Você está na página 1de 251

Certificado digitalmente por:

ANA ZESCHOTKO

Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525 - 251 páginas

Sumário

Tribunal de Justiça .......................................................................... 2 Sistemas de Juizados Especiais Cíveis e Criminais .................... 105
Atos da Presidência ..................................................................... 2 Comarca da Capital ......................................................................... 105
Concursos ................................................................................ 6 Direção do Fórum ....................................................................... 105
Supervisão do Sistema da Infância e Juventude ..................... 6 Cível ............................................................................................ 105
Ouvidoria Geral ...................................................................... 6 Crime .......................................................................................... 112
Atos da 1ª Vice-Presidência ........................................................ 6 Fazenda Pública .......................................................................... 112
Atos da 2ª Vice-Presidência ........................................................ 6 Família ........................................................................................ 115
Supervisão do Sistema de Juizados Especiais ........................ 6 Delitos de Trânsito ...................................................................... 115
NUPEMEC ............................................................................. 6 Execuções Penais ........................................................................ 115
Secretaria ..................................................................................... 6 Tribunal do Júri ........................................................................... 115
Departamento da Magistratura .................................................... 7 Infância e Juventude ................................................................... 115
Processos do Órgão Especial .................................................. 8 Reg Pub e Acidentes de Trabalho Precatórias Cíveis ................. 116
Processos do Conselho da Magistratura ................................. 9 Registros Públicos e Corregedoria do Foro Extrajudicial ........... 116
Departamento de Gestão de Recursos Humanos ........................ 10 Precatórias Criminais .................................................................. 116
Departamento de Gestão de Serviços Terceirizados ................... 17 Auditoria da Justiça Militar ........................................................ 116
Departamento Econômico e Financeiro ...................................... 20 Central de Inquéritos ................................................................... 116
Departamento do Patrimônio ...................................................... 20 Juizados Especiais - Cíveis/Criminais ........................................ 116
Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação .... 23 Concursos .................................................................................... 116
Departamento de Engenharia e Arquitetura ................................ 23 Comarcas do Interior ....................................................................... 116
Departamento Judiciário ............................................................. 24 Direção do Fórum ....................................................................... 116
Divisão de Distribuição ........................................................... 24 Plantão Judiciário ........................................................................ 116
Seção de Preparo ..................................................................... 24 Cível ............................................................................................ 136
Seção de Mandados e Cartas ................................................... 24 Crime .......................................................................................... 140
Divisão de Processo Cível ...................................................... 24 Juizados Especiais ....................................................................... 141
Divisão de Processo Crime ..................................................... 30 Concursos .................................................................................... 141
Divisão de Recursos aos Tribunais Superiores ....................... 32 Família ........................................................................................ 141
Processos do Órgão Especial .................................................. 90 Execuções Penais ........................................................................ 141
FUNREJUS ................................................................................. 94 Infância e Juventude ................................................................... 141
Núcleo de Conciliação do 2º Grau .............................................. 94 Fazenda Pública .......................................................................... 141
Central de Precatórios ................................................................. 94 Editais Judiciais .............................................................................. 148
Corregedoria da Justiça ............................................................... 104 Conselho da Magistratura ........................................................... 148
Plantão Judiciário Capital ....................................................... 105 Capital ......................................................................................... 148
Divisão de Concursos da Corregedoria ................................... 105 Interior ......................................................................................... 157
Conselho da Magistratura ........................................................... 105 Editais - Procedimento de Usucapião Extrajudicial ........................ 251
Comissão Int. Conc. Promoções ................................................. 105
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Tribunal de Justiça
b) GUILHERME REIS GONÇALVES do cargo de provimento em comissão de
Oficial de Gabinete do 1º Vice-Presidente, símbolo 1-C;
Atos da Presidência
IDMATERIA1538696IDMATERIA c) KELLY MARISA LENZI, servidora deste Tribunal, do cargo de provimento em
comissão de Assessor de Recursos, símbolo DAS-4, da Assessoria de Recursos do
DECRETO JUDICIÁRIO Nº 396/2019
Gabinete do Presidente;

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO d) RAFAEL HIRANN ALMEIDA KIRSCH do cargo de provimento em comissão de
DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Assessor Especial do 1º Vice-Presidente, símbolo DAS-5, do Gabinete do 1º Vice-
lei e tendo em vista o contido no Procedimento Administrativo Presidente;
Informatizado número 2019.00121151, originado em razão do
protocolizado sob nº 0050128-89.2016.8.16.6000 e tendo como I I - N O M E A R
fonte de custeio o Fundo da Justiça - FUNJUS, resolve

N O M E A R a) EMMYLINE TOMASI BORTOLETO para o exercício do cargo de provimento


em comissão de Oficial de Gabinete do 1º Vice-Presidente, símbolo 1-C, atribuindo-
lhe as gratificações correspondentes, com efeitos financeiros e administrativos a
partir da data da assunção no cargo, conforme dispõe a Portaria nº 518/2015,
designando-a, ainda, para atuar na Diretoria da Assessoria de Recursos da
os candidatos abaixo relacionados, aprovados no concurso público para o cargo
Presidência;
de Analista Judiciário da área de Serviço Social do Quadro de Pessoal do 1º
Grau de Jurisdição deste Tribunal de Justiça - Edital nº 003/2016, nível inicial
SUP-1, obedecendo-se à ordem de classificação do certame, bem como às vagas
reservadas aos candidatos negros e pessoas com deficiência (PCD), com lotação b) GUILHERME REIS GONÇALVES para o exercício do cargo de provimento em
na Secretaria da Direção do Fórum das comarcas indicadas a seguir, para atuarem comissão de Assessor Especial do 1º Vice-Presidente, símbolo DAS-5, do Gabinete
nas respectivas Coordenadorias Regionais da Infância e da Juventude criadas pelo do 1º Vice-Presidente, atribuindo-lhe as gratificações correspondentes, com efeitos
Decreto Judiciário nº 178-DM de 21 de outubro de 2015, que deverão permanecer ali financeiros e administrativos a partir da data da assunção no cargo, conforme dispõe
lotados, no mínimo, até o término do período de estágio probatório, de acordo com a Portaria nº 518/2015;
os itens 26 e 111.2 do edital nº 003/2016:
Analista Judiciário - SERVIÇO SOCIAL - nível SUP - 1
c) HELOISA CRISTINE LIMA NEVES para o exercício do cargo de provimento em
CANDIDATO Classificação GERAL LOTAÇÃO
FLÁVIA LAURA SOARES 35 Secretaria da Direção do Fórum comissão de Auxiliar de Gabinete do 1º Vice-Presidente, símbolo 3-C, atribuindo-lhe
da Comarca de FAXINAL - 13ª as gratificações correspondentes, com efeitos financeiros e administrativos a partir
Coordenadoria Regional da da data da assunção no cargo, conforme dispõe a Portaria nº 518/2015;
Infância e da Juventude
ELISANGELA GONÇALVES 36 Secretaria da Direção do Fórum
SALVALAGIO da Comarca de ALTÔNIA - 8ª
Coordenadoria Regional da d) RAFAEL HIRANN ALMEIDA KIRSCH para o exercício do cargo de provimento
Infância e da Juventude em comissão de Assessor de Recursos, símbolo DAS-4, da Assessoria de Recursos
NATASHA DE MORAIS DA 38 Secretaria da Direção do Fórum do Gabinete do Presidente, atribuindo-lhe as gratificações correspondentes, com
COSTA da Comarca de CORONEL efeitos financeiros e administrativos a partir da data da assunção no cargo, conforme
VIVIDA - 5ª Coordenadoria
Regional da Infância e da
dispõe a Portaria nº 518/2015, designando-o, ainda, para atuar junto ao Gabinete do
Juventude 1º Vice-Presidente.
ANDERSON QUINTINO 39 Secretaria da Direção do Fórum
MARTINS da Comarca de SANTA ISABEL
DO IVAÍ - 9ª Coordenadoria
Regional da Infância e da Curitiba, 25 de junho de 2019.
Juventude
CANDIDATO Classificação NEGROS LOTAÇÃO
ROSANE COSTA LIMA 7 Secretaria da Direção do Fórum
da Comarca de JOAQUIM Des. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA
TÁVORA - 14ª Coordenadoria Presidente do Tribunal de Justiça
Regional da Infância e da
Juventude IDMATERIA1538775IDMATERIA

DECRETO JUDICIÁRIO Nº 393/2019

Curitiba, 26 de junho de 2019.


Dispõe sobre a lotação de servidores do Quadro de
Pessoal da Secretaria do Tribunal de Justiça do Paraná na
Unidade Permanente de Apoio à Prestação Jurisdicional no
Des. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA
1º Grau de Jurisdição, quando do retorno ao exercício das
Presidente do Tribunal de Justiça
suas atribuições após o gozo de licença para acompanhar
IDMATERIA1538773IDMATERIA
cônjuge ou companheiro (a) ou tratar de interesses
particulares, com a opção pelo regime de teletrabalho.
DECRETO JUDICIÁRIO Nº 394/2019 O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO
DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais, especialmente
a autorização contida no inciso XX do artigo 14, e inciso V
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO do artigo 137, do Regimento Interno do Tribunal de Justiça
DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe são conferidas por do Estado do ParanáRegimento Interno do Tribunal de Justiça
lei e tendo em vista o contido no Procedimento Administrativo do Paraná Art. 14. São atribuições do Presidente: (...) XX -
Informatizado número 2019.00121153, originado em razão do delegar aos Vice-Presidentes, ao Secretário, Subsecretário,
protocolizado sob nº 0057619-45.2019.8.16.6000, resolve Diretores dos Departamentos do Tribunal de Justiça e outros
servidores públicos subordinados direta ou indiretamente a
sua pessoa, o desempenho das funções administrativas e as
previstas neste Regimento, incluindo os atos que impliquem na
I - E X O N E R A R efetivação de despesas, em valores a serem estabelecidos em
Decreto Judiciário específico: a) a delegação de competência
será utilizada como instrumento de desconcentração e terá
por objetivo acelerar a decisão dos assuntos de interesse
a) EMMYLINE TOMASI BORTOLETO do cargo de provimento em comissão de público ou da própria administração; b) o ato de delegação,
Auxiliar de Gabinete do 1º Vice-Presidente, símbolo 3-C; que será expedido a critério da autoridade delegante, indicará
-2-
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
a autoridade delegada, as atribuições objeto da delegação e,
quando for o caso, o prazo de vigência, que, na omissão,
ter-se-á por indeterminado; c) a delegação de competência Tendo em vista o contido no presente protocolado, especialmente no Parecer
não envolve a perda, pelo delegante, dos correspondentes DEA-DE nº 4093190, da Divisão de Engenharia, e no Parecer DEA-AJ nº 4135908,
poderes, sendo-lhe facultado, quando entender conveniente, da Assessoria Jurídica, ambos do Departamento de Engenharia e Arquitetura, bem
exercê-los mediante avocação do caso, sem prejuízo da como diante do exposto pelo Diretor daquele Departamento:
validade da delegação; d) quando conveniente ao interesse da I - AUTORIZO a contratação da empresa AAC AR CONDICIONADO LTDA, pelo
Administração, as competências objeto de delegação poderão valor total de R$ 53.431,60 (cinquenta e três mil quatrocentos e trinta e um
ser incorporadas, em caráter permanente, às normas internas reais e sessenta centavos) e prazo de execução de 80 (oitenta) dias corridos,
da Secretaria do Tribunal de Justiça. Art. 137. Os atos para o fornecimento e instalação de equipamentos de ar condicionado no Edifício
são expressos: (...) V - os do Presidente do Tribunal, em Essenfelder, sito à Rua Mauá, 920, no Foro Central da Comarca da Região
decretos judiciários, portarias, decisões, despachos, instruções, Metropolitana de Curitiba, conforme especificações e quantitativos indicados pela
circulares, ordens de serviços, avisos e memorandos;, Divisão de Engenharia e custos unitários registrados na Ata de Registro de Preços
CONSIDERANDO os artigos 123, 131 e 132 da Lei Estadual nº 05/2019, decorrente do Edital de Pregão Eletrônico nº 69/2018, formalizada pelo
nº 16.024, de 19 de dezembro de 2008, que dispõem, protocolizado nº 0071615-81.2017.8.16.6000;
respectivamente, sobre as licenças para acompanhar cônjuge II - Ao Departamento Econômico e Financeiro para emissão da Nota de Empenho;
ou companheiro (a) e para tratar de interesses particulares; III - À Assessoria Jurídica do Departamento de Engenharia e Arquitetura para as
CONSIDERANDO a Política Nacional de Atenção Prioritária ao demais providências;
Primeiro Grau de Jurisdição, instituída pela Resolução nº 194, IV - Publique-se.
de 26 de maio de 2014, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ); Curitiba, 25 de junho de 2019.
CONSIDERANDO as regras do §8º do artigo 4º, e artigo 21 da
DES. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA
Resolução nº 221, de 08 de abril de 2019, do Órgão Especial,
Presidente do Tribunal de Justiça
que possibilitam ao servidor que se encontra em gozo de
licença para acompanhar cônjuge ou companheiro (a) optar IDMATERIA1538221IDMATERIA

pelo seu retorno em regime de teletrabalho, caso decline deste


afastamento. CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS DE REPAROS NAS TELHAS
CONSIDERANDO as disposições do Decreto Judiciário nº 80, E CALHAS DA COBERTURA DO EDIFÍCIO DA CENTRAL DE
de 19 de fevereiro de 2018, que institui a Unidade Permanente DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAIS, CORREÇÃO DA REDE DE ÁGUAS
de Apoio à Prestação Jurisdicional no 1º Grau de Jurisdição, PLUVIAIS E REFORMA TOTAL DA COPA/COZINHA E DO BANHEIRO
composta por servidores efetivos do Quadro de Pessoal da
Secretaria do Tribunal de Justiça e estagiários de graduação
e pós-graduação em Direito, para suporte às ações de forças- PROTOCOLO Nº 0014028-33.2019.8.16.6000
tarefas e mutirões da Corregedoria-Geral da Justiça, nos
procedimentos de estatização das serventias judiciais, para
suprir a demanda temporária de servidores ou redução do
acervo de processos;
Tendo em vista o contido no presente protocolado, especialmente no Parecer
da Divisão de Engenharia SEI nº 4114191 e no Parecer DEA-AJ nº 4139578, da
D E C R E T A : Assessoria Jurídica, ambos do Departamento de Engenharia e Arquitetura, bem
como diante do exposto pelo Diretor daquele Departamento:
I - AUTORIZO a contratação da empresa VANZELI CONSTRUÇÕES CIVIS -
EIRELI, pelo valor total R$ 86.150,63 (oitenta e seis mil, cento e cinquenta reais
Art. 1º. O servidor ocupante de cargo efetivo do Quadro de Pessoal da Secretaria e sessenta e três centavos), e prazo de execução de 120 (cento e vinte) dias
do Tribunal de Justiça que se encontrar em gozo de licença para acompanhamento corridos, para a execução dos serviços de reparos na cobertura e reforma total
de cônjuge ou companheiro(a), optar pela realização das suas atribuições em da copa/cozinha e banheiro do edifício que abriga a Central de Distribuição de
teletrabalho, na forma do §8º do artigo 4º, e 21, todos da Resolução nº 221, de Materiais situado na Rua Flávio Dellagrave, 616, Curitiba, conforme especificações
08 de abril de 2019Resolução nº 221/2019, do Órgão Especial Art. 4º. Ao gestor e quantitativos indicados pela Divisão de Engenharia na planilha SEI nº 4114703,
da unidade compete a indicação entre os servidores interessados que realizarão elaborada a partir dos custos unitários registrados na Ata de Registro de Preços
atividades em regime de teletrabalho, observadas as seguintes diretrizes: (...) nº 40/2018, decorrente do Edital de Pregão Eletrônico nº 97/2018, formalizada pelo
§8° Os servidores que tenham direito à licença para acompanhar o cônjuge ou protocolizado nº 0066569-77.2018.8.16.6000;
companheiro(a), bem como direito a horário especial, nos termos dos artigos 123 e II - Ao Departamento Econômico e Financeiro para emissão da Nota de Empenho;
130 da Lei Estadual nº 16.024/2008, podem optar pela realização de suas atribuições III - À Assessoria Jurídica do Departamento de Engenharia e Arquitetura para as
na forma de teletrabalho, manifestando-se nesse sentido quando do requerimento. demais providências;
Art. 21 O servidor que estiver no gozo da licença para acompanhar o cônjuge ou IV - Publique-se.
o companheiro, constante no art. 123 da Lei Estadual nº 16.024/2008, caso opte
DES. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA
pela realização do teletrabalho, deverá declinar desse afastamento, para a volta ao
Presidente do Tribunal de Justiça
exercício efetivo do cargo. , e for autorizado pelo Presidente, poderá ser lotado,
com preferência sobre os demais, na Unidade Permanente de Apoio à Prestação IDMATERIA1538571IDMATERIA

Jurisdicional no 1º Grau de Jurisdição.


Parágrafo único. As disposições do caput também se aplicam ao servidor ocupante TRIBUNAL DE JUSTIÇA
de cargo efetivo do Quadro de Pessoal da Secretaria do Tribunal de Justiça que
declinar da licença para tratar de interesses particulares e optar pelo regime de
teletrabalho. RESOLUÇÃO Nº 227, de 24 de junho de 2019.
Art. 2º. Este Decreto Judiciário entra em vigor na data da sua publicação.
PUBLIQUE-SE. CUMPRA-SE.

Institui a Marca do Poder Judiciário do Estado do Paraná.


O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, por
Curitiba, 25 de junho de 2019. seu Órgão Especial, no uso de suas atribuições;
CONSIDERANDO o contido no protocolado SEI nº
0041389-25.2019.8.16.6000;
Des. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA
Presidente do Tribunal de Justiça
IDMATERIA1538406IDMATERIA

CONTRATAÇÃO da empresa AAC AR CONDICIONADO R E S O L V E


LTDA para o fornecimento e instalação de equipamentos de ar
condicionado no Edifício Essenfelder, sito à Rua Mauá, 920, no
Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba.

Art. 1º. Fica instituída a Marca do Poder Judiciário do Estado do Paraná, conforme
PROTOCOLO Nº 0041431-74.2019.8.16.6000 modelos constantes do Anexo.
Parágrafo único. Admite-se a representação do Brasão em preto e branco, desde
que observados os modelos constantes do Anexo.
-3-
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Art. 2°. A Marca do Poder Judiciário do Estado do Paraná é composta por: Des. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA
I - Símbolo; Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná
II - Logotipo.
Art. 3°. O Símbolo é representado por um escudo ogival vazado em cujo coronel Estiveram presentes à sessão os Excelentíssimos Senhores
figura, no topo, um círculo vazado, centralizado sobre uma parábola invertida em Desembargadores Adalberto Jorge Xisto Pereira, Ramon de
cujos extremos há um círculo vazado, sob os quais constam um segmento de reta Medeiros Nogueira (Substituindo o Des. Telmo Cherem),
com um círculo vazado em cada ponta e uma espada que parte o escudo do coronel Regina Helena Afonso Portes, Carvílio da Silveira Filho
até o eixo da ponta. (Substituindo o Des. Clayton Coutinho de Camargo),
Art. 4°. O Logotipo é representado pela inscrição "TJPR", em caixa alta, sob a qual D'Artagnan Serpa Sá (substituindo o Des. Ruy Cunha
constará a inscrição "TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ", também Sobrinho), Luiz Fernando Tomasi Keppen (substituindo o Des.
em caixa alta. Irajá Romeo Hilgenberg Prestes Mattar), Robson Marques
Art. 5º. A elaboração da Marca obedece às seguintes regras: Cury, Maria José de Toledo Marcondes Teixeira, Jorge Wagih
I - considera-se destra do Símbolo o lado esquerdo do observador e sinistra o lado Massad, Antonio Loyola Vieira (substituindo a Desª. Sônia
direito; Regina de Castro), Rogério Luís Nielsen Kanayama, Lauro
II - as inscrições do Logotipo são feitas com a fonte "DIN Next" e suas variações; e Laertes de Oliveira, Paulo Roberto Vasconcelos, Arquelau
III - o esquema de cores da Marca obedece ao seguinte padrão cromático: Araujo Ribas, José Augusto Gomes Aniceto, Carlos Mansur
a) para a cor azul escuro: Arida, Paulo Cezar Bellio, Mário Helton Jorge, Astrid Maranhão
1 - CMYK: C 90, M 50, Y 40 e K 40; de Carvalho Ruthes (substituindo o Des. José Laurindo de
2 - RGB: R 18, G 49 e B 65; Souza Netto), Luiz Osório Moraes Panza, Fernando Paulino da
3 - Hexadecimal: #123141. Silva Wolff Filho, Clayton de Albuquerque Maranhão, Sigurd
b) para a cor verde escura: Roberto Bengtsson, Wellington Emanuel Coimbra de Moura e
1 - CMYK: C 95, M 15, Y 35 e K 00; Fernando Antonio Prazeres.
2 - RGB: R 18, G 133 e B 136;
3 - Hexadecimal: #128588.
c) para a cor verde clara:
1 - CMYK: C 70, M 05, Y 30 e K 00;
2 - RGB: R 75, G 174 e B 154;
3 - Hexadecimal: #4bae9a. Anexos: https://portal.tjpr.jus.br/pesquisa_athos/anexo/6144086
d) para a cor amarela:
1 - CMYK: C 05, M 30, Y 75 e K 00; IDMATERIA1538570IDMATERIA

2 - RGB: R 238, G 177 e B 52; TRIBUNAL DE JUSTIÇA


3 - Hexadecimal: #eeb134.
e) para a cor laranja:
1 - CMYK: C 05, M 65, Y 65 e K 00;
2 - RGB: R 235, G 85 e B 59; RESOLUÇÃO Nº 228, de 24 de junho de 2019.
3 - Hexadecimal: #eb553b.
Parágrafo único. A representação da Marca preservará a proporcionalidade dos
modelos constantes do anexo.
Art. 6º. A Marca será obrigatoriamente utilizada em todos os atos oficiais, Regulamenta a produção de prova oral por meio de
documentos oficiais e bens públicos afetados ao Poder Judiciário do Estado do videoconferência no âmbito do Poder Judiciário do Estado do
Paraná. Paraná.
Parágrafo único. A utilização da Marca por outros órgãos ou instituições, públicas O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ, por
ou privadas, seja a que título for, somente será permitida respeitando-se o Manual seu colendo ÓRGÃO ESPECIAL, no uso de suas atribuições
de Marca instituído pela Assessoria de Imprensa e mediante prévia autorização do legais,
Presidente do Tribunal de Justiça. CONSIDERANDO o disposto no art. 185, §2º, do Código de
Art. 7°. Admite-se a utilização do símbolo de forma isolada, mas não a do logotipo. Processo Penal, que permite a realização do interrogatório do
Art. 8°. O Logotipo constará à direita ou abaixo do Símbolo, admitida a possibilidade réu por videoconferência;
de utilização daquele unicamente com a inscrição "TJPR". CONSIDERANDO o disposto no art. 385, §3º, do Código
Art. 9°. A criação de logos para quaisquer órgãos do Poder Judiciário do Estado do de Processo Civil, que autoriza o depoimento pessoal por
Paraná constitui atribuição privativa da Assessoria de Imprensa. videoconferência da parte que residir em comarca diversa;
Art. 10. Haverá uma área de proteção ao redor da Marca cuja dimensão será CONSIDERANDO o disposto no art. 222, §3º, do Código de
equivalente à altura da letra "T" do Logotipo com a finalidade de preservá-la da Processo Penal e no art. 453, §1º, do Código de Processo Civil,
interferência visual decorrente de elementos gráficos. que possibilita a oitiva de testemunhas por videoconferência;
Art. 11. A representação da Marca observará as seguintes dimensões mínimas: CONSIDERANDO o disposto no art. 236, §3º, do Código
I - Símbolo e Logotipo completo em alinhamento horizontal: 3 cm; de Processo Civil, que admite a prática de atos processuais
II - Símbolo e Logotipo completo em alinhamento vertical: 1,7 cm; por videoconferência ou por outro recurso tecnológico de
III - Símbolo e Logotipo sigla em alinhamento horizontal: 1,5 cm; transmissão de sons e imagens em tempo real;
IV - Símbolo e Logotipo sigla em alinhamento vertical: 0,85 cm; CONSIDERANDO as diretrizes contidas na Lei n.º 11.419, de
Parágrafo único. Em qualquer caso, será respeitada a proporção entre o Símbolo e 19 de dezembro de 2006, que dispõem sobre a informatização
o Logotipo, conforme modelos constantes do Anexo. do processo judicial, especialmente o disposto no art. 18,
Art. 12. A Marca será aplicada preferencialmente sobre fundos monocromáticos, que autoriza a sua regulamentação pelos órgãos do Poder
observada a seguinte sistemática: Judiciário;
I - sobre fundos claros serão utilizadas as versões azul-escuras; CONSIDERANDO o disposto na Resolução n.º 105/2010,
II - sobre fundos escuros será utilizada a versão branca. alterada pela Resolução n.º 222/2016 do Conselho Nacional de
Parágrafo único. Admite-se a aplicação da Marca em fundos fotográficos, desde que: Justiça, que dispõe sobre a documentação dos depoimentos
I - sua visualização não seja prejudicada; por meio do sistema audiovisual e realização de interrogatório
II - a aplicação seja realizada sobre uma área de cor homogênea da imagem; e inquirição de testemunhas por videoconferência;
III - seja respeitada a área de proteção referida no art. 10 desta Resolução; CONSIDERANDO o disposto na Instrução Normativa Conjunta
IV - não seja utilizado fundo chapado sobre a imagem; n.º 3/2017 da Presidência do Tribunal de Justiça, da
V - a imagem seja adequada aos princípios e valores do Poder Judiciário do Estado Corregedoria-Geral da Justiça, da Procuradoria-Geral da
do Paraná. Justiça do Paraná, da Corregedoria-Geral do Ministério
Art. 13. A utilização da Marca do Poder Judiciário do Estado do Paraná não dispensa Público, da Secretaria de Segurança Pública e Administração
a utilização do Brasão de Armas do Estado, descrito na alínea "b" do art. 1º do Penitenciária do Paraná, da Polícia Civil do Paraná, do
Decreto-Lei nº 2.457, de 31 de março de 1947, e das Armas Nacionais, ilustradas no Departamento de Execução Penal do Paraná, da Defensoria
Anexo 8 da Lei Federal nº 5.443, de 28 de maio de 1968, nas hipóteses legalmente Pública do Paraná, da Corregedoria-Geral da Defensoria
previstas. Pública do Paraná, da Ordem dos Advogados do Brasil -
Art. 14. Fica vedado o uso de outros símbolos não oficiais para a identificação do Seção Paraná e do Grupo de Monitoramento e Fiscalização
Poder Judiciário do Estado do Paraná em quaisquer instrumentos utilizados como do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas
meio de comunicação oficial, tais como página eletrônica e impressos. Socioeducativas do Paraná, que dispõe sobre a utilização do
Art. 15. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. sistema de videoconferência no âmbito criminal, para realização
de interrogatório, inquirição de testemunhas e demais atos
processuais nas Unidades Judiciárias e nos estabelecimentos
Curitiba, 24 de junho de 2019. penais do Estado do Paraná;
CONSIDERANDO os princípios da razoável duração do
processo, da celeridade e da economia processual;
-4-
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
CONSIDERANDO a possibilidade de ampliação da participação Art. 6º. Na produção da prova oral por videoconferência, faculta-se às partes e a
da Defensoria Pública e dos órgãos de representação de entes seus advogados acompanharem o ato no juízo deprecante ou no juízo deprecado,
públicos em comarcas que não possuem sede ou repartição; ou em ambos os locais.
CONSIDERANDO a necessidade de aprimorar os Art. 7º. As audiências por videoconferência deverão ser realizadas por meio do
procedimentos para o uso do sistema de videoconferência sistema utilizado pelo Tribunal de Justiça, disponível no portal eletrônico do TJPR.
nas Unidades Judiciárias do Estado, instituído pela Instrução §1º. É admissível a participação em audiência, por meio de videoconferência, de
Normativa n.º 14/2018 da CGJ; membros do Ministério Público, defensores públicos, advogados de Autarquias e
CONSIDERANDO o contido no protocolado SEI nº procuradores de Municípios, Estados e União, quando o representante do órgão não
0015810-75.2019.8.16.6000; estiver lotado na localidade da realização do ato.
§2º. A participação ocorrerá em locais instituídos para essa finalidade, nas
respectivas sedes das intituições, observados os padrões e requisitos técnicos
mínimos exigidos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, desde que
manifestem interesse com antecedência mínima de 5 (cinco) dias úteis.
§3º. Caberá ao órgão público interessado providenciar toda a estrutura necessária
R E S O L V E à participação de seus representantes na videoconferência, incluindo tecnologia e
as condições adequadas de tráfego de dados para garantia da qualidade de som e
imagem, conforme parâmetros estabelecidos pelo Departamento de Tecnologia da
Informação e da Comunicação (DTIC), com divulgação no portal do TJPR.
§4º. Caso não seja providenciada a estrutura referida no parágrafo anterior, o órgão
Art. 1º. A presente Resolução visa regulamentar os procedimentos para público arcará com eventuais ônus da não participação de seu representante judicial
realização de audiências por meio de videoconferência nas Unidades Judiciárias do no ato.
Paraná, incluindo os Juizados Especiais. §5º. Caberá ao Departamento de Tecnologia da Informação e da Comunicação
Parágrafo único. A presente Resolução se aplica, ainda, no que couber, no âmbito do (DTIC) certificar a existência, ou não, das condições necessárias para realização da
segundo grau de jurisdição, à ação rescisória, à revisão criminal e aos procedimentos videoconferência previstas neste artigo.
administrativos disciplinares. Art. 8º. Os arquivos de áudio e vídeo serão gravados no formato determinado pelo
Art. 2º. O cumprimento de carta precatória para oitiva de vítima, testemunha, Departamento de Tecnologia da Informação e da Comunicação (DTIC) do Tribunal
acareação e depoimento pessoal de residentes fora do juízo far-se-á por de Justiça e inseridos no ato de audiência do Projudi.
videoconferência, admitindo-se a realização do ato por outro meio somente quando §1º - As gravações das audiências serão disponibilizadas à pessoa responsável que
não houver condições técnicas, preferindo-se o adiamento do ato e a renovação da deu início ao procedimento no portal do Departamento de Tecnologia da Informação
videoconferência nos casos de problema eventual. e da Comunicação (DTIC).
§1º. O interrogatório de réu em processo criminal também poderá ser feito §2º. Ao responsável pela gravação da videoconferência compete realizar o download
excepcionalmente por videoconferência, desde que observadas as disposições do da gravação, a conversão para o formato específico aceito pelo Projudi e o upload
art. 185, § 2º e seguintes, do Código de Processo Penal, ou em condições diversas, do arquivo para o respectivo processo no Projudi.
quando houver pedido ou concordância expressa da defesa. §3º Inserido o arquivo no Projudi e conferida sua qualidade, o vídeo deverá ser
§2º. A mera alegação de incompatibilidade de datas e horários entre as pautas imediatamente excluído da plataforma de gravação.
de audiências dos juízos deprecante e deprecado que inviabilize a unicidade da Art. 9º. Os atos e termos da videoconferência dispensam a aposição de assinaturas,
audiência de instrução não constitui motivação apta a justificar a não realização de podendo ser assinados digitalmente apenas pelo magistrado.
videoconferência por falta de condição técnica. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
Art. 3º. Os atos desenvolvidos no juízo deprecado, com apoio da Direção do Fórum, Art. 10. Os manuais de uso do sistema de videoconferência estarão disponíveis no
quando for o caso, serão exclusivamente de disponibilização das datas e horários portal eletrônico do TJPR.
na pauta de audiências para escolha do juízo deprecante, intimação, organização Art. 11. Aplicam-se às audiências por videoconferência as disposições da Resolução
da sala e dos instrumentos eletrônicos, para garantir a realização e a gravação da n.º 105/2010 do Conselho Nacional de Justiça, alterada pela Resolução n.º 222/2016.
videoconferência, bem como o acompanhamento presencial do ato pela parte e por Art. 12. As disposições desta Resolução aplicam-se às audiências por
seu advogado, se assim desejarem. videoconferência a serem realizadas nas unidades prisionais, desde que não
§1º. De modo a ampliar a disponibilidade de horários para a coleta da prova oral em contrariem o disposto na Instrução Normativa Conjunta n.º 3/2017, sem prejuízo do
cartas precatórias, cada Fórum deverá estruturar pelo menos uma sala específica contido no Código de Processo Penal.
para realização de videoconferências, podendo, para tanto, utilizar o plenário do Art. 13. O Corregedor-Geral da Justiça poderá expedir atos normativos relativos ao
Tribunal do Júri nos dias em que não houver sessão. tema no âmbito da sua competência.
§2º. Caberá à Direção do Fórum controlar a pauta da sala privativa de Art. 14. Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação, ficando
videoconferências e disponibilizar as datas e horários no Projudi, para livre escolha revogada a Instrução Normativa n.º 14/2018 da Corregedoria-Geral da Justiça.
dos juízos deprecantes.
§3º. Enquanto não instalada sala privativa de videoconferência no edifício do Fórum,
a produção de prova oral em cartas precatórias dar-se-á na sala de audiências do
Curitiba, 24 de junho de 2019.
juízo deprecado, que disponibilizará datas e horários para que o ato seja realizado
em curto espaço de tempo pelo juízo deprecante.
§4º. Mesmo depois de instalada a sala privativa de videoconferência, o juízo
deprecado também poderá disponibilizar ao juízo deprecante pautas na sua própria Des. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA
sala de audiências, nas datas e horários em que o local não estiver sendo utilizado. Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná
§ 5º. Nos edifícios onde estiverem instaladas mais de 5 (cinco) Varas, a Direção do
Fórum estruturará a quantidade necessária de salas para videoconferência, de modo Estiveram presentes à sessão os Excelentíssimos Senhores
que os atos deprecados possam ser realizados em curto espaço de tempo. Desembargadores Adalberto Jorge Xisto Pereira, Ramon de
§6º. Caberá ao juízo deprecado para o qual for distribuída a carta precatória, Medeiros Nogueira (Substituindo o Des. Telmo Cherem),
designar pessoa responsável para operar os equipamentos para gravação da Regina Helena Afonso Portes, Carvílio da Silveira Filho
videoconferência. (Substituindo o Des. Clayton Coutinho de Camargo),
Art. 4º. Os agendamentos das audiências deverão ser realizados pelo juízo D'Artagnan Serpa Sá (substituindo o Des. Ruy Cunha
deprecante, observando-se as datas disponibilizadas pelo juízo deprecado ou pela Sobrinho), Luiz Fernando Tomasi Keppen (substituindo o Des.
Direção do Fórum, por meio da plataforma de agendamento contida no Projudi, sendo Irajá Romeo Hilgenberg Prestes Mattar), Robson Marques
considerada como não realizada a reserva efetuada mediante sistemática diversa. Cury, Maria José de Toledo Marcondes Teixeira, Jorge Wagih
§1º. Por ocasião do agendamento, deverá ser observado o horário de atendimento Massad, Antonio Loyola Vieira (substituindo a Desª. Sônia
ao público previsto no art. 4º da Resolução n.º 15, de 12 de novembro de 2010, do Regina de Castro), Rogério Luís Nielsen Kanayama, Lauro
Órgão Especial (das 12 às 18 horas), exceto se houver prévia autorização pelo juízo Laertes de Oliveira, Paulo Roberto Vasconcelos, Arquelau
deprecado ou pela Direção do Fórum, requerida por meio de pedido fundamentado Araujo Ribas, José Augusto Gomes Aniceto, Carlos Mansur
e veiculado pelo Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Arida, Paulo Cezar Bellio, Mário Helton Jorge, Astrid Maranhão
§2º. O juízo deprecante deverá informar ao juízo deprecado, pelo meio mais célere, de Carvalho Ruthes (substituindo o Des. José Laurindo de
inclusive por contato telefônico, os casos de dispensa de testemunha, redesignação Souza Netto), Luiz Osório Moraes Panza, Fernando Paulino da
ou cancelamento da audiência, com anotação imediata no Projudi, nos dois últimos Silva Wolff Filho, Clayton de Albuquerque Maranhão, Sigurd
casos. Roberto Bengtsson, Wellington Emanuel Coimbra de Moura e
§3º. Na hipótese de haver réu preso para depor ou acompanhar audiência, o juízo Fernando Antonio Prazeres.
deprecante deverá comunicar o juízo deprecado por ocasião do agendamento.
Art. 5º. A conexão e os equipamentos de videoconferência da sala privativa devem
ser testados pelo menos 1 (uma) hora antes do horário previsto para a realização
do ato.
Parágrafo único. Ficam excepcionados os juízos cujo excessivo número de
agendamentos tornem os testes um obstáculo, no intuito de se evitar tumulto nas
rotinas processuais.
-5-
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
CLAUDIO ROBERTO MACHADO, matrícula 17942, ocupante do cargo
Concursos de Técnico Judiciário do Quadro de Pessoal da Secretaria deste Tribunal,
para o exercício da função comissionada de Assistente Jurídico de Gabinete
de Desembargador, símbolo FC-7, do Gabinete da Desembargadora Rosana
Supervisão do Sistema da Infância e Juventude Andriguetto de Carvalho, atribuindo-lhe as gratificações correspondentes.

Ouvidoria Geral Curitiba, 25 de junho de 2019.

Atos da 1ª Vice-Presidência MARIA ALICE DE CARVALHO PANIZZI


Secretária do Tribunal de Justiça

Atos da 2ª Vice-Presidência IDMATERIA1538472IDMATERIA

ORDEM DE SERVIÇO Nº 131/2019 - SEC

Supervisão do Sistema de Juizados Especiais


A SECRETÁRIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições delegadas
NUPEMEC pelo Decreto Judiciário nº 142/2019 e tendo em vista o
contido no Procedimento Administrativo Informatizado número
2019.00120621, originado em razão do protocolizado sob nº
Secretaria 0056625-17.2019.8.16.6000, resolve

IDMATERIA1538471IDMATERIA

PORTARIA Nº 432/2019 - SEC

M A N D A R C O N T A R

A SECRETÁRIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA


DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições
delegadas pelo Decreto Judiciário nº 142/2019 e tendo
em vista o contido no Procedimento Administrativo
Informatizado número 2019.00120836, originado em razão em favor da servidora DESIREE BECKER CARNEIRO, matrícula nº 8.189,
do protocolizado sob nº 0056947-37.2019.8.16.6000, resolve ocupante do cargo de Oficial Judiciário do Quadro de Pessoal da Secretaria deste
Tribunal, com efeitos financeiros a partir de 24 de junho de 2019, para efeitos de
APOSENTADORIA, o tempo 138 (cento e trinta e oito) dias, referentes ao período
compreendido entre 10/02/1989 e 26/06/1989, por serviços prestados sob o regime
geral da Previdência Social, de acordo com artigo 201, § 9º, da Constituição Federal,
revisada pela EC nº 20/98.
I - E X O N E R A R

Curitiba, 25 de junho de 2019.

CLAUDIO ROBERTO MACHADO, servidor deste Tribunal, do cargo de


provimento em comissão de Assistente II de Desembargador, símbolo 3-C, do MARIA ALICE DE CARVALHO PANIZZI
Gabinete da Desembargadora Rosana Andriguetto de Carvalho; Secretária do Tribunal de Justiça

I I - R E V O G A R

a Portaria nº 665/2018 - SEC, na parte referente à designação de RAFAEL


NIKKEL, ocupante do cargo de Técnico Judiciário do Quadro de Pessoal
da Secretaria deste Tribunal, para o exercício da função comissionada de
Assistente Jurídico de Gabinete de Desembargador, símbolo FC-7, do Gabinete da
Desembargadora Rosana Andriguetto de Carvalho;

I I I - N O M E A R

RAFAEL NIKKEL, servidor deste Tribunal, para o exercício do cargo de


provimento em comissão de Assistente II de Desembargador, símbolo 3-C, do
Gabinete da Desembargadora Rosana Andriguetto de Carvalho, atribuindo-lhe as
gratificações correspondentes, com efeitos financeiros e administrativos a partir da
data da assunção no cargo, conforme dispõe a Portaria nº 518/2015;

I V - D E S I G N A R

-6-
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Departamento da Magistratura
IDMATERIA1538462IDMATERIA

DECRETO JUDICIÁRIO Nº 064-D.M

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO


DO PARANÁ, no uso das suas atribuições constitucionais e
regimentais; e
CONSIDERANDO o contido no Protocolo Digital nº
49112-95.2019.8.16.6000, resolve "ad referendum" do colendo
Órgão Especial

R E M O V E R

a pedido, o Desembargador ROBERTO PORTUGAL BACELLAR, membro da


6ª Câmara Cível, para a 9ª Câmara Cível, na vaga decorrente da remoção do
Desembargador SÉRGIO ROBERTO NÓBREGA ROLANSKI, consoante o Decreto
Judiciário nº 059/2019-DM.

Curitiba, 25 de junho de 2019.

Des. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA


Presidente do Tribunal de Justiça

-7-
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Processos do Órgão Especial
IDMATERIA1538688IDMATERIA

TRIBUNALDEJUSTIÇA
DEPARTAMENTO DA MAGISTRATURA
DIVISÃO DE APOIO AO CONSELHO DA MAGISTRATURA

RELAÇÃO Nº 52/2019

RECURSO CONTRA DECISÃO DO CONSELHO DA MAGISTRATURA SEI nº


0088005-92.2018.8.16.6000
Recorrente: Rozangela Fernandes Aparecido
Advogado: Victor Matheus Aparecido Lissi
Advogado: José Roberto Lissi Junior
Advogado: Marco Aurélio Aparecido Lissi
Relator: Des. Jorge Massad
EMENTA: RECURSO CONTRA DECISÃO DO CONSELHO DA MAGISTRATURA -
PARALISAÇÃO DE 1.883 PROCESSOS JUDICIAIS - SUPERAÇÃO DOS PRAZOS
PREVISTOS NO CÓDIGO DE NORMAS DO FORO JUDICIAL E NO CÓDIGO
DE PROCESSO CIVIL - ALEGAÇÕES DE CARÊNCIA DE FUNCIONÁRIOS E DE
BAIXA RENTABILIDADE DA SERVENTIA - AUSÊNCIA DE DEMONSTRAÇÃO
- EXCLUDENTES DE ILICITUDE NÃO CARACTERIZADOS - VIOLAÇÃO AO
ARTIGO 163, INCISO IV, ALÍNEA "J", DO CODJPR - PENA DE SUSPENSÃO
DE 45 DIAS SUBSTITUÍDA POR MULTA - SANÇÃO MANTIDA - RECURSO NÃO
PROVIDO. As alegações de carência de funcionários e de baixa rentabilidade da
serventia não configuram excludentes de ilicitude administrativa. A superação
de prazos para a movimentação de processos judiciais, por si só, já vulnera
a norma contida no artigo 163, inciso IV, alínea "j", do CODJPR, sendo ônus
do serventuário apresentar as eventuais justificativas, não podendo repassá-
lo ao órgão de fiscalização, no caso o juízo corregedor. Recurso conhecido e
não provido.
DECISÃO: "ACORDAM os Desembargadores integrantes do Órgão Especial do
Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, a unanimidade de votos, em negar
provimento ao recurso."

Curitiba, 26/06/2019.

IDMATERIA1538687IDMATERIA

TRIBUNALDEJUSTIÇA
DEPARTAMENTO DA MAGISTRATURA
DIVISÃO DE APOIO AO CONSELHO DA MAGISTRATURA

RELAÇÃO Nº 51/2019

PROCESSOS A SEREM JULGADOS PELO ÓRGÃO ESPECIAL NA SESSÃO


DO DIA 08/07/2019, ÀS 13h30, NA SALA DESEMBARGADOR CLOTÁRIO
PORTUGAL:

RECURSO CONTRA DECISÃO DO CONSELHO DA MAGISTRATURA SEI nº


0045106-84.2015.8.16.6000
Recorrente: Tibério Braga de Bittencourt Budola
Advogado: Cássio Djalma Silva Chiappin
Advogado: Vinicius Pierin Maurer
Relator: Des. Sigurd Roberto Bengtsson
RECURSO CONTRA DECISÃO DO CONSELHO DA MAGISTRATURA SEI nº
0083506-65.2018.8.16.6000
Recorrente: Gabriela Luciano Borri Aranda.
Advogado: Eduardo Kotaka Junior
Advogado: João Paulo Shiniti Itimura Yagui
Advogado: Andressa Cristina da Costa
Advogado: Julia Thainara Giocondo
Relator: Des. Octávio Campos Fischer
EMBARGOS DE DECLARAÇÃO SEI nº 0062106-92.2018.8.16.6000
Embargante: Rejanes Perera
Advogado: Peter Otávio Costa
Relator: Des. Mário Helton Jorge

Curitiba, 26/06/2019.

-8-
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Processos do Conselho da Magistratura
IDMATERIA1538473IDMATERIA

DEPARTAMENTO DA MAGISTRATURA
DIVISÃO DE APOIO AO CONSELHO DA MAGISTRATURA

RELAÇÃO DE PUBLICAÇÃO DE ACÓRDÃO Nº. 18/2019

(REPUBLICAÇÃO)
01 - PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO nº 2018.0089365-5/000
SEI Nº.: 0089365-62.2018.8.16.6000
INTERESSADA: Tatiane Machado Poteriko, ESCREVENTE SUBSTITUTA
RELATOR: Des. José Augusto Gomes Aniceto
EMENTA: VACÂNCIA - DESIGNAÇÃO - SERVIÇO DISTRITAL DE SANTA
MARIA DO OESTE DA COMARCA DE PITANGA - PERDA DA DELEGAÇÃO
PELO ANTIGO TITULAR - REVOGAÇÃO IRREGULAR DA DESIGNAÇÃO DO
RESPONSÁVEL INTERINO - DEVIDO PROCESSO LEGAL - INTELIGÊNCIA DO
ARTIGO 210, 179, 180, 181 E 182 DO CÓDIGO DE ORGANIZAÇÃO E DIVISÕES
JUDICIÁRIAS DO ESTADO DO PARANÁ (Lei Estadual 14.277/2003) - NOMEAÇÃO
DA ESCREVENTE SUBSTITUTA - PORTARIA NÃO REFERENDADA.
DECISÃO: ACORDAM os Desembargadores integrantes do Conselho da
Magistratura, por unanimidade de votos em (a) não referendar a Portaria nº 10/2018;
(b) ratificar os atos praticados pela designada Tatiane Machado Poteriko; (c) declarar
nula a Portaria nº 09/2018-Juiz, que revogou a designação do Agente Delegado
Altamir Osni Santos; e determinar o retorno do Agente Delegado Altamir Osni Santos,
para responder pelo Serviço Distrital de Santa Maria do Oeste da Comarca de
Pitanga, nos termos da Portaria nº Portaria nº 12/2010-Juiz.

-9-
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Departamento de Gestão
b) ELIZA HOSOUME, matrícula 9005, ocupante do cargo de Técnico de
de Recursos Humanos Secretaria do Quadro de Pessoal do Poder Judiciário de 1º Grau de Jurisdição,
para o exercício da função comissionada de Supervisor da Secretaria da Vara
Criminal, Família e Sucessões, Infância e Juventude e Juizado Especial Cível,
IDMATERIA1538495IDMATERIA

PORTARIA Nº 679/2019 - DGRH Criminal e da Fazenda Pública da Comarca de Ibaiti, atribuindo-lhe as gratificações
correspondentes, nos termos da Lei nº 16023/2008, alterada pela Lei nº 17532/2013,
com efeitos a partir da data de publicação, conforme dispõe a Portaria nº 518/2015.

O DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE


RECURSOS HUMANOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA
DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições Curitiba, 25 de junho de 2019.
delegadas pelo Decreto Judiciário nº 142/2019 e tendo
em vista o contido no Procedimento Administrativo
Informatizado número 2019.00120480, originado em razão
do protocolizado sob nº 0056707-48.2019.8.16.6000, resolve MARCO AURELIO LOPES PODGURSKI
Diretor do Departamento de Gestão de Recursos Humanos

IDMATERIA1538493IDMATERIA

PORTARIA Nº 677/2019 - DGRH


E X O N E R A R

O DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE


RECURSOS HUMANOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA
DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições
delegadas pelo Decreto Judiciário nº 142/2019 e tendo
ROSILEIA COSSA, a seu pedido, do cargo de provimento em comissão de em vista o contido no Procedimento Administrativo
Assistente de Juiz Substituto, símbolo 1-D, a partir de 25 de junho de 2019, com Informatizado número 2019.00113533, originado em razão
fundamento no artigo 51, inciso II, da Lei nº 16.024/2008. do protocolizado sob nº 0050200-71.2019.8.16.6000, resolve

Curitiba, 25 de junho de 2019.

D E S I G N A R
MARCO AURELIO LOPES PODGURSKI
Diretor do Departamento de Gestão de Recursos Humanos

IDMATERIA1538496IDMATERIA

ANGELA MARI HIGUCHI, ocupante do cargo de Técnico Judiciário do Quadro


PORTARIA Nº 680/2019 - DGRH
de Pessoal do Poder Judiciário de 1º Grau de Jurisdição, para o exercício
precário e excepcional, em substituição, das funções de Escrivão do Juizado de
Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e Vara de Crimes contra Crianças,
Adolescentes e Idosos do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana
O DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE
de Londrina, durante o afastamento, por Licença Especial, da titular PAULA
RECURSOS HUMANOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA
CHRISTIANY NOBRE ALVES, no período de 27 de maio de 2019 a 18 de junho
DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições
de 2019, nos termos do artigo 155, da Lei nº 14.277/2003, alterado pelo artigo 4º,
delegadas pelo Decreto Judiciário nº 142/2019 e tendo
da Lei nº 17.532/2013, atribuindo-lhe proporcionalmente o valor correspondente à
em vista o contido no Procedimento Administrativo
gratificação de função de Chefe de Secretaria, conforme preceitua o § 2º, do art.
Informatizado número 2019.00120657, originado em razão
155, da Lei nº 14.277/2003, observado o efetivo exercício e o disposto nos artigos
do protocolado sob nº 0056024-11.2019.8.16.6000, resolve
54 e 55 da Lei nº 16.024/2008, convalidando-se os atos eventualmente praticados
no referido período.

Curitiba, 24 de junho de 2019.


I - R E V O G A R

MARCO AURELIO LOPES PODGURSKI


Diretor do Departamento de Gestão de Recursos Humanos
o inciso I da Portaria nº 790/2017-DGRH, que designou ELIZA HOSOUME,
IDMATERIA1538560IDMATERIA

ocupante do cargo de Técnico de Secretaria do Quadro de Pessoal do Poder


Judiciário de 1º Grau de Jurisdição, para o exercício da função comissionada de ORDEM DE SERVIÇO Nº 562/2019 - DGRH
Chefe da Secretaria da Vara Criminal, Família e Sucessões, Infância e Juventude e
Juizado Especial Cível, Criminal e da Fazenda Pública da Comarca de Ibaiti;

O DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE


RECURSOS HUMANOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
I I - D E S I G N A R ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições delegadas
pela Ordem de Serviço 210/01, e tendo em vista o
contido no Procedimento Administrativo Informatizado número
2019.00120333, originado em razão do protocolizado sob nº
0057139-67.2019.8.16.6000, resolve

a) SIBELE CRISTINA DA SILVA, matrícula 51549, ocupante do cargo de Analista


Judiciário - Área Judiciária do Quadro de Pessoal do Poder Judiciário de 1º Grau
de Jurisdição, para o exercício da função comissionada de Chefe da Secretaria da
Vara Criminal, Família e Sucessões, Infância e Juventude e Juizado Especial Cível,
Criminal e da Fazenda Pública da Comarca de Ibaiti, atribuindo-lhe as gratificações S U S P E N D E R
correspondentes, nos termos da Lei nº 16023/2008, alterada pela Lei nº 17532/2013,
com efeitos a partir da data de publicação, conforme dispõe a Portaria nº 518/2015;
- 10 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
de 23/05/2013 a 22/05/2018, restando-lhe 62 dias para ser usufruídos em época
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00120105;
por necessidade do serviço, a licença especial dos servidores abaixo relacionados:
ALEXEI KREMER, matrícula nº 51226, a partir de 24/06/2019, concedida pela
Ordem de Serviço nº 484/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo de 30/05/2012
a 29/05/2017, restando-lhe 48 dias para ser usufruídos em época oportuna. RODRIGO CORDEIRO DOS SANTOS, matrícula nº 16440, a partir de
Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00120226; 18/06/2019, concedida pela Ordem de Serviço nº 302/2019 - DGRH, alusiva
ao período aquisitivo de 13/08/2012 a 12/08/2017, restando-lhe 49 dias para
ser usufruídos em época oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº
2019.00119980;
AMANDA FREIRE DE FREITAS FERREIRA, matrícula nº 51108, a partir de
24/06/2019, concedida pela Ordem de Serviço nº 445/2019 - DGRH, alusiva
ao período aquisitivo de 22/02/2012 a 21/02/2017, restando-lhe 64 dias para
ser usufruídos em época oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº RUAN DE OLIVEIRA RIBEIRO, matrícula nº 52008, a partir de 19/06/2019,
2019.00119951; concedida pela Ordem de Serviço nº 445/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo
de 30/11/2011 a 29/11/2016, restando-lhe 29 dias para ser usufruídos em época
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119523;

CELESTE SANTOS BORGES, matrícula nº 5038, a partir de 17/06/2019,


concedida pela Ordem de Serviço nº 523/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo
de 07/05/1991 a 06/05/1996, restando-lhe 69 dias para ser usufruídos em época RUDIMAR CRISTOFOLLI, matrícula nº 6775, a partir de 24/06/2019, concedida
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00120329; pela Ordem de Serviço nº 493/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo de
12/10/1996 a 03/06/2001, restando-lhe 24 dias para ser usufruídos em época
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119982;

CELINA HISSAE NODA OKUDA, matrícula nº 50714, a partir de 19/06/2019,


concedida pela Ordem de Serviço nº 445/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo
de 05/01/2011 a 04/01/2016, restando-lhe 49 dias para ser usufruídos em época SUSY KARINA TENFEN, matrícula nº 51620, a partir de 19/06/2019, concedida
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119604; pela Ordem de Serviço nº 506/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo de
10/10/2012 a 09/10/2017, restando-lhe 36 dias para ser usufruídos em época
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119866;

ELISABETE APARECIDA OLIVEIRA DA SILVA, matrícula nº 5496, a partir


de 13/06/2019, concedida pela Ordem de Serviço nº 523/2019 - DGRH, alusiva
ao período aquisitivo de 23/01/2012 a 22/01/2017, restando-lhe 67 dias para THAÍS CAYRES DE MENDONÇA, matrícula nº 50483, a partir de 24/06/2019,
ser usufruídos em época oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº concedida pela Ordem de Serviço nº 532/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo
2019.00120171; de 14/12/2010 a 13/12/2015, restando-lhe 15 dias para ser usufruídos em época
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00120066;

KARINA GRACIELA RICHTER, matrícula nº 13912, a partir de 24/06/2019,


concedida pela Ordem de Serviço nº 523/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo VALDIR ROBERTO ALVES SANTANA, matrícula nº 51814, a partir de
de 21/07/2008 a 20/07/2013, restando-lhe 31 dias para ser usufruídos em época 24/06/2019, concedida pela Ordem de Serviço nº 379/2019 - DGRH, alusiva
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119995; ao período aquisitivo de 29/01/2013 a 28/01/2018, restando-lhe 45 dias para
ser usufruídos em época oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº
2019.00119971.

