Você está na página 1de 100

Energy Automation

©
Siemens EA 2009
Page 1 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
TÓPICOS PRINCIPAIS:

INSTALAÇÃO DO DIGSI
CONFIGURAÇÃO/PARAMETRIZAÇÃO
DESCRIÇÃO DOS CÓDIGOS: BF E MLFB
COMUNICAÇÃO PORTA ‘B’
DIFERENÇA ENTRE UM FIRMWARE E DRIVER
EXPORTAR/IMPORTAR UM IED
DIFERENÇA ENTRE UM VDADRESS, DEVICE E VARIANT
DIFERENÇA ENTRE UM UPLOADING E DOWNLOADING
VERIFICAÇÃO DOS EVENTOS/OSCILOGRAFIA E
MEDIÇÕES/TESTES
FORMA MATRICIAL DE ASSOCIAÇÃO DE VARIÁVEIS

©
Siemens EA 2009
Page 2 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Instalação

Instalação a partir do CD
Componentes do DIGSI 4
Equipamentos SIPROTEC 4 (device drivers)

Passos
Iniciar o Windows
Inserir CD para iniciar o processo de instalação
Digitar o número da licença
Selecionar componentes

Iniciar DIGSI 4 pelo menu Iniciar (Start menu)

©
Siemens EA 2009
Page 3 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Estrutura de Projetos no DIGSI 4 Manager

Componentes do Sistema podem ser classificados de acordo com as


necessidades do usuário:
.
Projetos (Project)
Sistemas (System)
Subestações (Station)
Circuitos (Feeder)
Relés (Device)
Modens (Modems)
Adenda de Telefones (Phone Book)

©
Siemens EA 2009
Page 4 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI4 – SIPROTEC 4 – Conceito de Matriz

©
Siemens EA 2009
Page 5 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI4 – Configuração da Matriz

©
Siemens EA 2009
Page 6 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI4 – CONFIGURAÇÃO DA MATRIZ

©
Siemens EA 2009
Page 7 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Configuração das Informações

Estrutura da Matriz

Inserção de Informações
Fonte (Source)
Destino (Destination)

Blocos de Informações
- Informações Gerais (Device, general)
- Funções de Proteção (Protection functions)
- Indicações, Medições e Estatísticas (indications, measured values, statistics)
- Funções Específicas
- Funções do Usuário

©
Siemens EA 2009
Page 8 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Telas Gráficas

Tela Normal (Default display)

- Símbolos não Operáveis

- Indicação de estados, medições e textos

Tela de Controle (Control display)

- Operações de Controle

- Indicação de estados, medições e textos

©
Siemens EA 2009
Page 9 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI4 – SOFTWARE MANAGER

ABRIR DIGSI4 MANAGER

©
Siemens EA 2009
Page 10 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Definição de novos Projetos

Selecionar a caixa de diálogo correspondente (Menu: File New)


Digitar o nome do projeto
Definir o diretório para gravação

©
Siemens EA 2009
Page 11 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Pastas (Folders)

Estrutura

Pastas (Folders) podem conter os seguintes objetos

Sub-pastas
Relés SIPROTEC 4
Relés V3/V2 (versões anteriores do Digsi)
Versões de relés SIPROTEC 4
Conexões via Modem

©
Siemens EA 2009
Page 12 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Estrutura de Projetos

©
Siemens EA 2009
Page 13 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Descrição dos códigos: BF e MLFB

BF: É um endereço que indica o registro de fabricação do IED e


se encontra na parte traseira do relé, como analogia é a
impressão digital do mesmo. Ele é composto por 10 digítos,
sendo que os 2 primeiros indicam o ano de fabricação, os 2
seguintes o mês, os 2 seguintes o dia e os 4 últimos o número
serial.

MLFB: É o código de compra do IED, ele indica a funcionalidade


do mesmo. Mudando-se o MLFB pode-se incrementar no IED,
por exemplo uma outra função de proteção. A mudança é através
de um arquivo auto-executável, é realizada pela SAG-Alemanha e
há um custo para este serviço, porém há uma exceção para esta
regra quanto à comunicação pela porta do sistema: Porta B. Para
tal o código MLFB não precisa ser alterado e é suficiente alterar
somente o protocolo de comunicação no parâmetro:
Comunication Parameter, detalhado à seguir:

©
Siemens EA 2009
Page 14 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Especificação do Equipamento

Propriedades
(MLFB = número de encomenda)

©
Siemens EA 2009
Page 15 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Exemplo de Procedimentos :
Criar e estruturar um projeto - Parte I

Criar um novo projeto („Project 1“).

