Você está na página 1de 9

Questões de vestibulares.

Parte 2

1. (FUVEST) – Assinale a frase gramaticalmente CORRETA.


a) Não sei por que discutimos.
b) Ele não veio por que estava doente.
c) Mas porque não veio ontem?
d) Não respondi porquê não sabia.
e) Eis o porque da minha viagem.
Resposta: A (estão incorretas B – porque conjunção = pois; C – por que pronome
interrogativo; D – porque conjunção, e não substantivo; E – porquê substantivo deve
ser acentuado).

2. (ULBRA) Estude os trechos abaixo.


I. Gostei do livro, mas não saberia explicar por quê.
II. “Eu canto porque o instante existe / e a minha vida está completa. / Não sou alegre nem sou
triste: / sou poeta” (Cecília Meireles)
III. Não posso avaliar o porque de suas dúvidas.
Assinale a opção correta, considerando as expressões sublinhadas.
a. I e III estão corretos. d. Apenas I e II estão corretos.
b. I, II e III estão corretos. e. Nenhum dos trechos está correto.
c. Apenas I está correto.
Resposta: D – (correção – na afirmativa III, deveríamos grafar “porquê”, visto que se
trata de um substantivo)

3. (PUCRS) A frase em que todas as palavras apresentam grafia correta é


a. Perguntamos ao responsável por que colocara música erudita na sala, senão era desejo dos
freqüentadores.
b. Há um mês do espetáculo, previsto para meados de agosto, ainda não sabíamos quem seria a estrela.
c. O extraordinário compositor era surdo de nascença, razão porque ainda mais o admirávamos.
d. Porque as letras de suas composições vão ao encontro dos anseios dos adolescentes, a banda faz
estupendo sucesso.
e. O esforço dispendido pelos organizadores do evento permitirá que as experiências dos presentes se
consumam.
Resposta: D (correções – a) se não = visto que não / b) A um mês do espetáculo, indicando que faltava
um mês / c) por que = pela qual / e) despendido)

4. (UFRGS) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto na seqüência em que elas
aparecem.
“Pelo contrário, é justamente no período de festas que o baiano mais trabalha. Como 51% da ____ da
população atua no mercado informal, as festas são uma oportunidade de trabalho. (...) Elisete concluiu
que a imagem da preguiça se derivou do discurso ____ contra os negros e mestiços que são 79% da
população da Bahia. (...) Segundo a tese, outro segmento se apropriou da preguiça: a indústria do turismo,
que incorporou a imagem para vender uma idéia de ____ permanente.”
a. mão de obra – discriminatório – lazer d. mão de obra – descriminatório – laser
b. mão-de-obra – discriminatório – lazer e. mão-de-obra – discriminatório – laser
c. mão-de-obra – descriminatório – laser
Resposta: B (“mão-de-obra é um substantivo composto; daí a presença do hífen /
“discriminatório”, visto que esse adjetivo deriva do verbo “discriminar” / “lazer”, e
não “laser”, visto ser essa uma palavra em inglês, com outro significado)
5. (UFSM) Em que alternativa a expressão sublinhada está incorretamente grafada?
a) A chamada atrai nossa atenção, uma vez que pagamos preços altos aos hospitais sem
saber por quê.
b) Exame procura levantar as razões de os hospitais serem tão caros. Você sabe por quê?
c) A reportagem de Exame é justificável, por que, realmente, os hospitais são caros.
d) Exame propõe-se a discutir o porquê de os hospitais serem tão caros.
e) Exame revela por que os hospitais são tão caros.
Resposta: C (correção – nesse caso, deveria ser “porque”, conjunção causal
equivalente a “pois”.)

6. (IPA) Convém que ................... as causas ................. existem tantas empresas à beira da
falência.
a) analizem – porque
b) analisem – por que
c) analizem – por que
d) analisem – porque
e) analizem por quê
Resposta: B (“analisem” é com “s”, pois é derivada de “análise”, que tem “s” no
radical; “por que” equivale a “pelas quais”.)

