Você está na página 1de 58

Sistema e Cadastro e-MEC

Regulação, Avaliação e Supervisão da Educação Superior Outubro/2018

Coordenação Geral de Gestão de Informação de Regulação e Supervisão da Educação Superior - CGGIRES


Diretoria de Política Regulatória - DPR
Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior - SERES

Antes de decidir, pense no estudante.


Regulação da Educação Superior - Base Legal
Constituição Federal (Art. 6º, Capítulo III e art. 242)
Lei nº 9.394/1996 (Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB)

Lei nº 10.861/2004 (Sistema Nacional de Avaliação da Educação


Superior – SINAES)

Decreto nº 9.057/2017 Novo Marco Regulatório EAD

Portaria Normativa MEC nº 11/2017


Substitui Dec. 5.773/06 e PN 40/07
Decreto nº 9.235/2018
Portarias Normativas MEC nºs: 19*, 20, 21, 22, 23/2017
Portaria Normativa nº 24/2017 (Calendário Regulatório 2018)

Outras Portarias, Instruções Normativas e Despachos


editados pelo MEC e pela SERES
Setembro - 2014
Regulação da Educação Superior - Base Legal
Portarias que regulamentam o Decreto nº 9.235/2017
Nº Portaria Assunto
19/2017 Procedimentos de competência do INEP referentes à avaliação de
840/2018* IES, de cursos de graduação e de desempenho acadêmico de
estudantes.
20/2017* Procedimentos e padrão decisório dos processos de
credenciamento, recredenciamento, autorização, reconhecimento
e RR de cursos superiores, bem como seus aditamentos, nas
modalidades presencial e a distância.
21/2017 Sistema e-MEC e Cadastro Nacional de Cursos e Instituições de
Educação Superior - Cadastro e-MEC.
22/2017* Procedimentos de supervisão e monitoramento de IES e de cursos
de graduação e de pós graduação lato sensu, nas modalidades
presencial e a distância.
23/2017* Fluxos dos processos de credenciamento e recredenciamento de
IES e de autorização, reconhecimento e RR de cursos superiores,
bem como seus aditamentos.
Entes Envolvidos na Regulação
da ES Conselhos
Federais de
Regulamentação
Ministro Profissional

Comissão Nacional de Conselho Nacional de


Avaliação de ES Educação CNS
(CONAES) (CNE)

OAB
SERES INEP

Comissão Técnica de CONFEA


Acompanhamento da Avaliação
(CTAA)
Mantenedoras CAU
Diretoria de
Instituições de Avaliação da ES
Educação
Superior
(DAES) ...
SERES - Estrutura
Secretaria de Regulação e Supervisão da
Educação Superior - SERES

Chefia de Gabinete Assessoria

CG Planejamento e
Núcleo de Apoio ao PI
Gestão
(NAPI)

Diretoria de Política Regulatória Diretoria de Regulação da ES Diretoria de Supervisão da ES


(DPR) (DIREG) (DISUP)
CG AUT, CRED e RECRED
CG Legislação e Normas (CGCIES) CG Supervisão Ordinária
(CGLNRS) (CGSO)
CG REC e RR
Gestão e-MEC* (CGARCES)
CG Cadastro CG Supervisão Especial
(CGGIRES) (CGSE)
CG Aditamentos
(CGFPR) CG Monitoramento Áreas
CG CEBAS
(CGCEBAS) Estratégicas
CG EAD
(CGMAE)
(COREAD)
CG Chamamentos Públicos
*Módulos de avaliação são de (CGCP)
gestão do INEP
Sistema e-MEC

Sistema eletrônico de fluxo de trabalho e gerenciamento de


informações relativas aos processos de regulação, avaliação e
supervisão da educação superior no sistema federal de
educação.

Sistema responsável por manter as informações do Cadastro


Nacional de Instituições e Cursos da Educação Superior.

