA PROGRAMAS 2.049.537,00 277.026,00 2.326.563,00 3.466.423,00 3.466.423,00 0,00
1.7.2.8.03.1.1.00.00. TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO ESTADO PARA PROGRAMAS 2.049.537,00 277.026,00 2.326.563,00 3.466.423,00 3.466.423,00 0,00
1.7.2.8.03.1.1.01.00. 440 CONTROLE DE GLICEMIA - SS 229.613,00 0,00 229.613,00 274.965,00 274.965,00 -45.352,00
1.7.2.8.03.1.1.02.00. 441 DOSE CERTA FUNDO A FUNDO 682.402,00 0,00 682.402,00 965.220,00 965.220,00 -282.818,00
1.7.2.8.03.1.1.03.00. 442 COMBATE AO AEDES AEGYPTI 31.200,00 0,00 31.200,00 200.750,00 200.750,00 -169.550,00
1.7.2.8.03.1.1.04.00. 443 PROGRAMA NUTRICIONAL DE SUP. ALIMENTAR 0,00 0,00 0,00 534.785,00 534.785,00 -534.785,00
1.7.2.8.03.1.1.06.00. 444 PAB ESTADUAL 1.106.322,00 277.026,00 1.383.348,00 1.490.703,00 1.490.703,00 -107.355,00
1.7.2.8.10.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIA DE CONVÊNIOS DOS ESTADOS E DO DISTRI 15.259.995,40 1.630.469,20 16.890.464,60 12.977.475,00 17.971.712,27 0,00
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 17

1.7.2.8.10.2.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIO DOS ESTADOS DESTINADAS 14.335.325,40 1.630.469,20 15.965.794,60 12.977.475,00 12.977.475,00 0,00
1.7.2.8.10.2.1.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIO DOS ESTADOS DESTINADAS 14.335.325,40 1.630.469,20 15.965.794,60 12.977.475,00 12.977.475,00 0,00
1.7.2.8.10.2.1.01.00. 445 CONV SEC EST EDUCAÇÃO TRANSPORTE DE ALUNOS 7.560.816,60 877.746,00 8.438.562,60 8.099.665,00 8.099.665,00 338.897,60
1.7.2.8.10.2.1.02.00. 446 CONV SEC EDUCAÇÃO EST - MERENDA FUNDAMENTAL 3.787.880,40 420.875,60 4.208.756,00 2.790.500,00 2.790.500,00 1.418.256,00
1.7.2.8.10.2.1.03.00. 447 CONV SEC EDUCAÇÃO ESTADO - MERENDA EJA 51.098,40 5.677,60 56.776,00 14.345,00 14.345,00 42.431,00
1.7.2.8.10.2.1.04.00. 448 CONV SEC EDUCAÇÃO ESTADUAL - MERENDA ENSINO MEDIO 1.596.063,60 177.340,40 1.773.404,00 1.424.000,00 1.424.000,00 349.404,00
1.7.2.8.10.2.1.05.00. 449 CONV.SEC.EDUCAÇAO EST. MERENDA FUND.INTEGRAL 183.484,80 20.387,20 203.872,00 139.850,00 139.850,00 64.022,00
1.7.2.8.10.2.1.06.00. 450 CONV.SEC.EDUC EST. MERENDA ENSINO MEDIO INTEGRAL 552.441,60 61.382,40 613.824,00 246.620,00 246.620,00 367.204,00
1.7.2.8.10.2.1.07.00. 451 CONV.SEC.EDUC EST. MERENDA ENS MEDIO ETEC REG 51.098,40 5.677,60 56.776,00 134.895,00 134.895,00 -78.119,00
1.7.2.8.10.2.1.08.00. 452 CONV.SEC.EDUC EST. MERENDA ENS MEDIO ETEC INTEG 552.441,60 61.382,40 613.824,00 127.600,00 127.600,00 486.224,00
1.7.2.8.10.9.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIO DOS ESTADOS 924.670,00 0,00 924.670,00 0,00 4.994.237,27 0,00
1.7.2.8.10.9.1.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIO DOS ESTADOS - PR 924.670,00 0,00 924.670,00 0,00 4.994.237,27 0,00
1.7.2.8.10.9.1.02.00. 453 FEHIDRO - CONV 372/15 - PAU D'ALHO 32.400,00 0,00 32.400,00 0,00 0,00 32.400,00
1.7.2.8.10.9.1.04.00. 826 CONV EST - MOV. SEG. TRANSITO- SERVIÇOS 0,00 0,00 0,00 0,00 988.937,27 -988.937,27
1.7.2.8.10.9.1.05.00. 827 CONV EST - MOV. SEG. TRANSITO - CONSUMO 0,00 0,00 0,00 0,00 5.300,00 -5.300,00
1.7.2.8.10.9.1.06.00. 859 CONV. ESTADUAL RECAPE 800.000,00 0,00 800.000,00 0,00 4.000.000,00 -3.200.000,00
1.7.2.8.10.9.1.07.00. 868 CONV EST - COSTURANDO O FUTURO 74.422,00 0,00 74.422,00 0,00 0,00 74.422,00
1.7.2.8.10.9.1.08.00. 869 CONV EST - NATAL ESPETACULAR 17.848,00 0,00 17.848,00 0,00 0,00 17.848,00
1.7.4.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE INSTITUIÇÕES PRIVADAS 465.723,39 106.156,11 571.879,50 150.370,00 150.370,00 0,00
1.7.4.0.00.1.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE INSTITUIÇÕES PRIVADAS 465.723,39 106.156,11 571.879,50 150.370,00 150.370,00 0,00
1.7.4.0.00.1.1.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE INSTITUIÇÕES PRIVADAS - PRINCIPA 465.723,39 106.156,11 571.879,50 150.370,00 150.370,00 0,00
1.7.4.0.00.1.1.01.00. 455 FDO MUN CRIA/ADOL - DOAÇÃO INST. PRIVADAS 67.950,05 5.473,23 73.423,28 150.370,00 150.370,00 -76.946,72
1.7.4.0.00.1.1.02.00. 866 DOAÇÃO PESSOA JURÍDICA - BOMBEIROS 389.155,30 0,00 389.155,30 0,00 0,00 389.155,30
1.7.4.0.00.1.1.03.00. 456 FUMPI - DOAÇÕES 8.618,04 100.682,88 109.300,92 0,00 0,00 109.300,92
1.7.5.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE OUTRAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS 89.059.684,77 8.269.517,85 97.329.202,62 92.376.600,00 92.376.600,00 0,00
1.7.5.8.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE OUTRAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS - E 89.059.684,77 8.269.517,85 97.329.202,62 92.376.600,00 92.376.600,00 0,00
1.7.5.8.01.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO FUNDO DE MANUTENÇÃO 89.059.684,77 8.269.517,85 97.329.202,62 92.376.600,00 92.376.600,00 0,00
1.7.5.8.01.1.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO FUNDO DE MANUTENÇÃO 89.059.684,77 8.269.517,85 97.329.202,62 92.376.600,00 92.376.600,00 0,00
1.7.5.8.01.1.1.00.00. 457 TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO FUNDO DE MANUTENÇÃO 89.059.684,77 8.269.517,85 97.329.202,62 92.376.600,00 92.376.600,00 4.952.602,62
1.7.7.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE PESSOAS FÍSICAS 41.865,38 30.000,00 71.865,38 52.835,00 52.835,00 0,00
1.7.7.0.00.1.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE PESSOAS FÍSICAS 41.865,38 30.000,00 71.865,38 52.835,00 52.835,00 0,00
1.7.7.0.00.1.1.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE PESSOAS FÍSICAS - PRINCIPAL 41.865,38 30.000,00 71.865,38 52.835,00 52.835,00 0,00
1.7.7.0.00.1.1.01.00. 458 FDO MUN CRIA/ADOL - DOAÇÃO P. FÍSICA 41.865,38 30.000,00 71.865,38 52.835,00 52.835,00 19.030,38
TOTAL TRANSFERÊNCIAS CORRENTES 441.176.670,25 41.979.846,76 483.156.517,01 478.458.251,00 -3.374.535,78
1.9.0.0.00.0.0.00.00. OUTRAS RECEITAS CORRENTES 22.357.373,13 3.785.655,72 26.143.028,85 23.088.397,00 23.385.397,00 0,00
1.9.1.0.00.0.0.00.00. MULTAS ADMINISTRATIVAS, CONTRATUAIS E JUDICIAIS 9.161.357,31 2.551.390,21 11.712.747,52 10.847.023,00 10.847.023,00 0,00
1.9.1.0.01.0.0.00.00. MULTAS PREVISTAS EM LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA 8.960.662,57 2.508.523,77 11.469.186,34 10.228.751,00 10.228.751,00 0,00
1.9.1.0.01.1.0.00.00. MULTAS PREVISTAS EM LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA 8.960.662,57 2.508.523,77 11.469.186,34 10.228.751,00 10.228.751,00 0,00
1.9.1.0.01.1.1.00.00. MULTAS PREVISTAS EM LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA - PRINCI 8.960.662,57 2.508.523,77 11.469.186,34 10.228.751,00 10.228.751,00 0,00
1.9.1.0.01.1.1.15.00. MULTAS PREVISTAS NA LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO 8.946.340,27 2.507.691,10 11.454.031,37 10.227.226,00 10.227.226,00 0,00
1.9.1.0.01.1.1.15.01. 459 MULTAS ARRECADADAS TRANSITO 2.135.349,98 1.071.370,21 3.206.720,19 4.427.226,00 4.427.226,00 -1.220.505,81
1.9.1.0.01.1.1.15.02. 460 MULTAS ARRECADADAS LICENC ELETRÔNICO 6.810.990,29 1.436.320,89 8.247.311,18 5.800.000,00 5.800.000,00 2.447.311,18
1.9.1.0.01.1.1.99.00. OUTRAS MULTAS 14.322,30 832,67 15.154,97 1.525,00 1.525,00 0,00
1.9.1.0.01.1.1.99.01. 463 MULTAS E JUROS DEC DE ADIANTAMENTO SAÚDE - PMB 101,33 0,00 101,33 0,00 0,00 101,33
1.9.1.0.01.1.1.99.04. 464 MULTAS PROCON - PMB 13.584,73 796,68 14.381,41 0,00 0,00 14.381,41
1.9.1.0.01.1.1.99.08. 468 MULTAS E JUR DEC ADIANT - PMB 636,24 0,00 636,24 1.450,00 1.450,00 -813,76
1.9.1.0.01.1.1.99.09. 469 MULTAS E JUROS DEC ADIANT EDUCAÇÃO - PMB 0,00 35,99 35,99 0,00 0,00 35,99
1.9.1.0.01.1.1.99.12. 471 MULTAS JUROS DEC ADIANT- BLVGS VIG SAÚDE 0,00 0,00 0,00 75,00 75,00 -75,00
1.9.1.0.09.0.0.00.00. MULTAS E JUROS PREVISTOS EM CONTRATOS 200.694,74 42.866,44 243.561,18 618.272,00 618.272,00 0,00
1.9.1.0.09.1.0.00.00. MULTAS E JUROS PREVISTOS EM CONTRATOS 200.694,74 42.866,44 243.561,18 618.272,00 618.272,00 0,00
1.9.1.0.09.1.1.00.00. MULTAS E JUROS PREVISTOS EM CONTRATOS - PRINCIPAL 200.694,74 42.866,44 243.561,18 618.272,00 618.272,00 0,00
1.9.1.0.09.1.1.01.00. 472 MULTAS E JUROS PREVISTOS EM CONTRATOS PMB 123.975,72 1.247,43 125.223,15 521.500,00 521.500,00 -396.276,85
1.9.1.0.09.1.1.02.00. 473 MULTAS E JUROS PREVISTOS EM CONTRATOS DAE 55.201,50 36.486,37 91.687,87 86.870,00 86.870,00 4.817,87
1.9.1.0.09.1.1.03.00. 474 MULTAS E JUROS PREVISTOS EM CONTRATOS FUNPREV 0,00 0,00 0,00 7.000,00 7.000,00 -7.000,00
1.9.1.0.09.1.1.04.00. 475 MULTAS DIVERSOS CONTRATOS EMDURB 21.484,81 5.132,64 26.617,45 2.877,00 2.877,00 23.740,45
1.9.1.0.09.1.1.07.00. 478 MULTAS E JUR MORA PERM USO CENTRO ADMINISTRATIVO 32,71 0,00 32,71 25,00 25,00 7,71
1.9.2.0.00.0.0.00.00. INDENIZAÇÕES, RESTITUIÇÕES E RESSARCIMENTOS 2.389.685,75 52.090,28 2.441.776,03 1.674.833,00 1.971.833,00 0,00
1.9.2.1.00.0.0.00.00. INDENIZAÇÕES 14.255,47 1.165,21 15.420,68 26.720,00 26.720,00 0,00
1.9.2.1.01.0.0.00.00. INDENIZAÇÕES POR DANOS CAUSADOS AO PATRIMÔNIO PÚBL 14.178,99 1.165,21 15.344,20 26.720,00 26.720,00 0,00
1.9.2.1.01.1.0.00.00. INDENIZAÇÕES POR DANOS CAUSADOS AO PATRIMÔNIO PÚBL 14.178,99 1.165,21 15.344,20 26.720,00 26.720,00 0,00
1.9.2.1.01.1.1.00.00. INDENIZAÇÕES POR DANOS CAUSADOS AO PATRIMÔNIO PÚBL 14.178,99 1.165,21 15.344,20 26.720,00 26.720,00 0,00
1.9.2.1.01.1.1.01.00. 479 INDENIZAÇÃO POR DANOS CAUSADOS PAT PUB - PMB 14.178,99 1.165,21 15.344,20 26.720,00 26.720,00 -11.375,80
1.9.2.1.99.0.0.00.00. OUTRAS INDENIZAÇÕES 76,48 0,00 76,48 0,00 0,00 0,00
1.9.2.1.99.1.0.00.00. OUTRAS INDENIZAÇÕES 76,48 0,00 76,48 0,00 0,00 0,00
1.9.2.1.99.1.1.00.00. OUTRAS INDENIZAÇÕES - PRINCIPAL 76,48 0,00 76,48 0,00 0,00 0,00
1.9.2.1.99.1.1.02.00. 482 OUTRAS INDENIZAÇÕES - PMB 76,48 0,00 76,48 0,00 0,00 76,48
1.9.2.2.00.0.0.00.00. RESTITUIÇÕES 2.338.446,10 50.925,07 2.389.371,17 1.648.113,00 1.945.113,00 0,00
1.9.2.2.01.0.0.00.00. RESTITUIÇÃO DE CONVÊNIOS 34.734,73 0,00 34.734,73 99.675,00 99.675,00 0,00
1.9.2.2.01.1.0.00.00. RESTITUIÇÃO DE CONVÊNIOS - PRIMÁRIAS 34.734,73 0,00 34.734,73 99.675,00 99.675,00 0,00

1.9.2.2.01.1.1.00.00. RESTITUIÇÃO DE CONVÊNIOS - PRIMÁRIAS - PRINCIPAL 34.734,73 0,00 34.734,73 99.675,00 99.675,00 0,00
1.9.2.2.01.1.1.01.00. 483 RESTITUIÇÃO - GBF - GESTAO BOLSA FAMILIA 0,00 0,00 0,00 15,00 15,00 -15,00
1.9.2.2.01.1.1.02.00. 484 RESTITUIÇÃO - REDE DE PROT ESPECIAL 1.110,61 0,00 1.110,61 5.205,00 5.205,00 -4.094,39
1.9.2.2.01.1.1.03.00. 808 RESTITUIÇÃO - REDE PROT.SOC. ESP. M. COMPL 452,53 0,00 452,53 0,00 0,00 452,53
1.9.2.2.01.1.1.04.00. 485 RESTITUIÇÃO - BL PISO SOCIAL BASICO 25.841,35 0,00 25.841,35 31.135,00 31.135,00 -5.293,65
1.9.2.2.01.1.1.05.00. 829 RESTITUIÇÃO - FDO M SAÚDE-FNS BL AT.BASICA 112,50 0,00 112,50 0,00 0,00 112,50
1.9.2.2.01.1.1.07.00. 487 RESTITUIÇÃO - PROG.REDE P.S.BASICA 85,67 0,00 85,67 45.965,00 45.965,00 -45.879,33
1.9.2.2.01.1.1.09.00. 857 RESTITUIÇÃO - PISO SOCIAL ESPEC. - MEDIA COMPLEX 622,66 0,00 622,66 0,00 0,00 622,66
1.9.2.2.01.1.1.11.00. 488 RESTITUIÇÃO - PISO SOCIAL ESPEC. - ALTA COMPLEX 6.509,41 0,00 6.509,41 17.355,00 17.355,00 -10.845,59
1.9.2.2.99.0.0.00.00. OUTRAS RESTITUIÇÕES 2.303.711,37 50.925,07 2.354.636,44 1.548.438,00 1.845.438,00 0,00
1.9.2.2.99.1.0.00.00. OUTRAS RESTITUIÇÕES 2.303.711,37 50.925,07 2.354.636,44 1.548.438,00 1.845.438,00 0,00
1.9.2.2.99.1.1.00.00. OUTRAS RESTITUIÇÕES - PRINCIPAL 2.303.711,37 50.925,07 2.354.636,44 1.548.438,00 1.845.438,00 0,00
1.9.2.2.99.1.1.01.00. 489 REST DE BENEFÍCIOS NÃO DESEMBOLSADOS - DAE 172.109,15 5.189,77 177.298,92 47.487,00 47.487,00 129.811,92
1.9.2.2.99.1.1.02.00. 490 RESTITUIÇÃO GERAL - PMB 1.013.042,44 37.643,56 1.050.686,00 375.650,00 672.650,00 378.036,00
1.9.2.2.99.1.1.03.00. 491 RESTITUIÇÃO DEVOL. ADIANTAMENTO - PMB 14.678,30 102,14 14.780,44 10.950,00 10.950,00 3.830,44
1.9.2.2.99.1.1.04.00. 492 OUTRAS RESTITUIÇÕES - FUNPREV 110.676,02 5.517,16 116.193,18 138.000,00 138.000,00 -21.806,82
1.9.2.2.99.1.1.05.00. 493 RESTITUIÇÃO REEMBOLSO DILIGÊNCIA - AR PMB 2.007,15 169,05 2.176,20 34.680,00 34.680,00 -32.503,80
1.9.2.2.99.1.1.06.00. 494 RESTITUIÇÃO DEVOL. PMB - VALE COMPRA 16.491,14 1.693,06 18.184,20 27.075,00 27.075,00 -8.890,80
1.9.2.2.99.1.1.07.00. 495 RESTITUIÇÃO FDO DES. ESPORTIVO - FMDE 6.362,82 0,00 6.362,82 38.585,00 38.585,00 -32.222,18
1.9.2.2.99.1.1.08.00. 496 RESTITUIÇÃO - FDO MUN. SAUDE 20.318,91 0,00 20.318,91 60.145,00 60.145,00 -39.826,09
1.9.2.2.99.1.1.09.00. 497 RESTITUIÇÃO DEVOL ADIANT - FNS AIDS 0,00 0,00 0,00 25,00 25,00 -25,00
1.9.2.2.99.1.1.10.00. 498 RESTITUIÇÃO DEVOL ADIANT. FDO M ZOOLOGICO 3,00 0,00 3,00 565,00 565,00 -562,00
1.9.2.2.99.1.1.11.00. 499 RESTITUIÇÃO DEVOL ADIANT - BLVGS VIG SAÚDE 0,00 0,00 0,00 540,00 540,00 -540,00
1.9.2.2.99.1.1.12.00. 500 REST FMD CRIAN/ADOL DOAÇÃO IRRF 14.141,27 33,13 14.174,40 2.770,00 2.770,00 11.404,40
1.9.2.2.99.1.1.13.00. 771 RESTITUIÇÃO DEVOL ADIAN - SAUDE TAXAS 386,53 0,00 386,53 0,00 0,00 386,53
1.9.2.2.99.1.1.14.00. 501 RESTITUIÇÃO - FDO M. ASSISTENCIA SOCIAL 412.862,10 0,00 412.862,10 591.000,00 591.000,00 -178.137,90
1.9.2.2.99.1.1.15.00. 502 RESTITUIÇÃO EDUCAÇÃO 180.759,70 0,00 180.759,70 27.650,00 27.650,00 153.109,70
1.9.2.2.99.1.1.16.00. 503 RESTITUIÇÃO - FDO ASSIST SOCIAL - RAFAEL MAURICIO 12.202,01 0,00 12.202,01 3.100,00 3.100,00 9.102,01
1.9.2.2.99.1.1.17.00. 778 RESTITUIÇÃO - FUMPI 237,32 0,00 237,32 0,00 0,00 237,32
1.9.2.2.99.1.1.18.00. 839 REST DEVOL ADIANT - MAC SAUDE DO TRABALHADOR 16,45 0,00 16,45 0,00 0,00 16,45
1.9.2.2.99.1.1.19.00. 504 RESTITUIÇÃO - LAR ESC RAFAEL MAURICIO PROC 9610/12 43.127,38 0,00 43.127,38 11.055,00 11.055,00 32.072,38
1.9.2.2.99.1.1.20.00. 505 RESTITUIÇÃO DEVOL ADIANT - FMDCA 1.251,56 0,00 1.251,56 160,00 160,00 1.091,56
1.9.2.2.99.1.1.21.00. 876 RESTITUIÇÃO DEVOL ADIANT - CUSTEIO A. S. PUB. SAÚD 225,53 45,69 271,22 0,00 0,00 271,22
1.9.2.2.99.1.1.22.00. 506 RESTITUIÇÃO DEVOL ADIANT - BL MAC 0,00 0,00 0,00 35.415,00 35.415,00 -35.415,00
1.9.2.2.99.1.1.23.00. 507 OUTRAS RESTITUIÇÕES - EMDURB 4.379,12 290,80 4.669,92 4.611,00 4.611,00 58,92
1.9.2.2.99.1.1.24.00. 508 RESTITUIÇÃO DEVOL ADIANT - SAUDE 325,96 63,41 389,37 290,00 290,00 99,37
1.9.2.2.99.1.1.25.00. 880 MULTAS E JUROS DEC ADIANT - SAUDE TAXAS 0,00 23,90 23,90 0,00 0,00 23,90
1.9.2.2.99.1.1.26.00. 509 RESTITUIÇÃO DEVOL ADIANT- BOMBEIROS 0,00 33,65 33,65 0,00 0,00 33,65
1.9.2.2.99.1.1.32.00. 510 RESTITUIÇÃO - FDO MUN. ZOOLOGICO 0,00 0,00 0,00 870,00 870,00 -870,00
1.9.2.2.99.1.1.34.00. 511 RESTITUIÇÃO DEV. CONV. C/C 314-7 257,34 0,00 257,34 9.415,00 9.415,00 -9.157,66
1.9.2.2.99.1.1.37.00. 512 REST FMDCA RECURSOS PROPRIOS 277.618,51 0,00 277.618,51 128.400,00 128.400,00 149.218,51
1.9.2.2.99.1.1.38.00. 513 RESTITUIÇÃO DEVOL ADIANT - EDUCAÇÃO 231,66 119,75 351,41 0,00 0,00 351,41
1.9.2.3.00.0.0.00.00. RESSARCIMENTOS 36.984,18 0,00 36.984,18 0,00 0,00 0,00
1.9.2.3.99.0.0.00.00. OUTROS RESSARCIMENTOS 36.984,18 0,00 36.984,18 0,00 0,00 0,00
1.9.2.3.99.1.0.00.00. OUTROS RESSARCIMENTOS 36.984,18 0,00 36.984,18 0,00 0,00 0,00
1.9.2.3.99.1.1.00.00. OUTROS RESSARCIMENTOS - PRINCIPAL 36.984,18 0,00 36.984,18 0,00 0,00 36.984,18
1.9.9.0.00.0.0.00.00. DEMAIS RECEITAS CORRENTES 10.806.330,07 1.182.175,23 11.988.505,30 10.566.541,00 10.566.541,00 0,00
1.9.9.0.03.0.0.00.00. COMPENSAÇÕES FINANCEIRAS ENTRE O REGIME GERAL E OS 4.856.755,09 403.026,04 5.259.781,13 4.134.000,00 4.134.000,00 0,00
1.9.9.0.03.1.0.00.00. COMPENSAÇÕES FINANCEIRAS ENTRE O REGIME GERAL E OS 4.856.755,09 403.026,04 5.259.781,13 4.134.000,00 4.134.000,00 0,00
1.9.9.0.03.1.1.00.00. 514 COMPENSAÇÕES FINANCEIRAS ENTRE O REGIME GERAL E OS 4.856.755,09 403.026,04 5.259.781,13 4.134.000,00 4.134.000,00 1.125.781,13
1.9.9.0.12.0.0.00.00. ENCARGOS LEGAIS PELA INSCRIÇÃO EM DÍVIDA ATIVA E R 6.073,72 1.284,99 7.358,71 7.000,00 7.000,00 0,00
1.9.9.0.12.2.0.00.00. ÔNUS DE SUCUMBÊNCIA 6.073,72 1.284,99 7.358,71 7.000,00 7.000,00 0,00
1.9.9.0.12.2.1.00.00. ÔNUS DE SUCUMBÊNCIA - PRINCIPAL 6.073,72 1.284,99 7.358,71 7.000,00 7.000,00 0,00
1.9.9.0.12.2.1.01.00. 515 RECEITA DE ONUS DE SUCUMBENCIA FUNPREV 6.073,72 1.284,99 7.358,71 7.000,00 7.000,00 358,71
1.9.9.0.99.0.0.00.00. OUTRAS RECEITAS 5.943.501,26 777.864,20 6.721.365,46 6.425.541,00 6.425.541,00 0,00
1.9.9.0.99.1.0.00.00. OUTRAS RECEITAS - PRIMÁRIAS 5.943.501,26 777.864,20 6.721.365,46 6.425.541,00 6.425.541,00 0,00
1.9.9.0.99.1.1.00.00. OUTRAS RECEITAS - PRIMÁRIAS - PRINCIPAL 3.014.123,60 310.467,18 3.324.590,78 3.295.895,00 3.295.895,00 0,00
1.9.9.0.99.1.1.01.00. 516 FUNDO MUNICIPAL DE CULTURA 45.391,65 5.781,00 51.172,65 66.200,00 66.200,00 -15.027,35
1.9.9.0.99.1.1.02.00. 517 FUNDO MUNICIPAL DO ZOOLOGICO 889.380,00 76.600,00 965.980,00 1.022.140,00 1.022.140,00 -56.160,00
1.9.9.0.99.1.1.03.00. 518 FUNDO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE 4.306,31 474,21 4.780,52 5,00 5,00 4.775,52
1.9.9.0.99.1.1.04.00. 519 FUNDO DESENVOLVIMENTO ESPORTIVO - FMDE 14.740,36 5.150,00 19.890,36 21.460,00 21.460,00 -1.569,64
1.9.9.0.99.1.1.05.00. 520 FUNDO ESPECIAL DE DESPESA 24.654,68 1.300,14 25.954,82 14.500,00 14.500,00 11.454,82
1.9.9.0.99.1.1.06.00. 521 FUNDO MUN DIR CRIANÇA ADOLESCENTE - DEP JUDICIAL 85.628,60 39.104,49 124.733,09 19.650,00 19.650,00 105.083,09
1.9.9.0.99.1.1.07.00. 522 OUTRAS RECEITAS EMDURB 164.936,86 28.200,41 193.137,27 58.437,00 58.437,00 134.700,27
1.9.9.0.99.1.1.08.00. 523 OUTRAS RECEITAS - FUNPREV 0,00 0,00 0,00 7.000,00 7.000,00 -7.000,00
1.9.9.0.99.1.1.09.00. 524 OUTRAS RECEITAS SEGUNDA VIA CARTÃO FUNCIONAL - PMB 1.392,62 0,00 1.392,62 3.361,00 3.361,00 -1.968,38
1.9.9.0.99.1.1.10.00. 525 FUNDO M.DO ZOOLOGICO - ADOÇÃO 1.669,43 6.113,73 7.783,16 10.000,00 10.000,00 -2.216,84
1.9.9.0.99.1.1.13.00. 527 AUTO INFRAÇÃO - SEPLAN 749,44 0,00 749,44 0,00 0,00 749,44
1.9.9.0.99.1.1.15.00. 529 TAXA ADMINISTRAÇÃO DE CONVÊNIOS - ADM 90.916,63 8.134,71 99.051,34 110.362,00 110.362,00 -11.310,66
1.9.9.0.99.1.1.17.00. 530 FUNDO MUN DE AQ. ÁREAS OBRAS - DESENVOLVIMENTO 23.453,29 0,00 23.453,29 482.900,00 482.900,00 -459.446,71
18 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

