Você está na página 1de 5

Aulas Particulares Prof.

: Nabor
Nome da aluno:
Disciplina: Matemática Série: Data: / /
Prof.: Nabor Nunes de Oliveira Netto
www.profnabor.com.br

fatoração utilizando fator comum em evidência


Calcula:

2x 4x2  x  3  
Se quizeres saber se esse resultado está correto, o que terias que fazer? Por quê?
Então, o monômio pelo qual dividiste todos os termos é chamado de FATOR COMUM.
Nesse caso o fator comum é
Lembrando:

Fatorar um polinômio significa escrever o polinômio na forma de uma


multiplicação.

Logo, fatorar colocando o fator comum em evidência, significa fazer o “oposto” da


distributiva, ou seja, significa colocar na frente de um parênteses o monômio (com o
maior coeficiente e com o maior expoente possível) que DIVIDE todos os termos desse
polinômio.
OBS; colocar em evidência = destacar

Exemplos:
ay  by  cy       

fator comum

5mx  25my     



fator comum

4 xy  6ax  2mx       



fator comum

6 x 4  12 x 3  15 x 2       

fator comum
Observação:
O fator comum literal é sempre a letra que aparece em todos os termos
com o menor expoente.
Exercício: Fatora por fator comum:
a) a6 – 4a² =
b) 4x³ + 2x² + 6x =
c) 6x³y³ – 9x²y + 15xy² =
d) 8b4 – 16b² – 24b7 =
e) 8x² – 32x – 24 =
f) 3x² – 9xy + 6x + 21x3 =
g) 5a²b³c4 + 15abc + 50a4bc2 =

Exercício: Fatorando  18a  27c obtemos:


a) 93c  2a  b) 92a  3c  c)  92a  3c  d)  92a  3c 

Exercício: Se x  y  15 , então 4 x  4 y é igual a:


a) 30 b) 60 c) 40 d) 120

FATORAÇÃO UTILIZANDO FATOR COMUM EM EVIDÊNCIA - EXERCÍCIOS

Exercício: Fatora por fator comum:


a)35x3 y 2  14 x 2 y 3  y  y3  y5  y7 
b)
a a3 a5 a a3 a5
c)    d)   
2 2 2 2 2 2
Exercício: Dado o polinômio 2mx 2  2my 2 ,determina:
a) a forma faorada desse polinômio:
b) seu valor numérico para m  10 e x 2  y 2  26
FATORAÇÃO POR AGRUPAMENTO

Agrupamento é o método pelo qual simplificamos uma expressão algébrica, agrupando


os termos semelhantes (termos em comum). Para fazer o agrupamento, precisamos
usar a fatoração por fator comum em evidência. Na verdade, vamos aplicar duas
vezes a fatoração, usando o processo do fator comum.
Exemplo:
4x² + 8x + 6xy + 12y = 4x(x + 2) + 6y(x + 2) = = (4x + 6y) (x + 2)

Fator Fator Fator


comum comum comum
Exercício: Fatora as expressões (binômio)
a) 5 x  5 y  ax  ay 
b) 6 x 2b  42 x 2  y 2b  7 y 2 
c) x 2  10 x  xy  10 y 
d) a3b  a 2  5ab3  5b2 
e) 2 xy  4 x  3xy  6 x  4 xy  8 x 
Exercício: Dado o polinômio x  xz  2 xy  2 yz ,determina:
2

a) a forma faorada desse polinômio:


b) seu valor numérico, sabendo que x  z  5 e x  2 y  27 .
FATORAÇÃO DA DIFERENÇA DE DOIS QUADRADOS
O produto notável produto da soma pela diferença de um binômio sempre dá como
resultado a diferença entre o quadrado do 1º termo e do segundo. Então é possível fazer
o caminho inverso.
Lembrando:  b a

a  b   a 2  ab  ab  b 2  a2  b2 .

  
PRODUTO DA SOMA quadrado do
PELA DIFERENÇA primeiro menos
quadrado do segundo
Então, fatorando:
x 2  25 49  a 2
   
x2 25 49 a2
   
x 5 7 a
x  25 
2
x  5x  5
49  a 2  7  a7  a 
ROTEIRO:
1. Achar a raiz quadrada de cada termo
2. O resultado será o produto da soma pela diferença entre esses dois termos.

