Você está na página 1de 164

#EUTENHODIREITO

FRUSTRAÇÃO
TRANSFORME ESSE
SENTIMENTO EM
FORÇA PARA AGIR

Trabalho
COMO NEGOCIAR
AUMENTO DE SALÁRIO
MESMO QUANDO O
CHEFE DIZ NÃO
Grupo Único PDF Passe@diante
DEPRESSÃO
PÓS-PARTO
50% DOS CASOS
PODEM SER EVITADOS Paolla
SE DIAGNOSTICADOS
DURANTE A GRAVIDEZ Oliveira
O DESAFIO
DE SER UMA
INFLUENCIADORA
E CONSEGUIR
MANTER A

Férias
PRIVACIDADE

CRIMES
DIGITAIS
NOVAS
• AS AVENTURAS DE QUEM GANHA FORMAS DE
DINHEIRO NAS REDES SOCIAIS VIOLÊNCIA
VIAJANDO PELO MUNDO CONTRA
MULHERES
• UMA HOT LIST DE PRODUTOS NA INTERNET
DE BELEZA QUE CABEM NA MALA
• RECEITAS DE PRATOS FÁCEIS
DE ANA LUIZA TRAJANO PARA
FAZER COM AS CRIANÇAS
Grupo Único PDF Passe@diante
Grupo Único PDF Passe@diante
Grupo Único PDF Passe@diante
Grupo Único PDF Passe@diante
124
PRATOS DELICIOSOS QUE
MISTURAM OS SABORES
DAS CULINÁRIAS BAIANA
E MINEIRA POR
MANUELLE FERRAZ

Julho 2019
Grupo Único PDF Passe@diante

Na capa 112 PEDRAS NO CAMINHO 38 PARTIDA IMEDIATA


Transforme a frustração Looks confortáveis para
28 PASSAGEIRA FREQUENTE em força para agir aguentar longas horas
Uma hot list de produtos para no carro ou avião
você levar em qualquer viagem 116 COMO PEDIR UM AUMENTO
Estratégias para negociar com o 40 VAMOS FUGIR? Para qualquer
68 PAOLLA Reservada, a atriz chefe mesmo se ele já tiver dito não que seja o destino, os melhores
Paolla Oliveira discute os lançamentos de moda e beleza
limites das redes sociais 138 DE PANELAS PARA O AR
Ana Luiza Trajano ensina 54 PARECE MAS NÃO É
84 VÍTIMAS DA REDE receitas com cara de férias Material sintético substitui
Novos crimes digitais contra o couro em visuais modernos
mulheres que nem a Justiça Moda
sabe como resolver Beleza
19 PEGADA VERDE
90 DEPRESSÃO PÓS-PARTO Um tênis feito de materiais 20 AUTOBRONZEADOR FACIAL
Novidades nos tratamentos biodegradáveis, inclusive milho O passo a passo para
e na prevenção da conquistar um rosto bronzeado
doença, que poderia 34 1 PEÇA, 4 LOOKS sem exposição ao sol
ser reduzida em 50% Jaqueta doudoune
22 DESAFIO DA LEITORA
94 VIAJANTE PROFISSIONAL 36 UTILITÁRIO Peças com muitos
Eles fizeram as malas, partiram e, bolsos, botões e fivelas 24 LIMPEZA PROFUNDA Massagens
no trajeto, ainda ganham dinheiro aliam estilo e praticidade detox eliminam impurezas e relaxam
Casa & cozinha
123 FLORES PELA MUDANÇA
Projeto vende arranjos para
financiar trabalho humanitário

124 ORGULHO DE SER DA ROÇA A chef


Manuelle Ferraz juntou clássicos

54
do interior do país em A Baianeira

142 MÃOZINHAS NA MASSA


O jovem Lorenzo Ravioli entrega
COMBINAÇÃO pratos para fazer com os pequenos
ESPERTA E ECOLÓGICA,

Grupo Único PDF Passe@diante O MATERIAL SINTÉTICO


QUE IMITA COURO VAI
BEM COM CAMISAS
146 DA MATA À BARRA O caminho
que o cacau percorre no país
até ser transformado em
deliciosos chocolates
26 CUIDADO EXCESSIVO 76 SEMPRE É TEMPO O britânico
O acúmulo de produtos na rotina Idris Elba conquistou Hollywood 150 CASA NOVA EXPRESS Mudanças
pode ser prejudicial à pele rápidas, que não exigem reforma,
80 JUSTIÇA PARA RECOMEÇAR mas renovam o ambiente
32 EM TRÂNSITO Makes e A jornalista que investigou o
cosméticos para dar um truque assassinato do marido sozinha e 156 ENTRE DUAS ÉPOCAS
no visual durante a folga conseguiu a prisão dos criminosos CASACOR Rio Grande do
Sul apresenta projetos que
48 AO VIVO E EM CORES 100 PRÓXIMO DESTINO Dicas misturam passado e presente
Sombras coloridas rendem de roteiros imperdíveis
maquiagens discretas Sempre
Comportamento
104 PRÊMIO CLAUDIA: TRABALHO
SOCIAL E CULTURA
em CLAUDIA
Fotos pratos, Roberto Seba; moda, Rodrigo Marques (OD MGT)

Conheça as candidatas
10 EM MOVIMENTO 7 EU E VOCÊ
Exposição de Vik Muniz 120 PAUSAR É DIFÍCIL, MAS 8 DIGITAL
estreia em Salvador PRECISO Os benefícios das 158 HORÓSCOPO
férias para empreendedoras 162 PONTO FINAL Jarid Arraes
12 ENFIM, FÉRIAS Programas
culturais para curtir no Foto Karine Basílio/Assistentes de fotografia Júlia von Zeidler,
Alessandra Braga dos Santos e Rafael Monteiro/Edição de moda
mês de descanso Fabio Ishimoto (OD MGT)/Styling Kaio Assunção/Produção de
moda Bi Lessa/Beleza Ale de Souza/Assistente de beleza Ivan
Pasciscenai/Manicure Cleonice de Souza Abreu. Tratamento de
14 O SERTÃO VAI AO MAR As imagens WM Fusion. Paolla usa blusa, Framed; anéis e brincos,
autoras de destaque da Festa Tiffany & Co./Agradecimentos à Casa Bernardes (@casabernardes_),
em São Paulo. Preços pesquisados em junho, sujeitos a alteração
Literária Internacional de Paraty
Fale com Fundada em 1950
VICTOR CIVITA ROBERTO CIVITA
(1907-1990) (1936-2013)

Atendimento ao leitor Conselho Editorial: Fabio Carvalho e Thomaz Souto Corrêa

Comentários, sugestões, críticas,


informações:
E-MAIL claudia.abril@abril.com.br
ENDEREÇO Av. Otaviano Alves de Lima,
4400, Freguesia do Ó, CEP 02909-900,
São Paulo, SP

Site e redes sociais


claudia.com.br Diretora Adjunta: Guta Nascimento
facebook.com/claudiaonline Editoras: Alessandra Balles, Isabella D’Ercole, Lia Rizzo
Editores de Arte: Lorena Baroni Bósio, Miro Branco
twitter.com/claudiaonline Editoras Assistentes: Isabella Marinelli, Letícia Paiva, Lorena Tabosa
instagram.com/claudiaonline Editora Visual: Olivia Canato
Repórteres: Barbara Cestaro, Marina Marques, Vinicius Tamamoto

Assinaturas Designers: Danilo Molina (tablet), Ícaro Guerra, Juliana Bueno


Revisora: Sueli Cerchiaro
INTERNET Assistente Administrativa: Claudia Soares
www.assineabril.com.br
Grupo Único PDF Passe@diante
TELEFONE 0800 7752145
GRANDE SÃO PAULO (11) 3347 2145
CTI (centralizadas) Leandro Fonseca (gerente), Aldo Teixeira, André Torres, Carlos Pedretti, Eduardo Frazão, Julio Gomes e Marisa Tomas

De 2a a 6a, das 8 às 22 horas PUBLICIDADE Yuri Aizemberg (Diretor de Relacionamento com o Mercado), Daniela Serafim (Financeiro, Mobilidade, Tecnologia, Telecom,
Saúde e Serviços), Renato Mascarenhas (Alimentos, Bebidas, Beleza, Educação, Higiene, Imobiliário, Decoração, Moda e Mídia &
Vendas corporativas, Entretenimento, Turismo e Varejo), Willian Hagopian (Regionais) OPERAÇÕES Adriana Favilla ATENDIMENTO E CANAIS DE VENDAS Luci Silva

projetos especiais e MARKETING DE MARCAS, EVENTOS E VÍDEO Andrea Abelleira AUDIÊNCIA DIGITAL Isabela Sperandio MARKETING CORPORATIVO E PRODUTO
Rodrigo Chinaglia PROJETOS ESPECIAIS E ABRIL BRANDED CONTENT Yuri Aizemberg e Ivan Padilla DEDOC E ABRILPRESS Adriana Kazan
vendas em lote PLANEJAMENTO, CONTROLE E OPERAÇÕES Filomena Martins
assinaturacorporativa@abril.com.br
Redação e Correspondência: Av. Otaviano Alves de Lima, 4400, Freguesia do Ó, São Paulo – CEP: 02909-900,

Serviço de Atendimento tel. (11) 3037-2000 Publicidade São Paulo e informações sobre representantes de publicidade no Brasil e no Exterior: www.publiabril.com.br

ao Cliente (SAC)
CLAUDIA 694 (ISSN 0009-8507), ano 58/no 7, é uma publicação mensal da Editora Abril. Edições anteriores: venda exclusiva em bancas pelo
Para consultar dados da sua assinatura,
preço da última edição em banca. Solicite ao seu jornaleiro. Distribuída em todo o país pela Dinap S.A. Distribuidora Nacional de Publicações,
comunicar alteração de endereço, tirar São Paulo. CLAUDIA não admite publicidade redacional.
dúvidas sobre pagamento ou entrega,
Serviço ao Assinante: Grande São Paulo: (11) 5087-2112 Demais localidades: 0800-775-2112 www.abrilsac.com
renovação e outros serviços: Para assinar: Grande São Paulo: (11) 3347-2145 Demais localidades: 0800-775-2145 www.assineabril.com.br
www.abrilsac.com.br
IMPRESSA NA GRÁFICA ABRIL
Ligue grátis 0800 7752112 Av. Otaviano Alves de Lima, 4400, Freguesia do Ó, CEP 02909-900, São Paulo, SP
Grande São Paulo (11) 5087 2112
De 2a a 6a, das 8 às 22 horas

Licenciamento de conteúdo
Para adquirir os direitos de reprodução de
textos e imagens, envie um email para
licenciamentodeconteudo@abril.com.br

Para baixar sua revista digital


Acesse www.revistasdigitaisabril.com.br

Para anunciar
Ligue para (11) 3037 5756
Ou pelo site www.publiabril.com.br

Trabalhe conosco
http://www.grupoabril.com.br/pt/
www.grupoabril.com.br
trabalhe-na-abril/
Eu e você

Respiro necessário

E
la está mais uma vez hipnotizando o Bra- tigante discussão sobre transformar esse sentimento
sil. Paolla Oliveira, no papel de Vivi Gue- negativo em força capaz de nos fazer mudar e agir.
des, em A Dona do Pedaço, arrasa. E, Dos itens abordados, o que mais gostei foi o de reco-
no perfil da personagem no Instagram nhecer como, muitas vezes, nos tornamos carrascas
(@estiloviviguedes), provoca uma heca- de nós mesmas, da falta de empatia que uma pessoa
tombe de compartilhamentos sempre que pode ter com ela própria.
posta fotos sensuais da influenciadora digital. Porém, Se já tiver passado por algum episódio de frustração
Vivi e Paolla são extremamente diferentes. Enquanto a ao negociar um aumento no trabalho, deve ler nossa ma-
primeira adora causar e se expor, a atriz é introspectiva téria sobre pontos-chave na hora de pleitear um salário
e faz questionamentos sobre privacidade e cobranças dos maior. Revelamos até o que fazer se o chefe disser não.
seguidores. Dessa dualidade brotou uma interessante Como é de praxe, prepare-se para se emocionar
entrevista a Isabella D’Ercole, na qual Paolla conta sua com mais mulheres incríveis que concorrem ao Prêmio
jornada singular e solitária de ter que aprender a lidar CLAUDIA, as finalistas das categorias Trabalho Social
com as redes, processo nem sempre indolor que ela, com e Cultura. Conheça-as e não deixe de votar em suas pre-
a suavidade que lhe é inerente, divide conosco. feridas em premioclaudia.com.br.
Outra reportagem que convido você a ler é sobre os Para terminar, que delícia é tirar férias em julho! Foi

Grupo Único PDF Passe@diante


crescentes tipos de crime contra mulheres cometidos
via internet. Estupro virtual, cyberstalking e sextortion
com muito prazer que juntamos várias dicas de produ-
tinhos de beleza para quem vai viajar, roteiros culturais
são aterrorizantes e nos embrulham o estômago. Sensa- pelo país, lugares legais para descobrir e até indicações
ção que se agrava quando vemos a falta de leis específi- de influenciadores digitais que transformaram a paixão
cas, as penas brandas para os agressores e o despreparo por viagens em… trabalho. Se você é do time de felizar-
das autoridades policiais para lidar com os casos. Uma dos que saem de férias neste mês, aproveite muito! Se
leitura difícil, mas necessária. jogue, divirta-se, curta aquela sensação de deleite e res-
Aproveito esse espaço para fazer uma pergunta: pire na metade do ano. Boas férias!
como você lida com a frustração? Trazemos uma ins- Um beijo,

GUTA NASCIMENTO,
diretora
guta.nascimento@abril.com.br
@gutanascimento

Eu pedindo
uma selfie
para a Vivi...
Foto Karine Basílio

ou Paolla?

claudia.com.br julho 2019 7


Digital

CLAUDIA.com.br
Aproveite o mês de julho e se prepare para chegar
bem até dezembro, com descanso e informação

FAÇA AS MALAS
O que você gosta de fazer
nas férias de julho? Prefere
um destino de verão ou curte
o friozinho? Dez famosas
contam, no Instagram de
CLAUDIA, quais foram as
viagens desta época do ano
mais marcantes para elas.

Grupo Único PDF Passe@diante

OUÇA BEM
Agora também temos um podcast
para chamar de nosso! No “Senta
lá, CLAUDIA”, a cada 15 dias,
jornalistas e convidados vão
conversar sobre assuntos que Praia do Sancho,
interessam ao universo feminino, a oeste do Morro Dois
de maternidade a cuidados com a Irmãos, em Fernando
pele, de saúde mental a carreira. de Noronha, um dos
destinos das férias de julho
No primeiro episódio, as editoras
Alessandra Balles e Isabella
Marinelli recebem a psiquiatra PAUSA ESTRATÉGICA PRATO FEITO
Lívia Beraldo de Lima Basseres e a A segunda metade de 2019 está Resolveu tirar da sua dieta os
jornalista Izabella Camargo para começando. Que tal retomar agora produtos de origem animal, como
falar de burnout. Você encontra as promessas do início do ano que carne, leite, ovos e mel? Preparamos
a gente no Spotify, no Google ainda não saíram do papel? Ouvimos cardápios veganos especiais
Podcasts e no YouTube, é só especialistas para dar uma mãozinha na com opções que vão do lanchinho
buscar pelo nome. hora de cumprir as metas mais comuns. do trabalho à festa infantil.
Foto Sergio Dutti/Veja

SIGA @CLAUDIAONLINE
ASSINE NOSSA NEWSLETTER EM claudia.abril.com.br/newsletter/

8 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
CULTURA
U
JULHO 2019 POR @ isadercole

Grupo Único PDF Passe@diante

EM MOVIMENTO
Como a maioria dos turistas que passa por lá, o artista paulistano que mistura pintura, colagem e fotografia digital de alta resolução,
Vik Muniz se apaixonou pela Bahia. No ano passado, comprou um produzindo camadas com volume e sombras, como em Cidade Baixa
apartamento na capital, onde estreia duas exposições. Na Paulo (acima). O intuito é fazer o espectador se aproximar do quadro. “A
Foto divulgação

Darzé Galeria, apresenta Handmade, de 4 deste mês a 10 de agosto. ilusão é fundamental para todo tipo de linguagem”, explica Vik. A
Inspirado nos fundamentos da arte abstrata, criou obras coloridas e outra mostra, Imaginária, ocupará o casarão e a capela do Solar do
geométricas. As peças são únicas, resultado de um processo artesanal Unhão, no Museu de Arte Moderna, de 5 de julho a 31 de agosto.

10 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Cultura

ENFIM, FÉRIAS
Julho traz o merecido descanso e
também a oportunidade de curtir
intensamente uma programação
cultural diversificada e prazerosa
TEXTO LETÍCIA PAIVA
COLABORARAM GABRIELA TEIXEIRA
E MARIA CLARA SERPA

Grupo Único PDF Passe@diante

BIOGRAFIA ENCENADA
BIOGR
Ícone da cena
ce teatral de São Paulo nos
anos 2000,
20 a atriz cubana Phedra
Córdoba, falecida em 2016, ganha
D. Córdob
espetáculo
espetácu biográfico com estreia
marcada pa para o dia 8 deste mês no seu
principal palco,
pa o Espaço dos Satyros. A
peça é bbaseada em conversas que
(interpretada pela também atriz
Phedra (inte
trans Márcia Dailyn) teve com o jornalista
e crítico Miguel
Mig Arcanjo Prado (vivido por

FOFURA GARANTIDAA Raphael GaGarcia). O roteiro de Entrevista


com Phedra marca a estreia dele como
Fotos escudos, Renner Boldrino; as demais, divulgação

Após 25 anos sofrendo maus-tratos em m um circo no Maranhão, a ursa Marsha foi dramaturgo. Uma reconstituição do
dramatur
resgatada e levada para o Parque Zoobotânico
botânico de Teresina, em 2012. Apesar da apartamen de Phedra, localizado na
apartamento
alimentação saborosa – eram 15 quilos de frutas e verduras diariamente – e dos Praça Roosevelt, reduto de artistas no
cuidados, ainda sofria com o calor nordestino e perdia os pelos. No ano passado, centro da capital paulista e endereço do
após mobilização nacional, ela ganhou moradia no santuário de animais Rancho Satyros, serve como cenário. Dirigida
dos Gnomos, em Joanópolis, interior de São Paulo. Ali, foi batizada de Rowena. pelo argentino Juan Manuel Tellategui e
Toda a história da ursa, que chegou a ser conhecida como a mais triste do mundo, o brasileiro Robson Catalunha, a peça
é contada para crianças pela multiartista Rita Lee no livro Amiga Ursa – Uma tem exuberantes figurinos de Walério
História Triste, Mas com Final Feliz (Globinho, 58 reais), com ilustrações de Guilherme Araújo. Os ingressos variam de 5 reais
Francini. A inspiração veio após um encontro entre as duas, mostrado na foto acima. (para moradores da região) a 40 reais.

12 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

NOVA FUNÇÃO
Santo Antônio de Jesus, cidade no
Recôncavo Baiano, é ponto importante
na conexão entre o sertão e a costa.
Circulam por ali caminhões carregando as
mais diversas mercadorias. Marcos Reis
Peixoto, o Marepe, nascido no município,
passou boa parte da vida observando
esse fluxo constante de cargas e
viajantes. E daí construiu sua linguagem
artística, que, em geral, propõe novos

REMINISCÊNCIAS
usos a objetos ordinários. Entre os dias 27
deste mês e 28 de outubro, ele ganha
sua primeira grande exposição individual
Em 1999, após quatro anos fechada, a Pinacoteca da Universidade Federal de em São Paulo, na Pinacoteca. Em Marepe:
Alagoas abriu suas portas com Olhar Alagoas: Arte Contemporânea, um marco Estranhamente Comum, com curadoria
da cena artística local. Na comemoração de duas décadas da exposição, a de Pedro Nery, reúne 30 peças lúdicas
instituição reunirá 14 obras de nove artistas que participaram do evento e cheias de história, como Periquitos
original em 20 Anos da Exposição Olhar Alagoas: Arte Contemporânea na (acima), de 2005, em que extrai a
Pinacoteca da Ufal. Escudos (acima), de Kalinka Bueno, está entre as peças televisão, por anos o aparelho mais
selecionadas. Além da mostra no local, um acordo possibilitou que parte do popular do mundo, dos lares brasileiros.
acervo contemporâneo regional fosse levado para o agreste, na Galeria É a primeira vez que a obra é montada
do Sesc Arapiraca. Vai de 11 deste mês a 27 de setembro. no Brasil. A entrada é gratuita.

claudia.com.br julho 2019 13


Cultura

Grupo Único PDF Passe@diante

O SERTÃO VAI AO MAR


Homenageando o carioca Euclides da Cunha, autor de Os Sertões, a 17 a edição
da Festa Literária Internacional de Paraty acontece entre os dias 10 e 14 deste mês
COLABORARAM GABRIELA ARAÚJO E MARIA CLARA SERPA

“O
sertanejo é, antes de menos de um mês depois com um principais, com 33 escritores – 18
tudo, um forte.” Cé- registro inestimável de um período mulheres e 15 homens. “Queremos que
lebre, a frase de Eu- histórico tão turbulento. a não ficção ganhe relevância nas
clides da Cunha Passados 122 anos, ele é o home- conversas, pois nos permitirá discutir
sintetizou a resistên- nageado da Festa Literária Interna- temas da atualidade, como gênero e
cia dos moradores de Arraial de Ca- cional de Paraty. Entre os dias 10 e 14, política”, diz Fernanda Diamant,
nudos aos ataques militares do gover- a cidade costeira relembrará o autor jornalista e curadora do evento pela
no no século 19, durante a batalha que e celebrará destaques da literatura primeira vez. CLAUDIA conversou
serviria de inspiração para seu livro, nacional e estrangeira, além de pro- com algumas das convidadas sobre o
Os Sertões. O carioca foi enviado ao mover apresentações artísticas diver- impacto de suas obras na sociedade
interior da Bahia para fazer uma co- sas, como danças e torneio de slam. – em comum, possuem a mesma fibra
bertura jornalística e voltou pouco Ao todo, o evento conta com 21 mesas do sertanejo descrito por Euclides.

14 claudia.com.br julho 2019


Especial
FÉRIAS
Ampliando
horizontes
Na sua estreia como curadora do evento,
Fernanda Diamant prossegue com
o comprometimento de aumentar o
número de mulheres e negros entre
os autores da Flip. Mas também quer
investir na diversidade em outros
Grupo Único PDF Passe@diante aspectos. “Resolvi incluir mais gêneros
literários e reforçar a presença da não
ficção nas mesas principais”, explica.
Isso refletiu diretamente na escolha de
Euclides da Cunha como homenageado
da edição, já que o autor faz um relato
Fotos Paraty, Walter Craveiro/Viagem e Turismo; Fernanda Diamant, Karime Xavier/divulgação; Ayobámi Adébáyo, divulgação

jornalístico sem deixar de lado a alta


literatura. “Além da qualidade da escrita,
ele tem uma relação muito forte com
o Brasil. Na atual situação do país, é
perfeito destacar alguém que fale da
pátria, que produza cultura sobre ela.”

NOVAS REALIDADES
Entre as autoras estrangeiras mais esperadas desta edição está a
nigeriana Ayobámi Adébáyo, cujo romance Fique Comigo (Harper Collins)
foi lançado em 2018. Na trama, aborda o papel da mulher e da família
em seu país. E propõe uma reflexão: “Além de mostrar a realidade da
minha terra natal, quero que os leitores pensem e avaliem quais são seus
deveres e responsabilidades uns com os outros como seres humanos”.

claudia.com.br julho 2019 15


Cultura

REGISTRO DE IMPACTO
Tal qual Euclides da Cunha, a paraense Cristina Serra enfrentou o desafio de
cobrir um episódio marcante para o país. Da experiência, nasceu Tragédia
em Mariana: A História do Maior Desastre Ambiental do Brasil (Record).
Considera seu triunfo poder contribuir com registros históricos do país.
“Meu legado será deixar um relato bem documentado sobre esse desastre
não só pelos aspectos técnicos mas também do ponto de vista humano.”

DE ONDE VÊM INSIGHTS


Transitando entre diversos gêneros, a cearense Jarid Arraes tira do cotidiano
a inspiração para suas obras e procura escrever sobre o que nunca leu.

Grupo Único PDF Passe@diante Lançou seus primeiros títulos sem editora e, assim, conquistou seu lugar no
mercado. Acaba de publicar Redemoinho em Dia Quente (Alfaguara).
“Quando escrevo, desejo ser, para quem me acompanha, aquilo que eu
demorei muito para encontrar ou não achei enquanto descobria a literatura.”

VENTOS DE MUDANÇA
Louis Oligny/divulgação; Aparecida Vilaça, Carlos Fausto/divulgação; Flip, Horacio Moreira/Veja; livros, divulgação
A argentina Mariana Enriquez costuma escrever histórias
góticas – a exemplo de uma coletânea de crônicas sobre
cemitérios – e de ficção científica, sempre com um toque de
terror. Porém, em seu último lançamento, Este é o Mar (Intrínseca),
Fotos Cristina Serra, Luis Paulo Ferraz/divulgação; Jarid Arraes, divulgação; Mariana Enriquez,

quis tentar algo diferente. “Cansei de tanta escuridão. Em vez disso,


falei sobre o estilo de vida de groupies que seguem bandas de rock.”

LAÇOS CONSTRUÍDOS
Depois de mais de 30 anos de estudos sobre os Wari’ – povo indígena de
Rondônia –, a antropóloga Aparecida Vilaça publicou Com Paletó e Eu
(Todavia). No relato, além de dar mais visibilidade à tribo, expõe a relação
desenvolvida entre sua família e os indígenas. “Levei meus filhos comigo
várias vezes, desde pequenos. A convivência os levou a serem pessoas
abertas ao diferente. Isso é o mais gratificante para mim”, conta.

16 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

DILEMA INTOLERÁVEL EM FUGA


Em Maternidade, a canadense A portuguesa Grada Kilomba utiliza Noite em Caracas, de Karina Sainz
Sheila Heti reflete sobre os ganhos livros, performances e filmes para Borgo, caraquenha, conta a história
e as perdas para uma mulher que levantar questionamentos sobre a de uma mulher que perde a mãe na
decide ser mãe. A narradora da normalização do preconceito. atual crise venezuelana. Abalada,
história se aproxima dos 40 anos e Memórias da Plantação, de 2008, é tenta roubar o passaporte da vizinha
começa a se questionar se quer ter uma compilação de pequenas para escapar da capital violenta.
filhos. Com franqueza, originalidade histórias sobre episódios cotidianos Apesar da vontade de ir embora, ela
e humor, o romance mostra a busca de racismo. Será lançado no Brasil precisa lidar com a culpa de deixar o
dessa resposta durante anos. pela Cobogó durante a Flip. país à beira de um colapso.

claudia.com.br julho 2019 17


Grupo Único PDF Passe@diante
MODA &
BELEZA
JULHO 2019
POR @bacestaro

@fabioishimoto

@isabellamarinelli

Grupo Único PDF Passe@diante

PEGADA VERDE
É preciso ir além do apelo estético para agarrar os consumidores entre eles óleo de mamona e milho. O NPC UK Cotton + Corn (399
Foto divulgação/Reebok

millennials e da geração Z – aqueles nascidos depois de 1989. A reais), da Reebok, é o primeiro tênis certificado pelo Departamento
combinação entre propósito, sustentabilidade e produto é fator de- de Agricultura dos Estados Unidos, desenvolvido em parceria com
cisivo na hora de fechar a compra. Parece um grande acerto, portan- uma empresa líder em soluções biodegradáveis de alta performance.
to, um tênis bonito feito com 75% de elementos biodegradáveis, A edição é limitada e até a embalagem é 100% reciclável.

claudia.com.br julho 2019 19


Lição de beleza

AUTOBRONZEADOR FACIAL
A recomendação número 1 dos dermatologistas é não tomar sol no rosto sem
proteção. Para ele não ficar com uma cor diferente da do corpo, recorra a produtos
específicos. A seguir, os segredos que vão garantir melhores resultados
TEXTO FERNANDA MORELLI

O
s autobronzeadores corporais
demoraram para atingir a alta PREPARE O TERRENO OBEDEÇA ÀS ORDENS
performance. Cheiro forte, Esfoliar a pele antes de aplicar o Leia e siga a indicação do
formulações que levavam a autobronzeador equivale a limpar uma fabricante no rótulo. Cada região
manchas e efeito alaranjado apareciam tela para depois começar a pintura. tem características específicas, e os
entre as principais reclamações das consu- “Ajuda a homogeneizar a textura na produtos são desenvolvidos para agir

Grupo Único PDF Passe@diante


midoras. Felizmente, a tecnologia reverteu
completamente o quadro. O avanço foi
hora de receber o tonalizante, evitando
manchas”, explica Valéria. Não é
de acordo com elas. “Normalmente,
cosméticos para o rosto podem ser
tanto que chegaram às prateleiras versões recomendado, entretanto, deixar tudo aplicados também no colo. Só não vale
específicas para o rosto, região que inspira para o mesmo dia. A preparação inverter e passar algo para o corpo
mais cuidados e vive exposta. deve ocorrer um ou dois dias antes. no rosto”, alerta Alberto. A utilização
Hoje, as composições vão além de bron- equivocada pode desencadear quadros
zear o tom da pele – não obstruem os poros, NÃO ESQUENTA! de acne e até dermatite.
garantem boa cobertura e o desbotamento Banhos muito quentes aceleram a
é gradual. “Elas contêm uma substância desidratação da pele, promovendo NO DIA A DIA
chamada DHA, que reage com a camada a descamação (mesmo que Não é porque você está com a pele
superficial da derme, levando à produção imperceptível) e, consequentemente, bronzeada que pode pular o filtro
de pigmento mais escuro”, afirma Vânia abreviando a duração do efeito. Evite. solar. A proteção continua
Leite, presidente da Associação Brasileira Fique de olho também na rotina imprescindível. No caso dos
de Cosmetologia. de cuidados. “Interrompa o uso de hidratantes, procure aqueles
Há texturas para todos os gostos: bem esfoliantes enquanto ainda está com ácido hialurônico
cremosas, ultrafluidas e até aplicadas com bronzeada, assim como determinados e vitamina C, mais potentes.
lenço umedecido. “Espalhe delicadamente, ácidos. Já séruns e hidratantes estão A hidratação também colabora com
como se fosse um hidratante, sem esquecer liberados”, avisa o dermatologista o viço natural da pele, que, quando
nenhum cantinho”, ensina a dermatologista Alberto Cordeiro, de São Paulo. nutrida, tem aquele brilho típico de
Valéria Marcondes, de São Paulo. Quanto mais hidratada, melhor! quem anda aproveitando o verão.
Fotos modelo, Ítalo Gaspar; produtos, divulgação

SOL FEITO
EM CASA Pocket
Bronze Lenço
Autobronzeador,
Autobronzeador Bio Bronze Best Bronze, Bronze Self
Facial Anti- Natural Glow, R$ 129,90 Tanning
-Idade, Skelt, Adcos, a embalagem Jelly, Dior,
R$ 65 R$ 99 com dez R$ 199

20 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Desafio da leitora

ALÉM DO ESPELHO
Depois de um divórcio conturbado, a supervisora administrativa Claudia Kitagawa,
46 anos, desejava fazer uma revolução pessoal. Começou mudando o visual,
que era o mesmo havia anos, e inaugurou a boa fase com uma guinada radical
COLABOROU MARIA CLARA SERPA FOTOS TAKEUCHISS

CABELO
A maioria das mulheres busca uma combinação delicada entre
o moderno e o prático quando o assunto é cabelo. Claudia não
foi exceção. Pediu algo que se encaixasse no dia corrido mas a
deixasse confiante. O cabeleireiro Rodrigo Cintra, de São Paulo,

Grupo Único PDF Passe@diante sugeriu um corte com franja alongada, que é sofisticado, atual
e fácil de arrumar em casa. Completou o look com mechas
acobreadas. O tom está em alta e não demanda muitos retoques.
“Nuances avermelhadas combinam com fios castanhos”, indica.