1.9.9.0.99.1.1.22.00. 531 FMAS - TAXA 3,01% SODEXO PROC.24.142/11 0,00 0,00 0,00 207.940,00 207.940,00 -207.940,00
1.9.9.0.99.1.1.23.00. 532 FMAS - TAXA 5% - VALE ALIMENTAÇÃO 1.666.903,73 139.608,49 1.806.512,22 1.200.710,00 1.200.710,00 605.802,22
1.9.9.0.99.1.1.24.00. 533 OUTRA RECEITAS - FUNDO ASSIST. SOCIAL 0,00 0,00 0,00 71.230,00 71.230,00 -71.230,00
1.9.9.0.99.1.2.00.00. OUTRAS RECEITAS - PRIMÁRIAS - MULTAS E JUROS 1.581.654,43 172.499,55 1.754.153,98 375.417,00 375.417,00 0,00
1.9.9.0.99.1.2.01.00. 534 OUTRAS MULTAS JUROS MORA OUTRAS REC - DAE 1.553.529,55 172.472,95 1.726.002,50 328.139,00 328.139,00 1.397.863,50
1.9.9.0.99.1.2.02.00. 535 MULTAS ATRASO TRANSF.TITULARIDADE CEMITÉR - EMDURB 28.108,82 26,60 28.135,42 47.278,00 47.278,00 -19.142,58
1.9.9.0.99.1.2.07.00. 540 OUTRAS MULTAS JUR MORA REC SERV SAGRA-PMB 16,06 0,00 16,06 0,00 0,00 16,06
1.9.9.0.99.1.3.00.00. OUTRAS RECEITAS - PRIMÁRIAS - DÍVIDA ATIVA 1.347.671,80 294.897,47 1.642.569,27 2.700.594,00 2.700.594,00 0,00
1.9.9.0.99.1.3.01.00. 541 REC DIV ATIVA NÃO TRIB OUTRAS RECEITAS DAE 253.060,70 189.294,08 442.354,78 1.355.064,00 1.355.064,00 -912.709,22
1.9.9.0.99.1.3.02.00. 542 REC DIV ATIV NÃO TRIB OUTRAS RECEITAS PMB 48.096,10 2.013,43 50.109,53 59.050,00 59.050,00 -8.940,47
1.9.9.0.99.1.3.03.00. 543 AUTO DE INFRAÇÃO SAÚDE 310.460,47 38.398,14 348.858,61 231.093,00 231.093,00 117.765,61
1.9.9.0.99.1.3.04.00. 544 AUTO DE INFRAÇÃO SEMMA 76.553,59 8.697,84 85.251,43 33.495,00 33.495,00 51.756,43
1.9.9.0.99.1.3.05.00. 545 AUTO DE INFRAÇÃO SEPLAN 169.185,25 19.955,61 189.140,86 170.436,00 170.436,00 18.704,86
1.9.9.0.99.1.3.06.00. 546 DIV ATIV PERMISSÃO DE USO AREA PUBLICA 18.118,93 295,96 18.414,89 30.104,00 30.104,00 -11.689,11
1.9.9.0.99.1.3.07.00. 547 AUTO INFRAÇÃO PESSOAL 341.801,92 28.465,39 370.267,31 255.227,00 255.227,00 115.040,31
1.9.9.0.99.1.3.10.00. 550 RESTITUIÇÃO AO MUNICIPIO[RESSARCIMENTO] 121.866,91 7.312,06 129.178,97 559.593,00 559.593,00 -430.414,03
1.9.9.0.99.1.3.11.00. 551 INDENIZAÇÃO DANOS CAUSADOS AO PATR PUBLICO 7.659,00 464,96 8.123,96 6.151,00 6.151,00 1.972,96
1.9.9.0.99.1.3.13.00. 553 REC DIV ATIV REC DE SERV SAGRA - PMB 791,76 0,00 791,76 0,00 0,00 791,76
1.9.9.0.99.1.3.14.00. 554 AT MONET DE REC DIV AT NAO TRIB SAGRA - PMB 10,41 0,00 10,41 0,00 0,00 10,41
1.9.9.0.99.1.3.15.00. 555 DIV ATIV PERM USO - CENTRO ADMINISTRATIVO 62,96 0,00 62,96 369,00 369,00 -306,04
1.9.9.0.99.1.3.16.00. 556 AT MONE DIV AT PERM USO - CENTRO ADMINISTRATIVO 3,80 0,00 3,80 12,00 12,00 -8,20
1.9.9.0.99.1.4.00.00. OUTRAS RECEITAS - PRIMÁRIAS - DÍVIDA ATIVA - MULTA 51,43 0,00 51,43 53.635,00 53.635,00 0,00
1.9.9.0.99.1.4.01.00. 557 OUTRAS MULTAS E JUROS MORA DIV. ATIVA DE OUTRAS RE 0,00 0,00 0,00 53.500,00 53.500,00 -53.500,00
1.9.9.0.99.1.4.02.00. 558 OUTRAS MULT E JUR MORA DIV. ATIV DE OUTRAS REC - P 0,00 0,00 0,00 15,00 15,00 -15,00
1.9.9.0.99.1.4.03.00. 559 OUTRAS MULT E JUR MORA DIV. ATIV REC SERV SAGRA-PM 20,88 0,00 20,88 0,00 0,00 20,88
1.9.9.0.99.1.4.04.00. 560 MUL JUR MORA DIV ATIV PERM USO ADMINISTRATIVO 30,55 0,00 30,55 120,00 120,00 -89,45
TOTAL OUTRAS RECEITAS CORRENTES 22.357.373,13 3.785.655,72 26.143.028,85 23.088.397,00 2.757.631,85
TOTAL RECEITAS CORRENTES 966.944.935,44 91.671.307,55 1.058.616.242,99 1.107.903.359,00 1.116.966.780,79 -58.350.537,80
2.0.0.0.00.0.0.00.00. RECEITAS DE CAPITAL 25.565.295,36 1.876.342,86 27.441.638,22 119.032.734,00 120.818.339,84 0,00
2.1.0.0.00.0.0.00.00. OPERAÇÕES DE CRÉDITO 8.529.805,71 848.177,40 9.377.983,11 26.340.000,00 26.340.000,00 0,00
2.1.1.0.00.0.0.00.00. OPERAÇÕES DE CRÉDITO - MERCADO INTERNO 8.529.805,71 848.177,40 9.377.983,11 26.340.000,00 26.340.000,00 0,00
2.1.1.9.00.0.0.00.00. OUTRAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO - MERCADO INTERNO 8.529.805,71 848.177,40 9.377.983,11 26.340.000,00 26.340.000,00 0,00
2.1.1.9.00.1.0.00.00. OUTRAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO - MERCADO INTERNO 8.529.805,71 848.177,40 9.377.983,11 26.340.000,00 26.340.000,00 0,00
2.1.1.9.00.1.1.00.00. OUTRAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO - MERCADO INTERNO - PR 8.529.805,71 848.177,40 9.377.983,11 26.340.000,00 26.340.000,00 0,00
2.1.1.9.00.1.1.04.00. OPERAÇÕES DE CRÉDITO INTERNAS - CONTRATUAIS 8.456.006,17 815.862,25 9.271.868,42 24.840.000,00 24.840.000,00 0,00
2.1.1.9.00.1.1.04.99. OUTRAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO INTERNAS - CONTRATUAIS 8.456.006,17 815.862,25 9.271.868,42 24.840.000,00 24.840.000,00 0,00
2.1.1.9.00.1.1.04.99. 561 OUT OPER. CRED INT CON - PAC 2 PAV TANGARÁS 536.094,35 0,00 536.094,35 4.740.000,00 4.740.000,00 -4.203.905,65
2.1.1.9.00.1.1.04.99. 562 OUT OPER. CRED INT CON - PAC 2 PAV STA CANDIDA 958.939,48 113.426,46 1.072.365,94 3.000.000,00 3.000.000,00 -1.927.634,06
2.1.1.9.00.1.1.04.99. 563 OUT OPER. CRED INT CON - PAC 2 PAV DIV. BAIRROS 6.960.972,34 702.435,79 7.663.408,13 17.100.000,00 17.100.000,00 -9.436.591,87
2.1.1.9.00.1.1.09.00. OUTRAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO INTERNAS 73.799,54 32.315,15 106.114,69 1.500.000,00 1.500.000,00 0,00
2.1.1.9.00.1.1.09.02. 564 DEPÓSITOS JUDICICIAIS BB - PMB 73.799,54 32.315,15 106.114,69 1.500.000,00 1.500.000,00 -1.393.885,31
TOTAL OPERAÇÕES DE CRÉDITO 8.529.805,71 848.177,40 9.377.983,11 26.340.000,00 -16.962.016,89
2.2.0.0.00.0.0.00.00. ALIENAÇÃO DE BENS 261.211,87 850,00 262.061,87 152.752,00 152.752,00 0,00
2.2.1.0.00.0.0.00.00. ALIENAÇÃO DE BENS MÓVEIS 145.825,00 850,00 146.675,00 10.550,00 10.550,00 0,00
2.2.1.3.00.0.0.00.00. ALIENAÇÃO DE BENS MÓVEIS E SEMOVENTES 145.825,00 850,00 146.675,00 10.550,00 10.550,00 0,00
2.2.1.3.00.1.0.00.00. ALIENAÇÃO DE BENS MÓVEIS E SEMOVENTES 145.825,00 850,00 146.675,00 10.550,00 10.550,00 0,00
2.2.1.3.00.1.1.00.00. ALIENAÇÃO DE BENS MÓVEIS E SEMOVENTES - PRINCIPAL 145.825,00 850,00 146.675,00 10.550,00 10.550,00 0,00
2.2.1.3.00.1.1.03.00. 565 ALIENAÇÃO BENS INSERVIVEIS PMB 145.825,00 850,00 146.675,00 10.550,00 10.550,00 136.125,00
2.2.2.0.00.0.0.00.00. ALIENAÇÃO DE BENS IMÓVEIS 115.386,87 0,00 115.386,87 142.202,00 142.202,00 0,00
2.2.2.0.00.1.0.00.00. ALIENAÇÃO DE BENS IMÓVEIS 115.386,87 0,00 115.386,87 142.202,00 142.202,00 0,00
2.2.2.0.00.1.2.00.00. ALIENAÇÃO DE BENS IMÓVEIS - MULTAS E JUROS 115.386,87 0,00 115.386,87 142.202,00 142.202,00 0,00
2.2.2.0.00.1.2.01.00. 566 ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS URBANOS - PMB 13.419,03 0,00 13.419,03 0,00 0,00 13.419,03
2.2.2.0.00.1.2.02.00. 567 ALIENAÇÃO DE IMOVEIS URBANOS PMB - PARCELAMENTO 81.779,87 0,00 81.779,87 100.712,00 100.712,00 -18.932,13
2.2.2.0.00.1.2.03.00. 568 ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS URBANOS - FEPAC 20.187,97 0,00 20.187,97 41.490,00 41.490,00 -21.302,03
TOTAL ALIENAÇÃO DE BENS 261.211,87 850,00 262.061,87 152.752,00 109.309,87
2.4.0.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL 16.774.277,78 1.027.315,46 17.801.593,24 92.539.982,00 94.325.587,84 0,00
2.4.1.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO E DE SUAS ENTIDADES 16.714.277,78 1.027.315,46 17.741.593,24 88.965.982,00 90.120.705,00 0,00
2.4.1.8.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO 16.714.277,78 1.027.315,46 17.741.593,24 88.965.982,00 90.120.705,00 0,00
2.4.1.8.03.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚ 1.701.880,00 0,00 1.701.880,00 3.174.897,00 3.459.620,00 0,00
2.4.1.8.03.1.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚ 1.701.880,00 0,00 1.701.880,00 3.174.897,00 3.459.620,00 0,00
2.4.1.8.03.1.1.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚ 1.701.880,00 0,00 1.701.880,00 3.174.897,00 3.459.620,00 0,00
2.4.1.8.03.1.1.01.00. 569 CONV FED - CONSTRUÇÃO DE UNIDADES DE SAÚDE 0,00 0,00 0,00 2.000.000,00 2.000.000,00 -2.000.000,00
2.4.1.8.03.1.1.02.00. 570 FNS-ESTRUT. REDE SERV. ATENÇÃO BÁSICA DE SAUDE 0,00 0,00 0,00 1.174.897,00 1.174.897,00 -1.174.897,00
2.4.1.8.03.1.1.03.00. 805 Investimentos na Rede de Serviços Publicos de Saúd 12.000,00 0,00 12.000,00 0,00 0,00 12.000,00
2.4.1.8.03.1.1.04.00. 844 HERCULANO/SERGIO/ANTONIO 499.970,00 0,00 499.970,00 0,00 2.524,00 497.446,00
2.4.1.8.03.1.1.05.00. 845 E. GESTOR - GASPARINI 25.000,00 0,00 25.000,00 0,00 0,00 25.000,00
2.4.1.8.03.1.1.06.00. 846 E. GESTOR - NOVA ESPERANÇA 25.000,00 0,00 25.000,00 0,00 0,00 25.000,00
2.4.1.8.03.1.1.07.00. 847 E. GESTOR - JUSSARA/CELINA 25.000,00 0,00 25.000,00 0,00 0,00 25.000,00
2.4.1.8.03.1.1.08.00. 848 CAPITÃO AUGUSTO 200.000,00 0,00 200.000,00 0,00 0,00 200.000,00
2.4.1.8.03.1.1.09.00. 849 ORLANDO SILVA 384.980,00 0,00 384.980,00 0,00 1.144,00 383.836,00
2.4.1.8.03.1.1.10.00. 850 CASTRAMOVEL 120.000,00 0,00 120.000,00 0,00 120.000,00 0,00
2.4.1.8.03.1.1.11.00. 851 MARTA SUPLICY - CAPS AD III 50.000,00 0,00 50.000,00 0,00 0,00 50.000,00
2.4.1.8.03.1.1.12.00. 852 MARTA SUPLICY - CAPS I 149.940,00 0,00 149.940,00 0,00 1.055,00 148.885,00
2.4.1.8.03.1.1.13.00. 853 MARTA SUPLICY - BANCO DE LEITE 49.990,00 0,00 49.990,00 0,00 0,00 49.990,00
2.4.1.8.03.1.1.14.00. 854 PROGRAMA E. GESTOR - UTP I 80.000,00 0,00 80.000,00 0,00 80.000,00 0,00
2.4.1.8.03.1.1.15.00. 855 PROGRAMA E. GESTOR - UPT II 80.000,00 0,00 80.000,00 0,00 80.000,00 0,00
2.4.1.8.05.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DESTINADOS A PROGRAMAS 0,00 0,00 0,00 3.263.000,00 3.263.000,00 0,00
2.4.1.8.05.1.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DESTINADOS A PROGRAMAS 0,00 0,00 0,00 3.263.000,00 3.263.000,00 0,00
2.4.1.8.05.1.1.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS DESTINADOS A PROGRAMAS 0,00 0,00 0,00 3.263.000,00 3.263.000,00 0,00
2.4.1.8.05.1.1.06.00. 571 FNDE CONST ESC. PRO INFANCIA - JARDIM IVONE 0,00 0,00 0,00 658.000,00 658.000,00 -658.000,00
2.4.1.8.05.1.1.07.00. 572 FNDE CONSTRUÇÃO DE ESCOLAS PRO INFANCIA - FOTUNATO 0,00 0,00 0,00 658.000,00 658.000,00 -658.000,00
2.4.1.8.05.1.1.08.00. 573 FNDE CONSTRUÇÃO DE ESCOLAS PRO INFANCIA - TANGARÁS 0,00 0,00 0,00 658.000,00 658.000,00 -658.000,00
2.4.1.8.05.1.1.09.00. 574 FNDE CONST ESC. PRO INFANCIA - QUINTA RANIERI 0,00 0,00 0,00 1.000.000,00 1.000.000,00 -1.000.000,00
2.4.1.8.05.1.1.10.00. 575 FNDE CONST ESC. PRO INFANCIA - BURITIS 0,00 0,00 0,00 289.000,00 289.000,00 -289.000,00
2.4.1.8.10.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIA DE CONVÊNIOS DA UNIÃO E DE SUAS ENTI 14.942.448,71 1.000.000,00 15.942.448,71 82.287.885,00 83.157.885,00 0,00
2.4.1.8.10.9.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS DA UNIÃO 14.942.448,71 1.000.000,00 15.942.448,71 82.287.885,00 83.157.885,00 0,00
2.4.1.8.10.9.1.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS DA UNIÃO - PRIN 14.942.448,71 1.000.000,00 15.942.448,71 82.287.885,00 83.157.885,00 0,00
2.4.1.8.10.9.1.01.00. 576 CONV FED - PAVIMENTAÇÃO - QUINTA BELA OLINDA 246.550,00 0,00 246.550,00 0,00 0,00 246.550,00
2.4.1.8.10.9.1.02.00. 577 CONV FED - CONSTRUÇÃO DE CENTRO COMUNITÁRIO 0,00 0,00 0,00 70.000,00 70.000,00 -70.000,00
2.4.1.8.10.9.1.03.00. 578 CONV FED - CONSTRUÇÃO DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE 13.834.629,19 1.000.000,00 14.834.629,19 68.690.625,00 68.690.625,00 -53.855.995,81
2.4.1.8.10.9.1.05.00. 580 CONV FED - PAVIMENTAÇÃO BAURU 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00 6.000.000,00 -6.000.000,00
2.4.1.8.10.9.1.07.00. 582 CONV. FED - DRENAGEM 0,00 0,00 0,00 600.000,00 600.000,00 -600.000,00
2.4.1.8.10.9.1.08.00. 583 CONV FED - CONSTRUÇÃO E AMPLIAÇÕES DE UNIDADES DE 0,00 0,00 0,00 400.000,00 400.000,00 -400.000,00
2.4.1.8.10.9.1.09.00. 584 CONV FED - CONSTRUÇÃO DE UNIDADES ESPORTIVAS 0,00 0,00 0,00 3.383.427,00 3.383.427,00 -3.383.427,00
2.4.1.8.10.9.1.10.00. 585 CONV FED - CONSTRUÇÃO INSFRAESTRUTURA RURAL 0,00 0,00 0,00 650.000,00 650.000,00 -650.000,00
2.4.1.8.10.9.1.11.00. CONV FED AMPLIAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE UNIDADES CULTUR 0,00 0,00 0,00 200.000,00 200.000,00 0,00
2.4.1.8.10.9.1.11.01. 586 CONV FED AMPLIAÇÃO E CONSTRUÇÃO DE UNIDADES CULTUR 0,00 0,00 0,00 200.000,00 200.000,00 -200.000,00
2.4.1.8.10.9.1.12.00. 588 CONV FED - AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS 0,00 0,00 0,00 210.000,00 210.000,00 -210.000,00
2.4.1.8.10.9.1.13.00. 589 CONV FED REESTRUTURAÇÃO DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA 0,00 0,00 0,00 1.000.000,00 1.000.000,00 -1.000.000,00
2.4.1.8.10.9.1.14.00. 814 CONV FED - RECAPE FLORIDA 98.620,00 0,00 98.620,00 0,00 0,00 98.620,00
2.4.1.8.10.9.1.15.00. 822 CONV FED - VIDEOMONITORAMENTO 0,00 0,00 0,00 0,00 300.000,00 -300.000,00
2.4.1.8.10.9.1.16.00. 823 CONV FED - VEÍCULO - MULHERES RURAIS 100.000,00 0,00 100.000,00 0,00 0,00 100.000,00
2.4.1.8.10.9.1.18.00. CONV FED - CONSTRUÇÃO PARA APOIO DESENVOLVIMENTO R 0,00 0,00 0,00 740.902,00 740.902,00 0,00
2.4.1.8.10.9.1.18.01. 591 CONV FED - CONSTRUÇÃO PARA APOIO DESENVOLVIMENTO R 0,00 0,00 0,00 590.902,00 590.902,00 -590.902,00
2.4.1.8.10.9.1.18.02. 590 CONV FED - CONSTRUÇÃO PARA APOIO DESENVOLVIMENTO R 0,00 0,00 0,00 150.000,00 150.000,00 -150.000,00
2.4.1.8.10.9.1.20.00. 825 CONV EST - RECAPE - RIO BRANCO 0,00 0,00 0,00 0,00 250.000,00 -250.000,00
2.4.1.8.10.9.1.21.00. 836 CONV EST - RECAPE - AV. LUIS EDMUNDO COUBE 0,00 0,00 0,00 0,00 320.000,00 -320.000,00
2.4.1.8.10.9.1.22.00. 841 CONV FED - E.PARL. V. VICENTINA - AUXÍLIO 140.000,00 0,00 140.000,00 0,00 0,00 140.000,00
2.4.1.8.10.9.1.23.00. 872 CONV FED - PAVIMENTAÇÃO VAL DE PALMAS 147.650,00 0,00 147.650,00 0,00 0,00 147.650,00
2.4.1.8.10.9.1.32.00. 594 MODERNIZAÇÃO PISTA DE ATLETISMO 0,00 0,00 0,00 42.931,00 42.931,00 -42.931,00
2.4.1.8.10.9.1.34.00. 595 AMPLIAÇÃO PRONTO SOCORRO CENTRAL 374.999,52 0,00 374.999,52 0,00 0,00 374.999,52
2.4.1.8.10.9.1.36.00. 597 CONV FED - MECANIZACAO AGRÍCOLA 0,00 0,00 0,00 250.000,00 250.000,00 -250.000,00
2.4.1.8.10.9.1.37.00. 598 CONV FED IMPLEMENTAÇÃO DE UNIDADES CULTURAIS 0,00 0,00 0,00 50.000,00 50.000,00 -50.000,00
2.4.1.8.99.0.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO 69.949,07 27.315,46 97.264,53 240.200,00 240.200,00 0,00
2.4.1.8.99.1.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO 69.949,07 27.315,46 97.264,53 240.200,00 240.200,00 0,00
2.4.1.8.99.1.1.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO - PRINCIPAL 69.949,07 27.315,46 97.264,53 240.200,00 240.200,00 0,00
2.4.1.8.99.1.1.02.00. 599 GBF - GESTAO BOLSA FAMILIA 69.949,07 27.315,46 97.264,53 240.200,00 240.200,00 -142.935,47
2.4.2.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS E DO DISTRITO FEDERAL E 60.000,00 0,00 60.000,00 3.574.000,00 4.204.882,84 0,00
2.4.2.8.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS, DISTRITO FEDERAL, E DE 60.000,00 0,00 60.000,00 3.574.000,00 4.204.882,84 0,00
2.4.2.8.10.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS DOS ESTADOS E DO DISTR 0,00 0,00 0,00 3.574.000,00 4.204.882,84 0,00
2.4.2.8.10.9.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIO DOS ESTADOS 0,00 0,00 0,00 3.574.000,00 4.204.882,84 0,00
2.4.2.8.10.9.1.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIO DOS ESTADOS - PR 0,00 0,00 0,00 3.574.000,00 4.204.882,84 0,00
2.4.2.8.10.9.1.03.00. 601 CONV EST - PROGRAMA CRECHE ESCOLA - MARY DOTA 0,00 0,00 0,00 1.974.000,00 1.974.000,00 -1.974.000,00
2.4.2.8.10.9.1.04.00. 602 CONV EST - CONSTRUÇÃO DE UNIDADES ESPORTIVAS 0,00 0,00 0,00 1.100.000,00 1.100.000,00 -1.100.000,00
2.4.2.8.10.9.1.05.00. CONV EST - RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS 0,00 0,00 0,00 300.000,00 300.000,00 0,00
2.4.2.8.10.9.1.05.01. 604 CONV EST - RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS 0,00 0,00 0,00 300.000,00 300.000,00 -300.000,00
2.4.2.8.10.9.1.06.00. CONV EST - CONST. E REURBANIZAÇÃO DE PARQUES - SE 0,00 0,00 0,00 200.000,00 200.000,00 0,00
2.4.2.8.10.9.1.06.01. 605 CONV EST - CONST. E REURBANIZAÇÃO DE PARQUES - SE 0,00 0,00 0,00 200.000,00 200.000,00 -200.000,00
2.4.2.8.10.9.1.09.00. 828 CONV EST- MOV. SEG. TRANSITO - EQUIPAM 0,00 0,00 0,00 0,00 310.882,84 -310.882,84
2.4.2.8.10.9.1.10.00. 834 CONV EST- CONSTR. PRAÇA MARY DOTA 0,00 0,00 0,00 0,00 200.000,00 -200.000,00
2.4.2.8.10.9.1.11.00. 835 CONV EST- REFORMA BOSQUE DO GEISEL 0,00 0,00 0,00 0,00 120.000,00 -120.000,00
2.4.2.8.99.0.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS 60.000,00 0,00 60.000,00 0,00 0,00 0,00
2.4.2.8.99.1.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS 60.000,00 0,00 60.000,00 0,00 0,00 0,00
2.4.2.8.99.1.1.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS - PRINCIPAL 60.000,00 0,00 60.000,00 0,00 0,00 0,00
2.4.2.8.99.1.1.01.00. 831 CONV EST - BLINV AQUIS VEICULO 60.000,00 0,00 60.000,00 0,00 0,00 60.000,00
TOTAL TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL 16.774.277,78 1.027.315,46 17.801.593,24 92.539.982,00 -76.523.994,60
TOTAL RECEITAS DE CAPITAL 25.565.295,36 1.876.342,86 27.441.638,22 119.032.734,00 120.818.339,84 -93.376.701,62
7.0.0.0.00.0.0.00.00. RECEITAS CORRENTES - INTRA OFSS 147.469.322,78 14.546.849,90 162.016.172,68 176.085.454,00 176.085.454,00 0,00
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 19

7.2.0.0.00.0.0.00.00. CONTRIBUIÇÕES - INTRA OFSS 75.061.869,48 6.572.689,86 81.634.559,34 95.137.375,00 95.137.375,00 0,00
7.2.1.0.00.0.0.00.00. CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS - INTRA OFSS 75.061.869,48 6.572.689,86 81.634.559,34 95.137.375,00 95.137.375,00 0,00
7.2.1.0.04.0.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO PARA O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA 75.061.869,48 6.572.689,86 81.634.559,34 95.137.375,00 95.137.375,00 0,00
7.2.1.0.04.1.0.00.00. CONTRIBUIÇÃO PATRONAL DE SERVIDOR ATIVO CIVIL PARA 75.061.869,48 6.572.689,86 81.634.559,34 95.137.375,00 95.137.375,00 0,00
7.2.1.0.04.1.1.00.00. CONTRIBUIÇÃO PATRONAL DE SERVIDOR ATIVO CIVIL PARA 75.061.869,48 6.572.689,86 81.634.559,34 95.089.375,00 95.089.375,00 0,00
7.2.1.0.04.1.1.01.00. CONTRIBUIÇÃO PATRONAL PARA O REGIME PRÓPRIO DE PRE 75.061.869,48 6.572.689,86 81.634.559,34 95.089.375,00 95.089.375,00 0,00
7.2.1.0.04.1.1.01.01. 609 CONTRIB PATR SERV ATIVO CIVIL - PMB INTRA ORÇAM 75.061.869,48 6.572.689,86 81.634.559,34 95.089.375,00 95.089.375,00 -13.454.815,66
7.2.1.0.04.1.2.00.00. CONTRIBUIÇÃO PATRONAL DE SERVIDOR ATIVO CIVIL PARA 0,00 0,00 0,00 48.000,00 48.000,00 0,00
7.2.1.0.04.1.2.03.00. 617 CONTRIB PATR DE SERV AT CIVIL PARA O RPPS - MULTAS 0,00 0,00 0,00 48.000,00 48.000,00 -48.000,00
TOTAL CONTRIBUIÇÕES - INTRA OFSS 75.061.869,48 6.572.689,86 81.634.559,34 95.137.375,00 -13.502.815,66
7.6.0.0.00.0.0.00.00. RECEITA DE SERVIÇOS - INTRA OFSS 51.759.707,17 5.966.697,67 57.726.404,84 57.383.079,00 57.383.079,00 0,00
7.6.1.0.00.0.0.00.00. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E COMERCIAIS GERAIS - INT 29.922.125,34 2.639.654,98 32.561.780,32 33.254.698,00 33.254.698,00 0,00
7.6.1.0.01.0.0.00.00. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E COMERCIAIS GERAIS - INT 22.411.103,20 1.992.831,30 24.403.934,50 24.512.006,00 24.512.006,00 0,00
7.6.1.0.01.1.0.00.00. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E COMERCIAIS GERAIS - INT 22.411.103,20 1.992.831,30 24.403.934,50 24.512.006,00 24.512.006,00 0,00
7.6.1.0.01.1.1.00.00. SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E COMERCIAIS GERAIS - PRI 22.411.103,20 1.992.831,30 24.403.934,50 24.512.006,00 24.512.006,00 0,00
7.6.1.0.01.1.1.41.00. SERVIÇOS DE CAPTAÇÃO, ADUÇÃO, TRATAMENTO, RESERVAÇ 22.411.103,20 1.992.831,30 24.403.934,50 24.512.006,00 24.512.006,00 0,00
7.6.1.0.01.1.1.41.01. SERV. DISTR. AGUA POR CONSUMO AUFERIDO - DAE 22.411.103,20 1.992.831,30 24.403.934,50 24.512.006,00 24.512.006,00 0,00
7.6.1.0.01.1.1.41.01. 620 SERV. DIST. AGUA POR CONSUMO AUFERIDO DA PMB - DAE 22.411.103,20 1.992.831,30 24.403.934,50 24.512.006,00 24.512.006,00 -108.071,50
7.6.1.0.03.0.0.00.00. SERVIÇOS DE REGISTRO, CERTIFICAÇÃO E FISCALIZAÇÃO 7.511.022,14 646.823,68 8.157.845,82 8.742.692,00 8.742.692,00 0,00
7.6.1.0.03.1.0.00.00. SERVIÇOS DE REGISTRO, CERTIFICAÇÃO E FISCALIZAÇÃO 7.511.022,14 646.823,68 8.157.845,82 8.742.692,00 8.742.692,00 0,00
7.6.1.0.03.1.1.00.00. SERVIÇOS DE REGISTRO, CERTIFICAÇÃO E FISCALIZAÇÃO 7.511.022,14 646.823,68 8.157.845,82 8.742.692,00 8.742.692,00 0,00
7.6.1.0.03.1.1.03.00. 665 SERVIÇOS DE POSTAGENS DE MULTAS - EMDURB 7.511.022,14 646.823,68 8.157.845,82 8.742.692,00 8.742.692,00 -584.846,18
7.6.2.0.00.0.0.00.00. SERVIÇOS E ATIVIDADES REFERENTES À NAVEGAÇÃO E AO 2.737.898,90 247.149,56 2.985.048,46 3.486.911,00 3.486.911,00 0,00
7.6.2.0.02.0.0.00.00. SERVIÇOS DE TRANSPORTE - INTRA OFSS 2.737.898,90 247.149,56 2.985.048,46 3.486.911,00 3.486.911,00 0,00
7.6.2.0.02.1.0.00.00. SERVIÇOS DE TRANSPORTE - INTRA OFSS 2.737.898,90 247.149,56 2.985.048,46 3.486.911,00 3.486.911,00 0,00
7.6.2.0.02.1.1.00.00. SERVIÇOS DE TRANSPORTE - PRINCIPAL - INTRA OFSS 2.737.898,90 247.149,56 2.985.048,46 3.486.911,00 3.486.911,00 0,00
7.6.2.0.02.1.1.01.00. SERVIÇOS DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO - INTRA-ORÇAMENT 2.737.898,90 247.149,56 2.985.048,46 3.486.911,00 3.486.911,00 0,00
7.6.2.0.02.1.1.01.02. 673 SERVIÇO PESQUISA E MEDIÇÃO TRANSP -EMDURB 2.737.898,90 247.149,56 2.985.048,46 3.486.911,00 3.486.911,00 -501.862,54
7.6.9.0.00.0.0.00.00. OUTROS SERVIÇOS - INTRA OFSS 19.099.682,93 3.079.893,13 22.179.576,06 20.641.470,00 20.641.470,00 0,00
7.6.9.0.99.0.0.00.00. OUTROS SERVIÇOS - INTRA OFSS 19.099.682,93 3.079.893,13 22.179.576,06 20.641.470,00 20.641.470,00 0,00
7.6.9.0.99.1.0.00.00. OUTROS SERVIÇOS - INTRA OFSS 19.099.682,93 3.079.893,13 22.179.576,06 20.641.470,00 20.641.470,00 0,00
7.6.9.0.99.1.1.00.00. OUTROS SERVIÇOS - PRINCIPAL - INTRA OFSS 19.099.682,93 3.079.893,13 22.179.576,06 20.641.470,00 20.641.470,00 0,00
7.6.9.0.99.1.1.46.00. SERVIÇOS DE CEMITÉRIO - INTRA-ORÇAMENTÁRIAS 19.099.682,93 3.079.893,13 22.179.576,06 20.641.470,00 20.641.470,00 0,00
7.6.9.0.99.1.1.46.01. 680 GERENCIAMENTO CEMITÉRIO E NECRÓPOLES - EMDURB 19.099.682,93 3.079.893,13 22.179.576,06 20.641.470,00 20.641.470,00 1.538.106,06
TOTAL RECEITA DE SERVIÇOS - INTRA OFSS 51.759.707,17 5.966.697,67 57.726.404,84 57.383.079,00 343.325,84
7.9.0.0.00.0.0.00.00. OUTRAS RECEITAS CORRENTES - INTRA OFSS 20.647.746,13 2.007.462,37 22.655.208,50 23.565.000,00 23.565.000,00 0,00
7.9.2.0.00.0.0.00.00. INDENIZAÇÕES, RESTITUIÇÕES E RESSARCIMENTOS - INTR 5.003,64 0,00 5.003,64 0,00 0,00 0,00
7.9.2.2.00.0.0.00.00. RESTITUIÇÕES - INTRA OFSS 5.003,64 0,00 5.003,64 0,00 0,00 0,00
7.9.2.2.06.0.0.00.00. RESTITUIÇÃO DE DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES - 5.003,64 0,00 5.003,64 0,00 0,00 0,00
7.9.2.2.06.1.0.00.00. RESTITUIÇÃO DE DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES - 5.003,64 0,00 5.003,64 0,00 0,00 0,00
7.9.2.2.06.1.1.00.00. RESTITUIÇÃO DE DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES - 5.003,64 0,00 5.003,64 0,00 0,00 0,00
7.9.2.2.06.1.1.01.00. 772 PRECATÓRIO - FUNPREV 5.003,64 0,00 5.003,64 0,00 0,00 5.003,64
7.9.9.0.00.0.0.00.00. DEMAIS RECEITAS CORRENTES - INTRA OFSS 20.642.742,49 2.007.462,37 22.650.204,86 23.565.000,00 23.565.000,00 0,00
7.9.9.0.01.0.0.00.00. APORTES PERIÓDICOS PARA AMORTIZAÇÃO DE DÉFICIT ATU 19.894.082,05 1.881.427,92 21.775.509,97 23.050.000,00 23.050.000,00 0,00
7.9.9.0.01.1.0.00.00. APORTES PERIÓDICOS PARA AMORTIZAÇÃO DE DÉFICIT ATU 19.894.082,05 1.881.427,92 21.775.509,97 23.050.000,00 23.050.000,00 0,00
7.9.9.0.01.1.1.00.00. APORTES PERIÓDICOS PARA AMORTIZAÇÃO DE DÉFICIT ATU 19.894.082,05 1.881.427,92 21.775.509,97 23.050.000,00 23.050.000,00 0,00
7.9.9.0.01.1.1.01.00. 745 RECEITA APORTE PERIODICO PMB - FUNPREV 19.894.082,05 1.881.427,92 21.775.509,97 23.050.000,00 23.050.000,00 -1.274.490,03
7.9.9.0.99.0.0.00.00. OUTRAS RECEITAS - INTRA OFSS 748.660,44 126.034,45 874.694,89 515.000,00 515.000,00 0,00
7.9.9.0.99.1.0.00.00. OUTRAS RECEITAS - PRIMÁRIAS - INTRA OFSS 748.660,44 126.034,45 874.694,89 515.000,00 515.000,00 0,00
7.9.9.0.99.1.3.00.00. OUTRAS RECEITAS - PRIMÁRIAS - DÍVIDA ATIVA - INTRA 748.660,44 126.034,45 874.694,89 515.000,00 515.000,00 0,00
7.9.9.0.99.1.3.02.00. 748 REC DIV ATIV NAO TRIBUTARIA-EMDURB-DAE 748.660,44 126.034,45 874.694,89 515.000,00 515.000,00 359.694,89
TOTAL OUTRAS RECEITAS CORRENTES - INTRA OFSS 20.647.746,13 2.007.462,37 22.655.208,50 23.565.000,00 -909.791,50
TOTAL RECEITAS CORRENTES - INTRA OFSS 147.469.322,78 14.546.849,90 162.016.172,68 176.085.454,00 176.085.454,00 -14.069.281,32
8.0.0.0.00.0.0.00.00. RECEITAS DE CAPITAL - INTRA OFSS 1.362.740,19 2.985.126,91 4.347.867,10 7.489.831,00 7.489.831,00 0,00
8.3.0.0.00.0.0.00.00. AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS - INTRA OFSS 1.362.740,19 64.892,39 1.427.632,58 1.489.831,00 1.489.831,00 0,00
8.3.0.0.03.0.0.00.00. AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS - ESTADOS E MUNICÍPIOS 1.362.740,19 64.892,39 1.427.632,58 1.489.831,00 1.489.831,00 0,00
8.3.0.0.03.1.0.00.00. AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS - ESTADOS E MUNICÍPIOS 1.362.740,19 64.892,39 1.427.632,58 1.489.831,00 1.489.831,00 0,00
8.3.0.0.03.1.1.00.00. AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS - ESTADOS E MUNICÍPIOS 1.362.740,19 64.892,39 1.427.632,58 1.489.831,00 1.489.831,00 0,00
8.3.0.0.03.1.1.01.00. 752 AMORTIZAÇÕES DE FINANCIAMENTOS - EMDURB 648.923,90 0,00 648.923,90 832.093,00 832.093,00 -183.169,10
8.3.0.0.03.1.1.02.00. 753 AMORTIZAÇÕES DE FINANC. EMDURB - PMB 713.816,29 64.892,39 778.708,68 657.738,00 657.738,00 120.970,68
TOTAL AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS - INTRA OFSS 1.362.740,19 64.892,39 1.427.632,58 1.489.831,00 -62.198,42
8.4.0.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL - INTRA OFSS 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00 6.000.000,00 0,00
8.4.3.0.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DOS MUNICÍPIOS E DE SUAS ENTIDADES 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00 6.000.000,00 0,00
8.4.3.8.00.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DOS MUNICÍPIOS E DE SUAS ENTIDADES 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00 6.000.000,00 0,00
8.4.3.8.10.0.0.00.00. TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS DOS MUNICÍPIOS E DE SU 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00 6.000.000,00 0,00
8.4.3.8.10.9.0.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS DOS MUNICÍPIOS 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00 6.000.000,00 0,00
8.4.3.8.10.9.1.00.00. OUTRAS TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS DOS MUNICÍPIOS 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00 6.000.000,00 0,00
8.4.3.8.10.9.1.01.00. 754 CONV EST TRAT ESGOTO - ETE - PMB 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00 6.000.000,00 -6.000.000,00
TOTAL TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL - INTRA OFSS 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00 -6.000.000,00
8.9.0.0.00.0.0.00.00. OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL - INTRA OFSS 0,00 2.920.234,52 2.920.234,52 0,00 0,00 0,00
8.9.1.0.00.0.0.00.00. INTEGRALIZAÇÃO DE CAPITAL SOCIAL - INTRA OFSS 0,00 2.920.234,52 2.920.234,52 0,00 0,00 0,00
8.9.1.0.00.1.0.00.00. INTEGRALIZAÇÃO DE CAPITAL SOCIAL - INTRA OFSS 0,00 2.920.234,52 2.920.234,52 0,00 0,00 0,00
8.9.1.0.00.1.1.00.00. INTEGRALIZAÇÃO DE CAPITAL SOCIAL - PRINCIPAL - INT 0,00 2.920.234,52 2.920.234,52 0,00 0,00 2.920.234,52
TOTAL OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL - INTRA OFSS 0,00 2.920.234,52 2.920.234,52 0,00 2.920.234,52
TOTAL RECEITAS DE CAPITAL - INTRA OFSS 1.362.740,19 2.985.126,91 4.347.867,10 7.489.831,00 7.489.831,00 -3.141.963,90

TOTAL ORÇAMENTÁRIO 1.141.342.293,77 111.079.627,22 1.252.421.920,99 1.410.511.378,00 1.421.360.405,63 -168.938.484,64

Total Orçamentário + Transferências Financeiras 1.141.342.293,77 111.079.627,22 1.252.421.920,99 1.410.511.378,00 1.421.360.405,63 -168.938.484,64

Ricardo Alonso Senfuegos Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzetta Eversom Demarchi
Contador - CRC 1SP209175/O-7 Controlador Geral Prefeito Municipal Secretário de Economia e Finanças

