Você está na página 1de 50

30 DIAS

DE TREINAMENTO FINGERS
PARA EVOLUIR
A SUA TÉCNICA NO
CONTRABAIXO
GYM
com Filipe Marks
Filipe Marks
Apontado como um dos baixistas mais influentes em
sua geração, Marks carrega uma virtuosa carreira
como professor de música, multi instrumentista,
compositor, arranjador e produtor de conteúdo musical.

Desde seus 9 anos de idade, é um estudante


implacável da música e já desempenhou grandes
pesquisas sonoras, desenvolvendo sua
experiência e expertise, ao passar por uma gama
extensa de trabalhos no ramo
da música.

Foi instrutor de contrabaixo


em sites da internet, além
de produtor de shows e
festivais especializados na
música instrumental.

Tem grande experiência em


estúdios, atuando como músico
de gravação, arranjador e
produtor musical.

Desenvolve boa relação com empresas


na industria do music business,
se apresentando como endorser de
marcas de instrumentos e
equipamentos especializados.

Com 20 anos de carreira profissional,


hoje é compositor e artista solo excursionado
pelo país, além de baixista da banda Elephant Casino, com
quem está lançando o álbum Seasons Of A Man; e diretor de
criação da Domínio da Música Escola Online.
Apresentação
Por muitos anos, o meu foco principal foi desenvolver a minha técnica
pessoal em instrumentos de corda. Sempre desejei tocar com aquela
mesma facilidade que via em meus ídolos e notei que ainda precisava
entender e refinar o movimento das minhas mãos, para que eu conseguisse
então aquela desenvoltura e acabamento que tanto me impressionavam.

O início dos estudos práticos de um instrumento musical pode parecer uma


lida muito complicada e sem lógica. Tentamos executar movimentos
antinaturais e completamente fora da nossa programação diária. Você já se
questionou sobre como é a “afinação” das suas mãos em seu cotidiano?!

Façamos um experimento mental…


Tire alguns segundos para refletir comigo! Eu vou levantar algumas
perguntas e quero que você tente visualizar suas respostas.

_ Qual é o seu grau de habilidade em movimentar o anelar esquerdo sem


movimentar também os outros dedos?

_Ao segurar uma caneca, quantos dedos ficam relaxados?

_Ao cortar uma folha com uma tesoura, o que faz o dedo mindinho da mão
direita?

São perguntas curiosas, não?! Sim, são mesmo! E repare que essa é a
inteligência corporal que vai te fazer entender a “coreografia” dos dedos ao
tocar qualquer instrumento musical.
Neste e-book, elaborei uma coleção de exercícios graduais que vão te
ajudar a compreender e desenvolver a sua técnica pessoal. São
pequenas rotinas que você deve praticar por 30 dias e então analisar os
resultados.

Escolho aqui 10 habilidades que vamos desenvolver.

Postura das mãos esquerda e direita


Permutação nas digitações
Psicomotor
Pizzicato
Articulações do som
Mapeamento das notas pelo braço
Notas mortas
Escalas
Saltos de cordas
Frases melódicas

Para um bom rendimento, é importante que você esteja realmente


concentrado por algum tempo diário. Portanto, listo aqui uma série de
dicas que você deve aplicar no seu momento de estudo.

Escolha um local reservado, confortável, bem ventilado e com


iluminação adequada.
Sente-se em uma cadeira confortável, que não tenha apoio de
braços e que proteja bem a sua coluna.
Desligue as formas de comunicação com o mundo ao redor.
Escolha um período calmo do seu dia.
Pratique cada exercício devagar e, na medida em que se sentir mais
confortável e confiante, aumente a velocidade gradativamente.
Use o auxílio de um metrônomo sempre que possível. Comece aos
40 bpm e vá aumentando a velocidade aos poucos, de 2 em 2 bpm,
3 em 3, 4 em 4... Use a sua percepção do que fica dentro da suas
limitações.
Tenha determinação e alegria.
Se recompense quando sentir que fez uma boa série de exercícios.
Se você é canhoto e já iniciou o seu contato com o contrabaixo digitando
as cordas com a mão direita, siga normalmente os exercícios fazendo
apenas a correção da indicação das mãos. Caso ainda não tenha se
iniciado no instrumento e deseja utilizar esse e-book como apoio, sugiro
que siga a indicação de mãos comum aos destros.

Os exercícios deste material, quando representados por tablaturas, estão


descritos para contrabaixos de 4 cordas. Caso você tenha um instrumento
com mais cordas, sugiro que desenvolva o mesmo padrão exercitado para
as demais.

Bons estudos!
Filipe Marks

www.dominiodamusica.com
Fingers Gym
Postura das mãos esquerda e direita
A postura correta das mãos é o início de toda a técnica para instrumentos de corda. É através da
postura que vamos entender qual parte da musculatura devemos tensionar ou relaxar.

Mão esquerda
Nas fotos abaixo, vemos a mão esquerda totalmente relaxada ao lado do corpo (foto 1a), depois
com o polegar posicionado mais ao centro da mão (foto 1b), e então erguida com os dedos
levantados (foto 1c)

Foto 1a

Foto 1b
Foto 1c

Esse posicionamento de mão nos possibilita ter as pontas de todos os dedos livres
para digitar. Agora repare que vamos curvar um pouco os dedos para apenas nivelar
a altura entre eles.
(foto 1d)

Foto 1d

Essa é a posição que vamos adotar como referência para a nossa mão esquerda. Ela
não exige um grande esforço da sua musculatura e nela ficamos em estado de
tonicidade moderada, apenas para manter os dedos espaçados entre si.
Ao levarmos a mão esquerda ao braço do contrabaixo, essa será a postura desejada
então. Dedos espaçados, levemente curvados, sobre uma mesma corda, tendo o
polegar como apoio na parte de trás, estando de pé e posicionado ao centro da mão.
Veja a foto abaixo. (foto 1e)

Foto 1e

www.dominiodamusica.com
Mão direita
A postura inicial da mão direita é bem próxima de seu estado de relaxamento quando se
encontra ao lado do corpo. (foto 1f) Apoiamos a parte interna do nosso antebraço sobre a parte
de cima do tampo do contrabaixo, mantendo a mão relaxada sobre as cordas, com o polegar
também estendido ao lado do indicador. (foto 1g) Depois curvamos um pouco os dedos para
nivelar o tamanho dos dedos indicador, médio e anelar. (foto 1h)

Foto 1f Foto 1g
Lembre-se de que
precisamos entender
onde relaxar e onde
tensionar. Tente sentir se
atinge um estado de
conforto na hora de
praticar. Pode ser mais
difícil no começo
mas a prática mostrará o
caminho.