Fotos produtos, divulgação • Styling Bi Lessa

As pontas desconectadas, levemente mais compridas


ANTES nas laterais, criam uma moldura para o rosto e ainda
mantêm o ar moderno dos cortes curtinhos

QUER SE CANDIDATAR À TRANSFORMAÇÃO? ESCREVA PARA FALECOMCLAUDIA@ABRIL.COM.BR

22 claudia.com.br julho 2019


“No início, fiquei
com receio de cortar
o cabelo. Porém,
agora, ao me
olhar no espelho,
sinto que trouxe a
renovação de que eu
precisava. Amei!”

Grupo Único PDF Passe@diante

DEPOIS

MAQUIAGEM
O maquiador Adriano Oliveira, de São Uma camada de sombra cintilante na
Paulo, também seguiu o pedido por pálpebra iluminou o olhar. Finalizou 1
algo fácil de reproduzir em meio à com cílios postiços (opcional no dia a
rotina atribulada. “Escolhi um make que dia) e várias camadas de máscara preta.
realçasse os traços dela”, explicou. Nos As sobrancelhas foram preenchidas 2
olhos, aplicou com um pincel macio um com lápis marrom e esfumadas com a
pó bronzeador para marcar o côncavo. ponta do dedos. O batom nude puxando
Em vez de lápis, passou o mesmo para o tom caramelo, cor bastante 1. Pó bronzeador, M.A.C, R$ 159
produto rente aos cílios inferiores. invernal, é discreto e elegante. 2. Batom mate, Mary Kay, R$ 49,90

claudia.com.br julho 2019 23


Tratamentos

LIMPEZA PROFUNDA
Eliminar o acúmulo de toxinas virou prioridade em spas e clínicas de estética. Os novos
procedimentos aliam massagens a técnicas e produtos específicos para desintoxicar
TEXTO MARIANA LAMBERT

O
termo detox, já co- embora”, explica o dermatologista Arsenal de
nhecido dos cardápios
de comidas e bebidas,
Thales Bretas, do Rio de Janeiro. A
retenção é praticamente inevitável
manutenção
chega aos tratamen- na vida agitada, que muitas vezes
tos, mais especifica- inclui alimentação desequilibrada e
mente às massagens, corporais e baixa ingestão de água mineral.
faciais. Com a missão ambiciosa de Os protocolos detox combinam
amenizarem o inchaço causado pelo manobras específicas de estímulo do

Grupo Único PDF Passe@diante


acúmulo de líquidos, podem agir
sozinhas ou associadas a outros
sistema linfático a ferramentas que
aumentam a permeabilidade da pele Esfoliante corporal
tratamentos, intensificando-os. “O para receber ativos poderosos. Colo- Joatinga, Riô, R$ 99
objetivo é controlar a produção de que ainda na conta de benefícios a
radicais livres e mandar as toxinas profunda sensação de leveza.

Menu de cuidados Gel redutor


e firmador
corporal Lipo
Firma, Anna
ALTAS TEMPERATURAS Pegova,
R$ 129
A manta térmica já é conhecida de quem frequenta as clínicas de estética. A sensação
quentinha provoca a vasodilatação e, consequentemente, o aumento da circulação
sanguínea, da oxigenação dos tecidos e a quebra das células de gordura. O Super Detox,
na La Lima Esthetic & Co., em São Paulo, acrescenta ao tratamento outras técnicas, como
esfoliação, máscara de argila e massagem com ativos ortomoleculares para definir o contorno
corporal. São indicadas três sessões (250 reais cada uma) para melhores resultados.
Máscara Detox
TRABALHO INTERNO Tea Tree com
A Dreno Detox, da Clínica Patricia Davidson Haiat, no Rio de Janeiro, combina manobras Esqualano,
Biossance,
fortes das massagens modeladora, desportiva e shiatsu. “O intuito é atingir as camadas R$ 218
Foto Getty Images; produtos, divulgação

profundas da pele, promover uma limpeza de toxinas, reduzindo medidas já a partir da


primeira sessão”, explica a esteticista Rossi Santos. Cada sessão sai por 300 reais.

FORÇA-TAREFA
Toques suaves, alongamentos e óleos vegetais criam a atmosfera zen do método que Óleo de Rosa
associa drenagem linfática a práticas da ayurveda – a medicina secular indiana. O resultado Mosqueta,
Simple
da sessão do Detox Integrativo Corporal no espaço Temple, em São Paulo, é corpo Organic,
reenergizado e pele viçosa. Custa 200 reais a sessão ou 600 reais o pacote com quatro. R$ 90

24 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

Atenção contínua
Mais do que tratamentos esporádicos, é importante ter consistência na rotina de cuidados.
Só assim o resultado é garantido e prolongado. Veja alguns hábitos que vão estender os efeitos

• BASE ALIADA • HORA DO CHÁ • OLHO NO MENU


Reforce a prateleira com cremes, séruns As bebidas à base de cavalinha Aproveite o incentivo ao autocuidado
e esfoliantes poderosos. Aqueles que e gengibre têm efeito diurético para mexer no cardápio. Alimentos
utilizam nanotecnologia (partículas de e aceleram o metabolismo – benefícios industrializados e ultraprocessados
ativos muito pequenas) intensificam a para quem sofre com falta de tendem a bater recorde de sódio, ou
automassagem. Anote os segredos para energia e sente peso nas pernas seja, é retenção de água na certa. Reveja
a autoaplicação. “Nos braços, pernas, colo ao fim do dia. Vale ingeri-las sozinhas ainda o consumo de ingredientes que
e pescoço e no rosto, espalhe o produto de ou adicionadas a outras preparações. favorecem a inflamação do corpo, como
baixo para cima, fazendo leve pressão para “No suco verde, por exemplo, açúcar, lactose e glúten, além de bebidas
ativar o sistema circulatório e linfático. Na aumenta o potencial anti-inflamatório”, alcoólicas. Em caso de mudanças bruscas
barriga, o movimento deve ser circular”, indica o nutrólogo Bruno Takatsu, ou privações rigorosas, é recomendado
ensina a esteticista Rossi. da clínica Horaios, em São Paulo. o acompanhamento de um nutricionista.

claudia.com.br julho 2019 25


Tendências

CUIDADO EXCESSIVO
A rotina de beleza das mulheres coreanas, com ao menos dez passos, entrou
no radar das brasileiras. O problema é que variações locais, que vão do clima
à formulação dos produtos, podem colocar a saúde da pele em xeque
TEXTO MARIANA LAMBERT

B
asta deslizar rapidamen- demorar para responder a qualquer PARA SIMPLIFICAR
te pelo feed do Instagram tratamento”, conta a tradutora curiti-
e lá estão os gurus de bana Amanda Bittencourt, 26 anos. BÊ-Á-BÁ
beleza falando sobre É possível personalizar a rotina,
k-beauty. A letra é a VOCÊ É ÚNICA adequando-a às necessidades e à
abreviação, em inglês, para Coreia (no A questão é que, quando o assunto é disponibilidade de tempo, dinheiro

Grupo Único PDF Passe@diante


caso, do Sul), um polo de tecnologia
e epicentro de tendências em cosmé-
saúde, não se pode contar com fór-
mulas prontas ou efetivas em outra
para investir em produtos, preocupação
com sustentabilidade e, é claro,
ticos. Para além da inovação, o que pessoa, especialmente se levarmos interesse. “Tenha em mente que os
chamou a atenção para tal cultura foi em consideração as peculiaridades essenciais são limpeza, hidratação
uma rotina de cuidados de pele com geográficas. Nível de radiação solar, e fotoproteção. E sempre busque
mais de dez passos. A primeira etapa temperatura e umidade do ar são orientação do dermatologista”,
é feita com demaquilante ou óleo de apenas alguns dos aspectos climáti- argumenta Sylvia Ypiranga.
limpeza, espuma de limpeza à base cos que diferem as condições sob as
de água e esfoliante. Em seguida, vêm quais ocidentais e orientais vivem. EFEITOS ESPECIAIS
o tônico facial e a essência. Depois, Além disso, cada tipo de pele, bem Deixe as máscaras poderosas para dias
anti-idade ou tratamento específico, como o momento em que ela está, importantes, em que a pele precisa de
máscara, creme para a região dos pede abordagem individual. É o que uma dose extra de nutrição para aguentar
olhos, hidratante e protetor solar. Todo defende a dermatologista Sylvia horas de maquiagem ou se recuperar de
o processo é repetido de manhã e à Ypiranga, de São Paulo. “Sabonetes um período de estresse. Vale colocar uma
noite. Apesar de parecer complicadís- agressivos podem tirar a pouca ole- meditação guiada nos fones de ouvido
simo, o apelo terapêutico laçou adep- osidade natural da pele seca, por enquanto espera o tempo de ação e se
tas. Em um momento em que auto- exemplo”, explica. Em contrapartida, desconectar do mundo exterior.
cuidado tornou-se uma das hashtags ingredientes pesados, como óleos,
mais populares nas redes sociais, tirar talvez levem à obstrução dos poros. INGREDIENTES-CHAVE
um tempo do dia a dia corrido para As texturas também pedem cau- Não se perca entre os rótulos.
olhar para si mostrou-se uma opor- tela. “No caso dos abrasivos, tipo O ácido hialurônico e a vitamina C são
tunidade tentadora de testar novas esfoliante, o excesso de atrito, ainda os atuais queridinhos do mercado. O
técnicas e produtos. que leve, pode causar irritação ou primeiro é responsável por reter a água
“Para mim, o que vale é a lição de vermelhidão”, diz a dermatologista da cútis. O segundo tem propriedades
dar atenção aos cuidados faciais. Desde Denise Steiner, de São Paulo. antioxidantes, que protegem as células
que adotei a cartilha, minha pele está Mais do que efeito de um ou outro da ação dos radicais livres e previnem
Foto Getty Images

visivelmente mais saudável. Percebo frasco, o segredo está em não ultra- o envelhecimento precoce. De imediato,
que, hoje, é mais fácil tratar uma espinha, passar a linha muitas vezes tênue ambos garantem brilho saudável e uma
por exemplo. Meu rosto costumava entre atenção e excesso. superfície lisa para receber a base.

26 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Hot list

PASSAGEIRA
FREQUENTE
Dá para manter a rotina de beleza em qualquer lugar do mundo
– até no avião! Coloque na mala as ferramentas certas que,

2
mesmo em versão míni, entregam altíssima performance
TEXTO ISABELLA MARINELLI

1
Grupo Único PDF Passe@diante
TAMANHO MICRO
Nada pior do que carregar
uma bolsa pesada e cheia
de itens desnecessários no
corre-corre do aeroporto.
Reduza as dimensões do
nécessaire com itens em
embalagem miniatura. Em viagens
internacionais, já vale a regra de
100 mililitros por recipiente (de
xampu, cremes, óleos) para a mala
de mão – somando o máximo de 1
litro no total. Use o mesmo concei- 2
to para os demais produtos, como
primer e blush.
3
Fotos produtos, divulgação; modelo (página ao lado), Getty Images

Troc a r a ba se
líquida por ver-
sões em pó para
evitar vazamen- DIRETO NO BOX
t os t a mbém é Não estranhe caso sinta diferença na textura do
uma boa ideia. cabelo após o banho. Em alguns países, a água que
sai do chuveiro tem variáveis na composição. É o
1
caso da Europa, por exemplo, em que é comum
haver excesso de calcário. Vale testar versões locais
de xampu e condicionador, já formulados para essa
1. Miniesponjas de maquiagem Make Up 360, Belliz, R$ 25 condição. Na mala, carregue um óleo capilar. Ele
2. Fixador de make Mist & Fix, Make Up for Ever, R$ 70 (30 ml) reduz o frizz, se usado como leave-in, ou poten-
3. Óleo corporal em bastão Licuri, L’Occitane au Brésil, R$ 49,90 cializa o condicionador com apenas algumas gotas.

28 claudia.com.br julho 2019


Especial
FÉRIAS
Grupo Único PDF Passe@diante

3
FORA DA CAIXA
O clima é um fator estressor, que
pode deixar a pele temporaria-
mente mais seca ou oleosa. Por
via das dúvidas, carregue um
sabonete suave. O destino tem
praia? Hidratantes em gel são
mais refrescantes. É desértico?
Vá de creme com textura densa.

claudia.com.br julho 2019 29


Hot list

4
5
S.O.S.
S. UNHAS
Paraa quem não vai
despachar
achar bagagem
Grupo Único PDF Passe@diante
no aeroporto,
eroporto andar
com objetos pon-
tiag udos, como
alicate e tesoura,
não é permitido.
Lance mão de produtos com alta
capacidade de emoliência para adiar
a remoção das cutículas e amenizar
a sensação de aspereza ao redor
das unhas. Para remover o esmal-
te, lenços ou discos de algodão que
já vêm embebidos com removedor
quebram um galho e tanto.
Hidratante com
cor You Better
Creme para Mãos Work!, Essence,
E
Sense Floralis, R$ 29,90
2
Hinode, R$ 25

Discos PROTEÇÃO SEM ESFORÇO


removedores de Com paisagens incríveis a serem
se des-
esmalte, Ricca,
R$ 7 bravadas, sobra pouco
pou tempo para
muitas etapas de maquiagem. Aprovei-
te os recém-chegados ao mercado que
garantem nutrição e proteção solar com
pigmentação similar à cobertura de base.
“Retoque ao longo do dia com uma Color-Smart
Day Moisturizer
versão em pó”, recomenda a dermatolo- Waso, Shiseido,
gista Paola Pomerantzeff, de São Paulo. R$ 269

30 claudia.com.br julho 2019


6 UM PRODUTO,
VÁRIOS EFEITOS
Depois de uma longa
temporada de acabamento opaco,
o efeito acetinado, com leve brilho,
chegou para ficar. De carona com
a tendência, produtos cremosos e

7
líquidos, que deixam o visual natu-
ral, pipocaram nas prateleiras. Uma
das vantagens da textura é que dá
para usar o mesmo item em várias
áreas do rosto. Um blush cremoso,
por exemplo, pode ser usado também
para colorir as pálpebras. Já a som-
bra em bastão marca a linha dos
cílios como um lápis.

Mini-
mbra
Sombra
Grupo Único PDF Passe@diante
viar Stick
Caviar
Eyee Colour
-iluminador
Shimmering
Perfect
Skin Perfector
rome,
Chrome, Becc
Liquid, Becca, NAS ALTURAS
Lauura Mercier,
Laura R$ 89 A p e s a r do hidratação já resolve o problema.
R$ 139 ambiente fe- “Em voos longos, dispense a maquia-
chado, quem gem e aplique uma camada genero-
viaja perto sa do seu hidratante por baixo do
da janela
ja do avião é atingido por protetor”, indica. No decorrer do
radiação
radia solar. Isso significa que o trajeto, borrife uma bruma hidra-
filtro é indispensável mesmo nessa tante por cima de tudo quando
ocasião.
ocasi “O indicado é reaplicá-lo a sentir necessidade. Ela será absor-
cada duas horas”, aconselha a der- vida sem escorrer. Bálsamos labiais
matologista
mato Ana Carolina Sumam, com óleos vegetais na formulação
do RRio de Janeiro. O ar frio e seco também são boas apostas, pois criam
BBlush em bastão
Mark., Avon, rouba umectação do rosto, do colo e uma película protetora. Reaplique

8
R$ 27,99 das mãos. Um pequeno arsenal de após o lanche e antes de dormir.
Fotos produtos, divulgação; mãos, as demais, Getty Images

Escova rotativa
EFEITO DE SALÃO Spin Ceramic Íon
Quem não abre mão de Brush, Philco,
escovar os cabelos mesmo R$ 209,90
durante uma escapada Prancha bivolt
pode contar com uma nova geração Bellatrix, Salon
Line, R$ 139
de aparelhos modeladores. Os seca-
dores bivolt, agora tão potentes quan- Secador
to o convencional, e escovas elétricas dobrável
com diversas cabeças de encaixe são Nomad, Arno,
R$ 109,90
uma mão na roda para improvisar um
penteado especial longe de casa.

claudia.com.br julho 2019


cla 31
Beleza descomplicada

Jelly Stylo, cor


501 Starry
Rose, Kiko Le Rose
Milano, Perfecto,
R$ 79,90 cor N201,
Givenchy,
R$ 129

EMGrupo
TRÂNSITO
Único PDF Passe@diante
No meu mês de estreia (e de férias!), dou
LÁBIOS DE SEDA
Vivo um relacionamento
sério com batons ultra-
-hidratantes, aqueles com
mais brilho do que cor. São
dicas de produtos fáceis de aplicar e com agradáveis de passar, e a
cobertura translúcida vai
efeito incrível para ter sempre à mão

E
bem de dia e de noite, em
makes carregados. Como
nquanto você lê esta coluna, estou curtindo não sou fã dos nudes, opto
dias de folga longe de casa. Especialmente pela cartela dos corais.
quando viajo, gosto de reduzir as etapas na
hora de me arrumar – para não perder tempo
Fotos modelo, Getty images; produtos, divulgação; Isabella, Leo Fagherazzi • Beleza, Renato Mardonis

Dior Addict Stellar


no destino, claro. É essencial, portanto, que Shine, cor D-Galaxy,
os cosméticos eleitos entreguem bons resultados com Dior, R$ 159
pouco esforço. Melhor ainda se forem gostosos de usar!

FRESCOR IMEDIATO Para voos longos,


As brumas são ótimas para se
refrescar ao longo do dia. Ainda é
máscaras de efeito
possível usá-las para umedecer a local são boas
esponja e suavizar a cobertura da
base, deixando-a mais leve. Duas
opções. Curto
das minhas favoritas estão de roupa aquelas que
nova em edições limitadas. A Água
de Beleza, Caudalíe (89 reais,
cobrem apenas @ISABELLAMARINELLI
30 mililitros), vem em novo vidro o contorno é editora de beleza
cor-de-rosa. Já a Prep + Prime Fix +
Cherry Blossom, M.A.C (129 reais),
dos olhos, pois
ganhou perfume de flor de cerejeira. rreduzem o inchaço
32 claudia.com.br julho 2019
Grupo Único PDF Passe@diante
 peça, 4 looks

Jaqueta doudoune
O modelo tem material leve (bom para carregar por aí), mas esquenta bastante.
E ainda dá um ar esportivo, quebrando a seried
seriedade de qualquer look

JAQUETA de
náilon, Canal,
no OQVestir,
R$ 659

Grupo Único PDF Passe@diante

CAMISA de tricoline, Renner,


nner, R$ 59,90; CALÇA de TOP de tricô, Forever 21, R$ 75,90;
COS de metal, Silvia
couro, Le Lis Blanc, R$ 1 130; BRINCOS SAIA de tweed, Renner, R$ 99,90; ÓCULOS de acetato,
Doring, R$ 260; BOLSA de couro, Bottletop, R$ 2 040; Livo, R$ 399; BOLSA de couro, Calvin Klein, R$ 890;
SANDÁLIAS de couro, Santa Lolla, R$ 189,90 TÊNIS de lona, Converse, R$ 139,90

34 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Fotos Eduardo Svezia • Edição de moda Fabio Ishimoto (OD MGT) • Produção de moda Bi Lessa • Produção executiva Barbara Cestaro

TOP de tricô, Zara, R$ 99; CALÇA de crepe, ’2Essential, no VESTIDO de tricô, Amaro, R$ 259,90;
Shop2gether, R$ 569; CINTO de camurça, VS Cintos, R$ 80; ÓCULOS de metal, Ray-Ban, R$ 520;
BRINCOS de metal, Piuka, R$ 89,90; BOLSA de couro, Christian POCHETE de material sintético, Forever 21, R$ 105,90;
Louboutin, R$ 9 990; ESCARPINS de nobuck, Cecconello, R$ 219,90 COTURNOS de verniz, Via Marte, R$ 129,99

claudia.com.br julho 2019 35


Vitrine

Utilitário Camisa de sarja,


Pernambucanas,
A tendência que tomou as R$ 100

passarelas internacionais
apresenta visuais cheios de
bolsos, botões e fivelas –
perfeito para aliar
praticidade e modernidade

Bota de
couro, Sonho
dos Pés,
R$ 269,90

Grupo Único PDF Passe@diante

Fotos produtos, divulgação; modelos, Fotosite • Edição de moda Fabio Ishimoto (OD MGT) • Produção de moda Barbara Cestaro
Macacão Cinto dee
de crepe, veludo,,
Printing, Zara,
R$ 3 625 R$ 1299

Calça de
d sarja,
C&A, R$ 120

Saia de
algodão,
Coven,
R$ 1 350
ISABEL MARANT

Mochila de couro, Coach,


R$ 3 298

36 claudia.com.br julho 2019


Pochete de
couro, FFendi,
R$ 5 9900

Óculos
dde metal,
Tommy
Hilfiger,
RR$ 418,95

Colete de
JJaqueta
t ttencel, Amaro,
de algodão,o, R$ 289,90
Zara,
R$ 479

Grupo Único PDF Passe@diante


arja,
Calça de sarja,
o,
Riachuelo,
R$ 129,9090

Bota de
o,
couro,
tz,
Schutz,
90
R$ 490

Macacão
de veludo,
Renner,
R$ 219,90

Jaqueta jeans, Cinto de couro,


GIVENCHY

Tufi Duek, Ellus,


R$ 790 R$ 159

claudia.com.br julho 2019 37


Achados

Partida
imediata
Passar horas viajando em
aviões e carros exige roupas
confortáveis, mas o look
também pode ser estiloso

Cinto de material
sintético, Santa Lolla,
R$ 49,90
Calça jeans,
s,
ças,
Ateliê de Calças,
R$ 300

Grupo Único PDF Passe@diante


LONGAS
DISTÂNCIAS
Peças largas, como o
blazer oversized e a
calça jeans de corte
reto, não incomodam
e, com cores
básicas, são fáceis
de combinar com
ooutros
ou os itens
utrros ns da
iteens da mala
m laa
ma
durante
dura
du rant
ra te a estada.
nte
nt esta
estada
taddaa.

a
a,
Blazer de algodão, Zara,
R$ 329

couro Osklen
Tênis de couro, Osklen,
Cinto de materia
material R$ 647
sintético, Riachuelo,
R$ 25,90

Top de malha,
Dzarm,
R$ 90
Tênis de couro, Fila, Bolsa de couro, Ellus, Mala de
R$ 600 R$ 669 policarbonato,
Le Postiche,

38
R$ 300
claudia.com.br julho 2019
Especial
FÉRIAS
Bermuda de
algodão, Amaro,
R$ 159,90

Manta de lã, Renner,


R$$ 79,90
,

Bolsa de couro,
Verofatto,
Grupo Único PDF Passe@diante
R$ 408

Sliders de borracha Camisa de


e strass, Shoestock, viscose, QUALQUER
Q
QUU
R$ 69,90 Zara, HORA
HO
HO E DESTINO
R$ 199 O cconjunto
Fotos produtos, divulgação; modelos, Fotosite • Edição de moda Fabio Ishimoto (OD MGT) • Produção de moda Barbara Cestaro

soltinho
l lembra
um pijama – mais
aconchegante, impossível.
Colar de
Só não se esqueça de ter
metal, em mãos um acessório mais
Josefina quentinho, como uma manta
Rosacor, ou echarpe, para se proteger
R$ 39 do ar condicionado,
por exemplo.

Mala de material
materia
sintético, Artlux,
Artluux
na Zattini, R$ 2265
6

Camisa de linho e
algodão, Zara, R$ 379

Bolsa de material
sintético, Anacapri,
R$ 189,90
Calça de
Óculos de acetato, linho e
Seen, na GrandVision algodão, Chinelo de borracha e
by Fototica, R$ 79 Zara, cortiça, Birkenstock,
R$ 379 R$ 449,90

claudia.com.br julho 2019 39


Lançamentos

VAMOS
FUGIR?
Grupo Único PDF Passe@diante

Não importa o destino da


escapada, nós sugerimos a mala
perfeita. Nesta seleção, novidades
de beleza e moda para relaxar
com estilo seja qual for o clima
TEXTO ISABELLA MARINELLI E BARBARA CESTARO
FOTOS CARLOS BESSA
ILUSTRAÇÃO CAMILA GRAY
CONCEPÇÃO VISUAL ÍCARO GUERRA
Especial
FÉRIAS
Grupo Único PDF Passe@diante

BEIJADA PELO SOL


Pele protegida? Sempre! Mas não pálida! Um
pouquinho de cor nas bochechas e no centro do
nariz disfarça os meses longe da areia. A
naturalidade vem da mistura de tons, como o
fúcsia e o laranja, do blush em pérolas
Météorites Perles de Satin, Guerlain (310 reais).

TEMPERATURA SUBINDO
A segunda parceria entre PatBo e Paula Torres
é supertropical. Apresentada na última SPFW, a
Summer Collection 2020 tem mules e sandálias
ricas em detalhes e materiais, como cobertura
de linho, fivelas de madeira e palha, pedrarias
e estampas. Os modelos da página ao lado,
ideais para um passeio no litoral, custam 660
reais (a de animal print) e 599 reais.
Lançamentos

Grupo Único PDF Passe@diante

100% DE APROVEITAMENTO
É preciso uma boa dose de versatilidade para
entrar no nécessaire de viagem. É o caso
da paleta Suede Voyageur Eyeshadow,
Nars (199 reais). Com seis nuances neutras,
que vão do bege opaco (ótimo para destacar
o arco das sobrancelhas) ao marrom cintilante
(que dá ar festivo ao olho esfumado),
ela foi desenvolvida em miniatura para
facilitar o transporte. Disponível também
em outras duas combinações de cores.
Grupo Único PDF Passe@diante

PEQUENA NOTÁVEL
O ambiente e o ritmo urbanos pedem praticidade. Portanto,
uma boa mochila é essencial. As menores são leves e, claro,
estilosas, como a Lock Me, Louis Vuitton (11,6 mil reais).
As alças ajustáveis permitem deixar o modelo confortável,
na altura que você preferir, e até levá-la a tiracolo.
Lançamentos

Grupo Único PDF Passe@diante

RAINHA DO GELO
Se você vai encarar férias sob neve, os óculos
Active, Prada Linea Rossa (1 040 reais cada
um), são uma boa pedida. Chamativos, um
resgate do estilo esportivo dos anos 1990, vão
bem da pista de esqui aos centrinhos
das cidades montanhosas. De material
emborrachado, têm tons neon e lentes
espelhadas, mas o destaque fica com a
tecnologia das lentes, que garantem proteção
especial contra a claridade.
À PROVA DE FRIO
O vento e o sol nos destinos gelados podem
ser tão ou até mais agressivos à pele do que
horas em frente ao mar. A Máscara Facial
Hidratante Aqua Réotier, L’Occitane en
Provence (179 reais), funciona como um creme
potente para aplicação antes de dormir ou
como opção rápida quando se precisa de uma
bomba de hidratação. Nos dois casos, é
indicado enxaguar antes de se expor ao sol.

