Você está na página 1de 22

SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME

PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 1 de 22

PROGRAMA PCMSO

NOME EMPRESARIAL:
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA – ME

TÍTULO:
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL

ÍNDICE DE REVISÕES
REV DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS

00 EMISSÃO ORIGINAL

Norma Regulamentadora Nº 7
Portaria n.º 24 de 29.12.1994.
Departamento de Segurança e Saúde do Trabalho
Secretaria de Inspeção do Trabalho
Ministério do Trabalho e Emprego
(MTE / SIT / DSST)

01 REVISÃO ANUAL

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 2 de 22

SUMÁRIO
01 - IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA
02 - INTRODUÇÃO
03 - DESENVOLVIMENTO
04 - DELEGAÇÕES DE ATRIBUIÇÕES MÉDICAS
05 - PROCEDIMENTOS MÉDICOS DE SAÚDE OCUPACIONAL
06 - ACOMPANHAMENTOS BIOLÓGICOS DOS TRABALHADORES
07 - PRIMEIROS SOCORROS
08 - ACIDENTES DO TRABALHO (INFORMAÇÕES IMPORTANTES)
09 - CRONOGRAMAS DE AÇÕES
10 - RELATÓRIO ANUAL
ANEXO I - PESSOA COM DEFICIÊNCIA
ANEXO II - PERFIL DE SAÚDE
ANEXO III - REFERÊNCIAS TÉCNICAS E LEGAIS
11-TERMO DE COMPROMISSO

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 3 de 22

01 IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA

SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Endereço: Av. Estrada da Luz 2333. CEP 54.120-445 Santo Aleixo Jaboatão dos
Guararapes PE

Email : somatc@somatectelecom.com
Fone: (81) 4381-2140
Ramo de Atividade: 42.21-9 -05
CNPJ: 09.097.363/0001-61
Grau de Risco: 3
Código da Atividade principal: 42.21-9-05 (manutenção de estação e rede de
telecomunicação)
Elaboração do Programa: 11/01/2019 Validade: 12/01/2020
Quantidade de trabalhadores: 18
Número mínimo de Trabalhadores: 08
Número máximo de Trabalhadores: 25
Elaboração do PCMSO
Responsável pela implementação do PCMSO: Kelly Marques
Administradora
ELABORAÇÃO DO PROGRAMA
DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO Médico do Trabalho CRM 3797
CPF: 123.696.324-53 Email: firemantrix@outlook.com

02 INTRODUÇÃO

O PCMSO é parte integrante do conjunto mais amplo de iniciativas da Empresa


SOMATEC SERVIÇO DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME, no campo da saúde e
segurança dos seus funcionários. Deve ter caráter de prevenção, rastreamento e
diagnóstico precoce dos agravos à saúde relacionados ao trabalho.

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 4 de 22

O PCMSO deve considerar as questões incidentes sobre o indivíduo e a coletividade de


seus funcionários, privilegiando o instrumental clínico-epidemiológico na abordagem da
relação entre sua saúde e o trabalho.

Sua ação deve ser desenvolvida no âmbito de cada setor da empresa, com a
participação dos trabalhadores, sob a responsabilidade do empregador, devendo ser
planejado e implementado com base nos riscos à saúde dos funcionários, articulado
com o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA).

2.1 Objetivo

O PCMSO tem como objetivo, a promoção e a preservação da saúde do conjunto de


funcionários desta Empresa.

2.2 Responsabilidades

 Compete ao empregador: garantir a elaboração e efetiva implementação do PCMSO,


zelar para sua eficácia, e custear sem ônus para o empregado todos os procedimentos
relacionados ao PCMSO.

 Compete ao médico coordenador: realizar os exames médicos ou encarregar os


mesmos a profissional médico familiarizado com os princípios da patologia ocupacional
e suas causas, bem como com o ambiente, as condições de trabalho, perigos e riscos
que possam estar expostos cada trabalhador da empresa a ser examinado.

 Compete aos empregados da SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO-


REALIZA MANUTENÇÃO EM ESTACÕS E REDES DE TELECOMUNICAÇÃO:
colaborar e participar da implantação e execução do PCMSO, seguir as orientações
recebidas nos cursos, treinamentos e do médico examinador, participar das campanhas
de prevenção de doença e promoção à saúde, desenvolvidas pela empresa, comunicar
imediatamente o seu encarregado quando apresentar alguma sintomatologia que

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 5 de 22

comprometa o seu desempenho no trabalho, com o objetivo de ser encaminhado para a


avaliação médica.