Everton Basilio
Diretor Departamento de Finanças

CER33900 - SMARapd Informática Ltda Página 18


20 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

Tabela 4 - Demonstrativo das Operações de Crédito

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL
DEMONSTRATIVO DAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
6º Bimestre de 2018
RGF - ANEXO IV (LRF, art. 55, inciso I, alínea "d" e inciso III alínea "c") R$ 1,00
VALOR CONTRATUALMENTE PREVISTO
No Até o VALOR EXECUTADO ATÉ O
OPERAÇÕES DE CRÉDITO Quadrimestre Quadrimestre QUADRIMESTRE DE
de Referência de Referência REFERÊNCIA
(a)
SUJEITAS AO LIMITE PARA FINS DE CONTRATAÇÃO (I) 3.079.366,96 29.668.999,22 29.668.999,22
Mobiliária 0,00 0,00 0,00
Interna
Externa
Contratual 3.079.366,96 29.668.999,22 29.668.999,22
Interna 3.079.366,96 29.668.999,22 29.668.999,22
Abertura de Crédito
Aquisição Financiada de Bens e Arrendamento Mercantil Financeiro 0,00 0,00 0,00
Derivadas de PPP
Demais Aquisições Financiadas
Antecipação de Receita 0,00 0,00 0,00
Pela Venda a Termo de Bens e Serviços
Demais Antecipações de Receita
Assunção, Reconhecimento e Confissão de Dívidas (LRF, art. 29, § 1º)
Outras Operações de Crédito 3.079.366,96 29.668.999,22 29.668.999,22
Externa 0,00 0,00 0,00
<Tipo de operação>
NÃO SUJEITAS AO LIMITE PARA FINS DE CONTRATAÇÃO (II) 0,00 0,00 0,00
Parcelamentos de Dívidas 0,00 0,00 0,00
De Tributos
De Contribuições Sociais 0,00 0,00 0,00
Previdenciárias
Demais Contribuições Sociais
Do FGTS
Melhoria da Administração de Receitas e da Gestão Fiscal, Financeira e Patrimonial
Programa de Iluminação Pública – RELUZ
APURAÇÃO DO CUMPRIMENTO DOS LIMITES % SOBRE
VALOR
A RCL
RECEITA CORRENTE LÍQUIDA – RCL 1.007.913.482,50 100,00
OPERAÇÕES EQUIPARADAS E VEDADAS – [LRF, art. 37] (III) 0,00
TOTAL CONSIDERADO PARA FINS DA APURAÇÃO DO CUMPRIMENTO DO LIMITE (IV)= (Ia + III) 29.668.999,22 2,94
LIMITE GERAL DEFINIDO POR RESOLUÇÃO DO SENADO FEDERAL PARA AS OPERAÇÕES DE CRÉDITO INTERNAS E 161.266.157,20 16,00
OPERAÇÕES DE CRÉDITO POR ANTECIPAÇÃO DA RECEITA ORÇAMENTÁRIA 0,00 0,00
LIMITE DEFINIDO POR RESOLUÇÃO DO SENADO FEDERAL PARA AS OPERAÇÕES DE CRÉDITO POR ANTECIPAÇÃO DA 70.553.943,78 7,00

TOTAL CONSIDERADO PARA CONTRATAÇÃO DE NOVAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO (V) = (IV + IIa) 29.668.999,22 2,94
Obs:
Notas:. Valor total contratado R$ 38.872.210,35

Everton Basilio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi


Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta


Controladoria Geral Prefeito Municipal

Tabela 2 - Demonstrativo da Dívida Consolidada Líquida

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL
DEMONSTRATIVO DA DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
3º Quadrimestre de 2018

RGF - ANEXO II (LRF, art. 55, inciso I, alínea "b") R$ 1,00

REGIME PREVIDENCIÁRIO
DÍVIDA CONSOLIDADA PREVIDENCIÁRIA SALDO DO SALDO DO EXERCÍCIO 2018
EXERCÍCIO ANTERIOR Até o 1º Quadrimestre Até o 2º Quadrimestre Até o 3º Quadrimestre
DÍVIDA CONSOLIDADA PREVIDENCIÁRIA (IV) 576.321.602,35 576.321.602,35 576.321.602,35 576.321.601,35
Passivo Atuarial 576.321.602,35 576.321.602,35 576.321.602,35 576.321.602,35
Demais Dívidas 0,00
DEDUÇÕES (V)¹ 537.784.930,70 557.264.470,97 531.597.703,07 540.248.896,44
Disponibilidade de Caixa Bruta 11.441,98 102.743,38
Investimentos 537.784.930,70 557.253.028,99 531.494.959,69 540.248.896,44
Demais Haveres Financeiros
(-) Restos a Pagar Processados
OBRIGAÇÕES NÃO INTEGRANTES DA DC
DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA PREVIDENCIÁRIA (VI) = (IV - V) 38.536.671,65 19.057.131,38 44.723.899,28 36.072.704,91
¹ Se o saldo apurado for negativo, ou seja, se o total do Ativo Disponível mais os Haveres Financeiros for menor que Restos a Pagar Processados, não deverá ser informado nessa linha, mas sim na
linha da “Insuficiência Financeira”, das Obrigações não integrantes da Dívida Consolidada - DC. Assim quando o cálculo de DEDUÇÕES (II) for negativo, colocar um "-" (traço) nessa linha.
Nota:

FONTE: Sistema smarapd, Unidade Responsável PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

_______________________________
Everton Basílio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi
Diretor Departamento Financeiro Contador- CRC 1SP 209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

_______________________________
Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta
Controladoria Geral Prefeito Municipal
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 21

Tabela 2 - Demonstrativo da Dívida Consolidada Líquida

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL
DEMONSTRATIVO DA DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
3º Quadrimestre de 2018

RGF - ANEXO II (LRF, art. 55, inciso I, alínea "b") R$ 1,00


SALDO DO SALDO DO EXERCÍCIO 2018
DÍVIDA CONSOLIDADA
EXERCÍCIO ANTERIOR Até o 1º Quadrimestre Até o 2º Quadrimestre Até o 3º Quadrimestre
DÍVIDA CONSOLIDADA - DC (I) 301.400.807,79 302.158.579,23 302.891.267,10 329.754.921,13
Dívida Mobiliária
Dívida Contratual 301.400.807,79 302.158.579,23 302.891.267,10 295.372.803,11
Interna 301.400.807,79 302.158.579,23 302.891.267,10 295.372.803,11
Externa
Precatórios posteriores a 05/05/2000 (inclusive) - Vencidos e não pagos 34.382.118,02
Demais Dívidas
DEDUÇÕES (II)¹ 302.946.407,86 373.943.939,11 371.397.851,14 318.715.340,42
Disponibilidade de Caixa Bruta( 1*) 295.701.314,72 369.045.178,32 365.681.549,81 342.895.306,02
Demais Haveres Financeiros 8.102.153,62 5.863.428,70 6.597.560,81 2.790.052,96
(-) Restos a Pagar Processados (Exceto Precatórios) 857.060,48 964.667,91 881.259,48 26.970.018,56
DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA (DCL) (III) = (I - II) -1.545.600,07 -71.785.359,88 -68.506.584,04 11.039.580,71
RECEITA CORRENTE LÍQUIDA - RCL 929.966.889,77 959.923.408,01 983.041.193,18 1.007.913.482,50
% da DC sobre a RCL (I/RCL) 32,41 31,48 30,81 32,72
% da DCL sobre a RCL (III/RCL) -0,17 -7,48 -6,97 1,10
LIMITE DEFINIDO POR RESOLUÇÃO DO SENADO FEDERAL - <%> 1.115.960.267,72 1.151.908.089,61 1.179.649.431,82 1.209.496.179,00

SALDO DO SALDO DO EXERCÍCIO 2018


DETALHAMENTO DA DÍVIDA CONTRATUAL
EXERCÍCIO ANTERIOR Até o 1º Quadrimestre Até o 2º Quadrimestre Até o 3º Quadrimestre
DÍVIDA DE PPP
PARCELAMENTO DE DÍVIDAS 84.184.727,20 81.577.864,90 80.038.864,65 75.372.423,27
De Tributos
De Contribuições Sociais 83.693.938,65 81.087.076,35 79.548.076,10 74.885.297,05
Previdenciárias 78.837.805,13 76.330.814,77 74.820.809,62 70.222.464,09
Demais Contribuições Sociais 4.856.133,52 4.756.261,58 4.727.266,48 4.662.832,96
Do FGTS 490.788,55 490.788,55 490.788,55 487.126,22
DEMAIS DÍVIDAS CONTRATUAIS 217.216.080,56 220.580.714,33 222.852.402,45 220.000.379,84

SALDO DO SALDO DO EXERCÍCIO 2018


OUTROS VALORES NÃO INTEGRANTES DA DC
EXERCÍCIO ANTERIOR Até o 1º Quadrimestre Até o 2º Quadrimestre Até o 3º Quadrimestre
PRECATÓRIOS ANTERIORES A 05/05/2000
PRECATÓRIOS POSTERIORES A 05/05/2000 35.745.059,42 38.107.592,01 38.107.592,01 16.589.482,73
INSUFICIÊNCIA FINANCEIRA
DEPÓSITOS 12.656.558,03 11.685.183,79 9.485.622,83 13.497.292,68
RP NÃO-PROCESSADOS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES 36.368.422,91 44.983.591,79 15.173.389,39 35.414.264,64
ANTECIPAÇÕES DE RECEITA ORÇAMENTÁRIA – ARO

TRAJETÓRIA DE AJUSTE DA DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA EM CADA EXERCÍCIO FINANCEIRO


2003 2004 2005 2006
Exercício Financeiro Quadrimestre Quadrimestre Quadrimestre Quadrimestre
1º 2º 3º 1º 2º 3º 1º 2º 3º 1º 2º 3º
% da DCL sobre a RCL 31,46% 30,72% 32,90% 35,36% 35,07% 46,40% 31,57% 21,80% 35,88% 17,05% 9,21% 16,29%
% Limite de Endividamento 120,00% 120,00% 120,00% 120,00%

2007 2008 2009 2010


Exercício Financeiro Quadrimestre Quadrimestre Quadrimestre Quadrimestre
1º 2º 3º 1º 2º 3º 1º 2º 3º 1º 2º 3º
% da DCL sobre a RCL -2,56% -3,26% 13,52% 24,66% 11,29% 36,21% 17,42% 23,06% 24,88% 11,15% 7,32% 14,75%
% Limite de Endividamento 120,00% 120,00% 120,00% 120,00%

2011 2012 2013 2014


Exercício Financeiro Quadrimestre Quadrimestre Quadrimestre Quadrimestre
1º 2º 3º 1º 2º 3º 1º 2º 3º 1º 2º 3º
% da DCL sobre a RCL 2,61% 3,08% 19,22% 10,53% 16,84% 24,26% 13,10% 15,72% 21,33% 12,78% 14,08% 16,13%
% Limite de Endividamento 120,00% 120,00% 120,00% 120,00%

2015 2016 2017 2018


Exercício Financeiro Quadrimestre Quadrimestre Quadrimestre Quadrimestre
1º 2º 3º 1º 2º 3º 1º 2º 3º 1º 2º 3º
% da DCL sobre a RCL 9,19% 12,27% 13,92% 4,99% 7,30% 7,06% 1,10%
% Limite de Endividamento 120,00% 120,00% 120,00% 120,00%
¹ Se o saldo apurado for negativo, ou seja, se o total do Ativo Disponível mais os Haveres Financeiros for menor que Restos a Pagar Processados, não deverá ser informado nessa linha, mas sim
na linha da “Insuficiência Financeira”, das Obrigações não integrantes da Dívida Consolidada - DC. Assim quando o cálculo de DEDUÇÕES (II) for negativo, colocar um "-" (traço) nessa linha.
Nota:(1* ) Valor não comprreende disponibilidade de caixa bruta da Funprev.
² O excedente em relação ao limite apurado ao final do exercício de 2001 deverá ser reduzido, no mínimo, à proporção de 1/15 (um quinze avos) a cada exercício financeiro. O valor da redução
anual, 1/15 (um quinze avos) do excedente, é apresentado na coluna Redutor.

FONTE: Sistema smarapd, Unidade Responsável PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

_______________________________
Everton Basílio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi
Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP 209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

_______________________________
Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta
Controladoria Geral Prefeito Municipal
22 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

Tabela 3 - Demonstrativo das Garantias e Contragarantias de Valores

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL
DEMONSTRATIVO DAS GARANTIAS E CONTRAGARANTIAS DE VALORES
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
6º Bimestre de 2018

RGF - ANEXO III (LRF, art. 55, inciso I, alínea "c" e art. 40, § 1º) R$ 1,00
SALDO DO SALDO DO EXERCÍCIO DE 2018
GARANTIAS CONCEDIDAS
EXERCÍCIO ANTERIOR Até o 1º Quadrimestre Até o 2º Quadrimestre Até o 3º Quadrimestre
EXTERNAS (I) 0,00 0,00 0,00 0,00
Aval ou fiança em operações de crédito
Outras garantias nos Termos da LRF
INTERNAS (II) 0,00 0,00 0,00 0,00
Aval ou fiança em operações de crédito
Outras garantias nos Termos da LRF
TOTAL GARANTIAS CONCEDIDAS (III) = (I + II)
RECEITA CORRENTE LÍQUIDA - RCL (IV) 929.966.889,77 959.923.408,01 983.041.193,18 1.007.913.482,50
% do TOTAL DAS GARANTIAS sobre a RCL 0,00 0,00 0,00 0,00
LIMITE DEFINIDO POR RESOLUÇÃO DO SENADO FEDERAL - <%> 204.592.715,75 211.183.149,76 216.269.062,50 221.740.966,15

SALDO DO SALDO DO EXERCÍCIO DE 2018


CONTRAGARANTIAS RECEBIDAS
EXERCÍCIO ANTERIOR Até o 1º Quadrimestre Até o 2º Quadrimestre Até o 3º Quadrimestre
EXTERNAS (V) 0,00 0,00 0,00 0,00
Aval ou fiança em operações de crédito 0,00 0,00 0,00 0,00
Outras garantias nos Termos da LRF
INTERNAS (VI) 0,00 0,00 0,00 0,00
Aval ou fiança em operações de crédito 0,00
Outras garantias nos Termos da LRF
TOTAL CONTRAGARANTIAS RECEBIDAS (VII) = (V + VI) 0,00 0,00 0,00 0,00
MEDIDAS CORRETIVAS:

Nota: 1 Inclui garantias concedidas por meio de Fundos


Obs: No exercício de 2018 não foram concedidas nem recebidas Garantias de Valores.

Everton Basilio Ricardo Alonso Senfuegos


Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP209175/O-7

Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta


Controladoria Geral Prefeito Municipal

Everson Demarchi
Secretário de Economia e Finanças
PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

Tabela 3 - Demonstrativo da Receita Corrente Líquida

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
DEMONSTRATIVO DA RECEITA CORRENTE LÍQUIDA
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
Período: 6º BIMEsTRE

RREO - Anexo 3 (LRF, Art. 53, inciso I) Em Reais


TOTAL PREVISÃO
EVOLUÇÃO DA RECEITA REALIZADA NOS ÚLTIMOS 12 MESES
ESPECIFICAÇÃO (ÚLTIMOS ATUALIZADA
JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 12 MESES) <EXERCÍCIO>
RECEITAS CORRENTES (I) 118.467.021,35 84.662.187,29 89.896.684,15 127.927.312,70 94.723.190,33 80.845.741,75 91.283.836,76 81.756.928,68 81.326.723,30 90.361.795,30 82.221.919,67 97.781.899,98 1.121.255.241,26 1.162.741.685,19
Receita Tributária 19.651.495,91 17.346.943,83 24.001.500,27 72.253.310,14 27.372.540,97 24.120.932,86 24.372.039,91 24.817.896,64 23.601.496,44 25.012.425,83 25.366.241,81 29.262.565,52 337.179.390,13 349.655.027,56
IPTU - 162,61 3.762.603,35 49.303.292,56 9.328.769,15 7.382.055,63 7.265.158,16 7.364.944,94 6.940.914,75 7.629.428,61 8.084.715,52 8.813.560,09 115.875.605,37 120.163.002,77
ISS 8.160.553,23 7.550.755,25 7.736.512,37 8.271.018,83 9.496.188,78 9.007.258,42 9.517.095,13 9.229.081,16 9.486.222,50 9.626.302,54 9.817.251,09 10.726.663,70 108.624.903,00 112.644.024,41
ITBI 1.803.453,03 2.561.237,65 2.611.005,67 3.050.191,21 3.740.737,65 2.945.124,82 2.904.749,35 3.790.652,87 2.891.800,38 3.159.395,18 2.789.134,94 3.482.712,24 35.730.194,99 37.052.212,20
IRRF 3.949.231,70 3.205.665,16 3.203.793,03 3.254.705,94 3.479.053,85 3.467.028,95 3.392.635,87 3.419.329,92 3.509.060,82 3.588.379,32 3.739.702,45 5.617.548,25 43.826.135,26 45.447.702,26
Outras Receitas Tributárias 5.738.257,95 4.029.123,16 6.687.585,85 8.374.101,60 1.327.791,54 1.319.465,04 1.292.401,40 1.013.887,75 773.497,99 1.008.920,18 935.437,81 622.081,24 33.122.551,51 34.348.085,92
Receita de Contribuições 6.117.388,66 3.527.555,87 3.567.034,27 4.697.334,29 3.587.057,14 3.698.476,78 3.635.363,57 3.633.588,49 3.678.008,56 3.680.530,10 3.780.269,79 4.171.615,22 47.774.222,74 49.541.868,98
Receita Patrimonial 1.697.659,09 1.179.410,01 1.498.930,00 1.501.511,84 1.493.811,26 1.678.559,39 1.678.032,22 1.922.897,27 2.172.262,95 1.767.450,57 1.507.587,55 1.024.711,54 19.122.823,69 19.830.368,17
Receita Agropecuária - - - -
Receita Industrial - - - -
Receita de Serviços 12.081.933,40 10.009.252,62 11.885.383,59 11.525.532,12 11.759.011,48 10.849.677,34 11.319.458,91 11.634.022,71 10.462.081,27 13.200.682,16 11.516.863,48 11.367.455,81 137.611.354,89 142.702.975,02
Transferências Correntes 74.434.858,49 50.725.374,90 46.967.603,60 35.704.451,19 48.833.930,61 38.848.702,14 48.611.090,29 37.936.740,04 39.731.228,61 45.077.884,67 38.382.660,25 48.169.896,17 553.424.420,96 573.901.124,54
Cota-Parte do FPM 5.487.925,96 7.174.435,58 4.831.199,97 5.744.605,53 6.216.422,15 5.142.133,95 7.256.433,71 4.987.870,40 3.899.468,03 4.273.443,63 5.367.953,48 6.573.024,36 66.954.916,75 69.432.248,67
Cota-Parte do ICMS 18.995.045,78 13.795.454,76 14.852.254,04 10.931.607,89 21.815.972,22 14.439.915,91 18.934.988,23 14.328.831,51 15.914.227,70 19.461.054,87 14.327.263,14 17.057.737,83 194.854.353,88 202.063.964,97
Cota-Parte do IPVA 32.041.281,01 13.302.247,39 11.407.793,81 3.074.056,92 2.730.539,49 2.941.510,01 2.860.900,55 3.007.973,71 3.326.799,88 2.721.512,50 2.141.725,89 2.880.902,68 82.437.243,84 85.487.421,86
Cota-Parte do ITR 11.548,77 1.490,61 279,85 619,79 7.334,53 1.794,25 338,50 965,94 92.243,06 303.359,37 33.234,01 9.937,74 463.146,42 480.282,84
Transferências da LC 87/1996 69.828,79 69.828,79 69.828,79 69.828,79 69.828,79 69.828,79 55.863,04 69.828,79 69.828,79 69.828,79 69.828,79 69.828,79 823.979,73 854.466,98
Transferências da LC 61/1989 64.629,25 82.959,64 114.681,03 123.402,56 133.013,10 130.897,14 118.558,05 132.255,73 119.132,25 141.384,15 126.603,08 134.365,07 1.421.881,05 1.474.490,65
Transferências do FUNDEB 11.877.098,28 7.940.654,73 8.079.914,95 5.528.664,56 10.103.011,85 6.961.711,46 8.708.926,22 6.610.452,41 7.304.562,31 9.166.006,78 6.778.681,22 8.269.517,85 97.329.202,62 100.930.383,12
Outras Transferências Correntes 5.887.500,65 8.358.303,40 7.611.651,16 10.231.665,15 7.757.808,48 9.160.910,63 10.675.081,99 8.798.561,55 9.004.966,59 8.941.294,58 9.537.370,64 13.174.581,85 109.139.696,67 113.177.865,45
Outras Receitas Correntes 4.483.685,80 1.873.650,06 1.976.232,42 2.245.173,12 1.676.838,87 1.649.393,24 1.667.851,86 1.811.783,53 1.681.645,47 1.622.821,97 1.668.296,79 3.785.655,72 26.143.028,85 27.110.320,92
DEDUÇÕES (II) 18.070.503,18 10.436.508,45 9.641.833,42 7.694.166,21 9.268.414,06 7.834.824,84 8.843.775,01 7.619.643,33 7.895.556,10 8.520.230,22 7.576.165,73 9.940.138,21 113.341.758,76 117.535.403,83
Contrib. do Servidor para o Plano de Previdência 5.410.053,09 2.843.948,18 2.838.989,14 2.869.978,81 2.869.382,72 2.956.015,96 2.926.935,45 2.913.719,30 2.948.931,71 2.928.178,23 2.960.878,33 3.347.062,76 37.814.073,68 39.213.194,41
Compensação Financ. entre Regimes Previdência 1.308.755,98 695.345,23 545.552,32 970.614,94 204.142,40 196.966,87 178.645,80 200.378,89 152.194,65 202.192,20 201.965,81 403.026,04 5.259.781,13 5.454.393,03
Dedução de Receita para Formação do FUNDEB 11.351.694,11 6.897.215,04 6.257.291,96 3.853.572,46 6.194.888,94 4.681.842,01 5.738.193,76 4.505.545,14 4.794.429,74 5.389.859,79 4.413.321,59 6.190.049,41 70.267.903,95 72.867.816,40
RECEITA CORRENTE LÍQUIDA (III) = (I - II) 100.396.518,17 74.225.678,84 80.254.850,73 120.233.146,49 85.454.776,27 73.010.916,91 82.440.061,75 74.137.285,35 73.431.167,20 81.841.565,08 74.645.753,94 87.841.761,77 1.007.913.482,50 1.045.206.281,35

Ricardo Alonso Senfuegos Everton Basilio


Diretor Departamento de Finanças
Contador - CRC 1SP 209175/O-7

Clodoaldo Armando Gazzetta Fabio Ribas dos Santos


Prefeito Municipal Controladoria Geral

Everson Demarchi
Secretário de Economia e Finanças
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 23

MUNICÍPIO DE BAURU

RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA

BALANÇO ORÇAMENTÁRIO

ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL

JANEIRO A DEZEMBRO 2018 / MÊS - DEZEMBRO

RREO - Anexo I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e §1°) R$ Centavos

PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS

RECEITAS INICIAL ATUALIZADA NO MÊS Até o Bimestre % SALDO

(a) (b) (b/a) (c) (c/a) (a-c)

RECEITAS (EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS)(I) 1.226.936.093,00 1.237.785.120,63 93.547.650,41 7,56 1.086.057.881,21 87,74 151.727.239,42

RECEITAS CORRENTES 1.107.903.359,00 1.116.966.780,79 91.671.307,55 8,21 1.058.616.242,99 94,78 58.350.537,80

IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUIÇÕES DE MELHORIA 332.610.926,00 333.304.546,00 29.262.565,52 8,78 337.179.390,13 101,16 (3.874.844,13)

IMPOSTOS 309.123.500,00 309.817.120,00 28.640.484,28 9,24 322.298.206,31 104,03 (12.481.086,31)

TAXAS 23.485.640,00 23.485.640,00 622.036,48 2,65 14.880.864,26 63,36 8.604.775,74

CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA 1.786,00 1.786,00 44,76 2,51 319,56 17,89 1.466,44

CONTRIBUIÇÕES 53.926.464,50 53.926.464,50 4.171.615,22 7,74 47.774.222,74 88,59 6.152.241,76

CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS 43.274.862,50 43.274.862,50 3.405.999,00 7,87 38.535.847,07 89,05 4.739.015,43

CONTRIBUIÇÃO PARA O CUSTEIO DO SERVIÇO DE ILUMINA 10.651.602,00 10.651.602,00 765.616,22 7,19 9.238.375,67 86,73 1.413.226,33

RECEITA PATRIMONIAL 83.326.990,50 83.326.990,50 1.104.168,52 1,33 26.751.729,37 32,10 56.575.261,13

EXPLORAÇÃO DO PATRIMÔNIO IMOBILIÁRIO DO ESTADO 792.975,00 792.975,00 64.213,97 8,10 812.114,28 102,41 (19.139,28)

Receitas de Valores Mobiliários 82.367.295,50 82.367.295,50 1.039.954,55 1,26 24.969.006,48 30,31 57.398.289,02

DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS MEDIANTE CONCES 0,00 0,00 0,00 0,00 890.608,61 0,00 (890.608,61)

CESSÃO DE DIREITOS 166.720,00 166.720,00 0,00 0,00 80.000,00 47,98 86.720,00

RECEITA DE SERVIÇOS 136.492.330,00 136.492.330,00 11.367.455,81 8,33 137.611.354,89 100,82 (1.119.024,89)

SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E COMERCIAIS GERAIS 132.144.944,00 132.144.944,00 10.935.287,96 8,28 132.549.893,35 100,31 (404.949,35)

SERVIÇOS E ATIVIDADES REFERENTES À NAVEGAÇÃO E A 3.234.329,00 3.234.329,00 271.716,14 8,40 3.170.394,15 98,02 63.934,85

OUTROS SERVIÇOS 1.113.057,00 1.113.057,00 160.451,71 14,42 1.891.067,39 169,90 (778.010,39)

TRANSFERÊNCIAS CORRENTES 478.458.251,00 486.531.052,79 41.979.846,76 8,63 483.156.517,01 99,31 3.374.535,78

TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO E DE SUAS ENTIDADES 150.978.900,00 153.009.884,55 15.261.879,82 9,97 139.648.008,46 91,38 13.194.287,09

TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS E DO DISTRITO FEDERA 234.899.546,00 240.941.363,24 18.312.292,98 7,60 245.367.972,05 101,84 (4.426.608,81)

TRANSFERÊNCIAS DE INSTITUIÇÕES PRIVADAS 150.370,00 150.370,00 106.156,11 70,60 571.879,50 380,31 (421.509,50)

TRANSFERÊNCIAS DE OUTRAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS 92.376.600,00 92.376.600,00 8.269.517,85 8,95 97.329.202,62 105,36 (4.952.602,62)

TRANSFERÊNCIAS DE PESSOAS FÍSICAS 52.835,00 52.835,00 30.000,00 56,78 71.865,38 136,02 (19.030,38)

OUTRAS RECEITAS CORRENTES 23.088.397,00 23.385.397,00 3.785.655,72 16,19 26.143.028,85 111,79 (2.757.631,85)

MULTAS ADMINISTRATIVAS, CONTRATUAIS E JUDICIAIS 10.847.023,00 10.847.023,00 2.551.390,21 23,52 11.712.747,52 107,98 (865.724,52)

INDENIZAÇÕES, RESTITUIÇÕES E RESSARCIMENTOS 1.674.833,00 1.971.833,00 52.090,28 2,64 2.441.776,03 123,83 (469.943,03)

DEMAIS RECEITAS CORRENTES 10.566.541,00 10.566.541,00 1.182.175,23 11,19 11.988.505,30 113,46 (1.421.964,30)

RECEITAS DE CAPITAL 119.032.734,00 120.818.339,84 1.876.342,86 1,55 27.441.638,22 22,71 93.376.701,62

OPERAÇÕES DE CRÉDITO 26.340.000,00 26.340.000,00 848.177,40 3,22 9.377.983,11 35,60 16.962.016,89

OPERAÇÕES DE CRÉDITO - MERCADO INTERNO 26.340.000,00 26.340.000,00 848.177,40 3,22 9.377.983,11 35,60 16.962.016,89

ALIENAÇÃO DE BENS 152.752,00 152.752,00 850,00 0,56 262.061,87 171,56 (109.309,87)

ALIENAÇÃO DE BENS MÓVEIS 10.550,00 10.550,00 850,00 8,06 146.675,00 1.390,28 (136.125,00)

ALIENAÇÃO DE BENS IMÓVEIS 142.202,00 142.202,00 0,00 0,00 115.386,87 81,14 26.815,13

TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL 92.539.982,00 94.325.587,84 1.027.315,46 1,09 17.801.593,24 18,87 76.523.994,60

TRANSFERÊNCIAS DA UNIÃO E DE SUAS ENTIDADES 88.965.982,00 90.120.705,00 1.027.315,46 1,14 17.741.593,24 19,69 72.379.111,76

TRANSFERÊNCIAS DOS ESTADOS E DO DISTRITO FEDERA 3.574.000,00 4.204.882,84 0,00 0,00 60.000,00 1,43 4.144.882,84

RECEITAS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS)(II) 183.575.285,00 183.575.285,00 17.531.976,81 9,55 166.364.039,78 90,62 17.211.245,22

SUBTOTAL DAS RECEITAS (III) = (I + II) 1.410.511.378,00 1.421.360.405,63 111.079.627,22 7,82 1.252.254.331,99 88,11 168.938.484,64

OPERAÇÕES DE CRÉDITO / REFINANCIAMENTO (IV) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Operações de Crédito Internas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Mobiliária 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Contratual 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Operações de Créditos Externas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Mobiliária 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Contratual 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (V) = (III + IV) 1.410.511.378,00 1.421.360.405,63 111.079.627,22 7,82 1.252.421.920,99 88,11 168.938.484,64

DÉFICIT (VI) - - - - - - -

TOTAL (VII) = (V + VI) 1.410.511.378,00 1.421.360.405,63 111.079.627,22 7,82 1.252.421.920,99 88,11 168.938.484,64

SALDOS DE EXERC. ANTERIORES (UTIL. P/ CRÉDITOS ADIC.) - 64.809.529,26 - - 64.809.529,26 - -

Recursos Arrecadados em Exercícios Anteriores - RPPS 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

Superávit Financeiro Utilizado para Créditos Adicionais - 64.809.529,26 - - 64.809.529,26 - -

Reabertura de Créditos Adicionais - 0,00 - - 0,00 -

JANEIRO A DEZEMBRO 2018 / MÊS - DEZEMBRO


RREO - Anexo I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e §1°) R$ Centavos
DOTAÇÃO DOTAÇÃO DESPESAS EMPENHADAS SALDO DESPESAS LIQUIDADAS SALDO DESPESAS INSCRITAS EM
DESPESAS INICIAL ATUALIZADA NO MÊS NO MÊS NO MÊS PAGAS ATÉ RESTOS A PAGAR
Até o Bimestre Até o Bimestre O BIMESTRE NÃO
(d) (e) (f) (g) = (e-f) (h) (i) = (e-h) (j) PROCESSADOS
(k)
DESPESAS (EXCETO INTRA-ORÇAMEN 1.246.994.158,50 1.363.676.492,41 88.170.765,33 1.084.295.645,18 279.380.847,23 126.885.776,58 1.048.548.327,74 315.128.164,67 1.031.735.610,01 35.747.317,44
DESPESAS CORRENTES 1.045.645.726,50 1.121.526.668,18 79.620.241,61 1.003.287.610,97 118.239.057,21 115.905.797,46 980.954.595,47 140.572.072,71 965.022.351,27 22.333.015,50
PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS 658.294.080,00 649.588.101,15 80.596.822,61 628.814.132,63 20.773.968,52 81.642.449,13 628.726.030,55 20.862.070,60 619.225.817,09 88.102,08
JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA 6.095.000,00 6.287.296,84 (581.528,45) 5.854.622,02 432.674,82 513.124,12 5.854.622,02 432.674,82 5.854.622,02 0,00
OUTRAS DESPESAS CORRENTES 381.256.646,50 465.651.270,19 (395.052,55) 368.618.856,32 97.032.413,87 33.750.224,21 346.373.942,90 119.277.327,29 339.941.912,16 22.244.913,42
DESPESAS DE CAPITAL 198.748.432,00 241.528.416,94 8.550.523,72 81.008.034,21 160.520.382,73 10.979.979,12 67.593.732,27 173.934.684,67 66.713.258,74 13.414.301,94
INVESTIMENTOS 187.037.737,00 237.776.087,27 8.997.849,66 77.292.726,29 160.483.360,98 10.671.686,38 63.878.424,35 173.897.662,92 62.997.950,82 13.414.301,94
INVERSÕES FINANCEIRAS 5,00 5,00 0,00 0,00 5,00 0,00 0,00 5,00 0,00 0,00
AMORTIZAÇÃO / REFINANCIAMENT 11.710.690,00 3.752.324,67 (447.325,94) 3.715.307,92 37.016,75 308.292,74 3.715.307,92 37.016,75 3.715.307,92 0,00
RESERVA DE CONTINGÊNCIA 2.600.000,00 621.407,29 0,00 0,00 621.407,29 0,00 0,00 621.407,29 0,00 0,00
RESERVA DE CONTINGÊNCIA 2.600.000,00 621.407,29 0,00 0,00 621.407,29 0,00 0,00 621.407,29 0,00 0,00
DESPESAS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) 145.686.275,50 173.112.710,48 21.006.900,12 169.063.076,80 4.049.633,68 25.407.736,43 168.935.334,14 4.177.376,34 159.507.210,16 127.742,66
SUBTOTAL DAS DESPESAS (X) = (VIII + 1.392.680.434,00 1.536.789.202,89 109.177.665,45 1.253.358.721,98 283.430.480,91 152.293.513,01 1.217.483.661,88 319.305.541,01 1.191.242.820,17 35.875.060,10
AMORTIZAÇÃO DA DIV./REFINANCIAM 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Amortização da Dívida Interna 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Dívida Mobiliária 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Outras Dívidas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Amortização da Dívida Externa 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Dívida Mobiliária 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Outras Dívidas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
SUBTOTAL C/ REFINANCIAMENTO (XII) 1.392.680.434,00 1.536.789.202,89 109.177.665,45 1.253.358.721,98 283.430.480,91 152.293.513,01 1.217.483.661,88 319.305.541,01 1.191.242.820,17 35.875.060,10
SUPERAVIT (XIII) - - - - - - 34.938.259,11 - - -
TOTAL(XIV) = (XII + XIII) 1.392.680.434,00 1.536.789.202,89 109.177.665,45 1.253.358.721,98 283.430.480,91 - 1.252.421.920,99 - 1.191.242.820,17 35.875.060,10
RESERVA DO RPPS 17.830.944,00 15.330.944,00 0,00 0,00 15.330.944,00 0,00 0,00 15.330.944,00 0,00 0,00
24 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

