Você está na página 1de 12

E CIÊNCIAS DO ESTADO

UFMG 2009
DIREITO INTERNACIONAL DO TRABALHO
I SEMESTRE DE 2019
Profa. Dra. MARIA ROSARIA BARBATO
Vamos precisar de todo mundo
Pra banir do mundo a opressão
Para construir a vida nova
Vamos precisar de muito amor (...)

Vamos precisar de todo mundo


Um mais um é sempre mais que dois

Pra melhor juntar as nossas forças


É só repartir melhor o pão
Recriar o paraíso agora
Para merecer quem vem depois

(Beto Guedes, Sal da Terra)

EMENTA DA DISCIPLINA

 EMENTA:

O nascimento do Direito Internacional do Trabalho se relaciona


diretamente com o espírito revolucionário e coletivo característico dos
primeiros anos de existência do ramo juslaboral, fruto dos laços de
solidariedade surgidos entre os trabalhadores através das identidades de
opressão e de luta em face da superexploração do homem e do trabalho
humano. Nesse sentido, pensar o Direito Internacional do Trabalho é versar
sobre a própria natureza humana e a sua capacidade de refletir-se no outro,
em processos de empatia capazes de unificar em prol de um objetivo em
comum pessoas de diferentes nacionalidades, gêneros e raças.
Ao mesmo tempo, como afirma Alain Supiot, não se pode olvidar que o
Direito Internacional do Trabalho se origina e se fortalece a partir de uma
conjuntura histórica específica. A criação da Organização Internacional do
Trabalho (OIT), em 1919, como parte das tratativas que deram ensejo ao fim
da Primeira Guerra Mundial, já demonstrava que tal entidade representava
como característica primeva ser uma espécie de bastião da humanidade em
face do autoritarismo e da barbárie, o que ficou ainda mais evidente quando
no pós segunda guerra foi aprovada a Declaração referente aos fins e
objetivos da Organização, a intitulada Declaração de Filadélfia.
Dessa forma, influenciado por essa preocupação humanística presente
no chamado Direito Internacional do Trabalho, o que a presente matéria
pretende é ajudar a entender a OIT e as suas principais convenções utilizando
de uma ferramenta pouco usual, qual seja, o Cinema. A sétima arte, assim
como os próprios Direitos Humanos, aguça a sensibilidade e o caráter
reflexivo do espectador, sendo capaz de, em poucas horas ou minutos,
transpor cenários muito distintos daquelas vividos por quem assiste.
Realidades como a do trabalho forçado/trabalho escravo, trabalho infantil,
trabalho migrante e da dizimação indígena serão retratadas através dos filmes
a serem exibidos ao longo do semestre como forma de incitar debates,
discussões e reflexões sobre algumas das piores mazelas sofridas pelo homem
trabalhador no âmbito global, e que, não por acaso, são objeto das convenções
mais importantes da Organização Internacional do Trabalho,

METODOLOGIA:

A aula será dividida em 2 partes: seminários (2 horas) e exibição de


filmes (2 horas). A disciplina compreenderá a exibição de filmes, a leitura de
textos, seminários com apresentação e contraponto feitos por grupos de
estudantes predeterminados, debate promovido pela professora e pelo
estagiário com o restante da turma. Os alunos serão divididos em grupos de 2
a 4 alunos. Exibido o filme, o mesmo será debatido no primeiro horário
da aula seguinte. Ao final do semestre, os alunos devem apresentar pôsteres
sobre um dos temas tratados.

 SEMINÁRIOS:

Os seminários serão realizados no primeiro horário de cada aula, onde


será apresentado e debatido o filme exibido na aula anterior. Cada seminário
será dividido em três partes: (i) apresentação inicial, (ii) contraponto e (iii)
debate.
O grupo incumbido da apresentação inicial exporá as ideias centrais
do tema, do filme e da bibliografia relativa, em 40 minutos. O grupo
incumbido do contraponto fará em 20 minutos considerações críticas a
respeito das ideias centrais apresentadas e trará pontos de discussão para o
debate com a participação do restante da turma, com duração de 20
minutos.
Todos os alunos da turma devem ler os textos indicados, de modo a
participarem dos debates em todos os seminários. A equipe docente
complementará as apresentações, apresentando conceitos, sugerindo debates,
críticas e questões adicionais. Cada grupo, ao longo do semestre, será
incumbido de uma apresentação inicial e de um contraponto,
necessariamente.