03 DESENVOLVIMENTO

Para atingir o objetivo deste programa, detalha-se a seguir as ações que serão
desenvolvidas:

a) Seguir o instrumental clínico epidemiológico, citado no item 7.2.2 da NR 07, o qual se


refere à boa prática da Medicina do Trabalho.

b) Realizar os exames médicos ocupacionais previstos na Norma nº 07.

c) Além da abordagem clínica individual do empregado-paciente, as informações


geradas devem ser tratadas no coletivo, ou seja, com uma abordagem dos grupos
homogêneos em relação aos riscos detectados.

d) Análise do ambiente de trabalho, usando-se os instrumentos da epidemiologia.

e) Cálculo de taxas ou coeficientes para verificar se há nos locais de trabalho, setores,


atividades, funções, horários, ou grupos de trabalhadores, algum com mais agravos à
saúde do que outros.

04 DELEGAÇÃO DE ATRIBUIÇÕES MÉDICAS

Para efetivo cumprimento deste Programa, há necessidade da realização dos exames


médicos ocupacionais, por profissional autorizado pelo Médico Coordenador citados no
Anexo I deste documento. Os exames periódicos e de mudança de função devem ser
executados, preferentemente, em ambiente da Empresa nas visitas do Coordenador do
Programa. Também os exames complementares e pareceres especializados solicitados,
no momento dos exames ocupacionais, relacionados ao PCMSO devem ser feitos em
Clínica ou profissional indicado pela coordenação do Programa.

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 6 de 22

As atividades educativas, vacinações e campanhas preventivas recomendadas deverão


ser agendadas pela Empresa, que possui Equipe para desenvolvê-las.

05 PROCEDIMENTOS MÉDICOS DE SAÚDE OCUPACIONAL

a) Dos Exames Médicos:

O Médico examinador fará a avaliação clinica e a interpretação dos exames


complementares conforme critérios descritos neste PCMSO e na própria Norma
Regulamentadora nº 07 do MTE.

 Admissional:

Será realizado previamente antes do inicio das atividades profissionais do candidato,


para avaliação de aptidão de seu estado de saúde físico e mental à atividade proposta;

 Periódicos:

Será realizado de forma periódica, objetiva identificar manifestações patológicas


incipientes causadas ou não pela natureza das atividades laborais e avaliar a
compatibilidade do estado de saúde com as exigências do cargo, obedecendo a
periodicidade descrita na NR-7: anual para os empregados menores de 18 anos e
maiores de 45 anos ou quando expostos aos riscos descritos nos quadros I e II da NR –
7 ou ainda se portador de doenças crônicas; bienal para os empregados não expostos a
riscos ocupacionais e sejam maiores de 18 e menores de 45 anos.

 De mudança de função:

Será realizado sempre que implique em exposição a riscos ocupacionais diferentes da


atividade anterior;

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 7 de 22

 De retorno ao trabalho:

Será realizado quando do retorno à atividade profissional após 30 ou mais dias de


afastamento do trabalho por motivo de doença, acidente ou parto;

 Demissional:

Será realizada até a data da homologação, desde que o último exame médico
ocupacional tenha sido realizado há mais de: 1) 135 (centro e trinta e cinco) dias para as
empresas e/ou unidades de grau de risco 1 e 2, segundo o Quadro I da NR 4; 2) 90
(noventa) dias para as empresas e/ou unidades de grau de risco 3 e 4, segundo o
Quadro I da NR 4.

Observações importantes:

 Por determinação da SRT, com base em parecer técnico conclusivo da autoridade


regional competente em matéria de segurança e saúde do trabalhador, ou em
decorrência de negociação coletiva, as empresas poderão ser obrigadas a realizar o
exame Médico Demissional independentemente da época de realização de qualquer
outro exame, quando suas condições representarem potencial de risco grave aos
empregados da Empresa.

 O Médico Examinador deve informar aos empregados, no final do exame, sua


condição de saúde e orientá-lo, quando necessário, a respeito de medidas preventivas,
estimulando-os a participar da preservação de sua saúde.

b) Dos Atestados de Saúde Ocupacional

Para cada Exame Médico realizado, o Médico do Trabalho (examinador) emitirá o


Atestado de Saúde Ocupacional - ASO, em duas vias: a primeira ficará arquivada no
dossiê do empregado na Empresa à disposição da fiscalização do Ministério do Trabalho

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 8 de 22

e a segunda será obrigatoriamente entregue ao empregado, mediante recibo da primeira


via.

c) Das Fichas Clínicas Ocupacionais

Os dados obtidos nos exames médicos ocupacionais (avaliação clínica, exames


complementares, conclusões e medidas aplicadas), serão registrados nas fichas clínicas
ocupacionais, que ficarão sob a responsabilidade e guarda do coordenador, por período
mínimo de 20 (vinte) anos após o desligamento do empregado.

d) Do Relatório Anual

Ao final de cada programa, que tem duração de um ano, e como previsto na NR 07, será
emitido um relatório sobre os exames médicos e treinamentos / palestras realizados
(Anexo III ), estando contido no PCMSO do ano seguinte.