Inserir pastas em níveis


hierárquicos e com nomes como
mostrado na figura ao lado.

©
Siemens EA 2009
Page 16 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Inserir Equipamentos

Abrir catálogo de equipamentos (View Device catalog)


Selecionar equipamento
Arrastar e soltar o equipamento na estrutura do projeto

©
Siemens EA 2009
Page 17 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Exemplo de Procedimentos :
Criar e estruturar um projeto - Parte II

Inserir os seguintes relés SIPROTEC


4:

Region North: Relé utilizado


neste curso

Substation 1: 7SJ610 V4.0

Feeder 1: 7SJ622 V4.1

Feeder 2: 7SJ622 V4.1


7SJ631 V4.1
Conexão por
Modem

©
Siemens EA 2009
Page 18 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Inserção de Relés versões V2/V3

O programa DIGSI 4 Manager pode gerenciar equipamentos (relés) de versões


anteriores (V2, V3).
Antes de incluí-los na estrutura do projeto, estes devem criados utilizando-se o
programa DIGSI V3.
Comando:
Insert DIGSI Existing V2/V3 device

©
Siemens EA 2009
Page 19 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Exemplo de Procedimentos :
Criar e estruturar um projeto - Parte III

Inserir um relé Siprotec versão 3


na pasta „Feeder 6th Avenue“.

©
Siemens EA 2009
Page 20 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Propriedades dos Relés SIPROTEC 4

Menu: Edit Object properties

©
Siemens EA 2009
Page 21 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Propriedades dos Relés SIPROTEC V2/V3

Menu: Edit Object properties

©
Siemens EA 2009
Page 22 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Gravar Projetos / Fechar Projetos

Gravar o projeto

Gravar como (Menu: File Save as...)

- com ou sem reorganização


(with / without rearrangement)
- definir novo nome do projeto
- definir diretório de gravação

Gravar (Menu: File Save)

Fechar o projeto (Menu: File Close)

©
Siemens EA 2009
Page 23 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Exemplo de Procedimentos :
Gravar (save) / Copiar (copy) / Apagar (delete)

Criar um novo projeto chamado Project 2.


Copiar a pasta Substation 2 do projeto anterior (Project 1) para
o novo projeto.
Inserir uma nova pasta com o nome 110kV na pasta Substation
2.
Copiar as pastas Feeder 1 and Feeder 2 do projeto anterior
(Project 1)
Mover o relé 7SJ631 V4.1 da pasta Feeder 2 para a pasta
Feeder 1
Apagar o relé 7SJ622 da pasta Feeder 2.
Inserir um novo relé tipo 7SJ610 V4.0.
Especificar o número de encomenda (MLFB).

©
Siemens EA 2009
Page 24 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Abrir Projetos

Menu: File Open


Pré-ajuste automático após o início do Programa
(global default setting)
Últimos projetos editados
Procurar

©
Siemens EA 2009
Page 25 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Arquivamento / Restauração de Projetos

Arquivamento de Projetos (Menu: File Archive)

Fazer seleções iniciais


- Selecionar o programa de compactação
- Selecionar a pasta para arquivamento

Configuração do programa de compactação


- Arquivamento em disquete
- Verificação de consistência (Consistency check)
- Sobrescrever objetos com nomes idênticos
- Criação automática do caminho para arquivamento

©
Siemens EA 2009
Page 26 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Arquivamento / Restauração de Projetos

Seleções iniciais

Arquivamento
Restauração

©
Siemens EA 2009
Page 27 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Arquivamento de Projetos

Arquivamento de projeto

©
Siemens EA 2009
Page 28 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Restauração de Projetos

Restauração de projetos (Menu: File Retrieve)

Selecionar arquivo/fonte
Selecionar um destino

©
Siemens EA 2009
Page 29 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Apagamento / Reorganização de Projetos

Apagamento de projetos (Menu: File Delete)

Individual
Diversos

Reorganização de projetos (Menu: File Reorganize)

©
Siemens EA 2009
Page 30 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Exemplo de Procedimentos :
Arquivar / Apagar / Restaurar

Arquivar o projeto Project 1 no diretório C:\Floppy.


