Você está na página 1de 58

MUNICIPIO DE CASCAVEL

r,
SECRETARIA MUNICIPAL OE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Oivisáo de Licitaçóes

MUNICíPIO DE CASCAVEL
TOMADA DE PREÇOS N.o 00/2019
,1. PREAMBULO

1.1 O Município de Cascavel, Estado do Paraná, sediado no Centro


Administrativo José Silvério de Oliveira, sito à Rua Paraná, n.o 5000,
Cascavel/PR, por intermédio da Divisão de Licitaçóes, com a devida
autorizaçáo e em conformidade com a Lei Federal n.o 8.666, de 21 de junho
de í993, e suas alterações, Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de
2006, e demais leis aplicáveis, torna público através deste instrumento que
promoverá licitação na modalidade TOMADA DE PREçOS, do tipo MENOR
PREÇO GLOBAL, em regime de execução indireta, empreitada por pÍeço
unitário, a qual terá por objeto o descrito no item 2.1 deste edital, o qual foi
solicitado pela Secretaria Municipal de Educação por meio de Requisição de
n.o 1016/20í9.

1.2 A Documentaçâo de Habilitaçáo e a Proposta de Preços deverão ser


protocoladas em envelopes fechados e indevassáveis, conforme descrito no
item 6 deste edital, até o dia 00 de xxxxx de 20'19, às 00 horas, na recepçáo
da Divisáo de LicitaçÕes, 2o andar do Cento Administrativo José Silverio de
Oliveira.

1.3 A abertura dos envelopes contendo a Documentação de Habilitação dar-se-á


na sala de licitações da Divisão supracitada, no dia 00 de xxxxx de 20í9, às
00 horas. Havendo a concordância da Comissão Permanente de Licitaçáo e
de todas as proponentes proceder-se-á, nesta mesma data, à abertura dos
envelopes contendo as Propostas de Preços.

1.4 Se na data prevista para a abertura do processo licitatório não houver


expediente na Prefeitura Municipal de Cascavel a sessão será transferida
automaticamente para o primeiro dia útil de funcionamento que se seguir,
obedecendo ao mesmo horário previsto nestê edital.

í.5 Para todas as referências de tempo observar-se-á o Horário Oficial de Brasília


(DF).

2. DO OBJETO E VALOR MÁX|MO DA LTCTTAçÃO

2.1 A presente licitaçâo tem^por objeto a Reforma do Centro Municipal de


Educação lnfantil Darci Angela Borges.

ENDEREÇO:
Centro Municipal de Educação lnfantil Darci Ângela Borges
Rua Cisne Branco, n.o 1681
Quadra 0066 - Lote 0054
Loteamento Clarito
Bairro Floresta
Cascavel - Paraná

Centro Âdministrativo José Sílvério de Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.801-011
MUNTCíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Oepartamento de Gestáo de Compras e Administraçáo
9
CASCAVEL Divisão de Licitações

2.2 O valor máximo desta licitação e de R$ 1.223.397,48 (um milhão duzentos e


vinte e três mil trezentos e noventa e sete reais e quarenta e oito centavos).

3. DA DTSPON|B|LIZAÇÃO DO EDTTAL

3.1 O texto do edital, a documentaçáo técnica e demais documentos poderão ser


acessados e baixados através do portal cascavel.atende.net ou retirados na
recepçáo da Divisão de Licitações mediante fornecimento de mídia eletrônica
de armazenamento de dados pelo interessado.

3.2 Os seguintes arquivos digitais compõem a documentação técnica relativa ao


objeto da licitação:

Orçôme.to
8J uc rrnçÀo_seuED_pE_c Mfl _oaRc r_aN6:LÀ_BoR6Es_Roo
1! ser..íeo_lr_eor_c MEr_DARC r_aNGELÂ_8oRGf s_Roo

Ê sEMÉD_pE_cRoNoGpáMA_cMEr_oaRcr_aNGELA_BoRGEs_Rm
Ê seueo_pe_oncrMENTo_cMEr_DARcr_aNGELÂ_BoRGEs_Rm

Projetos de Engenharia
:] DARCI ANGELA EORGES . OET.PINTURÂ . OI

:a DARCI ANGELÁ EORGES - DET.PINTURA - 02

1r-l oaRcr aruceu aoRGEs - oET.PTNTURA - 03


B oancr aruceu eoRGES - oET.pTNTURA - 04
],I DARCI ANGELA BORGES . DET.PINTURÂ . 05
,3 DARcr aNGELA BoRGES - oET.P|NTURA - 06

! DARcr aNGELA BoRGES - REFoRMA - 01

I:J DARCI ANGELA BORGES . REFORMA . 02

Q oaRcr anceu eoRGEs - REFoRMA - 03

B oaRcr aNGELA BoRGES - R€FoRMA . 04


li DARCI ANGEIA BORGES . REFORMA . 05

l,) oaRcr aNGEL.A BoRGES - REFoRMA - 06

r! OARCI ANGELA EORGES . REFORMA - O?

rll SEME0 - CMEr oaRCr aNGELA BOR6ES - CABEAMENTO - MARç0_2019

a SEMEO - CME| OARCTANGELA BORGES. E|-ETRTCO . MARçO_20I9 - FL Ol_02


ilr sEMrD - cMEr oARcr ANGELA BoRcEs - rtÉrruco - MARço_20r9 - FL 02_02

4. DAFORMALTZAçÃODECONSULTAS

4.1 lnformaçôes e esclarecimentos relativos ao edital somente serão prestados


quando solicitados por meio de mensagem eletrônica dirigida ao endereço
eletrônico caetanok@cascavel.pr.qov.br até 02 (dois) dias úteis antes da data
fixada para recebimento e abertura dos envelopes.

Cêntro Administrativo José SilvéÍio dê Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.801-011
2
ffi
rGqí
MUNIC|PIO DE CASCAVEL
SEcRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÂO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
dtt
?Z_,

CASCAVEL Divisáo de Licitaçôes

4,2 Seráo disponibilizados no portal cascavel.atende.net todos os avrsos,


comunicados e esclarecimentos pe rtinentes ao edital. Compete ao licitante
acessar o site pa ra obter as informacões.

5. DAS COND|ÇOES PARA PARTTCTPAÇÃO NA LICTTAçÃO

5.í Somente poderâo participar desta licitaçáo as empresas que possuírem o


Certificado de Registro Cadastral do Município de Cascavel ou de qualquer
outro órgão público, dentro do respectivo prazo de validade.

5.1.1 O licitante que optar por cadastrar-se no Município de Cascavel deverá


Íazê-lo alé 03 (três) dias antes da data da abertura da licitação (o rol
de documentos necessários para cadastro está disponível no portal
cascavel.a tende.net , no link Cadastro de Fornecedores).

5.2 Para participar desta licitação as proponentes deverão apresentar a


documentação referente à habilitaçâo mencionada no item 9, relativa à
pessoa jurídica que executará o objeto. Fica, portanto, vedada a juntada de
ceÉidóes de domicílios ou estabelecimentos (Íiliais) diferentes para fins
de habilitação, observadas as exceções legais.

5.3 Estaráo impedidos de participar de qualquer fase do processo os licitantes


que se enquadrem em uma ou mais das situagões a seguir:

5.3.1 Licitante que estiver sob falência ou recuperação judicial

5.3.í.1 Os interessados que estiverem sob processo de recuperação


judicial poderáo participar desta licitaçáo se amparados por
cedidão emitida pela instância judicial competente, que
certifique sua aptidáo econômica e financeira para participar de
procedimento licitatório nos termos da Lei 8.666/93.

5.3.2 Licitante que esteja suspensa de licitar pelo Município de Cascavel ou


declarada inidônea pela Administraçâo Pública Direta ou lndireta,
Federal, Estadual ou Municipal.

5.3.3 Que estejam reunidas em consórcio e sejam controladoras, coligadas


ou subsidiárias entre si.

5.3.4 Estrangeiras que não possuam sede no país


5.3.5 Licitante que tenha como sócio (s) servidor (es) ou dirigente (s) de
qualquer esfera governamental da Administração Municipal, conforme
previsto no art. 90 da Lei n.o 8.666/93.

5.3.6 Pessoa jurídica que possua sócio majoritário proibido de contratar com
o Poder Público em virtude de condenação por improbidade
administrativa, nos termos do arl. 12 da lei n.o 8.429, de 02 de junho de
1992.

Centro Administraüvo Jose Situério de Oliveka - Rua Paraná. 5000 - CEP: 85.801{11 3
tvtutilcíplo DE cAScAVEL a
ffiT
rE4, sEcRETARtA MUNtctpAL oE pLANEJAMENTo E cesrÃo
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisão de Licitações

6. DA FoRMA DE ApRESENTaÇÃo Dos ENVELoPES

6.'r O envelope de n.o 01 deverá conter a Documentação de Habilitação, elencada


no item 9 deste edital, e possuir as seguintes informações em sua face
enerna:

À coulssÁO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO MUNICÍPIO DE


CASCAVEL

ENVELOPE N.'1 - DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO


TOMADA DE PREÇOS N.o 00/2019
ABERTURA: DIA DE DE 2019, AS HORAS
RAZÃO SOCIAL: - -
CNPJ:
E-MAIL:

6.2 O envelope de n.o 02 deverá conter Proposta de Preços, @nforme requisitos


elencados no item 10 deste edital, e possuir as seguintes informaçôes em sua
face externa:

À coMrssÃo eERMANENTE DE LtcrrAÇÃo Do MuNrcÍpro DE


CASCAVEL

ENVELOPE N.O 2 - PROPOSTA DE P REÇOS


TOMADA DE PREÇOS N.o 00/2019
ABERTURA: DIA- DE DE 20í9, ÀS HORAS
RAZÃO SOCIAL:
CNPJ:
E-MAIL:

6.3 Para manter a lisura e promover a celeridade no procedimento licitatório


recomenda-se às proponentes que apresentêm os documentos devidamente
numerados, acompanhados do sumário.

7. DACARTADECREDENCIAMENTO

7.1 A proponente que encaminhar representante para participar da (s) sessão


(ôes) pública (s) do procedimento licitatório deverá formalizar uma Carta de
Credenciamento, conforme o modelo constante no anexo l, a qual deverá ser
entregue à Comissáo Permanente de Licitação no início da sessão de
abertura dos envelopes n.o I .

7.2 Será admitida a


participação ativa de
apenas um representante
especialmente designado de cada proponente nas reuniões desta licitaçâo.

8. DO PROCEDIMENTO

8.í Serão abertos os envelopes n.o 01, contendo a Documentação de Habilitação


das proponentes, e proceder-se-á a sua apreciação.

Centro AdministÍaüvo José Silvédo de Oliveüa - Rua Paíaná. 5000 - CEP: 85.801-01'l 4
iffii
rGa4,
CASCAVEL
MUNICíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestáo de Compras e Administração
Divisáo de Licitaçôes
u
8-2 Serão consideradas inabilitadas âs proponentes que não apresentarem os
documentos exigidos no item 9 deste edital.

8.2.1 A proponente inabilitada será devolvido o envelope contendo sua


Proposta de Preços, desde que náo tenha havido recurso ou, caso
haja, após sua denegaçáo.

8.3 Seráo abertos os envelopes n.o 02 das concorrentes declaradas habilitadas


desde que transcorrido o pÉzo recursal sem interposição de recurso, em
caso de desistência expressâ do direito de recurso ou após o julgamento dos
recursos interpostos.

8.4 Será verificada a conformidade de cada proposta com os requisitos exigidos


no item 10 deste edital, promovendo-se a desclassiÍicaÉo das propostas
desconformes ou incompatíveis.

8.5 O julgamento e a classificação das propostas se daráo de acordo com o


estabelecido no item 11 deste edital.

8.6 A Comissão Permanente de Licitaçâo poderá solicitar, a seu critério,


esclarecimentos e informações complementares ou efetuar diligências, caso
julgue necessário, sendo vedada a inclusão posterior de documentos que
deveriam constar originalmente das propostas.

8.7 Uma vez iniciada a abertura das propostas não serão admitidas quaisquer
retificações que possam influir no resultado, nem admitidos à licitação
proponentes retardatários.

8.8 Às proponentes é assegurado o direito de interposição de recursos,


obedecendo à forma, procedimentos e prazos estabelecidos no art. 109 da
Lei 8.666/93.

8.9 Em atendimento à Lei Municipal n.o 6.772, de 10 de novembro de 20í7, a qual


dispÕe sobre a publicidade dos atos praticados nos procedimento licitatórios,
a (s) sessáo (ões) pública (s) será (áo) gravada (s) em áudio e vídeo e
transmitida (s) ao vivo por meio da rede mundial de computadores em
endereço definido pelo Município.

9 DA DOCUMENTAçÃO DE HABILITAçÃO

9.í A Documentação de Habilitação consistirá em:

9.1.1 PARA COMPROVAÇÃO Oa HABTLTTAçÃO JUR|DTCA


Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor (contrato
social acompanhado de todas as alterações ou a última
alteração contratual consolidada), devidamente registrado, em
se tratando de sociedades comerciais, e acompanhado, no caso
de sociedade por ações, dos documentos de eleição de seus
atuais administradores;

Centro Administrativo José Silvério dê Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.801-011
5
MUNICíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisão de Licitaçôes

il- lnscrição do ato constitutivo, no caso de sociedade civil,


acompanhada de prova da diretoria em exercício;

il- Decreto de Autorizaçáo, em se tratando de empresa ou


sociedade estrangeira em funcionamento no País;

lV - Certificado de Registro Cadastral do Município de Cascavel ou


de qualquer outro órgáo público, dentro do respectivo prazo de
validade.

9.1.'1.'l Os documentos exigidos nos incisos I e ll poderão ser


substituídos pela Certidão Simplificada da Junta Comercial ou
por fotocópias autenticadas dos êÍratos da Junta Comercial,
devidamente publicados no Diário Oficial, indicando e
relacionando os representantes legais composição ea
acionária da empresa.

*9,1,2 PARA COMPROVAÇÃO DA QUALIFICAçÃO TÉCMCA

Declaração de Recebimento e/ou Acesso à Documentaçáo,


conforme modelo do anexo ll;

*{l - Certidão de Registro da licitante no Conselho Regional de


Engenharia e Agronomia (CREA) ou no Conselho de Arquitetura
e Urbanismo (CAU), dentro do prazo de validade;

-+ lll - Atestado (s) de Capacidade Técnica, em nomê da licitante,


emitido (s) por pessoa (s) jurídica (s) de direito público ou
privado, em que conste, obrigatoriamente, o CNPJ da licitante
como o da empresa contratada, o início e término da obra, e sua
localização, comprovando:

a) Execução de cobertura com estrutura metálica, em


quantidade nâo inferior a 230,00m2 ou com no mínimo
2.300,00kg;

b) Execução de revestimento de piso e/ou parede com


cerâmica e/ou porcelanato e/ou vinílico, em quantidade
nâo inferior a 390,00 m'z;

c) lnstalaçáo de rede elétrica interna e/ou externa em


edificação com instalação de pontos de luz e/ou força
(luminárias e/ou tomadas), em quantidade não inferior a
í20 pontos.

í lv- Atestado (s) e/ou Declaração (ões) de Capacidade Técnico-


Profissional, devidamente registrado (s) no Conselho Regional
de Engenharia e Agronomia - CREA ou no Conselho de
Arquitetura e Urbanismo - CAU, acompanhado (s) da (s)

CêntÍo AdministÍativo José Silvério de Olúeira - Rua Paíaná, í)00 - CEP: E5.E01{11 6
itíf,?
lG"4'
MUNICíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administraçáo
t-
'*r )

CASCAVEL Divisáo de Licitações

respectiva (s) Certidão (óes) de Acervo Técnico - CAT, expedida


(s) pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia - CREA
ou Conselho de Arquitetura e Urbanismo - CAU, comprovando a
existência de Anotação (ões) de Responsabilidade Técnica -
ART (s) pelos serviços constantes do (s) Atestado (s) de
Capacidade Técnico-Profissional apresentado (s), quê ateste a
execução, para pessoa jurídica de direito público ou privado (que
nâo a própria licitante), de no mÍnimo:

a) Execução de cobertura com estrutura metálica;

b) Execuçáo de revestimento de piso e/ou parede com


cerâmica e/ou porcelanato e/ou ünÍlico;

c) lnstalaçáo de rede elétrica intema e/ou externa em


edificaçáo com instalação de pontos de luz e/ou força
(luminárias e/ou tomadas).

*v- Certificado de Registro do (s) Profissional (is) detentor (es) do (s)


Atestado (s) e/ou Declaração (ões) de Capacidade Técnico-
Profissional apresentado (s) junto ao Conselho Regional de
Engenharia e Agronomia (CREA) ou ao Conselho de Arquitetura
e Urbanismo (CAU), denúo do prazo de validade;

{vl - Comprovaçáo de vínculo profissional entre a licitante e o (s)


Engenheiro (s) e/ou Arquiteto (s) detentor (es) do (s) Atestado
(s) e/ou Declaraçáo (ões) de Capacidade Técnico-Profissional
apresentado (s), na forma do item 9.1 .2.1 , ou declaração de
contÍatação futura do (s) profissional (is) acompanhada de
anuência deste (s).

9.1.2.1 A comprovação de vínculo profissional de que trata o inciso Vl


se fará mediante a apresentação de:

a) Cópia da Carteira de Trabalho (CTPS) em que conste a


licitante como empregadora; ou

b) Cópia do Contrato Social da licitante em que conste o


profissional como sócio; ou

c) Cópia de Contrato de Prestação de Serviços;

9.1.2.2 A anuência do (s) proÍissional (is) de que trata o inciso Vl


poderá ser suprida mediante assinatura deste (s) na
declaraçáo de contrataçáo futura, desde que devidamente
identificada (s).