O Relatório Anual do PCMSO será armazenado em forma de arquivo informatizado,


apresentado e discutido na CIPA/designado. Esse relatório visará auxiliar a área de
saúde ocupacional para elaboração de seu plano de ação do próximo ano.

06 ACOMPANHAMENTO BIOLÓGICO DOS TRABALHADORES

Nos exames médicos ocupacionais deverão constar, além de anamnese clínica e


ocupacional, exame físico e conclusão, os exames complementares para
acompanhamento biológico dos trabalhadores, de conformidade com o perigo e risco
específico de exposição.

De acordo com o GHE* (Grupo Homogêneo de Exposição) será realizado:

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 9 de 22

FUNÇÃO GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO


Antenista GRUPO 01
Téc. instalador GRUPO 02
Instalador GRUPO 03

QUADRO DE FUNCIONÁRIOS
NOMES FUNÇÃO RG CPF
ADEMIR DA SILVA DO NASCIMENTO Téc. Instalador Pleno 4.086.818 SSP-PE 793.754.054-00
ADENILSON MANOEL DA SILVA Téc. Instalador Sênior II 3.218.092 SSP-PE 692.795.274-87
AERCIO FLÁVIO CUNHA Instalador Sênior 2.041.830 SSP/PE 329.513.534-72
ALDEMIR FERREIRA DE LIMA Téc. Instalador Sênior 6.508.823 SDS-PE 047.203.214-37
CLAUDIO MELO DANTAS Instalador Sênior 3.813.326 SSP-PE 698.356.404-91
EDMILSON DA SILVA JUNIOR Instalador Junior 8.239.704 SDS-PE 091.754.884-18
EDSON BEZERRA DA SILVA FILHO Antenista Júnior 8.322.348 SSP-PE 102.219.254-06
EDSON DOUGLAS DOS SANTOS Antenista Júnior 8.333.155 SSP/PE 091.911.064-94
FILIPE MARQUES DO NASCIMENTO Antenista Sênior 8.832.349 SSP-PE 098.942.054-02
JEFFERSON PEREIRA DA SILVA Instalador Sênior 5.849.111 SSP-PE 051.947.964-55
JOSÉ FERREIRA DE BRITO JUNIOR Téc. Instalador Pleno II 3.786.760 SSP-PE 949.651.884-20
JOSÉ HENRIQUE CRISPIM DA SILVA Instalador Junior 8.825.057 SDS-PE 110.168.324-43
JOSÉ SEVERINO SOUZA DE SANTANA Antenista Júnior 3.579.241 SSP-PE 756.451.064-15
NEEMIAS BELMIRO DOS SANTOS Antenista Pleno 6.319.463 SSP-PE 333.368.468-38
RODRIGO HENRIQUE SANTANA DE
Almoxarife Pleno 5.850.838 SDS-PE 044.810.484-92
SOUZA
ROMILDO PEREIRA BARBOSA Almoxarife 4.786.363 SSP-PE 961.970.874-87
ROSEMBERG SEVERINO DOS SANTOS Téc. Instalador Sênior II 4.394.658 SSP-PE 022.925.364-47
THOMAS ALEMBER DO NASCIMENTO Antenista Júnior 9.242.002 SSP/PE 115.355.534-48

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
MONITORAMENTO BIOLÓGICO
SETORES/ RISCOS EXAMES
ATIVIDADES ESPECÍFICOS COMPLEMENTARES PERIODICIDADE

POSTURA INADEQUADA; (E)


LEVANTAMENTO E TRANSPORTE DE
MATERIAIS (E) EX. OCUPACIONAL ADM-PERIÓDICO-ANUAL
MOVIMENTOS REPETITIVOS (E)
INSTALADOR
EXPOSIÇÃO AO SOL

EXAME CLÍNICO ADM - ANUAL PERIÓDICO


ELETROCARDIOGRAMA ADM - ANUAL
TRABALHO EM ALTURA; (A) ELETROENCEFALOGRAMA ADM
HEMOGRAMA COMPLETO ADM - ANUAL
GLICEMIA EM JEJUM ADM - ANUAL
RUÍDO ( F) AUDIOMETRIA ADM ,APÓS 6 MESES ANUAL

