Você está na página 1de 3

Planejamento Tático

O planejamento constitui a primeira função dentro do processo administrativo. Antes


que qualquer função administrativa seja executada, a administração precisa determinar
os objetivos e os meios necessários para alcança-los.

Mapeamento ambiental e avaliação


Nível Planejamento das forças e fraquezas da empresa
Institucional Estratégico para tomada de decisões estratégicas.
Incerteza e imprevisibilidade

Tradução e interpretação das decisões


Nível Planejamento estratégicas em planos mais
Intermediário Tático detalhados no nível departamental.
Articulação interna

Desdobramento dos planos táticos de


Nível
Planejamento cada departamento em planos
Operacional Operacional operacionais para cada tarefa
Certeza e regularidade

Conceituação de planejamento tático

O planejamento é a função administrativa que determina antecipadamente o que se deve


fazer e quais objetivos devem ser alcançados. Além disso visa dar condições racionais
para que se organize e dirija a empresa ou seus departamentos ou divisões a partir de
certas hipóteses a respeito da realidade atual e futura.
O planejamento tático se refere ao nível intermediário da organização, ou seja, ao nível
dos departamentos ou unidades de negócio da empresa.

Características do planejamento tático:

1. O planejamento é um processo permanente e contínuo;


2. O planejamento é sempre voltado para o futuro;
3. O planejamento se preocupa com a racionalidade de tomada de decisão;
4. O planejamento seleciona entre as várias alternativas disponíveis um
determinado curso de ação;
5. O planejamento é sistêmico;
6. O planejamento é iterativo;
7. O planejamento é uma técnica de alocação de recursos;
8. O planejamento é uma técnica cíclica;
9. O planejamento é uma função administrativa que interage dinamicamente com
os demais;
10. O planejamento é uma técnica de coordenação;
11. O planejamento é uma técnica de mudança e de inovação.
As diferenças mais importantes no planejamento tático são:

1. Nível de decisões
2. Dimensão temporal
3. Amplitude de efeitos

Processo decisório

O administrador deve constantemente decidir o que fazer, quem deve fazer, quando,
onde e, muitas vezes, como fazer. Decidir é optar ou selecionar entre várias alternativas
de cursos de ação a que pareça – dentro da racionalidade adotada – a mais adequada
para o alcance de determinados fins ou objetivos.

Elementos do processo decisório

Toda decisão envolve no mínimo 6 elementos:

1. Tomador de decisão
2. Objetivos
3. Sistema de valores
4. Cursos de ação
5. Estados da natureza
6. Consequências

Níveis de decisão

Como todas as pessoas estão tomando decisões o tempo todo, é importante notar que
existem três diferentes áreas de decisão na empresa:

1. Decisões estratégicas
2. Decisões administrativas
3. Decisões operacionais

Condições de decisão

As decisões podem ser tomadas dentro de três condições:


1. Incerteza
2. Risco
3. Certeza

Tipos de planos táticos

Os planos táticos geralmente se referem a:

1. Planos de produção
2. Planos financeiros
3. Planos de marketing
4. Planos de recursos humanos
Planejamento Operacional

O planejamento operacional se preocupa basicamente com “o que fazer” e com o “como


fazer” no nível em que as tarefas são executadas. Refere-se especificamente às tarefas e
operações realizadas no dia-a-dia no nível operacional.

Tipos de planos operacionais

Os planos operacionais podem ser classificados em quatro tipos:

1. Procedimentos
2. Orçamentos
3. Programas
4. Regulamentos