Grupo Único PDF Passe@diante


Lançamentos
RESET PROGRAMADO
O recesso é para pegar mais leve, desligar. Vale
até ficar offline. O mood suave combina com o
creme de limpeza Calming Cream Cleanser,
The Body Shop (85 reais), que contém aloe
vera, óleo de babaçu e manteiga de karité. Se
preferir usar a tecnologia para incrementar a
rotina de cuidados com a pele, experimente a
escova Luna Fofo, Foreo (499 reais). Ela tem
cerdas de silicone e vibrações customizadas,
controlada via celular. Para quem não resiste à
internet, saiba que o sistema não permite
acesso às redes sociais durante o uso.

QUE TAL UMA VOLTINHA?


Inspirada nos campos de Lake District,
na Inglaterra, a Rimowa lança a mala
Essential em tom Sage – este verdinho ao
lado. Ela faz parte da nova edição limitada
Colors, que inclui outras três cores, criadas
com base em vistas aéreas de deslumbrantes
paisagens ao redor do globo. Os modelos
estão disponíveis em três tamanhos (a partir
Grupo Único PDF Passe@diante de 2,8 mil reais a de 10 quilos).
Grupo Único PDF Passe@diante
Aoevivo
cores
em
Grupo Único PDF Passe@diante

Por um inverno mais animado, resista à vontade de usar


tons neutros nos olhos e invista em um make vibrante
TEXTO ISABELLA MARINELLI FOTOS LEO FAGHERAZZI
BELEZA RENATO MARDONIS STYLING BARBARA CESTARO
Grupo Único PDF Passe@diante
Ingrid Vina (Ford Models) usa brincos, Amaro; blusa, Animale

DUPLA AÇÃO
Tons alaranjados quentes
marcam o côncavo, dando
profundidade ao olhar.
Para um visual mais
ousado, vale combinar com
nuances complementares,
como azuis ou verdes –
tipo este menta.
Grupo Único PDF Passe@diante

Blusa, Mob, no OQVestir; brincos, Louis Vuitton

EFEITO GLACIAL
O delineado nem sempre precisa ser um gatinho preto. Atualize a cor e o desenho. “Fiz traços rentes aos cílios, respeitando o formato dos olhos,
e os juntei em uma ponta bem saliente, pois valoriza o olhar e é atual, assim como o branco”, diz o maquiador Renato Mardonis, de São Paulo.
Para alcançar o efeito, ele aplicou o produto em pasta com um pincel chanfrado. Quem não tiver prática pode apostar na versão em caneta.
Grupo Único PDF Passe@diante

MEIO A MEIO
O híbrido entre gráfico
e esfumado garante
modernidade sem
exigir precisão no traço.
“Suavize as bordas com
um cotonete e capriche
Patrícia Canola (Ford Models) usa blusa, Amaro; brinco, acervo CLAUDIA

na máscara de cílios”,
explica Renato. Rosados
e avermelhados estão
em alta. Pode apostar!
Grupo Único PDF Passe@diante

DIRETO DA
PROVENCE
A família de violáceos,
que vão do lilás ao roxo,
é um bom começo para
quem tem receio de se
jogar nas cores. Vá de
lavanda, que é suave
mas não passa
despercebida.
Nesta página, blusa, Market33; brincos, Luiza Dias 111. Na página ao lado, blusa, Basiqy; brincos, FYI. Tudo no OQVestir • Tratamento de imagem RG Imagem • Assistente de beleza Julia Bachesque

Grupo Único PDF Passe@diante

NOITE ESTRELADA
Experimente criar um visual marcante sem marrom lançando mão de cores intensas metalizadas, como este azul-marinho. “Aplique a
sombra nos cantos interno e externo das pálpebras, deixando um intervalo no centro para ampliar o olhar. Suavize com um pincel fofo
levando o produto para a linha dos cílios inferiores”, ensina Renato. Aplique uma camada de iluminador em todo o olho e está pronto.
PARECE
MAS NÃO É
Em tempos ecológicos, materiais
sintéticos substituem o couro
nasGrupo
roupas sem perder o efeito. PDF
Único Passe@diante
O mix de texturas com camisas
ressalta a sensualidade
EDIÇÃO DE MODA FABIO ISHIMOTO (OD MGT)
FOTOS RODRIGO MARQUES (OD MGT)
STYLING HENRIQUE TANK (CAPA IMG)
CONCEPÇÃO VISUAL ÍCARO GUERRA
PRODUÇÃO EXECUTIVA BARBARA CESTARO

BLUSA de seda, NK Store,


R$ 1 420,90; SHORT de
material sintético, Renner,
R$ 119,90; BRINCOS de metal
com cristais, Rosa Chá, R$ 498;
BOLSA e CINTO, ambos de couro,
Christian Dior, preços sob consulta;
MEIA-CALÇA de náilon, Lupo,
R$ 12,90; BOTAS de couro,
Carmim, R$ 550
Grupo Único PDF Passe@diante
NESTA PÁGINA,
JAQUETA de material
sintético, C&A,
RS 289,99; BLUSA
de seda, Le Lis Blanc,
no Shop2gether,
R$ 979,90; SAIA de
material sintético,
Amaro, R$ 249,90;
BRINCOS de strass,
Rincawesky, R$ 210;
BOTAS de camurça,
Christian Dior, preço
sob consulta

NA PÁGINA AO LADO,
JAQUETA de material
sintético, Amaro,
R$ 299,90; BLUSA de
seda, Olympiah,
R$ 429; CALÇA de
material sintético, Renner,
R$ 159,90; BRINCOS de
metal, Lázara Design,
R$ 110; ANÉIS de
metal com strass, La
Boutik, a partir de
R$ 99,90 (de acordo com
o modelo); ANÉIS de
metal, Silvia Doring,
R$ 170 cada um; POCHETE
Grupo Único PDF Passe@diantede couro, Gucci, na Bo
Bag, aluguel sob consulta
Grupo Único PDF Passe@diante
CAMISA de linho,
Handred, R$ 575; TOP
de material sintético,
Renner, R$ 69,90; CALÇA
de material sintético,
Kandinsky, R$ 329,90;
BRINCOS de strass,
Eduardo Caires,
R$ 250; BOLSA de
couro com cristais,
Jimmy Choo, preço sob
consulta; SANDÁLIAS
de couro metalizado,
Manolita, R$ 1 200

Grupo Único PDF Passe@diante


Grupo Único PDF Passe@diante

CAMISA de tricoline,
Christian Dior, preço
sob consulta; CORSET
de tela, Rosa Chá,
R$ 498; SAIA de material
sintético, Forever 21,
R$ 92,90; BRINCOS de
strass, Eduardo Caires,
R$ 250; ANEL de metal
com strass, Silvia Doring,
R$ 360; MEIA-CALÇA de
náilon, Lupo, R$ 25,90
Grupo Único PDF Passe@diante
Grupo Único PDF Passe@diante

NESTA PÁGINA,
CAMISA de algodão,
Modem, R$ 695; SAIA
de material sintético,
Benesh, R$ 149,90;
COLAR de metal,
Rincawesky, R$ 348;
BOLSA de verniz,
Christian Dior, na Bo
Bags, aluguel sob
consulta; SAPATOS de
couro, Carmim, R$ 580

NA PÁGINA AO LADO,
TRENCH COAT,
R$ 499,90, e SHORT,
R$ 179,90, ambos de
material sintético,
Amaro; CAMISA
de seda, Thiago
Mendonça, na Village,
R$ 429; BRINCOS
de strass, Eduardo
Caires, R$ 250; BOLSA
de couro, Jimmy
Choo, R$ 10 850
NESTA PÁGINA,
BLAZER de material sintético,
Osklen, R$ 697; BLUSA de
material sintético, Le Lis
Blanc, R$ 579,90; CAMISA
de algodão, Tommy Hilfiger,
R$ 579; LEGGING de material
sintético, Calzedonia, R$ 149;
TIARA de material sintético,
Alice Band, R$ 49,90; BOLSA
de couro, Marc Jacobs, na Bo
Bags, aluguel sob consulta;
BOTAS de couro, Louis
Vuitton, preço sob consulta

Grupo Único PDF Passe@diante

NA PÁGINA AO LADO,
BLUSA de algodão,
Forever 21, R$ 119,90;
SUTIÃ de tule, Lutécia,
R$ 162,80; CALÇA de
material sintético, Le Lis
Blanc, R$ 1 170; CINTO
de material sintético,
Thiago Mendonça, na
Village, R$ 299; BRINCOS
de plástico, Rosa Chá,
R$ 498; COLAR de metal,
Rincawesky, R$ 139

Modelo Gracie Carvalho (Ford


Models)/Beleza Raul Melo
(Capa MGT)/Produção de moda
Acacio Acacio e Andreia Matos/
Assistente de foto Patrick
Ferreira/Assistente de beleza
Silmara Melo/Tratamento
de imagens RG Imagem
Grupo Único PDF Passe@diante
Pesquisa de moda
O couro (ou material sintético que o imita) combina com escritório. Vá de tons sóbrios e opte por
acessórios clássicos. Selecionamos peças do editorial e procuramos outras no mesmo estilo, em
diferentes faixas de preço, para você escolher as que cabem melhor no seu orçamento

Blus de
Blusa
Camisa de ma
malha, Top de
cambraia, Lune
Lunender, alfaiataria,
Cholet, R$ 449,90 Amaro,
R$ 373,90 R$ 129,90

Grupo Único PDF Passe@diante Chemise de


Jaqueta de viscose, VIX,
materialal R$ 698
co,
sintético,
Jaqu de
Jaqueta
m,
Dzarm,
ma
material
R$ 3700
sint
sintético,
Dam
Damyller,
R$ 499
Calça de
material
s
sintético, C&A,,
R$ 140
Saia de
alfaiataria,
Tufi Duek,
R$ 790
Calça de material
sintético, Renner,
Brincos de R$ 169,90
metal, Benoah,
R$ 46,90

Bolsa de couro, Ellus, Pochete de material sintético, Bolsa de material sintético,


R$ 639; bota de Fiveblu, na Dafiti, R$ 80; Santa Lolla, R$ 199,90;
material sintético, bota de material sintético, sandália de material sintético,
Amaro, R$ 319,90 Sonho dos Pés, R$ 219,90 Via Uno, na Dafiti, R$ 70

64 claudia.com.br julho 2019


Saia de Jaqueta de
rial
material algodão,
ico,
sintético, Leader,
ro,
Amaro, Ca
Camisa
R$ 130
9,90
R$ 169,90 de crepe,
AAmaro,
R$ 179,90
Grupo Único PDF Passe@diante Sutiã de
renda e tela,
Loungerie,
R$ 129,90
Ca ial
Calça de material
sintético,
Blazerr de
Camisa de Tufi Duek,
rial
material
algodão, R$ 450
ico,
sintético,
Tufi Duek,
a,
Zara,
R$ 430
R$ 37979
Cinto de materiall
sintético, Amaro,,
R$ 69,90
Calça de
Camisa de material
algodão, Cori, sintético,
no Shop2gether, Renner,
R$ 198,90 R$ 119,90

Saia de material sintético, Short de material


sintético, Renner, Tiara de veludo, Pri
Dzarm, R$ 260 Schiavinato, R$ 79
Fotos divulgação • Produção de moda Barbara Cestaro

R$ 109,90 Blusa de
malha, Lenny
Niemeyer,
R$ 358

Bolsa de material sintético, Bolsa de material Bolsa de couro, FYI, Bolsa de material sintético,
Anacapri, R$ 139,90; sintético, Gash, R$ 428; bota de material Riachuelo, R$ 109,90;
bota de material sintético, R$ 159,80; sandália de sintético, Lara, na escarpim de couro,
Schutz, R$ 450 couro, Sacada, R$ 558 Passarela, R$ 150 Bléque, R$ 1 575

claudia.com.br julho 2019 65


Grupo Único PDF Passe@diante
Grupo Único PDF Passe@diante
Capa

Grupo Único PDF Passe@diante


PAOLLA
Ela ama atuar, mas não gosta dos holofotes da fama. Aprendeu lentamente
a usar as redes sociais, respeitando seus limites. Agora, como a influenciadora
digital Vivi Guedes, em A Dona do Pedaço, Paolla Oliveira experimenta
outra versão – mais agitada e menos privada – da vida online
TEXTO ISABELLA D’ERCOLE
FOTOS KARINE BASÍLIO

Grupo Único PDF Passe@diante


Capa

O
universo da internet tem lin- ção do público. A blogueira, que tem até perfil no Ins-
guagem própria. Das gírias tagram (@estiloviviguedes), leva uma vida bastante
mais populares, as que se en- diferente da de sua intérprete, começando pelo nível de
caixam para descrever Paolla exposição. Paolla é discretíssima. Vivi é expansiva e de-

Assistente de beleza Ivan Pasciscenai • Tratamento de imagens Doctor Raw • Na abertura, vestido e top, Neriage; maxicardigã, Rocio Canvas, no Gallerist; anéis e brincos, Tiffany & Co. Na página ao lado, blusa, Framed
Oliveira ficam entre plena e pende de sua popularidade nas redes para ter sucesso.

Edição de moda Fabio Ishimoto (OD MGT) • Styling Kaio Assunção • Produção de moda Bi Lessa • Beleza Ale de Souza • Assistentes de fotografia Júlia von Zeidler, Alessandra Braga dos Santos e Rafael Monteiro •
fada sensata. Esses termos A inclusão de uma influenciadora digital em novela de
são usados quando a pessoa horário nobre mostra quão potente – e definidora – é a
em questão não se deixa levar nossa relação com as redes hoje. Levanta também ques-
por nenhuma preocupação ou tionamentos sobre a falta de delimitações entre real e
é capaz de discorrer sobre um virtual e quanto isso pode ser prejudicial ou benéfico.
tema com os pés firmes no chão e opiniões equilibradas. Foi por esse caminho o bate-papo com a estrela, que,
Paolla é assim, leve. Sorri com delicadeza, tem fala se- apesar de estar na pele de Vivi a maior parte do dia,
rena e espaçada, numa cadência que acalma o ouvinte. admite que deixa o celular de lado com frequência e já
Parece estar em busca de sua essência mais pura e natu- ficou sem postar fotos por um período simplesmente
ral. Para quem conhece a atriz só por suas personagens, porque se esqueceu de que elas existiam.
essa apresentação se mostra improvável. Bom sinal!
“Adoro quando dizem que me transformo com facilida- As redes borram o limite entre o íntimo e o público.
de. Acho uma riqueza ter a capacidade de mudar”, afir- Isso acontece quando nos filmamos comendo, lavando

Grupo Único PDF Passe@diante


ma ela, que trocou os cabelos loiros de anos por um tom
castanho-escuro para interpretar Vivi Guedes, a in-
o cabelo... Você ficou famosa quando ainda não existia
a exposição online. Como lidou com a transição?
fluenciadora digital que tem agitado a trama de A Dona Não sou uma pessoa extremista, apressada. Com tudo
do Pedaço, novela das 9 da Rede Globo. A paulistana, na vida, vou assimilando aos poucos, gradualmente.
37 anos, traz em seu currículo outros papéis causadores Relutei muito com as redes sociais porque sou reserva-
(seguindo com o vocabulário do mundo online), como a da. Como ia me colocar nessa posição de me mostrar se
policial e lutadora de UFC Jeize, de A Força do Querer falo tanto em privacidade? Minha geração não é esta,
(2017), ou a garota de programa Danny Bond, da minis- que nasceu conectada, nem a mais velha, que não sente
série Felizes para Sempre? (2016) – que quebrou a inter- necessidade de estar online. É o meio-termo. Descobri
net ao aparecer só de calcinha e salto alto caminhando o que eu queria compartilhar e que interessaria aos ou-
em direção à varanda de um apartamento. Para cada tros. Fico no campo do assuntos de que gosto, de frases
uma delas, mergulhou em um profundo laboratório de bem-humoradas ou que levantem a autoestima.
estudo de características e personalidades, desenvolveu
trejeitos e também se submeteu a intensivos treinos fí-
sicos. Nesse caminho, encontrou um jeito para descolar
completamente realidade de ficção. Paolla não se con-
funde com as personagens. Ela sabe quem é e não abre A gente se cobra muito.
mão do constante processo de autoconhecimento. A
maturidade profissional que conquistou com os 20 anos
Por não estar feliz
de carreira ficou aparente na conversa com CLAUDIA, um dia ou na mesma
em uma sexta-feira quente e ensolarada, em São Paulo.
“É só olhando para dentro que você consegue se per-
energia que todo
mitir fazer certas coisas que antes eram difíceis. Parei mundo, por não
com cobranças como ter que ser a mais legal, divertida
o tempo inteiro, a mais sociável e bonita. Conheço meus
querer socializar.
limites e só vou até onde me sinto confortável, nenhum Tem momentos em
passo além”, diz.
O afastamento entre TV e vida real faz ainda mais
que não estamos
sentido atualmente, com Vivi Guedes atraindo a aten- a fim, e ponto
70 claudia.com.br julho 2019
Grupo Único PDF Passe@diante
Capa

Quais são suas fronteiras de privacidade? É comum vermos celebridades rodeadas de pessoas.
Em um momento em que o mundo está tão polarizado, Tem a assessora ou agente, maquiador, stylist, diretor
raivoso, com tanta notícia ruim, gosto de compartilhar da cena... Você sente falta de ficar sozinha?
coisas boas. Tem outras que, acho, não interessam a Meu trabalho depende de um esforço de equipe. Mesmo
ninguém. Detalhes da minha infância, por exemplo, e um monólogo exige um monte de gente por trás das câ-
vida amorosa. Se estou com alguém e feliz, legal, eu falo. meras. Mas eu gosto muito de estar sozinha, tenho um
Se não estou com ninguém e sigo tranquila, tudo bem lado meio melancólico. Adoro ficar quietinha pesquisan-
também. Mas pormenores, aonde eu fui, se viajei, o que do músicas novas, ouvindo um som. Acredito que, com
pretendo com a pessoa, não tem nada a ver. Há quem se o tempo, desenvolvemos aquilo que precisamos. Aprendi
sinta confortável em dividir a intimidade, mas eu não a abstrair e ficar só comigo mesma ainda que tenha uma
vejo como essa parte da rotina pode ser útil a alguém. galera em volta. Passo muito pouco tempo em casa, prin-
cipalmente durante gravações de novela. Se não paro e
Carreira artística é uma escolha. Fama, não; é uma respiro, mesmo no meio das pessoas, dou uma pirada.
consequência. Você precisou aprender a ser famosa? O que percebi nos últimos anos é que me conheci me-
Ser atriz me preenche, me traz ar novo. Quando eu per- lhor e me permiti ficar sozinha sem me culpar. A gente
cebi isso, entendi o ofício do ator. A questão da fama se cobra muito. Por não estar feliz um dia ou na mesma
fui assimilando, já que não conseguia separá-la do que energia que todo mundo, por não querer socializar. Tem
mais gosto de fazer. Observei o que em mim interes- momentos em que não estamos a fim, e ponto. Quando

No final da reportagem, vestido e casaco, Bárbara Bela; sandálias, Manolita • Agradecimentos à Casa Bernardes (@casabernardes_), em São Paulo
Grupo Único PDF Passe@diante
sava às pessoas. Muitas vezes, fiquei retraída porque
não compreendia essa coisa de ter alguém me olhando.
eu me autorizo, a vida se torna mais agradável. Estar em
paz com minhas escolhas me ajuda a lidar com o julga-
Achava que tinha feito algo errado, saído com uma rou- mento dos outros. Lembro de um dia em que eu estava
pa feia. Aos poucos, aprendi a lidar com críticas, com a triste, chorando, e uma pessoa me pediu uma foto no
curiosidade das pessoas. E tracei meu limite de cuidado aeroporto. Eu fiz o retrato. E ela reclamou que eu esta-
e de privacidade. va estranha. Antigamente, eu teria tentado me explicar,
justificar. Não mais. Eu dei o máximo que podia. Já sofri
Você se preocupa com o número de seguidores bem mais com essa coisa de estar sempre perfeita e orga-
nas redes ou com um padrão de imagem? nizada. Agora, acho ok não estar 100%.
Não tanto quanto outras pessoas, mas fico de olho
em alguns detalhes. Sei, por exemplo, que a constân- Essa cobrança em cima das celebridades não incomoda?
cia cativa mais. Meu olhar mudou, tiro foto de muro A internet democratizou o poder de todo mundo ser
pintado na rua, de livros. Esse cuidado nada tem a ver um pouco celebridade. Isso é engraçado. Outro dia pe-
com meta de seguidores, números. Já esqueci e fiquei diram para tirar uma foto comigo. Eu estava inchada
uma semana sem postar nada. Hoje isso não acontece, por causa de um terçol horrível no olho. Falei para a
a tecnologia é mais presente na minha vida. Tenho al- pessoa tirar outra, de outro ângulo. Mas ela tinha saí-
guém que me ajuda, mas aprovo tudo. Tem dias em que do linda na primeira. Qual você acha que ela postou?
não estou a fim de colocar legenda; em outros, entra Choveu gente falando da minha cara. Eu me divirto.
um poema. É livre, sem metas. Fico o tempo todo fazendo o exercício para voltar para
uma coisa mais natural, verdadeira. O maior elogio
Tem muitos haters? Como reage a eles? que posso receber é: “Como você é normal!”. Até abraço
Respondo a comentários queridos para incentivar as a pessoa, porque é sinal de que ela se conectou comigo.
pessoas a continuar nesse astral. Se vejo uma mensagem
agressiva, bloqueio. As críticas vazias não leio. É meu Sendo tão reservada, como encarou o convite para
espaço para falar; então tem que seguir minhas regras. viver uma influenciadora digital?
Todo mundo está cheio de opinião. Ganhamos três bocas Fiquei bem preocupada no início porque achava que era
e só temos um ouvido. Precisamos escutar mais do que uma coisa tão distante de mim, difícil. Aí parei e pensei.
falar. Nossa visão de mundo melhora ou se concretiza Tenho 17 milhões de seguidores no Instagram. Converso
ainda mais quando nos abrimos para outras ideias. com as pessoas ali. Então eu sou influenciadora, só que

72 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Capa

do meu jeito. Desse meu lugar na rede, criei o espaço da


Vivi para ser mais frenético, mas ágil. Ela inova, pensa
nisso o tempo todo. Tem sido divertido ver como o mun-
do virtual pode ser diferente do que é pra mim.

Em quem buscou referências?


Eu fiquei muito tempo na internet. Vi de tudo: as
blogueiras de moda, as fitness, as muito ricas. Pes-
quisei o Carlinhos Maia, que é um boom, a Camila
Coutinho, pioneira. Acabei na família Kardashian.
Elas misturam muito o real e o virtual. A gente nem
precisa mais de reality show, a vida virou um.

Você e Vivi têm algo em comum?


A Vivi é muito apegada à família, assim como eu. E,
apesar de ter um histórico difícil – ter sido abando-
nada, adotada, saber que o pai trai a mãe –, ela trata a

Grupo Único PDF Passe@diante


vida com leveza. Eu sou assim também, resolvo o que é
pesado com suavidade.

O que faz para conservar esse temperamento calmo?


Faço de tudo. Exercícios levam corpo e mente a se
reequilibrarem, liberam energia acumulada. Quan-
do não consigo malhar, pratico ioga, qualquer coisa
com movimento. Se tudo falha, vou correr. Assim
consigo abrir espaço para novas emoções e sensa-
ções. Volto para casa me sentindo a Mulher-Maravi-
lha. E faço terapia. Por indicação da Claudia Raia e
da Angélica, comecei o método PNL (programação
neurolinguística). É uma reflexão mais pontual,
que não exige que eu vá muitas vezes ao consultório,
o que é ótimo quando estou gravando. Mas também
adoro a terapia convencional. Só o ato de sair, sentar
naquele sofá... Acredito que todo mundo deveria fa-
zer, é muito bom.

Você disse que acredita bastante em energia.


Como mantém a sua protegida?
Dou valor a coisas pequenas, não só a grandes even-
tos, como Natal e Ano-Novo. Para mim, os meno-
res atos são os mais transformadores e os que nos
enchem de positividade. Se estou nervosa, saio, dou
uma volta, coloco música. Não deixo acumular, se-
não piora. Adoro incenso, entro com o pé direito nos
lugares, esse tipo de superstição.

74 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Perfil

SEMPRE É
TEMPO
O britânico Idris Elba demorou para conquistar sucesso internacional.
Morou em sua van e fez bicos como operário em fábrica. Após
a grande virada, em uma série televisiva, escolhe personagens
que o desafiem – em agosto, estreia num spin-off de Velozes
Grupo Único
e Furiosos. PDF
Em entrevista exclusivaPasse@diante
a CLAUDIA, fala de suas
origens, dos filhos e das aventuras como produtor e diretor
TEXTO MARIANE MORISAWA

O
olhar penetrante da foto ao lado en- 180 mil reais em doações para uma entidade dedicada
trega imediatamente por que Idris à conscientização sobre saúde mental. O interesse da
Elba, 46 anos, recebeu o título de menina pelo tema surgiu após a mãe ser diagnostica-
homem mais sexy do mundo pela da com depressão e transtorno bipolar. “Minha filha
revista People. Cativante e char- é incrível, sabe o que quer. Tento apoiá-la de todas as
moso, o britânico diverte-se com a formas possíveis para que ela tenha confiança em si
nomeação. “Não acho que seja unanimidade, que todos mesma e siga o caminho que desejar”, comenta Idris.
me achem sexy. E, de qualquer maneira, é temporário; O ator fala por experiência própria. Apesar da auto-
ano que vem outra pessoa será eleita”, diz, modesto, em estima que exibe hoje e de todo o reconhecimento, ele
entrevista a CLAUDIA. “Eu me enxergo como o mesmo sofreu na adolescência. “Tinha muitas inseguranças”,
cara de sempre”, completa. Quem não achou a menor explica. “Mas, quando decidi ser ator, percebi muito
graça foi Isan, a filha de 17 anos – fruto de seu primei- rapidamente que teria que acreditar em mim mesmo.
ro casamento, com a maquiadora Hanne Norgaard. A Senão, ninguém levaria meus personagens a sério. Cla-
garota ficou envergonhada com o pódio da sensuali- ro que, como todo mundo, até hoje tenho momentos de
dade. “Coisa de adolescente, né?”, diverte-se ele, que instabilidade, porém é diferente daquela época.”
também é pai de Winston, 5, do relacionamento com Nascido em Hackney, no leste de Londres, Idris é o
Foto Getty Images

a cabeleireira Naiyana Garth. Babão, Idris derrete-se filho único de um casal de imigrantes africanos. A mãe
em elogios aos herdeiros, em especial a Isan, que foi é de Gana e o pai, morto em 2013, era de Serra Leoa. O
embaixadora do Globo de Ouro este ano e conseguiu garoto descobriu o teatro na escola e então trocou seu

76 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Perfil

nome original, Idrissa, que considerava muito femini-


no, por aquele que conhecemos hoje. Ele faz questão Hoje em dia se espera
de mostrar o orgulho que sente de suas raízes. “Meus
pais me educaram para respeitar minhas origens. Amo
que você faça a própria
a África, é parte de quem sou”, afirma ele, que tem uma versão das histórias.
tatuagem de um leão dentro de uma estrela, símbolos
dos países onde seus pais nasceram.
Eu gosto de me
Idris sempre foi criativo e cheio de imaginação. desafiar, experimentar
Assim, conseguiu uma bolsa para estudar artes dra-
máticas. O abono financeiro foi oferecido pelo prínci-
coisas que nunca fiz. O
pe Charles. Por uma dessas coincidências do destino, sucesso não mudou
Idris atualmente é amigo do filho de Charles, o prín-
cipe Harry. Foi DJ no casamento dele com a atriz Me-
minha vida, só que
ghan Markle. Tocar em eventos, aliás, é uma função agora tenho mais
que ele exerce há anos. No começo da carreira, era um
jeito de se sustentar enquanto a atuação não dava re-
oportunidade de
torno. Mas, ainda hoje, sempre que pode, assume os me arriscar
pickups de festas e até de grandes festivais, como o Co-

