Você está na página 1de 43

ESTÁTICA DOS FLUIDOS

• Equação fundamental da hidrostática;

• Unidades e escalas para medidas de pressão;

• Vasos comunicantes e manômetros;

• Empuxo e forças sobre superfícies submersas.


O estudo de estática de fluidos é importante em diversas
aplicações, como manometria, propriedades da
atmosfera, forças em sistemas hidráulicos e forças em
corpos submersos.

Um fluido é considerado estático quando as partículas


não se deformam, isto é, estão em repouso ou em
movimento de corpo rígido.

A pressão exercida em um ponto é igual em todas as direções.


Pressão em um ponto:
A pressão em um ponto qualquer é definida como o limite
da relação entre a força normal e a área, quando fazemos a
área tender a zero no entorno do ponto.

 
F F
P  lim → P
A A

A pressão em um ponto de um fluido em repouso é a


mesma em qualquer direção, seu valor independe da
direção sendo portanto uma grandeza escalar.
Campo
Campo
Lei de Stevin
O teorema de Stevin é também é conhecido como teorema
fundamental da hidrostática, sua definição é de grande importância
para a determinação da pressão atuante em qualquer ponto de
uma coluna de líquido.

“A variação da pressão entre dois pontos é igual ao produto de


sua massa específica vezes a aceleração da gravidade e a
diferença de nível de alturas no fluido”
Pressão atmosférica local:
É a medida por um barômetro ou aneróide que mede a
diferença de pressão entre a atmosfera e um reservatório no
qual ocorre vácuo.

Aneróide

As pressões exercidas fora do diafragma causam uma deflexão para


dentro, e estas deflexões fornecem uma medida direta das pressões
aplicadas.
O ar atmosférico exerce uma pressão sobre tudo que existe na
superfície da Terra. A medida dessa pressão foi realizada por um
discípulo de Galileu chamado Evangelista Torricelli, em 1643.

Torricelli concluiu que essas variações mostravam que a pressão


atmosférica podia variar e suas flutuações eram medidas pela variação
na altura da coluna de mercúrio.

Ele não apenas demonstrou a


existência da pressão do ar, mas
inventou o aparelho capaz de realizar
sua medida, o barômetro de Torricelli.

E se fosse utilizado a água?


Pressões absolutas devem ser usadas em cálculos, como a
equação do gás ideal e outras equações de estado.
P(absoluta) = P(atmosférica) + P(Instrumental)

A pressão pode ser expressa em uma referência arbitrária.


Usualmente, adota-se, o zero absoluto e a pressão atmosférica
local como referências.

- Pressão absoluta – quando a medida de pressão é expressa


como a diferença entre o seu valor e o vácuo absoluto.

- Pressão efetiva ou relativa ou instrumental – quando é


expressa como sendo a diferença entre o seu valor e o da
pressão atmosférica,(é a leitura do manômetro).
Gráfico com as relações de pressão

Relação das pressões: Pabs = Patm + Pman

Pressão
Pressão atmosférica
manométrica
Pressão

Pressão negativa, vácuo Pressão


absoluta

Pressão
Zero absoluto absoluta

Tabela de pressões:
1atm = 760mmHg = 101230Pa = 1,0330 kgf/cm² = 1,01bar = 14,7psi = 10,33mca
Manômetros
• PIEZÔMETRO
• Não mede pressões negativas (não se
forma a coluna de líquido);

• É impraticável para medida de


pressões elevadas (a altura da coluna
será muito alta);

• Não mede pressão de gases (o gás


escapa, não formando a coluna)

19
Manômetros
• MANÔMETRO DE TUBO EM U

Da Lei de Stevin:

pC  p A   .h
mas pC  patm  0 (escala relativa)
0  p A   .h

p A   .h
20
Manômetros
• MANÔMETRO DE TUBO EM U COM LÍQUIDO
MANOMÉTRICO

Da Lei de Stevin:

pC  p A   .h2 e pD   LM .h1
como pC  pD
p A   .h2   LM .h1

p A   LM .h1   .h2 21
Manômetros Diferenciais
• Os manômetros diferenciais determinam a diferença de pressões
entre dois pontos A e B, quando a pressão real, em qualquer ponto
do sistema, não puder ser determinada.
De um modo geral:
Resolução de problemas envolvendo manômetros

1) Começar numa extremidade e escrever a pressão do local numa


escala apropriada, ou indicá-la por um símbolo apropriado se a
mesma for uma incógnita.
2) Somar à mesma a variação de pressão, na mesma unidade, de um
menisco até o próximo.
3) Continuar desta forma até alcançar a outra extremidade do
manômetro e igualar a expressão à pressão neste ponto, seja a
mesma conhecida ou incógnita.

