Você está na página 1de 40

1 SÉRIE

AVALIAÇÃO
ACADÊMICA
SISTEMÁTICA

INSTRUÇÕES
• Esta prova é constituída de 90 questões, e cada questão contém cinco
alternativas, das quais apenas uma é correta.

• O aluno deverá optar por apenas uma língua estrangeira (inglês ou


espanhol).

• A resposta de cada questão deverá ser marcada na folha de respostas.

• Não é permitido ao aluno utilizar ou portar, mesmo que desligados,


durante a realização da prova, telefones celulares, máquinas e/ou relógios
de calcular, bem como rádios, gravadores, fones de ouvido ou fonte de
consulta de qualquer espécie.

• A duração desta prova é de 4 (quatro) horas e 30 (trinta) minutos.

ALUNO(A): _________________________________________________________ No __________________

TURMA: _______________________ TURNO: ______________________ DATA: ______/______/_______

COLÉGIO: _______________________________________________________________________________

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 1 14/05/2013 11:42:22


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

GRAMÁTICA – QUESTÕES DE 01 A 08

01.
”Não tenho sabença,
pois nunca estudei,
apenas eu sei
o meu nome assiná.
Meu pai, coitadinho,
vivia sem cobre
e o fio do pobre
não pode estudá”
O poeta da roça, de Patativa do Assaré.

Segundo filho de um agricultor da região do Cariri (CE), Patativa ficou órfão de pai aos oito anos, passando
a trabalhar no campo para ajudar sua mãe e sua família. Foi escolarizado durante seis meses, quando tinha 12
anos. Foi dessa forma que aprendeu a ler, sem ponto e sem vígula.

É exemplo que caracteriza o nível coloquial da língua nos versos de Patativa do Assaré:
a) ”Antes do pleito: / festa, riso e gosto.”
b) ”Sou filho das matas / cantor da mão grossa / trabalho na roça / deveras o destino.”
c) ”De noite tu vives na tua palhoça / de dia na roça de enxada na mão.”
d) ”Eu sei que a terra me come, / mas fica vivo meu nome / para os que gostam de mim.”
e) ”Pra gente cantá o sertão, / Precisa nele morá, / Tê armoço de fejão /E a janta de mucunzá.”

02. Dígrafo é a representação gráfica, por meio de duas letras, de um único som.
Obrigado por me Onde é que você foi achar
ajudar a prender um pneu tão legal?
este balanço.

Abaixa mais
um pouco...
Isso...Tá bom!

Na tirinha de Calvin e Haroldo, alguns vocábulos utilizados para compor as falas são formados por dígrafos.
Entre eles estão:
a) “abaixa” e ”bom”.
b) “isso” e “pouco”.
c) “obrigado” e “por”.
d) “Calvin” e “trabalhar”.
e) “achar” e “pneu”.

03.

“Eu tenho medo de te dar meu


Coração
E confessar que eu estou
Em tuas mãos”
“Evidências”, de Chitãozinho e Xoxoró.
Substituindo o segundo complemento verbal dos versos acima ”que eu estou em tuas mãos” pelo pronome
equivalente, deve-se fazer uso do hífen e da acentuação correta, o que resulta em:
a) ”E confessar-lhe”.
b) ”E confessá-lo”.
c) ”E confessá-lhe”.
d) ”E confessár-lo”.
e) ”E confessá-lhe”.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


2

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 2 14/05/2013 11:42:23


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

04.

Quem inventou as histórias em quadrinhos?

A primeira história em quadrinhos (HQ) moderna foi criada pelo artista americano Richard Outcault, em 1895.
"A linguagem das HQs, com a adoção de um personagem fixo, ação fragmentada em quadros e balõezinhos
de texto, surgiu nos jornais sensacionalistas de Nova Iorque com o Yellow Kid (‘Menino Amarelo’)", diz o
historiador e jornalista Álvaro de Moya, autor do livro História da História em Quadrinhos.

Os verbete “fragmentada” e “balõezinhos” são derivações formadas por:


a) prefixação, pois, junto ao radical, surge um prefixo que acrescenta uma noção semântica.
b) sufixação, porque o radical não aceitaria prefixação em nenhum dos dois casos.
c) sufixação, porque acrescenta ao radical uma noção semântica e classificatória.
d) prefixação, por ter um elemento anteposto ao radical, o que as tornam cognatas.
e) justaposição, pois inclui ao radical principal um novo significado por meio de outro radical.

Texto para a questão 5.


–Abra o dia –Cave bura- –Leve sempre –Faça montinhos de –Semeie flo-
com a chave res na ida e –Role na terra
cos na terra um sorriso terra regularmente.
da gentileza. verá o jardim regularmente.
regularmente. extra ao sair.
na volta. –E use
–Ouça muito, –Por pior que seja
sempre
fale pouco e sua vida, cuide dela
o repe-
não me abor- e não da minha.
lente de
reça.
malas.

05. Na tirinha “Filtro solar”, o vocábulo gentileza significa cortesia, delicadeza, amabilidade. Morfologicamente,
esse vocábulo é designador de tudo de existência dependente de outro ser. Por isso, deve ser classificado
como:
a) substantivo próprio.
b) substantivo abstrato.
c) substantivo coletivo.
d) substantivo composto.
e) substantivo pátrio.

06. Alguns substantivos mudam de sentido quando mudam de gênero. É o caso de:
a) “A dama do lotação” já foi lido por vários estudantes.
b) Assistiram ao eclipse em um mirante.
c) Em meio ao evento, Plínio devolveu-lhe o agrado.
d) Era camaradagem a sua.
e) No vão principal, encontramos as digitais referidas.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


3

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 3 14/05/2013 11:42:28


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

Texto para as questões 7 e 8.


Aí vem a menina Hey, Susie Derkins, Espero que você sofra Ela é
nova. isso é a sua cara, ou um aneurisma cerebral, bonita, não
é um gambá preso sua esquisita! é?
no seu colar? Cai
fora.

No primeiro quadrinho, Calvin apresenta uma personagem especial, visto que não é qualquer menina nova,
mas um tipo especial que se destaca das demais meninas que ele acabara de conhecer.

07. O que, na fala de Calvin, faz dessa menina um elemento especial?


a) O uso do artigo para defini-la como sendo a menina sobre a qual já havia provavelmente conversado com
Haroldo.
b) O uso do ver, “vir”, que indica a posição espacial entre Calvin e a menina, o que jamais deixaria dúvidas em
Haroldo de que ela seria a menina à qual se referia.
c) A adjetivação da personagem citada por Calvin, a menina, que não é qualquer uma das que ele conhece,
mas uma “nova”.
d) A limitação espacial dirigida a partir do advérbio “aí” que indica uma distância considerável para que ele
exprima seus sentimentos sem que a menina o ouça.
e) O forte teor do termo qualitativo “nova”, trazido pela indeterminação do substantivo por meio do artigo.

08. Sobre a primeira fala de Calvin, teríamos distinção significativa se mudássemos a ordem entre substantivo e
adjetivo – “menina nova”, “nova menina”. Ocorrerá mudança no sentido usual da expressão destacada em:
a) A cândida expressão da garotinha nos fez lembrar a infância.
A expressão cândida da garotinha nos fez lembrar a infância.
b) Analisemos no laboratório o fruto redondo da palmeira.
Analisemos no laboratório o redondo fruto da palmeira.
c) Foi uma notável participação a do empresário que abriu a palestra.
Foi uma participação notável a do empresário que abriu a palestra.
d) O congressista nervoso não conseguiu responder a tudo na CPI.
O nervoso congressista não conseguiu responder a tudo na CPI.
e) O livro exibia a vida de um pobre homem do campo.
O livro exibia a vida de um homem pobre do campo.

LITERATURA – QUESTÕES DE 09 A 12

09. Analise o trecho bíblico e o poema de Camões a seguir.

Texto 1
Ora, Labão tinha duas filhas; o nome da mais velha era Lia, e o da mais nova, Raquel.
Lia tinha olhos meigos, mas Raquel era bonita e atraente.
Como Jacó gostava muito de Raquel, disse: "Trabalharei sete anos em troca de Raquel, sua filha mais nova".
Labão respondeu: "Será melhor dá-la a você do que a algum outro homem. Fique aqui comigo".
Então Jacó trabalhou sete anos por Raquel, mas lhe pareceram poucos dias, pelo tanto que a amava.
Então disse Jacó a Labão: "Entregue-me a minha mulher. Cumpri o prazo previsto e quero deitar-me com ela".
Então Labão reuniu todo o povo daquele lugar e deu uma festa.
Mas, quando a noite chegou, deu sua filha Lia a Jacó, e Jacó coabitou com ela.
Labão também entregou sua serva Zilpa à sua filha, para que ficasse a serviço dela.
Quando chegou a manhã, lá estava Lia. Então Jacó disse a Labão: "Que foi que você me fez? Eu não trabalhei
por Raquel? Por que você me enganou?"
Labão respondeu: "Aqui não é costume entregar em casamento a filha mais nova antes da mais velha.
Deixe passar esta semana de núpcias e daremos a você também a mais nova, em troca de mais sete anos de
trabalho".

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


4

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 4 14/05/2013 11:42:28


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

Jacó concordou. Passou aquela semana de núpcias com Lia, e Labão lhe deu sua filha Raquel por mulher.
Labão deu a Raquel sua serva Bila, para que ficasse a serviço dela.
Jacó coabitou também com Raquel, que era a sua preferida. E trabalhou para Labão outros sete anos.
Disponível em: <http://www.bibliaon.com/jacob_casa_com_leia_e_raquel> (adaptado).

Texto 2
Sete anos de pastor Jacob servia
Labão, pai de Raquel, serrana bela;
mas não servia ao pai, servia a ela,
e a ela só por prêmio pretendia.

Os dias, na esperança de um só dia,


passava, contentando-se com vê-la;
porém o pai, usando de cautela,
em lugar de Raquel lhe dava Lia.

Vendo o triste pastor que com enganos


lhe fora assim negada a sua pastora,
como se a não tivera merecida;

começa de servir outros sete anos,


dizendo:–Mais servira, se não fora
para tão longo amor tão curta a vida.
Camões.

Comparando-se os dois textos anteriores, podemos observar aspectos literários somente no texto 2 porque:
a) apresenta os aspectos imaginativo, afetivo e conceitual.
b) cria as mais diversas sensações, mas se isenta do aspecto criativo.
c) trabalha com imagens fora da verossimilhança dos fatos.
d) desvia-se do aspecto ficcional das demais artes.
e) figura-se como reprodutor de fatos sem muitas interpretações.

10. A imagem a seguir representa a valorização da arte de trovar, conhecida como Trovadorismo.

Sobre a ilustração das Cantigas de Santa Maria, do séc. XIII, e sobre o Trovadorismo enquanto arte literária, é
possível afirmar que:
a) considerado a primeira escola literária portuguesa, o Trovadorismo é representado principalmente pelas
figuras nas laterais, pessoas que levam nas mãos um instrumento musical, e pela figura central, que se posta
a ler para os demais.
b) iniciado em plena Idade Média, em meio ao feudalismo, o Trovadorismo é exposto na ilustração por meio
da vassalagem dos diversos serviçais diante de seu senhor feudal, figura central.
c) a poesia trovadoresca era comumente acompanhada, em sua leitura, pela música, o que encantava o senhor
feudal e o aproximava de seu povo, como mostra a gravura por meio das personagens que direcionam o
olhar ao suserano.
d) a mentalidade da época baseada no teocentrismo serviu como base para a estrutura da cantiga de amigo,
em que o amor espiritual e inatingível é retratado da mesma forma que se vê no desenho.
e) as cantigas, primeiramente destinadas ao canto, jamais foram depois manuscritas; por isso, é falsa a repre-
sentação, na ilustração, de tipos que leem e de tipos que tocam.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


5

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 5 14/05/2013 11:42:28


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

11. No Humanismo, destacam-se as prosas doutrinárias, apontadas à nobreza. As poesias, que eram cultivadas
por nobres, utilizavam o verso de sete e de cinco sílabas, respectivamente a redondilha maior e menor. Já
o Classicismo é uma literatura antiga que sofreu várias influências principalmente greco-latinas, devido à
criação das primeiras universidades que surgiram nessa época, e, com isso, disseminando outras culturas.
Toda a produção literária do Brasil durante o início da colonização é didaticamente chamada de Quinhentismo,
literatura informativa e literatura catequética.
Indique a imagem que foge à representação das ideias de uma das escolas literárias citadas.
a) b) c)

d) e)

12. Entre Arcadismo e Romantismo há uma ruptura estética evidente, mas há também continuidade histórica, pois
ambos são momentos solidários na formação do sistema literário e no desejo de ver uma produção regular
funcionando na pátria.
A característica que melhor iguala uma escola à outra é:
a) a condição mediana proposta a partir da expressão “aurea mediocritas”.
b) a ausência de subjetividade nos poemas decassilábicos.
c) a valorização da natureza.
d) o egocentrismo poético.
e) a desvalorização do ambiente urbano.

