Você está na página 1de 3

UM LAR CENTRALIZADO EM CRISTO

( At 16.31)

 É POSSÍVEL TER UM LAR CENTRALIZADO EM CRISTO NO


MUNDO ATUAL DE PROBLEMAS E PECADO?
 QUAL A APARÊNCIA DE UM VERDADEIRO LAR CRISTÃO?
 SERÁ UM LUGAR IDÍLICO ONDE REINAM,
CONTINUAMENTE, A PAZ E O SILENCIO, A
TRANQUILIDADE E A ALEGRIA?
 UM FATO QUE NÃO PODE SER ESQUECIDO – ALI
VIVEM PECADORES!
 A Idéia de que um lar cristão é um lugar perfeito ou quase
perfeito não é decididamente bíblica.
No lar cristão, todos falham. Falham em relação ao outro,
falham em relação aos seus filhos e falham em relação a Deus.
 EM QUÊ O LAR DO CRENTE É DIFERENTE DO
VIZINHO DESCRENTE? “Ali mora pessoas que foram
salvas por Deus”.

“UM VERDADEIRO LAR CRISTÃO É UM LUGAR ONDE VIVEM PECADORES;


MAS É, TAMBÉM, UM LUGAR ONDE AS PESSOAS ADMITEM ESSE FATO E
COMPREENDEM O PROBLEMA, SABEM QUAL A SUA SOLUÇÃO E, COMO
RESULTADO, CRESCEM NA GRAÇA”

A DIFERENÇA DO LAR CRISTÃO DE UM LAR DESCRENTE


SE DÁ EM TRÊS ASPECTOS:

1) OS CRENTES ADMITEM SEUS PECADOS

 Salmo 51.1-5/ Sl 32
“Decorrido o turno de dias de seus banquetes, chamava Jó a seus filhos
e os santificava; levantava-se de madrugada e oferecia holocaustos
segundo o número de todos eles, pois dizia: Talvez tenham pecado os
meus filhos e blasfemado contra Deus em seu coração. Assim o fazia Jó
continuamente”(Jó 1.5)

 A Bíblia diz que nenhum crente jamais alcançará a


perfeição durante essa vida ( 1 Jo 1.8-10/ Fil 3.12).
 O crente reconhece esse fato e se prepara para não dar
ocasião a carne.
 Sabendo disso ele deve então CONCENTRAR SEU
TEMPO E SUAS ENERGIAS NO ESFORÇO de substituir os
padrões pecaminosos por padrões bíblicos ( Fil 3.13-14/ 2 Pe
1. 3-8)

2) OS CRENTES SABEM O QUE FAZER COM SEUS


PECADOS

 Por terem a Bíblia como padrão de fé e pratica, além de


saberem por que ocorrem problemas em casa, os crentes
sabem o que fazer com eles.
 O QUE NÃO DEVEMOS FAZER COM O PECADO?
1. NEGAR O MESMO
2. MINIMIZAR SUAS CONSEQUENCIAS
3. ENCOBRIR E DEIXAR DE CONFESSÁ-LOS.

 CONFRONTANDO OS ATOS PECAMINOSOS? (Mt


18.15)
1º- SEM DEMORA – o texto diz: “vai” – e aqui é um imperativo.
A confrontação deve ser imediata (Mt 5.23/24).

2º- VERBALMENTE – A palavra arguir no texto significa “convencer alguém


de algo por meio de palavras.

 O problema precisa ser discutido com palavras bem escolhidas.


3º- EM PARTICULAR – “Entre ti e ele” – a conversa deve ser em particular.
No primeiro momento deve ser entre o conselheiro e o ofensor.

4º - COM MISERICORDIA E HUMILDADE


 O Senhor quer que você compreenda que é capaz de cair em pecado
tanto quanto a outra pessoa (Pv.10.19/ Pv 11.9)

5º- EM ORAÇÃO – Paulo orou pelas igrejas antes de instrui-la sobre seus
problemas (Fl 1.9-11/ Cl 1.9-12)

O verdadeiro lar cristão difere do lar descrente porque pode


usar as escrituras para resolver conflitos e qualquer ocorrência
de pecados.

3) OS CRENTES ABANDONAM SEUS PECADOS


Onde há vida espiritual, há também crescimento espiritual.
Crente algum pode permanecer o mesmo ontem, hoje e
amanhã.
Uma pressuposição fundamental da fé cristã é que haverá
progresso, partindo do pecado e indo em direção a justiça.
 COMO SABER SE O MEMBRO DA FAMILIA ESTÁ
CRESCENDO ESPIRITUALMENTE?
1) ORAÇÕES RESPONDIDAS
“Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em
vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito”(Jo 15.7)
2) VIDA ABUNDANTE (Jo 10.10)
3) COMPLETO REGOZIJO (Jo 15.11)
“Deus nos quer consumidos de alegria, mas poucos cristãos o
são. As igrejas têm muitas pessoas amargas, descontentes e
queixosas. Algumas supõem que a vida cristã seja uma
privação monástica e trabalho enfadonho – uma amarga pílula
religiosa. Mas Deus a projetou para a sua alegria”(Jonh
MacArthur).
4) SEGURANÇA (Rm 8.1)

 Onde houver estudo bíblico, oração, testemunho e a


comunhão dos santos, o Espirito Santo estará operando para
produzir o seu fruto.
 O lar cristão, portanto, é um lugar onde pessoas
pecaminosas enfrentam os problemas de um mundo
pecaminoso. Porém, enfrentam-nos junto com Deus e seus
recursos, os quais estão centralizados em Cristo (Cl 2.3)