9.1.2.3 Caso apresente declaração de contratação futura de


profissional (is) para fins de habilitação e tenha para si

Cenlro Adminishativo José SitvéÍio de OlúeiÍa - Rua Paraná, 5000 - CEP: 65.601{11 '7
MUNICIPIO DE CASCAVEL rf,
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÂO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
cascÂvEL Divisão de Licitações

adjudicado o
objeto desta licitação, deverá empresa a
comprovar o vínculo com o (s) profissional (is) detentor (es) do
(s) Atestado (s) e/ou Declaração (oes) de Capacidade Técnico-
Profissional apresentado (s) por ocasião da assinatura do
contrato, conforme item 12.5.3.

9.1.2.4 Admitir-se-á, paÍa comprovação da capacidade técnico-


operacional e da capacidade técnico-profissional, que as
parcelas de maior relevância consignadas nos incisos lV e V
constem em diferentes atestados e/ou declarações.

9.1.2.5 Nâo será (áo) aceito (s) Atestado (s) de Capacidade Técnico-
Operacional e/ou Atestado (s) e/ou Declaraçáo (Ões) de
Capacidade Técnico-Profissional de obra (s) ainda não
concluída (s).

9.1.2.6 Náo serão aceitos atestados de licitantes que atestem para si a


qualidade de serviços ou obras executadas, sendo necessário
que o documento seja fornecido por pessoa jurídica diversa da
licitante.

9.1.3 PARA COMPROVAÇÃO DA QUALTFTCAçÃO ECONÔM|CO-


FINANCEIRA

Certidão Negativa de Falência e Recuperação Judicial, expedida


pelo distribuidor do local da sede da proponente, com data de
emissão não superior a 90 (noventa) dias da data fixada para
recebimento e abertura dos envelopes.

9.1.4 PARA COMPROVAÇAO DA REGULARIDADE F]SCAL E


TRABALHISTA

Prova de regularidade para com a Receita Federal do Brasil,


mediante apresentação de Certidão Negativa de Débitos
Relativos aos Tributos Federais e à Divida Ativa da União,
expedida pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, do
domicílio ou sede da proponente, ou outra equivalente na forma
da lei;

il- Prova de regularidade para com a Receita Estadual, mediante


apresentação de Certidão Negativa de Tributos Estaduais,
expedida pela Secretaria de Estado da Fazenda, do domicÍlio ou
sede da proponente, ou outra equivalente na forma da lei;

Prova de regularidade para com a Fazenda Municipal, mediante


a apresentação de Certidão Negativa de Débitos Municipais,
expedida pela Secretaria Municipal da Fazenda, do domicílio ou
sede da proponente, ou outra equivalente na forma da lei;

Centro Adminislrativo José SilvéÍio dê Oliveirã - Ruâ Pârâná. 5000 - CEP: 85-801{11
8
MUNICíPIO DE CASGAVEL a3
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administraçáo
CASCAVEL Divisão de LicitaÇões

lV - Prova de inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça


do Trabalho, mediante a apresentação de Certidão Negativa de
Débitos Trabalhistas, nos termos do Título Vll-A da
Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei
ne 5.452, de íq de maio de 1943. (Conforme alteração trazida
pela Lei 12.440120'11\;

Prova de regularidade relativa ao Fundo de Garantia por Tempo


de Servlgo (FGTS), demonstrando situação regular no
cumprimento dos encargos sociais instituídos por lei, mediante a
apresentação da Certidão de Regularidade do FGTS;

Vl - Comprovante de lnscriçáo e de Situação Cadasúal no Cadastro


Nacional da Pessoa Jurídica do Ministério da Fazenda (CNPJ).

9.1.4.1 As certidôes exigidas nos incisos I a lV serão aceitas quando


positivas com efeitos de negativas.

9.í.5 EM CUMPRIMENTO AO DISPOSTO NO INC. XXXIII DO ART. 70 DA


CONSTITUIçÃO FEDERAL

Declaração de lnexistência de Empregados Menores, conforme


anexo lll.

9.2 Somente usufruiráo do tratamento diferenciado e favorecido previsto na Lei


Complementar 12312006 as Microempresas e Empresas de Pequeno Porte
que apresentarem comprovação documental de seu enquadramento
(preferencialmente por meio de declaraçáo, vide Anexo V). A declaração
deverá ser entregue no envelope n.o 01, junto da Documentação de
Habilitaçâo.

9.3 As Microempresas e Empresas de Pequeno Porte deveráo apresentar toda a


documentação exigida para comprovaçâo de sua regularidade fiscal e
trabalhista (item 9.'t.4), mêsmo que apresente alguma restriçáo, neste caso
sendo habilitadas sob condição.

9.3.1 Havendo alguma restrição na comprovaçâo da regularidade fiscal e


trabalhista, será assegurado o prazo de cinco dias úteis, cujo termo
inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado
vencedor do certame, prorrogável por igual período, a critério da
Administração, para regularização da documentação, para pagamento
ou parcelamento do debito e para emissáo de eventuais certidões
negativas ou positivas com efeito dê certidão negativa.

9.3.2 A náo regularizaçáo da documentação, no prazo previsto no item


anterior, implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo
das sanções previstas no art. 81 da Lei n.o 8.666/93, sendo facultado à
Administração convocar os licitantes remanescentes, na ordem de
classificação, para a assinatura do contrato, ou revogar a licitaçáo.

Centro Administrativo José Situédo de Oliveira - Rua Paraná. 5000 - CEP: 85.801-011
9
CASCAVEL
MUNICíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
Divisão de Licitações
2
9.4 A aprêsentaÇão do Certificado de Registro Cadastral expedido pêlo Município
de Cascavel, válido na data de abertura desta licitação, substituirá a
apresentação dos documentos especificados nos itens 9.1.1, incisos la lll, e
9.1.4, incisoVl.

9.4.1 O licitante que optar pela apresentação do Certificado de Registro


Cadastral expedido pelo Município de Cascavel em substituição aos
documentos citados no item anterior deverá apresentar Declaração de
lnexistência de Fato Superveniente, de acordo com o modelo do anexo
lV, sob pena de inabilitacâo. A declaração deverá ser assinada pelo
representante legal da empresa (apontado no contrato social ou
procuração com poderes específicos).

9.5 Os documentos necessários à habilitação da proponente poderáo ser


apresentados em original, por qualquer processo de ópia autenticada por
cartório competente ou por servidor da Administração, ou ainda por meio de
publicaÇão êm órgão de imprensa oficial.

9.5.1 A qualquer tempo poderá a Comissão Permanente de Licitaçâo solicitar


as vias originais de quaisquer dos documentos apresentados.

9.6 A aceitação de certidões ou documentos, quando emitidos através da internet,


à
fica condicionada verificaÉo de sua autenticidade, estando estes
dispensados de autenticação.

9.7 Não serão autenticados documentos no curso da (s) sessão (oes) pública (s)
da licitação.

10. DAPROPOSTADEPREçOS

í0.1 A Proposta de Preços deverá ser composta pelos seguintes documentos:

í0.í.í Carta Proposta Comercial, devidamente assinada pelo representante


legal da empresa proponente, contendo:

| - O valor global proposto, em algarismos e por extenso;

Do valor global proposto, o montante referente à mão de obra e


o referente aos materiais;

lll- O prazo de execução do objeto;

lV - O prazo de validade da proposta, conforme item í 0. í .1 .1 .


í0.1.í.í O prazo de validade da proposta será de 60 (sessenta) dias,
contado a partir da data fixada para entrega e abertura dos
envelopes. Na contagem do prazo excluir-se-á o dia de início
e incluir-se-á o dia do vencimento.

10.í.2 Planilha (s) Orçamentária (s), observadas as seguintes condiçôes:

Centro Administrativo José Situéíio de Oliveira - Rua Paraná. 5000 - CEP: 85.801-011 t0
'-!ô
MUNIC|PIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTAO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisão de Licitações

A proponente deverá preencher a (s) planilha (s) orçamentária


(s) relacionando os preços unitários e o parcial. O preço parcial e
resultante da multiplicaçáo das quantidades, fornecidas pelo
Município, pelo respectivo preço unitário. subtotal é O
proveniente da soma dos preços parciais e o preço global e
resultante da soma dos preços subtotais;

Il - O rol de serviços (descriçáo dos serviços) e quantidades


fornecido pelo Município náo poderá ser alterado pela
proponente. É vedada, ainda, a inclusão ou subtração, pela
proponente, de serviços e/ou quantidades no rol fornecido pelo
Município, sob pena de desclassificaçáo;

lll - Os custos unitários propostos deveráo ser iguais ou inferiores


aos estabelecidos pelo Município de Cascavel, ressalvado o
disposto no item 10.2;

lV - Os custos unitários de serviços idênticos, existêntes em locais


distintos da (s) planilha (s) orçamentária (s), devem ser
apresentados sem divergência entre si, sendo necessária a
apresentaçâo de justiÍicativa técnica, assinada por engenheiro
ou arquiteto responsável pela elaboração do orçamento da
proponente, de cada caso de divergência de preço entre
serviços com descrição idêntica.

10.1.3 Cronograma (s) Físico-Íinanceiro (s), prevendo todas as etapas da


obra e considerando o devido equilíbrio financeiro, ajustado à proposta
apresentada.

10.1.4 Planilha (s) de Composição do (s) percentual (is) de BDI,


contemplando as seguintes despesas:

a) Taxa de rateio da Adminisúaçáo Cenúal;


b) Taxa de Seguro + Garantia,
c) Taxa de Risco;
d) Despesa Financeira;
e) Taxa de Lucro;
f) Tributos.
,,10.2 Em condições excepcionais, devidamente justificadas em relatório técnico
circunstanciado aprovado pela autoridade competente, pod eráo os precos
unitários propostos pelo licitante ultrapassar os preços unitários estimados
(acrescidos do INCC-DI acumulado da data-base do orçamento estimativo até
a data-base da apresentação das propostas).

í 0.2.í Caso as justiflcativas apresentadas náo sejam aceitas, o licitante


deverá, sob pena de desclassificação da proposta, adequar conforme
estabelecido pela Comissão Permanente de Licitaçáo, os preços
unitários ofertados aos fixados na (s) Planilha (s) Orçamentária (s)
fornecida (s) pelo MunicÍpio de Cascavel.

Centro Admihistraüvo José Silvédo de Oliveira - Rua Paraná. 5000 - CEP: 85.80í-0í 1
-?ê
<-
)
MUNICíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL OE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisão de Licitaçôes

10.2.2Não se admitirá a alteração dos preços unitários propostos que se


encontravam inferiores aos estimados pela Administraçâo como forma
de compensar a adequaçáo dos preços unitários superiores aos
estimados pela Administração.

10.3 Orienta-se que os documentos quê compÕe a Proposta de Preços sejam


entregues encadernados, dispostos de acordo com a ordem encontrada no
item 10.í e com as páginas numeradas sequencialmente. Com isto, visa-se
conferir maior segurança aos proponentes e facilitar os trabalhos da
Comissáo Permanente de Licitação.

10.4 A apresentaçáo da Proposta de Preços nesta licitaçâo constituirá prova de


que a proponente:

10.4.1 Examinou criteriosamente todos os documentos do edital e seus


anexos, que comparou entre si, e obteve do Municipío de Cascavel as
informações necessárias antes de apresentáJa.

10.4.2 Ficou ciente de todos os detalhes do objeto, descritos na proposta, e


de que conhece todas as especificações e condições de execuçáo do
objeto deste edital.

10.4.3 Sendo vencedora da licitaçáo, assumirá integral responsabilidade pelo


perfeito e completo cumprimento do que está previsto no presente
edital, em todas as suas fases.

11. DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS

11.1 Abertos os envelopes contendo as propostas de preços das licitantes


habilitadas, estas seráo rubricadas pelos membros da Comissão Permanente
de Licitação e pelos representantês legais das licitantes que se Íizerem
presentes.

11.1.1 A Comissão, caso julgue necessário, poderá suspender a reuniáo para


análise das mesmas.

1'|.2 A Comissão verificará as propostas apresentadas, desclassificando aquela


que:

11.2.1 Não atenda aos requisitos especificados no item 10 deste edital,


ressalvado o disposto no item 11.3.

11 .2.2 Oferte valor global superior ao valor fixado no item 2.2 deste edital.

í1.2.3Cotar valor manifestamente inexequível, conforme o estabelecido no


art. 48 da Lei 8.666/93. Consideram-se inexequÍveis as propostas cujos
preços globais sejam inferiores a 70o/o (setenta por cento) do menor
dos seguintes valores:

Centro Administratúo José Siúéíio de OliveÍa - Rua Paraná, 5000 - CÊP: E5.601-011
t2
iiffi
rGr4í
MUNtGiPtO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
cÀscavEL Divisão de Licitações

Média aritmética dos preços globais das propostas, superiores a


50% (cinquenta por cento) do valor fixado no item 2.2;

ll - Preço global fixado no ilem 2.2

11.2.4 Contiver vícios ou omissa


ilegalidades, for
apresentar ou
inegularidades ou defeitos capazes de dificultar o julgamento.

1'1.3 Poderá a Comissão Permanente de Licitaçâo, se constatar a existência de


erros na proposta, facultar ao licitante que a ajuste, na forma e prazo por ela
indicados, desde que não haja majoração do preço proposto.

1 1.3.'l A recusa do licitante ou a inobservância dos prazos e/ou condiçÕes


estabelecidos pela Comissáo Permanente de Licita@o implicará a
sumária desclassiÍicaçáo da proposta.

113.2É vedada a inclusáo posterior de documentos que deveriam constar


originalmente das propostas.

11.4 As propostas consideradas satisfatórias serão classificadas pela ordem


crescente do valor global ofertado.

11 .5 Havendo Microempresas ou Empresas de Pequeno Porte a Comissão


comparará os valores por elas ofertados ao valor ofertado pela primeira
colocada, se esta for empresa de maior porte, a Íim de verificar a ocorrência
do empate previsto no artigo 44 da Lei Complementar 12312006.

1 í.5.1 Considerar-se-á empate quando as propostas apresentadas por


Microempresas e Empresas de Pequeno Porte sejam iguais ou até
10% superiores à proposta de menor preço classificada, desde que
esta nâo tenha sido apresentada por outra Microempresa ou Empresa
de Pequeno Porte.

1í.5.2Ocorrendo o empate acima descrito a Microempresa ou Empresa de


Pequeno Porte melhor classificada poderá apresentar nova proposta
de preço, inferior à menor proposta classificada, na própria sessão se
prêsente o representante com poder para ofertar nova proposta, ou no
prazo de 48 (quarenta e oito) horas caso náo esteja presente. Uma vez
apresentada, a nova proposta em valor inferior será considerada
vencedora do certame e terá o objeto adjudicado em seu favor.

11 .5.3 No caso de equivalência dos valores apresentados pelas


Microempresas e Empresas de Pequeno Porte que se encontrêm no
intervalo estabelecido no item 11.5.1, será realizado sorteio entre elas
para que se identifique aquela que primeiro poderá apresentar melhor
oferta.

Cenlro Adminislrativo José Silvério de Olivêiía - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.801{11 l3
wtuntcípto DE cAScAVEL a
ffií?
rG4, SEcRETARTA MUNtctpAL DE pLANEJAMENTo E cesrÃo
Departamento de Gestão de Compras e Administração
cÂscavEL Divisáo de Licitaçôes

1'l.5.4Caso a beneÍiciada náo apresente nova proposta de preços na forma


do item 11.5.2, seráo convocadas as Microempresas e Empresas de
Pequeno Porte remanescentes que se enquadrarem na hipótese do
item 11 .5.1 , segundo a ordem de classificação.

11.5.5Na hipótese de não contrataçáo de Microempresa ou Empresa de


Pequeno Porte nos termos dos itens anteriores o objeto será
adjudicado em favor da proposta de menor preço originalmente
vencedora do certame.

í 1 .6 Havendo empate entre duas ou mais propostas a classificação se fará por


sorteio, em ato público, para o qual todas as proponentes serão convocadas.

11.7 Em caso de discrepância entre o valor grafado por extenso e em algarismos,


prevalecerá o valor grafado por extenso para efeito de julgamento das
propostas.

1 1.8 Findo o julgamento, considerar-se-á vencedora a proposta que apresentar o


MENOR VALOR GLOBAL.

12. DO INSTRUMENTO CONTRATUAL

12.1 Adjudicado o objeto desta licitação o Município de Cascavel convocará o


adjudicatário para assinar o termo de Contrato.

12.2 A convocação dar-se-á mediante notmcação publicada no Órgão Oficial do


Municipio e encaminhada ao endereço de correio eletrônico informado pelo
licitante êm sua proposta de preços, facultando-se ainda a utilização de outros
meios, a criterio do Município de Cascavel.

'12.3 O convocado terá o prazo de 05 (cinco) dias úteis, contado a partir da


convocação, para providenciar a assinatura do Contrato, sob pena de decair o
direito à contratação em caso de descumprimento, sem prejuízo das sançÕes
previstas no art. 81 da Lei n.o 8.666/93.

12.3.'l Este prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual periodo, quando
solicitado pelo proponente vencedor durante o seu transcurso, desde
que ocorra motivo justificado, aceito pelo Município de Cascavel.

'12.3.2 Na hipótese de envio do Contrato por correspondência a contagem do


prazo terá como marco inicial a entrega do instrumento ao destinatário.