Foto 1h

www.dominiodamusica.com
Dia 1
Agora que entendemos o posicionamento inicial das mãos, vamos aos exercícios em que
começaremos a desenvolver o movimento mínimo dos dedos da mão esquerda na digitação
das cordas. A ideia aqui é pressionar cada corda tendo um dedo responsável por uma casa
diferente. Lembre-se de estudar o ponto de tensão e relaxamento da mão, evitando qualquer
rigidez desnecessária. Para fazer as cordas soarem, use o dedo indicador da mão direita, se
preferir.

Para começar, vamos utilizar o dedo indicador (1) para tocar a 5a casa, o dedo médio (2) para
tocar a 6a casa, o dedo anelar (3) para tocar a 7a casa e o dedo mínimo (4) para tocar a 8a
casa. Tente pressionar as cordas próximas aos trastes que delimitam o final de cada casa. O
número de repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 1

Dedo 1 Dedo 2 Dedo 3 Dedo 4


G II--5----------------5-6---------------6-7----------------7-8----------------8-------------------------------
D II-----5----------5-------6---------6-------7----------7-------8----------8----------------------------------
A II--------5----5-------------6---6-------------7----7-------------8----8-------------------------------------
E II-----------5------------------6------------------7-------------------8----------------------------------------

Exercício 2

G II--5-------------------6-7-------------------8-----------------------------------------------------------------
D II-----5-------------6-------7-------------8--------------------------------------------------------------------
A II--------6-------5-------------8-------7-----------------------------------------------------------------------
E II-----------6-5-------------------8-7--------------------------------------------------------------------------

Exercício 3

G II--5-------------------8-5-------------------8-----------------------------------------------------------------
D II-----6-------------7-------6-------------7--------------------------------------------------------------------
A II--------7-------6-------------7-------6-----------------------------------------------------------------------
E II-----------8-5-------------------8-5--------------------------------------------------------------------------

Observação: O número de repetições sugerido tem como intuito trabalhar a desenvoltura


mínima para cada exercício. Havendo a oportunidade, repita novamente os exercícios,
descansando por um minuto entre cada série.

www.dominiodamusica.com
Dia 2
A rotina de exercícios de hoje tem como objetivo a movimentação de pares de dedos. Concentre-
se na postura e pratique lentamente. Cada dedo corresponde a uma casa, como nos exercícios
vistos até aqui. Na mão direita, se preferir, continue usando apenas o dedo indicador para fazer
soar as cordas. O número de repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 4

G II-5-6----------------------------5-6-6-7-----------------------------6-7-7-8-----------------------------
D II-------5-6-----------------5-6------------6-7------------------6-7-----------7-8-----------------7-8---
A II-------------5-6------5-6-----------------------6-7-------6-7----------------------7-8------7-8--------
E II------------------5-6----------------------------------6-7---------------------------------7-8-------------

G II-7-8--
D II--------
A II--------
E II--------

Exercício 5

G II-6-5----------------------------6-5-7-6-----------------------------7-6-8-7-----------------------------
D II-------6-5-----------------6-5------------7-6------------------7-6------------8-7-----------------8-7-
A II-------------6-5------6-5-----------------------7-6-------7-6-----------------------8-7------8-7------
E II------------------6-5----------------------------------7-6----------------------------------8-7------------

G II-8-7--
D II--------
A II--------
E II--------

Exercício 6

G II-5-6---------------------------------7-8-5-6---------------------------------7-8--------------------------
D II-------5-6----------------------7-8------------5-6----------------------7-8-------------------------------
A II-------------7-8-----------5-6-----------------------7-8-----------5-6------------------------------------
E II------------------7-8-5-6---------------------------------7-8-5-6-----------------------------------------

Observação: O número de repetições sugerido tem como intuito trabalhar a desenvoltura mínima
para cada exercício. Havendo a oportunidade, repita novamente os exercícios, descansando por
um minuto entre cada série.

www.dominiodamusica.com
Dia 3
A rotina de hoje tem um foco maior na mão direita. E uma das técnicas de mão direita mais
difundidas no contrabaixo e outros instrumentos de cordas é o Pizzicato. Essa técnica consiste
em usar os dedos indicador (i) e médio (m) alternando seus movimentos. (Fotos 2a e 2b) O
número de repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Foto 2a

Foto 2b
Exercício 7

Pizzicato
i mim imim i mim imim i mim imimi mim imim
G II-0-0-0-0-0-0-0-0--------------------------------------------------------------------------------------------
D II-----------------------0-0-0-0-0-0-0-0----------------------------------------------------------------------
A II---------------------------------------------0-0-0-0-0-0-0-0------------------------------------------------
E II------------------------------------------------------------------0-0-0-0-0-0-0-0---------------------------

Pizzicato
i mim imim i mim imim i mim imimi mim imim
G II------------------------------------------------------------------0-0-0-0-0-0-0-0---------------------------
D II---------------------------------------------0-0-0-0-0-0-0-0------------------------------------------------
A II-----------------------0-0-0-0-0-0-0-0----------------------------------------------------------------------
E II-0-0-0-0-0-0-0-0--------------------------------------------------------------------------------------------

Nos exercícios a seguir, utilizaremos o dedo indicador (1) para tocar a 3a casa, o dedo médio
(2) para tocar a 4a casa, o dedo anelar (3) para tocar a 5a casa e o dedo mínimo (4) para tocar
a 6a casa. Tente pressionar as cordas próximas aos trastes que delimitam o final de cada casa.
Na medida em que for repetindo, concentre-se cada vez mais na mão direita.

3a casa
.
4a casa

5a casa
.
6a casa

Foto 2c
Exercício 8

Pizzicato
i m i m i m i m….
G II-3-4----------------------------3-4-4-5-----------------------------4-5-5-6-----------------------------
D II-------3-4-----------------3-4------------4-5------------------4-5-----------5-6-----------------5-6---
A II-------------3-4------3-4-----------------------4-5-------4-5----------------------5-6------5-6--------
E II------------------3-4----------------------------------4-5---------------------------------5-6-------------

G II-5-6--
D II--------
A II--------
E II--------

Exercício 9

Pizzicato
i m i m i m i m….
G II-4-3----------------------------4-3-5-4-----------------------------5-4-6-5-----------------------------
D II-------4-3-----------------4-3------------5-4------------------5-4------------6-5-----------------6-5-
A II-------------4-3------4-3-----------------------5-4-------5-4-----------------------6-5------6-5------
E II------------------4-3----------------------------------5-4----------------------------------6-5------------

G II-6-5--
D II--------
A II--------
E II--------

Observação: O número de repetições sugerido tem como intuito trabalhar a desenvoltura mínima
para cada exercício. Havendo a oportunidade, repita novamente os exercícios, descansando por
um minuto entre cada série.

www.dominiodamusica.com
Dia 4
A rotina de exercícios de hoje tem como objetivo a movimentação de pares intercalados de
dedos. Concentre-se na postura e pratique lentamente. Cada dedo corresponde a uma casa,
como nos exercícios 8 e 9. A partir daqui, o pizzicato será a nossa técnica fixa de mão direita.
O número de repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 10