KELLEN FABIANE TOZETTO, matrícula nº 17434, a partir de 24/06/2019,


concedida pela Ordem de Serviço nº 336/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo
de 16/12/2013 a 15/12/2018, restando-lhe 76 dias para ser usufruídos em época Curitiba, 25 de junho de 2019.
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00120002;

LEONARDO VINICIUS STRAUB CRESTANI, matrícula nº 50419, a partir de MARCO AURELIO LOPES PODGURSKI
05/06/2019, concedida pela Ordem de Serviço nº 302/2019 - DGRH, alusiva Diretor do Departamento de Gestão de Recursos Humanos
ao período aquisitivo de 16/12/2010 a 15/12/2015, restando-lhe 45 dias para
ser usufruídos em época oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº IDMATERIA1538553IDMATERIA

2019.00119571;
ORDEM DE SERVIÇO Nº 561/2019 - DGRH

MARCOS VINICIUS GICA, matrícula nº 51892, a partir de 19/06/2019, concedida


pela Ordem de Serviço nº 469/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo de O DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE
01/03/2013 a 28/02/2018, restando-lhe 49 dias para ser usufruídos em época RECURSOS HUMANOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00120158; ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições delegadas
pela Ordem de Serviço 210/01, e tendo em vista o
contido no Procedimento Administrativo Informatizado número
2019.00120315, originado em razão do protocolizado sob nº
MARCUS VINICIUS FIDELIS DA SILVA, matrícula nº 51970, a partir de 0057139-67.2019.8.16.6000, resolve
19/06/2019, concedida pela Ordem de Serviço nº 511/2019 - DGRH, alusiva
ao período aquisitivo de 04/06/2013 a 03/06/2018, restando-lhe 76 dias para
ser usufruídos em época oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº
2019.00119476;

A U T O R I Z A R

PAULA CHRISTIANY NOBRE ALVES, matrícula nº 14599, a partir de 19/06/2019,


concedida pela Ordem de Serviço nº 493/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo
de 25/04/2010 a 24/04/2015, restando-lhe 41 dias para ser usufruídos em época
oportuna. Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119552;
os servidores abaixo relacionados a usufruírem os dias restantes de licença especial,
a partir das datas e em número de dias ali discriminados:
ALYNE ARDENGUE LOPES GUIMARÃES, matrícula nº 51231, 58 dias restantes
RAFAEL DE QUEIROZ POSSETTI, matrícula nº 51962, a partir de 24/06/2019, alusivos ao período aquisitivo de 25/05/2012 a 24/05/2017, a partir de 15/07/2019,
concedida pela Ordem de Serviço nº 523/2019 - DGRH, alusiva ao período aquisitivo Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00120108;
- 11 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná

ANA CRISTINA SCHAIKOSKI, matrícula nº 9424, 61 dias restantes alusivos ao JULIANA TRINDADE SILVA LIMA, matrícula nº 51478, 69 dias restantes
período aquisitivo de 01/11/2006 a 31/10/2011, a partir de 24/06/2019, Procedimento alusivos ao período aquisitivo de 20/08/2012 a 19/08/2017, a partir de 16/07/2019,
Administrativo Informatizado nº 2019.00119869; Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119585;

ANA PAULA FRAZATTO DOS SANTOS LIMA, matrícula nº 14114, 77 KELLY CRISTINA DE SOUZA KLEIN, matrícula nº 13324, 58 dias restantes
dias restantes alusivos ao período aquisitivo de 11/08/2008 a 10/08/2013, a partir de alusivos ao período aquisitivo de 06/11/2012 a 05/11/2017, a partir de 09/09/2019,
22/07/2019, Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119072; Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119897;

MARCELO FRANCO MACIEL, matrícula nº 51258, 32 dias restantes alusivos ao


ANDRE LUIZ MASSAD, matrícula nº 12270, 51 dias restantes alusivos ao
período aquisitivo de 08/06/2012 a 07/06/2017, a partir de 27/06/2019, Procedimento
período aquisitivo de 05/08/2002 a 04/08/2007, a partir de 17/07/2019, Procedimento
Administrativo Informatizado nº 2019.00120288;
Administrativo Informatizado nº 2019.00119525;

MARCELO STEMPNIAK, matrícula nº 13243, 40 dias restantes alusivos ao


ANTENESCA DEMICIANO GIOVANI, matrícula nº 50978, 29 dias restantes
período aquisitivo de 22/10/2007 a 21/10/2012, a partir de 24/06/2019, Procedimento
alusivos ao período aquisitivo de 18/10/2011 a 17/10/2016, a partir de 24/06/2019,
Administrativo Informatizado nº 2019.00119870;
Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119850;

MARCOS AURELIO SUPERCHINSKI, matrícula nº 6734, 62 dias restantes


CAMILA VANESSA MAXIMINO, matrícula nº 14333, 67 dias restantes alusivos ao alusivos ao período aquisitivo de 07/04/1997 a 06/04/2002, a partir de 24/06/2019,
período aquisitivo de 22/12/2013 a 21/12/2018, a partir de 08/07/2019, Procedimento Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119706;
Administrativo Informatizado nº 2019.00120184;

MARCOS BUENO, matrícula nº 13230, 46 dias restantes alusivos ao período


CLEVERSON MARCIO SHEFER, matrícula nº 16381, 48 dias restantes alusivos aquisitivo de 15/10/2012 a 14/10/2017, a partir de 24/06/2019, Procedimento
ao período aquisitivo de 30/01/2006 a 29/01/2011, a partir de 15/07/2019, Administrativo Informatizado nº 2019.00120249;
Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00120041;

MARIA AMELIA CORREA DITZEL, matrícula nº 10900, 7 dias restantes


CRISTINA POLONIO DE HOLANDA, matrícula nº 51162, 50 dias restantes alusivos ao período aquisitivo de 10/02/2004 a 09/02/2009, a partir de 15/07/2019,
alusivos ao período aquisitivo de 18/04/2012 a 17/04/2017, a partir de 08/07/2019, Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119933;
Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119704;

MARIA APARECIDA DE LIMA, matrícula nº 9871, 88 dias restantes alusivos ao


DAGOBERT JIRKOWSKY, matrícula nº 13863, 57 dias restantes alusivos ao período aquisitivo de 09/07/2013 a 08/07/2018, a partir de 01/07/2019, Procedimento
período aquisitivo de 08/07/2008 a 07/07/2013, a partir de 12/08/2019, Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119579;
Administrativo Informatizado nº 2019.00119891;

MAURO TROIANO, matrícula nº 10256, 78 dias restantes alusivos ao período


DANIEL TILLE GAERTNER, matrícula nº 51871, 66 dias restantes alusivos ao aquisitivo de 03/02/2008 a 02/02/2013, a partir de 31/05/2019, Procedimento
período aquisitivo de 08/02/2013 a 07/02/2018, a partir de 24/06/2019, Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00116149;
Administrativo Informatizado nº 2019.00119814;

MAURÍCIO PALÚ, matrícula nº 50581, 61 dias restantes alusivos ao período


DIEGO MARTINS NADAL, matrícula nº 50579, 56 dias restantes alusivos ao aquisitivo de 07/01/2011 a 06/01/2016, a partir de 25/06/2019, Procedimento
período aquisitivo de 05/03/2013 a 04/03/2018, a partir de 24/06/2019, Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00120253;
Administrativo Informatizado nº 2019.00119949;

MICHELE LUIZA KOZIK, matrícula nº 14062, 25 dias restantes alusivos ao


período aquisitivo de 17/07/2013 a 16/07/2018, a partir de 24/06/2019, Procedimento
EDER DA SILVA MOREIRA, matrícula nº 8841, 53 dias restantes alusivos ao
Administrativo Informatizado nº 2019.00119359;
período aquisitivo de 15/12/1998 a 01/07/2003, a partir de 03/07/2019, Procedimento
Administrativo Informatizado nº 2019.00120277;

PAULO HENRIQUE CHAGAS PRECOMA, matrícula nº 17210, 74 dias restantes


alusivos ao período aquisitivo de 15/07/2013 a 14/07/2018, a partir de 08/07/2019,
EDER SIBIRKIN, matrícula nº 16814, 58 dias restantes alusivos ao período Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119265;
aquisitivo de 01/02/2013 a 31/01/2018, a partir de 22/07/2019, Procedimento
Administrativo Informatizado nº 2019.00116817;

PAULO HENRIQUE WAROMBY, matrícula nº 16372, 45 dias restantes alusivos


ao período aquisitivo de 01/08/2012 a 31/07/2017, a partir de 24/06/2019,
JORGE LUIZ BOZZA JUNIOR, matrícula nº 17229, 54 dias restantes alusivos ao Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119811;
período aquisitivo de 01/08/2013 a 31/07/2018, a partir de 23/09/2019, Procedimento
Administrativo Informatizado nº 2019.00119976;

PRISCILA NIADA BOEIRA BUENO, matrícula nº 13698, 45 dias restantes


alusivos ao período aquisitivo de 01/02/2011 a 31/01/2016, a partir de 15/07/2019,
JOÃO RICARDO SOCOLOVSKI SIQUEIRA PERTICE, matrícula nº 51082, 47 Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119964;
dias restantes alusivos ao período aquisitivo de 17/01/2012 a 16/01/2017, a partir de
24/06/2019, Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119849;
- 12 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
ROBSON FELIPE TAVARES, matrícula nº 51915, 73 dias restantes alusivos ao MARCOS ANTONIO COSTA, matrícula nº 5843, 90 dias alusivos ao período
período aquisitivo de 01/04/2013 a 31/03/2018, a partir de 25/06/2019, Procedimento aquisitivo de 21/12/1993 a 20/12/1998, a partir de 08/07/2019, Procedimento
Administrativo Informatizado nº 2019.00119954; Administrativo Informatizado nº 2019.00119516;

SHEILA FRIEDEMANN SCHEGUSCHEVSKI, matrícula nº 14952, 47 MARCOS SAKADA, matrícula nº 52448, 90 dias alusivos ao período aquisitivo
dias restantes alusivos ao período aquisitivo de 07/07/2010 a 06/07/2015, a partir de de 04/06/2014 a 03/06/2019, a partir de 08/08/2019, Procedimento Administrativo
24/06/2019, Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00118685; Informatizado nº 2019.00118595;

SONEVAL LUCIO DA SILVA, matrícula nº 50547, 46 dias restantes alusivos ao ROGÉRIO LOURENÇO RODRIGUES, matrícula nº 52229, 90 dias alusivos ao
período aquisitivo de 29/11/2006 a 28/11/2011, a partir de 01/07/2019, Procedimento período aquisitivo de 17/03/2014 a 16/03/2019, a partir de 08/07/2019, Procedimento
Administrativo Informatizado nº 2019.00119878; Administrativo Informatizado nº 2019.00119820;

WEVERTON LUIS DAMASCENO FERREIRA, matrícula nº 51426, 52 SINARA DE ALMEIDA DE FREITAS, matrícula nº 52076, 90 dias alusivos ao
dias restantes alusivos ao período aquisitivo de 06/08/2012 a 05/08/2017, a partir de período aquisitivo de 01/10/2013 a 30/09/2018, a partir de 22/07/2019, Procedimento
15/07/2019, Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119846; Administrativo Informatizado nº 2019.00119443.

YARA PACHECO DOS SANTOS, matrícula nº 51068, 65 dias restantes Curitiba, 25 de junho de 2019.
alusivos ao período aquisitivo de 05/12/2011 a 04/12/2016, a partir de 24/06/2019,
Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119871.

MARCO AURELIO LOPES PODGURSKI


Curitiba, 25 de junho de 2019.
Diretor do Departamento de Gestão de Recursos Humanos

IDMATERIA1538519IDMATERIA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ


MARCO AURELIO LOPES PODGURSKI
Diretor do Departamento de Gestão de Recursos Humanos

IDMATERIA1538550IDMATERIA

PROCESSO SELETIVO DE ESTUDANTES


ORDEM DE SERVIÇO Nº 560/2019 - DGRH GABINETE DO JUÍZO DA 1ª VARA CÍVEL
E DA FAZENDA PÚBLICA DE UMUARAMA

O DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE


RECURSOS HUMANOS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO EDITAL DE PRORROGAÇÃO
ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições delegadas PROCESSO SELETIVO 720/2018
pela Ordem de Serviço 210/01, e tendo em vista o PROTOCOLO SEI 0074251-83.2018.8.16.6000
contido no Procedimento Administrativo Informatizado número
2019.00120311, originado em razão do protocolizado sob nº
0057139-67.2019.8.16.6000, resolve
O Departamento de Gestão de Recursos Humanos, no uso de suas atribuições,
torna pública a prorrogação de procedimento seletivo de estudantes, mediante
condições das disposições da Lei Federal nº 11.788/2008, do Enunciado
Administrativo nº 7/2008 e da Resolução nº 7/2005, ambos do Conselho Nacional de
Justiça, bem como do Decreto Judiciário nº 930/2017 e do Ofício Circular nº 01/2016-
C O N C E D E R
GP/DGRH.

Curitiba, 25 de junho de 2019.


LICENÇA ESPECIAL aos servidores abaixo relacionados, a ser usufruída a partir
das datas e em número de dias a seguir discriminados:
ADRIANA REGINA CONTI MOTTA DA FONSECA, matrícula nº 50470, 90
dias alusivos ao período aquisitivo de 13/12/2010 a 12/12/2015, a partir de MARCO AURELIO LOPES PODGURSKI
19/08/2019, Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00117177; Diretor do Departamento de Gestão de Recursos Humanos

ALESSANDRA SANTOS AMARAL, matrícula nº 52032, 90 dias alusivos ao


período aquisitivo de 11/09/2013 a 10/09/2018, a partir de 15/07/2019, Procedimento
Anexos: https://portal.tjpr.jus.br/pesquisa_athos/anexo/6143525
Administrativo Informatizado nº 2019.00119508;
IDMATERIA1538441IDMATERIA

EUCLIDES GUIMARAES JUNIOR, matrícula nº 52241, 90 dias alusivos ao TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ
período aquisitivo de 24/03/2014 a 23/03/2019, a partir de 15/07/2019, Procedimento
Administrativo Informatizado nº 2019.00120056;

PROCESSO SELETIVO PARA RECRUTAMENTO DE ESTAGIÁRIOS


ESCRIVANIA DO CRIME DO JUÍZO ÚNICO DE ENGENHEIRO BELTRÃO
JAMES PINTO DE AZEVEDO PORTUGAL NETO, matrícula nº 6164, 90
dias alusivos ao período aquisitivo de 18/02/2014 a 17/02/2019, a partir de
01/07/2019, Procedimento Administrativo Informatizado nº 2019.00119560;
EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO
SELETIVO DE ESTUDANTES Nº 426/2019
- 13 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
PROTOCOLO SEI 0038150-13.2019.8.16.6000 computadores, falhas de comunicação da rede, congestionamento da Internet, bem
como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados, não decorrentes
da estrutura deste Tribunal de Justiça.
4. DAS PROVAS
O Departamento de Gestão de Recursos Humanos, no uso de suas atribuições, 4.1. O instrumento de seleção compreenderá duas fases, compostas por:
torna público o edital de abertura de processo seletivo de estudantes, mediante as a) prova com questões discursivas, conforme conteúdo programático constante no
disposições da Lei Federal nº 11.788/2008, do Enunciado Administrativo nº 7/2008 ANEXO I;
e da Resolução nº 7/2005, ambos do Conselho Nacional de Justiça, bem como do b) entrevista com a autoridade solicitante, conforme Art. 14 do Decreto Judiciário nº
Decreto Judiciário nº 345/2019. 345/2019.
1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 4.2. A prova será composta por 10 (dez) questões discursivas avaliadas em 1,0 (um)
1.1. O processo seletivo será regido por este Edital de Abertura e seus anexos. ponto cada.
1.2. O processo seletivo destina-se ao preenchimento de 1 (uma) vaga(s) de estágio 4.3. A data, o horário e o local de aplicação da prova serão divulgados por meio de
não obrigatório remunerado e formação de cadastro de reserva, a estudantes de documento oficial de ensalamento.
nível superior de graduação do curso de Direito, cursando a partir do 1º (primeiro) 4.4. A prova possui caráter eliminatório e classificatório.
período no ato da inscrição. 4.5. Compete ao candidato acompanhar a publicação das informações relativas ao
1.2.1. O cadastro de reserva será formado pelos candidatos aprovados acima do processo seletivo, inclusive eventuais alterações referentes à data, horário e local de
número de vagas ofertadas visando o eventual preenchimento de vagas que surjam aplicação da prova no sítio eletrônico do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná.
durante a vigência deste certame. 4.6. O candidato deverá apresentar-se ao local da prova com pelo menos 30 (trinta)
1.3. O processo seletivo terá validade de 1 (um) ano, a contar da publicação do Edital minutos de antecedência, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta,
de Classificação Final, não podendo ser prorrogado. comprovante de inscrição e documento oficial de identificação original, com foto atual.
1.4. Poderá participar do processo seletivo o estudante com idade mínima de 4.6.1. Junto ao documento oficial de ensalamento poderá ser requisitada a utilização
16 (dezesseis) anos, desde que, quando da contratação, esteja regularmente de prancheta ou apoio similar para realização da prova escrita, caso seja necessário
matriculado e com frequência efetiva em cursos, presenciais ou à distância, de devido a estrutura do local indicado, a ser disponibilizada pelo próprio candidato.
instituições de ensino conveniadas com o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, 4.7. Não será admitido o ingresso do candidato ao local da realização da prova após
ou devidamente inscritas no Ministério da Educação (MEC) ou Secretaria Estadual o horário de início indicado.
de Educação (SEED). 4.8. O tempo de realização da prova escrita será de 4 (quatro) horas, realizada com
1.5. Serão destinadas 10% (dez por cento) das vagas a pessoas com deficiência consulta à legislação seca (não comentada ou anotada), sendo vedada qualquer
(PcD), nos termos do § 5º do art. 16 da Lei Federal nº 11.788/2008, cuja ocupação comunicação entre os candidatos, tampouco será permitida a utilização de qualquer
considerará as competências e necessidades especiais do estagiário, as atividades aparelho eletrônico, tais como telefone celular, notebook, tablet, relógio, dentre
e necessidades próprias das unidades organizacionais, sendo que as vagas que outros.
eventualmente não forem preenchidas por tais candidatos serão destinadas à ampla 4.9. Não haverá tempo adicional para preenchimento do cartão-resposta.
concorrência, observada a ordem geral de classificação. 4.10. As pessoas com deficiência (PcD) participarão da seleção em igualdade de
1.5.1. Somente será necessário reservar vagas a pessoas com deficiência (PcD) nos condições com os demais candidatos no que se refere ao conteúdo das provas, à
processos seletivos cuja a oferta de vagas, ou formação de cadastro de reserva, seja avaliação, aos critérios de aprovação, ao horário e local de aplicação das provas e à
igual ou superior a 10 (dez). pontuação mínima exigida, observado o disposto no item 3.9.
2. DO ESTÁGIO 4.11. Será eliminado do processo seletivo o candidato que:
2.1. O estudante de nível superior de graduação terá carga horária de 5 (cinco) horas 4.11.1. não entregar a prova e/ou o cartão-resposta ao fiscal de sala ao término do
diárias e 25 (vinte e cinco) horas semanais. tempo previsto para sua conclusão;
2.2. O estagiário fará jus ao recebimento de auxílio-transporte, no valor de R$ 8,50 4.11.2. utilizar-se de meios ilícitos para obter vantagens na realização de provas
(oito reais e cinquenta centavos), por dia efetivamente estagiado. (consulta a livros, textos, aparelhos eletrônicos, aparelhos celulares e outros
2.3. O valor da bolsa-auxílio mensal será de R$ 1.050,84 (mil e cinquenta reais e aparelhos de comunicação, consulta a outros candidatos, repasse de informações a
oitenta e quatro centavos) para nível superior de graduação e tecnologia. outros candidatos, entre outros julgados impróprios pelo fiscal de sala).
2.4. O estagiário estará coberto por apólice de seguro contra acidentes pessoais, em 5. DA CONVOCAÇÃO PARA ENTREVISTA
caso de morte acidental, invalidez permanente total ou parcial por acidente e em caso 5.1. A classificação da prova escrita considerará os candidatos que obtiverem
de despesas médico-hospitalares, que porventura ocorram durante a realização do pontuação igual ou superior a 60% (sessenta por cento) de aproveitamento total da
estágio e nos termos previstos na apólice de seguro contratada. prova escrita, observada a reserva de vagas prevista no item 1.5.
2.5. O período de estágio não excederá a 2 (dois) anos, exceto quando se tratar de 5.1.1. Havendo candidatos empatados com a nota de corte do último classificado,
pessoa com deficiência (PcD) nos termos do item 5.1, serão convocados para entrevista todos aqueles empatados
3. DAS INSCRIÇÕES nesta classificação.
3.1. As inscrições serão gratuitas e deverão ser efetuadas exclusivamente via 5.2. Os estudantes classificados serão convocados para entrevista com a autoridade
Internet. solicitante, ou a quem ele delegar, que analisará exclusivamente a aptidão do
3.2. Para se inscrever o candidato deverá preencher o Formulário Eletrônico de candidato para a vaga, conforme as demandas da unidade e o perfil acadêmico
Inscrição disponível na página específica do processo seletivo, endereço eletrônico desejado.
https://www.tjpr.jus.br/concursos/estagiario, por meio da aba "Procedimentos 5.3. A data e o horário da entrevista serão divulgados por meio de documento oficial
seletivos em andamento", escolhendo nível, área e cidade. de convocação para entrevista.
3.3. As inscrições estarão disponíveis do 3º (terceiro) ao 10º (décimo) dia, contados a 5.4. O entrevistador atribuirá pontuação em escala equivalente à pontuação da prova
partir da publicação deste edital no Diário da Justiça Eletrônico, endereço eletrônico escrita.
https://www.tjpr.jus.br/diario-da-justica, considerando como extemporânea e sem 6. DA CLASSIFICAÇÃO FINAL
validade qualquer inscrição feita fora desse período. 6.1. A classificação final do processo seletivo considerará a média aritmética das
3.4. O prazo de inscrição poderá ser prorrogado ou reaberto a critério da pontuações obtidas na prova escrita e na entrevista, dentre os candidatos que
Administração. obtiverem pontuação igual ou superior a 60% (sessenta por cento) de aproveitamento
3.5. Somente serão processadas as inscrições preenchidas em consonância com o total e em cada uma das etapas, limitada ao número previsto de vagas e de formação
estabelecido no presente Edital, sendo que as informações prestadas pelo candidato do cadastro de reserva nos termos do item 1.2, bem como respeitada a reserva
serão de sua inteira responsabilidade, podendo o Tribunal de Justiça do Estado do prevista no item 1.5.
Paraná, na forma da lei, excluir do processo seletivo o candidato que fornecer dados 6.2. O Edital de Classificação Final será publicado no Diário de Justiça Eletrônico
inverídicos. (e-DJ) e divulgado no sítio eletrônico do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná,
3.6. O candidato que efetivar mais de uma inscrição, terá somente a última inscrição contendo a ordem de classificação, o número de inscrição, o nome completo do
validada. candidato e a nota final.
3.7. Serão indeferidas as inscrições de candidatos, cujo curso não guarde qualquer 6.3. Ocorrendo empate, será classificado, prioritariamente, o candidato:
relação com a área de atuação da vaga ofertada, em conformidade com o item 3.5 6.3.1. que obtiver a maior pontuação nas questões enquadradas nos conhecimentos
do presente Edital. específicos, quando houver;
3.8. A pessoa com deficiência (PcD) deverá declarar essa condição no ato de 6.3.2. com maior idade, considerando ano, mês, dia, hora, minuto e segundo de
inscrição, nos termos e definições do Decreto Federal nº 3.298/1999, especificando a nascimento.
sua deficiência, bem como anexar cópia legível do laudo médico, expedido no prazo 6.4. Poderá ser exigida ao candidato a comprovação da idade mediante certidão de
máximo de 12 (doze) meses antes do término do período de inscrições, do qual nascimento.
conste expressa referência ao código correspondente da classificação internacional 6.5. Conforme o Decreto Judiciário nº 345/2019, as pessoas com deficiência (PcD)
de doenças - CID, bem como a provável causa da deficiência, contendo a assinatura aprovadas constarão de listagem geral e, caso esta listagem contenha 10 (dez) ou
e o carimbo do CRM do médico. mais classificados, de listagem específica.
3.8.1. Na falta do laudo médico, ou não contendo as informações acima indicadas, a 7. DOS REQUISITOS PARA ADMISSÃO
inscrição será processada como na listagem geral, ainda que declarada tal condição. 7.1. Por ocasião da admissão, após a aprovação no processo seletivo, o estudante
3.9. O candidato que necessitar de atendimento especial para a realização das deverá comprovar:
provas deverá declará-lo no formulário eletrônico de inscrição, no espaço reservado 7.1.1. idade mínima de dezesseis anos completos, mediante apresentação do
para esse fim, para que sejam tomadas as providências cabíveis com antecedência. documento de Registro Geral (RG), emitido pela Secretaria de Estado da Segurança
3.10. O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná não se responsabilizará Pública (SESP);
por solicitação de inscrição não recebida por motivos de ordem técnica dos
- 14 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
7.1.2. inscrição no Cadastro de Pessoa Física (CPF), mediante a apresentação de 9.6.4. antes da finalização do procedimento de renovação ou de recontratação, junto
comprovante de situação cadastral, emitido, em até 30 (trinta) dias, pela Secretaria ao Sistema Hércules, ou seja, após a homologação do termo do plano de estágio
da Receita Federal do Brasil (RFB); aditivo (PEA) ou do novo termo de compromisso de estágio e plano de estágio (TCE/
7.1.3. inscrição perante a Justiça Eleitoral, para os maiores de 19 anos, mediante a PE), pela Divisão de Estágio.
apresentação do título de eleitor; 10. DA DESCLASSIFICAÇÃO
7.1.4. estar em dia com as suas obrigações militares, para os brasileiros maiores de 10.1. Será desclassificado do processo seletivo o estudante que:
19 anos, mediante a apresentação de certificado de alistamento, nos limites de sua 10.1.1. não for localizado, quando do chamamento para a admissão, dentro do prazo
validade, certificado de reservista, certificado de isenção ou certificado de dispensa de 5 (cinco) dias úteis, em decorrência de correio eletrônico (e-mail) ou telefone
de incorporação desatualizados, incorretos ou incompletos;
7.1.5. matrícula e frequência regular e compatibilidade entre o curso e a vaga de 10.1.2. for localizado, mas deixar de manifestar por escrito à unidade concedente,
estágio ofertada, mediante apresentação de atestado, comprovante ou declaração mediante e-mail, no prazo de até 02 (dois) dias úteis, sua vontade de assumir a vaga
atualizados, emitidos, em até 30 (trinta) dias, pela instituição de ensino; de estágio, reputando-se a ausência de manifestação nesse prazo como desistência
7.1.6. residência, por meio de comprovante ou declaração atualizados, emitido em tácita;
até 30 (trinta) dias; 10.1.3. se recusar a iniciar o estágio na data, local e horário e demais condições
7.1.7. celebração de termo de compromisso entre o estudante, o Tribunal de Justiça estipuladas no termo de compromisso;
e a instituição de ensino; 10.1.4. desistir da oportunidade de estágio;
7.1.8. a ausência de registro de antecedentes criminais, para os maiores de dezoito 10.1.5. não apresentar, no prazo de 5 (cinco) dias úteis, contado a partir do
anos, mediante apresentação de certidão negativa, emitida em até 30 (trinta) dias, chamamento para a admissão, os documentos relacionados no art. 18 do presente
ressalvado o art. 5º, inciso LVII, da CF/88; Decreto e no Edital de Abertura ou incompatibilidade desses com as informações
7.1.9. não se enquadrar nas causas de impedimento previstas no Decreto Judiciário prestadas no formulário de inscrição;
nº 345/2019, por meio de declaração escrita, conforme modelo disponível no site do 10.1.6. se recusar a ser contratado para unidade diversa à que deu origem ao
TJPR. processo seletivo, no caso de aproveitamento do processo seletivo por outra unidade,
8. DO CHAMAMENTO PARA ADMISSÃO desde que previsto neste edital.
8.1. A unidade requisitante do processo seletivo será responsável pelo chamamento 10.2. Haverá desclassificação do estudante em que for constatada:
para admissão do candidato aprovado, obedecida a ordem de classificação, por meio 10.2.1. incompatibilidade entre a área de conhecimento do seu curso e a área de
de telefone e de mensagem encaminhada ao correio eletrônico (e-mail) cadastrado atuação da vaga de estágio ofertada, ou entre os horários de estágio e das aulas;
pelo candidato no momento da inscrição. 10.2.2. inviabilidade da contratação ante o exíguo prazo existente até o encerramento
8.2. É de responsabilidade do candidato fornecer, no ato da inscrição, no do curso, vez que impossibilita a vivência na prática dos conteúdos acadêmicos, por
campo apropriado, correio eletrônico (e-mail) válido, o qual será utilizado para o falta de tempo hábil para a efetiva troca de experiências.
chamamento e assinatura do termo de compromisso de estágio. 11. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
8.3. É de responsabilidade do candidato comunicar, à unidade requisitante do 11.1. O processo seletivo de que trata este Edital poderá ser aproveitado por outra
processo seletivo, a alteração dos dados de contato (correio eletrônico, endereço unidade, respeitada a ordem de classificação final, desde que as atividades a serem
residencial, telefone fixo, telefone celular), sob pena de desclassificação do certame desempenhadas sejam correlatas às vagas ofertadas no presente certame, ficando
decorrente do não atendimento ao chamamento formulado por meio dos citados os candidatos cientes de que poderão ser contratados para unidade diversa a que
endereços e telefones. deu origem ao procedimento, sendo que a discordância deste implicará na sua
8.4. Os candidatos classificados deverão ser admitidos de forma alternada, ou seja, eliminação.
9 (nove) candidatos da lista geral e, subsequentemente, 1 (um) da lista específica, 11.1.1. O cadastro de unidades para aproveitamento de processo seletivo só poderá
em conformidade com o percentual mencionado no item 1.5. ser realizado junto ao sistema Hércules mediante autorização explícita e nominal da
8.5. A pessoa com deficiência (PcD) aprovada deverá apresentar a via original do unidade que realizou o referido processo seletivo.
laudo médico comprobatório, objetivando verificação, pelo Centro de Assistência 11.2. A realização de estágio não criará vínculo empregatício de qualquer natureza
Médica e Social, se a deficiência se enquadra nos termos do art. 4º do Decreto entre o estagiário e o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná.
Federal nº 3.298/1999. 11.3. Não poderão ser admitidos os candidatos que realizam estágio em outro órgão
8.6. O horário das atividades de estágio deverá obedecer ao contido no termo de público ou empresa privada, salvo se houver prévio desligamento.
compromisso de estágio. 11.4. É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar todos os atos, os editais
8.7. A admissão será mais célere quando o estudante, quando do chamamento, e os comunicados referentes a este processo seletivo que sejam publicados no sítio
entregar à sua futura chefia toda a documentação elencada no item 6 deste edital, eletrônico do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná.
cuja deverá estar correta e atualizada. 11.4.1. O estudante compromete-se a ler atentamente as orientações elencadas no
9. DAS VEDAÇÕES endereço https://www.tjpr.jus.br/estagiario.
9.1. É vedada, em qualquer modalidade de estágio, a contratação, o remanejamento 11.5. A aprovação e classificação geram ao candidato apenas a expectativa de
e a permuta de estagiário para atuar, sob orientação ou supervisão, diretamente contratação.
subordinado a membros do Poder Judiciário ou a servidor investido em cargo de 11.6. O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná se reserva o direito de proceder
direção, chefia ou assessoramento que lhe seja cônjuge, companheiro ou parente às contratações em quantidade que atendam às necessidades do serviço, de acordo
até o terceiro grau, inclusive, por consanguinidade ou afinidade. com a disponibilidade orçamentária e as vagas existentes.
9.1.1. Parágrafo único. O estagiário não poderá prestar atividades de estágio na 11.7. Os casos omissos serão resolvidos pela Secretaria do Tribunal de Justiça do
mesma unidade em que estiver lotado seu cônjuge, companheiro ou parente até o Estado do Paraná.
terceiro grau, inclusive, por consanguinidade ou afinidade, ainda que não investido ANEXO I - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
em cargo de direção, chefia ou assessoramento. PROCESSO CIVIL:
9.2. É vedada a admissão de estudante vinculado a escritório de advocacia e a Rito comum. Princípios do Processo Civil: contraditório, ampla defesa; contraditório
processos em andamento na Justiça Estadual do Paraná, como procurador das substancial, cooperação, livre convencimento motivado, impulso oficial; Intervenção
partes. de terceiros: denunciação da lide; Prazos; Nulidades (arts. 276 a 283 do CPC);
9.3. É vedada a cumulação das atribuições de estagiário e juiz leigo, e de estagiário Tutela de Urgência e da evidência; Formação, suspensão e extinção do processo
e de oficial de justiça ad hoc. de conhecimento e execução; Petição inicial: Requisitos; Pedido; Indeferimento
9.4. Não é vedada a cumulação das atribuições de estagiário e agente delegado, e da petição inicial; Improcedência liminar do pedido; Audiência de conciliação ou
de estagiário e conciliador (remunerado ou não), desde que nesta cumulação não de mediação; Contestação; Reconvenção; Revelia; Saneamento do processo;
ocorra nenhum dos impedimentos previstos no presente Decreto e na Resolução nº Julgamento conforme o estado do processo; Sentença e coisa julgada; Liquidação
4/2013 - CSJEs, observada a compatibilidade de horários. de sentença; Cumprimento de sentença; Intimação; Impugnação ao cumprimento
9.5. É vedado ao estagiário iniciar as atividades de estágio: de sentença; Cumprimento da sentença que reconhece a exigibilidade de obrigação
9.5.1. sem a formalização do termo de compromisso, que se dará com as assinaturas de prestar alimentos; Processo de execução de título judicial e extrajudicial: ritos e
de todas as partes interessadas (estudante, supervisor de estágio e instituição de fases; Recursos: cabimento e prazo; Apelação;. Agravo de instrumento; Embargos
ensino); de declaração; Ação e Investigação de Paternidade e Alimentos: noções básicas;
9.5.2. previamente ao início da vigência do termo de compromisso; Guarda e Tutela: diferenças e noções básicas; Ação de reintegração de posse:
9.5.3. antes da finalização do procedimento de admissão, junto ao Sistema Hércules, cabimento e requisitos.
ou seja, após a homologação do termo de compromisso de estagio e plano de estágio DIREITO CIVIL:
(TCE/PE), pela Divisão de Estágio. Ato e negócio jurídico; Inexistência, nulidades e anulabilidade do negócio jurídico.
9.6. É vedado ao estagiário continuar a prestar atividades de estágio: Eficácia e Ineficácia do Negócio Jurídico; Prescrição e decadência; Responsabilidade
9.6.1.após o término da vigência do termo de compromisso, enquanto ainda não civil: contratual e extracontratual; Contrato de compra e venda e arrendamento
formalizado o plano de estágio aditivo (PEA) de prorrogação da vigência do estágio rural; Teoria objetiva da posse: requisitos; Propriedade Plena: Elementos; Hipoteca:
ou o novo termo de compromisso de estágio e plano de estágio (TCE/PE), na noções básicas; Alimentos provisório; Guarda Compartilhada; União estável: direitos;
hipótese de ocorrer a recontratação do estagiário, nos casos de renovação do estágio Critérios para fixação dos alimentos: binômio possibilidade/necessidade; Regime de
e/ou alteração de curso e/ou de instituição de ensino, conforme o artigo 36, §§ 3º e 4º. bens; Princípio da Saisine; Ordem de Vocação Hereditária. Diferença entre tutela e
9.6.2. previamente ao início da vigência do novo termo de compromisso, no caso de curatela: cabimento.
recontratação; JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAL (Leis 9.099/95):
9.6.3. após a denúncia do termo de compromisso, em decorrência da conclusão ou Procedimento. Rito Processual. Lei 9.099/95.
do abandono do curso, do trancamento da matrícula, da transferência de instituição DIREITO PENAL:
de ensino e da mudança de curso;
- 15 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Parte Geral; Teoria Finalista do Crime; Concurso Formal, Material e crime
continuado; Prescrição; Materialidade; Autoria; Tentativa; Iter Crimines; Dosimetria
da pena;
DIREITO PROCESSUAL PENAL:
Procedimento Ordinário e Sumário; Estrutura da Sentença: relatório, fundamentação
e decisão; Prisão Preventiva e temporária; Prisão em Flagrante; Liberdade
Provisória; Suspensão Condicional do Processo. Suspensão do Processo;
Nulidades; Recursos: Apelação e Recurso em Sentido Estrito; Execução da Pena;

Curitiba, 30 de maio de 2019.

MARCO AURELIO LOPES PODGURSKI


Diretor do Departamento de Gestão de Recursos Humanos

Anexos: https://portal.tjpr.jus.br/pesquisa_athos/anexo/6132188

- 16 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
planilhas de custos como verba remuneratória,
Departamento de Gestão aduziu (3528202):" (...) Cabe esclarecer sobre
esse ponto, na formação das planilhas de
de Serviços Terceirizados custos, a intrajornada é calculada somando
salário base mais periculosidade, ou seja, esse
IDMATERIA1538332IDMATERIA

item não é cotado nas planilhas de custos de


Departamento de Gestão forma separada. Assim, s.m.j, não é possível
de Serviços Terceirizados o cálculo de forma isolada da verba que
a Contratada requer o ressarcimento sem
alterar a estrutura da planilha original do
RELAÇÃO Nº 185
contrato (...)".
PROTOCOLO: SEI n° Dessa forma, considerando o pedido de
0010209-30.2015.8.16.6000 cálculo nos moldes formulados pela empresa
INTERESSADO: TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO demandar alteração da estrutura da planilha
ESTADO DO PARANÁ original do contrato (não fora objeto de cotação
DESPACHO: I - Trata o presente expediente em separado), inviável o acolhimento do pedido
do Contrato nº 40/2014, celebrado entre (e a modulação pretendida), pena de ofensa
o TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO aos princípios da vinculação do instrumento
DO PARANÁ e a empresa BETRON convocatório, isonomia, impessoalidade e
TECNOLOGIA EM SEGURANÇA LTDA., cujo moralidade.
objeto consistiu na prestação de serviços IV - A contratada BETRON TECNOLOGIA
continuados vigilância armada/desarmada nas EM SEGURANÇA LTDA. postulou a
dependências das Comarcas integrantes da repactuação do Contrato (3753592), com
Regional I (0110090), vigente até 13/02/2019. base na Convenção Coletiva de Trabalho
II - Nos termos da Informação nº 81/2019 2019/2021, devidamente registrada no MTE
do DEF (3902229), DECLARO que o recurso (PR000379/2019), em consonância com a
financeiro a ser aplicado tem adequação Cláusula 7 do Contrato, assim disposta
orçamentária e financeira com o Plano (0110090).
Plurianual, Lei de Diretrizes Orçamentárias e "CLÁUSULA 7: DA REPACTUACÃO: O valor
Lei Orçamentária Anual. do presente contrato poderá ser recomposto
III - Em decorrência do advento da Reforma quando ocorrer variação do piso salarial dos
Trabalhista (Lei nº 13.467/2017), o Despacho empregados da contratada, decorrente de
Presidencial 3076677, lastreado no Parecer ato do governo, dissídio coletivo, acordo ou
Jurídico DGST-AJ nº 272/2018 (3058571), ao convenção coletiva de trabalho, e na hipótese
posicionar-se pela aplicabilidade imediata da de alteração da legislação trabalhista, na
reforma trabalhista aos contratos individuais de exata medida da repercussão sobre os itens
trabalho/contratos de prestação de serviços de da planilha de custos afetados direta ou
vigilância firmados por este Tribunal de Justiça, indiretamente pela ocorrência do fato ou ato
determinou, por consequência, o reequilíbrio novo. A solicitação deverá ser imediata e
de todos os contratos de prestação de serviços acompanhada de cálculos e documentação
de vigilância (SEI 27869-32.2018). comprobatória, inclusive de aumento salarial
Dessa forma, em 11/10/2018, restou concedido à categoria profissional, não
determinada a repactuação, reajuste e incidindo correção monetária na demora da
reequilíbrio do presente contrato decorrente solicitação.
da Reforma Trabalhista, bem como o 7.1 As repactuações a que a CONTRATADA
ressarcimento dos valores pretéritos por meio fizer jus e não forem solicitadas durante a
de desconto (despacho 3396722). vigência do contrato serão objeto de preclusão
Contudo, apesar de manifestar anuência com com a assinatura da prorrogação contratual ou
relação aos descontos retroativos efetuados com o encerramento do contrato".
e de assinar o termo aditivo decorrente da A repactuação de preços, prevista no Decreto
aludida alteração, a Contratada requereu a Estadual nº 4.993 de 31 de agosto de 2016, visa
consideração do adicional de periculosidade, a adequar a prestação pecuniária dos contratos
que compõe a base do cálculo da intrajornada, administrativos a que incumbe a Administração,
nas planilhas de custos como verba exclusivamente os que tenham como objeto
remuneratória nos meses de novembro/2017 e a prestação de serviços contínuos, aos novos
dezembro/2017 (3455938). preços praticados no mercado por meio da
Pois bem. implementação dos efetivos aumentos de
Consoante os termos do mencionado Despacho custos da atividade contratada, demonstrados
Presidencial 3076677: "a) Do Intervalo por meio de planilhas de custos e formação
Intrajornada: No contexto normativo, vale de preços, com o fim de restabelecer o ajuste
frisar que os efeitos do intervalo intrajornada inicialmente pactuado, situação presente no
suprimido destinado aos postos de serviços de caso.
vigilância foi regido pela Súmula n. 437, itens II Ademais, a repactuação pressupõe a
e III, do TST até a entrada em vigor da Lei n. observância ao requisito da anualidade,
13.467/17. Isso porque, a partir de 11/11/2017, previsto pela Instrução Normativa nº 05/2017
seu caráter remuneratório restou diferenciado do Ministério do Planejamento e no Decreto
para indenizatório, tal como regrado no §4º, Estadual nº 4.993/2016, o qual fora atendido,
do artigo 71, CLT. Isto posto, o termo final do uma vez que a Contratada recebe os valores
caráter remuneratório e devidos reflexos deve de acordo com a CCT do ano de 2018, a partir
ser considerado até a data de 10/11/2017". de 01 de fevereiro de 2018 (Termo Aditivo 17 -
Desta feita, com a fixação objetiva de vigência 3455907).
(marco temporal de incidência legal) e o cotejo Ainda, não haveria se falar em preclusão
da conduta empresarial praticada, o reequilíbrio (Cláusula 7, item 7.1., do Contrato), tendo em
contratual partiu estritamente da supressão vista a solicitação/manifestação de interesse
do caráter salarial do valor intrajornada nos antes do encerramento do contrato (3729890 e
meses de novembro e dezembro/2017, e assim 3753592).
foi calculado. Tais parâmetros gerais foram E, considerando que o Contrato nº 40/2014
utilizados para todos os contratos de prestação vigorou até 13/02/2019, o termo aditivo não
de serviços de vigilância. consiste no instrumento adequado para a
De qualquer modo, a Divisão de Gerenciamento implementação da alteração pleiteada. Dessa
de Informações de Empregados Terceirizados forma, considerando que restou protocolado
do Departamento de Gestão de Serviços o pedido tempestivamente, de acordo com
Terceirizados, ao analisar o pedido da empresa a tratativa então vigente, deve-se respeitar
para que a periculosidade, que compõe a base o direito à percepção desses valores, uma
de cálculo da intrajornada, seja considerada nas vez que no período da execução contratual a
- 17 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
contratada teria direito à repactuação a partir da e do Parecer nº 324/2019 da Assessoria
data de 1º de fevereiro de 2019, sob pena de Jurídica do Departamento de Gestão de
violação dos princípios da boa-fé objetiva e da Serviços Terceirizados (aprovado pela Diretoria
segurança jurídica (proteção à confiança). do DGST) - que acolho -, no tocante ao
Além disso, inviável o deferimento do pleito Contrato nº 40/2014:
de reajuste (IPC-FIPE acumulado do período a) DEFIRO o pedido de repactuação,
fevereiro/2018 a janeiro/2019 - 3729890), tendo com fundamento na Convenção Coletiva de
em vista (considerando a data de requerimento) Trabalho 2019/2021 (devidamente registrada
a impossibilidade de produção de efeitos, nos no MTE sob o nº PR000379/2019), na
termos da Cláusula 8 do Contrato, a partir Cláusula 7 do instrumento contratual, no
da data de término de vigência (13/02/2019) Decreto Estadual nº 4.993/2016 e na Instrução
(nesse ponto, o último reajuste deferido Normativa nº 05/2017 do Ministério do
abrangeu o índice acumulado de fevereiro de Planejamento, Orçamento e Gestão, passando
2017 a janeiro de 2018, com efeitos a partir o valor mensal do contrato, caso estivesse
de da data de protocolo - 14/03/2018 - Termo vigente, de R$ 768.626,09 (setecentos e
Aditivo 17 - 3455907). sessenta e oito mil seiscentos e vinte e seis
Por fim, acerca do reajuste da avença em razão reais e nove centavos) para R$ 795.869,90
da majoração do seguro de vida (solicitado (setecentos e noventa e cinco mil oitocentos
juntamente com o pedido de repactuação), tal e sessenta e nove reais e noventa centavos),
item não se enquadra no conceito de insumos. a partir de 01/02/2019, data base da CCT
Ademais, de outra banda, não se verifica a 2019/2021;
ocorrência de álea extraordinária apta a ensejar a.1) por consequência, DEFIRO a adequação
o reequilíbrio econômico financeiro, nos termos dos valores resultantes do Termo Aditivo n
da Lei Federal nº 8.666/93 (art. 65, inciso II, ° 19 (3712584), que tratou do acréscimo de
alínea d) e a da Lei Estadual nº 15.608/2007 01 (um) posto de vigilância armada de 12
(art. 112, §3º, inciso II). Portanto, não há como (doze) horas diurnas e de 01 (um) posto de
concluir pela possibilidade de concessão do vigilância armada de 12 (doze) horas noturnas,
reajuste pleiteado. ambos para atender o barracão situado na
V - Ainda, a Contratada questionou os critérios Rua Tavares de Lyra, nº 3712, Vila Iná - São
utilizados para os cálculos de faturamento/ José dos Pinhais, passando o valor mensal
pagamento dos serviços prestados no mês do contrato, caso estivesse vigente, para R
de fevereiro de 2019, especificamente critérios $ 817.825,54 (oitocentos e dezessete mil
divisor e multiplicador (3851206). oitocentos e vinte e cinco reais e cinquenta
Como visto, o contrato em comento vigeu e quatro centavos)?, a partir de 11/02/2019;
até 13/02/2019 (prazo máximo legal). E, a.2) em decorrência dos aludidos deferimentos,
a partir do dia 14/02/2019, a execução DETERMINO o pagamento, a título
do objeto contratual restou abrangida pelo contratual, dos respectivos valores resultantes,
Contrato nº 18/2019 (3647035), decorrente da ressaltando-se a inviabilidade de celebração de
realização de novo certame licitatório (SEI termo aditivo em razão do término de vigência
0067783-06.2018.8.16.6000), celebrado com a contratual (em 13/02/2019).
mesma empresa (vencedora do novo certame). b) INDEFIRO:
Como metodologia de cálculo, a Divisão b.1) o pedido de reajuste formulado (IPC-
técnica competente explanou que "utiliza o FIPE acumulado do período fevereiro/2018
sistema SADE para cálculos de faturamento a janeiro/2019 - 3729890), tendo em vista
e contingenciamento mensais, o qual está (considerando a data de formalização do
parametrizado considerando entre outras pedido) a impossibilidade de produção de
premissas a de mês comercial (30 dias) e efeitos, nos termos da Cláusula 8 do Contrato, a
dias trabalhados. Logo, todo valor mensal partir da data de término de vigência contratual
será dividido por 30 e multiplicado pelos dias (13/02/2019);
trabalhados. Para o Contrato n° 40/2014 cujo b.2) o pedido de reajuste sobre o seguro
término da prestação dos serviços ocorreu em de vida (formulado juntamente com a
13/02/2019, o cálculo efetuado foi proporcional repactuação), porquanto tal item não se trata
a 13 dias trabalhados". de insumo, não se verificando, ademais,
E tal dinâmica (metodologias de cálculo a ocorrência de álea extraordinária apta
proporcionais) sempre foi utilizada para o a justificar eventual reequilíbrio econômico
presente contrato (inclusive, é utilizada também financeiro, nos termos do artigo art. 65, inciso II,
nos faturamentos de mês de 31 dias, para alínea d, da Lei nº 8.666/93;
início e termino de contrato, supressões b.3) o requerimento para a consideração do
e aditivos), impondo-se a observância em adicional de periculosidade (que compõe a
atenção ao princípio da boa-fé objetiva, base de cálculo da intrajornada) nas planilhas
proteção e confiança e segurança jurídica, bem de custos como verba remuneratória, nos
como a teoria do venire contra factum proprium. meses de novembro/2017 e dezembro/2017
Percebe-se, destarte, a parametrização do (3455938), nos termos da fundamentação
modelo de cálculos, sendo tal metodologia supra;
(objetiva) utilizada para todos os contratos b.4) o requerimento referente ao
de serviços terceirizados geridos pelo questionamento dos critérios utilizados para
Departamento. os cálculos de faturamento dos serviços
Ademais, as considerações atinentes ao prestados no mês de fevereiro de 2019
faturamento não devem ser confundidas com (3851206), nos termos da fundamentação
as relações de trabalho firmadas entre a apresentada.
Contratada e seus empregados - sendo VII - Ao DEF para emissão da nota de empenho.
certo que a empresa optou por manter os VIII - À Divisão de Gestão de Contratos do
vínculos empregatícios dos funcionários que DGST para notificar a contratada acerca do teor
já laboravam para este Tribunal no âmbito do do presente despacho.
Contrato nº 40/2014 no novo contrato, gerando IX - À Divisão de Gerenciamento de
a obrigação de pagamento integral do mês Informações de Empregados Terceirizados
trabalhado ao empregado. para as providências necessárias.
Por fim, o pedido da Contratada esbarra em X - Publique-se.
entraves financeiros, tendo em vista que, como Em 25 de junho de 2019.
se sabe, as despesas públicas são precedidas Des. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA
de prévio empenho, consoante respectiva Presidente do Tribunal de Justiça
reserva orçamentária (Lei nº 4.320/64).
VI - Diante do exposto, nos termos da
IDMATERIA1538331IDMATERIA