POSTURA INADEQUADA; (E) ADM-PERIÓDICO-ANUAL


LEVANTAMENTO E TRANSPORTE DE
MATERIAIS (E)
ANTENISTA MOVIMENTOS REPETITIVOS (E) EX. OCUPACIONAL

EXPOSIÇÃO AO SOL

EXAME CLÍNICO ADM - ANUAL PERIÓDICO


ELETROCARDIOGRAMA ADM - ANUAL
TRABALHO EM ALTURA ( A ) ELETROENCEFALOGRAMA ADM
HEMOGRAMA COMPLETO ADM - ANUAL
GLICEMIA EM JEJUM ADM - ANUAL
RUÍDO ( F) AUDIOMETRIA ADM ,APÓS 6 MESES ,ANUAL
ENCARREG POSTURA INADEQUADA; (E)
ADO ILUMINAÇÃO INADEQUADA; (E) EX. OCUPACIONAL ADM-PERIÓDICO-ANUAL
CHOQUE ELÉTRICO (A)
EXAME CLÍNICO COM TESTE DE EQUILÍBRIO ADM - ANUAL - PERIÓDICO
TRABALHO EM ALTURA (A) ELETROCARDIOGRAMA ADM - ANUAL
ELETROENCEFALOGRAMA ADM
HEMOGRAMA COMPLETO ADM - ANUAL
GLICEMIA EM JEJUM ADM - ANUAL
EXAMES PARA TRABALHO EM ALTURA

Para adequação da NR 35, realizar exames específicos para Trabalho em Altura, CASO
NECESSITE de serviços especificados nesta norma: Exame Clínico com teste de
equilíbrio (admissional e anual), Eletrocardiograma (admissional e anual),
Eletroencefalograma (somente no admissional), Hemograma completo
(admissional e anual) e Glicemia em jejum (admissional e anual). A consignação de
APTIDÃO ou INAPTIDÃO para trabalho em altura no ASO - Atestado de Saúde
Ocupacional deve ser escrita no campo RECOMENDAÇÕES/OBSERVAÇÕES do
documento, pelo médico do trabalho examinador.

Critérios técnicos:

Sendo constatada a ocorrência de acidente do trabalho (típico ou de trajeto), ou ainda a


ocorrência ou agravamento de doenças ocupacionais, através de avaliação clínica e/ou
exames complementares, caberá ao médico coordenador:

- Recomendar e orientar a empresa a emitir a Comunicação de Acidente do Trabalho; -


Indicar, quando necessário, o afastamento do trabalhador da exposição ao fator de risco,
ou afastamento do trabalho;

- Encaminhar o trabalhador à Previdência Social para avaliação da incapacidade e


definição da conduta previdenciária em relação ao trabalho;

- Orientar o empregador quanto à necessidade de adoção de medidas de controle no


ambiente de trabalho.

EXAME CLÍNICO ADM - ANUAL – PERIÓDICO


TRABALHO EM ELETROCARDIOGRAMA ADM - ANUAL
ALTURA (A) ELETROENCEFALOGRAMA ADM
HEMOGRAMA COMPLETO ADM - ANUAL
GLICEMIA EM JEJUM ADM - ANUAL
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 12 de 22

07 PRIMEIROS SOCORROS

MEDIDAS DE PRIMEIROS-SOCORROS (Antenista/Instalador)

Medidas de primeiros-socorros:

Queda: Observar se a vítima está acordada e se responde quando é chamada.Caso


esteja inconsciente, verificar a respiração e se não estiver respirando, fazer massagem
cardíaca até chegar ajuda médica. Evitar mover a vítima se ela não conseguir levantar
depois de cair.

Caso de fratura: Imobilizar o membro lesionado na posição correta com talas de


papelão e atadura.

Em caso de sangramento: Fazer pressão sobre o local da hemorragia com um pano


limpo até a chegada de ajuda médica.

A gravidade da queda depende da altura e da forma como caiu, no entanto,alguns


sintomas de alerta são perda de consciência por mais de 2 minutos, vômitos constantes,
dor de cabeça intensa e incapacidade para movimentar qualquer parte do corpo.

Proteção do prestador primeiros-socorros:

Em todos os casos procurar atendimento médico. No caso de um acidente de grandes


proporções o prestador de socorro deverá estar com todos os EPIs necessários. Notas
para o médico: FICHA DE INFORMAÇÃO.

