Você está na página 1de 1

A separação espiritual do crente (2Co 6.

16-18)

 O homem foi criado por Deus, separado do mal (puro e perfeito – Gn 1.27)
 A mistura com o mal (pecado) foi uma escolha livre do homem (Gn 3.6)
 Envolve duas dimensões:
 Separação moral e espiritual de tudo o que é contrário a Jesus Cristo, à
justiça e à Palavra de Deus
 Estar em íntima comunhão com Deus, mediante a dedicação, adoração e
serviço que lhe são prestados
 O zelo espiritual foi requerido desde a criação do homem e também em toda a
história durante o Antigo Testamento:
 Dt 7.3 => Ed 9.2
 Jr 6.13 => Is 28.7
 Jr 9.2-3
 2Rs 14.4
 1Rs 14.24
 Tipos de separação espiritual:
 Do sistema de coisas corruptas (Tg 1.27)
 Dos que pecam deliberadamente e não se arrependem (Mt 18.15-17)
 Das falsas doutrinas e falsos mestres (Gl 1.8-9; Tt 3.9-11)
 Propósitos na separação do mal:
 Perseverança na fé e salvação (1Tm 4.16; 1Tm 6.11-12)
 Viver inteiramente a Deus (Mt 22.37)
 Expor aos incrédulos a verdade e as bênçãos do evangelho (Fp 2.14-15; Mt
5.16)
 Necessidade da santidade (Hb 12.14)
 Quem realiza a santificação (Rm 8.5,9; Gl 5.22-23)
 Promessa aos santificados (2Tm 2.20-21)