Grupo Único PDF Passe@diante


achella, usando o nome de Big Driis. Ele já declarou
que essa foi sua primeira paixão. “Fazer música é um rocos em abril, em uma comemoração que durou três
processo diferente do cinema, envolve menos pessoas. dias. “Apenas me apaixonei por alguém com quem que-
É um trabalho mais pessoal, que posso levar no meu ria estar casado”, justifica.
ritmo.” Para juntar grana, Idris também foi trocador Yardie é baseado em um livro lançado em 1992,
de pneus e cumpriu turnos noturnos como operário em quando Idris tinha 20 e poucos anos. Ele se lembra de
uma fábrica de automóveis, como seu pai. Por um tem- a obra ter causado comoção entre os amigos e de ter
po, dormiu no sofá de amigos e morou dentro de sua tomado uma cópia emprestada de um deles para ler.
van. Admitiu ter trabalhado como porteiro em gran- A história é sobre um garoto jamaicano que se muda
des clubes de comédia e até ter vendido maconha. para um bairro violento de Londres e se envolve com
O sucesso chegou com The Wire, série da HBO que o submundo da cidade. Há muitas coincidências entre
estreou em 2002 e mostrava embates entre a polícia e o diretor e o personagem principal. Ambos cresceram
traficantes de drogas na cidade de Baltimore, nos Esta- na mesma região e trabalharam como DJ para se sus-
dos Unidos. Idris interpretava um traficante que assu- tentar. Quando sugeriram a ideia do projeto a Idris, ele
mira a liderança de uma região após o chefe ser preso. topou na hora. Entretanto, passaram-se cinco anos até
O ator havia se mudado para os Estados Unidos alguns que tudo se encaixasse e o resultado saísse.
anos antes para aumentar suas chances na carreira. O britânico também produziu duas séries que mos-
Funcionou. Agora, o lar varia de acordo com as filma- tram seu lado mais leve, mas ainda entregam detalhes
gens do futuro papel. Já teve uma casa com jacuzzi no de sua trajetória: In the Long Run, que retrata uma fa-
quintal em Los Angeles e encarou também os dias chu- mília de imigrantes se acostumando a morar em Lon-
vosos londrinos. Tem como companhia a modelo ameri- dres, um tipo de autobiografia com licenças poéticas; e
cana Sabrina Dhowre, 29 anos. Eles se conheceram em Turn Up Charlie, sobre um DJ. “Hoje em dia se espera
2016, quando ele trabalhava no Canadá gravando De- que você faça a própria versão das histórias. Então es-
pois Daquela Montanha, com Kate Winslet. Idris pediu tou tentando me dedicar a mais projetos que eu mesmo
Sabrina em casamento no ano passado, na pré-estreia criei”, explica. “E eu gosto de me desafiar, experimentar
de Yardie, seu primeiro trabalho como diretor, pegando coisas que nunca fiz. O sucesso não mudou minha vida,
todo mundo de surpresa (inclusive a noiva). Ele havia só que agora tenho mais oportunidade de me arriscar.”
dado declarações de que não se casaria novamente após Este ano ele voltou a interpretar o detetive obsessi-
duas uniões. As bodas do par foram celebradas no Mar- vo Luther, na série de mesmo nome da BBC disponível

78 claudia.com.br julho 2019


na Netflix. E é o vilão em Velozes e Furiosos: Hobbs &
Shaw, spin-off da franquia centrado nos personagens de
Dwayne Johnson, The Rock, e Jason Statham, que es-

Grupo Único PDF Passe@diante


treia no início de agosto. Brixton, personagem de Idris,
se autodenomina “o super-homem negro”. “Ele é um sol-
dado que virou um mercenário. É parte humano, par-
te robô”, explica o ator, que faz cenas de ação incríveis,
perfeitas para saciar sua paixão por velocidade. “Brix-
ton acha que é indestrutível. É inteligente, rápido, forte.
E tem um ego grande. Ele se ama e tem muito orgulho
de si mesmo.” Da reflexão sobre o papel, tirou pontos em
comum com Brixton. “Acredito em minha capacidade,
assim como ele. E não estou nem aí para críticas”, conta.
Há anos, é o nome de Idris que surge toda vez que ro-
lam especulações a respeito do próximo 007. E, se fosse
verdade, seria um marco do cinema – o primeiro ator
negro no papel do agente secreto James Bond, hoje res-
ponsabilidade de Daniel Craig. Sobre os boatos, o britâ-
nico desconversa. Já postou mensagens enigmáticas em
suas redes e revelou que tem medo de ficar preso ao per-
sonagem, de não conseguir mais papéis de outros perfis.
Deve, porém, aparecer na versão para as telonas do musi-
cal Cats e no próximo filme da série Esquadrão Suicida.
O trabalho é tanto que o ator não tem tirado férias
– só conseguiu uma brecha para fazer um safári em
acomodações ecológicas, na Tanzânia, durante a lua de
Fotos Getty Images e divulgação

mel. Não pôde nem vir à Bahia, viagem que estava nos
planos. “Alguns amigos disseram que é um dos lugares
mais lindos do mundo”, conta o ator. “E eu gosto de mú-
sica brasileira, que tem forte influência da percussão No alto, Idris em cena de Velozes e Furiosos:
africana”, continua. Sempre é tempo de conhecer e cur- Hobbs & Shaw e com a esposa, Sabrina
tir a Bahia, Idris. Estamos esperando você. Dhowre. Acima, com ela e a filha, Isan

claudia.com.br julho 2019 79


Páginas da vida

JUSTIÇA PARA
RECOMEÇAR
A jornalista Ligia Bolognesi, 37 anos, teve o marido assassinado friamente
em uma tentativa de assalto. Inconformada, ela embarcou em uma
investigação solitária e conseguiu que os criminosos fossem presos
EDIÇÃO LIA RIZZO FOTO JOÃO BERTHOLINI

Grupo Único PDF Passe@diante

 “N
aquele domingo, voltávamos da praia, onde bandido que estava armado se voltou para nós. E, ainda
passamos o fim de semana em companhia que ninguém tenha reagido, ele mirou o peito do meu
da minha sogra, da minha mãe e do ma- marido e atirou. Roni caiu na calçada. Tentou levantar,
rido dela. Eram 10 da noite quando, já em caiu de novo, levantou mais uma vez, alcançou o carro e
São Paulo, estacionamos em frente à casa me pediu que o levasse para o hospital.
da minha mãe. Algumas pessoas saíam de um culto em Começavam as piores horas da minha vida. Com meu
uma pequena igreja, a cerca de 300 metros do local onde marido morrendo no banco de trás, dirigi alucinadamente.
paramos. Ela e meu padrasto desceram do carro, assim Subi em calçadas, buzinava e gritava desesperada para que
como Roni, meu marido, que foi retirar a bagagem deles abrissem o caminho. Acabei cruzando com uma viatura
do porta-malas. Fiquei sentada no banco do passageiro, policial, que me escoltou para completar o trajeto. Chegando
segurando a Cacau, nossa cachorrinha. E foi dali que os vi ao hospital, uma equipe de emergência já nos aguardava
passar lentamente, quatro rapazes que ocupavam um Gol. na porta e Roni foi socorrido muito rapidamente, o que
Senti um arrepio imediato, pressentindo algo ruim, mas me deu alguma esperança. Fiquei paralisada, agarrada à
eles seguiram até o fim da rua e entendi que tinham ido Cacau, vendo a maca ir, completamente ensanguentada.
embora, então me acalmei. Só que eu estava errada. Ou Não sabia que aquela seria a última vez em que o veria vivo.
melhor, certa em meu pressentimento. Em poucos minu- Na mesma noite, um dos assaltantes foi preso. Apesar
tos, três deles caminharam em nossa direção anunciando de ainda estar em choque, tomei um banho rápido e segui
o assalto, um deles armado. Roni, ainda debruçado no para a delegacia horas depois da ocorrência para reco-
porta-malas, não percebeu a ação de imediato. Quando nhecer o bandido capturado e seus comparsas, cujo nome
se deu conta, quis tentar acalmar os criminosos. Ele então ele entregou – todos, aliás, já conhecidos na delegacia por
Beleza Beatriz Barros

caminhou até a frente do carro e perguntou o que estava passagens anteriores. Ao olhar para aquele homem, me
havendo. Alto e forte, dono de um físico de atleta, já que desesperei. Esmurrei o vidro que nos separava com tanta
era paraquedista profissional, talvez os tenha assustado. força que machuquei o ombro. Mais calma, fui conduzida a
A princípio, todos correram. Porém, inexplicavelmente o um computador onde me mostraram os outros três suspei-

80 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

Ligia Bolognesi, na
companhia de sua
cachorrinha, Cacau.
Quando a polícia não
deu continuidade
ao caso, ela montou
um dossiê sobre os
criminosos e procurou
outra delegacia

claudia.com.br julho 2019 81


Páginas da vida

tos em uma rede social. Sim, o assassino do meu marido Muitos me chamaram de
estava ali, com um perfil ativo no Facebook, rede social
na qual, entre um crime e outro, postava como qualquer
louca por me arriscar tanto.
pessoa. Os temas mais frequentes diziam respeito à filha O que ninguém nunca
pequena, família e religião, o que me deixou ainda mais
revoltada. Contudo, encarei as pistas com otimismo. Na
entendeu foi que eu jamais
minha cabeça, estando online e dando tanta bandeira, tive escolha. Não poderia
logo todos seriam capturados. Decidi que não ia descansar
enquanto isso não acontecesse.
seguir sem justiça
Nos dias que se seguiram, minha rotina se resumiu
ao trajeto casa, trabalho, delegacia. Além disso, por Cerca de uma semana mais tarde, eu pisava pela pri-
conta própria, passei a monitorar os três bandidos no meira vez no Departamento de Capturas e Delegacias
Facebook. Compartilhava cada novidade com a polícia. Especializadas. Foram quatro horas e meia de conver-
Porém, depois de encaminhar o inquérito e o pedido de sas, relembrando o dia que eu tanto queria esquecer,
prisão preventiva dos suspeitos ao Ministério Público, esmiuçando os detalhes da minha apuração solitária.
a delegacia onde o caso foi registrado alegou que não Escutei finalmente o que tanto esperava. A delegada
poderia fazer nada mais. Tentei argumentar, lembrei que Ivalda Aleixo me afirmou categoricamente que, a partir

Grupo Único PDF Passe@diante


era possível localizá-los, que eles já até tinham cometido
outros crimes depois daquele que vitimou meu marido.
daquele minuto, prender o assassino do meu marido e
seus cúmplices era prioridade.
Entre justificativas diversas, como falta de contingente ou Em uma terça-feira, pouco mais de dez dias depois
mesmo de policiais treinados para aquele tipo de captura, da conversa, a palavra da delegada Ivalda se cumpriu.
a resposta seguiu negativa, não poderiam fazer mais nada. Acordei por volta das 6 da manhã com a mensagem dela:
Eu não conseguia me conformar e, enquanto pensava ‘Fique tranquila, todos presos’. Com base em meu dossiê,
em como sensibilizar novamente os policiais, continuei o trabalho de inteligência do departamento encontrou os
minha investigação paralela, tendo apenas a Cacau como suspeitos em um barraco onde se escondiam, bancados
companhia e testemunha. Ao longo de pouco mais de pela irmã do homem que atirou no Roni. Eufórica, mal
quatro meses, monitorei absolutamente tudo que cada conseguia acreditar que aquele dia tinha chegado. Liguei
um dos bandidos havia postado a partir do dia 20 de ja- para minha cunhada, para o filho do Roni e para alguns
neiro, quando o crime ocorreu. Também concedi algumas amigos. Em seguida, fui para a delegacia. Precisava olhar
entrevistas, e, com isso, pessoas da comunidade onde na cara do assassino. Diferentemente do encontro com o
eles viviam começaram a me procurar no Facebook. Eu primeiro bandido preso, neste eu estava tranquila, com
tinha medo de interagir, mas, com a ajuda de uma irmã a sensação de que a justiça enfim chegara.
do Roni – a única que sabia que eu seguia acompanhando Familiares e amigos só tomaram conhecimento da
os suspeitos –, obtive até os contatos de WhatsApp de minha odisseia no dia da captura. E, claro, muitos me
parentes do assassino. Montei um dossiê completo. chamaram de louca por me arriscar tanto. O que ninguém
Em meio a tudo isso, resolvi fazer krav magá (técnica entendeu foi que eu jamais tive escolha. Não poderia seguir
israelense de luta e defesa pessoal) para desestressar. Não sem justiça, sem fazer pelo Roni o que ele com certeza
estava pronta para retomar a vida social, mas precisava de faria por mim. A prisão dos criminosos não trouxe meu
uma válvula de escape, em um ambiente em que minha marido de volta, mas devolveu a tranquilidade da minha
história fosse desconhecida. Certo dia, a única amiga que sogra, a minha dignidade e a minha vida. No domingo
fiz na aula perguntou se eu era casada, se tinha filhos. seguinte, consegui mexer nas coisas dele. Estava tudo
Acabei contando que havia ficado viúva fazia pouco exatamente do jeito que Roni deixou quando saímos para
tempo. Para minha surpresa, estava diante da promotora viajar sem saber que ele não voltaria. Tomei coragem,
de justiça Cintia Marangoni, que se interessou em saber uns goles de vinho e disse a mim mesma que era hora
como estava o caso e, mais do que isso, em me ajudar a de permitir que ele partisse em paz, tendo a certeza de
procurar ajuda de outra delegacia para resolvê-lo. que também seria capaz de continuar.”

82 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Reportagem

Grupo Único PDF Passe@diante

VÍTIMAS DA REDE
Nossas experiências reais e virtuais se misturam cada dia mais – inclusive
quando falamos de crimes contra mulheres. Os perigos passaram das ruas
para a internet em situações que a própria Justiça ainda não sabe como
resolver. Estupro virtual, pornografia de revanche, cyberstalking...
CLAUDIA conta as histórias de quem já enfrentou o drama
TEXTO BRUNA CAROLINA CARVALHO COLAGEM DÉBORA ISLAS

84 claudia.com.br julho 2019


E
m seu programa na Rádio Cidade, de
Costa Rica (MS), Verlinda Robles toca-
va músicas a pedido dos ouvintes que
ligavam para a emissora. A partir de
abril de 2016, um homem que se dizia
fã da radialista passou a telefonar dia-
riamente. Certa vez, quis falar com a apresentadora.
“Eu gosto de você. Sou evangélico e sei que Deus tem
um projeto para nós. Você não gosta de mim agora, mas
vai gostar”, disse ele. Apesar das negativas da locutora,
o homem mandava presentes, mensagens de WhatsApp,
recados pelo Facebook. “No começo, achei que ele era
fanático por rádio, mas aquela situação foi tomando um
rumo diferente do que eu imaginava. As ligações, que
variavam de dez a 20 por dia, aconteciam até no meio
da noite. Eu bloqueava o número, ele trocava de chip.
Isso se repetiu 12 vezes.” Como o município tem menos
de 20 mil habitantes, não demorou para que o perse-
guidor descobrisse também os telefones dos amigos de

Grupo Único PDF Passe@diante


Verlinda. Procurava-os com a mesma frequência que-
rendo que dessem recados ou entregassem presentes.
“As pessoas eram rudes, mas ele não parava. Fiquei com
medo. Ele conseguiu o contato de umas 20 pessoas
próximas a mim. Até hoje me sinto constrangida.” Um
ano após o início das ligações, o homem foi até o traba-
lho de Verlinda e uma colega pediu que se retirasse.
Com a constante sensação de que estava sendo obser-
vada, a radialista tinha receio de que o perseguidor a
abordasse a qualquer momento. Mudou-se para Nova
Andradina (MS) e trocou de emprego. Nem assim ele foi
embora. Chegou a ponto de o gerente da rádio chamar a
atenção de Verlinda, recomendando que ela desse seu
número pessoal para o fã que a procurava sem parar.
“Fiquei envergonhada, ele estava me prejudicando pro-
fissionalmente.” A gota d’água veio algumas semanas
depois, quando descobriu que sua conta de celular esta-
va indo para o endereço do homem. Reuniu prints das
telas do celular e do computador com os recados enviados
para ela e para seus amigos, juntou arquivos de áudio que
chegavam pelo WhatsApp e foi a uma delegacia fazer o
boletim de ocorrência. No início deste ano, obteve uma
medida cautelar que determinou que seu perseguidor
mantivesse distância de, pelo menos, 200 metros dela, e
proibia qualquer contato por correspondência ou telefo-
ne. Só assim Verlinda se sentiu um pouco mais segura
para retornar a Costa Rica e ao trabalho na Rádio Cida-
de. Os efeitos, porém, permanecem. “Se, mesmo depois
de três anos de negativas, ele continua no meu pé, deve

claudia.com.br julho 2019 85


Reportagem

multa apenas. “Uma ação dessas pode acabar com a


“Muitos entendem que a aceitação saúde mental da vítima. Ela pode desenvolver síndrome
do estupro virtual minimizaria o do pânico e depressão”, diz. “E, não raro, o indivíduo paga
e continua a fazer a mesma coisa.”
estupro real, como se ambos fossem Tramita na Casa Legislativa um segundo projeto de lei,
dispostos em uma mesma categoria” de autoria da senadora Leila Barros (PSB-DF), que preten-
de tipificar o stalking como crime no Código Penal dentro
GISELE TRUZZI, advogada e fora da internet. “Por causa do uso das redes sociais, as
perseguições cresceram muito, e algumas têm desdobra-
mentos mais sérios”, justifica. “É uma evolução necessária,
pois as vítimas se sentem desprotegidas.” À falta de recur-
ser perigoso. Temo que, sendo deficiente visual, tenha so legislativo soma-se um frequente despreparo das auto-
ajuda de outras pessoas.” Mãe de dois meninos que fazem ridades policiais para lidar com os casos. “As delegacias
faculdade em outro estado, Verlinda desenvolveu pavor comuns sugerem as de Repressão aos Crimes de Informá-
de atender o telefone e fobia de andar sozinha. “Morro tica, que, geralmente, afirmam só registrar crimes eletrô-
de medo de que ele mande alguém me pegar. A cidade é nicos que envolvam golpes financeiros. Na realidade,
pequena, ele sabe meu trajeto, meu horário de trabalho.” qualquer uma tem obrigação de registrar esse B.O., porque
Verlinda foi vítima de stalking, termo em inglês que é um crime comum realizado por vias eletrônicas. Entre-
significa perseguição. A prática ainda não é tipificada tanto, a vítima, sem saber disso, fica perdida”, diz Gisele.

Grupo Único PDF Passe@diante


como crime no Brasil, e inexistem estatísticas que infor-
mem a dimensão do problema por aqui. No entanto, le-
Esses entraves colaboram para que práticas violentas
contra mulheres na internet, como cyberstalking, não
vantamentos realizados nos Estados Unidos, onde stalking sejam notificadas às autoridades. Apesar do espaço cada
é crime, indicam que 7,5 milhões de homens e mulheres vez maior que a internet ocupa na nossa vida – segundo o
são perseguidos por ano no país. Entre as mulheres, 61% IBGE, em 2016, 116 milhões de pessoas acessaram a rede,
de seus perseguidores são atuais ou antigos parceiros e, destas, 94,2% enviaram ou receberam mensagens de
íntimos, segundo dados reunidos entre 2009 e 2011 no texto, voz ou usaram mídias sociais –, ainda impera no
Stalking Resource Center (Centro de Pesquisa sobre senso comum a ideia de que ataques realizados virtual-
Perseguição). E 76% das vítimas de feminicídios come- mente configuram um crime menor se comparados a
tidos por conhecidos foram antes perseguidas pelos al- homicídios ou latrocínios, por exemplo. “Não há uma
gozes. “O caminho da violência doméstica e do feminicí- fronteira entre o real e o virtual. A gente está o tempo todo
dio começa na perseguição”, afirma a senadora Rose de transitando entre os dois mundos. Não dá para hierarqui-
Freitas (Podemos-ES), autora do projeto de lei que pre- zar a nocividade dessas situações”, afirma a antropóloga
tende alterar o artigo 65 da Lei de Contravenções Penais Beatriz Accioly, pesquisadora especializada em estudos
e aumentar a pena diante desse tipo de assédio para de de gênero, violência contra mulheres e internet.
dois a três anos. Hoje, a punição é de 15 dias a dois meses
de prisão, normalmente convertidos em multa. O proje- PORNOGRAFIA DE VINGANÇA
to também visa à mudança da redação do artigo, incluin- Configurada quando há o compartilhamento de imagens
do que seja também considerada como perturbação íntimas sem o consentimento da vítima, a pornografia de
aquela que se dá direta ou indiretamente e com o uso de vingança é outro crime virtual que afeta principalmente
quaisquer meios – englobando as realizadas pela internet, as mulheres. Diferentemente do cyberstalking, entretanto,
via aplicativo de mensagens ou outras redes sociais. essa prática é tipificada na legislação brasileira desde o
Gisele Truzzi, advogada especialista em direito digital, ano passado. As penas podem variar de seis meses a cinco
de São Paulo, explica que, como o cyberstalking não anos. Um dos casos que motivaram a inclusão desse crime
possui legislação específica, a punição depende do grau no Código Penal foi o da jornalista Rose Leonel. Ela teve
de violência no conteúdo das mensagens. Se houver cla- suas fotos íntimas compartilhadas entre 2006 e 2010 por
ra ameaça ou difamação, é possível conseguir pena de um ex-namorado que não aceitou o fim do relacionamen-
detenção. Mas, se consistir em importunação, como no to. “Ele falou que ia me destruir se eu o deixasse”, lembra.
caso de Verlinda, é provável que o perseguidor pague uma O homem disparou as imagens para 15 mil endereços de

86 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

e-mail, todos de Maringá (PR), cidade da vítima. Distribuía zação dessa prática e hoje é lei. “Esse é um crime de gênero.
também informações de contato dela e do filho, então com Divulgar as fotos de um homem se transforma em propaganda
12 anos, e insinuava nas mensagens que ela era prostituta. positiva para ele. A mulher tem a vida interrompida”, afirma
Rose perdeu o emprego e ouviu comentários maldosos. O Rose, que estudou direito para encabeçar a luta.
filho entrou em brigas na escola defendendo a mãe e se Segundo a SaferNet Brasil, associação sem fins lucrativos
mudou para a Europa, onde o pai morava. A caçula teve que que oferece orientação desde a denúncia, de 2017 a 2018,
trocar de colégio várias vezes. “Destruiu minha reputação.” aumentou em 131,89% o número de vítimas procurando
A inexistência de leis e a falta de conhecimento sobre o canal após terem imagens íntimas vazadas. A psicóloga
esse tipo de crime foram obstáculos na busca por Justiça. Juliana Cunha, diretora da associação, afirma que, em um
O primeiro advogado sugeriu que ela abrisse uma ação no primeiro momento, as mulheres se culpam por terem se
Tribunal de Pequenas Causas, o que resultou no pagamento envolvido com o agressor. “Elas não denunciam por medo
de uma multa de 3 mil reais. A importunação continuou. de serem julgadas”, afirma. Além disso, vivem com um
“Ninguém queria pegar meu caso em Maringá, pois ele era fantasma, pois não conseguem ter controle total sobre a
um homem rico, com status.” Anos mais tarde, em 2013, replicação do conteúdo. “Se estão em um bar ou uma festa
em São Paulo, com um perito digital, Rose conseguiu que e alguém olha para elas, acham que é porque a pessoa teve
o ex recebesse uma pena mais dura. Ele foi condenado a acesso às fotos íntimas. Elas não se libertam.” Há quem
pagar multa de 30 mil reais e teve a pena de quase dois troque de cidade, de trabalho, mude o visual. Em situações
anos de reclusão convertida em trabalho comunitário. A extremas, as vítimas se suicidam. Ainda que exista a tipi-
vítima até hoje não recebeu o dinheiro. ficação no Código Penal, o sistema jurídico como um todo
Após a decisão, ela fundou a ONG Marias da Internet, acaba vitimizando a mulher uma segunda vez. “Durante
que tem como objetivo orientar jurídica e psicologicamente a audiência, o questionamento a induz a pensar que é, de
outras vítimas de compartilhamentos de imagens íntimas alguma forma, responsável”, explica a defensora pública do
sem autorização. Seu nome batizou o projeto de autoria do Rio de Janeiro Flávia Brasil Barbosa do Nascimento, coor-
deputado João Arruda (MDB-PR) que visava à criminali- denadora de Defesa dos Direitos da Mulher. Perguntam, por

claudia.com.br julho 2019 87


Reportagem

exemplo, se ela não sabia do risco que corria ao ter as fotos prints da tela com as imagens, ameaças ou importuna-
compartilhadas. “Embora a legislação avance, a Justiça é ções. Manter as mensagens nos aplicativos – seja no
ainda muito influenciada pelo sistema patriarcal.” celular, seja no computador – e enviá-las por e-mail para
A própria nomenclatura pornografia de vingança apre- assegurar um backup são medidas fundamentais. “Vá
senta problemas. Beatriz Accioly, que realizou pesquisa a um cartório e faça uma ata notarial desses prints. Isso
com vítimas do crime, relata que, muitas vezes, o homem garante outro status ao documento”, alerta a defensora
compartilha as imagens não por retaliação, mas para se Flávia. Outro passo é falar com amigos e familiares que
gabar de ter saído com uma mulher, por exemplo. “Além tenham acompanhado tudo e possam ser testemunhas
disso, chamar de pornografia moraliza a nudez”, completa. em caso de processo.
Juliana Cunha relembra também a importância do
ESTUPRO VIRTUAL Marco Civil da Internet, que responsabiliza subsidia-
Em agosto de 2017, foi determinada, em Teresina, a primeira riamente plataformas provedoras – como o Facebook
prisão por estupro virtual no país. O acusado, ex-namorado ou o Google – por conteúdos produzidos por terceiros
da vítima, fez imagens dela nua sem consentimento e, por que violem a intimidade de alguém. Uma vez notificadas,
meio de um perfil falso no Facebook, a chantageou. Se ela as ferramentas têm até 24 horas para tirar o conteúdo
não enviasse retratos se masturbando ou introduzindo do ar. “O Facebook desenvolveu códigos que impedem
objetos em sua vagina, ele compartilharia as imagens que um material retirado retorne à plataforma. Se alguém
entre familiares e amigos da vítima. O decreto da prisão tenta fazer o upload da imagem novamente, o sistema
por estupro virtual só foi possível devido a uma mudança impossibilita a postagem”, explica. As vítimas também

Grupo Único PDF Passe@diante


no entendimento sobre o que configura crime de estupro.
Até 2009, era necessário que houvesse “conjunção carnal”,
podem entrar em contato diretamente com o Google
para desindexar material ofensivo, ou seja, impedir que
ou seja, contato físico direto. Agora, o Código Penal incluiu apareça no buscador sempre que seu nome for digitado,
em sua redação o ato libidinoso englobando qualquer por exemplo. “Não precisa de advogado, mandado ou
situação de constrangimento sexual. Segundo a SaferNet notificação”, acrescenta Juliana.
Brasil, 35% dos casos reportados ao canal continham A longo prazo, no entanto, é necessário pensar em
relatos semelhantes ao contado aqui, conhecidos também soluções que vão além da penalização dos agressores e
como “sextorsão”, que junta as palavras sexo e extorsão. perseguidores. “O direito penal é a última instância da
Apesar dessa decisão, o estupro virtual ainda não foi sociedade. Ele entra em cena quando todo o resto já
absorvido pela legislação, e o mais comum é que esses casos falhou”, afirma Beatriz Accioly. Maíra Zapater, especia-
sejam enquadrados como crimes de extorsão. Segundo lista em direito penal e processual penal, concorda com
Gisele Truzzi, há um forte embate em torno desse tema, a antropóloga e afirma existir uma ilusão de que as
pois, para muitos juristas, uma vez que a ameaça não é normas penais teriam o poder de coibir práticas crimi-
presencial, a vítima teria o poder de desligar a câmera ou nosas. “Devemos, antes, refletir sobre a educação de
tomar outras medidas para não atender às chantagens. gênero e sexual, pensando em campanhas públicas de
“Muitos entendem que a aceitação do estupro virtual conscientização. Isso tem mais poder de desconstrução
minimizaria o estupro real, como se ambos fossem dis- de preconceitos do que a questão penal.”
postos em uma mesma categoria”, explica.