RREO - Anexo I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e §1°) R$ Centavos
PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS
RECEITAS INTRA-ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA NO MÊS Até o Bimestre SALDO
(a) (b) (b/a) (c) (c/a) (a-c)
RECEITAS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (II) 183.575.285,00 183.575.285,00 17.531.976,81 9,55 166.364.039,78 90,62 17.211.245,22
RECEITAS CORRENTES OFSS 176.085.454,00 176.085.454,00 14.546.849,90 8,26 162.016.172,68 92,01 14.069.281,32
CONTRIBUIÇÕES OFSS 95.137.375,00 95.137.375,00 6.572.689,86 6,91 81.634.559,34 85,81 13.502.815,66
CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS OFSS 95.137.375,00 95.137.375,00 6.572.689,86 6,91 81.634.559,34 85,81 13.502.815,66
RECEITA DE SERVIÇOS OFSS 57.383.079,00 57.383.079,00 5.966.697,67 10,40 57.726.404,84 100,60 (343.325,84)
SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS E COMERC 33.254.698,00 33.254.698,00 2.639.654,98 7,94 32.561.780,32 97,92 692.917,68
SERVIÇOS E ATIVIDADES REFERENTES 3.486.911,00 3.486.911,00 247.149,56 7,09 2.985.048,46 85,61 501.862,54
OUTROS SERVIÇOS OFSS 20.641.470,00 20.641.470,00 3.079.893,13 14,92 22.179.576,06 107,45 (1.538.106,06)
OUTRAS RECEITAS CORRENTES OFSS 23.565.000,00 23.565.000,00 2.007.462,37 8,52 22.655.208,50 96,14 909.791,50
INDENIZAÇÕES, RESTITUIÇÕES E RESSA 0,00 0,00 0,00 0,00 5.003,64 0,00 (5.003,64)
DEMAIS RECEITAS CORRENTES OFSS 23.565.000,00 23.565.000,00 2.007.462,37 8,52 22.650.204,86 96,12 914.795,14
RECEITAS DE CAPITAL OFSS 7.489.831,00 7.489.831,00 2.985.126,91 39,86 4.347.867,10 58,05 3.141.963,90
AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS - ESTA 1.489.831,00 1.489.831,00 1.427.632,58 95,83 1.427.632,58 95,83 62.198,42
AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS OFSS 1.489.831,00 1.489.831,00 64.892,39 4,36 1.427.632,58 95,83 62.198,42
TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL OFSS 6.000.000,00 6.000.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00
TRANSFERÊNCIAS DOS MUNICÍPIOS E D 6.000.000,00 6.000.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 6.000.000,00
OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL OFSS 0,00 0,00 2.920.234,52 0,00 2.920.234,52 0,00 (2.920.234,52)
INTEGRALIZAÇÃO DE CAPITAL SOCIAL O 0,00 0,00 2.920.234,52 0,00 2.920.234,52 0,00 (2.920.234,52)

MUNICÍPIO DE BAURU
RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
BALANÇO ORÇAMENTÁRIO
ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
JANEIRO A DEZEMBRO 2018 / MÊS - DEZEMBRO
RREO - Anexo I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e §1°) R$ Centavos
DOTAÇÃO DOTAÇÃO DESPESAS EMPENHADAS SALDO DESPESAS LIQUIDADAS SALDO DESPESAS INSCRITAS EM
DESPESAS INTRA-ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA NO MÊS NO MÊS NO MÊS PAGAS ATÉ RESTOS A PAGAR
Até o Bimestre Até o Bimestre O BIMESTRE NÃO
(d) (e) (f) (g) = (e-f) (h) (i) = (e-h) (j) PROCESSADOS
(k)
DESPESAS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) 145.686.275,50 173.112.710,48 21.006.900,12 169.063.076,80 4.049.633,68 25.407.736,43 168.935.334,14 4.177.376,34 159.507.210,16 127.742,66
DESPESAS CORRENTES 132.750.235,50 155.162.075,01 15.124.739,99 151.174.597,73 3.987.477,28 18.609.592,72 151.046.855,07 4.115.219,94 141.752.710,86 127.742,66
PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS 53.889.477,50 72.329.010,69 9.988.900,03 68.774.839,06 3.554.171,63 9.988.900,03 68.774.839,06 3.554.171,63 59.663.288,44 0,00
JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA 4.480.000,00 4.215.220,04 0,00 4.202.570,78 12.649,26 338.619,08 4.202.570,78 12.649,26 4.202.570,78 0,00
OUTRAS DESPESAS CORRENTES 74.380.758,00 78.617.844,28 5.135.839,96 78.197.187,89 420.656,39 8.282.073,61 78.069.445,23 548.399,05 77.886.851,64 127.742,66
DESPESAS DE CAPITAL 12.936.040,00 17.950.635,47 5.882.160,13 17.888.479,07 62.156,40 6.798.143,71 17.888.479,07 62.156,40 17.754.499,30 0,00
INVESTIMENTOS 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
INVERSÕES FINANCEIRAS 0,00 2.920.234,52 2.920.234,52 2.920.234,52 0,00 2.920.234,52 2.920.234,52 0,00 2.920.234,52 0,00
AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA 12.936.040,00 15.030.400,95 2.961.925,61 14.968.244,55 62.156,40 3.877.909,19 14.968.244,55 62.156,40 14.834.264,78 0,00
RESERVA DE CONTIGÊNCIA 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
FONTE: SMARapd Informática Ltda Unidade Responsável: MUNICÍPIO DE BAURU Emissão: 27/01/2019 08:52

Everton Basilio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi


Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta


Controladoria Geral Prefeito Municipal
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 25

MUNICÍPIO DE BAURU

RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA


DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DAS DESPESAS POR FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO
ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
JANEIRO A DEZEMBRO 2018 / MÊS - DEZEMBRO
RREO - Anexo II (LRF, Art.52, inciso II, alinea "c") R$ CENTAVOS
inscritoas
restos

FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO a pagar
não
processados
INICIAL ATUALIZADA MÊS ATE O MÊS B/ TOTAL B C=A-B MÊS ATE O MÊS (d / total d) (e) = (a - d) f
a b d
DESPESAS (EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS)(I) 1.246.994.158,50 1.363.676.492,41 88.170.765,33 1.084.295.645,18 86,51 279.380.847,23 126.885.776,58 1.048.548.327,74 86,12 315.128.164,67 35.747.317,44

LEGISLATIVA 18.794.450,00 18.774.450,00 1.429.601,03 16.202.555,90 1,29 2.571.894,10 1.332.047,05 15.843.866,70 1,30 2.930.583,30 358.689,20

AÇÃO LEGISLATIVA 18.794.450,00 18.774.450,00 1.429.601,03 16.202.555,90 1,29 2.571.894,10 1.332.047,05 15.843.866,70 1,30 2.930.583,30 358.689,20

ADMINISTRAÇÃO GERAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

ESSENCIAL À JUSTIÇA 9.600.184,00 10.283.164,79 768.560,29 10.076.894,62 0,80 206.270,17 1.091.806,06 9.709.993,52 0,80 573.171,27 366.901,10

DEFESA DA ORDEM JURÍDICA 9.600.184,00 10.283.164,79 768.560,29 10.076.894,62 0,80 206.270,17 1.091.806,06 9.709.993,52 0,80 573.171,27 366.901,10

ADMINISTRAÇÃO GERAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

ADMINISTRAÇÃO 44.847.893,00 49.495.661,47 3.750.247,75 48.049.575,07 3,83 1.446.086,40 4.950.475,67 47.045.174,13 3,86 2.450.487,34 1.004.400,94

ADMINISTRAÇÃO GERAL 23.484.360,00 25.951.821,47 2.047.992,92 25.024.338,66 2,00 927.482,81 2.739.072,93 24.524.815,22 2,01 1.427.006,25 499.523,44

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 20.557.533,00 22.067.460,80 1.862.782,20 21.862.063,11 1,74 205.397,69 2.214.156,13 21.603.535,29 1,77 463.925,51 258.527,82

ORDENAMENTO TERRITORIAL 116.000,00 6.000,00 0,00 0,00 0,00 6.000,00 0,00 0,00 0,00 6.000,00 0,00

FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS 30.000,00 30.000,00 0,00 4.165,62 0,00 25.834,38 0,00 4.165,62 0,00 25.834,38 0,00

COMUNICAÇÃO SOCIAL 580.000,00 1.360.379,20 (154.268,62) 1.146.597,92 0,09 213.781,28 3.505,36 900.248,24 0,07 460.130,96 246.349,68

DEFESA TERRESTRE 80.000,00 80.000,00 (6.258,75) 12.409,76 0,00 67.590,24 (6.258,75) 12.409,76 0,00 67.590,24 0,00

SEGURANÇA PÚBLICA 4.490.110,00 8.572.042,88 13.333,47 2.110.061,97 0,17 6.461.980,91 89.736,08 1.149.618,04 0,09 7.422.424,84 960.443,93

DEFESA CIVIL 4.490.110,00 8.572.042,88 13.333,47 2.110.061,97 0,17 6.461.980,91 89.736,08 1.149.618,04 0,09 7.422.424,84 960.443,93

ASSISTÊNCIA SOCIAL 57.797.500,00 64.294.782,01 1.351.862,19 58.120.916,81 4,64 6.173.865,20 2.767.425,14 57.414.826,97 4,72 6.879.955,04 706.089,84

ADMINISTRAÇÃO GERAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

ASSISTÊNCIA AO IDOSO 4.000,00 130.014,01 (97.778,90) 28.235,11 0,00 101.778,90 15.400,00 28.235,11 0,00 101.778,90 0,00

ASSISTÊNCIA À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE 2.222.635,00 2.534.221,40 (300.204,04) 1.932.953,97 0,15 601.267,43 58,72 1.852.775,52 0,15 681.445,88 80.178,45

ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA 55.570.865,00 61.630.546,60 1.749.845,13 56.159.727,73 4,48 5.470.818,87 2.751.966,42 55.533.816,34 4,56 6.096.730,26 625.911,39

PREVIDÊNCIA SOCIAL 204.380.000,00 206.911.350,00 22.667.375,10 198.093.313,12 15,80 8.818.036,88 23.637.186,15 197.991.206,56 16,26 8.920.143,44 102.106,56

PREVIDÊNCIA DO REGIME ESTATUTÁRIO 204.380.000,00 206.911.350,00 22.667.375,10 198.093.313,12 15,80 8.818.036,88 23.637.186,15 197.991.206,56 16,26 8.920.143,44 102.106,56

SAÚDE 214.090.498,00 224.132.588,24 7.511.726,99 206.362.559,38 16,46 17.770.028,86 19.519.118,29 201.563.783,69 16,56 22.568.804,55 4.798.775,69

ADMINISTRAÇÃO GERAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

TECNOLOGIA DA INFORMATIZAÇÃO 1.500.000,00 596.105,74 (53.546,30) 288.393,26 0,02 307.712,48 33.350,00 198.988,12 0,02 397.117,62 89.405,14

ATENÇÃO BÁSICA 212.590.498,00 223.536.482,50 7.565.273,29 206.074.166,12 16,44 17.462.316,38 19.485.768,29 201.364.795,57 16,54 22.171.686,93 4.709.370,55

ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

EDUCAÇÃO 216.389.611,00 232.497.245,66 22.369.841,11 199.365.113,44 15,91 33.132.132,22 33.465.372,88 195.883.753,54 16,09 36.613.492,12 3.481.359,90

ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO 9.933.990,00 15.680.023,46 (1.242.881,20) 10.499.357,06 0,84 5.180.666,40 3.035.661,31 10.499.357,06 0,86 5.180.666,40 0,00

ENSINO FUNDAMENTAL 92.724.420,00 104.108.619,42 12.359.973,06 92.765.998,01 7,40 11.342.621,41 15.162.009,98 91.402.274,67 7,51 12.706.344,75 1.363.723,34

ENSINO MÉDIO 10.810,00 200.923,00 (1.195,50) 199.726,98 0,02 1.196,02 (18.746,24) 9.614,50 0,00 191.308,50 190.112,48

EDUCAÇÃO INFANTIL 107.535.931,00 106.562.564,62 11.140.485,35 92.104.050,80 7,35 14.458.513,82 15.172.988,43 90.176.526,72 7,41 16.386.037,90 1.927.524,08

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS 3.447.910,00 3.308.565,16 113.459,40 2.700.690,19 0,22 607.874,97 113.459,40 2.700.690,19 0,22 607.874,97 0,00

EDUCAÇÃO ESPECIAL 2.736.550,00 2.636.550,00 0,00 1.095.290,40 0,09 1.541.259,60 0,00 1.095.290,40 0,09 1.541.259,60 0,00

CULTURA 13.238.161,00 12.879.677,30 972.601,65 10.858.477,90 0,87 2.021.199,40 1.155.344,71 10.162.643,07 0,83 2.717.034,23 695.834,83

PATRIMÔNIO HISTÓRICO, ARTÍSTICO E ARQUEOLÓGIC 1.550.000,00 1.450.000,00 17.139,91 38.815,06 0,00 1.411.184,94 0,00 100,45 0,00 1.449.899,55 38.714,61

DIFUSÃO CULTURAL 11.688.161,00 11.429.677,30 955.461,74 10.819.662,84 0,86 610.014,46 1.155.344,71 10.162.542,62 0,83 1.267.134,68 657.120,22

DIREITOS DA CIDADANIA 4.457.675,00 5.248.903,14 305.688,36 5.146.860,82 0,41 102.042,32 493.715,17 4.808.248,73 0,39 440.654,41 338.612,09

ADMINISTRAÇÃO GERAL 4.457.675,00 5.248.903,14 305.688,36 5.146.860,82 0,41 102.042,32 493.715,17 4.808.248,73 0,39 440.654,41 338.612,09

URBANISMO 228.301.999,00 262.303.008,52 8.812.971,05 167.021.169,14 13,33 95.281.839,38 15.056.563,17 157.880.101,62 12,97 104.422.906,90 9.141.067,52

ADMINISTRAÇÃO GERAL 50.000,00 50.000,00 0,00 42.410,22 0,00 7.589,78 0,00 17.974,33 0,00 32.025,67 24.435,89

ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA 145.000,00 70.010,00 0,00 0,00 0,00 70.010,00 0,00 0,00 0,00 70.010,00 0,00

PROTEÇÃO E BENEFÍCIOS AO TRABALHADOR 170.000,00 170.000,00 (39.188,40) 129.440,83 0,01 40.559,17 378,97 129.440,83 0,01 40.559,17 0,00

INFRA-ESTRUTURA URBANA 154.870.605,00 187.163.772,89 2.427.984,53 92.635.132,08 7,39 94.528.640,81 7.169.688,83 84.630.531,51 6,95 102.533.241,38 8.004.600,57

SERVIÇOS URBANOS 73.066.394,00 74.849.225,63 6.424.174,92 74.214.186,01 5,92 635.039,62 7.886.495,37 73.102.154,95 6,00 1.747.070,68 1.112.031,06

HABITAÇÃO 61.800,00 90.771,31 0,00 78.971,31 0,01 11.800,00 0,00 78.971,31 0,01 11.800,00 0,00

HABITAÇÃO URBANA 61.800,00 90.771,31 0,00 78.971,31 0,01 11.800,00 0,00 78.971,31 0,01 11.800,00 0,00

SANEAMENTO 144.234.435,50 194.804.781,09 12.810.218,38 102.984.316,39 8,22 91.820.464,70 11.790.135,10 91.421.570,57 7,51 103.383.210,52 11.562.745,82

AÇÃO JUDICIÁRIA 250.000,00 607.947,49 62.110,22 565.426,91 0,05 42.520,58 62.990,22 565.426,91 0,05 42.520,58 0,00

ADMINISTRAÇÃO GERAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

TECNOLOGIA DA INFORMATIZAÇÃO 3.849.600,00 4.249.600,00 329.693,70 562.541,77 0,04 3.687.058,23 89.906,84 271.086,35 0,02 3.978.513,65 291.455,42

FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS 82.000,00 109.420,00 0,00 42.586,00 0,00 66.834,00 16.000,00 42.336,00 0,00 67.084,00 250,00
SANEAMENTO BÁSICO URBANO 140.052.835,50 189.837.813,60 12.418.414,46 101.813.761,71 8,12 88.024.051,89 11.621.238,04 90.542.721,31 7,44 99.295.092,29 11.271.040,40

GESTÃO AMBIENTAL 26.596.516,00 28.143.263,17 (692.571,21) 24.553.948,86 1,96 3.589.314,31 1.578.286,34 22.892.768,09 1,88 5.250.495,08 1.661.180,77

PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL 15.910.086,00 18.082.999,05 702.485,93 16.276.008,81 1,30 1.806.990,24 1.541.281,45 15.147.408,32 1,24 2.935.590,73 1.128.600,49

CONTROLE AMBIENTAL 10.296.430,00 9.670.264,12 (1.395.057,14) 8.161.285,03 0,65 1.508.979,09 37.004,89 7.694.101,00 0,63 1.976.163,12 467.184,03

RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS 390.000,00 390.000,00 0,00 116.655,02 0,01 273.344,98 0,00 51.258,77 0,00 338.741,23 65.396,25

CIÊNCIA E TECNOLOGIA 60.000,00 17.000,00 359,40 2.337,90 0,00 14.662,10 0,00 896,00 0,00 16.104,00 1.441,90

DIFUSÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO TECNOLÓ 60.000,00 17.000,00 359,40 2.337,90 0,00 14.662,10 0,00 896,00 0,00 16.104,00 1.441,90

AGRICULTURA 4.708.416,00 4.944.901,44 317.015,91 3.664.551,63 0,29 1.280.349,81 398.197,79 3.426.758,97 0,28 1.518.142,47 237.792,66

ABASTECIMENTO 130.000,00 123.000,00 (1.592,23) 120.489,50 0,01 2.510,50 0,00 94.295,05 0,01 28.704,95 26.194,45

PROMOÇÃO DA PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA 4.578.416,00 4.821.901,44 318.608,14 3.544.062,13 0,28 1.277.839,31 398.197,79 3.332.463,92 0,27 1.489.437,52 211.598,21

COMÉRCIO E SERVIÇOS 2.427.475,00 2.026.824,76 149.195,20 1.462.323,00 0,12 564.501,76 167.528,59 1.411.623,21 0,12 615.201,55 50.699,79

PROMOÇÃO COMERCIAL 2.426.840,00 2.026.189,76 149.195,20 1.462.323,00 0,12 563.866,76 167.528,59 1.411.623,21 0,12 614.566,55 50.699,79

TURISMO 635,00 635,00 0,00 0,00 0,00 635,00 0,00 0,00 0,00 635,00 0,00

DESPORTO E LAZER 15.361.205,00 14.817.812,60 253.165,49 8.611.178,15 0,69 6.206.634,45 614.754,60 8.332.003,25 0,68 6.485.809,35 279.174,90

ADMINISTRAÇÃO GERAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

DESPORTO DE RENDIMENTO 15.161.205,00 14.724.509,96 253.165,49 8.545.178,15 0,68 6.179.331,81 614.754,60 8.288.003,25 0,68 6.436.506,71 257.174,90

DESPORTO COMUNITÁRIO 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

LAZER 200.000,00 93.302,64 0,00 66.000,00 0,01 27.302,64 0,00 44.000,00 0,00 49.302,64 22.000,00

ENCARGOS ESPECIAIS 34.556.230,00 22.816.856,74 5.379.573,17 21.530.519,77 1,72 1.286.336,97 8.778.083,79 21.530.519,77 1,77 1.286.336,97 0,00

REFINANCIAMENTO DA DÍVIDA INTERNA 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

REFINANCIAMENTO DA DÍVIDA EXTERNA 19.904.540,00 10.397.003,13 (2.395.122,77) 10.370.845,88 0,83 26.157,25 916.907,98 10.370.845,88 0,85 26.157,25 0,00

OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS 14.651.690,00 12.419.853,61 7.774.695,94 11.159.673,89 0,89 1.260.179,72 7.861.175,81 11.159.673,89 0,92 1.260.179,72 0,00

RESERVA DE CONTINGÊNCIA 2.600.000,00 621.407,29 0,00 0,00 0,00 621.407,29 0,00 0,00 0,00 621.407,29 0,00

RESERVA DO RPPS 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

RESERVA DE CONTINGÊNCIA 2.600.000,00 621.407,29 0,00 0,00 0,00 621.407,29 0,00 0,00 0,00 621.407,29 0,00
26 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

DESPESAS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS)(II) 145.686.275,50 173.112.710,48 21.006.900,12 169.063.076,80 13,49 4.049.633,68 25.407.736,43 168.935.334,14 13,88 4.177.376,34 127.742,66

TOTAL (III) = (I) + (II) 1.392.680.434,00 1.536.789.202,89 109.177.665,45 1.253.358.721,98 100,00 283.430.480,91 152.293.513,01 1.217.483.661,88 100,00 319.305.541,01 35.875.060,10

DESPESAS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) 145.686.275,50 173.112.710,48 21.006.900,12 169.063.076,80 13,49 4.049.633,68 25.407.736,43 168.935.334,14 13,88 4.177.376,34 127.742,66

LEGISLATIVA 1.439.550,00 1.459.550,00 83.622,11 1.285.316,64 0,10 174.233,36 98.562,21 1.285.316,64 0,11 174.233,36 0,00

AÇÃO LEGISLATIVA 1.439.550,00 1.459.550,00 83.622,11 1.285.316,64 0,10 174.233,36 98.562,21 1.285.316,64 0,11 174.233,36 0,00

ESSENCIAL À JUSTIÇA 1.269.816,00 1.424.542,52 222.378,24 1.424.500,48 0,11 42,04 232.229,07 1.424.500,48 0,12 42,04 0,00

DEFESA DA ORDEM JURÍDICA 1.269.816,00 1.424.542,52 222.378,24 1.424.500,48 0,11 42,04 232.229,07 1.424.500,48 0,12 42,04 0,00

ADMINISTRAÇÃO 4.761.047,00 8.214.660,29 3.729.284,21 8.211.348,14 0,66 3.312,15 3.803.002,98 8.206.453,12 0,67 8.207,17 4.895,02

ADMINISTRAÇÃO GERAL 2.828.580,00 3.092.641,66 475.477,82 3.089.330,31 0,25 3.311,35 546.679,34 3.084.435,29 0,25 8.206,37 4.895,02

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.932.467,00 5.122.018,63 3.253.806,39 5.122.017,83 0,41 0,80 3.256.323,64 5.122.017,83 0,42 0,80 0,00

SEGURANÇA PÚBLICA 50.000,00 50.000,00 0,00 48.439,03 0,00 1.560,97 3.881,56 34.562,11 0,00 15.437,89 13.876,92

DEFESA CIVIL 50.000,00 50.000,00 0,00 48.439,03 0,00 1.560,97 3.881,56 34.562,11 0,00 15.437,89 13.876,92

ASSISTÊNCIA SOCIAL 6.373.690,00 7.663.430,22 1.594.687,71 7.640.778,21 0,61 22.652,01 1.607.209,44 7.620.885,55 0,63 42.544,67 19.892,66

ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA 6.373.690,00 7.663.430,22 1.594.687,71 7.640.778,21 0,61 22.652,01 1.607.209,44 7.620.885,55 0,63 42.544,67 19.892,66

PREVIDÊNCIA SOCIAL 614.400,00 583.050,00 73.999,93 441.828,03 0,04 141.221,97 73.999,93 441.828,03 0,04 141.221,97 0,00

PREVIDÊNCIA DO REGIME ESTATUTÁRIO 614.400,00 583.050,00 73.999,93 441.828,03 0,04 141.221,97 73.999,93 441.828,03 0,04 141.221,97 0,00

SAÚDE 19.091.026,00 21.932.776,60 3.040.975,09 21.739.751,65 1,73 193.024,95 3.340.446,84 21.739.687,34 1,79 193.089,26 64,31

ATENÇÃO BÁSICA 19.091.026,00 21.932.776,60 3.040.975,09 21.739.751,65 1,73 193.024,95 3.340.446,84 21.739.687,34 1,79 193.089,26 64,31

EDUCAÇÃO 12.624.235,00 26.756.094,59 2.943.198,11 23.491.321,41 1,87 3.264.773,18 3.667.705,81 23.491.321,41 1,93 3.264.773,18 0,00

ENSINO FUNDAMENTAL 5.422.745,00 11.942.732,39 1.314.453,64 10.595.270,64 0,85 1.347.461,75 1.591.506,80 10.595.270,64 0,87 1.347.461,75 0,00

EDUCAÇÃO INFANTIL 6.207.260,00 13.560.636,84 1.601.706,92 11.968.128,55 0,95 1.592.508,29 2.049.161,46 11.968.128,55 0,98 1.592.508,29 0,00

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS 359.170,00 517.665,36 27.037,55 508.528,23 0,04 9.137,13 27.037,55 508.528,23 0,04 9.137,13 0,00

EDUCAÇÃO ESPECIAL 635.060,00 735.060,00 0,00 419.393,99 0,03 315.666,01 0,00 419.393,99 0,03 315.666,01 0,00

CULTURA 1.095.009,00 1.271.856,05 179.080,61 1.271.856,05 0,10 0,00 204.760,76 1.225.603,61 0,10 46.252,44 46.252,44

DIFUSÃO CULTURAL 1.095.009,00 1.271.856,05 179.080,61 1.271.856,05 0,10 0,00 204.760,76 1.225.603,61 0,10 46.252,44 46.252,44

DIREITOS DA CIDADANIA 489.325,00 561.844,65 63.792,43 561.844,65 0,04 0,00 70.661,44 561.844,65 0,05 0,00 0,00

ADMINISTRAÇÃO GERAL 489.325,00 561.844,65 63.792,43 561.844,65 0,04 0,00 70.661,44 561.844,65 0,05 0,00 0,00

URBANISMO 21.905.172,00 22.720.105,69 1.884.566,73 22.601.338,05 1,80 118.767,64 2.167.321,26 22.569.417,44 1,85 150.688,25 31.920,61

INFRA-ESTRUTURA URBANA 21.709.740,00 22.475.697,92 1.882.740,11 22.357.398,82 1,78 118.299,10 2.147.866,75 22.325.478,21 1,83 150.219,71 31.920,61

SERVIÇOS URBANOS 195.432,00 244.407,77 1.826,62 243.939,23 0,02 468,54 19.454,51 243.939,23 0,02 468,54 0,00

SANEAMENTO 7.495.274,50 7.595.274,50 615.375,97 7.769.861,18 0,62 (174.586,68) 615.375,97 7.769.861,18 0,64 (174.586,68) 0,00

SANEAMENTO BÁSICO URBANO 7.495.274,50 7.595.274,50 615.375,97 7.769.861,18 0,62 (174.586,68) 615.375,97 7.769.861,18 0,64 (174.586,68) 0,00

GESTÃO AMBIENTAL 27.755.992,00 30.056.579,84 3.146.311,27 30.017.441,21 2,39 39.138,63 3.162.117,84 30.012.598,39 2,47 43.981,45 4.842,82

PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL 1.806.414,00 1.863.902,87 270.381,23 1.863.902,87 0,15 0,00 286.187,80 1.859.060,05 0,15 4.842,82 4.842,82

CONTROLE AMBIENTAL 25.949.578,00 28.192.676,97 2.875.930,04 28.153.538,34 2,25 39.138,63 2.875.930,04 28.153.538,34 2,31 39.138,63 0,00

AGRICULTURA 528.959,00 535.359,00 58.139,11 444.813,42 0,04 90.545,58 67.166,30 439.810,87 0,04 95.548,13 5.002,55

PROMOÇÃO DA PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA 528.959,00 535.359,00 58.139,11 444.813,42 0,04 90.545,58 67.166,30 439.810,87 0,04 95.548,13 5.002,55

COMÉRCIO E SERVIÇOS 142.800,00 139.500,43 23.313,05 138.757,93 0,01 742,50 23.395,30 138.256,77 0,01 1.243,66 501,16

PROMOÇÃO COMERCIAL 142.800,00 139.500,43 23.313,05 138.757,93 0,01 742,50 23.395,30 138.256,77 0,01 1.243,66 501,16

DESPORTO E LAZER 1.139.210,00 1.094.910,00 101.490,30 1.027.555,42 0,08 67.354,58 171.943,53 1.027.061,25 0,08 67.848,75 494,17

DESPORTO DE RENDIMENTO 1.139.210,00 1.094.910,00 101.490,30 1.027.555,42 0,08 67.354,58 171.943,53 1.027.061,25 0,08 67.848,75 494,17

ENCARGOS ESPECIAIS 38.910.770,00 41.053.176,10 3.246.685,25 40.946.325,30 3,27 106.850,80 6.097.956,19 40.946.325,30 3,36 106.850,80 0,00

REFINANCIAMENTO DA DÍVIDA INTERNA 16.118.150,00 15.168.663,34 (63.618,30) 15.094.413,10 1,20 74.250,24 1.173.636,63 15.094.413,10 1,24 74.250,24 0,00

OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS 22.792.620,00 25.884.512,76 3.310.303,55 25.851.912,20 2,06 32.600,56 4.924.319,56 25.851.912,20 2,12 32.600,56 0,00

TOTAL 145.686.275,50 173.112.710,48 21.006.900,12 169.063.076,80 13,49 4.049.633,68 25.407.736,43 168.935.334,14 13,88 4.177.376,34 127.742,66

FONTE: SMARapd Informática Ltda Unidade ResponsáMUNICÍPIO DE BAURU 27/01/2019 08:53

Everton Basilio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi


Diretor Departamento Contador - CRC 1SP209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

Fabio Ribas dos Santo Clodoaldo Armando Gazzeta


Controladoria Geral Prefeito Municipal
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 27

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

Tabela 4.1 - Demonstrativo das Receitas e Despesas Previdenciárias do Regime Próprio de Previdência dos Servidores

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES
ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL
Período: 6º BIMESTRE 2018

RREO - Anexo 4 (LRF, Art. 53, inciso II) Em Reais


RECEITAS REALIZADAS
PREVISÃO
RECEITAS PREVISÃO INICIAL Até o Bimestre/ Até o Bimestre/
ATUALIZADA
<Exercício> <Exercício Anterior>
RECEITAS PREVIDENCIÁRIAS - RPPS (EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (I) 105.577.509,00 105.577.509,00 50.952.465,60 103.191.769,00
RECEITAS CORRENTES 105.577.509,00 105.577.509,00 50.952.465,60 103.191.769,00
Receita de Contribuições dos Segurados 42.251.487,50 42.251.487,50 37.814.073,68 37.010.804,77
Pessoal Civil 42.251.487,50 42.251.487,50 37.814.073,68 37.010.804,77
Ativo 39.457.487,50 39.457.487,50 34.329.832,38 34.135.748,97
Inativo 2.709.000,00 2.709.000,00 3.372.893,43 2.789.432,01
Pensionista 85.000,00 85.000,00 111.347,87 85.623,79
Pessoal Militar - - - -
Ativo
Inativo
Pensionista
Outras Receitas de Contribuições - - - -
Receita Patrimonial 58.969.721,50 58.969.721,50 7.681.073,60 60.378.690,00
Receitas Imobiliárias 56.500,00 56.500,00 52.167,92 50.459,84
Receitas de Valores Mobiliários 58.913.221,50 58.913.221,50 7.628.905,68 60.328.230,16
Outras Receitas Patrimoniais
Receita de Serviços 63.300,00 63.300,00 73.985,30 64.085,87
Outras Receitas Correntes 4.293.000,00 4.293.000,00 5.383.333,02 5.738.188,36
Compensação Previdenciária do RGPS para o RPPS 4.134.000,00 4.134.000,00 5.259.781,13 5.607.707,73
Demais Receitas Correntes 159.000,00 159.000,00 123.551,89 130.480,63
RECEITAS DE CAPITAL - - - -
Alienação de Bens, Direitos e Ativos
Amortização de Empréstimos
Outras Receitas de Capital
RECEITAS PREVIDENCIÁRIAS - RPPS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (II) 118.187.375,00 118.187.375,00 103.410.069,31 101.711.670,72
TOTAL DAS RECEITAS PREVIDENCIÁRIAS RPPS - (III) = (I + II) 223.764.884,00 223.764.884,00 154.362.534,91 204.903.439,72

DOTAÇÃO INSCRITAS EM RESTOS A PAGAR NÃO


DOTAÇÃO INICIAL DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS
ATUALIZADA PROCESSADOS
DESPESAS Até o Bimestre/ Até o Bimestre/ Até o Bimestre/ Até o Bimestre/ Em Em
<Exercício> <Exercício Anterior> <Exercício> <Exercício Anterior> <Exercício> <Exercício Anterior>
DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS - RPPS (EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (IV) 205.319.540,00 205.319.540,00 198.636.096,64 170.889.088,90 198.533.990,08 170.874.994,00 102.106,56 14.094,90
ADMINISTRAÇÃO 7.982.000,00 7.982.000,00 4.000.347,01 3.542.159,69 3.976.610,00 3.528.064,79 23.737,01 14.094,90
Despesas Correntes 6.696.650,00 6.696.650,00 3.903.013,21 3.529.402,02 3.879.276,20 3.515.307,12 23.737,01 14.094,90
Despesas de Capital 1.285.350,00 1.285.350,00 97.333,80 12.757,67 97.333,80 12.757,67 - -
PREVIDÊNCIA 197.337.540,00 197.337.540,00 194.635.749,63 167.346.929,21 194.557.380,08 167.346.929,21 78.369,55 -
Pessoal Civil 196.233.000,00 196.233.000,00 194.092.966,11 167.051.754,43 194.014.596,56 167.051.754,43 78.369,55 -
Aposentadorias 161.200.000,00 161.200.000,00 161.382.238,43 136.843.161,29 161.382.238,43 136.843.161,29 - -
Pensões 26.400.000,00 26.400.000,00 25.905.221,86 23.219.623,81 25.905.221,86 23.219.623,81 - -
Outros Benefícios Previdenciários 8.633.000,00 8.633.000,00 6.805.505,82 6.988.969,33 6.727.136,27 6.988.969,33 78.369,55 -
Pessoal Militar - - - - - - - -
Reformas - -
Pensões - -
Outros Benefícios Previdenciários - -
Outras Despesas Previdenciárias 1.104.540,00 1.104.540,00 542.783,52 295.174,78 542.783,52 295.174,78 - -
Compensação Previdenciária do RPPS para o RGPS 165.000,00 165.000,00 - -
Demais Despesas Previdenciárias 939.540,00 939.540,00 542.783,52 295.174,78 542.783,52 295.174,78 - -
DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS - RPPS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (V) 614.400,00 583.050,00 441.828,03 404.332,53 441.828,03 404.332,53 - -
TOTAL DAS DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS RPPS (VI) = (IV + V) 205.933.940,00 205.902.590,00 199.077.924,67 171.293.421,43 198.975.818,11 171.279.326,53 102.106,56 14.094,90
RESULTADO PREVIDENCIÁRIO (VII) = (III – VI) 17.830.944,00 17.862.294,00 - 44.715.389,76 33.610.018,29 - 44.613.283,20 33.624.113,19