12.3.3 lnformações poderão ser obtidas na Divisão de Licitaçoes/Contratos,


no endereço indicado no preâmbulo deste edital, ou por meio de
mensagem ao endereço de correio eletrônico
compras@cascavel.or.oov. br. Telefone: (45) 3321-2300

Centro Adminisiralivo José Silvéíio de Olivêira - Ruâ Paíaná. 5000 - CEP: 85-801-01'l
l4
MUNICíPIO DE CASCAVEL Itr
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO ú_,
Departamento de Gestão de Compras e Administraçáo
CASCAVEL Divisão de Licitaçóes

12.4 O prazo de vigência do contrato será de 12 ldozel meses, contado a pârtir da


data de sua assinatura, podendo vir a ser pronogado a critério e no interêsse
do CONTRATANTE. O prazo de vigência da contrataçáo é destinado ao
periodo necessário para cumprimento das formalidades legais decorrentes.

'12.4.1 O prazo acima poderá ser revisto nas hipóteses e forma a que alude o
aft. 57 da Lei n.o 8.666/93.

12,5 No ato de assinatura do Contrato a empresa deverá apresentar:

12.5.1 Declaração de Atendimento à Lei Municipal n.o 5.387/2009 (Modelo no


anexo lX).

12.S.2Declaraçáo de Não Possuir em Seu Quadro Societário Servidor ou


Dirigente de Órgão ou Entidade do Contratante (Modelo no anexo X).

12.5.3 Comprovação de vínculo com o (s) proÍissional (is) detentor (es) do (s)
Atestado (s) e/ou Declaração (ões) de Capacidade Técnico-Profissional
apresentado (s) para fins de habilitação, mediante a apresentação de:

| - Cópia da Carteira de Trabalho (CTPS) em que conste a licitante


como empregadora; ou

[- Cópia do Contrato Social da licitante em que conste o


profissional como sócio; ou

lll - Cópia de Contrato de Prestaçâo de Serviço

12.6 O Município de Cascavel poderá, quando a convocada náo assinar o contrato


no prazo e condigÕes estabelêcidas neste edital, convocar as proponentes
remanescentes, na ordem de classificaçáo, para Íazê)o em igual prazo ê nas
mesmas condições propostas pela primeira classificada, inclusive quanto aos
preços, ou revogar a licitação independente da cominação prevista no art. 81
da Lei n.o 8.666/93.

12.7 O valor do contrato será fixo e irreajustável, porém poderá ser corrigido
anualmente mediante requerimento da contratada, após o interregno minimo
de um ano, contado a partir da data limite para a apresentação da proposta,
pela variaçáo do índice INCC DI/FGV ou outro que vier a substituí-lo, e
afetará exclusivamente as etapas/parcelas do empreendimento cujo atraso
nâo decorra de culpa da contratada.

í3. DA GARANTIA

13.'l No prazo de 05 (cinco) dias úteis após a data de assinatura do contrato o


contratado deverá apresentar à Divisão de Contratos comprovação da
prestação de garantia no valor equivalentê a 05% (cinco por cento) do valor
do contrato, sob pena de rescisão do instrumento, sem prejuízo das sançõês
cabíveis.

Centro Administíativo José Silvério de Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.801-01'l t5
MUNICíPIO DE CASCAVEL
,L
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisáo de Licitaçóes

13.2 Caberá ao adjudicatário optar por uma das modalidades de garantia


estabelecidas no art. 56, § 1o, da Lei 8.666/93:

t- caução em dinheiro ou em títulos da dívida pública, devendo esfes fer


sido emitidos sob a forma escitural, mediante registro em sistema
centralizado de liquidação e de custódia autoizado pelo Banco Central
do Brasil e avaliados pelos seus valores econômicos, conforme
definido pelo Ministéio da Fazenda;

ll - seguro-garantia;

lll - fiança bancáia

13.2.1 O prazo de vigência da garantia, quando prestada por meio de seguro-


garantia ou pela fiança bancária, deveÉ abranger o pÍazo de vigência
do contrato.

13.3 Se ocorrer majoraçáo do valor contratual o valor da garantia de execuçâo


será acrescido pela aplicaçâo de 05% (cinco por cento) sobre o valor
contratual majorado.

13.4 No caso de redução do valor contratual, poderá a contratada ajustar o valor


da garantia de execução, se assim o desejar.

í3.5 Se ocorrer a prorrogaçáo dos prazos contratuais deverá ser providenciada a


renovação da garantia contemplando o novo período.

13.6 A garantia prestada pela contratada será liberada ou restituída após a


execução do contrato e quando em dinheiro, atualizada financeiramente.

14. DO CUSTEIO DAS DESPESAS

14.1 As despesas deconentes da execução do objeto contratado seráo suportadas


através da (s) seguinte (s) dotação (ões) orçamentária (s):

Funcional
71 12365581 I 083.449.051.01 0.500.000.000
Programática:
Orgão: 7 - Secretaria Munl de Educaçáo
Unidade: 1 - Secretaria Munl de Educaçâo

Ação:
í 't 08 -
Reformar e
ampliar Centros Municipais de
EducaÇão lnfantil - Demais Fontes de Recursos
Vínculo: 107 - C/54363-2 MDE/Salário Educação
Subelemento: 3.449.051 .01 0.500.000.000 - Escolas/colégios

15. DOS MATERIAIS, MÃO DE OBRA E EQUIPAMENTOS

Centro Adminislrativo José Silvério de Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.E01{11 t6
rffi
rc4,
MUNICIPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e AdministraÇão
cascÂvEL Divisão de LicitaÇôes

15.1 A Contratada deverá apresentar para aprovação do Contratante, quando a ela


solicitado, catálogos, desenhos, diagramas, nomes dos fabricantes e
fornecedores, resultados de testes, ensaios, amostras e demais dados
informativos sobre materiais empregados na execuçâo do objeto, de modo
que permita sua perfeita identificação quanto à qualidade e procedência.

15.2 A Contratada, na execução do objeto, ficará obrigada, a qualquer tempo e às


suas expensas, a realizar análises, exames, ensaios, pesquisas ou testes
necessários à comprovação da qualidade e procedência de material
empregado na execução do objeto.

15.3 Os trabalhos mencionados nos itens anteriores deverâo ser desenvolvidos


pelo lnstituto de Tecnologia do Paraná - TECPAR ou outro órgão tecnico
aprovado pelo Contratante para o efetivo controle de qualidade de materiais,
tornando-se obrigatória a apresentação por parte da contratada do Certificado
de Análise.

15.4 Caso verifique-se desempenho inadequado de material empregado, a


fiscalizaçáo do Contratante poderá recusar sua utilização, mesmo que este
tenha sido aprovado previa e comprovadamente, náo permitindo seu emprego
e exigindo sua retirada, a contar do momento da recusa, sem ônus para o
Mu nicípio.

15.5 A responsabilidade pelo fornecimento em tempo hábil de materiais será da


Contratada. Consequentemente, esta não poderá solicitar prorrogação de
prazo, nem justificar retardamento na execução do objeto em decorrência do
fornecimento deficiente de materiais.

15.6 As providências necessárias para o recrutamento administrativo, transporte,


acomodação, alimentação e qualquer outra questão relacionada à máo de
obra serão de responsabilidade exclusiva da Contratada. Em virtude disto, a
Contratada respondeÉ por todas as despesas e obrigações relativas a
salários, alimentaçáo, assistência médica, previdência social, trabalhista,
notadamente pelo fiel cumprimento dos dispositivos da Consolidação das Leis
do Trabalho e legislação correlata. O Contratante poderá, a seu critério,
determinar a paralisação da execução do objeto quando julgar que as
condições mínimas de segurança e higiene do trabalho não estáo sendo
observadas pela Contratada. Este procedimento não justificará eventuais
atrasos na execução do objeto.

16. DA EXECUÇÃO DO OBJETO

16.1 O prazo máximo para a execução do objeto será de 08 (oito) meses, contado
a partir da emissão da Ordem de Serviço pela Secretaria Municipal de
Serviços e Obras Públicas.

16.1.1 O prazo acima poderá ser revisto nas hipóteses e forma a que alude o
art. 57 da Lei n.o 8.666/93.

Centro Administíaüvo José Silvêrio de Olivdra - Ruâ PaÍaná. 5000 - CEP: 85.801-011
17
MUNICIPIO DE CASCAVEL a4
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAITIENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisão de Licitaçôes

í6.2 A Contratada deverá atender rigorosamente ao disposto nos itens do presente


edital e do contrato, permanecendo responsável pela segurança, eficiência e
adequação dos métodos, máo de obra, materiais e equipamentos utilizados
na execução do objeto, bem como deverá atender às normas técnicas
definidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

í 6.3 A Contratada deverá, às suas custas, demolir ou refazer quaisquer partes do


objeto que, a juízo da fiscalização, não tenham sido executadas de acordo
com o estipulado nos documentos de contrato, edital e demais elementos
instrutores.

'16.4 A Contratada assumirá integral responsabilidade pelos danos que causar ao


Município de Cascavel ou a terceiros, por si ou por seus sucessores e/ou
prepostos, na execução do objeto da presente licitaçáo, isentando o Município
de qualquer reclamação que possa surgir em decorrência destes, inclusive
quanto às de natureza trabalhista, previdenciária, fiscal e civil.

16.5 A Contratada se obriga a

16.5.1 Atender na íntegra ao disposto no Termo de Referência

16.5.2 Prestar-se à execução do objeto na forma âjustada.

16.5,3Atender aos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais


decorrentes da execução do contrato.

16.5.4Manter durante toda a execução do contrato, em compatibilidade com


as obrigações assumidas, todas as condições de habilitação e
qualificação exigidas na licitaçáo.

16.5.5 Apresentar, sempre que solicitado durante a execução do contrato,


documentos que comprovem estar cumprindo a legislação em vigor
quanto às obrigaçÕes assumidas na licitação, em especial, encargos
sociais, trabalhistas, previdenciários, tributários, fiscais e comerciais.

16.5.6 Cumprir e
ÍazeÍ cumprir todas as normâs regulamentares sobre
Medicina e Segurança do Trabalho.

16.5.7Apresentar a Anotação de Responsabilidade Tecnica (ART) no início


da execução do contrato, recolhida e quitada.

í 6.5.8 Assegurar, durante a execução da obra ou serviços, proteção e


conservaçáo dos serviços executados.

í6.5.9 Executar os reparos que se fizerem necessários nos serviços de sua


responsabilidade.

Centro Administrativo José Silvério de Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.801-0't 1
t8
MUNICIPIO DE CASCAVEL b;
iÊ?
rG4, SEcRETARIA MUNtctpAL DE pLANEJAMENTo E GEsrÃo
-/_
DepaÍtamento de Gestão de Compras e Administraçáo
CASCAVEL Divisão de Licitações

16.5.10 Permitir e facilitar à fiscalização a inspeção do local da obra, devendo


prestar todos os informes e esclarecimentos solicitados por esta,
desde que pertençam seus fiscalizadores ao Município de Cascavel
ou a terceiros por ele credenciados ou designados.

16.5.1í Manter em todos os locais de serviço um sistema seguro de


sinalização e sêgurança, principalmente nos de trabalho em vias
públicas, de acordo com as normas de segurança do trabalho.

16.5.12 Comunicar à fiscalização a oconência de qualquer fato ou condição


que possa atrasar ou impedir a conclusão da obra em partes ou no
todo.

í6.5.13Apresentar, quando do término da obra, o CertiÍicado de Conclusão


de Obra (CCO).

16.5.14Será por conta da Contratada o seguro de responsabilidade civil geral


no valor condizente com as condições, potenciais de riscos e
peculiaridades dos serviços a serem executados.

16.5.15 Contratar no minimo 30% (trinta por cento) da mão de obra utilizada
na execuçâo do objeto entre moradores domiciliados no Município de
Cascavel, em atendimento à Lei Municipal n.o 5.387/09.

16.6 Não é permitido subempreitar de forma total o objeto desta licitação, porem
mediante prévia comunicação e autorização do contratante, a subempreitada
parcial de serviços poderá ser autorizada, sendo a subcontrataçáo de
responsabilidade exclusiva da empresa titular.

17. DO BOLETTM DE MED]ÇÃO

17.1 As medições serão efetuadas quando da conclusáo das parcelas previstas no


cronograma Íisico-fi nanceiro.

17 .2 Os métodos de mediçáo a serem utilizados serão determinados pelo


Município de Cascavel, que acolherá o mais apropriado para a classe de
serviços medidos.

17.3 A fiscalização elaborará em conjunto com a contratada as medições dos


serviços concluídos de acordo com as parcelas do cronograma físico-
financeiro.

17.4 A Contratada elaborará e apresentará à fiscalização boletim de mediçáo no


impresso de planilha de serviços.

17.5 No caso de divergência entre o boletim de medição e a medição da


fiscalização, o mesmo será devolvido à contratada para correçáo.

Centro Administrativo José Silvério dê Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.601-011 t9
,ffi
\Eq,
CASCAVEL
MUNICíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL OE PLANEJAMENTO E GESTAO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
Divisão de Licitações
u
17.6 O boletim de medição será emitido em 03 (três) vias, e terá a seguinte
distribuição:

17.6.1 Uma via à Contratada, a qual deverá acompanhar a fatura.

17.6.2Uma via ao Contratante, para seu arquivo.

í7.6.3 Uma via para arquivamento no processo licitatório.

17.7 Medida ê atestada a execução dos serviços, a contratada entregará a


correspondente Nota Fiscal na Secretaria Municipal de Serviços e Obras
Públicas.

í8. DO PAGAMENTO E DO FATURAMENTO

í8.1 O pagamento será realizado em até 15 (quinze) dias após a apresentaçáo da


Nota Fiscal. Será retido ao INSS 11o/o (onze por cento) do valor
correspondente à mão de obra (a alíquota será calculada conforme legislação
vigente).

í8.1.í O pagamento referente à primeira medição será liberado mediante


apresentaÉo de:

Anotaçâo (ões) de
Responsabilidade Técnica (ART) e/ou
Registro (s) de Responsabilidade Técnica (RRT) referente (s) à
execuçáo da obra, devidamente recolhida (s) e quitada (s);

il- Ordem de Serviço ou documento equivalente, emitido pelo


Contratante.

18.1 .2 Os pagamentos serão liberados mediante apresentação das notas


fiscais acompanhadas das medições e dos seguintes documentos:

| - Relação dos funcionários da obra;

ll - GPS por matrícula;

lll - GEFIP ou SEFIP;

lV - CRF (Certificado de Regularidade do FGTS);

V- Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas - CNDT;


Vl - Certidão Negativa de Débitos Relativos aos Tributos Federais e
à Divida Ativa da União;

Vll - Dados bancários para depósito (É obrigatório que o CNPJ


vencedor da licitação seja o mesmo da conta corrente indicada
para depósito).

Centro Administralivo José Silvédo de Oliveira - Rua Paraná. 5000 - CEPt 85.801-011
20
ffi lGqí
MUNIC|PIO DE CASCAVEL
SEcRETARIA MUNtctpAL DE pLANEJAMENTo E cesrÃo
Departamento de Gestão de Compras e Administração
Qo

CASCAVEL Divisão de Licitaçóes

18.í.3 Para liberação da última parcela será obrigatória a apresentaçáo do


Certificado de Conclusão de Obra (CCO) e da Certidão Negativa da
Matricula da Obra no Cadastro Específico do INSS (CEl).

18,2 A Nota Fiscal deverá ser emitida obrigatoriamente com o CNPJ apresentado
na documentaÉo de habilitação.

í8.3 Somente poderâo ser considerados, para efeito de pagamento, os materiais e


serviços efetivamente executados e/ou instalados pela contratada em
conformidade com os projetos e especificações técnicas.

18.4 As faturas, depois de protocoladas, serâo conferidas e certificadas, com base


no boletim de medição, pela Íiscalização do Municipio. Caso se verifique
divergências entre o boletim e o faturamento ou a falta de documentação,
será cancelado o protocolo e devolvido imediatiamente à contratada.

18.5 Os pagamentos não poderão ultrapassar o valor e as quantidades previstas


na etapa do cronograma físico-financeiro da obra.

18.6 Em caso de náo cumprimento pela Contratada de disposição contratual, os


pagamentos poderão Íicar retidos até posterior solução, sem prejuízo de
quaisquer outras disposiçÕes contratuais.

18.7 Nenhum pagamento será feito à Contratada que tenha sido multada antes
que a multa seja paga ou relevada.

í8,8 Quando ocorrer atraso no pagamento de contas decorrentes da contratação


será aplicado o Índice oficial (IGP-M ou outro Índice que venha a substituí-lo)
para atualização monetária, nos termos do Artigo 40, XlV, alínea "c", da Lei
8666/93_

19. OO RECEBIMENTO DOOBJETO

í9.1 Executado o contrato, seu objeto será recebido nos termos do art. 73, inciso l,
alíneas "a" e "b" e art. 76 da Lei n.o 8.666/93.

19.2 Executado o objeto do contrato, a contratada responderá por sua solidez e


segurânça, em conformidade com o disposto no Código Civil Brasileiro.

19.3 Os ensaios, testes e demais provas exigidos por normas técnicas oficiais para
boa execução do objeto contratado correráo por conta da contratada.

'19.4 A atuaÉo ou a eventual omissão da fiscalização durante a realização dos


trabalhos não poderá ser invocada para eximir a contratada de sua
responsabilidade pela execuçáo do objeto.

19.5 Quaisquer serviços executados com mão de obra e/ou materiais inadequados
e/ou em desacordo com o projeto deverão ser refeitos pela contratada sem
quaisquer ônus ao contratante.