Informação 3828341 da DGIET-DGST, da Departamento de Gestão


Informação nº 081/2019 do DEF (3902229) de Serviços Terceirizados
- 18 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Gestão de Contratos - DGST (4026369
RELAÇÃO Nº 186 - IV e 4044955-IV), da Manifestação da
Divisão de Segurança Institucional - DGST
PROTOCOLO: SEI n° (4114845), da Informação nº 4133815 da
0003422-43.2019.8.16.6000 Divisão de Gerenciamento de Informações
INTERESSADO: TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO de Empregados Terceirizados - DGST e do
ESTADO DO PARANÁ Parecer nº 356/2019 da Assessoria Jurídica
DESPACHO: I - Trata o presente expediente do Departamento de Gestão de Serviços
do Contrato nº 21/2019, celebrado entre o Terceirizados (aprovado pela Diretoria do
TRIBUNAL DE JUSTIÇA e a empresa EQUIP DGST) - que acolho -, AUTORIZO, sem
SEG INTELIGÊNCIA EM SEGURANÇA - modificação do valor global mensal do Contrato
EIRELI, cujo objeto consiste na prestação nº 21/2019, a alteração (i) da periodicidade de
de serviços de vigilância patrimonial armada/ entrega dos conjuntos de uniformes, dispostos
desarmada nas dependências das Comarcas no Anexo III do instrumento contratual,
integrantes da Regional V, com início de passando a ser fornecidos em uma única vez,
vigência em 14 de fevereiro de 2019. a cada 12 (doze) meses, contados do mês em
II - A Divisão de Gestão de que o empregado receber o kit de uniformes
Contratos do Departamento de Gestão de e (ii) da Cláusula Doze, alínea "zz", referente
Serviços Terceirizados propôs alteração da à substituição dos uniformes nos termos
periodicidade do prazo de entrega do conjunto do "edital", impondo-se a substituição deste
de uniformes fornecidos aos empregados da termo por "neste contrato", consoante minuta
Contratada, passando de semestral para anual acostada ao movimento 4026373, bem como
(justificativas apresentadas nos movimentos defiro o prazo de 60 (sessenta) dias, a contar
4026369 - IV e 4044955-IV). da assinatura do respectivo Termo Aditivo, para
Por sua vez, a Divisão de Segurança o fornecimento complementar dos uniformes
Institucional do mesmo Departamento afirmou entregues inicialmente pela Contratada, a fim
inexistir "óbice para o fornecimento dos de que totalize o quantitativo anual previsto.
uniformes e equipamentos conforme listado na V - À Assessoria Jurídica do Departamento
Informação supracitada" (4114845 - V). de Gestão de Serviços Terceirizados para
Da mesma maneira, a Divisão de Gestão formalização do Termo Aditivo.
de Contratos aduziu (4044955-IV): "Em 20 VI - À Divisão de Gestão de Contratos do
de maio de 2019, foi realizada reunião DGST, a fim de notificar a Contratada para
entre os representantes deste Tribunal e comunicação à Seguradora.
da empresa contratada que se manifestou VII - À Divisão de Segurança Institucional
favoravelmente à alteração contratual no que para ciência.
tange à periodicidade da entrega dos uniformes, VIII - Publique-se.
passando de semestral para anual. A empresa Em 25 de junho de 2019.
solicitou o prazo de 60 (sessenta) dias para a Des. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA
complementação, a contar da notificação por Presidente do Tribunal de Justiça
parte da Administração" (conforme a Ata nº
4026387 - IV).
Em atenção ao caráter dinâmico das
contratações realizadas pela Administração
Pública, o artigo 65, I, a, da Lei Federal
nº 8.666/93 estabelece a possibilidade
de alteração contratual "quando houver
modificação do projeto ou das especificações,
para melhor adequação técnica aos seus
objetivos". No mesmo contexto, o artigo 65, II, b,
da Lei Federal nº 8.666/93 prevê a possibilidade
de alteração "quando necessária a modificação
do regime de execução da obra ou serviço,
bem como do modo de fornecimento, em face
de verificação técnica da inaplicabilidade dos
termos contratuais originários".
Nesse mesmo sentido, a Lei Licitatória
Estadual, em seu art. 112, § 1º, inciso I,
da Lei Estadual nº 15.608/2007, dispõe que
"O objeto do contrato pode ser alterado: I -
quando houver modificação do projeto ou das
especificações, para melhor adequação técnica
aos objetivos da Administração estadual", bem
como "O regime de execução e o modo de
fornecimento poderão ser alterados em face
de verificação técnica da inaplicabilidade dos
termos contratuais originários" (§ 6º).
Dessa forma, observa-se que a alteração
contratual pretendida objetiva melhorar a
qualidade dos serviços prestados, mormente
quanto ao anseio na manutenção de todos os
seus colaboradores com uniformes em perfeitas
condições.
Ademais, a analisada modificação não
implicará alteração no valor do contrato
(consoante Informação 4133815), sendo
mantidas as quantidades/especificações
globais previstas no certame (não havendo,
pois, ofensa aos princípios da vinculação ao
instrumento da convocatório e a igualdade entre
os licitantes).
III - As certidões juntadas ao expediente
demonstram, ainda, a regularidade fiscal e
trabalhista (mov. 4123031).
IV - Diante do exposto, nos termos das
justificativas apresentadas pela Divisão de
- 19 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Departamento Econômico e Financeiro
Des. ADALBERTO JORGE XISTO PEREIRA
Departamento do Patrimônio Presidente do Tribunal de Justiça
IDMATERIA1538724IDMATERIA

IDMATERIA1538451IDMATERIA

DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO


DIVISÃO DE LICITAÇÕES

DISPENSA Nº 189/2019 - PROTOCOLO Nº 0048845-26.2019.8.16.6000


PREGÃO ELETRÔNICO Nº 41/2019 - TIPO: MENOR PREÇO

PROTOCOLO: 0048845-26.2019.8.16.6000
Objeto: REGISTRO DE PREÇOS PARA EVENTUAL AQUISIÇÃO E INTERESSADO:Estado do Paraná - Poder Executivo, por meio da Secretaria de
INSTALAÇÃO DE MOBILIÁRIO PADRÃO (MESAS, ARMÁRIOS E OUTROS) PARA Segurança Pública
TODO O PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ. DESPACHO:
Data início acolhimento das propostas: 28/06/2019 I - Trata-se de pedido de doação de bens móveis em favor do Poder Executivo do
Data limite acolhimento propostas: 11/07/2019 às 13:00 h (horário de Brasília/DF) Estado do Paraná para utilização pelo Batalhão de Operações Especiais da Polícia
Data abertura das propostas: 11/07/2019 às 13:00 h (horário de Brasília/DF) Militar do Paraná (doc. 4064784).
Início da fase de lances: 11/07/2019 às 13:30 h (horário de Brasília/DF) II - A legislação que confere embasamento para a doação é a Lei nº 8.666/93 e a Lei
Local de abertura: Sala de Licitações do Departamento do Patrimônio, 1º andar Estadual nº 15.608/2007, devendo ser aplicado os dispositivos legais abaixo.
A íntegra do edital estará à disposição das empresas interessadas nos endereços Lei nº 8.666/93:
eletrônicos: https://www.tjpr.jus.br/editais ou www.licitacoes-e.com.br (nome do Art. 17. A alienação de bens da Administração Pública, subordinada à
comprador "Paraná Tribunal de Justiça"). Além disso, poderá ser solicitado existência de interesse público devidamente justificado, será precedida de
através do endereço de e-mail licit@tjpr.jus.br. Informações complementares serão avaliação e obedecerá às seguintes normas:
fornecidas pela Divisão de Licitações do Departamento do Patrimônio, Rua Álvaro (...)
Ramos, nº 157, 4º andar, Curitiba PR, fone nº (41) 3250-6541 e 3250-6542. II - Quando móveis, dependerá de avaliação prévia e de licitação, dispensada
esta nos seguintes casos:
a) doação, permitida exclusivamente para fins e uso de interesse social, após
avaliação de sua oportunidade e conveniência socioeconômica, relativamente
Curitiba, 26 de junho de 2019.
à escolha de outra forma de alienação.
Lei Estadual nº 15.608/2007:
Art. 8º. Será dispensada a licitação, nos seguintes casos:
(...)
II - De bens móveis para:
MARIANA DA COSTA TURRA BRANDÃO a) doação, permitida exclusivamente para fins e uso de interesse social, após
Diretora do Departamento do Patrimônio avaliação de sua oportunidade e conveniência socioeconômica, relativamente
à escolha de outra forma de alienação.
IDMATERIA1538354IDMATERIA Assim, existem dois requisitos que devem estar presentes para a efetivação da
doação. São eles:
DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO
(a) a finalidade a que se destinará o bem doado, que deve ser de interesse social; e,
DESPACHOS DO PRESIDENTE
(b) a avaliação da oportunidade e da conveniência socioeconômica da doação.
Quanto ao primeiro requisito, observe-se que, se doados, os bens objetos
deste expediente, serão destinados ao Estado do Paraná - Poder Executivo,
PROTOCOLO SEI SOB Nº 0013094-75.2019.8.16.6000 especificamente para utilização da Batalhão de Operações Especiais da Polícia
PREGÃO ELETRÔNICO Nº 32/2019 Militar do Paraná, órgão público vinculado à Secretaria de Segurança Pública, que
presta serviços na área da segurança pública, o que atende ao requisito da lei para
fins e uso de interesse social.
No tocante a conveniência socioeconômica, deve-se asseverar que, conforme laudo
I - Processou-se no presente expediente o Pregão Eletrônico nº 32/2019, exarado pela Comissão de Avaliação de Bens Permanentes (doc. 4093738), os bens
que tem por objeto o registro de preços para eventual contratação de empresa foram declarados inservíveis e antieconômicos, bem como que a doação, que tem
especializada para a execução de serviços comuns de engenharia em obras de por destinatário a Batalhão de Operações Especiais, representa melhoria no aparato
reforma, manutenção, reparos, adequações e melhorias em unidades do Poder de segurança pública, o que se revela congruente com interesse social almejado
Judiciário instaladas na Regional da Região Metropolitana de Curitiba e Litoral, pelo legislador.
conforme critérios, conforme relação de Comarcas constantes em anexo, tipo menor Em outras palavras, melhor do que promover um leilão com os bens móveis
preço (maior percentual de desconto. inservíveis - com a arrecadação de valores de pouca monta - é doá-los ao
II - A sessão pública de licitação ocorreu no dia 29 de maio de 2019, consoante Ata PODER EXECUTIVO DO ESTADO DO PARANÁ para ser utilizado pelo Batalhão
nº 4130655 e Histórico da Disputa nº 4130608. de Operações Especiais da Polícia Militar do Paraná a fim de que este incremente e
III - Verificando a conformidade do procedimento, confirmo a ADJUDICAÇÃO à melhore o serviço de segurança pública prestado.
empresa JRM INSTALAÇÕES EIRELI - EPP (CNPJ 07.721.203/0001-16) conforme III - Sendo assim, ADOTO o Parecer nº 380/2019 da Assessoria Jurídica do
percentual de desconto proposto de 20,8133333% (vinte inteiros e oito milhões, cento Departamento de Patrimônio (doc. 4118558) e DEFIRO a doação dos bens móveis
e treze mil, trezentos e trinta e três décimos de milionésimo). relacionados na planilha elaborada pela Divisão de Controle Patrimonial (doc.
IV - À 5ª Comissão de Licitação na Modalidade de Pregão Presencial/Eletrônico para 4090753) para o Estado do Paraná - Poder Executivo, por meio da Secretaria de
as providências necessárias. Segurança Pública, representado pelo Secretário de Segurança Pública, Senhor
V- À Divisão de Contratos e Atas de Registro de Preços do Departamento do Rômulo Marinho Soares, RG nº 9.770.164-4 e CPF nº 769.505.907-25, para
Patrimônio para providências em relação à ata de registro de preços; utilização pela Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Paraná,
VI - Ao Departamento Econômico e Financeiro para ciência e providências; com fundamento no art. 17, inciso II, alínea "a" da Lei Federal n.º 8.666/93, no artigo
VII - Ao Departamento de Engenharia e Arquitetura para as providências ulteriores, 8º, inciso II, alínea "a" da Lei Estadual nº 15.608/2007.
notadamente assinatura de contrato. IV - Publique-se.
VIII - Por fim, com espeque no relatório do Pregoeiro nº 4130974, V - Ao Departamento do Patrimônio para formalização do Termo de Doação.
DETERMINO a abertura de procedimento administrativo contra a empresa DAVIES
CONSTRUÇÕES E EMPREENDIMENTOS LTDA. (CNPJ 26.876.340/0001-16),
inabilitada por descumprimento ao item 13.4.4, alínea ''e'', incisos I.I e I.II do
Edital, assim como a abertura de procedimento administrativo contra a empresa Em 17/06/2019.
ADMI REPRESENTAÇÃO COMERCIAL DE ALIMENTOS E CONSTRUÇÃO CIVIL
LTDA. (CNPJ 17.747.344/0001-61), desclassificada por não encaminhar a proposta
recomposta e documentos de habilitação no prazo previsto no item 11.1 do Edital. Maria Alice de Carvalho Panizzi
IX - Publique-se. Secretária do Tribunal de Justiça

Em, 25 de junho de 2019.


- 20 -
IDMATERIA1538450IDMATERIA
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO II - quando móveis, dependerá de avaliação prévia e de licitação, dispensada esta
nos seguintes casos:
a) doação, permitida exclusivamente para fins e uso de interesse social, após
avaliação de sua oportunidade e conveniência socioeconômica, relativamente à
DECISÃO Nº 4141184 - PROTOCOLO Nº 0048372-40.2019.8.16.6000 escolha de outra forma de alienação."
"Lei Estadual n.º 15.608/2007:
Art. 8º. Será dispensada a licitação, nos seguintes casos:
PROTOCOLO: 0048372-40.2019.8.16.6000 (...)
DESPACHO: Retifico a numeração da Dispensa constante no evento nº 4124334, a II - De bens móveis para:
fim de que passe a constar como "DISPENSA Nº 193/2019". a) doação, permitida exclusivamente para fins e uso de interesse social, após
Publique-se. avaliação de sua oportunidade e conveniência socioeconômica, relativamente à
escolha de outra forma de alienação".
Assim, existem dois requisitos que devem estar presentes para a efetivação da
doação. São eles:
Em 25/06/2019. (a) a finalidade a que se destinará o bem doado, que deve ser de interesse social; e,
(b) a avaliação da oportunidade e da conveniência socioeconômica da doação.
Quanto ao primeiro requisito, observa-se que os bens objeto deste expediente
serão ao destinados ao Conselho Comunitário de Segurança Pública de Manoel
Maria Alice de Carvalho Panizzi Ribas/PR, associação civil sem fins lucrativos, que tem por objetivo buscar integrar
Secretária do Tribunal de Justiça a comunidade com as Autoridades Policiais e Cívicas, cooperando em ações
integradas em prol da Sociedade, conforme se observa do art. 7º do seu estatuto
(4008066), declarada de utilidade pública pela Lei Municipal n. º 20/2019 declarou
IDMATERIA1538449IDMATERIA
de Utilidade Pública (4008066), logo o interesse social é indubitável.
No tocante a conveniência socioeconômica, deve-se asseverar que, conforme laudo
DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO exarado pela Comissão de Avaliação de Bens Permanentes (4072173), os bens
foram declarados inservíveis e antieconômicos para o Tribunal de Justiça:
"Levando em consideração todos os elementos presentes neste processo esta
Comissão conclui que os bens listados na relação 4068769 são inservíveis a este
DECISÃO Nº 4136442 - Inexigibilidade nº 87/2017 - Credenciamento Tribunal."
nº 02/2017 - PROTOCOLO Nº 0010348-11.2017.8.16.6000 Outrossim, o DTIC assim se manifestou:
"Sobre os bens de informática relacionados ao presente processo de doação
(4062101), tenho a informar:
I. Trata-se de solicitação de complementação dos empenhos estimativos emitidos I - Classificam-se de acordo com a Instrução Normativa nº 11/2018 como inservíveis /
em favor de tradutores credenciados por este Tribunal; antieconômicos;
II. Considerando o contido no Ofício da Divisão de Compras do Departamento do II - Foram substituídos por outros de fabricação mais recente e com desempenho
Patrimônio deste Tribunal (4136173); superior;
III. Considerando a Reserva Orçamentária do Departamento Econômico e Financeiro III - Não são oriundos de doação do Conselho Nacional de Justiça". (4062291).
deste Tribunal (3643827); Do texto da Instrução Normativa nº 11/2018 extrai-se que o bem é inservível e
IV. AUTORIZO a emissão da nota de empenho e ordem de serviço em favor dos antieconômico quando:
tradutores elencados no Ofício 4136173, com fulcro no artigo 25 da Lei Federal nº "Art.6º (...)
8.666/1993, que traz em seu caput "Art. 25. É inexigível a licitação quando houver IV - Inservível: quando não estiver mais em condições de uso adequado para
inviabilidade de competição, em especial"; nos artigos 24 e 33 da Lei Estadual atendimento das necessidades do Poder Judiciário do Estado do Paraná, por ser:
15.608/2007, que trazem em seus respectivos caputs: "Art. 24. Credenciamento (...)
é ato administrativo de chamamento público, processado por edital, destinado à b) antieconômico: quando, em virtude de uso prolongado ou desgaste prematuro, sua
contratação de serviços junto àqueles que satisfaçam os requisitos definidos pela manutenção for onerosa ou seu rendimento precário, o quando se tornar obsoleto. A
Administração, observado o prazo de publicidade de no mínimo 15 (quinze) dias úteis obsolescência é caracteriza pela redução da via útil de determinado bem provocada
e no máximo de 30 (trinta) dias úteis." e "Art. 33. É inexigível a licitação, quando pelo surgimento de um modelo mais moderno ou pela evolução tecnológica, ainda
houver inviabilidade de competição, em especial:"; bem como o disposto no Edital que esteja dentro do período de garantia."
de Credenciamento n.º 02/2017 e processo de Inexigibilidade nº 87/2017; Importante destacar, ainda, a informação prestada pela Divisão de Controle
V. Ao Departamento Econômico e Financeiro, para emissão da nota de empenho; Patrimonial sobre a preferência da doação dos bens (4105905):
VI. À Divisão de Controle de Contratos e Atas, para publicação da Decisão. "[...]a manutenção destes bens em espaços deste Tribunal é antieconômica, tendo
VII. À Divisão de Compras, para as demais providências. em vista que estes espaços poderiam ser utilizados para outros fins que não a guarda
de bens já considerados inservíveis;
a destinação dos bens ao donatário em potencial atende ao interesse social
destinado à verba pública utilizada na aquisição dos bens, tendo em vista as
Em 25/06/2019. atividades desenvolvidas pelo donatário em potencial;
o custo e morosidade de um eventual leilão para os bens em questão não seria
vantajoso para este Tribunal, considerando o tipo e quantidade de bens;
e por fim, destaque-se que o deslocamento de servidores e veículos oficiais para o
Maria Alice de Carvalho Panizzi recolhimento destes bens ou para levantamento visando outra forma de alienação é
Secretária do Tribunal de Justiça uma medida antieconômica que não compensa os valores eventualmente percebidos
em um leilão".
Dessarte, inviável a realização do leilão para os bens conforme apontado pela DCP,
IDMATERIA1538447IDMATERIA
com arrimo no artigo 57, inciso IV, da Instrução Normativa 11/2018.
III - Ante o exposto, ADOTO o Parecer nº 384/2019 da Assessoria Jurídica
DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO do Departamento de Patrimônio e DEFIRO a doação dos bens móveis
relacionados na tabela elaborada pela Divisão de Controle Patrimonial (4068769)
para o CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA DE MANOEL RIBAS,
CNPJ nº 26.335.768/0001-00, localizada na Rua Sete de setembro, nº 366A,
DISPENSA N.º 187/2019 - PROTOCOLO Nº 0042519-50.2019.8.16.6000
Centro, Manoel Ribas - PR, CEP 85.260-000, fone (42) 99992-7002, e-mail:
caandreoli@hotmail.com, neste ato representado por seu Presidente, o Senhor
CARLOS ANDREOLI, portador da cédula de identidade nº 772.102-1, SESP/PR e
PROTOCOLO: 0042519-50.2019.8.16.6000 do CPF nº 151.374-739-87, com fundamento no art. 17, inciso II, alínea "a" da Lei
INTERESSADO:CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA DE MANOEL Federal n. º 8.666/93, no artigo 8º, inciso II, alínea "a" da Lei Estadual nº 15.608/2007
RIBAS e art. 1º , inciso IX, do Decreto Judiciário nº 142/2019.
DESPACHO: IV - Publique-se.
I - Trata-se de pedido de doação de bens de informática para o Conselho Comunitário V - Ao Departamento do Patrimônio para formalização do Termo de Doação.
de Segurança Pública de Manoel Ribas (4008058).
II - A legislação que confere embasamento para a doação é a Lei n. º 8.666/93 e a
Lei Estadual n. º 15.608/2007, devendo ser aplicado os dispositivos legais abaixo. Em 19/06/2019.
"Lei n.º 8.666/93:
Art. 17. A alienação de bens da Administração Pública, subordinada à existência de
interesse público devidamente justificado, será precedida de avaliação e obedecerá
às seguintes normas: Maria Alice de Carvalho Panizzi
(...) Secretária do Tribunal de Justiça
- 21 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
3 474524 412146 Monitor de Vídeo8 anos, 6 meses,
12 dias
IDMATERIA1538448IDMATERIA
4 470654 408276 Microcomputador 8 anos, 6 meses,
12 dias
DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO 5 471892 409514 Microcomputador 8 anos, 6 meses,
12 dias
6 471891 409513 Microcomputador 8 anos, 6 meses,
12 dias
EXTRATO DO TERMO DE DOAÇÃO Nº 239/2019 PARÁGRAFO ÚNICO - Os computadores são acompanhados de Licença do
- PROTOCOLO Nº 0048845-26.2019.8.16.6000 Sistema Operacional Microsoft Windows (OEM Software), cuja versão e serial de
ativação estão presentes em etiquetas coladas nos próprios equipamentos, nos
termos da Manifestação nº 4062291 do DTIC.
TERMO DE DOAÇÃO: 239/2019
EXPEDIENTE: 0048845-26.2019.8.16.6000
DOADOR:TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ Em 24/06/2019.
DONATÁRIO:ESTADO DO PARANÁ - PODER EXECUTIVO
OBJETO: Neste ato o DOADOR repassa, a título de doação, os bens de sua
propriedade, livre de quaisquer ônus, atestados como antieconômico e inservíveis
para o Tribunal de Justiça pela Comissão de Avaliação de Bens Permanentes, MARIA ALICE DE CARVALHO PANIZZI
conforme Laudo de Avaliação de Bens Permanentes (doc. 4093738 do SEI Secretária do Tribunal de Justiça
0048845-26.2019.8.16.6000), para o DONATÁRIO, que declara aceitá-los para
Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Paraná, na forma da lei,
em quantidade descrita na tabela a seguir:

Nº ITEM PLAQUETA PRODUTO/MODELO


1 4668 2047 POLTRONA
2 4935 2887 MODULO ESTOFADO
3 371312 140921 ESTANTE
4 386764 143356 BIOMBO
5 395390 144549 BALCAO - BD
6 352984 333278 ARMARIO MEDIO - AM
7 352985 333279 ARMARIO MEDIO - AM
8 342659 333537 LONGARINA 3
LUGARES - LG3
9 416868 377208 CADEIRA-CD2-
DIGITADOR COM
BRACO COM
RODIZIOS
10 427799 383698 SOFA DE 01 LUGAR -
SO1
11 433333 387427 SOFA DE 01 LUGAR -
SO1
12 444880 396506 REFRIGERADOR
13 503756 434684 POLTRONA(CADEIRAS)
14 506667 437374 POLTRONA(CADEIRAS)
15 523806 452698 POLTRONA(CADEIRAS)
16 612642 517672 FORNO MICROONDAS
17 614780 518929 VENTILADORES
18 - SPP CADEIRA
19 - SPP BIOMBO
20 - SPP LONGARINA 3
LUGARES - LG3

Em 24/06/2019.

MARIA ALICE DE CARVALHO PANIZZI


Secretária do Tribunal de Justiça

IDMATERIA1538446IDMATERIA

DEPARTAMENTO DO PATRIMÔNIO

EXTRATO DO TERMO DE DOAÇÃO Nº 237/2019


- PROTOCOLO Nº 0042519-50.2019.8.16.6000

TERMO DE DOAÇÃO: 237/2019


EXPEDIENTE: 0042519-50.2019.8.16.6000
DOADOR:TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ
DONATÁRIO:CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA DE MANOEL RIBAS
OBJETO: Neste ato o DOADOR repassa, a título de doação, os bens de sua
propriedade, livres de quaisquer ônus, atestados como antieconômicos e inservíveis
para o Tribunal de Justiça pela Comissão de Avaliação de Bens Permanentes,
conforme Laudo de Avaliação de Bens Permanentes (4072173) e Manifestação
do DTIC (4062291), para o DONATÁRIO, que declara aceitá-los para utilização
exclusiva nas atividades desenvolvidas em sua Unidade, na forma da lei, em
quantidade descrita na tabela a seguir:

º Item Plaqueta Produto/Modelo Tempo de uso


1 452791 398008 Monitor de Vídeo 8 anos, 11 meses,
29 dias
2 473837 411459 Monitor de Vídeo 8 anos, 6 meses,
12 dias
- 22 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Departamento de Tecnologia
da Informação e Comunicação

Departamento de Engenharia e Arquitetura


IDMATERIA1538608IDMATERIA

PROTOCOLO Nº 0000991-36.2019.8.16.6000
EXTRATO DE TERMO CONTRATUAL Nº 68/2019 - DEA
REPUBLICAÇÃO POR INCORREÇÃO

CONTRATO: Contrato nº 247/2019, decorrente da Ata de Registro de Preços nº


05/2019, autorizado em 13 de junho de 2019.
FUNDAMENTO LEGAL: Lei Estadual nº 15.608/2007.
CONTRATANTE: TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.
CONTRATADA: AAC AR CONDICIONADO LTDA.
OBJETO: fornecimento e instalação de equipamentos de ar condicionado no prédio
do Fórum de Fazenda Rio Grande,
PRAZO: 120 dias.
PREÇO: R$ 118.867,81 (cento e dezoito mil, oitocentos e sessenta e sete reais e
oitenta e um centavos)?.
DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: dotação orçamentária do exercício de 2019,
devidamente empenhada através do subelemento 4.4.90.5234, conforme Nota de
Empenho emitida pelo Departamento Econômico e Financeiro nº 19000836, em
13/06/2019.
FORO: Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba - PR.

Curitiba, 26 de junho de 2019.

LIANA M. VANIN KUKLIK


Supervisor da Assessoria Jurídica do Departamento de Engenharia e Arquitetura

- 23 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
PR036140 - Guilherme Di 003 1187333-9
Departamento Judiciário Luca
PR040028 - W. P. G. Gaidarji 001 0471176-2
PR042332 - Nelson F. V. 001 0471176-2
Divisão de Distribuição Junior
PR042420 - Rene Toedter 005 1460118-4
PR043493 - Fagner F. 007 1605320-0
Castilho
Seção de Preparo PR044065 - Silvano F. d. 005 1460118-4
Rocha
PR046290 - Franchielle S. 008 1618283-7
Seção de Mandados e Cartas Gioppo
PR046688 - Ivo Kraeski 003 1187333-9
PR048926 - Hélio Carlos 005 1460118-4
Divisão de Processo Cível Kozlowski
PR052568 - G. F. d. C. 006 1576340-5
Gobbo
PR056336 - Ana Carolina 009 1670061-7/02
SEÇÃO DA 12ª CÂMARA CÍVEL D'Avila
PR057613 - Dayana F. M. 006 1576340-5
IDMATERIA1538691IDMATERIA
Pizzatto
PR060235 - Telma Regina 008 1618283-7
III Divisão de Processo Cível Machado
Seção da 12ª Câmara Cível PR063857 - J. C. d. O. 006 1576340-5
Relação No. 2019.03817 Freitas
____________________________________________________ PR066373 - Mathias M. B. 010 1677715-8/01
Monclaro
PR077350 - K. C. B. 006 1576340-5
Kuligowski
SC004117 - Olavo Rigon 007 1605320-0
Filho
ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO
SC005898 - Ângelo A. 002 0491357-3
Tokarski
Advogado Ordem Processo/Prot
SP283804 - Raphael S. d. 012 1701241-0/01
PR007056 - Gedião Tulio 005 1460118-4 Oliveira
PR007262 - Iguacimir G. 005 1460118-4 SP339835 - Aline C. Cardoso 013 1727995-3/01
Franco
PR011475 - João R. C. d. 010 1677715-8/01
Almeida
PR012471 - Bernardo P. d. 005 1460118-4 Publicação de Acórdão
Santos 0001 . Processo/Prot: 0471176-2 Apelação Cível
PR014339 - Marcos M. d. 009 1670061-7/02 . Protocolo: 2008/23146. Comarca: Cascavel. Vara: Vara de Família e Anexos. Ação
Oliveira Originária: 2001.00001128 Investigação de Paternidade/maternidade. Apelante: A. J.
011 1682803-6/01 S.. Advogado: PR042332 - Nelson Francisco Vieira Junior. Apelado: R. S.. Advogado:
PR014451 - Odacyr Carlos 013 1727995-3/01 PR040028 - Wanderléia Pereira Gomes Gaidarji, PR033158 - Gisele Caetano Pinto
Prigol Maffessoni, PR030722 - Cinthia Zacharias. Órgão Julgador: 12ª Câmara Cível.
PR019497 - Bruno F. M. 003 1187333-9 Relator: Des. Roberto Antônio Massaro. Julgado em: 29/05/2019
Migliozzi DECISÃO: ACORDAM os integrantes da Décima Segunda Câmara Cível do Tribunal
PR019661 - Gabriel Braga 008 1618283-7 de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade de votos, em negar provimento
Farhat ao Recurso, nos termos do voto do Desembargador Relator. EMENTA: APELAÇÃO
PR020039 - Nemo Eloy Vidal 007 1605320-0 CÍVEL - AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE C/C ALIMENTOS
Neto - SENTENÇA QUE JULGOU PARCIALMENTE PROCEDENTE O PEDIDO
PR021295 - C. A. H. d. 004 1328579-5/02 INICIAL, PARA DECLARAR O REQUERIDO PAI DA AUTORA - ALEGAÇÃO
Oliveira DE AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO DA PATERNIDADE - DEMONSTRAÇÃO
PR021305 - Silvio A. B. 010 1677715-8/01 PELA PROVA TESTEMUNHAL DE RELACIONAMENTO EXISTENTE ENTRE
Rodrigues A GENITORA DA AUTORA E O REQUERIDO - INCIDÊNCIA DA SÚMULA
PR022901 - Sadi Franzon 002 0491357-3 Nº 301 DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA, EM RAZÃO DA RECUSA
PR024487 - Rafael Justus de 012 1701241-0/01 INJUSTIFICADA DE FORNECIMENTO DE MATERIAL GENÉTICO - ADEMAIS,
Brito OPORTUNIZADA A REALIZAÇÃO DA PERÍCIA EM SEDE RECURSAL - DEMANDA
PR024816 - Márcia Cristina 005 1460118-4 PROPOSTA HÁ QUASE 18 ANOS SEM QUE O REFERIDO EXAME TENHA
Jonson SIDO REALIZADO.RECURSO CONHECIDO E DESPROVIDO.No presente caso,
PR025626 - Mário Rogério 009 1670061-7/02 restou demonstrado pela prova testemunhal produzida o relacionamento amoroso
Dias vivido pela Genitora da autora e o Recorrente ao tempo da concepção da
011 1682803-6/01 Autora.Ademais, todas as diversas tentativas de realização de Exame de DNA
PR025765 - Rafael M. 010 1677715-8/01 restaram infrutíferas, uma vez que, durante o curso da demanda em 1º grau, o
Gandolfi Recorrente deixou de comparecer nas datas designadas para realização do exame,
PR027220 - Simara Zonta 005 1460118-4 vindo a alegar, posteriormente, ausência de recursos financeiros. Oportunizada
PR027533 - Marcos 006 1576340-5 novamente a realização da prova pericial em sede recursal, essa também não se
Vendramini realizou em duas oportunidades por impedimentos do Recorrente e, posteriormente,
PR028836 - Luiz A. Z. 005 1460118-4 pela inviabilidade de sua localização para intimação pessoal acerca das novas datas
Machado designadas. Assim, passados quase 18 anos desde a propositura da demanda
PR029134 -. F. R. d. R. e. 005 1460118-4 e estando demonstrados por outros meios a paternidade do Recorrido, inviável a
Lourenço anulação da sentença para realização de Exame de DNA.
PR029150 - Pedro Ivan V. 010 1677715-8/01 0002 . Processo/Prot: 0491357-3 Apelação Cível
Hollanda . Protocolo: 2006/65086. Comarca: Foro Regional de São José dos Pinhais da
PR030722 - Cinthia 001 0471176-2 Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: Vara Infância, Juventude,
Zacharias Família e Anexos. Ação Originária: 2003.00000548 Investigação de Paternidade/
PR031102 - André Luiz B. 005 1460118-4 maternidade. Apelante: M. S.. Advogado: SC005898 - Ângelo Alberto Tokarski.
D'Ávila Apelado: D. M. N.. Advogado: PR022901 - Sadi Franzon. Interessado: M. F. S..
PR032066 - Mathieu B. 007 1605320-0 Órgão Julgador: 12ª Câmara Cível. Relator: Des. Tito Campos de Paula. Relator
Struck Convocado: Juiz Subst. 2º G. Luciano Carrasco Falavinha Souza. Relator Designado:
PR032538 - Juliano Michels 005 1460118-4 Desª Ivanise Maria Tratz Martins. Julgado em: 05/06/2019
Franco DECISÃO: ACORDAM os integrantes da Décima Segunda Câmara Cível do
PR033023 - Adriano Barbosa 004 1328579-5/02 Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por maioria de votos, em conhecer
PR033158 - G. C. P. 001 0471176-2 e negar provimento ao recurso, vencidos o Juiz Substituto em 2º Grau Luciano
Maffessoni Carrasco Falavinha Souza, que declara voto em separado, e o Desembargador
- 24 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Rogério Etzel. EMENTA: DIREITO CIVIL E PROCESSUAL CIVIL. APELAÇÃO Frederico Ricardo de Ribeiro e Lourenço, PR031102 - André Luiz Bettega D'Ávila,
CÍVEL.INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE POST MORTEM.SENTENÇA DE PR042420 - Rene Toedter, PR048926 - Hélio Carlos Kozlowski. Apelado (4): Luiz
PROCEDÊNCIA. INSURGÊNCIA DO REQUERIDO. CONVERSÃO DO FEITO Carlos Vaz, Maria Christina Rocha Vaz. Advogado: PR028836 - Luiz Alexandre
EM DILIGÊNCIA POR ESTE TRIBUNAL PARA REALIZAÇÃO DO EXAME Zaidan Machado. Interessado: Abdias Severino da Silva, Espólio de Maria Roberto
DE DNA. IMPOSSIBILIDADE DE REALIZAÇÃO DO EXAME.MAGISTRADO da Silva. Advogado: PR012471 - Bernardo Procopio dos Santos, PR024816 - Márcia
DE ORIGEM QUE EXTINGUIU O FEITO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO Cristina Jonson. Interessado: Cartorio do Tatuquara Cic. Órgão Julgador: 12ª Câmara
POR INÉRCIA DA PARTE AUTORA. ATO ATÍPICO QUE NÃO PODE SER Cível. Relator: Des. Luiz Cezar Nicolau. Relator Convocado: Juiz Subst. 2º G.
CONSIDERADO COMO SENTENÇA. AUSÊNCIA DE PODER DECISÓRIO Alexandre Gomes Gonçalves. Revisor: Des. Marques Cury. Julgado em: 12/06/2019
DO JUÍZO A QUO APÓS INTERPOSIÇÃO DE RECURSO DE APELAÇÃO. DECISÃO: ACORDAM OS EXCELENTÍSSIMOS SENHORES INTEGRANTES
DECISÃO INEXISTENTE.NECESSIDADE DE JULGAMENTO DO PEDIDO DA DÉCIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL, POR UNANIMIDADE DE VOTOS,
RECURSAL FORMULADO CONTRA SENTENÇA DE PROCEDÊNCIA.RECUSA EM CASSAR A SENTENÇA DE OFÍCIO, JULGANDO PREJUDICADOS OS
DOS HERDEIROS DO SUPOSTO PAI EM SUBMETEREM-SE AO EXAME DE RECURSOS INTERPOSTOS, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. EMENTA:
DNA. APLICAÇÃO EXTENSIVA DA PRESUNÇÃO PREVISTA NA SÚMULA 301 APELAÇÕES CÍVEIS - AÇÃO ORDINÁRIA DE NULIDADE DE ATO JURÍDICO E
DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA. INÍCIO DE PROVA DOCUMENTAL E RESILIÇÃO BILATERAL DE CONTRATO DE COMPROMISSO - SENTENÇA DE
TESTEMUNHAL CORROBORADA PELA PRESUNÇÃO ORIUNDA DA NEGATIVA PARCIAL PROCEDÊNCIA - CONSTATAÇÃO DE TRANSFERÊNCIA DO IMÓVEL
EM PARTICIPAÇÃO, 2PELO PARTE REQUERIDA, DE EXAME PERICIAL. DISPUTADO A TERCEIROS - EXISTÊNCIA DE LITISCONSÓRCIO NECESSÁRIO
(ART.232 DO CÓDIGO CIVIL) SENTENÇA DE PROCEDÊNCIA MANTIDA POR UNITÁRIO - EFICÁCIA DA SENTENÇA QUE DEPENDE DA CITAÇÃO DE TODOS
MAIORIA."A presunção de paternidade enunciada pela Súmula nº 301/STJ não está QUE TERÃO DIREITOS AFETADOS POR ELA - NULIDADE ABSOLUTA -
circunscrita à pessoa do investigado, devendo alcançar, quando em conformidade SENTENÇA CASSADA DE OFÍCIO - RECURSOS PREJUDICADOS.
com o contexto probatório dos autos, os herdeiros consangüíneos que opõem injusta 0006 . Processo/Prot: 1576340-5 Apelação Cível
recusa à realização do exame. Precedentes do STJ." (AgRg no REsp 1201311/RJ, . Protocolo: 2016/220063. Comarca: Foro Central da Comarca da
Rel. Ministra MARIA ISABEL GALLOTTI, QUARTA TURMA, julgado em 16/08/2016, Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 5ª Vara Cível. Ação Originária:
DJe 28/09/2016) RECURSO CONHECIDO E NÃO PROVIDO. 0008818-10.2006.8.16.0001 Revisão de Contrato. Apelante: Edna dos Santos da
0003 . Processo/Prot: 1187333-9 Apelação Cível Silva. Advogado: PR063857 - Juliana Carla de Oliveira Freitas, PR027533 - Marcos
. Protocolo: 2014/17528. Comarca: Foz do Iguaçu. Vara: 4ª Vara Cível. Vendramini, PR077350 - Kathelyn Caroline Beraldo Kuligowski. Apelado: Agenor
Ação Originária: 0015731-81.2007.8.16.0030 Cobrança. Apelante: Companhia de Maccari, Valdira Cruz Maccari. Advogado: PR057613 - Dayana Fernanda Machado
Saneamento do Paraná - Sanepar. Advogado: PR036140 - Guilherme Di Luca, Pizzatto, PR052568 - Giuliano Ferreira da Costa Gobbo. Órgão Julgador: 12ª Câmara
PR046688 - Ivo Kraeski. Apelado: Analu Cadores e Cia Ltda - Hotel Novo Tamburi. Cível. Relator: Desª Ivanise Maria Tratz Martins. Julgado em: 05/06/2019
Advogado: PR019497 - Bruno Fernando Martins Migliozzi. Órgão Julgador: 12ª DECISÃO: ACORDAM, os integrantes da Décima Segunda Câmara Cível, por
Câmara Cível. Relator: Desª Ivanise Maria Tratz Martins. Julgado em: 12/06/2019 unanimidade de votos, em conhecer em parte e dar parcial provimento do recurso,
DECISÃO: ACORDAM os integrantes da Décima Segunda Câmara Cível do nos termos do voto e sua fundamentação. EMENTA: CIVIL E PROCESSUAL
Tribunal de Justiça do Paraná, por unanimidade de votos, em reformar CIVIL. APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO ORDINÁRIA DE RESCISÃO CONTRATUAL.
o acórdão em sede de juízo de retratação e dar parcial provimento SENTENÇA DE PARCIAL PROCEDÊNCIA. RECURSO DA RÉ. GRATUIDADE
ao recurso. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL. RECURSO ESPECIAL. FEITO DE JUSTIÇA. AUSÊNCIA DE REVOGAÇÃO DO BENEFÍCIO.DESNECESSIDADE
SUBMETIDO AO JUÍZO DE RETRATAÇÃO, NOS TERMOS DO ART. 1040, DE NOVA CONCESSÃO. NÃO CONHECIMENTO. CERCEAMENTO DE DEFESA
II DO CPC. (i) RECURSO ESPECIAL Nº 1.339.313/RJ. POSSIBILIDADE PELO INDEFERIMENTO DE PRODUÇÃO PROBATÓRIA. VIGÊNCIA DA
DE COBRANÇA DE TARIFA DE ESGOTO, AINDA QUE INEXISTA O CODIFICAÇÃO PROCESSUAL ANTERIOR. NÃO INTERPOSIÇÃO DE RECURSO.
DEVIDO TRATAMENTO. ACORDÃO QUE JULGOU RECURSO DE APELAÇÃO PRECLUSÃO. NÃO CONHECIMENTO. INDENIZAÇÃO POR PERDAS E DANOS
DEFININDO A IMPOSSIBILIDADE DE COBRANÇA DA TARIFA EM CASO EM RAZÃO DA FRUIÇÃO DO IMÓVEL APÓS OCORRIDA A INADIMPLÊNCIA.
SEMELHANTE.NECESSIDADE DE ADEQUAÇÃO AO LEADING CASE.AUSÊNCIA CUMULAÇÃO COM A MULTA PREVISTA EM CLÁUSULA PENAL
DE TRATAMENTO DO ESGOTO QUE NÃ OBSTA A COBRANÇA PELO COMPENSATÓRIA. POSSIBILIDADE.DIREITO DE RETENÇÃO DECORRENTE
SERVIÇO PRESTADO. (ii) ANÁLISE DO MÉRITO DA AÇÃO. COBRANÇA DO DE INDENIZAÇÃO POR EDIFICAÇÃO SOBRE O LOTE OBJETO DA PROMESSA
SERVIÇO DE COLETA DE ESGOTO. PERÍODO COBRADO EM QUE A UNIDADE DE COMPRA E VENDA. REINTEGRAÇÃO DE POSSE INCOMPATÍVEL
CONSUMIDORA INCONTROVERSAMENTE NÃO POSSUIA HIDRÔMETRO. COM DIREITO DE RETENÇÃO. SENTENÇA CONTRADITÓRIA. NULIDADE
APURAÇÃO DO VALOR QUE DEVE SER REALIZADO CONSIDERANDO CONSTATADA. CAUSA MADURA PARA JULGAMENTO. POSSE DE MÁ-FÉ
80% DA TARIFA MÍNIMA DE ÁGUA PARA O PERÍODO. APLICAÇÃO DOS PELA COMPRADORA QUE SE UTILIZOU DO IMÓVEL POR QUINZE ANOS,
DECRETOS Nº 3926/1988 E 3067/2000. PRECEDENTES DESTE TRIBUNAL GRACIOSAMENTE. DIREITO DE RETENÇÃO INDEVIDO. ART. 1.220 DO CÓDIGO
DE JUSTIÇA. NECESSIDADE DE LIQUIDAÇÃO PARA APURAÇÃO DO VALOR CIVIL. POSSÍVEL SUPERAÇÃO DO CRÉDITO DA COMPRADORA POR SEU
DEVIDO. REDISTRIBUIÇÃO DOS ÔNUS DE SUCUMBÊNCIA. APELAÇÃO CÍVEL DÉBITO PELO USO DO IMÓVEL. ART. 1.221 DO CÓDIGO CIVIL. REINTEGRAÇÃO
PARCIALMENTE PROVIDA, EM SEDE DE JUÍZO DE RETRATAÇÃO. DE POSSE MANTIDA. RECURSO PARCIALMENTE CONHECIDO E, NESTA
0004 . Processo/Prot: 1328579-5/02 Embargos de Declaração Cível PARTE, PARCIALMENTE PROVIDO.
. Protocolo: 2017/128333. Comarca: Foro Central da Comarca da Região 0007 . Processo/Prot: 1605320-0 Apelação Cível
Metropolitana de Curitiba. Vara: 25ª Vara Cível. Ação Originária: 1328579-5 Apelação . Protocolo: 2016/228174. Comarca: Foro Central da Comarca da
Civel. Embargante: Tim Celular Sa. Advogado: PR021295 - Carlos Alberto Hauer Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 25ª Vara Cível. Ação Originária:
de Oliveira. Embargado: Edval da Silva Carvalho. Advogado: PR033023 - Adriano 0003522-11.2013.8.16.0179 Ação Civil. Apelante: Demercado Investimentos Ltda.
Barbosa. Órgão Julgador: 12ª Câmara Cível. Relator: Desª Ivanise Maria Tratz Advogado: PR043493 - Fagner Francisco Castilho, PR020039 - Nemo Eloy
Martins. Julgado em: 12/06/2019 Vidal Neto, PR032066 - Mathieu Bertrand Struck. Apelado: a. j. Potter & Cia
DECISÃO: ACORDAM os integrantes da Décima Segunda Câmara Cível do Ltda.. Advogado: SC004117 - Olavo Rigon Filho. Órgão Julgador: 12ª Câmara
Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade de votos, em Cível. Relator: Des. Mario Luiz Ramidoff. Relator Designado: Des. Marco Antonio
conhecer e conceder parcial provimento ao recurso, nos termos do voto da Antoniassi. Julgado em: 05/04/2019
Relatora. EMENTA: DIREITO CIVIL E PROCESSUAL CIVIL. EMBARGOS DE DECISÃO:ACORDAM os Magistrados integrantes da Décima Segunda Câmara
DECLARAÇÃO EM SEDE DE APELAÇÃO CÍVEL. ALEGAÇÃO DE OMISSÃO. Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por maioria de votos, em
OCORRÊNCIA. NECESSIDADE DE INTEGRAÇÃO DO JULGADO. PEDIDO conhecer do recurso, rejeitando a preliminar de cerceamento de defesa e, no
DE MAJORAÇÃO DOS HONORÁRIOS SUCUMBÊNCIAS. ALEGAÇÃO DE mérito, por maioria dos votos, dar parcial provimento, vencido o relator, que
DESPROPORÇÃO EM RELAÇÃO AO MONTANTE FIXADO PELO JUÍZO acolheu a preliminar de cerceamento de defesa para cassar a sentença e, no
DE ORIGEM NO MOMENTO DE RECEBIMENTO DA PETIÇÃO INICIAL mérito, deu provimento ao recurso. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE
DE EXECUÇÃO. INOCORRÊNCIA.COMPARAÇÃO ESTABELECIDA ENTRE RESOLUÇÃO CONTRATUAL CUMULADA COM INDENIZAÇÃO POR PERDAS
CRITÉRIOS DIVERSOS. OBSERVÂNCIA DO REGRAMENTO LEGAL.RECURSO E DANOS - CERCEAMENTO DE DEFESA.INOCORRÊNCIA. PROVA ORAL
CONHECIDO E PARCIALMENTE PROVIDO, SEM EFEITO MODIFICATIVO. EXPRESSAMENTE INDEFERIDA NA DECISÃO DE SANEAMENTO (PROFERIDA
0005 . Processo/Prot: 1460118-4 Apelação Cível SOB A ÉGIDE DO REVOGADO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL). AUSÊNCIA
. Protocolo: 2015/323881. Comarca: Foro Regional de Piraquara da Comarca DE RECURSO PERTINENTE. PRECLUSÃO OPERADA.PROVA, ADEMAIS,
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: Vara Cível e da Fazenda Pública. DESNECESSÁRIA SE O APELANTE JUNTASSE AOS AUTOS OS DOCUMENTOS
Ação Originária: 0000250-57.1993.8.16.0034 Declaratória. Apelante (1): Valdelino PERTINENTES PARA REALIZAÇÃO DE PERÍCIA DE ENGENHARIA - PROVA
Felipetto, Vilmar Anselmo Felipetto. Advogado: PR007262 - Iguacimir Gonçalves PERICIAL.INCONCLUSIVIDADE. INOCORRÊNCIA. TRABALHOS REALIZADOS
Franco, PR027220 - Simara Zonta, PR032538 - Juliano Michels Franco. Apelante (2): DE ACORDO COM OS DOCUMENTOS ACOSTADOS DE PARTE A PARTE.
Rui Reis Palácio, Roberto Hudson Reis, Celio Reis. Advogado: PR007056 - Gedião PRESUNÇÕES DE FATOS E PRESUNÇÕES LEGAIS DECORRENTES DA
Tulio, PR044065 - Silvano Ferreira da Rocha. Apelante (3): Grantel Engenharia Ltda. INÉRCIA DO APELANTE/RÉU NA JUNTADA DE COMPROVANTES DE
Advogado: PR029134 - Frederico Ricardo de Ribeiro e Lourenço, PR031102 - André PAGAMENTO E DAS MEDIÇÕES DA OBRA QUE LHE COMPETIAM.
Luiz Bettega D'Ávila, PR042420 - Rene Toedter, PR048926 - Hélio Carlos Kozlowski. EXTEMPORÂNEA E INDEVIDA ALEGAÇÃO DE CERCEAMENTO DE DEFESA
Apelante (4): Luiz Carlos Vaz, Maria Christina Rocha Vaz. Advogado: PR028836 - DAQUELE QUE POR SUA OMISSÃO E DESÍDIA PREJUDICOU OS TRABALHOS
Luiz Alexandre Zaidan Machado. Apelado (1): Valdelino Felipetto, Vilmar Anselmo TÉCNICOS. INVIABILIDADE DE SE ANULAR O FEITO PARA REFAZIMENTO DO
Felipetto. Advogado: PR007262 - Iguacimir Gonçalves Franco, PR027220 - Simara TRABALHO TÉCNICO - CULPA DO RÉU PELA RESOLUÇÃO DO CONTRATO.
Zonta, PR032538 - Juliano Michels Franco. Apelado (2): Rui Reis Palácio, Roberto AUSÊNCIA DE PROVA DO PAGAMENTO INTEGRAL DOS TRABALHOS
Hudson Reis, Celio Reis. Advogado: PR007056 - Gedião Tulio, PR044065 - Silvano REALIZADOS PELA CONTRATADA E AUSÊNCIA DAS MEDIÇÕES REGULARES
Ferreira da Rocha. Apelado (3): Grantel Engenharia Ltda. Advogado: PR029134 - QUE DEVERIAM SER OBRIGATORIAMENTE FEITAS DE QUINZE EM QUINZE
- 25 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
DIAS - FALTA DE AUTORIZAÇÃO AMBIENTAL POR BREVE PERÍODO QUE FÉ, COMO EQUIVOCADAMENTE ENTENDIDO NO DECISUM EMBARGADO -
NÃO FOI CAUSA DA RESOLUÇÃO DO AJUSTE, MANTIDA A CULPA DO RÉU/ MAJORAÇÃO DA MULTA APLICADA ANTERIORMENTE, DE 1% PARA 3% DO
CONTRATANTE POR ESTA EM FACE DO DESCUMPRIMENTO CONTRATUAL VALOR ATUALIZADO DA CAUSA - ATRIBUIÇÃO DE EFEITOS INFRINGENTES
- INDENIZAÇÃO E LUCROS CESSANTES DEVIDOS QUE ABRANGEM AS PARA MANTER O CAPÍTULO DA SENTENÇA QUE CONDENARA OS RÉUS
OBRAS REALIZADAS E NÃO PAGAS E O QUE RAZOALMENTE DEIXOU DE A PAGAR AOS AUTORES OS 55% DO VALOR DESPENDIDO NA ADESÃO
LUCRAR A AUTORA EM FACE DO ENCERRAMENTO PREMATURO DO AJUSTE AO REFAZ II - ENFRENTAMENTO DOS TÓPICOS DA APELAÇÃO Nº 01 QUE
- DEVOLUÇÃO OU INDENIZAÇÃO PELO VALOR DE RETENÇÃO (5%) QUE HAVIAM FICADO PREJUDICADOS - PRETENSÃO DOS RÉUS DE REDUZIR A
NÃO PODE INCIDIR SOBRE O VALOR DOS TRABALHOS EXECUTADOS E MULTA CONTRATUAL - IMPOSSIBILIDADE - INEXISTÊNCIA DE ABUSIVIDADE -
NÃO PAGOS POIS JÁ INCLUÍDOS NESTA CONDENAÇÃO.RECONHECIMENTO PRINCÍPIO DA AUTONOMIA DE VONTADE - IMPUGNAÇÃO NA CONTESTAÇÃO
DE QUITAÇÃO RECÍPROCA DE OBRIGAÇÕES NO SEGUNDO ADITAMENTO GENÉRICA - APELAÇÃO Nº 01 (DOS RÉUS) PARCIALMENTE CONHECIDA E, NA
CONTRATUAL FIRMADO EM 21/08/2013. READEQUAÇÃO DOS VALORES PARTE CONHECIDA, DESPROVIDA - ENFRENTAMENTO DA APELAÇÃO Nº 02
DEVIDOS. IGUAL RECONHECIMENTO DE QUE EM 30/09/2013 A OBRA TINHA (DOS AUTORES) - PRETENSÃO DE MUDAR O TERMO A QUO DOS JUROS DE
SIDO CONCLUÍDA EM 75,98% COM NOVA READEQUAÇÃO DO VALOR MORA, DA CITAÇÃO PARA A DATA EM QUE OS RÉUS FORAM NOTIFICADOS
DA CONDENAÇÃO; ÔNUS DA SUCUMBÊNCIA REDISTRIBUÍDO. RECURSO EXTRAJUDICIALMENTE - POSSIBILIDADE - INTELIGÊNCIA DO ART. 397, P.
CONHECIDO E PARCIALMENTE PROVIDO. Ú, DO CÓDIGO CIVIL - REDISTRIBUIÇÃO DOS ÔNUS DA SUCUMBÊNCIA -
0008 . Processo/Prot: 1618283-7 Agravo de Instrumento APELAÇÃO Nº 02 (DOS AUTORES) PROVIDA - ACÓRDÃO MODIFICADO -
. Protocolo: 2016/320597. Comarca: Foro Central da Comarca da Região EMBARGOS DE DECLARAÇÃO ACOLHIDOS, COM EFEITOS INFRINGENTES.
Metropolitana de Curitiba. Vara: Vara Descentralizada de Santa Felicidade. Ação 0011 . Processo/Prot: 1682803-6/01 Embargos de Declaração Cível
Originária: 0017600-75.2016.8.16.0188 Declaratória. Agravante: C. H. J.. Advogado: . Protocolo: 2018/84884. Comarca: Foro Central da Comarca da Região
PR019661 - Gabriel Braga Farhat. Agravado: M. A. C. S.. Advogado: PR046290 - Metropolitana de Curitiba. Vara: 1ª Vara de Família e Sucessões. Ação Originária:
Franchielle Stresser Gioppo, PR060235 - Telma Regina Machado. Órgão Julgador: 1682803-6 Agravo de Instrumento. Embargante: E. M.. Advogado: PR014339 -
12ª Câmara Cível. Relator: Des. Mario Luiz Ramidoff. Julgado em: 05/04/2019 Marcos Montenegro de Oliveira. Embargado: A. C. D.. Advogado: PR025626 - Mário
DECISÃO: Acordam os Excelentíssimos Senhores Integrantes da 12ª (Décima Rogério Dias. Órgão Julgador: 12ª Câmara Cível. Relator: Des. Luis Espíndola.
Segunda) Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por Relator Convocado: Juiz Subst. 2º G. Luciano Carrasco Falavinha Souza. Julgado
unanimidade de votos, em conhecer e, assim, dar provimento ao recurso de em: 05/06/2019
agravo de instrumento, nos termos do voto do Relator. EMENTA: DIREITO CIVIL. DECISÃO: ACORDAM os Excelentíssimos Senhores Magistrados integrantes da
DIREITO PROCESSUAL CIVIL. AGRAVO DE INSTRUMENTO. ANTECIPAÇÃO DE Décima Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por
TUTELA. PRESENÇA DE ELEMENTOS QUE EVIDENCIAM A PLAUSIBILIDADE unanimidade de votos, em rejeitar os embargos de declaração, nos termos do
DO DIREITO ALEGADO E A PROBABILIDADE DE RISCO AO RESULTADO ÚTIL voto do Relator. EMENTA: Embargos de declaração cível. Agravo de instrumento.
DO PROCESSO.1. A presença dos pressupostos legais pertinentes - plausibilidade Exceção de pré-executividade em execução de alimentos. Omissão e contradição
do direito alegado e a probabilidade de risco ao resultado útil do processo - autoriza no tocante a apresentação dos documentos obrigatórios, a norma aplicável no
a concessão da pretensa antecipação de tutela.2. Recurso de agravo de instrumento tempo e pela prescrição intercorrente. Inocorrência. Ausência de vícios a ensejar no
conhecido, e, no mérito, provido. acolhimento dos aclaratórios. Inteligência do art. 1.022 do CPC.Prequestionamento.
0009 . Processo/Prot: 1670061-7/02 Embargos de Declaração Cível Mero descontentamento com a decisão proferida. Impossibilidade na via eleita.1. Os
. Protocolo: 2018/84883. Comarca: Foro Central da Comarca da Região embargos prestam-se a esclarecer, se existentes, dúvidas, omissões ou contradições
Metropolitana de Curitiba. Vara: 2ª Vara de Família e Sucessões. Ação Originária: no julgado. Não para que se adeque a decisão ao entendimento do embargante.
1670061-7 Agravo de Instrumento. Embargante: E. M.. Advogado: PR014339 - (STJ, EDclAgRgREsp nº 10270- DF, rel. Min. Pedro Acioli, DJU 23.09.1991, p.
Marcos Montenegro de Oliveira. Embargado: A. C. D.. Advogado: PR056336 - Ana 13067).2. Embargos conhecidos e rejeitados.
Carolina D'Avila, PR025626 - Mário Rogério Dias. Órgão Julgador: 12ª Câmara Cível. 0012 . Processo/Prot: 1701241-0/01 Embargos de Declaração Cível
Relator: Des. Luis Espíndola. Relator Convocado: Juiz Subst. 2º G. Luciano Carrasco . Protocolo: 2019/10421. Comarca: Foro Regional de São José dos Pinhais
Falavinha Souza. Julgado em: 05/06/2019 da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 2ª Vara Cível. Ação
DECISÃO: ACORDAM os Excelentíssimos Senhores Magistrados integrantes da Originária: 1701241-0 Agravo de Instrumento. Embargante: Just Construções e
Décima Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por Empreendimentos Ltda.. Advogado: PR024487 - Rafael Justus de Brito. Embargado:
unanimidade de votos, em rejeitar os embargos de declaração, nos termos do Condomínio Edifício Residencial Canoeiros. Advogado: SP283804 - Raphael Soares
voto do Relator. EMENTA: Embargos de declaração cível. Agravo de instrumento. de Oliveira. Órgão Julgador: 12ª Câmara Cível. Relator: Des. Roberto Antônio
Exceção de pré-executividade em execução de alimentos. Omissão e contradição Massaro. Julgado em: 29/05/2019
no tocante a apresentação dos documentos obrigatórios, a norma aplicável no DECISÃO: ACORDAM os integrantes da Décima Segunda Câmara Cível do Tribunal
tempo e pela prescrição intercorrente. Inocorrência. Ausência de vícios a ensejar no de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade de votos, em rejeitar os
acolhimento dos aclaratórios. Inteligência do art. 1.022 do CPC.Prequestionamento. Embargos de Declaração, nos termos do voto do Desembargador Relator. EMENTA:
Mero descontentamento com a decisão proferida. Impossibilidade na via eleita.1. Os EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO - AÇÃO DE
embargos prestam-se a esclarecer, se existentes, dúvidas, omissões ou contradições INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS - ACÓRDÃO QUE CONHECEU E DEU
no julgado. Não para que se adeque a decisão ao entendimento do embargante. PARCIAL PROVIMENTO AO AGRAVO DE INSTRUMENTO - ACLARATÓRIOS
(STJ, EDclAgRgREsp nº 10270- DF, rel. Min. Pedro Acioli, DJU 23.09.1991, p. OPOSTOS PELA AGRAVANTE - ALEGAÇÃO DE QUE O ACÓRDÃO INCORREU
13067).2. Embargos conhecidos e rejeitados. EM OMISSÃO - NÃO CONSTATAÇÃO - ENFRENTAMENTO DE TODA A MATÉRIA
0010 . Processo/Prot: 1677715-8/01 Embargos de Declaração Cível DEVOLVIDA À ESTA CORTE COM OS RECURSOS INTERPOSTOS - MERO
. Protocolo: 2018/75033. Comarca: Cascavel. Vara: 2ª Vara Cível. Ação Originária: INCONFORMISMO - PRETENSÃO DE REJULGAMENTO - IMPOSSIBILIDADE
1677715-8 Apelação Civel. Embargante: Deoclécio Corradi, Jussara Bernadete - ARTIGO 1.022 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL - INEXISTÊNCIA DE
Crespi Corradi, Dairto Corradi, Diones Corradi Pagliosa, Comil Carrocerias e QUALQUER VÍCIO NO JULGADO - SITUAÇÃO QUE POR SI SÓ IMPEDE A
Ônibus Ltda. Advogado: PR011475 - João Ricardo Cunha de Almeida, PR029150 PRETENSÃO PREQUESTIONADORA - PRECEDENTES DO STJ.EMBARGOS
- Pedro Ivan Vasconcelos Hollanda, PR066373 - Mathias Menna Barreto Monclaro. CONHECIDOS E REJEITADOS."Os embargos de declaração não se prestam à
Embargado: Rovilio Mascarello, Iracele Maria Crespi Mascarello. Advogado: rediscussão de matéria devidamente abordada e decidida no acórdão embargado,
PR021305 - Silvio André Brambila Rodrigues, PR025765 - Rafael Marques Gandolfi. tampouco servem para discutir manifestações relacionadas ao inconformismo das
Órgão Julgador: 12ª Câmara Cível. Relator: Des. Luis Espíndola. Relator Convocado: partes, afigurando-se evidente o intuito infringente da presente insurgência, cujo
Juiz Subst. 2º G. Antonio Domingos Ramina Junior. Julgado em: 05/06/2019 objetivo não é suprir omissão, afastar obscuridade, eliminar contradição ou corrigir
DECISÃO: ACORDAM os Senhores Magistrados integrantes da Décima erro material, mas, sim, reformar o julgado por via inadequada. 2. ..." (EDcl nos EDcl
Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (em no AgInt no AREsp nº 934.341/MT, Terceira Turma, Relator Ministro Marco Aurélio
Composição Integral), por maioria de votos, em acolher os embargos de Bellizze, DJe 24/02/2017).
declaração, com efeitos infringentes, nos termos do voto do Relator. EMENTA: 0013 . Processo/Prot: 1727995-3/01 Embargos de Declaração Cível
EMBARGOS DE DECLARAÇÃO - ACÓRDÃO QUE CONHECEU EM PARTE DA . Protocolo: 2018/86858. Comarca: Foro Central da Comarca da Região
APELAÇÃO DO RÉU E, POR MAIORIA, DEU PROVIMENTO AO RECURSO, Metropolitana de Curitiba. Vara: 4ª Vara Cível. Ação Originária: 1727995-3 Apelação
JULGANDO PREJUDICADA A APELAÇÃO DOS AUTORES - IRRESIGNAÇÃO Civel. Embargante: Primeira Igreja Batista de Curitiba. Advogado: PR014451 -
DOS DEMANDANTES - ALEGAÇÃO DE OMISSÃO QUANTO A INOVAÇÕES Odacyr Carlos Prigol. Embargado: Geraldo Gammardella - me. Advogado: SP339835
RECURSAIS PRATICADAS PELOS RÉUS - OMISSÃO EFETIVAMENTE - Aline Cavalcanti Cardoso. Órgão Julgador: 12ª Câmara Cível. Relator: Des. Mario
EXISTENTE QUANTO À ANÁLISE INDIVIDUALIZADA DE CADA UM DOS Luiz Ramidoff. Relator Convocado: Juiz Subst. 2º G. Luciano Carrasco Falavinha
ARGUMENTOS EXPOSTOS PELOS AUTORES EM SUAS CONTRARRAZÕES Souza. Julgado em: 05/06/2019
- OMISSÃO SANADA - INOCORRÊNCIA, CONTUDO, DAS APONTADAS DECISÃO: Acordam os Desembargadores integrantes da 12ª Câmara Cível
INOVAÇÕES RECURSAIS - ALEGAÇÃO DE OMISSÕES, CONTRADIÇÕES do Tribunal de Justiça do Paraná, à unanimidade de votos, em rejeitar os
E OBSCURIDADES EM RELAÇÃO AO ACERVO PROBATÓRIO - NÍTIDA embargos de declaração, nos termos do voto do Relator. EMENTA: Embargos de
PRETENSÃO DE REDISCUTIR O JULGADO, Embargos de Declaração Cível nº declaração. Ampliação de quórum em julgamento não unânime de apelação. Art.
1.677.715-8/01 fls. 2/18 INCABÍVEL NA ESTREITA VIA DOS EMBARGOS DE 942 do CPC/2015. Direito a nova sustentação oral perante os juízes convocados.
DECLARAÇÃO - ALEGADO ERRO ESSENCIAL QUANTO À QUESTÃO DE FATO Participação de magistrada que não tinha ouvido as razões do advogado. Voto não
E OMISSÃO QUANTO A DATAS - PRIMEIRO REQUERIDO QUE, NA VERDADE, decisivo. Ausência de nulidade. 1. Conforme deixa claro o art. 240, § 6º do Regimento
NOTIFICOU OS AUTORES APENAS APÓS CONFESSAR DÍVIDA QUE ACABOU Interno, o direito a nova sustentação oral na hipótese de ampliação de quórum
REPERCUTINDO NO PATRIMÔNIO DESSES ÚLTIMOS, E NÃO ANTES, COMO só se justifica quando os magistrados convocados não acompanharam os debates
INSINUARA EM SUA CONTESTAÇÃO - LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ, E NÃO DE BOA- anteriores. 2. Considerando que o voto da desembargadora ausente no momento
- 26 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
da sustentação oral não foi decisivo para o resultado do julgamento, não há por - Paulo Sérgio Winckler. Órgão Julgador: 15ª Câmara Cível. Relator: Des. Hamilton
que decretar a nulidade do acórdão. Precedentes do Superior Tribunal de Justiça. 3. Mussi Correa. Julgado em: 19/06/2019
Embargos de declaração rejeitados. DECISÃO: ACORDAM os Desembargadores da 15ª Câmara Cível do Tribunal de
Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade, para sanar a omissão reconhecida
pelo STJ, voto em, mantendo a anulação da sentença, de ofício, permitir ao
IDMATERIA1538377IDMATERIA