APORTES
APORTES DE RECURSOS PARA O REGIME PRÓPRIO
DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR
TOTAL DOS APORTES PARA O RPPS 11.062.428,35
Plano Financeiro
Recursos para Cobertura de Insuficiências Financeiras
Recursos para Formação de Reserva
Outros Aportes para o RPPS
Plano Previdenciário 11.062.428,35
Recursos para Cobertura de Déficit Financeiro 11.062.428,35
Recursos para Cobertura de Déficit Atuarial
Outros Aportes para o RPPS

PREVISÃO
RESERVA ORÇAMENTÁRIA DO RPPS
ORÇAMENTÁRIA
VALOR 17.830.944,00

PERÍODO DE REFERÊNCIA
BENS E DIREITOS DO RPPS
<Exercício> <Exercício Anterior>
CAIXA
BANCOS CONTA MOVIMENTO - -
INVESTIMENTOS 540.248.896,44 537.784.930,70
OUTROS BENS E DIREITOS
28 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

RECEITAS REALIZADAS
PREVISÃO
RECEITAS INTRA-ORÇAMENTÁRIAS - RPPS PREVISÃO INICIAL Até o Bimestre/ Até o Bimestre/
ATUALIZADA
<Exercício> <Exercício Anterior>
RECEITAS CORRENTES (VIII) 118.187.375,00 118.187.375,00 103.410.069,31 101.711.670,72
Receita de Contribuições 95.137.375,00 95.137.375,00 81.634.559,34 81.402.983,92
Patronal 80.277.375,00 80.277.375,00 68.807.761,71 68.356.777,95
Pessoal Civil 80.277.375,00 80.277.375,00 68.807.761,71 68.356.777,95
Ativo 80.277.375,00 80.277.375,00 68.807.761,71 68.356.777,95
Inativo
Pensionista
Pessoal Militar - - - -
Ativo
Inativo
Pensionista
Para Cobertura de Déficit Atuarial
Em Regime de Débitos e Parcelamentos 14.860.000,00 14.860.000,00 12.826.797,63 13.046.205,97
Receita Patrimonial
Receita de Serviços
Outras Receitas Correntes 23.050.000,00 23.050.000,00 21.775.509,97 20.308.686,80
RECEITAS DE CAPITAL (IX) - - - -
Alienação de Bens
Amortização de Empréstimos
Outras Receitas de Capital
TOTAL DAS RECEITAS PREVIDENCIÁRIAS INTRA-ORÇAMENTÁRIAS (X) = (VIII +
IX) 118.187.375,00 118.187.375,00 103.410.069,31 101.711.670,72

DOTAÇÃO INSCRITAS EM RESTOS A PAGAR NÃO


DOTAÇÃO INICIAL DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS
ATUALIZADA PROCESSADOS
DESPESAS INTRA-ORÇAMENTÁRIAS - RPPS Até o Bimestre/ Até o Bimestre/ Até o Bimestre/ Até o Bimestre/ Em Em
<Exercício> <Exercício Anterior> <Exercício> <Exercício Anterior> <Exercício> <Exercício Anterior>
ADMINISTRAÇÃO (XI) 614.400,00 583.050,00 441.828,03 404.332,53 441.828,03 404.332,53 37.495,50 -
Despesas Correntes 614.400,00 583.050,00 441.828,03 404.332,53 441.828,03 404.332,53 37.495,50 -
Despesas de Capital - -
TOTAL DAS DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS INTRA-ORÇAMENTÁRIAS (XII) = (XI) 614.400,00 583.050,00 441.828,03 404.332,53 441.828,03 404.332,53 37.495,50 -

smarapd 25/01/2019

Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi


Contador - CRC 1SP 209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

Clodoaldo Armando Gazzetta Everton Basilio


Prefeito Municipal Diretor Departamento de Finanças

Fabio Ribas dos Santos


Controlador Geral

MUNICÍPIO DE BAURU
RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO E DESPESAS DE CAPITAL
ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
JANEIRO A DEZEMBRO 2018 / MÊS - DEZEMBRO
RREO – ANEXO 9 (LRF, art.53, § 1º, inciso I) R$ Centavos

Label34 PREVISÃO SALDO NÃO

RECEITAS ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS REALIZADO

(a) (b) (c) = (a-b)

RECEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITOS (I) 26.340.000,00 9.377.983,11 16.962.016,89

Label27 DOTAÇÃO DESPESAS DESPESAS SALDO NÃO

DESPESAS ATUALIZADA EMPENHADAS DESPESAS INSCRITAS EM EXECUTADO

(d) (e) LIQUIDADAS RESTOS A PAGAR (f) = (d - e)

NÃO PROCESSADOS
DESPESAS DE CAPITAL 259.479.052,41 98.896.513,28 85.482.211,34 13.414.301,94 160.582.539,13
(-) Incentivos Ficais a Contribuinte 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
(-) Incen. Fiscais a contribuinte por Instit. Financeiras 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
DESPESA DE CAPITAL LIQUIDA (II) 259.479.052,41 98.896.513,28 85.482.211,34 13.414.301,94 160.582.539,13

Label26 RESULTADO PARA APURAÇÃO DA

REGRA DE OURO (III) = (I - II) (233.139.052,41) (89.518.530,17) --- --- (143.620.522,24)

FONTE: SMARapd InformátUnidade Responsável: MUNICÍPIO DE BAURU Data da emissão 27/01/2019 e hora da emissão 08:58
Notas:
1 Operações de Crédito descritas na CF, art. 167, inciso III

Everton Basilio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi


Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta


Controladoria Geral Prefeito Municipal
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 29

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

Tabela 5 - Demonstrativo do Resultado Nominal

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
DEMONSTRATIVO DO RESULTADO NOMINAL
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
6° BIMESTRE 2018

RREO - ANEXO 5 (LRF, art 53, inciso III) Em Reais


SALDO
Em <6º Bimestre
DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA Em 31/Dez/<2017> Em <Bimestreanterior>
2018>
(a) (B) (c)
DÍVIDA CONSOLIDADA (I) 301.400.807,79 304.002.016,24 329.754.921,13
DEDUÇÕES (II) 302.946.407,86 376.586.807,46 318.715.340,42
Disponibilidade de Caixa bruta 295.701.314,72 370.184.326,29 342.895.306,02
Demais Haveres Financeiros 8.102.153,62 7.254.973,55 2.790.052,96
(-) Restos a Pagar Processados (Exceto precatórios) 857.060,48 852.492,38 26.970.018,56
DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA (III) = (I - II) - 1.545.600,07 - 72.584.791,22 11.039.580,71
RECEITA DE PRIVATIZAÇÕES (IV)
PASSIVOS RECONHECIDOS (V) 301.400.807,79 304.002.016,24 329.754.921,13
DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA (VI) = (III + IV - V) - 302.946.407,86 - 376.586.807,46 - 318.715.340,42

PERÍODO DE REFERÊNCIA
RESULTADO NOMINAL No Bimestre Até o 3°Bimestre
(VIc -VIb) (VIc - VIa)
VALOR 57.871.467,04 - 15.768.932,56

DISCRIMINAÇÃO DA META FISCAL VALOR CORRENTE


META DE RESULTADO NOMINAL FIXADA NO ANEXO DE METAS
FISCAIS DA LDO P/ O EXERCÍCIO DE REFERÊNCIA 2.506.582,43

Ricardo Alonso Senfuegos Everton Basilio


Contador - CRC 1SP 209175/O-7 Diretor Departamento de Finanças

Clodoaldo Armando Gazzetta Fabio Ribas dos Santos


Prefeito Municipal Controladoria Geral

Everson Demarchi
Secretário de Economia e Finanças

REGIME PREVIDENCIÁRIO
SALDO
Em bimestre Em < 6°
DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA PREVIDENCIÁRIA Em 31/Dez/<2017>
anterior> Bimestre2018>
(a) (B) (c)
DÍVIDA CONSOLIDADA PREVIDENCIÁRIA (VII) 576.321.602,35 576.321.602,35 576.321.602,35
Passivo Atuarial 576.321.602,35 576.321.602,35 576.321.602,35
Demais Dívidas
DEDUÇÕES (VIII) 537.784.930,70 544.548.285,59 540.248.896,44
Disponibilidade de Caixa Bruta - 476,87 -
Investimentos 537.784.930,70 544.547.808,72 540.248.896,44
Demais Haveres Financeiros
(-) Restos a Pagar Processados - - -
DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA PREVIDENCIÁRIA (IX) = (VII - VIII) 38.536.671,65 31.773.316,76 36.072.705,91
PASSIVOS RECONHECIDOS (X)
DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA PREVIDENCIÁRIA (XI) = (IX - X) 38.536.671,65 31.773.316,76 36.072.705,91
FONTE: Sistema SMARAPD, Unidade Responsável: PREF MUN. BAURU. Emissão:

Ricardo Alonso Senfuegos Everton Basilio


Contador - CRC 1SP 209175/O-7 Diretor Departamento de Finanças

Clodoaldo Armando Gazzetta Fabio Ribas dos Santos


Prefeito Municipal Controladoria Geral

Everson Demarchi
Secretário de Economia e Finanças
30 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

MUNICIPIO DE BAURU
RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
DEMONSTRATIVO DO RESULTADO PRIMÁRIO E NOMINAL
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
JANEIRO A DEZEMBRO 2018 / BIMESTRAL NOVEMBRO - DEZEMBRO

RREO - ANEXO VI (LRF, Art. 53, inciso III) R$ CENTAVOS

2018
RECEITAS PRIMÁRIAS PREVISÃO REALIZADAS
ATÉ O BIMESTRE

RECEITAS CORRENTES(I) 1.293.052.234,79 1.220.632.415,67


Impostos, Taxas e Contribuições de Melhoria 333.304.546,00 337.179.390,13
IPTU 129.085.870,00 129.257.014,76
ISS 111.353.675,00 113.050.514,66
ITBI 31.027.575,00 36.164.541,63
IRRF 38.350.000,00 43.826.135,26
Outros Impostos, Taxas e Contribuições de Melhoria 23.487.426,00 14.881.183,82
Contribuições 149.063.839,50 129.408.782,08
Receita Patrimonial 83.326.990,50 26.751.729,37
Aplicações Financeiras(II) 82.367.295,50 24.969.006,48
Outras Receitas Patrimoniais 959.695,00 1.782.722,89
Transferências Correntes 486.531.052,79 483.156.517,01
Cota-Parte do FPM 61.538.504,00 56.384.864,64
Cota-Parte do ICMS 147.541.348,00 155.883.483,31
Cota-Parte do IPVA 68.048.772,00 65.936.887,56
Cota-Parte do ITR 50.800,00 370.517,25
Transferência da LC 87/1996 691.720,00 670.356,48
Transferência da LC 61/1989 992.908,00 1.251.700,22
Transferência do FUNDEB 92.376.600,00 97.329.202,62
Outras Transferências Correntes 115.290.400,79 105.329.504,93
Demais Receitas Correntes 240.825.806,00 244.135.997,08
RECEITAS PRIMÁRIAS CORRENTES(IV)=(I-II) 1.210.684.939,29 1.195.663.409,19
RECEITAS DE CAPITAL(V) 128.308.170,84 31.789.505,32
Operações de Crédito(VI) 26.340.000,00 9.377.983,11
Amortização de Empréstimos(VII) 1.489.831,00 1.427.632,58

Alienações de Bens 152.752,00 262.061,87


Receita de Alienação de Investimentos Temporários(VIII) 0 0
Receita de Alienação de Investimentos Permanentes(IX) 0 0
Outras Alienações de Bens 152.752,00 262.061,87
Transferências de Capital 100.325.587,84 17.801.593,24
Convênios 93.362.767,84 16.002.448,71
Outras Transferências Capital 6.962.820,00 1.799.144,53
Outras Receitas de Capital 0 2.920.234,52
Outras Receitas de Capital Não Primárias(X) 0 2.920.234,52
Outras Receitas de Capital Primárias 0 0,00

RECEITAS PRIMÁRIAS DE CAPITAL(XI) = (V - VI - VII - VIII - IX - X) 100.325.587,84 17.801.593,24


RECEITA PRIMÁRIA TOTAL(XII) = (IV + XI) 1.311.010.527,13 1.213.465.002,43

DESPESAS PRIMÁRIAS DOTAÇÃO DESPESAS DESPESAS DESPESAS


ATUALIZADA EMPENHADAS LIQUIDADAS PAGAS

DESPESAS CORRENTES(XIII) 1.276.688.743,19 1.154.462.208,70 1.132.001.450,54 1.106.775.062,13


Pessoal e Encargos Sociais 721.917.111,84 697.588.971,69 697.500.869,61 678.889.105,53
Juros e Encargos da Dívida(XIV) 10.502.516,88 10.057.192,80 10.057.192,80 10.057.192,80
Outras Despesas Correntes 544.269.114,47 446.816.044,21 424.443.388,13 417.828.763,80
Transferências Constitucionais e Legais 0 0 0 0
Demais Despesas Correntes 544.269.114,47 446.816.044,21 424.443.388,13 417.828.763,80
DESPESAS PRIMÁRIAS CORRENTES (XV) = (XIII - XIV) 1.266.186.226,31 1.144.405.015,90 1.121.944.257,74 1.096.717.869,33
DESPESAS DE CAPITAL (XVI) 259.479.052,41 98.896.513,28 85.482.211,34 84.467.758,04
Investimentos 237.776.087,27 77.292.726,29 63.878.424,35 62.997.950,82
Inversões Financeiras 2.920.239,52 2.920.234,52 2.920.234,52 2.920.234,52
Concessão de Empréstimos e Financiamentos (XVII) 0 0 0 0
Aquisição de Título de Capital Integralizado (XVIII) 0 0 0 0
Aquisição de Título de Crédito (XIX) 0 0 0 0
Demais Inversões Financeiras 2.920.239,52 2.920.234,52 2.920.234,52 2.920.234,52
Amortização da Dívida (XX) 18.782.725,62 18.683.552,47 18.683.552,47 18.549.572,70

DESPESAS PRIMÁRIAS DE CAPITAL (XXI) = (XVI-XVII-XVIII-XIX-XX) 237.776.087,27 77.292.726,29 63.878.424,35 62.997.950,82


RESERVA DE CONTINGÊNCIA (XXII) 621.407,29 0 0 0
DESPESA PRIMÁRIA TOTAL(XXIII) = (XV + XXI + XXII) 1.504.583.720,87 1.221.697.742,19 1.185.822.682,09 1.159.715.820,15
RESULTADO PRIMÁRIO - 27.642.320,34
META FISCAL PARA O RESULTADO PRIMÁRIO VALOR CORRENTE
Meta fixada no Anexo de Metas Fiscais da LDO para o exercício de referência - 19.800.516,08

Everton Basilio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi

Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta


Controladoria Geral Prefeito Municipal
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 31

MUNICÍPIO DE BAURU
RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
DEMONSTRATIVO DOS RESTOS A PAGAR POR PODER E ÓRGÃO
ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
JANEIRO A DEZEMBRO 2018 / MÊS - DEZEMBRO

RREO - ANEXO VII (LRF, ART. 53, INCISO V) R$ Centavos


hachura_01
PROCESSADOS NÃO PROCESSADOS
INSCRITOS PAGO CANCELADO SALDO INSCRITOS LIQUIDADOS PAGOS CANCELADOS SALDO SALDO TOTAL
PODER / ÓRGÃO ANOS DEZ ANOS DEZ

ANTERIORES 2017 ANTERIORES 2017

a b c d e=(a=b)-(c=d) f g h i j k=(f=g)-(i+j) l=(e=k)

RESTOS A PAGAR (EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIO) (I) 867.030,86 13.771.414,83 13.787.436,36 35.952,73 815.056,60 36.242.626,32 28.922.281,48 23.481.502,13 23.476.732,82 36.233.593,20 5.454.581,78 6.269.638,38
PODER EXECUTIVO 518.309,69 13.529.113,76 13.546.875,79 35.952,73 464.594,93 36.242.626,32 28.114.916,35 22.930.956,62 22.926.187,31 35.976.773,58 5.454.581,78 5.919.176,71
PODER LEGISLATIVO 348.721,17 242.301,07 240.560,57 0,00 350.461,67 0,00 807.365,13 550.545,51 550.545,51 256.819,62 0,00 350.461,67
Câmara Municipal 348.721,17 242.301,07 240.560,57 0,00 350.461,67 0,00 807.365,13 550.545,51 550.545,51 256.819,62 0,00 350.461,67
RESTOS A PAGAR (INTRA-ORÇAMENTÁRIOS) (II) 0,00 9.556.726,06 9.550.935,44 5.790,62 0,00 0,00 242.303,89 240.277,49 240.277,49 0,00 2.026,40 2.026,40
hachura_03 TOTAL (III) = (I + II) 867.030,86 23.328.140,89 23.338.371,80 41.743,35 815.056,60 36.242.626,32 29.164.585,37 23.721.779,62 23.717.010,31 36.233.593,20 5.456.608,18 6.271.664,78
FONTE: SMARapd Informática Ltda Unidade Responsável Data da emissão e hora da emissão

Everton Basilio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi


Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta


Controladoria Geral Prefeito Municipal
PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

Tabela 11 - Demonstrativo da Receita de Alienação de Ativos e Aplicação dos Recursos

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
DEMONSTRATIVO DA RECEITA DE ALIENAÇÃO DE ATIVOS E APLICAÇÃO DOS RECURSOS
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
Período: 6º BIMETRE/18

RREO – ANEXO 11 (LRF, art. 53, § 1º, inciso III ) Em Reais


PREVISÃO ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS SALDO A REALIZAR
RECEITAS
(a) (b) (c) = (a-b) 0
RECEITAS DE ALIENAÇÃO DE ATIVOS (I) 152.752,00 244.701,71 - 91.949,71
Receita de Alienação de Bens Móveis 10.550,00 146.675,00 - 136.125,00
Receita de Alienação de Bens Imóveis 142.202,00 98.026,71 44.175,29

DOTAÇÃO ATUALIZADA DESPESAS DESPESAS DESPESAS DESPESAS INSCRITAS EM PAGAMENTO SALDO A PAGAR
DESPESAS EMPENHADAS LIQUIDADAS PAGAS RESTOS A PAGAR NÃO DE RESTOS A PAGAR
(d) (e) PROCESSADOS (f) (g) = (d-e)
APLICAÇÃO DOS RECURSOS DA ALIENAÇÃO DE ATIVOS (II) - - - - - 38.025,00 -
Despesas de Capital - - - - - 38.025,00 -
Investimentos - - - - 38.025,00 -
Inversões Financeiras -
Amortização da Dívida -
Despesas Correntes dos Regimes de Previdência - - - - - - -
Regime Geral da Previdência Social -
Regime Próprio dos Servidores Públicos -

<EXERCÍCIO ANTERIOR> <EXERCÍCIO> SALDO ATUAL


SALDO FINANCEIRO A APLICAR
(h) (i) = (Ib – (IIe+ IIf)) (j) = (IIIh + IIIi)
VALOR (III) 93.879,63 206.676,71 300.556,34

Ricardo Alonso Senfuegos Everton Basilio


Contador - CRC 1SP 209175/O-7 Diretor Departamento de Finanças

Clodoaldo Armando Gazzetta Fabio Ribas dos Santos


Prefeito Municipal Controladoria Geral

Everson Demarchi
Secretário de Economia e Finanças

RREO-Anexo 11 6 bim de 2018


32 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

MUNICÍPIO DE BAURU
RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
DEMONSTRATIVO SIMPLIFICADO DO RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
JANEIRO A DEZEMBRO 2018 / BIMESTRAL NOVEMBRO - DEZEMBRO
RREO - Anexo XIV (LRF, Art. R$ CENTAVOS
BALANÇO ORÇAMENTÁRIO Até o Bimestre
RECEITAS
Previsão Inicial 1.410.511.378,00
Previsão Atualizada 1.421.360.405,63
Receita Realizada 1.252.421.920,99
Déficit Orçamentário 0,00
Saldos de Exercícios Anteriores (Utilizados para Créditos Adiciona 64.809.529,26
DESPESAS
Dotação Inicial 1.410.511.378,00
Créditos Adicionais 141.608.768,89
Dotação Atualizada 1.552.120.146,89
Despesas Empenhadas 1.253.358.721,98
Despesas Liquidadas 1.217.483.661,88
Despesas Pagas 1.191.242.820,17
Superávit Orçamentário 34.938.259,11
DESPESAS POR FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO Até o Bimestre
Despesas Empenhadas 1.253.358.721,98
Despesas Liquidadas 1.217.483.661,88
RECEITA CORRENTE LÍQUIDA - RCL Até o Bimestre
Receita Corrente Líquida 1.007.913.482,50

E DESPESAS DOS REGIMES DE PREVIDÊNCIA DOS SE Até o Bimestre


Regime Próprio de Previdência dos Servidores - Plano Previde
Receitas Previdenciárias Realizadas 103.410.069,31
Despesas Previdenciárias Liquidadas 198.975.818,11
Resultado Previdenciário (95.565.748,80)
Regime Próprio de Previdência dos Servidores - Plano Finance
Receitas Previdenciárias Realizadas 0,00
Despesas Previdenciárias Liquidadas 0,00
Resultado Previdenciário 0,00

Meta Fixada Resultado Apurado % em Relação à Meta


RESULTADOS NOMINAL E PRIMÁRIO no Anexo de Até o Bimestre
Metas Ficais da LDO
(a) (b) (b/a)
Resultado Nominal 2.506.582,43 (15.768.932,56)
Resultado Primário

RESTOS A PAGAR POR PODER E MINISTÉRIO PÚBLICO Inscrição Cancelamento Pagamento Saldo
Até o Bimestre Até o Bimestre a Pagar
RESTOS A PAGAR PROCESSADOS 24.195.171,75 41.743,35 23.338.371,80 815.056,60
Poder Executivo 23.604.149,51 41.743,35 23.097.811,23 464.594,93
Poder Legislativo 591.022,24 0,00 240.560,57 350.461,67
RESTOS A PAGAR NÃO-PROCESSADOS 65.407.211,69 36.233.593,20 23.717.010,31 5.456.608,18
Poder Executivo 64.599.846,56 35.976.773,58 23.166.464,80 5.456.608,18
Poder Legislativo 807.365,13 256.819,62 550.545,51 0,00
TOTAL 89.602.383,44 36.275.336,55 47.055.382,11 6.271.664,78
Limites Constitucionais Anuais
SPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSI Valor Apurado % Mínimo a % Aplicado Até o Bimestre
Até o Bimestre Aplicar no Exercício

Mínimo Anual de <25%> das Receitas de Imposto na Manutenção e 168.707.889,61 25% 25,07
Mínimo Anual de 60% do FUNDEB na Remuneração do Ma 69.222.173,60 60% 70,97
CEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO E DESPESAS DE CAPIT Valor Apurado Até o Bimestre Saldo não realizado
Receita de Operações de Crédito 9.377.983,11 16.962.016,89
Despesa de Capital Líquida 98.896.513,28 160.582.539,13
PROJEÇÃO ATUARIAL DOS REGIMES DE PREVIDÊNCIA 2018 2028 2038 2053
Plano Previdenciário
Receitas Previdenciárias 0,00 0,00 0,00 0,00
Despesa Previdenciárias 0,00 0,00 0,00 0,00
Resultado Previdenciário 0,00 0,00 0,00 0,00
Plano Financeiro
Receitas Previdenciárias 0,00 0,00 0,00 0,00
Despesa Previdenciárias 0,00 0,00 0,00 0,00
Resultado Previdenciário 0,00 0,00 0,00 0,00
CEITA DA ALIENAÇÃO DE ATIVOS E APLICAÇÃO DOS RECURS Valor Apurado Até o Bimestre Saldo a Realizar
Receita de Capital Resultante da Alienação de Ativos 206.676,71 300.556,34
Aplicação dos Recursos da Alienação de Ativos 38.025,00 0,00

Limites Constitucionais Anuais


DESPESAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE Valor Apurado % Mínimo a % Aplicado Até o Bimestre
Até o Bimestre Aplicar no Exercício
Despesas com Ações de Serviços Públicos de Saúde Executadas c 168.180.352,23 15,00 % 24,99

1 de 2
SPESAS DE CARÁTER CONTINUADO DERIVADAS DE P Valor Apurado no Exercício Corrente
Total das Despesas / RCL (%) 0,00
FONTE: SMARapd InformáticUnidade Respo MUNICÍPIO DE BAURU Emissão: 27/01/2019 09:02

Everton Basilio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi


Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta


Controladoria Geral Prefeito Municipal
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 33

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

Tabela 8.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS
PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA


DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO - MDE
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
Período: 4° trimestre

RREO - ANEXO 8 (LDB, art. 72) R$ 1,00


RECEITAS DO ENSINO
PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS
RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS (caput do art. 212 da Constituição) INICIAL ATUALIZADA Até o TRIMESTRE %
(a) (b) (c) = (b/a)x100
1- RECEITA DE IMPOSTOS 309.123.500,00 309.817.120,00 322.298.206,31 104,03
1.1- Receita Resultante do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana – IPTU 128.685.870,00 129.085.870,00 129.257.014,76 100,13
1.1.1- IPTU 99.800.000,00 99.800.000,00 100.140.294,86 100,34
1.1.2- Multas, Juros de Mora, Dívida Ativa e Outros Encargos do IPTU 28.885.870,00 29.285.870,00 29.116.719,90 99,42
1.2- Receita Resultante do Imposto sobre Transmissão Inter Vivos – ITBI 31.027.575,00 31.027.575,00 36.164.541,63 116,56
1.2.1- ITBI 29.080.000,00 29.080.000,00 35.640.620,03 122,56
1.2.2- Multas, Juros de Mora,Dívida Ativa e Outros Encargos do ITBI 1.947.575,00 1.947.575,00 523.921,60 26,90
1.3- Receita Resultante do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISS 111.060.055,00 111.353.675,00 113.050.514,66 101,52
1.3.1- ISS 99.852.000,00 100.013.000,00 102.346.724,18 102,33
1.3.2- Multas, Juros de Mora ,Dívida Ativa e Outros Encargos do ISS 11.208.055,00 11.340.675,00 10.703.790,48 94,38
1.4- Receita Resultante do Imposto de Renda Retido na Fonte – IRRF 38.350.000,00 38.350.000,00 43.826.135,26 114,28
1.4.1- IRRF 38.350.000,00 38.350.000,00 43.826.135,26 114,28
1.4.2- Multas, Juros de Mora , Dívida Ativa e Outros Encargos do IRRF 0,00
1.5- Receita Resultante do Imposto Territorial Rural – ITR (CF, art. 153, §4º, inciso III) 0,00 0,00 0,00 0,00
1.5.1- ITR 0,00
1.5.2- Multas, Juros de Mora, Dívida Ativa e Outros Encargos do ITR 0,00
2- RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS 345.622.565,00 346.638.565,00 350.626.055,91 101,15
2.1- Cota-Parte FPM 75.235.630,00 75.235.630,00 70.481.080,08 93,68
2.1.1- Parcela referente à CF, art. 159, I, alínea b 68.485.630,00 68.485.630,00 63.514.606,34 92,74
2.1.2- Parcela referente à CF, art. 159, I, alínea d 6.750.000,00 6.750.000,00 3.526.163,33 52,24
2.1.3- Parcela referente à CF, art. 159, I, alínea e 3.440.310,41 0,00
2.2- Cota-Parte ICMS 183.156.685,00 184.172.685,00 194.854.353,88 105,80
2.3- ICMS-Desoneração – L.C. nº87/1996 864.650,00 864.650,00 837.945,48 96,91
2.4- Cota-Parte IPI-Exportação 1.241.135,00 1.241.135,00 1.564.625,31 126,06
2.5- Cota-Parte ITR 63.500,00 63.500,00 463.146,42 729,36
2.6- Cota-Parte IPVA 85.060.965,00 85.060.965,00 82.424.904,74 96,90
2.7- Cota-Parte IOF-Ouro 0,00
3- TOTAL DA RECEITA DE IMPOSTOS (1 + 2) 654.746.065,00 656.455.685,00 672.924.262,22 102,51

PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS


RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO INICIAL ATUALIZADA Até o TRIMESTRE %
(a) (b) (c) = (b/a)x100
4- RECEITA DA APLICAÇÃO FINANCEIRA DE OUTROS RECURSOS DE IMPOSTOS VINCULADOS AO ENSINO 518.795,00 518.795,00 408.745,14 78,79
5- RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS DO FNDE 23.863.210,00 23.863.210,00 18.917.476,67 79,27
5.1- Transferências do Salário-Educação 12.734.000,00 12.734.000,00 12.685.035,46 99,62
5.2- Transferências Diretas - PDDE 0,00
5.3- Transferências Diretas - PNAE 4.931.225,00 4.931.225,00 5.867.317,20 118,98
5.4 - Transferências Diretas - PNATE 44.305,00 44.305,00 66.343,88 149,74
5.5- Outras Transferências do FNDE 5.076.860,00 5.076.860,00 0,00 0,00
5.6- Aplicação Financeira dos Recursos do FNDE 1.076.820,00 1.076.820,00 298.780,13 27,75
6- RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS 13.048.710,00 13.048.710,00 16.016.314,57 122,74
6.1- Transferências de Convênios 12.977.475,00 12.977.475,00 15.965.794,60 123,03
6.2- Aplicação Financeira dos Recursos de Convênios 71.235,00 71.235,00 50.519,97 70,92
7- RECEITA DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO 0,00
8- OUTRAS RECEITAS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO 27.650,00 27.650,00 180.759,70 653,74
9- TOTAL DAS RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO (4 + 5 + 6 + 7 + 8) 37.458.365,00 37.458.365,00 35.523.296,08
94,83

FUNDEB
PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS
RECEITAS DO FUNDEB INICIAL ATUALIZADA Até o TRIMESTRE %
(a) (b) (c) = (b/a)x100
10- RECEITAS DESTINADAS AO FUNDEB 67.774.513,00 67.774.513,00 70.128.246,45 103,47
10.1- Cota-Parte FPM Destinada ao FUNDEB – (20% de 2.1.1) 13.697.126,00 13.697.126,00 14.096.215,44 102,91
10.2- Cota-Parte ICMS Destinada ao FUNDEB – (20% de 2.2) 36.631.337,00 36.631.337,00 38.970.870,57 106,39
10.3- ICMS-Desoneração Destinada ao FUNDEB – (20% de 2.3) 172.930,00 172.930,00 167.589,00 96,91
10.4- Cota-Parte IPI-Exportação Destinada ao FUNDEB – (20% de 2.4) 248.227,00 248.227,00 312.925,09 126,06
10.5- Cota-Parte ITR ou ITR Arrecadado Destinados ao FUNDEB – (20% de ((1.5 – 1.5.5) + 2.5)) 12.700,00 12.700,00 92.629,17 729,36
10.6- Cota-Parte IPVA Destinada ao FUNDEB – (20% de 2.6) 17.012.193,00 17.012.193,00 16.488.017,18 96,92
11- RECEITAS RECEBIDAS DO FUNDEB 92.635.880,00 92.635.880,00 97.408.020,12 105,15
11.1- Transferências de Recursos do FUNDEB 92.376.600,00 92.376.600,00 97.329.202,62 105,36
11.2- Complementação da União ao FUNDEB 0,00
11.3- Receita de Aplicação Financeira dos Recursos do FUNDEB 259.280,00 259.280,00 78.817,50 30,40
12- RESULTADO LÍQUIDO DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB (11.1 – 10) 24.602.087,00 24.602.087,00 27.200.956,17 110,56
ACRÉSCIMO RESULTANTE DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB

INSCRITAS EM
DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS RESTOS A PAGAR
DESPESAS DO FUNDEB DOTAÇÃO DOTAÇÃO NÃO PROCESSADOS6
INICIAL ATUALIZADA Até o TRIMESTRE % Até o TRIMESTRE %
(d) (e) (f) = (e/d)x100 (g) (h) = (g/d)x100 (i)
13- PAGAMENTO DOS PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO 59.186.110,00 72.069.397,33 69.222.173,60 96,05 69.222.173,60 96,05
13.1- Com Educação Infantil 31.657.000,00 41.382.092,16 39.576.073,90 95,64 39.576.073,90 95,64
13.2- Com Ensino Fundamental 27.529.110,00 30.687.305,17 29.646.099,70 96,61 29.646.099,70 96,61
14- OUTRAS DESPESAS 33.449.770,00 30.707.455,97 28.269.283,48 92,06 28.269.283,48 92,06
14.1- Com Educação Infantil 17.917.140,00 12.480.564,23 10.469.420,21 83,89 10.469.420,21 83,89
14.2- Com Ensino Fundamental 15.532.630,00 18.226.891,74 17.799.863,27 97,66 17.799.863,27 97,66
15- TOTAL DAS DESPESAS DO FUNDEB (13 + 14) 92.635.880,00 102.776.853,30 97.491.457,08 94,86 97.491.457,08 94,86

DEDUÇÕES PARA FINS DO LIMITE DO FUNDEB VALOR


16- RESTOS A PAGAR INSCRITOS NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE RECURSOS DO
FUNDEB
16.1 - FUNDEB 60% 0,00
16.2 - FUNDEB 40% 0,00
17- DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DO FUNDEB 103.027,85
17.1 - FUNDEB 60% 93.929,34
17.2 - FUNDEB 40% 9.098,51
18- TOTAL DAS DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE DO FUNDEB (16 + 17) 103.027,85

INDICADORES DO FUNDEB VALOR


19 - TOTAL DAS DESPESAS DO FUNDEB PARA FINS DE LIMITE (15 - 18) 97.388.429,23
19.1 - Mínimo de 60% do FUNDEB na Remuneração do Magistério1 (13 - (16.1 + 17.1)) / (11) x 100) % 70,97
19.2 - Máximo de 40% em Despesa com MDE, que não Remuneração do Magistério (14 - (16.2 + 17.2)) / (11) x 100) % 29,01
19.3 - Máximo de 5% não Aplicado no Exercício (100 - (19.1 +19.2)) % 0,02

CONTROLE DA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS NO EXERCÍCIO SUBSEQÜENTE VALOR


20 – RECURSOS RECEBIDOS DO FUNDEB EM <EXERCÍCIO ANTERIOR> QUE NÃO FORAM UTILIZADOS 103.027,85
2
21 – DESPESAS CUSTEADAS COM O SALDO DO ITEM 20 ATÉ O 1º TRIMESTRE DE <EXERCÍCIO > 103.027,85
34 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO – DESPESAS CUSTEADAS COM A RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS E RECURSOS DO FUNDEB
PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS
RECEITAS COM AÇÕES TÍPICAS DE MDE INICIAL ATUALIZADA Até o TRIMESTRE %
(a) (b) (c) = (b/a)x100
22- IMPOSTOS E TRANSFERÊNCIAS DESTINADAS À MDE (25% de 3)3 163.686.516,25 164.113.921,25 168.231.065,56 102,51

