Você está na página 1de 28

D ADE

E R
V
A
D

E S P IR
L
ESPIRA

A
CO
19

L D V
N
A B 20

SUMO

A
TE
CA L
E
RD DE
A A
RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO
A RAZÃO EM TEMPOS DE INFOTOXICAÇÃO

UM ESTUDO
CONSUMOTECA LAB
?Q
NO
SE


LAB
CONSUMOTECA
LAB A
COTES
ENO

CONSUMOTECA
?Q

AC
OT
ES
EN
?
O?
Q

CONSUMOTECA

ACO
TESE

Por isso
fica cada
vez mais
difícil
entender
o que está
LAB
NO? Q TÁ ACO

acontecendo.

LAB
CONSUMOTECA
LAB CONSUMOTECA

Se a internet nos dá mais acesso à


informação e mais ferramentas para
falar sobre tudo,

LAB
CONSUMOTECA

A Consumoteca foi
atrás das respostas
CONSUMOTECA

e a gente já avisa
que essa não é
mais uma daquelas
pesquisas sobre a
LAB

“era do conteúdo
digital”.

Apresentamos
um estudo sobre
como a sociedade
da informação
modificou
nossa maneira
de dialogar e
compreender o
mundo.

CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

É bombardeado com
informação a todo momento;

LAB
CONSUMOTECA

Não sabe se acredita no amigo, no


jornal, no professor ou no vídeo do
WhatsApp;

Fica pressionado a ter uma opinião e,


quando finalmente se decide, surge
outra polêmica...

O S
Z E M
A
VO CÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
R
T M AC Ê C A I U
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE

U V OICAÊ C A I U
VO NA ESPIRAL DA VERDADE

VÍ C
NA ESPIRAL DA VERDADE
T
NO V O C Ê C A I U
OCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
CONSUMOTECA

NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
LAB

VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE


VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ
CONSUMOTECA CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE LAB
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
VOCÊ CAIU NA ESPIRAL DA VERDADE
LAB CONSUMOTECA

O QUE
É A ESPIRAL
DA VERDADE?
Com tantas informações, pontos
de vista e argumentos aparecendo
a todo momento, não sabemos em
que acreditar.

LAB
CONSUMOTECA

A espiral da verdade é essa sensação


de estar o tempo todo preso em um
redemoinho de discursos, entrar em
discussões que não chegam a lugar
nenhum.

E o que fazemos para nos sentir


seguros? Ficamos agarrados a
verdades que se parecem com
o queremos ouvir e fechamos os
olhos para outras opiniões.

es.pi.ral da ver.da.de
subs. fem.
é a sensação de caos e confusão
que destrói as antigas certezas e
convicções dos indivíduos sobre
o mundo

A ESPIRAL É FORMADA PELA


CONSUMOTECA

JUNÇÃO DESSES CONCEITOS:

03
LAB

B O I A - FA C T U A L

02
POLIFONIA
D I G I TA L

01
INFOTOXICAÇÃO

CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

à O
O PRIMEIRO

Ç
PILAR DA ESPIRAL

C A
DA VERDADE

I O
É A

T O X A Ç Ã
N F O X I C
I TO

LAB
CONSUMOTECA

F O
A gente sabe que tem uma

I N
notificação que você não abriu
enquanto espera alguma outra
que ainda não chegou.

Sempre atrás de conteúdo novo,


você se perde no meio de tantas
coisas pra ler, ver e consumir.

É como abrir o celular pra ver


a hora e fazer de tudo por lá,
menos checar que horas são.

in.fo.to.xi.ca.ção
CONSUMOTECA

subs. fem.
condição do indivíduo que foi
LAB

sobrecarregado de informação a ponto


de ficar parcialmente incapaz de
assimilar novos conteúdos

78%
dos brasileiros
são incapazes de
assimilar todo o
conteúdo a que
são expostos
diariamente
CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