Apagar o projeto Project 1.
Fechar o projeto Project 2 e abri-lo novamente.
Restaurar o projeto Project 1 arquivado no diretório
C:\Floppy.

©
Siemens EA 2009
Page 31 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Criação de Cópias

Um dado relé pode ser copiado:


Utilizar os comandos do Menu: Edit Copy e Edit Paste.
Será criado um novo relé.
Nota: O novo relé terá também um novo endereço. Portanto
o original e a cópia serão diferentes.

©
Siemens EA 2009
Page 32 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Criação de Cópias Variantes

Para um dado relé pode ser criada uma variante:


Utilizar o comando do Menu: Edit Create variant“.
Será criada uma variante do relé .
Nota: A variante terá o mesmo endereço do relé original.
Portanto o original e a cópia não serão diferentes.

©
Siemens EA 2009
Page 33 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Comparação entre Cópias e Variantes

CÓPIAS
Um relé deve ser copiado quando existirem dois ou mais relés do
mesmo tipo e os parâmetros necessitam ser copiados.

Neste caso o novo relé deve ser inicializado (para assumir o


novo endereço) antes da transferência dos parâmetros.

VARIANTES
Uma variante de um relé deve ser criada quando se requer dois
ou mais conjuntos de parâmetros diferentes para um mesmo relé.

Neste caso o relé pode ser inicializado apenas uma vez, pois as
variantes tem o mesmo endereço.

©
Siemens EA 2009
Page 34 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Variantes de Relés - Importar e Exportar

Original: ajustes previstos no projeto


Departamento de Projeto/Engenharia
Exportar

Versão de comissionamento
Importar do Departamento de Comissionamento

Versão de operação
do Departamento de Operação

©
Siemens EA 2009
Page 35 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Exportar e Importar um IED
Quando há muitos IED´s em um projeto como o listado abaixo (71 IED´s) o
arquivo do projeto fica muito grande o que dificulta a transferência e portanto
quando há a necessidade de se trabalhar com alguns IED´s isoladamente há
a possibilidade de se exportar e importar somente estes IED´s.

Para tanto durante o processo de Exportar um IED há duas


possibilidades para se salvar o arquivo: Variant ou Device, vistos
abaixo:
©
Siemens EA 2009
Page 36 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Exportar Dados do Relé

Abrir a caixa de dialogo (Menu: File Export device)


Definir o destino
Iniciar o processo de exportação (OK)

©
Siemens EA 2009
Page 37 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Importar Dados do Relé

Importar dados do relé como uma variante


Abrir a caixa de dialogo (Menu: File ImportDevice)
Selecionar o arquivo
Iniciar o processo de importação (OK)

©
Siemens EA 2009
Page 38 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Importar Dados do Relé

Importar dados do relé como um novo equipamento


Abrir a caixa de dialogo (Menu: File ImportDevice)
Selecionar o arquivo
Iniciar o processo de importação (OK)

©
Siemens EA 2009
Page 39 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Variantes de Relés

Uma variante de um relé é criada da seguinte forma

Gerar uma variante de um relé SIPROTEC 4

Importar os dados do relé

Obter os ajustes por conexão ao relé (opção Plug & Play)

©
Siemens EA 2009
Page 40 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Diferença entre um: VD Address, Variant e Device

Para o Digsi, VD Address é um endereço utilizado para referenciar o


IED. Se o arquivo for Variant significa que o VD Address permanecerá
o mesmo, se for Device ele mudará.
©
Siemens EA 2009
Page 41 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Diferença entre um: VD Address, Variant e Device

Por exemplo vamos exportar o arquivo: AT01-52A.

Observar que a extensão do arquivo será: *.dex


©
Siemens EA 2009
Page 42 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Diferença entre um: VD Address, Variant e Device

Importando o arquivo

Observar que há duas possibilidades: Variant ou Device. Escolhendo


Variant caso haja um sistema com o SICAM não será possível realizar a
comunicação via sistema.
©
Siemens EA 2009
Page 43 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Exemplo de Procedimentos :
Trabalho com Variantes

Criar uma nova variante do relé na pasta Region North


denominada „Meu_rele1“. Alterar algum parâmetro.
Exportar a variante para o arquivo „ Meu_rele1.dex“ no
diretório „C:\Floppy“).
Importar o arquivo exportado como uma variante
denominada „Meu_rele2“.
Alterar a parametrização do relé original.
Importar o arquivo exportado como um novo relé e substituir
o original.