A Empresa deverá ser treinada e capacitada com sistemas na prestação de primeiros


socorros compatível com seu grau de risco e de acordo com os cenários contemplados
no plano de resposta a emergências.

Orientação para composição da Caixa de Primeiros Socorros:

- Acondicionar todo o material em caixa plástica tipo multiuso com divisórias;

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 13 de 22

- Reavaliar periodicamente a validade do material; - Sempre reabastecer após o uso;


Condutas Gerais:

1) Treinamento em Primeiros Socorros de empregados da Empresa, em número


suficiente, com noções básicas para prestar assistência imediata após um acidente ou
mal súbito.

2) Material Básico de Primeiros Socorros: Maca portátil ; Ataduras de crepe; Gases


esterilizadas; Soro fisiológico; Bolsa para compressa fria; Tala para imobilização;
Solução anti-séptica (álcool iodado); Tesoura; Pinça anatômica; Algodão; Esparadrapo.

Condutas específicas:

1) Atendimento inicial: deve ser efetuado na própria empresa, por pessoal


preferencialmente treinado em Primeiros Socorros, que pode em casos leves resolver o
problema. Ao mesmo tempo deve-se avisar o Supervisor imediato do paciente e o
Serviço de Segurança do Trabalho da Empresa;

2) Transporte: cabe salientar neste tópico, a importância de saber transportar o


paciente, em certos casos é melhor esperar conduções mais adequadas, do que levar
de qualquer maneira o acidentado. Em caso de dúvidas, sobre o bem estar da vítima,
devem transportá-lo para assistência médica de urgência;

3) Locais para socorro médico de urgência

De princípio toda Unidade de Saúde deve estar habilitado a prestar atendimento médico.
Porém a gravidade das lesões ou enfermidades devem ser levados em consideração,
para um correto encaminhamento/atendimento.

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 14 de 22

3.1) Urgências leves: são aquelas resolvidas na própria empresa ou obra, orientar para
procurar ambulatórios médicos em Postos de Saúde da rede do SUS (Sistema Único de
Saúde) ou até Unidades de Pronto Atendimento.

Alcoolismo e viciados em drogas encaminhar para o Centro Eulâmpio Cordeiro de


Recuperação Humana: Rua Rondônia, 100, Cordeiro, tel: 3228-3200;

Doenças infectocontagiosas encaminhar para o Hospital Correia Picanço: Rua Padre


Roma, 149, Tamarineira, tel. 3231-7235.

3.2) Urgências moderadas: alteração no estado de saúde, sem risco de vida ou


sequela, mas com necessidade de complementação do tratamento de imediato.

Locais indicados nestes casos:

- Policlínicas da rede municipal de saúde.

- Unidades de Pronto Atendimento-UPA.

- Hospital Otávio de Freitas: Rua Aprígio Guimarães, s/n, Tejipió, tel.: 3455-4455.

3.3) Urgências graves ou emergências: alteração no estado de saúde com risco de


vida. Hospitais indicados nestes casos:

- Hospital da Restauração: Av. Agamenon Magalhães, S/N, Derby, tel.: 3421-5444.

- Hospital Getúlio Vargas: Av. San Martin, S/N, San Martin, tel.: 3446-6497 - Hospital
Agamenon Magalhães: Estrada do Arraial, S/N, tel.: 3441-5548.

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 15 de 22

08 ACIDENTE DO TRABALHO (INFORMAÇÕES IMPORTANTES)

 A empresa deverá comunicar o acidente do trabalho à previdência social até o 1º dia


útil seguinte ao da ocorrência, mesmo em caso de morte;

 É obrigação de a empresa emitir CAT sempre que ocorrer acidente do trabalho ou


doença ocupacional, existindo ou não afastamento;

 A falta de comunicação do acidente por parte da empresa possa formalizá-lo o próprio


acidentado, seus dependentes, a entidade sindical competente, o médico que o assistiu
ou qualquer autoridade pública, não prevalecendo nestes casos o prazo previsto;

 O encaminhamento da CAT pela empresa deverá ser em 06 (seis) vias: 1ª via: ao


INSS; 2ª via: ao segurado ou dependente; 3ª via: ao sindicato da categoria; 4ª via: à
empresa; 5ª via: ao SUS; 6ª via: à SRT; OU PREFERENTEMENTE PELO ENDEREÇO
ELETRÔNICO www.mps.gov.br

 O acidente do trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa


ou pelo exercício do trabalho dos segurados obrigatórios da previdência social,
provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou
redução, permanente ou temporária, da capacidade laborativa (Lei n º 8213/91 artigo 19,
caput);

 A empresa é responsável pela adoção e uso das medidas coletivas e individuais de


proteção e segurança da saúde do trabalhador (Lei 8213/91 artigo 19 parágrafo 1º).