G II-3-5----------------------------3-5-4-6-----------------------------4-6-----------------------------------
D II-------3-5-----------------3-5------------4-6------------------4-6----------------------------------------
A II-------------3-5------3-5-----------------------4-6-------4-6---------------------------------------------
E II------------------3-5----------------------------------4-6---------------------------------------------------

Exercício 11

G II-5-3----------------------------5-3-6-4-----------------------------6-4-----------------------------------
D II-------5-3-----------------5-3------------6-4------------------6-4----------------------------------------
A II-------------5-3------5-3-----------------------6-4-------6-4---------------------------------------------
E II------------------5-3----------------------------------6-4---------------------------------------------------

Exercício 12

G II-3-5---------------------------------4-6-3-5---------------------------------4-6--------------------------
D II-------4-6----------------------3-5------------4-6----------------------3-5-------------------------------
A II-------------3-5-----------4-6-----------------------3-5-----------4-6------------------------------------
E II------------------4-6-3-5---------------------------------4-6-3-5-----------------------------------------

Exercício 13

G II-5-3---------------------------------6-4-5-3---------------------------------6-4--------------------------
D II-------6-4----------------------5-3------------6-4----------------------5-3-------------------------------
A II-------------5-3-----------6-4-----------------------5-3-----------6-4------------------------------------
E II------------------6-4-5-3---------------------------------6-4-5-3-----------------------------------------

Observação: O número de repetições sugerido tem como intuito trabalhar a desenvoltura


mínima para cada exercício. Havendo a oportunidade, repita novamente os exercícios,
descansando por um minuto entre cada série.

www.dominiodamusica.com
Dia 5
A rotina de hoje tem como objetivo trabalhar a independência dos dedos alternando entre as
cordas. Concentre-se na postura e pratique lentamente. A partir daqui, utilizaremos o dedo
indicador (1) para tocar a 2a casa, o dedo médio (2) para tocar a 3a casa, o dedo anelar (3)
para tocar a 4a casa e o dedo mínimo (4) para tocar a 5a casa. Tente pressionar as cordas
próximas aos trastes que delimitam o final de cada casa. O número de repetições para cada
exercício é de 10 vezes.

Exercício 14

G II-2----4----------------------------------------------------------3---5----------------------------------------
D II----3----5---2---4---------------------------------3----5---2---4-------------------------------------------
A II-----------------3---5---2----4--------3---5---2----4-------------------------------------------------------
E II-----------------------------3----5---2---4--------------------------------------------------------------------

Exercício 15

G II-5----3----------------------------------------------------------4---2----------------------------------------
D II----4----2---5---3---------------------------------4----2---5---3------------------------------------------
A II-----------------4---2---5----3--------4---2---5----3------------------------------------------------------
E II-----------------------------4----2---5---3-------------------------------------------------------------------

Observação: O número de repetições sugerido tem como intuito trabalhar a desenvoltura


mínima para cada exercício. Havendo a oportunidade, repita novamente os exercícios,
descansando por um minuto entre cada série.

www.dominiodamusica.com
Dia 6
A rotina do sexto dia tem como objetivo trabalhar os saltos de cordas. Concentre-se ao mudar
as mãos de corda, verificando se o pizzicato da mão direita corresponde à corda digitada na
mão esquerda. O padrão de digitação por casas é o mesmo dos exercícios 14 e 15. O número
de repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 16

G II-2-4-----------------------------2-4------------------------------------------------------------------------
D II------------2-4-------2-4-----------------2-4------2-4----------------------------------------------------
A II-------2-4------------------2-4------2-4-----------------2-4----------------------------------------------
E II------------------2-4----------------------------2-4---------------------------------------------------------

Exercício 17

G II-3-5-----------------------------3-5------------------------------------------------------------------------
D II------------3-5-------3-5-----------------3-5------3-5----------------------------------------------------
A II-------3-5------------------3-5------3-5-----------------3-5----------------------------------------------
E II------------------3-5----------------------------3-5---------------------------------------------------------

Exercício 18

G II-2-4-----------------2-4-----------------2-4-----------------2-4------------------------------------------
D II-----------------3-5-----------------3-5-----------------3-5-----------------3-5--------------------------
A II-------3-5-----------------3-5-----------------3-5-----------------3-5------------------------------------
E II------------2-4-----------------2-4-----------------2-4-----------------2-4-------------------------------

Exercício 19

G II-3-2-----------------------------------5-4--3-2-----------------------------------5-4---------------------
D II------------3-2-------------5-4------------------------3-2-------------5-4--------------------------------
A II-------5-4------------------------3-2-------------5-4------------------------3-2--------------------------
E II------------------5-4--3-2-----------------------------------5-4--3-2-------------------------------------

Observação: O número de repetições sugerido tem como intuito trabalhar a desenvoltura


mínima para cada exercício. Havendo a oportunidade, repita novamente os exercícios,
descansando por um minuto entre cada série.

www.dominiodamusica.com
Dia 7
A rotina de hoje tem como objetivo trabalhar a técnica de notas mortas. Também chamada
de Dead Notes ou Ghost Notes, a ideia é extrair um som percussivo através do abafamento
da corda. Para isso, é importante que você mantenha todos os dedos encostados na corda
escolhida, sem apoiá-la sobre os trastes. Basta uma pressão mínima para impedir que a
corda vibre além do desejado. Na tablatura, a indicação dessas notas fantasmas é feita
através da letra X. Concentre-se no pizzicato. O número de repetições para cada exercício
é de 10 vezes.

Exercício 20

G II-x-x-x-x-x-x-x-x------------------------------------------------------------------------------------------
D II---------------------x-x-x-x-x-x-x-x----------------------------------------------------------------------
A II-----------------------------------------x-x-x-x-x-x-x-x---------------------x-x-x-x-x-x-x-x-----------
E II-------------------------------------------------------------x-x-x-x-x-x-x-x-------------------------------
G II------------------------
D II-x-x-x-x-x-x-x-x----
A II------------------------
E II------------------------

Nos exercícios a seguir, utilizaremos o dedo indicador (1) para tocar a 1a casa, o dedo
médio (2) para tocar a 2a casa, o dedo anelar (3) para tocar a 3a casa e o dedo mínimo (4)
para tocar a 4a casa. Tente pressionar as cordas próximas aos trastes que delimitam o final
de cada casa.

