Você está na página 1de 3

Pilhas Eletroquímicas

1. O trabalho produzido por uma pilha é proporcional à diferença de potencial (ddp) nela desenvolvida
quando se une uma meia-pilha onde a reação eletrolítica de redução ocorre espontaneamente (cátodo)
com outra meia pilha onde a reação eletrolítica de oxidação ocorre espontaneamente (ânodo). Com base
nas semirreações eletrolíticas a seguir, colocadas no sentido da oxidação, e seus respectivos potenciais,
assinale a opção que indica os metais que produzirão maior valor de ddp quando combinados para formar
uma pilha.
a) Cobre como catodo e prata como anodo.
b) Prata como catodo e zinco como anodo.
c) Zinco como catodo e cádmio como anodo.
d) Cádmio como catodo e cobre como anodo.
e) Ferro como catodo e zinco como anodo.

2. A corrosão eletroquímica opera como uma pilha. Ocorre uma transferência de elétrons quando dois
metais de diferentes potenciais são colocados em contato. O zinco ligado à tubulação de ferro, estando a
tubulação enterrada – pode-se, de acordo com os potenciais de eletrodo, verificar que o anodo é o zinco,
que logo sofre corrosão, enquanto o ferro, que funciona como cátodo, fica protegido. Dados: potenciais-
padrão de redução em solução aquosa: Temperatura = 25ºC; pressão = 1 atm; concentração da solução
no eletrodo = 1,0 M.
Semi reação ΔEº (volt)
Zn2+ + 2e → Zn(s) – 0,763 V
Fe2+ + 2e → Fe(s) – 0,440 V
Assinale a equação global da pilha com a respectiva ddp da mesma:
a) Fe2+ + 2e → Zn2+ + 2e ΔE = + 0,232V
c) Fe2+ + Zn → Zn2+ + Fe ΔE = + 0,323V
b) Fe + Zn → Zn + Fe
2+ 2+ ΔE = – 0,323V
d) Fe + Zn → Zn2+ + Fe2+ ΔE = – 0,323V
e) Fe2+ + Zn2+ → Fe0 + Zn0 ΔE = + 0,653V

3. Hoje em dia, as pilhas têm mais aplicação do que se imagina. Os automóveis usam baterias chumbo-
ácidas, os telefones celulares já usaram pelo menos três tipos de baterias – as de níquel-cádmio, as de
níquel-hidreto metálico e as de íon lítio –, os ponteiros laser dos conferencistas usam pilhas feitas de
óxido de mercúrio ou de prata. Recentemente foram desenvolvidas as pilhas baseadas em zinco e
oxigênio do ar, usadas nos pequenos aparelhos de surdez e que são uma tentativa de produzir uma pilha
que minimize as agressões ambientais. Para confeccionar estas pilhas, partículas de zinco metálico são
misturadas a um eletrólito (solução de KOH) e reagem com o O2; desta forma, a energia química se
transforma em energia elétrica. As reações da pilha com seus respectivos potenciais de redução são:

Semi-reações
Zn(s) + 2OH−(aq) → Zn(OH)2(s) + 2e− E0 = −1, 25 V
O2(g) + 2H2O(l) + 4e− → 4OH−(aq) E0 = +0, 40 V
Reação Global
2Zn(s) + O2(g) + 2H2O(l) → 2Zn(OH)2(s)

Assinale a alternativa correta.


a) Durante o funcionamento da pilha, haverá diminuição da quantidade de Zn(OH)2.
b) O agente oxidante nessa reação é o zinco.
c) Os elétrons são gerados no eletrodo de oxigênio.
d) No catodo, ocorre a redução do Zn.
e) A diferença de potencial da equação global é +1,65V.
4. O Instituto Luiz Coimbra (UFRJ) lançou o primeiro ônibus urbano movido a hidrogênio do Hemisfério
Sul, com tecnologia inteiramente nacional. Sua tração provém de três fontes de energia, sendo uma delas
a pilha de combustível, na qual o hidrogênio, gerado por um processo eletroquímico, reage com o oxigênio
do ar, formando água. A transformação de energia que ocorre na pilha de combustível responsável pelo
movimento do ônibus decorre da energia cinética oriunda do(a):
a) calor absorvido na produção de água.
b) expansão gasosa causada pela produção de água.
c) calor liberado pela reação entre o hidrogênio e o oxigênio.
d) contração gasosa causada pela reação entre o hidrogênio e o oxigênio.
e) eletricidade gerada pela reação de oxirredução do hidrogênio com o oxigênio.