A R AR
M O S P N TA
T A T A
TEN S U MIR O
C O N A ÇÃ
D E R M
INFO APESAR DA PAUSA, A GENTE SEMPRE VOLTA

LAB
CONSUMOTECA

NO
IN S SE
FO N
TO TIM S O M OS
XIC O O S Q UE A L
AD S B E M I G I T
OS PERCE ENTES DO D
D
DEPEN

“É mais fácil parar


de fumar do que sair
do Twitter.”
CONSUMOTECA

Alberto, 21 anos,
auxiliar contábil.
Somos soterrados por conteúdo
LAB

todos os dias e é quase impossível


absorver essa quantidade
infinita de dados. Você tenta e
não consegue. E quanto menos
consegue, mais desatualizado fica. “Eu até desinstalei o
Facebook para evitar
Somos prisioneiros da informação.
brigar e passar nervoso
O maior problema é que não adianta em alguns momentos.”
sair por um tempo, ~fazer um detox
digital~. Nosso meio nos obriga a Alice, 24 anos,
sempre estar em contato com o que desenvolvedora
existe de mais novo em conteúdo. mobile.

CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

LAB
CONSUMOTECA

das pessoas têm


a internet como
principal fonte
de notícias e
CONSUMOTECA

acontecimentos
do dia a dia
LAB

“ V O C Ê PA S S A U M D I A
FORA DO TWITTER E
PA R E C E Q U E F I C O U
UMA DÉCADA FORA
DELE.”

J U L I A N A ,
ESTUDANTE DE
PUBLICIDADE, 21
ANOS

CONSUMOTECA LAB
LAB

d á p ra fi c ar para
CONSUMOTECA

ã o d
n o
ád
oãn
odarapd oãn

LAB
CONSUMOTECA

No meio de tanta informação,


somos incentivados a consumir
mais e mais conteúdo.

O ócio deixa de ser o tempo de não


fazer nada e passa a ser o momento
em que a gente sai em busca de
alguma coisa.

“Antes,
a gente passava 66%
o domingo dos brasileiros
CONSUMOTECA

vendo o abrem as redes


Faustão porque sociais assim que
não tinha nada acordam
LAB

o que fazer.
Agora, estamos
em uma cultura
em que temos 33%
mais coisas pra dos brasileiros
fazer do que postam
temos tempo.” imediatamente
Fernando Fontanella,
nas redes sociais
especialista em cultura tudo que acham
digital interessante
CONSUMOTECA LAB
DE REPENTE,
TUDO É PRIORIDADE

Responder o crush?
Ler o e-mail do
trabalho? Postar
um stories? Fazer
textão? Ler a timeline
até duas horas da
manhã e esquecer das
responsabilidades? 45%
dos entrevistados
No meio desse tanto estavam com
de coisa e tanto de aba, mais de três abas
não sabemos o que é abertas enquanto
respondiam a esta
prioridade na internet e pesquisa
escolher a ordem das
tarefas passa a ser
complicado.

Fazemos
segundas, terceiras
e quartas tarefas
com o mínimo
de atenção,
absorvendo
só pequenos
fragmentos de
informação.
LAB CONSUMOTECA

NÃO DAMOS C O N TA
NÃO DAMOS C O N TA
NÃO DAMOS C O N TA
NÃO DAMOS C O N TA
NÃO DAMOS C O N TA
NÃO DAMOS C O N TA
NÃO DAMOS C O N TA
NÃO DAMOS C O N TA

Em uma escala de 0 a 10, o quanto você consegue

LAB
CONSUMOTECA

absorver de informação diariamente?

“A gente
CONSUMOTECA

não acessa, é
bombardeado. Toda
vez que a gente
LAB

entra no Facebook,
tem alguém
postando texto
político, notícias.”
dos entrevistados
Marcelo, estudante declaram não
ter tempo de
de jornalismo
checar a maioria
das notícias
que recebem via
WhatsApp

CONSUMOTECA LAB
“A principal mudança da internet
nos últimos anos é a sobrecarga
de conteúdo. Tem informação
sobre qualquer tema surgindo a
qualquer momento. Essa é a chave
pra compreender a transformação.”

Thiago Costa, coordenador


do curso de comunicação em
mídias sociais da FAAP

“Mais coisas estão ao meu alcance do


que antes. Eu tenho mais fontes, mais
opiniões, mais debates acontecendo
ao mesmo tempo.”