Exercício 21

G II-1-2-x-3-4-x--------------------------------------------------------------------------------------------------
D II-----------------1-2-x-3-4-x-------------------------------------------------1-2-x-3-4-x-------------------
A II---------------------------------1-2-x-3-4-x-----------------1-2-x-3-4-x-----------------------------------
E II-------------------------------------------------1-2-x-3-4-x---------------------------------------------------

Exercício 22

G II-x-1-2-x-3-4------------------------------------------------------------------------------------------------
D II-----------------x-1-2-x-3-4------------------------------------------------x-1-2-x-3-4------------------
A II---------------------------------x-1-2-x-3-4-----------------x-1-2-x-3-4---------------------------------
E II-------------------------------------------------x-1-2-x-3-4-------------------------------------------------
Exercício 23

G II-x-x-1-x-x-2-x-x-3-x-x-4-----------------------------------------------------------------------------------
D II--------------------------------x-x-1-x-x-2-x-x-3-x-x-4----------------------------------------------------
A II---------------------------------------------------------------x-x-1-x-x-2-x-x-3-x-4------------------------
E II-------------------------------------------------------------------------------------------x-x-1-x-x-2-x-x-3-

G II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
D II----------------------------------------x-x-1-x-x-2-x-x-3-x-x-4---------------------------------------------
A II---------x-x-1-x-x-2-x-x-3-x-x-4----------------------------------------------------------------------------
E II-x-x-4-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Observação: O número de repetições sugerido tem como intuito trabalhar a desenvoltura mínima
para cada exercício. Havendo a oportunidade, repita novamente os exercícios, descansando por
um minuto entre cada série.

www.dominiodamusica.com
Dia 8
Na rotina de hoje, damos início ao treino das articulações de notas. Em resumo, a ideia é tocar
duas notas ligando o som delas sem uso da mão direita. Nos exercícios a seguir, a letra H se
refere à técnica chamada Hammer-on. Essa articulação se dá quando tocamos uma primeira
nota, com o auxílio da mão direita fazendo soar essa nota, e martelamos a segunda nota
utilizando o próprio dedo da mão esquerda responsável por aquela casa.
Concentre-se na postura e pratique lentamente. Utilizaremos o mesmo padrão de digitação dos
exercícios 21 a 23. O número de repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 24

G II-1h2---------------------------------------2h3---3h4-----------------------------------------------------
D II-------1h2---------------------------2h3---------------3h4-----------------------------------------------
A II-------------1h2---------------2h3---------------------------3h4-----------------------------------------
E II-------------------1h2---2h3---------------------------------------3h4-----------------------------------

Exercício 25

G II-1h3---------------------------------------2h4---1h3---------------------------------------2h4-------
D II-------1h3---------------------------2h4---------------1h3---------------------------2h4--------------
A II-------------1h3---------------2h4---------------------------1h3---------------2h4--------------------
E II-------------------1h3---2h4---------------------------------------1h3---2h4--------------------------

Exercício 26

G II-1h4-------------------------------1h4--------------------------------------------------------------------
D II-------1h4-------------------1h4-------1h4-------------------1h4--------------------------------------
A II-------------1h4-------1h4-------------------1h4-------1h4--------------------------------------------
E II-------------------1h4-------------------------------1h4--------------------------------------------------
Exercício 27

G II-x-1h3-x-1h3---------------------------------------------------------------------------------------------
D II------------------x-2h4-x-2h4----------------------------------------------------x-2h4-x-2h4--------
A II-----------------------------------x-1h3-x-1h3------------------x-1h3-x-1h3-------------------------
E II----------------------------------------------------x-2h4-x-2h4------------------------------------------

Exercício 28

G II-x-1h3-x-2h4-x-x----------------------------------------------------------------------------------------
D II-----------------------x-1h3-x-2h4-x-x------------------------------------------------------------------
A II---------------------------------------------x-1h3-x-2h4-x-x--------------------------------------------
E II-------------------------------------------------------------------x-1h3-x-2h4-x-x----------------------

Observação: O número de repetições sugerido tem como intuito trabalhar a desenvoltura mínima
para cada exercício. Havendo a oportunidade, repita novamente os exercícios, descansando por
um minuto entre cada série.

www.dominiodamusica.com
Dia 9
Na rotina de hoje, daremos continuidade ao treino das articulações, tendo agora dois sons
ligados no sentido descendente. Ou seja, ligamos uma primeira nota a uma que seja mais baixa,
ou mais grave. O nome da técnica é Pull-Off e consiste em tocarmos a primeira nota com o
auxílio da mão direita, fazendo então soar uma nota anterior puxando levemente para baixo o
dedo que segura a primeira nota. É importante observar que o dedo correspondente à segunda
nota precisa estar pressionando a corda antes que puxemos o dedo da frente. Na tablatura, esse
recurso é indicado pela letra P. Utilizaremos o mesmo padrão de digitação dos exercícios 21 a
28. O número de repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 29

G II-2p1---------------------------------------3p2---4p2-----------------------------------------------------
D II-------2p1---------------------------3p2---------------4p2-----------------------------------------------
A II-------------2p1---------------3p2---------------------------4p2-----------------------------------------
E II-------------------2p1---3p2---------------------------------------4p2-----------------------------------

Exercício 30

G II-3p1-------------------------------3p1---4p2-------------------------------4p2------------------------
D II-------3p1-------------------3p1---------------4p2-------------------4p2------------------------------
A II-------------3p1-------3p1---------------------------4p2-------4p2------------------------------------
E II-------------------3p1---------------------------------------4p2------------------------------------------

Exercício 31

G II-4p1-------------------------------4p1--------------------------------------------------------------------
D II-------4p1-------------------4p1-------4p1-------------------4p1--------------------------------------
A II-------------4p1-------4p1-------------------4p1-------4p1--------------------------------------------
E II-------------------4p1-------------------------------4p1--------------------------------------------------

Exercício 32

G II-3p1-x-------------------------------------------------------4p2-x---------------------------------------
D II----------4p2-x--------------------------------------3p1-x-----------------------------------------------
A II-------------------3p1-x---------------------4p2-x-------------------------------------------------------
E II----------------------------4p2-x---3p1-x----------------------------------------------------------------

Observação: O número de repetições sugerido tem como intuito trabalhar a


desenvoltura mínima para cada exercício. Havendo a oportunidade, repita novamente
os exercícios, descansando por um minuto entre cada série.

www.dominiodamusica.com
Dia 10
Nas rotinas anteriores, treinamos dois tipos de articulação de notas: O Hammer-on, que é o ligado
ascendente; e o Pull-off, que é o ligado descendente. Na rotina de hoje, vamos unir essas duas
técnicas, além de outras já abordadas anteriormente. A partir daqui, utilizaremos o dedo indicador
(1) para tocar a 7a casa, o dedo médio (2) para tocar a 8a casa, o dedo anelar (3) para tocar a 9a
casa e o dedo mínimo (4) para tocar a 10a casa. Tente pressionar as cordas próximas aos trastes
que delimitam o final de cada casa. O número de repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 33

G II-7h9-9p7-------------------------------------------------------------7h9-9p7---8h10-10p8---------
D II-------------7h9-9p7-------------------------------------7h9-9p7---------------------------------------
A II-------------------------7h9-9p7-------------7h9-9p7---------------------------------------------------
E II-------------------------------------7h9-9p7---------------------------------------------------------------

