Você está na página 1de 14

RAID

CONCEITOS E TIPOS

Maico Luiz Ranzi da Silva


631010001
Sumário
DEFINIÇÃO DE RAID ...................................................................................................................................... 3
TIPOS DE RAID ............................................................................................................................................... 4
RAID 0 – Striping ....................................................................................................................................... 4
Vantagens ............................................................................................................................................. 4
Desvantagens ........................................................................................................................................ 4
Usabilidade............................................................................................................................................ 4
RAID 1 – Espelhamento............................................................................................................................. 5
Vantagens ............................................................................................................................................. 5
Desvantagens ........................................................................................................................................ 5
Usabilidade............................................................................................................................................ 5
RAID 5 – Paridade Distribuída ................................................................................................................... 6
Vantagens ............................................................................................................................................. 6
Desvantagens ........................................................................................................................................ 6
Usabilidade............................................................................................................................................ 6
RAID 6 - Striping com paridade dupla ....................................................................................................... 7
Vantagens ............................................................................................................................................. 7
Desvantagens ........................................................................................................................................ 7
Usabilidade............................................................................................................................................ 7
RAID 1 + 0 (10) .......................................................................................................................................... 8
Vantagens ............................................................................................................................................. 8
Desvantagens ........................................................................................................................................ 8
Usabilidade............................................................................................................................................ 8
RAID 5 + 0 (50) .......................................................................................................................................... 9
Vantagens ............................................................................................................................................. 9
Desvantagem ........................................................................................................................................ 9
Usabilidade............................................................................................................................................ 9
RAID 100 (10+0) ...................................................................................................................................... 10
Vantagens ........................................................................................................................................... 10
Desvantagens ...................................................................................................................................... 10
RAIDS DESCONTINUADOS OU POUCO UTILIZADOS .................................................................................... 11
RAID 2...................................................................................................................................................... 11
Vantagens ........................................................................................................................................... 11
Desvantagens ...................................................................................................................................... 11
RAID 3...................................................................................................................................................... 11

1
Vantagens ........................................................................................................................................... 11
Desvantagens ...................................................................................................................................... 11
RAID 4...................................................................................................................................................... 12
Vantagens ........................................................................................................................................... 12
Desvantagens ...................................................................................................................................... 12
RAID 7...................................................................................................................................................... 12
RAID não é substituto para backup ............................................................................................................ 13

2
DEFINIÇÃO DE RAID

Foi originalmente denominada de "Redundant Array of Inexpensive Drives"


(Conjunto Redundante de Discos Baratos). Com o tempo, numa tentativa de
dissociar o conceito de "discos baratos", a indústria reviu o acrônimo para
"Redundant Array of Independent Disks" (Conjunto Redundante de Discos
Independentes).

RAID é um meio de se criar um subsistema de armazenamento composto


por vários discos individuais, com a finalidade de ganhar segurança, através da
redundância de dados e desempenho, através de um conjunto de duas ou mais
unidades de discos. Popularmente, RAID seriam dois ou mais discos (por
exemplo, HD ou disco rígido e até SSD) trabalhando simultaneamente para um
mesmo fim.

3
TIPOS DE RAID
RAID 0 – Striping

No RAID 0 os dados do são divididos em pequenos segmentos e


distribuídos entre os diversos discos disponíveis, o que proporciona alta
performance na gravação e leitura de informações, porém não oferece
redundância, ou seja, não é tolerante a falhas. O aumento da performance no
RAID 0 é obtido porque se vários dados fossem gravados em um único disco esse
processo aconteceria de forma “Sequencial” já nesse nível os dados são
distribuídos entre os discos ao mesmo tempo. O RAID 0, dobra a capacidade de
armazenamento e velocidades de leitura e gravação, por exemplo: 02 unidades
de disco ssd’s de 2TB cada uma, ficaria em 4TB. Se a velocidade de leitura fosse
500 Mbps e gravação 450 Mbps, ficariam em RAID0 leitura de 1000 Mbps e
gravação de 900 Mbps.

Vantagens

 Oferece ótimo desempenho, tanto em operações de leitura quanto


de gravação. Não há sobrecarga causada por controles de paridade.

 Toda a capacidade de armazenamento é usada, não há sobrecarga.


Desvantagens

 Não é tolerante a falhas. Se uma unidade falhar, todos os dados na


matriz RAID 0 serão perdidos.