Giovanna Cartapatti, digital


PR e content strategist do
banco next
LAB CONSUMOTECA

I A
O SEGUNDO

N
PILAR DA ESPIRAL

O
DA VERDADE

I F
É A

O L
P GITA L

LAB
I
CONSUMOTECA

D O avanço das redes sociais


possibilitou que todo mundo
dê sua opinião. O monopólio
do conteúdo não está mais
restrito aos grandes meios
de comunicação e qualquer
um pode gravar um áudio, um
vídeo, fazer uma foto, escrever
um texto, se mostrar para o
mundo. Diversas ideias antes
escondidas do mainstream
ganham visibilidade.

po.li.fo.nia di.gi.tal
CONSUMOTECA

subs. fem.
cenário em que novas vozes
LAB

produtoras de conteúdo e
de informação disputam por
relevância frente à audiência

CONSUMOTECA LAB
SURGEM N O VA S VOZES
LAB
SURGEM N O VA S V OZES
CONSUMOTECA

SURGEM N O VA S VOZES
SURGEM N O VA S VOZES
SURGEM N O VA S VOZES
SURGEM N O VA S VOZES
SURGEM N O VA S VOZES
SURGEM N O VA S VOZES

IDEOLOGIA DE GÊNERO ESTATUDO DO DESARMAMENTO FEMINISMO LGBT BRASIL, 01/01/2010 - 25/10/2018

LAB
CONSUMOTECA

100

50

25

00
1 DE JANEIRO DE 2010 1 DE MARÇO DE 2013 1 DE MAIO DE 2016

Observando o Google Trends, conseguimos perceber o crescimento


de termos como ideologia de gênero, estatuto do desarmamento,
feminismo e LGBT. Temas “marginais” passam a ganhar relevância
com o crescimento do número de vozes na internet.
Observação feita em nov. 2018
CONSUMOTECA

Ao longo do tempo, surgem cada vez mais enfoques sobre as mesmas


histórias. O fato objetivo ganha novas versões.
LAB

O lado das minorias, trechos propositalmente apagados: recortes


específicos passam a ser lembrados.

“Olhar para todos os pontos de vista” passa a ser característica do novo


jeito de contar narrativas.

CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

É a partir do
surgimento dessas
novas narrativas
que a posição dos
RT E especialistas vai
M O E- perdendo importância.
A SP
O E A
D LIST Com tanta gente
C I A falando, passamos

LAB
a escutar mais
CONSUMOTECA

quem concorda com


nossos ideais do
que quem tem mais
embasamento técnico
saímos da na área.
era dos poucos
FORMADORES A informação
de um Youtuber
de opinião pode ganhar mais
relevância do que
>>

uma manchete de
jornal.
entramos na
era dos muitos
DE PÁGINAS
FOMENTADORES DE NOTÍCIAS

de opinião
52 % 35 %
CONSUMOTECA

NUNCA
Com que frequência ÀS VEZES,

13
você costuma DEPENDE DO
LAB

comentar em posts?
ASSUNTO %

SEMPRE

DE AMIGOS DE CELEBRIDADES

9 %
31 %
64 % NUNCA 62 %
ÀS VEZES,

27
DEPENDE DO
% ASSUNTO NUNCA
ÀS VEZES,
DEPENDE DO
ASSUNTO
SEMPRE
7 %
SEMPRE

CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

Apesar de democratizar a informação, a


internet também gera ruído. Com mais
vozes discordantes começando a se
posicionar, o resultado é conflito
e confusão.

Na mesma timeline, podemos


ver conhecidos, influenciadores e

LAB
CONSUMOTECA

especialistas defendendo diferentes


propostas. Esquerda e direita,
progressistas e conservadores,
religiosos e ateus. São muitas
narrativas, opiniões e fatos sendo
postados ao mesmo tempo.