G II------------------------------------------------------------------------------8h10-10p8--------------------
D II-8h10-10p8-----------------------------------------------8h10-10p8------------------------------------
A II-----------------8h10-10p8----------------8h10-10p8---------------------------------------------------
E II--------------------------------8h10-10p8------------------------------------------------------------------

Exercício 34

G II-7h9-x-8h10-------------------------------------------------------------------------------------------------
D II-----------------7h9-x-8h10---------------------------------------------------------------------------------
A II---------------------------------7h9-x-8h10------------------------------------9p7-x-10p8--------------
E II-------------------------------------------------7h9-x-8h10---9p7-x-10p8-------------------------------

G II-----------------9p7-x-10p8-------
D II-9p7-x-10p8-----------------------
A II---------------------------------------
E II---------------------------------------
Exercício 35

G II-7h8-8h9-9h10-10p9-9p8-8p7--------------------------------------------------------------------------
D II-----------------------------------------7h8-8h9-9h10-10p9-9p8-8p7----------------------------------
A II---------------------------------------------------------------------------------7h8-8h9-9h10--------------
E II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

G II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
D II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
A II-10p9-9p8-8p7-----------------------------------------------------------------------------------------------
E II---------------------7h8-8h9-9h10-10p9-9p8-8p7-------------------------------------------------------

Exercício 36

G II-7h8---------------------------9h10-------------------9p8------------------------------------------------
D II-------------8h9-----------------------8p7-------------------10p9-----------------------------------------
A II-------7h8-------------9h10---------------------9p8-------------------------------------------------------
E II-------------------8h9-----------------------8p7---------------------10p9---------------------------------

Observação: O número de repetições sugerido tem como intuito trabalhar a desenvoltura mínima
para cada exercício. Havendo a oportunidade, repita novamente os exercícios, descansando por
um minuto entre cada série.

Até aqui, trabalhamos um grande conjunto de movimentos e de técnicas para a mão


esquerda. Em alguns exercícios, vimos o grau de dificuldade variar em razão do tipo
de movimento e também da região do braço em que trabalhamos cada um.
É importante perceber que o início do braço do contrabaixo tem seus trastes mais
distantes, o que nos obriga a esticar mais a mão. Já quando exercitamos a partir da 5a
casa, notamos que as cordas ficam menos tensas e os trastes estão mais próximos.
Os exercícios abordados sugerem padrões na movimentação dos dedos que podem
ser praticados em diferentes regiões do braço. O mais importante nesse processo é
compreender o ponto chave de cada exercício e, aos poucos, adaptá-los às suas
próprias necessidades.

www.dominiodamusica.com
Dia 11
A partir da rotina de hoje, trabalharemos uma extensão maior do braço do contrabaixo. Os
exercícios serão representados por sequências de dedos que devem ser tocadas a partir de cada
uma das casas do instrumento. Cada dedo é representado por um número, sendo o indicador o
dedo 1, o médio o dedo 2, o anelar o dedo 3 e o mínimo o dedo 4.
Começaremos pela primeira casa da primeira corda e seguiremos subindo pelas cordas, tendo
cada dedo digitando em uma casa diferente, até completar a sequência na última corda.
Repetimos o mesmo processo então descendo pelas cordas, até executarmos novamente a
sequência de dedos na primeira corda a partir da primeira casa. Após isso, reiniciaremos todo o
processo a partir da 2a casa, depois da 3a, da 4a, e assim por diante.

THINK, WRITE, CREATE


Entenda o raciocínio através da tablatura abaixo:

Digitação
1234
UNBLOCK 1 2 34
G II-1-2-3-4--------------------------------------------------------1-2-3-4---2-3-4-5-----------------------
D II------------1-2-3-4----------------------------------1-2-3-4-------------------------2-3-4-5------------

YOUR MIND
A II-----------------------1-2-3-4------------1-2-3-4----------------------------------------------------------
E II----------------------------------1-2-3-4---------------------------------------------------------------------

Digitação
1 2 3 4... etc..
G II--------------------------------------------2-3-4-5---3-4-5-6---------------------------------------------
D II---------------------------------2-3-4-5-------------------------3-4-5-6----------------------------------
A II-2-3-4-5------------2-3-4-5----------------------------------------------3-4-5-6-etc..-----------------
E II------------2-3-4-5------------------------------------------------------------------------------------------

Exercício 38

Comece na primeira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.
Digitação 1 2 3 4

Exercício 39

Comece na primeira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.
Digitação 1 2 4 3

www.dominiodamusica.com
Dia 12

Seguindo adiante o raciocínio da rotina anterior, continuamos trabalhando a permutação dos


dedos, começando na primeira casa da primeira corda e seguindo até a última corda, depois
desça novamente até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o
padrão até alcançar a 12a casa com o dedo 4.

Exercício 40

Comece na primeira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a
12a casa com o dedo 4
Digitação 1 3 2 4

Exercício 41

Comece na primeira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a
12a casa com o dedo 4

Digitação 1 3 4 2

www.dominiodamusica.com
Dia 13

Continuando o trabalho das rotinas anteriores, continuamos trabalhando a permutação dos


dedos, começando na primeira casa da primeira corda e seguindo até a última corda, depois
desça novamente até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o
padrão até alcançar a 12a casa com o dedo 4.

Exercício 42

Comece na primeira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a
12a casa com o dedo 4

Digitação 1 4 2 3

Exercício 43

Comece na primeira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a
12a casa com o dedo 4
Digitação 1 4 3 2

Até aqui, exercitamos a primeira série da permutação digital. Começando pelo dedo 1
e combinando o movimento dos outros dedos a partir disso.

www.dominiodamusica.com
Dia 14

Nesta rotina, damos início à prática da segunda série da permutação digital. A partir daqui,
começaremos sempre pela nota do segundo dedo, tocando o restante da sequência de acordo
com cada exercício. Comece pela primeira corda, subindo até a última e descendo até alcançar
a primeira corda novamente. Depois disso, recomece a partir do próximo traste, indo por diante
até que seu dedo 4 alcance a 12a casa.

Exercício 44
Comece na segunda casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4
Digitação 2 1 3 4

Exercício 45
Comece na segunda casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4
Digitação 2 1 4 3

Exercício 46
Comece na segunda casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4

Digitação 2 3 1 4

www.dominiodamusica.com
Dia 15

Nesta rotina, continuaremos o treino da segunda série da permutação digital. Siga as mesmas
instruções do dia anterior.

Exercício 47
Comece na segunda casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4
Digitação 2 3 4 1

Exercício 48
Comece na segunda casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4

Digitação 2 4 1 3

Exercício 49
Comece na segunda casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4

Digitação 2 4 3 1

www.dominiodamusica.com
Dia 16
A partir daqui, daremos início à terceira série da permutação digital. Começaremos sempre pela
nota do terceiro dedo, tocando o restante da sequência de acordo com cada exercício. Comece
pela primeira corda, subindo até a última e descendo até alcançar a primeira corda novamente.
Depois disso, recomece a partir do próximo traste, indo por diante até que seu dedo 4 alcance a
12a casa.