INTERPRETAÇÃO TEXTUAL – QUESTÕES DE 13 A 20

Considere os textos 1 e 2 para as questões 13 e 14.


Texto 1
Nascimento de Esaú e Jacó

Chegado o tempo em que ela devia dar à luz, eis que trazia dois gêmeos no seu ventre. O que saiu primei-
ro era vermelho, e todo peludo como um manto de peles, e chamou-se-lhe Esaú. Saiu em seguida o seu irmão,
segurando pela mão o calcanhar de Esaú, e deu-se-lhe o nome de Jacó. Isaac tinha sessenta anos quando eles
vieram ao mundo.
Os meninos cresceram. Esaú tornou-se um hábil caçador, um homem do campo, enquanto Jacó era um
homem pacífico, que morava na tenda. Isaac preferia Esaú, porque gostava de caça; Rebeca, porém, afeiçoou-
-se mais a Jacó.
Gênesis, 25, 24-28. In: Bíblia Sagrada. São Paulo: Editora Ave Maria, 1966. p.75-76.

Esaú e Jacó
Texto 2
Aos sete anos eram duas obras-primas, ou antes uma só em dois volumes, como quiseres. Em verdade, não
havia por toda aquela praia, nem por Flamengos ou Glórias, Cajus e outras redondezas, não havia uma, quanto
mais duas crianças tão graciosas. Nota que eram também robustos. Pedro com um murro derrubava Paulo; em
compensação, Paulo, com um pontapé, deitava Pedro ao chão. Corriam muito na chácara por aposta. Alguma vez
quiseram trepar às árvores, mas a mãe não consentia; não era bonito. Contentavam-se de espiar cá de baixo a fruta.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


6

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 6 14/05/2013 11:42:28


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

Paulo era mais agressivo, Pedro mais dissimulado, e, como ambos acabavam por comer a fruta das árvores,
era um moleque que a ia buscar acima, fosse a cascudo de um ou com promessa de outro. A promessa não
se cumpria nunca; o cascudo, por ser antecipado, cumpria-se sempre, e às vezes com repetição depois do
serviço. Não digo com isto que um e outro dos gêmeos não soubessem agredir e dissimular; a diferença é que
cada um sabia melhor o seu gosto, coisa tão óbvia que custa escrever.
ASSIS, Machado de. Esaú e Jacó. São Paulo: Editora Mérito, 1962. p. 77-76.

13. Muitos são os autores da nossa literatura que fazem o aproveitamento de episódios bíblicos em seus textos.
Machado de Assis, em sua obra Esaú e Jacó, que conta a história dos gêmeos Pedro e Paulo, tomou como
referência o episódio bíblico. Na primeira frase do trecho de Machado de Assis, o narrador, por meio de uma
metáfora, identifica os gêmeos a duas obras-primas; em seguida, corrige-se, dizendo que eram uma obra-
-prima em dois volumes. Marque a opção que melhor explica o motivo desse procedimento do narrador,
tendo em mente que o Dicionário Aurélio define obra-prima como "a melhor e/ou a mais bem feita obra de
uma época, gênero, estilo ou autor".
a) O narrador busca intensificar a semelhança na diversidade, porque um continua o outro; porém, cada um
mantém sua própria identidade.
b) O narrador tenta identificar, em cada um, semelhanças com os personagens bíblicos para assim analisá-los
individualmente.
c) O narrador propõe que o leitor atencioso se disponha a identificar em cada um a característica que os dis-
tancie.
d) O narrador quer provar que cada um tem sua individualidade como os personagens bíblicos.
e) O narrador busca criar uma atmosfera didática como em uma parábola.

14. É possível afirmar que a oposição de temperamentos entre Esaú e Jacó, no trecho da Bíblia, é mais evidente
que a oposição dos temperamentos de Pedro e Paulo, no trecho de Machado de Assis. Por quais recursos
estilísticos é embasada tal afirmação?
a) No trecho de Machado de Assis, predomina o uso da linguagem coloquial e de recursos denotativos na
descrição dos temperamentos.
b) No trecho bíblico, é a linguagem denotativa que se impõe na descrição dos gêmeos; já Machado de Assis
usa a linguagem conotativa, o que exige um esforço às alusões descritas.
c) Os dois trechos usam a linguagem conotativa, já que ambos tentam descrever os gêmeos de maneira quase
didática, por se tratarem de textos de ensinamentos.
d) Por meio da descrição denotativa, os trechos pregam a devida descrição dos gêmeos para que melhor
imponham-se os personagens diante da situação que vivenciarão.
e) A descrição feita por cada um dos trechos não envolve a tentativa de anular o conhecimento prévio do leitor
e suas possíveis reflexões sobre o temperamento dos gêmeos.

15. O fator surpresa das anedotas e a sua relação com outras situações é o que, na maioria das vezes, causa o
humor, a graça da história. Leia com atenção os quadrinhos a seguir:

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


7

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 7 14/05/2013 11:42:29


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

Qual conhecimento é necessário para se compreender o humor apresentado na última fala de Calvin?
a) Por ser dramático, Calvin fará parte de uma peça teatral de entonação correta com seu temperamento.
b) A mãe de Calvin não se importa muito com as extravagâncias apresentadas na fala do garoto, pois com-
preende que ele está exagerando.
c) O fato de que a cebola faz as pessoas chorarem quando a cortam.
d) O nome da peça de teatro é inadequado para o drama que o garoto faz diante da mãe.
e) O tema da peça é didático demais para o drama estabelecido na situação colocada por Calvin.

16. A capa da revista semanal a seguir usa como manchete principal desta edição “Estamos devorando o planeta”.

A imagem exibe:
a) de forma denotativa a representação dada ao texto.
b) prioritariamente a linguagem conotativa.
c) a fome que avassala o nosso planeta.
d) conotativamente o texto.
e) a denotação dada ao vocábulo “planeta”.

17. Analisando a diferença entre a poesia e a prosa, é correto afirmar que:


a) a poesia e a prosa seguem um binarismo, a forma e o conteúdo a que se propõem.
b) a prosa é mais dinâmica que a poesia, pois não requer uso de versificação.
c) a prosa é ausente de figuras de linguagem, enquanto a poesia se faz baseada nela.
d) na poesia, o drama prevalece sobre a musicalidade investida no conjunto de palavras.
e) a criação de fatos, bem como a narração de cenas, impossibilita o texto de ser prosa.

18. Considerando que um ser inanimado não se pronuncia, leia atentamente a tirinha:
Espelho, espelho meu... Quem cala
existe garota mais
bonita que eu? consente!

Por ter feito a pergunta a um ser inanimado, no caso o espelho, a personagem Mônica não obteve resposta.
Isso significa dizer que:
a) o canal de comunicação não tem interferência nenhuma, já que o emissor da mensagem não pretende ob-
ter resposta.
b) cada um, emissor e receptor da mensagem, tomam canais diferentes na comunicação.
c) o código utilizado para a comunicação é inacessível a ambos, emissor e receptor.
d) na tirinha, há apenas emissor, canal, mensagem e código, visto que o propenso receptor é um ser inanimado.
e) não há nenhuma comunicação na tirinha, já que somente um personagem se pronuncia.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


8

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 8 14/05/2013 11:42:29


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

19. Observe a charge:

Nos cartazes acima de cada personagem, a crítica é feita a partir da linguagem verbal e da linguagem não
verbal na(o):
a) roupa maltrapilha usada por todos.
b) ambiente de rua retratado.
c) olhar dos dois primeiros personagens para o terceiro.
d) dinheiro que já foi recolhido pelo terceiro personagem.
e) semelhança de humor dos três personagens.

20. O modo como se apresenta uma marca e a forma como se exibe a ideia de uma empresa e suas atividades são
apresentados ao mundo em forma de propagandas. A criatividade tem como objetivo chamar a atenção do
público-alvo.

No caso específico dessa propaganda, é possível afirmar que:


a) a conscientização no uso de papel é o maior objetivo.
b) chama a atenção para as áreas do planeta em que mais há desmatamento.
c) tenta inibir o reflorestamento da área do mapa.
d) insiste na busca pela sustentabilidade.
e) denuncia o uso consciente de papel na sociedade.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


9

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 9 14/05/2013 11:42:29


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

INGLÊS – QUESTÕES DE 21 A 25

"Our guest today is the author of Capitalism must


die, on sale everywhere for $ 29.95."
Available en: <http://www.glasbergen.com>.
Access en: 03 mar. 2013.
21. Os verbos modais (modal verbs) são um tipo especial de verbos auxiliares que alteram ou completam o sentido
do verbo principal. De acordo com o cartoon, o uso do verbo modal must dentro do contexto remete:
a) à obrigatoriedade de adquirir o livro em questão para quem deseja aprofundar seus conhecimentos em
sistemas econômicos.
b) à facilidade com que se pode comprar um livro sobre o capitalismo simplesmente telefonando para o canal
de televisão anunciante.
c) à contradição de um autor que defende a morte do capitalismo, mas recorre ao próprio sistema para pos-
sibilitar a venda de seu livro.
d) à necessidade de reduzir os impostos cobrados sobre a venda de livros para incentivar a leitura do cidadão
interessado em economia.
e) à promoção realizada por uma livraria para zerar definitivamente o estoque de uma obra que trata do fim
do capitalismo moderno.

Boy writes letter to Lego after losing minifigure, gets awesome response
01 Seven-year-old Luka Apps spent his Christmas money on the Lego Ninjago Ultra Sonic Raider set. A sound
investment, if you ask us. But the thing about Legos – those small pieces are easy to lose. They don't call'em
minifigures for nothing.
Against his father's recommendation, young Luka took his newly procured
05 Jay ZX shopping. And then, wouldn't you know it, the figure went missing,
never to be seen again.
Luka, not one to admit defeat, decided to write a letter to the good people
at Lego seeking a replacement.
ITV News has Luka's letter:
10 “Hello.
My name is Luka Apps and I am seven years old.
With all my money I got for Christmas I bought the Ninjago kit of the
Ultrasonic Raider. The number is 9449. It is really good.
My Daddy just took me to Sainsburys and told me to leave the people at home but I took them and I lost
15 Jay ZX at the shop as it fell out of my coat.
I am really upset I have lost him. Daddy said to send you a email to see if you will send me another one.
I promise I won't take him to the shop again if you can.
– Luka”
A short time later, Luka received a reply from Richard, a Lego customer service representative. Richard wrote
20 that he had spoken to Sensei Wu, a master from the Ninjago line.
“Luka, I told Sensei Wu that losing your Jay minifigure was purely an accident and that you would never ever
ever let it happen ever again.
He told me to tell you, "Luka, your father seems like a very wise man. You must always protect your Ninjago
minifigures like the dragons protect the Weapons of Spinjitzu!"
25 Sensei Wu also told me it was okay if I sent you a new Jay and told me it would be okay if I included
something extra for you because anyone that saves their Christmas money to buy the Ultrasonic Raider must
be a really big Ninjago fan.
So, I hope you enjoy your Jay minifigure with all his weapons. You will actually have the only Jay minifigure
that combines 3 different Jays into one! I am also going to send you a bad guy for him to fight!
30 Just remember, what Sensei Wu said: keep your minifigures protected like the Weapons of Spinjitzu! And of
course, always listen to your dad.”
And that, ladies and gentlemen, is how companies score lifelong customers.
Available on: <http://games.yahoo.com>. Access on: 03 Mar. 2013.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


10

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 10 14/05/2013 11:42:30


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

22. Uma carta enviada por um garoto de sete anos à Lego, produtora de brinquedos infantis, nos Estados Unidos,
e a resposta dada pela empresa chamaram a atenção em todo o mundo. De acordo com o texto anterior, a
empresa em questão:
a) negou a substituição do brinquedo perdido, alegando que este já estava fora da linha de produção da fá-
brica.
b) criticou o garoto por não ouvir seu pai e sugeriu que ele aprendesse com os conselhos dos adultos de agora
em diante.
c) prometeu o envio imediato de um novo brinquedo para o garoto desde que o pai pagasse a taxa de pos-
tagem do produto.
d) levantou a suspeita de que o garoto estivesse, na verdade, tentando obter vantagens por meio de uma
mentira contada.
e) conquistou, provavelmente, o garoto como cliente para a vida toda com a decisão de repor o brinquedo
perdido.

