Você está na página 1de 5

CENTRO DE ENSINO LICEU MARANHENSE

Adriano Barros Rocha


Fabiane Camelo Viana
Hellen Ferreira Medeiros
Letícia Mendes
Raynara Mendes Diniz
Vitória Maria Barbosa Silva
Yara Rayane Frazão Serra

Turma:303
Turno: Matutino

SOCIEDADE E ESPAÇO URBANO


(Periferia x área nobre)

SÃO LUÍS-MARANHÃO
2019
Periferia: (Alto do Calhau)
Área Nobre: (Alto do Calhau)
Tema: Periferia × Área Nobre
Escolhemos esse tema pois foi um meio de conseguirmos abordar o que havíamos
pensando, expor como a “burguesia” tem tomado espaços que antes eram habitados pela
periferia (área pobre), assim aumentando o preço para viver nesses lugares e
automaticamente expulsando quem não consegui tem condições de viver ali.
O tema escolhido pela equipe retrata a desigualdade social, também chamada de
desigualdade econômica, é um problema social que existe em vários lugares. Ela acontece
pela má distribuição de renda e de falta de investimento na área social, como educação e
saúde.
Um lugar que não consegue atender as necessidades básicas de grande parte dos
cidadãos, não irá prosperar de forma igualitária. Uma das consequências mais graves são:
a pobreza, a miséria e a periferia.
Esse tema foi escolhido, pois é um problema que é muito perceptível no nosso
município. Em que existem pessoas que vivem em péssimas condições, por não ter uma
moradia, nem condições para poder se sustentar, enquanto isso, existem pessoas que são
bem mais favorecidas e que tiverem oportunidades melhores de se dar bem na vida.
Outras consequências são:
 Fome, desnutrição e mortalidade infantil,
 Aumento das taxas de desemprego
 Grandes diferenças entre as classes sociais
 Marginalização de parte da sociedade
 Atraso no progresso da economia do país
 Aumento dos índices de violência e criminalidade
Conclusão

Concluímos que a experiência desse trabalho nos deixou a refletir sobre as soluções
que devem ser tomada.
No mundo em que vivemos percebemos que os indivíduos são diferentes, estas
diferenças se baseiam nos seguintes aspectos: coisas materiais, raça, sexo, cultura e
outros. Os aspectos mais simples para constatarmos que os homens são diferentes são:
físicos ou sociais. Constatamos isso em nossa sociedade, pois nela existem indivíduos
que vivem em absoluta miséria e outros que vivem em mansões rodeadas de coisas
luxuosas e com mesa muito farta todos os dias enquanto outro não sequer o que comer
durante o dia. Por isso vemos que existe a desigualdade social, ela assume feições
distintas porque são constituídas de um conjunto de elementos econômicos, políticos e
culturais próprios de cada sociedade.