Exercício 50
Comece na terceira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4

Digitação 3 1 2 4

Exercício 51
Comece na terceira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4

Digitação 3 1 4 2

www.dominiodamusica.com
Dia 17

Seguimos ainda as instruções do dia anterior, dando sequência à prática da terceira série da
permutação digital.

Exercício 52
Comece na terceira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.
Digitação 3 2 1 4

Exercício 53
Comece na terceira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.
Digitação 3 2 4 1

Exercício 54
Comece na terceira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.

Digitação 3 4 1 2

Exercício 55
Comece na terceira casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente
até a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.

Digitação 3 4 2 1

www.dominiodamusica.com
Dia 18
Hoje, damos início à prática da quarta série da permutação digital. A partir daqui, começaremos
sempre pela nota do terceiro dedo, tocando o restante da sequência de acordo com cada
exercício. Comece pela primeira corda, subindo até a última e descendo até alcançar a primeira
corda novamente. Depois disso, recomece a partir do próximo traste, indo por diante até que seu
dedo 4 alcance a 12a casa.

Exercício 56
Comece na quarta casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente até
a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.
Digitação 4 1 2 3

Exercício 57
Comece na quarta casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente até
a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.
Digitação 4 1 3 2

Exercício 58
Comece na quarta casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente até
a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.
Digitação 4 2 1 3

www.dominiodamusica.com
Dia 19

Nesta rotina, concluiremos a prática da quarta série da permutação digital. Siga as mesmas
instruções do dia anterior.

Exercício 59
Comece na quarta casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente até
a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.
Digitação 4 2 3 1

Exercício 60
Comece na quarta casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente até
a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.
Digitação 4 3 1 2

Exercício 61
Comece na quarta casa da primeira corda e siga até a última corda, depois desça novamente até
a primeira corda. Reinicie o exercício pela casa seguinte e repita o padrão até alcançar a 12a
casa com o dedo 4.
Digitação 4 3 2 1

www.dominiodamusica.com
Dia 20
Agora que já percorremos por todas as notas do braço, até a décima segunda casa, usando todas
as séries de combinações dos dedos da mão esquerda, começaremos a nos importar também
com a nomeclatura das notas que estamos tocando. Nos próximos exercícios, você encontrará
uma tablatura de apenas uma corda. O objetivo é treinar apenas uma corda por vez, tocando
cada nota que se pede e falando o seu nome em voz alta. Observe que, ao seguirmos pela corda
no sentido ascendente, em direção ao agudo, nomeamos as notas acidentadas usando o
sustenido (#). Enquanto no sentido descendente, em direção ao grave, nomeamos os acidentes
usando o bemol (b).

Exercício 62

Toque as notas indicadas na tablatura abaixo, falando o nome de cada nota em voz alta.
Essa é a representação da corda Sol.
Tablatura
G II-0--1--2--3--4--5--6--7--8--9--10--11--12--12---11--10--9--8--7--6--5--4--3--2--1--0--

Ordem das notas (ascendente)


Sol Sol# Lá Lá# Si Dó Dó# Ré Ré# Mi Fá Fá# Sol

Ordem das notas (descendente)


Sol Solb Fá Mi Mib Ré Réb Dó Si Sib Lá Láb Sol

Exercício 63

Toque as notas indicadas na tablatura abaixo, falando o nome de cada nota em voz alta.
Essa é a representação da corda Ré.

Tablatura
D II-0--1--2--3--4--5--6--7--8--9--10--11--12--12---11--10--9--8--7--6--5--4--3--2--1--0--

Ordem das notas (ascendente)


Ré Ré# Mi Fá Fá# Sol Sol# Lá Lá# Si Dó Dó# Ré

Ordem das notas (descendente)


Ré Réb Dó Si Sib Lá Láb Sol Solb Fá Mi Mib Ré

www.dominiodamusica.com
Dia 21
Na rotina de hoje, seguimos adiante no mapeamento das notas de uma mesma corda.

Exercício 64
Toque as notas indicadas na tablatura abaixo, falando o nome de cada nota em voz alta.
Essa é a representação da corda Lá.

Tablatura
A II-0--1--2--3--4--5--6--7--8--9--10--11--12--12---11--10--9--8--7--6--5--4--3--2--1--0--

Ordem das notas (ascendente)


Lá Lá# Si Dó Dó# Ré Ré# Mi Fá Fá# Sol Sol# Lá

Ordem das notas (descendente)


Lá Láb Sol Solb Fá Mi Mib Ré Réb Dó Si Sib Lá

Exercício 65

Toque as notas indicadas na tablatura abaixo, falando o nome de cada nota em voz alta.
Essa é a representação da corda Mi.

Tablatura
E II-0--1--2--3--4--5--6--7--8--9--10--11--12--12---11--10--9--8--7--6--5--4--3--2--1--0--

Ordem das notas (ascendente)


Mi Fá Fá# Sol Sol# Lá Lá# Si Dó Dó# Ré Ré# Mi

Ordem das notas (descendente)


Mi Mib Ré Réb Dó Si Sib Lá Láb Sol Solb Fá Mi

www.dominiodamusica.com
Dia 22
Na rotina de hoje, vamos tocar as notas organizadas em escalas na primeira região do braço do
contrabaixo. Teremos o dedo 1 posicionado na primeira casa e os demais posicionados nas
casas seguintes. Sempre próximos aos trastes que delimitam o final da respectiva casa. O
número de repetições para cada exercício é de 10 vezes.

A partir daqui, é importante que você se esforce para memorizar a posição de cada nota
indicada, inclusive quando se tratar de uma corda solta. Use o conhecimento exercitado nas
rotinas anteriores para notar a lógica da disposição das notas nesta região. Aproveite e exercite
o seu ouvido.

Exercício 66

Toque as notas indicadas na tablatura abaixo se referindo a elas pelo nome, em voz alta.

G II-------------------------0-2-4-2-0----------------------------------------------------------------------------
D II-----------------0-2-3---------------3-2-0--------------------------------------------------------------------
A II---------0-2-3-------------------------------3-2-0------------------------------------------------------------
E II-0-1-3-----------------------------------------------3-1-0----------------------------------------------------

Exercício 67

Toque a sequência de notas abaixo, começando da nota mais grave para a mais aguda.
Mi Sol Lá Dó Ré Mi Sol Lá

Exercício 68

Toque a sequência de notas abaixo, começando da nota mais grave para a mais aguda.
Para esse exercício, tenha o dedo 1 posicionado na segunda casa do braço, com os demais
posicionados nas casas seguintes.