Instituído pela PN nº 40/2007, regulamentado atualmente pela


PN nº 21, de 21 de dezembro de 2017.
Sistema e-MEC

PERFIS - INSTITUIÇÃO

Representante Legal Procurador Institucional Auxiliar Institucional


(RL) (PI) (AI)
-Comunicados -Comunicados -Acompanha processos,
-Realiza o 1º acesso; -Abre e Acompanha conforme habilitação
-Cadastra Mantida(s); processos. pelo PI (Diligência,
-Cadastra/substitui o PI; Credenciamento / Recurso, Impugnação de
-Abre processos de Recredenciamento; Relatório;
transferência de Autorização / Arquivamento e
Reconhecimento / Renovação
mantença e unificação Formulário Eletrônico)
de curso / Aditamentos.
de mantidas.
Fluxo dos Processos de Credenciamento/
Recredenciamento
Fluxo dos Processos de
Autorização/Reconhecimento/RR
Alteração PN 23/2018, art. 28
Prazo: 30d + 30d
Em todos os processos de
Autorização e nos de
Reconhecimento para os
cursos do Art. 41, Dec.
9.235/17
Fluxo de Protocolo Compromisso – Recred/RR

Se RECREDENCIAMENTO

Parecer CNE GM Portaria


SERES
Recredenciamento – Protocolo de Compromisso

Proposta
Protocolo Deferir ? Supervisão –
Compromisso Processo
S N
Administrativo
N Parecer
Aceitar ? Pós PC
S

Termo de
Cumprimento

Manifestação
IES N
Avaliação S
CTAA
PC
Impugnar ?
Manifestação
Secretaria
Sistema e-MEC
Manuais e
Acesso FAQ e
Orientações
Legislação da página
da SERES

Acesso do Acesso do
RL PI e AI
Sistema e-MEC

Acesso aos
comunicados enviados
Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

<Nome do PI>

Alterar a IES de acesso Lista os processos para


acompanhamento / ações do
PI
<Nome do PI> Acesso rápido a processos
com ações a serem tomadas
COMUNICADOS pelo PI
Relevante canal
de
Comunicação
entre SERES e IES,
em especial,
com os Pis, além
das informações
sobre a
movimentação
dos processos.
Sistema e-MEC

Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

Alterações de menor relevância <Nome do PI>

Visualiza / altera dados do curso:


• Carga horária;
• Periodicidade;
• Distribuição de vagas nos turnos.

Visualiza / altera
dados do
coordenador

Visualiza os polos de
curso EaD / Distribui
vagas

Visualiza Local de
Oferta Curso
Presencial

Visualiza ATOS do
Curso
Sistema e-MEC

Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

<Nome do PI>

Dados da mantida Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

<Nome do PI>

Manter atualizados: Nome Inst Educação Superior


Telefone; Fax; Site e e-
mail.

Categoria Administrativa: corresponde à Natureza Jurídica da mantenedora

Privadas SEM fins lucrativos:


 Filantrópica – informação correspondente a CEBAS Educação válido ou não (a partir de processo
CGCEBAS);
 Comunitária – a partir da Lei 12.881 de 12/11/2013, deixou de ser informação declaratória e corresponde a
qualificação concedida a partir de processo físico da IES (Portaria SERES/MEC nº 863/2014).
 Confessional – informação declaratória (solicitação pelo Fale Conosco)
Sistema e-MEC
Cadastro de Cursos de
Especialização
 Instituído pela Resolução
Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada CNE/CES nº 2/2014
 Conforme Despacho
<Nome do PI> SERES nº 194/2014
suspensa a
Dados de Curso de Especialização obrigatoriedade para
informar corpo docente
 Cursos de Residência
Médica não devem ser
inscritos nesse cadastro e
sim nos sistemas próprios;
 Prazo para o cadastro
dos cursos do passivo
encerrado em 02/2015
(IN º 4/2014)
 Cadastro das novas
ofertas – devem ser
inscritos até 60 dias do
início de funcionamento
(PN 21/2017)
 Cursos EAD e presenciais
devem ter os locais de
oferta vinculados. (PN
21/2017)
Sistema e-MEC

Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

Auxiliar Institucional <Nome do PI>

Inserir novo AI

999.999.999-99

999.999.999-99
Sistema e-MEC
Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

<Nome do PI>

Dados do PI

Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

<Nome do PI>

999,999,999-99

<Nome do PI> Alteração do PI


 A alteração do
Procurador Educacional
Institucional (PI) deve ser
realizada pelo
Representante Legal da
IES, quando necessário.
Manter atualizados:  Em caso de férias do PI
Telefone; Fax; e-mail e (titular), o ideal é que o
Cargo. substituto seja
Os dados de contato são cadastrado para acessar
utilizados pela equipe do o sistema durante a
atendimento e do Cadastro ausência do PI.