 EXIBIÇÃO DE FILMES:

A exibição de filmes ocorrerá no segundo horário de cada aula.

 AVALIAÇÕES:

Os alunos serão avaliados em sua participação nos seminários da


disciplina (em apresentação inicial, contraponto e participação nos debates),
além da produção de pôster, da seguinte forma:

ATIVIDADE PONTUAÇÃO
Participação nos debates 10 pontos
Apresentação Inicial em Seminários 30 pontos
Contraponto em Seminários 30 pontos
Pôster/resumo expandido + apresentação 20 +10 pontos

 PRESENÇA:

A presença nas aulas é essencial e será cobrada de acordo com as


regras da Universidade.

 CONTATO COM A EQUIPE DOCENTE:


Via Moodle

 LABORATÓRIO DE PRODUÇÃO DE RESUMOS EXPANDIDOS E PÔSTERES:

QUANTO AOS RESUMOS EXPANDIDOS


Os resumos deverão obedecer às normas da ABNT, nos seguintes
requisitos: 1.2.1 O arquivo em PDF deverá ser na língua portuguesa e possuir
no mínimo 5 e no máximo 6 laudas em folha A4, posição vertical. 1.2.2 Fonte
“Times New Roman”; corpo 12; alinhamento justificado; sem separação de
sílabas; entrelinhas com espaçamento 1,5; parágrafo de 1,5 cm; margem -
superior e esquerda: 3 cm, inferior e direita: 2 cm. 1.2.3 As citações (NBR
10520/2002) e as referências (NBR 6023/2018) devem obedecer às regras da
ABNT. 1.2.4 O sistema de chamada das referências das citações diretas ou
indiretas devem ser no formato autor-data (NBR 10520/2002), sendo as notas
de rodapé somente explicativas. 1.2.5 Conforme a NBR 6024/2012, os títulos,
subtítulos e sub-subtítulos devem ser alinhados à esquerda e conter um texto
a eles relacionado, bem como constar numeração progressiva.
O resumo será apresentado e projetado para a turma debater
sucessivaente.

QUANTO AOS PÔSTERES


1.2.1 Os pôsteres poderão ser apresentados virtualmente e projetados
para a turma. Caso achar mais interessante realizar e para fim de futura
apresentação de pôster em evento, o mesmo deverá ter os seguentes
requisitos:
1.2.1.1 Tamanho: 1,10m de altura x 90cm de largura; 1.2.1.2 Material:
pode ser em papel, papelão ou mesmo em produtos disponíveis especialmente
para esse fim; 1.2.1.3 Forma de afixação: deverá ter um cordão na parte
superior para que possa ficar pendurado em biombos ou varais.
1.2.2 Quanto ao conteúdo, deverá apresentar:
1.2.2.1 Título em destaque (maiúsculas); 1.2.2.2 Nome dos autores
acompanhado da Instituição a que está vinculado; 1.2.2.3 Local onde foi ou
está sendo realizada a pesquisa; 1.2.2.4 Linha de pesquisa; 1.2.2.5 No corpo
do pôster: a) Introdução; b) Problema de pesquisa; c) Objetivo; d) Método; e)
Resultados alcançados; f) Referências utilizadas.
Os Pôsteres deverão ser acompanhados por um resumo de 1 lauda. O
resumo do pôster deverá ser estruturado e apresentar uma síntese das
informações mais relevantes da pesquisa realizada ou em andamento e
respeitar as normas da ABNT.