Centro Administrativo José Silvédo de Oliveira - Rua Paraná. 5000 - CEP: 85.801-011
21
/'t
MUNICíPIO DE CASCAVEL t4
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisão de Licitações

19.6 O Contratante reserva-se ainda o direito de recusar todo e qualquer serviço


que não atenda às especificaçôes contidas no presente edital e em seus
elementos, ou seja, considerado inadequado pela fiscalizaçâo.

20. DA TNEXECUÇÃO, neSCrSÂO E PENALTDADES


20.1 A inexecução total ou parcial do objeto do contrato, inclusive das obrigaçoes
acessórias, bem como o atraso injustificado em sua execuçâo, ensejam sua
rescisão, com as consequências previstas em lei, assim como as previsões
contidas neste instrumento convocatório e no contrato.

20.2 Constituem motivo para rescisão do contrato:

20.2,1 O não cumprimento de cláusulas, especificaçôes, projetos e prazos.

20.2.2 O cumprimento irregular de cláusulas, especificações, projetos e


prazos.

20.2,3 A lentidâo no seu cumprimento, que levará a Secretaria de Serviços e


Obras Públicas/Fiscalização a presumir a não conclusâo da obra e/ou
serviços nos prazos estipulados.

20.2.4O atraso injustiÍicado no início da execução do objeto, sem justa causa


e prévia comunicação à Secretiaria de Serviços e Obras
P ú blicas/Fisca lização.

20.2,5 A paralisação da obra e/ou serviços, sem justa causa e prévia


comunicação à Secretaria de Serviços e Obras Públicas/Fiscalização.

20.2.6 A subcontratação total ou parcial do seu objeto, a associação do


contretado com outrem, a cêssão ou transferência total ou parcial do
contrato, fusão, cisão ou incorporação, que afetem a boa execução
deste, exceto se autorizada pela Secretaria de Serviços e Obras
PúblicaíFiscalizaçáo.

20.2.7 O desatendimento das determinações regulares da


autoridade
designada para acompanhar e Íiscalizar a sua execuçâo, assim como
as de seus superiores.

20.2.8 O cometimento reiterado de faltas na sua execução, anotadas no


Relatório dê Vistoria.

20.2.9 A decretação de falência ou a instauraçáo de insolvência civil da


contratada.

20.2.10 A alteração social ou a modificação da finalidade ou da estrutura da


empresa, que, a juízo do contratante, prejudique a execução do
contreto.

Centro Adminislrativo José Silvério de Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.801{11
22
iml
rG4í
CASCAVEL
nnuucípro DE cAScAVEL
sEcRETARtA MUNtctpAL DE pLANEJAMENTo E cesrÃo
Departamento de Gestão de Compras e Administração
Divisão de Licitações
u
20.2.11 A dissolução da sociedade

20.3 Os casos de rescisáo contratual seráo formalmente motivados nos autos do


processo, assegurados o contraditório e a ampla defesa.

20,4 A rescisáo do contrato poderá ser

20,4.1 Determinada por ato unilateral e escrito da Administração nos casos


enumerados no item 20.2.

20.4.2Amigável, por acordo entrê as partes, reduzida a termo no processo


licitatório, desde que haja conveniência para o Município.

20.4.3 Judicial, nos termos da legislação

20.5 A rescisão amigável deverá ser precedida de adorização escrita e


fundamentada da autoridade competente.

20.5 Quando a rescisão ocorrer sem que haja culpa da contratada, esta será
ressarcida dos p§uízos regularmente comprovados que houver sofrido,
tendo direito, ainda, aos pagamentos devidos pela execução do contrato até a
data da rescisão e pagamento do custo da desmobilizaçáo.

20.6 A rescisão unilateral acanetará as seguintes consequências, sem prejuízo


das sanções previstas neste instrumento:

20.6.í Assunçáo imediata do objeto do contrato, no estado e local em que se


encontrar, por ato próprio do Municipio.

20.6.2 Retenção de créditos decorrentes do contrato até o limite dos prejuízos


causados.

20,7 A recusa injustificada do adjudicatário em assinar, aceitar ou retirar o contrato


ou instrumento equivalente, dentro do prazo estabelecido pela Administração,
caraderiza o descumprimento total da obrigaçâo assumida, sujeitando-o às
penalidades legalmente estabelecidas.

20.8 O atraso injustificado na execução do contrato sujeitará a contratada à multa


de mora, na forma prevista neste edital.

20.8.1 A multa moratória náo impede que o Município rescinda


unilateralmente o contrato e aplique as outras penalidades previstas
neste edital.

20.8.2 A multa será descontada dos pagamentos ou ainda, quando for o caso,
cobrada judicialmente.

Centro Administratúo José Situério de Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.801{11 21
(?
ihl
E"4'
MUNTCíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
cÂscavEL Divisão de Licitações

20.9 Pela inexecução total ou parcial, inclusive das obrigações acessórias, bem
como pelo atraso injustiÍicado na execução do contrato, o Município poderá
aplicar as seguintes sanções:

Advertência por escrito;

ll - Multa de 2o/o (dois por cento), por ocasiáo da mediçáo mensal,


aplicável sobre o saldo da importância não faturada e prevista no
cronograma f ísico-financeiro proposto para este período, acrescida dos
eventuais resíduos de parcela (s) anterior (es);
lll - Multa de 0,3olo (três décimos por cento) do valor do contrato por dia que
exceder o pÂzo para a conclusâo do objeto contratado ate o limite de
20%, quando poderá ocorrer a rescisáo do instrumento;

lV - Multa compensatória de 10o/o (dez por cento) do valor total do contrato


nos casos de rescisão unilateral do contrato e no caso de recusa
injusta em iniciar os serviços, bem como no caso de recusa
injustificada em assinar o contrato dentro do prazo estabelecido pelo
MunicÍpio;

Suspensão temporária de participar em licitação e impedimento de


contratar ou subcontratar com o Município de Cascavel, por prazo não
superior a 02 (dois) anos;

Vl - Declaração de inidoneidade para licitar e contratar com o Município

20.9.1 As sançôes previstas neste item poderão ser aplicadas conjuntamente

20.9.2 As san@s previstas nos incisos V e Vl, se aplicadas, seráo


estendidas às pessoas elencadas no artigo 1o da Lei Municipal 6561,
de 09 de dezembro de 20't5.

20.9.3 Se o contrato estiver gravado com cláusula de reajustamento, as


multas também serão reajustadas.

20.9.44s multas previstas deveráo ser recolhidas no prazo máximo de 15


(quinze) dias corridos, contado da comunicaçâo oficial.

21. ANEXOS DO EDITAL

21.1 lntegram o presente edital, dele fazendo parte como se transcritos em seu
corpo estivessem, os seguintes anexos:

2í.1.1 Anexo I - Carta de Credenciamento.


21,1.2 Anexo ll - Declaração de Recebimento e/ou Acesso à Documentação.

21.1.3Anexo lll - Declaração de lnexistência de Empregados Menores.

Centro Adminishatúo José Silvério de Oliveira - Rua PaÍaná. 5000 - CEP: 85.801-0'11
24
,ffi
EÉ4'
MUNICíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA i,IUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Oepartamento de Gestáo de Compras e Administração
Q

cAsoÂvEL Divisáo de Licitações

2í.í.4Anexo lV - Declaraçâo de lnexistência de Fato Superveniente.

21.í.5Anexo V- Declaraçâo de Enquadramento

2í .í.6 Anexo Vl - Termo de Renúncia.

2í.í.7Anexo Vll- Carta Proposta.

21.í.8Anexo Vlll - Minuta de Contrato.

2í.í.9Anexo lX - Declaração de Atendimento à Lei Municipal n.o 5.387/2009

2í.í.'t0Anexo X -
Declaração de Nâo Possuir em Seu Quadro Societário
Servidor ou Dirigente de Orgâo ou Entidade do Contratante.

2í .í.1 I Anexo Xl - Termo de Referência.

22. D|SPOS|ÇOES FtNAtS

22.'l Todas as questões omissas concernentes a esta licitação e à execuçáo de


seu objeto seráo resolvidos pela Constituição Federal, Constituição do Estado
do Paraná, e Lei Federal 8.666/93 e suas alteraçÕes.

22.2 O Senhor Prefeito Municipal poderá desclassificar por despacho


fundamentado a empresa vencedora da Licitação em Êzâo de fato
superveniente ou só conhecido após o julgamento, sem que caiba à emprêsa
indenizaçáo ou ressarcimento de qualquer natureza, independente de outras
sanções que o caso determinar.

CascaveUPR, 1 1 de abril de 2019

Edson Zorek Márcia Aparecida Baldini


Secretário Municipal de Planejamento e Secretária Municipal de Educaçáo
Gestão

Renato Augusto dos Santos Caetano Kesslerí


Diretor do Departamento de Gestão de Agente Administrativo
Compras e Administração
I Com base nas condiçóes estabelecidas pela Secretaria
Municipal RequisitarÍe no Termo de Rêferência, elaborou-
sê estê edilel, dentro dos moldes fomecjdos pela
Administraçlo do Municipio de Cascavel.

Centro AdministÍativo José Silvédo de Oliveira - Rua Paraná. 5000 - CEP: 85.801-011
25
MUNICíHO DE CASCAVEL tor
SECRETARIA TUNTCIPAL DE PLANEJATIENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
GÀSGÀ\'EL Divisão de Licitações

TOMADA DE PREÇOS N.o 00120í9

ANEXO I

À Comissão Permanente de Licitação do Municlpio de Cascavel

CARTA DE CREDENCIAiIENTO

Na qualidade de representante legal da


inscrita no CNPJ sob n.o eu, (a) da
\,
Cédula de ldentllade n.o (a) F/MF sob n o

credencio o (a) Sr. (a) po a) da Cédula de


ldentidade n.o _, inscrito no CP sob
participar do procedimento licitatório sob a lidade ade Preços, de n.o
OO|2O19, instaurado por este Mu bem utorgo ao acima credenciado,
dentre outros poderes, o de re r reito de i -,â
rposição de recurso.

em de de 2019.

\-

devidamente identificada do
legal da emprosa proponenb
contrato social ou procuração
com poderes especÍfi cos).

Ccnúo Admhbffivo Josá §iÉrio & Ohdrs - Rua Paraná, 50(xl - CEP: Eti.60l-01í 26
qt
MUNICÍPIo DE CASCAVEL
SECRETARIA TUNICIPAL DE PLANEJATENTO E GESTÃO
Departamento de @stâo de Compras ê AdministraÉo
cÂscr\\rEl DivÉão de Licitaçôes

TOTADA DE PREçOS N.o 0Úf20í9

ANEXO II

À Comissão Permanente de Licitaçâo do Município de Cascavel

DECLARAçÃO DE RECEBTTENTO E OU ACESSO À OOCUmermçÃO

inscrita no CNPJ sob n.o por


intermédio de seu representante legal, o (a) Sr. (a) or (a)
U
da Cédula de ldentilade n.o (a) F sob o n.o

DECLARA, para todos os fins e sob da lei, que


Íecebêu os documentos e toínou as informa@s e
ondi@s locais para o cumprimento das llcitação.

de 2019.

identificada do
t, da emprcoa prcponenb
conbato social ou procuraÉo
poderes especlficos).

C€núo Alnülbt üt o J6á SâÉrlo & Oi rra - Rr. PaÍ$á, ím - CEP: Es.g!í-{rí I 27
MUNIC|PIO DE CASCAVEL t2
SECRETARIA TUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
DepaÍtamento de Gestão de Compras ê Administração
GASCAVEL Divisáo de Licitações

TOTADA DE PREçOS N.o@120í9

ANEXO il

À Comissão Permanente de Licitação do Municipio de Cascavel

DECLARAçÃO DE INEX|STÊNCN DE EMPREGADOS i'ENORES

inscrita no CNPJ sob n.o por


intermédio de seu representante legal, o (a) Sr. (a) or (a)
da Cédula de ldentidade n.o (a) /MF sob o n.o

DECLARA, para todos os Íins as da lei, que não


possui em seu quadro de pessoal dores de (dezoito) anos
desempenhando trabalhos notumos, tnsa nem menores de í6
(dezesseis) anos desempenhando isquer os, salvo se contratados sob a
condição de aprendizes, a 1 atoze) , nos termos do inciso XXXlll
do art. 7 da Constituiçáo Federal

de de 2019.

#'r.,

Brepresentante
Assinatura devidamente identiÍicada do
legal da emproaa proponenb
(apontado no contrato social ou procuração
com poderes especÍficos).

OBS.: A empresa que possuir menores aprendizes a partir de 14 (catorze) anos


deveÉ declarar essa condição.

C6oúo Adminbhâliyo José §hóÍio & olhrdra - Ruâ Pârâná, 50(n - CEP: E5.mí41í 2A
MUNICíPIo DE CASCAVEL q3
SECRETARIA TUNICIPAL DE PLANEJATENTO E GESTÃO
Departamenlo de Gestáo de Compras e Administração
GASG/AVEL Divisáo de Licitaç,ões

TOMADA DE PREçOS N.o 00r20l9

ANEXO IV

À Gomissão Permanente de Licitaçâo do Municlpio de Cascavel

DECLARAçÃO DE INEXETÊNCn DE FATOS SUPERVENIENTES

inscrita no CNPJ sob n.o por


intermédio de seu representante legal, o (a) Sr. (a) or (a)
\.,
da Cédula de ldentidade o.o _, (a) F o n.o

DECLARA, para todos os fins d bas da lei, que até a


presente data inexistem fatos impeditivos sua h no nte processo
licitatório e que está ciente da obrigatoried declarar ncias posteriores.

de de 2019.

\.,
devidamente identift cada do
nb legal da empreaa proponenb
no contrato social ou procuração
,% com poderes especÍficos).

C€obo Admhisffirro J6á SlhÉíio (!ê Ohdre - Ru3 Paraná, ím - CEP: 85.8()í4í I 29
MUNICíPIO DE CASCAVEL J
SECRETARIA TUNICTPAL DE PLAI{EJATENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
GASGAVEL Divisão de Licitaçóes

TOMADA DE PREçOS N.o 00120í9

ANEXO V

À Comissão Permanente de Licitação do Município de Cascavel

DECLARAçÃO DE ENQUADRAMENTO

inscrita no CNPJ sob n.o por

t/ intermédio de seu representante legal, o (a) Sr. (a)


(a) o
(a)
da Cédula de ldentidade n.o n /l\tlF sob n.o

DECLARA, para todos os fins e sob nas da lei, ser


Microempresa ou Empresa d e Pequeno nos te da Éo vigente, e
não possuir nenhum dos impedimentos n 3o, §4o, da Lei
Complementar n.o í 23106.

de 2019,

l1,r

ra devidamente identiÍicada do
tante legal da empresa proponenb
ntado no contrato social ou procuração
com poderes especíÍicos).

Cêotro Adminbfalivo Jcé Sihéíb ê OirêiÍa - Rua Paràná, 5{D0 - CEP: 85.80í-011 30
MUNTCíPIO DE CASCAVEL \5)
SECRETARIA TUNICIPAL DE PLANEJATENTO E GESTÃO e/..._,
Departamento de Gestão de Compras e Administraçáo
CASGAVEL Divisão de Licitações

TOMADA DE PREçOS N.o 00ril0í9

ANEXO VI

À Comissão Permanente de Licitação do Municlpio de Cascavel

TERMO DE RENÚNCIA

inscrita no CNPJ sob por


v
n.o

intermédio de seu representante legal, o (a) Sr. ( a or (a)


da Cédula de ldentidade n.o (a) no F/MF sob o n.o

DECLARA, pa ra todos os fins ireito as da lei, que não


pretende recoÍrer da decisão da Com anente que julgou os
documentos de habilitaçáo RE IANDO RES NTE ao direito de
Íecuͧo e ao prazo oon ando ,em cia, com o curso do
procedimento licitatório.

de 2019.

ra devidamente identificada do
ntante legal da emprcoa proponente
no contrato social ou procuraçâo
com poderes especÍfi cos).

Cênfo Admhbüaüvo Jcá §irÉdo dê Olhrsire - Rur Parsú, írm - CEP: 85.m1{rl1 3l
GASGAVEL
MUNIC|PIO DE CASCAVEL
SECRETARIA iIUNICIPAL DE PLANÉJATTENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administraçâo
Divisão de Licitações
u
TOMADA DE PREçOS N.o 00120í9

ANEXO V[

À Comissáo Permanente de Licitaçâo do Município de Cascavel

CARTA PROPOSTA

, inscrita no CNPJ sob n.o


, cidade de Estado n.o
(-) _, Endereço de Coneio Eletrôn r intermédio
de seu representante legal, apresenta sua P para o meda de
Preços n.o 0012019, a qual tem por Reforma ntro nicipa! de
Educação lnfanül Darci Ângela B m valor R$

1 . O valor referente à mão de de R$ e


o valor referente aos ats $

2 O prazo de ção é de rme item í6.1 do edital).

3 O prazo val sessenta dias, conforme item 10.í.'1.í


do ed ntad artir da fixada para entrega e abertura dos
e ntes o

4. Se da inará o contrato, na qualidade de representante


legal, a (a) portador (a) da Carteira de ldentidade
G n.o inscrito no CPF sob n.o Endereço de Coneio
Telefone (_J _, Celular ) (

êm de de 2019.

Assinatura devidamente idenüficada do


rcprcsentanb legal da ompresa proponenb
(apontado no contrato social ou procuração
com poderes específicos).