III Divisão de Processo Cível exequente emendar a petição inicial da execução e, após, também aos embargantes
Seção da 12ª Câmara Cível emendar a petição inicial dos embargos do devedor, de acordo com o voto do Relator.
Relação No. 2019.03794 EMENTA: Embargos de declaração. Reconhecimento de omissão em Acórdão pelo
____________________________________________________ STJ. Embargos à execução. Cédula de crédito bancário. Acórdão que extingue
de ofício a execução de título extrajudicial. Análise da aplicação do artigo 616,
do CPC/1973 e possibilidade de o credor emendar a petição inicial do processo
executivo após a oposição de embargos à execução. Emenda cabível. Inteligência
do 801, do CPC/2015, correspondente ao artigo 616, do CPC/1973. Necessidade de
ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO oportunizar a emenda à petição inicial da execução e dos embargos, sob pena de
cerceamento de defesa. Sentença cassada de ofício, ficando prejudicado o apelo.
Advogado Ordem Processo/Prot 0002 . Processo/Prot: 0921446-4 Agravo de Instrumento
Evandro Sharller Silva 001 1323567-5/01 . Protocolo: 2012/187496. Comarca: Foro Central da Comarca da
Galindo Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 13ª Vara Cível. Ação Originária:
PR027497 - Sandra R. 001 1323567-5/01 0011687-43.2006.8.16.0001 Embargos a Execução. Agravante: Banco do Brasil SA.
Rodrigues Advogado: PR077458 - Marcos Caldas Martins Chagas, PR072705 - Lilian Caroline
PR058108 - Evandro S. S. 001 1323567-5/01 Soares Araújo. Agravado: Espólio de Pedro Firmani. Advogado: PR064137 - Rogério
Galindo Augusto Martins de Oliveira. Interessado: Maria Madalena Firmani, Maria Mendes
Sandra Regina Rodrigues 001 1323567-5/01 Firmani Daguano (maior de 60 anos), Antônio Firmani, Luzia Mendes Firmani (maior
de 60 anos). Órgão Julgador: 15ª Câmara Cível. Relator: Des. Luiz Carlos Gabardo.
Julgado em: 19/06/2019
Vista ao(s) Embargado(s) - para, em querendo, se manifestar no prazo de 5 (cinco) DECISÃO: ACORDAM os Excelentíssimos Senhores Desembargadores integrantes
dias ao r. despacho de fls. 179 a 179 verso - Prazo : 5 dias da Décima Quinta Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por
0001 . Processo/Prot: 1323567-5/01 Embargos de Declaração Cível unanimidade de votos, em conhecer do agravo de instrumento interposto pelo Banco
. Protocolo: 2015/190047. Comarca: Foro Central da Comarca da Região do Brasil S/A, e dar-lhe parcial provimento, para acolher a arguição de prescrição
Metropolitana de Curitiba. Vara: 22ª Vara Cível. Ação Originária: 1323567-5 Apelação suscitada nos embargos n.º 36506/0000 (NPU 0011687-43.2006.8.16.0001) e, de
Civel. Apelante: Waldir Elisaldo Pereira. Advogado: Evandro Sharller Silva Galindo. consequência, julgar extinta a execução por quantia certa n.º 35530/0000 (NPU
Apelado: Oi Movel Sa. Advogado: Sandra Regina Rodrigues. Embargante: Waldir 0010982-45.2006.8.16.0001), com base no artigo 487, II, do Código de Processo
Elisaldo Pereira. Advogado: PR058108 - Evandro Sharller Silva Galindo. Embargado: Civil, com a condenação dos exequentes, ora agravados, Herdeiros e Sucessores
Oi Movel Sa. Advogado: PR027497 - Sandra Regina Rodrigues. Órgão Julgador: 12ª de Pedro Firmani, ao pagamento das custas, despesas processuais e honorários
Câmara Cível. Relator: Desª Denise Kruger Pereira. Motivo: para, em querendo, se advocatícios de 10% (dez por cento) sobre o valor da causa (R$ 16.717,16 -
manifestar no prazo de 5 (cinco) dias ao r. despacho de fls. 179 a 179 verso. Vista dezesseis mil, setecentos e dezessete reais e dezesseis centavos) a ser atualizado,
Advogado: Sandra Regina Rodrigues (PR027497) verba que se mostra suficiente para remunerar o trabalho desempenhado em ambas
as demandas (execução e embargos). EMENTA: AGRAVO DE INSTRUMENTO.
EXECUÇÃO DE SENTENÇA. AÇÃO CIVIL PÚBLICA N.º 14.552.APADECO
SEÇÃO DA 15ª CÂMARA CÍVEL X BANCO DO BRASIL S/A. DECISÃO AGRAVADA. AUSÊNCIA DE
INTIMAÇÃO.TEMPESTIVIDADE DO RECURSO.VERIFICAÇÃO. ILEGITIMIDADE
ATIVA.ALEGAÇÃO. AFASTAMENTO. PRESCRIÇÃO.OCORRÊNCIA. RECURSO
REPETITIVO N.º 1.273.643/PR. EXTINÇÃO DA EXECUÇÃO. ART.487, II, DO
IDMATERIA1538698IDMATERIA

IV Divisão de Processo Cível CPC.1. Constatada a falta de intimação da parte, deve ser admitido o recurso
Seção da 15ª Câmara Cível interposto no prazo legal, contado da ciência inequívoca da decisão.2. "Considera-
Relação No. 2019.03818 se regular a representação ativa do espólio quando a viúva e todos os herdeiros
____________________________________________________ se habilitam pessoalmente em juízo, independentemente de nomeação 2de
inventariante quando o inventário já tenha se encerrado ou não exista" (AgRg no
AREsp 522.569/PE, Rel. Ministro SÉRGIO KUKINA, PRIMEIRA TURMA, julgado
em 26/05/2015, DJe 08/06/2015).3. Conforme entendimento firmado pelo Superior
Tribunal de Justiça, no julgamento do recurso especial representativo de controvérsia
ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO n.º 1.273.643/PR, "No âmbito do Direito Privado, é de cinco anos o prazo prescricional
para ajuizamento da execução individual em pedido de cumprimento de sentença
Advogado Ordem Processo/Prot proferida em Ação Civil Pública".4. Agravo de instrumento conhecido e parcialmente
Daniel Hachem 001 0753487-8/01 provido.
Paulo Sérgio Winckler 001 0753487-8/01 0003 . Processo/Prot: 1185162-2 Apelação Cível
PR011347 - Daniel Hachem 001 0753487-8/01 . Protocolo: 2014/5750. Comarca: Pato Branco. Vara: 2ª Vara Cível. Ação Originária:
PR033381 - Paulo Sérgio 001 0753487-8/01 0001538-49.2007.8.16.0131 Prestação de Contas. Apelante: Banco Itauleasing Sa.
Winckler Advogado: PR058885 - Juliano Ricardo Schmitt, PR061287 - Iandra Dos Santos
PR038114 - Gustavo Viana 004 1558546-9 Machado. Rec.Adesivo: Pedro Torresan fi. Advogado: PR042568 - Aurino Muniz de
Camata Souza. Apelado (1): Pedro Torresan fi. Advogado: PR042568 - Aurino Muniz de
PR042568 - Aurino Muniz de 003 1185162-2 Souza. Apelado (2): Banco Itauleasing Sa. Advogado: PR058885 - Juliano Ricardo
Souza Schmitt, PR061287 - Iandra Dos Santos Machado. Órgão Julgador: 15ª Câmara
PR058885 - Juliano R. 003 1185162-2 Cível. Relator: Des. Hamilton Mussi Correa. Revisor: Des. Hayton Lee Swain Filho.
Schmitt Julgado em: 19/06/2019
PR061287 - Iandra Dos S. 003 1185162-2 DECISÃO: ACORDAM os integrantes da 15ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça
Machado do Estado do Paraná, por unanimidade, em não exercer juízo de retratação, nos
PR064137 - R. A. M. d. 002 0921446-4 termos do voto do Relator. EMENTA: Prestação de contas. Segunda fase. Contrato
Oliveira bancário.Conta corrente. Recursos repetitivos. Art. 1.030, inciso II, CPC/15.Juízo de
PR065618 - Nelson Luiz N. 004 1558546-9 retratação. Capitalização de juros. Cobrança não comprovada. REsp 973.827/RS.
Alessio Situação distinta.Juízo de retratação não exercido.
PR072705 - Lilian C. S. 002 0921446-4 0004 . Processo/Prot: 1558546-9 Apelação Cível
Araújo . Protocolo: 2016/122701. Comarca: Região Metropolitana de Londrina - Foro Central
PR077458 - Marcos C. M. 002 0921446-4 de Londrina. Vara: 2ª Vara Cível. Ação Originária: 0046469-56.2014.8.16.0014
Chagas Ordinária. Apelante: Cicero Barbosa Vieira. Advogado: PR038114 - Gustavo Viana
Camata. Apelado: Omni S/a Crédito Financiamento e Investimento. Advogado:
PR065618 - Nelson Luiz Nouvel Alessio. Órgão Julgador: 15ª Câmara Cível. Relator:
Publicação de Acórdão Des. Jucimar Novochadlo. Julgado em: 19/06/2019
0001 . Processo/Prot: 0753487-8/01 Embargos de Declaração Cível DECISÃO: ACORDAM os Desembargadores da Décima Quinta Câmara Cível do
. Protocolo: 2011/270878. Comarca: Foro Central da Comarca da Região Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade de votos, em juízo de
Metropolitana de Curitiba. Vara: 14ª Vara Cível. Ação Originária: 7534878-0 retratação, dar parcial provimento ao recurso de apelação, a fim de determinar
Apelação Civel. Apelante: Lincon Teleinformática Ltda, Jaime Edivan Frank. o ressarcimento, na forma simples, do valor pago a título da tarifa de avaliação
Advogado: Paulo Sérgio Winckler. Apelado: Banco Bradesco SA. Advogado: Daniel do bem (R$100,00), com manutenção do ônus de sucumbência, nos termos
Hachem. Embargante: Banco Bradesco SA. Advogado: PR011347 - Daniel Hachem. da fundamentação. EMENTA: PROCESSUAL CIVIL. APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO
Embargado: Lincon Teleinformática Ltda, Jaime Edivan Frank. Advogado: PR033381 REVISIONAL. CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO GARANTIDA COM ALIENAÇÃO
- 27 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
FIDUCIÁRIA. RECURSO REPETITIVO. JUÍZO DE RETRATAÇÃO. APLICAÇÃO Hamilton Mussi Correa. Revisor: Des. Hayton Lee Swain Filho. Despacho: Cumpra-
DO ENTENDIMENTO DO STJ CONSOLIDADO NO RESP Nº 1.578.553/SP. se o venerando despacho.
TARIFA DE AVALIAÇÃO DO BEM.AUSÊNCIA DE DEMONSTRAÇÃO DA EFETIVA I - Trata-se a presente ação de cobrança de diferenças de correção monetária
PRESTAÇÃO DO SERVIÇO. ABUSIVIDADE VERIFICADA.REPETIÇÃO DEVIDA. aplicadas em cadernetas de poupança havidas por ocasião dos Planos Bresser,
REFORMA DA SENTENÇA NESTA PARTE.Somente é legal a cobrança da tarifa Verão e Collor I e II. O Supremo Tribunal Federal homologou o acordo apresentado
de avaliação do bem se o serviço foi prestado e se o valor pactuado não se mostrar pela Advocacia Geral da União, Frente Brasileira pelos Poupadores, Federação
abusivo. Na hipótese, não há comprovação da prestação do serviço, de modo que Brasileira de Bancos, Confederação Nacional do Sistema Financeiro e Instituto
sua cobrança é abusiva, devendo ser repetida.Juízo de retratação exercido.Apelação Brasileiro de Defesa do Consumidor, referente aos expurgos inflacionários não
cível parcialmente provida. depositados pelas instituições financeiras à época dos Planos Econômicos. No
dia 05.02.2018, decidiu a Corte Superior sobrestar, pelo prazo de 24 meses, os
Recursos Extraordinários com repercussão geral que tenham por objeto a discussão
IDMATERIA1538697IDMATERIA

IV Divisão de Processo Cível dos expurgos inflacionários a fim de possibilitar que os interessados, querendo,
Seção da 15ª Câmara Cível manifestem adesão à proposta nas respectivas ações, perante os juízos de origem
Relação No. 2019.03687 competente. Às f. 306/3011-TJ as partes peticionaram informando que os apelados
____________________________________________________ Joaquim Jeronimo Vieira e Francisca Carvalho Vieira aderiram aos termos do acordo
coletivo homologado pelo STF, tendo sido estabelecido o pagamento de R$ 2.823,96
ao requerente Joaquim Jeronimo Vieira e de R$ 102,33 à requerente Francisca
Carvalho Vieira, bem como R$ 282,40 e R$ 10,23 a título de honorários advocatícios.
Pediram, ao final, a homologação das transações e eventual desistência do recurso
ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO em relação aos aderentes, com a manutenção da suspensão do apelo em relação
aos autores que ainda não aderiram ao referido acordo. II - Em tais condições, nos
Advogado Ordem Processo/Prot termos do art. 932, I, do CPC/2015, homologo o acordo firmado entre a instituição
PR007295 - Luiz Rodrigues 005 1021022-7 financeira apelante e os apelados Joaquim Jeronimo Vieira e Francisca Carvalho
Wambier Vieira, ficando prejudicado o apelo da entidade bancária em relação aos autores que
PR011261 - Jureny R. 004 0972315-3 aderiram a III - Ressalto, por fim, que em relação aos autores que não aderiram
Alberton ao acordo, a apelação continua sobrestada até o dia 05.02.2020, quando haverá o
PR013526 - Arnaldo de O. 005 1021022-7 decurso do prazo determinado pela Corte Superior. Curitiba, 19 de junho de 2019.
Junior Des. HAMILTON MUSSI CORRÊA - Relator
PR015596 - Clovis Galvão 002 0767758-1 0002 . Processo/Prot: 0767758-1 Apelação Cível
Patriota
. Protocolo: 2010/421960. Comarca: Foro Central da Comarca da
PR021503 - Eugenio de Lima 001 0763238-8 Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 2ª Vara Cível. Ação Originária:
Braga
0004627-14.2009.8.16.0001 Cobrança. Apelante: Banco Itau Sa. Advogado:
006 1306434-7 PR054553 - José Edgard da Cunha Bueno Filho. Apelado: Herus Araujo Ditzel
PR023580 -. C. B. C. d. 002 0767758-1 (maior de 60 anos). Advogado: PR015596 - Clovis Galvão Patriota, PR023580 -
Albuquerque Carlos Bernardo Carvalho de Albuquerque, PR050713 - Cibelle Santos de Oliveira.
PR024498 - E. A. F. d. 001 0763238-8 Órgão Julgador: 15ª Câmara Cível. Relator: Des. Luiz Carlos Gabardo. Revisor: Des.
Santos
Jucimar Novochadlo. Despacho: Cumpra-se o venerando despacho.
005 1021022-7 Defiro o pedido de f. 275, pelo prazo de 30 (trinta) dias. Intime-se. Em 18/06/2019.
PR030916 - Nelson W. F. 003 0779419-0 Luiz Carlos Gabardo. Desembargador.
Rodrigues 0003 . Processo/Prot: 0779419-0 Apelação Cível
PR032224 - Fabrício C. 005 1021022-7 . Protocolo: 2011/48100. Comarca: Foro Central da Comarca da Região
Chesco Metropolitana de Curitiba. Vara: 19ª Vara Cível. Ação Originária:
PR032545 - Mônica Mine 001 0763238-8 0004611-60.2009.8.16.0001 Ordinária de Cobrança. Apelante: Banco do Brasil SA.
Yao
Advogado: PR030916 - Nelson Wilians Fratoni Rodrigues. Apelado: Joaquim Alves
PR039314 - A. V. R. Malafaia 006 1306434-7 Santana (maior de 60 anos), Marcos Zelinski, Jose Carlos Medeiros (maior de 60
PR041124 - K. M. R. M. d. 006 1306434-7 anos), Celso Roberto Heitzwebel, Benno Henrique Prohmann, Espólio de Leana
Borba Blum Jardim. Advogado: PR053400 - Roberto Cesar Gouveia Majchszak. Órgão
PR042180 - Desiree Winter 001 0763238-8 Julgador: 15ª Câmara Cível. Relator: Des. Luiz Carlos Gabardo. Revisor: Des.
Amaral Jucimar Novochadlo. Despacho: Cumpra-se o venerando despacho.
PR044526 - Giovanna Martinez 005 1021022-7 I - Proceda-se à renumeração dos autos, a partir da f. 202, exclusive. II - Anote-se o

contido à f. 209 (com a numeração correta - antiga f. 123) para futuras intimações,
PR045190 - Andrea Sartori 001 0763238-8 inclusive quanto à exclusividade requerida e retifique-se a autuação. III - Diante da
PR050713 - Cibelle S. d. 002 0767758-1 ausência de manifestação dos autores a respeito de eventual interesse em aderir
Oliveira ao acordo coletivo sobre os planos econômicos, deve ser mantida a suspensão do
PR053400 - R. C. G. 003 0779419-0 trâmite do presente recurso. IV - Intimem-se. Curitiba, 24 de junho de 2019. LUIZ
Majchszak CARLOS GABARDO. Relator.
PR054553 - José E. d. C. B. 002 0767758-1 0004 . Processo/Prot: 0972315-3 Apelação Cível
Filho
. Protocolo: 2012/165093. Comarca: Foro Central da Comarca da
PR055354 - Gilnei Ricardo 007 1619224-2/01 Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 3ª Vara Cível. Ação Originária:
Eidt
0038682-54.2010.8.16.0001 Cobrança. Apelante (1): Itaú Unibanco Sa. Advogado:
PR056099 - Angelize Severo 007 1619224-2/01 PR056124 - Alexandre de Almeida. Apelante (2): Jenny Rosevics (maior de 60 anos).
Freire
Advogado: PR011261 - Jureny Rosevics Alberton. Apelado(s): o(s) mesmo(s) (maior
008 1661069-4/01 de 60 anos). Órgão Julgador: 15ª Câmara Cível. Relator: Des. Hayton Lee Swain
PR056124 - Alexandre de 004 0972315-3 Filho. Despacho: Cumpra-se o venerando despacho.
Almeida
1.Anote-se a nova representação da instituição financeira (fls. 235/236-TJ) para
006 1306434-7 que as futuras publicações sejam feitas exclusivamente em nome do il. Advogado
PR058877 - Juliano F. d. 007 1619224-2/01 ALEXANDRE DE ALMEIDA, conforme aqui requerido (fl.235-TJ). 2. Após, observe-
Rosa se a determinação de fl. 230-TJ. Curitiba, 03 de março de 2015. HAYTON LEE
008 1661069-4/01 SWAIN FILHO = DESEMBARGADOR RELATOR =
PR061150 - C. d. C. C. d. 006 1306434-7 0005 . Processo/Prot: 1021022-7 Apelação Cível
Cunha . Protocolo: 2012/308372. Comarca: Foro Central da Comarca da
PR077882 - Lucas Bastos 008 1661069-4/01 Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 5ª Vara Cível. Ação Originária:
Munhoz 0023472-60.2010.8.16.0001 Cobrança. Apelante: Haroldo João Nichele (maior de
60 anos), Gilberto Vedan, Eliane Alves Pereira, Thatiane Carmello Fukui, Eduardo
Lange (maior de 60 anos), Rodrigo Saboya, Marilia de Fátima Rodrigues Saboya.
Despachos proferidos pelo Exmo Sr. Relator Advogado: PR013526 - Arnaldo de Oliveira Junior, PR044526 - Giovanna Martinez
0001 . Processo/Prot: 0763238-8 Apelação Cível Ré. Apelado: Itaú Unibanco Sa. Advogado: PR007295 - Luiz Rodrigues Wambier,
. Protocolo: 2011/41829. Comarca: Foro Central da Comarca da Região PR024498 - Evaristo Aragão Ferreira dos Santos, PR032224 - Fabrício Coimbra
Metropolitana de Curitiba. Vara: 13ª Vara Cível. Ação Originária: Chesco. Órgão Julgador: 15ª Câmara Cível. Relator: Des. Luiz Carlos Gabardo.
0002278-09.2007.8.16.0001 Ordinária de Cobrança. Apelante: Banco Itaú SA. Despacho: Cumpra-se o venerando despacho.
Advogado: PR024498 - Evaristo Aragão Ferreira dos Santos, PR045190 - Andrea I - Às ff. 366/367 foi noticiada a composição entre o autor Haroldo João Nichele e a
Sartori, PR032545 - Mônica Mine Yao. Apelado: Rosemarie Elizabeth Sabota, Angelo instituição financeira ré, para pagamento de R$ 3.034,05 (três mil e trinta e quatro
Alves Santos (maior de 60 anos), Zeferino Ceslinski, Eugenio de Lima Braga, Vera reais e cinco centavos), relativo ao valor principal, bem como de R$ 303,40 (trezentos
Lucia Vieira Braga, Alceu Barbosa. Advogado: PR021503 - Eugenio de Lima Braga, e três reais e quarenta centavos), a título de honorários advocatícios. Na mesma
PR042180 - Desiree Winter Amaral. Órgão Julgador: 15ª Câmara Cível. Relator: Des. oportunidade, a MM.ª Juíza de Direito do Centro Judiciário de Solução de Conflito
- 28 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
e Cidadania do 2º grau (CEJUSC) homologou o acordo e julgou extinto o feito, em
relação ao referido autor (Haroldo João Nichele), nos termos do artigo 487, III, b,
do Código de Processo Civil de 2015. II - Quanto aos demais autores, o trâmite do
recurso deverá permanecer suspenso até eventual adesão ao acordo coletivo, ou
até que haja nova decisão da Corte Suprema. III - Intimem-se. Curitiba, 19 de junho
de 2019. LUIZ CARLOS GABARDO Relator
0006 . Processo/Prot: 1306434-7 Apelação Cível
. Protocolo: 2014/442318. Comarca: Foro Central da Comarca da
Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 2ª Vara Cível. Ação Originária:
0064837-60.2011.8.16.0001 Cobrança. Apelante: Banco Itaú Unibanco S/A.
Advogado: PR056124 - Alexandre de Almeida, PR061150 - Camila de Cássia
Cordeiro da Cunha, PR039314 - Alexandra Valenza Rocha Malafaia, PR041124 -
Karla Maria Ruiz Merino de Borba. Apelado: Albino Machnicki (maior de 60 anos),
Espólio de Vitalina Gmach Machnicki, Adir Atair Pizzatto (maior de 60 anos), Vera
Maria Pizzatto. Advogado: PR021503 - Eugenio de Lima Braga. Órgão Julgador: 15ª
Câmara Cível. Relator: Des. Luiz Carlos Gabardo. Revisor: Des. Shiroshi Yendo.
Despacho: Cumpra-se o venerando despacho.
I - Às ff. 454/456 foi noticiada a composição entre o autor Adir Atair Pizzatto e a
instituição financeira ré, para pagamento de R$ 23.393,07 (vinte e três mil, trezentos
e noventa e três reais e sete centavos), relativo ao valor principal, bem como de R$
2.339,31 (dois mil trezentos e trinta e nove reais e trinta e um centavos), a título de
honorários advocatícios. Na mesma oportunidade, o MM. Juiz de Direito do Centro
Judiciário de Solução de Conflito e Cidadania do 2º grau (CEJUSC) homologou o
acordo e julgou extinto o feito, em relação ao referido autor (Adir Atair Pizzatto), nos
termos do artigo 487, III, b, do Código de Processo Civil de 2015. Posteriormente, em
16/06/2019, a instituição financeira protocolou a petição de n.º 19444/19, cuja juntada
ora determino, com apresentação dos comprovantes de transferência, tanto do valor
principal, como dos honorários advocatícios, em cumprimento ao referido acordo.
Assim, verificada a correspondente homologação e a extinção do feito em relação
ao poupador Adir Atair Pizzatto, mantenho sobrestado o trâmite do recurso quanto
aos demais autores, até eventual adesão, ou até que haja nova decisão da Corte
Suprema. II - Intimem-se. Curitiba, 18 de junho de 2019. LUIZ CARLOS GABARDO
Relator
0007 . Processo/Prot: 1619224-2/01 Embargos de Declaração Cível
. Protocolo: 2019/19386. Comarca: Foz do Iguaçu. Vara: 2ª Vara Cível. Ação
Originária: 1619224-2 Apelação Civel. Embargante: BV Financeira S/A - Crédito,
Financiamento e Investimento. Advogado: PR056099 - Angelize Severo Freire,
PR058877 - Juliano Francisco da Rosa. Embargado: Anderson Jose Marques da
Siqueira. Advogado: PR055354 - Gilnei Ricardo Eidt. Órgão Julgador: 15ª Câmara
Cível. Relator: Des. Luiz Carlos Gabardo. Relator Convocado: Juíza Subst. 2º G.
Elizabeth M F Rocha. Despacho: Cumpra-se o venerando despacho.
I- A teor do que dispõe o §2º do art. 1.023, do CPC1, faculto a manifestação
de Anderson Jose Marques da Siqueira, no prazo de 05 (cinco) dias, quanto às
razões deste recurso. II- Intimem-se. Curitiba, 18 de junho de 2019. Elizabeth M.
F. Rocha, Juíza de Direito Substituta em Segundo Grau. 1 § 2º O juiz intimará
o embargado para, querendo, manifestar-se, no prazo de 5 (cinco) dias, sobre
os embargos opostos, caso seu eventual acolhimento implique a modificação da
decisão embargada.
0008 . Processo/Prot: 1661069-4/01 Embargos de Declaração Cível
. Protocolo: 2019/19489. Comarca: Região Metropolitana de Londrina - Foro Central
de Londrina. Vara: 10ª Vara Cível. Ação Originária: 1661069-4 Apelação Civel.
Embargante: BV Financeira S/A - Crédito, Financiamento e Investimento. Advogado:
PR058877 - Juliano Francisco da Rosa, PR056099 - Angelize Severo Freire.
Embargado: João Maria dos Santos. Advogado: PR077882 - Lucas Bastos Munhoz.
Órgão Julgador: 15ª Câmara Cível. Relator: Des. Luiz Carlos Gabardo. Relator
Convocado: Juíza Subst. 2º G. Elizabeth M F Rocha. Despacho: Cumpra-se o
venerando despacho.
I- A teor do que dispõe o §2º do art. 1.023, do CPC1, faculto a manifestação de João
Maria dos Santos, no prazo de 05 (cinco) dias, quanto às razões deste recurso. II-
Intimem-se. Curitiba, 18 de junho de 2019. Elizabeth M. F. Rocha, Juíza de Direito
Substituta em Segundo Grau. 1 § 2º O juiz intimará o embargado para, querendo,
manifestar-se, no prazo de 5 (cinco) dias, sobre os embargos opostos, caso seu
eventual acolhimento implique a modificação da decisão embargada.

- 29 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Ademir Venâncio Paulino (Réu Preso). Def.Dativo: PR016521 - Paulo Roberto Belo.
Divisão de Processo Crime Embargado (4): Dirceu Jomes Meira, Ramona Fernandes. Def.Dativo: PR039355 -
Michelle Campos de Assis. Órgão Julgador: 4ª Câmara Criminal. Relator: Des. Celso
Jair Mainardi. Relator Convocado: Juiz Subst. 2º G. Antônio Carlos Ribeiro Martins.
SEÇÃO DA 1ª CÂMARA CRIMINAL Julgado em: 30/05/2019
DECISÃO: ACORDAM em 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do
Paraná, por unanimidade, em ACOLHER os presentes Embargos de Declaração,
com efeitos infringentes, a fim de corrigir erro material, nos termos do voto e
IDMATERIA1538675IDMATERIA

Divisão de Processo Crime sua fundamentação. EMENTA: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO


Seção da 1ª Câmara Criminal CRIME.CONTRADIÇÃO NA DOSIMETRIA DAS EMBARGADAS.ERRO MATERIAL
Relação No. 2019.03802 EVIDENCIADO. EMBARGOS ACOLHIDOS, COM EFEITOS INFRINGENTES.
____________________________________________________ 0002 . Processo/Prot: 1280122-0 Revisão Criminal de Sentença (CInt)
. Protocolo: 2014/345746. Comarca: Altônia. Vara: Juízo Único. Ação Originária:
1998.00000004-0 Ação Penal. Requerente: Nelson Oswatd (Réu Preso).
Def.Público: PR013315 - Regina Yurico Takahashi. Requerido: Ministério Público
do Estado do Paraná. Órgão Julgador: 4ª Câmara Criminal em Composição
ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO Integral. Relator: Des. Celso Jair Mainardi. Relator Convocado: Juiz Subst. 2º G.
Antônio Carlos Ribeiro Martins. Revisor: Des. Carvilio da Silveira Filho. Julgado em:
Advogado Ordem Processo/Prot
06/06/2019
PR033859 - Evandra Roso 001 1369506-8 DECISÃO: ACORDAM os Desembargadores integrantes da 4ª Câmara Criminal
PR044024 - Eduardo Calizario 001 1369506-8 do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, em composição integral, por
Neto unanimidade de votos, em não conhecer da ação revisional. EMENTA: REVISÃO
CRIMINAL DE SENTENÇA. DOSIMETRIA DA PENA. PEDIDOS REVISIONAIS
DISSOCIADOS DA SENTENÇA CONDENATÓRIA. AUSÊNCIA DE ILEGALIDADE
Vista ao(s) Advogado (s) - certidão de honorários NOS FUNDAMENTOS DA PRIMEIRA INSTÂNCIA. REVISÃO NÃO CONHECIDA.
0001 . Processo/Prot: 1369506-8 Apelação Crime (det) 0003 . Processo/Prot: 1561327-9/01 Embargos de Declaração Crime
. Protocolo: 2015/86215. Comarca: Foro Central da Comarca da Região . Protocolo: 2018/90726. Comarca: Foro Central da Comarca da Região
Metropolitana de Curitiba. Vara: Vara de Infrações Penais contra Metropolitana de Curitiba. Vara: 3ª Vara Criminal. Ação Originária: 1561327-9
Crianças, Adolescentes e Idosos e Infância e Juventude. Ação Originária: Apelação Crime. Embargante: Julio Cesar Ribeiro Edemundo (Réu Preso), Moyses
0000178-63.2007.8.16.0007 Apuração de Ato Infracional. Apelante: Ricardo Haikel Francisco da Silva Neto. Def.Dativo: PR064851 - Marcel Bento Amaral. Embargado
Rosa Helal (Representado(a)). Advogado: PR033859 - Evandra Roso. Apelado: (1): Carlos Henrique da Silva Sales (Réu Preso). Advogado: PR050198 - Jenerson
Silvana de Fátima Ferreira Camilo. Def.Dativo: PR044024 - Eduardo Calizario Renato Talachinski. Embargado (2): Christian Henrique de Miranda Natel (Réu
Neto. Órgão Julgador: 1ª Câmara Criminal. Relator: Des. Campos Marques. Relator Preso). Advogado: PR050198 - Jenerson Renato Talachinski. Embargado (3):
Convocado: Juiz Subst. 2º G. Naor R. de Macedo Neto. Motivo: certidão de Ministério Público do Estado do Paraná. Órgão Julgador: 4ª Câmara Criminal.
honorários. Vista Advogado: Eduardo Calizario Neto (PR044024) Relator: Des. Carvilio da Silveira Filho. Julgado em: 30/05/2019
DECISÃO: ACORDAM os Senhores Desembargadores integrantes da Quarta
Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade
SEÇÃO DA 4ª CÂMARA CRIMINAL de votos, acolher os embargos de declaração 1 e 2. EMENTA: EMBARGOS
DE DECLARAÇÃO 1.561.327-9-01-02, DA 3ª VARA CRIMINAL DO FORO
IDMATERIA1538500IDMATERIA
CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA/PR.
EMBARGANTES 1: JULIO CESAR EDEMUNDO E MOYSES FRANCISCO
Div. de Reg. da Mov. Processua DA SILVA NETO. EMBARGANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ.
Relação No. 2019.03796 EMBARGADO: ACÓRDÃO DE FLS. 1.359/1364, DA 4ª CÂMARA CRIMINAL.
____________________________________________________ RELATOR: DES. CARVÍLIO DA SILVEIRA FILHO. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO
CRIME OMISSÃO QUANTO À FIXAÇÃO DOS HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS
DEVIDOS AO DEFENSOR DATIVO EM RAZÃO DOS SERVIÇOS PRESTADOS
EM SEGUNDO GRAU DE JURISDIÇÃO ACOLHIMENTO ERRO MATERIAL NA
PARTE DISPOSITIVA DO ACÓRDÃO NECESSÁRIA CORREÇÃO EMBARGOS
ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO DE DECLARAÇÃO 1 E 2 ACOLHIDOS.
Advogado Ordem Processo/Prot
0004 . Processo/Prot: 1561327-9/02 Embargos de Declaração Crime
. Protocolo: 2018/91712. Comarca: Foro Central da Comarca da Região
PR013315 - Regina Y. 002 1280122-0
Takahashi
Metropolitana de Curitiba. Vara: 3ª Vara Criminal. Ação Originária: 1561327-9
Apelação Crime. Embargante: Ministério Público do Estado do Paraná. Embargado
006 1681076-5
(1): Carlos Henrique da Silva Sales (Réu Preso). Advogado: PR050198 - Jenerson
PR016521 - Paulo Roberto 001 0672129-1/01
Renato Talachinski. Embargado (2): Christian Henrique de Miranda Natel (Réu
Belo
Preso). Advogado: PR050198 - Jenerson Renato Talachinski. Embargado (3): Julio
PR017662 - Marco A. B. d. 001 0672129-1/01
Souza
Cesar Ribeiro Edemundo (Réu Preso). Def.Dativo: PR064851 - Marcel Bento Amaral.
Embargado (4): Moyses Francisco da Silva Neto. Def.Dativo: PR064851 - Marcel
PR020304 - Leslie J. P. d. 001 0672129-1/01
Arruda
Bento Amaral. Órgão Julgador: 4ª Câmara Criminal. Relator: Des. Carvilio da Silveira
Filho. Julgado em: 30/05/2019
PR039355 - Michelle C. d. 001 0672129-1/01
Assis DECISÃO: ACORDAM os Senhores Desembargadores integrantes da Quarta
Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade
PR050198 - J. R. Talachinski 003 1561327-9/01
de votos, acolher os embargos de declaração 1 e 2. EMENTA: EMBARGOS
004 1561327-9/02
DE DECLARAÇÃO 1.561.327-9-01-02, DA 3ª VARA CRIMINAL DO FORO
PR064851 - Marcel Bento 003 1561327-9/01 CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA/PR.
Amaral
EMBARGANTES 1: JULIO CESAR EDEMUNDO E MOYSES FRANCISCO
004 1561327-9/02
DA SILVA NETO. EMBARGANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ.
007 1684832-5 EMBARGADO: ACÓRDÃO DE FLS. 1.359/1364, DA 4ª CÂMARA CRIMINAL.
008 1690858-6 RELATOR: DES. CARVÍLIO DA SILVEIRA FILHO. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO
PR074299 - Juan Eduardo C. 005 1648773-5/01 CRIME OMISSÃO QUANTO À FIXAÇÃO DOS HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS
Junior DEVIDOS AO DEFENSOR DATIVO EM RAZÃO DOS SERVIÇOS PRESTADOS
PR081600 - Rafael R. 005 1648773-5/01 EM SEGUNDO GRAU DE JURISDIÇÃO ACOLHIMENTO ERRO MATERIAL NA
Grapeggia PARTE DISPOSITIVA DO ACÓRDÃO NECESSÁRIA CORREÇÃO EMBARGOS
DE DECLARAÇÃO 1 E 2 ACOLHIDOS.
0005 . Processo/Prot: 1648773-5/01 Embargos de Declaração Crime
Publicação de Acórdão . Protocolo: 2018/15319. Comarca: Foz do Iguaçu. Vara: 2ª Vara Criminal. Ação
0001 . Processo/Prot: 0672129-1/01 Embargos de Declaração Crime Originária: 1648773-5 Apelação Crime. Embargante: Ministério Público do Estado do
. Protocolo: 2019/13427. Comarca: Ivaiporã. Vara: Vara Criminal e Anexos. Ação Paraná. Embargado: Renan da Silva de Paula (Réu Preso). Advogado: PR074299 -
Originária: 6721291-0 Apelação Crime. Embargante: Ministério Público do Estado Juan Eduardo Capilla Junior, PR081600 - Rafael Ritter Grapeggia. Órgão Julgador:
do Paraná. Embargado (1): Divonsir Saraiva dos Santos, Eliel de Souza (Réu 4ª Câmara Criminal. Relator: Des. Carvilio da Silveira Filho. Julgado em: 06/06/2019
Preso), Viviane Saraiva de Souza (Réu Preso), Gislaine Saraiva dos Santos (Réu DECISÃO: ACORDAM os Senhores Desembargadores integrantes da Quarta
Preso). Advogado: PR017662 - Marco Antônio Busto de Souza. Embargado (2): Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, por unanimidade de votos, em rejeitar os
Celso Ricardo dos Santos (Réu Preso), Wilson dos Santos, Anderson Luiz de embargos de declaração ora analisados. EMENTA: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO
Souza (Réu Preso), Angélica dos Santos Araújo. Advogado: PR020304 - Leslie José - ALEGAÇÃO DE OMISSÃO - PRONUNCIAMENTO JUDICIAL DEVIDAMENTE
Pereira de Arruda. Embargado (3): Silvana Sebastiana dos Santos (Réu Preso),
- 30 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
FUNDAMENTADO E SUFICIENTE AO DESLINDE DA DEMANDA - INTENÇÃO DE AO DEFENSOR DATIVO E DETERMINAÇÃO, DE OFÍCIO, AO JUÍZO DE ORIGEM
REDISCUSSÃO DA MATERIA DECIDIDA - EMBARGOS REJEITADOS. PARA EXPEDIÇÃO DE MANDADO DE PRISÃO AO APELANTE, A FIM QUE SE
0006 . Processo/Prot: 1681076-5 Apelação Crime INICIE IMEDIATAMENTE O CUMPRIMENTO DA SENTENÇA CONDENATÓRIA.
. Protocolo: 2017/97312. Comarca: Foro Regional de Colombo da Comarca
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 1ª Vara Criminal. Ação Originária:
0003444-53.2011.8.16.0028 Ação Penal. Apelante: Valdivino de Andrade (Réu
Preso). Def.Público: PR013315 - Regina Yurico Takahashi. Apelado: Ministério
Público do Estado do Paraná. Órgão Julgador: 4ª Câmara Criminal. Relator: Des.
Carvilio da Silveira Filho. Relator Convocado: Juíza Subst. 2º G. Dilmari Helena
Kessler. Revisor: Des. Sônia Regina de Castro. Julgado em: 06/06/2019
DECISÃO: ACORDAM os integrantes da Quarta Câmara Crime do Tribunal
de Justiça do Estado do Paraná, à unanimidade de votos, em conhecer e
negar provimento ao apelo, determinando, ao Juízo de origem que, após
exaurida a instância ordinária, promova o início da execução provisória da pena
imposta ao sentenciado, nos termos do voto da Relatora. EMENTA: APELAÇÃO
CRIMINAL. ROUBO MAJORADO PELO EMPREGO DE ARMA DE FOGO E
ESTUPRO (ART.157, § 2º, INCISO I, E ART. 213, CAPUT, AMBOS DO CÓDIGO
PENAL). CONDENAÇÃO. RECURSO DA DEFESA. PLEITO ABSOLUTÓRIO.
ALEGAÇÃO DE INSUFICIÊNCIA PROBATÓRIA. NÃO ACOLHIMENTO.AUTORIA
E MATERIALIDADE DEVIDAMENTE COMPROVADAS. PALAVRA DA OFENDIDA
QUE DETÉM ALTO VALOR PROBANTE NOS CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO E
CRIMES CONTRA A DIGNIDADE SEXUAL. DECLARAÇÕES DA VÍTIMA FIRMES,
COESAS E HARMÔNICAS.RECONHECIMENTO DE VOZ, DA MOTOCICLETA E
DE CARACTERÍSTICA FÍSICA SINGULAR DO AGRESSOR. LAUDO DE EXAME
DE VÍNCULO GENÉTICO INCONCLUSIVO. IRRELEVÂNCIA.PRETENSÃO
SUBSIDIÁRIA DE AFASTAMENTO DA CAUSA ESPECIAL DE AUMENTO DE PENA
PELO EMPREGO DE ARMA DE FOGO. IMPOSSIBILIDADE.PRESCINDIBILIDADE
DE APREENSÃO E PERÍCIA, QUANDO COMPROVADA A UTILIZAÇÃO POR
OUTROS MEIOS. VÍTIMA QUE CONFIRMOU A UTILIZAÇÃO DA ARMA DE
FOGO NO COMETIMENTO DO DELITO. DOSIMETRIA PENAL ESCORREITA.
SENTENÇA MANTIDA.RECURSO CONHECIDO E DESPROVIDO.
0007 . Processo/Prot: 1684832-5 Apelação Crime
. Protocolo: 2017/104475. Comarca: São Mateus do Sul. Vara: Vara Criminal,
Família e Sucessões, Infância e Juventude e Juizado Especial Criminal. Ação
Originária: 0001411-15.2016.8.16.0158 Ação Penal. Apelante: L. A. F. F. (Réu
Preso). Def.Dativo: PR064851 - Marcel Bento Amaral. Apelado: M. P. E. P.. Órgão
Julgador: 4ª Câmara Criminal. Relator: Des. Carvilio da Silveira Filho. Revisor: Des.
Sônia Regina de Castro. Julgado em: 06/06/2019
DECISÃO: ACORDAM os Senhores Desembargadores integrantes da Quarta
Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade de
votos, no sentido de negar provimento ao recurso de apelação ora analisado, nos
termos da fundamentação.
0008 . Processo/Prot: 1690858-6 Apelação Crime
. Protocolo: 2017/121478. Comarca: Foro Regional de Pinhais da Comarca
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: Vara Criminal. Ação Originária:
0006048-35.2012.8.16.0033 Ação Penal. Apelante: Welson Carvalho. Def.Dativo:
PR064851 - Marcel Bento Amaral. Apelado: Ministério Público do Estado do Paraná.
Órgão Julgador: 4ª Câmara Criminal. Relator: Des. Carvilio da Silveira Filho. Revisor:
Des. Sônia Regina de Castro. Julgado em: 06/06/2019
DECISÃO: ACORDAM os Desembargadores integrantes da Quarta Câmara Criminal
do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade de votos, no
sentido de conhecer o recurso interposto e, no mérito, negar-lhe provimento, com
fixação de honorários advocatícios à defesa do acusado e com determinação,
de ofício, ao juízo de origem para expedição do respectivo mandado de prisão
para o réu WELSON CARVALHO. EMENTA: CRIMES DE ROUBO MAJORADO
PELO EMPREGO DE ARMA DE FOGO E CONCURSO DE PESSOAS EM
CONTINUIDADE DELITIVA (ART. 157, §2º, INCS. I E II, NA FORMA DO ART. 71,
POR TRÊS VEZES, AMBOS DO CP) - CONDENAÇÃO - PEDIDO DE ABSOLVIÇÃO
EM VIRTUDE DE AUSÊNCIA DE PROVAS - AUTORIA E MATERIALIDADE
COMPROVADAS - CONJUNTO PROBATÓRIO QUE CONVERGE DE FORMA
COERENTE E HARMONICA PARA DEMONSTRAÇÃO DA AUTORIA DELITIVA
- PALAVRA DAS VÍTIMAS DE GRANDE RELEVÂNCIA EM SE TRATANDO DE
CRIME CONTRA O PATRIMÔNIO - RECONHECIMENTO PELAS VÍTIMAS EM
FASE INQUISITORIAL DEVIDAMENTE RATIFICADAS EM JUÍZO - DOSIMETRIA
- PLEITO DE REDUÇÃO NO MÍNIMO LEGAL - CIRCUNSTÂNCIAS QUE,
NO CASO CONCRETO, SE PRESTA PARA AGRAVAR A PENA-BASE -
FUNDAMENTAÇÃO ADEQUADA - PLEITO DE AFASTAMENTO DA MAJORANTE
REFERENTE AO EMPREGO DE ARMA DE FOGO - IMPOSSIBILIDADE -
A PALAVRA DAS VÍTIMAS É SUFICIENTE PARA O RECONHECIMENTO
- PRESCINDIBILIDADE DE APREENSÃO E PERÍCIA - "QUANTUM" DE
AUMENTO DE PENA DECORRENTE DAS CIRCUNSTÂNCIAS MAJORANTES
COM FRAÇÃO ESTABELECIDA EM SITUAÇÃO DO CASO CONCRETO - FIXAÇÃO
DENTRO DA PROPORCIONALIDADE E DISCRICIONARIDADE VINCULADA DO
JULGADOR - PEDIDO DE APLICAÇÃO DA FRAÇÃO NO MÍNIMO LEGAL
ANTE A UTILIZAÇÃO DE FUNDAMENTO INIDÔNEO QUANTO AO CRIME
CONTINUADO - INADMISSIBILIDADE - FRAÇÃO ESTABELECIDA COM BASE
NO CASO EXAMINADO - CRIME CONTINUADO - PERCENTUAL DE AUMENTO
- 2 CRITÉRIO - NÚMERO DE INFRAÇÕES - DECISÃO PROLATADA EM
CONFORMIDADE COM A JURISPRUDÊNCIA DOMINANTE DO SUPERIOR
TRIBUNAL DE JUSTIÇA - PRÁTICA DE 03 (TRÊS) CRIMES - FRAÇÃO ADEQUADA
DE 1/5 (UM QUINTO) - MANUTENÇÃO DAS CARGAS ESTABELECIDAS - PLEITO
DE FIXAÇÃO DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS PELA ATUAÇÃO EM SEGUNDO
GRAU DE JURISDIÇÃO - POSSIBILIDADE - VALOR ESTIPULADO COM BASE NA
RAZOABILIDADE, PROPORCIONALIDADE E ZELO PROFISSIONAL - RECURSO
DE APELAÇÃO CONHECIDO E DESROVIDO, COM FIXAÇÃO DE HONORÁRIOS
- 31 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
IDMATERIA1538716IDMATERIA

