Você está na página 1de 2

O Alfabeto Cristão

O-B-D-C

4. CONFISSÃO DE FÉ DE WESTMINSTER - ADOÇÃO


Qual visão se encaixa melhor com Romanos 8.30?
Não obedecemos a Deus por causa do medo de um tira- Aula 6a
16
no, mas pelo amor de filhos. Não somos escravos sob a Lei, como
se fosse uma obrigação legal (Rm 8:15). Não recebemos a ira de

______________________________
Deus (Rm 1.18), mas a disciplina paternal (Hb 12:7). Tal disciplina
jamais tem o propósito de juízo por nossos pecados, porque o
Senhor Jesus já foi punido em nosso lugar. A disciplina é só para
nos corrigir e edificar nosso caráter para que nós sejamos cada
vez mais parecidos com Cristo.
Como filhos de Deus, achamos nossa verdadeira liberda-
de, não no conceito de autonomia, mas em nossa liberdade do
pecado, de Satanás e da lei. (Alan Myatt & Franklin Ferreira - Teo-
logia Sistemática p. 258)
Em Deuteronômio 28, Moisés fala sobre a relação de
obediência com bênção e desobediência com maldição. O texto
é especifico para Israel, mas o princípio eterno por traz dele é pra
todas as épocas. Por nascimento estamos unidos a Adão que é
nosso pai em sua desobediência e herdamos dele o pecado, a
morte e a ira de Deus. Pela fé estamos unidos em Cristo em sua
obediência e herdamos dele todos os benefícios conquistados na
cruz (justificação, expiação, redenção e etc...) Isso deve nos moti-
var a obedecê-Lo! Ef 1.4,5 At 13.44

At 16.13 Jo 6.44

http://www.ebenezer.org.br/wp-content/uploads/2017/06/15- Ef 2.8,9
Cap-12-CFW-2017.pdf

Seminarista Ricardo Cardoso


INTRODUÇÃO ἀββα ὁ πατήρ
[abba hó patêr],
"Pai"

1. CONFISSÃO DE FÉ DE WESTMINSTER - ADOÇÃO 2. CONFISSÃO DE FÉ DE WESTMINSTER - ADOÇÃO 3. CONFISSÃO DE FÉ DE WESTMINSTER - ADOÇÃO