INSCRITAS EM
DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS RESTOS A PAGAR
DESPESAS COM AÇÕES TÍPICAS DE MDE DOTAÇÃO DOTAÇÃO NÃO PROCESSADOS
6

INICIAL ATUALIZADA Até o TRIMESTRE % Até o TRIMESTRE %


(d) (e) (f) = (e/d)x100 (g) (h) = (g/d)x100 (i)
23- EDUCAÇÃO INFANTIL 101.548.801,00 105.052.096,54 99.506.171,24 94,72 99.388.279,68 94,61
23.1 - Creche 51.248.981,00 49.239.844,02 45.438.498,90 92,28 45.374.764,14 92,15
23.1.1- Despesas Custeadas com Recursos do FUNDEB 23.676.780,00 24.728.224,12 21.870.918,27 88,45 21.870.918,27 88,45
23.1.2- Despesas Custeadas com Outros Recursos de Impostos 27.572.201,00 24.511.619,90 23.567.580,63 96,15 23.503.845,87 95,89 63.734,76
23.2 - Pré-escola 50.299.820,00 55.812.252,52 54.067.672,34 96,87 54.013.515,54 96,78
23.2.1- Despesas Custeadas com Recursos do FUNDEB 25.897.360,00 29.134.432,27 28.174.575,84 96,71 28.174.575,54 96,71 0,30
23.2.2- Despesas Custeadas com Outros Recursos de Impostos 24.402.460,00 26.677.820,25 25.893.096,50 97,06 25.838.940,00 96,86 54.156,50
24- ENSINO FUNDAMENTAL 88.597.765,00 101.441.266,05 97.071.403,52 95,69 96.733.007,39 95,36
24.1- Despesas Custeadas com Recursos do FUNDEB 43.061.740,00 48.914.196,91 47.445.962,97 97,00 47.445.962,97 97,00
24.2- Despesas Custeadas com Outros Recursos de Impostos 45.536.025,00 52.527.069,14 49.625.440,55 94,48 49.287.044,42 93,83 338.396,13
25- ENSINO MÉDIO 0,00 0,00
26- ENSINO SUPERIOR 0,00 0,00
27- ENSINO PROFISSIONAL NÃO INTEGRADO AO ENSINO REGULAR 0,00 0,00
28- OUTRAS 0,00 0,00
29- TOTAL DAS DESPESAS COM AÇÕES TÍPICAS DE MDE (23 + 24 + 25 + 26 + 27 + 28) 190.146.566,00 206.493.362,59 196.577.574,76 95,20 196.121.287,07 94,98

DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE CONSTITUCIONAL VALOR


30- RESULTADO LÍQUIDO DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB = (12) 27.200.956,17
31- DESPESAS CUSTEADAS COM A COMPLEMENTAÇÃO DO FUNDEB NO EXERCÍCIO
32- RECEITA DE APLICAÇÃO FINANCEIRA DOS RECURSOS DO FUNDEB ATÉ O TRIMESTRE = (50 h) 78.817,50
33- DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DO FUNDEB 103.027,85
34- DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DE OUTROS
35- RESTOS A PAGAR INSCRITOS NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE RECURSOS DE
IMPOSTOS VINCULADOS AO ENSINO4
36- CANCELAMENTO, NO EXERCÍCIO, DE RESTOS A PAGAR INSCRITOS COM DISPONIBILIDADE
FINANCEIRA DE RECURSOS DE IMPOSTOS VINCULADOS AO ENSINO = (46 j) 30.595,94
37- TOTAL DAS DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE CONSTITUCIONAL (30 + 31 + 32 + 33 + 34
)6
+ 35 + 36 27.413.397,46

6
38- TOTAL DAS DESPESAS PARA FINS DE LIMITE ((23 + 24) – (37)) 168.707.889,61
5 6
39- MÍNIMO DE 25% DAS RECEITAS RESULTANTES DE IMPOSTOS EM MDE ((38) / (3) x 100) % 25,07

OUTRAS INFORMAÇÕES PARA CONTROLE


INSCRITAS EM
OUTRAS DESPESAS CUSTEADAS COM RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS RESTOS A PAGAR
6
DOTAÇÃO DOTAÇÃO NÃO PROCESSADOS
INICIAL ATUALIZADA Até o TRIMESTRE % Até o TRIMESTRE %
(d) (e) (f) = (e/d)x100 (g) (h) = (g/d)x100 (i)
40- DESPESAS CUSTEADAS COM A APLICAÇÃO FINANCEIRA DE OUTROS RECURSOS DE IMPOSTOS
VINCULADOS AO ENSINO 0,00 0,00
41- DESPESAS CUSTEADAS COM A CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DO SALÁRIO-EDUCAÇÃO 13.096.310,00 17.849.733,00 5.889.670,89 33,00 3.158.655,80 17,70 2.731.015,09
42- DESPESAS CUSTEADAS COM OPERAÇÕES DE CRÉDITO 0,00 0,00
43- DESPESAS CUSTEADAS COM OUTRAS RECEITAS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO 25.770.970,00 34.891.058,15 19.504.447,54 55,90 19.210.390,42 55,06 294.057,12
44- TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS CUSTEADAS COM RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO
ENSINO (40 + 41 + 42 + 43) 38.867.280,00 52.740.791,15 25.394.118,43 48,15 22.369.046,22 42,41
45- TOTAL GERAL DAS DESPESAS COM MDE (29 + 44) 229.013.846,00 259.234.153,74 221.971.693,19 85,63 218.490.333,29 84,28

RESTOS A PAGAR INSCRITOS COM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA SALDO ATÉ O CANCELADO


DE RECURSOS DE IMPOSTOS VINCULADOS AO ENSINO TRIMESTRE (j)
46- RESTOS A PAGAR DE DESPESAS COM MDE 51.828,91 30.595,94
46.1 - Executadas com Recursos de Impostos Vinculados ao Ensino 51.828,91 30.595,94
46.2 - Executadas com Recursos do FUNDEB

FLUXO FINANCEIRO DOS RECURSOS DO FUNDEB VALOR

47- SALDO FINANCEIRO EM 31 DE DEZEMBRO DE <EXERCÍCIO ANTERIOR> 3.415.003,30


48- (+) INGRESSO DE RECURSOS ATÉ O TRIMESTRE 97.329.202,62
49- (-) PAGAMENTOS EFETUADOS ATÉ O TRIMESTRE 100.504.275,94
49.1 Orçamento do Exercício 97.184.546,05
49.2 Restos a Pagar 3.319.729,89
50- (+) RECEITA DE APLICAÇÃO FINANCEIRA DOS RECURSOS ATÉ O TRIMESTRE 78.817,50
51- (=) SALDO FINANCEIRO NO EXERCÍCIO ATUAL 318.747,48
fonte smarapd 25/01/2019
1
Limites mínimos anuais a serem cumpridos no encerramento do exercício.
2
Art. 21, § 2º, Lei 11.494/2007: “Até 5% dos recursos recebidos à conta dos Fundos, inclusive relativos à complementação da União recebidos nos termos do §1º do art. 6º desta Lei, poderão ser utilizados no 1º trimestre do exercício imediatamente subseqüente,
mediante abertura de crédito adicional.”
3
Caput do artigo 212 da CF/1988
4 Os valores referentes à parcela dos Restos a Pagar inscritos sem disponibilidade financeira vinculada à educação deverão ser informados somente no RREO do último TRIMESTRE do exercício.
5
Limites mínimos anuais a serem cumpridos no encerramento do exercício, no âmbito de atuação prioritária, conforme LDB, art. 11, V.
panhamento poderá ser feito com base na despesa empenhada ou na despesa liquidada. No último TRIMESTRE do exercício, o valor deverá corresponder ao total da despesa empenhada.
7 Essa coluna poderá ser apresentada somente no último TRIMESTRE

Ricardo Alonso Senfuegos Everton Basilio


Contador - CRC 1SP 209175/O-7 Diretor Departamento de Finanças

Clodoaldo Armando Gazzeta


Prefeito Municipal

Everson Demarchi Fabio Ribas dos Santos


Secretário de Economia e Finanças Controladoria Geral

Isabel Cristina Miziara


Secretária Municipal da Educação
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 35

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

Tabela 12.2 - Demonstrativo das Despesas com Saúde - Municípios

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
Período: 6º BIMEsTRE

RREO – ANEXO 12 (LC 141/2012, art. 35) R$ 1,00


PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS
RECEITAS PARA APURAÇÃO DA APLICAÇÃO EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE INICIAL ATUALIZADA Até o Bimestre %
(a) (b) (b/a) x 100
RECEITA DE IMPOSTOS LÍQUIDA (I) 309.123.500,00 309.817.120,00 322.298.206,31 104,03
Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU 99.800.000,00 99.800.000,00 100.140.294,86 100,34
Imposto sobre Transmissão de Bens Intervivos - ITBI 29.080.000,00 29.080.000,00 35.640.620,03 122,56
Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza - ISS 99.852.000,00 100.013.000,00 102.346.724,18 102,33
Imposto de Renda Retido na Fonte - IRRF 38.350.000,00 38.350.000,00 43.826.135,26 114,28
Imposto Territorial Rural - ITR -
Multas, Juros de Mora e Outros Encargos dos Impostos,Divida ativa 42.041.500,00 42.574.120,00 40.344.431,98 94,76
RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS (II) 345.622.565,00 346.638.565,00 350.626.055,91 101,15
Cota-Parte FPM 75.235.630,00 75.235.630,00 70.481.080,08 93,68
Cota-Parte ITR 63.500,00 63.500,00 463.146,42 729,36
Cota-Parte IPVA 85.060.965,00 85.060.965,00 82.424.904,74 96,90
Cota-Parte ICMS 183.156.685,00 184.172.685,00 194.854.353,88 105,80
Cota-Parte IPI-Exportação 1.241.135,00 1.241.135,00 1.564.625,31 126,06
Compensações Financeiras Provenientes de Impostos e Transferências Constitucionais 864.650,00 864.650,00 837.945,48 96,91
Desoneração ICMS (LC 87/96) 864.650,00 864.650,00 837.945,48 96,91
Outras -
TOTAL DAS RECEITAS PARA APURAÇÃO DA APLICAÇÃO EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE (III)
= I + II 654.746.065,00 656.455.685,00 672.924.262,22 102,51

RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DA SAÚDE PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS


INICIAL ATUALIZADA Até o Bimestre %
(c) (d) (d/c) x 100
TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE-SUS 68.796.135,00 69.080.858,00 60.697.997,10 87,87
Provenientes da União 65.184.710,00 65.469.433,00 58.297.661,03 89,05
Provenientes dos Estados 3.611.425,00 3.611.425,00 2.400.336,07 66,47
Provenientes de Outros Municípios -
Outras Receitas do SUS -
TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS -
RECEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO VINCULADAS À SAÚDE -
OUTRAS RECEITAS PARA FINANCIAMENTO DA SAÚDE 724.536,00 1.403.536,00 933.192,19 66,49
TOTAL RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DA SAÚDE 69.520.671,00 70.484.394,00 61.631.189,29 87,44

Inscritas em Restos a
DESPESAS COM SAÚDE DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS Pagar não
DOTAÇÃO DOTAÇÃO Processados7
INICIAL ATUALIZADA Até o Bimestre % Até o Bimestre %
(Por Grupo de Natureza da Despesa) (e) (f) (f/e) x 100 (g) (g/e) x 100
DESPESAS CORRENTES 231.051.525,00 241.834.097,16 227.282.988,77 93,98 222.934.487,11 92,18 4.348.501,66
Pessoal e Encargos Sociais 129.290.464,00 138.542.493,89 137.985.000,85 99,60 137.985.000,85 99,60
Juros e Encargos da Dívida - -
Outras Despesas Correntes 101.761.061,00 103.291.603,27 89.297.987,92 86,45 84.949.486,26 82,24 4.348.501,66
DESPESAS DE CAPITAL 2.129.999,00 4.231.267,68 819.322,26 19,36 368.983,92 8,72 450.338,34
Investimentos 2.129.999,00 4.231.267,68 819.322,26 19,36 368.983,92 8,72 450.338,34
Inversões Financeiras - -
Amortização da Dívida - -
TOTAL DAS DESPESAS COM SAÚDE (IV) 233.181.524,00 246.065.364,84 228.102.311,03 92,70 223.303.471,03 90,75 4.798.840,00

Inscritas em Restos a
DESPESAS COM SAÚDE NÃO COMPUTADAS PARA FINS DE APURAÇÃO DO PERCENTUAL MÍNIMO DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS Pagar não
DOTAÇÃO DOTAÇÃO Processados7
INICIAL ATUALIZADA Até o Bimestre % Até o Bimestre %
(h) (h/IVf)x100 (i) (i/IVg)x100
DESPESAS COM INATIVOS E PENSIONISTAS - -
DESPESA COM ASSISTÊNCIA À SAÚDE QUE NÃO ATENDE AO PRINCÍPIO DE ACESSO UNIVERSAL - -
DESPESAS CUSTEADAS COM OUTROS RECURSOS 70.461.864,00 73.216.766,58 56.637.532,34 24,83 55.123.118,80 24,69 -
Recursos de Transferência do Sistema Único de Saúde - SUS 70.461.864,00 73.216.766,58 56.637.532,34 24,83 55.123.118,80 24,69
Recursos de Operações de Crédito
Outros Recursos
OUTRAS AÇÕES E SERVIÇOS NÃO COMPUTADOS - -
RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS INSCRITOS INDEVIDAMENTE NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE
FINANCEIRA1 - -

2
DESPESAS CUSTEADAS COM DISPONIBILIDADE DE CAIXA VINCULADA AOS RESTOS A PAGAR CANCELADOS - -
DESPESAS CUSTEADAS COM RECURSOS VINCULADOS À PARCELA DO PERCENTUAL MÍNIMO QUE NÃO FOI
APLICADA EM AÇÕES E SERVIÇOS DE SAÚDE EM EXERCÍCIOS ANTERIORES3 - -
TOTAL DAS DESPESAS COM NÃO COMPUTADAS (V) 70.461.864,00 73.216.766,58 56.637.532,34 24,83 55.123.118,80 24,69 -

TOTAL DAS DESPESAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE (VI) = (IV - V) 162.719.660,00 172.848.598,26 171.464.778,69 67,87 168.180.352,23 66,06 4.798.840,00

PERCENTUAL DE APLICAÇÃO EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE SOBRE A RECEITA DE


IMPOSTOS LÍQUIDA E TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS (VII%) = (VI(h ou i) / IIIb x 100)6 -
LIMITE CONSTITUCIONAL 15% 4 e 5 24,99

VALOR REFERENTE À DIFERENÇA ENTRE O VALOR EXECUTADO E O LIMITE MÍNIMO CONSTITUCIONAL


[VI(h ou i) - (15 x IIIb)/100]6 67.241.712,90

PARCELA
CANCELADOS/
EXECUÇÃO DE RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS INSCRITOS COM DISPONIBILDADE DE CAIXA INSCRITOS PAGOS A PAGAR CONSIDERADA
PRESCRITOS
NO LIMITE

Inscritos em <Exercício de Referência>


Inscritos em <Exercício de Referência - 1> 9.082.295,03 748.124,00 7.113.497,44 1.220.673,59
Inscritos em <Exercício de Referência - 2>
Inscritos em <Exercício de Referência - 2>
Inscritos em <Exercício de Referência - 4>
Inscritos em <Exercícios Anteriores ao de Referência - 4 (Somatório)>
Total
36 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

RESTOS A PAGAR
CONTROLE DOS RESTOS A PAGAR CANCELADOS OU PRESCRITOS PARA FINS DE APLICAÇÃO DA Despesas custeadas no Saldo Final (Não
CANCELADOS OU
DISPONIBILIDADE DE CAIXA CONFORME ARTIGO 24, § 1º e 2º exercício de referência Aplicado)
PRESCRITOS

Saldo Inicial (j)


Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <Exercício de Referência> - -
Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <Exercício de Referência - 1>
Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <Exercício de Referência - 2>
Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <Exercício de Referência - 3>
Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <Exercício de Referência - 4>
Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <Exercícios Anteriores ao de Referência - 4 (Somatório)>
Total (VIII) - - -

LIMITE NÃO CUMPRIDO

CONTROLE DO VALOR REFERENTE AO PERCENTUAL MÍNIMO NÃO CUMPRIDO EM EXERCÍCIOS ANTERIORES PARA FINS DE Despesas custeadas no Saldo Final (Não
Saldo Inicial
APLICAÇÃO DOS RECURSOS VINCULADOS CONFORME ARTIGOS 25 E 26 exercício de referência Aplicado)

(k)
Diferença de limite não cumprido em <Exercício de Referência - 1> -
Diferença de limite não cumprido em <Exercício de Referência - 2>
Diferença de limite não cumprido em <Exercício de Referência - 3>
Diferença de limite não cumprido em <Exercício de Referência - 4>
Diferença de limite não cumprido em <Exercício de Referência - 5>
Diferença de limite não cumprido em <Exercícios Anteriores ao de Referência – 5 (Somatório)>
Total (IX) - -

Inscritas em Restos a
Pagar não
DESPESAS COM SAÚDE DOTAÇÃO DOTAÇÃO ESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS Processados7
(Por Subfunção) INICIAL ATUALIZADA Até o Bimestre % Até o Bimestre %

(l) (l/total l) x 100 (m) (m/total m) x 100


Atenção Básica 231.681.524,00 245.469.259,10 227.813.917,77 99,87 223.104.482,91 99,91
Assistência Hospitalar e Ambulatorial - -
Suporte Profilático e Terapêutico - -
Vigilância Sanitária - -
Vigilância Epidemiológica - -
Alimentação e Nutrição - -
Outras Subfunções 1.500.000,00 596.105,74 288.393,26 0,13 198.988,12 0,09
TOTAL 233.181.524,00 246.065.364,84 228.102.311,03 100,00 223.303.471,03 100,00 -
fonte smarapd
¹ Essa linha apresentará valor somente no Relatório Resumido da Execução Orçamentária do último bimestre do exercício.
2
O valor apresentado na intercessão com a coluna "i" ou com a coluna "h" deverá ser o mesmo apresentado no "total j".
3
O valor apresentado na intercessão com a coluna "i" ou com a coluna "h" deverá ser o mesmo apresentado no "total k".
4
Limite anual mínimo a ser cumprido no encerramento do exercício. Deverá ser informado o limite estabelecido na Lei Orgânica do Município quando o percentual nela estabelecido for superior ao fixado na LC nº 141/2012
5
Durante o exercício esse valor servirá para o monitoramento previsto no art. 23 da LC 141/2012
6
Nos cinco primeiros bimestres do exercício o acompanhamento será feito com base na despesa liquidada. No último bimestre do exercício, o valor deverá corresponder ao total da despesa empenhada.
7
Essa coluna poderá ser apresentada somente no último bimestre

Ricardo Alonso Senfuegos Everton Basilio


Contador - CRC 1SP 209175/O-7 Diretor Departamento de Finanças

Clodoaldo Armando Gazzeta


Prefeito Municipal

Everson Demarchi Fabio Ribas dos Santos


Secretário de Economia e Finanças Controladoria Geral
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 37

Tabela 1 - Demonstrativo da Despesa com Pessoal

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


EXECUTIVO
RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL
DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
3º Quadrimestre de 2018

RGF - ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") R$ 1,00


DESPESAS EXECUTADAS
(Últimos 12 Meses)
DESPESA COM PESSOAL INSCRITAS EM
RESTOS A PAGAR
LIQUIDADAS NÃO
PROCESSADOS
(a) (b)
DESPESA BRUTA COM PESSOAL (I) 705.631.128,93 88.102,08
Pessoal Ativo 487.928.020,62 9.732,53
Pessoal Inativo e Pensionistas 194.522.675,63 78.369,55
Outras despesas de pessoal decorrentes de contratos de terceirização (§ 1º do art. 18 da LRF) 23.180.432,68 0,00
DESPESAS NÃO COMPUTADAS (§ 1º do art. 19 da LRF) (II) 209.316.980,59 78.369,55
Indenizações por Demissão e Incentivos à Demissão Voluntária 97.089,40 0,00
Decorrentes de Decisão Judicial 794.328,69 0,00
Despesas de Exercícios Anteriores 0,00 0,00
Inativos e Pensionistas com Recursos Vinculados 194.014.596,56 78.369,55
Outras Despesas Indenizatórias * 14.410.965,94 0,00
DESPESA LÍQUIDA COM PESSOAL (III) = (I - II) 496.314.148,34 9.732,53
DESPESA TOTAL COM PESSOAL - DTP (IV) = (III a + III b) 496.323.880,87

APURAÇÃO DO CUMPRIMENTO DO LIMITE LEGAL VALOR


RECEITA CORRENTE LÍQUIDA - RCL (V) 1.007.913.482,50
% do DESPESA TOTAL COM PESSOAL - DTP sobre a RCL (VI) = (IV/V)*100 49,24
LIMITE MÁXIMO (incisos I, II e III, art. 20 da LRF) - 54% 544.273.280,55
LIMITE PRUDENCIAL (parágrafo único, art. 22 da LRF) - 51,30% 517.059.616,52
FONTE: Sistema smarapd, Unidade Responsável PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

Nota: Durante o exercício, somente as despesas liquidadas são consideradas executadas. No encerramento do exercício, as despesas não liquidadas inscritas em restos a pagar não
processados são também consideradas executadas. Dessa forma, para maior transparência, as despesas executadas estão segregadas em:

. a) Despesas liquidadas, consideradas aquelas em que houve a entrega do material ou serviço, nos termos do art. 63 da Lei 4.320/64;
. b) Despesas empenhadas mas não liquidadas, inscritas em Restos a Pagar não processados, consideradas liquidadas no encerramento do exercício, por força do art.35, inciso II da
Lei 4.320/64.

* Despesas Indenizatórias ( Licença Prêmio Indenizadas e Férias Vencidas ), conforme Processo n° 31.781/2018

________________________________
Everton Basílio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi
Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta


Controladoria Geral Prefeito Municipal
38 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

Tabela 5 – Demonstrativo da Disponibilidade de Caixa e dos Restos a Pagar

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL
DEMONSTRATIVO DA DISPONIBILIDADE DE CAIXA E DOS RESTOS A PAGAR
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
Período: 3º QUADRIMESTRE

RGF – ANEXO 5 (LRF, art. 55, Inciso III, alínea "a") R$ 1,00
OBRIGAÇÕES FINANCEIRAS DISPONIBILIDADE DE
CAIXA LÍQUIDA (ANTES EMPENHOS NÃO
Restos a Pagar
DISPONIBILIDADE DE Restos a Pagar Liquidados e Não Pagos Empenhados e Não Demais DA INSCRIÇÃO EM RESTOS A PAGAR LIQUIDADOS
CAIXA BRUTA RESTOS A PAGAR NÃO EMPENHADOS E CANCELADOS (NÃO
IDENTIFICAÇÃO DOS RECURSOS Liquidados de Obrigaçãoes
De Exercícios PROCESSADOS DO NÃO LIQUIDADOS INSCRITOS POR
Do Exercício Exercícios Financeiras
Anteriores EXERCÍCIO) DO EXERCÍCIO INSUFICIÊNCIA
Anteriores
FINANCEIRA)
(a) (b) (c) (d) (e) (f) = (a – (b + c + d + e))

RECURSOS VINCULADOS DO ENTE 858.043.891,16 - 18.317.607,65 5.248.509,79 - 834.477.773,72 27.317.344,56 -


Educação - Aplicação Mínima Constitucional 11.983.854,38 - 13.032.693,32 27.000,44 - - 1.075.839,38 456.287,39 -
Fundeb 318.747,48 - 306.910,73 - - 11.836,75 0,30 -
Saúde - Aplicação Mínima Constitucional 74.780,81 - 3.298.898,44 5.480,78 - - 3.229.598,41 3.465.883,75 -
Assistência Social 5.621.684,61 - 364.535,03 301.213,93 - 4.955.935,65 706.534,22 -
Outros Recursos da Educação 28.869.395,27 - - 51.828,91 - 28.817.566,36 3.025.072,21 -
Outros Recursos da Saúde 10.232.258,27 - 480.381,76 1.216.605,78 - 8.535.270,73 1.514.413,54 -
Demais Recursos 800.943.170,34 - 834.188,37 3.646.379,95 - 796.462.602,02 18.149.153,15 -

RECURSOS NÃO VINCULADOS DO ENTE 23.116.988,43 815.056,60 7.923.234,06 208.098,39 7.600.674,49 6.569.924,89 8.557.718,54 -

TOTAL DOS RECURSOS VINCULADOS DO ENTE (I) 858.043.891,16 - 18.317.607,65 5.248.509,79 - 834.477.773,72 27.317.344,56 -
TOTAL DOS RECURSOS NÃO VINCULADOS DO ENTE (II) 23.116.988,43 815.056,60 7.923.234,06 208.098,39 7.600.674,49 6.569.924,89 8.557.718,54 -
TOTAL DO ENTE (III) = (I + II) 881.160.879,59 815.056,60 26.240.841,71 5.456.608,18 7.600.674,49 841.047.698,61 35.875.063,10 -
RECURSOS VINCULADOS DE CONSÓRCIOS PÚBLICOS (IV) - - - - - - - -
RECURSOS NÃO VINCULADOS DE CONSÓRCIOS PÚBLICOS (V) - - - - - - - -
INSUFICIÊNCIA FINANCEIRA DE CONSÓRCIOS PÚBLICOS (VI) = (IV + V) - - - - - - - -
TOTAL DO ENTE MAIS OS CONSÓRCIOS PÚBLICOS (VII) = (III + IV) 881.160.879,59 815.056,60 26.240.841,71 5.456.608,18 7.600.674,49 841.047.698,61 35.875.063,10 -
REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES1 540.248.896,44 - 85.869,76 3.900,00 - 540.159.126,68 102.109,56

Everton Basilio Ricardo Alonso Senfuegos Everson Demarchi


Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP209175/O-7 Secretário de Economia e Finanças

Fabio Ribas dos Santos Clodoaldo Armando Gazzeta


Controladoria Geral Prefeito Municipal
Tabela 7 - Demonstrativo Simplificado do Relatório de Gestão Fiscal

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU


PODER EXECUTIVO
RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL
DEMONSTRATIVO SIMPLIFICADO DO RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL
ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL
3º Quadrimestre de 2018

LRF, art. 48 - Anexo VII R$ 1,00


RECEITA CORRENTE LÍQUIDA VALOR
Ultimos doze meses 1.007.913.482,50
DESPESA COM PESSOAL VALOR % SOBRE A RCL
Despesa Total com Pessoal - DTP 496.323.880,87 49,24
Limite Máximo (incisos I, II e III, art. 20 da LRF) - 54,00% 544.273.280,55 54,00
Limite Prudencial (parágrafo único, art. 22 da LRF) - 51,30% 517.059.616,52 51,30

DÍVIDA CONSOLIDADA VALOR % SOBRE A RCL


Dívida Consolidada Líquida 11.039.580,71 1,10
Limite Definido por Resolução do Senado Federal 1.209.496.179,00 120,00

GARANTIAS DE VALORES VALOR % SOBRE A RCL


Total das Garantias Concedidas 0,00 0,00
Limite Definido por Resolução do Senado Federal 221.740.966,15 22,00

OPERAÇÕES DE CRÉDITO VALOR % SOBRE A RCL


Operações de Crédito Internas e Externas 29.668.999,22 2,94
Operações de Crédito por Antecipação da Receita 0,00 0,00
Limite Definido pelo Senado Federal para Operações de Crédito Externas e Internas 161.266.157,20 16,00
Limite Definido pelo Senado Federal para Operações de Crédito por Antecipação da Receita 70.553.943,78 7,00

DISPONIBILIDADE DE CAIXA LÍQUIDA (ANTES DA


INSCRIÇÃO EM RESTOS A PAGAR NÃO
RESTOS A PAGAR INSCRIÇÃO EM RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS DO
PROCESSADOS DO EXERCÍCIO
EXERCÍCIO)

Valor Total (*) 35.875.063,10 841.047.698,61


FONTE: Sistema CECAM, Unidade Responsável PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU
Consolidado do Município ( Pref. Municipal, Câmara, Dae, Emdurb ,funprev) (*)

_______________________________
Everton Basilio Ricardo Alonso Senfuegos
Diretor Departamento de Finanças Contador - CRC 1SP 209175/O-7

_______________________________
Fabio Ribas dos Santos Everson Demarchi
Controladoria Geral Secretário de Economia e Finanças

_______________________________
Clodoaldo Armando Gazzeta
Prefeito Municipal
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 39

Secretaria do Meio Ambiente


pacari), tamanqueira (Pera glabrata), mirindiba rosa (Lafoensia glyptocarpa), melaleuca (Melaleuca
alternifolia ); Mulungu – Coral (Erythrina verna), Quereutéria (Koelreuteria paniculata), Tamarindo
(Tamarindus indica), Albizia (Albizia lebbeck), Chapéu de Sol ( Terminalia catappa), Alfeneiro ( Ligustrum
lucidum), Saboneteira (Sapindus saponaria), Jambo Amarelo (Syzygium jambos), Oliveira (olea europaea),
Sidnei Rodrigues Amarelinho (Plathymenia reticulata), Cedro (Cedrela fissilis), Jenipapo (Genipa americana), Cambuci
Secretário (Campomanesia phaea), Ipê Felpudo (Zeyheria tuberculosa).

PEDIDOS DE AUTORIZAÇÃO PARA SUBSTITUIÇÃO DE ÁRVORES:


Avenida Alfredo Maia, 1-10 – Vila Falcão – Fone:- 3239-2766 e 3234-6849
Horário de atendimento:- de Segunda à Sexta-feira, das 8:00h às 12:00h e das 14:00h às 18:00h. PROCESSO(S) DEFERIDO(S): VÁLIDA COMO AUTORIZAÇÃO PARA SUBSTITUIÇÃO DE
INTERNET: E-mail: meioambiente@bauru.sp.gov.br ÁRVORE(S), APÓS 05 (CINCO) DIAS ÚTEIS:

ARBORIZAÇÃO URBANA Fica autorizada a substituição de 01 (uma) árvore da espécie Canelinha localizada na Rua Edson Rodrigues
Pitta Quadra 01 esquina com a Rua Antônio Pereira Quadra 03, Vila Rocha, por apresentar risco de queda.
ATENÇÃO Conforme Processo nº 9719/2019. Substituir por uma árvore de pequeno porte.
*Para solicitar a substituição/poda procure o Poupa Tempo com comprovante de propriedade do imóvel e
documentos pessoais (cópias simples), conforme Lei nº 4368/99. PROCESSO: 5554/2019
INTERESSADA: Giuliana Celia Tosato Camparim Serra
*A substituição de árvore só poderá ser realizada após a publicação do deferimento (autorização) no Diário ENDEREÇO: Rua Clovis Barreto Malchert, nº 4-75, Jardim Europa
Oficial. ESPÉCIES DEFERIDAS: 03 árvores da espécie Macaúba, sendo 01 localizada à direita e 02 localizadas na
Lateral do imóvel, na Rua Aviador Marques de Pinedo
“Deferido o pedido, o munícipe terá o prazo de 30 (trinta) dias, contados da publicação do deferimento SUBSTITUIR POR: 03 árvores de pequeno porte
no Diário Oficial do Município, para efetivar a supressão da árvore e de 15 (quinze) dias, a partir
da supressão, para substituição da mesma, sob pena prevista nesta lei. (NR)” (Art. Alterado pela Lei nº PROCESSO: 80859/2018
4714/01) INTERESSADO: Renato Pugliesi
ENDEREÇO: Avenida Antenor de Almeida, nº 1-199, Jardim Colonial
*As despesas com a substituição ficarão a cargo do requerente. ESPÉCIE DEFERIDA: 01 árvore da espécie Pata-de-vaca, localizada à esquerda do imóvel
* As mudas das espécies vegetais arbóreas para substituição/habite-se, deverão ter altura igual ou superior SUBSTITUIR POR: 01 árvore de médio porte
a 1,50 metros (um metro e cinquenta centímetros) e estarem orientadas por tutor e protegidas por gradil
(parágrafo único do art. 1º do Decreto nº 8806/00). PROCESSO: 10484/2019
INTERESSADO: Bispado de Bauru – Curia Diocesana
*A poda de árvore em domínio público somente será permitida seguindo as especificações contidas no ENDEREÇO: Rua Sabadino Scriptore, nº 4-41, Vila Falcão
artigo 21 da Lei nº 4368/99 que cita: servidor da prefeitura, Empresas responsáveis pela infra-estrutura ESPÉCIE DEFERIDA: 01 árvore da espécie Monguba, localizada ao centro do imóvel
urbana, Equipe do Corpo de Bombeiros e Pessoas credenciadas pela SEMMA. SUBSTITUIR POR: 01 árvore de médio porte

As referidas Leis podem ser consultadas nos links a seguir: PROCESSO: 2448/2019
Lei nº 4368/99: http://www.bauru.sp.gov.br/arquivos2/sist_juridico/documentos/leis/lei4368.pdf INTERESSADO: Laerte Pinheiro
Lei nº 4714/01: http://www.bauru.sp.gov.br/arquivos2/sist_juridico/documentos/leis/lei4714.pdf ENDEREÇO: Rua Antonio Alcazar, nº 2-27, Núcleo Hab. Beija Flor
Decreto nº 8806/00: http://www.bauru.sp.gov.br/arquivos2/sist_juridico/documentos/decretos/dec8806. ESPÉCIE DEFERIDA: 01 árvore da espécie Canelinha, localizada à direita do imóvel
pdf SUBSTITUIR POR: 01 árvore de pequeno porte

