Você está na página 1de 5

Escola Superior de Ciências Náuticas

Departamento de Radiotécnica
Disciplina: Sistemas de Rádio e Televisão
Testes de Avaliação I Semestre: Iº

Ano Lectivo: 2013 Duração: 90 mnt

Data: 01.04.2013 Turmas: 4R10


Regras

 O aluno deve ter em cima da mesa apenas uma calculadora, folhas de rascunho, canetas e o
presente enunciado.
 Todas as folhas de avaliação entregues, devem estar devidamente identificadas com o nome do
aluno.

1. Os sistemas de televisão permitem a transmissão à distância de imagens em movimento usando ondas


electromagnéticas. Classifique-os quanto à:

(a) Tipo de informação contida na imagem (1,0 Val)


 Televisão monocromática, ou televisão a preto e branco
 Televisão policromática, ou televisão a cores
 Televisão a três dimensões, ou televisão 3D ou ainda televisão em relevo
(b) Definição da imagem (1,0 Val)
 Baixa definição, com menos de 300 a 400 linhas por imagem,
 Média definição, com cerca de 500 a 600 linhas por imagem e
 Alta definição, com mais de 1000 linhas por imagem
(c) Modo de transmissão (1,0 Val)
 Por cabo,
 Por radiodifusão e
 Por radiodifusão via satélite

2. Quais são os efeitos provocados por uma magnetização permanente da máscara de sombra? (2,0 Val)
R. Os efeitos é a menor pureza de imagem e, em casos extremos, uma troca completa das cores em relação à
imagem original. Por isso nunca deve aproximar um imã da tela de um televisor a cores contra o risco de se
magnetizar a máscara de sombra (shadow Mask) e provocar perda de pureza na imagem.

Página 1 de 5
3. Se actualmente uma TV analógica, funciona bem com a transmissão de TV, TV a cabo, videocassetes, TV por
satélite, câmaras de vídeo e tudo o mais, então o que há de errado com a TV analógica? Certamente o
principal problema é a resolução. Diga o que condiciona a resolução? (2,0 Val)
R: O que condiciona a resolução é:
 A resolução da TV controla a qualidade e o detalhe na imagem que vemos na TV;
 A resolução é determinada pelo número de pixels na tela;
 Um aparelho de TV analógico pode exibir 525 linhas horizontais de resolução a cada trigésimo de
segundo.
 Na verdade, ela exibe metade dessas linhas em um sexagésimo de segundo e então exibe a outra metade
no sexagésimo seguinte, de modo que todo o quadro é actualizado a cada trigésimo de segundo. Esse
processo é chamado de entrelaçamento.

4. Considere um sistema de televisão analógico ou digital consoante indicado.


(a) Indique de que forma a necessidade de oferecer compatibilidade inversa ao introduzir a
televisão a cores afectou a escolha dos sinais a transmitir? (2,0 Val)
R.: Um receptor policromático deve poder receber, a preto e branco, uma emissão de televisão
monocromática. Os SINAIS DE CROMINÂNCIA R-Y, B-Y e G-Y permitem a recuperação simples
dos sinais R,G,B, garantem a compatibilidade inversa e precisam de menos banda; escolhem-se os
sinais R-Y e B-Y por maximizarem a relação sinal-ruído.

(b) O factor de forma dos televisores tem vindo a mudar recentemente. Indique quais os valores
associados a esta mudança (antes e depois) e qual o motivo principal desta evolução. (2,0 Val).
R.: No início da TV, anos 30 fixou-se a relação largura/altura da imagem ou factor de forma no valor
de 4:3 que ainda hoje se mantêm e é semelhante ao do cinema profissional (35mm) tradicional. Mais
modernamente, o cinema passou a usar imagens com maior factor de forma, isto é, maior abrangência
horizontal, já que a maior parte do movimento na cena se verifica nesta direcção. Para dar ao
observador uma sensação de maior envolvimento na acção, a imagem é mais ‘comprida’ do que ‘alta’
já que esse é o formato dos nossos olhos e na vida real a maior parte da acção se passa na horizontal
(4/3 => 16/9).

