Você está na página 1de 4

Metodologia da Pesquisa Cientí ca

- Observador: tem função de analisar e avaliar ação em benefício de outra pessoa. O sociodrama
o processo de condução do grupo focal, atendo-se fundamenta-se no psicodrama – psique, que signi ca
aos participantes isoladamente e em suas relações alma -, que entra na verdade da alma por meio da
com o mediador, relator e operador de gravação. ação. Foi criado pelo psiquiatra Jacob Levy Moreno
Suas anotações devem ter como meta a constante nos anos 30 do século passado. Para Moreno, o
melhoria da qualidade do trabalho e a superação dos encontro, a espontaneidade e a criatividade são as
problemas e di culdades enfrentados. chaves do psicodrama/sociodrama. O sociodrama
surgiu do teatro espontâneo e aborda métodos
- Operador de gravação: tem função destinada à sociátricos para pesquisar e tratar os grupos e as
gravação integral, de acordo com o equipamento dis- relações intergrupais, seus con itos e sofrimentos.
ponível, dos debates. Tem o objetivo de superar a dicotomia da pesquisa
quantitativa/qualitativa ao privilegiar a participação
- Transcritor de gravação: a transcrição deve ser dos sujeitos na situação. Esse método busca
a mais el possível, eximindo-se de interpretações compreender os processos grupais e intervir em
com objetivo de limpar o texto. Todos os erros de lin- uma de suas situações-problema por meio da
guagem, bem como as pausas nos diálogos, devem ação/comunicação das pessoas. Estuda-se um
ser mantidos e assinalados para que a análise seja a tema concreto, uma situação social ou a si mesmo
melhor possível. mediante um processo de grupo criativo guiado por
um mediador/pesquisador (MORENO, 1975).
Digitador: sua atribuição é a de transpor todos os
dados, manuscritos ou não, sistematizados, codi ca- O pesquisador proporciona ao grupo, após
dos ou gravados, para um programa de computador, consentimento, um encontro para abordar temas ou
utilizando o software mais apropriado e que forneça con itos peculiares. Nessa experiência, procura-se
o resultado desejado. viabilizar a expressão das pessoas e suas tentativas
de resolução dos con itos. Os procedimentos
A etapa mais difícil no estudo grupo focal refere- sociodramáticos enfatizam a vivência do drama, ou
se à análise dos resultados. Ao nal, o moderador seja, a dramatização de cenas pelos participantes
constrói um relatório contendo todo o material ou as interações de papéis sociais relativas ao
audiovisual e textual gerado na discussão e um sofrimento em questão. O efeito surge da integração
resumo dos comentários mais importantes, além de dos papéis sociais que são representados em ação
acrescentar suas conclusões e recomendações. O dramática ou na interação grupal realizada em um
sucesso do grupo focal está relacionado diretamente espaço cênico. As sessões duram aproximadamente
à de nição clara do objetivo da pesquisa e à boa
duas horas, divididas em três fases: aquecimento,
escolha de pessoas com habilidades comunicativas e
drama e encerramento (MENEGAZZO; TOMASINI;
que compartilhem ideias e sentimentos.
ZURETTI, 1995).

Vídeo sobre grupo focal como estudo qualitativo:


De acordo com Moreno (1975), em um ato
http://www.youtube.com/watch?v=LDzRmMnxFgo
sociodramático, existem cinco elementos. O diretor é
o pesquisador/mediador e responsável pela produção
do evento. Os egos-auxiliares são terapeutas treinados
Sociodrama em Psicodrama que têm a função de contribuir para a
explicitação do drama grupal, por meio de personagens
O sociodrama é uma metodologia para grupos.
ou participação nas técnicas solicitadas pelo diretor.
Socius signi ca parceiro e drama signi ca ação,
O protagonista é o indivíduo que retrata e re ete o