 O acidentado em gozo de benefício por incapacidade está obrigado, independente de


sua idade e sob pena de suspensão do benefício, a submeter-se a exame médico a
cargo da previdência social, processo de reabilitação profissional por ela prescrito e
custeado, e tratamento, exceto o cirúrgico e a transfusão de sangue, que são
facultativos;

 O benefício por incapacidade é devido ao segurado da previdência social, que depois


de cumprida a carência exigida, quando for o caso, ficar incapacitado para o seu
trabalho ou para a sua atividade habitual por mais de 15 dias consecutivos.

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 16 de 22

09 CRONOGRAMA DE AÇÕES

2019 2020
01. AÇÕES MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN FEV MAR ABR

EXAMES OCUPACIONAIS
ADMISSIONAIS
DEVE SER REALIZADO OBRIGATORIAMENTE, ATÉ A DATA DA
DEMISSIONAIS HOMOLOGAÇÃO CASO O EXAME MÉDICO OCUPACIONAL
PERIÓDICO TENHA SIDO REALIZADO HÁ MAIS DE 90 DIAS
RETORNO AO NO PRIMEIRO DIA DE RETORNO AO TRABALHO, EM TODO
TRABALHO COLABORADOR QUE TENHA SE AUSENTADO POR UM PERÍODO
SUPERIOR A 30 (TRINTA) DIAS, MOTIVADO POR DOENÇA LICENÇA
MATERNIDADE
MUDANÇA DE ANTES DO INÍCIO DAS ATIVIDADES EM OUTRA FUNÇÃO OU CARGO
FUNÇÃO
A CADA 12 MESES A PARTIR DA DATA DE ADMISSÃO.VERIFICAR
PERIÓDICOS EM CASO DE RETORNO AO TRAB.
02. EXAMES COMPLEMENTARES
Hemograma
c/plaquetas
Audiometria
Espirometria
Teleradiografia do
Tórax
Eletrocardiograma
Eletroencefalo
grama
03.AUXÍLIO DIAGNÓTICO
Pareceres
Imunização X X X
Antitetânica
04 DOCUMENTAÇÕES
Relatórios
Renovação do X
PCMSO

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 17 de 22

CRONOGRAMA DE TREINAMENTOS EDUCATIVOS


PREVISTO REALIZADO
Primeiros socorros. Fevereiro/2019

NR35 Abril/19

Alcoolismo e Tabagismo Junho/19

NR10 Agosto/19

AIDS E DST Outubro/19

Treinamento Admissional/Periódico Admissão e


periodicamente
Ordem de serviço Admissão e
periodicamente
Trabalho em Altura Antes da atividade e
periodicamente
Curso de CIPA ou Designado

10 RELATÓRIO ANUAL
Período:
N.º DE RESULTADOS

N.º DE RESULTADOS
ANORMAIS x 100/N.º
ANUAL DE EXAMES
NATUREZA DO

N.ºDE EXAMES
Nº ANUAL DE

REALIZADOS

PARA O ANO
ANORMAIS

SEQUINTE
EXAMES
EXAME

FUNÇÃO

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 18 de 22

ANEXO I - PESSOA COM DEFICIÊNCIA

MODELO DE LAUDO MÉDICO PARA INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA


Atesto que ___________________________________________ RG
______________Setor ___________ Função _________________está enquadrado nas
definições dos Artigos 3º e 4º do Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, com alterações
introduzidas pelo artigo 70, do Decreto nº 5.296, de 02 de dezembro de 2004.
1. ESPÉCIE DE DEFICIÊNCIA:
( ) Deficiência Auditiva ( ) Deficiência Física ( ) Deficiência Mental
( ) Deficiência Visual ( ) Deficiências múltiplas
2. DEFICIÊNCIA FÍSICA: EXCETO AS DEFORMIDADES ESTÉTICAS OU AS QUE NÃO
PRODUZAM
DIFICULDADE PARA O DESEMPENHO DE FUNÇÕES.
( ) Paraplegia ( ) Paraparesia ( ) Monoplegia ( ) Monoparesia ( ) Tetraplegia ( ) Tetraparesia
( ) Triplegia ( ) Triparesia ( ) Hemiplegia ( ) Hemiparesia ( ) Paralisia cerebral ( ) Ostomias
( ) Amputação e/ou ausência de membro ( ) Nanismo ( ) Membros com deformidades congênitas
ou adquiridas 3. DEFICIÊNCIA VISUAL:
( ) Cegueira – Acuidade visual menor ou igual a 0,05 no melhor olho, com a melhor correção
óptica.
( ) Baixa visão – Acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica.
( ) Somatória da medida do campo visual em ambos os olhos igual ou menor que 60º.
( ) Visão Monocular – Súmula nº 377 – STF 4. DEFICIÊNCIA MENTAL:
( ) Funcionamento intelectual significativamente inferior à média, com manifestações antes dos
18 anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como:
Comunicação (Distúrbio de fala), Cuidados pessoais, Habilidades sociais, Utilização de recursos
da comunidade, Saúde e Segurança, Habilidades acadêmicas, Lazer e Trabalho.
5. DEFICIÊNCIA AUDITIVA:
( ) Perda bilateral, parcial ou total, de quarenta e um decibéis ou mais, aferida por audiograma
nas frequências de 500hz, 1000hz, 2000hz e 3000hz.
6. DEFICIENCIA MULTIPLA
( ) Assinalar mais de uma opção entre os itens 1 e 5 acima.
7. REABILITADOS DO INSS
( ) Comprovar anexando o Certificado fornecido pela Previdência Social.
8. Descrever o grau ou nível da deficiência constatada (interferências funcionais promovidas pela
deficiência):________________________________________________________________
9. Causa ou origem da deficiência constatada:____________________________________
10. CID da deficiência constatada (Classificação Internacional de Doenças):_______
Local e data:____________________________________________________
Assinatura/CRM/Especialidade
Declaro estar ciente de que estou sendo incluído nas cotas legais de empregados com
deficiência e/ou reabilitados a que se referem o artigo 93, da Lei nº 8.213/1991 e os artigos 3º e
4º, do
Decreto nº 3.298/1999, com alterações introduzidas pelo artigo 70, do Decreto nº 5.296/2004.
Autorizo a apresentação deste Laudo Médico à Fiscalização do Trabalho do Ministério do
Trabalho e Emprego.
Local e Data: Assinatura do Empregado: __________________________________

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 19 de 22

ANEXO II - PERFIL DE SAÚDE


Distribuição por Sexo e Faixa Etária – A população trabalhadora SOMATEC
SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES LTDA-ME REALIZIA MANUTENÇÃO DE
ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES, está distribuída conforme e tabela
abaixo:

ATÉ 19 DE 20 À 29
IDADE HOMEM ANOS ANOS
0% 17%
ATÉ 19 ANOS 0 TOTAL
DE 20 À 29 ANOS 4 46% DE 30 À 39
DE 30 À 39 ANOS 3 ANOS
12%
DE 40 À 49 ANOS 4
DE 50 À 59 ANOS 2
ACIMA DE 60 ANOS 0 ACIMA DE DE 50 À 59 DE 40 À 49
TOTAL 13 60 ANOS ANOS ANOS
0% 8% 17%

Avaliação da Faixa de Pressão Arterial Diastólica - Foi encontrada na SOMATEC


SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES LTAD-ME REALIA MANUTENÇÃO EM
ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÃO, uma avaliação pressórica.
 Índice de Tabagismo – Foi realizado um levantamento do índice de
tabagismo encontrado na empresa por ser de fundamental importância tentar reduzi-lo a
zero através de processos de conscientização.

TOTAL FUMANTE
FUMANTE 00
NÃO FUMANTE 18 NÃO
FUMANTE
TOTAL 18

Índice de Etilismo – Em associação, foram colhidos os dados obtidos referentes à


ingestão de bebidas alcoólicas, mesmo levando-se em consideração o mascaramento
natural quanto à referência espontânea de dependência, tal análise será de suma
importância para a os trabalhos educativos.

TOTAL ETILISTA
NÃO ETILISTA 18 OCASIONAL
0%
ETILISTA OCASIONAL 00
TOTAL 18

NÃO
ETILISTA
100%

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 20 de 22

Avaliação do Índice de Massa Corpórea – Baseando-se no Índice de Massa Corpórea


de Quetelet (peso / altura ²) e sua respectiva tabela, foi realizada uma avaliação dos
funcionários da SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME REALIZA
MANUTENÇÃO EM ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÃO , quando a
composição corporal objetivando desenvolver um trabalho de equilíbrio corporal
preferentemente através de uma prática de alimentação saudável e da prática de
atividades físicas regulares.

