Você está na página 1de 5

UNESA - UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

ENGENHARIA

FÍSICA EXPERIMENTAL I

RELATÓRIO Nº 2

MOVIMENTO RETÍLÍNIO UNIFORMEMENTE VARIADO (MRUV) CINEMÁTICA


VETORIAL

Professora: Renildes

Alunos: Aline Malafaia Fernandes – 201408366258 Luiz


Carlos Andrade – 201708260668
Eduardo Fonseca de Araújo – 201407041223

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO ................................................................................................ 3

2. OBJETIVOS ................................................................................................... 3

3. EMBASAMENTO TEÓRICO.......................................................................... 3

3. MATERIAL UTILIZADO.................... .......................................................... 4

4. PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL.............................................................. 4

5. CONCLUSÃO ................................................................................................. 5 6.

BIBLIOGRAFIA .............................................................................................. 5
1. INTRODUÇÃO

O Movimento Retilíneo Uniformemente Variado (MRUV), é o movimento no qual a velocidade


escalar varia uniformemente com o tempo, caracterizado por haver uma aceleração diferente de zero e
constante.
Esse movimento só é possível acontecer se a massa do corpo permanecer constante e a somatória
das forças que atua sobre ele também permanecer constante. Quando a aceleração é constante, a
aceleração média e a aceleração instantânea são iguais. Neste tipo de movimento, o gráfico do espaço
em função do tempo assume uma forma parabólica, o da velocidade em função do tempo é uma equação
linear, onde o coeficiente angular da reta tem valores diferentes de zero, a por fim, o da aceleração em
função do tempo é uma função constante.

2. OBJETIVOS

Aprender a aplicação prática da teoria discutida em sala de aula, podendo comprovar e exibir as
características do Movimento Retilíneo Uniformemente Variado.
Analisando o movimento mecânico, tendo como base da análise, a determinação da posição,
velocidade e aceleração do corpo de acordo com o tempo.

3. EMBASAMENTO TEÓRICO

Como já citado, o MRUV demonstra que a velocidade varia uniformemente em razão ao tempo.
Ele pode ser definido como um movimento de um móvel em relação a uma referência ao longo de uma
reta, na qual sua aceleração é sempre constante. Diz-se que a velocidade do móvel sofre variações
iguais em intervalos de tempos iguais.
No MRUV a aceleração média assim como a sua aceleração instantânea são iguais.

OBS.: A aceleração instantânea refere-se a um determinado intervalo de tempo “t” considerado,


definida matematicamente por: α=lim Δt->0=Δv/Δt. Para o estudo da cinemática no ensino médio não
é especialmente necessária sabermos a conceituação matemática de aceleração instantânea, uma vez
que envolve limites assim como diferenciais que só são vistos na maioria das vezes no ensino superior
em relação aos cursos de exatas. Basta sabermos o cálculo da aceleração média pois ambas no MRU V
são iguais como mencionado acima.

• Função de Velocidade determinada no MRUV:

Para obtermos a função velocidade no MRUV devemos relembrar e aplicar o conceito de


aceleração média:

αm = V/ t
• V: Variação de velocidade;
• t : Variação de tempo
4. MATERIAIS UTILIZADOS

 Cronômetro digital;
 Carrinho;
 Régua;
 Fita Crepe;

5. PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

Utilizamos um carrinho e com o cronômetro digital, cronometramos o tempo que o mesmo levava
de uma variação de espaço a outra. Com a fica crepe, demarcamos o espaço (gráfico). Tais instrumentos
serviram para a análise do tempo e espaço.

V = Vo + at

S = So + Vot + ½ .at²
a=v/t
V² = Vo² + 2 a s
V = Vo – at :. at = Vo :. a = Vo / t

s = Vot – ½. Vo/ t.t²

s = ½. Vot :. Vo = s / t

Vox = 2 x / t : Voy = 2 y/ t

ax = Vox / t = 1,3 m/s²

ay = Voy / t = 1,82 m/s² t = 0,91 s x = 0,70 m y = 0,50 m

v (m/s) s (m) a (m/s²)

Vox ----------
ax
Voy
ay
t (s) t (s) t (s)
t
6. CONCLUSÃO

Nós conseguimos descobrir o coeficiente angular e verificar que o mesmo equivale ao valor da
velocidade média do movimento em questão.
Com isso notamos que o valor do espaço inicial era o mesmo, logo podemos descrever a função
horária dos espaços para o movimento do corpo estudado como sendo S = 0,5 + 0,70t e classificar o
MRUV Progressivo, devido a velocidade ser positiva e o gráfico uma reta crescente.

7. BIBLIOGRAFIA

https://www.infoescola.com/fisica/movimento-retilineo-uniformemente-variado

https://www.fisicainterativa.com/cinematica