8
Metodologia da Pesquisa Cientí ca

drama grupal, traz o conteúdo principal do sofrimento Observação, questionário e entrevista


coletivo. A plateia são os observadores participantes
do drama. E o espaço cênico (ou palco), um local para Quando não há registros, pode-se levantar dados
a ação, onde a vivência terapêutica ocorre. a partir de observações, questionários ou entrevistas.
O questionário é a principal fonte de compilação
Para Moreno (1975), para que todos se mobilizem de dados primários. Outras formas envolvem:
e participem do Sociodrama, é necessário: observação, entrevista, história de vida, discussão em
grupo, formulário, medidas de opinião e de atitudes,
1. Aquecimento: preparação dos membros do análise de conteúdo, testes e pesquisa de mercado.
grupo para o evento, em que o diretor pode
usar diversos recursos, como exposição Um dos principais problemas das entrevistas e
oral, música, textos relacionados ao tema dos questionários é detectar o grau de veracidade
a ser abordado, para mobilizar os sujeitos a das respostas. Esse é um risco de se trabalhar
participarem das polêmicas e con itos que com pessoas. A personalidade e as atitudes do
forem emergindo no encontro. pesquisador também podem interferir no tipo de
resposta dos sujeitos da pesquisa. As entrevistas e os
2. Dramatização: aprofundamento ou vivência questionários podem ser estruturados de diferentes
do tema/problema por meio de cenas ou maneiras:
personagens vividos pelos membros do grupo
no espaço cênico, sendo que também pode a. Padronizados: as perguntas são apresentadas a
ocorrer uma intervenção especí ca para todas as pessoas exatamente com as mesmas
um confronto sociométrico construtivo em palavras e na mesma ordem. As perguntas
relação ao tema ou às interações que surgem podem ser:
no evento. O diretor coordena o grupo com • Fechadas: as respostas são limitadas
técnicas de ação, visando a manifestação da às alternativas apresentadas. São
maioria sobre o tema protagônico, ou contribui padronizadas, e a análise é considerada
para que o protagonista expresse o sofrimento mais fácil comparada às perguntas abertas.
grupal. Uma desvantagem é que as respostas se
limitam às alternativas apresentadas.
3. Comentários: fase de compartilhamento • Abertas: resposta livre, não limitada por
de sentimentos e de identi cações com as alternativas apresentadas. O sujeito de
problemáticas tratadas. O diretor busca uma pesquisa fala ou escreve livremente sobre
re exão por parte de todos do que aconteceu o tema proposto. Nesse caso, a análise
no sociodrama. do material é mais difícil comparada às
perguntas fechadas.
4. Processamento teórico: momento em que
a unidade funcional - equipe formada pelo b. Assistemáticos: solicitam respostas
diretor e pelos egos-auxiliares - fazem uma espontâneas, não dirigidas pelo pesquisador. A
análise das ações ocorridas no evento ou uma análise do material é considerada muito mais
análise sociocultural do momento do grupo. difícil.

c. Entrevista projetiva: utiliza recursos visuais


Instrumentos para coleta de dados (quadros, pinturas, fotos etc.) para estimular
a reposta.

9
Metodologia da Pesquisa Cientí ca

Cada questão precisa estar relacionada aos


objetivos do estudo. Elas devem ser enunciadas de
forma clara e objetiva, sem induzir ou confundir. Uma
dica importante é veri car na literatura se já existe
um questionário padronizado e validado sobre o
tema que se está estudando. O pesquisador poderá
também adaptar, utilizando algumas perguntas de
outro questionário validado e algumas elaboradas
pelo próprio pesquisador seguindo o objetivo de seu
estudo. É sempre recomendado realizar um pré-
“Psst, Bertha! Vou-lhe contar meu grande esquema para analisar
teste no questionário antes de iniciar a pesquisa variáveis.”
propriamente dita.
O termo estatística assusta muitas pessoas. Caso
O questionário deve conter: você esteja intimidado, não precisa. A estatística é
• Solicitação de cooperação: falar da entidade uma ferramenta para ajudar o pesquisado a tomar
que está promovendo a pesquisa, do decisões. É simplesmente um meio objetivo de
objetivo e das vantagens que esta poderá interpretar um conjunto de observações. Estatística
trazer para a sociedade e em particular para pode ser de nida como um processo que permite
o respondente, se for o caso. análise e interpretação de dados provenientes
• Identi cação do sujeito de pesquisa. de uma ou mais amostras, com objetivo de inferir
• Informações: é efetivamente o que se características de populações. Em conceito mais
pretende pesquisar. geral, pode ser considerada como a disciplina que
se preocupa com a coleta, organização, descrição,
Para elaboração de um questionário, deve-se análise e interpretação de dados. Três conceitos
estabelecer ligação com: iniciais devem car claros: população, amostra e
• O problema e os objetivos da pesquisa. tipos de variáveis.
• As hipóteses.
• A população a ser pesquisada.
• Métodos de análise dos dados.
População e amostra
Para elaboração de um questionário, deve-se
População refere-se ao conjunto de interesse
tomas decisões sobre:
nal para a pesquisa. É o conjunto do qual as
• Conteúdo das pesquisas.
amostras são retiradas. A população é um conjunto
• Formato das respostas.
de indivíduos ou objetos que apresentam em
• Formulação e sequência das perguntas.
comum determinadas características de nidas para
• Apresentação e layout.
o estudo. Ela pode ser in nita (quando o número de
• Pré-teste.
observações for in nito) ou nita (quando apresenta
um número limitado de indivíduos).