AS NOVAS VOZES CONVERGEM


E SE CONFRONTAM EM UMA
SÓ TELA
CONSUMOTECA
LAB

MUITOS FALAM
MAS NEM TODOS ESCUTAM

>> >> >>

posso falar mas vou ouvir o ruído na disputa por


o que quero que não quero comunicação relevância

CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

O TERCEIRO E

-
ÚLTIMO PILAR

A
DA ESPIRAL DA

I
VERDADE

O
É A

B UAL
LAB
CONSUMOTECA

A C T
F
Todo mundo quer defender
a sua história. Em meio a um
mar revolto de argumentos, nos
agarramos a qualquer boia de
informação - seja verdadeira
ou não, faça sentido ou não -
para reforçar nossa opinião.
Ainda que instável, a boia nos
dá segurança.
CONSUMOTECA

Antes, confiávamos em
máximas categóricas: 2 + 2 =
4. Hoje, do grupo do whatsapp
LAB

até o ambiente de trabalho,


não existe mais verdade
absoluta e cada ponto de
vista é defendido com unhas
e dentes.
boi.a-fac-tu-al
subs. fem.
situação na qual o indivíduo -
pressionado a ter uma opinião - se
agarra a uma coleção de fatos. Munido
de argumentos, ele constrói para si
uma verdade que não admite outras
interpretações

CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

O SENTIDO É
NEGOCIÁVEL

LAB
CONSUMOTECA

Quando o sentido passa a ser negociável,


a mensagem publicada pode ser entendida
e compartilhada com um sentido
completamente diferente daquilo que o autor
pretendia. A percepção das mensagens é
fluida.

O sentido não está mais na


intenção de quem fala, mas nas
possíveis interpretações para
CONSUMOTECA

cada contexto.

POR ISSO,
LAB

A VERSÃO QUE MAIS SE APROXIMA


COM A QUE EU PENSO PASSA A SER

CONSUMOTECA LAB
VI, LOGO SEI (TUDO)

NOSSA EXPERIÊNCIA

PASSA A SER O PONTO

PRINCIPAL DA NOSSA

ARGUMENTAÇÃO.

78%
TEMOS PROPRIEDADE

PARA FALAR SOBRE

DAS PESSOAS QUALQUER COISA,

CONSIDERAM A DESDE QUE TENHAMOS

EXPERIÊNCIA PASSADO POR ESSA

PESSOAL MUITO SITUAÇÃO.

IMPORTANTE

PARA DAR UMA

OPINIÃO
LAB
AS ARMAS DO D E B A TC OEN S U M O T E C A
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E
AS ARMAS DO D E B AT E

LAB
CONSUMOTECA

Quais dos itens a seguir são mais


importantes para que você confie
na informação? Marque os três
principais

argumentos
que citam
estudos e
argumentos dados
que mostram
vídeos, áudios
e imagens
conhecer/ sobre o
confiar na assunto
pessoa que
argumentos está falando
que mostram
que a pessoa
tem vivência/
experiência no
argumentos assunto
que citam
argumentos notícias de
que revistas e
expressam os jornais
perceber que sentimentos
a pessoa tem da pessoa
a mesma
CONSUMOTECA

opinião que
você

outro
LAB

Nos debates, passamos a usar todos os


fatos e dados que temos para reforçar
nossos argumentos.

A origem ou fonte da informação


fica em segundo plano. O mais
importante é que ela apoie o que
pensamos.

Esse é um dos fatores que reduz a


credibilidade dos meios de informação.
CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

LAB
CONSUMOTECA

MAIS ARENA
MENOS DEBATE
É treta atrás de treta e todo “Mudar a
opinião a
mundo precisa escolher um partir de redes
lado. Petralhas e bolsominions, sociais é
muito difícil.
fãs da Lady Gaga contra os As pessoas
da Madonna, palmeirenses ficam mais

G
resistentes
versus corinthianos. Os rivais e querem
encontraram nas redes sociais reforçar
ainda mais
um lugar perfeito para reforçar suas opiniões

AI G A
CONSUMOTECA

suas convicções e atacar seus originais.”

inimigos. Paula
Mascarenhas,
LAB

creative
producer do

B
S

RI G A B R I G 69 %
A B
BuzzFeed
IM

NÃO
%

G A
RI
31

R I
GA

B
A
R
(para quem
BR

IG já entrou em
IG

conflitos em
BR

redes sociais)
B
GA

Você mudou de
opinião sobre o
assunto após o
debate?
G

CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

NO W
H
ONDE AS PESSOAS ESTÃO

AT
SAPP
%
DISCUTINDO ATUALMENTE?