What is an aupair?

01 The word Au Pair is a French term, which means "on par" or "equal to", denoting living on an equal basis in
02 a reciprocal, caring relationship between the host family and the children. An aupair will typically be a young
03 woman and sometimes a young man from a foreign country who chooses to help look after the children of a
04 host family and provide light housekeeping. The aupair is given room and board and is typically paid a weekly
05 "pocket-money" salary. Aupairs generally stay with their host family for one year.
Available on: <http://www.greataupair.com>. Access on: 03 Mar. 2013.

23. O programa de Au Pair é uma modalidade diferente de intercâmbio. Você viaja para outros países e aprende
a língua e a cultura do lugar, mas de uma maneira diferente. De acordo com o texto, o referido programa:
a) destina-se a universitárias que querem colocar em prática o que aprenderam na faculdade por meio de um
estágio não remunerado.
b) estabelece a possibilidade de o estudante receber uma ajuda de custo em troca de serviços prestados
como cuidador de crianças.
c) prevê a concessão de um salário mínimo ao jovem interessado em prestar serviços domésticos durante, no
mínimo, um ano de trabalho.
d) exige que o candidato arque com as despesas de alojamento e de alimentação, enquanto a host family
provê as despesas com instrução.
e) requer que o jovem tenha experiência comprovada no cuidado com crianças para que seja aprovado o seu
cadastro junto à família.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


11

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 11 14/05/2013 11:42:30


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

24. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (em inglês, United Nations Children's Fund – UNICEF) é um órgão
das Nações Unidas que tem como objetivo promover a defesa dos direitos das crianças, ajudar a dar resposta
às suas necessidades e contribuir para o seu desenvolvimento.

Call 060 9001 to support the UNICEF Foster Care Project for Children.
www.unicef.hr

Call 060 9001 to support the UNICEF Foster Care Project for Children.
www.unicef.hr

A peça publicitária anterior, elaborada pelo órgão em questão, destina-se a:


a) convidar o leitor a apoiar um projeto que se destina a prover lares para crianças que não possuem uma
família própria.
b) divulgar uma campanha direcionada para evitar o desaparecimento de crianças em lugares de grande cir-
culação de pessoas.
c) estimular o leitor a denunciar, por meio de ligações, pessoas que lucram com a exploração do tráfico de
crianças e adolescentes.
d) criticar aqueles que não dão a devida atenção aos filhos e fazem da indiferença o principal ingrediente das
relações parentais.
e) sensibilizar o leitor quanto à necessidade de combater a cruel prática do abandono de menores em locais
de grande concentração.

"To laugh often and much;


to win the respect of intelligent people
and the affection of children;
to earn the appreciation of honest critics
and to endure the betrayal of false friends.
To appreciate beauty;
to find the best in others;
to leave the world a bit better
whether by a healthy child, a garden patch,
or a redeemed social condition;
to know that even one life has breathed
easier
because you have lived.
This is to have succeeded."

25. Ralph Waldo Emerson foi um filósofo, ensaísta e poeta norte-americano, nascido em 1803 e falecido em 1882,
considerado o expoente do Transcendentalismo. Com base no texto de sua autoria, Emerson:
a) apoia aqueles que defendem que o sucesso pode ser obtido por intermédio do acúmulo de inúmeros bens
materiais.
b) defende que o sucesso na vida pode ser obtido somente por meio do intenso sacrifício pessoal em prol da
felicidade alheia.
c) enaltece aqueles que alcançaram o sucesso depois de saírem de uma condição social totalmente desfavo-
rável.
d) relaciona atitudes que, na sua concepção, fazem com que alguém realmente alcance a condição de ser
bem-sucedido.
e) sustenta que o sucesso é muito mais um produto do acaso do que resultante do esforço consciente para
alcançá-lo.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


12

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 12 14/05/2013 11:42:30


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

ESPANHOL – QUESTÕES DE 21 A 25
[...]
Desde hoy rige en la ciudad de Córdoba la ordenanza municipal que multa a
los conductores de automotores y motocicletas que fumen mientras manejen,
aclarándose que la restricción no alcanza también a los acompañantes.
Es una ordenanza municipal que habla de los riesgos por distracciones; la multa
va de 200 a 400 pesos.
La iniciativa se fundamenta en los riesgos que conlleva el hecho de fumar mientras
se conduce, ya sea por distracción u otros incidentes que pueden producirse con
el cigarrillo encendido, acción que puede provocar situaciones que eventualmente
deriven en accidentes.
La prohibición estaba en vigencia desde hace una semana en Córdoba, pero sin
la implementación de multas. A partir de hoy, el valor de la multa es de 200 pesos,
y 400 pesos en caso de reincidir.
El subsecretario de Tránsito de la Municipalidad de Córdoba, Dante Rossi, señaló que la norma busca que
se "generen más condiciones de seguridad".
Según informa el diario La Voz del Interior, hoy ya se labraron las primeras multas.
Disponible en: <http://www.lanacion.com.ar/1549723> (adaptado). Accedido el: 28 ene. 2013.

21. A partir do conteúdo apresentado no texto anterior, que título seria possível atribuí-lo?
a) Cresce o número de infratores de trânsito em Córdoba.
b) Aumenta o número de multas de trânsito em Córdoba.
c) Córdoba multará a quem dirija fumando.
d) Acompanhantes também pagarão multa se fumarem no trânsito.
e) Multa para condutores fumantes passará a 400 pesos.
El español es la segunda lengua en Twitter
La presencia en la red aumenta un 800% en 10 años, ya como tercera lengua más utilizada
El Instituto Cervantes no prevé este año "ni cerrar centros, ni reducir plantilla"
Manuel Morales
Madrid, 14 ene. 2013.

Primero Twitter y después Tuiter. El español es ya el segundo idioma más utilizado en la red social de los
140 caracteres, solo por detrás del inglés y por delante de portugués y japonés. Ojo, en China la página del
pajarito azul está bloqueada. El dato lo ha dado hoy el director del Instituto Cervantes, Víctor García de la
Concha, en la presentación del anuario 2012 de “El español en el mundo “ en la sede en Madrid del centro
para la difusión de un idioma que hablan en el planeta 495 millones de personas y que ha crecido en la última
década un 800% en internet, lo que le aúpa al tercer puesto, por detrás de inglés y chino. México (en séptimo
lugar) y España (en el undécimo) son los países hispanos con "mayor uso per cápita de Twitter".
En Facebook, son más de 80 millones de personas (con un total de 1.000 millones de cuentas) las que se
expresan normalmente en el mismo idioma en que está esta información. Según los cálculos de García de la
Concha,18 millones de personas estudian español en el planeta. Este progreso hará que en 2030 el 7,5% de
la población sea hispanohablante y, con el horizonte más lejano, en 2050, Estados Unidos "puede que sea el
primer país del mundo" en hablar este idioma.
Disponible en: <http://cultura.elpais.com/cultura/2013/01/14/actualidad/1358165374_278922.html> (adaptado).

22. Sobre o texto é possível marcar como correto que:


a) O espanhol é o segundo idioma utilizado no Facebook.
b) O Instituto Cervantes controla a divulgação da língua espanhola na internet.
c) A língua espanhola já é considerada a 3a língua mais influente no mundo das comunicações.
d) Há mais pessoas hispanofalantes no Facebook que no Twitter.
e) A língua de Cervantes é a 3a língua mais utilizada da rede.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


13

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 13 14/05/2013 11:42:30


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

Los gremios docentes ratificaron el paro anunciado para el lunes y el martes

Foto: Archivo
próximos en la provincia de Buenos Aires tras rechazar la oferta del 17,8%
escalonado ofrecido por el gobierno de Daniel Scioli.
La medida fue anunciada luego de la reunión por paritarias mantenida ayer, por
la tarde, con el gobernador bonaerense.
Durante la mañana, según estaba previsto, marcharán hacia la Casa de la
Provincia de Buenos Aires, ubicada en Callao al 200, y se concentrarán, a las 10,
frente al Congreso. Roberto Baradel, secretario
general de Suteba, ratificó la
Disponible en: <http://www.lanacion.com.ar/1558707-los-gremios-docentes-ratificaron-el-paro- medida de fuerza tras el rechazo
-anunciado-para-el-lunes-y-el-martes-proximos> (adaptado). Accedido el: 28 feb. 2013. de la oferta salarial.

23. Segundo o texto, para quando está prevista a paralisação dos professores?
a) Terça e quarta-feira.
b) Segunda e terça-feira.
c) Quinta e sexta-feira.
d) Quarta e quinta-feira.
e) Terça e quinta-feira.
24. Leia a tira a seguir.

Te olvidaste tu
cámara digital
conectada a la
impresora láser

Hola, mi amor No te asustes, Gordi, pero


tengo que adelantarte algo...

Hola

Madrid, 9 de febrero de 2013. Reuters/EP


O vocábulo que, ao substituir o que está destacado em “...te olvidaste tu cámara...”, presente no terceiro
quadro da tira, daria uma ideia contrária à estrutura seria:
a) acordaste. d) buscaste.
b) preteriste. e) pusiste.
c) ignoraste.
El ejercicio podría ser ineficaz para reducir las caídas entre los mayores
Realizar un programa de ejercicio regular podría ayudar a los mayores a moverse mejor, pero no aumentaría
necesariamente su estabilidad o les ayudaría a perder el miedo a caerse, según un estudio de la Friedrich-
-Alexander-Universitat Erlangen-Nurnberg, en Alemania, publicado en
.
Según la líder del estudio, Ellen Freiberger, "no se puede dar por supuesto que si se mejora la actividad
física eso se traslade a la dimensión psicológica".
El equipo de Freiberger se propuso comparar diferentes tipos de ejercicio y qué impacto, si tiene alguno,
tiene sobre el rendimiento físico, las caídas y el miedo a caer entre los mayores. Para ello, reclutaron a 280
personas mayores de 70 años que todavía vivían independientes en Erlangen, Alemania.
Al final, no hubo diferencias entre los cuatro grupos en las puntuaciones que controlaron las caídas o el
miedo a caer, solo una leve mejora del tiempo que tardaban en caminar seis metros. El grupo que no hizo
ejercicio tardaba 51 segundos en recorrer esta distancia dos años después del inicio del estudio, los que
hicieron ejercicio tardaban 48 segundos y los que recibieron formación solo 56.
Disponible en: <http://es.noticias.yahoo.com/ejercicio-ser-ineficaz-reducir-ca%C3%ADdas-mayores-134044873.html> (adaptado).

25. Segundo o texto, o estudo alemão objetivou apresentar que:


a) os idosos em geral caem com muita frequência.
b) nada se pode fazer para evitar a queda nos idosos.
c) os idosos alemães caem com uma frequência assustadora.
d) melhoria física não implica em menos quedas.
e) não adianta fazer exercício físico, pois a queda na velhice é inevitável.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


14

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 14 14/05/2013 11:42:31


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

ÁLGEBRA – QUESTÕES DE 26 A 38

26. Sabendo-se que a expressão ax2 + bx + c, (em que a, b e c são números reais) é positiva, para qualquer x real,
é correto afirmar que:
a) a > 0 e b2 > 4ac.
b) a > 0 e b2 < 4ac.
c) a < 0 e b2 > 4ac.
d) a < 0 e b2 < 4ac.
e) a < 0 e b2 ≤ 4ac.