O QUE FAZER?
Especialistas sugerem que as vítimas de crimes virtuais
registrem a ocorrência nas Delegacias de Defesa da
“Não há uma fronteira entre o real
Mulher de sua cidade, onde o tratamento costuma ser e o virtual. A gente está o tempo
mais humanizado e as autoridades são instruídas para
garantir melhor acolhimento. Também podem procurar
todo transitando entre os dois
entidades ligadas à Defensoria Pública ou ao Ministério mundos. Não dá para hierarquizar
Público, que orientam, além dos Centros de Referência
de Atendimento à Mulher. É essencial que reúnam o
a nocividade dessas situações”
maior número de provas contra seus agressores, como BEATRIZ ACCIOLY, antropóloga

88 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

claudia.com.br julho 2019 89


Saúde

DEPRESSÃO
PÓS-PARTO
A incidência talvez seja maior do que se imagina.
Além de causar sofrimento para a mulher, a tristeza
que surge e persiste após a chegada do bebê
pode prejudicar o desenvolvimento infantil.
Mas há meios de escapar do tormento
TEXTO CRISTINA NABUCO

Grupo Único PDF Passe@diante

E
m média, uma em cada Há muita falha no diagnóstico
cinco mulheres tem porque a mulher demora a buscar
depressão pós-parto nos ajuda e os profissionais da saúde nem
países de baixa renda, sempre estão atentos, segundo o psi-
segundo a Organização quiatra Joel Rennó Junior, diretor do
Mundial da Saúde. No entanto, um Programa Saúde Mental da Mulher do
estudo apresentado durante o encon- Instituto de Psiquiatria da Faculdade
tro anual da Associação Americana de Medicina da Universidade de São
de Psiquiatria, em maio, revelou que Paulo. Além do sofrimento intenso para
esse número pode ser bem maior, mãe, há o risco de sérios prejuízos ao
inclusive nos países ricos. Mais da desenvolvimento infantil. Filhos de
metade das 164 mil mães recentes que mulheres com depressão pós-parto
responderam ao questionário relatou grave e persistente têm o dobro de
sintomas de depressão até um ano chances de apresentar distúrbios
após o nascimento do bebê – embo- comportamentais em torno dos 3
ra os médicos em geral considerem anos e vir a desenvolver depressão
a possibilidade sobretudo nos dois por volta dos 18, verificou um estudo
meses pós-parto. A conclusão dos realizado na Universidade de Oxford,
autores é que é preciso investigar o no Reino Unido, e divulgado no jor-
quadro por um período mais extenso, nal científico JAMA Psychiatry em
começando antes de a mulher dar à 2018. Em outra pesquisa, publicada
luz até 12 meses depois do parto. A no American Journal of Psychiatry,
pesquisa é da Ovia Health, empresa cientistas holandeses estudaram
de aplicativos voltados para a gravidez 3 469 pares de mães e filhos e mediram
e a parentalidade com 12 milhões de o cérebro das crianças aos 10 anos por
downloads nos Estados Unidos. ressonância magnética. Concluíram que

90 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

claudia.com.br julho 2019 91


Saúde

a exposição à depressão materna nos se caracteriza por choro fácil, ansiedade, Os sintomas da baby blues surgem
primeiros meses de vida pode afetar irritabilidade, insônia e dificuldade ou nos primeiros três dias depois do parto e
o desenvolvimento desse órgão vital sensação de incapacidade de cuidar costumam ser passageiros, desaparecem
e predispor a criança a problemas de da criança. Vários fatores contribuem espontaneamente após duas semanas,
atenção e outros déficits cognitivos. “A para isso, dentre eles as mudanças conforme a mulher vai se adaptando
avaliação pré-natal é eficaz para detectar hormonais. Segundo o ginecologista e às rotinas com o bebê. “O diferencial
diabetes, pressão alta, anemia e outras obstetra Jurandir Passos, especialista de um quadro de depressão é que ela
doenças, mas a parte psicológica não é em medicina fetal do Salomão Zoppi consegue seguir com suas atividades
avaliada de forma sistematizada. Mu- Diagnósticos, em São Paulo, há um normais, apesar dos sintomas”, explica
danças de comportamento, tipo ficar aumento na produção de prolactina, Jurandir. Às vezes, porém, as crises
mais triste ou comer muitas bobagens, essencial para a amamentação, e uma de choro se tornam persistentes e
são vistas de forma superficial, como se diminuição drástica de estrogênio, acompanham sono excessivo, alteração
fossem próprias da gravidez. Então, o que, além de inibir o ciclo menstrual, no apetite (ela perde a fome ou come
problema só é descoberto tardiamente, provoca atrofia na mucosa vaginal e compulsivamente), dificuldade para se
em estágio mais grave”, diz Joel. De possível dor nas relações sexuais. As concentrar, descuido da higiene pessoal,
acordo com ele, 50% dos quadros de mamadas noturnas alteram o padrão de pensamentos recorrentes de culpa ou
depressão pós-parto decorrem de sono e alguns recém-nascidos choram desvalorização pessoal, desinteresse ou
depressões leves não diagnosticadas muito à noite, o que causa cansaço e excesso de atenção para com o bebê.

Grupo Único PDF Passe@diante


nem tratadas na gravidez.
Gestação indesejada ou fruto de
repercute mal no metabolismo feminino.
Juntam-se a isso fatores emocionais e
Nessas condições, convém passar por
uma avaliação psiquiátrica.
violência, ausência de companheiro, sociais que podem servir de gatilho para Sem tratamento, os sintomas po-
pouca escolaridade, história prévia a tristeza. “Há uma contradição entre dem se agravar, expondo a mulher a
de depressão, fraco suporte familiar o bebê que ela imaginou na gravidez um quadro severo que se caracteriza
são condições que aumentam a vul- e o real, que chora muito. E também por planos de suicídio e alucinações.
nerabilidade à depressão pós-parto. ansiedade, insegurança, a sensação A psicose puerperal é rara, atinge até
Contudo, até grávidas tranquilas, de estar despreparada para cuidar de duas mulheres a cada mil e ameaça a
com parceiro participativo, às vezes se um ser dependente, o medo de errar, vida tanto da mãe quanto do bebê, por
surpreendem com a melancolia sentida a falta de tempo para si”, descreve o isso deve ser tratada com rigor. “Casos
depois da chegada do bebê, quando a psiquiatra Joel. “Há pressão social extremos são facilmente detectáveis”,
expectativa era estar feliz, realizada. para que ela dê conta de tudo, supõe- afirma Jurandir. “O problema são os
-se que toda mulher sabe o que fazer, quadros brandos, que minam as forças
ALÉM DA TRISTEZA afinal o instinto maternal a habilita a da mulher pouco a pouco. Ela perde o
A chamada baby blues, ou disforia pós- criar o bebê. Mas aprender os cuidados ânimo para o trabalho, o desejo sexual.”
-parto, é uma sensação de infelicidade pode ser um desafio mesmo para quem

164 237
que acomete até 70% das mães recentes e dispõe de enfermeira.” SAÍDAS POSSÍVEIS
Em março, o FDA (agência re-
guladora americana) aprovou o
primeiro medicamento específico
para depressão pós-parto grave,
a brexanolona, que faz efeito mais
depressa do que os antidepressivos
tradicionais. É administrado na veia
por infusão, e cada sessão dura dois
MÃES RECENTES RELATARAM SINTOMAS DE DEPRESSÃO ATÉ UM dias e meio. Deve ser aplicado em
ANO APÓS O NASCIMENTO DO BEBÊ, SEGUNDO PESQUISA DA OVIA hospitais. Mas seu custo (em média,
HEALTH. A CONCLUSÃO É QUE É PRECISO INVESTIGAR O QUADRO DESDE 30 mil dólares, ou 115 mil reais)
ANTES DE A MULHER DAR À LUZ ATÉ 12 MESES DEPOIS DO PARTO inviabiliza o uso no Brasil.

92 claudia.com.br julho 2019


por não querer o filho, mas por não
conseguir agir de outro modo. Não
é uma questão de maldade, mas de
impossibilidade psíquica”, diz.
Casos de moderados a graves reque-
rem psicoterapia e antidepressivos. Há
fármacos seguros para uso durante o
período de amamentação. Mas para
isso é preciso passar por uma avaliação
médica criteriosa. “O mais importante
é encarar a depressão como um pedido
de socorro e ajudar a mulher a assumir
suas funções maternas de forma ade-
quada e serena”, orienta Maria Helena.
“Quando ela entende o que se passa, o
que ela está resgatando inconsciente-
mente, tudo alivia, a mulher se livra
de fantasmas e se sente mais inteira

Grupo Único PDF Passe@diante para viver a maternidade.”


Pedir ajuda a pessoas de confiança
para cuidar do bebê enquanto você
dorme, dá uma volta e recompõe a
energia é uma estratégia interes-
sante. “A mulher precisa de apoio e
liberdade para encontrar seu jeito
de ser mãe”, ressalta Maria Helena.
“A maioria experimenta sentimentos
contraditórios e inconciliáveis com
a imagem idealizada de acolhedora,
tranquila, compreensiva, capaz de
enormes sacrifícios”, acrescenta.
Aceitar o próprio ritmo é outra
ação sensata, bem como reconhecer
que mãe não precisa saber tudo.
Há outras alternativas. A depressão Bebês, que acompanha mulheres e Afinal, instinto materno não existe,
leve pode ser tratada com psicoterapia, casais em Florianópolis. “A mulher como demonstrou a filósofa francesa
que, segundo estudos, estimula modi- pode inconscientemente se identificar Elizabeth Badinter, mãe de três filhos,
ficações benéficas nos neurotransmis- com o bebê, revivendo sua sensação no livro Um Amor Conquistado, que
sores equivalentes às ocasionadas por de ter sido amada e bem cuidada. causou muita controvérsia quando foi
antidepressivos. Outras abordagens Ou de ter sido desamparada em suas lançado, em 1985, e continua atual:
também são úteis para elucidar as necessidades emocionais, de não ter “Não encontramos nenhuma conduta
razões de tanta ansiedade e cobrança. tido contato físico ou sido acalentada.” universal e necessária da mãe. Ao
“O significado da depressão pós-parto O bebê precisa da disponibilidade contrário, constatamos a extrema
Fotos Getty Images

é sempre subjetivo e está relacionado emocional da mãe. “Na depressão variabilidade de seus sentimentos,
à trajetória individual”, esclarece pós-parto, a mãe pode se tornar segundo sua cultura, ambições ou
a psicóloga Maria Helena Cruz de indisponível ou apenas se relacionar frustrações. (...) O amor materno não
Moraes, fundadora do Instituto Pais de forma ansiosa ou culpada, não é inerente às mulheres. É adicional.”

claudia.com.br julho 2019 93


Comportamento

Grupo Único PDF Passe@diante

Viajante profissional
Eles parecem estar em férias eternas, mas explorar o mundo
(sozinho ou em família) e registrar cada detalhe virou trabalho.
Estes influenciadores fazem parte de um grupo que trocou
a rotina por muitos carimbos no passaporte
TEXTO MARINA MARQUES

94 claudia.com.br julho 2019


Especial
FÉRIAS
@likemiljian
Julien, o pai francês, e Miki,
a mãe italiana, decidiram se
aventurar pelo mundo sem
passagem de volta com Teo,
4 anos, e Lia, 2. Eles estão
à espera do terceiro filho

Grupo Único PDF Passe@diante

U
ma família que viaja. É assim que a À espera do terceiro filho, o casal ainda não tem pas-
italiana Micaela e o francês Julien sagem de volta comprada. “Se, na minha primeira
Miljian se definem. O casal decidiu gravidez, visse alguém levando o estilo de vida que
em 2017 trocar a casa em Florença, tenho hoje, acharia uma loucura. Mas já conheço meu
na Itália, pelo mundo. Embarcaram corpo e meus limites”, afirma Micaela, 30 anos.
na jornada com os filhos, Teo, 4 anos, O que financia as viagens do grupo é o diário pos-
e Lia, 2. “Quando partimos, ela tinha 8 meses e ele tado no Instagram (@likemiljian). Por lá, os mais de
havia acabado de completar 2 anos. Eram muito pe- 100 mil seguidores acompanham de perto as aventuras.
quenos e não tinham hábitos formados, então apren- Inicialmente, o perfil foi criado para manter amigos e
deram que viajar é algo normal. Não se cansam. Pelo família atualizados, porque os dois sempre foram de
contrário, estranham quando ficamos mais de duas mudar bastante de endereço. Ganharam fãs antes
semanas no mesmo lugar”, explica o parisiense de 33 mesmo da partida definitiva. “Tínhamos cerca de 10
anos, que já perdeu a conta de quantos países conheceu. mil seguidores, mas não considerávamos que essa

claudia.com.br julho 2019 95


Comportamento

@jo_franco
A brasileira Joanna Franco
deixou o Brasil aos 5 anos
para morar com a família nos
Estados Unidos. Se apaixonou
Grupo Único PDF Passe@diante por aprender línguas e
hoje fala cinco idiomas

fosse ser nossa profissão. Em seis meses, passamos a Tive que aprender inglês rápido, porque no dia seguin-
ganhar uma quantia que financiava as viagens e isso te minha mãe já começou a trabalhar como babá e eu
se tornou nossa única função”, explica Julien. fui para a escola. Ensinava a ela”, relata a jovem de 26
Os Miljian são leves, trazem sorriso ao rosto de quem anos. Apesar do ótimo desempenho, Joanna tem olhar
se depara com suas fotos coloridas. Alguns seguidores crítico sobre a situação. “Quando você mora em dois
perguntam como dão conta de viajar com crianças sem lugares, não tem uma única cultura. Conversava com
perrengue. O primeiro e mais importante detalhe é que minha família no Brasil, e eles diziam que meu sotaque
eles não abrem mão de seguro-viagem. “Os pequenos era estranho. Na escola, falavam que meu cabelo era
agregam tanto, acho bonito isso de se doar ao outro. É uma grande e encaracolado, que minha pele era marrom e
questão de ponto de vista: devo me lamentar ou ser feliz que eu não parecia americana. Olhei essa falta de iden-
com a decisão que tomamos?”, questiona o francês. tificação total por um lado positivo e fui conhecer mais
A sala de aula dos irmãos é o mundo. “Estudamos as culturas”, explica Joanna, que é fluente em cinco idiomas.
cores no mercado, os números... Ensinamos tudo o que Ela cursou faculdade de negócios internacionais,
podemos. Eles falam três línguas, e fazemos questão de mas, quando concluiu, viu que o mercado não era
aprender cinco novas palavras em todo país que visitamos”, exatamente o que tinha imaginado. “Em 2015, desisti
acrescenta o pai. Ele sabe que a família precisará escolher de tudo. Estava trabalhando num escritório em Nova
uma base quando as crianças chegarem à idade escolar. York, parecia coisa de filme. Mas aí via todo mundo
“Deve ser em algum país na Ásia, pois gostamos do modo meio zumbi em frente aos computadores.” Foi, com 2
deles de enxergar a vida”, reflete. mil dólares no bolso, para Los Angeles com o amigo
Também foi em família que Joanna Franco partiu do Damon Dominique, que conheceu pelo Facebook.
Rio de Janeiro para os Estados Unidos. Em busca de Montaram o canal Damon and Jo no YouTube, hoje
uma vida melhor para os três filhos, Denise, sua mãe, com mais de 1 milhão de inscritos. Em seguida, lançou
decidiu comprar uma passagem só de ida para Connec- o Shut Up and Go (Cale a Boca e Vá, em tradução livre),
ticut, em 1998. “Eu tinha 5 anos, fiquei superanimada. plataforma com artigos de escritores do mundo todo.

96 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
@travelandshare
Em 2014, os
Apesar da rotina pesada de trabalho, ela passa longas brasileiros
Romulo e
temporadas em outros países. “Viajo muito sozinha e Mirella caíram
recomendo para toda mulher, é uma oportunidade de na estrada.
autoconhecimento. Quando você se vê em um lugar Vivem em um
diferente, em que a língua é outra, tem que se virar”, motorhome que,
conta. Seus registros de aventuras no Instagram (@ recentemente,
ganhou outra
jo_franco) conquistaram mais de 130 mil seguidores. moradora,
A carioca já viveu em Paris, Roma, Londres, Grécia, a chihuahua
México, Costa Rica e muitos outros lugares. “Gosto de Guapa
ter que me esforçar para entender o outro.” Ela conta
que já se deparou com muito preconceito na estrada por
ser mulher e negra. “Em alguns países talvez eu tenha raram até 2014, decidiram que era o momento de rea-
sido a primeira negra que eles conheceram, então cheguei lizar um sonho: dar a volta ao mundo em dois anos. Na
com respeito. Tem racista no mundo inteiro, mas, se eu época, não eram tão comuns exemplos de influenciado-
falo a língua deles, a primeira experiência é mais legal res viajantes. Viram ali uma oportunidade. “Tínhamos
e tende a amenizar as seguintes”, explica. “É claro que juntado algum dinheiro, mas não queríamos gastar tudo
sinto medo”, admite. “Mas vou mesmo assim.” e ficar desamparados se o plano desse errado. Vimos
perfis de blogueiras de moda e pensamos: ‘Por que não
CASA SOBRE RODAS fazer isso com turismo?’”, lembra Mirella. O duo criou
Um motorhome, 12 metros quadrados de espaço e 33 o @travelandshare e enviou propostas comerciais para
peças de roupa para cada um. É assim que vive o casal mais de 150 empresas. Receberam alguns retornos
de administradores Romulo Wolff, 39 anos, gaúcho de positivos, dentre eles um que faria toda a diferença.
Osório, e Mirella Rabelo, 37, mineira de Poços de Caldas. Uma montadora forneceria uma caminhonete. Sobre o
Apesar das carreiras estáveis em São Paulo, onde mo- teto do carro, carregavam uma barraca de camping,

claudia.com.br julho 2019 97


@onewayticketrip
Os portugueses Carina e Ivo
deixaram o emprego em 2017 e
compraram um bilhete só de ida
para o Sudeste Asiático. Hoje,
garantem renda com contratos
mensais para produzir conteúdo

Grupo Único PDF Passe@diante

usada para passar a noite em alguns lugares. “Fomos do na em uma plataforma online. Com tantas tarefas, o
Brasil ao Alasca assim”, relata. casal garante que o clima não é de férias eternas.
Começaram a produzir vídeos para o YouTube em “Desde que nos demos conta de que gostávamos de
português – algo que ainda era raro –, mas o negócio viver assim, trabalhamos sem pausa para nos manter”,
demorou um ano e meio para engatar. “Foram mais de relata Mirella, que tem 48 carimbos no passaporte. Da
600 vídeos até o canal nos dar retorno financeiro”, vida antiga só sentem falta da academia (por mais
conta Mirella. Depois, com quase 1 milhão de inscritos, inesperado que isso pareça). “Comemos muito e não
vieram as propostas para serem garotos-propaganda temos onde malhar”, revela a mineira aos risos.
de algumas marcas. A insatisfação com a rotina também motivou o casal
Nesse meio-tempo, trocaram o meio de transporte. de portugueses Carina Pinheiro, 25 anos, e Ivo Filipe
“Depois de muito insistir com uma marca, conseguimos Fernandes, 26, a deixar o emprego em 2017 e comprar
uma casa camper de 26 mil dólares em troca de con- um bilhete só de ida para o Sudeste Asiático. “Partilhamos
teúdo”, explica Mirella. “De repente, tínhamos cozinha, nossas viagens nas redes sociais para conhecidos saberem
geladeira, cama, chuveiro. Deu a sensação de que onde estávamos, mas começamos a perceber que não
aquela era nossa casa.” E o que era para durar dois anos eram só eles que acompanhavam o nosso dia a dia”, ex-
se tornou uma aventura sem prazo final. “Estamos só plica Carina, do @onewayticketrip, com 130 mil segui-
começando”, assegura Romulo, animado com o con- dores. Para manter o conteúdo interessante e a produti-
fortável motorhome de 12 metros quadrados que vidade alta, trabalham muito. “Em um dia normal,
substituiu a camper em fevereiro deste ano. Eles ado- produzimos 15 gigabytes de fotografias, e apenas duas
taram recentemente Guapa, uma minúscula chihuahua. ou três são utilizadas”, conta Carina. O material deslum-
Os negócios do casal se multiplicaram. Agora, ofe- brante chamou a atenção de empresas interessadas em
recem cursos digitais, têm uma agência de aluguel de parcerias, e atualmente eles contam com contratos men-
motorhome, dão palestras e até escreveram um livro, sais, publicações pagas e ainda ganham dinheiro para se
que figurou como o mais vendido durante uma sema- hospedar em locais paradisíacos. Concordam que a

98 claudia.com.br julho 2019


@anna.laura
Os mais de meio milhão de seguidores
de Anna Laura ficam encantados com
suas fotos em paisagens paradisíacas.
Grupo Único PDF Passe@diante
O resultado é alcançado com muita
estratégia e perfeccionismo

sensação não tem nada a ver com estar de férias. “Cos- Além de lucrar com as muitas visualizações no blog
tumamos dizer que trabalhamos 24 horas por dia, sete Carpe Mundi – a página recebe cerca de 600 mil visua-
dias por semana”, conta Carina. Ela destaca que há lizações mensais –, Anna Laura também se mantém com
muitos momentos não registrados nas redes sociais – parcerias pagas, principalmente de vestuário e beleza, e
alguns bastante desafiadores. “Odiamos a vida rotineira, com a venda de presets (um conjunto de configurações
mas alimentação é algo bastante difícil nessas andanças.” de filtros e efeitos para aplicar sobre as fotos).
Já pensou em retomar o estilo de vida anterior? “Casa A gaúcha retorna a São Paulo com frequência não só
não é um endereço, é onde nós somos felizes.” para matar a saudade dos familiares mas para negociar
contratos. Entende que quem vê de fora acha sua rotina
SONHOS TROPICAIS um sonho, mas há alguns ônus. “Já perdi casamento de
Cenários incríveis e cliques milimetricamente plane- amiga e outras datas importantes por estar distante.” A
jados: o feed do Instagram de Anna Laura Wolff (@ influenciadora admite ainda que dificilmente consegue
anna.laura) é daqueles de deixar qualquer um sonhan- se desligar totalmente do trabalho. “Viajar sem câmera
do em viajar pelo mundo. A jornalista gaúcha de 26 seria a maior tortura para mim”, confessa. As belas fotos
anos se mudou para São Paulo adolescente, mas há publicadas na rede escondem um grande esforço. “A
cinco anos adotou a vida viajante. Ela já visitou 36 travessia do Deserto do Atacama, no Chile, até o Salar
países. “Gosto de explorar bastante cada destino, então de Uyuni, na Bolívia, exigiu grande resistência. Tive
fico vários dias na mesma cidade”, explica Anna Lau- muita dor de cabeça. Nos poucos momentos em que
ra, que nas redes sociais conta com o impressionante parei para tirar foto, usei meu controle remoto para clicar
número de mais de meio milhão de seguidores. “Parti a 100 metros de distância. Tirei a foto e saí correndo para
determinada e, como era jovem, não estava tão preo- chegar à pose. Depois, tive que usar um cilindro de oxi-
cupada caso não desse certo”, explica. Também tinha gênio”, lembra. A maturidade e a experiência, como
alguns caminhos abertos porque havia trabalhado sempre, fizeram a diferença. “Antes precisava de muitos
como jornalista na área de turismo. retratos para chegar a um bom. Agora, sei meu estilo.”

claudia.com.br julho 2019 99


Viagem

Grupo Único PDF Passe@diante

PRÓXIMO
DESTINO
Uma comemoração histórica, a abertura de hotéis e restaurantes, prêmios internacionais.
Esses são os motivos que transformam, ano a ano, alguns lugares em destaques sob
os olhos curiosos de viajantes. Veja nossa seleção do que é imperdível em 2019
TEXTO BETINA NEVES

100 claudia.com.br julho 2019


Especial
FÉRIAS
Grupo Único PDF Passe@diante

GRAND CANYON, ESTADOS UNIDOS ONDE FICAR O ideal é permanecer por lá cerca de três
Patrimônio da humanidade segundo a Unesco e dias. Há, dentro do terreno, hospedagens limitadas.
uma das paisagens mais impactantes da América O Grand Canyon Village (grandcanyonlodges.com) é
um complexo com opções que vão do sofisticado El
do Norte, o Parque Nacional do Grand Canyon (nps.
Tovar ao simples Bright Angel Lodge. Seus quartos
gov/grca) completa 100 anos e recheia a visita com
são tão concorridos que o indicado é reservar com,
eventos especiais, como apresentações de tribos na- no mínimo, seis meses de antecedência. Para quem
tivas da região e palestras sobre cultura e ecologia não conseguir, Tusayan, a 10 quilômetros do parque,
em um anfiteatro a céu aberto. Com suas curiosas conta com hotéis básicos de rede.
formações rochosas avermelhadas, o parque tem
quase 5 mil quilômetros quadrados de área. Pode ser COM AS CRIANÇAS A estrutura do centro de visi-
explorado em trilhas bem demarcadas a pé ou de bi- tantes (explorethecanyon.com) oferece banheiros,
cicleta. Também há passeios de rafting pelas águas
Fotos Getty Images

café, museu e um cinema Imax – vale começar a visita


do Rio Colorado. A visita clássica se faz pelo acesso assistindo ao premiado filme sobre o Grand Canyon
sul, chamado de South Rim, a 450 quilômetros de exibido na tela gigante. Há muitos mirantes e trilhas
Las Vegas e 135 de Flagstaff, no estado do Arizona. fáceis, a exemplo da Bright Angel Trail.

claudia.com.br julho 2019 101


Viagem

SUL DA BAHIA, BRASIL


Esse pedacinho de litoral da chamada Costa do Desco-
brimento, acessado pelo aeroporto de Porto Seguro, exibe
manguezais, falésias, coqueirais e praias de mar azul-cla-
ro, como a do Outeiro (ao lado). Trancoso segue encantan-
do com seu estilo rústico-chique – aproveite pousadas de
frente para trechos vazios de praia, como a Tutabel (tuta-
bel.com.br), e recentes adições gastronômicas ao badalado
Quadrado, entre elas o Favoritto (@favorittotrancoso),
que acrescenta toques baianos ao menu mediterrâneo. Em
uma península entre o rio e o mar, Caraíva tem sido a que-
ridinha dos últimos verões e, apesar do desenvolvimento,
conserva a simplicidade em suas casinhas e ruas de areia –
não perca os passeios à próxima Ponta do Corumbau, dona
de uma das praias mais bonitas do país. Para mais nature-
za, vá ao recente Parque Nacional do Pau Brasil, que pro-
tege 190 quilômetros quadrados de Mata Atlântica.

ONDE FICAR A região coleciona casas de temporada lin-


Grupo Único PDF Passe@diante
díssimas para alugar em sites como Airbnb (airbnb.com.br)
e Alugue Temporada (aluguetemporada.com.br), muitas
delas com estrutura perfeita para quem viaja com crianças.
Grupo Único PDF Passe@diante

PUGLIA E BASILICATA, ITÁLIA


PERU No salto da bota que é o mapa do país, essas duas
Nosso vizinho segue como uma das estrelas do turismo regiões congregam vilarejos fofíssimos, praias
mundial. A começar pela capital, Lima, que arremata o de sonho, campos de oliveiras e vinhedos. É uma
prêmio de melhor destino gastronômico do mundo da viagem para fazer devagarzinho, curtindo o esti-
World Travel Awards há sete anos consecutivos – confi- lo de vida simples, a comida divina e os italianos
ra o restaurante Kjolle (kjolle.com), do célebre casal de mais relaxados do que nos destinos do norte. O
chefs Pía León e Virgilio Martínez, que usa ingredientes ponto de partida pode ser a espetacular Matera,
100% peruanos. De lá, há múltiplos jeitos de explorar o eleita capital da cultura europeia em 2019 (ma-
resto do país – entre Puno, cidadezinha à beira do imen- tera-basilicata2019.it), uma cidade única com
so Lago Titicaca, e Cusco, porta de entrada para Machu construções esculpidas em rocha – a nova exposi-
Picchu e o Vale Sagrado, o recente trem Belmond Ande- ção Il Paradosso dell’Antropocene (o paradoxo do
an Explorer (belmond.com) leva por uma jornada única antropoceno, em tradução livre) conta um pouco
pelas paisagens da região. Para sair do basicão, pense da história do local. De lá, conheça Alberobello,
Fotos Peru, Michelle Sinclair; as demais, Getty Images

em incluir o norte do país no roteiro: Huaraz é base com suas singulares casinhas brancas com te-
para admirar as montanhas nevadas e lagoas azuladas lhados cônicos; Lecce, que tem impressionante
da Cordillera Blanca (ao lado), enquanto Kuélap conta centro histórico barroco; e Otranto, encantadora
com um novo sistema de teleféricos que levam até um cidade amuralhada à beira do Mar Adriático.
sítio arqueológico com ruínas pré-incaicas.
ONDE FICAR Dá um charme a mais à experiência
COM AS CRIANÇAS Pela altitude, o clima e as cami- se hospedar em antigas fazendas transformadas em
nhadas necessárias, é mais indicado para quem tem filhos hotéis, como a Masseria Spetterrata (agriturismo-
maiores de 6 anos. Intercale os passeios com períodos masseriaspetterrata.com) e a Rocco Forte’s Masse-
de descanso em alguns dos ótimos hotéis do país. ria Torre Maizza (roccofortehotels.com).

claudia.com.br julho 2019 103


Grupo Único PDF Passe@diante

Apresentamos este mês as finalistas de mais duas


categorias do Prêmio CLAUDIA, Trabalho Social e Cultura.
Escolha suas favoritas e vote em premioclaudia.com.br.
As vencedoras serão reveladas em novembro

TEXTO LETÍCIA PAIVA, LIA RIZZO E LUARA CALVI ANIC

Realização: Patrocínio:

w
“Algumas mães de
desaparecidos não
conhecem seus
direitos ou sabem
como recorrer
às autoridades.
O sistema não
as acolhe”
IVANISE ESPERIDIÃO, ativista

de seu primeiro ano, localizou 48

Grupo Único PDF Passe@diante pessoas. Hoje já soma em todo o país


cerca de 5 mil, a maioria crianças e
adolescentes. Ivanise reuniu famílias
separadas havia mais de três décadas.
Por isso, não perde as esperanças
de que chegará sua vez de abraçar
a filha, ainda que demore. Milhares
de pessoas desaparecem no Brasil
todos os anos – o Fórum de Segurança
IVANISE ESPERIDIÃO | TRABALHO SOCIAL Pública estima quase 83 mil sumiços
em 2017, considerando os poucos
APÓS O DESAPARECIMENTO DA FILHA Sua primogênita, Fabiana (Ivanise tem dados existentes sobre o assunto. Só
ADOLESCENTE, IVANISE ESPERIDIÃO outra filha), sumiu aos 13 anos após no estado de São Paulo foram 25 mil
FUNDOU O MOVIMENTO MÃES DA visitar uma amiga que morava a 300 registros e 95% de resoluções. Um dos
SÉ, QUE JÁ LOCALIZOU MILHARES metros da casa dela. Nos dias que se fatores que dificultam a procura é a
DE PESSOAS PERDIDAS E PROMOVEU seguiram, a mãe mergulhou em uma falta de integração entre as polícias dos
O REENCONTRO COM AS FAMÍLIAS busca desenfreada, incluindo hospitais, o diferentes estados. Uma lei sancionada
Instituto Médico Legal (IML) e delegacias. neste ano visa corrigir a questão ao
Foi nas escadarias da Catedral da Sé, “Voltava todos os dias porque temia que instituir cadastro e política nacionais
marco do centro de São Paulo, que, em o corpo da minha filha fosse enterrado de busca de desaparecidos. Essa foi
31 de março de 1996, Ivanise Esperidião sem que eu pudesse vê-lo. Nas delegacias, mais uma vitória da pressão imposta
Foto Julia Rodrigues • Beleza Beatriz Barros

reuniu quase 100 mães que procuravam não havia nenhuma sensibilidade à pelas Mães da Sé, que, além da
os filhos desaparecidos. Ela recebia minha causa”, lembra. Com parco apoio dedicação exclusiva de Ivanise, conta
telefonemas das mulheres desde que dera institucional, encontrou forças nessas com voluntárias articuladas aos
uma entrevista para um jornal na qual outras mulheres que compartilhavam de órgãos públicos para agilizar o processo.
compartilhava a própria história. As buscas seu desespero. Naquele fim de março, “Transformei a dor solitária em missão
pela filha de Ivanise já duravam quatro nasceu o Mães de Março (também de devolver o brilho ao olhar dessas
meses, mas algumas mães viviam conhecidas como Mães da Sé), movimento mulheres”, diz. “Mesmo que a minha
a mesma angústia fazia anos. de busca por desaparecidos que, ao final espera acabe, continuarei pelas outras.”