5. Uma célula combustível é um dispositivo


eletroquímico constituído por dois eletrodos,
denominados de cátodo e ânodo, sendo capaz de
gerar eletricidade a partir de um combustível e de
um comburente, segundo a reação global:

H2(g) + O2(g) → H2O(l)

Igualmente, todas as células têm um eletrólito, onde


ocorre o transporte dos íons produzidos, e uma fina
camada de catalisador normalmente de platina ou
de níquel que recobre o eletrodo. O diagrama a
seguir representa uma célula combustível de
hidrogênio.

Assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).


01. Em uma célula de combustível de hidrogênio, o hidrogênio sofre redução e o oxigênio oxidação.
02. No ânodo, polo positivo, ocorre redução do hidrogênio.
04. O potencial gerado por uma célula combustível é negativo, assim podemos considerar que ocorre uma
reação espontânea.
08. Para gerar uma maior ddp (diferença de potencial), seria necessário construir uma bateria contendo
células combustíveis arranjadas em série.
16. Na célula combustível, os elétrons fluem do polo negativo para o polo positivo.
32. O catalisador acelera as reações químicas entre o oxigênio e o hidrogênio.
64. O hidrogênio é o comburente e necessita estar armazenado; o oxigênio é o combustível e vem do ar
atmosférico.

6. É antigo o desejo de substituir a energia oriunda de


combustíveis fósseis por uma outra fonte, cuja forma de
obtenção seja mais eficiente, mais barata e não cause
danos ambientais. Uma boa alternativa vem da célula
combustível do tipo hidrogênio-oxigênio (figura abaixo),
que gera eletricidade através de um processo
eletroquímico sem emissão de qualquer poluente, sem
barulho ou vibração.

De acordo com as informações sobre essa célula, é correto


afirmar:
a) A oxidação de O2(g) ocorre no cátodo.
b) A redução do H2(g) ocorre no ânodo
c) O potencial padrão da célula é igual a -0,43V
d) A reação eletroquímica da célula é espontânea nas
condições padrões
e) A reação global do processo eletroquímico é:
2H2(g) + O2(g)  2H2O(l) + 4e-
Termoquímica

1. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas
de compostagem, após a reciclagem, obtém-se a biomassa que, por fermentação anaeróbica, produz
biogás. Esse gás, além de ser usado no aquecimento de residências e como combustível em veículos e
indústrias, é matéria prima importante para a produção das substâncias de fórmula H 3C–OH, H3C–Cl,
H3C–NO‚ e H2‚ além de outras.
CH4(g) + H2O(v)  CO(g) + 3H2(g)

O gás hidrogênio pode ser obtido pela reação acima equacionada. Dadas as entalpias de formação em
kJ/mol, CH4 = - 75, H2O = - 287 e CO = - 108, a entalpia da reação a 25°C e 1 atm, é igual a:
a) + 254 kJ
b) - 127 kJ
c) - 470 kJ
d) + 508 kJ
e) - 254 kJ

2. Nos motores de combustão interna, o sulfeto de hidrogênio, presente em combustíveis, é convertido


no poluente atmosférico óxido de enxofre IV, como mostra sua equação de combustão abaixo.

H2S(g) + 3/2O2(g)  SO2(g) + H2O(l)

O sulfeto de hidrogênio é extraído dos combustíveis por um solvente que


possui baixa polaridade molecular e natureza ácido-básica oposta à sua.
As entalpias-padrão de formação de substâncias participantes na
combustão do sulfeto de hidrogênio são fornecidas adiante. O valor da
entalpia-padrão de combustão do sulfeto de hidrogênio em kJ.mol-1 é
igual a:
a) – 562
b) – 602
c) – 1124
d) – 1204

3. São dadas as seguintes energias de ligação: Com os dados


fornecidos é possível prever que a reação tenha ∆H, em kJ,
da ordem de: 2HCl(g) + F2(g)  2HF(g) + Cl2(g)

a) - 584,9, sendo endotérmica.


b) - 352,3, sendo exotérmica
c) - 220,9, sendo endotérmica
d) + 220,9, sendo exotérmica.
e) + 352,3, sendo endotérmica.

4. Analise o gráfico a seguir.

a) Indique as etapas endotérmicas e


exotérmicas.

b) Calcule a variação da entalpia na conversão


do CO2 em metanol.

Você também pode gostar