27. Uma empresa de telefonia fixa oferece dois planos aos seus clientes: no plano K, o cliente paga R$ 29,90
por 200 minutos mensais e R$ 0,20 por cada minuto excedente; no plano Z, paga R$ 49,90 por 300 minutos
mensais e R$ 0,10 por cada minuto excedente.
O gráfico que representa o valor pago, em reais, nos dois planos em função dos minutos utilizados é:
a) d)
R$
R$

89,90 K
89,90
Z
79,90 79,90

69,90 69,90 Z
K
59,90 59,90

49,90 49,90

39,90 39,90

29,90 29,90

min min
100 200 300 400 500 100 200 300 400 500
0 0

b) e)
R$ R$

89,90 K 89,90
K Z
79,90 Z 79,90

69,90 69,90

59,90 59,90

49,90 49,90

39,90 39,90

29,90 29,90

min min
100 200 300 400 500 100 200 300 400 500
0 0

c) R$
89,90 Z
K
79,90

69,90

59,90

49,90

39,90

29,90

min
0 100 200 300 400 500

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


15

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 15 14/05/2013 11:42:31


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

28. Sabendo que a curva a seguir é a parábola de equação y = x2 – x – 6, a área do triângulo ABC é:
a) 4
b) 6 y

c) 9
d) 10
e) 12


B C
x

29. O gráfico seguinte representa a evolução do volume de água de um reservatório, durante um certo dia.
A vazão de água do reservatório, em litros/hora, nos períodos das 6h às 15h e das 15h às 24h é, nesta ordem,
em valor absoluto, aproximadamente:
y (litros)
a) 3 e 8.
b) 5 e 2. 100
c) 7 e 1.
d) 7 e 2.
e) 9 e 1.

20

10

6 15 24 x (horas)

30. Na figura a seguir, os gráficos das funções reais ƒ e g são tangentes. Sabendo que ƒ(x) = x2 + 2k e g(x) = 2x + k,
o valor de ƒ(2) + g(3) é:
a) 11
b) 12 y ƒ
g
c) 13
d) 14
e) 15

31. Por recomendação médica, uma pessoa deve fazer, durante um curto período, dieta alimentar que lhe garanta
um mínimo diário de 7 miligramas de vitamina A e 60 microgramas de vitamina D, alimentando-se exclusiva-
mente de um iogurte especial e de uma mistura de cereais, acomodada em pacotes. Cada litro de iogurte
fornece 1 miligrama de vitamina A e 20 microgramas de vitamina D. Cada pacote de cereais fornece 3 mili-
gramas de vitamina A e 15 microgramas de vitamina D. Consumindo x litros de iogurte e y pacotes de cereais
diariamente, a pessoa terá certeza de estar cumprindo a dieta se:
a) x + 3y ≥ 7 e 20x + 15y ≥ 60.
b) x + 3y ≤ 7 e 20x + 15y ≤ 60.
c) x + 20y ≥ 7 e 3x + 15y ≥ 60.
d) x + 20y ≤ 7 e 3x + 15y ≤ 60.
e) x + 15y ≥ 7 e 3x + 20y ≥ 60.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


16

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 16 14/05/2013 11:42:32


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

32. Em uma determinada empresa, os trabalhadores devem se especializar em pelo menos uma língua estrangei-
ra, francês ou inglês. Em uma turma de 76 trabalhadores, têm-se:
•• 49 que optaram somente pela língua inglesa;
•• 12 que optaram em se especializar nas duas línguas estrangeiras.
O número de trabalhadores que optaram por se especializar em língua francesa foi:
a) 15
b) 27
c) 39
d) 44
e) 64

33. Considere os conjuntos:


A = {0, 1, 3, 5, 9}
B = {3, 5, 7, 9}
X = {X ∈ N; X ≤ 13}, em que N é o conjunto dos números inteiros não negativos.

O conjunto CXA  B é igual a:


a) {0, 1, 3, 5, 7, 8, 9}
b) {2, 4, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13}
c) {2, 4, 6, 8, 10, 11, 12, 13}
d) {2, 5, 7, 8, 12, 13}
e) {0, 1, 7, 8, 9, 10, 12, 13}

34. As funções ƒ(x) e g(x) são funções quadráticas reais, tais que: ƒ(x) = x2 + 2x + 2 e g(x) = – x2 – 2x – 2.
Considerando que os gráficos de ƒ(x) e de g(x) são simétricos em relação ao eixo das abscissas, pode-se
afirmar que a distância entre seus vértices é:
a) 1
b) 2
c) 2
d) 3
e) 2 3

35. Certa fonte multimídia promove um balé de água, luzes, cores, música e imagens. Sabe-se que bombas
hidraúlicas fazem milhares de litros de água circularem por minuto em alta pressão por canos de aço, dando
vida a um show de formas entre as quais parábolas, conforme ilustra a figura a seguir.

A trajetória de uma dessas parábolas pode ser descrita pela função h(t) = 12t – t2, com t ≥ 0, em que t é o
tempo medido em segundo e h(t) é a altura, em metros, do jato no instante t.
Nessas condições, após o lançamento, a altura máxima que o jato alcança é:
a) 6 m
b) 12 m
c) 18 m
d) 24 m
e) 36 m

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


17

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 17 14/05/2013 11:42:32


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

36. Sejam ƒ(x) = 2x + 1 e g(x) = 3x + 1. Então ƒ(g(3)) – g(ƒ(3)) é igual a:


a) –1 d) 2
b) 0 e) 3
c) 1

37. Escolhendo aleatoriamente alguns números das páginas de um livro adquirido em uma livraria, foram forma-
dos os conjuntos A = {2, 5, 6} e B = {1, 3, 4, 6, 8}, sendo a relação definida por R = {(x, y) ∈ A × B | x ≥ y}. Dessa
forma:
a) D (R) = {2, 5, 6} e Im (R) = {1, 3, 4, 6, 8}
b) D (R) = {2, 5, 6} e Im (R) = {1, 3, 4, 6}
c) D (R) = {2, 5} e Im (R) = {1, 3, 4, 6}
d) D (R) = {5, 6} e Im (R) = {1, 3, 4, 6, 8}
e) D (R) = {2, 5, 6} e Im (R) = {4, 6, 8}

38. Considere a função y = ƒ(x), que tem como domínio o intervalo {x ∈ IR: –2 < x ≤ 3} e que se anula somente em
3
x = – e x = 1, como se vê nesta figura:
2 ƒ(x)

3
–2 2
–1 1 1 2 3 x
1 2
2

Assim sendo, para quais valores reais de x tem-se 0 < ƒ(x) ≤ 1?


3 1
a) {x ∈IR : − < x ≤ −1} ∪ {x ∈IR : ≤ x < 1} ∪ {x ∈ IR : 1< x ≤ 2}
2 2
3 1
b) {x ∈IR : −2 ≤ x ≤ − 2  ∪ {x ∈IR : −1 ≤ x ≤ 2  ∪ {x ∈IR : 2 ≤ x ≤ 3}
3 1
c) {x ∈IR : − ≤ x ≤ − 1} ∪ {x ∈IR : ≤ x ≤ 2}
2 2
3 1
d) {x ∈IR : − < x ≤ − 1} ∪ {x ∈IR : ≤ x ≤ 2}
2 2
e) {x ∈IR : −2 < x < − 1} ∪ {x ∈IR : 1 < x < 2}

TRIGONOMETRIA – QUESTÕES DE 39 A 50

39. Uma partícula descreve um arco de 1080º sobre uma circunferência de 15 cm de raio. A distância percorrida
por essa partícula, em cm, é igual a:
a) 90π d) 160π
b) 120π e) 180π
c) 140π

 é 100º e a do arco BPC
40. Na figura, a reta t é tangente, no ponto P, ao círculo de centro O. A medida do arco AB
é 194º. O valor de x, em graus, é:
a) 53
P t
b) 57
x
c) 61
d) 64 A
e) 66
C
O

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


18

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 18 14/05/2013 11:42:33


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

41. Os símbolos a seguir foram encontrados em uma caverna em Machu Picchu, no Peru, e cientistas julgam que
extraterrestres os desenharam.

cos a
cos b
sen b
sen a

sen b
cos b

cos a sen a

cos a

sen b

sen b

cos a


Tais cientistas descobriram algumas relações trigonométricas
entre os lados das figuras, como é mostrado
π
anteriormente. Se a + b = , pode-se afirmar que a soma das áreas das figuras é igual a:
6
a) 4
b) 3
c) 2
d) 1
1
e)
2
42. Um recipiente, no formato de hemisfério, contém um líquido que tem profundidade máxima de 5 cm. Sabendo
que a medida do diâmetro do recipiente é de 20 cm, qual o maior ângulo, em relação à horizontal, em que ele
pode ser inclinado até que o líquido alcance a borda, antes de começar a derramar?
a) 75º
b) 60º
c) 45º cm
20
d) 30º
e) 15º

5 cm

43. Um prédio hospitalar está sendo construído em um terreno declivoso. Para otimizar a construção, o
arquiteto responsável idealizou o estacionamento no subsolo do prédio, com entrada pela rua dos fundos
do terreno. A recepção do hospital está 5 metros acima do nível do estacionamento, sendo necessária a
construção de uma rampa retilínea de acesso para os pacientes com dificuldades de locomoção. A figura
representa esquematicamente esta rampa (r), ligando o ponto A, no piso da recepção, ao ponto B, no piso do
estacionamento, a qual deve ter uma inclinação a mínima de 30º e máxima de 45º.

Nessa condições e considerando 2 ≅ 1, 4, quais deverão ser os valores máximo e mínimo, em metros, do
comprimento dessa rampa de acesso?
a) 7 e 10.
b) 8 e 10.
A Nível da recepção
c) 9 e 10.
d) 7 e 12. r
e) 8 e 12. 5m

Nível do estacionamento a
B

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


19

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 19 14/05/2013 11:42:33


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

44. A figura a seguir representa um rio plano com margens retilíneas e paralelas. Um topógrafo situado no ponto
A de uma das margens almeja descobrir a largura desse rio. Ele avista dois pontos fixos, B e C, na margem
oposta. Os pontos B e C são visados a partir de A, segundo os ângulos de 60º e 30º, respectivamente,
medidos no sentido anti-horário a partir da margem em que se encontra o ponto A. Sabendo que a distância
de B até C mede 100 m, qual é a largura do rio?
B C
a) 50 3 m
b) 75 3 m
c) 100 3 m Rio Rio
d) 150 3 m 30º
e) 200 3 m A

45. Em um paralelogramo, cada ângulo agudo mede 30º, e os lados que formam cada um desses ângulos medem
3 3 cm e 5 cm. Calcule a medida da menor das diagonais desse paralelogramo.
a) 6 cm
b) 3 cm
c) 3 3 cm
d) 7 cm
e) 15 3 cm

46. A prefeitura de certa cidade vai construir, sobre um rio que corta essa cidade, uma ponte que deve ser reta
e deve ligar dois pontos, A e B, localizados nas margens opostas do rio. Para medir a distância entre esses
pontos, um topógrafo localizou um terceiro ponto, C, distante 200 m do ponto A e na mesma margem do rio
onde encontra o ponto A. Usando um teodolito (instrumento de precisão para medir ângulos horizontais e
ângulos verticais, muito empregado em trabalhos topográficos), o topógrafo observou que os ângulos BCA e
 mediam, respectivamente, 30º e 105º, conforme ilustrado na figura a seguir.
CAB
Com base nessas informações, é correto afirmar que a distância, em metros, do ponto A ao ponto B é de:
a) 200 2
b) 180 2 B
A
c) 150 2
105º
d) 100 2
Rio
e) 50 2
200 m

30º

C
47. Na figura, P e Q são pontos da circunferência trigonométrica de centro O e de raio unitário.
Temos que:
y
sen a: ordenada do ponto P
cos a: abscissa do ponto P
sen b: ordenada do ponto Q
cos b: abscissa do ponto Q 1
P
2
O valor de a + b, em radianos, é: a
a) 2π x
b
11π O 3
b) 2
6
–1
13π 2 Q
c)
6
17π
d)
11
25π
e)
12

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


20

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 20 14/05/2013 11:42:35


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

48. Um ângulo do segundo quadrante tem seno igual a 12 . O cosseno desse ângulo é igual a:
13
a) 5
13
b) 1
13
c) – 5
13
d) – 1
13
e) – 12
13
49. O número N =
(3 cos 180º − 4 sen 210º + 2 tg 135º ) pertence ao intervalo:
6 sen2 45º
a) ]–4, –3[
b) [–3, –2[
c) [–2, –1]
d) ]–1, 0]
e) ]0, 1[

50. O valor de y = sen2 10º + sen2 20º + sen2 30º + sen2 40º + sen2 50º + sen2 60º + sen2 70º + sen2 80º + sen2 90º é:
a) –1
b) 1
c) 2
d) 4
e) 5

BIOLOGIA – QUESTÕES DE 51 A 57

51. O zigoto é o resultado da fecundação; a partir desse momento a célula-ovo sofrerá sucessivas divisões mitóticas
formando o embrião. Na figura a seguir as estruturas indicadas pelas letras A, B, C, respectivamente, e a etapa
do desenvolvimento embrionário representadas são:

a) tubo neural, notocorda, endoderma / etapa neurulação.


b) tubo neural, notocorda, ectoderma / etapa segmentação.
c) tubo neural, tubo neural, endoderma /etapa gastrulação.
d) notocorda, tubo neural, endoderma /etapa neurulação.
e) notocorda, tubo neural, mesoderma /etapa neurulação.