7. (UFRGS) Eram .................. as .................. do grupo, portanto não obtiveram êxito.


a) descabidas – reivindicações
b) discabidas – reinvidicações
c) descabidas – reividicações
d) discabidas – reinvindicações
e) descabidas – reinvindicações
Resposta: A (“descabidas” = sem cabimento. O prefixo é “des-“; a grafia correta é
“reivindicações”.)

8. Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas do texto que segue.


“................. feito em água benta de pias de três das mais movimentadas igrejas de Porto
Alegre indicou índices ......... de 100 mil bactérias por mililitro, principalmente coliformes.
Ao ................., Victor Petrill, microbiologista e ................. de CNPq, alertou o ...................,
dizendo que os freqüentadores das igrejas correm risco de .................”
a) Ezame – acima – analizar – pesquizador – arsebispado – contaminação
b) Exame – acima – analisar – pesquisador – arcebispado – contaminação *
c) Exame – assima – analizar – pesquisador – arcebispado – contaminação
d) Exame – acima – analisar – pesquizador – arcebispado – contaminasção
e) Ezame – assima – analisar – pesquisador – arsebispado – contaminasção
Resposta B (em “exame”, o som /Z/ grafa-se com “x”; em “acima”, mantém-se a letra
“c” presente em “cima”; “analisar” e “pesquisador” grafam-se com “s”, porque
derivam, respectivamente, de “análise” e “pesquisa”, que apresentam a letra “s” em
suas terminações; o elemento “arce” tem origem no grego “arch-“, indicando
superioridade; a palavra “contaminação” é formada por “contaminar” + (a)ção).
9. Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas.
“As chuvas da noite deixaram as ruas da cidade ...................... / Infelizmente, a maior parte
da população permanece na mais absoluta ................... / Quanto custará o ............... do
computador? / Os deputados reuniram-se em .................... extraordinária. / Tomei ..............
e fiz minhas reivindicações.
a) empoçadas – insipiência – conserto – sessão – assento *
b) empossadas – insipiência – conserto – seção – assento
c) empossadas – insipiência – conserto – cessão – assento
d) empoçadas – incipiência – concerto – sessão – acento
e) empoçadas – incipiência – concerto – seção – acento
Resposta A (empoçadas = cheia de poças d’água; insipiência = ignorância; conserto =
reparo; sessão = reunião; assento = lugar onde sentamos)

10. Assinale a opção em que ambas as palavras têm, em seu início, a letra “h”.
a) ....... alcaparra – ...... ábito
b) ........ rigir - ......erbário
c) ....... ibernar - ..... idrofobia *
d) ......íbrido - ....bero
e) ......omogêneo - ...omoplata
Resposta C (“alcaparra”, do árabe al + kabbara; “hábito”, do latim habitu; “erigir”,
do latim “erigere”; “herbário”, do latim, “herbarium”; “hibernar”, do latim,
“hibernare”; “hidrofobia”, do grego, “hydrophobía”; “híbrido”, do grego “hybris”;
“ibero”, do latim, “iberu”; “homogêneo”, do grego, “homogenés”; “omoplata”, do
grego, “omopláte”)

11. Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas.


“O meu carinho por você não .............. do seu por mim. / .................. os amigos, e isso lhe
tirou a tranqüilidade. / A boa ....... dos personagens permitiu-me entender a história. /
Existem campanhas que pregam a .............. do uso de drogas.”
a) defere – Dilatou – discrição – discriminação
b) difere – Dilatou – descrição – discriminação
c) difere – Delatou – descrição – discriminação
d) difere – Delatou – descrição – descriminação *
e) defere – Delatou – discrição – descriminação
Resposta D (difere = divergir; delatou = denunciar; descrição = ato de descrever;
descriminação = isentar de culpa, legalizar)

12. Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas.


“Daqui ......... dois dias, poderei dizer que, ......... dois meses não o vejo. O amor e o ódio
podem tornar-se sentimentos ............ / ........... paciência para agüentar as suas
reclamações!”
a) há – a – a fins – Haja
b) há – há – a fins – Aja
c) a – a – afins – Haja
d) a – há – a fins – Haja
e) a – há – afins – Haja *
Resposta E (a – indicando tempo futuro; há – indicando tempo passado; afins =
semelhantes; Haja = forma do verbo “haver” = “existir”)

13. Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas.