 Não deve ser usado para sistemas de missão crítica.


Usabilidade

 Ideal para estações de trabalho que exigem alto desempenho.

4
RAID 1 – Espelhamento

Os dados são armazenados duas vezes, gravando-os tanto na unidade de


dados (ou no conjunto de unidades de dados) quanto na unidade espelhada (ou
conjunto de unidades). Se uma unidade falhar, o controlador usa a unidade de
dados ou a unidade espelhada para recuperação de dados e continua a
operação. Você precisa de pelo menos 2 unidades para uma matriz RAID 1.

Vantagens

 O RAID 1 oferece uma excelente velocidade de leitura e uma


velocidade de gravação que é comparável à de uma única unidade.

 No caso de uma unidade falhar, os dados não precisam ser


reconstruídos, eles só precisam ser copiados para a unidade de
substituição.
Desvantagens

 A principal desvantagem é que a capacidade de armazenamento


eficaz é apenas metade da capacidade total da unidade porque todos
os dados são escritos duas vezes.

 Soluções RAID 1 de software nem sempre permitem Hot Swap, de uma


unidade com falha.
Usabilidade

 O RAID-1 é ideal para armazenamento de missão crítica, bem como,


para pequenos servidores em que apenas serão usados dois drives
de dados.

5
RAID 5 – Paridade Distribuída

O RAID 5 é o de nível seguro mais comum. Ele requer pelo menos 3


unidades, mas pode trabalhar com até 16. Os blocos de dados são listrados
através das unidades e em uma unidade uma soma de verificação de paridade de
todos os dados do bloco é escrito. Os dados de paridade não são gravados em
uma unidade fixa, eles são espalhados por todas as unidades, como mostra o
desenho abaixo. Usando os dados de paridade, o computador pode recalcular os
dados de um dos outros blocos de dados, caso esses dados não estejam mais
disponíveis. Isso significa que uma matriz RAID 5 pode resistir a uma única falha
de unidade sem perder dados ou acessar dados. Embora RAID 5 pode ser
configurado em software, um controlador de hardware é recomendado

Vantagens
 As transações de dados de leitura são muito rápidas.
 Se uma unidade falhar, ainda será possível o acesso a todos os
dados, pois o controlador de armazenamento reconstrói os dados
na nova unidade.
Desvantagens
 As falhas de unidade têm um efeito na taxa de transferência, embora
isso ainda seja aceitável.
 Restaurar os dados (o tempo de reconstrução) pode levar tempo,
dependendo da carga na matriz ea velocidade do controlador.
Usabilidade
 É um sistema completo que combina armazenamento eficiente com
excelente segurança e desempenho decente. É ideal para servidores.

6
RAID 6 - Striping com paridade dupla

O RAID 6 é como RAID 5, mas os dados de paridade são gravados em duas


unidades. Isso significa que requer pelo menos 4 unidades e pode suportar 2
drives com possíveis defeitos simultaneamente. As chances de que duas
unidades quebram exatamente no mesmo momento são, naturalmente, muito
pequenas. No entanto, se uma unidade de um sistema RAID 5 falhar e for
substituída por uma nova, demora horas ou até mais do que um dia para
reconstruir a unidade trocada. Se outra unidade falhar durante esse tempo, ainda
perderá todos os dados. O RAID 6 ainda funcionará a essa segunda falha.

Vantagens
 As transações de dados de leitura são muito rápidas.

 Se duas unidades falharem, ainda terá acesso a todos os dados.


 É mais seguro que RAID 5.
Desvantagens

 As transações de dados de gravação são mais lentas que o RAID 5


devido aos dados de paridade adicionais que devem ser calculados.

 As falhas de unidade têm um efeito na taxa de transferência, embora


isso ainda seja aceitável.

 Reconstruir uma matriz em que uma unidade falhou, demora muito.


Usabilidade

 Combina armazenamento eficiente com segurança e desempenho. É


preferível ao RAID 5 em servidores de arquivos e aplicativos que
usam muitas unidades grandes para armazenamento de dados.

7
RAID 1 + 0 (10)

O RAID 10 é a combinação dos RAID 0 (Striping) e RAID 1 (Mirroring). Cada


par será espelhado (RAID 1), garantindo redundância, e os pares serão
distribuídos (RAID 0), melhorando desempenho. O RAID 1 + 0 (10) exige ao
menos 4 discos rígidos, e em quantidade par. Até metade dos discos pode falhar
simultaneamente, sem colocar o conjunto a perder, desde que não falhem os
dois discos de um espelho qualquer — razão pela qual usam-se discos de lotes
diferentes de cada "lado" do espelho.