52. Durante a gastrulação são formados o blastóporo e o arquêntero. No embrião humano, essas estruturas
originarão respectivamente:
a) o ânus e o tubo neural do animal adulto.
b) o ânus e o tubo digestório do animal adulto.
c) a boca e o tubo digestório do animal adulto.
d) a boca e o tubo neural do animal adulto.
e) a boca e a coluna vertebral do animal adulto.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


21

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 21 14/05/2013 11:42:35


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

53. Burro é o nome dado ao filhote macho do cruzamento entre o jumento, também chamado de asno ou jegue
(Equus asinus), com a égua, ou cavalo fêmea (Equus caballus). Quando se trata de uma fêmea resultante desse
cruzamento, falamos em mula. A cria resultante do cruzamento entre o cavalo e uma jumenta é chamada
“bardoto”, tanto o macho quanto a fêmea. Podemos afirmar que jumento e égua, cavalo e jumenta são:
a) indivíduos de mesma espécie, pois apresentam o mesmo gênero, Equus.
b) indivíduos de mesma espécie, pois conseguem cruzar entre si e gerar filhotes.
c) indivíduos de espécies diferentes, pois os descendentes têm variabilidade genética aumentada.
d) indivíduos de espécies diferentes, pois, ao cruzarem entre si, geram descendentes estéreis.
e) indivíduos de espécies diferentes, pois os filhotes têm cores diferentes.

54. Bactéria mortal desafia medicamentos nos EUA


Novo grupo de bactérias resistentes a antibióticos, conhecido como Carbapenem-Resistant Enterobacteriaceae
(CRE), tem preocupado médicos nos EUA devido à capacidade de causar infecções ainda sem tratamento. As
informações são do site USA Today, citado pelo portal Terra.
Dias após um paciente de meia-idade chegar à University of Virginia Medical Center, especialistas notaram que
as bactérias presentes no seu organismo tinham lutado até mesmo contra os fármacos mais fortes, conhecidos
como “drogas de última instância”. "Foi muito preocupante, era a primeira vez que tinha visto esse tipo de
resistência", diz Amy Mathers, um dos especialistas do hospital. O paciente morreu três meses depois, mas
desde então vários novos casos surgiram e a bactéria continua a ser uma ameaça. Tanto que as taxas de
mortalidade entre os pacientes com infecções CRE podem chegar a 40%.
Disponível em: <http://www.rcmpharma.com/actualidade/id/30-11-12/bacteria-mortal-desafia-medicamentos-nos-eua>.

De acordo com seus conhecimentos e as indicações citadas no texto, é possível afirmar que:
a) as bactérias do grupo CRE podem ser gram-positivas.
b) as bactérias do grupo CRE são gram-positivas.
c) as bactérias do grupo CRE podem ser gram-negativas.
d) as bactérias do grupo CRE apresentam uma espessa camada de peptideoglicana.
e) as bactérias do grupo CRE ficam coradas de roxo se tratadas com genciana e iodo.

55. Ossos encontrados em estacionamento são do rei Ricardo III da Inglaterra


Há cinco meses, arqueólogos britânicos conseguiram determinar o local, em Leicester (Inglaterra), onde havia
uma modesta capela durante a Idade Média. Com radares de penetração no solo, eles foram em busca de
ossadas humanas – e encontraram, cavando no terreno onde hoje existe um estacionamento. Agora, apontam
a quem pertencia o esqueleto: ao rei Ricardo III.
Os cientistas são taxativos ao afirmar que têm certeza que o esqueleto pertence ao antigo monarca (que reinou
durante o século XV) por uma série de razões. A mais conclusiva é que o exame de DNA dos ossos encontrados
(que agora estão guardados em local seguro na Universidade de Leicester) bate com o de dois descendentes
da 17a geração de Ricardo III. Um deles preferiu não ter o nome revelado. O outro, Michael Ibsen, é canadense
e foi convidado a acompanhar as escavações que revelaram o esqueleto de seu nobre ancestral.
[...] Mas o que faz a descoberta ser notória não é tanto essas evidências científicas, mas uma histórica. O crânio
e outros ossos estão cheios de marcas do que parecem ser ferimentos. Os pesquisadores acreditam que o rei
Ricardo arranjou a maior parte delas na luta que pôs fim à sua vida – a Batalha de Bosworth Field. A morte e a
derrota de Ricardo marcaram o fim da dinastia Plantageneta, da casa de York, que governara os rumos do país
por mais de 300 anos.
As marcas de ferimentos no esqueleto são representativas porque contam muito sobre Ricardo III. Soberano
belicista, morreu jovem no campo de batalha, governou a Inglaterra por apenas dois anos em um reinado que
ficou marcado pela violência.
Disponível em: <http://hypescience.com/ossos-encontrados-em-estacionamento-sao-do-rei-ricardo-iii-da-inglaterra/>.

Segundo o texto, os ossos do rei Ricardo III estão cheios de marcas que parecem ser ferimentos de batalhas
travadas durante sua vida. Após o surgimento de qualquer lesão no tecido ósseo, ocorrem a limpeza da área
afetada e, em seguida, a recuperação da lesão, ou seja, ocorre a cicatrização com síntese de matriz óssea. As
células ósseas envolvidas no processo de reabsorção óssea, limpando a área afetada, e a formação da nova
matriz óssea são respectivamente:
a) osteoblastos e osteócitos.
b) osteoclastos e osteócitos.
c) osteócitos e osteoclastos.
d) osteoclastos e osteoblastos.
e) osteócitos e osteoblastos.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


22

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 22 14/05/2013 11:42:35


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

56. A dengue é causada por flavivírus (arbovírus), um tipo de vírus envelopado com RNA de cadeia simples (+).
Ocorrem quatro tipos distintos, de vírus da dengue. No Brasil, essa doença é adquirida pela picada de um
mosquito portador do vírus, o Aedes aegypti. De acordo com a imagem a seguir, a culpa real é:
Doutor, eu
tô com
dengue de Mas também
novo! o governo
não faz
nada!

Disponível em: <http://judicesjurati.blogspot.com.br/2008_05_01_archi>.


Acesso em: 01 jan. 2013.

a) do governo, que não faz o controle químico, mecânico e biológico.


b) do povo, que não colabora com o governo, não fazendo o controle mecânico.
c) do povo, por só fazer o controle biológico.
d) dos médicos, que não atendem aos pacientes.
e) do governo, que não faz o controle químico.

57. O Toxoplasma gondii é um protozoário amplamente disseminado pelo mundo, capaz de causar doença em
animais e em seres humanos. A evolução e a gravidade da doença dependem de características genéticas do
parasita e do hospedeiro. A resposta imune humoral contra Toxoplasma gondii é persistente em todas as fases
da infecção. A imunidade humoral em qualquer situação:
a) depende de células citotóxicas e fagocitárias.
b) depende da pele e das mucosas.
c) depende dos linfócitos CD4, pois eles produzem anticorpos.
d) depende de linfócitos B, pois eles produzem anticorpos.
e) depende dos neutrófilos e macrófagos.

QUÍMICA – QUESTÕES DE 58 A 64
58. A cana-de-açúcar é a principal matéria-prima para a indústria sucroalcooleira brasileira. A agroindústria da
cana envolve etapas, como: produção e abastecimento da indústria com matéria-prima; gerenciamento
dos insumos, resíduos, subprodutos e da versatilidade da produção de açúcar ou álcool; armazenamento e
comercialização dos produtos finais. Essas etapas devem ser executadas com o emprego de técnicas eficientes
de gerenciamento. A obtenção do álcool etílico hidratado, a partir da cana-de-açúcar, pode ser representada
pelo esquema a seguir:
Cana-de-
-açúcar
e separação
I. Moagem
do bagaço
Álcool
Vinhoto
Garapa hidratado

Para concentrar
II. Aquecimento
o açúcar
IV. Separação
Melaço dos componentes
mais voláteis
Transformação do
III. Fermentação
açúcar em álcool

Mosto

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


23

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 23 14/05/2013 11:42:36


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

Os processos de fracionamento que envolvem, respectivamente, I e IV são:


a) filtração e decantação.
b) destilação e decantação.
c) destilação e filtração.
d) evaporação e destilação fracionada.
e) filtração e destilação.
59. As novas cédulas possuem diversos elementos de segurança de fácil identificação, semelhantes aos que
aparecem nas novas notas de 50 e de 100 reais.

A fluorescência, presente como dispositivo de segurança nas novas cédulas, é um fenômeno de luz visível de
alguma substância exposta a uma fonte de radiação. Tal fenômeno pode ser explicado pelo:
a) Modelo de Böhr – Ao incidir a uma fonte de energia, o átomo recebe essa energia e seus elétrons são pro-
movidos de um nível de energia inferior para um nível mais externo. Ao retornar ao seu nível fundamental
de energia, o elétron emite a energia absorvida na forma de radiação visível.
b) Modelo de Thomson – Modelo semelhante a um “pudim de passas” com cargas positivas e negativas em
igual número.
c) Modelo de Dalton – Átomo maciço, indivisível e indestrutível.
d) Modelo de Rutherford – Átomo com núcleo denso e positivo, rodeado pelos elétrons negativos.
e) Sommerfeld – Admitia, além das órbitas circulares, órbitas de diferentes excentricidades, constatando que
os elétrons de mesma camada podem ter energias diferentes.
60. O fenômeno da supercondução de eletricidade, descoberto em 1911 por Kamerlingh Onnes, voltou a ser objeto
da atenção do mundo científico com a constatação de Bednorz e Müller de que materiais cerâmicos podem
exibir esse tipo de comportamento. Houve, em seguida, uma verdadeira avalanche de novas descobertas,
criando a expectativa de sensacionais aplicações do fenômeno. Os físicos citados foram contemplados
com o Prêmio Nobel de 1987. Um dos elementos químicos mais importantes na formulação da cerâmica
supercondutora é o ítrio, que tem como distribuição eletrônica: (Dado: ítrio Z = 39)
a) 1s22s22p63s23p64s23d104p65s14d2
b) 1s22s22p63s23p64s23d104p64d15s2
c) 1s22s22p63s23p64s23d104p65s24d1
d) 1s22s22p63s23p64s23d104p54d25s2
e) 1s22s22p63s23p64s23d104d15s24p6
61. Os metais são muito importantes para o metabolismo do corpo humano. O ferro, presente na hemoglobina, é
responsável pelo transporte do oxigênio no sangue; o cobalto entra na composição das vitaminas; o manganês,
o molibdênio, o zinco e o cromo estão presentes na estrutura de enzimas que regulam o metabolismo do
organismo. Os elementos químicos anterior citados são classificados como:
a) calcogênios.
b) metais alcalinoterrosos.
c) metais alcalinos.
d) metais de transição.
e) halogênios.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