claudia.com.br julho 2019 105


MAITE SCHNEIDER | TRABALHO SOCIAL
MULHER TRANS E ATIVISTA DOS DIREITOS não conseguiam vagas. Assim, em 2013,
HUMANOS, MAITE SCHNEIDER SE
DEDICA ÀS CAUSAS DA POPULAÇÃO
“Trabalho para com a advogada Marcia Rocha, fundou a
plataforma Transempregos, inicialmente um
TRANSGÊNERA HÁ MAIS DE 20 ANOS diminuir as grande banco de currículos. Nos últimos seis

diferenças. Quero
anos, o projeto se desdobrou em serviço de
Maite Schneider tinha 16 anos e consultoria para diversidade e implantação
ainda atendia por Alexandre quando
se recuperava da segunda tentativa
que transexuais de políticas de inclusão, atendendo mais
de 200 empresas para contratação de
de suicídio. Em consulta com um acreditem na profissionais trans. O próximo passo será

educação e em
psiquiatra para entender o desconforto reverberar o exemplo e as políticas para
e o sentimento de inadequação que a além das corporações. “Já ouvi de uma trans
acompanhava desde criança e que a
levara à atitude extrema de atentar contra
suas capacidades” que ela não tinha sonhos; desejava apenas
estar viva no dia seguinte. Conhecer bem
a própria vida, ela e a família ouviram MAITE SCHNEIDER, ativista essas fraquezas é a minha fortaleza. Quero
pela primeira vez o termo transexualismo. dar oportunidades e esperança a todas.”
O médico explicou os protocolos
para a mudança de sexo, incluindo

Grupo Único PDF Passe@diante


administração de hormônios
e cirurgia, que, na época, era feita apenas
nos Estados Unidos. A partir de então,
ela iniciou um longo e tortuoso caminho.
Maite já contabiliza 14 operações,
algumas corretivas, após ter tentado
retirar sozinha os testículos. “Quando
passei a me entender como mulher,
queria que a mudança fosse rápida”,
conta. Nascida em um lar abastado em
Curitiba, Maite sempre teve apoio dos
pais, algo raro entre transgêneros.
“Não foi fácil para ninguém, mas não
sofri rejeição. Tive estrutura, estudei
em bons colégios, fui privilegiada.” Ao
frequentar grupos de pessoas trans,
percebeu a necessidade de a causa
ter mais voz e se tornou uma das
cofundadoras da Associação Brasileira
de Transgêneros (Abrat), focada também
no combate à evasão escolar. O abandono
do estudo, nesses casos, é muito comum
e se reflete em alto índice de pessoas
trans trabalhando em subempregos ou
sendo levadas à prostituição. A Abrat
auxiliou na criação de mais de 20 cursos
de capacitação por todo o país. Mas
Maite notou que mesmo aqueles que
possuíam graduação e até doutorado

106 claudia.com.br julho 2019


“Criamos uma
rede de apoio
para que as mães
de adolescentes
em conflito com
a lei encontrem
conforto umas
nas outras”
SANDRA SANTOS, cozinheira

Grupo Único PDF Passe@diante O lugar sobrevive de doações. Como


o período de internação pode chegar
a três anos, algumas das atendidas
se tornam fiéis frequentadoras. Há
quem vire voluntária mesmo sem ter
mais de visitar o adolescente. O que
era para ser apenas uma área de
conveniência tornou-se um centro com
atividades regulares para fortalecer
SANDRA SANTOS | TRABALHO SOCIAL mulheres com palestras e oficinas de
autoconhecimento e saúde. “Elas já
Fotos Maite, Julia Rodrigues; Sandra, Lucas Landau • Beleza Beatriz Barros; Gabriel Lima/Capa MGT

COZINHEIRA EM UMA INSTITUIÇÃO não se conformava com a cena repetitiva. estão preocupadas com os sofrimentos
EDUCACIONAL PARA ADOLESCENTES EM Resolveu oferecer café da manhã e abraços e as privações que os filhos podem
CONFLITO COM A LEI, SANDRA SANTOS de conforto ali mesmo, na calçada. “Mas as estar vivenciando. Aí chegam a um
AJUDA E CONFORTA MÃES, TIAS E AVÓS mulheres não aceitavam ofertas de ajuda. lugar nada amigável, feio e deserto.
QUE, FRAGILIZADAS, AGUARDAM Desconfiavam de uma estranha dando É desolador. Então qualquer ato de
LONGOS PERÍODOS POR UMA VISITA comida”, conta. Diante das negativas, acolhimento é válido”, observa Sandra.
decidiu que precisava de algo mais sólido, Até junho, o CAI tinha 265 internos,
Desde as primeiras horas da manhã, estruturado. Assim nasceu, em 2012, a apesar de dispor de apenas 135 vagas –
às quartas e aos sábados, uma fila de Casa da Mãe Mulher, instalada em uma uma representação da situação precária
mulheres começa a se formar do lado de pequena residência quase em frente à dos equipamentos de cumprimento
fora do Centro de Atendimento Intensivo unidade. Sandra convida quem chega à de medidas socioeducativas no
(CAI) de Belford Roxo, unidade de fila para tomar café da manhã, almoçar, Brasil, ocupados principalmente por
internação para adolescentes em conflito descansar, fazer orações ou só para adolescentes socialmente vulneráveis.
com a lei, no Rio de Janeiro. Mães, tias e conversar. A notícia correu rapidamente e A proporção se repete em outros órgãos
avós dos jovens frequentemente viajam hoje são atendidas, em média, 50 mulheres do tipo no Rio de Janeiro. Se não tem
longas horas sem alimentação para fazer a aos sábados e 80 às quartas. O aumento autoridade para transformar o sistema,
visita. Trabalhando desde 1994 no sistema da demanda fez com que Sandra alugasse Sandra causa impacto naquilo que é
socioeducativo, a cozinheira Sandra Santos este ano o imóvel ao lado da sede. capaz de alcançar.

claudia.com.br julho 2019 107


GABRIELLA DI LACCIO | CULTURA
A INVISIBILIDADE FEMININA NA MÚSICA dessas gravações”, diz. Radicada em
CLÁSSICA ESPANTOU A CANTORA Londres desde 2001, a gaúcha de Canoas
mudou de país para fazer mestrado no
“O objetivo é
LÍRICA GABRIELLA DI LACCIO. COM A
MISSÃO DE MUDAR ESSE CENÁRIO, ELA Royal College of Music. Na infância e

chamar a atenção
CRIOU UM PROJETO QUE VALORIZA adolescência participava de corais, mas só
COMPOSITORAS MULHERES E JÁ mais tarde se deu conta de que ser musicista
CATALOGOU 2 MIL ARTISTAS para a igualdade é uma profissão. “A única forma de as
mulheres gerarem mudança e garantirem
Desde o ano passado, a cantora lírica e aumentar o mais igualdade no futuro é ocupando

conhecimento
Gabriella Di Laccio tem se dedicado a posições de liderança. As meninas precisam
divulgar a produção de compositoras olhar para alguém e se imaginar chegando
da música clássica. Em 8 de março de sobre mulheres lá”, acredita. Sua carreira e o projeto Donne
renderam a ela um lugar na lista organizada
compositoras”
2018, Dia Internacional da Mulher,
ela lançou o projeto Donne: Women pelo canal britânico BBC das 100 pessoas
in Music (Mulheres na Música). Uma mais inspiradoras do mundo no ano de
GABRIELLA DI LACCIO, cantora lírica 2018. “Saber que estou inspirando outras
pesquisa feita pela gaúcha e divulgada
pelo jornal inglês The Guardian mostrou pessoas me move, é um dos motivos pelos
que a programação das 15 maiores quais virei cantora.”
Grupo Único PDF Passe@diante
orquestras do mundo para 2018 e 2019
trazia 3 442 (97,6%) peças assinadas
por homens e apenas 82 (2,3%) por
mulheres. “Compositoras de vários
países começaram a entrar em contato
comigo. A partir daquele momento, me
comprometi com a causa da igualdade
na música”, diz. A primeira inquietação,
entretanto, sentiu em 2015, quando
encontrou em uma livraria a Enciclopédia
Internacional das Mulheres Compositoras
(1987), organizada pelo pesquisador
Aaron Cohen. No livro, havia cerca
de 6 mil artistas registradas desde a
Idade Média. “Fiquei com vergonha de
descobrir esses nomes tardiamente,
mas, investigando, me dei conta de
que eu não era a única.” O site que
criou para sua iniciativa partiu dessa
lista, que ela atualiza constantemente.
Além disso, produziu uma coletânea
de cinco CDs (dois já lançados) só com
mulheres compositoras. “Como cantora,
posso mostrar meu trabalho facilmente,
saio às ruas e tenho um público, mas a
compositora precisa de instrumentista,
orquestra, um artista que vá executar
a música dela. Por isso a importância

108 claudia.com.br julho 2019


“Fazer teatro
de rua é lindo
porque você
tem uma relação
direta com o
público. Eles
podem interferir
na hora”
TEUDA BARA, atriz

Moreira e Antonio Edson. Em 1998,


inauguraram o Galpão Cine Horto, centro
cultural localizado em um antigo cinema

Grupo Único PDF Passe@diante dos anos 1950. É um espaço aberto à


comunidade que oferece cursos, oficinas e
também mantém um núcleo de pesquisa
teatral. Teuda Magalhães Fernandes
começou no teatro há 60 anos, quando
estudava ciências sociais na Universidade
Federal de Minas Gerais. Com seus
colegas, fazia teatro-jornal (formato criado
pelo dramaturgo carioca Augusto Boal).
TEUDA BARA | CULTURA Na época, trabalhou com o roteirista
mineiro Eid Ribeiro e com o diretor paulista
À FRENTE DE UM DOS GRUPOS DE TEATRO é livre para se divertir”, afirma. Criado José Celso Martinez Corrêa. Em 1982, sua
ICÔNICOS DO PAÍS, O GALPÃO, TEUDA em 1982, quando o país ainda passava participação e de um grupo de atores na
Fotos Gabriella, Marina Pires; Teuda, Daniella Paoliello • Beleza Gabriela Dominguez

BARA INSISTE EM FAZER ESPETÁCULOS pela ditadura militar, o grupo participou oficina dirigida por dois membros do Teatro
DE RUA PARA GARANTIR ACESSO AO das manifestações pelas Diretas Já. E não Livre de Munique deu origem ao Galpão.
GRANDE PÚBLICO. PELO MESMO MOTIVO, perdeu o espírito político. Neste ano, em Desde então, ela segue atuando nas
FUNDOU E MANTÉM UM CENTRO que o Galpão completou 37 anos, Teuda principais peças da companhia. No cinema,
CULTURAL EM BELO HORIZONTE saiu às ruas em uma performance em que participou de filmes como O Palhaço (2011),
vendia limões para compensar os cortes de Selton Mello, e, na televisão, da novela
Quando a atriz Teuda Bara anda pelas orçamentários na área de cultura. “Ficamos Meu Pedacinho de Chão (2014), da Globo.
ruas de Belo Horizonte, as pessoas a chateados de ler na internet que os artistas Este mês, a atriz estreia Luta – Comunista
abordam para perguntar se vai ter teatro. mamam nas tetas do governo. Hoje, com Demais para Ser Verdade, apresentação que
A mineira é a fundadora do emblemático a redução dos recursos destinados a essa é uma adaptação de sua biografia, escrita
Grupo Galpão. Espetáculos encenados área, estamos sem meios para trabalhar”, pelo jornalista João Santos em 2017. “A
principalmente nas ruas, para um público diz. “Mas não vamos parar. Pelo contrário. receita para o grupo durar tanto tempo é
que já chegou a 6 mil pessoas, marcam o Senão, quem vai contar a nossa história gostar de fazer teatro e não abandonar.
DNA democrático e político da companhia. e registrar o nosso tempo?” O Galpão tem A gente brinca, se diverte e se reinventa
“O teatro de rua é uma utopia de uma 12 atores, sendo que, além de Teuda, mais todos os dias, mesmo que o espetáculo
sociedade igualitária, onde todo mundo dois são da formação original – Eduardo se mantenha igual.”

claudia.com.br julho 2019 109


TUANY NASCIMENTO | CULTURA
DANÇAR PROFISSIONALMENTE SEMPRE da vizinhança. “Não tinha noção de
FOI O SONHO DE TUANY NASCIMENTO. que estava criando um projeto social.
ENQUANTO PRATICAVA, COMEÇOU “Mais do que Para mim, era uma troca. Eu treinava

formar bailarinas,
A ENSINAR BALÉ A MENINAS DO e, ao mesmo tempo, mostrava a elas
COMPLEXO DO ALEMÃO. HOJE, 130 o que sabia”, diz. Hoje, aos 25 anos,
ALUNAS JÁ PASSARAM POR SUAS AULAS
quero inseri-las ela entende a importância do que faz
em uma região com ações educativas
Tuany Nascimento tinha apenas 19 anos na sociedade, escassas. Já passaram por suas classes

ensinar que existe


quando começou o Na Ponta dos Pés, cerca de 130 garotas, e, em 2018, por
iniciativa para ensinar balé clássico no meio de um financiamento coletivo
Complexo do Alemão, comunidade
carioca onde ela nasceu e cresceu. mundo para além europeu, Tuany conseguiu parte da
verba para construir uma escola de
Bailarina, costumava praticar sozinha
em uma quadra poliesportiva, o que
da comunidade” dança na comunidade, em um terreno
da mãe, Ana Paula Ferreira Souza.
despertou o interesse das meninas TUANY NASCIMENTO, bailarina Embora as paredes estejam de pé, falta
dinheiro para a finalização da obra.
Enquanto isso, as 34 alunas prosseguem
na quadra. Três vezes por semana, elas
Grupo Único PDF Passe@diante chegam de rosa da cabeça aos pés – em
uniformes doados e também costurados
por Tuany e Ana Paula. “É uma forma
de resistência. Estamos falando que,
se o Estado não fornece, nós criamos
os meios de ter acesso à cultura. O
projeto dá protagonismo individual
e coletivo às meninas”, afirma. Tuany
começou a dançar aos 5 anos; aos 18,
achava impossível fazer do balé uma
profissão. Como filha mais velha de cinco
irmãos, ela precisava ajudar a mãe.
Trabalhava meio período como aprendiz
de marketing e depois ia dar aula para
as crianças. Nesse meio-tempo, entrou
na faculdade de educação física com
bolsa integral e, há dois anos, se formou.
Diferentemente do que imaginava, viver
da dança não é mais um sonho distante.
Tuany acaba de ser aprovada em
uma audição e, a partir de novembro,
passará uma temporada de quatro
meses entre Grécia e Chile com a Cia.
de Dança Nikos. “Foi um recomeço. Era
Fotos Tuany, Lucas Landau

antagônico falar para as meninas que


elas poderiam conquistar seus sonhos
sendo que eu, de certa maneira, tinha
desistido do meu.”

110 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

Escolha SUAS
CANDIDATAS
Agora que você conheceu o grupo de finalistas de Trabalho Social e Cultura, já
pode votar. Eleja uma de cada categoria, aquela que, em sua opinião, realiza o trabalho
mais relevante. Quem inspira e inova mais? Quem é responsável pelo projeto de maior
impacto social? Dê seu voto em premioclaudia.com.br e ajude a homenagear gente
que batalha para fazer deste um país melhor. Sua escolha será somada aos votos de uma
comissão de jurados convidados e aos de um time da Editora Abril.

claudia.com.br julho 2019 111


Vida prática

PEDRAS NO
CAMINHO
A frustração não precisa ser
incapacitante. Há como transformar
esse sentimento em força motriz
para perseguir objetivos ou ainda
aprender a evitá-lo
Grupo Único PDF Passe@diante
COLABOROU GABRIELA TEIXEIRA

T
em sempre aquele dia em que a lista de

1
tarefas é grande e você não consegue
completar nenhuma. Há também situações
mais simples em que dá tudo errado. Você
vai ao supermercado, por exemplo, para
comprar itens específicos e não encontra nada ou prepara
uma surpresa para o parceiro e ele descobre. O fato é RACIONALIZE
que voltar para casa sem ter alcançado as expectativas Melhor do que superar a frustração é não ter que
gera um sentimento bastante familiar a todos nós, enfrentá-la. Parece difícil, mas é, sim, possível
o de frustração. “É um estado que acontece quando precaver-se para não sofrer depois. Essa
nos sentimos contrariados”, define a neurocientista e blindagem Adriana reconhece como a habilidade
psicopedagoga Adriana Fóz, que acaba de lançar um em identificar situações com potencial frustrante.
livro sobre o tema, Frustração (Benvirá). Vítima de É necessário saber ponderar. Diante de decisões
um acidente vascular aos 32 anos, Adriana precisou se importantes, tire um momento para analisar a
esforçar muito para vencer as sequelas. Aprendeu a lidar conjuntura de vários ângulos com seus prováveis
com a decepção e, de sua vivência, tirou o conceito de desdobramentos. Se as consequências parecerem
plasticidade emocional, o resultado do treino consciente pouco favoráveis, desenvolva estratégias
de competências emocionais em prol da superação. Essa para alterar a rota e faça mudanças. Leve em
transformação de algo tão penoso em força motora é a consideração experiências anteriores e tenha
lição que ela entrega em sua publicação e aqui. um plano B mesmo após fazer sua escolha.

112 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

2
A origem de alguns desapontamentos está em querer muito e
Dose as
expectativas
receber pouco. De modo inconsciente, projetamos nossos desejos
nos outros ou na vida em geral, mesmo que no fundo saibamos
que nem tudo acontecerá do jeito que idealizamos. Para evitar
pessoa impaciente, invista em atividades que exijam calma,
como pilates e meditação. E saiba que de forma alguma
ser comedida implica adotar uma postura pessimista. “Ser
otimista não tem nada a ver com ter expectativas; então
Fotos Getty Images

cair na armadilha de construir castelos de areia, foque no que há precisamos desvincular. É, na verdade, um exercício diário
de concreto, realizável e está a seu alcance, ainda que isso exija para manter a esperança de que tempos melhores virão,
muita espera, lentos avanços e até retrocessos. Se for uma apesar de coisas ruins acontecerem”, ensina Adriana.

claudia.com.br julho 2019 113


3
Vida prática

5
CULTIVE A EMPATIA
Como criaturas sociais que somos, estamos a todo momento
criando laços com aqueles que nos cercam. E, para que as
conexões se desenvolvam plenamente, é fundamental que
haja comunicação. Exercer essa ferramenta de modo efetivo,
porém, não é tarefa simples. Não podemos adivinhar o que
o outro pensa, mas devemos perguntar. Uma vez cientes
dos sentimentos e anseios de quem está ao nosso lado,
ganhamos a chance de enxergar uma situação por nova
ótica. Essa atitude nada mais é do que a empatia em ação.
Observe, pergunte, escute e, principalmente, tente se colocar
no lugar do próximo. “Ao compreender as necessidades do
outro, fica mais fácil entender por que a situação não
aconteceu do jeito que imaginávamos”, diz Adriana.
RECONHEÇA
SEUS ESFORÇOS
Apesar de ser triste e frustrante não
A resiliênciaÚnico
Grupo é essencialPDF
em qualquer
Passe@diante alcançar um objetivo, é preciso

situação, pois implica uma reformulação


reconhecer a hora de parar de tentar.
Evite procurar motivos ou justificativas,

4
de valores e estruturas deixe de insistir. Há coisas que
simplesmente não dão certo. Para
ADRIANA FÓZ que a decepção não tenha um efeito
paralisante, volte sua atenção para
o caminho percorrido até ali. Pense

Controle a
em tudo que aprendeu, em quanto se
desenvolveu, na força que demonstrou
ao perseverar e não desistir diante

autocrítica
da primeira adversidade. Conscientize-
-se de que fez tudo o que podia e
valorize a jornada. Ela pode ser tão
recompensadora quanto a conquista.
Adriana explica que, por questões socioculturais, tendemos a lidar Uma competência muito útil nesse
com erros de maneira punitivista, sobretudo quando se trata de momento é a gratidão. Tão em voga
nossas falhas. Isso nos condiciona a uma constante autocrítica. quanto a empatia, essa palavra
Quando não cuidada, essa característica poda potenciais representa a capacidade de
habilidades que seriam bem desenvolvidas. Diante de uma saber apreciar aquilo que temos,
frustração, em vez de assumir o papel de próprio carrasco, procure independentemente do que nos falta.
olhar para si mesma com a compreensão que usaria com outra Quando bem treinado, esse sentimento
pessoa em igual circunstância – hora de se lembrar da empatia. diminui a sensação de derrota e pode
Castigar-se rigorosamente não fará o problema desaparecer até servir para impulsionar novas
e impedirá que você foque em atitudes mais importantes, como tentativas. Para alcançá-la, não há
encontrar meios de superar obstáculos. Canalize a energia mistério. Simplesmente tenha um olhar
que gastaria se martirizando e direcione-a para momentos de atento para diversas situações durante
autocuidado. “Contemplar-se com um olhar gentil é tão importante o dia e tire intervalos para agradecer
quanto a gentileza direcionada ao outro”, conclui a autora, na obra. pelo que tem ou conseguiu fazer.

114 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

6
SEJA FLEXÍVEL
Na física, resiliência refere-se à capacidade de um corpo retornar à sua forma natural
após passar por alguma deformação. Na neuropsicologia, trata-se da habilidade
que uma pessoa tem de se fortalecer enquanto enfrenta uma situação adversa.
É uma competência indispensável para perseguir objetivos e conviver em sociedade.
“Torna-se essencial em qualquer situação, pois implica uma reformulação de valores
e estruturas”, afirma a autora. Olhar para atitudes e decisões sem julgamento e mesmo
assim repensá-las é um caminho. O importante é manter-se aberta às mudanças.

claudia.com.br julho 2019 115


Carreira

COMO PEDIR UM
AUMENTO
Negociar uma promoção não é tarefa fácil, mas é necessário.
Você merece
Grupo ser recompensada
Único PDFpeloPasse@diante
que entrega. Especialistas
dão o passo a passo para elaborar uma proposta e falar com a
chefia. Tem até dicas para seguir caso a resposta seja negativa
TEXTO TAI GONÇALVES

P
erfeito seria se o chefe não é um pretexto que vai convencer vão mal aumenta o risco de ouvir um
oferecesse um aumento a chefia”, afirma Maria Eduarda Sil- não e faz parecer que o profissional
espontaneamente ao veira, gerente de recrutamento da está desinformado em relação ao que
observar seu desempenho Robert Half, multinacional especia- anda acontecendo no mercado.”
positivo. Entretanto, a lizada em contratação. Outra figura essencial para ter um
situação é bastante improvável. Há No plano geral, é bom ficar de olho bom relacionamento é seu gestor. O
uma série de questões interferindo no nos objetivos da empresa. “Quando o indicado é não falar de salário abrup-
processo: a crise na economia, os funcionário consegue mostrar que seu tamente, mas estreitar laços antes.
desafios no orçamento da empresa, a resultado individual vai ao encontro Entenda o que ele ou ela esperam e
redução das equipes. Cabe a você, dos interesses da companhia, a con- consideram uma entrega satisfatória.
portanto, abrir caminho para a con- versa com o superior é baseada em “Peça para quantificarem, se possível.
versa (que é difícil, mas inevitável) e fatos”, ensina Ana Claudia Plihal, Por exemplo: aumentar a base de
saber apresentar argumentos que diretora de soluções de talentos no clientes em 10%”, explica Maria
superem os problemas e falem a seu LinkedIn. Para Fábio Affonso, admi- Eduarda. Depois, estabeleça uma
favor. A chave é se preparar bastante, nistrador e professor do Ibmec, em rotina de troca a cada dois ou três
e isso começa com autoanálise. “Re- São Paulo, falar com alguém confiável meses. Mostre seu desempenho e
flita até ter claro quais são os motivos no setor de recursos humanos ajuda. ouça o feedback. Só então aproxime-
Foto Getty Images

que fazem você merecer a recompen- “As pessoas da área sabem quando há -se para falar de aumento salarial.
sa pelo reconhecimento profissional. sinal verde para promoções”, sugere. Confira mais segredos para obter
Afinal, apenas precisar ganhar mais “Pedir aumento quando os negócios sucesso na missão.

116 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

claudia.com.br julho 2019 117


Carreira

NÃO É QUESTÃO
DE PRECISAR, QUAL É O SEU
VALOR?
MAS DE MERECER
Seus argumentos devem fortalecer a
percepção de que o aumento salarial não
é um agrado, mas uma recompensa pelo Não é fácil traduzir em uma quantia sua performance,
bom desempenho. “Mostre a qualidade entregas e resultados. A dica é ficar de olho na tabela da
de suas entregas. Forneça detalhes própria empresa, que diferencia os pisos de cada degrau nas
sobre realizações, compartilhe exemplos diferentes carreiras. “Subir um nível é o mínimo, mas, se o
de projetos concluídos e como eles tiveram desempenho for acima da média, peça o equivalente a dois ou
impacto positivo”, diz Rodrigo Siqueira, três graus acima”, aconselha Ronaldo Loyola, líder de recursos
da escola de negócios Proseek, no Rio humanos da consultoria Grant Thornton no Brasil. Atenção:
de Janeiro. Outro caminho é se mostrar ele não recomenda pedir um salário maior para depois
disponível a assumir novos desafios e negociar para baixo. “É preciso demonstrar o tempo todo um
oportunidades, esclarecendo assim que posicionamento incisivo em relação ao valor do seu capital

Grupo Único PDF Passe@diante


há vontade de se desenvolver, e não apenas
de elevar sua renda. Por fim, se for o caso,
intelectual e de quanto você está agregando para a empresa.”
Ronaldo sugere atentar também ao tipo de benefício pedido.
exalte que já tem mais responsabilidades “Não pense só nos clássicos, como vale-refeição, mas em
do que cabia no seu cargo atual. ferramentas que aumentem seu conhecimento e levem ao
desenvolvimento profissional”, acrescenta. Maria Eduarda
sugere pleitear oportunidades de troca de área ou imersão em
outros departamentos, um cargo em outro estado ou país
e até bolsas ou incentivos financeiros para cursos.

Depois de dois anos como engenheira júnior,


percebi que minha carga ia além do que deveria.
Listei todas as qualidades que havia desenvolvido,
as mudanças que tinha gerado e os processos frutos OLHO NO OLHO!
do meu trabalho. Implementei a instalação de um Não importa o nível do seu cargo, aumento de
novo sistema na empresa, um projeto grande que salário é assunto para tratar pessoalmente. “Só
eu mesma propus. Sabia que teria um resultado use e-mail ou telefone para marcar o encontro.
satisfatório para apresentar. Quando notei que Seja direto e explique que o tema da reunião é
havia uma brecha para conversar, marquei uma importante para você. No dia, entre logo no assunto.
reunião com o gerente e o responsável financeiro. Evite jogar conversa fora porque pode irritar o líder”,
Escolhi uma sala calma para que não fôssemos indica Vera Lorenzo, CEO da Fala Idiomas, empresa
interrompidos. Apresentei meus pontos e só no de coaching. O ideal, segundo ela, é apresentar sua
final disse que gostaria de negociar um aumento. trajetória na empresa como uma história, contando
Levei até a documentação do Conselho Regional de sem perder o lado humanizado. “Tramas de conflito,
Engenharia e Agronomia que mostrava o piso do dificuldade e superação atraem o outro”, justifica.
engenheiro. Meus superiores se reuniram e uma “Se trabalhar em um ambiente muito formal,
semana depois aprovaram minha proposta.” considere levar uma apresentação ou um relatório
mostrando suas entregas. Caso não tenha abertura
JACKI PELLOSO, engenheira civil, para isso, liste seus argumentos para não se
de São Paulo esquecer de nada”, completa Vera.