Vantagens

 Segurança contra perda de dados.

 Tempo de reconstrução é rápido.


Desvantagens

 Alto custo de expansão de hardware.

 Metade da capacidade de armazenamento vai para espelhamento.


Usabilidade

 Recomendado para servidores de missões críticas, como por


exemplo, servidores de banco de dados.

8
RAID 5 + 0 (50)

O RAID 5 + 0 (50) é um arranjo híbrido que usa as técnicas de RAID com


paridade (RAID 5) em conjunto com a segmentação de dados (RAID 0). Um RAID
50 é essencialmente um arranjo com as informações segmentadas através de
dois ou mais arranjos.

Vantagens

 Alta taxa de transferência.

 Ótimo para uso em servidores.


Desvantagem

 Alto custo de implementação e expansão de memória.


Usabilidade

 O RAID 5 + 0 é recomendado em servidores de grande porte e


Storages.

9
RAID 100 (10+0)

O RAID 100 é a implementação do RAID 10 com o RAID 0. A implementação


do RAID 10 é feita sobre o hardware, enquanto o RAID 0 é implementado sobre
o software. Para a utilização do RAID 100 são necessários no mínimo 8 discos
rígidos sendo que sua capacidade de armazenamento líquido vai ser de 4 como
4 são para espelhamento.

Vantagens

 Alto desempenho;

 Alta tolerância a falhas.


Desvantagens

 Implementação com custo elevado.

 Alto nível de complexidade.

10
RAIDS DESCONTINUADOS OU POUCO UTILIZADOS
RAID 2

Surgiu no final dos anos 80, quando os HDs não possuíam checagem de
erros. O RAID 2 é similar ao RAID 0, mas possuindo algoritmos de ECC (Erro), que
é a informação de controle de erros, no lugar da paridade. O RAID 2 ficou
obsoleto pelas novas tecnologias de disco já possuírem este tipo de correção
internamente.

Vantagens

 Usa ECC, diminuindo a quase zero as taxas de erro, mesmo com


falhas de energia.
Desvantagens

 Hoje, há tecnologias melhores para o mesmo fim.

 Dependendo da configuração e necessidade da empresa, era


necessário a mesma quantidade de discos ECC para discos normais,
isto é, desperdício de espaço que poderia ser usado para dados.
RAID 3

Aqui todos as informações são divididas nos discos da matriz, exceto que
um dos discos, se torna responsável por armazenar dados de paridade.

Vantagens

 Possibilidade de transferências de grandes volumes de dados.

 Confiabilidade na proteção das informações.

 Lê e escreve muito rápido

Desvantagens

 Sua montagem via software é mais complexa.

11
RAID 4

O RAID 4 é similar ao RAID 3, mas aqui os dados são divididos entre os


discos. Possibilidade de reconstrução dos dados por meio do mecanismo de
paridade. É a opção mais indicada quando se trata de arquivos grandes, pois é o
que melhor garante a integridade das informações.

Vantagens

 Taxa de leitura muito rápida

 Possibilidade de aumentar a área de discos físicos.

Desvantagens

 Taxa de gravação é mais lenta

 Em comparação ao RAID 1, sua reconstrução em caso de falha no


disco é mais complexa

 Tecnologia antiga em comparação aos sistemas mais novos

RAID 7

Utiliza cache, controlado por um sistema operacional interno


automaticamente, porém os dados são distribuídos (striping), mas a paridade
não. Nesta configuração, a paridade é armazenada em um ou mais discos
dedicados.

12
RAID não é substituto para backup

Todos os níveis de RAID, com exceção do RAID 0, oferecem proteção


contra falha (s) de unidade (s), porém, RAID não substituí as técnicas empregadas
de Backup. Sendo assim, para uma segurança completa, é necessário que haja
um planejamento de backup dos dados de um sistema RAID.

 O backup será útil se todas as unidades falharem simultaneamente.

 Um possível roubo dos sistemas de armazenamento.

 Os backups podem ser mantidos fora do local em um local


diferente. Isso pode ser útil se um desastre natural ou incêndio
destrua o local onde estão os servidores.

 Exclusão acidenta de dados importantes.

13