24

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 24 14/05/2013 11:42:36


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

62. Em 1913, Henry G. J. Moseley estabeleceu o conceito de número atômico, verificando que esse número
caracterizava melhor um elemento químico do que sua massa atômica e, a partir dessa constatação, a Lei da
Periodicidade de Dimitri I. Mendeleev ganhou um novo enunciado: muitas propriedades físicas e químicas
dos elementos químicos variam, periodicamente, na sequência de seus números atômicos. Comparando-se as
propriedades dos elementos químicos rubídio e iodo, pode-se aferir que:
a) o iodo é o elemento químico do quinto período da tabela periódica que tem maior afinidade eletrônica
porque, com a adição de um elétron ao seu átomo, absorve maior energia.
b) o raio do íon I− e o ponto de fusão do iodo são, respectivamente, maiores que o raio do Rb+ e o ponto de
fusão do rubídio.
c) o rubídio e o iodo possuem propriedades semelhantes porque pertencem ao mesmo período da tabela
periódica.
d) o raio covalente do iodo é maior que o do elemento químico rubídio porque o átomo deste elemento quí-
mico tem maior número de camadas eletrônicas.
e) a energia de ionização do rubídio é maior porque é mais difícil retirar um elétron do átomo de rubídio ga-
soso do que do iodo nas mesmas condições de temperatura e pressão.
63. Em Itu, no estado de São Paulo, o lixo coletado é levado para o aterro sanitário; este local é construído com
um material impermeabilizado, evitando assim a contaminação dos lençóis freáticos pelo chorume. Os gases
gerados, como o metano (CH4), são capturados para serem queimados ou até mesmo para serem usados na
produção de eletricidade. Sobre o metano, podemos aferir que:
a) possui hibridização sp3 e geometria octaédrica.
b) possui hibridização sp3 e geometria bipirâmide trigonal.
c) possui hibridização sp3 e geometria trigonal plana.
d) possui hibridização sp3 e geometria pirâmide trigonal.
e) possui hibridização sp3 e geometria tetraédrica.
64. Os agregados moleculares são mantidos por interações físicas (forças intermoleculares) distintas daquelas que
originam as ligações químicas. Por exemplo, as moléculas de água são mantidas em um agregado molecular,
por meio de ligações de hidrogênio, que são originados das interações entre as extremidades opostas dos
dipolos da água. Sobre as ligações de hidrogênio, podemos aferir que:
a) ocorre com envolvimento de elementos mais eletronegativos (F,O,N).
b) são ligações do tipo dipolo-dipolo e são menos fortes que ligações dipolo-dipolo comum.
c) são intermoleculares e não estruturais, enquanto as ligações covalentes são intermoleculares e estruturais.
d) são comuns na fase gasosa por serem ligações do tipo intermoleculares.
e) possui pontos de fusão e de ebulição altos, comparados com substâncias apolares.

FÍSICA – QUESTÕES DE 65 A 70
65. As pistas onde a Fórmula 1 realiza suas temporadas são de traçados bem variados, com muitas curvas e
chicanas, em circuitos mistos. Não há nenhum circuito oval na F-1. Em geral, as pistas da Fórmula 1 são de
média velocidade, entre 210 e 230 km/h, embora tenhamos várias campeãs de velocidade (como a pista da
Bélgica – em Spa-Francorchamps, a pista da Alemanha – em Hockenheim, e a campeã de todas, a da Itália –
Monza), ao lado de outras pistas que são de baixíssima velocidade (como a pista de monte Carlo – em Mônaco – ,
e a pista da Hungria – Hungaroring). Na tabela a seguir, observe as pistas que já receberam a Fórmula 1 desde
1995.

País Pista km/h

Bélgica Spa-Francorchamps 244,7

Alemanha Hockenheim 250,4

Itália Monza 260,3

Hungria Hungaroring 200,2

Mônaco Monte Carlo 163,2

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


25

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 25 14/05/2013 11:42:36


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

No Grande Prêmio de Interlagos – São Paulo, 2012 – Jenson Button, da Mclaren, venceu a corri-
da no tempo de 1:45:22,656s percorrendo uma distância total de 305,939 km equivalente a 71 voltas,
com uma velocidade média de 174,196 km/h. Supondo que no ano de 2032 a velocidade média desen-
volvida no circuito de Interlagos seja igual ao circuito de Monza na Itália, determine a variação de tem-
po, aproximadamente, de duração da corrida de Interlagos considerando o mesmo número de voltas.
a) 5 minutos.
b) 20 minutos.
c) 35 minutos.
d) 40 minutos.
e) 55 minutos.
66. Skydiving é uma dessas atividades que vemos em diversos lugares: anúncios de refrigerantes, filmes de ação,
shows, ações militares etc. Isso acontece porque esse esporte é bastante atrativo. Saltar de um avião e cair
pelo ar a quase 200 km/h é algo que emociona as pessoas. O avião sobe até a altitude de salto, que pode ser
de 3000 metros, o que dá ao paraquedista 45 segundos de queda livre – termo usado em skydiving para a
queda até o momento de abertura.

É possível subir até 4900 metros sem suprimento de oxigênio, o que garante ao paraquedista o limite de 75
segundos de queda livre. Quando o avião está devidamente alinhado sobre o local do salto, o paraquedista
salta. Em queda livre, ele acelera a 190 km/h por aproximadamente 10s a cerca de 750 m. Então libera-se um
pequeno paraquedas chamado piloto ou pilotinho, que abre o paraquedas principal. Por fim, o paraquedista
alinha o paraquedas e pousa. Considerando as leis da mecânica, assinale o item que explica de forma coerente
as técnicas desse esporte.
a) Se não houvesse a resistência do ar, atletas de qualquer peso ou forma, abandonados da mesma altura, nas
proximidades da superfície da Terra, levariam tempos diferentes para atingir o solo.
b) Um paraquedista em queda livre atinge uma velocidade máxima em torno de 200 km/h. Porém, com a força
de resistência do ar, eles atingem velocidades muito maiores.
c) Quando o paraquedista abre o paraquedas, a força de resistência se torna muito menor, devido ao formato
e à área do paraquedas. Com isso, sua velocidade aumenta atingindo valores maiores que 200 km/h.
d) A força devido à gravidade puxa o corpo para baixo e a força de resistência do ar manifesta-se no corpo, para
cima. Essa resistência imposta pelo ar depende das dimensões, da forma e da aceleração do paraquedista,
que aumentam na medida em que ele se desloca.
e) No início, a força da gravidade ganha da força de resistência do ar, a velocidade de queda aumenta (acele-
ração positiva) e, com isso, aumenta também a resistência imposta pelo ar. Quando as duas forças estiverem
iguais, elas se equilibram e a velocidade da queda estabiliza-se.
67. Antigravidade é uma maneira hipotética de se contrabalançar ou modificar os efeitos da gravidade, tipicamen-
te no contexto de população espacial. Tais sistemas
ainda estão confinados à área de ficção científica, ten-
do em vista o conhecimento atual sobre a gravitação.
A força da gravidade é a mais fraca das quatro forças
da natureza. As outras forças são a eletromagnética,
a nuclear forte e a nuclear fraca. A força eletromag-
nética é percebida nos fenômenos relacionados à
eletricidade e ao magnetismo. As outras duas forças,
chamadas nucleares, ocorrem no núcleo dos átomos e
também são muito importantes, mas não se manifes-
tam diretamente em nossas vidas. O rei do pop, Michael Jackson, ficou conhecido pelos passos mirabolantes
que criava para as coreografias de seus shows. Um deles, a ilusão de inclinação antigravitacional, em que o
astro e seus pupilos param no palco inclinados fora do eixo do corpo, é conseguido graças a um sapato especial
que Michael Jackson patenteou nos EUA. Como o própio nome do dispositivo diz (Anti-Gravity Lean-Illusion),
trata-se de puro ilusionismo. O sistema consiste de um sapato com uma espécie de trava no salto que se

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


26

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 26 14/05/2013 11:42:36


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

encaixa em um gancho na superfície do palco, impedido que o dançarino se esborrache no chão quando
inclinar o corpo para frente além do seu centro de gravidade. É como se você pudesse estar em um espaço
totalmente vazio, sem nenhum planeta, estrela, asteroide, nada mesmo.
Disponível em: <http://ciencia.hsw.com.br/antigravidade.htm> (adaptado).
Sobre o conceito de força, campo gravitacional e seus efeitos, assinale a opção verdadeira.
a) Na Lua não tem gravidade; lá os objetos perdem peso, apesar de as imagens dos astronautas flutuando nos
fazerem pensar que existe gravidade.
b) Na Lua há bem menos massa que a Terra; então lá existe uma força de gravidade muito mais fraca: 6 vezes
menos que a do nosso planeta. Assim, tudo na superfície lunar fica seis vezes mais leve! Se você possui
massa de 30 quilos, lá a sua massa reduziria para 5 quilos.
c) A força da gravidade é a mais forte das quatro forças da natureza. As outras forças são a eletromagnética,
a nuclear forte e a nuclear fraca.
d) A noção de massa pode ser associada à de quantidade de matéria, mas sua verdadeira definição está além
do nível desse texto. Uma das unidades que usamos para massa é o quilograma. Para não confundir com
peso, basta saber que, quando levamos um objeto para lugares cada vez mais próximos do centro da Terra,
seu peso vai diminuir, enquanto sua massa permanece igual.
e) A força da gravidade é uma força de atração. Ela ocorre entre dois objetos quaisquer. Então, tudo está
atraindo tudo. Ela é responsável pela permanência dos corpos celestes que vemos hoje por todos os lu-
gares do Universo. Foi a gravidade que juntou lentamente gases e poeira para formar estrelas, planetas,
galáxias, etc. Sem a gravidade, o Universo não existiria como existe hoje.
68. Para ajudar a polícia a rastrear tiros disparados a uma distância de até três quilômetros, o Sistema de Detecção
de Disparos de Armas de Fogo já está instalado e começa a funcionar em fevereiro na Tijuca, Vila Isabel,
Andaraí e Maracanã. Comprado em 2010 pela Secretaria de Segurança Pública, por R$ 1,5 milhão, o sistema
permitirá que policiais ou serviços de emergência cheguem ao local do disparo mais rápido. O equipamento
utiliza o recurso ShotSpotter, que detecta barulhos de tiros e define, com precisão, o local de onde foi feito o
disparo, quantos tiros dados e até o calibre da arma, usando um sistema GPS integrado como fonte precisa de
tempo. Os sensores acústicos captam as ondas de som de uma detonação na boca da arma que se irradiam
para fora do cano em todas as direções e trabalham juntos para triangular a localização de onde cada tiro
partiu. O coração do sistema é a triangulação acústica. O ShotSpotter usa de 10 a 12 sensores distribuídos de
maneira uniforme a cada 2,5 km2 da cobertura da cidade, e cada sensor é capaz de escutar o som de um tiro
em um raio de 3 km. Os dados serão repassados por celulares, rádios ou computadores aos policiais e serviços
de emergência.

Sensores

Ondas
sonoras

Delegacia
de polícia

Considere os sensores a 3060 m do disparo, adotando a velocidade do som sendo igual a 340 m/s ao nível do
mar, e que o departamento de polícia mais próximo esteja a 2 km do disparo. Calcule o tempo gasto a partir
do momento do disparo, para que uma viatura, partindo do departamento de polícia com uma velocidade
média de 72 km/h, chegue ao local do disparo.
a) 9s.
b) 18s.
c) 1min e 9s.
d) 1min e 49s.
e) 2min e 9s.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


27

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 27 14/05/2013 11:42:36


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

69. Uma equipe de cientistas desenhou um mapa de zonas geográficas do mundo com riscos de tsunamis. Então,
eles descobriram que 23 usinas nucleares com 74 reatores em funcionamento ou em construção estão em
áreas potencialmente perigosas.

Desde que a costa do Japão foi devastada em março de 2011, os cientistas sabem que eles também causam
desastres nucleares. Isso coloca a população em risco e polui o meio ambiente. Como o fenômeno é difícil
de ser detectado, os pesquisadores resolveram mapear usinas em risco. Sobre as usinas nucleares, assinale a
alternativa correta.
a) A energia liberada na reação de fusão é usada para ferver a água que, como vapor a alta pressão, aciona a
turbina.
b) A energia liberada na reação de fissão é usada para ferver a água que, como vapor a baixa pressão, aciona
a turbina.
c) A água depois de passar pela turbina é pré-aquicida no condensador e bombeada de volta ao reator.
d) Não existem soluções eficientes para o tratamento do lixo radioativo, que atualmente é depositado em
desertos, fundo de oceanos ou dentro de montanhas (existem projetos para enviar o lixo para o Sol, o que
poderia ser a solução definitiva, mas muito cara e também perigosa).
e) O combustível é barato e pouco (em comparação com outras fontes de energia), mas por sua vez depende
de condições ambientais/climáticas e a poluição gerada é quase inexistente.
70.
Brasileiros, Desligaram a A esperança
há uma luz luz do túnel! é a última
no fim do túnel. que morre!

Ela morreu! Estava sobre- O que eu digo para


vivendo graças a aparelhos tranquilizar o povo?!
elétricos! Sem eles, não
resistiu!