5. Considere um sistema de televisão e explique por que razão surgiu o entrelaçamento nos sistemas
de televisão analógica. (1,5 Val)
R: Surgiu para contra a Cintilação pois o fenómeno da cintilação ou flicker tornou indispensável a
adopção de uma frequência de imagem superior à frequência mínima para obter ilusão de

Página 2 de 5
movimento. Para que cada zona da imagem fosse suficientemente ‘refrescada’, cada imagem é
representada como 2 campos, um com as linhas pares e outro com as linhas ímpares.
O entrelaçamento resolve o problema da cintilação sem aumentar a largura de banda do sinal já que
cada zona do ecrã é periodicamente refrescada ao dobro do ritmo correspondente á ilusão de
movimento.

6. Um dado sistema/padrão de TV fornece: 64µseg como tempo total de uma linha, 50 campos/seg,
varredura entrelaçada. Calcule:
(a) A frequência do campo, Frequência de linha, Tempo de retraço de linha horizontal e Tempo
total vertical (2,0 Val)
Resposta:
1. Frequência de campo = 50Hz
2. Frequência de linha = 15.625 Hz (15.625 / 25 = 625 Linhas) ou ainda 1/64useg
3. Tempo de retraço de linha horizontal = em norma é 16% de 64useg = 10,24 useg
4. Tempo total vertical = 1/50Hz = 20ms
7. Canal de TV básico, com suas portadoras, bandas e desvios:
(a) Comente a figura acima. (1,0 Val)
R: A figura mostra como os diferentes sinais da portadora se ajustam no interior do canal padrão de 6,0
MHz. A frequência da portadora de imagem, designada por P, está 1,25 MHz acima da extremidade
inferior do canal.
Na extremidade oposta, a frequência da portadora de som, designada por S, está 0,25 MHz abaixo da
extremidade superior. C é a portadora de cor que se situa 3.58MHz acima da portadora de vídeo (P).
Este espaçamento das frequências da portadora se aplica a todos os canais de TV nas faixas de VHF e
UHF, quer a radiodifusão seja em cores, quer seja monocromática (preto e branco).
(b) Se se tratar de Sistema Pal, padrão M, canal 15, calcule a frequência das portadoras de
vídeo, áudio e sub portadora de cor. (1,5 Val)
Resposta
 Canal 15 significa: banda entre 476 a 482MHz e assim:
a. Frequência da portadora de vídeo Fpv = inicio do canal + 1.25MHz ou 476M + 1.25M =
477.25MHz
b. Frequência da portadora de áudio Fps = início do canal + 1.25MHz ou 476M + 5.75M =
481.75MHz

Página 3 de 5
c. Frequência da subportadora de cor Fspc = início do canal + 1.25MHz ou 476M + 4,83M =
480.83MHz

8. Existem três tipos de ligações analógicas de vídeo em Televisão: Vídeo composto, S-Vídeo e vídeo
com componentes. Estabeleça a diferença entre eles. (3,0 Val).
Resposta:
1. Vídeo Composto: É o tipo mais simples é o cabo composto, um único cabo transporta todo o
sinal, os sinais de luminância e crominância são compostos e transportados num único sinal, é
inevitável alguma interferência entre os dois sinais, é a ligação de menor qualidade porque junta
os dois sinais.

2. S-Vídeo: Trata-se de um compromisso entre os dois anteriores. Usa duas linhas sendo uma para
luminância e outra para o sinal composto de crominância. Ligação com melhor qualidade que a
do vídeo composto, a luminância vai num único fio. Os sinais de cor são combinados e
transportados noutro fio. Os fios separados são encapsulados num único cabo.

3. Vídeo com componentes: É a ligação de maior qualidade no qual cada um dos sinais do espaço
YCC é transportado em cabos diferentes. Cada cor primária é enviada como um sinal separado
de vídeo sendo que, as cores primárias tanto podem ser RGB ou uma transformação com base
na luminância e crominância [i.e., YIQ (I = Interpolação e Q = Quadratura, YUV]. Possui melhor
reprodução das cores e requer mais largura de banda e uma boa sincronização entre os três
componentes.

Página 4 de 5
Canal Frequência, Canal Frequência Banda
MHz
banda MHZ
8 180 -186 15 476 – 482
9 186 - 192 16 482 -488
10 192 - 198 17 488 – 494
11 198 - 204 18 494 – 500
12 204 - 210 19 500 -506
13 210 - 216 20 506 – 512
14 470 - 476 21 512 - 518

Boa Sorte!

Página 5 de 5

Você também pode gostar