17
Sistema e-MEC

Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

<Nome do PI>

Endereços da IES

• É possível consultar os endereços vinculados à IES a partir de filtros como: denominação, código do
endereço, situação (em atividade ou extinto), pelo tipo de endereço (unidade acadêmica, polo,
polo UAB, unidade administrativa/reitoria).
• O filtro ambiente permite selecionar os endereços que estão apenas no cadastro, na regulação ou
nos dois, facilitando a gestão.
• Conforme Decreto 9.067/2017, os polos EaD passam a ser criados pela IES por ato próprio de seu
órgão colegiado, com isso foram criadas marcações que indicam a origem.
18
Sistema e-MEC
(Cód) - Inst Educação Superior
(CPF do PI ) - <Nome do PI >

- Cadastro: endereços que são apresentados na visão pública do cadastro e que são migrados
para os demais programas.
- Regulação: endereços com esta marcação são disponibilizados para que as instituições
vinculem aos processos regulatórios.
As marcações de polo só são apresentadas para endereços do Cadastro.
19
Pessoal envolvido nas atividades
de oferta EaD, como
Endereços da IES – Alterar dados
Coordenador, tutor, docente...

Cadastro de instalações e
recursos do local de oferta
Apresenta processos
associados ao endereço

Manter atualizados os
Comprovantes do imóvel, atos e
termos de parceria (Histórico)

Manter dados atualizados

Agrupador: campo obrigatório, entretanto, sem efeito prático uma vez que o agrupamento não
possui relação com cada curso.
Sistema e-MEC
Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

<Nome do PI>

Relatórios de IES
<Nome do PI>

<Nome do PI> - <CPF do PI>

 Demanda solicitada pelos representantes da CCT – Aprimoramento do Sistema e-MEC


(Resolução CC-PARES nº 1/2015) – Grupo com representantes de IES públicas e privadas
 Disponibilizados os primeiros relatórios, previsão para diversos outros solicitados na CCT
 Possibilidade de geração de relatórios no formato CSV. Os formatos XLS e PDF em virtude
de performance não serão disponibilizados. Entretanto, a partir do CSV é possível gravar
como planilha ou como PDF. 21
 Cópia de PDI e de PPC dos processos, disponível em link a partir da consulta pela lista de
processos.
Calendário Regulatório - Cronograma
 Anualmente é publicada PN que
Sistema e-MEC
estabelece o Calendário
 Mesmo solicitações de processos Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

não disponíveis de forma


eletrônica pelo e-MEC, observam Apresenta o período
Cronograma <Nome do PI>
para os itens vigentes
o calendário regulatório, p.ex.
Aditamento de vagas;
 Estão disponíveis o ano todo:
i)Ações dentro da autonomia
(informar curso existente, alteração de
vagas, Redução de vagas, criação de polo
EaD etc); Mudança de endereço de
curso;
 Em caso de impossibilidade de
cumprir o cronograma por falha
do sistema, a IES deve abrir
demanda Fale Conosco
tempestivamente para respaldar
abertura extraordinária.
 Itens de calendário podem não
ser apresentados qdo a IES tem
medida de supervisão que vede a
abertura de processos ou quando
a IES não tem os pré-requisitos
Opções disponíveis
para a solicitação.
para a IES solicitar
processo
Sistema e-MEC
Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

Cronograma <Nome do PI>

Calendário Regulatório - Processos


abertos de ofício
 Processos abertos de Ofício pela
SERES correspondem a itens de
cronograma do inferior da tela;
 Itens apenas informativos, sem
possibilidade de novas aberturas.