Para dispor da energia elétrica de que necessitará nos próximos dez anos, se a economia crescer 5,1% por
ano no período, o Brasil terá de acrescentar ao sistema gerador o equivalente a uma usina de Belo Monte a
cada 16 meses. O Plano Decenal de Energia para o período 2010-2019, divulgado pela Empresa de Pesquisa
Energética (EPE), estima que, para atender à demanda, a capacidade instalada do sistema de geração de
energia elétrica terá de aumentar 3,3 mil megawatts (MW) por ano, o que, em 16 meses, corresponde à
capacidade média de Belo Monte, de 4,4 mil MW. Isso exigirá investimentos de R$ 214 bilhões só em energia
elétrica (no total, o plano decenal prevê a necessidade de investimentos da ordem de R$ 951 bilhões, a maior
parte em petróleo.
O Estado de S. Paulo – 07 de maio de 2010.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


28

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 28 14/05/2013 11:42:37


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

A tira e o texto anteriores informam a grande necessidade de investir em outras formas de produção de
energia. Assinale a opção correta relacionando a usina aos seus impactos e à sua forma de produção.
a) Hidrelétrica – É uma fonte alternativa e renovável apresentando como um dos poucos impactos a mudança
do clima, o desaparecimento de algumas espécies de peixes, animais que fogem para refúgios secos e ár-
vores que viram madeira podre debaixo da inundação.
b) Terméletrica – As que funcionam com bagaço de diversos tipos de plantas e restos de madeira são as pio-
res, pois lançam na atmosfera gases que contribuem para o efeito estufa.
c) Solar – É bem menos impactante que a hidrelétrica, custa dez vezes menos mas não consegue alimentar o
gasto elevado das grandes cidades.
d) Termonuclear – Polui muito porque produz óxido de enxofre que reage com o oxigênio do ar formando
ácido sulfuroso que, por sua vez, sofre oxidação formando o ácido sulfúrico, o maior responsável pela pro-
dução de chuva ácida.
e) Eólica – Usa a força do vento e até parece inofensiva. Quem vive sob as enormes hélices que geram energia
sofre com o barulho, a vibração e a poluição visual, além de o sistema perturbar o fluxo migratório de aves.

GEOGRAFIA – QUESTÕES DE 71 A 78

71. “O estudo do meio era o ponto de partida da pesquisa geográfica. Era preciso observar o movimento de seus
elementos, suas funções e limites [...]. O meio está, contudo, sujeito a uma força poderosa: a ação humana.
Como os elementos do meio, o homem age sobre seu meio ambiente ao mesmo tempo que sofre sua ação.”
GOMES, Paulo César Costa. Geografia e Modernidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996.

Assinale a alternativa que indica, corretamente, a escola do pensamento geográfico e seu precursor, de acordo
com o enunciado anterior.
a) Humanismo – Eric Dardel.
b) Possibilismo – Paul Vidal de La Blache.
c) Geografia Regional – Alexander Humboldt.
d) Determinismo Ambiental – Friedrich Ratzel.
e) Analogia – Carl Ritter.

72. Levando-se em consideração que, quando o dia amanhecer, o Sol nascerá na direção do braço direito do
Cristo Redentor, podemos afirmar que:

a) o Pão de Açúcar está situado ao norte da parte frontal da estátua do Cristo Redentor.
b) o braço direito do Cristo Redentor está apontando para a direção sul.
c) o leste está na direção da parte de trás da estátua do Cristo Redentor.
d) o braço esquerdo do Cristo Redentor está apontando para a direção leste.
e) o Pão de Açúcar está situado ao sul da parte lateral da estátua do Cristo Redentor.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


29

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 29 14/05/2013 11:42:37


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

73. A distância real entre os bairros José Walter (A) e Centro (B) é de, aproximadamente, 15 km. A distância sobre
a carta é de 5 cm. Com base nesses dados, assinale a alternativa que indica corretamente a escala deste mapa.

a) 1 : 30.000
b) 1 : 75.000
c) 1 : 100.000
d) 1 : 300.000
e) 1 : 75.000.000

74. Definimos vulcanismo como a atividade por meio da qual o material magmático é expulso do interior da Terra
para a superfície. Observe as imagens e informações a seguir e responda ao que se pede.

Vulcão Merapi, na Indonésia.

Vítimas da explosão do vulcão Vesúvio, em Pompeia (ano 79). Vítima da explosão do vulcão Merapi (novembro de 2010).

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


30

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 30 14/05/2013 11:42:38


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

O Merapi é um vulcão localizado na ilha indonésia de Java. É o vulcão mais ativo da Indonésia – país que tem a
maior densidade de vulcões do mundo –, tendo matado 70 pessoas em uma erupção em 1994 e 1.300 pessoas
em 1930. Na madrugada do dia 05 de novembro de 2010, o vulcão Merapi entrou novamente em erupção e
causou mais 69 mortes na Indonésia Jacarta.
Assinale a opção que explica a grande concentração de vulcões na região da Indonésia.
a) O arquipélago localiza-se em limites divergentes de placas tectônicas, onde surgem também grandes ter-
remotos e tsunamis.
b) O arquipélago localiza-se nas margens continentais passivas, que somente originam vulcões devido a aco-
modamentos de terra.
c) O arquipélago localiza-se dentro do Círculo de Fogo do Pacífico, próximo a áreas de convergência de pla-
cas tectônicas.
d) O arquipélago localiza-se em regiões de falhamentos, onde ocorre a formação de horts (blocos deprimidos)
e graben (blocos levantados).
e) O arquipélago localiza-se em limites transformantes de placas tectônicas, onde surgem também grandes
terremotos e tsunamis.

75. Quando algo nos passa despercebido, é muitas vezes comum não lhe oferecermos o seu devido valor.
Isso certamente ocorre com os diversos solos do planeta, os quais, antes de constituírem a camada mais
externa sobre a qual pisamos, é nada menos que a fonte produtora (direta ou indireta) de todos os alimentos
consumidos pelo ser humano.
O solo também tem as suas camadas, chamadas de horizontes do solo.

O  Contém mais de 20% da matéria orgânica.

A  Maior quantidade de matéria orgânica misturada com


minerais; fixação de raízes.

B  Recebe materiais lixiviados do horizonte A; pouca


matéria orgânica.

C  Formado pelo material original do solo, proveniente da


rocha matriz.

FCNT-ALTARA e ARRIBAS, Atlas de Geografia, p. E-1.

Sobre os solos do planeta e suas características marcantes, leia as afirmativas e assinale a correta.
a) Zonais – São solos que têm como principal elemento de formação o clima, sendo assim mal formados (pos-
suem somente os horizontes A e B).
b) Interzonais ou intrazonais – São solos que têm como principal elemento de formação o clima. São bem for-
mados (possuem os horizontes A, B e C). Os principais solos zonais são os polares, o podzol, o tchernoziom
e os latossolos.
c) Azonais – São formados a partir da intemperização física, química e biológica de rochas do próprio local.
Ex.: massapê e terra roxa.
d) Aluviais – São formados por materiais transportados por rios, chuva e pelo vento e que vão aos poucos se
acumulando. Ex.: solos de várzea e de delta e o löess.
e) Eluviais – São solos que têm como principal elemento de formação o clima. São bem formados (possuem
os horizontes A e C). Os principais solos zonais são o massapê e o terra roxa.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


31

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 31 14/05/2013 11:42:38


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

76. A Europa possui uma área de cerca de 10,2 milhões de quilômetros quadrados, onde são inúmeras as
diferenças entre seus territórios formadores. O clima da Europa Ocidental é bem diferente do clima da Europa
Oriental. Enquanto no primeiro os invernos são suaves e os verões apresentam temperaturas pouco elevadas,
no segundo as diferenças sazonais são maiores, com invernos mais rigorosos, temperaturas mais baixas e
verões mais quentes. O fator determinante das condições climáticas vigentes na Europa Oriental é a:
a) continentalidade.
b) maritimidade.
c) disposição do relevo.
d) atuação da corrente das Canárias.
e) predominância de ventos do leste.

77. Dentre as características que individualizam as florestas tropicais do planeta, podemos citar a existência de
uma grande variedade de espécies vegetais, climas quentes e úmidos, além de uma fauna diversificada. Cerca
da metade das florestas tropicais úmidas do planeta já foram derrubadas e, em função da localização, o
problema vem ocorrendo principalmente em grandes porções:
a) do Norte da África, América Latina e Sudeste da Ásia.
b) da América Central, do Centro-Oeste da África e Centro-Sul da Austrália.
c) da América Latina e Sul da África e Ásia.
d) do Centro-Oeste da África, Norte da América do Sul e Sudeste da Ásia.
e) da América Central e Sul, da Oceania e da Ásia.

78. Leia com atenção as duas notícias a seguir:

Buraco não, buracão

Assim se referiu a manchete da reportagem de 18 de outubro de 2000 da revista Veja sobre a falha na camada
de ozônio que periodicamente aparece sobre a Antártida.
Revista Veja, 18/10/2000.

Buraco da camada de ozônio pode fechar a partir de 2065

O buraco na camada de ozônio sobre a Antártida estabilizou-se desde 2000, mas ainda demorará décadas
para se regenerar e fechar, o que pode ocorrer a partir de 2065.
21/04/2009.

Sobre o fenômeno comentado nas notícias, leia as afirmativas a seguir e assinale a alternativa correta.
a) A principal consequência da diminuição da camada de ozônio é o aumento da temperatura do planeta,
causando o fenômeno conhecido como aquecimento global.
b) A causa do fenômeno está relacionada principalmente ao uso crescente da energia solar, visto que os pai-
néis solares liberam o óxido nitroso, que destrói o ozônio.
c) O fenômeno é provocado pela emissão de gás CFC (clorofluorcarbono), cujo elemento cloro tem capacida-
de de destruir as moléculas de ozônio.
d) Os cientistas observaram que o buraco na camada de ozônio trouxe diversos efeitos que têm se tornado
mais claros, a cada dia, dentre os quais podemos destacar: uma ocorrência anormal de pessoas com câncer
de pele e de chuvas ácidas.
e) A principal consequência da diminuição da camada de ozônio é o resfriamento gradual da temperatura do
planeta, causando o fenômeno conhecido como escurecimento global.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


32

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 32 14/05/2013 11:42:38


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

HISTÓRIA – QUESTÕES DE 79 A 90

79. O Projeto de Transposição do Rio São Francisco não é uma ideia nova. Ampliado no governo Lula, ele existe
há décadas. O plano básico é construir dois imensos canais ligando o Rio São Francisco a bacias hidrográficas
menores do Nordeste, bem como aos seus açudes. A seguir, seriam construídas adutoras, com o objetivo de
efetivar a distribuição da água. De acordo com o Governo Federal, o projeto seria a solução para o grave
problema da seca no Nordeste, pois distribuiria água a 390 municípios dos estados de Pernambuco, Ceará,
Paraíba e Rio Grande do Norte – uma população de 12 milhões de nordestinos. O prazo para a realização do
projeto é de 20 anos, a um custo total estimado, até meados de 2009, em R$ 4,5 bilhões.
O uso racional do potencial hidráulico dos grandes rios no mundo, solucionando ou amenizando as questões
da seca e irrigando para o desenvolvimento da agricultura, teve início no Período:
a) Paleolítico, no qual as baixas temperaturas do planeta Terra obrigavam o homem a viver sob a proteção das
cavernas e a desenvolver a agricultura irrigada, utilizando o potencial dos grandes rios; com esse poderoso
instrumento, os homens pré-históricos alcançaram melhores condições de sobrevivência mediante as seve-
ras condições climáticas.
b) Neolítico, no qual a agricultura e o consequente processo de sedentarização do homem se estabeleceram
gradualmente. Além disso, a domesticação animal se tornou uma prática usual entre os grupos humanos
que se formavam nesse período. A estabilidade obtida por essas novas técnicas de domínio da natureza e
dos animais também possibilitou a formação de grandes aglomerados populacionais.
c) Eolítico, no qual o homem primitivo atinge um estágio de evolução social e tecnológico que o leva a uma
organização do trabalho e ao desenvolvimento da agricultura irrigada, assim como querem construir ao
longo da bacia do velho “Chico”.
d) Mesolítico, no qual se enfrentou uma longa estiagem levando o homem originalmente africano a se deslo-
car para a Ásia e para América em busca de terras para o plantio irrigado de grande produtividade; assim,
atingiram as margens do Rio São Francisco e do Rio Amazonas no Brasil.
e) da Idade dos Metais, no qual o avanço das ferramentas possibilitou a construção de canais e diques, tornan-
do todas as civilizações do Antigo Oriente próximo autossuficientes e, assim, pondo fim aos conflitos entre
os grupos humanos.