Divisão de Recursos aos Tribunais Superiores Div. Rec. Tribunais Superiores


IDMATERIA1538723IDMATERIA
Seção Recursos Criminais
Relação No. 2019.03771
Div. Rec. Tribunais Superiores ____________________________________________________
Relação No. 2019.03784
____________________________________________________

ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO

ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO Advogado Ordem Processo/Prot


PR007549 - Antônio 002 1719685-7/03
Advogado Ordem Processo/Prot Pellizzetti
PR016095 - Marisa Zandonai 001 0446849-1/01 PR049082 - Jeferson Martins 002 1719685-7/03
PR023451 - L. F. d. S. 001 0446849-1/01 Leite
Tambellini PR051097 - Gustavo S. M. 002 1719685-7/03
PR032211 - Daiane Maria 001 0446849-1/01 Hassumi
Bissani PR067261 - Neide Akiko F. 001 1646578-2/02
PR033258 - Sérgio Ney C. 001 0446849-1/01 Pedroso
Tramujas PR085415 - Luiz R. S. 001 1646578-2/02
Andreatta

Despachos proferidos pelo Exmo Sr. 1º Vice-Presidente


0001 . Processo/Prot: 0446849-1/01 Recurso Extraordinário Cível Vista ao(s) Recorrido(s)
. Protocolo: 2008/121593, 2008/130834. Comarca: Foro Central da Comarca da 0001 . Processo/Prot: 1646578-2/02 Recurso Especial/Extraordinário Crime
Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 3ª Vara da Fazenda Pública, Falências e . Protocolo: 2019/2870, 2019/13883, 2019/13886. Comarca: Região Metropolitana
Recuperação Judicial. Ação Originária: 4468491-0 Apelação Civel. Recorrente (1): de Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: Juizado de Violência Doméstica e
Paranaprevidencia Serviço Social Autônomo. Advogado: PR032211 - Daiane Maria Familiar contra a Mulher e Vaa de Crimes contra Crianças, Adolescentes e Idosos.
Bissani. Recorrente (2): Estado do Paraná. Advogado: PR023451 - Luís Fernando Ação Originária: 1646578-2 Apelação Crime. Recorrente (1): M. P. E. P.. Recorrente
da Silva Tambellini, PR016095 - Marisa Zandonai. Recorrido (1): Eduardo Barrozo (2): O. H. N.. Advogado: PR085415 - Luiz Renato Skroch Andreatta. Recorrido (1):
Prugner (maior de 60 anos), Helena Petronilha Rubini Soffiatti, Jeanete de Novaes O. H. N.. Advogado: PR085415 - Luiz Renato Skroch Andreatta. Recorrido (2): M.
Lantmann (maior de 60 anos), José Augusto Constanzo Silva (maior de 60 anos), P. E. P.. Interessado: M. W. H. R. (Assistente de Acusação). Advogado: PR067261
Lygia Amaral Macedo (maior de 60 anos), Luciana Luisa Caneparo, Maria de Lourdes - Neide Akiko Fugivala Pedroso. Observação: para apresentar contrarrazões ao
Falat Reva, Maria Inês Pavim, Marina Melo Girardi (maior de 60 anos), Miguel Koteski recurso (CrCr 06)
(maior de 60 anos), Noemia Pavim, Osvaldo Guiss, Regina Busetti Calliari, Rosi 0002 . Processo/Prot: 1719685-7/03 Recurso Especial Crime
Maria Simas Milleo (maior de 60 anos), Rosilda Leopoldino, Rossinea Campos de . Protocolo: 2019/16416. Comarca: Foro Central da Comarca da Região
Moura (maior de 60 anos), Sergio Gomes de Oliveira (maior de 60 anos), Sonia Maria Metropolitana de Curitiba. Vara: 3ª Vara Criminal. Ação Originária: 1719685-7
Marques da Silva. Advogado: PR033258 - Sérgio Ney Cuéllar Tramujas. Recorrido Apelação Crime. Recorrente: Ministério Público do Estado do Paraná. Recorrido
(2): Paranaprevidencia Serviço Social Autônomo. Advogado: PR032211 - Daiane (1): Justino Henrique de Sampaio. Advogado: PR051097 - Gustavo Seiji Miatelo
Maria Bissani. Interessado: Estado do Paraná. Advogado: PR023451 - Luís Fernando Hassumi. Recorrido (2): Levi Alves Setubal (Réu Preso). Advogado: PR007549 -
da Silva Tambellini. Despacho: Antônio Pellizzetti. Recorrido (3): Wander França Romualdo. Advogado: PR049082 -
Esclarece-se, inicialmente, que o presente caderno processual foi formado a partir Jeferson Martins Leite. Observação: para apresentar contrarrazões ao recurso (CrCr
do CD-ROM enviado pelo Juízo da 3ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central da 06)
Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, conforme despacho de mov. 21.1.
Consoante se extrai do sistema de consulta processual deste Tribunal - JUDWIN,
IDMATERIA1538719IDMATERIA

bem como do sítio do Supremo Tribunal Federal (www.stf.jus.br), esta 1ª Vice-


Presidência negou seguimento aos recursos extraordinários nº 446.849-1/01. A
PARANAPREVIDENCIA SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO interpôs Agravo Cível ao Div. Rec. Tribunais Superiores
Relação No. 2019.03776
STF autuado sob nº 446.849-1/02, e o ESTADO DO PARANÁ interpôs Agravo Cível
____________________________________________________
ao STF autuado sob nº 446.849-1/03. Encaminhados os autos ao Supremo Tribunal
Federal, foram autuados sob nº 741.528 (Agravo Cível da PARANAPREVIDÊNCIA) ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO
e nº 741.079 (Agravo Cível do ESTADO DO PARANÁ). O Relator Ministro GILMAR
MENDES, julgando o AI nº 741.528 (da PARANAPREVIDÊNCIA) deu provimento ao Advogado Ordem Processo/Prot
recurso para julgar improcedente a ação (decisão de fls. 9/16, transitada em julgado PR006816 - Gilberto Pedriali 002 0594417-8/03
em 11/04/2011). Nesse passo, os autos de Agravo Cível ao STF nº 446.849-1/02 005 0642955-2/02
baixaram à origem em 13/05/2011. Outrossim, ao julgar o AI nº 741.079 (do ESTADO PR007295 - Luiz Rodrigues 006 0677269-0/02
DO PARANÁ), o Ministro Relator determinou a devolução dos autos ao tribunal Wambier
de origem, com base no disposto no artigo 543-B do CPC (decisão de fls. 20/32). PR010818 - Silvana Santos 006 0677269-0/02
Cumprindo a determinação da Corte Suprema, o Recurso Extraordinário interposto Turin
pelo ESTADO DO PARANÁ foi sobrestado neste Tribunal de Justiça, conforme PR015348 - Maria L. L. 006 0677269-0/02
despacho publicado em 01/12/2011, a seguir transcrito: "1. O Supremo Tribunal Conceição
Federal, através do acórdão de fls. 1010, determinou a devolução destes autos a PR015711 -. R. d. C. C. d. 006 0677269-0/02
este Tribunal, nos termos dos artigos 543-B do Código de Processo Civil e 328-A Vasconcelos
do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal, até pronunciamento definitivo PR016440 -. M. C. d. A. 002 0594417-8/03
da Suprema Corte no Recurso Extraordinário nº 606.199/PR, onde foi reconhecida Vasconcellos
a existência de repercussão geral da questão constitucional aqui tratada, relativa 005 0642955-2/02
"ao direito de servidores inativos a continuar situados no último nível da carreira PR017427 - Luiz Henrique B. 007 0687908-5/02
(nível no qual foram aposentados), mesmo diante da reestruturação do plano de Turra
cargos e salários." 2. Diante do exposto, determino o sobrestamento do agravo de PR017884 - Darlon C. d. 003 0596297-4/03
instrumento. 3. Certifique-se a suspensão nos autos e publique-se." Os Recorridos Oliveira
juntaram petição de embargos de declaração contra o despacho de sobrestamento, PR019012 - Cleber Tadeu 009 0642010-8/02
os quais foram decididos por meio da decisão publicada em 20/03/2012, no seguinte Yamada
sentido: "1. Recebo o recurso de fls.1017/1018 como pedido de reconsideração de PR019180 - Gerson V. M. d. 007 0687908-5/02
despacho, o qual, de plano, defiro, para tornar sem efeito o despacho de fls.1014 Silva
e determinar a imediata baixa dos autos à Vara de origem. 2. Publique-se." Esta PR020835 - Jaime O. 007 0687908-5/02
decisão foi proferida em 26/01/2012 e publicada de 20/03/2012 no DJ nº 826. Em Penteado
27/01/2012 certificou-se nos autos a reconsideração da suspensão e em 08/05/2012 PR021666 - Luciana Haas 011 0703340-5/01
os autos baixaram à Vara de origem. Sendo assim, não remanescem questões PR022129 - Teresa C. d. A. 006 0677269-0/02
para análise nesta Corte, inexistindo razão para remessa dos autos ao Tribunal de Alvim
Justiça. Diante disso, determino a restituição dos presentes autos ao Juízo da 3ª PR022629 - Carlos A. d. 009 0642010-8/02
Vara da Fazenda Pública do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Santos
Curitiba. Intimem-se. Diligências necessárias. Curitiba, 16 de maio de 2019. Assinado PR024498 - E. A. F. d. 006 0677269-0/02
digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente Ar-01 Santos
- 32 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
PR024859 - Gisele A. 006 0677269-0/02 Segawa. Observação: DESP 66. Vista Advogado: Rogério Pires
Buquéra Moraes (PR066049), Fernando Augusto Ogura (PR038205),
PR026835 - Rodolfo G. 005 0642955-2/02 Newton Dorneles Saratt (PR038023)
Fagundes 0005 . Processo/Prot: 0642955-2/02 Recurso Especial Cível
PR027133 - Marcelo A. 005 0642955-2/02 . Protocolo: 2010/217717. Comarca: Foro Central da Comarca
Angioletti da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 20ª Vara Cível.
PR027657 - Marley T. 008 0730356-0/01 Ação Originária: 6429552-0 Apelação Civel. Recorrente: Banco
Sabadin Bradesco SA. Advogado: PR016440 - Marcos Cibischini do
PR028293 - Ieda Baretta 004 0621150-7/01 Amaral Vasconcellos, PR006816 - Gilberto Pedriali. Recorrido:
Kauffmann Manoel Estevão Moreira (maior de 60 anos), Maria Perpetua
PR028706 - Eduardo Rafael 008 0730356-0/01 Guerra Moreira (maior de 60 anos). Advogado: PR027133
Sabadin - Marcelo Augusto Angioletti, PR026835 - Rodolfo Gardini
PR028937 - Mauricio M. 004 0621150-7/01 Fagundes. Observação: DESP 66. Vista Advogado: Gilberto
Segawa Pedriali (PR006816), Marcos Cibischini do Amaral Vasconcellos
PR029066 - Kelly C. W. C. 001 0582028-0/02 (PR016440)
Canzan
0006 . Processo/Prot: 0677269-0/02 Recurso Especial Cível
PR029957 - Fábio dos Reis 010 0653400-9/01 . Protocolo: 2010/326242. Comarca: Foro Central da Comarca
Ruiz
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 10ª Vara Cível.
PR030437 - Eraldo Lacerda 007 0687908-5/02 Ação Originária: 6772690-0 Apelação Civel. Recorrente: Hsbc
Junior
Bank Brasil SA Banco Multiplo. Advogado: PR007295 - Luiz
PR033479 - C. d. F. B. Domit 009 0642010-8/02 Rodrigues Wambier, PR022129 - Teresa Celina de Arruda Alvim,
PR034967 - Antonio Saonetti 002 0594417-8/03 PR015348 - Maria Lúcia Lins Conceição, PR024498 - Evaristo
PR035336 - Flávio P. 007 0687908-5/02 Aragão Ferreira dos Santos, PR015711 - Rita de Cássia Correa
Geromini de Vasconcelos. Recorrido: Espólio de Euchárix Arzua Ferreira
PR035669 - Solange A. 004 0621150-7/01 de Souza. Advogado: PR024859 - Gisele Agostini Buquéra,
Ryszka PR010818 - Silvana Santos Turin. Observação: DESP 66. Vista
PR038023 - Newton Dorneles 004 0621150-7/01 Advogado: Silvana Santos Turin (PR010818)
Saratt 0007 . Processo/Prot: 0687908-5/02 Recurso Extraordinário/
008 0730356-0/01 Especial Cível
009 0642010-8/02 . Protocolo: 2010/348244, 2010/348246. Comarca: Foro Central
010 0653400-9/01 da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 16ª Vara
011 0703340-5/01 Cível. Ação Originária: 6879085-0 Apelação Civel. Recorrente:
PR039621 - José da Costa V. 001 0582028-0/02 Banco Bradesco SA. Advogado: PR045523 - Juliana Mara da
Neto Silva, PR020835 - Jaime Oliveira Penteado, PR019180 - Gerson
PR039824 - Mariana E. N. 001 0582028-0/02 Vanzin Moura da Silva, PR035336 - Flávio Penteado Geromini,
Krause PR017427 - Luiz Henrique Bona Turra, PR051491 - Tatiane
PR045523 - Juliana Mara da 007 0687908-5/02 Muncinelli. Recorrido: Adalberto Bernal, Jane Ribas Ribeiro (maior
Silva de 60 anos), Jorge Affonso Prolik (maior de 60 anos), Pedro Carlos
PR051491 - Tatiane 007 0687908-5/02 Antun (maior de 60 anos), Rosangela Martins Faria, Sebastião
Muncinelli Elias da Silva (maior de 60 anos), Sumiko Matusne (maior de
PR056124 - Alexandre de 003 0596297-4/03 60 anos), Valdemir Yoshikazu Matusne. Advogado: PR030437 -
Almeida Eraldo Lacerda Junior. Observação: DESP 66. Vista Advogado:
Eraldo Lacerda Junior (PR030437)
0008 . Processo/Prot: 0730356-0/01 Recurso Especial Cível
. Protocolo: 2011/49046. Comarca: Francisco Beltrão. Vara:
Vista ao(s) Advogado (s) - Prazo : 5 dias 1ª Vara Cível. Ação Originária: 7303560-0 Apelação Civel.
0001 . Processo/Prot: 0582028-0/02 Recurso Especial Cível Recorrente: Banco Bradesco SA. Advogado: PR038023 -
. Protocolo: 2009/304398. Comarca: Foro Central da Comarca Newton Dorneles Saratt. Recorrido: Arnaldo Sabadin. Advogado:
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 19ª Vara Cível. Ação PR028706 - Eduardo Rafael Sabadin, PR027657 - Marley
Originária: 5820280-0 Apelação Civel. Recorrente: Hsbc Bank Trevisan Sabadin. Observação: DESP 66. Vista Advogado:
Brasil SA Banco Multiplo. Advogado: PR029066 - Kelly Cristina Rogério Pires Moraes (PR066049), Fernando Augusto Ogura
Worm Cotlinski Canzan, PR039824 - Mariana Esper Nicoletti (PR038205), Newton Dorneles Saratt (PR038023)
Krause. Recorrido: Luis de Carvalho. Advogado: PR039621 - José Vista a(s) Parte(s) - Prazo : 5 dias
da Costa Valim Neto. Observação: DESP 66. Vista Advogado: 0009 . Processo/Prot: 0642010-8/02 Recurso Especial Cível
José da Costa Valim Neto (PR039621) . Protocolo: 2010/247365. Comarca: Mandaguari. Vara: Vara
0002 . Processo/Prot: 0594417-8/03 Recurso Especial Cível Única. Ação Originária: 6420108-0 Apelação Civel. Recorrente:
. Protocolo: 2009/313835. Comarca: Foro Central da Comarca Banco Bradesco SA. Advogado: PR038023 - Newton Dorneles
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 14ª Vara Cível. Saratt. Recorrido: Kazuo Sonohara, Hiroshi Sonohara. Advogado:
Ação Originária: 5944178-0 Apelação Civel. Recorrente: Banco PR033479 - Carolina de Freitas Barbosa Domit, PR022629 -
Bradesco SA. Advogado: PR016440 - Marcos Cibischini do Amaral Carlos Alberto dos Santos, PR019012 - Cleber Tadeu Yamada.
Vasconcellos, PR006816 - Gilberto Pedriali. Recorrido: Geraldo Observação: DESP 66. Vista Advogado: Newton Dorneles Saratt
Avanci (maior de 60 anos), Jandira Vertudes Morial Lopes (maior (PR038023)
de 60 anos), Lourdes Domingues Travain, Luiz Baccetti (maior 0010 . Processo/Prot: 0653400-9/01 Recurso Especial Cível
de 60 anos), Oldenyr Caetano, Rubens Montanuci, Sergio Luiz . Protocolo: 2010/257102. Comarca: Santa Isabel do Ivaí.
Duarte, Silvio Cesar Signolfi. Advogado: PR034967 - Antonio Vara: Vara Única. Ação Originária: 6534009-0 Apelação Civel.
Saonetti. Observação: DESP 66. Vista Advogado: Luisa Jamur Recorrente: Banco Bradesco SA. Advogado: PR038023 - Newton
Ranocchi (PR082431) Dorneles Saratt. Recorrido: Daniel Morgueti, Espólio de Basilio
0003 . Processo/Prot: 0596297-4/03 Agravo Cível ao STF Vidor, Alcebiades Leite de Almeida (maior de 60 anos), Aquino
. Protocolo: 2011/39002. Comarca: Foro Central da Comarca Rosso (maior de 60 anos), Jose Alvaro Zanata, Alcides Rosso
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 3ª Vara Cível. Junior. Advogado: PR029957 - Fábio dos Reis Ruiz. Observação:
Ação Originária: 5962974-0/2 Recurso Especial e Extraordinário. DESP 66. Vista Advogado: Newton Dorneles Saratt (PR038023)
Agravante: Unibanco - União de Bancos Brasileiros SA. Advogado: 0011 . Processo/Prot: 0703340-5/01 Recurso Extraordinário/
PR056124 - Alexandre de Almeida. Agravado: Celio Alves Especial Cível
Serafim, Neuza Cavazoni Gonçalves, Ponciano dos Santos Filho, . Protocolo: 2011/92191, 2011/92195. Comarca: Guarapuava.
Tsuguio Yamaguti (maior de 60 anos), Paulo Roberto Teixeira Vara: 2ª Vara Cível. Ação Originária: 7033405-0 Apelação Civel.
(maior de 60 anos). Advogado: PR017884 - Darlon Carmelito de Recorrente: Banco Bradesco SA. Advogado: PR038023 - Newton
Oliveira. Observação: DESP 66. Vista Advogado: Darlon Carmelito Dorneles Saratt. Recorrido: Wilson Carlos Haas. Advogado:
de Oliveira (PR017884) PR021666 - Luciana Haas (maior de 60 anos). Observação: DESP
0004 . Processo/Prot: 0621150-7/01 Recurso Especial Cível 66. Vista Advogado: Newton Dorneles Saratt (PR038023)
. Protocolo: 2009/362907. Comarca: Umuarama. Vara: 1ª Vara IDMATERIA1538714IDMATERIA

Cível. Ação Originária: 6211507-0 Apelação Civel. Recorrente:


Banco Bradesco SA. Advogado: PR038023 - Newton Dorneles
Saratt. Recorrido: Tereza Berta Szerbatz (maior de 60 anos). Div. Rec. Tribunais Superiores
Advogado: PR028293 - Ieda Baretta Kauffmann, PR035669 - Relação No. 2019.03753
Solange Aparecida Ryszka, PR028937 - Mauricio Massaharu ____________________________________________________
- 33 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
PR018990 - Beatriz Fonseca 029 1416967-6/02
ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO Donato
030 1416967-6/05
Advogado Ordem Processo/Prot
PR020411 - Marcello Moreira 016 1142482-5/03
PE016983 - Antonio E. G. d. 001 0617642-1/01
017 1142482-5/07
Rueda
PR020668 - Carmen G. A. 025 1291674-6/03
002 0675814-7/01
Andrioli
005 0893215-6/02
029 1416967-6/02
006 0893215-6/04
030 1416967-6/05
007 0896180-0/01
032 1434401-1/03
008 0896180-0/03
PR021582 - Glauco Iwersen 003 0767942-3/02
022 1236208-4/04
021 1236208-4/02
028 1408627-2/02
PR021839 - Gleiton G. d. 011 0910224-1/04
PR004405 - Louise R. P. 013 0910710-2/04 Souza
Gionedis
PR021989 - G. d. S. 001 0617642-1/01
PR007919 - Milton Luiz C. 003 0767942-3/02 Gonçalves
Küster
PR022788 - Sandro Rafael 005 0893215-6/02
004 0873554-2/03 Bonatto
009 0907064-0/02 025 1291674-6/03
020 1162681-4/01 032 1434401-1/03
021 1236208-4/02 PR025375 - José Carlos P. 024 1273722-9/05
PR008123 - Louise R. P. 002 0675814-7/01 Filho
Gionédis 025 1291674-6/03
003 0767942-3/02 PR027109 - Maria A. C. M. 028 1408627-2/02
004 0873554-2/03 Vianna
007 0896180-0/01 030 1416967-6/05
008 0896180-0/03 PR027238 - Daniela 016 1142482-5/03
010 0910224-1/02 Pazinatto

