Você está na página 1de 3

Ministério da Justiça

Secretaria Nacional de Segurança Pública


Curso de Especialização em Operações de Choque – Nível Multiplicador

Disciplina 2: Treinamento Físico


Objetivo: Estabelecer condições para que o discente do curso possa:
1. Ampliar os conhecimentos para:
 Conhecer os princípios norteadores da atividade física;
 Conhecer os efeitos fisiológicos da atividade física;
 Identificar os principais sistemas energéticos utilizados para
auxiliar o desenvolvimento do condicionamento físico;
 Conhecer e Identificar as formas de treinamento físico, os tipos
de aquecimentos e alongamentos que serão executados nas
atividades físicas.
 Conhecer os tipos de aquecimentos e alongamentos que serão
executados antes e depois das atividades.
 Obter resistência, coordenação, tolerância, cooperação, espírito
de corpo, equilíbrio emocional e autoconfiança.

2. Desenvolver habilidades para:


 Manter o trabalho de resistência, coordenação, tolerância,
cooperação, espírito de corpo, equilíbrio emocional,
autoconfiança e coragem.

3. Fortalecer suas atitudes para:


 Pautar sua atuação pelo respeito, liderança e companheirismo;
 Defender a manutenção do treinamento contínuo visando à
melhoria e desenvolvimento do condicionamento físico.
 Manter ou recuperar a aptidão física necessária para o
desempenho da missão da de comandante de tropa de choque;
Assegurar o adequado condicionamento físico para o
desempenho da missão.

1. Conceitual:
 Princípios norteadores da atividade física;
 Efeitos fisiológicos da atividade física.

2. Procedimental:
 Exercícios físicos aeróbicos, como: caminhadas, corridas e
Ementa: natação;
 Exercícios anaeróbicos, como: exercícios localizados e corridas
de velocidade.
3. Atitudinal:
 Aptidão e condicionamento físico necessário para o desempenho
na missão de Operações de Choque.

Carga horária: 20 (vinte) horas-aula


Quantidade de Docentes 02 (dois) Docentes; 01(um) instrutor; 01(um) monitor.
Visando a uma dinamicidade no processo de ensino/aprendizagem, bem
como ao alcance dos objetivos propostos de maneira eficiente e
Justificativa para mais de
considerando o caráter prático da disciplina, a variedade de exercícios e
um docente na Disciplina
desgaste físico dos professores, bem como acompanhamento e
monitoramento para eventuais dificuldades, lesões e acidentes.
Serão demonstrados os princípios, efeitos fisiológicos da atividade física.
Metodologia: Em seguida será feita a demonstração das atividades a serem executadas
pelos discentes ao longo do curso.
 Manual de Campanha C20-20, Treinamento Físico Militar. Exército
Brasileiro, 3ª ed. Brasília: EGGCF, 2002.
 NEWSHOLME, E. A. Corrida: Ciência do Treinamento e
Bibliografia Básica: Desempenho. 1ª ed. São Paulo: Phort Editora, 2006.
 TUBINO, Manoel José Gomes; MOREIRA, Sergio Bastos.
Metodologia Cientifica do Treinamento Dasportivo. 13ª ed. Revista
e Ampliada. Rio de Janeiro: Shape, 2003.

Área Temática V: Valorização profissional e saúde do trabalhador.


Articulação com a MCN: Área Temática VIII: Funções, técnicas e procedimentos em segurança
pública.
Modalidade: Presencial
A avaliação será por meio da realização do TAF (teste de aptidão física)
Avaliação:
que segue uma planilha de avaliação específica, constante em anexo.
Coordenador-Geral de Análise e Desenvolvimento de Pessoal/CGDESP
DEPAID - SENASP