Cênbo Aúnhbbaúro José Sãério de OhêiÍa - Rua Pa.aíá, ím - CEP: E5.EOí{rl t 32


MUNICIPIO DE CASCAVEL tr
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
cÂscAvEL Divisão de Licitações

TOMADA DE PREÇOS N.o 00/2019

ANEXO VIII

M]NUTA DE CONTRATO DE

O MUNICíP|O DE CASCAVEL, Pessoa Jurídica de Direito Público lnterno, inscrito


no CNPJ sob o n.o 76.208.867/0001-07, com endereço à Rua Paraná, n.o 5000,
Centro, Cascavel/PR, CEP 85.810-01 1, neste ato representado por seu Prefeito Sr.
LEONALDO PARANHOS DA SILVA, brasileiro, casado, portador da Cédula de
ldentidade RG n.o 4.181.988-0, inscrito no CPF/MF sob o n.o 498.725.759-91,
residente e domiciliado nesta cidade, doravante denominado CONTRATANTE, e de
outro lado como CONTRATADA a empresa _, Pessoa Jurídica de
Direito Privado, inscrita no CNPJ sob o n.o , sediada à
D.o_, Bairro _, Cidade/UF CEP
neste ato representada pelo (a) Sr (a). _,
de nacionalidade
portador (a) da Cedula de ldentidade RG n.o _,
inscrito (a) no CPF/MF sob o
h.o _, residente à _, n.o _, Baino , Cidade/UF
CEP _, têm justas e contratadas as seguintes cláusulas

CLAUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO DO CONTRATO E DO FUNDAMENTO


LEGAL

O objeto do presente contrato é a

Parágrafo Único - lntegram e complementâm o prêsente Termo Contratual, para


todos os fins de direito, obrigando as partes em todos os seus têrmos, as condiçôes
expressas no edital da Tomada de Preços n.o 00/2019, juntamente com seus
anexos, projetos, cronograma, planilhas e a proposta da CONTRATADA.

CLÁUSULA SEGUNDA - DO REGIME DE EXECUÇÃO

A execução do presente contrato dar-se-á sob a forma de execução indireta e


regime de empreitada por preço unitário, recaindo sobre a contratada a
responsabilidade pelo serviço executado.

CLÁUSULA TERCEÍRA - DO VALOR

O valor para a execução dos serviços é de R$_ , (em moeda


conente nacional), do qual R$ correspondentes
à mâo de obra e R$ aos materiais, daqui por diante
denominado VALOR CONTRATUAL. Os custos estão previstos em planilha
integrante do processo acima citado e nele arquivado.

cLÁusuLA QUARTA - DAs coNDtçôEs DE PAGAMENTo

Centro Administíalivo José Silvéío de OtiveiÍa - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85_BO1-O1t
wlutlcíplo DE cAScAVEL Ç,t
SEcRETARIA iruNtctpAL DE pLANEJAMENTo E oesrÃo
Departamento de Gestáo de Compras e Administraçáo
CASCAVEL Divisão de Licitações

Pelos serviços prestados a CONTRATADA receberá o valor total de R$

Parágrafo Primeiro - O pagamento será realizado em até 15 (quinze) dias após a


apresentação da Nota Fiscal.

Parágrafo Segundo - O pagamento referente à primeira medição será liberado


mediante apresentação de:

| - Anotação (ôes) de Responsabilidade Técnica (ART) e/ou Registro (s) de


Responsabilidade Técnica (RRT) referente (s) à execução da obra,
devidamente recolhida (s) e quitada (s);

ll - Ordem de Serviço ou documento equivalente, emitido pelo Contratante.

Parágrafo Terceiro - Os pagamentos serão liberados mediante apresentação das


notas fiscais acompanhadas das medições e dos seguintes documentos:

| - Relação dos funcionários da obra;

ll - GPS por matrícula;

lll - GEFIP ou SEFIP;

lV - CRF (Certificado de Regularidade do FGTS);

V- Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas - CNDT;


Vl - Certidão Negativa de Débitos Relativos aos Tributos Federais e à Divida Ativa
da Uniáo;

Vll - Dados bancários para depósito (É obrigatório que o CNPJ vencedor da


licilaçáo seja o mesmo da conta corrente indicada para depósito).

Parágrafo Quarto - Para liberação da última parcela será obrigatória a


apresêntação do Certificado de Conclusáo de Obra (CCO) e da Certidáo Negativa
da Matricula da Obra no Cadastro Específico do INSS (CEl).

Parágrafo Quinto - A Nota Fiscal deverá ser emitida obrigatoriamente com o CNPJ
apresentado na documentação de habilitação.

Parágrafo Sexto - Somente poderão ser considerados, para efeito de pagamento,


os materiais e serviços efetivamente executados e/ou instalados pela contratada em
conformidade com os projetos e especificações técnicas.

Parágrafo Sétimo - As faturas, depois de protocoladas, serão conferidas


e
certiÍicadas, com base no boletim de mediçáo, pela fiscalização do Município. Caso
se verifique divergências entre boletim o faturamento ou eo
falta de a
documentação, será cancelado o protocolo e devolvido imediatamente à contratada.

Cenlro Admin§trawo José Situéíio de Oliveira - Rua PaÍaná, 5000 - CEP: E5.E0'l'01'1
ffi
rGs€Í
MUNICIPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASOAVEL Divisão de Licitaçóes

Parágrafo Oitavo - Os pagamentos não poderão ultrapassar o valor ê as


quantidades previstas na etapa do cronograma físico-financeiro da obra.

Parágrafo Nono - Em caso de não cumprimento pela Conúatada de disposição


contratual, os pagamentos poderão ficar retidos até posterior solução, sem prejuízo
de quaisquer oukas disposiçÕes contratuais.

Parágrafo Décimo -
Nenhum pagamento será feito à Contratada que tenha sido
multada antes que a multa seja paga ou relevada.

Parágrafo Décimo Primeiro -


Quando ocorrer atraso no pagamento de contas
decorrentes da contratação será aplicado o índice oficial (IGP-M ou outro índice que
venha a substituí-lo) para atualizaçâo monetária, nos teÍmos do Artigo 40, XlV,
alínea "c", da Lei 8666/93.

cLÁusuLA QUTNTA- DO ACOMPANHAMENTO E FISCALIZAçÃO

O acompanhamento e fiscalizaçâo deste contrato seÉo executados de acordo com


as disposições do Decreto Municipal 14.4A512018.

Parágrafo Primeiro - Fica estabelecido como Gestor de Contrato o Sr.


matrícula h.o _, lotado na Secretaria Municipal de

Parágrafo Segundo - Fica estabelecido como Fiscal oSr Sr.


matrícula n.o lotado na Secretaria Municipal de

CLÁUSULA SEXTA- DO RECURSO FINANCEIRO

As despesas decorrentes do presente Contrato serão efetuadas à conta do seguinte


recurso financeiro:

Funcional
Proqramática:
Orgão:
Unidade:
AÇão:
Vínculo:
Subelemento:

CLÁUSULA SÉTIMA - Do cR[ÉRIo DE REAJUSTE

O valor do contrato será fixo e irreajustável, porém poderá ser corrigido anualmente
mediante requerimento da contratada, após o interregno mínimo de um ano, contado
a partir da data limite para a apresentâção da proposta, pela variaçáo do índice
INCC DYFGV ou outro que vier a substituí-lo, e afetará exclusivâmente as
etapas/parcelas do empreendimento cujo atraso não decorra de culpa da contratada.

Cêntro Administrativo José Silvêrio de Oliveira - Rua Paraná. 5000 - CEP: 85.80r-011 35
nauutcíplo DE cAScAVEL lcô
ffiT
rGE€í sEcRETARIA MUNIcIPAL DE PLANEJAijIENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisáo de Licitaçóes

cr-Áusur-l orrAvA - Do pRAzo oe execuçÃo


O prazo máximo para a execução do objeto será de
- Secretaria Municipal de
contado a partir da emissão da Ordem de Serviço pela
Serviços e Obras Públicas.

Parágrafo Único - O prazo acima estabelecido poderá ser prorrogado nos termos
do art. 57 da Lei n.o 8.666/93.

CLÁUSULA NONA - DA GARANTIA DA OBRA

Executado o objeto do contrato, a contratada responderá por sua solidez e


segurança, em conformidade com o disposto no Código Civil Brasileiro.

CLÁUSULA DÉC]MA - DIREITO E RESPONSABILIDADE DAS PARTES

Constituem direitos do CONTRATANTE receber o objeto deste contrato nas


condições avençadas e da CONTRATADA perceber o valor ajustado na forma e no
prazo convencionados.

Parágrafo Primeiro - Constituem obrigações do CONTRATANTE:

| - Efêtuar o pagamento ajustado; e

il- Dar à CONTRATADA as condições necessárias a garantir a execuçáo do


contrato.

Parágrafo Segundo - Constifuem obrigaçoes da CONTRATADA:

| - Atender na íntegra ao disposto no Termo de Referência;

ll - Prestar-se à execução do objeto na forma ajustada;

lll- Atender aos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais


deconentes da execução do contrato;

lV - Manter durante toda a execução do contrato, em compatibilidade com as


obrigaçóes por assumidas, todas as condiçóes de habilitaçáo e qualificação
exigidas na licitaçáo;

Apresentar, sempre que solicitado durante execução do contrato, a


documentos que comprovem estar cumprindo a legislação em vigor quanto às
obrigações assumidas na licitação, em especial, encargos socaais,
trabalhistas, previdenciários, tributários, fiscais e comerciais;

Vl - Cumprir e fazer cumprir todas as normas regulamentares sobre Medicina e


Segurança do Trabalho;

Vll - Apresentar a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) no início da


execução do contrato, recolhida e quitada;

Centro Administrativo José Silvéíio de Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.801-011
36
MUNICíPIO DE CASCAVEL ot)
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO c/_,
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisão de Licitações

Vlll - Assegurar, durante a execuçáo da obra ou serviços, proteçáo e conservaçáo


dos serviços executados;

lX - Executar os reparos que se fizerem necessários nos serviços de sua


responsabilidade;

x- Permitir e facilitar à Íiscalização a inspeção do local da obra, devendo prestar


todos os informes e
esclarecimentos solicitados por esta, desde que
pertençam seus fiscalizadores ao Município de Cascavel ou a terceiros por
ele credenciados ou designados;

XI - Manter em todos os locais de serviço um sistema seguro de sinalização e


segurança, principalmente nos de trabalho em vias públicas, de acordo com
as normas de segurança do trabalho;

Xll - Comunicar à fiscalizaçáo a ocorrência de qualquer fato ou condição que


possa atrasar ou impedir a conclusáo da obra em partes ou no todo;

Xlll - Apresentar, quando do término da obra, o Certificado de Conclusão de Obra


(cco);
XIV - Será por conta da Contratada o seguro de responsabilidade civil geral no
valor condizente com as condiçÕes, potenciais de riscos e peculiaridades dos
serviços a serem executados;

XV - Contratar no mínimo 30% (trinta por cento) da mão de obra utilizada na


êxecuçáo do objeto entre moradores domiciliados no Município de Cascavel,
em atendimento à Lei Municipal n.o 5.387/09.

cLÁusuLA DÉcrMA
PENALIDADES
PRTMEIRA - DA rNExEcuçÃo, REscrsÃo E
A inexecuçâo total ou parcial do objeto deste contrato, inclusive das obrigações
acessórias, bem como o atraso injustiÍicado em sua execuÉo, ensejam sua
rescisão, com as consequências previstas em lei, assim como as previsões contidas
neste instrumento convocatório e neste contrato.

Parágrafo Primeiro - Constituem motivo para rescisão deste contrato:

| - O não cumprimento de cláusulas, especificações, projetos e prazos,

ll - O cumprimento irregular de cláusulas, especificaçÕes, projetos e prazos;

lll - A lentidão no seu cumprimento, que levará a Secretaria de Serviços e Obras


Públicas/Fiscalizaçáo a presumir a não conclusão da obra e/ou serviços nos
prazos estipulados;

lV - O atraso injustiÍicado no início da execução do objeto, sem justa causa e


prévia comunicação à Secretaria de Serviços e Obras Públicas/Fiscalizaçáo;

Centro Administrelivo José Silvério de Olivêirâ - Rua Parená. 5000 - CEP: 45.80í{í'l 37
lvtuNtciplo DE cAScAVEL ,ü
iH1
rt4, SEcRETARIA MUNtctpAL DE pLANEJAMENTo E cesrÃo
Departamento de Gestão de Compras e Administraçáo
CASCAVEL Divisão de Licitações

A paralisação da obra e ou serviços, sem justa causa e prévia comunicação à


Secretaria de Serviços e Obras Públicas/Fiscalização;

Vl - A subconkatação total ou parcial do seu objeto, a associação do contratado


com outrem, a cessão ou transferência total ou parcial do contrato, fusão,
cisão ou incorporaçâo, que afetem a boa execução deste, exceto se
autorizada pela Secretaria de Serviços e Obras Públicas/Fiscalização;

Vll - O desatendimento das determinaçôes regulares da autoridade designada


para acompanhar e fiscalizar a sua execuçâo, assim como as de seus
superiores;

Vlll - O cometimento reiterado de faltas na suâ execução, anotadas no Relatório de


Vistoria;

lX - A decretação de falência ou a instauraÉo de insolvência civil da contrâtada;

x- A alteração social ou a modificaçáo da Íinalidade ou da estrutura da empresa,


que, a juízo do contratante, prejudique a execução do contrato;

Xl - A dissolução da sociedade

Parágrafo Segundo - Os casos de rescisáo contratual serão


formalmente
motivados nos autos do processo, assegurados o contraditório e a ampla defesa.

Parágrafo Terceiro - A rescisão do contrato poderá ser:

| - Determinada por ato unilateral e escrito da AdministraÉo nos casos


enumerados na cláusula décima, parágrafo primeiro, deste Contrato;

il- Amigável, por acordo entrê as partes, reduzida a termo no processo licitatório,
desde que haja conveniência para o Município;

lll - Judicial, nos termos da legislaçáo.

Parágrafo Quarto - A rescisão amigável deverá ser precedida de autorização


escrita e fundamentada da autoridade competentê.

Parágrafo Quinto - Quando a rescisão ocorrer sem que haja culpa da contratada,
esta será ressarcida dos prejuízos regularmente comprovados que houver sofrido,
tendo direito, ainda, aos pagamentos devidos pela execuçâo do contrato até a data
da rescisâo e pagamento do custo da desmobilizaçáo.

Parágrafo Sexto
prejuízo
-
A rescisão unilateral acarretará as seguintes consequências,
sem das sançôes previstas neste instrumento:

| - Assunção imediata do objeto deste contrato, no estado e local em que se


encontrar, por ato próprio do Município;

Centro AdministÍaüvo José Silvéíio de Oliveira - Rua Parená. 5000 - CEP: 85 80141í
38
MUNICIPIO DE CASCAVEL {oa
r#?
rG4, SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administraçáo
CASCAVEL Divisão de Licitaçôes

il- Retenção de créditos decorrentes do contrato até o limite dos prejuízos


causados.

Parágrafo Sétimo - A recusa injustiÍicada do adjudicatário em assinar, aceitar ou


retirar este contrato dentro do prazo estabelecido pela Administração caracteriza o
descumprimento total da obrigaçâo assumida, sujeitando-o às penalidades
legalmênte estabelecidas.

Parágrafo Oitavo - O atraso


injustificado na execuçáo do contrato sujeitará a
contratada à multa de mora, na forma prevista nesta cláusula.

A multa moratória não impede que o Município rescinda unilateralmente o


contrato e aplique as outras penalidades previstas neste edital;

[- A multa será descontada dos pagamentos ou ainda, quando for o caso,


cobrada judicialmente.

Parágrafo Nono - Pela inexecução total ou parcial, inclusive das obrigaçÔes


acessórias, bem como pelo atraso injustificado na êxecução deste contrato, o
Município poderá aplicar as seguintes sanções:

| - Advertência por escrito.

Multa de 2olo (dois por cento), por ocasião da medição mensal, aplicável sobre
o saldo da importância não faturada e prevista no cronograma físico-
financeiro proposto para este período, acrescida dos eventuais resíduos de
parcela (s) anterior (es).

lll - Multa de 0,3% (três décimos por cento) do valor deste contrato por dia que
exceder o prazo para a conclusão do objeto contratado até o limite de 20o/o,
quando podeÉ oconer a rescisáo deste instrumento.

lV - Multa compensatória de 10o/o (dez por cento) do valor total deste contrato nos
casos de rescisâo unilateral e no caso de recusa injusta em iniciar os
serviços, bem como no caso de recusa injustiÍicada em assinar o contrato
dentro do prazo estabelecido pelo Município.

Suspensão temporária de participar em licitação e impedimento de contratar


ou subcontratar com o Município de Cascavel, por prazo não superior a 02
(dois) anos.

Vl - Declaração de inidoneidade para licitar e contratar com o Município

Parágrafo Décimo - As sanções previstas no parágrafo anterior poderão ser


aplicadas conjuntamente.

Parágrafo Décimo Primeiro - As sanções previstas nos incisos V e VI, se


aplicadas, seráo estendidas às pessoas elencadas no artigo 1o da Lei Municipal
6561 , de 09 de dezembro de 20í 5.

Cêntro AdministÍativo José Siúério de Oliveira - Rua Paraná. 5000 - CEP: 85.801-0'11 39
MUNIC|PIO DE CASGAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
I
Departamento de Gestão de Compras e Administração
cÂscavEL Divisão de LicitaÇóes

Parágrafo Décimo Segundo - As multas previstas deverão ser recolhidas no prazo


máximo de 15 (quinze) dias corridos, contado da comunicação oficial.

