Você está na página 1de 2

Resenha de Livro

Nome do Livro: O casal em crise

Maurizio ANDOLFI, Claudio ANGELO, Carmine SACCU


Autor do Livro:
(Organizadores)

Editora, ano de publicação: Editora Sumus - 1995

RELAÇÃO DOS CAPÍTULOS


PARTE I - O CASAL NORMAL
- As funções do casal - Carl A. Whitaker
- A mudança no casal - Virgínia Satir
- A construção diádica da realidade - Jürg Willi
- A escolha do parceiro - Claudio Angelo
- Casal útil - Paolo Menghi

PARTE II - CRISE DE CASAL: QUAL TERAPIA?


- Psicanálise e terapia sistêmica : dois paradigmas em ação - Helm Stierlin
- O modelo psicanalítico de funcionamento do casal - Anna Nicoló
- Terapia de casal, sistema terapêutico e ressonância - Mony Elkaim
- Crise de casal e família trigeracional - Maurizio Andolfi
- O casal: terapeuta do indivíduo - Elida Romano, Jean - Clair Bouley
- Terapia de casal do ponto de vista sistêmico: uma pesquisa em curdo - Philippe

PARTE III - A SEXUALIDADE NO CASAL


- Prisioneiros do papel sexual - Peggy Papp
- A crise de casal entre pseudo-reciprocidade e emancipação - Marcella de Nichilo
- Comunicar para amar ou amar para comunicar- Willy Pasini
- Terapia de casal e/ou terapia sexual - Rodolfo de Bernart, Roberta Giommi

PARTE IV - CASAIS DESINTEGRADOS E RECONSTITUÍDOS


- As crianças, pequenos Ulisses entre Cila e Caribde - Carmine Saccu, Giovanna Montinari
- Famílias reconstituídas: A criação de um novo paradigma - Elizabeth Carter
- Terapia com casais em uma sociedade desagregadora -, Kitty LaPerrière

APANHADO RESUMIDO SOB RE CADA CAPÍTULO


A presente obra procura retratar as questões relacionadas as terapias de casal, sem a conotação de
normalidade ou patologia e sim enfocando a funcionalidade dos sistemas. O que significa o casamento e
o que cada um obtém dele, e que ao final de um período de tempo, eles percebem que não podem
reconstruir o outro. Relata que o casamento pode ser um espaço para crescimento e mudança e que por
isso diagnósticos baseados em patologias são inúteis na medida em que é necessário trabalhar com aquilo
que o casal precisa para viver bem.
Relata a atualidade do casamento e a estrutura do casal casado, citando a especificidade da relação
conjugal. Quando se fala em casamento entra questão da escolha do parceiro que é feita baseada em
influências passadas através de funções transmitidas pelo mito, apresentando assim uma dimensão
trigeracional.
Paolo Menghi Traduz muito bem a utilidade do casal, na tentativa de favorecer o processo evolutivo dos
envolvidos na relação, enfocando as questões da personalidade e identidade.
Terapia de casal supõe a presença de elementos que justifiquem a escolha por esse ou outro modelo
de referência. É colocado com especial clareza as diferenças e particularidades dos paradigmas envolvidos
na psicanálise e na terapia sistêmica.
Ana Nicolò trata da questão da fusão e as implicações que esse conceito traz na relação. Elkaim
reproduz em alguns casos o programa oficial e o mapa de mundo, e as intervenções paradoxais que podem
ser feitas, partindo do duplo-vínculo.
O casamento é visto como uma oportunidade de crescimento individual, sendo baseado em escolhas
do parceiro por semelhanças existentes entre eles, e que mais tarde passarão a Ter uma conotação de
diferença. São descritas também as modalidades relacionais de pacto e colusão.
É relatada uma pesquisa feita sobre o modelo de Sagene em relação a terapia de casal do ponto de
vista sistêmico e seus resultados.
O tema terapia sexual ou terapia de casal é definido em três capítulos que mostram vantagens do uso
dos cinco círculos, e indicações de cada intervenção ressaltando também o trabalho de co-terapia. Reforça
a importância do terapeuta Ter conhecimento para poder indicar a terapia sexual quando esta se fizer
necessária.

APRECIAÇÃO PESSOAL SOBRE O LIVRO


Trata-se de uma excelente obra capaz de fornecer uma idéia geral acerca dos diversos fatores
envolvidos numa crise de casal.

Nome do autor da resenha e data: Daniela Neves Fhurmann - set/1998.