Você está na página 1de 1

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO

PAMPA - PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - Curso: Pedagogia – Licenciatura


COMPONENTE CURRICULAR: ESTUDO DAS INFÂNCIAS, CULTURAS E
EDUCAÇÃO - Professora: SILVANA MARIA ARANDA
Tutora á Distância: Michelle Hernandes - Tutora Presencial: Cristina Macke.

Estudante: ADRIANA GARCIA MENDES - Matrícula: 1702150969.

Conceito de Infância: A infância é um estágio da vida pelo qual as


crianças passam.

“Conforme o com o historiador o francês Philippe Ariès (1981). No


passado as crianças eram tratadas como miniaturas de adultos nos
modos de (vestir, falar e andar), muitas não conseguiam passar da
fase da infância por condições precárias de vida da idade média”. Não
havia instituições escolares e nem interesse pela vida infantil, a
aprendizagem acontecia pela convivência direta entre crianças e
adultos.

Atualmente as crianças têm seus direitos garantidos, amparados e


assegurados pela Constituição Federal de 1988, também pelo Estatuto
da Criança e do Adolescente (ECA). A Lei de Diretrizes e Bases da
Educação (LDB) Lei 9.394/96 define e regulariza a organização da
educação brasileira com base nos princípios presentes na
Constituição.

A minha infância ficou marcada pela pelo simples fato de não existir
celulares, tablets, videogames, existia apenas uma televisãozinha com
imagem (preto e branco), e dávamos lugar às brincadeiras na rua ou
dentro de casa de forma lúdica. A minha escola embora sendo em área
urbana fosse bem distante da minha casa, e o meio de transporte que
usávamos era uma carroça. Uma infância sem muitas possibilidades e
condições de vida e estudo (não tinha mochila, levava meus caderno
em uma sacola plástica de supermercado), não existia ajuda de custo
do governo como (bolsa família). Nos dias de hoje existe inúmeras
oportunidades de espaços escolares, a informação e a tecnologia ao
alcance de todos, programas sociais, politicas públicas da educação,
oferta escolar, alimentação, uniforme.

As diferenças da infância passada para os dias de hoje é a


globalização, a integração, a diversidade, projeto político pedagógico,
os espaços escolares e não escolares.

REFERENCIAL

ARIÈS, Philippe. História Social da Criança e da Família. Rio de


Janeiro: LTC, 1981.