Parágrafo Décimo Terceiro - A CONTRATADA reconhece os direitos do


CONTRATANTE em caso da rescisâo administrativa prevista no art. 79, da Lei n.o
8.666/93.

CLÁUSULA DÉcIMA SEGUNDA . LEGISLAçÃO APLICÁVEL

O presente instrumento contratual reger-se-á pelas disposições expressas na Lei


8.666, de 21 de junho de 1993, e pelos preceitos de direito público, aplicando-se-lhe
supletivamente os princípios da Teoria Geral dos Contratos e as disposições de
direito privado.

CLÁUSULA DÉcIMA TERCEIRA - TRANSMISSÃO OE OOCUTTIIENTOS

A troca eventual de documentos e cartas entre


CONTRATADA a eo
CONTRAIANTE será feita através de protocolo. Nenhuma outra forma será
considerada como prova de entrega de documentos ou cartas.

cLÁUSULA DÉcIMA QUARTA _ VIGÊNCIA

O prazo de vigência deste contrato seÉ de _ ( ) meses, contado a partir da


data de sua assinatura, podendo vir a ser pronogado a critério e no interesse do
CONTRATANTE.

CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA. CASOS OMISSOS

Os casos omissos seÉo resolvidos à luz da Lei n.o 8.666/93 e dos princípios gerais
do direito.

CLAUSULA DECIMA SEXTA. FORO

Fica eleito o foro da Comarca de Cascavel para dirimir dúvidas ou questões oriundas
do presente contrato.

E, por estarem justas e contratadas, as partes assinam o presente instrumento


contratual, por si e seus sucessores, em 02 (duas) vias iguais e rubricadas para
todos os fins de direito, na presença das testemunhas abaixo.

Cascavel/PR, _ de de 20í9.

MUNIC PIO DE CASCAVEL


LEONALDO PARANHOS DA SILVA
PREFEITO MUNICIPAL

CONTRATADA

Centro Administrativo José Silvério de Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CÊP: 65.601-011
40
MUNTCíPIO DE CASCAVEL
SECRETARTA ÍIIUNICTPAL DE PLANEJATENTO E GESTÃO
\q
Departamento de Gestâo de Compras e Administração
G/ÀSGJAVEL Divisão de Licitaçôes

TOMADA DE PREçOS N.o 00120í9

ANEXO IX

À Comissão Permanente de Licitaçâo do Município de Cascavel

DECLARAÇÃO DE ATENDTÍUIENTO À LEI MUNICIPAL N.o 5.38712009

inscrita no CNPJ sob n.o por


intermédio de seu representante legal, o (a) Sr. (a) or (a)
\.,
da Cédula de ldentidade n.o (a) F o n.o

DECLARA, para todos os fins sob as da lei, que na


execuçâo do objeto da Tomada de P .o 001201 qual vencedores,
contratraremos o percentual mínimo de 30% por mão de obra entre
moradores domiciliados no Muni de bem como a atenderemos ao
estabelecido na Lei Municipal 30 de ro de 2009.

em de de 2019.

\-,

devidamente identificada do
Iegal da empreaa proponenb
contrato social ou procuraÉo
com poderes específi cos).

OBS.: Esta declaração deverá ser apresentada no ato de assinatura do contrato.

C€nbo Adnhbtsaüvo JGó Sliróíb (lo OÍit êha - Ru! Pareú. ín0 - CEP: 85.80í{l l. 4t
MUNTCíPIO DE CASCAVEL lct
SECRETARIA TIUNICIPAL DE PLANEJAMET.ITO E GESTÃO
DepaÍtamento de Gestáo de Compras e Administraçâo
CASCAVEL Divisão de Licitagões

TOTADA DE PREÇOS N.o 00120í9

ANEXO X

À Comissão Permanente de Licitaçâo do Município de Cascavel

DECLARAçÃO DE NÃO POSSUIR Etti SEU QUADRO SOCIETÁR|o


SERVIDOR OU DIRIGENTE DE ÓRGÃO OU ENTIDADE DO CONTRATANTE

, inscrita no CNPJ sob n.o , por


intermédio de seu representante legal, o (a) Sr. (a or (a)
da Cédula de ldentidade n.o (a) no F/MF sob o n.o

DECLARA, para todos os fins e reito as pe da lei, que@


incorre nas proibições previstas no art. 9o d 8.666/í I e incisos l, ll e lll,
a saber:

l- O autordo fisica ou juridica;


ll - Emprcsa, , rcsponsável pela elaboração
do ou da qual o autor do prcjeto seja
detentor de mais de 5% (cinco por
cento voto ou contolador, rcsponsável técnico

ilt- s ou órgão ou entidade contntante ou rcsponsável

&.
,em de de 2019.

Assinatura devidamente identificada do


representanto legal da êmpnêse proponenb
(apontado no contrato social ou procuração
com poderes específicos).

OBS.: Esta declaração deverá ser apresentada no ato de assinatura do contrato.

Conto Admlíistaüw Jo6é SihÉÍio & OfEira - Rua Paraiá, 5ü)0 - CEP: 8S.8(X4,t í 42
MUNTCíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
lã\ i
Departamento de Gestáo de Compras e Administração ú-,
CASCAVEL Divisáo de Licitaçóes

TOMADA DE PREçOS N.o 00/2019


ANEXO XI
TERMo oe nerenÊHcn
GOVÊRNO MUNICIPÂL

CASCAVEL
Sê.rêtaíà de Edocação

TERMO DÉ REFERÊNCIA

DocuMEr{To CoMPLEMENTAR À REqulslçÃo DE coMPRAs

coNTRATAçÃo DÉ EMPRE5A EsPEctALtzADA PAR ExEcuçÃo DE REFoRMA Do cMEl


DÂRo ÂNGEta BoRGES

OBJETO

O presente Termo de Referência tem como ob.ietivo a contratação de empresa


legelmente estabêlecida e especielizada no ramo da construção civil, que satisfaça todos os
padrões de qualidade, para execução de Rêforma do cMEl Dard Ângela Borges, situado no
município de Cescavel/PR.

1.1. LOCAL DOS SERVIçOS

Rua Cisne Branco, ne 1681 - Lote 0O5A - Quadra ne 0066 - Loteamento Clarito -
Bairro Florêstâ - Cascavel/PR.

1.2. EsPEcrflcAçÃo Dos sERvrços

VeÍ EEdliellL3!@ com e espêcificação dos serviços, as queis contemplem a


descrição dos mesmos, a unidade de medida. e quentidade e o valoÍ unitáÍio.

r.3. vALoR MÁxruo oe corrnaraçÃo

o valor máximo total da pÍesente contretação é de RS 1.223.397,48 (Um mllhão,


duzêntos e ünte ê três mil, trêzêntor e novênta e setê reals, e quarenta e olto centavosl.

JusrrFtcATrva E ournvo ol coutmraçÃo


A presente obra visa aperfeiçoar o atendimento, bem como possibilitar ambientes
adequados para o desempenho das atividades dos servidores da unidade. Almeia-se
principâlmente â resolução de problêmas com a elta absorção de águâ da alvenâriã de tijolos
ecológicos (parede), que gera patologias internas relacionadas ao aparecimento de bolor e
umidade nas salas-
Primeiramente, será realizada a limpeze e remoção das partes soltas ê
impermeabilização com resinâs sintéticâs especiais. Posteriormente êxecução de
revestimento em argamassa para proteção e âplicãção de pintura texturizada acrÍlica
piBmentada.

A reforma contemplará a substituição dâ cobertura, com troca dos rufos existentes,


substituição de portas, revestimentos de piso ê parêde, instelações elétricas com aumento

Página 1 dê 16

Centro Adminisúalivo José Sihréíio de Olúeira - Rla Paraná. 5000 - CEP: 85.80í-Ot 1
41
MUNICIPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
At
Departamento de Gestão de Compras e Administração
/_,
cascÂvEL Divisão de Licitaçôes

GOVERNO MUNICIPAL

cAscAvEr
sê€retàna dê tdúràçáo

de carga de entrada de energia, louças sanitárias, bancadas de Sranito, cubas, torneiras e

outros acessórios. Ainda, haverá readequação do pátio e passêio público, com Pavimentação
em blocos intertÍavados de concreto tipo paver, paisagismo e implantação de parquinho
com piso emborrachado e grâma sintética.

Ante o exposto, a unidade atenderá a legislação viSente do Corpo de Bombeiros


(Código de Segurança contre lncêndio e Pânico de 2014), a Legislação da viSilância Sanitária
Estadual (Resolução SESÁ,/PR Ne162/2005), e atendêrá todos os preceitos da acessibilidade
universal, de acordo com a NBR 9050/2015 e os decretos ú8entes.

ENTREGA E CR]TÉRIOS DE ACEITAçÃO DO OBJETO

3.1. ADJUDTCAçÃO

Segundo a súmula ne 259/2010 do Tribunal de Contas da União, nas contratações de


obras e serviços de engenharia, a deínlcão do critérlo de aceitabilldadê dos Drecos
unltárlos e clobal, flrado de orecos márlmos Dara am é obrkado e não
faculdade do restor.

Tal decisão encontra respaldo no art. rto, inciso X, da Lei Federal nc 8.666/1993, a
qual institui normas paÍa licitações e contratos da Administração Pública, e determina que o
edital deverá prever o conforme o
caso, @ e vedados a fixação de preços mínimos,
ffitérios estatísticos ou faixas de variação em relação a preços de referência, ressalvado o
disposto nos parágrafos 1e e 2e do art. 48.

Para corroborar com a legislação vigente, o TÍibunal de Contas da União no Acórdão


2307 /2017 - Plenário delibeÍou pela aplicação do Método da Limitação dos Prêços Unitários
Aiustado (MLPUA) na análise dos editais e o Método da Limhação do Preço Global (MIPG)
no câso dê obra iá contratâda. O Acórdão em questão enfatiza que a existência na planilha
contratual de sêrviços especÍficos com preço6 unitáÍios aclma dos reíerenclals de mercado,
ainda que não caracterize sobrepreço tlobal, deve ser evitada, principalmênte se
concentÍados na parcela de malor materlalldade da obra, pols trer risco de dano ao êrário
no caso de celêbraÉo de adftlvos quê aumentem guantitativos dos serüços majorados
fiogo de planilha) ou dlante da lnexecução de serviços com descontos slgnificativos nos
preços, depols de execütados aqueles com preços unitáÍios superíores aos de mercado
(jogo de cronograma!,

Ainda, o Acórdão 7.54312010, cujo sumário destaca-se a seguiÍ, orienta que a


exlstêncla dê prêcos dlferentes oara o mesmo sêrvico consiste êm lrretulaÍldadê caso não
seia lustlficâdo têorlcam o motlvo de tal dlferênce . Diante dlsso, somente serão
aceltos pÍeços dlÍerentes de serüços ldênticos existentes em locais distintos da planilha
orçamentária do objeto da llcltagão, caso seia âprêsentada iuíificatlvâ técnica, assinadâ

Páginâ 2 de 16

Centro Administrativo José Silvédo dê Oliveira - Rua Parâná, SOOO - CEp: 85.801{11
44
MUNICIPIO DE CASCAVEL \cÊ'*
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
cascav=L Divisão de Licitações

ffi
\#
6OVERNO MUNICIPAL

CASCAVEL
ÍÉ<raàrià de Edlràçáo

por engenheiro ou arquiteto responsável pela elaboração do orçamento da pÍoponente,


de cada caso de divergência de preço entre serviços com descrição idêntica.

'suMÁRto: AuDtfoRtA coNsrANÍ]E DÀ FtscAltzAÇÃo DE oRtENTAçÃo


IÊNTRAL|ZADA EM REPÀssEs PARA oBRAs DE SANEAMENÍ, BÁstco E HABtraçÃo
popuLAR (AcóRDÃo N. 2.490nm9 - PLENÁR|?). oBRAs oE coNsr4uçÃo oE
uNtoADEs HABtrActoNAts EM \ELÉM/PA - ocuPAÇÂo RlAcHo DocE. coNTRATo DE
ÂEpÁssE Ív. 218.747-24. pAcAMENro oE sERVtÇos NÃcExEcurAoos. coÍAÇÃo DE
trÍNs SEMELHANTE' PoR PREços DIFEBENTES. DETERMTNAçÃ1 DE REPACTUAçÀ1.
tRREGuLARtDAoEs EM PqocEsso LtctrarÓRto. AuDtÊNctA. coMUNtcAçÃo Ao
CONGRESSO NAAONAL (Acórdão TCU 1.54312010 - Ata ne23l2070 - Plená.io).

Assim sendo, de posse da justificativa técnica fornecida pela proponente, a


Administração poderá avaliar a pertinênciâ de cada caso de ocorrência de divergêrcias e
assim julgar a aceitabilidade da planilha com a proposta de preço da licitante.

Diante do exposto e iustificado anteriormente, o edital deverá prever como


obrieatoriedade para aoresenlacão da prooosta comercial. por parte da empresa licitante,
o preenchimento da glanilha de serviços observadas as condições a seguir:

A proponente deverá preencher as ptanilhas de serviços relacionando os preços


unitários e o parcial. O preço parcial é Íesultante da multiplicação das quantidades,
fornecidas pelo Município, pelo respectivo preço unitárlo pÍoposto pela proponente.
Ante o exposto, o subtotal é proveniente da soma dos preços parciais, e o preço
global é resultante da soma dos preços subtotais.

lr O rol dos serviços (descrição dos serviços) e as quantldades serão fornecidas pelo
Município, sendo que os m6mos não poderão ser alterados oela proponênte.
Também é vedada a inclusão ou subtração, pela pÍoponente, de serviços e de
quantidades, fornecidas pelo Município, sob pena de desclassificação.

. A proponente deverá apresentar os custos unitários iguais ou abaixo dos valores de


referência fornecidos nas planilhas do orçamento da AdministraÉo, sendo
observados os orincíoios da razoabilidade e da orooordonalidade-

tv A proponente deverá apresentar os custos unitários de serviços idênticos, existentês


em locais diíintos da planilha orçamentária, sem divergência de valores entre si,
sendo necessário a apÍesentação de iustificativa técnica. assinada Dor êngenheiro
ou arouheto resoonsável oela elaboracão do orcamento da orooonente. de cada
cãso de divêrpênclâ de Dreco erÍ.e servicos com dêscricão idêntica.

A seguir, segu e anexo informativo sobre a SÚMuIA Ne 299l2ofo Do TRIBUNAL DE


COI'TTAs DA UNIÃO que orienta sobre o critério de aceitabilidade dos preços unitários e
global, com fixação de prêços máximos para ambos.

Pásina 3 de 16

Centro Adminislrativo José Situério de Olivêiía - Rua Paraná, 5000 - CEp: 85.801-011 45
MUNICíPIO DE CASCAVEL {lo
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAiIENTO E GESTÃO
Departamento de Gestáo de Compras e Administraçáo
cAscÂvEL Divisão de Licitaçóes

GOVERNO MUNICIPÂL

cAscAvEr
Sc(r.tàrl. d. Edu(.çro

súMurA Ne 2s9l2010 -TRt NÂL DE coÍurÂs Da uxúo


'Nos contotoções de obros e seryiços de engenhorio, o definição do critério de
oceitobilidode dos preços unitórios e globol, com fixoçõo de preços móximos poro ombos, é
obrigoçõo e não loculdode do gestor."

Fundamento Legal
Lei ne 8.666/1993, ârt. 40, inciso x

Precedentes
- Acárdâo 4691200Í3 - 1r Câmara - Sessão de 4/3/208, Ata n'05/2008, Proc.
014.42912007-0, in DOU de 7312008.
- Acórdão 2985/20O8 - 2. Câmara - Sessão de 19/8/20O8, Ata n' 2912008, Proc.
@s.4891200,8-7, in DOU de 21108/2008.
- Acórdão 5468/2008 - 2? CâmâÍa - Sessão de 25hl,l20f,8, Ata n'4312008, Proc.
0104.631/2005-9, in DOU de 28l1V2008.
- Acórdão 593/2ü)3 - Plenário - Sessão de 281517003, Ata n' 19/2003, Proc.
ao7.828l2OO2-3, in DOU de 10/6/2003.
- Acórdão 175512co4 - Plenário - Sessão de 10/1V20O4, Ata n' 4312004, Ptoc.
005.s28l2003-5, in DOU de 23ltLl2@4.
. - Acórdão 1090/2004 - Plenário - Sessão de 6/612007, Ata n' 2312007, PÍoc.
008.21912006-9, in DOU de rLl6l2co7.

- Acórdão 2014/2007 - Plenário - Sessão de76l9lZ008., Ata n' 4O|2OO7, ?toc.


0O7.49812007-7, in DAU de 2a/9/?@7.
- Acórdão 08Z2OO8 - Plenário - Sessão de 3OlLl2OO8, Ata n'02/20O8, Proc.
010.324l200G1, in oOU de 01/0212009.
- Acórdão 2381/2008 - Plenário - S€ssão de 29l1Ol2OO8, Ald n' 44120[;8, Ptoc.
oLr3zll200T-z, in DoU de 31/10/2008.
- Acórdão 168/2009 - Plenário - Sessão de l].l02lzm9, Ata n'0612009, Proc.
030.638/2008-7, in OOU dê l'l1Zlz0[€.

LEGrSr-AçÂO

coNsTrTUrçÃo FEDERAL DO BRAS|L

Página 4 de 16

Cênho Administ'alivo José SilvÉíio de OtiveiÍa - Rua Paraná, SOOO - CEp: E5.801{11
46
MUNICíPIO DE CASCAVEL (tl
SECRETARIA TUIUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departâmento de Gestáo de Compras e AdministraÉo
CASCAVEL Divisão de Licitaçóes

GOVERNO MUNIOPAL

GÂSCAVEL
s.('.t íà dê €ou(àçáo

"Art. 37. A odministroção público direto e indircto de qúolquer dos Poderes do União,
dos Estodos, do Disttito Federol e dos Municípios obedecerá oos princípios do legolidode,
impessoolidode, morolidode, publicidode e eliciêncio e, tombém, oo seguinte:
(...)