“Preencha as lacunas ................ e, ............. de cada uma, assine. / ...................., você surgiu
na minha frente. / ............... daquela ponte corre um rio de águas não poluídas. / Nada
existe ............. da verdade.
a) abaixo – debaixo – De repente – embaixo – acima *
b) a baixo – de baixo – Derrepente – em baixo – a cima
c) abaixo – de baixo – De repente – em baixo – a cima
d) abaixo – debaixo – Derrepente – embaixo – acima
e) a baixo – debaixo – De repente – embaixo – acima
Resposta A (“abaixo” = preposição “a” + “baixo”; “debaixo” = preposição “de” +
baixo”; “acima” = preposição “a” + “cima”; “de repente” = subitamente; “embaixo”
= preposição “em” + “baixo”)

14. Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas.


“Seu time está apresentando um .......... desempenho no campeonato; isso provoca .......-
estar na torcida. / O intenso ............ de aviões provocou o meu atraso. / Os ................ de
certos programas de TV não mais se surpreendem com cenas fortes e inadequadas a
determinados horários.”
a) mal – mau – tráfico – expectadores
b) mau – mal – tráfego – espectadores *
c) mau – mal – tráfico – espectadores
d) mau – mal – tráfego – expectadores
e) mal – mau – tráfego – espectadores
Resposta B (“mau”, oposto de “bom”; “mal”, oposto de “bem”; tráfego = circulação
de veículos; “espectadores” + aquele que assiste a).

15. Assinale a opção em que, de acordo com as regras de emprego de maiúsculas e


minúsculas, NÃO ocorre erro.
a) Os próprios gêmeos eram considerados algo divino na antigüidade.
b) Um dos mitos clássicos da Grécia é o de castor e pólux, filhos de Leda.
c) O pai de castor era zeus, imortal habitante do olimpo.
d) Assim, essa divindade os transforma na constelação que rege a dupla personalidade de
quem nasceu entre 21 de Maio e 20 de Junho.
e) Pesquisas comprovam que os habitantes do Sul do planeta são mais crédulos quanto à
Astrologia. *
Resposta E (correções: “Antigüidade” – período histórico; “Castor e Pólux” = nomes
próprios; “Zeus e Olimpo” = nomes próprios; “maio e junho” = nomes de meses).

16. Preencha as lacunas corretamente.


“O jovem, que ........... roupas novas, apeou na estrada. Morava em casa ............, baixas, de
taipa.
a) puzera – germinadas
b) puzera – geminadas
c) pusera – germinadas
d) posera – germinadas
e) pusera – geminadas *
Resposta E (“pusera”, visto que todas as formas da conjugação do verbo “pôr”
grafam-se com”s”; “geminadas” = “ligadas, diferente de “germinadas” = principiar a
desenvolver-se”)

17. Assinale a alternativa em que as formas completam corretamente as lacunas das


seguintes frases.
• A atitude do cantor causou ....-estar na platéia.
• De quem sempre foi ........., espera-se todo ..........
• Fale mais alto, pois ela é .......... surda.
• Gostaria de saber ......... ficaram perplexos.
a) mal – mau – mal – meio – por que *
b) mau – mal – mau – meia – porque
c) mal – mau – mau – meio – porque
d) mau – mau – mal – meia – porque
e) mal – mau – mal – meia – por que
Resposta A (“mal”, contrário de “bem”; “mau”, contrário de “bom”; “meio”,
advérbio, portanto invariável, que corresponde a “mais ou menos”; “por que” = “o
motivo pelo qual”)

18. Assinale a opção que preenche as lacunas corretamente.


“Nenhum de nós soube dizer ............. o ............ cidadão portou-se tão .............”
a) porque – eminente – mau
b) porque – iminente – mau
c) por que – eminente – mal *
d) por que – iminente – mal
e) porquê – iminente – mau
Resposta C (“por que” = “o motivo pelo qual”; “eminente” = “excelente”, diferente de
“iminente” = que ameaça acontecer em breve; “mal”, oposto a “bem”).

19. Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas.