Apresenta o período
para os itens vigentes
Sistema e-MEC
CRONOGRAMA: AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA
(LEI 9.394;1996, DECRETO 3.860/2001, DECRETO 9.235/2017)

Regra Geral:
 Autonomia apenas no município SEDE;
Exceções
 Campus fora de sede que possuía autonomia antes do Dec
3.860, de 09/07/2001, permanece com autonomia até decisão
diferente em processo de Recredenciamento.
 Para os cursos indicados no Art. 41, Dec 9.235/2017, Direito,
Medicina, Psicologia, Odontologia e Enfermagem existem
restrições qto à autonomia.
 Institutos Federais possuem autonomia em sua abrangência
geográfica definida em Portaria da SETEC/MEC.
 IES do Serviço Nacional de Aprendizagem (SNA) possuem
autonomia oara cursos tecnológicos. (Lei 12.513/2011, art. 20)
Sistema e-MEC
CRONOGRAMA: AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA
(LEI 9.394;1996, DECRETO 3.860/2001, DECRETO 5.773/2006)

Criação de cursos - por meio da funcionalidade “Informar Curso


Existente” e “Informar Curso Existente EAD”
 A “Data de Início” não é obrigatória para inserir o curso no Cadastro, só
deve ser preenchida após efetivo início e uma vez cadastrada não pode ser
alterada.
 Foi inserido o campo “Previsão de Início”, que é data obrigatória.

Aumento de vagas – solicitação por meio da funcionalidade “Informar


Aumento de Vagas na Autonomia” NOVO
Sistema e-MEC
CRONOGRAMA: AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA
(LEI 9.394;1996, DECRETO 3.860/2001, DECRETO 5.773/2006)

Fluxos disponíveis independentemente de autonomia


Mudança de endereço de curso
Redução de Vagas
Criação de polo EaD
Substituição de polo EaD
Extinção de polo EaD
ATENÇÃO: Todas as solicitações devem estar acompanhadas de
ato próprio expedido pelo órgão colegiado da IES e devem
observar os requisitos definidos na legislação.
Sistema e-MEC
CRONOGRAMA: ORIENTAÇÕES GERAIS PARA QUALQUER PROCESSO

 O prazo que a IES tem para abrir, preencher os dados do


processo, enviar ao MEC e pagar a taxa é a data final do
período do calendário regulatório.
 O(s) endereço(s) vinculado(s) aos processos devem ter o
Comprovante do imóvel atualizado inserido e ter pelo menos
uma instalação informada.
 Passado o prazo final do Calendário (Cronograma) sem o envio
do processo e pagamento da taxa, quando houver, o processo
é cancelado automaticamente pelo sistema por decurso de
prazo.
 Após o envio, é importante que a IES consulte a situação do
processo na opção “Lista de Processos” para se certificar que ele
está “Protocolado” ou “Aguardando Pagto”.
Sistema e-MEC
CRONOGRAMA: PROCESSOS DE AUTORIZAÇÃO DE CURSO

 Deve ser solicitado fora do âmbito da autonomia universitária


(exceto Direito, Medicina, Odontologia, Psicologia e
Enfermagem)
 Documentos: PPC, Comprovante de Disponibilidade do Imóvel,
art. 20,
Relação de Docentes (termo da
de compromisso), Comprovante de
recolhimento da taxa de avaliação*
 Para cursos “Experimentais” (tecnológicos) ou “Inovadores”
(Bacharelados/Lic) ainda não disponíveis deve ser solicitada a
inclusão da denominação antes do período do calendário.
ATENÇÃO: Quando implementada a nova classificação de cursos CINE
2018, deve-ser verificar a existência de rótulo correspondente antes do
período do Calendário.
Curso deve ter oferta efetiva em, no máximo dois anos da publicação
do ato
Sistema e-MEC
CRONOGRAMA: PROCESSOS DE RECONHECIMENTO

 O endereço e a quantidade de vagas dos processos de


Reconhecimento devem ser os mesmos que constam no
Cadastro do curso
Mudança de endereço:
 A IES deverá protocolar processo de mudança de endereço de curso,
antes de solicitar o reconhecimento.
 Os avaliadores são orientados a visitar o local correto e registrar a
divergência, caso haja, no Relatório da visita.
Alteração na quantidade de vagas:
 A IES deverá protocolar pedido de Aditamento de aumento de vagas,
caso sem autonomia, ou gerar processo de aumento ou redução de
vagas, conforme o caso.
Sistema e-MEC
CRONOGRAMA: PROCESSOS DE RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO

 Desde Dez/12, os processos de RR são abertos de ofício pela


SERES
Situações:
1. Processo protocolado com conclusão e expedição de ato automáticos
2. Processo protocolados em PROTOCOLO DE COMPROMISSO
3. Processo “Em preenchimento”, para instrução e protocolo pela IES
 Possibilidade de cancelamento do processo motivado por:
▫ Curso EXTINTO
▫ Curso EM EXTINÇÃO
▫ Código de Curso em DUPLICIDADE
▫ Curso NÃO pertence ao Ciclo
 A IES deve no campo de justificativa apresentar detalhes, por
exemplo, o código do curso com o qual há a duplicidade.
 São publicadas NT com a indicação dos fluxos e procedimentos
que serão considerados em cada ciclo, antes da abertura dos
processos
Sistema e-MEC
CRONOGRAMA: PROCESSOS PARA INFORMAR MUDANÇA DE ENDEREÇO DE CURSO

 Disponível o ano todo


 Alteração de endereço APENAS no mesmo município
 Inclusive para cursos de MEDICINA, DIREITO, PSICOLOGIA,
ODONTOLOGIA e ENFERMAGEM (Art. 41, Dec. 9.235/17)
 Obriga visita no processo para expedição de próximo ato
regulatório. (Sinalização de Visita Obrigatória)
Sistema e-MEC
Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

<Nome do PI>
Lista de processos

Cancelamento de RR
justificado:
1.curso em duplicidade;
2. curso em extinção
3. curso extinto x
4. curso não pertence ao
ciclo

Arquiva o processo
com justificativa da
IES

Envia os processos selecionados para


protocolo na SERES.
Caso haja taxa, o protocolo só será
efetivado após a compensação
bancária
Sistema e-MEC
Situações de Processo

NÃO PROTOCOLADO Qdo NÃO gera


taxa a ser paga PROTOCOLADO Depois da inserção
de Portaria*
EM PREENCHIMENTO

Após quitação da
taxa

Por Decurso
Qdo gera taxa a PENDENTE
de prazo ou
pela IES ser paga AGUARDANDO PAGTO DE CONCLUÍDO
(RR) TAXA

Por decisão da SERES;

CANCELADO
Por solicitação da IES

ARQUIVADO

*Em alguns processos como “Edital de Migração” e “Informar curso existente” não há inserção de portaria para a conclusão do processo
Sistema e-MEC
Processos em trâmite

Devem ter pelo menos uma fase aberta.

Situação “PROTOCOLADO”
e sem fase aberta indica
problema no fluxo.
Solicitar a bertura da
próxima fase
Sistema e-MEC
Algumas Novidades Disponíveis
Vinculação de cursos aos BI e LI
Consulta aos atos de curso em Menor Relevância
Vinculação de polos a cursos EAD pela própria IES
Ajuste de endereço para contemplar polo no exterior
Visão Pública:
• distribuição de vagas nos polos EAD
• histórico de indicadores
• cursos vinculados aos ABI
Fluxos eletrônicos para alterações:
• Redução de vagas
• Aumento de vagas na autonomia
• Mudança de endereço de curso
Sistema e-MEC
x
Novo Marco Legal
Art. 31, PN 21/2017
Art. 31. O sistema e-MEC será progressivamente adaptado às normas
desta Portaria à medida da conclusão e comprovação da segurança de
cada um de seus módulos, com base em critérios técnicos próprios da
tecnologia da informação.
...
§ 3º Os módulos não disponíveis de imediato no sistema e-MEC
poderão ser, transitoriamente, supridos pelas funcionalidades já
existentes e, excepcionalmente, por outros sistemas ou meios a serem
definidos em ato específico a critério da Administração.