-
xxl ressolvodos os cosos especificodos no legisloçõo, os obros, seNiço, compros e
olienoç1es serão contrctodos medionte processo de licitoçõo público que ossegure iguoldode
de condições o todos os concorrentes, com clóusulos que estobeleçom obrigoções de
pagomento, montidos os condições eletivos do proposto, nos termos do lei, o quol somente
permitirá os exigêncios de quoliÍicoção técnico e econàmico indispensáveis à gorontio do
cu m pri m e nto do s obri q o çõe s."

tEI NE 8.666 DE 21 DE JUNHO DE 1993

"Art- 40- O editol conteró no preimbulo o número de ordem em série onuol, o nome da
repoftição interessodo e de seu setor, o modolidode, o regime de execução e o tipo do
licitoçõo, d menção de que seró regido por esto Lei, o locol, dio e horo poro recebimento do
documentoçõo e proposto, bem como poro início do oberturo dos envelopes, e indicorá,
obrigotoriome nte, o seguinte :
(...)
X - o critério de aceitobilidode dos preços unitário e globol, conÍorme o coso, pemitido
o Íixoção de preços máximos e vedodos o fxoção de preços mínimos, critétios estotísticos ou

loixos de vorioçõo em reloçõo o pteços de reÍerêncio, ressolvodo o disposto nos porágrofos


7e e 2e do ort. 48; (Redação dodo pelo Lei ne 9.648, de 1998f

3.2. FORMA DE EXECUçÃO DOS SERVIçOS

Parcelada, em reqime de execucão indireta oor emoreitadâ oor oreco unitário.


conforme medições da fiscalização da Secretaria de Serviços e Obras Públicas (SESOP).

3.3. PRA:ZO E «)Í{DIçôES DE Er{IREGÂ

3.3.1. PRA:ZO DE EXECUçÃO

O prôzo total paÍa a execução dos serviços será de O8 mêsês (240 diasl a oartir da
emissão da ordem de servico pela Secretaria de Servicos e Obres Públicas íSESOPI. e
pagamentos conforme boletim de medição mensal elaborado pela fiscalização da SESOP.

3.3.2. PRA:ZO DE VIGÊNOA DO COiÍÍRATO

Prazo de vigên cia do contrato de 12 mesês â Dârtir de ssinatuÍâ do contrãto.

Pácina 5 de 15

Cêntro Administralivo José Silvéíio de Olh,reiÍa - Rua paraná, 5000 - CEp: 85.801-01t
47
MUNICíPIO DE CASCAVEL {te
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisão de Licitações

GOVERNO MUNICIPÂL

CASCAVEL
Sê«s'târtô d.. Ed'J<ôçáo

3.4. rocAr DA ENTREGA / rocAL DE ExEcuçÃo Dos sERvtços

Rua Cisne Branco, ne 1681 - Lote 0054 - Quadra ne 0066 - Loteamento Clarito - Bairro
Floresta - Cascavel/PR.

3.5. FORMA DE PAGAMEIVTO

15 lquinzel dlas a pós âpresentação da Nota Fiscal com todos os documentos


;olicitados em edital e/ou contrato, válidos e completos.

3.5. DOTAçÃO ORçAurmÁnra

*Conforme definição do Departamento Financeiro da Secretaria Municipal de


iducação na requisição de compras.

3.7. ÍNDICE PARA REA'USTE DE PREçOs

lNcc - índice Nacional de custo da Construção

3.8. SECRETARTA RESPONSÁVEr PErÁ FISCAI-IZAçÃO DE OBRA

Secretaria Municipal de Serviços e ObÍas Públicas - SESOP.

3.9. FtSCÂr DA OBRA

Fiscal da Obra: Engenheira Civil Angelâ Claudia Siqueira Thomé, matrícula ne 12.709-
r, cREA/sP 7s9.688/D.

Suplente: Engenheira Andreia Satiê Koga, matrícula ne 19.021-7, CREA PR-65.315/o

3.10. OBRICAçÕES DA COI{TRÂTApA E COND|çôES GERATS DA PRESÍAçÃO DE


sERVrçOS

l. Não é peÍmitido sub-empÍeitar dê forma total o obieto desta licitação, porém,


mediante prévia comunicação e autorização da contratante, a sub-empreitada parcial
de serviços poderá ser
autorizada, devendo a subcontratação ser de
responsabilidade exclusiva da empresa titular;

ll. A CONTRATADA, sê possuiÍ sua sede em outro Estado da FedeÍação, deverá


apresêntôr o visto do CREA/PR, quando da execução do contÍato;

lll. será exigido ART/RRT de execução da empresa;

lv. A CONTRATADA deverá prêstar garantla por uma das modalidades prwistas no Art.
56, parágrafo 1e,da Lêi Fêderal ne 8.666/19!13, no valor equimlente a 596 (cinco
lor centol do lralor do contrato. A garantla (cauÉol deverá ter sua validadê pelo
período referente ao prazo de vigêncla do contreto;

Página 6 de 16

Cenúo Administralivo José Silvéíio dê Oliveira - Rua Paraná. 5000 -CEP: 85.801{11 48
MUNICíPIO DE CASCAVEL rÉl
SECRETARIA ilIUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestáo de Compras e Administraçáo
CASCAVEL Divisão de Licitaçóes

@VERNO MUNICIPAL

cAscAvEt
sê«arâíiâ de Ed(.!áo

v  atuaÉo ou e êventuel oml$ão da Fiscalização durante a Íeallzação dos trabalhos


não poderá ser Invocada para exlmir a contratada da responsabllidade pela
execuÉo dos seMços;

vt. A CONTRATADA deverá manter duraÍrtê toda a exe«rfo do


contrâto, em
compatibilldade com as obrlgações assumidas, todas as condições que culminaram
em sua habllltaSo e quallficafo no procêsso llcítatórlo;
v[. A CONTRATADA deverá manter sob sigilo as informações que vier a tomar
conhecimento por força da proposição, abstendose de divulga-las;

v r A CONTRATADA deverá manter, durante o período de vigência contratual, um


preposto aceito pela fiscalizâção do contrato, para representação da CONTRATADA
sempre que for necessário;

tx. A CONTRATADA deverá acatar as orientações da fiscalização do contrato, levando


imediatâmento ao conhecimênto do fiscal do contrato qualquer irregularidade, fato
extraordinário ou anormal ocorrido na execução do objeto contratedo;

x A CONTRATADA deverá apresentar os relatórios exigidos e prestar, por êscrito, as


informações e os esclarecimentos que venham a ser solicitados pela fiscalização do
contrato;

xl Somente poderão ser considerados para efeito de pagamento os materiais e serviços


efetivamente executados e/ou instalados pela CONTRATADA, em conformidade com
os projetos e especificaçôes técnicas;

x A CONTRATADA deverá responder pelo cumprimento dos postulados legais vi8êntes


de âmbito federal, estadual ou municipal, inclusive quanto eos preços praticados no
contÍato;
x t. A empresa COi{TRATADA deverá apresentar, de íorma permanente, seus
funcionários dêvidamênte unlformizados, Íomecer todos os êqulpamentos de
segurança lndlvldual e zelar pela segurança dos tÍâbalhadores em úrtude dos
trabalho em alture a sêrem reallzados nas unidades, conforme recomendações e
exi8ências da Í{R-35 ê NR-18;

xtv. Quanto aos procedlmentos de segurança, assumlÍ a responsabllldade por


quaisquer âcldêntês dê trebalho na erecução dos seMços contratâdos, ainda que
rêsultê de caso fortulto ou força maior, bem como as lndenlaaçõ6 quê possam úr
a serem devidas a tercêlros por íetos orlundos dos servlgos contretâdos;

xv A CONTRATADA deverá responder pelas derpesas relativas a encargos trabalhiías,


de seguro de acidentes, impostos, contribuiçõês previdenciárias e quaisquer outras
que foram devidas e referentes aos serviços executados pelos seus empregados, uma
vez que os mesmos não têm vínculo empregatício com o Município de Cascavel;

Párina 7 de 16

Centro Adminiskatúo José Sih/ério de Otivêira - Rua paraná, 5000 - CEp: BS.BO1{1.i 49
MUNTCíPIO DE CASCAVEL r/)
SECRETARIA iTUNICTPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO ú_
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CÂSG,AVEL Divisão de LicitaÇões

GOVERNO MUNICIPÂL

CASCAVEL
s.úatônô óê Edu(àção

xvt A CONTRATADA deverá assumir o ônus decorrente de ações judiciais movidas por
terceiros, que lhe venham a ser erigidos por força da Lei, ligadas à prestação dos
seíviços

xv . A CONTRATADA deverá responsabilizar-se pela guarda e/ou armazenamento de todo


e qualquer material fornecido pela CONTRATANTE, bem como as íerÍamentas e
equipamentos da CoNTRATADA utilizados na execução dos trabalhos;

rulll A CONTRATADA deveíá realizar os serviços objeto da contrateção conforme as


normas regulamentadoras aplicáveis, pÍescrições e recomendações dos fabricantes
relativamente ao empre8o, uso, tíãnspoÍtê e armazenamento de produtos, bem
como de acordo com as exigências contidas nas solicitações de atendimento,
projetos e detalhes exigidos pela fiscalização do contrato;

xtx. A CONTRADA deverá assumir a inteiÍâ Íesponsabilidade pela execução dos serviços
contratados, inclusive em relação a qualidade dos materiais empregados, e efetuá-
los de acordo com as especificações constantes na propotta e do instrumento
convocatório e seus anexos, não podendo transferir a terceiros a responsabilidade
por problemas na execução dos serviços;

xx Quaisquer serviços executados com mão de obra ou mãteíiais inadequados e/ou em


desacordo com o projeto deverão ser refeitos pela CONTRATADA sem quaisquer
ônus para a contratante;

xxt. Deverá a CONTRATADA recompor, nos padr6es de qualidade e acabamento


existentes, as áreas adiacentes que, eventualmente, foÍem afetadas e/ou danificadas
no transcorrer dos trabalhos;

xx . A CONTRATADA deverá responder integÍalmente por perdas e danos que vier a


causaÍ ao CONTRATANTE ou â têrcêiros em razão de ação ou omissão, dolosa ou
culposa, sua ou de prepostos, independentemênte de outras cominações contratuais
ou legais a que estiver suieita;

xxlll. A de qualquer infração,


CONTRATADA deverá arcar com despesas decorrentes
devidamente comprovada, desde que praticada por seus técnicos durante a
execução do serviço, ainda que no recinto da CONTRATANTE;

xxtv. Caberá a CONTRAfADA o descarte de todo o material não aproveitável, removendo


periodicamente todo o material e detritos quê venham a se acumular no decorrer
dos serviços, devendo ser executedo de acordo com as exigên€ias da AdministÍação
Municipal, não sendo permitido o acúmulo de entulho em qualquer local do imóvel;

xxv Após a conclusão dos serviços, o imóvel devêrá apresentar todas as superfícies
limpas e isentas de resíduos e os mateÍiais não utilizados deverão ser
adequadamente removidos da obra.

Pá8ina 8 de 16

Centro Administralivo José Sihréíio de Olúeira - Rua Psraná. SOOO - CEp: 85.80í4í 1
50
MUNICíPIO DE CASCAVEL tb
SECRETARIA iTUNICIPAL DE PLANEJAiIIENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASGÂVEL Divisão de Licitaçôes

GOVÉRNO MUNTOPÂL

CASGAVEL
s.(..tàía dê Educrç;o

4. TNFORMAçôEs COMPtf MEÍilrARES

Em atendimento às recomendações e orientações do Acórdão nç 2.622120L3 do


Tribunal de Contas da União, segue planilha com os Percentuais utilizados na composição da
taxa de BDI (Benefícios e Despêsas lndiretas) utilizades no orçâmento, definidas paÍa o tipo
de obra objeto do presente TeÍmo de Referênciâ - "Construção de Edifícios'

Em anexo eo presente Termo de Referência se8ue planilha orçamentária,


cronograma físico-financeiro, projeto executivo, elétrico projetos (Arquitetônico, Estrutural,
Hidrossenitário, Águas Pluviais (drenagem), Elétrico e Cabeamento Eíruturado, Anotações
de Responsabilidade Técnice (ARTs) dos profissionais responsáveis pelos proietos e
orçamento.

Nestes documentos constam todãs âs especificações de serviços e materiais que


devem ser executados pelâ Contratada.

5. 6EÍOR DO COÍ{TRATO

s.1. 5ECRETARTA RESPO SÁvEr PELA GESÍÃO/FISCÂUZAçÃO DO CONTRATO

Secretaria Municipal de Educação - SEMED.

5.2. FtSCÂt DO CO TRATO

Fiscal de Contrato: Teodato Zingano Bischoff; Engenheiro Civil; CREA'/PR-136.277/D;


matrícula no 31.425-9.

Suplente: Íago Alves Grdoso; matÍícula ne 25.32G0; EnSenheiro Civil; CREA/PR


Lzt.834/O.

6. QUAUFTCÂçÃOrÉCnrCa

Não será solicitada visita técnica, porém a licitante deverá preencher a "declaração
de recebimento e acesso a documêntação', conforme recomendações do Tribunal de
Contas da União (TCU);

. Exigir das LICITANTE Certidão de Registro de Pessoa JuÍídica da empÍesa iunto ao


CREA (Conselho Regional de En8enharia e Agronomia) ou Certidão de Re8istro de
Empresa iunto ao CAU (Conselho de Arquitêtura e Urbanismo), dêntro do prazo de
valldade;
A exigência quê as LICITANTES 'âpresêntem certificado de registro da empresa runto
ao CREA/CAU" (entidades profissionais competentes), tem amparo legal conforme o

Página 9 de 16

CentÍo Adminislraiivo José Sih/ério de Oliveira - Rua Paraná, 50OO - CEp: 85.80 1 { l1
5l
MUNICiPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA iIUNICTPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
,,L
Departamento de Gestão de Compras e AdministraÉo
CASOAVEL Divisão de Licitaçóes

GOVERT{O MUNICIPAL

GÀSCAVELSaca{ânà dê EdEàçàô

inciso I do Art. 30 dâ Lei no 8.666/93. Ainda, existe a exigência deía documentação


conÍorme descreve o inciso ll do Art. 27 da mesma lei;
Exigir das LICITANTES, certiÍicedo de reSistro de profissional junto ao CREA {Conselho
Regional de Engenharia e
Agronomia) ou CAU (Conselho de Arquitetura e
Urbanismo), dentro do prazo de rrâlidade, conforme Art. 6e e Art. 8e, inciso ll, da
Resolução ne 336/1989 do CONTEA (Conselho Federal de En8enharia e Agronomia)
ou Art. 47 da Lei nc f2378l20lO do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil;
A exigência de "cenificodo de rcgistro do profissionol de nível superior responsável
técnico do empreso junto ro çX62/CALr está prêviste ne legislação referentê ao
exercício das profissões que possuem atribuição para desempenhar as atividades
relacionadas a obras e serviços técnicos profissionais e basicamente, a pessoa lurídica
não pode desenvolver qualquer atividade sem a participação da pessoa física,
representede pelos profissionais devidamente credenciados;
Entre a legislação que tftta desse assunto, citamos os Art. le, 6e, 7e e 8e da Lei ne
5.194, de 24 dê dêrêmbro de 1966, que reSulamenta o exercício das profissões de
engenheiro e engenheiro-agrônomo; os Art. 1e e 3e da Lel nc 6.496, de 07 de
dezembÍo de 1977, que institui â Anotação de lesponsabilidade Técnica - ART; os
Art. 2e e 3e da R6oluÉo COtIIFEA - Conselho Federal dc Engenharla, Arquiteture e
Agronomia - nr 1.025, de 30 de outubro de 2009, que dispõem sobre a ART e o
Acervo Técnico Profissionâl; os Art. 5o e 8e da ResoluÉo CONFEÂ nt 336 de 27 de
outubro de 1989, que dispõem sobre o registro de pessoas lurídicas nos Conselhos
Regionais e os Art. 2e, 7e, LO, 28,45 e 50 da têl ne 12.378, dê 31 dê dezembro de
2010, que regulamenta o exercício da Arquitetura e Urbanismo e cria o Conselho de
Arquitetura e Urbanismo do Brasil - DiíÍito Fêderel;
CAU, dos Estados e do
Destaca-se aue âs solicitacões mencionadas são exi Ridas, oois conforme vasta
legislâcão embâsando tal fato. deaxar de solicitá-las incorÍeria em exercicio ile sal da
o rofissão o assivel de multa o ara o contratado e o ente o úblico;

tv. As empresas licitantes deveÍão âpresentar comprovação de que tenhem executado


obra, por meio de Atestedo de Capacidade Técnica emitido por pêssoe iuÍídica de
direito público ou privedo, em que conste, obÍhatorlamentê. o CNPJ da licitante
como o da empresa contratada, o início e término da obra, e sua localização, com as
seguintes características técnicas consideradas como parcelas de maior relevância e
valor significativo do obieto dâ licitação:

a. Execução de cobertura com eírutura metálica, êm quântidade não inferior a


230,00m'ou com no mínimo 2.3@,0okg;
b- Execução de ÍeveÍimento de piso e/ou parede com cerâmica e/ou
porcelanato e/ou vinílico, em quantidade não inferior a 390,00 m2;

