Você está na página 1de 7

Regimento interno do canil municipal de Cruz Alta

Introdução

Este regimento pretende estabelecer normas de funcionamento do canil


municipal esclarecendo quais procedimentos são realizados e de que maneira
este serviço é feito.

Atualmente o canil esta regulamentado pela lei municipal n°1682 de 14 de


dezembro de 2007 que dispõe sobre o controle da população animal bem como
sobre a prevenção e controle de zoonoses no município.

No canil são alojados animais de acordo com o Capítulo V da lei municipal


n°1682 de 14 de dezembro de 2007.

Capitulo V - Artigo 22 - No canil e gatil municipal só serão alojados animais


nas seguintes situações:

I – Comprovadamente sem proprietário que estejam doentes ou atropelados;


II – Comprovadamente sem proprietário que seja agressivo; III – Animais
comprovadamente sem proprietários para serem encaminhados para
esterilização e tratamentos pós cirúrgico; IV – Fêmeas em cio que estejam
soltas na rua; V – Retirados de seu proprietário judicialmente por condições
de maus tratos,

&1º No caso do III e IV quando identificado o proprietário, este terá que arcar
com as despesas de hospedagem e a esterilização do animal.

Artigo 23 - É vedado ao canil municipal:

I – Receber animais não mais desejados por seus proprietários, II – Doar


animais para experimentos científicos; III – Doar animais para menores de
idade ou pessoas que se neguem a assinar o termo de responsabilidade pra
com a guarda do animal; IV – Manter animais em número incompatível com
seu bem-estar.”

Os animais são manejados respeitando os preceitos do bem estar animal


resguardando o direito de estarem livres de fome e de sede, com acesso a
água fresca e uma alimentação adequada às suas necessidades para serem
perfeitamente saudáveis e estarem fisicamente bem, também livres de
desconforto, com condições de alojamento adequados e confortáveis de
acordo com a suas características; estão livres de dor, ferimentos e das
doenças e são tratados para terem a saúde protegida, tendo assistência
veterinária adequada imediata uma vez detectado um problema de saúde ,
possuem a liberdade para expressar o comportamento natural, e são mantidos
em espaços adequados que favorecem as necessidades comportamentais e
estão na companhia de membros de sua espécie de acordo com as suas
características e necessidades sociais, além disso também estão livres do
medo e da angústia e são tratados de modo a evitar que sofram psicológica e
emocionalmente.

PARA ENTRADA DE ANIMAIS NO CANIL MUNICIPAL

Somente será permitida a hospedagem de animais comprovadamente sem


tutor.

Para a hospedagem do animal será necessário a assinatura de uma


testemunha ou responsável pela identificação do abandono ( ficha 01 anexo)

Ao dar entrada ao canil o animal receberá uma ficha de identificação e um


numero de identificação. ( ficha 02 anexo)

Animais que receberem tratamento será anotado na ficha de identificação, qual


tipo de tratamento e o período ( inclusive em casos de doenças crônicas )

Também será permitida a entrada de animais que seus tutores não tiverem
mais condições de cuida-los, em casos de problemas graves de saúde dos
tutores comprovado por meio de laudo médico.

PARA A SAIDA DOS ANIMAIS

Existem dois casos para que os animais deixem o canil :

Em caso de adoção somente será permitida após a assinatura do termo de


posse responsável ( ficha 03 em anexo )

Em caso de óbito será dado baixa na documentação, juntando os papeis do


processo do animal na estada no canil , a carcaça será enterrada em fossa
séptica como consta no plano de manejo de resíduos do canil.( Atestado de
óbito ficha 04)

Em caso de eutanásia se for identificado o tutor será necessário assinatura de


termo de consentimento ( TERMO DE CONSENTIMENTO ficha 05)
EM CASO DE TRATAMENTO E HOSPEDAGEM DE ANIMAIS COM
TUTORES DE BAIXA RENDA