©
Siemens EA 2009
Page 44 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Parametrização e Configuração
Sem Conexão ao Relé (Offline)

Trabalho com SIPROTEC 4


no modo “Offline”

©
Siemens EA 2009
Page 45 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Ajustes do Relé

Abrir relé
Abrir Árvore de Seleção
Selecionar Ajustes (Settings)

©
Siemens EA 2009
Page 46 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Configuração do Relé

Selecionar Configuração do Relé (Device Configuration)

©
Siemens EA 2009
Page 47 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Grupos de ajustes

Edição

Mostrar Grupo de Ajustes Ativado

Selecionar Grupo de Ajustes

Copiar

Reajuste (Reset)

Exportar Ajustes de Proteção

©
Siemens EA 2009
Page 48 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Definição do Grupo de Ajustes

Definir Grupo de Ajustes

©
Siemens EA 2009
Page 49 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Seleção do Grupo de Ajustes

Seleção com DIGSI 4


Entrada binária
Sistema de Supervisão
via Protocolo

©
Siemens EA 2009
Page 50 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Edição dos Ajustes do Relé

Definição de Ajustes do Relé

©
Siemens EA 2009
Page 51 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Edição dos Dados do Sistema

Definição de dados de alto nível

©
Siemens EA 2009
Page 52 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Definição de Interfaces

Definição dos parâmetros para interface com micro-computador

©
Siemens EA 2009
Page 53 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Sincronização do Relógio Interno

Definição dos parâmetros para sincronização do relógio interno

©
Siemens EA 2009
Page 54 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Senhas de Proteção

Definição de Senhas (Password)

©
Siemens EA 2009
Page 55 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Senhas de Proteção

Senhas (Password)

Definição
Alteração

©
Siemens EA 2009
Page 56 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Senhas de Proteção

Senhas (Password)

Ativação
Desativação

©
Siemens EA 2009
Page 57 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Senhas de Proteção

Reset de todas a Senhas

©
Siemens EA 2009
Page 58 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Parametrização

Configuração das informações

Configuração de funções CFC

Configuração dos telas

©
Siemens EA 2009
Page 59 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Configuração das Informações

©
Siemens EA 2009
Page 60 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Configuração das Informações

Estrutura da Matriz

Inserção de Informações
Fonte (Source)
Destino (Destination)

Blocos de Informações
- Informações Gerais (Device, general)
- Funções de Proteção (Protection functions)
- Indicações, Medições e Estatísticas (indications, measured values, statistics)
- Funções Específicas
- Funções do Usuário

©
Siemens EA 2009
Page 61 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Configuração das Informações

Trabalho com a Matriz de Configuração

Configuração

Inserção de Informações

Mudança da Apresentação
- expandir e comprimir grupos e colunas

Filtro
- por informação
- por tipo de configuração

©
Siemens EA 2009
Page 62 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Propriedades dos Objetos

Indicação Simples
(Single Point Indication SP)

©
Siemens EA 2009
Page 63 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Telas Gráficas

Tela Normal (Default display)

- Símbolos não Operáveis

- Indicação de estados, medições e textos

Tela de Controle (Control display)

- Operações de Controle

- Indicação de estados, medições e textos

©
Siemens EA 2009
Page 64 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
DIGSI 4 - Telas Gráficas

©
Siemens EA 2009
Page 65 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Editor de Display Mímico no DIGSI 4

Display mímicos podem


ser criados utilizando-se
uma biblioteca de
símbolos.
Flexibilidade para retratar
as configurações
primárias da instalação.