CFW12§1. A todos os que são justificados, Deus se digna fazer par- O QUE DEUS ESTÁ FAZENDO EM NÓS?
Versículo tema: “Porque não recebestes o espírito de escravi-
dão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o ticipantes da graça da adoção (Ef 1.5; Gl4.4-5) em e por Seu único
 REGENERAÇÃO Nova vida, nova natureza De morto para
espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai”. (Rm Filho Jesus Cristo. Por essa graça, eles são recebidos no número e
“nascido de novo”. (1 Pe 1.23; Jo 3.3)
8.15) gozam a liberdade e privilégios dos filhos de Deus (Jo 1.12; Rm 8.17),
 JUSTIFICAÇÃO Nova situação judicial. De injusto para justifica-
têm sobre si o nome Dele (Ap 3.12), recebem o Espírito de adoção
do. (Rm 3.24; Rm 5.1)
É importante que se diga que a adoção é um ato de amor (Rm 8.15), têm acesso com ousadia, ao trono da graça (Ef 3.12; Hb
 ADOÇÃO Nova posição ou status. De mera criatura para “filho
e bondade que se faz por alguém; quando um casal decide adotar 4.16; Rm 5.2), e são habilitados, a clamar “Abba, Pai” (Gl 4.6); são
de Deus”. (Ef 1.5)
uma criança, eles tomam esta atitude, não coercivamente, mas de tratados com piedade (Sl 103.13), protegidos (Pv 14.26; Sl 27.1-3),
 SANTIFICAÇÃO Novo caráter. De derrotado pelo pecado para
forma espontânea. Deus também nos adotou. A Bíblia nos informa providos (Mt 6.30-32;1Pe5.7) e corrigidos por Ele, como por um pai
(Hb12.6); nunca, porém, abandonados (Lm 3.31; Hb 13.5), mas selados “vitorioso por meio do Espírito”. (Hb 12.14; Rm 6.22)
que éramos, por natureza, inimigos de Deus (Rm 5.10 – Cl 1.21-
para o dia de redenção (Ef 4.30), e recebem as promessas (Hb 6.12) Paulo chama o Espírito que recebem não somente de
22). Todavia, Deus nos amou e nos atraiu a Ele por cordas de
amor e em Cristo Jesus (Jr 31.3; Ef 2.1-10). como herdeiros da eterna salvação (1Pe 1.4; Hb1.14). “Espírito de adoção” [Rm 8.15-17], mas também de “selo e penhor
da herança futura” [Ef 1.13, 14; também 2Co 1.22; 5.5], porquanto, de
1. A Justificação assegura nosso relacionamento judicial com Deus. fato, por seu testemunho, no coração lhes estabelece e sela a cer-
O que é “Aba Pai” (ἀββα ὁ πατήρ)?
2. A Adoção assegura nosso relacionamento familiar com Deus. teza da adoção futura. (Institutas de Calvino – Livro III p. 426)
Aba palavra aramaica usada por crianças judias, Baba nas lín- A expressão “co-herdeiros com Cristo” significa que os
guas semíticas, Papa nas latinas, Dada nas anglo-saxônicas e filhos de Deus entram, juntamente com Cristo, na possessão da
O que é a adoção? A adoção diz respeito à atitude divina pela qual
(Painho na Bahia rsrs). É a forma carinhosa com que a criança ele nos adota como filhos por meio de Cristo Jesus. Isso já estava herança que lhes foi proporcionada. E que herança é essa? O
chama seu pai, um vocábulo primitivo, estudiosos acreditam, ser predestinado, pois Paulo diz que Deus "nos predestinou para ele, próprio Deus é a herança de seus filhos SI 73.25,26. “Deus é tudo o
um balbuciar do nenê. Aba era uma palavra comum; uma palavra para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo" (Ef 1.5). Porém, que tenho; por isso, confio nele.” Lm 3.24 NTLH (Comentário de
como Paulo declara: "Vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus envi- Romanos John Murray)
familiar e corriqueira. Nenhum judeu teria ousado tratar Deus
ou seu Filho [...], a fim de que recebêssemos a adoção de filhos [...]. “O Selo de Deus” - nos tempos antigos, vários tipos de
dessa maneira. Não obstante, Jesus o fez em todas as suas ora-
" (Gl 4.4-6). Fomos predestinados para sermos filhos na eternidade, selos eram usados, sua função seria uma antiga forma de marca
ções a nós legadas, com uma única exceção: o brado da cruz
e Deus concretizou isso dentro do tempo. (Razão da Esperança – registrada. As impressões dos selos guardavam inviolável os obje-
“Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?”. O Senhor tos selados. (Arqueólogo Alan Millard) A Escritura ilustra essa ver-
Leandro Lima p. 334)
Jesus autorizou-nos a falar com o Pai celeste de um modo mais dade aplicada a nós quando diz: Efésios 1.13-14 BV “o sinal do Espíri-
confiante e familiar. Isso, “porque vós sois filhos, enviou Deus ao to sobre seu povo significa que Deus já nos comprou e que Ele
nosso coração o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai!” (Gl garante levar-nos para Si mesmo...”; 2 Co 1.21-22 NVI “... nos selou
4:6) Assim, entendemos que é pelos méritos de nosso Senhor como sua propriedade e pôs o seu Espírito em nossos corações
Jesus que hoje temos o grande privilégio de clamarmos intima- como garantia”; Efésios 4.30 ACF “...o Espírito Santo de Deus, no
mente a Deus dizendo “Aba, Pai!”. qual estais selados para o dia da redenção”; 2 Timóteo 2.19 KJA
“...autenticado com esse selo: o Senhor conhece os seus”.’