Somente será permitido a hospedagem e tratamento de animais com tutores de


baixa renda com a comprovação por meio de documentação:

 documento de identidade do proprietário do animal;


 comprovante cadastro no Cadastro Único, (
http://aplicacoes.mds.gov.br/sagi/consulta_cidadao/ ) e/ou comprovante
de renda;
 comprovante de residência; Critérios:
 (conforme:http://www.caixa.gov.br/cadastros/cadastro-
unico/Paginas/default.aspx)
 Família inclusa em Programas Sociais, comprovado através do Cadastro
Único (folha resumo cadastro único – V7), a exemplo de Programa Bolsa
Família, Programa Minha Casa, Minha Vida, Bolsa Verde – Programa de
Apoio à Conservação Ambiental, Programa de Erradicação do Trabalho
Infantil – PETI, Fomento – Programa de Fomento às Atividades
Produtivas Rurais, Carteira do Idoso, Aposentadoria para pessoa de
baixa renda, Programa Brasil Carinhoso, Programa de Cisternas,
Telefone Popular, Carta Social, Pro Jovem Adolescente, Tarifa Social de
Energia Elétrica;
 Renda familiar de até 1/2 (meio) salário mínimo por membro familiar ou
até 3 (três) salários mínimos mensais de renda total da família.

Este serviço é realizado com os recursos disponíveis no canil municipal a


critério do medico veterinário responsável e por meio de diagnostico
presuntivo para instituição do tratamento. O período de tratamento
dependerá da evolução e resposta do protocolo instituído e a alta só será
permitida após autorização do médico veterinário responsável.

Para que seja realizado o tratamento e hospedagem deste animal o tutor


terá que assinar um termo de autorização para o procedimento terapêutico (
ficha 06)
ATESTADO DE ÓBITO ( ficha 4 )

Identificação do animal:

Atesto para os devidos fins que o animal de nome .........….............................,


espécie …............................, raça …..............................., sexo ….....................,
idade …..........., variedade …..................................., pelagem
…................................, particularidades da pelagem
…............................................., veio a óbito
no...................…..............................................................................., às
…............. horas do dia …./..../......, sendo a causa
mortis.....................................................................................................................
...............................................................................................................................
..................

Outras informações que possibilitem a identificação do animal


…...........................................................................................................................
...............................................................................................................................
...............................................................................................................................

Outras informações complementares à causa mortis:


…...........................................................................................................................
...............................................................................................................................
...............................................................................................................................

Identificação do proprietário:
Nome
…...........................................................................................................................
.............

RG......................................................
CPF.........................................................................

Endereço completo
…........................................................................................................

…........................................................................................................................................

Cruz Alta - RS, …......... de ….............................. de …...............

_____________________________
Médico Veterinário responsável
TERMO DE CONSENTIMENTO PARA REALIZAÇÃO DE EUTANÁSIA
(ficha 5 )

Declaro estar ciente dos motivos que levam à necessidade de realização da


eutanásia, reconheço que esta é a opção escolhida por mim para cessar
definitivamente o sofrimento e, portanto, autorizo a realização da eutanásia do
animal de nome.......................................…..., espécie..................., raça
…........................, sexo ......................, idade (real ou aproximada)...…...........,
pelagem ..................................., outras informações que possibilitem a
identificação do animal (ex. microchip)…............................. a ser realizado
pelo(a) Médico(a)
Veterinário(a)..................................................................CRMV-..................

Identificação do responsável pelo animal:


Nome...................................................................................................
RG..................................................
CPF........................................................
Endereço completo..............................................................................
Telefone/email ..............................................................................

Declaro que fui devidamente esclarecido(a) do método que será utilizado,


assim como de que este é um processo irreversível.

CRUZ ALTA - RS, __de ______________ de _______.

_______________________________
Assinatura do responsável pelo animal
TERMO DE AUTORIZAÇÃO
PARA PROCEDIMENTO TERAPEUTICO ( ficha 6)

Autorizo a realização tratamento(s) necessário(s) no animal de


nome_________________, espécie__________, raça ____________, sexo
__________, idade (real ou aproximada)________,
pelagem__________________, outras informações que possibilitem a
identificação do animal (ex.
microchip)_______________________________________ a ser realizado
pelo(a) Médico(a) Veterinário(a)_______________________________CRMV-
___________

Identificação do responsável pelo animal

Nome.__________________________________________________________

RG_____________________________________
CPF____________________________________

Endereço________________________________________________________
_______________________________________________________________

Telefone______________________________Email______________________

Declaro ter sido esclarecido acerca dos possíveis riscos


inerentes à situação clínica do animal, bem como do(s)
tratamento(s) proposto(s), estando o referido profissional
isento de quaisquer responsabilidades decorrentes de tais
riscos.

Observações Gerais (a serem fornecidas pelo proprietário/responsável):


_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
______________________

Cruz Alta, ____, de ____________ de _______.

____________________________________

Assinatura do responsável pelo


animal