80. Depois de 180 anos, os restos mortais do imperador Dom Pedro I e de suas duas mulheres foram exumados.
O site do jornal O Estado de São Paulo publicou os resultados dos exames feitos em sigilo. Os cientistas se
surpreenderam ao descobrir que o corpo da imperatriz Dona Amélia foi mumificado. As causas exatas da
mumificação de D. Amélia ainda estão sendo investigadas – não era comum entre a nobreza de Portugal que
mulheres recebessem tratamento para ficarem preservadas. "Pode ter sido um 'acidente de percurso'. Ela foi
tratada para ficar conservada alguns dias, para o funeral, e isso acabou inibindo o processo de decomposição"
[...]. Os exames no Hospital das Clínicas revelaram uma incisão na jugular da imperatriz. Por ali, foram injetados
aromáticos como cânfora e mirra. "No caso de D. Amélia, havia um forte odor de cânfora quando abrimos o
caixão. Certamente, isso ajudou a anular o processo de decomposição."

Apesar de ainda não termos uma conclusão sobre a mumificação de D. Amélia, sabemos que para os egípcios
esse processo era bastante significativo, pois:
a) de acordo com a religião egípcia, a alma da pessoa necessitava de um corpo para a vida após a morte.
b) devia-se preservar esse corpo para que ele recebesse de forma adequada os estudos dos futuros médicos.
c) preocupados com a questão sentimental, os egípcios desenvolveram um complexo sistema de mumificação
para manter o ente querido no convívio da família mesmo após a morte.
d) graças ao processo de mumificação, cujo objetivo era a autópsia dos corpos para desvendar a causa da
morte, os egípcios avançaram muito em algumas áreas científicas; assim, aprenderam muito sobre a anato-
mia humana.
e) transformar um corpo em múmia era muito barato naquela época; portanto, além dos faraós e sacerdotes,
eram mumificados praticamente todos os membros da sociedade egípcia.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


33

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 33 14/05/2013 11:42:38


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

81. Os hebreus eram um povo de origem semita, que se distinguiram de outros povos da Antiguidade por sua
crença religiosa. O termo hebreu significa "gente do outro lado do rio”, isto é, do Rio Eufrates. Os hebreus
desenvolveram sua civilização no primeiro milênio antes de Cristo. A respeito dessa civilização, podemos
afirmar corretamente que:
a) a importância da história da civilização hebraica se expressa, especialmente, por meio da formação de um
Estado centralizado.
b) a civilização hebraica apresenta traços específicos que decorrem do seu distanciamento frente às demais
culturas do Oriente Próximo.
c) a importância do estudo dos hebreus se justifica pelo monoteísmo ético que surge e se desenvolve entre
eles, constituindo-se um ponto de partida para o cristianismo e o islamismo.
d) os antigos hebreus têm como livro sagrado o Novo Testamento, que compreende vários outros livros, den-
tre os quais está o Gênesis, que trata da Criação.
e) a antecedência da civilização hebraica à civilização sumeriana explica a presença de mitos semelhantes nas
duas culturas.

82. Para um grande número de historiadores, a Atenas do século V a.C. tornou-se um modelo de democracia e de
liberdade. Entretanto, esse modelo de democracia tem sido questionado, porque, em Atenas,
I. a sociedade era dividida em três classes distintas: cidadãos, metecos e escravos;
II. a democracia e a liberdade eram limitadas a uma minoria composta por homens adultos nascidos em solo
ateniense;
III. a ação da Assembleia Popular era limitada pelo Conselho dos Quinhentos, que preparava os projetos de lei
a serem votados.
Quais propostas estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas I e II.
e) I, II e III.

83. A Filosofia é uma disciplina bastante abrangente em seu conteúdo de aprendizado, pois ela é vista como a
mãe das outras ciências. Ora, é costume dizer que, quando refletimos sobre a vida a partir de fundamentos
filosóficos, quando debatemos filosoficamente o mundo, sempre iniciamos com questionamentos nem sempre
fáceis de se resolverem.
Com base nesse assunto, julgue os itens a seguir como verdadeiros (V) ou falsos (F).
I. Os questionamentos filosóficos não são gerados necessariamente em vista de uma solução, mas como exi-
gência e necessidade do ato de pensar.
II. Os pensamentos são formulados para desconstruir a consciência humana, pelo simples ato de pensar.
III. Não cabe nos questionamentos filosóficos direcionamento para um pensar único e perfeito.
IV. O pensamento não deve estar preso entre as paredes da crença e do fundamentalismo.

Assinale a alternativa que aponta a correta ordem sequencial.


a) I, II e IV são verdadeiros e III é falso.
b) Todos os itens são falsos.
c) I, II e III são falsos e IV é verdadeiro.
d) Todos os itens são verdadeiros.
e) I, II e IV são verdadeiros e II é falso.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


34

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 34 14/05/2013 11:42:38


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

84. Por volta de 700 a.C., Roma era um conjunto de cabanas de barro com telhados de colmo, em uma zona
pantanosa – o Lácio –, na margem sul do Rio Tigre, habitada por um povo chamado latino. Beneficiado da sua
excelente situação geográfica, Roma passou a dominar toda a Península Itálica, conquistando territórios dos
Etruscos (a norte) e dos Gregos (a sul). No século III a.C., Roma era a cidade mais poderosa da Península Itálica.
A expansão de Roma durante a República, com o consequente domínio da Bacia do Mediterrâneo, provocou
sensíveis transformações sociais e econômicas, dentre as quais:
a) acelerado processo de industrialização, êxodo urbano, endividamento e enfraquecimento do Estado.
b) fortalecimento da classe plebeia, expansão da pequena propriedade, propagação do cristianismo.
c) crescimento da economia agropastoril, intensificação das exportações, aumento do trabalho livre.
d) enriquecimento do Estado romano, aparecimento de uma poderosa classe de comerciantes, aumento do
número de escravos.
e) diminuição da produção nos latifúndios e fim das desigualdades sociais.

85. A chamada "desintegração" do Império Romano remodelou a Europa. As modificações que ocorreram levaram
à formação de uma sociedade com características próprias, conhecida como sociedade medieval. Sobre o
período da crise do Império Romano, é correto afirmar que:
a) os povos que ocuparam o Império Romano mantiveram a estrutura política anterior, com uma divisão equi-
librada e estável das funções públicas.
b) chamados de "bárbaros", povos como os germanos e os hunos foram responsáveis pela retomada da ativi-
dade mercantil e pela urbanização da Europa.
c) com o caráter de migração ou invasão, a chegada dos chamados "bárbaros", em especial germânicos, es-
teve relacionada à falência do mundo escravista e à debilidade militar de Roma.
d) a população residente no antigo Império Romano integrou-se com as várias tribos germânicas invasoras,
formando as federações de Delos e do Peloponeso.
e) os conflitos entre romanos e germanos, decorrentes das invasões, acabaram caracterizando a denominada
Guerra dos Cem Anos.

86. O Império Bizantino se originou do Império Romano do Oriente, reunindo diferentes povos: gregos, egípcios,
eslavos, semitas e asiáticos. Em razão disso, foi preciso criar um eficiente sistema político e administrativo para
dar força e coesão àquele mosaico de povos e culturas. Sobre o Império Bizantino, é correto afirmar que:
a) a religião não fornecia a fundamentação do poder imperial e ainda absorvia grande parte dos recursos eco-
nômicos oriundos dos impostos, gerando várias crises.
b) a intolerância religiosa não deixava espaço de autonomia para que os indivíduos escolhessem seus próprios
caminhos para a salvação, pois o budismo era para eles a religião oficial.
c) a estrutura eclesiástica da Igreja era pequena, mas muito influente, provocando intensa espiritualidade po-
pular e diminuindo o poder do imperador, que era submisso ao papa.
d) a fusão entre poder temporal e poder espiritual (cesaropapismo) permitia que o imperador controlasse ao
mesmo tempo o poder militar e religioso.
e) a importância política do imperador impediu que a Igreja se desenvolvesse, abrindo espaço para o ateísmo
que ainda hoje caracteriza aquela região, correspondente à atual Turquia.

87. O Império Árabe está associado a um legado cultural islâmico secular. Assinale o significado histórico correto
da expressão islâmica que se manifesta na crise atual do Golfo Pérsico.
a) “Jihad” é a luta pela fé, pela restauração da palavra de Alá e expansão da fé islâmica.
b) “Muçulmano” é ser necessariamente árabe, ou seja, judeu.
c) “Mesquita” é o livro sagrado dos povos islâmicos.
d) “Kaaba” é aquele que pratica rezas diárias e segue o Islã.
e) “Hégira” é vocábulo árabe que no léxico português significa “tufão”.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


35

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 35 14/05/2013 11:42:38


AVALIAÇÃO ACADÊMICA SISTEMÁTICA

88. O feudalismo consiste em um conjunto de práticas envolvendo questões de ordem econômica, social e
política. Entre os séculos V e X, a Europa Ocidental sofreu uma série de transformações que possibilitaram o
surgimento dessas novas maneiras de se pensar, agir e relacionar. De modo geral, a configuração do mundo
feudal está vinculada a duas experiências históricas concomitantes: a crise do Império Romano e as Invasões
Bárbaras. A economia sofreu uma retração das atividades comerciais, as moedas perderam seu espaço de
circulação e a produção agrícola ganhara caráter subsistente.
O sistema feudal caracterizava-se:
a) pela inexistência do regime de propriedade da terra, predomínio da economia de comércio e organização
da propriedade pública.
b) pelo cultivo da terra por escravos com produção intensiva e grandes benefícios para os vassalos.
c) pela aplicação do sistema assalariado e trabalho forçado dos vilões nas pequenas propriedades senhoriais.
d) pela divisão da terra em pequenas propriedades e utilização de técnicas avançadas de cultivo.
e) pela propriedade senhorial da terra, regime de trabalho servil e bases essencialmente agrárias.

89. Entre os séculos XV e XVIII, a transição do feudalismo para o capitalismo, no mundo ocidental, engloba um
conjunto de transformações econômicas e sociais, entre as quais identificamos corretamente a(o):
a) fragmentação da propriedade fundiária senhorial e monárquica.
b) substituição da produção das manufaturas pelo sistema de corporações de ofícios.
c) supremacia das rotas terrestres e mediterrâneas no comércio com o oriente.
d) fortalecimento dos laços de servidão e vassalagem.
e) desenvolvimento da vida urbana por meio das atividades comerciais.

90. O tráfico negreiro paralisou o crescimento da população na África. No século XVII, a população africana
equivalia à da Europa e representava um quinto da população do globo. No século XX, representava menos
da décima terceira parte da população mundial, segundo Maurice Halbwachs. Por meio do tráfico, o Brasil
recebeu grandes contingentes de escravos africanos, que se distribuíram, no território, da seguinte forma:
a) na produção do café, em São Paulo, desde o século XVII; a partir de século XVIII, na Bahia e em Pernambuco.
b) os maiores contingentes de escravos africanos vieram para as áreas produtoras de açúcar, posteriormente
para a região das minas e, só mais tarde, para São Paulo, na produção de café.
c) para Minas Gerais, logo no início do século XVI, em seguida para o Espírito Santo, Pará e Alagoas, com a
produção de açúcar e, por último, para Pernambuco e Bahia.
d) na região algodoeira, onde o modo escravista de produção foi dominante e, em seguida, para a região da
borracha.
e) no Rio de Janeiro, com a vinda da Família Real, e no Rio Grande do Sul, como a mão de obra de uma agri-
cultura do tipo familiar.

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


36

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 36 14/05/2013 11:42:38


RASCUNHO

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


37

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 37 14/05/2013 11:42:38


RASCUNHO

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


38

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 38 14/05/2013 11:42:38


RASCUNHO

1a SÉRIE – ENSINO MÉDIO


39

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 39 14/05/2013 11:42:38


www.portalsas.com.br

2013_1oANO_AVALIAÇÃO_SISTEMÁTICA.indd 40 14/05/2013 11:42:38