Algumas dispositivos da legislação só tem viabilidade após adequação do Sistema e-


MEC, p. ex., fluxo único para Recredenciamento Presencial e EAD, outros podem ser
atendidos por meio de protocolo físico no SEI, p. ex, solicitação de autonomia de
campus fora de sede.
Ausentes no Sistema e-MEC
(Protocolo Físico)

Aditamento de Aumento de Vagas – não autônoma [em construção]


Alteração de Denominação de IES [em construção]
Desativação Voluntária de Curso [em construção]
Descredenciamento Voluntário
Alteração de Denominação de Curso
Autonomia de Campus Fora de Sede
Desvinculação de polo a curso pelas IES
Inserção de Polo do Sistema UAB*
Inserção de Nova Denominação de Curso
Cadastro e-MEC

Cadastro Nacional de Cursos e Instituições de


Educação Superior

...base de dados oficial de informações relativas aos


cursos e às instituições de educação superior, mantido pelo
MEC e disponível para consulta pública pela internet.
(Art. 18, caput, PN nº 21/2017)

...base de dados de referência a ser utilizada pelos


órgãos do MEC e autarquias vinculadas sobre instituições e
cursos de ES, com precedência sobre quaisquer outras
bases.
(Art. 18, § 3º, PN nº 21/2017)
Cadastro
FORMAS DE ATUALIZAÇÃO e-MEC
DO CADASTRO

Supervisão
Decisões nos Processos de
Regulação: processos de
Credenciamento, Sistema
Avaliação Atualizações para
autorização,
reconhecimento, e-MECRegulação
adequações a atos
já publicados
aditamento de endereço de
curso...

Decisões nos processos


Cálculo dos de Supervisão
indicadores INEP: CC,
CPC, CI, IGC...
Cadastro Atualizações no âmbito
da autonomia:
Ocorrências da de Cursos e IES aumento de vagas,
Supervisão mudança de
SINALIZAÇÕES endereço...
FORMAS DE ATUALIZAÇÃO DO CADASTRO
Sinalizações do Cadastro

Marcações de alerta referentes a “Mantenedora”, “IES”, “Curso”


ou “Processo” para indicar situações específicas.

=> EXEMPLOS DE TIPOS DE SINALIZAÇÃO:


Adesão ao Proies, situação Sub Judice, Vedação de adesão
a programas, Suspensão de Autonomia, Visita obrigatória no
próximo ato...
Podem estar visíveis apenas para a própria IES (Visão da IES)
ou podem estar visíveis ao público externo (Visão Pública)
Encontra-se em construção funcionalidade para disponibilizar
link do documento que deu origem à sinalização, quando
existe.
ExemploFORMAS
de DE -A
Sinalização TUALIZAÇÃO
Visão da IES DO CADASTRO

Nome Inst Educação Superior / Nome da Mantenedora associada

<Nome do PI>

Apresenta as
Sinalizações de IES
vigentes com visibilidade
“Publica” ou “IES”
<Nome do PI>
FORMAS DE ATUALIZAÇÃO DO CADASTRO
Exemplo de Sinalização - Visão Pública do Cadastro

Apresenta as
Sinalizações de IES e
de curso vigentes
com visibilidade
“Pública”
CADASTRO EM
NÚMEROS

Supervis
ão
6.147.395
vagas autorizadas
presencial
Sistema
Avaliaç
ão
TOTAL DE CURSOS – GRADUAÇÃO/SEQUENCIAL
e-MEC
Regulaçã
Em Em
o TOTAL DE IES
Extintos* Total
Atividade Extinção Em
Extintas* Total
Atividade
Presencial 46.075 6.183 10.771 63.029
S. Estadual 206 102 308
EAD 4.064 94 431 4.589 S. Federal 2.858 456 3.314
Total 50.139 6.277 11.202 67.618 S. Militar 14 0 14
Fonte: Relatório Geral de cursos e-Mec, Julho/2018
* Extintos - engloba desativados e duplicidades
Total 3.078 558 3.636
Fonte: Relatório de Instituições de Educação Superior e-Mec, Julho/2018
* Extintas - engloba descredenciadas e duplicidades

8.009.151 vagas
autorizadas EAD
Cadastro
TOTAL DE VÍNCULOS DE CURSOS EAD E
POLOS
de Cursos e IES TOTAL DE CURSOS - ESPECIALIZAÇÃO
Em
Em Atividade Desativados Total
Atividade
231.909 Presencial 55.369 11.239 66.601
EAD 11.117 932 12.049
Fonte: : Relatório Geral de cursos e-Mec, Julho/2018
Total 66.486 12.171 61.173
Fonte: e-Mec, Julho/2018
Cadastro
INTERAÇÃO SISTEMA X CADASTRO e-MEC
X PROGRAMAS
Supervisão

CEBAS
Sistema
Avaliação

e-MECRegulação
FIES

ENADE
PROUNI

SISU

CENSO
Cadastro
SISTEC de Cursos e IES
...
Bolsa
Permanência

A integração com cada Programa/Sistema possui formato próprio de acordo com a característica,
podendo ser automática toda madrugada, ou pontual por demanda, etc.
45
Adequações do cadastro

Alterações nas informações relativas a cursos e instituições,


de forma a mantê-las em conformidade com os atos
autorizativos* vigentes. Envolve tanto atualizações no âmbito da
autonomia como correções cadastrais.