“Não ............. interromper a conversa e não escutou as ordens para executar movimentos
............................”
a) quis – antiorários
b) quis – antihorários
c) quis – anti-horários*
d) quiz – anti-horários
e) quis – antiorários
Resposta C (“quis” – todas as formas da conjugação do verbo “querer” grafam-se
com “s”; “anti-horários” – com certos prefixos, preserva-se a letra “h” nas palavras
compostas, quando houver hífen)

20. Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas.


“A ................ científica do povo levou-o a ........ de feiticeiros os .............. em Astronomia.”
a) insipiência – tachar – expertos *
b) insipiência – taxar – expertos
c) incipiência – taxar – espertos
d) incipiência – tachar – espertos
e) insipiência – taxar – espertos
Resposta A (“insipiência” = ignorância; “tachar” = acusar; “expertos” = que têm
conhecimento)

21. Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas.


“No último ............. da orquestra sinfônica, houve ............... ..................... entre os
convidados, apesar de ser uma festa ......................”
a) conserto – flagrantes – descriminações – beneficente
b) concerto – fragrantes – discriminações – beneficiente
c) conserto – flagrantes – descriminações – beneficiente
d) concerto – fragrantes – discriminações – beneficente
e) concerto – flagrantes – discriminações – beneficente*
Resposta E (“concerto” = consonância de instrumentos; “flagrantes” = evidentes”,
diferente de “fragrantes” = perfumados; “discriminações” = estabelecimento de
diferenças; “beneficente” não tem “i” depois do “c” porque não deriva de “benefício”)

Instrução: nas questões de números 22 a 24, assinale aquela em que NÃO se encontra
ERRO.

22.
a) Quaisquer que fossem as conseqüências do seu ato tresloucado, apesar de ser um sujeito
ajuisado, restariam as dores da separação.
b) Quaisquer que fossem as conseqüências do seu ato treslocado, apesar de ser um sujeito
ajuizado, restariam as dores da separação.
c) Quais quer que fossem as conseqüências do seu ato tresloucado, apesar de ser um
sujeito ajuizado, restariam as dores da separação.*
d) Quaisquer que fossem os tragetos de sua vida, o jeito seria remoer seus erros.
e) Quaisquer que fossem os trajetos de sua vida, o geito seria remoer seus erros.
Resposta C (correções: “tresloucado” deriva de “louco”; “ajuizado” deriva de
“juízo”; “trajeto”, do latim “trajectu”; “jeito”, do latim “jactu”)

23.
a) O sucesso foi tão grande, que bizou todas as canções para um público caracterizado
pela gentileza.
b) O sucesso foi tão grande, que bisou todas as canções para um público caracterizado pela
gentilesa.
c) A aridês do clima revelou ser estupidês não levar várias garrafas d’água.
d) A aridez do clima revelou ser estupidez não levar várias garrafas d’água.*
e) A aridês do clima revelou ser estupidez não levar várias garrafas d’água.
Resposta D (correções: “bisou” deriva de “bis”, mantendo o “s”; “gentileza”, “aridez”
e “estupidez”, substantivos abstratos derivados, respectivamente, dos adjetivos
“gentil”, “árido” e “estúpido”)
24.
a) Normalmente, as pessoas que têm a vontade cerceada ficam prostradas, tornando
visível sua pouca disposição para a luta e incapacidade de ascensão. *
b) Normalmente, as pessoas que têm a vontade cerceada ficam prostadas, tornando visível
sua pouca disposição para a luta e incapacidade de ascensão.
c) Normalmente, as pessoas que têm a vontade cerceada ficam prostradas, tornando
vizível sua pouca disposição para a luta e incapacidade de ascensão.
d) Normalmente, as pessoas que têm a vontade cerceada ficam prostradas, tornando
visível sua pouca disposição para a luta e incapacidade de ascenção.
e) Normalmente, as pessoas que têm a vontade cerseada ficam prostradas, tornando
visível sua pouca disposição para a luta e incapacidade de ascensão.
Resposta A (correções: “prostradas”, do latim “prostrare”; “visível”, adjetivo
derivado do substantivo “visão”, mantendo o “s”; “ascensão” deriva do verbo
“ascender” – terminação em “-nder”; “cerceada”, do latim “circinare”)