Os resumos e pôsteres para a conclusão da disciplina devem ser


produzidos pelos grupos (de maximo 2 pessoas + a orientadora) em tema
dentre os debatidos ao longo do semestre.
Os temas devem ser propostos à equipe docente até 08.05.2019,
sendo que devem ser discutidos com a equipe docente para considerações e
aprovação. O trabalho final será enviado à equipe docente através do
sistema moodle, imprescindivelmente, até o dia 21.05.2019, em arquivo
digital no formato pdf, e, no caso do Pôster, com a imagem do pôster. Os
resumos expandidos e pôsteres serão apresentados e debatidos nos dias
12.06.2019 e 19.06.2019, utilizando recursos informáticos (não será
necessária impressão).

 BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

SÜSSEKIND, Arnaldo. Direito internacional do trabalho. 3. ed., São Paulo: LTr, 2000.

SÜSSEKIND, Arnaldo Lopes. Convenções da OIT e outros tratados. 3. ed. São Paulo: LTr, 2007.

Obs: Uma seleção prévia de textos será disponibilizada aos alunos ao longo do semestre

ETAPAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE RESUMOS


EXPANDIDOS E PÔSTERES

ATIVIDADE PRAZO

Proposição dos temas dos pôsteres à equipe docente Até 11.05.2019

Envio do trabalho final à equipe docente Até 05.06.2019

12.06.2019 e
Apresentação para a turma
19.06.2019
UFMG
Curso de Ciência do Estado
Direito Internacional do trabalho
AULA DATA Tema da aula / seminário Bibliografia
complementar e
anotações

1 13/03/19 Apresentação da disciplina e Introdução ao Direito


Internacional do Trabalho
2 19/03/19 Direito do Trabalho Aula expositiva
3 27/03/19 Direito Internacional do trabalho: Aula expositiva
Conceito, Finalidades, natureza jurídica, estados
membros-Estrutura Orgânica Atividade Normativa
Relações com o ordenamento interno Controle de
aplicação das normas
4 03/04/19 Direito Internacional do Trabalho : Conceito, Aula expositiva
Finalidades, natureza jurídica, estados membros-
Estrutura Orgânica Atividade Normativa Relações
com o ordenamento interno Controle de aplicação
das normas (continuação)
5 10/04/19 Instrumentos normativos da OIT- convenções Aula expositiva
fundamentais (primeira parte da aula)

Filme: “Peões” (segunda parte da aula)


https://www.youtube.com/watch?
v=Xl9mLhycm4Q

6 17/04/19 Seminários (primeira parte da aula) O filme “O Filho de


(“Peões” ) Saul” deverá ser
*Ponto: Luis Gonzaga e Cesar relacionado com as
seguintes leituras:
*Contraponto:
Convenções 29 e 105,
Filme: “O filho de Saul” (segunda parte da aula) da OIT, sobre
https://www.youtube.com/watch?v=NY6Sgfojs4A Trabalho Forçado e a
abolição do Trabalho
Forçado.

OIT – Uma aliança


global contra o
trabalho forçado.
Parte I.1 – Trabalho
forçado: definições e
conceitos (p. 5-10).
MIRAGLIA, Lívia
Mendes Moreira;
FINELLI, Lília
Carvalho. Trabalho
escravo: estudo
comparado entre
Brasil, Colômbia e
Uruguai (p. 200-207).
In: Direito material e
processual do
trabalho: V
Congresso Latino-
Americano de direito
material e processual
do trabalho.
TEODORO, Maria
Cecília Máximo (et
al.), coordenadores,
São Paulo, LTr, 2017.
7 24/04/19 Seminários (primeira parte da aula) Entrega de relatórios
( “O filho de Saul” ) sobre as discussões
*Ponto: Cintia e Matheus dos GT’s do
Seminário TTMMs
*Contraponto:Patricia
O filme “Filadélfia”
Filme: “Filadélfia” (segunda parte da aula) deverá ser
https://cinemp4.com/2016/05/05/filadelfia- relacionado com as
%E2%80%A2-1993-%E2%80%A2-dublado- seguintes leituras:
%E2%80%A2-1h-59min/
Convenção 111, da
OIT, sobre
discriminação.