1 Importância do auxílio da IES para o saneamento cadastral

2 Como solicitar as adequações

3 Principais tipos de adequações identificadas


Adequações do cadastro

1 Importância do auxílio da IES no saneamento cadastral

PI com o auxílio dos Coordenadores dos cursos


monitoram as informações relativas a cada curso no
cadastro, em especial, local de oferta, quantidade de
vagas autorizadas, existência de duplicidade de
código, atualização dos atos vinculados ao curso.

Ao verificar qualquer inconformidade, PI gera demandas


de adequação cadastral anexando documentos que
respaldam a alteração.
Adequações do cadastro
2 Como solicitar as adequações
Adequações do cadastro

3 Principais tipos de adequações identificadas

Adequação de quantidade de vagas autorizadas dos


cursos
Extinguir código de cursos em duplicidade;
Associar cursos distintos com entrada única a um ABI;
Indicar cursos com status “EmExtinção”;
Unificar códigos de Curso EAD em duplicidade
devido a polos distintos;
Adequação do local de oferta (endereço) de curso
presencial;
Extinção de endereço que não é mais utilizado pela IES.
Orientações para solicitações de adequação cadastral

 Criação de documento com


orientação sobre formato das
solicitações de adequação;
 Envio por comunicador a todas
as IES;
 Principais tipos de adequação:
1. Cursos com código em duplicidade
2. Mesmo Curso EAD com diversos
códigos – um para cada polo
3. Cursos distintos com entrada
única – ABI (IFES)
4. Adequação da quantidade de
vaga de curso do Cadastro (respaldo em
ato autorizativo)

5. Cursos em EXTINÇÃO
6. Endereços em duplicidade
7. Endereços não mais utilizados
pela IES
Adequações cadastrais
Adequação de quantidade de vagas autorizadas dos cursos

<<Dados da Instituição >>


Assunto: Adequação da quantidade de vagas autorizadas de curso

ADEQUAÇÃO DA QUANTIDADE DE VAGAS AUTORIZADAS DE CURSO


Código Denominação Grau Qde Vagas*1 Observação / ato

Notas:
*1Encaminhar, como anexo, documento comprobatório que respalde a alteração e indicar o tipo de ato e número no campo
“Observação”.
Adequações cadastrais
Extinguir código de cursos em duplicidade
<<Dados da Instituição >>
Assunto: Solicitação de extinção de curso por duplicidade de código

EXTINÇÃO DE CURSO POR DUPLICIDADE DE CÓDIGO


Curso a ser mantido*1 Cursos a ser extintos por duplicidade
Denominação Adequação da
Código Código Denominação
Atual denominação *2

Notas:
*1 No momento da extinção do código, caso o curso indicado pela IES para ser mantido não seja aquele que possui a maior quantidade de

indicadores/conceitos atuais associados, a equipe da CGDIRES poderá indicar um código diferente do indicado pela instituição.
*2 Algumas vezes a denominação precisa de ajuste para adequação ao último ato autorizativo. Por exemplo, no caso de “Comunicação Social”, o

curso a ser mantido possui esta denominação, mas na verdade conforme o ato autorizativo deve constar ”Comunicação Social – Jornalismo”.
Adequações cadastrais
Associar cursos distintos com entrada única a um ABI

<<Dados da Instituição >>


Assunto: Criação/Adequação de ABI e associação de cursos

CRIAÇÃO/ADEQUAÇÃO DE ABI E ASSOCIAÇÃO DE CURSOS


ABI a ser criada ou
Cursos associados na ABI
adequada Observação
Código*1 Nome ABI Código Denominação Grau Vagas*2

