Você está na página 1de 3

http://www.struers.com/default.asp?

print=1&doc_id=104

Acessado em 25/11/15 às 19:30hs.

Sobre Lixamento e Polimento


Preparação mecânica
A preparação mecânica é o método mais comum de preparar
amostras materialográficas para análise microscópica. As partículas
abrasivas são utilizadas em etapas mais finas para remover o
material da superfície, até o resultado desejado ser atingido.

Como descrito na Filosofia de Preparação Struers, as amostras


podem ser preparadas para o acabamento perfeito, a verdadeira
estrutura, ou a preparação pode ser interrompida quando a
superfície for aceitável para uma análise específica.

É o tipo particular de análise ou verificação que determina a


necessidade específica da superfície preparada. Não importando o
que você quiser obter, a preparação deve ser conduzida de modo
sistemático e de maneira reprodutível para assegurar o resultado
ótimo ao custo mais baixo.

Definição dos processos


A preparação mecânica é dividida em duas operações: lixamento e polimento. Para
explicações teóricas mais detalhadas de ambos os processos, veja Metalog Master.

A Struers continuamente adequa seus equipamentos para preparação mecânica, segundo


a necessidade evolutiva de seus clientes. Um grande número de lixadeiras e politrizes
estão disponíveis, enquanto se conhece toda a demanda em capacidade, qualidade de
preparação e reprodutibilidade.
Os métodos do Metalog Guide foram desenvolvidos e relacionados aos equipamentos
automáticos, porque a experiência mostrou que a reprodutibilidade e a alta qualidade da
preparação alta são condicionadas pela automatização. Além disso, a automatização
proporciona uma grande economia, devido ao consumo controlado de seus produtos. Uma
combinação de equipamentos e consumíveis Struers para preparação mecânica é a
melhor garantia para a mais alta qualidade ao custo mais baixo por amostra.

Lixamento
A primeira etapa da remoção mecânica de material é chamada de lixamento.
O próprio lixamento remove a superfície danificada ou deformada do material,
enquanto são introduzidas somente quantias limitadas de novas
deformações. A meta é uma superfície plana com danos mínimos que
possam ser removidos facilmente durante o polimento, no menor tempo
possível. O lixamento pode ser dividido em dois processos individuais:
1. Lixamento Plano (PG)
2. Lixamento Fino (FG)

As novas lixas Struers do Sistema MD reduzem o processo típico de


lixamento, envolvendo as lixas de papel de SiC em apenas duas etapas,
reduzindo o tempo total da preparação. Também, a qualidade da preparação
é melhorada imensamente, comparada ao papel de SiC. Assim, as novas
lixas do Sistema MD são superiores às lixas de SiC, avaliando o preço e a
performance da preparação.
A primeira etapa de lixamento é geralmente definida como Lixamento Plano
(PG).O lixamento plano assegura que as superfícies de todas as amostras
sejam similares, não importando suas condições iniciais e seus tratamentos
prévios. Em adição, quando se tem que processar várias amostras fixadas
em um suporte, todas elas precisam estar no mesmo nível, ou "plano", para a
eventual preparação.Para esta primeira etapa de lixamento, utiliza-se o MD
Piano ou o MD Primo. O MD Piano é um disco adiamantado, projetado e
desenvolvido para o lixamento plano de materiais de dureza entre 150 HV e
2000 HV. O diamante é utilizado como um abrasivo ao MD Piano, que
garante uma alta taxa de remoção e curtos tempos de lixamento. O MD Primo
é um disco de SiC, desenvolvido para o lixamento plano de materiais moles,
de dureza entre 40 HV e 150 HV. Assim como o MD Piano, é obtida uma
consistente e elevada remoção do material em um curto tempo. Os discos
necessitam de uma ação de corte nos materiais e fases duras ou moles,
igualmente eficiente. Desse modo, são obtidas amostras absolutamente
planas, sem nenhum relevo entre as diferentes fases. Elimina-se o
arredondamento de bordas na interface entre a resina e a amostra.

O lixamento fino produz uma superfície com uma quantidade pequena de


deformações que podem ser removidas durante o polimento. Por causa das
inconveniências com as lixas convencionais, e de modo a melhorar e facilitar
o lixamento fino, a Struers desenvolveu superfícies alternativas para o
lixamento fino.O MD Largo e o MD Allegro são dois discos com compósitos,
para o lixamento fino. Uma suspensão ou spray adiamantado é aplicado em
intervalos regulares durante a preparação. Conseqüentemente, é obtida uma
constante taxa de remoção de material.Assim como o MD Piano e o MD
Primo, as áreas de aplicação dependem da dureza do material a ser
preparado. O MD Largo é aconselhado para materiais moles, de dureza entre
40 HV e 150 HV, ou para compósitos com uma matriz mole. O MD Allegro é
usado para materiais de durezas superiores a 150 HV.Geralmente, o
lixamento fino é realizado sucessivamente em etapas mais finas, em lixas de
papel de SiC. Com o MD Largo ou o MD Allegro, estas etapas são
combinadas em apenas uma etapa. Tipicamente, são utilizados tamanhos de
grão de diamante de 15 µm a 6 µm. O acabamento fica perfeito se forem
posteriormente utilizados grãos de 6 µm ou 3 µm.O uso de abrasivo
adiamantado em discos de lixamento fino garante uma remoção uniforme de
material das fases duras, assim como das fases moles. Assegura a não-
formação de borrões nas fases moles, ou lascas nas fases quebradiças, e
uma perfeita planicidade das amostras. As seguintes etapas de polimento
podem ser conduzidas no menor tempo possível.

Polimento
Como o lixamento, o polimento deve remover os danos introduzidos pelas
etapas anteriores. Isto é obtido através de sucessivas etapas de aplicação de
partículas abrasivas mais finas. O polimento pode ainda ser dividido em dois
diferentes processos.
1. Polimento a base de diamantes (DP)
2. Polimento a base de óxidos (OP)

O diamante é utilizado como um abrasivo, e consegue a mais rápida remoção


de material e a melhor planicidade possível. Não há outro abrasivo capaz de
produzir resultados similares. Devido a sua dureza, o diamante pode cortar
extremamente bem todos os materiais e fases.

Certos materiais, especialmente aqueles que são moles e dúcteis, requerem


um polimento final de ótima qualidade. Neste caso, utiliza-se o polimento a
base de óxidos. A sílica coloidal, de tamanho de grão aproximado de 0,04 mm
e pH de 9,8, tem demonstrado grandes resultados. A combinação de
atividade química e a abrasão fina e suave produz amostras absolutamente
sem riscos e deformações. A OP-U é uma suspensão para o polimento geral,
que fornece perfeitos resultados em todos os tipos de materiais. A OP-S pode
ser utilizada com reagentes que aumentam a reação química, que tornam a
OP-S uma excelente opção para materiais muito dúcteis. Uma suspensão de
alumina, ácida, OP-A, é utilizada para o polimento final de aços de baixa e
alta liga, ligas de níquel base e cerâmicos.

Consumíveis
O polimento é realizado em panos de polimento (veja a Tabela de Superfícies
para Polimento para uma visão completa). Para o polimento adiamantado,
deve ser utilizado um lubrificante. A escolha do pano, do tamanho do grão de
diamante e do lubrificante depende do material a ser polido. As etapas iniciais
geralmente são feitas em panos de baixa resiliência e, para materiais moles,
com um lubrificante de baixa viscosidade. Para o polimento final, são usados
panos de maior resiliência e um lubrificante de alta viscosidade.
Nos dez Métodos de Preparação, são designados os panos mais apropriados
aos materiais específicos.