25. Assinale a frase gramaticalmente incorreta.


a) Não sei por que discutimos.
b) Ele não veio por que estava doente. *
c) Mas por que não veio ontem?
d) Não respondi porque não sabia.
e) Eis o porquê da minha viagem.
Resposta B (deveríamos grafar “porque”, visto que se trata de uma conjunção
substituível por “pois”)

26. Dadas as palavras


I – disenteria
II – diferimento
III – esplendor
Verificamos que está (estão) corretamente grafada(s)
a) apenas I.
b) apenas II.
c) apenas III.
d) apenas I e II.
e) todas as palavras. *
Resposta (“disenteria”, do latim “dysenteria”; “diferimento” – ato ou efeito de
“diferir”, “adiar”; “esplendor”, do latim “splendore”)

27. Assinale a alternativa em que haja apenas um vocábulo INCORRETO quanto à grafia.
a) amenizar – cessão – lucidez – empresa
b) vaidoso – talvez – norueguesa – asilo
c) hélice – hesitar – êxito – esplêndido
d) leveza – hostilizar – paralisar – surpresa
e) duquesa – ascensão – ritmo – enchergar*
Resposta E (correção: “enxergar”, pois, após “en-“ inicial, usa-se “x”, exceto nas
palavras em que as primitivas sejam iniciadas por “ch”, como em “encharcar”, por
exemplo”)
28. Assinale a opção em que a palavra esteja grafada INCORRETAMENTE.
a) analisar.
b) hostilizar.
c) paralisar.
d) civilisar.*
e) alisar.
Resposta D (grafam-se com “izar” os verbos derivados de substantivos que não
apresentam “s” na sílaba final).

29. Assinale a opção em que a lacuna é completada com “ch”.


a) amei...a.
b) en..... er.*
c) trou.....a.
d) en.....ada.
e) me.....erico.
Resposta B (depois de ditongo, de “en-“ inicial e de “me-“ inicial, emprega-se “x”,
exceto quando a palavra primitiva seja iniciada por “ch” – en + cheio + er)

30. Preencha os espaços com as palavras grafadas corretamente.


“A ................. de uma guerra nuclear provoca uma grande ............ na humanidade e a
deixa ............. quanto ao futuro.”
a) espectativa – tensão – exitante
b) espectativa – tenção – hesitante
c) expectativa – tensão – hesitante *
d) expectativa – tenção – hezitante
e) espectativa – tenção – exitante
Resposta C (“expectativa”, do latim “exspectatu”; “tensão”, do latim “tensione”,
próprio de quem é tenso, diferente de “tenção” = intenção; “hesitante” deriva do
verbo “hesitar” = estar indeciso, incerto)

31. Assinale a alternativa em que há uma palavra grafada INCORRETAMENTE.


a) pobreza – chinês – realizar
b) atrazado – cortês – analisar*
c) princesa – montês – canalizar
d) suavizado – francesa – economizar
e) riqueza – robustez – encamisar
Resposta B (correção: “atrasado” é o correto, visto que deriva do substantivo
“atraso”)

32. Aponte a alternativa que contenha uma palavra INCORRETAMENTE grafada.


a) batizar – grandeza – arvorecer
b) improvisar – nobreza – arborescer
c) envernizar – esperteza – florescer
d) repisar – cansaço – amanhecer
e) rivalizar – montanheza – incandescer*
Resposta E (correção: “montanhesa” é o correto, visto que grafam-se com “s” os
sufixos indicadores de nacionalidade, título, origem).
33. Assinale a opção que preenche corretamente as lacunas.
“Com .......... lentos e elegantes, ele tinha a ................. de passar ..................”
a) gestos – pretensão – despercebido*
b) gestos – pretenção – despercebido
c) gestos – pretensão – desapercebido
d) jestos – pretensão – despercebido
e) jestos – pretenção – desapercebido
Resposta A (“gestos”, do latim “gestu”; “pretensão” deriva de “pretender”;
“despercebido” = que não se viu ou não se ouviu, diferente de “desapercebido” =
desabastecido)

Interesses relacionados