PáBina 10 de 16

CentÍo Administraiivo José Sihério de Oliveira - Rua Paraná, SOOO - CEp: 85.801{í1
52
MUNICíPIO DE CASCAVEL rü
SECRETARIA ITTUNICTPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administraçáo
CASG,AVEL Divisão de Licitações

@VERNO MUNICIPAL

CASCAVEL
Sê«!tà.à óe Eúr.àdo

c. lnstalação de rede elétricã intema e/ou extema em edificação com instalação


de pontos de luz e/ou força (luminárias e/ou tomadas), em quantidade não
inÍerior e 120 pontos.

v Regsalta-sê que o
Atestado de capacldade Íécnlca serve para oomptovâr a
execupo dos serüços oontftrtado3, dlscrlmlnando o têor da contrataÉo e os dados
da êmpr6a contratada, o qual pode conter caractêrístlcas do objeto, prazo3 ê
nlveis de 3atlsÍaÉo, de modo a complementaÍ, caso necessárlo, o @nstânte ne
Certldão dê Acervo Técnlco;

vt. Considerandc.se os últimos pareceres jurídicos de análise inicial de p.ocessos


licitatórios da Secretaria Municipal de Educação, elaborados pela Secretaria de
Assuntos Jurídicos (SEA,UR) dâ Prefeitura Municipal de cascavel, os quâis gliellEqj
edminiírâcão a se abster da eênciâ dê ouentidedes mínimes- quanto a
comprovação da capacidade técnico-pÍofissional, conforme interpretação dos
advogados do município ao previsto no art. 30, parágrafo 1c, inc. l, da Lei Federel Nq
8.656/1993, aoesar das iustificativas técnicas apresêntadas pelos ênaenhêiros do
setor de infraestrutura da Secretaria Municioal de Educacão ouanto a importância da
exirência de orofissional técnico oualificado e com exDeriência comDrovada através
do ouantitativo comoatível com a execucão do obieto da licitacão. esse certame
deverá exislr oue a lldtante possua em seu corpo técnico, na data previía para
entrega da proposta, profissional(is) de nível superior, en3enheiro ou arquiteto,
reconhecido(s) pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomiâ CREA ou -
Conselho de Arquitetura e Urbanismo -
CAU, detentor(es) de atestado(s) ou
declaração(õesl de respo nsabilidade técnica devidamênte retistrado(s) no CREA ou
CAU da reqião onde os servicos foram executados, acomoanhadoís) da(s)
resoectiva(s) CertidãoÍôes) de Acervo Técnico - CÂT, exoedida(sl por este(sl
ConselhoÍs|. que comprove{m} ter o(s} profissional(is} executado para órgão ou
entidade da administraÉo pública direta ou indireta, federal, eíadual, municipal ou
do Distrito Federal ou, ainda, para empresa privada - que não o próprio llcftantê
(CNPJ diferente)- serviço(s) reletivo(sl a:

a. Execução de cobertura com estrutura metálica;

b. Execução de revestimento de piso e/ou parede com cerâmica e/ou


porcelanato e/ou vinílico;

PáBina 11 de 16

Centro Adminislralivo José SilvéÍio de Olitreira - Rua Paraná. 5000 - CEP: 85.80í-011
53
MUNICíPIO DE CASCAVEL I 0
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestáo de Compras e Administração
casciÂvEL Divisáo de Licitaçóes

iml
GOVERNO MUNICIPAI

CASCAVEL
rt4, '.íêranà
óê Édu(à(ào

c. lnstalação de rede elétrica interna e/ou extema em edificação com instâlação


de pontos de luz e /oulorca (luminárias e/ou tomadas).

v[. As Certldõ€s de Aceruo Técnlco emltldas sêm Atestado de Capacldade Técnica


deverSo discriminar todas as exitências técnlcas acima elencadas;

vIt. Í{os casos de Certidões dê AceÍvo Técnico emltldas com Ateíado de Capacidade
Técíica, e3te também Doderá ser apresentado, sendo que deve ser emitido por
pessoa jurídlca de dlrêlto públlco ou prhrado, devldamente reSlstrado pelo
Conselho ProÍissional competente (CREA ou CÂUl;

tx. Considerando.se os últimos pareceÍ6 Jurídicos de anállsê inicial de processos


llcitatóríos de Selretaria Munidpal de Educação, elaborados Pela Secretaria de
Àssuntos JuÍídicos ISEAJURI da Prefelturâ Munldpal de Cascavel, a comprovação da
qualificaÉo técnico-profissional do r6ponsável técnico dêtentor do acervo técnico
pela empresa deverá ser demonstrada no momento da habilitaÉo, sendo que no
edital deveÍá coníar que as LlC]TAi{TES devem lnformar sobrê a disponibilldade de
um profissional, que atenda as exigÊnclas de quallficação da Secretaria Municipal
de Educação, por melo de declaração. O vínculo do profissional com e empresa
deverá ser comprovedo no momento dã esslnatura do contrato;
x A comprovação do profissionalde nível superior ou outro, pertencente ao quadro da
empresa, poderá ser através de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CrPS) ou
certidão do CREÁ,/CAU ou cópia do Livro ReSistro de Empregados ou contrato social
ou contrato de preíação de serviço;
xt Se houver necessidade de subíituição do responsávêl técnico nomeado, o substituto
deverá apresentaÍ o acervo técnico em conformidade com às exigências do edital do
certame licitatório, o qual será submetido à análisê e aprovação do Município de
Cascavel, sob pena de inabilitação ou rescisão contratual;

Xll. Não serão aceitos ãtêstados ou acervos de obras em andamento;

x t Não serão aceitos atestados ou acervos de licitantes que atestam para si mesmas a
qualidade de serviços ou obras executadas, sendo necessário que tal documentação
seja fornêcida por êmpresa diversa da licitante.
Apesar da Lei ne8.666/1993 não vedar essa orática. na consecucão do fato êstariem
sendo feÍidos os princíoios da moralidade e imoessoalidade hâia vista oue a licitante
arcialidade necessária re etêíeÍ suâ rô ca

Página 12 de 16

Cêntro Adminislrativo José Silvêrio de Oliveira - Rua Paraná, 5000 - CEP: 85.801-011
54
MUNICíPIO DE CASCAVEL IR
SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÂO
Departamento de Gestão de Compras e Administraçáo
CASGAVEL Divisão de Licitações

ã-Ei-
iHi
GOVERNÔ MUNICIPAI

CASCAVEL
t4í s.(r.ranà dê Eólcaçáo

,usnFrcAnvA DE ExrGÊNoA oE QUAUFTCAçÂO rÉCN|CO-OPERAOOÍ{AL E TÉCNICO


PROFtSStOÍrtAt

Nesse processo solicita-se a qualificação técnico-opêra€ional ê técnico-profissional


das licitantes conforme previsão do art. 30 da Lei ne 8.656/1993 e da Súmula Nc 263/2011
do Tribunal de Contas da União, sendo que este tema já foi amplamente debatido e
encontra-se pacificado na doutrina e ,urisprudência.

A exigência da comprovação de qualificação técnica, limitada simultâneamente às


parcelas de maior relevância e valor significativo da obra, visam impor regras, em prol do
interesse público, com a finalidade primordial de salvaguardar a Administração de que o
futuro contratado detenhe eptidão suficiente para bem desempenhar o objeto licitado, sêm
que ocorram futuramente prejuízos à conclusão da obra. Em observância ao princípio da
supremacia do interessê público, a lei âdmite que se verifique a qualificação tanto da
empresa, quanto de seu responsável técnico, para efeitos de habilitação.

Ressalta-se que as parcelas de maior relevância solicitadas referem-se a:

l. "Execuçõo de coberturo com estruturu metólico, em quontidode nõo inÍerior o


230,Nm2 ou como no mínimo 2.30O,00k9' - Parcela referente a 47,66% da
quantldade total de 482,50 mr, representando L3,91% do cüsto da planllha do
processo lldtatórlo, conslderando.se todos or itens reÍerentes ao fomecimento e
montagem de êstrutura metállca em tesouras ou trêliçes.
A solicitação de aptidão para execução de cobertura com estrutura metálicâ, tanto da
empresa quanto do prollssional responsável técnico, motiva-se pelo fato de tratar-se de
serviço êspecializado, com processo específico de fabricação dos componentes da eírutura
(peças, soldas, parafusos, chapas, entre outros), bem como um píocesso minucioso de
montagem no local da obra.
A empresa e o responsável técnico pelos seÍviços dêvem escolheÍ tecnicamente o
processo e a sêquência de montagem, de forma a atender as considerações exigidas na
concepção do projeto, tais como, escoramentos ou macacos hidráuiicos que devam ser
ajustados no andâmento da monta8em, para aplicar ou manter contra-flechas ou para
manter o posicionamento da estrutura dentro dâs toleráncias especificadas. Ainda, deve
proporcionar um canteiro de obras adequado, para que possa ocorrer a descarga e a
movimentação dâs estruturas com seBurança, com a utilização de Suindestes, caminhões e
outÍos equipamentos, caso necessário.
Salienta-se, que trande parte dos serviços ocorrerá em altura acima de 2 metros do
solo, sendo necessário o uso de equipamentos de proteção individual para trabalhos em
altura, bem como profissionais qualificados paÍa a montagem da estrutura, obedecendo
todos os requisitos previstos na NR 35 para o planeramento, organi2ação e a execução de
trabalho em altura de forma a garântiÍ a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos.

Página 13 de 16

Centro Adminisualivo José Sih/éíio de Oliveira - Rua Paraná, 5OOO - CEp: 8S.8Ot{i1
55
MUNICíPIO DE CASCAVEL l2p
SECRETARIA i,IUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO
Departamento de Gestáo de Compras e Administraçáo
cAscÂvEL Divisáo de Licitâções

GOVERNO MUIIICIPAL

CASCAVEL
ll.
\# s.cr.tàirà óe Ed!(àçào

'E?
'Execuçõo de revestimento ceramico de piso e/ou porede com cerômico e/ou
porcelonoto e/ou vinílico, em quontidode não inferior o 390,@ m2' Parcela -
referente a 47,28X da quantldade total de 82d79 mr, representando 10,05% do
custo da planllha do processo lldtetffo, con3lderandc're todos o§ seMços pare
execuÉo dos reveílmentos cerâmlcos de pl3o e parede da pr6ente obrâ;

A solicitação de comprovação de experiência anterior para execução de revestimento


cerâmico de piso e/ou parêde, tanto da empresa quanto do profissional responsáveltécnico,
motiva-te pelo fato do assentemento de revestimentos tratar-se de serviço especializado,
com processo especÍÍico de execução, em que o planejamento é essencial para a execução
de qualidade do revestimento, detectando.se e solucionando.se possíveis erros, de forma a

evitar problemaS futuros.

A coÍreção de qualquer item após o assêntamento das placas ocasiona um atraso no


cronograma da obra, assim como qualquer falha na técnica construtiva poderá ocasionar
Íuturamente o descolamento do reveíimênto.

Diante disso, a empresa eo responsável técnico pelos serviços devem escolher


tecnicamente o processo e a sequência de assentamento do revêíimento de piso, de forma
a prever um preparo adequado da bese e os cuidados recomendados pelos fomecedores de
argamassa de assentamento, reiunte e placas cerâmicas.

It "lnstoloçõo de rede elétrico intemo e/ou extema em edificoçõo com instolação de


pontos de luz e/ou Íorço (luminórios e/ou tomadas), em qudntidode nõo inlerior o
120 pontos" - Pârcela referente à 47,24N da quantldade total de 256 pontos de luz
e força, representando 8,46X do cuío da planllha do processo licltatórlo,
conslderando os serüços que compõe a execução das lníalações elétricas de
edificação.

Para a execução destes serviços, a empresa e o responsável técnico pelos seíviços


devem seguir rigorosamente a técnica construtiva, utilizando-se de mão de obra e
equipamentos especÍficos.

Esses serviços representam toda a complexidade e logística implícitâ para a execução


das instalações elétricas do complexo de edificações, como cabos, eletrodutos, disiuntores e
caixas de pãssagem, portãnto eíe
item torna-se essenciâl para a habilitação técnica,
considerando a necessidade dê amplo domínio técnico para execução da obÍa, objeto do
procedimento licitatório em tela, tem-se que os rêquisitos técnicos exigidos são
imprescindíveis ao interesse público à ser satisfeito através da execução plena do respectivo
contrato.

Página 14 de 16

CênlÍo Adminisfativo José Sihério de Oliveira - Rua Paraná. 5000 - CEp: 85.801-011 56
MUNTCíPIO DE CASCAVEL u
SECRETARIA TIUNICIPAL DE PLANEJAIUTENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Oivisão de Licitações

GOVÊRI{O MUTTICIPÂL

cAscAvEr
s.cr.tôr'à 0€ EdL.âçáo

Ante o exposto, as paÍcelas obêdecem e erlre-se uma quantldade lnferlor a


determlnacão do Trlbunal de Contas da Unlãor

"suMÁRto: REqRESENÍAçÁo, coM pEDtDo DE MEDTDA cAUÍEuR. paEsENçA Dos


REQUISIÍOS FUNOÀMENTAIS OO FUMUS BONI IURIS E DO PERICULUM IN MORA.
:AUTEl.r',R coucEDtoÀ. ExtcÊNoA, EM EDtfAL DE pRocEDtMENro LtarAÍóRto, oE
coupnovÀçAo DE cApAaDADE rto
@opEaaaouAl Ei, pERcÊNruaL MlNtMo
SUPERT(n A $X IE tlEÍ,t COi,§ÍDERADo nEr.Ett^t{rE. ENTENDiMENÍO DO TCU NO
sENnDo DE euE TAL tMpostçÃo coNsnrut REsrRtçÂo ao aRÁTER coMpEnnvo
Do CERÍÀME. NEcÊsstoADE DE ogsERvÀNaA, pglos AoMtNtsrRADoREs, oos
ENTENDIMENiaS FiRMADoS pELo
rcu No euE sE REFERE À ÀpucÀçÃo DE N,RMAS
L,arAçÁo (ENUNaADo N, 222 DA ,úMUA DE ruRÉpRUDÊNaA oo Ícu).
GERAIS DE
coNHEaMENro. pRocEDÊNaA pARaAL RREGUIARIDADE sEM GRAWDADE
sunaEvrE qARA ENI,üAR A tMpostçÁo oE MED\DAS coRREfNAs, sog qENA DE
pqErulzo À AoMjNtsÍRAçÃo E Ao tfiEnEssE púBuco. RwocAçÁo DA MEDtoa
PREWNÍVA. AÊNAA' (^cÁtdáo ÍCU 3.104/2013 - RelatoÍ Ministro Valmir Campêlo.
Ata ne46/2013 - Plenário).

Portanto, consldêrendo a nec$sldade dê amplo domínlo técnlco para execução da


obra, objeto do procedlmento llcltatórlo êm têla, têm-§e que os requlsltG técnlcos
exigldos são imprBdndÍvels ao lntêresse públlco à ser satlsfêlto através da execução plena
do respêctivo contrato.

PáBine 15 de 16

Cenlrc AdministÍalivo José Sih/ério de OliwiÍa - Rua paraná. 5OOO - CEp: BS.BO1-01,
57
MUNICíPIO DE CASCAVEL
SECRETARIA TUUNTCIPAL DE PLANEJAUENTO E GESTÃO
Departamento de Gestão de Compras e Administração
CASCAVEL Divisão de LicitaçÕes

mt
GOVERNO MUNICIPÂL

CASCAVEL
rtq, s.í€tàná dê Édo(àçáo

quAU FrcAçÂo EcoÍ{ôMrcG.FrNAÍ{cEtRA

solicita-se que a secÍetaria Municipel de Planejamento e Geíão lnslra no


instÍumênto convocatórlo cláusulas exltlndo parâmetrG para quallficaf,o econômlco-
financeira das lidtantê3, conforme pedldo de eíudos encamlnhado por mêio da
Comunlcação lntema ne 1070/SEMEO/2018, datada de 11 de malo de 2018.
Conforme destacâdo na Comunicação lnterna encaminhada pela Secretaria Municipal
de Educação, as responsabilidade das exigências dos certames licitatório não podem ser
atribuídâs exclusivamente a Secretaria requisitante, uma vez que parâmetÍos dessa natureza
devem ser padronizados pela Administração Municipal, sendo essencial o acompanhamento
de profissionais capacitados e com amplo conhecimento contábil para a definição, conforme
as peculiaridades do objeto a ser licitado, dos índices e percentuais a serem exiBidos.

Declaramos que as informações coníantes deste documento e da Rêquisição ao


Compras são suficientes a emissão do edital de licitâção e e respectiva contrâtação, e que
não os contém nenhuma exiSência que possa comprometer, reírin8ir ou fruírar o caráter
competitivo da licitação, nos termos do artigo 3c da Lei ne. 8.666/1993.

Cascavel, 20 de março de 2019.


Tlago Alves Cardo3o
En8enheiro Civil - CREA/PR 121.834/D
MatÍícula ne 25.320,.0
Responsável pela elaboração do Termo de Referência

Wtu^n-n Gldf§
MlÍiam J. A. Cadotto
DiÍetora Financeirâ
Secretaria Municipal de Educação

1-Y\,ô,[6,1,6[ ,^.
Marcla Apareclda Baldlni
Secretária Municipal de Educâção

Página 16 de 16

CentÍo AdminislÍelivo José Sih/ério ê OlivsiÍa - Rua Paraná, 5000 - CEp: 85.801-011 58

Você também pode gostar