Mi Sol Lá Si Ré Mi Sol Lá Si

www.dominiodamusica.com
Dia 23
Na rotina de hoje, vamos tocar as notas organizadas em escalas na segunda região do braço do
contrabaixo. Teremos o dedo 1 posicionado na segunda casa e os demais posicionados nas
casas seguintes. Sempre próximos aos trastes que delimitam o final da respectiva casa. Para
delimitarmos bem esta região do braço, não devemos tocar nenhuma corda solta. O número de
repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 69

Toque as notas indicadas na tablatura abaixo se referindo a elas pelo nome, em voz alta.

G II----------------------2-4-5-4-2--------------------------------------------------------------------------------
D II--------------2-3-5---------------5-3-2-----------------------------------------------------------------------
A II------2-3-5-------------------------------5-3-2---------------------------------------------------------------
E II-3-5-----------------------------------------------5-3----------------------------------------------------------

Exercício 70

Toque a sequência de notas abaixo, começando da nota mais grave para a mais aguda.

Sol Lá Dó Ré Mi Sol Lá Dó

Exercício 71

Toque a sequência de notas abaixo, começando da nota mais aguda para a mais grave.
A primeira nota estará na primeira corda, e vamos seguindo em direção à última corda.
Si Lá Sol Mi Ré Si Lá Sol

www.dominiodamusica.com
Dia 24
Na rotina de hoje, vamos tocar as notas organizadas em escalas na terceira região do braço do
contrabaixo. Teremos o dedo 1 posicionado na quinta casa e os demais posicionados nas casas
seguintes. Sempre próximos aos trastes que delimitam o final da respectiva casa. Para
delimitarmos bem esta região do braço, não devemos tocar nenhuma corda solta. O número de
repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 72

Toque as notas indicadas na tablatura abaixo se referindo a elas pelo nome, em voz alta.

G II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
D II-----------------5-7-5------------------------------------------------------------------------------------------
A II---------5-7-8---------8-7-5----------------------------------------------------------------------------------
E II-5-7-8-------------------------8-7-5--------------------------------------------------------------------------

Exercício 73

Toque as notas indicadas na tablatura abaixo se referindo a elas pelo nome, em voz alta.
Note desta vez a digitação sugerida acima da tablatura.

Dedos
1 34 1 3 4 1 4 1 2 4 2 1 41 4 3 1 4 3 1
G II-----------------------4-5-7-5-4------------------------------------------------------------------------------
D II-----------------5-7---------------7-5-------------------------------------------------------------------------
A II---------5-7-8--------------------------8-7-5-----------------------------------------------------------------
E II-5-7-8------------------------------------------8-7-5---------------------------------------------------------

Exercício 74

Toque a sequência de notas abaixo, começando da nota mais grave para a mais aguda.
Na sequência, inverta a ordem e diga os nomes das notas em voz alta.
Lá Dó Ré Fá Sol Lá Dó Ré

Exercício 75

Toque a sequência de notas abaixo, começando da nota mais grave para a mais aguda.
Na sequência, toque na ordem invertida e diga os nomes das notas em voz alta.
Lá Si Ré Mi Sol Lá Si Ré

www.dominiodamusica.com
Dia 25
Na rotina de hoje, vamos tocar as notas organizadas em escalas na quarta região do braço do
contrabaixo. Teremos o dedo 1 posicionado na sétima casa e os demais posicionados nas casas
seguintes. Sempre próximos aos trastes que delimitam o final da respectiva casa. Para
delimitarmos bem esta região do braço, não devemos tocar nenhuma corda solta. O número de
repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 76

Toque as notas indicadas na tablatura abaixo se referindo a elas pelo nome, em voz alta.

G II------------------------------7-9-10-9-7----------------------------------------------------------------------
D II---------------------7-9-10----------------10-9-7------------------------------------------------------------
A II-----------7-8-10------------------------------------10-8-7--------------------------------------------------
E II-7-8-10--------------------------------------------------------10-8-7----------------------------------------

Exercício 77

Toque a sequência de notas abaixo, começando da nota mais grave para a mais aguda.
Na sequência, toque na ordem invertida e diga os nomes das notas em voz alta.
Si Ré Mi Sol Lá Si Ré Mi

Exercício 78

Toque a sequência de notas abaixo, começando da nota mais grave para a mais aguda.
Na sequência, toque na ordem invertida e diga os nomes das notas em voz alta.

Dó Ré Fá Sol Lá Dó Ré Fá

www.dominiodamusica.com
Dia 26
Na rotina de hoje, vamos tocar as notas organizadas em escalas na quinta região do braço do
contrabaixo. Teremos o dedo 1 posicionado na décima casa e os demais posicionados nas casas
seguintes. Sempre próximos aos trastes que delimitam o final da respectiva casa. Para
delimitarmos bem esta região do braço, não devemos tocar nenhuma corda solta. O número de
repetições para cada exercício é de 10 vezes.

Exercício 79

Toque as notas indicadas na tablatura abaixo se referindo a elas pelo nome, em voz alta.
Note desta vez a digitação sugerida acima da tablatura.

Dedos
1 3 4 1 4 1 2 4 1 2 4 2 1 4 2 1 4 1 4 2 1
G II----------------------------------9-10-12-10-9------------------------------------------------------------
D II-----------------------9-10-12-------------------12-10-9-------------------------------------------------
A II--------------10-12------------------------------------------12-10-----------------------------------------
E II-10-12-13-----------------------------------------------------------13-12-10----------------------------

Exercício 80

Toque a sequência de notas abaixo, começando da nota mais grave para a mais aguda.
Na sequência, toque na ordem invertida e diga os nomes das notas em voz alta.

Ré Fá Sol Lá Dó Ré Fá Sol

Exercício 81

Toque a sequência de notas abaixo, começando da nota mais grave para a mais aguda.
Na sequência, toque na ordem invertida e diga os nomes das notas em voz alta.

Ré Mi Sol Lá Si Ré Mi Sol

Até aqui, trabalhamos sequências melódicas em disposição de escalas. Na teoria da


harmonia musical, encontramos a justificativa para a formação e para a utilização de
cada uma delas. No entanto, o nosso objetivo aqui é o de nos familiarizar com as
cinco regiões do braço do contrabaixo, tendo essas notas como referência e como
critério na escolha da digitação.

www.dominiodamusica.com
Dia 27
Na rotina de hoje, trabalharemos alguns exercícios que englobam os vários pontos abordados
até aqui. O ritmo dos exercícios a seguir é livre. Tente cantar o nome das notas, afim de
experimentar mais do reflexo psicomotor. Ou seja, “afinar” a digitação com a intenção musical.

Exercício 82

Toque a frase melódica abaixo, cantando o nome das notas e observando as articulações
indicadas.

G II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
D II----------10p9-----7-------------------------------------------------------------------------------------------
A II-7-8p7---------10---------------------------------------------------------------------------------------------
E II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Exercício 83

Toque a frase melódica abaixo, cantando o nome das notas e observando as articulações
indicadas.