Menisco acima  pressão diminui

Menisco abaixo  pressão aumenta

23
Exercício: Um manômetro diferencial é conectado a dois
tanques como mostrado na figura. Determine:
a) a pressão entre as câmaras A e B. indique também em que
câmara a pressão é maior.
Princípio de Pascal
“O acréscimo de pressão produzido num líquido em
equilíbrio transmite-se integralmente a todos os pontos do
líquido.”

Sendo ∆p1 = ∆p2 e lembrando que ∆p = F/A


Aumentando o diâmetro do êmbolo, aumenta a força de
atuação.
Princípios da prensa hidráulica. Ela é constituída de dois cilindros
de seções diferentes. Em cada um, desliza um pistão. Um tubo
comunica ambos os cilindros desde a base.

A grande força resistente


(F2) que age na superfície
maior é equilibrada por uma
pequena força motora (F1)
aplicada sobre a superfície
menor.

A razão entre as áreas é o


fator multiplicativo entre as
forças
Manômetro com tubo inclinado
Se o fluido que está sendo medida é um gás então , e os os termos
envolvendo podem ser desprezíveis de tal forma que:
Determinar a altura h2 (mm) no manômetro da figura abaixo
considerando que a diferença de pressão PB-PA=97kPa.
Considere água com massa especifica igual a 1000 kg/m³.
A densidade do óleo e do mercúrio é dada.
Exemplo: O prédio Empire State Building de Nova York é uma
das construções mais altas do mundo com uma altura de 381m.
Determine a relação de pressão entre o topo e a base do
edifício. Considere uma temperatura uniforme e igual a 15ºC.
Compare este resultado com o que é obtido considerando o ar
como incompressível e com peso específico igual a 12,01 N/m³.
Obs. Considere a pressão atmosférica padrão (101,33kPa).
Manômetro de Bourdon:

Típicos para a medida de pressões efetivas altas e que variam


rapidamente com o tempo.

São compostos de um tubo elástico curvo aberto em uma


extremidade e fechado na outra. E o lado aberto fica em contato
com o fluido que se quer medir a pressão, enquanto a
extremidade fechada é ligada a um mecanismo capaz de acionar
um ponteiro.
O fluido sob pressão entra na parte aberta do tubo e tende a
estica-lo, fazendo com que o mecanismo seja acionado.

A pressão é lida diretamente no mostrador previamente


calibrado.
Manômetros
• MANÔMETRO METÁLICO OU DE BOURDON
• Mede a pressão de forma indireta, por meio da
deformação de um tubo metálico

pressãoindicada  pressãotomada pressãoambiente

Se a pressão ambiente for igual a pressão


atmosférica local, a pressão indicada é a
pressão relativa
34
O manômetro é o instrumento utilizado na mecânica dos fluidos
para se efetuar a medição da pressão, no setor industrial existem
diversos tipos e aplicações para os manômetros.

https://www.youtube.com/watch?v=vB05eclkYEQ
As principais vantagens desse manômetros em relação aos do
tipo U são:
• Leituras menos sujeitas a alterações quando o medidor estiver
ligado a uma peça móvel.
• Menores dimensões dos manômetros quando usados nas
medidas de altas pressões.
• Ajustados à pressão nula, podem medir valores absolutos das
pressões.
Observação:
Nos Processos industriais que manipulam fluidos corrosivos,
viscosos, tóxicos, sujeitos à alta temperatura e/ou radioativos;

Devemos usar a selagem, devido aos efeitos da deformação


proveniente da temperatura, e pela dificuldade de escoamento de
fluidos viscosos ou pelo ataque químico de fluidos corrosivos.

O fluido de selagem mais utilizado nesse caso é a glicerina, por ser


inerte a quase todos os fluidos.
Manômetro tipo Diafragma Manômetro tipo Fole
Dispõe se de uma prensa hidráulica conforme o esquema a
seguir, na qual os êmbolos A e B, de pesos desprezíveis ,têm
diâmetros respectivamente iguais a 40cm e 10cm. Se
desejarmos equilibrar um corpo de 80kg que repousa sobre o
êmbolo A, deveremos aplicar em B a força perpendicular F, de
Qual intensidade? Dado:g=9,81m/s²
Um manômetro em U é fixado a um reservatório
fechado contendo três fluidos diferentes como mostra a
Fig.. A pressão (relativa) do ar no reservatório é igual a
30kPa. Determine qual será a elevação da coluna de
mercúrio do manômetro.
Duas canalizações estão dando escoamento à água sob
pressão (condutos forçados).Deseja-se determinar a
diferença de pressão entre duas seções A e B das duas
canalizações, empregando-se o manômetro diferencial de
mercúrio. Sabe-se que o centro das duas seções
apresentam uma diferença de nível de 8,70m e que a
deflexão do mercúrio é de 0,88 m.

Você também pode gostar