©
Siemens EA 2009
Page 66 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Comunicação pela
porta de Sistema ´B´

©
Siemens EA 2009
Page 67 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Comunicação pela porta de sistema

Vamos alterar o protocolo de comunicação IEC-103 ótico da porta B


para o protocolo DNP3.0 ótico.
Observar que o MLFB permanece o mesmo: Porta B ou System Port

©
Siemens EA 2009
Page 68 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Comunicação pela porta de sistema

Para realizar a mudança deve-se escolher o protocolo em


Communication modules, conforme abaixo:

Escolha do
protocolo de
comunicação

©
Siemens EA 2009
Page 69 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Diferença entre um
Driver e um Firmware

©
Siemens EA 2009
Page 70 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Diferença entre um Driver e um Firmware

Em uma comunicação serial frontal vamos associar o Driver instalado no


computador e o firmware instalado no IED. Vamos supor que a Siemens
SAG lançou um firmware(disponível no site: www.siprotec.com) para o
relé 7SJ62 e vamos alterar a versão 4.6 para 4.7. Como analogia vamos
supor que este novo firmware 4.7 possui uma nova funcionalidade e
portanto esta nova funcionalidade deverá ser acessada pelo Digsi.
Assim como regra deveremos ter: Versão Firmware>=Versão Driver
sendo que a condição ideal é: VFirmware = VDriver.

Versão do Driver
instalado no
computador(Digsi)

Idioma, para norma


ANSI escolher: English
(US)

©
Siemens EA 2009
Page 71 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Diferença entre
Uploading/Downloading

©
Siemens EA 2009
Page 72 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Diferença entre Uploading e downloading

Para se evitar alguma operação errada, recomenda-se utilizar sempre o


último back-up quando isto não ocorrer deve-se utilizar a ferramenta:
Compare Parameter disponível em Edit para verificar eventuais
modificações.
©
Siemens EA 2009
Page 73 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Diferença entre Uploading e downloading

À partir da Versão do software Digsi V>=4.70 é possível alterar o


endereço de VD Address, como pode ser observado na folha 6.
Além da comunicação em rede com o SICAM que é afetada quando se
altera o VD Address não é possível realizar a comunicação frontal pois
o endereço que está no IED é diferente do que está no arquivo do relé
no Digsi, portanto importando-se o arquivo como Variant e estando a
versão do software V<4.70 não é possível realizar a comunicação
frontal com o IED.
Como uma alternativa para este caso pode-se realizar a comunicação
entre o software e o IED via Plug&Play.

©
Siemens EA 2009
Page 74 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Diferença entre Uploading e downloading

Segue abaixo o modo de comunicação:

O arquivo terá a
extensão: Variant, ou
seja terá o mesmo VD
Address.

©
Siemens EA 2009
Page 75 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Verificação dos
Eventos/Oscilografia/Medições/Testes

©
Siemens EA 2009
Page 76 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Verificação dos Eventos/Oscilografia e medições/testes

A maneira matricial de como o software Digsi trabalha:

Texto Curto e Led´s


Entradas Saídas
Longo

©
Siemens EA 2009
Page 77 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Verificação das Entradas e Saídas

Exemplo de configuração de entrada e saída:


Por exemplo: A entrada digital 01 será sensibilizada para a função >Manual
Close e a saída 01 terá a função: Relay Trip associada.
Entrada Digital 01 Saída Digital 01

Para os Led´s segue a mesma lógica.

©
Siemens EA 2009
Page 78 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Forma Matricial de Associação de Variáveis

A forma Matricial de como os relés Siemens trabalham torna-se uma vantagem


em relação aos outros fabricantes uma vez que há uma melhor visualização
das variáveis envolvidas. O desafio para um melhor entendimento está em
compreender o banco de dados das variáveis. Um outra vantagem é que o
software Digsi comunica com todos os relés Siprotec, logo a forma de
parametrização/programação é a mesma para todos os relés.
Veremos a seguir como é realizado o roteamento para as funções: “Event
Log”, “Trip Log”, “Oscilografia” e qual é a capacidade do relé para com os
mesmos.