1 1,70 cm 68 23,53 - Normal Resultado Situação


2 1,65 cm 67 24,61 - Normal Abaixo de 17 Muito abaixo do peso
3 1,82 cm 76 22,94 - Normal Entre 17 e 18,49 Abaixo do peso
4 1,56 cm 67 27,53 - Acima do peso Entre 18,5 e 24,99 Peso normal
5 1,72 cm 105 35,49 - Obesa(o) Entre 25 e 29,99 Acima do peso
6 1,65 cm 90 33,06 - Obesa(o) Entre 30 e 34,99 Obesidade I
7 30,42 - Acima do peso Obesidade II
Entre 35 e 39,99
1,72 cm 90 (severa)
8 24,16 - Normal Obesidade III
Acima de 40
1,75 cm 74 (mórbida)
9 1,80 cm 92 28,40 - Acima do peso
10 1,60 cm 70 27,34 - Acima do peso
11 1,70 cm 97 33,56 - Obesa(o)
12 1,64 cm 70 23.12 Normal
13 1.65 cm 72 26.45 Sobrepeso

Patologias Evidenciadas – Levando-se em consideração as características da


população trabalhadora SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
REALIZA MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOUNICAÇÃO já era
de se esperar um baixo índice de patologias, fato este confirmado pelo levantamento
clínico, onde nenhuma patologia de significância foi detectada, tendo-se as seguintes
referências conforme os dados sistematizados no gráfico abaixo.

SETORES PATOLOGIA Quant % PATOLOGIA NÃO Quant %


OCUPACIONAL OCUPACIONAL
Operacional - - -

ANEXO I I I - REFERÊNCIAS TÉCNICAS E LEGAIS

a) Lei nº 6.514, de 22 de dezembro de 1977 - Altera o Capítulo V do Título II da


Consolidação das Leis do Trabalho, relativo à Segurança e Medicina do Trabalho;
b) Portaria nº 3.214, de 08 de junho de 1978 - Aprova as Normas Regulamentadoras
- NR - do Capítulo V do Título II, da Consolidação das Leis do Trabalho, relativas
à Segurança e Medicina do Trabalho, e suas modificações. Estabelece a
obrigatoriedade, por parte das empresas, da elaboração e implementação de um
Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) - NR - 07);

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 21 de 22

c) Portaria Nº 24, de 29 de dezembro de 1994, Despacho da SSST, de 1º de outubro


de 1996, aprova a NR-07 - Programa de Controle Médico de Saúde ocupacional
(PCMSO);
d) Portaria Nº 25, de 29 de dezembro de 1994, republicada em 15 de fevereiro de
1995, aprova a NR-09 - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA);
e) Portaria Nº 3751, de 23 de novembro de 1990, aprova a NR-17 - Ergonomia;
f) Decreto Nº 127, de 22 de maio de 1991, promulga a Convenção Nº 161, da
Organização Internacional do Trabalho - OIT, relativo aos Serviços de Saúde no
Trabalho;
g) Decreto Nº 129, de 22 de maio de 1991, promulga a Convenção Nº 159, da
Organização Internacional do Trabalho - OIT, sobre a Reabilitação Profissional e
o Emprego de Pessoas Deficientes;
h) Decreto Nº 5005, de 08 de março de 2004, promulga a Convenção Nº 171, da
Organização Internacional do Trabalho - OIT, relativa ao Trabalho Noturno;
i) Decreto nº 186, de 09 de julho de 2008, aprova o texto da Convenção sobre os
Direitos das Pessoas com Deficiência e de seu Protocolo, da Organização
Mundial da Saúde - OMS;
j) Resolução CFM Nº 1.246/88, de 08 de janeiro de 1988, aprova o Código de Ética
Médica;
k) Resolução CFM Nº 1.488, de 06 de março de 1998, dispõe de normas específicas
para médicos que atendam o trabalhador.

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL Página 22 de 22

11 TERMO DE COMPROMISSO

Declaro estar ciente das informações contidas neste PCMSO, elaborado para a
SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME REALIZA MANUTENÇÃO
EM ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÃO, bem como se compromete a
comunicar ao médico coordenador todas as alterações que sejam feitas como disposto
no item acima.

Recife, 11 de janeiro de 2019.

_________________________________________
SOMATEC SERVIÇÕS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME
REALIZIA MANUTENÇÃO EM ESTAÇÕES E REDES
DE TELECOMUNICAÇÕES

Médico Elaborador:

________________________________
DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO
Médico do Trabalho CRM 3797

DRº JOÃO ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE NETO SOMATEC SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÃO LTDA-ME


Médico do Trabalho CRM 3797 MANUTENÇÃO DE ESTAÇÕES E REDES DE TELECOMUNICAÇÕES