014 1014316-3/02 017 1142482-5/07

015 1018731-6/02 025 1291674-6/03

016 1142482-5/03 PR027328 - Anderson 020 1162681-4/01


Hataqueiama
017 1142482-5/07
PR027507 - Márcio A. 004 0873554-2/03
018 1146372-0/03 Cavenague
019 1146372-0/05 PR027691 - César A. d. 023 1255005-5/01
020 1162681-4/01 França
021 1236208-4/02 PR027747 - Elaine G. M. 018 1146372-0/03
022 1236208-4/04 Pereira
023 1255005-5/01 019 1146372-0/05
024 1273722-9/05 023 1255005-5/01
025 1291674-6/03 024 1273722-9/05
026 1357435-3/04 029 1416967-6/02
027 1364240-5/02 030 1416967-6/05
028 1408627-2/02 PR029486 - A. L. R. Tagliari 009 0907064-0/02
029 1416967-6/02 015 1018731-6/02
030 1416967-6/05 020 1162681-4/01
031 1418303-0/02 PR029545 - Patricia R. C. 024 1273722-9/05
Jost
032 1434401-1/03
025 1291674-6/03
033 1443941-9/01
029 1416967-6/02
034 1443941-9/04
030 1416967-6/05
035 1494319-6/03
PR031148 - Dário B. d. L. 032 1434401-1/03
036 1527243-0/02
Neto
PR011173 - João Correa 027 1364240-5/02
PR035137 - Reinaldo Mirico 035 1494319-6/03
Sobania
Aronis
030 1416967-6/05
PR040357 - Jean C. M. 001 0617642-1/01
031 1418303-0/02 Francisco
034 1443941-9/04 009 0907064-0/02
035 1494319-6/03 012 0910710-2/02
PR012039 - Francisco Spisla 016 1142482-5/03 PR044250 - Fernando Anzola 005 0893215-6/02
017 1142482-5/07 Pivaro
023 1255005-5/01 006 0893215-6/04
024 1273722-9/05 009 0907064-0/02
025 1291674-6/03 012 0910710-2/02
PR012146 - Luiz Carlos 024 1273722-9/05 PR044759 - Eneida de C. 030 1416967-6/05
Lugues Camargo
PR012722 - Agnaldo M. A. 035 1494319-6/03 PR045658 - Karina 014 1014316-3/02
Bezerra Hashimoto
PR014078 - Murilo Cleve 004 0873554-2/03 029 1416967-6/02
Machado PR047282 - Rubia Andrade 032 1434401-1/03
PR014578 - Gilberto G. d. 024 1273722-9/05 Fagundes
Silva PR048015 - Mariana Clivati 014 1014316-3/02
PR016137 - Claudia Lorena 032 1434401-1/03 Soares
Carraro 027 1364240-5/02
PR017200 - Adenilson Cruz 018 1146372-0/03 PR049548 - Alaim G. F. 001 0617642-1/01
019 1146372-0/05 Stefanello
PR017527 - Hugo Francisco 012 0910710-2/02 018 1146372-0/03
Gomes 019 1146372-0/05
PR018970 - Edgar Luiz Dias 011 0910224-1/04 PR052944 - Mário M. 005 0893215-6/02
017 1142482-5/07 Nascimento
019 1146372-0/05 006 0893215-6/04
022 1236208-4/04 011 0910224-1/04
- 34 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
PR058413 - Andre Augusto 015 1018731-6/02 0002 . Processo/Prot: 0675814-7/01 Recurso Especial Cível
Corleto . Protocolo: 2010/307668. Comarca: Londrina. Vara: 4ª Vara
PR061473 - Vinicius Cardoso 014 1014316-3/02 Cível. Ação Originária: 6758147- Apelação Civel. Recorrente:
Braga Caixa Seguradora S/a. Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo
PR061713 - Nelson Luiz N. 035 1494319-6/03 Gonçalves de Rueda. Recorrido: Ana Maria Pedroso Teixeira
Alessio (maior de 60 anos), Ana Maria Rodrigues da Conceição, Antonio
PR062639 - Vivian Garcia 035 1494319-6/03 Calixto Filho (maior de 60 anos), Argenor Del Fiol (maior de 60
Pereira anos), Edson Soncela (maior de 60 anos), Luzia Rosa Batista
PR062948 - Paola C. d. 014 1014316-3/02 (maior de 60 anos), Maria da Penha Rodrigues da Conceição
Carvalho (maior de 60 anos), Maria Olinda Kreisel (maior de 60 anos),
PR065618 - Nelson Luiz N. 027 1364240-5/02 Sandra Leonor Rodrigues da Conceição (maior de 60 anos),
Alessio Severina Dias de Souza (maior de 60 anos). Advogado: PR008123
PR067090 - Paulo Antônio 010 0910224-1/02 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Despacho: Processo Sobrestado
Müller (art. 1.037 CPC 2015)
011 0910224-1/04 1. Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou
012 0910710-2/02 prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram
013 0910710-2/04 embargos de declaração (fls. 2.114/2.116), alegando que a
016 1142482-5/03 decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei
024 1273722-9/05 prevê expressamente que em face da decisão que determina
025 1291674-6/03 o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição".
026 1357435-3/04
Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a
análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos
030 1416967-6/05
termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo
036 1527243-0/02
Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.2. Os presentes embargos
PR068122 - Vinicius H. Silva 032 1434401-1/03 merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido
PR070363 - Eduarda Neves 032 1434401-1/03 de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de
Martins distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do
PR073023 - Eugênia C. 031 1418303-0/02 Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça
Crosati a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento
035 1494319-6/03 do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado
RJ048812 - Rosangela D. 023 1255005-5/01 por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
Guerreiro jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
RJ084111 - B. B. C. G. 029 1416967-6/02 a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
Coelho gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
035 1494319-6/03 risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
RJ132101 - Josemar L. 018 1146372-0/03 podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
Pereira competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
019 1146372-0/05 heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
033 1443941-9/01 suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
034 1443941-9/04 tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
RJ143499 - Renata Marinho 023 1255005-5/01 de Processo Civil". É de se ressaltar, ainda, que o Supremo
Martins Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência
RS013449 - Paulo Antônio 017 1142482-5/07 para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros
Müller de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de
RS035572 - Marco A. M. 036 1527243-0/02 Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior
Moreira Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como
RS043524 - Debora O. 029 1416967-6/02 reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos
Barcellos que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno
RS061655 - Carla Pinto da 036 1527243-0/02 dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030
Costa do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/
SC007701 - Mário M. 009 0907064-0/02 PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
Nascimento deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado,
012 0910710-2/02 até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça
SP027215 - Ilza Regina D. 014 1014316-3/02 acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput
Dias e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
027 1364240-5/02 Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
032 1434401-1/03 Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
035 1494319-6/03 nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
SP061713 - Nelson Luiz N. 014 1014316-3/02
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
Alessio BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
032 1434401-1/03 julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
Despachos proferidos pelo Exmo Sr. 1º Vice-Presidente judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
0001 . Processo/Prot: 0617642-1/01 Recurso Especial Cível deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
. Protocolo: 2010/309452. Comarca: Londrina. Vara: 8ª Vara em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
Cível. Ação Originária: 6176421- Apelação Civel. Recorrente: Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
Caixa Seguradora S/a. Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No tocante
Gonçalves de Rueda. Recorrido: Anilton Pires de Oliveira, à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão recorrido
Brasilina Cipriana Pereira, Encarnação Fernandes de Souza, a análise do mencionado pedido, os embargos de declaração
Idenor Ferreira da Cruz, Irene Nunes Vieira, Joana D'arc devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10, inciso III,
Quimentão, João Alves de Oliveira Filho, Maria Amélia de do Código de Processo Civil preveja que o pedido de distinção
Oliveira, Maria Aparecida Felesmino, Neuza de Melo Oliveira. será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for sobrestado
Advogado: PR040357 - Jean Carlos Martins Francisco, PR021989 recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal de origem",
- Guilherme de Salles Gonçalves. Interessado: Caixa Econômica a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida no contexto
Federal. Advogado: PR049548 - Alaim Giovani Fortes Stefanello. em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação sistemática
Despacho: da norma legal, entendimento este adotado desde o início da
Nos termos do § 11 do artigo 1.037 do novo Código de Processo vigência do novo Código de Processo Civil. Assim, cabendo a
Civil, intimem-se a recorrente CAIXA SEGURADORA S/A e esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade de recursos
a interessada CAIXA ECONÔMICA FEDERAL para, querendo, especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes também
oferecerem manifestação em cinco dias acerca do contido na deverão ser aqui apreciados. 3. Diante do exposto, acolho os
petição de distinção (fls. 1.024/1.028). Curitiba, 13 de junho de embargos de declaração opostos por ANA MARIA PEDROSO
2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice- TEIXEIRA E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o
Presidente 3065/11 - AR06E pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 20 de
- 35 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não
1º Vice-Presidente 25932/16 - AR33 poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
0003 . Processo/Prot: 0767942-3/02 Recurso Especial Cível a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
. Protocolo: 2012/264752. Comarca: Londrina. Vara: 2ª Vara representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
Cível. Ação Originária: 7679423-0 Apelação Civel. Recorrente: determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
Caixa Seguradora Sa. Advogado: PR021582 - Glauco Iwersen, leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
PR007919 - Milton Luiz Cleve Küster. Recorrido: Aparecida atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se
Biasetto da Silva (maior de 60 anos), Aparecida Maria Cardoso, discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
José Ciro Jacinto, Lázaro Aparecido Coelho (maior de 60 anos), de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
Maria Rosa Luiz de Aguilar (maior de 60 anos), Milton Bueno de entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da
Gois (maior de 60 anos), Valdir José da Cruz, Vergínia Delgado Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso
Venâncio (maior de 60 anos), Valdenice de Freitas Paulino, em tela" (fls. 683/687). Conforme já consignado por esta 1ª Vice-
Zenaide de Souza Costa. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado
Pereira Gionédis. Despacho: pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da
Trata-se de pedido de distinção interposto por CAIXA Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma
SEGURADORA S/A, por meio do qual pretendem anular a decisão potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes,
proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em cumprimento diante das novas teses que não podem ser simplesmente
ao determinado nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a suspensão dos inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão
recursos até ulterior deliberação. Devidamente intimada, CAIXA pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de
SEGURADORA S/A manifestou- se pela manutenção da decisão. competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto
Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil".
poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, deve
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 677 e verso, até
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca
a determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º,
os leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal,
"para atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de
que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos
Financeiro de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR,
pública"; entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE,
edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos
Lei ao caso em tela" (fls. 951/955). Conforme já consignado dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em
por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir
jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção
a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, da Caixa Econômica Federal como representante judicial do
gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve
risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 27 de
de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado 1º Vice-Presidente 2507/14 - AR33
à fl. 947, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de 0005 . Processo/Prot: 0893215-6/02 Recurso Especial Cível
Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, . Protocolo: 2013/117291. Comarca: Londrina. Vara: 7ª Vara
caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Cível. Ação Originária: 0893215-6/01 Embargos de Declaração.
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Recorrente: Anselmo Antônio Lucena (maior de 60 anos), Maria
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida Aparecida Amorim, Ormízio Alves de Souza (maior de 60 anos),
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº Otair Pereira Garcia, Paulo Alves Rezende, Virginia Maria da Silva,
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO Josefa Maria Conceição da Silva, Lourdes Santos Batista, Manoel
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os da Silva Correa, Márcia Lopes. Advogado: PR052944 - Mário
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de Marcondes Nascimento, PR044250 - Fernando Anzola Pivaro,
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate PR022788 - Sandro Rafael Bonatto. Recorrido: Caixa Seguradora
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou Sa. Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo Gonçalves de Rueda.
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NO RECURSO ESPECIAL
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos CÍVEL Nº 893.215-6/02 EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NO
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema RECURSO ESPECIAL CÍVEL Nº 893.215-6/04 EMBARGANTES:
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública ANSELMO ANTÔNIO LUCENA E OUTROSOs Embargantes,
- ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do inconformados com o despacho que julgou prejudicado o
exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o pedido de distinção por eles interposto, opuseram embargos de
sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 30 de declaração (fls. 1397/1.402), alegando que a decisão padece
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA de contradição e obscuridade, pois "a lei prevê expressamente
1º Vice-Presidente 22487/12 - AR33 que em face da decisão que determina o sobrestamento cabe
0004 . Processo/Prot: 0873554-2/03 Recurso Especial Cível a apresentação da referida petição". Defenderam, ainda, existir
. Protocolo: 2013/352162, 2013/430319. Comarca: Medianeira. vício de contrariedade, uma vez que a análise do pedido é
Vara: Vara Cível e Anexos. Ação Originária: 8735542-0 Agravo atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos termos do
de Instrumento. Recorrente: Aloisio José Burg, Angela Krilov, inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo
Catarina Mendes Julião, Dalcir José Zgierski, Eliane Ulrich, Ines Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos
Sautiro Ulrich, Jacinto Pedro Dattein, Jair Buche, Maria das Dores merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido
Martins Silva, Maycon Bastian, Mirta Graciana Ulrich. Advogado: de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de
PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Sul distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do
America Nacional de Seguros Gerais S. A. Advogado: PR007919 Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça
- Milton Luiz Cleve Küster, PR027507 - Márcio Alexandre a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento
Cavenague, PR014078 - Murilo Cleve Machado. Despacho: do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado
Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
Trata-se de pedido de distinção interposto por ALOÍSIO jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
JOSÉ BURG E OUTROS, por meio do qual pretendem a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão. heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
- 36 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
de Processo Civil". É de se ressaltar, ainda, que o Supremo competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior de Processo Civil". É de se ressaltar, ainda, que o Supremo
Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência
reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros
que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de
dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030 Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior
do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/ Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como
PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos
deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado, que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno
até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030
acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/
e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado,
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
declaração devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10, Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice
inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No
distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão
sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de
de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida declaração devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10,
no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de
sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for
o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim, sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal
cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida
de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação
também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde
os embargos de declaração opostos por ANSELMO ANTÔNIO o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim,
LUCENA E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade
pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 20 de de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho
1º Vice-Presidente AR33 os embargos de declaração opostos por ANSELMO ANTÔNIO
0006 . Processo/Prot: 0893215-6/04 Recurso Especial Cível LUCENA E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o
. Protocolo: 2017/109861. Comarca: Londrina. Vara: 7ª Vara pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 20 de
Cível. Ação Originária: 8932156-0 Apelação Civel. Recorrente: maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
Anselmo Antônio Lucena (maior de 60 anos), Maria Aparecida 1º Vice-Presidente AR33
Amorim, Ormízio Alves de Souza (maior de 60 anos), Otair Pereira 0007 . Processo/Prot: 0896180-0/01 Recurso Especial Cível
Garcia, Paulo Alves Rezende, Virginia Maria da Silva, Josefa Maria . Protocolo: 2013/28308. Comarca: Londrina. Vara: 7ª Vara Cível.
Conceição da Silva, Lourdes Santos Batista, Manoel da Silva Ação Originária: 8961800-0 Apelação Civel. Recorrente: Adão
Correa, Márcia Lopes. Advogado: PR052944 - Mário Marcondes Francisco de Castro (maior de 60 anos), Ismar da Cruz Reis (maior
Nascimento, PR044250 - Fernando Anzola Pivaro, PR044250 de 60 anos), Maria das Graças Luiz de Aquilar (maior de 60 anos),
- Fernando Anzola Pivaro. Recorrido: Caixa Seguradora Sa. Marlene da Silva Souza (maior de 60 anos), Walquires Batista da
Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo Gonçalves de Rueda. Cruz, Naulindo Kuasne, Nilce Batista Costa, Orlando Moscheto,
Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) Pedro Portella, Tereso Lemes Fonseca. Advogado: PR008123 -
EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NO RECURSO ESPECIAL Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Caixa Seguradora Sa.
CÍVEL Nº 893.215-6/02 EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NO Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo Gonçalves de Rueda.
RECURSO ESPECIAL CÍVEL Nº 893.215-6/04 EMBARGANTES: Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
ANSELMO ANTÔNIO LUCENA E OUTROSOs Embargantes, Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.223/1.227
inconformados com o despacho que julgou prejudicado o por ADÃO FRANCISCO DE CASTRO E OUTROS, por meio
pedido de distinção por eles interposto, opuseram embargos de do qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-
declaração (fls. 1397/1.402), alegando que a decisão padece Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos
de contradição e obscuridade, pois "a lei prevê expressamente Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/
que em face da decisão que determina o sobrestamento cabe PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação.
a apresentação da referida petição". Defenderam, ainda, existir Devidamente intimada, a Recorrida manifestou-se no sentido de
vício de contrariedade, uma vez que a análise do pedido é manter a decisão de sobrestamento (fl. 1.239). Sustentaram os
atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos termos do Requerentes que "o recurso interposto não poderia ser objeto de
inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo sobrestamento, uma vez que é distinta a matéria a ser decidida
Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos pela Corte Superior nos recursos representativo de controvérsia
merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido sobre os quais foi fundamentada a determinação de suspensão".
de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de Argumentaram, para tanto, que, os leading cases tratam da
distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para atrair a competência da
Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária,
a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação - SFH, quando
do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado se tratar de apólice pública"; entretanto, a presente ação foi
por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate distribuída "antes da edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo
jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada aplicada a aludida Lei ao caso em tela" (fl. 1.224). Conforme
a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, já consignado por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos,
gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave "todo debate jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região
- 37 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
somada a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em que assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como
verdade, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e
grave risco de decisões conflitantes, diante das novas teses Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da
que não podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária,
positivo de competência, sendo inescondível a presença de no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se
prejudicialidade heterogênea, razão pela qual o fundamento da tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e
decisão de suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- 09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção de
Presidência tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ? fls. 1.223/1.227 interposto por ADÃO FRANCISCO DE CASTRO
a?, do Código de Processo Civil". Por tais razões e diante do E OUTROS e mantenho o sobrestamento do recurso especial.
novo cenário acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento Intimem-se. Curitiba, 27 de maio de 2019. Assinado digitalmente
determinado à fl. 1.193, até pronunciamento definitivo do Superior DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 6115/13 - AR06E
Tribunal de Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos 0009 . Processo/Prot: 0907064-0/02 Recurso Especial Cível
do artigo 2º, caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto . Protocolo: 2012/452657, 2012/452659. Comarca: Londrina. Vara:
de 2008 daquele Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, 1ª Vara Cível. Ação Originária: 9070640-0 Agravo de Instrumento.
inciso III, do novo Código de Processo Civil, em cumprimento à Recorrente: Mara Aparecida Marcilio, Gilson Augusto de Souza,
decisão proferida nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº Valdevino Gomes Balbino, Maria Julia dos Santos Gomes,
1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Aparecida Raimundo, Aldecir Machado da Silva. Advogado:
Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, determinou que deverão SC007701 - Mário Marcondes Nascimento, PR040357 - Jean
permanecer suspensos os julgamentos dos processos em primeiro Carlos Martins Francisco, PR044250 - Fernando Anzola Pivaro.
e segundo graus de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, Recorrido: Liberty Seguros Sa. Advogado: PR029486 - Angelino
em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, Luiz Ramalho Tagliari, PR007919 - Milton Luiz Cleve Küster.
que assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como Interessado: Mara Aparecida Marcilio, Gilson Augusto de Souza,
representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Valdevino Gomes Balbino, Maria Julia dos Santos Gomes.
Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da Advogado: SC007701 - Mário Marcondes Nascimento, PR040357
Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária, - Jean Carlos Martins Francisco. Despacho: Processo Sobrestado
no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se (art. 1.037 CPC 2015)
tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 487/491 por
09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção de MARA APARECIDA MARCILIO E OUTROS, por meio do qual
fls. 1.223/1.227 interposto por ADÃO FRANCISCO DE CASTRO pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência
E OUTROS e mantenho o sobrestamento do recurso especial. que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais
Intimem-se. Curitiba, 27 de maio de 2019. Assinado digitalmente nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou
DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 6115/13 - AR06E a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
0008 . Processo/Prot: 0896180-0/03 Recurso Especial Cível intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão
. Protocolo: 2017/98059. Comarca: Londrina. Vara: 7ª Vara Cível. (fl. 498). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto
Ação Originária: 8961800-0 Apelação Civel. Recorrente: Adão não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
Francisco de Castro (maior de 60 anos), Ismar da Cruz Reis (maior a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
de 60 anos), Maria das Graças Luiz de Aquilar (maior de 60 anos), representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
Marlene da Silva Souza (maior de 60 anos), Walquires Batista da determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
Cruz, Naulindo Kuasne, Nilce Batista Costa, Orlando Moscheto, leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
Pedro Portella, Tereso Lemes Fonseca. Advogado: PR008123 - atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se
Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Caixa Seguradora Sa. discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo Gonçalves de Rueda. de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.223/1.227 Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso
por ADÃO FRANCISCO DE CASTRO E OUTROS, por meio em tela" (fl. 488). Conforme já consignado por esta 1ª Vice-
do qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice- Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado
Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/ Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma
PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes,
Devidamente intimada, a Recorrida manifestou-se no sentido de diante das novas teses que não podem ser simplesmente
manter a decisão de sobrestamento (fl. 1.239). Sustentaram os ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
Requerentes que "o recurso interposto não poderia ser objeto de inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão
sobrestamento, uma vez que é distinta a matéria a ser decidida pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de
pela Corte Superior nos recursos representativo de controvérsia competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto
sobre os quais foi fundamentada a determinação de suspensão". o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil".
Argumentaram, para tanto, que, os leading cases tratam da Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para atrair a competência da deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 475, até
Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária, pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca
no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação - SFH, quando do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º,
se tratar de apólice pública"; entretanto, a presente ação foi da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal,
distribuída "antes da edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de
aplicada a aludida Lei ao caso em tela" (fl. 1.224). Conforme Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos
já consignado por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR,
"todo debate jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE,
somada a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos
verdade, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em
grave risco de decisões conflitantes, diante das novas teses trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir
que não podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção
positivo de competência, sendo inescondível a presença de da Caixa Econômica Federal como representante judicial do
prejudicialidade heterogênea, razão pela qual o fundamento da FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve
decisão de suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
Presidência tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ? em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
a?, do Código de Processo Civil". Por tais razões e diante do Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
novo cenário acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
determinado à fl. 1.193, até pronunciamento definitivo do Superior exposto, indefiro o pedido de distinção de fls. 487/491 por MARA
Tribunal de Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos APARECIDA MARCILIO E OUTROS e mantenho o sobrestamento
do artigo 2º, caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 31 de maio de 2019.
de 2008 daquele Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-
inciso III, do novo Código de Processo Civil, em cumprimento à Presidente 2449/13 - AR06E
decisão proferida nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 0010 . Processo/Prot: 0910224-1/02 Recurso Especial Cível
1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, . Protocolo: 2013/28301. Comarca: Umuarama. Vara: 1ª Vara
Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, determinou que deverão Cível. Ação Originária: 9102241-0 Agravo de Instrumento.
permanecer suspensos os julgamentos dos processos em primeiro Recorrente: João Carlos Giroldo, João Luiz Sartori, Maria do
e segundo graus de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, Rosário Ferreira, Sebastiana Gonçalves Baquetes. Advogado:
em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Sul
- 38 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
América Companhia Nacional de Seguros Gerais Sa. Advogado: de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
PR067090 - Paulo Antônio Müller. Despacho: Descrição: entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da
Despachos Decisóriosmantenho o sobrestamento do recurso Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso
especial em tela" (fls. 765/769). Conforme já consignado por esta 1ª Vice-
Trata-se de pedido de distinção interposto por JOÃO CARLOS Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado
GIROLDO E OUTROS, por meio do qual pretendem anular pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da
a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma
cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes,
1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a diante das novas teses que não podem ser simplesmente
suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
intimada, SUL AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL DE inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão
SEGUROS GERAIS S/A manifestou-se pela manutenção da pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de
decisão. Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto
não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil".
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, deve
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 761 e verso, até
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º,
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal,
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR,
Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE,
em tela" (fls. 765/769). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, da Caixa Econômica Federal como representante judicial do
diante das novas teses que não podem ser simplesmente FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, deve sobrestamento dos recursos especiais. Intimem-se. Curitiba, 27 de
ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 761 e verso, até maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca 1º Vice-Presidente AR33
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, 0012 . Processo/Prot: 0910710-2/02 Recurso Especial Cível
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, . Protocolo: 2012/358490. Comarca: Londrina. Vara: 10ª Vara
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de Cível. Ação Originária: 9107102-0 Apelação Civel. Recorrente:
Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos Amilton Monteiro Vailant (maior de 60 anos), Elizabeth da Silva
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, Gomes (maior de 60 anos), Helena Maria Balzanello Carvalho,
por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, Maria de Oliveira Barreiros (maior de 60 anos), Marisa Gomes de
determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos Oliveira, Neuza Alves de Almeida (maior de 60 anos), Orivaldo
dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em Guilherme, Otacílio Ferreira de Souza, Otaviano Moreira Martins
trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir (maior de 60 anos), Reginaldo Aparecido Nishikawa. Advogado:
da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção SC007701 - Mário Marcondes Nascimento, PR017527 - Hugo
da Caixa Econômica Federal como representante judicial do Francisco Gomes, PR040357 - Jean Carlos Martins Francisco,
FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve PR044250 - Fernando Anzola Pivaro. Recorrido: Sul América Cia
ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos Nacional de Seguros Gerais S/a. Advogado: PR067090 - Paulo
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Antônio Müller. Despacho:
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública Retifique-se o termo de registro e autuação dos recursos
- ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do especiais, conforme pedido de fls. 1.206, providenciando que
exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o as intimações e publicações da parte recorrida SUL AMÉRICA
sobrestamento dos recursos especiais. Intimem-se. Curitiba, 27 de COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS GERAIS S/A, sejam
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA realizadas exclusivamente em nome do advogado PAULO
1º Vice-Presidente AR33 ANTÔNIO MULLER (OAB/PR nº 67.090). Nos termos do § 2º do
0011 . Processo/Prot: 0910224-1/04 Recurso Especial Cível artigo 1.023 do Código de Processo Civil, intime-se a recorrida
. Protocolo: 2016/277084, 2017/116551. Comarca: Umuarama. SUL AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS GERAIS
Vara: 1ª Vara Cível. Ação Originária: 9102241-0 Agravo S/A. para, querendo, oferecer manifestação em cinco dias acerca
de Instrumento. Recorrente (1): Caixa Econômica Federal. dos embargos de declaração opostos às fls. 1.194/1.199. Curitiba,
Advogado: PR018970 - Edgar Luiz Dias. Recorrente (2): Sul 27 de maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE
América Companhia Nacional de Seguros Gerais Sa. Advogado: MOURA 1º Vice-Presidente AR33
PR067090 - Paulo Antônio Müller. Recorrido: João Carlos 0013 . Processo/Prot: 0910710-2/04 Recurso Especial Cível
Giroldo, João Luiz Sartori, Maria do Rosário Ferreira, Sebastiana . Protocolo: 2017/166636. Comarca: Londrina. Vara: 10ª Vara
Gonçalves Baquetes. Advogado: PR021839 - Gleiton Gonçalves Cível. Ação Originária: 9107102-0 Apelação Civel. Recorrente:
de Souza, PR052944 - Mário Marcondes Nascimento. Despacho: Amilton Monteiro Vailant (maior de 60 anos), Elizabeth da Silva
Descrição: Despachos Decisóriosmantenho o sobrestamento do Gomes (maior de 60 anos), Helena Maria Balzanello Carvalho,
recurso especial Maria de Oliveira Barreiros (maior de 60 anos), Marisa Gomes de
Trata-se de pedido de distinção interposto por JOÃO CARLOS Oliveira, Neuza Alves de Almeida (maior de 60 anos), Orivaldo
GIROLDO E OUTROS, por meio do qual pretendem anular Guilherme, Otacílio Ferreira de Souza, Otaviano Moreira Martins
a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em (maior de 60 anos), Reginaldo Aparecido Nishikawa. Advogado:
cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº PR004405 - Louise Rainer Pereira Gionedis. Recorrido: Sul
1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a América Cia Nacional de Seguros Gerais S/a. Advogado:
suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente PR067090 - Paulo Antônio Müller. Despacho:
intimada, SUL AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL DE Retifique-se o termo de registro e autuação dos recursos
SEGUROS GERAIS S/A manifestou-se pela manutenção da especiais, conforme pedido de fls. 1.206, providenciando que
decisão. Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto as intimações e publicações da parte recorrida SUL AMÉRICA
não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS GERAIS S/A, sejam
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos realizadas exclusivamente em nome do advogado PAULO
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a ANTÔNIO MULLER (OAB/PR nº 67.090). Nos termos do § 2º do
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os artigo 1.023 do Código de Processo Civil, intime-se a recorrida
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para SUL AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS GERAIS
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se S/A. para, querendo, oferecer manifestação em cinco dias acerca
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro dos embargos de declaração opostos às fls. 1.194/1.199. Curitiba,
- 39 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
27 de maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE DA SILVA E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o
MOURA 1º Vice-Presidente AR33 pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 20 de
0014 . Processo/Prot: 1014316-3/02 Recurso Especial Cível maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
. Protocolo: 2014/487030. Comarca: Região Metropolitana de 1º Vice-Presidente AR33
Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 1ª Vara Cível. Ação 0015 . Processo/Prot: 1018731-6/02 Recurso Especial Cível
Originária: 1014316-3 Agravo de Instrumento. Recorrente: Maria . Protocolo: 2016/133285. Comarca: Região Metropolitana de
das Graças da Silva, Noel Francisco Inácio, Olivardo Cabral, Maringá - Foro Central de Maringá. Vara: 2ª Vara Cível.
Orival de Paula Marcelino, Orlando Vieira, Osvaldo Teixeira, Ação Originária: 1018731-6 Apelação Civel. Recorrente: Adriano
Otacilio da Silva de Andrade, Valdecir Leite, Valentin Mário Bulcão, Clarindo Primavera (maior de 60 anos), Francisco Pereira
Silveira, Vitor Gabriel Filho. Advogado: PR008123 - Louise Rainer dos Santos (maior de 60 anos), Josué Antônio Delfino Junior,
Pereira Gionédis. Recorrido: Sul América Companhia Nacional de Maria Clarise Garcia Saito, Miguel Cordeiro Cardoso (maior de
Seguros Gerais S/a. Advogado: SP027215 - Ilza Regina Defilippi 60 anos), Paulo Alvares Barros, Santo Pereira de Brito (maior
Dias, PR045658 - Karina Hashimoto, SP061713 - Nelson Luiz de 60 anos), Sebastião Micezo Barbosa, Walter Aguiar Philot
Nouvel Alessio, PR048015 - Mariana Clivati Soares, PR062948 - (maior de 60 anos). Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira
Paola Caetano de Carvalho, PR061473 - Vinicius Cardoso Braga. Gionédis. Recorrido: Liberty Seguros Sa. Advogado: PR029486
Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) - Angelino Luiz Ramalho Tagliari, PR058413 - Andre Augusto
Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou Corleto. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram Trata-se de pedido de distinção interposto por ADRIANO
embargos de declaração (fls. 971/976), alegando que a BULCÃO E OUTROS, por meio do qual pretendem anular
decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em
prevê expressamente que em face da decisão que determina cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº
o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição". 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a
Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão.
termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não
Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada
distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do a determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que,
Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça os leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014
a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento "para atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em
do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate Financeiro de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice
jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada pública"; entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da
a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida
gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave Lei ao caso em tela" (fls. 1.143/1.147). Conforme já consignado
risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
de Processo Civil". É de se ressaltar, ainda, que o Supremo competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário
Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado
reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos à fl. 1.124, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de
que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º,
dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030 caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/ Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado, nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 30 de
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema 1º Vice-Presidente 23238/16 - AR33
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice 0016 . Processo/Prot: 1142482-5/03 Recurso Extraordinário/
pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No Especial Cível
tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão . Protocolo: 2014/55979, 2014/55999, 2015/298925. Comarca:
recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de Região Metropolitana de Londrina - Foro Central de Londrina.
declaração devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10, Vara: 8ª Vara Cível. Ação Originária: 1142482-5 Agravo de
inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de Instrumento. Recorrente (1): Sul América Companhia Nacional de
distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for Seguros Gerais Sa. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller.
sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal Recorrente (2): Eurica da Silva (maior de 60 anos), Geraldo Roque
de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida da Silva (maior de 60 anos), Izabel Aparecida Andrade Raimundo,
no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação João Evangelista Ladislau, José Jacinto de Almeida (maior de 60
sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde anos), Luzia Souza de Barros Gama (maior de 60 anos), Maria
o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim, Aparecida Costa de Souza (maior de 60 anos), Maria de Assis dos
cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade Santos (maior de 60 anos), Maria Euripedes dos Santos, Marli Hotz
de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes Lopes. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis.
também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho Recorrido (1): Eurica da Silva (maior de 60 anos), Geraldo Roque
os embargos de declaração opostos por MARIA DAS GRAÇAS da Silva (maior de 60 anos), Izabel Aparecida Andrade Raimundo,
- 40 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
João Evangelista Ladislau, José Jacinto de Almeida (maior de 60 dos Santos (maior de 60 anos), Maria Euripedes dos Santos,
anos), Luzia Souza de Barros Gama (maior de 60 anos), Maria Marli Hotz Lopes. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira
Aparecida Costa de Souza (maior de 60 anos), Maria de Assis Gionédis. Recorrido (2): Sul América Companhia Nacional de
dos Santos (maior de 60 anos), Maria Euripedes dos Santos, Seguros Gerais Sa. Advogado: RS013449 - Paulo Antônio Müller.
Marli Hotz Lopes. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Recorrido (3): Caixa Econômica Federal. Advogado: PR027238
Gionédis. Recorrido (2): Sul América Companhia Nacional de - Daniela Pazinatto, PR012039 - Francisco Spisla, PR020411
Seguros Gerais Sa. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller. - Marcello Moreira. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037
Interessado: Caixa Econômica Federal. Advogado: PR027238 - CPC 2015)
Daniela Pazinatto, PR012039 - Francisco Spisla, PR020411 - Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.142/1.146 por
Marcello Moreira. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 EURICA DA SILVA E OUTROS, por meio do qual pretendem
CPC 2015) anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que,
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.142/1.146 por em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº
EURICA DA SILVA E OUTROS, por meio do qual pretendem 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a
anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão
1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a (fl. 1.166). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto
suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
(fl. 1.166). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; em tela" (fl. 1.142). Conforme já consignado por esta 1ª Vice-
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado
Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da
em tela" (fl. 1.142). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes,
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da diante das novas teses que não podem ser simplesmente
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão
diante das novas teses que não podem ser simplesmente pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil".
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.138, até
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º,
deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.138, até da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal,
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR,
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE,
Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em
por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir
determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção
dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em da Caixa Econômica Federal como representante judicial do
trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser
da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que
da Caixa Econômica Federal como representante judicial do se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo
reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do exposto,
se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro indefiro o pedido de distinção de fls. 1.142/1.146 interposto por
da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo EURICA DA SILVA E OUTROS e mantenho o sobrestamento
66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do exposto, do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 28 de maio de 2019.
indefiro o pedido de distinção de fls. 1.142/1.146 interposto por Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-
EURICA DA SILVA E OUTROS e mantenho o sobrestamento Presidente 6671/16 - AR06E
do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 28 de maio de 2019. 0018 . Processo/Prot: 1146372-0/03 Recurso Especial Cível
Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice- . Protocolo: 2015/72419. Comarca: Apucarana. Vara: 1ª Vara
Presidente 6671/16 - AR06E Cível. Ação Originária: 1146372-0 Agravo de Instrumento.
0017 . Processo/Prot: 1142482-5/07 Recurso Especial Cível Recorrente: Alcides Belini, Carmem Carrascoso de Oliveira,
. Protocolo: 2017/31514, 2017/218631, 2017/225102. Comarca: Dorival dos Santos, Evaristo Cereja (maior de 60 anos), Helga
Região Metropolitana de Londrina - Foro Central de Londrina. Kaizer, José Carlos Zani, Luzia de Padua Silva, Romilda Ramos
Vara: 8ª Vara Cível. Ação Originária: 1142482-5 Agravo Tavares Pinto, Rosalina Malaquias Neves Gouveia, Sebastião
de Instrumento. Recorrente (1): Caixa Econômica Federal. Pedro Caonceição. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira
Advogado: PR027238 - Daniela Pazinatto, PR012039 - Francisco Gionédis. Recorrido: Federal Seguros Sa. Advogado: RJ132101 -
Spisla, PR020411 - Marcello Moreira, PR018970 - Edgar Luiz Dias. Josemar Lauriano Pereira. Interessado: Caixa Econômica Federal.
Recorrente (2): Eurica da Silva (maior de 60 anos), Geraldo Roque Advogado: PR027747 - Elaine Garcia Monteiro Pereira, PR017200
da Silva (maior de 60 anos), Izabel Aparecida Andrade Raimundo, - Adenilson Cruz, PR049548 - Alaim Giovani Fortes Stefanello.
João Evangelista Ladislau, José Jacinto de Almeida (maior de 60 Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
anos), Luzia Souza de Barros Gama (maior de 60 anos), Maria 1. Trata-se de pedido de distinção interposto por ALCIDES BELINI
Aparecida Costa de Souza (maior de 60 anos), Maria de Assis E OUTROS, por meio do qual pretendem anular a decisão
dos Santos (maior de 60 anos), Maria Euripedes dos Santos, proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em cumprimento
Marli Hotz Lopes. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira ao determinado nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº
Gionédis. Recorrente (3): Sul América Companhia Nacional de 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a suspensão dos
Seguros Gerais Sa. Advogado: RS013449 - Paulo Antônio Müller. recursos até ulterior deliberação. 2. Devidamente intimada,
Recorrido (1): Eurica da Silva (maior de 60 anos), Geraldo Roque FEDERAL SEGUROS S/A manifestou-se pela manutenção da
da Silva (maior de 60 anos), Izabel Aparecida Andrade Raimundo, decisão. 3. Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto
João Evangelista Ladislau, José Jacinto de Almeida (maior de 60 não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
anos), Luzia Souza de Barros Gama (maior de 60 anos), Maria a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
Aparecida Costa de Souza (maior de 60 anos), Maria de Assis representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
- 41 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.256, até
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º,
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal,
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da Lei e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de
nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso em Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos
tela" (fls. 1.260/1.264). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR,
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE,
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir
diante das novas teses que não podem ser simplesmente da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo da Caixa Econômica Federal como representante judicial do
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). 4. Diante do exposto,
deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.256, até indefiro o pedido de distinção interposto por ALCIDES BELINI E
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca OUTROS e mantenho o sobrestamento dos recursos especiais.
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, Intimem-se. Curitiba, 20 de maio de 2019. Assinado digitalmente
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 20661/15 - AR33
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de 0020 . Processo/Prot: 1162681-4/01 Recurso Especial Cível
Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos . Protocolo: 2014/110070. Comarca: Palotina. Vara: Vara Cível
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, e Anexos. Ação Originária: 1162681-4 Agravo de Instrumento.
por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, Recorrente: Elidio Rodrigues Santana, João Corrêa de Brito,
determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos Joaquina Aparecida Mendes, Luiz Lourenço de Mendonça, Maria
dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em de Fátima Ferreira Sampaio, Maria Julio da Silva, Ramiro Lopes
trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir da Silva, Reinaldo Coco, Roberto Aparecido Leandro. Advogado:
da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Liberty
da Caixa Econômica Federal como representante judicial do Paulista de Seguros S/a. Advogado: PR029486 - Angelino Luiz
FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser Ramalho Tagliari, PR027328 - Anderson Hataqueiama, PR007919
reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que - Milton Luiz Cleve Küster. Despacho: Processo Sobrestado (art.
se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro 1.037 CPC 2015)
da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou
66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). 4. Diante do exposto, prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram
indefiro o pedido de distinção interposto por ALCIDES BELINI E embargos de declaração (fls. 244/250), alegando que a
OUTROS e mantenho o sobrestamento dos recursos especiais. decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei
Intimem-se. Curitiba, 20 de maio de 2019. Assinado digitalmente prevê expressamente que em face da decisão que determina
DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 20661/15 - AR33 o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição".
0019 . Processo/Prot: 1146372-0/05 Recurso Especial Cível Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a
. Protocolo: 2017/40628, 2017/45520, 2017/210424. Comarca: análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos
Apucarana. Vara: 1ª Vara Cível. Ação Originária: 1146372-0 termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo
Agravo de Instrumento. Recorrente (1): Caixa Econômica Federal. Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos
Advogado: PR027747 - Elaine Garcia Monteiro Pereira, PR017200 merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido
- Adenilson Cruz, PR049548 - Alaim Giovani Fortes Stefanello, de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de
PR018970 - Edgar Luiz Dias. Recorrente (2): Federal Seguros distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do
Sa. Advogado: RJ132101 - Josemar Lauriano Pereira. Recorrente Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça
(3): Alcides Belini, Carmem Carrascoso de Oliveira, Dorival dos a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento
Santos, Evaristo Cereja (maior de 60 anos), Helga Kaizer, José do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado
Carlos Zani, Luzia de Padua Silva, Romilda Ramos Tavares por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
Pinto, Rosalina Malaquias Neves Gouveia, Sebastião Pedro jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
Caonceição. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
Gionédis. Recorrido(s): o(s) mesmo(s). Despacho: Processo gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
1. Trata-se de pedido de distinção interposto por ALCIDES BELINI podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
E OUTROS, por meio do qual pretendem anular a decisão competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em cumprimento heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
ao determinado nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a suspensão dos tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
recursos até ulterior deliberação. 2. Devidamente intimada, de Processo Civil". É de se ressaltar, ainda, que o Supremo
FEDERAL SEGUROS S/A manifestou-se pela manutenção da Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência
decisão. 3. Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros
não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da Lei deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado,
nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso em até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça
tela" (fls. 1.260/1.264). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
diante das novas teses que não podem ser simplesmente 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
- 42 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos 1º Vice-Presidente AR33
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema 0022 . Processo/Prot: 1236208-4/04 Recurso Especial Cível
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice . Protocolo: 2018/20364. Comarca: Jandaia do Sul. Vara: Vara
pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No Cível, da Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho, Registros
tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão Públicos e Corregedoria do Foro Extrajudicial, Juizado Especial
recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de Cível e Juizado Especial da Fazenda Pública. Ação Originária:
declaração devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10, 1236208-4 Apelação Civel. Recorrente: Laudenir Stefaneli, Luiz
inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de Ferreira da Silva, Manuel Aparecido Freitas da Silva, Maria
distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for Aparecida de Souza, Maria Izaura das Graças da Silva. Advogado:
sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Caixa
de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida Seguradora Sa. Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo
no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação Gonçalves de Rueda. Interessado: Caixa Econômica Federal.
sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde Advogado: PR018970 - Edgar Luiz Dias. Despacho: Processo
o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim, Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade Trata-se de pedido de distinção interposto por LAUDENIR
de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes STEFANELI E OUTROS, por meio do qual pretendem anular
também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em
os embargos de declaração opostos por ELÍDIO RODRIGUES cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº
SANTANA E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a
pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 30 de suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão.
1º Vice-Presidente 18778/14 - AR33 Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não
0021 . Processo/Prot: 1236208-4/02 Recurso Especial Cível poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
. Protocolo: 2015/384837. Comarca: Jandaia do Sul. Vara: Vara a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
Cível, da Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho, Registros representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada
Públicos e Corregedoria do Foro Extrajudicial, Juizado Especial a determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que,
Cível e Juizado Especial da Fazenda Pública. Ação Originária: os leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014
1236208-4/01 Embargos de Declaração. Recorrente: Laudenir "para atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em
Stefaneli, Luiz Ferreira da Silva, Manuel Aparecido Freitas da que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
Silva, Maria Aparecida de Souza, Maria Izaura das Graças da Financeiro de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice
Silva. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. pública"; entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da
Recorrido: Caixa Seguradora Sa. Advogado: PR007919 - Milton edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida
Luiz Cleve Küster, PR021582 - Glauco Iwersen. Despacho: Lei ao caso em tela" (fls. 1.708/1.712). Conforme já consignado
Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
Trata-se de pedido de distinção interposto por LAUDENIR jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
STEFANELI E OUTROS, por meio do qual pretendem anular a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão. heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado
a determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, à fl. 1.704, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de
os leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º,
"para atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
Financeiro de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
pública"; entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
Lei ao caso em tela" (fls. 1.708/1.712). Conforme já consignado BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o
de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário sobrestamento dos recursos especiais. Intimem-se. Curitiba, 20 de
acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
à fl. 1.704, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de 1º Vice-Presidente AR33
Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, 0023 . Processo/Prot: 1255005-5/01 Recurso Especial Cível
caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele . Protocolo: 2015/89103. Comarca: Ivaiporã. Ação Originária:
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo 1255005-5 Agravo de Instrumento. Recorrente: Ângela Maria
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida da Silva, Carmelita de Jesus e Silva (maior de 60 anos),
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº Darcilia Pereira da Silva, Donizete Teodoro, José Casturino
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO de Paula, Maria Aparecida Silva de Souza, Maria Aparecida
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os Marinho, Sebastião Laurindo Oliveira, Sirlei Laurindo Oliveira,
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de Sidney Machado de Lima. Advogado: PR008123 - Louise Rainer
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate Pereira Gionédis. Recorrido: Federal Seguros S/a. Advogado:
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou PR027691 - César Augusto de França, RJ048812 - Rosangela
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante Dias Guerreiro, RJ143499 - Renata Marinho Martins. Interessado:
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, Caixa Econômica Federal. Advogado: PR012039 - Francisco
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos Spisla, PR027747 - Elaine Garcia Monteiro Pereira. Despacho:
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 740/746 por
- ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do ÂNGELA MARIA DA SILVA E OUTROS, por meio do qual
exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência
sobrestamento dos recursos especiais. Intimem-se. Curitiba, 20 de que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais
- 43 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
(fl. 752). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os de Processo Civil".É de se ressaltar, ainda, que o Supremo
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como
Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos
em tela" (fl. 740). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado,
diante das novas teses que não podem ser simplesmente até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 736, até BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice
dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No
trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão
da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de
da Caixa Econômica Federal como representante judicial do declaração devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10,
FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de
reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for
se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal
da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida
66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do exposto, no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação
indefiro o pedido de distinção de fls. 740/746 por ÂNGELA MARIA sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde
DA SILVA E OUTROS e mantenho o sobrestamento do recurso o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim,
especial. Intimem-se. Curitiba, 31 de maio de 2019. Assinado cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade
digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes
21839/15 - AR06E também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho
0024 . Processo/Prot: 1273722-9/05 Recurso Especial Cível os embargos de declaração opostos por ANTÔNIO CARLOS
. Protocolo: 2016/166815. Comarca: Região Metropolitana de BARBOZA E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o
Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 6ª Vara Cível. Ação pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 28 de
Originária: 1273722-9/04 Agravo Regimental. Recorrente: Antônio maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
Carlos Barboza (maior de 60 anos), Cleusa de Souza Fernandes, 1º Vice-Presidente 24093/16 - AR06E
Dirce Aparecida dos Reis Oliveira, Jose Manoel Ribeiro (maior de 0025 . Processo/Prot: 1291674-6/03 Recurso Especial Cível
60 anos), Maria Aparecida Mendes de Oliveira, Maria Benedita . Protocolo: 2015/300783. Comarca: Apucarana. Vara: 1ª Vara
Leite, Maria do Carmo da Silva, Maria Fatima Lessi, Maria Cível e da Fazenda Pública. Ação Originária: 1291674-6 Agravo
Aparecida de Campos, Vagner Barboza. Advogado: PR008123 de Instrumento. Recorrente: Maria Aparecida Nunes. Advogado:
- Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Sul América PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Sul
Companhia Nacional de Seguros Sa. Advogado: PR067090 - América Companhia Nacional de Seguros. Advogado: PR067090
Paulo Antônio Müller. Interessado: Caixa Econômica Federal. - Paulo Antônio Müller. Interessado: Caixa Econômica Federal.
Advogado: PR012146 - Luiz Carlos Lugues, PR012039 - Francisco Advogado: PR012039 - Francisco Spisla, PR029545 - Patricia
Spisla, PR027747 - Elaine Garcia Monteiro Pereira, PR014578 Raquel Caires Jost, PR025375 - José Carlos Pinotti Filho,
- Gilberto Gemin da Silva, PR029545 - Patricia Raquel Caires PR027238 - Daniela Pazinatto. Interessado: Margareth dos
Jost, PR025375 - José Carlos Pinotti Filho. Despacho: Processo Santos, Marcos Batista de Campos, Maria Aparecida Ribeiro
Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) Peraro, Maria Claudineia de Araujo Rodrigues. Advogado:
Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou PR022788 - Sandro Rafael Bonatto, PR008123 - Louise Rainer
prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram Pereira Gionédis, PR020668 - Carmen Glória Arriagada Andrioli.
embargos de declaração (fls. 1.074/1.077), alegando que a Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 781/785 por
prevê expressamente que em face da decisão que determina MARIA APARECIDA NUNES E OUTROS, por meio do qual
o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição". pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência
Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais
análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou
termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão
merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido (fl. 792). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto
de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se
jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
- 44 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator,
Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, determinou que deverão
em tela" (fl. 781). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- permanecer suspensos os julgamentos dos processos em primeiro
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado e segundo graus de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região,
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014,
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma que assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e
diante das novas teses que não podem ser simplesmente Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária,
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto 09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção de
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". fls. 1.814/1.818 por ADÃO ANTÔNIO DE CARVALHO E OUTROS
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, e mantenho o sobrestamento do recurso especial. Intimem-
deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 775, até se. Curitiba, 27 de maio de 2019. Assinado digitalmente DES.
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 23897/16 - AR06E
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, 0027 . Processo/Prot: 1364240-5/02 Recurso Especial Cível
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, . Protocolo: 2016/139749. Comarca: Jandaia do Sul. Vara:
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de Vara Cível, da Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho,
Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos Registros Públicos e Corregedoria do Foro Extrajudicial, Juizado
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, Especial Cível e Juizado Especial da Fazenda Pública. Ação
por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, Originária: 1364240-5 Apelação Civel. Recorrente: Antonio Maria
determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos Neto, Carmem Lucia Gonzaga Nascimento, Daniela Cristina
dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em Renato, Jucemar Rocha, Laercio Correia de Araujo, Lorenil
trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir Cesar dos Santos, Luciana Calisto Marques, Manoel Jose
da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção Francisco (maior de 60 anos), Osmir Domingos Pedro Lozzarini,
da Caixa Econômica Federal como representante judicial do Rosalina Teodoro Diniz, Vicente Gonçalves Mendes, Sirlei Ribeiro
FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser Sargentin. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis.
reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que Recorrido: Federal Seguros S/a. Advogado: PR048015 - Mariana
se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro Clivati Soares, PR065618 - Nelson Luiz Nouvel Alessio, SP027215
da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo - Ilza Regina Defilippi Dias. Interessado: Caixa Econômica
66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do exposto, Federal. Advogado: PR011173 - João Correa Sobania. Despacho:
indefiro o pedido de distinção de fls. 781/785 interposto por MARIA RECURSO ESPECIAL CÍVEL Nº 1.364.240-5/02
APARECIDA NUNES E OUTROS e mantenho o sobrestamento RECORRENTES: ANTONIO MARIA NETO E OUTROS
do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 31 de maio de 2019. RECORRIDA: FEDERAL SEGUROS S/A INTERESSADAS:
Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice- SIRLEI RIBEIRO SARGENTIN E CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Presidente 9571/16 - AR06E 1. Retifique-se a autuação do recurso especial para constar como
0026 . Processo/Prot: 1357435-3/04 Recurso Especial Cível interessada CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. 2. Nos termos do
. Protocolo: 2017/217156. Comarca: Cascavel. Vara: 3ª Vara § 11 do artigo 1.037 do Código de Processo Civil, intimem-se
Cível. Ação Originária: 1357435-3 Apelação Civel. Recorrente: a recorrida FEDERAL SEGUROS S/A e a interessada CAIXA
Adão Antônio de Carvalho, Arlete de Souza Schadek, Claudete ECONÔMICA FEDERAL para, querendo, oferecer manifestação
Fagundes de Oliveira, João Luiz Vicente, Liria de Fátima em cinco dias acerca do contido na petição de distinção de fls.
Lima, Luiz Carlos Silvestro, Maria Rocha do Nascimento, 1982/1986. Publique-se. Curitiba, 8 de março de 2019. Assinado
Pedro Leal Cardoso, Terezinha Viesba de Oliveira, Thomaz digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente
Dallagnol. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. 21112/2016 - AR09
Recorrido: Sul América Companhia Nacional de Seguros S/a. 0028 . Processo/Prot: 1408627-2/02 Recurso Especial Cível
Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller. Despacho: Processo . Protocolo: 2017/966, 2017/71529. Comarca: Região
Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) Metropolitana de Maringá - Foro Regional de Marialva. Vara:
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.814/1.818 Vara Cível, da Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho,
por ADÃO ANTÔNIO DE CARVALHO E OUTROS, por meio Registros Públicos e Corregedoria do Foro Extrajudicial, Juizado
do qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice- Especial Cível e Juizado Especial da Fazenda Pública. Ação
Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Originária: 1408627-2 Apelação Civel. Recorrente (1): Caixa
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/ Econômica Federal. Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo
PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Gonçalves de Rueda. Recorrente (2): José Luiz Ferreira,
Devidamente intimada, a Recorrida manifestou-se no sentido de Julia Pedro Ribeiro de Matos, Lerena Momback (maior de
manter-se a decisão de sobrestamento (fl. 1.826). Sustentaram os 60 anos). Advogado: PR027109 - Maria Amélia Cassiana
Requerentes que "o recurso interposto não poderia ser objeto de Mastrorosa Vianna, PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis.
sobrestamento, uma vez que é distinta a matéria a ser decidida Recorrido (1): José Luiz Ferreira, Julia Pedro Ribeiro de Matos,
pela Corte Superior nos recursos representativo de controvérsia Lerena Momback (maior de 60 anos). Advogado: PR027109
sobre os quais foi fundamentada a determinação de suspensão". - Maria Amélia Cassiana Mastrorosa Vianna. Recorrido (2):
Argumentaram, para tanto, que, os leading cases tratam da Caixa Seguradora Sa. Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo
suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para atrair a competência da Gonçalves de Rueda. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037
Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária, CPC 2015)
no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação - SFH, quando Trata-se de pedido de distinção interposto por JOSÉ LUIZ
se tratar de apólice pública"; entretanto, a presente ação foi FERREIRA E OUTROS, por meio do qual pretendem anular
distribuída "antes da edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em
aplicada a aludida Lei ao caso em tela" (fl. 1.815). Conforme cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº
já consignado por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a
"todo debate jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
somada a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em intimada, CAIXA SEGURADORA S/A manifestou- se pela
verdade, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de manutenção da decisão. Sustentaram os Requerentes que "o
grave risco de decisões conflitantes, diante das novas teses recurso interposto não poderia ser objeto de sobrestamento, uma
que não podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito vez que é distinta a matéria a ser decidida pela Corte Superior
positivo de competência, sendo inescondível a presença de nos recursos representativo de controvérsia sobre os quais foi
prejudicialidade heterogênea, razão pela qual o fundamento da fundamentada a determinação de suspensão". Argumentaram,
decisão de suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- para tanto, que, os leading cases tratam da suficiência da Lei
Presidência tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ? nº 13.000/2014 "para atrair a competência da Justiça Federal
a?, do Código de Processo Civil". Por tais razões e diante do nos feitos em que se discute cobertura securitária, no âmbito
novo cenário acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento do Sistema Financeiro de Habitação - SFH, quando se tratar de
determinado à fl. 1.810, até pronunciamento definitivo do Superior apólice pública"; entretanto, a presente ação foi distribuída "antes
Tribunal de Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos da edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida
do artigo 2º, caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto Lei ao caso em tela" (fls. 1.426/1.429). Conforme já consignado
de 2008 daquele Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
inciso III, do novo Código de Processo Civil, em cumprimento à jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
decisão proferida nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
- 45 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave decisão proferida nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº
risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator,
podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, determinou que deverão
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade permanecer suspensos os julgamentos dos processos em primeiro
heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de e segundo graus de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região,
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014,
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código que assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como
de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e
acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da
à fl. 1.420, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária,
Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se
caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo e 09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida interposto e mantenho o sobrestamento dos recursos especiais.
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº Intimem-se. Curitiba, 31 de maio de 2019. Assinado digitalmente
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente AR33
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os 0030 . Processo/Prot: 1416967-6/05 Recurso Especial Cível
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de . Protocolo: 2017/262781, 2017/263855, 2017/265242. Comarca:
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate Região Metropolitana de Londrina - Foro Regional de Rolândia.
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou Vara: Vara Cível e Anexos. Ação Originária: 1416967-6 Agravo
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante de Instrumento. Recorrente (1): Sul América Companhia Nacional
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, de Seguros Gerais Sa. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos Müller, PR044759 - Eneida de Cássia Camargo. Recorrente (2):
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Caixa Econômica Federal. Advogado: PR011173 - João Correa
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública Sobania. Recorrente (3): Maria Paulin Motti (maior de 60 anos),
- ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do Maria Pincelli de Freitas (maior de 60 anos), Mauro Rusisca (maior
exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o de 60 anos), Octavio Segatel, Orlando Huss (maior de 60 anos),
sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 31 de Osvaldo Rodrigues Carvalho (maior de 60 anos), Rosa Quinhone
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA de Oliveira (maior de 60 anos), Shirlei Rosa de Campos, Teresinha
1º Vice-Presidente 8910/17 - AR33 Trevizan (maior de 60 anos), Vilson Pereira da Silva (maior de 60
0029 . Processo/Prot: 1416967-6/02 Recurso Especial Cível anos). Advogado: PR020668 - Carmen Glória Arriagada Andrioli,
. Protocolo: 2015/333129. Comarca: Região Metropolitana de PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis, PR027109 - Maria
Londrina - Foro Regional de Rolândia. Vara: Vara Cível e Amélia Cassiana Mastrorosa Vianna. Recorrido (1): Maria Paulin
Anexos. Ação Originária: 1416967-6 Agravo de Instrumento. Motti (maior de 60 anos), Maria Pincelli de Freitas (maior de
Recorrente: Maria Paulin Motti (maior de 60 anos), Maria Pincelli 60 anos), Mauro Rusisca (maior de 60 anos), Octavio Segatel,
de Freitas (maior de 60 anos), Mauro Rusisca (maior de 60 Orlando Huss (maior de 60 anos), Osvaldo Rodrigues Carvalho
anos), Octavio Segatel, Orlando Huss (maior de 60 anos), Osvaldo (maior de 60 anos), Rosa Quinhone de Oliveira (maior de 60 anos),
Rodrigues Carvalho (maior de 60 anos), Rosa Quinhone de Shirlei Rosa de Campos, Teresinha Trevizan (maior de 60 anos),
Oliveira (maior de 60 anos), Shirlei Rosa de Campos, Teresinha Vilson Pereira da Silva (maior de 60 anos). Advogado: PR020668
Trevizan (maior de 60 anos), Vilson Pereira da Silva (maior - Carmen Glória Arriagada Andrioli, PR008123 - Louise Rainer
de 60 anos). Advogado: PR020668 - Carmen Glória Arriagada Pereira Gionédis, PR027109 - Maria Amélia Cassiana Mastrorosa
Andrioli, PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido Vianna. Recorrido (2): Sul América Companhia Nacional de
(1): Sul América Companhia Nacional de Seguros Gerais Sa. Seguros Gerais Sa. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller.
Advogado: RJ084111 - Beatriz Bergamini Cavalcante Gomes Interessado: Caixa Econômica Federal. Advogado: PR029545 -
Coelho, RS043524 - Debora Oliveira Barcellos, PR045658 - Karina Patricia Raquel Caires Jost, PR018990 - Beatriz Fonseca Donato,
Hashimoto. Recorrido (2): Caixa Econômica Federal. Advogado: PR027747 - Elaine Garcia Monteiro Pereira. Despacho: Processo
PR029545 - Patricia Raquel Caires Jost, PR018990 - Beatriz Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
Fonseca Donato, PR027747 - Elaine Garcia Monteiro Pereira. Trata-se de pedido de distinção interposto por MARIA PAULIN
Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) MOTTI E OUTROS, por meio do qual pretendem anular a decisão
Trata-se de pedido de distinção interposto por MARIA PAULIN proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em cumprimento
MOTTI E OUTROS, por meio do qual pretendem anular a decisão ao determinado nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº
proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, em cumprimento 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a suspensão dos
ao determinado nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº recursos até ulterior deliberação. Devidamente intimada, SUL
1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a suspensão dos AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS GERAIS S/
recursos até ulterior deliberação. Devidamente intimada, SUL A manifestou-se pela manutenção da decisão. Sustentaram os
AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS GERAIS S/ Requerentes que "o recurso interposto não poderia ser objeto de
A manifestou-se pela manutenção da decisão. Sustentaram os sobrestamento, uma vez que é distinta a matéria a ser decidida
Requerentes que "o recurso interposto não poderia ser objeto de pela Corte Superior nos recursos representativo de controvérsia
sobrestamento, uma vez que é distinta a matéria a ser decidida sobre os quais foi fundamentada a determinação de suspensão".
pela Corte Superior nos recursos representativo de controvérsia Argumentaram, para tanto, que, os leading cases tratam da
sobre os quais foi fundamentada a determinação de suspensão". suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para atrair a competência
Argumentaram, para tanto, que, os leading cases tratam da da Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura
suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para atrair a competência securitária, no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação -
da Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura SFH, quando se tratar de apólice pública"; entretanto, a presente
securitária, no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação - ação foi distribuída "antes da edição da Lei nº 13.000/2014, não
SFH, quando se tratar de apólice pública"; entretanto, a presente sendo aplicada a aludida Lei ao caso em tela" (fls. 1.269/1.272).
ação foi distribuída "antes da edição da Lei nº 13.000/2014, não Conforme já consignado por esta 1ª Vice-Presidência em casos
sendo aplicada a aludida Lei ao caso em tela" (fls. 1.269/1.272). análogos, "todo debate jurídico originado pela decisão do IRDR da
Conforme já consignado por esta 1ª Vice-Presidência em casos 4ª Região somada a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ,
análogos, "todo debate jurídico originado pela decisão do IRDR da em verdade, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva
4ª Região somada a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, de grave risco de decisões conflitantes, diante das novas teses
em verdade, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva que não podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito
de grave risco de decisões conflitantes, diante das novas teses positivo de competência, sendo inescondível a presença de
que não podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito prejudicialidade heterogênea, razão pela qual o fundamento da
positivo de competência, sendo inescondível a presença de decisão de suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice-
prejudicialidade heterogênea, razão pela qual o fundamento da Presidência tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?
decisão de suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- a?, do Código de Processo Civil". Por tais razões e diante do
Presidência tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ? novo cenário acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento
a?, do Código de Processo Civil". Por tais razões e diante do determinado à fl. 1.265 e verso, até pronunciamento definitivo do
novo cenário acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento Superior Tribunal de Justiça acerca do tema nele tratado, nos
determinado à fl. 1.265 e verso, até pronunciamento definitivo do termos do artigo 2º, caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de
Superior Tribunal de Justiça acerca do tema nele tratado, nos agosto de 2008 daquele Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030,
termos do artigo 2º, caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de inciso III, do novo Código de Processo Civil, em cumprimento à
agosto de 2008 daquele Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, decisão proferida nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº
inciso III, do novo Código de Processo Civil, em cumprimento à 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator,
- 46 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, determinou que deverão em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
permanecer suspensos os julgamentos dos processos em primeiro Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
e segundo graus de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No tocante
em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão recorrido
que assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como a análise do mencionado pedido, os embargos de declaração
representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10, inciso III,
Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da do Código de Processo Civil preveja que o pedido de distinção
Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária, será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for sobrestado
no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal de origem",
tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida no contexto
e 09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação sistemática
interposto e mantenho o sobrestamento dos recursos especiais. da norma legal, entendimento este adotado desde o início da
Intimem-se. Curitiba, 31 de maio de 2019. Assinado digitalmente vigência do novo Código de Processo Civil. Assim, cabendo a
DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente AR33 esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade de recursos
0031 . Processo/Prot: 1418303-0/02 Recurso Especial Cível especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes também
. Protocolo: 2016/214677, 2017/84157. Comarca: Região deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho os
Metropolitana de Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 4ª embargos de declaração opostos por VILMA PEREIRA DA CRUZ
Vara Cível. Ação Originária: 1418303-0 Agravo de Instrumento. E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o pedido de
Recorrente (1): Vilma Pereira da Cruz, Sebastião Carlos de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 27 de maio de
Oliveira, Marcio Cezar de Matos, Edésio Lourenço de Souza, 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-
Rubens Feliciano da Silva, Carlos da Silva Carvalheiro, Dalci Presidente 8833/2017 - AR06E
dos Santos, José Carlos Bena, Adalto Alves Castro. Advogado: 0032 . Processo/Prot: 1434401-1/03 Recurso Especial Cível
PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrente (2): . Protocolo: 2017/873, 2017/1509. Comarca: Pitanga. Vara: Vara
Caixa Econômica Federal. Advogado: PR011173 - João Correa Cível, da Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho, Registros
Sobania, PR073023 - Eugênia Costeski Crosati. Recorrido (1): Públicos e Corregedoria do Foro Extrajudicial, Juizado Especial
Vilma Pereira da Cruz, Sebastião Carlos de Oliveira, Marcio Cezar Cível e Juizado Especial da Fazenda Pública. Ação Originária:
de Matos, Edésio Lourenço de Souza, Rubens Feliciano da Silva, 1434401-1 Agravo de Instrumento. Recorrente (1): Cleiton Ferreira
Carlos da Silva Carvalheiro, Dalci dos Santos, José Carlos Bena, Frias, Elizabete Aparecida de Almeida, Elizangela da Silva Lopes,
Adalto Alves Castro, Levi Nery dos Santos. Advogado: PR008123 Lidia Rita da Costa, Luciane Bertão, Maria Ferreira, Maria
- Louise Rainer Pereira Gionédis. Interessado: Levi Nery dos Justina Correia Fernandes, Pedro dos Santos, Valdir Luiz Gabriel,
Santos. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Vanilson Lara. Advogado: PR020668 - Carmen Glória Arriagada
Recorrido (2): Liberty Paulista Seguros Sa. Despacho: Processo Andrioli, PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrente
Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) (2): Federal Seguros Sa. Advogado: SP061713 - Nelson Luiz
Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou Nouvel Alessio, SP027215 - Ilza Regina Defilippi Dias, PR047282
prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram - Rubia Andrade Fagundes, PR070363 - Eduarda Neves Martins,
embargos de declaração (fls. 454/462), alegando que a PR068122 - Vinicius Hoffmann Silva, PR031148 - Dário Borges
decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei de Liz Neto. Recorrido (1): Federal Seguros Sa. Advogado:
prevê expressamente que em face da decisão que determina SP061713 - Nelson Luiz Nouvel Alessio, SP027215 - Ilza Regina
o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição". Defilippi Dias, PR047282 - Rubia Andrade Fagundes, PR070363
Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a - Eduarda Neves Martins, PR068122 - Vinicius Hoffmann Silva.
análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos Recorrido (2): Cleiton Ferreira Frias, Elizabete Aparecida de
termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo Almeida, Elizangela da Silva Lopes, Lidia Rita da Costa, Luciane
Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos Bertão, Maria Ferreira, Maria Justina Correia Fernandes, Pedro
merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido dos Santos, Valdir Luiz Gabriel, Vanilson Lara. Advogado:
de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de PR022788 - Sandro Rafael Bonatto, PR020668 - Carmen Glória
distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do Arriagada Andrioli, PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis.
Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça Interessado: Caixa Economica Federal. Advogado: PR016137 -
a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento Claudia Lorena Carraro. Despacho: Processo Sobrestado (art.
do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado 1.037 CPC 2015)
por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate Primeiramente, renumere-se os autos a partir de fls. 1.103.Os
jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada Embargantes, inconformados com o despacho que julgou
a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram
gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave embargos de declaração (fls. 1.100/1.103), alegando que a
risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei
podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de prevê expressamente que em face da decisão que determina
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição".
heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo
de Processo Civil".É de se ressaltar, ainda, que o Supremo Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos
Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido
para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de
de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do
Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça
Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento
reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado
que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030 jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/ a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado, risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº de Processo Civil".É de se ressaltar, ainda, que o Supremo
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030
- 47 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/ decisão proferida nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº
PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator,
deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, determinou que deverão
até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça permanecer suspensos os julgamentos dos processos em primeiro
acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e segundo graus de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região,
e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014,
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo que assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária,
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate 09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção de
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou fls. 820/824 interposto por CONCEIÇÃO MARIA DOS SANTOS
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante E OUTROS e mantenho o sobrestamento do recurso especial.
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, Intimem-se. Curitiba, 27 de maio de 2019. Assinado digitalmente
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 23461/16 -
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema AR06E
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice 0034 . Processo/Prot: 1443941-9/04 Recurso Especial Cível
pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No . Protocolo: 2017/98054, 2018/21717. Comarca: Astorga. Vara:
tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão Vara Cível, da Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho, Registros
recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de Públicos e Corregedoria do Foro Extrajudicial, Juizado Especial
declaração devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10, Cível e Juizado Especial da Fazenda Pública. Ação Originária:
inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de 1443941-9 Agravo de Instrumento. Recorrente (1): Conceição
distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for Maria dos Santos, João de Morais, José Ferreira de Carvalho
sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal Neto, Luzia Macedo de Oliveira, Maria Helena Lugato, Nircio
de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida Dias da Rocha. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira
no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação Gionédis. Recorrente (2): Caixa Economica Fedral. Advogado:
sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde PR011173 - João Correa Sobania. Recorrido (1): Federal Seguros
o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim, Sa. Advogado: RJ132101 - Josemar Lauriano Pereira. Recorrido
cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade (2): Conceição Maria dos Santos, João de Morais, José Ferreira de
de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes Carvalho Neto, Luzia Macedo de Oliveira, Maria Helena Lugato,
também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho Nircio Dias da Rocha. Advogado: PR008123 - Louise Rainer
os embargos de declaração opostos por CLEITON FERREIRA Pereira Gionédis. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037
FARIAS E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o CPC 2015)
pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 27 de Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 820/824 por
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA CONCEIÇÃO MARIA DOS SANTOS E OUTROS, por meio do
1º Vice-Presidente 7571/17 - AR33 qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-
0033 . Processo/Prot: 1443941-9/01 Recurso Especial Cível Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos
. Protocolo: 2016/166811. Comarca: Astorga. Vara: Vara Cível, Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/
da Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho, Registros Públicos PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação.
e Corregedoria do Foro Extrajudicial, Juizado Especial Cível e Devidamente intimada, a Recorrida manifestou-se no sentido de
Juizado Especial da Fazenda Pública. Ação Originária: 1443941-9 manter a decisão de sobrestamento (fl. 829). Sustentaram os
Agravo de Instrumento. Recorrente: Conceição Maria dos Santos, Requerentes que "o recurso interposto não poderia ser objeto de
João de Morais, José Ferreira de Carvalho Neto, Luzia Macedo de sobrestamento, uma vez que é distinta a matéria a ser decidida
Oliveira, Maria Helena Lugato, Nircio Dias da Rocha. Advogado: pela Corte Superior nos recursos representativo de controvérsia
PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Federal sobre os quais foi fundamentada a determinação de suspensão".
Seguros Sa. Advogado: RJ132101 - Josemar Lauriano Pereira. Argumentaram, para tanto, que, os leading cases tratam da
Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para atrair a competência da
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 820/824 por Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária,
CONCEIÇÃO MARIA DOS SANTOS E OUTROS, por meio do no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação - SFH, quando
qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice- se tratar de apólice pública"; entretanto, a presente ação foi
Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos distribuída "antes da edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/ aplicada a aludida Lei ao caso em tela" (fl. 821). Conforme já
PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. consignado por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo
Devidamente intimada, a Recorrida manifestou-se no sentido de debate jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região
manter a decisão de sobrestamento (fl. 829). Sustentaram os somada a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em
Requerentes que "o recurso interposto não poderia ser objeto de verdade, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de
sobrestamento, uma vez que é distinta a matéria a ser decidida grave risco de decisões conflitantes, diante das novas teses
pela Corte Superior nos recursos representativo de controvérsia que não podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito
sobre os quais foi fundamentada a determinação de suspensão". positivo de competência, sendo inescondível a presença de
Argumentaram, para tanto, que, os leading cases tratam da prejudicialidade heterogênea, razão pela qual o fundamento da
suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para atrair a competência da decisão de suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice-
Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária, Presidência tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?
no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação - SFH, quando a?, do Código de Processo Civil". Por tais razões e diante do
se tratar de apólice pública"; entretanto, a presente ação foi novo cenário acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento
distribuída "antes da edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo determinado à fl. 816, até pronunciamento definitivo do Superior
aplicada a aludida Lei ao caso em tela" (fl. 821). Conforme já Tribunal de Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos
consignado por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo do artigo 2º, caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto
debate jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região de 2008 daquele Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030,
somada a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em inciso III, do novo Código de Processo Civil, em cumprimento à
verdade, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de decisão proferida nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº
grave risco de decisões conflitantes, diante das novas teses 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator,
que não podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, determinou que deverão
positivo de competência, sendo inescondível a presença de permanecer suspensos os julgamentos dos processos em primeiro
prejudicialidade heterogênea, razão pela qual o fundamento da e segundo graus de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região,
decisão de suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014,
Presidência tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ? que assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como
a?, do Código de Processo Civil". Por tais razões e diante do representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e
novo cenário acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da
determinado à fl. 816, até pronunciamento definitivo do Superior Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária,
Tribunal de Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se
do artigo 2º, caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e
de 2008 daquele Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, 09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção de
inciso III, do novo Código de Processo Civil, em cumprimento à fls. 820/824 interposto por CONCEIÇÃO MARIA DOS SANTOS
- 48 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
E OUTROS e mantenho o sobrestamento do recurso especial. distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for
Intimem-se. Curitiba, 27 de maio de 2019. Assinado digitalmente sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal
DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 23461/16 - de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida
AR06E no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação
0035 . Processo/Prot: 1494319-6/03 Recurso Especial Cível sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde
. Protocolo: 2017/38694, 2017/42515. Comarca: Região o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim,
Metropolitana de Maringá - Foro Central de Maringá. Vara: 6ª cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade
Vara Cível. Ação Originária: 1494319-6 Agravo de Instrumento. de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes
Recorrente (1): Caixa Econômica Federal. Advogado: PR012722 também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho
- Agnaldo Murilo Albanezi Bezerra, PR073023 - Eugênia Costeski os embargos de declaração opostos por AGANALDO MARQUES
Crosati, PR011173 - João Correa Sobania. Recorrente (2): LAGO E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o
Sul América Companhia Nacional de Seguros Gerais Sa. pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 30 de
Advogado: SP027215 - Ilza Regina Defilippi Dias, PR061713 maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
- Nelson Luiz Nouvel Alessio, PR062639 - Vivian Garcia 1º Vice-Presidente 7203/17 - AR33
Pereira, RJ084111 - Beatriz Bergamini Cavalcante Gomes 0036 . Processo/Prot: 1527243-0/02 Recurso Especial Cível
Coelho. Recorrido (1): Aganaldo Marques Lago, Antonio Paula . Protocolo: 2017/37520. Comarca: Foro Central da Comarca
Souza, Carlos Matias Borges, Augusto Ismael Segalla Veraldo, da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 5ª Vara Cível.
Alberes Martins Magnesi, Antonio Carlos Stramandinoli, Amador Ação Originária: 1527243-0 Apelação Civel. Recorrente: Antônio
Antoniassi, Aparecida Ziviani Teixeira, Angelo Fagion, Benvinda Geraldo dos Santos (maior de 60 anos), Erasmo da Silva, Ivete
Maria Rosiska Dias. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Regina Klein Pipino, José Aparecido Ferreira, Oliverio dos Santos
Pereira Gionédis. Recorrido (2): Sul América Companhia Nacional Ribeiro (maior de 60 anos). Advogado: PR008123 - Louise Rainer
de Seguros Gerais Sa. Advogado: PR035137 - Reinaldo Pereira Gionédis. Recorrido: Sul América Companhia Nacional
Mirico Aronis. Interessado: Caixa Econômica Federal. Advogado: de Seguros S/a. Advogado: RS061655 - Carla Pinto da Costa,
PR012722 - Agnaldo Murilo Albanezi Bezerra, PR073023 - RS035572 - Marco Aurélio Mello Moreira, PR067090 - Paulo
Eugênia Costeski Crosati. Despacho: Processo Sobrestado (art. Antônio Müller. Despacho: Descrição: Despachos Decisórios
1.037 CPC 2015) Trata-se de pedido de distinção interposto por ANTÔNIO
Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou GERALDO DOS SANTOS E OUTROS, por meio do qual
prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência
embargos de declaração (fls. 765/770), alegando que a que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais
decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou
prevê expressamente que em face da decisão que determina a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição". intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão.
Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não
análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se
Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da Lei
por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso em
jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada tela" (fls. 1.307/1.311). Conforme já consignado por esta 1ª Vice-
a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado
gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da
risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma
podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes,
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade diante das novas teses que não podem ser simplesmente
heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de
de Processo Civil". É de se ressaltar, ainda, que o Supremo competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto
Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil".
para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, deve
de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.303 e verso,
Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça
Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput
reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030 Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/ nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado, BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 27 de
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, 1º Vice-Presidente 8854/17 - AR33
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema IDMATERIA1538715IDMATERIA

Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice


pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No
tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão Div. Rec. Tribunais Superiores
Relação No. 2019.03769
recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de
____________________________________________________
declaração devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10,
inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO
- 49 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Advogado Ordem Processo/Prot da Rosa, Maria Teresinha Guimarães Pinto, Amilton José da Silva,
PR021242 - Fernando G. 010 1319988-5/02 Bianca Tureck, Jacqueline Cardoso Durati, Erfrido Sthephan,
Knoerr Maria Leoni Rodrigues de Oliveira. Advogado: PR028929 - Olinto
PR021550 - Cintya Buch 008 0761088-0/02 Roberto Terra. Observação: DESP 65. Vista Advogado: Fernando
Melfi Trindade de Menezes (PR049826), Izabela Cristina Rücker Curi
PR024297 - Luiz Eduardo 009 1296642-4/01 Bertoncello (PR025814)
Dluhosch 0004 . Processo/Prot: 0663756-9/02 Recurso Especial Cível
PR024523 - Leonardo A. d. 008 0761088-0/02 . Protocolo: 2010/342280. Comarca: Foro Regional de Campo
Silva Largo da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Vara:
PR025730 - João Leonel 004 0663756-9/02 Vara Cível e Anexos. Ação Originária: 6637569-0 Apelação Civel.
Antocheski Recorrente: Banco Bradesco SA. Advogado: PR025730 - João
PR025814 -. I. C. R. C. 003 0651460-7/03 Leonel Antocheski. Recorrido: Airton José Cordeiro. Advogado:
Bertoncello PR044099 - Luane Ianik Costa. Observação: DESP 65. Vista
PR028929 - Olinto Roberto 003 0651460-7/03 Advogado: Luane Ianik Costa (PR044099)
Terra 0005 . Processo/Prot: 0664316-9/02 Recurso Extraordinário Cível
PR030437 - Eraldo Lacerda 007 0694014-9/01 . Protocolo: 2010/367479. Comarca: Foro Regional de Campo
Junior Largo da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Vara:
PR032234 - Iara C. d. S. 006 0684201-9/01 Vara Cível e Anexos. Ação Originária: 6643169-0 Apelação Civel.
Yoneyama Recorrente: Banco Itaú SA. Advogado: PR056124 - Alexandre de
PR032905 - Sandra A. C. d. 006 0684201-9/01 Almeida. Recorrido: Ozires Branco (maior de 60 anos). Advogado:
Santos PR044099 - Luane Ianik Costa. Observação: DESP 65. Vista
PR033562 - Rogério M. B. 002 0640165-0/02 Advogado: Luane Ianik Costa (PR044099)
Biguette
0006 . Processo/Prot: 0684201-9/01 Recurso Extraordinário/
PR034967 - Antonio Saonetti 001 0622852-0/01 Especial Cível
002 0640165-0/02 . Protocolo: 2010/338633, 2010/338718. Comarca: Mandaguaçu.
PR038023 - Newton Dorneles 006 0684201-9/01 Vara: Vara Única. Ação Originária: 6842019-0 Apelação Civel.
Saratt Recorrente: Banco Bradesco SA. Advogado: PR038023 - Newton
PR040903 - Joarez da 008 0761088-0/02 Dorneles Saratt. Recorrido: Espólio de Antônio Gomes, Hiroshi
Natividade Kawamoto (maior de 60 anos), Donato Antônio Corrado (maior
009 1296642-4/01 de 60 anos), Kiyosi Saito (maior de 60 anos), Jair Ganchar,
PR043006 - Sammy R. 001 0622852-0/01 Maria Rodrigues dos Santos (maior de 60 anos), Júlio Bifon
Madalosso (maior de 60 anos), Espólio de Isidoro Pessin, Espólio de João
PR043901 - José Roberto 010 1319988-5/02 Justen, Alberto Luchetti Neto, Odair Giuliangeli (maior de 60 anos).
Martins Advogado: PR032234 - Iara Custódio dos Santos Yoneyama,
PR044099 - Luane Ianik 004 0663756-9/02 PR032905 - Sandra Aparecida Custódio dos Santos. Observação:
Costa DESP 65. Vista Advogado: Sandra Aparecida Custódio dos Santos
005 0664316-9/02 (PR032905)
PR049795 - Gracienne de F. 001 0622852-0/01 0007 . Processo/Prot: 0694014-9/01 Recurso Extraordinário Cível
Goés . Protocolo: 2010/357334. Comarca: Foro Central da Comarca
PR054985 - A. C. S. Z. d. 002 0640165-0/02 da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 4ª Vara Cível. Ação
Santos Originária: 6940149-0 Apelação Civel. Recorrente: Unibanco
PR056124 - Alexandre de 005 0664316-9/02 - União de Bancos Brasileiros SA. Advogado: PR056124 -
Almeida Alexandre de Almeida. Recorrido: Ana Paula Fernandes Luiz,
007 0694014-9/01 Antonio do Carmo, Frederico Balan Filho (maior de 60 anos), Hilton
PR058059 - Renata G. d. A. 009 1296642-4/01 Ronald Alice (maior de 60 anos), Hudson Jose Capelari Bovolin,
Max Jorge Paulus, Lourival Ferreira dos Santos, Mathilde Alberti (maior
SP126504 - José E. d. C. B. 001 0622852-0/01 de 60 anos), Rodrigo Otavio da Luz, Zilda de Azambuja Eifler
Filho (maior de 60 anos). Advogado: PR030437 - Eraldo Lacerda Junior.
Observação: DESP 65. Vista Advogado: Eraldo Lacerda Junior
(PR030437)
Vista ao(s) Advogado (s) - Prazo : 5 dias 0008 . Processo/Prot: 0761088-0/02 Recurso Especial Cível
0001 . Processo/Prot: 0622852-0/01 Recurso Especial Cível . Protocolo: 2012/241534. Comarca: Foro Central da Comarca
. Protocolo: 2009/371008. Comarca: Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: Vara de Registros
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 7ª Vara Cível. Públicos, Acidentes do Trabalho e Precatórias Cíveis. Ação
Ação Originária: 6228520-0 Apelação Civel. Recorrente: Banco Originária: 7610880-0 Apelação Civel. Recorrente: Instituto
Bradesco SA. Advogado: SP126504 - José Edgard da Cunha Nacional do Seguro Social - INSS. Advogado: PR021550 - Cintya
Bueno Filho, PR043006 - Sammy Raffaella Madalosso, PR049795 Buch Melfi, PR024523 - Leonardo Alves da Silva. Recorrido:
- Gracienne de Fátima Goés. Recorrido: Hamilton Daldin (maior Djalma Ferreira de Souza. Advogado: PR040903 - Joarez da
de 60 anos), Maria da Luz de Souza Bordignon, Otacilio da Silva Natividade. Observação: DESP 65. Vista Advogado: Joarez da
(maior de 60 anos), Pedro Rachwal (maior de 60 anos), Regina Natividade (PR040903)
Maria Breithaupt de Araujo (maior de 60 anos), Roberto Tocio 0009 . Processo/Prot: 1296642-4/01 Recurso Especial Cível
Kawatani, Sebastião Lopes Quatorze Voltas (maior de 60 anos), . Protocolo: 2015/237210. Comarca: Foro Central da Comarca
Sergio Roberto Calado (maior de 60 anos), Solange Aparecida da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: Vara de Acidentes do
Silveira. Advogado: PR034967 - Antonio Saonetti. Observação: Trabalho e Cartas Precatórias Cíveis. Ação Originária: 1296642-4
DESP 65. Vista Advogado: Antonio Saonetti (PR034967) Apelação Civel. Recorrente: Instituto Nacional do Seguro Social -
0002 . Processo/Prot: 0640165-0/02 Recurso Especial Cível INSS. Advogado: PR024297 - Luiz Eduardo Dluhosch. Recorrido:
. Protocolo: 2010/158184. Comarca: Foro Central da Comarca Vitalina Moreski. Advogado: PR040903 - Joarez da Natividade,
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 9ª Vara Cível. PR058059 - Renata Guerra de Andrade Max. Observação: DESP
Ação Originária: 6401650-0 Apelação Civel. Recorrente: Banco 65. Vista Advogado: Joarez da Natividade (PR040903)
Bradesco SA. Advogado: PR054985 - Andyara Carolina Silva 0010 . Processo/Prot: 1319988-5/02 Recurso Especial Cível
Zanin dos Santos, PR033562 - Rogério Marcio Beraldi Biguette. . Protocolo: 2015/266040. Comarca: Foro Central da Comarca
Recorrido: Adriane Tiburski, Antonio Saldanha Sari (maior de 60 da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: Vara de Acidentes
anos), Dvora Knopfholz (maior de 60 anos), Ivan Tiburski, José do Trabalho e Cartas Precatórias Cíveis. Ação Originária:
Antonio Scorsin (maior de 60 anos), José de Oliveira Menezes, 1319988-5 Apelação Civel e Reexame Necessario. Recorrente:
Luiz Augusto dos Anjos, Marcel Tiburski, Nelson Ribeiro (maior Instituto Nacional do Seguro Social - INSS. Advogado: PR021242
de 60 anos), Sergio de Almeida (maior de 60 anos). Advogado: - Fernando Gustavo Knoerr. Remetente: Juiz de Direito da
PR034967 - Antonio Saonetti. Observação: DESP 65. Vista Comarca de Assaí Diretor do Fórum. Recorrido: Tereza Sirlei
Advogado: Antonio Saonetti (PR034967) Lopes Augusto. Advogado: PR043901 - José Roberto Martins.
0003 . Processo/Prot: 0651460-7/03 Recurso Especial Cível Observação: DESP 65. Vista Advogado: Joarez da Natividade
. Protocolo: 2010/123188. Comarca: Foro Central da Comarca (PR040903)
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 3ª Vara Cível. Ação IDMATERIA1538721IDMATERIA

Originária: 6514607-0 Apelação Civel. Recorrente: Hsbc Bank


Brasil SA Banco Multiplo. Advogado: PR025814 - Izabela Cristina
Rücker Curi Bertoncello. Recorrido: Ana Cristina Krezinski Pedro, Div. Rec. Tribunais Superiores
Ilza de Moraes de Oliveira, Inez Medeiros da Silva, Ernestina Vieira Relação No. 2019.03782
- 50 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
____________________________________________________ Emmanuel Parchen, Wanderley S. Brasil, PR035137 - Reinaldo
Mirico Aronis. Recorrido: Lidovino Colnaghi (maior de 60 anos).
ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO Advogado: PR028041 - Vanessa da Costa Pereira Ramos.
Observação: DESP 67. Vista Advogado: Vanessa da Costa
Advogado Ordem Processo/Prot
Pereira Ramos (PR028041)
PR007295 - Luiz Rodrigues 001 0470797-7/02 0005 . Processo/Prot: 0609668-0/01 Recurso Extraordinário/
Wambier
Especial Cível
PR021242 - Fernando G. 007 1253553-8/02
. Protocolo: 2009/300972, 2009/300975. Comarca: Foro Central
Knoerr
da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 9ª Vara
PR024297 - Luiz Eduardo 007 1253553-8/02
Cível. Ação Originária: 6096680-0 Apelação Civel. Recorrente:
Dluhosch
Unibanco - União de Bancos Brasileiros SA. Advogado: PR056124
PR024498 - E. A. F. d. 001 0470797-7/02
Santos
- Alexandre de Almeida. Recorrido: Angela Maria Araújo Martins
(maior de 60 anos), Antônio Marcos Balan, José Franzon Neto,
PR025814 -. I. C. R. C. 006 0658463-6/02
Bertoncello
Maria Aparecida Mastriani de Assis, Maria Elza Pedaes, Mário
da Rocha, Ordalino André Picoli (maior de 60 anos), Oswaldo
PR028041 - Vanessa da C. P. 004 0551281-4/01
Ramos Spanhol (maior de 60 anos), Renato Adelino Mozer, Waldir Mozer
(maior de 60 anos). Advogado: PR030437 - Eraldo Lacerda Junior.
PR029066 - Kelly C. W. C. 006 0658463-6/02
Canzan Observação: DESP 67. Vista Advogado: Eraldo Lacerda Junior
PR030437 - Eraldo Lacerda 002 0539932-2/02
(PR030437)
Junior 0006 . Processo/Prot: 0658463-6/02 Recurso Especial Cível
005 0609668-0/01
. Protocolo: 2011/327145. Comarca: Foro Central da Comarca
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 10ª Vara Cível.
PR031095 - Fernanda M. 002 0539932-2/02
Roussenq Ação Originária: 6584636-0 Apelação Civel. Recorrente: Hsbc
Bank Brasil SA Banco Multiplo. Advogado: PR025814 - Izabela
PR033219 - Caroline Rupel 001 0470797-7/02
Scarano Cristina Rücker Curi Bertoncello, PR029066 - Kelly Cristina
PR034967 - Antonio Saonetti 006 0658463-6/02
Worm Cotlinski Canzan. Recorrido: Alcidio Mantovani, Antonio
Simoes, Elcio Roberto Lopes Pereira, Inez Vigolo, Ivanir Faria,
PR035137 - Reinaldo Mirico 004 0551281-4/01
Aronis
Jorgina Demiate Deszaunet, Marcos Demiate Deszaunet, Quintino
Rodrigues Manoel (maior de 60 anos), Claudia Hideco Uratsuka
PR037253 - Charles E. 004 0551281-4/01
Parchen Manoel (maior de 60 anos), Espólio de Hermeto Ricardo Vieira,
Espólio de Raul de Bastos Loyola. Advogado: PR034967 -
PR038023 - Newton Dorneles 002 0539932-2/02
Saratt Antonio Saonetti. Observação: DESP 67. Vista Advogado: Antonio
PR038205 - Fernando Augusto 002 0539932-2/02
Saonetti (PR034967)
Ogura 0007 . Processo/Prot: 1253553-8/02 Recurso Especial Cível
PR039673 - Hellison Eduardo 001 0470797-7/02
. Protocolo: 2015/178217. Comarca: Foro Central da Comarca
Alves da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: Vara de Acidentes do
PR040903 - Joarez da 007 1253553-8/02 Trabalho e Cartas Precatórias Cíveis. Ação Originária: 1253553-8
Natividade Apelação Civel. Recorrente: Instituto Nacional do Seguro Social -
PR042277 - Mauri M. B. 001 0470797-7/02 INSS. Advogado: PR024297 - Luiz Eduardo Dluhosch, PR021242
Junior - Fernando Gustavo Knoerr. Recorrido: Doralice Clemente de Lima
PR056124 - Alexandre de 003 0545182-9/01 (maior de 60 anos). Advogado: PR040903 - Joarez da Natividade.
Almeida Observação: DESP 67. Vista Advogado: Joarez da Natividade
005 0609668-0/01 (PR040903)
PR067171 - Douglas Janiski 003 0545182-9/01 IDMATERIA1538726IDMATERIA

Wanderley S. Brasil 004 0551281-4/01

Div. Rec. Tribunais Superiores


Relação No. 2019.03786
Vista ao(s) Advogado (s) - Prazo : 5 dias ____________________________________________________
0001 . Processo/Prot: 0470797-7/02 Recurso Especial Cível
. Protocolo: 2008/356276. Comarca: Ponta Grossa. Vara: 1ª Vara ÍNDICE DA PUBLICAÇÃO
Cível. Ação Originária: 4707977-0 Apelação Civel. Recorrente:
Advogado Ordem Processo/Prot
Banco Itaú SA. Advogado: PR007295 - Luiz Rodrigues Wambier,
Adenilson Cruz 026 1167845-8/05
PR024498 - Evaristo Aragão Ferreira dos Santos, PR042277 -
Mauri Marcelo Bevervanço Junior, PR033219 - Caroline Rupel Daniele Cristina Bahniuk 026 1167845-8/05
Scarano. Recorrido: Espólio de João Nadal, Waldir João Nadal. Jacques Nunes Attié 026 1167845-8/05
Advogado: PR039673 - Hellison Eduardo Alves. Observação: Leonardo de Lima e Silva 026 1167845-8/05
DESP 67. Vista Advogado: Roberto Antônio Busato (PR007680) Bagno
0002 . Processo/Prot: 0539932-2/02 Recurso Extraordinário/ Luiz Carlos Lugues 026 1167845-8/05
Especial Cível Marcelo Martins 026 1167845-8/05
. Protocolo: 2009/71145, 2009/71146. Comarca: Foro Central da Natalia do Patrocínio 026 1167845-8/05
Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 21ª Vara Nelson Luiz Nouvel Alessio 026 1167845-8/05
Cível. Ação Originária: 5399322-0 Apelação Civel. Recorrente: PE016983 - Antonio E. G. d. 002 0587381-2/05
Banco Bradesco SA. Advogado: PR038205 - Fernando Augusto Rueda
Ogura, PR031095 - Fernanda Mockel Roussenq, PR038023 - 004 0779850-1/03
Newton Dorneles Saratt. Recorrido: Antônia Venturin Garanhani 008 0856363-7/02
(maior de 60 anos), Antônio de Deus Rodrigues, Antônio Estevam
009 0856363-7/04
de Barros (maior de 60 anos), Claudinei Francisco Trombeta,
023 1160118-8/01
Fábio Luiz Braga. Advogado: PR030437 - Eraldo Lacerda Junior.
Observação: DESP 67. Vista Advogado: Eraldo Lacerda Junior 024 1160118-8/06
(PR030437) 033 1287429-2/03
0003 . Processo/Prot: 0545182-9/01 Recurso Extraordinário/ 034 1287429-2/06
Especial Cível 041 1404843-0/04
. Protocolo: 2009/98326, 2009/98329. Comarca: Uraí. Vara: Vara 046 1453759-4/02
Única. Ação Originária: 5451829-0 Apelação Civel. Recorrente: 053 1618754-1/02
Unibanco - União de Bancos Brasileiros SA. Advogado: PR056124 PR007919 - Milton Luiz C. 001 0587381-2/03
- Alexandre de Almeida. Recorrido: Francisco Antonio Dias (maior Küster
de 60 anos). Advogado: PR067171 - Douglas Janiski. Observação: 002 0587381-2/05
DESP 67. Vista Advogado: Douglas Janiski (PR067171), Paulo 003 0779850-1/01
Roberto Gomes (PR026446)
007 0834414-5/03
0004 . Processo/Prot: 0551281-4/01 Recurso Especial Cível
039 1377694-8/03
. Protocolo: 2010/61032. Comarca: Foro Central da Comarca
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 5ª Vara Cível. 040 1398501-8/06
Ação Originária: 5512814-0 Apelação Civel. Recorrente: Banco 045 1435068-0/04
Santander Banespa Sa. Advogado: PR037253 - Charles 047 1457364-1/02
- 51 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
048 1457364-1/04 049 1458496-2/02
PR008123 - Louise R. P. 001 0587381-2/03 PR012146 - Luiz Carlos 018 1139809-1/02
Gionédis Lugues
002 0587381-2/05 020 1154137-6/02
003 0779850-1/01 021 1154137-6/04
004 0779850-1/03 022 1154137-6/07
006 0798268-5/03 026 1167845-8/05
007 0834414-5/03 PR012722 - Agnaldo M. A. 030 1260524-8/02
008 0856363-7/02 Bezerra
009 0856363-7/04 031 1260524-8/05
010 0864769-4/02 035 1302602-9/03
012 0914545-1/02 036 1302602-9/06
013 0922904-5/03 038 1353702-3/02
014 0922904-5/05 PR012801 - Mario Cesar 047 1457364-1/02
Langowski
015 0969235-5/01
048 1457364-1/04
016 0969235-5/04
PR014078 - Murilo Cleve 001 0587381-2/03
017 1008219-2/02
Machado
018 1139809-1/02 PR014578 - Gilberto G. d. 020 1154137-6/02
019 1139809-1/05 Silva
020 1154137-6/02 021 1154137-6/04
021 1154137-6/04 022 1154137-6/07
022 1154137-6/07 PR016137 - Claudia Lorena 025 1162241-0/02
023 1160118-8/01 Carraro
024 1160118-8/06 043 1434512-9/02
025 1162241-0/02 PR017200 - Adenilson Cruz 026 1167845-8/05
026 1167845-8/05 030 1260524-8/02
027 1204102-0/05 031 1260524-8/05
028 1220179-1/03 PR017527 - Hugo Francisco 005 0798268-5/01
Gomes
029 1220179-1/06
011 0864769-4/04
030 1260524-8/02
PR018526 - Marcelo Martins 026 1167845-8/05
031 1260524-8/05
PR018970 - Edgar Luiz Dias 019 1139809-1/05
032 1280697-2/06
022 1154137-6/07
033 1287429-2/03
036 1302602-9/06
034 1287429-2/06
039 1377694-8/03
035 1302602-9/03
049 1458496-2/02
036 1302602-9/06
PR018990 - Beatriz Fonseca 042 1432193-6/02
037 1315294-2/02
Donato
038 1353702-3/02
044 1435068-0/02
039 1377694-8/03
045 1435068-0/04
040 1398501-8/06
PR019039 - Marcos R. 005 0798268-5/01
042 1432193-6/02 Meneghin
043 1434512-9/02 006 0798268-5/03
044 1435068-0/02 PR019157 - João Marcos 038 1353702-3/02
045 1435068-0/04 Cremasco
046 1453759-4/02 PR020668 - Carmen G. A. 016 0969235-5/04
047 1457364-1/02 Andrioli
048 1457364-1/04 030 1260524-8/02
049 1458496-2/02 035 1302602-9/03
050 1487963-3/03 036 1302602-9/06
051 1487963-3/07 038 1353702-3/02
052 1595681-3/02 044 1435068-0/02
053 1618754-1/02 049 1458496-2/02
PR010323 - Geraldo S. d. 027 1204102-0/05 050 1487963-3/03
Silva 051 1487963-3/07
PR011173 - João Correa 006 0798268-5/03 PR021582 - Glauco Iwersen 001 0587381-2/03
Sobania 003 0779850-1/01
029 1220179-1/06 039 1377694-8/03
032 1280697-2/06 045 1435068-0/04
034 1287429-2/06 PR022788 - Sandro Rafael 012 0914545-1/02
040 1398501-8/06 Bonatto
050 1487963-3/03 013 0922904-5/03
051 1487963-3/07 018 1139809-1/02
PR011285 - Álvaro Manoel 025 1162241-0/02 023 1160118-8/01
Furlan 024 1160118-8/06
035 1302602-9/03 025 1162241-0/02
036 1302602-9/06 029 1220179-1/06
PR012039 - Francisco Spisla 020 1154137-6/02 030 1260524-8/02
021 1154137-6/04 035 1302602-9/03
022 1154137-6/07 036 1302602-9/06
027 1204102-0/05 038 1353702-3/02
028 1220179-1/03 039 1377694-8/03
029 1220179-1/06 041 1404843-0/04
035 1302602-9/03 044 1435068-0/02
036 1302602-9/06 049 1458496-2/02
039 1377694-8/03 050 1487963-3/03
041 1404843-0/04 051 1487963-3/07
042 1432193-6/02