Notas:
*1 Caso a ABI deva ser criada este campo deve estar em branco, no caso de haver necessidade de adequação, por exemplo, a ABI já

existe, mas é necessário associar mais cursos, deverá ser indicado o código da ABI existente.
*2 Se houver necessidade de alteração da quantidade de vagas em relação ao que consta no cadastro, encaminhar documento

comprobatório que respalde a alteração e indicar o tipo de ato e número no campo “Observação” . Algumas vezes quando a
quantidade de vagas do ato autorizativo é o total sem especificação, a sugestão é que seja informada em cada curso a divisão
equitativa do total de vagas em relação aos cursos associados.
Adequações cadastrais
Indicar cursos com status “Em Extinção”
<<Dados da Instituição >>
Assunto: Alteração de situação “Em atividade” para “Em extinção” de curso sem novo ingresso

RELAÇÃO DE CURSOS “EM ATIVIDADE” PARA ALTERAÇÃO DA SITUAÇÃO PARA “EM EXTINÇÃO”

Data conclusão da
Código do curso Denominação Justificativa
última turma*1

Notas:
*1 Indicar a justificativa e a data prevista para conclusão da última turma.

Atualmente ao solicitar a desativação voluntária/extinção de curso à DIREG, o


procedimento de análise da área técnica (CGFPR/DIREG) já inclui a alteração do curso para
“Em extinção” e a sinalização de desativação no Cadastro até que o processo de
desativação seja finalizado.
Adequações cadastrais
Unificar códigos de Curso EAD em duplicidade devido a
polos distintos
<<Dados da Instituição >>
Assunto: Solicitação de extinção de curso EAD por duplicidade de POLO

EXTINÇÃO DE CURSO EAD EM DUPLICIDADE POR POLO


Relação de Polos de apoio do Cursos EAD a ser extintos por
Curso EAD a ser mantido*1
curso duplicidade
Código Denominação Código do Polo Denominação Código Denominação

Notas:
*1 No momento da extinção do código caso o curso indicado pela IES para ser mantido não seja aquele que possui a maior quantidade de indicador

es/conceito atuais associados, a equipe da CGDIRES poderá indicar um código diferente do indicado pela instituição.
Adequações cadastrais
Adequação do local de oferta de curso presencial
<<Dados da Instituição >>
Assunto: Adequação do Local de Oferta de curso Presencial

ADEQUAÇÃO DO LOCAL DE OFERTA DE CURSO PRESENCIAL


Endereço do curso no Endereço correto Observação /
Curso Presencial cadastro ato*2

Endereço Endereço
Código Denominação Código Denominação Código Denominação
completo*1 completo*1

Notas:
*1 Todos os campos de endereço, incluindo CEP, município e UF.
*2 Para alterações no âmbito da autonomia, enviar documento que comprove a aprovação pelo órgão competente da alteração do endereço

Atenção:
Os documentos comprobatórios do endereço devem ser mantidos atualizados no cadastro.
Adequações cadastrais
Adequação do local de oferta de curso presencial
<<Dados da Instituição >>
Assunto: Adequação do Local de Oferta de curso Presencial

ADEQUAÇÃO DO LOCAL DE OFERTA DE CURSO PRESENCIAL


Endereço do curso no Endereço correto
Curso Presencial cadastro Observação
/ ato*2
Endereço Endereço
Código Denominação Código Denominação Código Denominação
completo*1 completo*1

Notas:
*1 Todos os campos de endereço, incluindo CEP, município e UF.
*2 Para alterações no âmbito da autonomia , enviar documento que comprove o vínculo do endereço ao curso

Atenção:
Os documentos comprobatórios do endereço devem ser mantidos atualizados no cadastro.
Webconferências sobre temas
relevantes

Objetivo
 Apresentação em tempo real pela área técnica responsável na SERES de
tema regulatório relevante previamente divulgado, com possibilidade de
questionamentos no momento da transmissão.
 O vídeo é publicado após edição na página da SERES, no portal do
MEC, aba Apresentações e Webconferências.

Balanço 2015
 2 webconferências realizadas:
- Renovação de Reconhecimento – Ciclo verde
- Processos de Recredenciamento Institucional
Muito Obrigada!
Sylmara Campos Pinho
CGGIRES/DPR/SERES/MEC