INFRAÇÕES PROCESSO: 80901/2018


Capítulo II – Das Infrações e das Penas - art. 42 da Lei 4368/99 INTERESSADA: Andresa Aparecida Dias Castaldelli
ENDEREÇO: Rua Galiano de Martino, nº 7-67, Bairro Tangarás
“Ao infrator serão aplicadas penalidades na seguinte ordem: ESPÉCIE DEFERIDA: 01 árvore da espécie Ipê, localizada ao centro do imóvel
I - arrancar mudas de árvores- multa de 40 UFIRs, por muda e replantio; SUBSTITUIR POR: 01 árvore de pequeno porte
II - por infração ao disposto no artigo 30 desta lei- multa de 40 UFIRs;
III - promover poda drástica em qualquer espécie vegetal de porte arbóreo: multa de 180 UFIRs, por árvore; PROCESSO: 7049/2019
IV - Suprimir ou anelar espécie arbórea sem a devida autorização: multa de 300 UFIRs, por árvore e INTERESSADO: Marcio Adelvio Marins
replantio; ENDEREÇO: Rua São Jerônimo, nº 1-22, Jardim Redentor 3
V - Desrespeitar quaisquer dos artigos referentes ao planejamento de arborização urbana - multa de até ESPÉCIE DEFERIDA: 01 árvore da espécie Aroeira Pimenteira
1000 UFIRs e embargo das obras, até que se cumpra com as obrigações imposta na lei; SUBSTITUIR POR: 01 árvore de médio porte
VI - Não replantio legalmente exigido - multa de 180 UFIRs por mês de atraso e por árvore.”
PROCESSO(S) INDEFERIDO(S):
ESPÉCIES ADEQUADAS PARA ARBORIZAÇÃO URBANA
PROCESSO: 78596/2018
Nas calçadas que dão suporte a rede elétrica deverão ser plantadas mudas de pequeno porte: INTERESSADO: João Antonio Gaspar
Sugestão: caqui do cerrado (Diospyros híspida); cerejeira do rio grande (Eugenia involucrata); tamanqueiro ENDEREÇO: Rua Luzia Peres Rego, nº 3-96, Parque Paulista
(Byrsonima intermedia); astrapéia (Dombeya wallichii), acerola (Malpighia glabra), araçá (Psidium ESPÉCIE INDEFERIDA: 01 árvore da espécie Monguba, localizada à direita do imóvel
cattleianum), grevílha anã (Grevillea banksii), cambuí (Myrciaria tenella), calicarpa (Callicarpa reevesii), AÇÃO RECOMENDADA:
pitanga (Eugenia uniflora); mulungu do litoral (Erythrina speciosa); neve da montanha (Euphorbia - Ampliação do canteiro executada pelo proprietário do imóvel
leucocephala); urucum (Bixa orelana); flamboyant mirim (Caesalpinia pulcherrima), escova de garrafa
(Callistemon sp.), siraricito (Cojoba sophorocarpa), nêspera (Eriobotrya japonica), calabura (Muntingia PROCESSO: 148/2019
calabura), ipê branco (Tabebuia rosea-alba), Calliandra (Calliandra houstoniana), jabuticaba (Myrciaria INTERESSADA: Cristina Alves Samuel
cauliflora), uvaia (Eugenia pyriformis), Amora (Morus nigra), Jambo branco (Syzygium aqueum), Pau- ENDEREÇO: Rua Alexandre Nasralla, nº 3-78, Núcleo Hab. Beija Flor
santo (Kielmeyera coriácea), Folha de Serra (Ourateas spectabilis), Romã (Punica granatum), Cerejeira ESPÉCIE INDEFERIDA: 01 árvore da espécie Sibipiruna, localizada à direita do imóvel
(Prunus campanulata), Pequeno Barbatimão (Stryphnodendron adstringens, S. polyphyllum), Cerejeira AÇÕES RECOMENDADAS:
ornamental (Prunus serrulata), Gabiroba (Campomanesia xanthocarpa). - Controle de patógenos, executada pela Secretaria;
- Ampliação do canteiro executada pelo proprietário do imóvel
Nas calçadas opostas a rede elétrica ou possuírem fiação compacta deverão ser plantadas mudas de
médio porte: PROCESSO (Recurso): 58475/2018
Sugestão: jacarandá mimoso (Jacaranda mimosifolia), quaresmeira (Tibouchina granulosa), pata-de- INTERESSADO: Manoel Soares de Almeida
vaca (Bauhinia sp), louro pardo (Cordia trichotoma); alecrim de campinas (Holocalyx balansae); pau ENDEREÇO: Alameda Acropole, nº 4-55, Parque Santa Edwiges
terra ( Qualea grandiflora; Qualea parviflora); amendoim falso (Acosmium subelegans); caviuna do ESPÉCIE INDEFERIDA: 01 árvore da espécie Oiti, localizada ao centro do imóvel
cerrado (Dalbergia miscolobium); amendoim do campo (Platypodium elegans), bico de pato (Machaerium AÇÃO RECOMENDADA:
aculeatum); barbatimão (Stryphnodendron rotundifolium), candeia (Piptocarpha rotundifolia); falso - No momento, nenhuma ação é recomendada.
barbatimão (Dimorphadra mollis); jacarandá do campo (Machaerium acutifolium); aldrago (Pterocarpus
violaceus), olho de dragão (Adenanthera pavonina), pequi (Caryocar brasilienses), aroeira pimenteira PROCESSO: 6925/2019
(Schinus terebinthifolia), sibipiruna (Caesalpinia pluviosa), chuva de ouro (Cassia fistula), pau Brasil INTERESSADA: Maria Izabel Falco Salles Marques
(Caesalpinia echinata), ipê amarelo do cerrado (Tabebuia aurea); ipê amarelo (Tabebuia chrysotricha), ENDEREÇO: Rua Martinho Bueno, nº 1-10, Jardim Estoril II
grumixama (Eugenia brasiliensis), magnólia branca (Magnolia grandiflora), magnólia amarela ESPÉCIES INDEFERIDAS: 02 árvores da espécie Oiti, sendo 01 localizada à esquerda e 01 à direita do
(Michelia champaca), amendoinzeiro (Platypodium elegans), fedegoso (Senna macranthera), cabreúva imóvel
(Myroxylon peruiferum), lofantera da amazônia (Lophanthera lactescens), tipuana (Tipuana tipu), AÇÃO RECOMENDADA:
resedá gigante (Lagerstroemia speciosa), acácia mimosa (Acacia podalyraefoli), dedaleiro (Lafoensia - Poda de levantamento e de rebaixamento de copa, executada pela Secretaria.
40 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

PROCESSO: 1004/2019 Ofício Nº 810/18, referente Ind. Câmara 2000/18, ao Espolio de Anna Figueiredo Zanin, bem como
INTERESSADA: Lucia de Fatima Foger qualquer responsável legal, referente à RUA EZALTINA DE ALMEIDA PRADO FRAGA, 1-0 AREA
ENDEREÇO: Rua Mario Manoel Sales Algodoal, nº 1-21, Novo Jardim Pagani II-AN.Q10-J.ESTR. D ALVA, cadastrado na P.M.B.4/0977/003. (responsável não localizado)
ESPÉCIE INDEFERIDA: 01 árvore da espécie Pata-de-vaca, localizada à esquerda do imóvel
AÇÃO RECOMENDADA: COMUNICADO/ ORIENTAÇÃO
- Ampliação do canteiro executada pelo proprietário do imóvel Conforme dispostos no DECRETO 13711/18, anexo II, artigos 57, 58 e 59: Art. 57 É obrigatória a
construção de muro ou mureta no alinhamento e calçada no passeio público em todos os imóveis onde
CANCELAMENTO DE AUTO DE INFRAÇÃO AMBIENTAL
tenha sido executado, pelo Município, a instalação de guias, observadas as normas seguintes: I - Mureta
Processo: 44855/2018 – Auto de Infração Ambiental nº 037-B com altura mínima de 30 cm; II - Calçada revestida de material anti-derrapante e compatível às normas
Interessado: José Carlos Miguel técnicas de acessibilidade. Art. 58 É obrigatória a conservação permanente das calçadas, devendo o
proprietário repará-las quando necessário, colocando-as em estado de novas. Art. 59 As calçadas deverão
Processo: 25341/2004 – Auto de Infração Ambiental nº 2747 acompanhar a declividade longitudinal das guias e ter uma inclinação transversal de 2% para escoamento
Interessado: Rogerio Paulucci Mauad de água”, informamos aos responsáveis especificados na LISTA ABAIXO para que providencie o REPARO
DO PASSEIO PÚBLICO, sendo que o não atendimento desta determinação explícita implicará a aplicação
Processo: 29876/2009 – Auto de Infração Ambiental nº 110-B da penalidade de multa:
Interessada: Regina Rodrigues dos Santos
Ofício Nº 949/18, ao BANCO BAMERINDUS DO BRASIL S/A, bem como qualquer responsável legal,
Processo: 30371/2009 – Auto de Infração Ambiental nº 118-B referente à RUA EZEQUIEL RAMOS, 3-0 CENTRO, cadastrado na P.M.B. 1/0020/017. (responsável
Interessado: Ignácio Guisarro Garcia não localizado)
Ofício Nº 727/18, referente Ind. Câmara 2214/18, ao ESPOLIO DE CONCEIÇÃO MONTEIRO SILVA,
Processo: 19549/2005 – Auto de Infração Ambiental nº 077 bem como qualquer responsável legal, referente à RUA BERNARDINO DE CAMPOS,0-0 LA Q23 V
Interessado: Vladimir Brega Filho ALTO PARAISO, cadastrado na P.M.B. 5/0881/001. (responsável não localizado)

DARA – DEPARTAMENTO DE AÇÕES E RECURSOS AMBIENTAIS COMUNICADO/ ORIENTAÇÃO


Conforme dispostos no DECRETO 13711/18, anexo II, artigos 57, 58 e 59: Art. 57 É obrigatória a
PROCESSO INTERESSADO/EMPRESA construção de muro ou mureta no alinhamento e calçada no passeio público em todos os imóveis onde
27509/2012 RAMOS & SILVA BAR E LANCHONETE LTDA - ME tenha sido executado, pelo Município, a instalação de guias, observadas as normas seguintes: I - Mureta
5721/2006 THEODORO & PETIT LTDA - ME com altura mínima de 30 cm; II - Calçada revestida de material anti-derrapante e compatível às normas
13388/2010 C. BATISTA DE SOUZA - ME técnicas de acessibilidade. Art. 58 É obrigatória a conservação permanente das calçadas, devendo o
18693/2008 J. R. SAHAO – AUTO CENTER LTDA - ME proprietário repará-las quando necessário, colocando-as em estado de novas. Art. 59 As calçadas deverão
47020/2014 ALEX OZIAS DE SILOS 25107620876 acompanhar a declividade longitudinal das guias e ter uma inclinação transversal de 2% para escoamento
15579/2005 VEÍCULOS SUPER MOTO LTDA de água”, informamos aos responsáveis especificados na LISTA ABAIXO para que providencie a
48665/2007 LUIZ CELEGHIM JUNIOR DESOBSTRUÇÃO DO PASSEIO PÚBLICO, sendo que o não atendimento desta determinação explícita
17358/2006 VICENTE RONILDO GRANDINETTI implicará a aplicação da penalidade de multa:
25180/2007 EDISON VAZ BAURU - ME
1219/2006 MOREIRA & MARCOLINO LTDA - ME Ofício Nº 965/18, ao Sr. SILVIO REGINATO JUNIOR, bem como qualquer responsável legal, referente
39336/2015 DOMICIANO PEREIRA DE REZENDE BAURU à RUA GERSON FRANÇA,17-73 JD ESTORIL cadastrado na P.M.B. 2/0130/007. (responsável não
36831/2005 R. L. MARQUES RAMOS BAURU localizado)
15753/2014 J. E. P. BARBOSA – PNEUS - ME Ofício Nº 920/18, ao Sr. FRANCISCO LEITE, bem como qualquer responsável legal, referente à RUA
47811/2007 ANDRÉ LUIZ BOLSOLI MISSON - ME STO ANTONIO, 18-13 JD BELA VISTA, cadastrado na P.M.B. 4/0386/003. (responsável não localizado)
41964/2006 VOTORANTIM CIMENTOS S. A.
COMUNICADO
6967/2006 ANDRÉ LUIZ ORLATO 16204296833
Referente processo 495503/2017, sob o ofício 209/18, comunicamos ao Sr CRISTIANO STEFANELLI,
47165/2008 CLAUDIO JOSÉ DE ALENCAR MECÂNICA DE AUTOS - ME
39336/2015 DOMICIANO PEREIRA DE REZENDE BAURU que mediante vistoria feita no local, constatou que o reparo do passeio foi realizado parcialmente, devendo
ser atendido na íntegra.(responsável não localizado)

EXTRATOS COMUNICADO
Referente processo anônimo 9587/2014, solicitando vistoria à Rua Wildo João da Silva, esq. com a Mariano
CONTRATO Nº 9.183/18 - PROCESSO Nº 54.727/18 - CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE BAURU - Rostey Junior, qt 03 ld impar, Vila Serrão comunicamos que foram realizadas a vistoria e a orientação ao
CONTRATADA: LIPPEL ENGENHARIA E EQUIPAMENTOS EIRELI – OBJETO: A CONTRATADA responsável quanto à regularização do passeio público. (acompanhamento através do processo 32312/2017).
obriga-se, nos termos de sua proposta devidamente anexada ao Processo Administrativo nº 54.727/18, a
fornecer ao CONTRATANTE AQUISIÇÃO DE 01 (UMA) UNIDADE DE TRITURADOR DE GALHOS,
CONFORME ESPECIFICAÇÕES CONSTANTES NO ANEXO III DO EDITAL nº 474/18. – PRAZO:
12 meses – VALOR TOTAL: R$ 176.000,00 - MODALIDADE: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 373/18 -
PROPONENTES: 06 - ASSINATURA: 21/12/18.
Secretaria de Saúde
José Eduardo Fogolin Passos
Secretaria de Planejamento Secretário
Letícia Rocco Kirchner DIVISÃO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA – SEÇÃO DE PRODUTOS

Secretária PUBLICAÇÃO DE: 26/01/2018 a 29/01/2018

E D I TAL ARQUIVAMENTO DE PROCESSO:


DIVISÃO DE FISCALIZAÇÃO DE OBRAS PROCESSO INTERESSADO
54552/2018 CRISTINA HARUE HAYASHI - ME
COMUNICADO/ ORIENTAÇÃO
Conforme dispostos no DECRETO 13711/18, anexo II, artigos 57, 58 e 59: Art. 57 É obrigatória a 67278/2017 MICHELOTO INDUSTRIA E COMERCIO DE PRODUTOS QUIMICOS LTDA - ME
construção de muro ou mureta no alinhamento e calçada no passeio público em todos os imóveis onde 81493/2018 SORRI BAURU
tenha sido executado, pelo Município, a instalação de guias, observadas as normas seguintes: I - Mureta
com altura mínima de 30 cm; II - Calçada revestida de material anti-derrapante e compatível às normas ASSUNÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA:
técnicas de acessibilidade. Art. 58 É obrigatória a conservação permanente das calçadas, devendo o PROCESSO 45985/2018
proprietário repará-las quando necessário, colocando-as em estado de novas. Art. 59 As calçadas deverão
acompanhar a declividade longitudinal das guias e ter uma inclinação transversal de 2% para escoamento INTERESSADO SERODIO & XAVIER DROGARIA LTDA - ME
de água”, informamos aos responsáveis especificados na LISTA ABAIXO para que providencie a REQUERENTE ESTANISLAU THOMAZ DE ARAUJO
CONSTRUÇÃO DO PASSEIO PÚBLICO, sendo que o não atendimento desta determinação explícita CPF 326.123.658-26
implicará a aplicação da penalidade de multa: CRF/SP 70655
Ofício Nº 508/18, referente Proc. 39299/2018, ao CONSTRUSOLA CONSTRUÇÃO INDUSTRIA
E COMERCIO LTDA ME, bem como qualquer responsável legal, referente à AV JOSE VICENTE BAIXA DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA:
AIELLO, 0-0 PARTE GLEBA FAZENDA RESSACA V SERRAO, cadastrado na P.M.B. 2/0881/002. PROCESSO 45985/2018
(responsável não localizado) INTERESSADO SERODIO & XAVIER DROGARIA LTDA -ME
Ofício Nº 809/18, referente Ind. Câmara 2000/18, ao SR. EDUARDO STEVANATO, bem como qualquer REQUERENTE JULIANA FRAUZINA DIAS LAZZARI
responsável legal, referente à RUA LUIZ FERNANDO DE BARROS ARANHA, 6-0 AREA B ANEXA CPF 335.219.538-23
JARDIM MAINICHI, cadastrado na P.M.B.4/0978/002. (responsável não localizado) CRF/SP 49577
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 41

BAIXA DE CO-RESPONSABILIDADE TÉCNICA: RUA HELIO BADAN


JOAQUIM ARAUJO
PROCESSO 15153/2012 TB QD 3 IMPAR – PARQUE 4 1266 034
SOUZA
INTERESSADO F. OKINO DROGARIA - ME JARAGUA
REQUERENTE JANAINA RODRIGUES BORGES DE CAMPOS RUA HELIO BADAN
JOÃO BATISTA
CPF 358.722.828-00 TBM QD 3 IMPAR – PARQUE 4 1266 016
CRUZ
JARAGUA
CRF/SP 69552
JOANA RODRIGUES RUA HELIO BADAN
DIVISÃO DE VIGILÂNCIA AMBIENTAL MARTINEZ DE TB QD 3 IMPAR – PARQUE 4 1266 013
SOUZA ROCHA JARAGUA
ARQUIVAMENTO DE PROCESSO: JOÃO PARREIRA
NEGÓCIOS RUA HELIO BADAN –
PROCES. INTERESSADO TB 4 1266 009
IMOBILIÁRIOS PARQUE JARAGUA
12147/19 RAFAEL HENRIQUE BERGAMO LTDA
3850/19 CASSIA PEREIRA GOMES JOÃO PARREIRA
RUA HELIO BADAN
72193/18 EVA DE SOUZA MORAES NEGÓCIOS
TB QD 3 IMPAR – PARQUE 4 1266 005
IMOBILIÁRIOS
COMUNICAÇÃO DE APLICAÇÃO DE AUTO DE INFRAÇÃO: JARAGUA
LTDA
INTERESSADO N°/SÉRIE RUA YOICHI OGIHARA
TOTAL IMÓVEIS
TBM QD 2 PAR – PARQUE 4 1266 043
79907/18 CRISTIANE INDUSTRIA E COMERCIO LTDA 04916/F-1 LTDA
JARAGUA
84021/18 CREUZA APARECIDA DA SILVA CONEGLIAN 04920/F-1 RUA YOICHI OGIHARA
SILVANA DOS
84020/18 CREUZA APARECIDA DA SILVA CONEGLIAN 04921/F-1 TB QD 2 PAR – PARQUE 4 1266 033
SANTOS BARRETO
79826/18 TOPAZIO OPERAÇÕES IMOBILIARIAS LTDA 04919/F-1 JARAGUA
79825/18 TOPAZIO OPERAÇÕES IMOBILIARIAS LTDA 04918/F-1 JOANA RODRIGUES RUA YOICHI OGIHARA
79824/18 TOPAZIO OPERAÇÕES IMOBLIARIAS LTDA 04917/F-1 MARTINEZ DE TBM QD 2 PAR – PARQUE 4 1266 029
SOUZA ROCHA JARAGUA
RECURSO DEFERIDO DE AUTO DE INFRAÇÃO: SOCIEDADE DE
RUA YOICHI OGIHARA
PROTEÇÃO A
PROCES. INTERESSADO DIAS N°/SÉRIE TB QD 1 – PARQUE 4 1265 025
MATERNIDADE E A
12147/19 RAFAEL HENRIQUE BERGAMO - 002366/F-1 JARAGUA
CRIANÇA
3850/19 CASSIA PEREIRA GOMES - 002334/F-1 SOCIEDADE DE
RUA YOICHI OGIHARA
PROTEÇÃO A
RECURSO INDEFERIDO DE AUTO DE INFRAÇÃO: TB QD 1 – PARQUE 4 1265 022
MATERNIDADE E A
PROCES. INTERESSADO N°/SÉRIE JARAGUA
CRIANÇA
8246/19 ANDRESSA APARECIDA DE MOURA BUENO 002364/F-1 ALAMEDA SAFIRA QD
5882/19 GEVALDO RODRIGUES ROSA 002335/F-1 DIAMANTINO
TB 3 PAR – PARQUE SANTA 4 1180 007
RIBEIRO COELHO
COMUNICAÇÃO DE APLICAÇÃO DE AUTO DE IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE DE MULTA: EDWIGES
PROCES. INTERESSADO N°/SÉRIE ALAMEDA SPARTA QD
DIAMANTINO
67356/18 LUIZ CARLOS PAGANI 22473/E-1 TB 3 – PARQUE SANTA 4 1180 015
RIBEIRO COELHO
63094/18 GISELLE INACIO FERREIRA 22474/E-1 EDWIGES
J.D. NOVA MARILIA DESENVOLVIMENTO IMOBILIÁRIO ANNA
68853/18 22480/E-1 ALAMEDA AMITISTA
SPE LTDA ADMINISTRAÇÃO
TB QD 4 IMPAR – PARQUE 4 1164 022
J.D. NOVA MARILIA DESENVOLVIMENTO IMOBILIÁRIO PARTICIPAÇÕES
68860/18 22479/E-1 SANTA EDWIGES
SPE LTDA LTDA
J.D. NOVA MARILIA DESENVOLVIMENTO IMOBILIÁRIO ANNA
68859/18 22478/E-1 ALAMEDA AMETISTA
SPE LTDA ADMINISTRAÇÃO
TB QD 4 IMPAR – PARQUE 4 1164 007
J.D. NOVA MARILIA DESENVOLVIMENTO IMOBILIÁRIO PARTICIPAÇÕES
68856/18 22477/E-1 SANTA EDWIGES
SPE LTDA LTDA
69046/18 MARCOS RODRIGUES FERRAZ FILHO 22423/E-1 AVENIDA ENGENHEIRO
ADELSON
53346/18 PEDRO RAMOS LAMONICA 22410/E-1 PAULO FRONTIN QD
GONÇALVES DA TB 4 1164 012
3 – PARQUE SANTA
RECURSO INDEFERIDO DE AUTO DE IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE DE MULTA: SILVA
EDWIGES
PROCES. INTERESSADO N°/SÉRIE JOÃO PARREIRA
ALAMEDA TEBAS QD
50716/18 ADEMAR MARQUES LONTRA 15397/E1 NEGÓCIOS
TB 4 IMPAR – PARQUE 4 1196 011
IMOBILIÁRIOS
SANTA EDWIGES
COMUNICAÇÃO DE APLICAÇÃO DE NOTIFICAÇÃO PARA RECOLHIMENTO DE MULTA: LTDA
PROCES. INTERESSADO N°/SÉRIE VANDERLEI ALAMEDA TEBAS QD
59264/18 ALBERTO DE SOUZA LIMA 1697/F-1 DONIZETE TB 4 IMPAR – PARQUE 4 1196 010
63934/18 JESSICA MARIA VIEIRA AUGUSTINHO 2385/E-1 RODRIGUES SANTA EDWIGES
59584/18 JESSICA HERTEL COSTA 2384/E-1 ALAMEDA TEBAS QD 4
VALMIR ALVES DE
66654/18 OLIVEIRA DONIZETE SANTOS 2354/E-1 TB PAR – PARQUE SANTA 4 1181 004
ABREU
39688/18 MOACIR DOMINGOS VENTURA JUNIOR 2347/E-1 EDWIGES
50352/18 KATIA CHINELTO DE OLIVEIRA RIOS 2345/E-1 ODELINO ALAMEDA AMETISTA
DOMINGOS TB QD 5 PAR – PARQUE 4 1181 017
COMUNICAÇÃO DE APLICAÇÃO DE AUTO DE IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE DE JUNIOR SANTA EDWIGES
ADVERTÊNCIA E MULTA: ALAMEDA SPARTA
GENTIL SAITO
PROCES. INTERESSADO N°/SÉRIE TB QD 4 IMPAR – PARQUE 4 1181 011
GALDINO
62973/18 BEATRIZ MARIA RETZ 22425/E-1 SANTA EDWIGES
RUA ARNALDO
NOTIFICAÇÃO TOTAL IMÓVEIS RODRIGUES DE
TB 4 1279 029
Conforme Art.1º, incisos I, II e parágrafo único da Lei Municipal nº 7.104 de 14 agosto de 2018, notificamos LTDA MENEZS QD 21 –
os proprietários dos terrenos baldios(TB), terrenos baldios murados(TBM), terrenos com construção PARQUE JARAGUA
inacabadas ou abandonadas(CA), imóvel com quintal de residência desocupada ou abandonada(QR) para RUA ARNALDO
procederem à capinação e limpeza dos mesmos (CP)calçada / passeio publico defronte terreno particular IDARIO RODRIGUES DE
TB 4 1279 023
. Face ao exposto, informamos que caso não adote as devidas providencias no prazo legal, implicará na APARECIDO VIDAL MENEZES QD 21 PAR –
aplicação de multa. PARQUE JARAGUA
ENDEREÇO LOCAL RUA LUCIENE
PROPRIETARIO SETOR QUADRA LOTE MARIA APARECIDA
NOTIFICADO TBM AVALLONE QD 2 IMPAR 4 1232 010
DA FONSECA
JOÃO PARREIRA – PARQUE JARAGUA
RUA HELIO BADAN
NEGÓCIOS RUA BENEDITO BUENO
TB QD 3 IMPAR – PARQUE 4 1266 047 DANILO JUNIO
IMOBILIÁRIOS TB DA COSTA QD 2 – 4 2352 014
JARAGUA FERREIRA
LTDA JARDIM HELENA
42 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

ALAMEDA ACROPOLE RUA ARNALDO


ANTONIO FRANCISCA DE 003
TB QD 7 IMPAR – PARQUE 4 1211 019 TB RODRIGUES DE 4 1285
FAUSTINO FILHO OLIVEIRA RAMOS
SANTA EDWIGES MENEZES Q 18 IMPAR
JOÃO PARREIRA RUA MARCELINO RUA ALPHEU JOSE
NEGÓCIOS TB GRANHA QD 1 IMPAR – 4 1305 001 RIBAS SAMPAIO QD
ADÃO ARRUDA DE
IMOBILIÁRIOS PARQUE JARAGUA TBM 1 IMPAR – JARDIM 2 0837 013
MARIA RUTH MATOS JUNIOR
RUA JOÃO TEZANI QD 3 INFANTE DON
MARQUES TB 4 1305 019 HENRIQUE
PAR – PARQUE JARAGUA
FIGUEIRA RUA ORY PINHEIRO
ALAMEDA PLUTÃO QD ARLINDO
JOAQUIM ARAÚJO TB BRISOLA QD 13 PAR – 5 0840 013
TB 11 IMPAR – PARQUE 4 1211 002 FERREIRA
SOUZA VILA ROCHA
JARAGUA ANNA
ALAMEDA NEPTUNO QD RUA LIBERTO RESTA
HEITOR MARCELO ADMINISTRAÇÃO
TB 10 PAR – PARQUE SANTA 4 1211 011 TB QD 2 IMPAR – PARQUE 4 1315 005
MONTEIRO PARTICIPAÇÕES
EDWIGES JARAGUA
ALAMEDA NEPTUNO QD LTDA
HEITOR MARCELO ANNA
TBM 10 PAR – PARQUE SANTA 4 1211 030 RUA LIBERTO RESTA
MONTEIRO ADMINISTRAÇÃO
EDWIGES TB QD 2 IMPAR – PARQUE 4 1315 029
RUA SAMUEL CASALI PARTICIPAÇÕES
RAPHAEL FRANCO JARAGUA
TBM QD 1 IMPAR – PARQUE 4 1232 007 LTDA
COSTA ANNA
JARAGUA ALAMEDA ACROPOLE
RUA SAMUEL CASALI ADMINISTRAÇÃO
TB QD 1 IMPAR – PARQUE 4 1205 025
VALDEIR DONEDA TB QD 1 IMPAR – PARQUE 4 1232 001 PARTICIPAÇÕES
JARAGUA
JARAGUA LTDA
RUA SAMUEL CASALI ALAMEDA ACROPOLE
VALDEIR DONEDA TB QD 1 IMPAR – PARQUE 4 1232 002 TOTAL IMOVEIS
TB QD 1 IMPAR – PARQUE 4 1205 027
JARAGUA LTDA
JARAGUA
RUA SAMUEL CASALI AVENIDA GABRIEL
RICHARD VINICIUS
TB QD 1 IMPAR – PARQUE 4 1232 009 ADOLFO LUIS RABELLO DE ANDRADE
DA SILVA MOREIRA TB 4 1315 017
JARAGUA SANTINI QD 4 PAR – PARQUE
AGNALDO JARAGUA
TBM RUA PERU QD 1 IMPAR 5 0621 004
TOSHIHIKO MORI
CELESTE RUA EDMUNDO
SOCIEDADE DE
CONCEIÇÃO QR ANTUNES Nº 3-134/136 – 2 0424 003
PROTEÇÃO A ALAMEDA GRANADA
TB 4 0521 019 SUMAN JARDIM PANORAMA
MATERNIDADE E A QD 2 IMPAR
CRIANÇA RUA COMENDADOR
MARCO ANTONIO
SOCIEDADE DE TB LEITE QD 4 – VILA 4 0258 038
BARROS MARINHO
PROTEÇÃO A ALAMEDA TURMALINA CAMARGO
TB 4 0521 016 RUA COMENDADOR
MATERNIDADE E A QD 1 IMPAR MARCO ANTONIO
CRIANÇA TB LEITE QD 4 – VILA 4 0258 037
BARROS MARINHO
SOCIEDADE DE CAMARGO
PROTEÇÃO A ALAMEDA GRANADA RUA COMENDADOR
TB 4 0521 020 MARCO ANTONIO
MATERNIDADE E A QD 2 IMPAR TB LEITE QD 4 – VILA 4 0258 036
BARROS MARINHO
CRIANÇA CAMARGO
ALAMEDA GRANADA RUA COMENDADOR
NICANOR ESCORSE TB 4 052 022 MARCO ANTONIO
QD 2 IMPAR TB LEITE QD 4 – VILA 4 0258 034
ROBERTO ElPIDIO BARROS MARINHO
TB ALAMEDA OPALA QD 2 4 1082 020 CAMARGO
DE ASSIS ZULIANI MARCO ANTONIO RUA ALTO PURUS QD 3
YOLANDA CAMPOS 007 TB 4 0258 035
TB ALAMEDA TOPAZIO Q1 4 1082 BARROS MARINHO – VILA CAMARGO
E OUTROS RUA LIBERTO RESTA QD
CLAUDEMIR DA MILTON SILVINO TB 4 1205 016
TB ALAMEDA TOPAZIO Q1 4 1082 015 1 – PARQUE JARAGUA
SILVA NASCIMENTO
BENEVENUTO RUA LIBERTO RESTA
TB ALAMEDA TROIA Q 5 4 1149 003 SANTANA CORREA
DERIZ TB QD 1 PAR – PARQUE 4 1205 017
DOS SANTOS
GENTIL SAITO JARAGUA
TB ALAMEDA TROIA Q 5 4 1149 006 ALAMEDA ACROPOLE
GALDINO ESPOLIO DE
ANDRE LUIZ ALAMEDA BABILONIA TB QD 1 IMPAR – PARQUE 4 1205 021
TB 4 1102 016 NASSIM ABRAHÃO
CONSOLMAGNO Q5 JARAGUA
SEBASTIAO JOÃO PARREIRA
ALAMEDA BABILONIA RUA JESO CONTIJO DE
REINALDO GOMES TB 4 1102 017 NEGOCIOS
Q5 TB MORAES QD 1 IMPAR – 4 1205 005
PERES IMOBILIARIOS
GENTIL SAITO PARQUE JARAGUA
TB ALAMEDA VENUS Q6 4 1149 009 LTDA
GALDINO RENATO EVERTON RUA LIBERTO RESTA
ESPOLIO DE
ALAMEDA MACEDONIA ESPERANÇA TB QD 2 IMPAR - PARQUE 4 1315 008
ANTONIO ALVES TB 4 1149 012
Q2 VIEIRA JARAGUA
CABETE
ANNA RUA LIBERTO RESTA
URBANO LUIZ
ADMINISTRAÇÃO RUA FRANCISCA TBM QD 2 IMPAR – PARQUE 4 1315 013
TB 4 1258 016 CHEQUE
PARTICIPAÇÃO MARTHA IZIDORO QD 3 JARAGUA
LTDA RUA LIBERTO RESTA
ESPOLIO DE JACOB
RUA AZOR GARCIA DOS CP QD 2 IMPAR – PARQUE 4 1315 014
JOAO PENNA TB 4 1258 013 LUIZ
SANTOS Q4 JARAGUA
PETRONIO RUA AZOR GARCIA DOS AVENIDA GABRIEL
TB 4 1258 011
FERNANDES POLI SANTOS Q4 ODETE APARECIDA RABELLO DE ANDRADE 016
TB 4 1333
TOTAL IMOVEIS RUA PEDRO ALVARES AUGUSTO QD 3 IMPAR – PARQUE
TB 4 1269 029
LTDA MANSERA JARAGUA
DANIEL DE SOUZA RUA YOICHI OGIHARA AVENIDA GABRIEL
TB 4 1269 008
SOARES Q2 ODETE APARECIDA RABELLO DE
ARIOVALDO DE RUA YOICHI OGIHARA TB 4 1333 004
TB 4 1269 012 AUGUSTO ANDRADE QD 3 IMPAR –
ALMEIDA Q2 PARQUE JARAGUA
ARIOVALDO DE RUA YOICHI OGIHARA
TB 4 1269 013 AVENIDA GABRIEL
ALMEIDA Q2 ROBSON
RUA ARNALDO RABELLO DE ANDRADE
FRANCISCA DE 007 ALEXANDRE TB 4 1333 005
TB RODRIGUES DE 4 1285 QD 3 IMPAR – PARQUE
OLIVEIRA RAMOS BIGHETTE
MENEZES Q 18 IMPAR JARAGUA
ERMIN OLICE ROBSON RUA BENEDITO LEITE
AV ENG PAULO ALEXANDRE TB DE BRITO QD 5 – 4 1333 014
ARLINDO CP 4 1199 013
FRONTIN QD 8 IMPAR BICHETTE PARQUE JARAGUA
SCHURMANN
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 43

RUA URUGUAI QD 5 QTD.