G II-------4-7-7-4-4h5-5-------------4-7-7-7-5-5p4---------------------------------------------------------
D II-5p7---------------------------5p7----------------------------------------------------------------------------
A II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
E II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

www.dominiodamusica.com
Dia 28
Na rotina de hoje, continuamos o exercício da prática da técnica associada ao nosso ouvido e à
nossa percepção. Tente tocar cada exercício da forma mais musical possível. Use a distância
entre os números como inspiração para prolongar a nota ou usar pausas.

Exercício 84

Toque a frase melódica abaixo, cantando o nome das notas e observando as articulações
indicadas.

G II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
D II-2h3h5-5-----2h3h5-5----2h3h5-3p2----------2--------------------------------------------------------
A II------------------------------------------------5----------3-----------------------------------------------------
E II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Exercício 85

Toque a frase melódica abaixo, cantando o nome das notas e observando as articulações
indicadas.

G II-----9-----10p9----------------------------9------10h12---------------------------------------------------
D II-10---12---------------12p10--------10----12-----------9h10-------------------------------------------
A II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
E II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

www.dominiodamusica.com
Dia 29
Na nossa penúltima rotina, vamos exercitar um trecho um pouco maior do braço.
Toque os exercícios da forma mais musical possível, usando os espaços na tablatura como
inspiração para prolongar notas ou propor pausas.

Exercício 86

Toque a frase melódica abaixo, cantando o nome das notas e observando as articulações
indicadas.

G II------------------------------11---------------------------------------------------------------------------------
D II-----------------11-----------------11--------------------------------------------------------------------------
A II----0----9h12--------------------------12p9---0-------------------------------------------------------------
E II-2----9-----------------------------------------9-----------2---------------------------------------------------

Exercício 87

Toque a frase melódica abaixo, cantando o nome das notas e observando as articulações

G II-12p9---------0--------------------------------------------------12------------------------------------------
D II---------12p9----0----0--------------------0------9--12----------------------------------------------------
A II-----------------------2-------------------2--------------------------------------------------------------------
E II-------------------------------------3---------------------------------------------------------------------------

www.dominiodamusica.com
Dia 30
Na nossa última rotina, escolhi dois riffs que toco na minha banda e que me exigem grande
concentração na digitação da mão esquerda e também no equilíbrio do pizzicato na mão direita.
Isolei essas frases como exercícios para que você consiga trabalhar a melhor sonoridade
possível. Observe com atenção a digitação escolhida para a minha prática. O número de
repetições para cada riff é de 20 vezes.

Exercício 88

Toque o riff abaixo repetidamente,com o auxílio de um metrônomo. Você deve começar devagar,
tendo cada nota em um click marcação e ir aumentando a velocidade aos poucos, a cada 4
repetições.

Digitação
1 2 3 1 3 1 4 1 3 1 41 4 1 3
G II--------------------------2--------------------------------------------------------------------------------------
D II---------2-------4-2-------4-2-4-2---------------------------------------------------------------------------
A II-2-3-4----4-2-------4---------------4------------------------------------------------------------------------
E II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Exercício 89

Toque o riff abaixo repetidamente,com o auxílio de um metrônomo. Você deve começar devagar,
tendo cada nota em um click marcação e ir aumentando a velocidade aos poucos, a cada 4
repetições. Observe a barra (/) entre o Si e o Dó# da primeira corda. Vamos articular o som
dessas duas casas arrastando o dedo de uma nota até a outra. Observe a indicação na
digitação.

Digitação
4 1 34 1 34 1 3 4 1
G II-4-2----4-2---4-2----4/6-2----------------------------------------------------------------------------------
D II-------4------4------4----------------------------------------------------------------------------------------
A II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
E II------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

www.dominiodamusica.com
Conclusão
Parabéns! Você chegou até aqui, passando por uma coleção de exercícios
especialmente desenvolvidos para a sua evolução técnica no contrabaixo elétrico.
Foram trinta dias de rotinas que te ajudaram a perceber as sutilezas da técnica
instrumental para instrumentos de cordas.

A partir daqui, sei que você está um tanto mais confiante e também mais
consciênte de sua própria desenvoltura.

Sugiro que volte ao início e que comece tudo novamente. Afinal, essas são
algumas das práticas que nunca abandonamos. Sem mencionar ainda que o seu
poder de análise sobre qualquer um dos exercícios estará mais refinado. Dentre os
pontos trabalhados, vimos também a importância da disciplina, do foco, da
coordenação e da resistência.

Tendo praticado e compreendido o objetivo de cada exercício,


considere-se apto ao próximo nível.
Aguardo você
por lá!

Filipe Marks
Conheça mais sobre nós
A Domínio da Música Escola Online é uma inciativa de
quatro amigos que sempre acreditaram no poder
transformador da música nas pessoas.

Além de tocarmos nossos instrumentos musicais


favoritos, somos testemunhas verdadeiras de que
podemos encontrar grandes amizades e viver sempre
boas histórias através da música.

A nossa escola funciona no formato virtual, bastando um


computador, tablet ou smartphone conectado à internet
para nos comunicarmos e trocarmos conhecimento a
partir de qualquer lugar do mundo.

Contamos com vasta habilidade e expertise na criação


de produtos pedagógicos de qualidade voltado para
diferentes instrumentos, programas de entretenimento
musical, tutoriais, masterclasses, dicas, além de canais
de informação musical e muito mais.

A nossa diretoria é formada por Bruno Morais, Daniel


Pina, Phillipe Lobo e Filipe Marks.
E, junto de suas equipes, estão sempre disponíveis para
te ajudar a realizar o sonho de tocar um instrumento e se
expressar através da música!

Transformar a vida das pessoas a apenas um clique de


distância... Essa é a nossa ideia.

Prazer, nós somos a Domínio da Música!


ESTÁ CHEGANDO UMA GRANDE
NOVIDADE PARA OS AMANTES DA
GRAVIDADE!!!

E essa é a oportunidade para você que


sempre quis:

Entender detalhadamente sobre a gravação


do contrabaixo em uma música.
Saber como superar os maiores desafios na
composição de linhas, frases e grooves.
Conhecer equipamentos profissionais de
gravação.
Aprender técnicas que ajudam a dar aquele
salto adiante na linguagem do contrabaixo?
Conhecer um dos melhores estúdios da
América Latina.
Passar um dia junto de um dos baixistas mais
reconhecidos do país, em seu local predileto
de trabalho?

VEM AÍ A...
Masterclass
BASS HEAVY
com
METAL
Filipe Marks

Destrinchando suas linhas de baixo matadoras no ep


SEASONS OF A MAN
01 de junho
no Estúdio SONASTÉRIO
Aprenda sobre: Belo Horizonte/MG

- Timbre e pegada
- Pizzicato comum e
3 dedos
- Power Chords
- Arpejos
- Articulações
de notas
- Células rítmicas Uma parceria
- Groovando com
a bateria
- Slap
- Frases melódicas
- Contraponto

E muito mais! Maiores informações em


dominiodamusica.com
Realização

Uma escola de música ao alcance de todos!


www.dominiodamusica.com