©
Siemens EA 2009
Page 79 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Forma Matricial de Associação de Variáveis

Trip Log
Event Log

Event Log:
Função
Sensitiva Terra

©
Siemens EA 2009
Page 80 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Forma Matricial de Associação de Variáveis

Quanto à capacidade de processamento do relé temos que:


Event Log: O relé registra os últimos 200 Eventos
Trip Log: O relé registra as últimas 8 faltas com um total de 600 mensagens
Sensitive Earth Fault: O relé possui uma tratativa especial para faltas à terra
sensitiva tendo a mesma forma de registro que o Trip Log.
Oscilografia: O relé registra as últimas 8 oscilografias sendo possível configurar
até 40 dados digitais.
Spontaneous Annunciation (Medição em Tempo Real dos Eventos com
resolução mínima de 1mseg e registro das últimas 1000 linhas.
General Interrogation (“Fotografia” do estado atual das variáveis)
Além dos modos de registro o relé possui uma poderosa ferramenta de teste,
acessada somente no modo On-Line. Esta ferramenta possibilita testar as
entradas, saídas e led´s e também algumas funções do algoritmo, como: Pick-
up, Trip, Bloqueio, etc...
©
Siemens EA 2009
Page 81 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Variáveis utilizadas no Controle do Digsi

A terminologia adotada para as variáveis é:


Controle Simples (Single Control)
Controle Duplo (Double Control)
Indicação Simples (Single Point Indication)
Indicação Dupla (Double Point Indication)
1 Pólo (Single Pole)
2 Pólos (Double Pole)
Realimentação (Feedback)

©
Siemens EA 2009
Page 82 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Controle Simples / Controle Duplo - 1 Pólo / 2
Pólos

Controle Simples Controle Duplo Pólo


Lâmpada Ligar - Desligar Contato de
Bobina de Operação Única Abrir - Fechar Relé
(Contator)

1 Pólo 1 Pólo 2 Pólos


(+)
BO1 BO1 BO2
(saída binária) 52
52TC 52CC

BO3
(-)
©
Siemens EA 2009
Page 83 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Indicação Simples / Indicação Dupla -
Realimentação

Entradas / Realimentação
Contatos Auxiliares de Disjuntores, Seccionadores
Indicação Simples / Indicação Dupla
Bloqueio de Proteção, ...

Indicação Dupla Indicação Simples


52a
52
E OU
52b 52b

Realimentação para o Relé

©
Siemens EA 2009
Page 84 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Controle Simples (Single Binary Output)
1 Pólo

Configuração dos
Contatos na Matriz
BO1 Binary Output (Saídas
Binárias)
1 2
Equipamento
Equipamento x

Sinal

©
Siemens EA 2009
Page 85 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Controle Duplo
1Pólo

Configuração dos
Contatos na Matriz
BO1 BO2 Binary Output (Saídas Binárias)
1 2
Equipa 52TC Equipa
52CC x x
mento mento

Abrir
Fechar
Contatos de Abrir e Fechar
52TC = Bobina de Abertura
devem ser seqüenciais
52CC = Bobina de Fechamento

©
Siemens EA 2009
Page 86 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Controle Duplo
1 Pólo para Abertura -2 Pólos para Fechamento

Configuração dos
Contatos na Matriz
Binary Output (Saídas
BO1 BO2 Binárias)
1 2 3
Equip. 52TC 52CC Equip. x x x

Fechar 1
BO3

Fechar 2
Abrir
52TC = Bobina de Abertura
Contatos de Abrir, Fechar 1 e Fechar 2
52CC = Bobina de Fechamento
devem ser seqüenciais

©
Siemens EA 2009
Page 87 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Controle Duplo 1 ½ Pólo
Abrir/Fechar/Comum

Configuração dos
Contatos na Matriz
BO1 BO2 Binary Output (Saídas Binárias)
1 2 3
52TC 52CC Equip. x x x

Fechar
Comum
Abrir
BO3

52TC = Bobina de Abertura Contatos de Abrir, Fechar e Comum


52CC = Bobina de Fechamento devem ser seqüenciais

©
Siemens EA 2009
Page 88 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Controle Duplo Múltiplo
1 Pólo Abrir – 1Pólo Fechar – 1Pólo Comum

Disjuntor 1 Disjuntor ...n Configuração dos


Contatos na Matriz
BO1 BO2 BO7 BO8
Binary Output (Saídas Binárias)
1 2 3 7 8 9
52TC 52CC 52TC 52CC DJ 1 x x x
DJ 2 x x x

Fechar

Fechar
Comum
Abrir

Abrir
BO3

Contatos de Abrir e Fechar


52TC = Bobina de Abertura
devem ser seqüenciais
52CC = Bobina de Fechamento
Comum é livremente configurável