64

LAB
CONSUMOTECA

B OOK
E
C

N O FA
52
%
ITTER
W
NO T
16
%

os brasileiros
já se sentiram
enganados por
fake news
dos brasileiros não acreditam
CONSUMOTECA

que as redes sociais ajudem a


dialogar com ideias diferentes
LAB

dos entrevistados afirmam já


ter entrado em discussões no
WhatsApp

deles não mudaram de opinião


e também nunca viram alguém
mudando

CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

SE O OUTRO PODE OPINAR,


POR QUE EU TENHO QUE
FICAR CALADO?

Somos coagidos a interagir,


principalmente se o que
o outro diz não bate com

LAB
CONSUMOTECA

aquilo que a gente acredita.

CONSUMOTECA
LAB

dos
brasileiros
se sentem
forçados a
participar
do grupo da
família no
WhatsApp

CONSUMOTECA LAB
LAB CONSUMOTECA

03
B O I A - FA C T U A L

02
POLIFONIA

LAB
CONSUMOTECA

D I G I TA L

01
INFOTOXICAÇÃO

É impossível
sair do
redemoinho.
Assim que você
“escolhe” sua
opinião e pensa
estar a salvo
CONSUMOTECA

do mar dos
argumentos, SURGE
percebe que
sua boia não UMA NOVA
LAB

é suficiente
para resistir à
POLÊMICA, E
próxima onda. VOCÊ VOLTA
A segurança é PARA A
uma ilusão.
ESPIRAL DA
VERDADE (OU
PERCEBE QUE
NUNCA SAIU
DELA)

CONSUMOTECA LAB
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU? Esta foi
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
mais uma
edição do
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
Consumoteca
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
Lab, nosso
CURTIU?
CURTIU? núcleo de
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU? fritação
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
em pesquisa
que está
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
sempre
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
pronto a
CURTIU?
CURTIU? trazer novas
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU? lentes para
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
enxergarmos
o caos e
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
entendermos
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
o mundo.
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CAOS
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU?
CURTIU? CAOS
CURTIU?
CURTIU?

CAOS
CAOS
CHEGA AQUI
PRA ENTEDER A NOSSA METODOLOGIA

desk coleta
research de dados
aquela mapeada questionários com
na web para mil entrevistados
entender o que em todo o Brasil,
está sendo dito das classes A,
e pensado sobre B e C. Entre os
o tema participantes, 53%
são mulheres e
47% homens

conver- papo
sômetro cabeça
entrevistas entrevistas em
presenciais em profundidade
profundidade com
com jovens entre especialistas
18 e 24 anos, e criativos em
heavy users do conteúdo
mundo digital digital
LAB CONSUMOTECA

A U Ê
R A N
PA WEB
DA

Foram colaboradoras desta edição pessoas


incríveis que manjam dos paranauê da web

LAB
CONSUMOTECA

MICHEL ALCOFORADO BIA GRANJA


antropólogo fundadora, publisher e
da Consumoteca curadora do YOUPIX

VIKTOR CHAGAS THIAGO COSTA FERNANDO FONTANELLA


pesquisador e fundador coordenador do curso especialista em
do Museu dos Memes de comunicação em mídias cultura digital
sociais da FAAP
CONSUMOTECA
LAB

THIAGO SCHWARTZ GIOVANNA CARTAPATTI PAULA MASCARENHAS


curador do digital PR e content strategist creative producer
Site dos Menes do Banco Next no BuzzFeed

FERNANDO LOURENÇO MATHEUS LANERI


produtor de conteúdo da produtor de conteúdo do
South America Memes Brasil que Deu Certo

CONSUMOTECA LAB
A D X
R IG
B
O D X OB
A RI
IG
DX

OBRIG
G
R
OBRIGA

AD
OB

CO
AD

19
X
N
A B 20

SUMO

X OB

TE
CA L
R
IGADX

Este Gostou?
material é Compartilha
para livre com amigos,
printa pro
troca de
stories,
conhecimento põe no seu
e debate. ppt, manda
indireta pro
crush...
(só não
esquece de
marcar a
gente!)

QUER MAIS PESQUISAS?

/CONSUMOTECA
CONSUMOTECALAB.COM