118 claudia.com.br julho 2019


TEMPO DE Falei com pessoas da

RESPOSTA
área para calcular uma
média salarial. A partir
daí, cheguei a um valor
compatível com o
Não há uma regra sobre quantos dias pode demorar o
retorno. No entanto, é recomendado que você saia da
conversa com uma previsão de quando o chefe dará a mercado. Consegui
uma boa negociação
resposta. Se o não vier já no encontro, apresente seus
resultados mais uma vez e peça uma data para outra reunião
sobre o tema. Nesse período, evite fazer contrapropostas. com meus chefes.
“Aproveite para reunir mais fatos a seu favor. Se insistir todo
mês, talvez prejudique sua imagem”, explica Fábio Affonso.
MARIANA TOLEDO, jornalista

Grupo Único PDF Passe@diante

E SE EU LEVAR NOVOS ARES


Cleide Jabarra, sócia da Astem – Assessoria

UM NÃO?
em Pessoas, sugere aproveitar o momento
de crise para repensar cargo, área
e até a companhia. “Olhe para a situação
levando em conta a flexibilidade necessária
Caso a resposta seja negativa, peça esclarecimento sobre dos nossos tempos”, diz. O primeiro passo é
o motivo. Não assuma que a falha é obrigatoriamente entender que qualquer evolução leva tempo.
sua, que houve desempenho ruim. “O cuidado principal, “Observe as demandas do mercado de
nesse momento, é com seu amor-próprio e sua confiança. trabalho e o que você poderia oferecer à
Não se coloque em posição de subserviência”, destaca empresa”, relata Alexandre Slivnik, diretor
Enzo Pizzimenti, psicanalista de São Paulo. “Vale da Associação Brasileira de Treinamento
se perguntar se quer continuar na empresa ou se e Desenvolvimento. Liste suas qualificações
deve buscar algo no ramo”, conta ele. Antes de tomar e habilidades, veja se são suficientes para
qualquer decisão precipitada ou no calor da emoção, a função que quer executar. Caso precise,
dê-se algum tempo. Pare para se dedicar a si mesma, vá atrás de cursos e treinamentos. ”Trabalhe
faça atividades de que gosta, como ler um livro, ver também na rede de contatos e informe, com
uma série ou ir ao cinema. Depois de algum tempo, delicadeza, para não se queimar na empresa,
mais calma, lembre-se da sua trajetória dentro da que está em busca de oportunidades”, indica
companhia. Entender o processo para chegar até onde Dani Castro, administradora e coach, de São
está lhe dará maior clareza sobre o que deseja para Paulo. “Faça um planejamento especificando
o futuro. “E deixa o horizonte aberto, mostra a você o perfil de empresa e do trabalho que quer
que não é uma rua sem saída, que existem outras executar, bem como quanto quer ganhar.
tentativas nas quais apostar. E destacará se há algo Sabendo seus objetivos, fica mais fácil acertar
melhor e mais proveitoso para experimentar”, fala Enzo. o currículo e direcionar contatos”, finaliza.

claudia.com.br julho 2019 119


Trabalho

Pausar é difícil, mas preciso

M
inha trajetória estruturado para não prejudicar o momento da empre-
como empreende- sa. Fiquei 28 dias na Ásia. Também teve trabalho – sin-
dora começou em ceramente, acho que sempre vai ter –, mas menos do
2011. Digo que é uma que no ano anterior, na Espanha. Consegui me desape-
trajetória porque gar um pouco do telefone.
entre colocar no papel Depois, em agosto de 2017, viajei a trabalho. Eu e
e transformar o negó- uma parte do time fomos até Paris fazer pesquisa na
cio em realidade se área e desenvolver um projeto de novos modelos. Lem-
passaram dois anos. bro de sentir enorme gratidão, porque, apesar do ritmo
Nesses 24 meses, em- intenso e constante, aquilo representava uma conquis-
preendi no que chamamos ta grande. Era legal e diferente.
de terceiro turno, ou seja, à noite e nos fins de semana – Férias são tão essenciais quanto trabalhar. Quando
aqueles encaixes de tempo entre o trabalho oficial, a você é funcionária registrada, já tem aquele tempo de

Grupo Único PDF Passe@diante


pós-graduação, os cuidados com a casa e com a vida. Em
dezembro de 2013, nasceu o Ateliê de Calças, marca de-
férias garantido. Elas vão acontecer com toda certeza.
No empreendedorismo, uma coisa emenda na outra.
dicada a essa peça essencial e icônica do guarda-roupa O tempo passa, a companhia cresce, as responsabili-
com venda online. Foram dias intensos os que antecede- dades aumentam e se torna habitual trabalhar sem
ram à data em que nosso site entrou no ar. E também o nem pensar em pausar. A tendência é ficarmos sobre-
período pós-lançamento até a etiqueta se estabilizar. carregadas e achando absolutamente normal. Só que
Conclusão: só consegui tirar férias em agosto de 2015, isso não é saudável. Esse período é fundamental até
ainda com o pretexto de que não poderia perder o casa- para renovar as ideias, aquietar a mente e se inspirar
mento de uma grande amiga na Espanha. No início, tudo para levar essa energia para o negócio.
é inesperado. O processo é desconhecido. Além de des- No Ateliê, respeito muito as datas de férias dos co-
bravar terrenos inéditos, a equipe é enxuta e é muito di- laboradores para que elas nunca se acumulem. Fazemos
fícil financeiramente sair fisicamente da empresa. A rodízio para não saírem todos ao mesmo tempo, divi-
carga maior (senão total) acaba caindo nas costas do dindo as funções para que ninguém sinta que a carga
empreendedor. As decisões precisam ser tomadas no está pesada demais. Essa dinâmica funciona muito bem
momento e as execuções começam no segundo seguinte. para nós! Organizo as demandas de forma que tudo seja
Essa é a realidade da maioria. O poder das escolhas dinâmico e flua sem depender de determinada pessoa.
é concentrado em você e existe expectativa sobre o re- É uma maneira de a responsabilidade ficar dividida e
sultado de cada ação que é colocada em prática. Além, de formarmos realmente um time, além de não deixar
é claro, da enorme ansiedade, principalmente pessoal. ninguém preocupado durante a folga.
É até um processo um pouco solitário. Estimulo as pessoas a tirar férias porque sei da impor-
Grande parte dos dez dias de férias na Espanha tância delas, do quanto me fizeram falta. Claro que, no
passei grudada ao telefone. Eu fazia os pagamentos à início de um negócio, a atenção dedicada é grande – e deve
distância, dava as ordens. E tive uma série de pequenos ser mesmo. Mas, uma vez alcançado o primeiro degrau ou
problemas que não estavam previstos e acabaram objetivo, dê a si mesma um tempinho de pausa. Seu corpo,
consumindo energia. sua mente e sua criatividade vão agradecer.
Minhas férias seguintes foram em novembro de 2016.
Eu me casei em abril do mesmo ano, mas a lua de mel
precisou esperar. Foram seis meses até que minha saí- LIANA PANDIN STAMM é fundadora e
da breve acontecesse de forma organizada. Deixei tudo diretora da marca Ateliê de Calças (@ateliedecalcas)

120 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Grupo Único PDF Passe@diante
CASA &
COZINHA JULH 2019
JULHO
R @lo
POR lorenatabosa

Grupo Único PDF Passe@diante

FLORES PELA MUDANÇA


Foto Roberto Seba • Beleza Beatriz Barros

Um arranjo de flores transforma a decoração de um ambiente. possível fazer encomendas avulsas ou assinar um pacote men-
O trabalho de Kety Shapazian, no entanto, tem um impacto ain- sal, com entrega em São Paulo. Um terço do faturamento do
da mais bonito. Seus buquês ajudam a filha, Gabriela, de 19 negócio é usado para custear as expedições de trabalho volun-
anos, a seguir sua vocação humanitária na linha de frente da tário de Gabriela. Sua primeira experiência foi ao lado da mãe,
crise de refugiados sírios. Há três anos, nasceu o @floresparaos- em 2015, quando as duas passaram 45 dias na ilha de Lesbos,
refugiados, projeto que a jornalista toca junto com a irmã, a na Grécia. “É claro para mim que a maternidade é o que eu sei
mãe e a filha. Flores frescas e secas são entregues em vasos, fazer melhor, pois permiti que a Gabi se tornasse uma pessoa
prontos para decorar a casa, e custam a partir de 200 reais. É que faz a diferença no mundo. Ela é o meu legado”, afirma Kety.

claudia.com.br julho 2019 123


Receber

Grupo Único PDF Passe@diante

Na página ao lado, pratos e jarra, acervo A Baianeira; talheres, Amoreira; guardanapo, Tania Bulhões Home; fundo de madeira, O Velhão
Beleza Beatriz Barros • Nesta página, sousplat de barro, Timóteo Artigos de Jardinagem; prato, Olaria Paulistana Atelier de Cerâmica

ORGULHO DE
SER DA ROÇA
Apaixonada pela comida do dia a dia, a chef Manuelle Ferraz transformou
A Baianeira, restaurante que comanda em São Paulo, em um convite à
pausa na agitação da cidade. Com arroz e feijão encabeçando o cardápio,
ela quer dar o merecido destaque aos clássicos da culinária do interior
TEXTO LORENA TABOSA FOTOS ROBERTO SEBA PRODUÇÃO FLORISE OLIVEIRA CONCEPÇÃO VISUAL LORENA BARONI BÓSIO

124 claudia.com.br julho 2019


Nos pratos típicos das regiões
interioranas, é comum encontrar
cozidos com caldos, desses que
aquecem a alma. A carne vai
curtindo no fogo até ficar bem
macia. Aqui, foi servido com creme
de mandioca em cumbucas de
barro vindas da terra natal da chef

CARNE DE
PANELA COM
Grupo Único PDF Passe@diante
CREME DE
MANDIOCA
Receita na
página 137

claudia.com.br julho 2019 125


Receber

Grupo Único PDF Passe@diante

O
s quilômetros que As lembranças do interior, presentes Antes de se encontrar na gastrono-
separam a cidade de nos sabores sertanejos dos pratos que mia, a chef, que é formada em direito,
Almenara, no norte de saem da cozinha, conquistam todos trabalhou em um tribunal em Minas
Minas Gerais, de São os que passam por ali – é pratica- Gerais. Aos 27 anos, deixou a carreira
Paulo parecem não mente certo que as pessoas voltem jurídica para se tornar cozinheira
existir quando se adentra A Baianeira. para outras visitas. O nome da casa profissional. O salto foi planejado:
O restaurante da chef Manuelle Ferraz, é uma homenagem à localização ge- Manuelle fez um curso técnico de um
na região central da capital paulista, ográfica onde surgem as inspirações ano e, no dia seguinte à formatura,
é um refúgio contra o caos urbano. para a comida, a junção de baiana e embarcou para Nova York para ganhar
No cardápio, delícias resgatadas da mineira. “Sou de uma família só de experiência em grandes restaurantes.
memória de Manuelle da terra natal, mulheres e, mais do que retomar os “Coloquei na cabeça que isso aceleraria
como a galinhada e o baião de dois. hábitos alimentares da casa da minha minha trajetória, já que estava come-
Localizada no Vale do Jequitinhonha, avó, me encontrei mergulhando nos çando mais tarde do que os outros. Mas
quase na divisa com a Bahia, Almenara costumes do interior do Brasil. Essa amei que aconteceu nesse momento,
exportou um de seus 41 mil habitantes é minha grande pesquisa, e torna o porque foi uma escolha feita com muita
rumo à seleta lista dos Bib Gourmand, que estou fazendo algo infinito. É a dedicação. Foram dois anos em Nova
do guia Michelin, que destaca a exce- nossa comida do dia a dia; não é uma York, e trabalhei enlouquecidamente. A
lência de restaurantes mais informais. tendência, mas nossa cultura”, diz. ideia era seguir para a Europa depois,

126 claudia.com.br julho 2019


Na página ao lado, a chef Manuelle
Ferraz curte a pausa para o almoço
com os amigos Guilherme Soares,
Daniel Aparecido Ferreira e Heitor
Salatiel (a partir da esquerda)

mas no meio do caminho me apaixonei


pela Izabel, hoje minha mulher, e decidi
voltar para o Brasil com ela”, conta.
Por aqui, fincou raízes em São
Paulo e trabalhou com Alex Atala no
D.O.M., porém logo veio a certeza de
que precisava encontrar a própria voz
na cozinha. Com o apoio da parceira,
esboçou o conceito do restaurante.
“Ela me ligou um dia e disse: ‘Já sei,
vamos montar uma casa de pão e você
começa a construir o seu caminho’.
Eu não sabia fazer pão, mas um óti-
mo pão de queijo. E começou assim,

Grupo Único PDF Passe@diante


apenas uma vendinha”, diverte-se
com a lembrança. Quase cinco anos
depois, o pão de queijo – receita de sua
mãe – é uma das opções de entrada
copos, Villa Pano; talheres, Amoreira; jogo americano, Santa Luzia Redes e Decoração; sousplat, Timóteo Artigos de Jardinagem
Nesta página, prato, Olaria Paulistana Atelier de Cerâmica. • Na página ao lado, prato, Olaria Paulistana Atelier de Cerâmica;

no variado cardápio.
“A comida de casa de avó não pode
ficar só na memória – faz com que as
pessoas cozinhem em casa, sentem
à mesa e conversem. Acho urgente
nos reconectarmos com quem so-
mos de verdade. E quando fizermos
isso estaremos falando também de
sustentabilidade, porque nossa cul-
tura sempre foi de alimentar muita
gente, de fazer render a comida. Da
escassez sai uma coisa grandiosa,
que é compartilhar sem desperdício
e sem excesso”, acredita a mineira.
Essa personalidade pé no chão e a
atenção à simplicidade renderam ainda
outra conquista, uma unidade do A
Baianeira dentro do Museu de Arte
de São Paulo (Masp), com abertura
prevista ainda para este ano. Em um
dia ensolarado de inverno, Manuelle
SALADA
juntou os amigos Guilherme Soares, ALMENARENSE
Heitor Salatiel e Daniel Aparecido Receita na
Ferreira e ofereceu um almoço com página 136
os melhores sabores do interior.

claudia.com.br julho 2019 127


O pão de queijo é uma receita
secreta da família da chef e pode
ser recheado com goiabada ou
com carne de panela (abaixo)

Grupo Único PDF Passe@diante

LUGAR DE MULHER

sousplat, Timóteo Artigos de Jardinagem; bandeja, Amoreira; guardanapos, Villa Pano; copo americano; acervo A Baianeira
Paulistana Atelier de Cerâmica; copos, Villa Pano; talheres, Amoreira; jogo americano, Santa Luzia Redes e Decoração;
Nesta página, bowl, Amoreira; prato, Quintal das Artes; bandeja e talher, Utilplast. Na página ao lado, prato, Olaria
Com uma equipe quase toda de mulheres, A Baianeira é
também um lugar em que o papo sobre equidade de gênero
rende. A cozinha tem até um trio de irmãs trabalhando
juntas. “Ao contrário de muita gente, não sigo a regra de
não contratar família. Porque você vai trazendo seus afetos.
Todo mundo que começou comigo está aqui até hoje. Digo
que os homens que trabalham conosco também têm uma
alma feminina”, conta Manuelle. A preocupação com a cadeia
produtiva é recorrente, por isso decidiu que pagaria salários
acima do piso da categoria. “Ninguém sustenta uma família
com o piso. Minhas funcionárias vieram de trabalhos como
diaristas. Agora, têm uma nova profissão e ganham o mesmo
ou mais que os maridos. É engraçado que, aos sábados, eles é
que cuidam dos filhos e vêm buscá-las no final do expediente”,
completa. Os ingredientes típicos, como queijos mineiros,
manteiga de garrafa e polvilho, vêm todos de fornecedores
do interior. É um compromisso que Manuelle assumiu com a
terra natal para retribuir e compartilhar com os conterrâneos
tudo o que tem colhido de bom. “Minha família inteira
continua em Almenara. Ainda bem, porque sempre reforça
meu elo com o lugar, me faz voltar para lá sempre. Trazemos
quase tudo de lá, e isso é essencial, justamente porque não
quero explorar uma cultura e não dar nada em troca.”

128 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

claudia.com.br julho 2019 129


Receber

Grupo Único PDF Passe@diante

americano, Santa Luzia Redes e Decoração; sousplat, Timóteo Artigos de Jardinagem; bowl, Quintal das Artes
Nesta página, prato, Olaria Paulistana Atelier de Cerâmica; copos, Villa Pano; talheres, Amoreira; jogo

Para este almoço com os amigos, Manuelle teve a ajuda de Kety Shapazian, do
@floresparaosrefugiados, para montar arranjos para a mesa. Flores e folhas tropicais secas
contribuíram para os tons terrosos da decoração, que remetem à paisagem do interior de Minas e da Bahia

130 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@dianteBAIÃO
DE DOIS
SIRIZADO
Receita na
página 136

claudia.com.br julho 2019 131


NHOQUE DE
BATATA-DOCE
COM CREME DE
REQUEIJÃO DE
CORTE MORENO
Receita na
página 136

Grupo Único PDF Passe@diante

MESA DA SEMANA

Na página ao lado, panela e prato, Quintal das Artes; bowl, Dpot Objeto; colher, Utilplast; fundo de madeira, O Velhão
Ainda criança, Manuelle elegeu o combinado de
arroz e feijão como seu favorito. Chegava da escola
ansiosa para comer o prato típico do almoço brasileiro. Nesta página, bowls, Olaria Paulistana Atelier de Cerâmica; bandeja, PQ Home; banqueta, Villa Pano.

“Sou comilona e, quando cheguei de Nova York, a


primeira coisa que pedi foi um PF. Mas normalmente é
considerado um subproduto, porque o feijão não é de
qualidade ou o deixam muito gorduroso. Por isso quis
fazer no restaurante essa comida trivial: para oferecer
arroz e feijão bem-feitos”, conta. A chef preza os
orgânicos, mas prefere não fazer disso uma bandeira.
“Eu uso nos nossos pratos e acredito que a pessoa
percebe pelo sabor que está comendo um alimento
melhor – é por isso que ela volta. Mas não precisa
colocar um selo.” Outro pilar da culinária brasileira, a
mandioca também aparece em quase tudo o que sai da
cozinha de A Baianeira. “A farinha é algo emblemático
para nós, todos os pratos no interior levam. Ela faz a
comida render, contribui com aquela expressão ‘botar
água no feijão’. Porém, usamos a mandioca de várias
formas: farinha, polvilho, cozida, purê”, completa.
Acompanhando a carne de panela, por exemplo, a
mandioca virou creme. E na quenga de milho verde
com galinha vem na farofa com manteiga de garrafa.

132 claudia.com.br julho 2019


Simples de fazer e deliciosa, a farofa
de manteiga de garrafa acompanha
bem qualquer prato do cardápio
de A Baianeira. Basta esquentar
a manteiga em uma frigideira e
adicionar a farinha de mandioca
aos poucos até incorporar bem

Grupo Único PDF Passe@diante QUENGA


DE MILHO
VERDE COM
GALINHA
Receita na
página 137

claudia.com.br julho 2019 133


134
Receber

claudia.com.br julho 2019


COM

MORENO
DE CORTE

Receita na
página 137
MANGADA

REQUEIJÃO

Grupo Único PDF Passe@diante

Nesta página, bandeja, Villa Pano; garfo, acervo CLAUDIA • Na página ao lado, travessa e prato, Olaria
Paulistana Atelier de Cerâmica; peneira, Depósito Kariri; talher, Tania Bulhões Home; fundo de madeira, O Velhão
A releitura do creme
brûlée da chef impressiona
pela mistura de texturas.
Leva goiaba fresca no topo

Grupo Único PDF Passe@diante

BRÛLÉE DE
GOIABA
Receita na
página 137

claudia.com.br julho 2019 135


Receitas
SALADA ALMENARENSE Para o creme de requeijão
PRONTO EM 1 HORA 250 gramas de requeijão de
RENDE 5 PORÇÕES corte moreno em cubos
2 xícaras de leite
1 mandioquinha média Sal a gosto
1 batata-doce roxa média
1 batata-doce laranja média Prepare o nhoque Em uma panela Para o baião de dois
1 colher (sobremesa) de sal grande com água, cozinhe as batatas- 2 xícaras de feijão-fradinho
250 gramas de feijão andu fresco -doces. Quando estiverem macias, retire Sal a gosto
1/4 de pimentão verde em cubinhos imediatamente da água, espere esfriar 1/4 de pimentão verde em cubinhos
1/4 de pimentão amarelo em cubinhos um pouco e descasque-as. Em uma tigela, 1/4 de pimentão amarelo em cubinhos
1/4 de pimentão vermelho em cubinhos amasse-as com a ajuda de um garfo até 1/4 de pimentão vermelho em cubinhos
1/2 cebola roxa pequena em cubinhos formar um purê. Acrescente a farinha de 1/2 cebola roxa pequena em cubinhos
Sal a gosto trigo e misture bem. Junte a gema de ovo Vinagre de vinho branco a gosto
Vinagre de vinho branco a gosto e um pouco de sal e sove bem a massa Azeite a gosto
Azeite a gosto até que desgrude das mãos. Enrole 3 dentes de alho picados
100 gramas de queijo de cabra picado pequenas porções da massa, formando os Manteiga de garrafa
Folhas de agrião e de nhoques. Em uma frigideira quente, toste a gosto
ora-pro-nóbis a gosto ligeiramente as folhas de sálvia, só até 100 gramas de tomate-cereja
liberarem aroma e sabor. Adicione a 2 xícaras de arroz branco cozido
Tempere a mandioquinha e as batatas-doces manteiga e, quando derreter, junte os 3 colheres (sopa) de nata
com o sal e embrulhe-as em papel-alumínio. nhoques. Vire-os delicadamente para que Salsinha e coentro
Em uma assadeira, leve-as ao forno dourem de todos os lados, tomando picados a gosto
preaquecido a 180°C por cerca de 30 cuidado para que não se desmanchem. Ramos de coentro

Grupo Único PDF Passe@diante


minutos ou até que fiquem macias. Enquanto
isso, em uma panela com água cozinhe o Prepare o creme de requeijão Em uma
para finalizar

feijão andu até que os grãos estejam panela, leve o requeijão e o leite ao Prepare a moqueca de siri Em uma
macios. Escorra e transfira o feijão para uma fogo médio. Mexa com um fouet até que panela grande com o azeite, refogue
tigela. Junte os pimentões e a cebola. o requeijão derreta completamente e rapidamente o alho. Acrescente a carne
Tempere com sal, vinagre e azeite e reserve forme um creme liso. Tempere com sal. de siri, o leite de coco, os pimentões
na geladeira. Quando a mandioquinha e as Distribua o creme de requeijão entre os e a cebola branca. Cozinhe em fogo médio
batatas estiverem frias, corte-as em cubos. pratos e disponha o nhoque por cima. até a mistura encorpar. Adicione o azeite
Sirva com o vinagrete de feijão por cima. Finalize com folhas de sálvia, amêndoa de dendê aos poucos, provando a cada
Finalize com o queijo de cabra, o agrião e o laminada e pedaços de beiju. adição para que não fique muito forte.
ora-pro-nóbis e regue com um fio de azeite. Tempere com sal e pimenta-do-reino
a gosto. Finalize com salsinha e coentro.
BAIÃO DE DOIS SIRIZADO
NHOQUE DE BATATA-DOCE PRONTO EM 2 HORAS Prepare o baião de dois Na panela de
COM CREME DE REQUEIJÃO RENDE 5 PORÇÕES pressão, cozinhe o feijão-fradinho em
DE CORTE MORENO 8 xícaras de água com sal a gosto por
PRONTO EM 1 HORA Para a moqueca de siri 20 minutos, contados depois que começar
RENDE 5 PORÇÕES 1 fio de azeite de oliva a chiar. Espere sair toda a pressão antes
3 dentes de alho picados de abrir a panela. Em uma tigela, prepare
Para o nhoque 400 gramas de carne de siri um vinagrete com os pimentões, a cebola
500 gramas de batata-doce roxa 2 xícaras de leite de coco roxa, vinagre, azeite e sal a gosto. Em uma
1 xícara de farinha de trigo 1/4 de pimentão verde em tiras panela, refogue o alho na manteiga de
1 gema 1/4 de pimentão amarelo em tiras garrafa. Junte o feijão-fradinho cozido, o
Sal a gosto 1/4 de pimentão vermelho vinagrete e os tomates-cereja e misture
1/2 maço pequeno de sálvia em tiras bem. Adicione o arroz cozido, a nata, a
3 colheres (sopa) de manteiga 1/2 cebola branca em tiras salsinha e o coentro picados e mexa até que
100 gramas de amêndoa laminada Azeite de dendê a gosto a mistura fique bem cremosa. Ajuste o sal.
e tostada e pedaços de beiju Sal e pimenta-do-reino a gosto Sirva o baião de dois com a moqueca de siri
a gosto para finalizar Salsinha e coentro picado a gosto por cima. Finalize com ramos de coentro.

136 claudia.com.br julho 2019


CARNE DE PANELA COM Prepare a couve Lave as folhas
CREME DE MANDIOCA de couve e rasgue-as em pedaços
PRONTO EM 1 HORA grandes, retirando o talo. Em uma
E 30 MINUTOS frigideira, refogue-as em azeite
RENDE 5 PORÇÕES com o alho. Tempere com sal. Sirva
a carne sobre o creme de mandioca
Para a carne com a couve dourada por cima.
4 colheres (sopa) de óleo
1 quilo de coxão mole
QUENGA DE MILHO em cubos grandes BRÛLÉE DE GOIABA
VERDE COM GALINHA 2 cebolas em cubinhos PRONTO EM 45 MINUTOS
PRONTO EM 1 HORA 2 cenouras em cubinhos + TEMPO DE GELADEIRA
E 30 MINUTOS 5 dentes de alho picados RENDE 5 PORÇÕES
+ TEMPO DE GELADEIRA 5 pimentas-de-cheiro picadas
RENDE 5 PORÇÕES Salsinha a gosto 300 mililitros de creme de leite
Sal a gosto 200 gramas de goiabada picada
1 quilo de coxa e sobrecoxa 3 ovos
de galinha caipira Para o creme de mandioca 1 goiaba firme em cubos médios
5 dentes de alho picados 500 gramas de mandioca 3 colheres (sopa) de açúcar cristal
Urucum a gosto Sal a gosto
Sal e pimenta-do-reino a gosto 500 mililitros de creme de leite No liquidificador, bata o creme de leite,
1 colher (sopa) de vinagre de maçã 2 colheres (sopa) de manteiga a goiabada e os ovos até obter uma
4 colheres (sopa) de óleo mistura homogênea. Despeje em uma
1 cebola branca picada Para a couve travessa ou ramequins refratários e leve

Grupo Único PDF Passe@diante


1 cenoura picada
5 pimentas-de-cheiro picadas
1 maço de couve orgânica
Azeite a gosto
ao forno preaquecido a 180°C por 30
minutos. Deixe esfriar e leve à geladeira
Salsinha e coentro 1 dente de alho picado por pelo menos uma hora. No momento
picados a gosto Sal a gosto de servir, cubra a musse de goiabada com m
2 tomates picados a goiaba picada e polvilhe com açúcar
8 espigas de milho verde Prepare a carne Leve a panela de cristal por toda a superfície. Com um
pressão ao fogo alto. Quando estiver maçarico culinário, queime o açúcar,
Em uma tigela, tempere as coxas bem quente, despeje o óleo e doure os formando a crosta crocante do brûlée.
e sobrecoxas de galinha com o alho cubos de coxão mole aos poucos para Caso não possua um maçarico,
picado, urucum, sal, pimenta-do-reino que não soltem água. Retire e reserve. aqueça uma colher na boca do fogão
e o vinagre. Leve à geladeira e deixe Na mesma panela, doure a cebola, a e passe sobre o açúcar. Sirva logo.
marinar por seis horas. Em uma panela cenoura e o alho. Volte a carne à panela,
bem quente, sele a galinha no óleo junte a pimenta-de-cheiro e salsinha.
até que fique bem dourada. Retire Tempere com sal e cubra com água. MANGADA COM
e reserve. Na mesma panela, refogue Tampe a panela e cozinhe por 30 REQUEIJÃO DE CORTE
a cebola e a cenoura em um fio de óleo. minutos, contados a partir do momento MORENO
Volte a galinha à panela, despeje um pouco em que começar a chiar. Espere sair toda PRONTO EM 10 MINUTOS
de água e espere levantar fervura. a pressão e verifique se a carne está bem RENDE 5 PORÇÕES
Acrescente a pimenta-de-cheiro, salsinha, cozida. Se necessário, volte ao fogo,
coentro e o tomate. Cubra com água e deixe desta vez sem pressão, e cozinhe até 5 fatias médias de requeijão
cozinhar em fogo baixo até a carne ficar começar a desmanchar. de corte moreno
bem macia. Enquanto isso, debulhe o milho 5 colheres (sopa) de mangada
com a ajuda de uma faca e bata-o no Prepare o creme de mandioca Em (doce de manga)
liquidificador com 4 copos de água. Cubra uma panela, cozinhe a mandioca em Folhas de coentro a gosto
uma tigela com um pano de prato limpo água e sal até que fique bem macia.
Fotos Getty Images

e despeje o milho batido. Esprema até sair Escorra a água e bata a mandioca Em uma frigideira, toste as fatias de
todo o caldo. Em uma panela, leve o caldo no liquidificador junto com o creme requeijão até que se forme uma crosta.
ao fogo, mexendo sem parar até engrossar. de leite até obter um creme liso. Sirva cada fatia com 1 colher (sopa) de
Tempere com sal e sirva com a galinha. Junte a manteiga e ajuste o sal. mangada. Finalize com folhas de coentro.o.

claudia.com.br julho 2019 137


Sabores do Brasil

De panelas para o ar
Nada como resgatar o prazer que existe em criar algo delicioso na cozinha.
Nas férias, com mais tempo livre, experimente estes pratos fáceis e afetivos
da chef Ana Luiza Trajano. Eles conquistarão os pequenos na certa
TEXTO LORENA TABOSA FOTOS CAROL GHERARDI (RECEITAS) E ROGÉRIO VOLTAN (RETRATO)
PRODUÇÃO FLORISE OLIVEIRA CONCEPÇÃO VISUAL LORENA BARONI BÓSIO

A
rotina às vezes engo-
le pequenos prazeres
e nos faz esquecer dos
momentos agradáveis
que podem ser vividos
em casa quando soltamos a criativi-
dade. A cozinha, então, acaba abri-
gando refeições apressadas e, duran-

Grupo Único PDF Passe@diante te as férias, se torna campo inimigo.