TEODORO, Maria
Cecília Máximo. O
Direito do Trabalho
da mulher enquanto
“teto de vidro” no
mercado de trabalho
brasileiro (p. 65-72).
In: Direito material e
processual do
trabalho: V
Congresso Latino-
Americano de direito
material e processual
do trabalho.
TEODORO, Maria
Cecília Máximo (et
al.), coordenadores,
São Paulo, LTr, 2017.
VIANA, Márcio
Túlio. Os dois modos
de discriminar:
velhos e novos
enfoques (p. 143-
149). In:
Discriminação.
RENAULT, Luiz
Otávio Linhares;
VIANA, Márcio
Túlio; CANTELLI,
Paula Oliveira
(Coords). São Paulo,
LTr, 2010.

8 08/05/19 Seminários (primeira parte da aula) O filme “Menino 23”


(“Filadélfia” ) deverá ser
relacionado com as
*Ponto: seguintes leituras:

*Contraponto: Convenções 138 e


182, da OIT, sobre as
piores formas de
trabalho infantil e
Filme: “Menino 23 – Infâncias roubadas no Brasil” sobre a idade mínima.
(segunda parte da aula)
O trabalho infantil no
https://www.youtube.com/watch?v=rYSspBodYSQ Brasil (p. 23-62) In:
Crianças invisíveis :
o enfoque da
imprensa sobre o
Trabalho Infantil
Doméstico e outras
formas de
exploração.
VIVARTA, Veet.
(Coord.), São Paulo,
Cortez, 2003.

9 15/05/19 Seminários (primeira parte da aula) O filme “Samba”


(“Menino 23 – Infâncias roubadas no Brasil”) deverá ser
relacionado com as
*Ponto:Rafaela e Maria De Fatima seguintes leituras:

*Contraponto: Isis Edmara e João Victor Convenção 97, da


OIT, sobre
Filme: “Samba” (segunda parte da aula) Trabalhadores
ou “Dançando no Escuro” Migrantes.
Relatório CIDH. A
condição jurídica e os
direitos dos migrantes
indocumentados.
Voto concordante do
Juiz A.A.Cançado
Trindade.

22/05/19 Não haverá aula Não haverá aula


10 29/05/19 Seminários (primeira parte da aula) O filme
(“Samba” ou “Dançando no Escuro”) “Corumbiara” deverá
ser relacionado com
*Ponto: as seguintes leituras:

*Contraponto: Convenção 169, da


OIT, sobre povos
Filme: “Corumbiara”, de Vincent Carelli (segunda indígenas e tribais.
parte da aula)
ALEIXO, Letícia
Soares Peixoto;
ANDRADE, Pedro
Gustavo Gomes. O
rompimento da
barragem em
mariana: impactos na
comunidade indígena
krenak à luz da
jurisprudência
interamericana. In:
Rev. Fac. Dir. Sul de
Minas, Pouso Alegre,
v. 32, n. 2: p. 283-
296, jul./dez. 2016.

11 05/06/19 *Filme: “Corumbiara”, de Vincent Carelli - *Excepcionalmente


continuação (primeira parte da aula) será invertida a
https://www.youtube.com/watch?v=xlg59jVB7DQ ordem, com o filme
sendo apresentado na
Seminários (segunda parte da aula) primeira parte da aula
(“Corumbiara”) e os Seminários
ocorrendo na segunda
*Ponto: parte. Isto se explica
em razão da duração
*Contraponto: do filme (2h e 42
min), que terá que ser
dado em duas aulas.

*Data final para o


envio dos trabalhos
finais (pôsteres) para
a equipe docente.
12 12/06/19 Trabalho final: Apresentação dos resumos e/ou Atividade avaliativa:
pôsteres para a turma Pôster e/ou resumos
(20 pontos) +
Apresentação (10
pontos)
13 19/06/19 Trabalho final: Apresentação dos resumos e/ou Atividade avaliativa:
pôsteres para a turma Pôster e/ou resumos
(20 pontos) +
Apresentação (10
pontos)

14 26/06/19 Segunda chamada


15 03/07/19 Exame Especial

Você também pode gostar