- 52 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
PR024605 - Marcos Luciano 043 1434512-9/02 PR050650 - Roberto Antonio 025 1162241-0/02
Gomes Sonego
PR025375 - José Carlos P. 018 1139809-1/02 043 1434512-9/02
Filho PR052944 - Mário M. 011 0864769-4/04
020 1154137-6/02 Nascimento
021 1154137-6/04 PR062948 - Paola C. d. 028 1220179-1/03
022 1154137-6/07 Carvalho
027 1204102-0/05 PR065618 - Nelson Luiz N. 038 1353702-3/02
Alessio
042 1432193-6/02
PR067090 - Paulo Antônio 010 0864769-4/02
049 1458496-2/02
Müller
PR027078 - Roberto C. 039 1377694-8/03 011 0864769-4/04
Justus
014 0922904-5/05
PR027238 - Daniela 018 1139809-1/02
Pazinatto 018 1139809-1/02
049 1458496-2/02 019 1139809-1/05
PR027328 - Anderson 007 0834414-5/03 020 1154137-6/02
Hataqueiama 021 1154137-6/04
PR027691 - César A. d. 006 0798268-5/03 022 1154137-6/07
França 026 1167845-8/05
013 0922904-5/03 031 1260524-8/05
015 0969235-5/01 032 1280697-2/06
016 0969235-5/04 035 1302602-9/03
025 1162241-0/02 036 1302602-9/06
027 1204102-0/05 037 1315294-2/02
042 1432193-6/02 043 1434512-9/02
PR027747 - Elaine G. M. 017 1008219-2/02 044 1435068-0/02
Pereira
045 1435068-0/04
018 1139809-1/02
049 1458496-2/02
027 1204102-0/05
050 1487963-3/03
030 1260524-8/02
051 1487963-3/07
031 1260524-8/05
PR073023 - Eugênia C. 038 1353702-3/02
039 1377694-8/03 Crosati
042 1432193-6/02 RJ048812 - Rosangela D. 013 0922904-5/03
047 1457364-1/02 Guerreiro
048 1457364-1/04 042 1432193-6/02
PR029022 - F. O. C. 025 1162241-0/02 RJ072403 - Jacques Nunes 045 1435068-0/04
Barrionuevo Attié
PR029486 - A. L. R. Tagliari 007 0834414-5/03 RJ084111 - B. B. C. G. 025 1162241-0/02
PR029545 - Patricia R. C. 018 1139809-1/02 Coelho
Jost 027 1204102-0/05
020 1154137-6/02 039 1377694-8/03
021 1154137-6/04 RS013449 - Paulo Antônio 005 0798268-5/01
022 1154137-6/07 Müller
027 1204102-0/05 006 0798268-5/03
049 1458496-2/02 044 1435068-0/02
PR031499 - Joe Nunes 038 1353702-3/02 RS035572 - Marco A. M. 005 0798268-5/01
Bianchi Moreira
PR033111 - Mônica F. M. 040 1398501-8/06 036 1302602-9/06
Beggiora 037 1315294-2/02
PR034147 - Rudinei 005 0798268-5/01 043 1434512-9/02
Fracasso 049 1458496-2/02
006 0798268-5/03 RS061655 - Carla Pinto da 005 0798268-5/01
011 0864769-4/04 Costa
PR035137 - Reinaldo Mirico 029 1220179-1/06 036 1302602-9/06
Aronis 037 1315294-2/02
052 1595681-3/02 043 1434512-9/02
PR036728 - Rafael M. R. 016 0969235-5/04 045 1435068-0/04
Loures
049 1458496-2/02
PR037706 - P. F. S. S. d. 013 0922904-5/03
SC007701 - Mário M. 001 0587381-2/03
Silva
Nascimento
014 0922904-5/05
002 0587381-2/05
015 0969235-5/01
SP027215 - Ilza Regina D. 006 0798268-5/03
016 0969235-5/04 Dias
PR037871 - Francis A. 040 1398501-8/06 012 0914545-1/02
Vessoni
015 0969235-5/01
PR040357 - Jean C. M. 001 0587381-2/03
016 0969235-5/04
Francisco
027 1204102-0/05
002 0587381-2/05
028 1220179-1/03
011 0864769-4/04
030 1260524-8/02
PR045658 - Karina 017 1008219-2/02
Hashimoto 038 1353702-3/02
027 1204102-0/05 042 1432193-6/02
028 1220179-1/03 SP061713 - Nelson Luiz N. 006 0798268-5/03
PR047282 - Rubia Andrade 006 0798268-5/03 Alessio
Fagundes 015 0969235-5/01
015 0969235-5/01 016 0969235-5/04
016 0969235-5/04 017 1008219-2/02
025 1162241-0/02 027 1204102-0/05
PR049548 - Alaim G. F. 007 0834414-5/03 028 1220179-1/03
Stefanello 030 1260524-8/02
025 1162241-0/02 042 1432193-6/02
- 53 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
SP157538 - Elisângela S. 007 0834414-5/03 de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes
Nozaki também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho
os embargos de declaração opostos por NAIR MARQUES DE
SOUZA E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o
pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 22 de
Despachos proferidos pelo Exmo Sr. 1º Vice-Presidente maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
0001 . Processo/Prot: 0587381-2/03 Recurso Especial Cível 1º Vice-Presidente 4669/2011 - AR06E
. Protocolo: 2010/309450. Comarca: Londrina. Vara: 8ª Vara 0002 . Processo/Prot: 0587381-2/05 Recurso Especial Cível
Cível. Ação Originária: 5873812-0 Apelação Civel. Recorrente: . Protocolo: 2017/47471, 2017/167654. Comarca: Londrina. Vara:
Caixa Seguradora Sa. Advogado: PR007919 - Milton Luiz 8ª Vara Cível. Ação Originária: 5873812-0 Apelação Civel.
Cleve Küster, PR021582 - Glauco Iwersen, PR014078 - Murilo Recorrente (1): Caixa Econômica Federal. Advogado: PE016983
Cleve Machado. Recorrido (1): Nair Marques de Souza, Daniel - Antonio Eduardo Gonçalves de Rueda. Recorrente (2): Maria
Rosa, Benedita Januária de Oliveira, Aparecida Mazetti da Conceição Ferreira. Advogado: PR008123 - Louise Rainer
Cruz, José Mariano Januário, Osny Xavier de Araújo, Maria Pereira Gionédis. Recorrido (1): Caixa Seguradora Sa. Advogado:
José dos Santos, Daniel de Souza, Alice da Silva Gomes. PR007919 - Milton Luiz Cleve Küster. Recorrido (2): Nair Marques
Advogado: SC007701 - Mário Marcondes Nascimento, PR040357 de Souza, Daniel Rosa, Benedita Januária de Oliveira, Aparecida
- Jean Carlos Martins Francisco. Recorrido (2): Maria Conceição Mazetti da Cruz, José Mariano Januário, Osny Xavier de Araújo,
Ferreira. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Maria José dos Santos, Daniel de Souza, Alice da Silva Gomes.
Despacho: Descrição: Despachos Decisórios Advogado: SC007701 - Mário Marcondes Nascimento, PR040357
Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou - Jean Carlos Martins Francisco. Recorrido (3): Maria Conceição
prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram Ferreira. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis.
embargos de declaração (fls. 1.291/1.296), alegando que a Despacho: Descrição: Despachos Decisórios
decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou
prevê expressamente que em face da decisão que determina prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram
o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição". embargos de declaração (fls. 1.291/1.296), alegando que a
Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei
análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos prevê expressamente que em face da decisão que determina
termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição".
Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a
merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos
de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo
distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos
Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido
a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de
do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do
por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça
jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento
a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado
gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
de Processo Civil".É de se ressaltar, ainda, que o Supremo heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de de Processo Civil".É de se ressaltar, ainda, que o Supremo
Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência
Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros
reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de
que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior
dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030 Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como
do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/ reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos
PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno
deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado, dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030
até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/
acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado,
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice
declaração devem ser rejeitados. Ainda que o artigo 1.037, § 10, pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No
inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão
distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de
sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal declaração devem ser rejeitados. Ainda que o artigo 1.037, § 10,
de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de
no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for
sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal
o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim, de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida
cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação
- 54 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde
o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim, o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim,
cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade
de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes
também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho
os embargos de declaração opostos por NAIR MARQUES DE os embargos de declaração opostos por EUNIDES DOS SANTOS
SOUZA E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o SILVA E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o
pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 22 de pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 28 de
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
1º Vice-Presidente 4669/2011 - AR06E 1º Vice-Presidente 19123/13 - AR33
0003 . Processo/Prot: 0779850-1/01 Recurso Especial Cível 0004 . Processo/Prot: 0779850-1/03 Recurso Especial Cível
. Protocolo: 2013/266277. Comarca: Londrina. Vara: 2ª Vara Cível. . Protocolo: 2017/191632. Comarca: Londrina. Vara: 2ª Vara Cível.
Ação Originária: 7798501-0 Apelação Civel. Recorrente: Eunides Ação Originária: 7798501-0 Apelação Civel. Recorrente: Eunides
dos Santos Silva (maior de 60 anos), Francisca Barreiros Parra, dos Santos Silva (maior de 60 anos), Francisca Barreiros Parra,
Genesio Lino (maior de 60 anos), Iliz Flávia Camargo, Manoel Genesio Lino (maior de 60 anos), Iliz Flávia Camargo, Manoel
Carlos dos Santos (maior de 60 anos), Marcio Henrique Camargo, Carlos dos Santos (maior de 60 anos), Marcio Henrique Camargo,
Maria Eugenia da Silveira Lima, Maria Onilda Daneil Mozaquatro, Maria Eugenia da Silveira Lima, Maria Onilda Daneil Mozaquatro,
Marinalva da Silva, Nair Almeida da Silva. Advogado: PR008123 - Marinalva da Silva, Nair Almeida da Silva. Advogado: PR008123 -
Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Caixa Seguradora Sa. Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Caixa Seguradora Sa.
Advogado: PR021582 - Glauco Iwersen, PR007919 - Milton Luiz Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo Gonçalves de Rueda.
Cleve Küster. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
2015) Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou
Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram
prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram embargos de declaração (fls. 1.543/1.546), alegando que a
embargos de declaração (fls. 1.543/1.546), alegando que a decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei
decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei prevê expressamente que em face da decisão que determina
prevê expressamente que em face da decisão que determina o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição".
o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição". Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a
Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos
análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo
termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos
Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido
merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de
de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do
distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça
Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento
a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado
do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". É de se ressaltar, ainda, que o Supremo
de Processo Civil". É de se ressaltar, ainda, que o Supremo Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência
Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros
para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de
de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior
Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como
Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos
reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno
que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030
dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030 do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/
do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/ PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado,
deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça
até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput
acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No
pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão
tocante à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de
recorrido a análise do mencionado pedido, os embargos de declaração devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10,
declaração devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10, inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de
inciso III, do Código de Processo Civil preveja que o pedido de distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for
distinção será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal
sobrestado recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida
de origem", a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação
no contexto em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação sistemática da norma legal, entendimento este adotado desde
- 55 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
o início da vigência do novo Código de Processo Civil. Assim, PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis, PR019039 - Marcos
cabendo a esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade Roberto Meneghin, PR034147 - Rudinei Fracasso. Recorrido: Sul
de recursos especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes América Companhia Nacional de Seguros. Advogado: PR027691
também deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho - César Augusto de França, SP027215 - Ilza Regina Defilippi Dias,
os embargos de declaração opostos por EUNIDES DOS SANTOS RS013449 - Paulo Antônio Müller, PR047282 - Rubia Andrade
SILVA E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o Fagundes, SP061713 - Nelson Luiz Nouvel Alessio. Interessado:
pedido de distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 28 de Caixa Econômica Federal. Advogado: PR011173 - João Correa
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA Sobania. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
1º Vice-Presidente 19123/13 - AR33 Trata-se de pedido de distinção interposto por LEODICE MARIA
0005 . Processo/Prot: 0798268-5/01 Recurso Especial Cível DE SENA OLIVEIRA E OUTROS, por meio do qual pretendem
. Protocolo: 2012/418121. Comarca: Colorado. Vara: Vara Cível e anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que,
Anexos. Ação Originária: 7982685-0 Apelação Civel. Recorrente: em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº
Leodice Maria de Sena Oliveira, Manoel de Andrade, Maria Alves 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a
da Silva Lima (maior de 60 anos), Maria do Carmo da Silva, Maria suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
Natividade Barbosa, Nivaldo dos Santos, Rosa Alves da Silva intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão.
Candão (maior de 60 anos), Sebastião Hipólito Venancio (maior Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não
de 60 anos), Valdevino Ernani do Nascimento, Vera Lucia Campos poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
da Silva Lima, Zilda Fernandes de Souza Gomes. Advogado: a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
PR017527 - Hugo Francisco Gomes, PR019039 - Marcos representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada
Roberto Meneghin, PR034147 - Rudinei Fracasso. Recorrido: Sul a determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que,
América Companhia Nacional de Seguros. Advogado: RS061655 os leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014
- Carla Pinto da Costa, RS035572 - Marco Aurélio Mello "para atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em
Moreira, RS013449 - Paulo Antônio Müller. Despacho: Processo que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) Financeiro de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice
Trata-se de pedido de distinção interposto por LEODICE MARIA pública"; entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da
DE SENA OLIVEIRA E OUTROS, por meio do qual pretendem edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida
anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, Lei ao caso em tela" (fls. 1.193/1.197). Conforme já consignado
em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão. gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
a determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
os leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
"para atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário
que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado
Financeiro de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice à fl. 1.189, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de
pública"; entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º,
edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
Lei ao caso em tela" (fls. 1.193/1.197). Conforme já consignado Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
à fl. 1.189, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o
caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele sobrestamento dos recursos especiais. Intimem-se. Curitiba, 31 de
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida 1º Vice-Presidente AR33
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 0007 . Processo/Prot: 0834414-5/03 Recurso Especial Cível
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO . Protocolo: 2013/362949. Comarca: Cornélio Procópio. Vara:
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os Vara Cível e Anexos. Ação Originária: 8344145-0 Agravo de
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de Instrumento. Recorrente: Gilza de Lima Dolavale, Jose Albino, Luiz
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate Yoshimitsu Nishimura, Maria de Jesus Alves Dauta, Osmar Emidio
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou de Souza. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis.
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante Recorrido: Liberty Seguros Sa. Advogado: PR029486 - Angelino
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, Luiz Ramalho Tagliari, PR027328 - Anderson Hataqueiama,
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos SP157538 - Elisângela Silva Nozaki, PR007919 - Milton Luiz
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Cleve Küster. Interessado: Caixa Econômica Federal. Advogado:
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública PR049548 - Alaim Giovani Fortes Stefanello. Despacho:
- ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do Nos termos do § 11 do artigo 1.037 do novo Código de
exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o Processo Civil, intimem-se a recorrida LIBERTY SEGUROS S/A
sobrestamento dos recursos especiais. Intimem-se. Curitiba, 31 de e a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL para, querendo, oferecerem
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA manifestação em cinco dias acerca do contido na petição de
1º Vice-Presidente AR33 distinção. Curitiba, 22 de março de 2019. Assinado digitalmente
0006 . Processo/Prot: 0798268-5/03 Recurso Especial Cível DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 5388/14 - AR06E
. Protocolo: 2017/263859. Comarca: Colorado. Vara: Vara Cível e 0008 . Processo/Prot: 0856363-7/02 Recurso Especial Cível
Anexos. Ação Originária: 7982685-0 Apelação Civel. Recorrente: . Protocolo: 2013/354439. Comarca: Jandaia do Sul. Vara: Vara
Leodice Maria de Sena Oliveira, Manoel de Andrade, Maria Alves Única. Ação Originária: 8563637-0 Apelação Civel. Recorrente:
da Silva Lima (maior de 60 anos), Maria do Carmo da Silva, Maria Salvador Sandaniel Neto, Silvio Martins de Oliveira, Valdemar
Natividade Barbosa, Nivaldo dos Santos, Rosa Alves da Silva Gomes dos Santos, Zenilto Detoni. Advogado: PR008123 -
Candão (maior de 60 anos), Sebastião Hipólito Venancio (maior Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Caixa Seguradora Sa.
de 60 anos), Valdevino Ernani do Nascimento, Vera Lucia Campos Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo Gonçalves de Rueda.
da Silva Lima, Zilda Fernandes de Souza Gomes. Advogado: Despacho:
- 56 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.484/1.487 heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
por SALVADOR SANDANIEL NETO E OUTROS, por meio do suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice- tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/ acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado
PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. à fl. 1.320, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de
Devidamente intimada (fl. 1.499), a Recorrida manifestou-se pela Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º,
manutenção da decisão. Sustentaram os Requerentes que "o caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
recurso interposto não poderia ser objeto de sobrestamento, uma Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
vez que é distinta a matéria a ser decidida pela Corte Superior Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
nos recursos representativo de controvérsia sobre os quais foi nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
fundamentada a determinação de suspensão". Argumentaram, 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
para tanto, que, os leading cases tratam da suficiência da Lei BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
nº 13.000/2014 "não se aplica ao caso porque os contratos são julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
anteriores a aludida Lei, sendo que esta não é suficiente para jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que
discute cobertura securitária no âmbito do Sistema Financeiro da assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como
Habitação - SFH" (fl. 1.487). Conforme já consignado por esta representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e
1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da
originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária,
incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se
(novamente) uma potencialidade expressiva de grave risco de tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e
decisões conflitantes, diante das novas teses que não podem 09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção de
ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de fls. 1.484/1.487, interposto por SALVADOR SANDANIEL NETO
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade E OUTROS e mantenho o sobrestamento do recurso especial.
heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de Intimem-se. Curitiba, 17 de maio de 2018. Assinado digitalmente
suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 353/14 - AR06E
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código 0010 . Processo/Prot: 0864769-4/02 Recurso Especial Cível
de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário . Protocolo: 2013/383829. Comarca: Apucarana. Vara: 2ª Vara
acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado Cível. Ação Originária: 8647694-0 Apelação Civel. Recorrente:
à fl. 1.320, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Albari Pinheiro dos Santos, Albino Potyrala (maior de 60 anos),
Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, Álvaro Justino Lamounier (maior de 60 anos), Antonia Romana
caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele dos Santos (maior de 60 anos), Cenira da Costa Paula (maior de
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo 60 anos), Dolores de Oliveira Borges, Idalina Mantovani Pereira
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida (maior de 60 anos), Iracema de Souza Carvalho, Jair Teodoro
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº Ferreira, Joaquim Silvio Ribeiro (maior de 60 anos), José Batista
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO de Oliveira, Leonísio Correa. Advogado: PR008123 - Louise
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Sul Asmérica Companhia
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de Nacional de Seguros. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se Müller. Despacho:
debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que Nos termos do §11 do artigo 1.037 do Código de Processo
assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como Civil, intime-se a parte recorrida SUL AMÉRICA COMPANHIA
representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e NACIONAL DE SEGUROS GERAIS S/A para, querendo, oferecer
Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da manifestação em cinco dias acerca do contido na petição de
Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária, distinção. Curitiba, 25 de abril de 2019. Assinado digitalmente
no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 2089/14 - AR33
tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 0011 . Processo/Prot: 0864769-4/04 Recurso Especial Cível
09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção de . Protocolo: 2017/263900. Comarca: Apucarana. Vara: 2ª Vara
fls. 1.484/1.487, interposto por SALVADOR SANDANIEL NETO Cível. Ação Originária: 8647694-0 Apelação Civel. Recorrente:
E OUTROS e mantenho o sobrestamento do recurso especial. Albari Pinheiro dos Santos e Outros. Advogado: PR017527 - Hugo
Intimem-se. Curitiba, 17 de maio de 2018. Assinado digitalmente Francisco Gomes, PR040357 - Jean Carlos Martins Francisco,
DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 353/14 - AR06E PR034147 - Rudinei Fracasso, PR052944 - Mário Marcondes
0009 . Processo/Prot: 0856363-7/04 Recurso Especial Cível Nascimento. Recorrido: Sul Asmérica Companhia Nacional de
. Protocolo: 2017/234333. Comarca: Jandaia do Sul. Vara: Vara Seguros. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller. Despacho:
Única. Ação Originária: 8563637-0 Apelação Civel. Recorrente: Nos termos do §11 do artigo 1.037 do Código de Processo
Salvador Sandaniel Neto, Silvio Martins de Oliveira, Valdemar Civil, intime-se a parte recorrida SUL AMÉRICA COMPANHIA
Gomes dos Santos, Zenilto Detoni. Advogado: PR008123 - NACIONAL DE SEGUROS GERAIS S/A para, querendo, oferecer
Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Caixa Seguradora Sa. manifestação em cinco dias acerca do contido na petição de
Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo Gonçalves de Rueda. distinção. Curitiba, 25 de abril de 2019. Assinado digitalmente
Despacho: DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 2089/14 - AR33
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.484/1.487 0012 . Processo/Prot: 0914545-1/02 Recurso Especial Cível
por SALVADOR SANDANIEL NETO E OUTROS, por meio do . Protocolo: 2013/187746. Comarca: Londrina. Vara: 5ª Vara Cível.
qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice- Ação Originária: 9145451-0 Agravo de Instrumento. Recorrente:
Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Ailton José Nunes da Silva, Aparecida Casciano da Silva, Eder
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/ Willian de Moraes, Eugenia Rosa da Cruz Santos, Jandira de
PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Souza Costa, Leocadia Chrispina de Jesus, Maria Auxiliadora
Devidamente intimada (fl. 1.499), a Recorrida manifestou-se pela Caetano, Maria das Graças Guimarães, Roseli Miguel Pinto,
manutenção da decisão. Sustentaram os Requerentes que "o Sebastião Soares da Silva, Sonia Mateus. Advogado: PR008123
recurso interposto não poderia ser objeto de sobrestamento, uma - Louise Rainer Pereira Gionédis, PR022788 - Sandro Rafael
vez que é distinta a matéria a ser decidida pela Corte Superior Bonatto. Recorrido: Sul América Companhia Nacional de Seguros
nos recursos representativo de controvérsia sobre os quais foi Gerais Sa. Advogado: SP027215 - Ilza Regina Defilippi Dias.
fundamentada a determinação de suspensão". Argumentaram, Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
para tanto, que, os leading cases tratam da suficiência da Lei Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 502/506 por
nº 13.000/2014 "não se aplica ao caso porque os contratos são AILTON JOSÉ NUNES DA SILVA E OUTROS, por meio do qual
anteriores a aludida Lei, sendo que esta não é suficiente para pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais
discute cobertura securitária no âmbito do Sistema Financeiro da nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou
Habitação - SFH" (fl. 1.487). Conforme já consignado por esta a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão
originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel (fl. 514). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto
incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
(novamente) uma potencialidade expressiva de grave risco de a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
decisões conflitantes, diante das novas teses que não podem representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
- 57 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se Rubia Andrade Fagundes, SP027215 - Ilza Regina Defilippi Dias.
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro Interessado: Caixa Economica Federal. Advogado: PR037706 -
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; Patrícia Francioli Suzi Serino da Silva. Despacho:
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da Nos termos do § 2º do artigo 1.023 do Código de Processo Civil,
Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso intimem-se a recorrida SUL AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL
em tela" (fl. 503). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- DE SEGUROS S.A. e a interessada CAIXA ECONÔMICA
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado FEDERAL para, querendo, oferecerem manifestação em cinco
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da dias acerca dos embargos de declaração opostos às fls.
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma 1.477/1.482. Curitiba, 2 de abril de 2019. Assinado digitalmente
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 6731/13 - AR17
diante das novas teses que não podem ser simplesmente 0016 . Processo/Prot: 0969235-5/04 Recurso Especial Cível
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo . Protocolo: 2017/67844. Comarca: Maringá. Vara: 3ª Vara Cível.
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão Ação Originária: 9692355-0 Agravo de Instrumento. Recorrente:
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de Lucilene Xavier de Assis, Sergio Alves Rodrigues, Valdir Noveli
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto (maior de 60 anos). Advogado: PR008123 - Louise Rainer
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". Pereira Gionédis, PR020668 - Carmen Glória Arriagada Andrioli,
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, PR036728 - Rafael Macedo Rocha Loures. Recorrido: Sul América
deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 498, até Companhia Nacional de Seguros Sa. Advogado: PR027691 -
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca César Augusto de França, SP061713 - Nelson Luiz Nouvel
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, Alessio, PR047282 - Rubia Andrade Fagundes, SP027215 - Ilza
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, Regina Defilippi Dias. Interessado: Caixa Economica Federal.
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de Advogado: PR037706 - Patrícia Francioli Suzi Serino da Silva.
Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos Despacho:
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, Nos termos do § 2º do artigo 1.023 do Código de Processo Civil,
por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, intimem-se a recorrida SUL AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL
determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos DE SEGUROS S.A. e a interessada CAIXA ECONÔMICA
dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em FEDERAL para, querendo, oferecerem manifestação em cinco
trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir dias acerca dos embargos de declaração opostos às fls.
da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção 1.477/1.482. Curitiba, 2 de abril de 2019. Assinado digitalmente
da Caixa Econômica Federal como representante judicial do DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 6731/13 - AR17
FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve 0017 . Processo/Prot: 1008219-2/02 Recurso Especial Cível
ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos . Protocolo: 2013/274850. Comarca: Região Metropolitana de
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 9ª Vara Cível.
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública Ação Originária: 1008219-2 Agravo de Instrumento. Recorrente:
- ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do Alfredo Luiz de Almeida, Amarildo Ferreira de Araujo, Antonio
exposto, indefiro o pedido de distinção de fls. 502/506 interposto de Ponte Maciel, Antonio José Venâncio, Arlinda Macedo da
por AILTON JOSÉ NUNES DA SILVA E OUTROS e mantenho o Silva, Azor de Lima, Darci Salles, Dirce Raimundo de Oliveira,
sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 27 de Elias Garcia, Francisco Marques de Freitas, Ines Butieri Micheletti,
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA Joaquim Ferreira Brito. Advogado: PR008123 - Louise Rainer
1º Vice-Presidente 12223/13 - AR06E Pereira Gionédis. Recorrido: Sul América Companhia Nacional
0013 . Processo/Prot: 0922904-5/03 Recurso Especial Cível de Seguros Gerais. Advogado: PR045658 - Karina Hashimoto,
. Protocolo: 2013/345592. Comarca: Marialva. Vara: Vara Cível SP061713 - Nelson Luiz Nouvel Alessio. Interessado: Caixa
e Anexos. Ação Originária: 9229045-0 Agravo de Instrumento. Econômica Federal. Advogado: PR027747 - Elaine Garcia
Recorrente: Maria do Carmo Machado, Maria Eliza dos Santos Monteiro Pereira. Despacho:
Menino, Maria Helena Pereira da Silva Passafaro, Maria José Nos termos do artigo 1.023, § 2º, do novo Código de Processo
dos Santos, Roberto Domingos Lucas, Vaderleia da Silva, Civil, intimem-se a Embargada SUL AMÉRICA COMPANHIA
Vanderlino Garbeloto. Advogado: PR008123 - Louise Rainer NACIONAL DE SEGUROS GERAIS e a Interessada CAIXA
Pereira Gionédis, PR022788 - Sandro Rafael Bonatto. Recorrido: ECONÔMICA FEDERAL para que, querendo, manifestem-se, no
Sul América Cia Nacional de Seguros Sa. Advogado: PR027691 - prazo de 5 (cinco) dias, sobre os embargos opostos, considerando
César Augusto de França, RJ048812 - Rosangela Dias Guerreiro. a possibilidade de modificação da decisão embargada. Curitiba,
Interessado: Caixa Economica Federal. Advogado: PR037706 - 27 de março de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE
Patrícia Francioli Suzi Serino da Silva. Despacho: MOURA 1º Vice-Presidente AR 28
Nos termos do artigo 1.023, § 2º, do novo Código de Processo 0018 . Processo/Prot: 1139809-1/02 Recurso Especial Cível
Civil, intimem-se a Embargada e a Interessada para que, . Protocolo: 2016/36501. Comarca: Foro Central da Comarca
querendo, manifestem-se, no prazo de 5 (cinco) dias, sobre os da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 12ª Vara Cível.
embargos opostos, considerando a possibilidade de modificação Ação Originária: 1139809-1 Agravo de Instrumento. Recorrente:
da decisão embargada. Curitiba, 27 de março de 2019. Assinado Antônio Carlos Cornelsen, Antônio Carlos Teles Araújo, Carlos
digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente AR Roberto Rodrigues, Cintia Regina Karklin Kania, Denise Maria
28 Rebonato, Gisele Machado, Gracimery Chaves Wolanski, Helder
0014 . Processo/Prot: 0922904-5/05 Recurso Especial Cível José Bandeira, Jaciara da Silva Teixeira (maior de 60 anos),
. Protocolo: 2017/178966. Comarca: Marialva. Vara: Vara Cível José Orlando Quadros Mayeves, Ladir Neves Simão, Lenira
e Anexos. Ação Originária: 9229045-0 Agravo de Instrumento. do Rócio Saloya, Leoni do Belem Silveiro, Luci Mara Saboia
Recorrente: Maria do Carmo Machado, Maria Eliza dos Santos Garcia, Manoel Albino de Araújo, Maria Alice Leite Gomes,
Menino, Maria Helena Pereira da Silva Passafaro, Maria José Mônica Alice Leite Gomes, Paulo Soares de Queiroz, Pericles
dos Santos, Roberto Domingos Lucas, Vaderleia da Silva, de Sá Moreira. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira
Vanderlino Garbeloto. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Gionédis, PR022788 - Sandro Rafael Bonatto. Recorrido: Sul
Pereira Gionédis. Recorrido: Sul América Cia Nacional de Seguros América Companhia Nacional de Seguros Gerais S.a.. Advogado:
Sa. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller. Interessado: PR067090 - Paulo Antônio Müller. Interessado: Caixa Economica
Caixa Economica Federal. Advogado: PR037706 - Patrícia Federal. Advogado: PR027747 - Elaine Garcia Monteiro Pereira,
Francioli Suzi Serino da Silva. Despacho: PR012146 - Luiz Carlos Lugues, PR025375 - José Carlos Pinotti
Nos termos do artigo 1.023, § 2º, do novo Código de Processo Filho, PR029545 - Patricia Raquel Caires Jost, PR027238 -
Civil, intimem-se a Embargada e a Interessada para que, Daniela Pazinatto. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037
querendo, manifestem-se, no prazo de 5 (cinco) dias, sobre os CPC 2015)
embargos opostos, considerando a possibilidade de modificação Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.950/1.954 por
da decisão embargada. Curitiba, 27 de março de 2019. Assinado ANTÔNIO CARLOS CORNELSEN E OUTROS, por meio do qual
digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente AR pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência
28 que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais
0015 . Processo/Prot: 0969235-5/01 Recurso Especial Cível nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou
. Protocolo: 2013/60382. Comarca: Maringá. Vara: 3ª Vara Cível. a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
Ação Originária: 9692355-0 Agravo de Instrumento. Recorrente: intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão
Lucilene Xavier de Assis, Sergio Alves Rodrigues, Valdir Noveli (fl. 1.960). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto
(maior de 60 anos). Advogado: PR008123 - Louise Rainer não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
Pereira Gionédis. Recorrido: Sul América Companhia Nacional a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
de Seguros Sa. Advogado: PR027691 - César Augusto de representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
França, SP061713 - Nelson Luiz Nouvel Alessio, PR047282 - determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
- 58 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para diante das novas teses que não podem ser simplesmente
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto
Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil".
em tela" (fl. 1.950). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.946, até
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º,
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal,
diante das novas teses que não podem ser simplesmente e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR,
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE,
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir
deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.946, até da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca da Caixa Econômica Federal como representante judicial do
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, exposto, indefiro o pedido de distinção de fls. 1.950/1.954 por
determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos ANTÔNIO CARLOS CORNELSEN E OUTROS e mantenho o
dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 22 de
trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção 1º Vice-Presidente 19038/2016 - AR06E
da Caixa Econômica Federal como representante judicial do 0020 . Processo/Prot: 1154137-6/02 Recurso Extraordinário/
FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve Especial Cível
ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos . Protocolo: 2014/326192, 2014/326205. Comarca: Região
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Metropolitana de Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 6ª
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública Vara Cível. Ação Originária: 1154137-6 Agravo de Instrumento.
- ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do Recorrente: Sul América Companhia Nacional de Seguros Gerais
exposto, indefiro o pedido de distinção de fls. 1.950/1.954 por S.a.. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller. Recorrido: Neli
ANTÔNIO CARLOS CORNELSEN E OUTROS e mantenho o Rodrigues de Souza (maior de 60 anos), Osvaldina Campos de
sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 22 de Oliveira (maior de 60 anos), Oswaldo Amelio de Souza (maior
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA de 60 anos), Pedro Salari, Roberto Carlos Furtado, Rosa Neide
1º Vice-Presidente 19038/2016 - AR06E Bragatto Rodrigues, Suzete Aparecida Penha de Oliveira, Valdete
0019 . Processo/Prot: 1139809-1/05 Recurso Especial Cível dos Santos, Vera Lucia Batalha, Vicenti Galvão (maior de 60 anos),
. Protocolo: 2017/47442, 2017/194514, 2017/194894. Comarca: Waldemir de Assis (maior de 60 anos). Advogado: PR008123 -
Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba. Louise Rainer Pereira Gionédis. Interessado: Caixa Econômica
Vara: 12ª Vara Cível. Ação Originária: 1139809-1 Agravo Federal. Advogado: PR012146 - Luiz Carlos Lugues, PR014578 -
de Instrumento. Recorrente (1): Caixa Economica Federal. Gilberto Gemin da Silva, PR012039 - Francisco Spisla, PR029545
Advogado: PR018970 - Edgar Luiz Dias. Recorrente (2): Leoni - Patricia Raquel Caires Jost, PR025375 - José Carlos Pinotti Filho.
do Belem Silveiro. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Despacho:
Gionédis. Recorrente (3): Sul América Companhia Nacional de Nos termos do §11 do artigo 1.037 do novo Código de
Seguros Gerais S.a.. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller. Processo Civil, intimem-se as partes recorrentes SUL AMÉRICA
Recorrido (1): Antônio Carlos Cornelsen, Antônio Carlos Teles COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS GERAIS S/A e
Araújo, Carlos Roberto Rodrigues, Cintia Regina Karklin Kania, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL para, querendo, oferecerem
Denise Maria Rebonato, Gisele Machado, Gracimery Chaves manifestação em cinco dias acerca do contido na petição de
Wolanski, Helder José Bandeira, Jaciara da Silva Teixeira (maior distinção. Curitiba, 21 de março de 2019. Assinado digitalmente
de 60 anos), José Orlando Quadros Mayeves, Ladir Neves Simão, DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente AR33
Lenira do Rócio Saloya, Leoni do Belem Silveiro, Luci Mara 0021 . Processo/Prot: 1154137-6/04 Recurso Especial Cível
Saboia Garcia, Manoel Albino de Araújo, Maria Alice Leite Gomes, . Protocolo: 2016/84971. Comarca: Região Metropolitana de
Mônica Alice Leite Gomes, Paulo Soares de Queiroz, Pericles Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 6ª Vara Cível. Ação
de Sá Moreira. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Originária: 1154137-6 Agravo de Instrumento. Recorrente: Neli
Gionédis. Recorrido (2): Sul América Companhia Nacional de Rodrigues de Souza (maior de 60 anos), Osvaldina Campos
Seguros Gerais S.a.. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller. de Oliveira (maior de 60 anos), Oswaldo Amelio de Souza
Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) (maior de 60 anos), Pedro Salari, Roberto Carlos Furtado, Rosa
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.950/1.954 por Neide Bragatto Rodrigues, Suzete Aparecida Penha de Oliveira,
ANTÔNIO CARLOS CORNELSEN E OUTROS, por meio do qual Valdete dos Santos, Vera Lucia Batalha, Vicenti Galvão (maior
pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência de 60 anos), Waldemir de Assis (maior de 60 anos). Advogado:
que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Sul
nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou América Companhia Nacional de Seguros Gerais S.a.. Advogado:
a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente PR067090 - Paulo Antônio Müller. Interessado: Caixa Econômica
intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão Federal. Advogado: PR012146 - Luiz Carlos Lugues, PR014578 -
(fl. 1.960). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto Gilberto Gemin da Silva, PR012039 - Francisco Spisla, PR029545
não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta - Patricia Raquel Caires Jost, PR025375 - José Carlos Pinotti Filho.
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos Despacho: Devolvido sem despacho.
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a 0022 . Processo/Prot: 1154137-6/07 Recurso Especial Cível
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os . Protocolo: 2017/31516, 2017/223933. Comarca: Região
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para Metropolitana de Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 6ª
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se Vara Cível. Ação Originária: 1154137-6 Agravo de Instrumento.
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro Recorrente (1): Caixa Econômica Federal. Advogado: PR012146
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; - Luiz Carlos Lugues, PR014578 - Gilberto Gemin da Silva,
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da PR012039 - Francisco Spisla, PR029545 - Patricia Raquel Caires
Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso Jost, PR025375 - José Carlos Pinotti Filho, PR018970 - Edgar
em tela" (fl. 1.950). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- Luiz Dias. Recorrente (2): Sul América Companhia Nacional de
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado Seguros Gerais S.a.. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller.
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da Recorrido (1): Neli Rodrigues de Souza (maior de 60 anos),
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma Osvaldina Campos de Oliveira (maior de 60 anos), Oswaldo
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, Amelio de Souza (maior de 60 anos), Pedro Salari, Roberto Carlos
- 59 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Furtado, Rosa Neide Bragatto Rodrigues, Suzete Aparecida Carlos Lugues, Adenilson Cruz, Marcelo Martins. Agravante: Sul
Penha de Oliveira, Valdete dos Santos, Vera Lucia Batalha, Vicenti América Companhia Nacional de Seguros. Advogado: PR067090
Galvão (maior de 60 anos), Waldemir de Assis (maior de 60 anos). - Paulo Antônio Müller. Agravado: Luiz Carlos Zeni, Benedita
Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido Pinto Ferreira, Floriza Taborda Vicente, Jimmy Ricardo Garcia,
(2): Sul América Companhia Nacional de Seguros Gerais S.a.. Erotildes Antunes Martins, Marli Campos Rocha, Antonio Pianaro,
Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller. Despacho: Estevam Caldonazzo, Renato Paschoal, Valci Lozorin. Advogado:
Nos termos do §11 do artigo 1.037 do novo Código de PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Interessado: Caixa
Processo Civil, intimem-se as partes recorrentes SUL AMÉRICA Economica Federal. Advogado: PR012146 - Luiz Carlos Lugues,
COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS GERAIS S/A e PR017200 - Adenilson Cruz, PR018526 - Marcelo Martins.
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL para, querendo, oferecerem Despacho: Devolvo os Autos Para os Devidos Fins.
manifestação em cinco dias acerca do contido na petição de G1V-7
distinção. Curitiba, 21 de março de 2019. Assinado digitalmente Despachos proferidos pelo Exmo Sr. 1º Vice-Presidente
DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente AR33 0027 . Processo/Prot: 1204102-0/05 Recurso Especial Cível
0023 . Processo/Prot: 1160118-8/01 Recurso Especial Cível . Protocolo: 2016/139681. Comarca: São Jerônimo da Serra. Vara:
. Protocolo: 2014/165781. Comarca: Foro Central da Comarca Juízo Único. Ação Originária: 1204102-0 Agravo de Instrumento.
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 12ª Vara Cível. Ação Recorrente: Azimar Aparecido de Mello, Cleonice Martins, Dercy
Originária: 1160118-8 Agravo de Instrumento. Recorrente: Antonia Rodrigues dos Santos, Ivani Aparecida Contendes. Advogado:
de Fatima Hiszi, Marco Aurelio Weiss, Rosangela dos Santos PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Sul
Couto, Rosana Maria Araujo da Silveira, Edna Aparecida Cezario América Companhia Nacional de Seguros. Advogado: SP027215
de Siqueira, Ana Raquel Guimaraes do Nascimento (maior de 60 - Ilza Regina Defilippi Dias, SP061713 - Nelson Luiz Nouvel
anos), Iara Cristina Schliesing. Advogado: PR022788 - Sandro Alessio, PR027691 - César Augusto de França, RJ084111 -
Rafael Bonatto, PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Beatriz Bergamini Cavalcante Gomes Coelho, PR045658 - Karina
Recorrido: Caixa Seguradora Sa. Advogado: PE016983 - Antonio Hashimoto. Interessado: Caixa Econômica Federal. Advogado:
Eduardo Gonçalves de Rueda. Despacho: PR010323 - Geraldo Saviani da Silva, PR012039 - Francisco
Nos termos do §11 do artigo 1.037 do novo Código de Processo Spisla, PR029545 - Patricia Raquel Caires Jost, PR025375 - José
Civil, intime-se a parte recorrente CAIXA SEGURADORA S/A Carlos Pinotti Filho, PR027747 - Elaine Garcia Monteiro Pereira.
para, querendo, oferecer manifestação em cinco dias acerca Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
do contido na petição de distinção. Curitiba, 18 de março de Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.071/1.075 por
2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice- AZIMAR APARECIDO DE MELLO E OUTROS, por meio do qual
Presidente 12280/14 - AR33 pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência
0024 . Processo/Prot: 1160118-8/06 Recurso Especial Cível que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais
. Protocolo: 2017/141482. Comarca: Foro Central da Comarca nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 12ª Vara Cível. a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
Ação Originária: 1160118-8 Agravo de Instrumento. Recorrente: intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão
Caixa Seguradora Sa. Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo (fl. 1.083). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto
Gonçalves de Rueda. Recorrido: Antonia de Fatima Hiszi, Marco não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
Aurelio Weiss, Rosangela dos Santos Couto, Rosana Maria Araujo a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
da Silveira, Edna Aparecida Cezario de Siqueira, Ana Raquel representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
Guimaraes do Nascimento (maior de 60 anos), Iara Cristina determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
Schliesing. Advogado: PR022788 - Sandro Rafael Bonatto, leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Despacho: atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se
Nos termos do §11 do artigo 1.037 do novo Código de Processo discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
Civil, intime-se a parte recorrente CAIXA SEGURADORA S/A de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
para, querendo, oferecer manifestação em cinco dias acerca entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da
do contido na petição de distinção. Curitiba, 18 de março de Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso
2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice- em tela" (fl. 1.072). Conforme já consignado por esta 1ª Vice-
Presidente 12280/14 - AR33 Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado
0025 . Processo/Prot: 1162241-0/02 Recurso Especial Cível pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da
. Protocolo: 2015/343540. Comarca: Palotina. Vara: Vara Cível Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma
e Anexos. Ação Originária: 1162241-0 Agravo de Instrumento. potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes,
Recorrente: Caixa Econômica Federal. Advogado: PR050650 diante das novas teses que não podem ser simplesmente
- Roberto Antonio Sonego, PR049548 - Alaim Giovani Fortes ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
Stefanello, PR011285 - Álvaro Manoel Furlan, PR016137 - inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão
Claudia Lorena Carraro. Recorrido (1): Afonso Arnhold, Hedy pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de
Rios (maior de 60 anos), Milton Morilha Teles, Nelsi Maria competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto
Soder Mattei, Nadir Maria Bassolto Perachi, Rudy Waldemar o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil".
Schroeder (maior de 60 anos), Simei Cerqueira Leite, Suzymar Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
Horue Nakai, Tereza Carmelinda Barro (maior de 60 anos). deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.067, até
Advogado: PR022788 - Sandro Rafael Bonatto, PR008123 - pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca
Louise Rainer Pereira Gionédis, PR029022 - Fernando O'Reilly do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º,
Cabral Barrionuevo. Recorrido (2): Sul America Companhia da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal,
Nacional de Seguros Gerais Sa. Advogado: PR047282 - Rubia e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de
Andrade Fagundes, RJ084111 - Beatriz Bergamini Cavalcante Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos
Gomes Coelho, PR027691 - César Augusto de França. Despacho: Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR,
Nos termos do artigo 1.023, § 2º, do novo Código de Processo por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE,
Civil, intimem-se a Embargada e a Interessada para que, determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos
querendo, manifestem-se, no prazo de 5 (cinco) dias, sobre os dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em
embargos opostos, considerando a possibilidade de modificação trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir
da decisão embargada. Curitiba, 26 de março de 2019. Assinado da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção
digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente AR da Caixa Econômica Federal como representante judicial do
28 FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser
Despachos proferidos pelo Exmo Sr. Des. 1º Vice-Presidente reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que
0026 . Processo/Prot: 1167845-8/05 Agravo Regimental Cível se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
(O.E) da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo
. Protocolo: 2016/146340. Comarca: Foro Central da Comarca 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do exposto,
da Região Metropolitana de Curitiba. Vara: 16ª Vara Cível. indefiro o pedido de distinção de fls. 1.071/1.075 interposto por
Ação Originária: 1167845-8/03 Recurso Especial Civel, 1167845-8 AZIMAR APARECIDO DE MELLO E OUTROS e mantenho o
Agravo de Instrumento. Agravante: Luiz Carlos Zeni, Benedita sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 27 de
Pinto Ferreira, Floriza Taborda Vicente, Jimmy Ricardo Garcia, maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
Erotildes Antunes Martins, Marli Campos Rocha, Antonio Pianaro, 1º Vice-Presidente 22066/16 - AR06E
Estevam Caldonazzo, Renato Paschoal, Valci Lozorin. Advogado: 0028 . Processo/Prot: 1220179-1/03 Recurso Especial Cível
Natalia do Patrocínio. Agravado: Sul América Companhia Nacional . Protocolo: 2015/272757. Comarca: Região Metropolitana de
de Seguros. Advogado: Daniele Cristina Bahniuk, Nelson Luiz Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 6ª Vara Cível. Ação
Nouvel Alessio, Jacques Nunes Attié, Leonardo de Lima e Silva Originária: 1220179-1 Agravo de Instrumento. Recorrente: Ademir
Bagno. Interessado: Caixa Economica Federal. Advogado: Luiz Domingos Maronesi, Armando Volpato (maior de 60 anos), Ivete
- 60 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
Nunes, Jose Benedito Cruz, Lair de Marchi Souza, Nadia Klem 939). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não
(maior de 60 anos), Neide Cristina Lima da Silva, Ossimar Alves, poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
Roza Sardi Bernardi, Terezinha Batista Rodrigues (maior de 60 a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
anos). Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
Recorrido: Sul America Companhia Nacional de Seguros Gerais determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
Sa. Advogado: PR045658 - Karina Hashimoto, SP061713 - Nelson leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
Luiz Nouvel Alessio, SP027215 - Ilza Regina Defilippi Dias, atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se
PR062948 - Paola Caetano de Carvalho. Interessado: Caixa discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
Econômica Federal. Advogado: PR012039 - Francisco Spisla. de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 929/933 por Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso
ADEMIR DOMINGOS MARONESI E OUTROS, por meio do em tela" (fl. 930). Conforme já consignado por esta 1ª Vice-
qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice- Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado
Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/ Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma
PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes,
Devidamente intimadas, as Recorridas mantiveram-se inertes (fl. diante das novas teses que não podem ser simplesmente
939). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil".
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 925, até
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º,
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal,
Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de
em tela" (fl. 930). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR,
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE,
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em
diante das novas teses que não podem ser simplesmente trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão da Caixa Econômica Federal como representante judicial do
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 925, até - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca exposto, indefiro o pedido de distinção de fls. 929/933 interposto
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, por ADEMIR DOMINGOS MARONESI E OUTROS e mantenho o
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 27 de
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos 1º Vice-Presidente 8167/16 - AR06E
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, 0030 . Processo/Prot: 1260524-8/02 Recurso Especial Cível
por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, . Protocolo: 2015/200480. Comarca: Cornélio Procópio. Vara: 1ª
determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos Vara Cível e da Fazenda Pública. Ação Originária: 1260524-8
dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em Agravo de Instrumento. Recorrente: Aracy Aparecida dos Santos,
trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir Benedito Antonio Furtado, Cilas Moraes da Silva, Domingos
da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção de Oliveira Filho, Domingos Sana (maior de 60 anos), Maria
da Caixa Econômica Federal como representante judicial do Célia Bevilaqua, Mario Balan, Fabio Satoru Matsui, Vandira
FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve Teixeira Barbosa. Advogado: PR022788 - Sandro Rafael Bonatto,
ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis, PR020668 - Carmen
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Glória Arriagada Andrioli. Recorrido: Sul América Companhia
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública Nacional de Seguros Gerais S/a. Advogado: SP027215 - Ilza
- ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do Regina Defilippi Dias, SP061713 - Nelson Luiz Nouvel Alessio.
exposto, indefiro o pedido de distinção de fls. 929/933 interposto Interessado: Caixa Economica Federal. Advogado: PR027747
por ADEMIR DOMINGOS MARONESI E OUTROS e mantenho o - Elaine Garcia Monteiro Pereira, PR017200 - Adenilson Cruz,
sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 27 de PR012722 - Agnaldo Murilo Albanezi Bezerra. Despacho:
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
1º Vice-Presidente 8167/16 - AR06E Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.580/1.583
0029 . Processo/Prot: 1220179-1/06 Recurso Especial Cível por ARACY APARECIDA DOS SANTOS E OUTROS, por meio
. Protocolo: 2017/226758, 2017/229851. Comarca: Região do qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-
Metropolitana de Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 6ª Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos
Vara Cível. Ação Originária: 1220179-1 Agravo de Instrumento. Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/
Recorrente (1): Caixa Econômica Federal. Advogado: PR012039 PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação.
- Francisco Spisla, PR011173 - João Correa Sobania. Recorrente Devidamente intimada, a Recorrida manifestou-se no sentido de
(2): Sul America Companhia Nacional de Seguros Gerais manter a decisão de sobrestamento (fl. 1.592). Sustentaram os
Sa. Advogado: PR035137 - Reinaldo Mirico Aronis. Recorrido: Requerentes que "o recurso interposto não poderia ser objeto de
Ademir Domingos Maronesi, Armando Volpato (maior de 60 sobrestamento, uma vez que é distinta a matéria a ser decidida
anos), Ivete Nunes, Jose Benedito Cruz, Lair de Marchi Souza, pela Corte Superior nos recursos representativo de controvérsia
Nadia Klem (maior de 60 anos), Neide Cristina Lima da Silva, sobre os quais foi fundamentada a determinação de suspensão".
Ossimar Alves, Roza Sardi Bernardi, Terezinha Batista Rodrigues Argumentaram, para tanto, que, os leading cases tratam da
(maior de 60 anos). Advogado: PR008123 - Louise Rainer suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para atrair a competência da
Pereira Gionédis, PR022788 - Sandro Rafael Bonatto. Despacho: Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária,
Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação - SFH, quando
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 929/933 por se tratar de apólice pública"; entretanto, a presente ação foi
ADEMIR DOMINGOS MARONESI E OUTROS, por meio do distribuída "antes da edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo
qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice- aplicada a aludida Lei ao caso em tela" (fl. 1.580). Conforme
Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos já consignado por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos,
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/ "todo debate jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região
PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. somada a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em
Devidamente intimadas, as Recorridas mantiveram-se inertes (fl. verdade, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de
- 61 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
grave risco de decisões conflitantes, diante das novas teses e segundo graus de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região,
que não podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014,
positivo de competência, sendo inescondível a presença de que assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como
prejudicialidade heterogênea, razão pela qual o fundamento da representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e
decisão de suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da
Presidência tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ? Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária,
a?, do Código de Processo Civil". Por tais razões e diante do no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se
novo cenário acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e
determinado à fl. 1.576, até pronunciamento definitivo do Superior 09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção de fls.
Tribunal de Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos 1.580/1.583 interposto por ARACY APARECIDA DOS SANTOS
do artigo 2º, caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto E OUTROS e mantenho o sobrestamento do recurso especial.
de 2008 daquele Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, Intimem-se. Curitiba, 27 de maio de 2019. Assinado digitalmente
inciso III, do novo Código de Processo Civil, em cumprimento à DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 21523/15 -
decisão proferida nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº AR06E
1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, 0032 . Processo/Prot: 1280697-2/06 Recurso Especial Cível
Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, determinou que deverão . Protocolo: 2017/226575. Comarca: Região Metropolitana de
permanecer suspensos os julgamentos dos processos em primeiro Maringá - Foro Regional de Marialva. Vara: Vara Cível, da
e segundo graus de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho, Registros Públicos e
em que se debate "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, Corregedoria do Foro Extrajudicial, Juizado Especial Cível e
que assegurou a intervenção da Caixa Econômica Federal como Juizado Especial da Fazenda Pública. Ação Originária: 1280697-2
representante judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Agravo de Instrumento. Recorrente: Claudete Paes Trinquinalia,
Variações Salariais, deve ser reconhecida a competência da Erondina Machado dos Santos, José Vilson Martins Falaschi,
Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária, Marcos Aurélio Nabarrete, Solange Aparecida de Oliveira,
no âmbito do Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se Wanderley Diniz Vicente. Advogado: PR008123 - Louise Rainer
tratar de apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e Pereira Gionédis. Recorrido: Sul América Companhia Nacional
09.11.17). Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção de fls. de Seguros Sa. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller.
1.580/1.583 interposto por ARACY APARECIDA DOS SANTOS Interessado: Caixa Econômica Federal. Advogado: PR011173 -
E OUTROS e mantenho o sobrestamento do recurso especial. João Correa Sobania. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037
Intimem-se. Curitiba, 27 de maio de 2019. Assinado digitalmente CPC 2015)
DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente 21523/15 - Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.023/1.027 por
AR06E CLAUDETE PAES TRINQUINALIA E OUTROS, por meio do qual
0031 . Processo/Prot: 1260524-8/05 Recurso Especial Cível pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência
. Protocolo: 2018/27792. Comarca: Cornélio Procópio. Vara: 1ª que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais
Vara Cível e da Fazenda Pública. Ação Originária: 1260524-8 nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou
Agravo de Instrumento. Recorrente: Aracy Aparecida dos Santos, a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
Benedito Antonio Furtado, Cilas Moraes da Silva, Domingos intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão
de Oliveira Filho, Domingos Sana (maior de 60 anos), Maria (fl. 1.032). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto
Célia Bevilaqua, Mario Balan, Fabio Satoru Matsui, Vandira não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
Teixeira Barbosa. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
Gionédis. Recorrido: Sul América Companhia Nacional de representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
Seguros Gerais S/a. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller. determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
Interessado: Caixa Economica Federal. Advogado: PR027747 leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
- Elaine Garcia Monteiro Pereira, PR017200 - Adenilson Cruz, atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se
PR012722 - Agnaldo Murilo Albanezi Bezerra. Despacho: discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015) de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.580/1.583 entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da
por ARACY APARECIDA DOS SANTOS E OUTROS, por meio Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso
do qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice- em tela" (fl. 1.024). Conforme já consignado por esta 1ª Vice-
Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/ pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da
PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma
Devidamente intimada, a Recorrida manifestou-se no sentido de potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes,
manter a decisão de sobrestamento (fl. 1.592). Sustentaram os diante das novas teses que não podem ser simplesmente
Requerentes que "o recurso interposto não poderia ser objeto de ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
sobrestamento, uma vez que é distinta a matéria a ser decidida inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão
pela Corte Superior nos recursos representativo de controvérsia pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de
sobre os quais foi fundamentada a determinação de suspensão". competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto
Argumentaram, para tanto, que, os leading cases tratam da o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil".
suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para atrair a competência da Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
Justiça Federal nos feitos em que se discute cobertura securitária, deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.017, até
no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação - SFH, quando pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca
se tratar de apólice pública"; entretanto, a presente ação foi do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º,
distribuída "antes da edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal,
aplicada a aludida Lei ao caso em tela" (fl. 1.580). Conforme e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de
já consignado por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos
"todo debate jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR,
somada a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE,
verdade, gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos
grave risco de decisões conflitantes, diante das novas teses dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em
que não podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir
positivo de competência, sendo inescondível a presença de da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção
prejudicialidade heterogênea, razão pela qual o fundamento da da Caixa Econômica Federal como representante judicial do
decisão de suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser
Presidência tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ? reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que
a?, do Código de Processo Civil". Por tais razões e diante do se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
novo cenário acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo
determinado à fl. 1.576, até pronunciamento definitivo do Superior 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do exposto,
Tribunal de Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos indefiro o pedido de distinção de fls. 1.023/1.027 interposto por
do artigo 2º, caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto CLAUDETE PAES TRINQUINALIA E OUTROS e mantenho o
de 2008 daquele Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 22 de
inciso III, do novo Código de Processo Civil, em cumprimento à maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
decisão proferida nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1º Vice-Presidente 1960/2016 - AR06E
1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, 0033 . Processo/Prot: 1287429-2/03 Recurso Especial Cível
Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, determinou que deverão . Protocolo: 2015/350655, 2015/351393. Comarca: Região
permanecer suspensos os julgamentos dos processos em primeiro Metropolitana de Londrina - Foro Central de Londrina. Vara:
- 62 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
8ª Vara Cível. Ação Originária: 1287429-2 Apelação Civel. Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/
Recorrente (1): Maria Aparecida Roberto dos Santos, Maria PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação.
de Carvalho Thome, Maria Juvelina da Silva, Raquel Piani, Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não
Irene Felipe Rodrigues, José Carlos de Araujo, Lazaro Bueno, poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
Maria Jose Oliveira do Amaral, Maria Madalena Gomes a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
Mirabile, Mario José Pereira. Advogado: PR008123 - Louise representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
Rainer Pereira Gionédis. Recorrente (2): Caixa Seguradora S/a. determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo Gonçalves de Rueda. leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
Recorrido(s): o(s) mesmo(s). Despacho: Descrição: Despachos atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se
Decisóriosmantenho o sobrestamento do recurso especial discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
Trata-se de pedido de distinção interposto por MARIA de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
APARECIDA ROBERTO DOS SANTOS E OUTROS, por meio entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da Lei
do qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice- nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso em
Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos tela" (fls. 1.190/1.194). Conforme já consignado por esta 1ª Vice-
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/ Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado
PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da
Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma
poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes,
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos diante das novas teses que não podem ser simplesmente
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil".
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, deve
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da Lei ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.132 e verso,
nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso em até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça
tela" (fls. 1.190/1.194). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
diante das novas teses que não podem ser simplesmente 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, deve judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.132 e verso, deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida sobrestamento dos recursos especiais. Intimem-se. Curitiba, 27 de
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO 1º Vice-Presidente AR33
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os 0035 . Processo/Prot: 1302602-9/03 Recurso Especial Cível
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de . Protocolo: 2015/224563. Comarca: Região Metropolitana de
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 9ª Vara Cível. Ação
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou Originária: 1302602-9 Agravo de Instrumento. Recorrente: Alfonso
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante Alves dos Santos, Claudemir Roseti dos Santos, Elio Sasso,
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, Joaquim Ferreira Damaceno, Joel Cordeiro. Advogado: PR008123
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos - Louise Rainer Pereira Gionédis, PR022788 - Sandro Rafael
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Bonatto, PR020668 - Carmen Glória Arriagada Andrioli. Recorrido:
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública Sul América Companhia Nacional de Seguros Sa. Advogado:
- ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do PR067090 - Paulo Antônio Müller. Interessado: Caixa Economica
exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o Federal. Advogado: PR012039 - Francisco Spisla, PR012722 -
sobrestamento dos recursos especiais. Intimem-se. Curitiba, 27 de Agnaldo Murilo Albanezi Bezerra, PR011285 - Álvaro Manoel
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA Furlan. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
1º Vice-Presidente AR33 Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.005/1.009 por
0034 . Processo/Prot: 1287429-2/06 Recurso Especial Cível ALFONSO ALVES DOS SANTOSE OUTROS, por meio do qual
. Protocolo: 2017/210410, 2017/213130. Comarca: Região pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência
Metropolitana de Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais
8ª Vara Cível. Ação Originária: 1287429-2 Apelação Civel. nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou
Recorrente (1): Maria Aparecida Roberto dos Santos, Maria de a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
Carvalho Thome, Maria Juvelina da Silva, Raquel Piani, Irene intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão
Felipe Rodrigues, José Carlos de Araujo, Lazaro Bueno, Maria (fl. 1.015). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto
Jose Oliveira do Amaral, Maria Madalena Gomes Mirabile, Mario não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta
José Pereira. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos
Gionédis. Recorrente (2): Caixa Seguradora S/a, Caixa Econômica representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a
Federal. Advogado: PR011173 - João Correa Sobania. Recorrido determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os
(1): Caixa Seguradora S/a. Advogado: PE016983 - Antonio leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para
Eduardo Gonçalves de Rueda. Recorrido (2): Maria Aparecida atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se
Roberto dos Santos, Maria de Carvalho Thome, Maria Juvelina da discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
Silva, Raquel Piani, Irene Felipe Rodrigues, José Carlos de Araujo, de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública";
Lazaro Bueno, Maria Jose Oliveira do Amaral, Maria Madalena entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da
Gomes Mirabile, Mario José Pereira. Advogado: PR008123 - Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso
Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido (3): Caixa Econômica em tela" (fl. 1.326). Conforme já consignado por esta 1ª Vice-
Federal. Despacho: Descrição: Despachos Decisóriosmantenho o Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado
sobrestamento do recurso especial pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da
Trata-se de pedido de distinção interposto por MARIA Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma
APARECIDA ROBERTO DOS SANTOS E OUTROS, por meio potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes,
do qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice- diante das novas teses que não podem ser simplesmente
Presidência que, em cumprimento ao determinado nos Recursos ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo
- 63 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR,
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE,
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em
deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.320, até trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, da Caixa Econômica Federal como representante judicial do
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que
Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo
por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do exposto,
determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos indefiro o pedido de distinção de fls. 1.005/1.009 interposto por
dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em ALFONSO ALVES DOS SANTOSE OUTROS, e mantenho o
trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 20 de
da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
da Caixa Econômica Federal como representante judicial do 1º Vice-Presidente 6820/16 - AR06E
FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve ser 0037 . Processo/Prot: 1315294-2/02 Recurso Especial Cível
reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos em que . Protocolo: 2017/23666. Comarca: Santa Helena. Vara: Juízo
se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro Único. Ação Originária: 1315294-2 Agravo de Instrumento.
da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública - ramo Recorrente: Darci Jardel Marques, Geneci Lourdes Mongoni,
66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do exposto, Gilmar Caumo, Ivanir Sartor, Ivanira Cordeiro, Jaqueline Ines
indefiro o pedido de distinção de fls. 1.005/1.009 interposto por Grigolo, Lourdes da Cruz Cauduro, Luciane Silva dos Santos,
ALFONSO ALVES DOS SANTOSE OUTROS, e mantenho o Maria Lima Dias, Marildo Heiss. Advogado: PR008123 - Louise
sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 20 de Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Sul América Companhia
maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA Nacional de Seguros. Advogado: RS061655 - Carla Pinto da
1º Vice-Presidente 6820/16 - AR06E Costa, PR067090 - Paulo Antônio Müller, RS035572 - Marco
0036 . Processo/Prot: 1302602-9/06 Recurso Especial Cível Aurélio Mello Moreira. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037
. Protocolo: 2017/47427, 2017/223928. Comarca: Região CPC 2015)
Metropolitana de Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 9ª Os Embargantes, inconformados com o despacho que julgou
Vara Cível. Ação Originária: 1302602-9 Agravo de Instrumento. prejudicado o pedido de distinção por eles interposto, opuseram
Recorrente (1): Caixa Economica Federal. Advogado: PR012039 embargos de declaração (fls. 1.744/1.747), alegando que a
- Francisco Spisla, PR012722 - Agnaldo Murilo Albanezi Bezerra, decisão padece de contradição e obscuridade, pois "a lei
PR011285 - Álvaro Manoel Furlan, PR018970 - Edgar Luiz Dias. prevê expressamente que em face da decisão que determina
Recorrente (2): Sul América Companhia Nacional de Seguros o sobrestamento cabe a apresentação da referida petição".
Sa. Advogado: PR067090 - Paulo Antônio Müller, RS061655 Defenderam, ainda, existir vício de contrariedade, uma vez que a
- Carla Pinto da Costa, RS035572 - Marco Aurélio Mello análise do pedido é atribuição do Relator do acórdão recorrido, nos
Moreira. Recorrido (1): Alfonso Alves dos Santos, Claudemir termos do inciso III do § 10 do artigo 1.037 do Código de Processo
Roseti dos Santos, Elio Sasso, Joaquim Ferreira Damaceno, Civil, e não desta 1ª Vice-Presidência.Os presentes embargos
Joel Cordeiro. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira merecem ser conhecidos e, em relação ao cabimento do pedido
Gionédis, PR022788 - Sandro Rafael Bonatto, PR020668 - de distinção, acolhidos.Com efeito, o cabimento do pedido de
Carmen Glória Arriagada Andrioli. Recorrido (2): Sul América distinção está expressamente previsto no artigo 1.037, § 9º, do
Companhia Nacional de Seguros Sa. Advogado: PR067090 Código de Processo Civil.Entretanto, ainda que se reconheça
- Paulo Antônio Müller, RS061655 - Carla Pinto da Costa, a possibilidade de se peticionar requerendo o prosseguimento
RS035572 - Marco Aurélio Mello Moreira. Interessado: Caixa do feito, o pedido deve ser indeferido.Conforme já consignado
Economica Federal. Advogado: PR012039 - Francisco Spisla, por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
PR012722 - Agnaldo Murilo Albanezi Bezerra, PR011285 - Álvaro jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
Manoel Furlan. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
2015) gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 1.005/1.009 por risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
ALFONSO ALVES DOS SANTOSE OUTROS, por meio do qual podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
intimada, a Recorrida manifestou-se pela manutenção da decisão de Processo Civil". É de se ressaltar, ainda, que o Supremo
(fl. 1.015). Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto Tribunal Federal decidiu afetar a questão acerca da competência
não poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta para o processamento e julgamento de ações envolvendo seguros
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos de mútuo habitacional no âmbito do Sistema Financeiro de
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a Habitação (Tema 1011 - leading case RE nº 827.996) e o Superior
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os Tribunal de Justiça tem se reportado à referida decisão como
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para reforço à necessidade de se manter o sobrestamento dos feitos
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se que tratem da mesma temática, inclusive determinando o retorno
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro dos autos à origem, para observância do previsto no artigo 1.030
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; do Código de Processo Civil (v.g. AgInt no AREsp nº 966.543/
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da PR).Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema,
Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso deve ser mantido o sobrestamento anteriormente determinado,
em tela" (fl. 1.326). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
diante das novas teses que não podem ser simplesmente nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 1.320, até judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17).No tocante
- 64 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
à alegação de que incumbe ao Relator do acórdão recorrido exposto, indefiro o pedido de distinção de fls. 947/951 interposto
a análise do mencionado pedido, os embargos de declaração por ALCIDES GARCIA E OUTROS e mantenho o sobrestamento
devem ser rejeitados.Ainda que o artigo 1.037, § 10, inciso III, do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 27 de maio de 2019.
do Código de Processo Civil preveja que o pedido de distinção Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-
será dirigido "ao relator do acórdão recorrido, se for sobrestado Presidente 18557/2016 - AR06E
recurso especial ou recurso extraordinário no tribunal de origem", 0039 . Processo/Prot: 1377694-8/03 Recurso Especial Cível
a aparente literalidade da lei tem de ser compreendida no contexto . Protocolo: 2016/189735, 2016/193224. Comarca: Cornélio
em que está inserida. Trata-se, pois, de interpretação sistemática Procópio. Vara: 1ª Vara Cível e da Fazenda Pública. Ação
da norma legal, entendimento este adotado desde o início da Originária: 1377694-8 Agravo de Instrumento. Recorrente (1):
vigência do novo Código de Processo Civil. Assim, cabendo a Caixa Economica Federal. Advogado: PR018970 - Edgar Luiz
esta 1ª Vice-Presidência o exame de admissibilidade de recursos Dias. Recorrente (2): Creusa de Paula Fernandes, Geraldo
especiais e extraordinários, os assuntos subjacentes também Nascimento, Idel Pereira dos Santos, Jani João Blanco, José
deverão ser aqui apreciados. Diante do exposto, acolho os Carlos Martins, Maria Aparecida de Souza, Maria do Carmo
embargos de declaração opostos por DARCI JARDEL MARQUES Paulino, Paulo Sérgio Alves de Souza, Ronaldo Delfino de Souza,
E OUTROS, apenas para o fim de apreciar e indeferir o pedido de Sonia Maria Claudino David, Valdecí Godoy da Silva. Advogado:
distinção por eles interposto. Intimem-se. Curitiba, 27 de maio de PR022788 - Sandro Rafael Bonatto, PR008123 - Louise Rainer
2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice- Pereira Gionédis, PR027078 - Roberto Cordeiro Justus. Recorrido
Presidente 6877/17 - AR33 (1): Creusa de Paula Fernandes, Geraldo Nascimento, Idel
0038 . Processo/Prot: 1353702-3/02 Recurso Especial Cível Pereira dos Santos, Jani João Blanco, José Carlos Martins,
. Protocolo: 2016/32527, 2016/36181. Comarca: Região Maria Aparecida de Souza, Maria do Carmo Paulino, Paulo
Metropolitana de Maringá - Foro Central de Maringá. Vara: 2ª Sérgio Alves de Souza, Ronaldo Delfino de Souza, Sonia Maria
Vara Cível. Ação Originária: 1353702-3 Agravo de Instrumento. Claudino David, Valdecí Godoy da Silva. Advogado: PR022788
Recorrente (1): Caixa Econômica Federal. Advogado: PR012722 - Sandro Rafael Bonatto, PR008123 - Louise Rainer Pereira
- Agnaldo Murilo Albanezi Bezerra, PR019157 - João Marcos Gionédis, PR027078 - Roberto Cordeiro Justus. Recorrido (2): Sul
Cremasco, PR031499 - Joe Nunes Bianchi, PR073023 - Eugênia América Companhia Nacional de Seguros. Advogado: RJ084111 -
Costeski Crosati. Recorrente (2): Federal Seguros S/a. Advogado: Beatriz Bergamini Cavalcante Gomes Coelho, PR021582 - Glauco
PR065618 - Nelson Luiz Nouvel Alessio, SP027215 - Ilza Regina Iwersen, PR007919 - Milton Luiz Cleve Küster. Interessado: Caixa
Defilippi Dias. Recorrido: Alcides Garcia (maior de 60 anos), Economica Federal. Advogado: PR012039 - Francisco Spisla,
Benedito Gomes Moraes (maior de 60 anos), Jair Martins (maior PR027747 - Elaine Garcia Monteiro Pereira. Despacho:
de 60 anos), João Pereira da Silva, José Carlos de Oliveira (maior Nos termos do § 11 do artigo 1.037 do Código de Processo
de 60 anos), Laudelina Cardosa da Silva (maior de 60 anos), Lilia Civil, intime-se CAIXA ECONOMICA FEDERAL para, querendo,
Silvia Martins, Luiz Sumio Itikawa (maior de 60 anos), Neide de oferecer manifestação em cinco dias acerca do contido na petição
Almeida. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis, de distinção. Intimem-se. Curitiba, 09 de maio de 2019. Assinado
PR022788 - Sandro Rafael Bonatto, PR020668 - Carmen Glória digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA 1º Vice-Presidente
Arriagada Andrioli. Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 8561/2013 - AR09
CPC 2015) 0040 . Processo/Prot: 1398501-8/06 Recurso Especial Cível
Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 947/951 por . Protocolo: 2017/218614, 2017/219389, 2017/221897. Comarca:
ALCIDES GARCIA E OUTROS, por meio do qual pretendem Região Metropolitana de Londrina - Foro Central de Londrina.
anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência que, Vara: 5ª Vara Cível. Ação Originária: 1398501-8 Agravo de
em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais nº Instrumento. Recorrente (1): Aparecida Paulino Pereira José,
1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou a Domingos Maziero, Ivonilde Maria Candido Américo, Lucia Helena
suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente Ferreira, Maria Conceição de Lima, Doracy Alves de Moura, Nadir
intimada, a recorrente FEDERAL SEGUROS S/A manifestou- Aparecida Alves, Nelson Soares Pareira, Rosalina Batista da Silva,
se no sentido de manter a decisão de sobrestamento (fl. 557). Weliton Turini. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira
Sustentaram os Requerentes que "o recurso interposto não Gionédis. Recorrente (2): Caixa Seguradora Sa. Advogado:
poderia ser objeto de sobrestamento, uma vez que é distinta PR007919 - Milton Luiz Cleve Küster, PR037871 - Francis Almeida
a matéria a ser decidida pela Corte Superior nos recursos Vessoni, PR033111 - Mônica Ferreira Mello Beggiora. Recorrente
representativo de controvérsia sobre os quais foi fundamentada a (3): Caixa Economica Federal. Advogado: PR011173 - João
determinação de suspensão". Argumentaram, para tanto, que, os Correa Sobania. Recorrido (1): Caixa Seguradora Sa. Advogado:
leading cases tratam da suficiência da Lei nº 13.000/2014 "para PR007919 - Milton Luiz Cleve Küster, PR037871 - Francis
atrair a competência da Justiça Federal nos feitos em que se Almeida Vessoni, PR033111 - Mônica Ferreira Mello Beggiora.
discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema Financeiro Recorrido (2): Aparecida Paulino Pereira José, Domingos Maziero,
de Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública"; Ivonilde Maria Candido Américo, Lucia Helena Ferreira, Maria
entretanto, a presente ação foi distribuída "antes da edição da Conceição de Lima, Doracy Alves de Moura, Nadir Aparecida
Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida Lei ao caso Alves, Nelson Soares Pareira, Rosalina Batista da Silva, Weliton
em tela" (fl. 947). Conforme já consignado por esta 1ª Vice- Turini. Advogado: PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis.
Presidência em casos análogos, "todo debate jurídico originado Despacho: Processo Sobrestado (art. 1.037 CPC 2015)
pela decisão do IRDR da 4ª Região somada a novel incidência da Trata-se de pedido de distinção interposto por APARECIDA
Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade, gerou (novamente) uma PAULINO PEREIRA JOSÉ E OUTROS, por meio do qual
potencialidade expressiva de grave risco de decisões conflitantes, pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª Vice-Presidência
diante das novas teses que não podem ser simplesmente que, em cumprimento ao determinado nos Recursos Especiais
ignoradas, quanto ao conflito positivo de competência, sendo nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, decretou
inescondível a presença de prejudicialidade heterogênea, razão a suspensão dos recursos até ulterior deliberação. Devidamente
pela qual o fundamento da decisão de suspensão nos feitos de intimada, CAIXA SEGURADORA S/A manifestou- se pela
competência desta 1ª Vice- Presidência tem como pressuposto manutenção da decisão. Sustentaram os Requerentes que "o
o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código de Processo Civil". recurso interposto não poderia ser objeto de sobrestamento, uma
Por tais razões e diante do novo cenário acerca do tema, vez que é distinta a matéria a ser decidida pela Corte Superior
deve ser mantido o sobrestamento determinado à fl. 943, até nos recursos representativo de controvérsia sobre os quais foi
pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de Justiça acerca fundamentada a determinação de suspensão". Argumentaram,
do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, caput e § 2º, para tanto, que, os leading cases tratam da suficiência da Lei
da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele Tribunal, nº 13.000/2014 "para atrair a competência da Justiça Federal
e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Código de nos feitos em que se discute cobertura securitária, no âmbito
Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida nos Recursos do Sistema Financeiro de Habitação - SFH, quando se tratar de
Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº 1.689.160/PR, apólice pública"; entretanto, a presente ação foi distribuída "antes
por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO BELIZZE, da edição da Lei nº 13.000/2014, não sendo aplicada a aludida
determinou que deverão permanecer suspensos os julgamentos Lei ao caso em tela" (fls. 1.532/1.536). Conforme já consignado
dos processos em primeiro e segundo graus de jurisdição, em por esta 1ª Vice-Presidência em casos análogos, "todo debate
trâmite no Estado ou na região, em que se debate "se a partir jurídico originado pela decisão do IRDR da 4ª Região somada
da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou a intervenção a novel incidência da Controvérsia nº 2 do STJ, em verdade,
da Caixa Econômica Federal como representante judicial do gerou (novamente) uma potencialidade expressiva de grave
FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, deve risco de decisões conflitantes, diante das novas teses que não
ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos podem ser simplesmente ignoradas, quanto ao conflito positivo de
em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema competência, sendo inescondível a presença de prejudicialidade
Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
- ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
- 65 -
Curitiba, 27 de Junho de 2019 - Edição nº 2525
Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná
tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código heterogênea, razão pela qual o fundamento da decisão de
de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário suspensão nos feitos de competência desta 1ª Vice- Presidência
acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado tem como pressuposto o artigo 313, inciso V, letra ?a?, do Código
à fl. 1.523, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de de Processo Civil". Por tais razões e diante do novo cenário
Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º, acerca do tema, deve ser mantido o sobrestamento determinado
caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele à fl. 1.020, até pronunciamento definitivo do Superior Tribunal de
Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo Justiça acerca do tema nele tratado, nos termos do artigo 2º,
Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida caput e § 2º, da Resolução nº 8, de 7 de agosto de 2008 daquele
nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº Tribunal, e para os efeitos do artigo 1030, inciso III, do novo
1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO Código de Processo Civil, em cumprimento à decisão proferida
BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os nos Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de 1.689.160/PR, por meio da qual o Relator, Min. MARCO AURÉLIO
jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate BELIZZE, determinou que deverão permanecer suspensos os
"se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou julgamentos dos processos em primeiro e segundo graus de
a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante jurisdição, em trâmite no Estado ou na região, em que se debate
judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais, "se a partir da vigência da Lei n. 13.000/2014, que assegurou
deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos a intervenção da Caixa Econômica Federal como representante
feitos em que se discute cobertura securitária, no âmbito do judicial do FCVS - Fundo de Compensação e Variações Salariais,
Sistema Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de deve ser reconhecida a competência da Justiça Federal nos feitos
apólice pública - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). em que se discute cobertura securitária, no âmbito do Sistema
Diante do exposto, indefiro o pedido de distinção interposto por Financeiro da Habitação - SFH, quando se tratar de apólice pública
APARECIDA PAULINO PEREIRA JOSÉ E OUTROS e mantenho - ramo 66" (DJe 07.11.2017, 04.10.17 e 09.11.17). Diante do
o sobrestamento dos recursos especiais. Intimem-se. Curitiba, exposto, indefiro o pedido de distinção interposto e mantenho o
20 de maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE sobrestamento do recurso especial. Intimem-se. Curitiba, 27 de
MOURA 1º Vice-Presidente 9058/16 - AR33 maio de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE MOURA
0041 . Processo/Prot: 1404843-0/04 Recurso Especial Cível 1º Vice-Presidente 12134/16 - AR33
. Protocolo: 2017/291891. Comarca: Região Metropolitana de 0043 . Processo/Prot: 1434512-9/02 Recurso Especial Cível
Londrina - Foro Central de Londrina. Vara: 5ª Vara Cível. . Protocolo: 2017/181809. Comarca: Foz do Iguaçu. Vara: 4ª
Ação Originária: 1404843-0 Apelação Civel. Recorrente: Israel Vara Cível. Ação Originária: 1434512-9 Agravo de Instrumento.
Antônio Fonse Ca. Advogado: PR022788 - Sandro Rafael Recorrente: Reginaldo Ferracioli Cancio, Arnaldo Oliveira de
Bonatto. Recorrido (1): Caixa Econômica Federal - Cef. Advogado: Souza, Ceni Maria dos Santos (maior de 60 anos), Claudemir
PR012039 - Francisco Spisla. Recorrido (2): Caixa Seguradora S/ Domini, Fernando Teles de Azevedo, Ilma Bohnenberger Pereira,
a. Advogado: PE016983 - Antonio Eduardo Gonçalves de Rueda. Jardelina da Silva Melo, Leontina Candida Mendes Dias, Maria
Recorrido (3): Jacira Gouveia da Silva, Jorge Luiz Bispo de Aparecida Palmas Nascimento, Viviani Colle de Souza. Advogado:
Campos, Jose Aparecido Morais, Jose Brandao, Nivaldo Batista PR008123 - Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Sul
da Silva, Sebastião Gomes, Tereza França, Theotõnio Alves de América Companhia Nacional de Seguros Gerais S/a. Advogado:
Almeida, José de Souza. Despacho: PR067090 - Paulo Antônio Müller, RS035572 - Marco Aurélio Mello
Nos termos do § 11 do artigo 1.037 do novo Código de Processo Moreira, RS061655 - Carla Pinto da Costa. Interessado: Caixa
Civil, intimem-se os Recorridos CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - Econômica Federal. Advogado: PR024605 - Marcos Luciano
CEF, CAIXA SEGURADORA S/A e JACIRA GOUVEIA DA SILVA Gomes, PR050650 - Roberto Antonio Sonego, PR016137 -
E OUTROS para, querendo, oferecer manifestação em cinco dias Claudia Lorena Carraro. Despacho: Processo Sobrestado (art.
acerca do contido na petição de distinção de fls. 784/788. Curitiba, 1.037 CPC 2015)
11 de março de 2019. Assinado digitalmente DES. COIMBRA DE Trata-se de pedido de distinção interposto às fls. 667/671
MOURA 1º Vice-Presidente AR 28 por REGINALDO FERRACIOLI CANCIO E OUTROS, por meio
0042 . Processo/Prot: 1432193-6/02 Recurso Especial Cível do qual pretendem anular a decisão proferida por esta 1ª
. Protocolo: 2015/381013. Comarca: Faxinal. Vara: Juízo Único. Vice-Presidência que, em cumprimento ao determinado nos
Ação Originária: 1432193-6/01 Agravo Regimental. Recorrente: Recursos Especiais nº 1.682.034/PR, nº 1.689.339/PR e nº
Alcindo de França, Altamir João Bonfim, Amélia Ferreira Bonetti, 1.689.160/PR, decretou a suspensão dos recursos até ulterior
Carmelina de Siqueira Silva, Ivone Felix de Godoi, João deliberação. Devidamente intimada, a Recorrida manifestou-
Ferreira Rocha, João Pereira de Sene, João Tagliari, José se pela manutenção da decisão (fl. 696). Sustentaram os
Edenei Skierzyski, Lenir Lemes Canhete. Advogado: PR008123 - Requerentes que "o recurso interposto não poderia ser objeto de
Louise Rainer Pereira Gionédis. Recorrido: Federal de Seguros. sobrestamento, uma vez que é distinta a matéria a ser decidida
Advogado: PR027691 - César Augusto de França, RJ048812 pela Corte Superior nos recursos representativo de controvérsia