Você está na página 1de 6

Introdução às Ciências Físicas 1

1o Semestre de 2018 AP1 de ICF1

Instituto de Física
UFRJ

Avaliação Presencial 1 de Introdução às Ciências Físicas I – AP1


Primeiro Semestre de 2018
Questão Nota Rubrica
Pólo:_____________________Data:______________ 1a
Curso:______________________________________ 2a

Nome:______________________________________ 3a
4a
Assinatura:__________________________________
Total

PROVA AP1 DE ICF1


QUESTÃO 1 (3,0pt)
Uma versão muito simplificada do olho humano pode ser observada na figura abaixo, onde o
globo ocular está sendo representado como um círculo com centro no ponto C e o ponto P
representa a retina (região do olho que detecta a luz e a converte em sinais elétricos).

Imagine que dois raios luminosos paralelos, monocromáticos e de mesma frequência se


propagam no ar, de índice de refração nar=1,00, e incidem sobre a superfície do olho, como
mostrado acima. Ao penetrar no olho, os raios convergem para um ponto P, formando entre si
um ângulo de 60o.

a) Desenhe na figura a reta normal à superfície do olho no ponto I.


b) Desenhe na figura o ângulo de incidência do raio 𝑅1 com a reta normal à superfície do
olho no ponto I e o identifique como 𝜃𝑖 .
c) Desenhe na figura o ângulo de refração que o raio refratado 𝑅2 faz com a reta normal à
superfície do olho no ponto I e o identifique como 𝜃𝑟 .
d) Determine o valor do ângulo de incidência 𝜃𝑖 , medindo com um transferidor.
e) Determine o valor do ângulo de refração 𝜃𝑟 , medindo com um transferidor.

Profs. Germano Penello e Lucas Sigaud 1


Introdução às Ciências Físicas 1
1o Semestre de 2018 AP1 de ICF1

f) Calcule o valor do índice de refração do olho usando a Lei de Snell.

QUESTÃO 2 (2,0pt)
Indique se cada frase abaixo é verdadeira (V) ou falsa (F). Se for falsa, use o espaço no
final da questão para explicar o porquê ou dar a versão correta da(s) frase(s) errada(s).
Não serão aceitas negativas simples das afirmativas erradas.

( F ) 1 - Em uma superfície curva, a reta normal é traçada como a tangente da curva no


ponto de incidência do raio luminoso.
( F ) 2 - Quando um raio luminoso atravessa a superfície entre dois meios diferentes,
sempre haverá um raio refletido e um raio refratado.
( V ) 3 - Em um espelho, a imagem será virtual se ela for formada pelo prolongamento
dos raios luminosos para além da superfície do mesmo.
( F ) 4 - Quando um raio luminoso incide sobre uma superfície que separa dois meios
diferentes, o ângulo entre o raio luminoso e a superfície é denominado ângulo de
incidência.
( V ) 5 - Usamos a Lei de Snell para calcular o ângulo de refração de um raio luminoso
ao incidir em uma superfície que separa dois meios diferentes.

0,4 CADA ALTERNATIVA CORRETA (ZERO SE ERRAR


JUSTIFICATIVA OU NÃO JUSTIFICAR!)

Tem mais espaço disponível na próxima página

Profs. Germano Penello e Lucas Sigaud 2


Introdução às Ciências Físicas 1
1o Semestre de 2018 AP1 de ICF1

Justificativas:

1 – Em uma superfície curva, a reta normal é traçada como a reta


perpendicular à tangente da curva no ponto de incidência do raio luminoso
OU Em uma superfície curva, a reta normal é traçada como o
prolongamento do raio da circunferência no ponto de incidência do raio
luminoso.

2 – Não necessariamente haverá um raio refratado: pode haver, em certos


casos, reflexão total. (Sempre haverá um raio refletido)

4 – O ângulo de incidência é definido como o ângulo entre o raio luminoso e a


normal à superfície que separa os dois meios, no ponto de incidência.

QUESTÃO 3 (3,0pt)

Considere os vetores 𝑎⃗ = (−4𝑖̂ − 3𝑗̂)cm, 𝑏⃗⃗ = (−4𝑖 + 3𝑗̂)cm e 𝑐⃗ = (+8𝑖̂)cm. No espaço


quadriculado da próxima página, considere que cada quadrado tenha 1cm de lado e
desenhe:
a) Os vetores 𝑎⃗, 𝑏⃗⃗ e 𝑐⃗.
b) O vetor soma dos 3 vetores 𝑠⃗ = 𝑎⃗ + 𝑏⃗⃗ + 𝑐⃗.
c) O vetor 𝑑⃗ = 𝑎⃗ − 𝑏⃗⃗ .
d) Meça as componentes dos vetores 𝑠⃗ e 𝑑⃗ e as escreva no espaço abaixo da figura.