Estatística básica Exemplo de população in nita: aquela constituída


de todos os resultados (cara e coroa) em sucessivos
lances de uma moeda.

10
Metodologia da Pesquisa Cientí ca

Exemplo de população nita: todos os copos de A premissa é de que cada componente da


papel produzidos em uma indústria em um dia; todos população estudada tem a mesma chance de ser
os moradores de um estado; todos os matriculados escolhido para compor a amostra, e a técnica que
em escolas públicas de um município. garante essa igual probabilidade é a seleção aleatória
de indivíduos. Por exemplo, por meio de sorteio para
Amostra é qualquer subconjunto representativo escolha de 10 alunos em uma turma de 40.
da população (ou universo) de interesse. Dessa • Amostragem aleatória estrati cada
forma, analisando-se uma boa amostra, chega-se a
resultados que podem ser imputados (extrapolados) Na amostragem estrati cada, a população é
para a população. É importante lembrar que a dividida em estratos, e em seguida é selecionada uma
amostra é sempre nita e que quanto maior for, mais amostra aleatória de cada estrato. Essa estratégia
signi cativo será o estudo. A de nição de uma amos- geralmente é aplicada quando o evento estudado
tra envolve premissas que dizem respeito às caracte- em uma população tem características distintas para
rísticas do evento estudado, dos fatores que exerçam diferentes categorias dela.
in uência sobre esse evento e da análise que se pre- • Amostragem aleatória por
tenda fazer. Portanto, antes de de nir o tamanho da conglomerados
amostra, o pesquisador deverá ocupar-se das de ni-
ções de um planejamento amostral, cujas caracterís- A população é dividida em subpopulações distintas
ticas serão particulares para cada estudo. (conglomerados). Alguns dos conglomerados são
selecionados segundo a amostragem aleatória
simples, e são observadas todas as unidades destes.
Planejamento amostral • Amostragem por estágios múltiplos

Um planejamento amostral deve, em primeiro Essa estratégia de amostragem pode ser vista
lugar, reconhecer o universo a que se refere o estudo, como uma combinação de dois ou mais planos
a população que será estudada e a unidade amostral amostrais. Considere, por exemplo, uma população
(o objeto sobre o qual se fará medidas do evento de estrati cada em que o número de estratos é muito
interesse no estudo). Caberá ao pesquisador decidir grande. Ao invés de sortear uma amostra de cada um,
se a amostra deve ser aleatória ou intencional. Será o que poderia ser inviável, o pesquisador pode optar
intencional quando o investigador puder arbitrar por sortear alguns estratos e em seguida selecionar
quais unidades da população estudada devem ser uma amostra de cada um deles. Nesse caso, teríamos
tomadas para observação, o que acontece apenas uma amostragem em dois estágios usando, nas duas
em situações particulares que oferecem informações vezes, a amostragem aleatória simples, sendo que,
igualmente particulares. A escolha do método no primeiro, as unidades amostrais são os estratos e,
intencional (não probabilístico), em geral, sempre no segundo, são os componentes da população.
encontrará desvantagem frente ao probabilístico • Amostragem sistemática
(aleatório). Na maioria dos estudos, o pesquisador
Deve obedecer ao mesmo princípio da amostragem
busca aleatoriedade para evitar o erro sistemático ou
aleatória simples, de iguais probabilidades de
um vício de amostragem que torne inconclusivos os
pertencer à amostra para todos os componentes da
resultados de seu estudo.
população estudada. No entanto, prevê a coleta de
Pode-se reconhecer pelo menos cinco estratégias dados ao longo de um período de tempo e arbitra
de amostragem aleatória: um ritmo para tomada de unidades para compor a
• Amostragem aleatória simples amostra. Por exemplo, em uma listagem de indivíduos

11