GLAUCIA TURATO TB PAR – JARDIM TERRA 5 0395 013 MARCA E P. UNIT.
ITEM UNID. Estimada ESPECIFICAÇÕES MÍNIMAS
C.A R$
BRANCA Anual
SEBASTIÃO RUA JAVOLENO VAZ QD Descrição: Calçado de Segurança,
TB 3 0021 011
RODRIGUES LOPES 3 PAR – VILA ENGLER tipo botina, confeccionada em couro
RUA FREDERICO DA hidrofugado ou microfibra, COR PRETO,
NATANAEL
TB SILVA QD 1 IMPAR – 5 1161 007 com biqueira de composite, dorso
PEDROSO
GRANJA CECILIA A acolchoado, fechamento em elásticos
laterais, solado em poliuretano bidensidade
ARQUIVAMENTO DE NOTIFICAÇÃO: injetado diretamente no cabedal, forro do
PROPRIETARIO ENDEREÇO LOCAL NOTIFICADO SETOR QUADRA LOTE cano em poliéster ou nylon dublado com
ALMIRANTE BARROSO QD 4 PAR FUJIWARA
01 Par 3 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40
NILZA JANGARELI TBM 5 0221 011 CA 39104
ANTIGO tecido, palmilha de montagem de material
DULCINA KALAU RUA ORY PINHEIRO BRIZOLA QD antiperfurante costurada no sistema
CA 5 0840 013
LOPES 13 PAR strobel, sobrepalmilha com tratamento
JOSE ORLANDO antimicrobiano em EVA, número 34.
TB RUA ANTONIO GARBI MATTOS 5 1338 008 Aprovado para: Proteção dos pés do
RUBIO JUNIOR
JOSE ORLANDO usuário contra impactos de quedas de
TB RUA ANTONIO GARBI MATTOS 5 1338 007 objetos sobre os artelhos e contra agentes
RUBIO JUNIOR
ESPOLIO DE abrasivos, escoriantes e perfurantes.
TBM RUA JOAO URIAS BATISTA 5 0572 002
ANTONIO TIRITAN Descrição: Calçado de Segurança,
tipo botina, confeccionada em couro
ERRATA: hidrofugado ou microfibra, COR PRETO,
PUBLICADO EM D.O.M. EM 24/01/19 com biqueira de composite, dorso
ONDE SE LÊ: acolchoado, fechamento em elásticos
laterais, solado em poliuretano bidensidade
NOTIFICAÇÃO injetado diretamente no cabedal, forro do
cano em poliéster ou nylon dublado com
Conforme Art.1º, incisos I, II e parágrafo único da Lei Municipal nº 7.104 de 14 agosto de 2018, notificamos FUJIWARA
02 Par 3 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40
os proprietários dos terrenos baldios(TB), terrenos baldios murados(TBM), terrenos com construção CA 39104
tecido, palmilha de montagem de material
inacabadas ou abandonadas(CA), imóvel com quintal de residência desocupada ou abandonada(QR) para antiperfurante costurada no sistema
procederem à capinação e limpeza dos mesmos (CP)calçada / passeio publico defronte terreno particular strobel, sobrepalmilha com tratamento
. Face ao exposto, informamos que caso não adote as devidas providencias no prazo legal, implicará na antimicrobiano em EVA, número 35.
aplicação de multa. Aprovado para: Proteção dos pés do
usuário contra impactos de quedas de
ENDEREÇO LOCAL objetos sobre os artelhos e contra agentes
PROPRIETARIO SETOR QUADRA LOTE
NOTIFICADO abrasivos, escoriantes e perfurantes.
RUA HORÁCIO Descrição: Calçado de Segurança,
ISABEL DE FARIMA
TB GONÇALVES QD 5 PAR – 4 1241 017 tipo botina, confeccionada em couro
VIANI
PARQUE JARAGUA hidrofugado ou microfibra, COR PRETO,
SERGIO AMARO RUA JOÃO TEZANI 1-2 – com biqueira de composite, dorso
TB 4 1208 015
ALCARAS PARQUE JARAGUA acolchoado, fechamento em elásticos
laterais, solado em poliuretano bidensidade
LEIA-SE: injetado diretamente no cabedal, forro do
cano em poliéster ou nylon dublado com
FUJIWARA
03 Par 6 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40
NOTIFICAÇÃO CA 39104
tecido, palmilha de montagem de material
Conforme Art.1º, incisos I, II e parágrafo único da Lei Municipal nº 7.104 de 14 agosto de 2018, notificamos antiperfurante costurada no sistema
os proprietários dos terrenos baldios(TB), terrenos baldios murados(TBM), terrenos com construção strobel, sobrepalmilha com tratamento
inacabadas ou abandonadas(CA), imóvel com quintal de residência desocupada ou abandonada(QR) para antimicrobiano em EVA, número 36.
procederem à capinação e limpeza dos mesmos (CP)calçada / passeio publico defronte terreno particular Aprovado para: Proteção dos pés do
. Face ao exposto, informamos que caso não adote as devidas providencias no prazo legal, implicará na usuário contra impactos de quedas de
objetos sobre os artelhos e contra agentes
aplicação de multa.
abrasivos, escoriantes e perfurantes.
ENDEREÇO LOCAL Descrição: Calçado de Segurança,
PROPRIETARIO SETOR QUADRA LOTE
NOTIFICADO tipo botina, confeccionada em couro
RUA HORACIO hidrofugado ou microfibra, COR PRETO,
ISABEL DE FATIMA
TB GONÇALVES QD 5 PAR – 4 1241 017 com biqueira de composite, dorso
VIANI
PARQUE JARAGUA acolchoado, fechamento em elásticos
SERGIO AMARO RUA JOÃO TEZANI 1-2 – laterais, solado em poliuretano bidensidade
QR 4 1208 015
ALCARAS PARQUE JARAGUA injetado diretamente no cabedal, forro do
cano em poliéster ou nylon dublado com
FUJIWARA
04 Par 7 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40

Seção III
CA 39104
tecido, palmilha de montagem de material
antiperfurante costurada no sistema
strobel, sobrepalmilha com tratamento

Editais
antimicrobiano em EVA, número 37.
Aprovado para: Proteção dos pés do
usuário contra impactos de quedas de
objetos sobre os artelhos e contra agentes
abrasivos, escoriantes e perfurantes.
Descrição: Calçado de Segurança,
AVISOS tipo botina, confeccionada em couro
hidrofugado ou microfibra, COR PRETO,
ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 611/2018 - PROCESSO Nº 14.906/2018 - CONTRATANTE: com biqueira de composite, dorso
MUNICÍPIO DE BAURU – CONTRATADA: DALSON COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS acolchoado, fechamento em elásticos
laterais, solado em poliuretano bidensidade
DE SEGURANÇA E FERRAMENTAS EIRELI ME – Interessada: Secretarias Municipais de injetado diretamente no cabedal, forro do
Administração, de Cultura, de Finanças, de Educação, de Bem Estar Social, de Administrações Regionais, cano em poliéster ou nylon dublado com
FUJIWARA
de Saúde, de Meio Ambiente, de Obras, de Planejamento, de Agricultura e Abastecimento, de Esportes e 05 Par 18 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40
CA 39104
Lazer, o Gabinete do Prefeito, Departamento de Água e Esgoto de Bauru – DAE e Empresa Municipal tecido, palmilha de montagem de material
de Desenvolvimento Urbano e Rural de Bauru – Emdurb, cujas especificações estão indicadas no anexo I antiperfurante costurada no sistema
strobel, sobrepalmilha com tratamento
do Edital nº 349/18 - do Processo Administrativo n.º 14.906/18, mediante emissão de Notas de Empenho
antimicrobiano em EVA, número 38.
e conforme termos de sua proposta devidamente anexada ao processo administrativo e preços abaixo Aprovado para: Proteção dos pés do
consignados: usuário contra impactos de quedas de
LOTE 3 – CALÇADO DE SEGURANÇA TIPO BOTINA COM BIQUEIRA DE COMPOSITE – objetos sobre os artelhos e contra agentes
COTA RESERVADA. abrasivos, escoriantes e perfurantes.
44 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

Descrição: Calçado de Segurança, Descrição: Calçado de Segurança,


tipo botina, confeccionada em couro tipo botina, confeccionada em couro
hidrofugado ou microfibra, COR PRETO, hidrofugado ou microfibra, COR PRETO,
com biqueira de composite, dorso com biqueira de composite, dorso
acolchoado, fechamento em elásticos acolchoado, fechamento em elásticos
laterais, solado em poliuretano bidensidade laterais, solado em poliuretano bidensidade
injetado diretamente no cabedal, forro do injetado diretamente no cabedal, forro do
cano em poliéster ou nylon dublado com cano em poliéster ou nylon dublado com
FUJIWARA FUJIWARA CA
06 Par 33 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40 11 Par 19 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40
CA 39104 39104
tecido, palmilha de montagem de material
tecido, palmilha de montagem de material
antiperfurante costurada no sistema
antiperfurante costurada no sistema
strobel, sobrepalmilha com tratamento
strobel, sobrepalmilha com tratamento
antimicrobiano em EVA, número 44.
antimicrobiano em EVA, número 39. Aprovado para: Proteção dos pés do
Aprovado para: Proteção dos pés do usuário contra impactos de quedas de
usuário contra impactos de quedas de objetos sobre os artelhos e contra agentes
objetos sobre os artelhos e contra agentes abrasivos, escoriantes e perfurantes.
abrasivos, escoriantes e perfurantes. Descrição: Calçado de Segurança,
Descrição: Calçado de Segurança, tipo botina, confeccionada em couro
tipo botina, confeccionada em couro hidrofugado ou microfibra, COR PRETO,
hidrofugado ou microfibra, COR PRETO, com biqueira de composite, dorso
com biqueira de composite, dorso acolchoado, fechamento em elásticos
acolchoado, fechamento em elásticos laterais, solado em poliuretano bidensidade
laterais, solado em poliuretano bidensidade injetado diretamente no cabedal, forro do
injetado diretamente no cabedal, forro do cano em poliéster ou nylon dublado com
FUJIWARA CA
cano em poliéster ou nylon dublado com 12 Par 6 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40
FUJIWARA 39104
07 Par 53 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40 tecido, palmilha de montagem de material
CA 39104 antiperfurante costurada no sistema
tecido, palmilha de montagem de material
antiperfurante costurada no sistema strobel, sobrepalmilha com tratamento
strobel, sobrepalmilha com tratamento antimicrobiano em EVA, número 45.
antimicrobiano em EVA, número 40. Aprovado para: Proteção dos pés do
Aprovado para: Proteção dos pés do usuário contra impactos de quedas de
objetos sobre os artelhos e contra agentes
usuário contra impactos de quedas de
abrasivos, escoriantes e perfurantes.
objetos sobre os artelhos e contra agentes PRAZO: 01 ano –– MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL Nº 017/2018 – ASSINATURA:
abrasivos, escoriantes e perfurantes. 28/12/2018 – VALIDADE: 27/12/2019.
Descrição: Calçado de Segurança,
tipo botina, confeccionada em couro ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 646/2018 - PROCESSO Nº 34.202/2018 - CONTRATANTE:
hidrofugado ou microfibra, COR PRETO, MUNICÍPIO DE BAURU – CONTRATADA: DALSON COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS DE
com biqueira de composite, dorso SEGURANÇA E FERRAMENTAS EIRELI ME – Interessada: Secretarias de Administração, de
acolchoado, fechamento em elásticos Cultura, de Educação, de Administrações Regionais, de Saúde, de Meio Ambiente, de Obras, de Agricultura
laterais, solado em poliuretano bidensidade e Abastecimento, de Esportes e Lazer, o Gabinete do Prefeito, Departamento de Água e Esgoto de Bauru -
injetado diretamente no cabedal, forro do Dae e Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano e Rural de Bauru – Emdurb, cujas especificações
cano em poliéster ou nylon dublado com estão indicadas no anexo I do Edital nº 463/2018- do Processo Administrativo n.º 34.202/2018, mediante
FUJIWARA
08 Par 47 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40 emissão de Notas de Empenho e conforme termos de sua proposta devidamente anexada ao processo
CA 39104
tecido, palmilha de montagem de material
administrativo e preços abaixo consignados:
antiperfurante costurada no sistema
LOTE 02 – CONJUNTO DE SEGURANÇA PARA ELETRECISTA – COTA PRINCIPAL
strobel, sobrepalmilha com tratamento
antimicrobiano em EVA, número 41. MARCA/ VALOR UNIT.
ITEM Qtd UN ESPECIFICAÇÃO MÍNIMA DO PRODUTO
Aprovado para: Proteção dos pés do Nº CA (R$)
CONJUNTO DE SEGURANÇA
usuário contra impactos de quedas de
Descrição: Conjunto de proteção para eletricistas,
objetos sobre os artelhos e contra agentes
confeccionado 100% em algodão antichamas (FR),
abrasivos, escoriantes e perfurantes. ATPV mínimo de 10 cal/cm², categoria 2, possuir
Descrição: Calçado de Segurança, gramatura nominal mínima de 290 g/m²:
tipo botina, confeccionada em couro Camisa de segurança, na cor azul, manga longa,
hidrofugado ou microfibra, COR PRETO, gola tipo padre, dois bolsos frontais com lapela,
com biqueira de composite, dorso fechamento frontal com botão, inscrição PMB
acolchoado, fechamento em elásticos bordada no bolso do lado esquerdo ou direito, faixa
laterais, solado em poliuretano bidensidade refletiva amarela/prata/amarela nas mangas e tórax. J.EVALDO
injetado diretamente no cabedal, forro do 1 21 CONJ. Calça de segurança, na cor azul, com 2 bolsos CA R$ 250,00
cano em poliéster ou nylon dublado com traseiros chapados, 2 bolsos frontais tipo faca, 36.231/36232
FUJIWARA
09 Par 52 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40 braguilha com fechamento de botão de plástico,
CA 39104
tecido, palmilha de montagem de material meio cós com elástico e cordão de poliéster na
antiperfurante costurada no sistema cintura para ajuste e no mínimo 5 passadores para
strobel, sobrepalmilha com tratamento cinto, faixa refletiva amarela/prata/amarela abaixo
antimicrobiano em EVA, número 42. do joelho. Tamanho do conjunto - P. (38/40).
Aprovado para: Proteção dos pés do Aprovado para: Proteção do tronco, membros
usuário contra impactos de quedas de superiores e inferiores contra agentes térmicos
objetos sobre os artelhos e contra agentes provenientes de arco elétrico.
abrasivos, escoriantes e perfurantes. Descrição: Conjunto de proteção para eletricistas,
Descrição: Calçado de Segurança, confeccionado 100% em algodão antichamas (FR),
tipo botina, confeccionada em couro ATPV mínimo de 10 cal/cm², categoria 2, possuir
hidrofugado ou microfibra, COR PRETO, gramatura nominal mínima de 290 g/m²:
com biqueira de composite, dorso Camisa de segurança, na cor azul, manga longa,
gola tipo padre, dois bolsos frontais com lapela,
acolchoado, fechamento em elásticos
fechamento frontal com botão, inscrição PMB
laterais, solado em poliuretano bidensidade
bordada no bolso do lado esquerdo ou direito, faixa
injetado diretamente no cabedal, forro do
refletiva amarela/prata/amarela nas mangas e tórax. J.EVALDO
cano em poliéster ou nylon dublado com 2 61 CONJ. Calça de segurança, na cor azul, com 2 bolsos CA R$ 250,00
FUJIWARA CA
10 Par 32 manta, forro da gáspea interno em não R$ 98,40 traseiros chapados, 2 bolsos frontais tipo faca, 36.231/36232
39104
tecido, palmilha de montagem de material braguilha com fechamento de botão de plástico,
antiperfurante costurada no sistema meio cós com elástico e cordão de poliéster na
strobel, sobrepalmilha com tratamento cintura para ajuste e no mínimo 5 passadores para
antimicrobiano em EVA, número 43. cinto, faixa refletiva amarela/prata/amarela abaixo
Aprovado para: Proteção dos pés do do joelho. Tamanho do conjunto - M. (42/44).
usuário contra impactos de quedas de Aprovado para: Proteção do tronco, membros
objetos sobre os artelhos e contra agentes superiores e inferiores contra agentes térmicos
abrasivos, escoriantes e perfurantes. provenientes de arco elétrico.
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 45

Descrição: Conjunto de proteção para LOTE 03 – JAQUETA DE SEGURANÇA PARA ELETRECISTA – COTA PRINCIPAL
eletricistas, confeccionado 100% em algodão ESPECIFICAÇÃO MÍNIMA DO MARCA/ VALOR
ITEM Qtd UN
antichamas (FR), ATPV mínimo de 10 cal/cm², PRODUTO Nº CA UNIT. (R$)
categoria 2, possuir gramatura nominal mínima JAQUETA DE SEGURANÇA
de 290 g/m²: Descrição: Jaqueta de segurança, para
Camisa de segurança, na cor azul, manga eletricista, confeccionado em tecido
longa, gola tipo padre, dois bolsos frontais com antichamas (FR), ATPV mínimo de 10 cal/
lapela, fechamento frontal com botão, inscrição cm², categoria 2, possuir gramatura nominal
PMB bordada no bolso do lado esquerdo ou mínima de 200 g/m², na cor azul, manga longa,
direito, faixa refletiva amarela/prata/amarela J.EVALDO fechamento frontal em zíper, manta térmica,
3 59 CONJ. nas mangas e tórax. Calça de segurança, na cor CA R$ 250,00 forro em matelassê, punho canhão com elástico, J.EVALDO
1 2 PEÇA R$ 320,00
elástico na cintura, faixa refletiva amarela/prata/ CA 36.231
azul, com 2 bolsos traseiros chapados, 2 bolsos 36.231/36232
amarela na altura do peito, 2 bolsos, inscrição
frontais tipo faca, braguilha com fechamento
da PMB bordada do lado direito, tamanho P.
de botão de plástico, meio cós com elástico e Aprovado para: Proteção do tronco, membros
cordão de poliéster na cintura para ajuste e no superiores contra agentes térmicos (calor e
mínimo 5 passadores para cinto, faixa refletiva chamas) provenientes de arco elétrico e fogo
amarela/prata/amarela abaixo do joelho. repentino.
Tamanho do conjunto - G. (46/48). Descrição: Jaqueta de segurança, para
Aprovado para: Proteção do tronco, membros eletricista, confeccionado em tecido
superiores e inferiores contra agentes térmicos antichamas (FR), ATPV mínimo de 10 cal/
provenientes de arco elétrico. cm², categoria 2, possuir gramatura nominal
Descrição: Conjunto de proteção para mínima de 200 g/m², na cor azul, manga longa,
eletricistas, confeccionado 100% em algodão fechamento frontal em zíper, manta térmica,
antichamas (FR), ATPV mínimo de 10 cal/cm², forro em matelassê, punho canhão com elástico, J.EVALDO
2 7 PEÇA R$ 320,00
categoria 2, possuir gramatura nominal mínima elástico na cintura, faixa refletiva amarela/prata/ CA 36.231
de 290 g/m²: amarela na altura do peito, 2 bolsos, inscrição
Camisa de segurança, na cor azul, manga da PMB bordada do lado direito, tamanho M.
Aprovado para: Proteção do tronco, membros
longa, gola tipo padre, dois bolsos frontais com
superiores contra agentes térmicos (calor e
lapela, fechamento frontal com botão, inscrição
chamas) provenientes de arco elétrico e fogo
PMB bordada no bolso do lado esquerdo ou repentino.
direito, faixa refletiva amarela/prata/amarela J.EVALDO Descrição: Jaqueta de segurança, para
4 58 CONJ. nas mangas e tórax. Calça de segurança, na cor CA R$ 250,00 eletricista, confeccionado em tecido
azul, com 2 bolsos traseiros chapados, 2 bolsos 36.231/36232 antichamas (FR), ATPV mínimo de 10 cal/
frontais tipo faca, braguilha com fechamento cm², categoria 2, possuir gramatura nominal
de botão de plástico, meio cós com elástico e mínima de 200 g/m², na cor azul, manga longa,
cordão de poliéster na cintura para ajuste e no fechamento frontal em zíper, manta térmica,
mínimo 5 passadores para cinto, faixa refletiva forro em matelassê, punho canhão com elástico, J.EVALDO
3 17 PEÇA R$ 320,00
amarela/prata/amarela abaixo do joelho. elástico na cintura, faixa refletiva amarela/prata/ CA 36.231
Tamanho do conjunto - GG. (50/52). amarela na altura do peito, 2 bolsos, inscrição
Aprovado para: Proteção do tronco, membros da PMB bordada do lado direito, tamanho G.
superiores e inferiores contra agentes térmicos Aprovado para: Proteção do tronco, membros
provenientes de arco elétrico. superiores contra agentes térmicos (calor e
Descrição: Conjunto de proteção para chamas) provenientes de arco elétrico e fogo
eletricistas, confeccionado 100% em algodão repentino.
Descrição: Jaqueta de segurança, para
antichamas (FR), ATPV mínimo de 10 cal/cm², eletricista, confeccionado em tecido
categoria 2, possuir gramatura nominal mínima antichamas (FR), ATPV mínimo de 10 cal/
de 290 g/m²: cm², categoria 2, possuir gramatura nominal
Camisa de segurança, na cor azul, manga mínima de 200 g/m², na cor azul, manga longa,
longa, gola tipo padre, dois bolsos frontais com fechamento frontal em zíper, manta térmica,
lapela, fechamento frontal com botão, inscrição forro em matelassê, punho canhão com elástico, J.EVALDO
PMB bordada no bolso do lado esquerdo ou 4 11 PEÇA R$ 320,00
elástico na cintura, faixa refletiva amarela/prata/ CA 36.231
direito, faixa refletiva amarela/prata/amarela J.EVALDO amarela na altura do peito, 2 bolsos, inscrição
5 18 CONJ. nas mangas e tórax. Calça de segurança, na cor CA R$ 250,00 da PMB bordada do lado direito, tamanho GG.
azul, com 2 bolsos traseiros chapados, 2 bolsos 36.231/36232 Aprovado para: Proteção do tronco, membros
frontais tipo faca, braguilha com fechamento superiores contra agentes térmicos (calor e
de botão de plástico, meio cós com elástico e chamas) provenientes de arco elétrico e fogo
cordão de poliéster na cintura para ajuste e no repentino.
Descrição: Jaqueta de segurança, para
mínimo 5 passadores para cinto, faixa refletiva
eletricista, confeccionado em tecido
amarela/prata/amarela abaixo do joelho.
antichamas (FR), ATPV mínimo de 10 cal/
Tamanho do conjunto - EG. (54/56). cm², categoria 2, possuir gramatura nominal
Aprovado para: Proteção do tronco, membros mínima de 200 g/m², na cor azul, manga longa,
superiores e inferiores contra agentes térmicos fechamento frontal em zíper, manta térmica,
provenientes de arco elétrico. forro em matelassê, punho canhão com elástico, J.EVALDO
Descrição: Conjunto de proteção para 5 4 PEÇA R$ 320,00
elástico na cintura, faixa refletiva amarela/prata/ CA 36.231
eletricistas, confeccionado 100% em algodão amarela na altura do peito, 2 bolsos, inscrição
antichamas (FR), ATPV mínimo de 10 cal/cm², da PMB bordada do lado direito, tamanho EG.
categoria 2, possuir gramatura nominal mínima Aprovado para: Proteção do tronco, membros
de 290 g/m²: superiores contra agentes térmicos (calor e
Camisa de segurança, na cor azul, manga chamas) provenientes de arco elétrico e fogo
longa, gola tipo padre, dois bolsos frontais com repentino.
lapela, fechamento frontal com botão, inscrição Descrição: Jaqueta de segurança, para
PMB bordada no bolso do lado esquerdo ou eletricista, confeccionado em tecido
direito, faixa refletiva amarela/prata/amarela J.EVALDO antichamas (FR), ATPV mínimo de 10 cal/
6 7 CONJ. nas mangas e tórax. Calça de segurança, na cor CA R$ 250,00 cm², categoria 2, possuir gramatura nominal
mínima de 200 g/m², na cor azul, manga longa,
azul, com 2 bolsos traseiros chapados, 2 bolsos 36.231/36232
fechamento frontal em zíper, manta térmica,
frontais tipo faca, braguilha com fechamento
forro em matelassê, punho canhão com elástico,
de botão de plástico, meio cós com elástico e J.EVALDO
6 4 PEÇA elástico na cintura, faixa refletiva amarela/prata/ R$ 320,00
cordão de poliéster na cintura para ajuste e no CA 36.231
amarela na altura do peito, 2 bolsos, inscrição
mínimo 5 passadores para cinto, faixa refletiva da PMB bordada do lado direito, tamanho
amarela/prata/amarela abaixo do joelho. EXG.
Tamanho do conjunto - EXGG. (58/60). Aprovado para: Proteção do tronco, membros
Aprovado para: Proteção do tronco, membros superiores contra agentes térmicos (calor e
superiores e inferiores contra agentes térmicos chamas) provenientes de arco elétrico e fogo
provenientes de arco elétrico. repentino.
46 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019

LOTE 04 – CALÇA E CAMISA ANTICORTE - COTA RESERVADA Descrição: Vestimenta de segurança, camisa
MARCA/ V A L O R anticorte, confeccionada em tecido 100%
ITEM Qtd UN ESPECIFICAÇÃO MÍNIMA DO PRODUTO
Nº CA UNIT. (R$) de poliéster, na cor azul marinho, com
CALÇA ANTICORTE proteção interna de 8 camadas de tecido de
Descrição: Vestimenta de segurança, calça poliéster de alta tenacidade, o qual protege os
anticorte, confeccionada em tecido 100% de membros superiores do usuário, na região do
poliéster, na cor azul marinho, com proteção peito e tronco, e nos braços, em uma área de
interna de 8 camadas de tecido de poliéster de circunscrição total de 360 graus, partindo do
alta tenacidade, o qual protege os membros ombro até o início das mãos, forração em tecido KLM – NÃO
6 17 PEÇA R$ 153,40
inferiores, da cintura até o tornozelo, em uma de poliéster, tecido num desenho em forma de POSSUI CA
área de circunscrição de 360 graus, forração colmeia, o qual permite a transpiração e troca
em tecido de poliéster, tecido num desenho em KLM – CA de calor produzidos pelo corpo humano na
1 8 PEÇA R$ 142,40
forma de colmeia, confeccionada com elástico 35800 atividade executada, vestimenta composta com
e cordão em poliéster na cintura para ajuste, um bolso frontal, com gola em fechamento em
dotada de botão de alumínio para fechamento velcro. Tamanho M.
na cintura e zíper na braguilha, bolso na parte Aprovado para: Proteção do tronco e braços do
traseira com lapela. Tamanho P. (38/40). usuário contra agentes mecânicos provenientes
Aprovado para: Proteção das pernas do usuário de operações com motosserras.
contra agentes mecânicos provenientes de
Descrição: Vestimenta de segurança, camisa
operações com motosserras.
Descrição: Vestimenta de segurança, calça anticorte, confeccionada em tecido 100%
anticorte, confeccionada em tecido 100% de de poliéster, na cor azul marinho, com
poliéster, na cor azul marinho, com proteção proteção interna de 8 camadas de tecido de
interna de 8 camadas de tecido de poliéster de poliéster de alta tenacidade, o qual protege os
alta tenacidade, o qual protege os membros membros superiores do usuário, na região do
inferiores, da cintura até o tornozelo, em uma peito e tronco, e nos braços, em uma área de
área de circunscrição de 360 graus, forração circunscrição total de 360 graus, partindo do
em tecido de poliéster, tecido num desenho em KLM – CA ombro até o início das mãos, forração em tecido KLM – NÃO
2 20 PEÇA R$ 142,40 7 27 PEÇA R$ 153,40
forma de colmeia, confeccionada com elástico 35800 de poliéster, tecido num desenho em forma de POSSUI CA
e cordão em poliéster na cintura para ajuste, colmeia, o qual permite a transpiração e troca
dotada de botão de alumínio para fechamento de calor produzidos pelo corpo humano na
na cintura e zíper na braguilha, bolso na parte atividade executada, vestimenta composta com
traseira com lapela. Tamanho M. (42/44). um bolso frontal, com gola em fechamento em
Aprovado para: Proteção das pernas do usuário velcro. Tamanho G.
contra agentes mecânicos provenientes de Aprovado para: Proteção do tronco e braços do
operações com motosserras. usuário contra agentes mecânicos provenientes
Descrição: Vestimenta de segurança, calça
de operações com motosserras.
anticorte, confeccionada em tecido 100% de
poliéster, na cor azul marinho, com proteção Descrição: Vestimenta de segurança, camisa
interna de 8 camadas de tecido de poliéster de anticorte, confeccionada em tecido 100%
alta tenacidade, o qual protege os membros de poliéster, na cor azul marinho, com
inferiores, da cintura até o tornozelo, em uma proteção interna de 8 camadas de tecido de
área de circunscrição de 360 graus, forração poliéster de alta tenacidade, o qual protege os
em tecido de poliéster, tecido num desenho em KLM – CA membros superiores do usuário, na região do
3 14 PEÇA R$ 142,40
forma de colmeia, confeccionada com elástico 35800 peito e tronco, e nos braços, em uma área de
e cordão em poliéster na cintura para ajuste, circunscrição total de 360 graus, partindo do
dotada de botão de alumínio para fechamento 8 ombro até o início das mãos, forração em tecido KLM – NÃO
10 PEÇA R$ 160,00
na cintura e zíper na braguilha, bolso na parte de poliéster, tecido num desenho em forma de POSSUI CA
traseira com lapela. Tamanho G. (46/48). colmeia, o qual permite a transpiração e troca
Aprovado para: Proteção das pernas do usuário de calor produzidos pelo corpo humano na
contra agentes mecânicos provenientes de atividade executada, vestimenta composta com
operações com motosserras. um bolso frontal, com gola em fechamento em
Descrição: Vestimenta de segurança, calça velcro. Tamanho GG.
anticorte, confeccionada em tecido 100% de
Aprovado para: Proteção do tronco e braços do
poliéster, na cor azul marinho, com proteção
usuário contra agentes mecânicos provenientes
interna de 8 camadas de tecido de poliéster de
de operações com motosserras.
alta tenacidade, o qual protege os membros
LOTE 05 – CONJUNTO DE SEGURANÇA, CONTRA AGROTÓXICO E UMIDADE - COTA
inferiores, da cintura até o tornozelo, em uma
RESERVADA.
área de circunscrição de 360 graus, forração
em tecido de poliéster, tecido num desenho em KLM – CA ESPECIFICAÇÃO MÍNIMA DO MARCA/ VALOR
4 6 PEÇA R$ 152,30 ITEM Qtd UN
forma de colmeia, confeccionada com elástico 35800 PRODUTO Nº CA UNIT. (R$)
e cordão em poliéster na cintura para ajuste,
CONJUNTO DE SEGURANÇA – USO NA APLICAÇÃO DE PRODUTOS AGROTÓXICOS
dotada de botão de alumínio para fechamento
na cintura e zíper na braguilha, bolso na parte
traseira com lapela. Tamanho GG. (50/52). Descrição: Conjunto de segurança,
Aprovado para: Proteção das pernas do usuário confeccionado em sarja mista
contra agentes mecânicos provenientes de (algodão e poliéster) com tratamento
operações com motosserras. hidrorrepelente, composto de:
Descrição: Vestimenta de segurança, calça Camisa com mangas compridas,
anticorte, confeccionada em tecido 100% de gola de padre, fechamento em
poliéster, na cor azul marinho, com proteção velcro até a gola e ajuste na cintura
com cordão; Calça comprida, com
interna de 8 camadas de tecido de poliéster de
cordão na cintura para ajuste, reforço
alta tenacidade, o qual protege os membros impermeável nas pernas; Boné BRASCAMP CA
inferiores, da cintura até o tornozelo, em uma 1 2 CONJ. R$ 63,00
com capuz acoplado a camisa, com 40907
área de circunscrição de 360 graus, forração aba frontal, fechamento frontal em
em tecido de poliéster, tecido num desenho em KLM – CA velcro ou cordão, protetor facial
5 4 PEÇA R$ 156,80
forma de colmeia, confeccionada com elástico 35800 transparente; Avental em PVC
e cordão em poliéster na cintura para ajuste, impermeável, com tiras soldadas
dotada de botão de alumínio para fechamento eletronicamente. Tamanho M.
na cintura e zíper na braguilha, bolso na parte Aprovado para: Proteção do tronco
traseira com lapela. Tamanho EG. (54/56). (e membros superiores) do usuário
Aprovado para: Proteção das pernas do usuário contra riscos de origem química
contra agentes mecânicos provenientes de (agrotóxicos).
operações com motosserras.
QUINTA, 31 DE JANEIRO DE 2.019 DIÁRIO OFICIAL DE BAURU 47

Descrição: Conjunto de segurança, Descrição: Conjunto de segurança,


na cor amarela, confeccionado em
confeccionado em sarja mista
PVC, com forro de poliéster, com
(algodão e poliéster) com tratamento
espessura de 0,20 mm, gramatura
hidrorrepelente, composto de: 190 gr/m2, costura através de solda
Camisa com mangas compridas, eletrônica; Blusão com capuz liso,
gola de padre, fechamento em fixo e sem aba, com ilhoses em ferro
velcro até a gola e ajuste na cintura niquelado para melhor ajuste do
com cordão; Calça comprida, com cordão, fechamento frontal através
cordão na cintura para ajuste, reforço de zíper, protegido por vista fechada
em velcro, possuir faixas refletivas
impermeável nas pernas; Boné BRASCAMP CA
2 4 CONJ. R$ 63,00 na cor prata metálica, com largura
com capuz acoplado a camisa, com 40907
aproximada de 50 mm, costuradas
aba frontal, fechamento frontal em LEROUP
5 95 CONJ. e impermeabilizadas no tórax em R$ 70,00
velcro ou cordão, protetor facial CA 37753/37762
toda sua circunferência e na manga
transparente; Avental em PVC (na altura do tórax) em toda a sua
impermeável, com tiras soldadas circunferência; Calça com elástico
eletronicamente. Tamanho G. e cordão de regulagem na altura da
Aprovado para: Proteção do tronco cintura para ajuste, com bainha lisa,
possuir faixas refletivas na cor prata
(e membros superiores) do usuário
metálica de 50 mm de largura e serem
contra riscos de origem química
costuradas e impermeabilizadas
(agrotóxicos). abaixo do joelho em toda sua
circunferência. Tamanho G.
Descrição: Conjunto de segurança,
Aprovado para: Proteção do usuário
confeccionado em sarja mista contra umidade proveniente de
(algodão e poliéster) com tratamento operações com uso de água.
hidrorrepelente, composto de: Descrição: Conjunto de segurança,
Camisa com mangas compridas, na cor amarela, confeccionado em
gola de padre, fechamento em PVC, com forro de poliéster, com
velcro até a gola e ajuste na cintura espessura de 0,20 mm, gramatura
com cordão; Calça comprida, com 190 gr/m2, costura através de solda
cordão na cintura para ajuste, reforço eletrônica; Blusão com capuz liso,
fixo e sem aba, com ilhoses em ferro
impermeável nas pernas; Boné BRASCAMP CA
3 2 CONJ. R$ 65,80 niquelado para melhor ajuste do
com capuz acoplado a camisa, com 40907 cordão, fechamento frontal através
aba frontal, fechamento frontal em de zíper, protegido por vista fechada
velcro ou cordão, protetor facial em velcro, possuir faixas refletivas
transparente; Avental em PVC na cor prata metálica, com largura
impermeável, com tiras soldadas aproximada de 50 mm, costuradas
LEROUP
eletronicamente. Tamanho GG. 6 52 CONJ. e impermeabilizadas no tórax em R$ 70,00
CA 37753/37762
Aprovado para: Proteção do tronco toda sua circunferência e na manga
(na altura do tórax) em toda a sua
(e membros superiores) do usuário
circunferência; Calça com elástico
contra riscos de origem química e cordão de regulagem na altura da
(agrotóxicos). cintura para ajuste, com bainha lisa,
possuir faixas refletivas na cor prata
CONJUNTO DE SEGURANÇA – USO PARA PROTEÇÃO CONTRA UMIDADE (ÁGUA) E metálica de 50 mm de largura e serem
CHUVA costuradas e impermeabilizadas
abaixo do joelho em toda sua
Descrição: Conjunto de segurança, circunferência. Tamanho GG.
na cor amarela, confeccionado em Aprovado para: Proteção do usuário
PVC, com forro de poliéster, com contra umidade proveniente de
operações com uso de água.
espessura de 0,20 mm, gramatura
190 gr/m2, costura através de solda Descrição: Conjunto de seguranç