Profs. Germano Penello e Lucas Sigaud 3


Introdução às Ciências Físicas 1
1o Semestre de 2018 AP1 de ICF1

Componentes: sx = 0 cm, sy = 0 cm, dx = 0 cm, dy = -6cm.

Pontuação: item (a) 0,6 (0,2 cada vetor)


(b) 0,3
(c) 0,3
(d) 0,4 (0,1 cada componente)
(e) 0,4 (0,2 cada vetor)
(f) 1,0 (0,2 cada ângulo)

Profs. Germano Penello e Lucas Sigaud 4


Introdução às Ciências Físicas 1
1o Semestre de 2018 AP1 de ICF1

A partir dos resultados obtidos por você nos itens (a) a (c), calcule as componentes dos
vetores 𝑠⃗ e 𝑑⃗ no espaço abaixo:

⃗⃗ = (−𝟒𝒊̂ − 𝟑𝒋̂) + (−𝟒𝒊̂ + 𝟑𝒋̂) + (+𝟖𝒊̂)


𝒔
⃗𝒔⃗ = (−𝟒 − 𝟒 + 𝟖)𝒊̂ + (−𝟑 + 𝟑)𝒋̂
⃗⃗ = ⃗𝟎⃗
𝒔

⃗𝒅⃗ = (−𝟒𝒊̂ − 𝟑𝒋̂) − (−𝟒𝒊̂ + 𝟑𝒋̂)


⃗⃗ = (−𝟒 + 𝟒)𝒊̂ + (−𝟑 − 𝟑)𝒋̂
𝒅
̂ = (−𝟔𝒋̂)𝒄𝒎
𝒅

Calcule, no espaço abaixo, o ângulo de cada vetor com 𝑖̂. Cuidado com o sinal!

𝑎⃗ arctan (-3/-4) = 217º OU -143º

𝑏⃗⃗ arctan (+3/-4) = 143º OU -217º

𝑐⃗ arctan (0/+8) = 0º

𝑠⃗ Não há ângulo definido, uma vez que o vetor é nulo.

𝑑⃗ arctan (-6/0) = 270º OU -90º

Profs. Germano Penello e Lucas Sigaud 5


Introdução às Ciências Físicas 1
1o Semestre de 2018 AP1 de ICF1

QUESTÃO 4 (2,0pt)

Considere o mapa abaixo, onde o lado de cada quadrado tem dimensão de 10 km.
ATENÇÃO: HOUVE ERRO NA ESCALA NO ITEM (d). CONSIDERAR
DIMENSÕES DE 1 OU 10 km NA ESCALA DO MAPA!

a) Um viajante, partindo de Nova Origem, dirige até Cidade do Tom. Desenhe o vetor 𝑎⃗ que
representa esse deslocamento no mapa, e o escreva em sua forma vetorial abaixo:

Em azul --- 0,5 (0,2 pelo vetor desenhado e 0,3 por escrever a forma vetorial correta)
𝑎⃗ = (+90𝑘𝑚)𝑖̂

b) Este mesmo viajante segue viagem para a cidade de Bobville. Desenhe o vetor 𝑏⃗⃗ que
representa esta parte do trajeto, e o escreva em sua forma vetorial abaixo:

Em vermelho --- 0,5 (0,2 pelo vetor desenhado e 0,3 por escrever a forma vetorial correta)
𝑏⃗⃗ = (−70𝑘𝑚)𝑖̂ + (+40𝑘𝑚)𝑗̂

c) Desenhe agora o vetor deslocamento total 𝑠⃗, representado pela soma dos vetores
desenhados anteriormente. Calcule analiticamente este vetor.

Em verde --- 0,6 (0,2 pelo vetor desenhado e 0,4 por calcular o vetor corretamente)
𝑠⃗ = 𝑎⃗ + 𝑏⃗⃗
𝑠⃗ = (+90𝑘𝑚)𝑖̂ + [(−70𝑘𝑚)𝑖̂ + (+40𝑘𝑚)𝑗̂]
𝑠⃗ = (+20𝑘𝑚)𝑖̂ + (+40𝑘𝑚)𝑗̂

d) Se um outro viajante, partindo de Nova Origem, tem seu deslocamento representado por
𝑑⃗ = −(1 𝑘𝑚) 𝑖̂ − (7 𝑘𝑚) 𝑗̂, para qual cidade ele foi?

Germanópolis (0,4)

Profs. Germano Penello e Lucas Sigaud 6

Você também pode gostar