©
Siemens EA 2009
Page 89 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Controle Duplo
2 Pólos Abrir – 2 Pólos Fechar

Configuração dos
Contatos na Matriz
Binary Output (Saídas
BO1 BO2 Binárias)
1 2 3 4
Equip. 52TC 52CC Equip. x x x x

Fechar

Fechar
Abrir
BO4

Abrir
BO3

52TC = Bobina de Abertura Contatos de Abrir e Fechar


52CC = Bobina de Fechamento devem ser seqüenciais

©
Siemens EA 2009
Page 90 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Controle de Motores (somente para
7SJ63/6MD3) Contatores de Potência

Os pares de contatos de potência


J1 (+)
são intertravados entre si.
Configuração dos
BO4.1 BO5.1
J4 J3
Contatos na Matriz
M Binary Output (Saídas
Binárias)
BO5.2 BO4.2 4 5
Motor
J2 (-)
x x
J1 (+)

A Frente
Reverso
J2 (-)
BO4 J3
M
BO5
J4
BO6 K18 Ativação
BO7 K17 Nenhuma Motor Parado
Par de Contatos 4 À Frente
Par de Contatos 5 Reverso
©
Siemens EA 2009
Page 91 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Indicações Simples

Bloqueio da Proteção F10 BI1


F11 BI2
Relé de Gás F12 BI3
F13 BI4
F15
BI5 Configuração dos
F16
Relé de Nível F14 BI6 Contatos na Matriz
F17
F18 BI7 Binary Intput (Entradas
Binárias)

2 3 4 5 6 7
Bloqueio da Proteção x
Relé de Gás x
Relé de Nível x

©
Siemens EA 2009
Page 92 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Indicação Dupla (1)

F10 BI1
F11 BI2
F12 BI3
52b
F13
F15
BI4 Configuração dos
BI5
52a F16 Contatos na Matriz
F14 BI6
F17 Binary Intput (Entradas
F18 BI7
Binárias)
2 3 4 5 6 7

52b/a x x
52b = Contato Normalmente Fechado
52a = Contato Normalmente Aberto

©
Siemens EA 2009
Page 93 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Indicação Dupla (2)

(+)

52b BI4 Os contatos normalmente fechados devem ser


ligados sempre antes dos contatos normalmente
52a BI5 abertos, isto é:
Contato normal. fechado (52b) = BO n
Contato normal. aberto (52a) = BO n+1
(-)

Configuração interna dos bits


Disjuntor Aberto ==> 1 0
Disjuntor Fechado==> 0 1
Disjuntor

52

©
Siemens EA 2009
Page 94 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Tratamento de Posições Intermediárias: 2 Opções

52b
DP 0=not valid (inválido)
Posição Intermediária é processada como 3 (bits 1 1)
52a

52b Posição Intermediária é processada como 3 (bits 1 1)


52a
DP_I intermediate (intermediária)
Posição Intermediária é processada como 0 (bits 0 0)
52b
52a Posição Intermediária é processada como 3 (bits 1 1)
52b
52a

©
Siemens EA 2009
Page 95 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Posição Intermediária no Catálogo de Informações:
Information Catalog

DP
0= Not valid
(inválido)

DP_I
0= intermediate
(intermediária)

©
Siemens EA 2009
Page 96 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Vantagens da Indicação Dupla e comando por 2 pólos

52b

52CC
52a

Indicação Dupla Detecta Comando por 2 Pólos Evita


Falha no Disjuntor Comando indevido por
Interrupção na fiação Curto-circuitos na fiação
Curto-circuitos na fiação Falha nas saídas binárias
Falha nas entradas binárias

Operação Segura
©
Siemens EA 2009
Page 97 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Intertravamentos Internos

Intertravamentos - CFC

0 52 Open
1
52 Breaker

©
Siemens EA 2009
Page 98 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Possibilidade de Intertravamento

Subestação1

Subestação2

ATUAÇÃO DAS
PROTEÇÕES

TELAS DE COMANDO

COMANDO CENTRAL (DIGSI 4, SCADA)

©
Siemens EA 2009
Page 99 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution
Fim!

©
Siemens EA 2009
Page 100 Maio-09 Engº Rafael Fernandes Power Transmission and Distribution

Você também pode gostar