Exercício: Fatora as expressões o máximo possível:


a) x 2  49  b) 64  a 2  c) 81  4 x 2 
e) a b  y 
2 4 6
d) 9m2 16  f) x 4 16 
4 1 x2 y2
b2    
g) 25 h) 9 16

Exercício: Fatora as expressões, primeiramente por fator comum, e depois, se possível,


pela diferença de dois quadrados:
a) 4a 2 16  b) 3x 5  3 x 3 
FATORAÇÃO DO TRINÔMIO QUADRADO PERFEITO
O produto notável quadrado da soma de um binômio ou quadrado da diferença de um
binômio sempre dá como resultado o primeiro termo ao quadrado mais o segundo termo
ao quadrado + ou - o dobro do primeiro termo pelo segundo. Então é possível fazer o
caminho inverso. Exemplo:
Lembrando: a  b2  a 2  ab  ab  b2  a 2  2ab  b2
x2  6x  9 9a 2  12a  4
   
2 2
x 9 9a 4
   
x 3 3a 2

Teste 2  x  3  6 x Teste 2  3a  2  12a


Então:
x 2  6 x  9   x  32 ou  x  3   x  3 e 9a 2  12a  4  3a  22

ROTEIRO PARA FATORAR TQP


1. Achar a raiz quadrada dos dois termos que tem raiz exata
2. O termo sem raiz quadrada exata deve ser o dobro do produto das raízes
3. O resultado terá o sinal do termo sem raiz quadrada exata.

I- Marca os trinômios que são quadrados perfeitos:


a) x 2  10 x  25 b) 36  12n  n 2 c) m2  4m  4
d) a 2  18a  64 e) x 2  3x  1 f) 4x2  4x  1
II- Fatora os T.Q.P. que encontraste no exercício 1:
ROTEIRO PARA FATORAR:
1. Verificar se existe um fator comum. Se existir, deve-se colocá-lo em evidência.
2. Verificar se é um trinômio quadrado perfeito. Se for, escrevê-lo na forma de potência.
3. Verificar se é uma diferença de dois quadrados. Se for, escrevê-lo como o produto da
soma pela diferença.
4. Verificar se é um polinômio com 4 termos ou mais e verificar se, nesse caso, é
possível o agrupamento.
5. Após fatorar a primeira vez, ver se nos parênteses ficou um dos casos acima. Em caso
positivo, fatorar de novo.

Exercícios
Fatora completamente as expressões, aplicando os casos estudados:
b4 x6
a)   b) x3  x 2  x  1 
4 25
c) 2 x  40 x y  200 x y  m4 1 
6 5 4 2
d)
y 2 y3
e) 18x
2
 18  36 x  f) y 
4
 
16 2
1 5
g) 2m3  3m2  8m  12  h) a x  x  5a  
2 2
4 4
i)  x2  4x  4 
SIMPLIFICAÇÃO DE FRAÇÕES ALGÉBRICAS

o Frações algébricas são aquelas que têm variáveis no denominador.

Para simplificar frações algébricas:


 Se os termos forem monômios, cancelamos os fatores comuns;
 Se forem polinômios, fatoramos o numerador e/ou o denominador e,
depois, cancelamos os fatores comuns.
 Para fatorar o numerador e/ou o denominador, usamos a seguinte
ordem:
[1] Primeiramente, colocamos o(s) fator(es) comum(comuns) em
evidência;
[2] Depois:
a) Se obtivermos um binômio, verificamos se é uma
diferença
de dois quadrados e o fatoramos;
b) Se for um trinômio, verificamos se é um T.Q.P. e o
fatoramos;
c) Se tiver quatro termos ou mais, verificamos se é
possível realizar o agrupamento.

Observações:
Como o denominador de uma fração nunca pode ser igual a zero, vamos sempre
considerar diferente de zero o denominador literal de uma fração algébrica.
Uma fração que não admite mais simplificação é chamada de irredutível.

Exercício: Fatora, se necessário, e simplifica, se possível, tornando as frações


irredutíveis:
 7 a 3c 5m  10
a)  b) 
 21ac 5 3m  12m  12
2

4x2  4x  1 4  x2
c)  d) 
4x2  1 6  3x

x  10 x3  x 2  4 x  4
e)  f) 
x 2  20 x  100 x2  4

a2  a 4ad  10ad 2
g)  h) 
2a 2  4a  2 a 2  16