Mas não precisa ser assim. Dá para
preparar receitas fáceis e deliciosas
até mesmo em companhia dos peque-
nos, transformando a atividade em
lazer e aprendizado. “Quando a crian-
ça vai para a cozinha, valoriza mais
a comida e passa a se alimentar melhor”,
afirma a chef Ana Luiza Trajano. Para
a paulista, é importante que a família
encare o espaço com naturalidade e
Na página ao lado, tábua, Utilplast; faca, Le Lis Blanc Casa; fundo, Tuca Ahlin (@ta_surfaces)

que os filhos aprendam desde cedo a


se movimentar entre panelas e uten-
sílios. “Muita gente vê perigo em
chamar as crianças para colocar a
mão na massa, quando deveria en-
xergar ali uma oportunidade”, com-
pleta ela. Receitas afetivas ajudam a
capturar a atenção, já que vêm acom-
panhadas de histórias. A torta bauru,
por exemplo, foi inspirada no lanche
que o pai de Ana Luiza fazia. O san-
duíche de carne louca no pão francês
é um clássico de várias gerações e
verdadeiro salva-vidas quando os
amigos dos filhos aparecem em casa.
Para finalizar, os bolinhos de chuva
são agrado certeiro. A aventura vai
ser um sucesso, pode acreditar.

138 claudia.com.br julho 2019


Especial
FÉRIAS
Grupo Único PDF Passe@diante

SANDUÍCHE DE 1 pimentão vermelho sem Na mesma panela, adicione mais azeite


CARNE LOUCA pele cortado em tiras e refogue a cebola e o alho. Junte o
PRONTO EM 2 HORAS 2 colheres (sopa) de extrato tomate e o pimentão e cozinhe, mexendo,
RENDE 12 PORÇÕES de tomate até murchar um pouco. Adicione o extrato
1 maço de salsinha de tomate, misture bem e volte a carne
1 ½ quilo de coxão mole limpo picada à panela. Cubra com água e deixe cozinhar
Sal e pimenta-do-reino a gosto 12 pães franceses em fogo médio até começar a desmanchar.
4 colheres (sopa) de azeite Se necessário, acrescente mais água.
2 cebolas cortadas em tiras Corte a carne em tiras grossas no sentido Retire do fogo e, com a ajuda de um garfo,
4 dentes de alho picados da fibra e tempere com sal e pimenta. desfie a carne na própria panela. Misture
6 tomates sem pele nem Em uma panela com um fio de azeite, para incorporá-la ao molho, salpique
sementes picados sele-a de todos os lados. Retire e reserve. com a salsinha e recheie os pães.

claudia.com.br julho 2019 139


Sabores do Brasil

TORTA BAURU
PRONTO EM 1 HORA
+ TEMPO DE DESCANSO
RENDE 12 PORÇÕES

500 gramas de farinha de trigo


10 gramas de fermento
biológico seco
1 colher (sopa) de açúcar

Grupo Único PDF Passe@diante


1 colher (sopa) rasa de sal
1 colher (sopa) de banha
1 xícara de leite
3 ovos
300 gramas de mussarela
300 gramas de presunto
150 gramas de manteiga sem sal
gelada e cortada em cubinhos
5 tomates picados
Azeite a gosto
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Tomilho ou orégano
fresco a gosto
2 gemas

Em um bowl fundo, misture a farinha,


o fermento, o açúcar e o sal. Adicione
a banha e misture com a ponta dos
dedos até formar uma farofa fina. Em
uma tigela, bata o leite com os ovos
e junte aos poucos aos ingredientes por mais 30 minutos. Em uma superfície Adicione metade do tomate à torta.
secos, até obter uma massa bem macia enfarinhada, abra as bolas de massa com Disponha outra camada de massa por
(dependendo do tamanho dos ovos, um rolo de macarrão. Unte uma fôrma de cima e distribua o restante do recheio.
não é necessário usar todo o líquido). 40 cm x 20 cm com manteiga e forre o Cubra com a última camada de massa,
Sove bem a massa até que ela fique lisa fundo dela com uma camada de massa. estenda o pano de prato por cima e deixe
e uniforme. Cubra com um pano de Cubra com metade da mussarela, metade descansar por mais uma hora.
prato limpo e deixe descansar por 30 do presunto e metade da manteiga. Pincele com as gemas e leve ao forno
minutos. Divida-a em três partes iguais, Tempere o tomate com azeite, sal, pimenta preaquecido a 180ºC por 25 minutos
formando bolas, e deixe descansar e as folhas de tomilho ou orégano. ou até dourar bem. Sirva ainda quente.

140 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Nesta página, travessa, L’oeil; peneira, Utilplast; fundo, Tuca Ahlin (@ta_surfaces). Na página ao lado, suporte de cobre, acervo de Carol Gherardi

BOLINHO DE CHUVA químico em pó uma farofa. Junte o leite e o ovo e misture


PRONTO EM 20 MINUTOS 2 colheres (sopa) de manteiga bem até obter uma massa homogênea.
+ TEMPO DE DESCANSO 1 xícara de leite Deixe descansar por 15 minutos. Em uma
RENDE 30 BOLINHOS 1 ovo panela, aqueça óleo suficiente para fritar
Óleo para fritura em imersão. Com uma colher, retire
3 xícaras de farinha de trigo Açúcar e canela para finalizar porções da massa e frite os bolinhos até
2 colheres (sopa) de açúcar dourar. Deixe escorrer sobre papel
1/2 colher (café) de sal Em uma tigela, misture a farinha, o açúcar, absorvente. Passe os bolinhos em uma
1 colher (sopa) de fermento o sal, o fermento e a manteiga até formar mistura de açúcar e canela e sirva.

claudia.com.br julho 2019 141


Sugestão do chef

Mãozinhas na massa
Criança e cozinha combinam, sim. O jovem chef Lorenzo Ravioli entrega um menu
italiano delicioso e fácil de fazer – para entreter os pequenos e aposentar o delivery
TEXTO LORENA TABOSA FOTOS LÍVIA WU PRODUÇÃO FLORISE OLIVEIRA CONCEPÇÃO VISUAL LORENA BARONI BÓSIO

Q
uando venceu o Mas-
terChef Júnior, em
2015, aos 13 anos,
Lorenzo Ravioli já era
um cozinheiro habi-
lidoso. Pudera! O
jovem deu os primei-
ros passos na gastronomia ao lado do
pai, Franco Ravioli, e do tio, Roberto
Ravioli, donos de restaurantes em
São Paulo. Hoje, aos 17, um dos pro-

Grupo Único PDF Passe@diante gramas prediletos do adolescente


ainda é invadir a cozinha do Empório
Ravioli, na Zona Sul da capital, para
testar e provar receitas. Foi lá que ele
montou este cardápio de férias com
pratos clássicos – que, ainda assim,
podem ser preparados por crianças
acompanhadas de adultos.
“Meus avós vieram de navio da
Itália para o Brasil e aqui tiveram os
quatro filhos. Meu avô adorava comer
bem e, sempre que viajava de volta
para lá, trazia uma mala cheia de
latas de aliche. Minha avó, mesmo
não gostando de cozinhar, fazia pra-
tos incríveis e passou esse talento aos
filhos. Na cultura italiana, esse é um
ambiente familiar, que abriga todo
mundo”, conta Lorenzo. Para estimu-
lar os pequenos a encarar as panelas,
o jovem sugere receitas que exijam,
literalmente, mão na massa, caso do
raviolone d’oro. Também apresenta
um prato principal e uma sobremesa
irresistível. “Se as crianças souberem
cozinhar, ganham autonomia e comem
melhor. Claro que isso deve ser feito
com supervisão de adultos. Mas,
tendo cuidado, dá tudo certo!”

142 claudia.com.br julho 2019


Especial
FÉRIAS
RAVIOLONE D’ORO
PRONTO EM 1 HORA
RENDE 4 PORÇÕES

Para a massa
1 ½ xícara de farinha de trigo
do tipo 00
2 ovos
1/2 colher (chá) de cúrcuma

Grupo Único PDF Passe@diante


Para o molho
3 colheres (sopa) de manteiga
1/3 de xícara de farinha de trigo
2 xícaras de leite desnatado
1½ xícara de cogumelo-de-paris
Bowls, Olaria Paulistana Atelier de Cerâmica; talheres, Amoreira; pano de copa, Utilplast; fundo de madeira, O Velhão

picado
3 colheres (sopa) de azeite trufado
1 xícara de parmesão ralado
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Para o recheio
1/3 de xícara de parmesão picado
1/3 de xícara de mussarela de búfala
1/3 de xícara de gruyère picado
1/3 de xícara de ricota
1 xícara de espinafre escaldado
1 ovo
4 gemas levantá-la, consiga ver a palma da mão Prepare o recheio No processador, bata os
do outro lado. Com um cortador, faça queijos, o espinafre e o ovo até formar uma
Prepare a massa Em um bowl, coloque oito círculos de 6 centímetros. Reserve. pasta. Distribua esse recheio entre quatro
a farinha de trigo e abra um buraco no círculos de massa, formando um ninho, e
meio. Acrescente os ovos e a cúrcuma Prepare o molho Enquanto a massa disponha por cima uma gema em cada um.
e misture bem com um garfo. Sove a descansa, doure a manteiga com a farinha Cubra com os círculos de massa restantes,
massa com as mãos até que fique lisa e em uma panela. Despeje o leite aos procurando arredondar ao máximo o
uniforme. Cubra com filme plástico e deixe poucos, mexendo sempre até engrossar. recheio. Pressione as bordas com um garfo
descansar por 30 minutos. Em uma Em uma frigideira, salteie os cogumelos no para fechar os raviolones. Em uma panela
superfície lisa e enfarinhada, abra azeite e adicione-os ao molho. Junte o com água fervente, cozinhe-os por três ou
a massa com um rolo até que, ao parmesão e tempere com sal e pimenta. quatro minutos. Sirva a seguir com o molho.

claudia.com.br julho 2019 143


Sugestão do chef

RISOTO DE AÇAFRÃO COM


ESCALOPE AO MARSALA
PRONTO EM 1 HORA
RENDE 4 PORÇÕES

Para o escalope
3 colheres (sopa) de manteiga
8 escalopes de filé-mignon
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 taça de vinho marsala
4 corações de alcachofra
cortados ao meio
10 folhas de sálvia

Para o risoto
1 cenoura em pedaços grandes
3 talos de salsão
1 cebola cortada em quatro
1/2 cebola picada
1/2 xícara de azeite
3 xícaras de arroz arbóreo
1 taça de vinho branco seco
1 xícara de parmesão

Grupo Único PDF Passe@diante


2 colheres (sopa) de
açafrão-da-terra
Sal a gosto

Prepare o escalope Em uma panela,


derreta 1 colher (sopa) de manteiga e
doure os escalopes em fogo alto. Tempere
com sal e pimenta-do-reino. Reserve. Na
Nesta página, prato, Atelier de Cerâmica Nelise Ometto; guardanapo, Valencien; fundo de madeira, O Velhão.
mesma panela, adicione o vinho marsala
e deixe reduzir em fogo médio até formar
um molho. Em uma frigideira, salteie
os corações de alcachofra na manteiga
restante. Adicione as folhas de sálvia
e as alcachofras ao molho. Reserve.
Na página ao lado, copos, M. Dragonetti; fundo de madeira, O Velhão

Prepare o risoto Em uma panela com


1 litro de água, ferva a cenoura, os talos
de salsão e a cebola em quartos por
30 minutos. Reserve. Em outra panela,
doure a cebola picada no azeite. Junte
o arroz e refogue até que fique brilhante.
Despeje o vinho, mexendo, e deixe
reduzir até quase secar. Adicione uma
concha do caldo reservado por vez (use os
legumes em outros preparos), mexendo
sempre, até o arroz ficar al dente.
Acrescente o parmesão e o açafrão e
tempere com sal. Misture e retire do fogo.
Sirva com os escalopes e o molho marsala.

144 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

LIMONCELLO 200 gramas de creme de leite o açúcar e o creme de leite


PRONTO EM 20 MINUTOS 3 colheres (sopa) de raspas de e bata até incorporar. Junte às
+ TEMPO DE FREEZER limão-siciliano claras e misture bem. Adicione
RENDE 4 PORÇÕES 4 limões-sicilianos grandes as raspas de limão e leve o creme
ao freezer por quatro horas.
1 lata de leite condensado Em um bowl, junte o leite condensado Corte uma das extremidades de
1/2 xícara de suco e o suco de limão, mexendo, até obter cada limão e, com a ajuda de
3 claras uma mistura homogênea. Na batedeira, uma colher, retire toda a polpa.
4 colheres (sopa) de açúcar bata as claras em neve. Adicione Sirva o sorvete dentro da fruta.

claudia.com.br julho 2019 145


Atlas da comida

Da mata à barra
Já se perguntou como é feito o chocolate? Do interior
da Bahia até a Amazônia, fazendas e cooperativas
produzem o cacau. Suas amêndoas chegam às mãos de
talentosas chocolateiras e são transformadas nos doces
TEXTO LORENA TABOSA FOTOS ROBERTO SEBA

M
esmo no inver- não inviabilizar a colheita. Assim, o em casa, com máquinas que fazem
no, o sol nasce mercado ganhou novo fôlego e abriu até 3 quilos de cada vez. Além do
cedo na Bahia. A as portas para um território até en- próprio negócio, Claudia acumula
quentura, aliada tão inexplorado: a produção de cho- a função de orientadora no Labora-
à umidade, é fun- colate de origem brasileira. tório do Chocolate, núcleo de trei-
damental para o Antes da praga, todo o cacau namento do Centro de Inovação do

Grupo Único PDF Passe@diante


bom desenvolvimento dos cacauei-
ros, árvores frutíferas que crescem
colhido no país embarcava em na-
vios rumo ao exterior, onde seria
Cacau, em Ilhéus, no sul da Bahia.
Ela dá cursos em parceria com
na sombra da Mata Atlântica. Seu transformado no doce. Agora, não é Adriana Reis, bióloga especializada
fruto, o cacau, dá origem ao choco- preciso ir para a Suíça para provar na genética do cacau e que auxilia
late – é em suas amêndoas que está uma barra ou bombom feitos com os produtores nas fazendas para que
o ouro. Amargas e muito nutritivas, nossas amêndoas (veja uma seleção plantem e colham frutos de melhor
elas podem ser consumidas inteiras, especial na página ao lado). Essa é qualidade. “No negócio do cacau, a
basta torrá-las. Mas vai ser difícil re- a crença que norteia o trabalho de participação de mulheres ainda é
sistir à vontade de transformá-las em Claudia Schultz, uma das pioneiras muito pequena, pois infelizmente Pratos e bowl, Lá da Venda; colheres, acervo do restaurante A Baianeira; fundo de madeira, O Velhão
chocolate. A receita básica da igua- do movimento bean to bar (em por- existe uma cultura machista. Já na
ria é feita a partir da junção de nibs tuguês, do grão à barra) no Brasil. produção de chocolate, a realidade é
(amêndoas trituradas) e açúcar. Sig- A paixão pelo universo do chocolate outra. Vemos as mulheres dominan-
nifica que, para ter uma barra 70% vem de 2002, quando ela foi convi- do a gestão e levando o conceito de
cacau, é preciso que 70% de seu peso dada a elaborar um plano de negó- chocolate de origem a seus produ-
venha de nibs e 30% seja açúcar. cios para uma cooperativa produto- tos”, diz Adriana.
Além do chocolate, há diversos ra de cacau no sul da Bahia. Saiu de A chocolateira Marcela Montei-
produtos derivados da polpa e das lá sem conseguir pensar em outra ro, da Cacau do Céu, é uma dessas
amêndoas, como mel, cacau em pó, coisa para fazer da vida. Nascia a figuras. Nascida em Ilhéus, sempre
melaço e até cachaça. A descoberta Chokolah, marca que só usa cacau teve curiosidade em explorar as pos-
de outros usos para a fruta tem a ver orgânico vindo de cooperativas da sibilidades do chocolate. Bisneta de
com a reconstrução do mercado ca- Amazônia para fazer o doce. um produtor de cacau, começou a
caueiro brasileiro, que viveu anos de O conceito bean to bar funcio- fazer bombons e ovos de Páscoa ain-
glória até o fim da década de 1980, na assim: o chocolateiro compra da na adolescência para vender na
quando a plantação foi praticamen- as amêndoas de produtores, torra escola. Mas não seguiu na carreira
te destruída pela vassoura-de-bru- e, grosso modo, mói até chegar ao e formou-se em administração. Só
xa, uma praga quase impossível de chocolate. É possível fazer em es- começou a fabricar o próprio cho-
combater. Trinta anos depois, os cala industrial, como na fábrica da colate depois de uma temporada em
produtores aprenderam a controlá- Chokolah, que produz 5 toneladas Toronto, no Canadá, onde fez cursos
-la e a conviver com ela, de modo a de chocolate por mês, ou até mesmo e se especializou no bean to bar. Em

146 claudia.com.br julho 2019


Chocolate ao
leite 56% e Barras 70% Escuro e Arroz
chocolate 70%, da Doce, de @arceliagallardo
@gallettechocolates

Amêndoa
de cacau
Barra de 80% premium, da
Catongo, da @maisdocacau.co
@cacaudoceuoficial

Grupo Único PDF Passe@diante


Abaixo, barras 70% cacau recheado
e chocolate ao leite com castanha-
-do-brasil, da @chokolahoficial

Parazinho Cacau
70%, da
@dengochocolates

Barra 65%
com nibs, da
@fazendayrere, e
Aroeira 60%, da
@ammachocolate

Chocolate 70%
Chocolate da com frutas secas e
Amazônia Rio amêndoas e chocolate
Purus 81%, de branco com frutas secas,
@luisaabram da @chorchocolate
2011, de volta à cidade natal, Mar- chou a loja e se tornou aprendiz na favorito do mundo é, sem dúvida,

Grupo Único PDF Passe@diante


cela abriu sua empresa. Hoje, ela
colhe os frutos da jornada, como a
americana Dandelion, onde treinou
o paladar para identificar um bom
cupuaçu”, conta a chocolateira.

medalha de bronze por dois anos cacau durante visitas a fornece- FUTURO DOCE
consecutivos no prêmio Bean to Bar dores na Venezuela, no Equador e A nova linha da Mission Chocolate
Brasil com a barra 70%. na Guatemala. Quando chegou ao homenageia sobremesas brasileiras,
Brasil, Arcelia precisou aprender como arroz-doce, pamonha, romeu
PAIXÃO PELA QUALIDADE sobre o cacau nacional para conti- e julieta e pão de mel. Com bar-
Outras mulheres também começa- nuar se especializando na área – a ras premiadas no Brasil e no exte-
Agradecimentos Fazenda Capela Velha, Fazenda Yrerê, Fazenda Provisão e Festival do Chocolate e Cacau
ram sua relação com o chocolate na lei brasileira proíbe a importação do rior – ela levou o prêmio de melhor
confeitaria e só depois sentiram von- produto de outros países. Aqui, se chocolate do mundo em 2018, pelo
tade de se aprofundar na produção encantou com a qualidade do cacau International Chocolate Awards –,
das barras. A paulista Gislaine Gal- e com as infinitas possibilidades de Arcelia atua ainda como presidente
lette trabalhava no mercado financei- combinação com sabores bem bra- da Associação Bean to Bar Brasil,
ro até 2011, quando pediu demissão sileiros, como cupuaçu e goiabada. que promove anualmente o Prêmio
e foi para a Bélgica aprender a fazer Em seguida, criou a Mission Choco- Bean to Bar Brasil e a Chocolate
bombons finos. A Gallette Chocola- late. “Minha proposta é fazer o que Week, em São Paulo. O Festival In-
tes começou assim, usando chocolate ninguém faz, algo único. Desenvol- ternacional do Chocolate e Cacau,
belga para criar doces. Mas o bicho vi uma linha inspirada nos biomas que chega este mês à 11ª edição em
do cacau a picou e Gislaine foi em brasileiros, com cinco barras, todas Ilhéus, também aconteceu pela pri-
busca de um curso sobre o fruto com à base de 70% de cacau. Goiabada, meira vez em São Paulo, como parte
a americana Arcelia Gallardo, que umbu e laranja-baía representam de uma campanha para que o cho-
veio morar no Brasil há seis anos. a Mata Atlântica; cupuaçu, a Ama- colate de origem do Brasil seja expe-
Nos Estados Unidos, Arcelia ti- zônia; e castanha de baru é o cerra- rimentado pelo público brasileiro.
nha uma loja de doces na cidade do. Os brasileiros comem bastante “Faço chocolate para provar que o
de Berkeley, na Califórnia. Um dia esses ingredientes, mas eles ainda cacau nacional é bom e merece ser
teve um estalo: ela não queria ape- não tinham aparecido em uma bar- valorizado. Assim, o mundo vai sa-
nas derreter gotas de chocolate sem ra de chocolate de alta qualidade. E ber que o país alcançou alto nível de
saber de onde vinham, queria co- sei que os americanos e os europeus produção do fruto com um doce de
nhecer a origem das amêndoas. Fe- querem provar sabores exóticos. O qualidade”, completa Arcelia.

148 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

As mudas de cacau crescem à sombra antes de


serem plantadas no meio da mata. O fruto é colhido
quando atinge a coloração amarela ou vermelha
(depende da variedade do cacau). As amêndoas são
colocadas em tanques de madeira para fermentar
por cinco a sete dias. Depois, são transferidas para
as barcaças, onde secam ao sol. Uma vez secas e
torradas, são trituradas e dão origem aos nibs de
cacau, que podem ser usados para fazer chocolate
ou outros doces, como o bolo branco com nibs de
Dadá Galdino, dona da Fazenda Yrerê, em Ilhéus.

claudia.com.br julho 2019 149


Decoração

Casa nova
1

EXPRESS
Confira três maneiras de você mesma mudar
os ambientes sem gastar com grandes reformas 4
TEXTO LORENA TABOSA

2 3

Grupo Único PDF Passe@diante

1. Quadro Piranji (80 cm x 60 cm),


Ani Cuenca, R$ 3 400. 2. Quadro NY
Signs Manhattan (123 cm x 53 cm),
Tok&Stok, R$ 395,90. 3. Fotografia
Outono IV (75 cm x 50 cm), de José
Bassit, Democrart, R$ 790.
4. Fotografia Fogo (165 cm x 110 cm),
de Cris Hapen, YouArt, R$ 3 580.
5. Quadro Estampapas (62 cm x
62 cm), Tok&Stok, R$ 399,90

150 claudia.com.br julho 2019


Fotos Gallery Wall, ambiente de Korman Arquitetos, Gui Morelli; produtos, divulgação. Plantas e vasos, ambiente de Selvvva, Maura Mello Fotografia; cachepôs Selvvva, Raphael
Briest; demais produtos, divulgação. Papel de parede, ambiente de TT Interiores, Renato Navarro; papel da Branco Papel de Parede, Pablo Saborido; demais produtos, divulgação

Gallery
WALL
sempre que o morador enjoar da combinação
arte. A proposta é ideal para quem quer ter um
Transforme a parede da sala em uma galeria de
Grupo Único PDF Passe@diante

espaço sofisticado que pode ser facilmente renovado

claudia.com.br julho 2019


151
Decoração

1
3

Grupo Único PDF Passe@diante

5
6

1. Cachepô Cuia Dupla com


correntes, Selvvva, R$ 230. 2. Vaso
Celtic, Tok&Stok, R$ 79,90. 3. Vaso
Ghost, por Estúdio Iludi, Muma,
R$ 1 035. 4. Cachepô Reto, Selvvva,
R$ 125. 5. Vaso Buds, Tok&Stok,
R$ 89,90. 6. Vaso Flores, Paula
Juchem, R$ 1 300. 7. Vaso Explorer
Liana, Camicado, R$ 49,90

152 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

Plantas e Um verdinho muda o astral do ambiente e deixa o lugar


com cara de bem cuidado. Vasos de tamanhos diferentes,

VASOS em suportes para teto e piso, garantem um visual despojado


e orgânico que valoriza o formato natural das plantas
claudia.com.br julho 2019 153
Decoração

1. Nanquim Papoula, de Léo Shehtman, Pormade,


R$ 318 o rolo de 2,50 m x 1,28 m. 2. Flores Imaginárias,
de Pat Lobo, Branco Papel de Parede, R$ 540 o rolo
3
de 2,9 m x 1,59 m. 3. Kit Lambe-Lambe Mandacaru,
de Guilherme Luigi, Muma, R$ 150 (60 cm x 80 cm).
Grupo Único PDF Passe@diante
4. Blue Velvet 609516, Bucalo, R$ 470 o rolo de
10 m x 0,5 m. 5. Triax, Tok&Stok, R$ 195,90 o rolo
de 10 m x 0,52 m

154 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante

Papel de Se quer mudar totalmente um espaço, considere incluir


desenhos em grandes faixas de parede. Com móveis coloridos,

PAREDE é melhor investir em estampas de tom neutro – geométricas


funcionam bem. Do contrário, ouse à vontade nos florais
claudia.com.br julho 2019 155
CASACOR

Entre duas
ÉPOCAS 1

Três escritórios de
2
arquitetura adiantam
o que será destaque
em seus ambientes
na CASACOR
Grupo Único PDF Passe@diante
Rio Grande do Sul

C
COLABOROU NATALIA MARUYAMA

om sede no antigo Hos-


pital da Criança Santo
Antônio, um prédio
1. Poltrona Paraty
histórico de Porto Ale-
e 2. Daybed Luxor,
gre, a CASACOR Rio
ambas de Sérgio
Grande do Sul chega à sua 25ª edição
Rodrigues
com propostas de arquitetura e
decoração que transitam entre o
passado e o futuro. Destacam-se os
ambientes amplos de pé-direito

Polido Arquitetura
duplo (inéditos na mostra), projetos
de apartamentos inteiros e uma área
com restaurante e café para o públi-
co relaxar ao final do passeio. Além
Fotos retratos, Vini Dalla Rosa; objetos, divulgação

de revitalizarem a antiga construção, Em uma homenagem a Sérgio Rodrigues, um dos maiores nomes do
os 44 espaços valorizam o design design nacional, a Polido Arquitetura, sob tutela de Marcelo Polido
brasileiro. O evento pode ser visita- e Ana Hnszel, elegeu a Daybed Luxor e a poltrona Paraty para criar
do de 23 deste mês a 8 de setembro. um contraponto ao ambiente supercontemporâneo Tempo de Estar.
A convite de CLAUDIA, os escritó- O living tem traços que contrastam harmonicamente com os móveis
rios Juarez Cruz, Livia Marcantonio desenhados nos anos 1960. É uma conversa com o passado. A Paraty
Bortoncello e Polido Arquitetura vai ao lado de um piano, criando um espaço de ótima experiência
anteciparam itens que representam para o ouvinte da música. A Luxor, por sua vez, versátil, pode ser
a essência de seus ambientes. utilizada como banco, apoio para objetos ou mesa de centro.

156 claudia.com.br julho 2019


1

Juarez Cruz
É a cadeira Salvador que entrega o clima do
ambiente Casa Vintecinco, da Juarez Cruz
Arquitetura. Com design de Vinicius Siega para a 1. Cadeira Salvador, por Vinicius Siega,
Nova Marcenaria Brasileira, ela combina madeira para Nova Marcenaria Brasileira.
e aço – representando passado e presente. Outro 2. Sofá Choice, do Studio Ha.Fatto
destaque é o sofá Choice, do Studio Ha.Fatto, que

Grupo Único PDF Passe@diante


pode ser montado de diversas maneiras, deixando
o morador livre para explorar composições. O
projeto tem 115 metros quadrados e é ideal para
moradores com personalidade autêntica, que
gostem de toques de contemporaneidade.

Livia Marcantonio
1 Bortoncello
Em um home
h office de 40 metros quadrados, a escrivaninha
Lavoro,
Lavo da Saccaro, é essencial. Leve e com acabamento
de lat
latão dourado, o móvel une conforto e tecnologia. Para
homenagear
homenage a Região Sul, as arquitetas Laura Wodtke, Livia
Bortoncello
Borto e Mariana Marcantonio (da esquerda para a
direita)
direi incluíram no projeto o banco Carretel, de Bruno
De Lazzari,
Laz inspirado nos desenhos do pintor gaúcho Iberê
Camargo.
Cama A peça, um produto licenciado, será vendida na
loja da fundação que leva o nome do artista. No ambiente,
2 serve como assento e mesa de apoio e contribui para criar um
clima de descontração, que ameniza a rotina de trabalho.

1. Escrivaninha Lavoro, da Saccaro. 2. Banco Carretel,


de Bruno De Lazzari, Fundação Iberê Camargo

claudia.com.br julho 2019 157


Horóscopo
SUSAN MILLER
astrologyzone.com

LEÃO
22/7 a 22/8
Marte no seu signo
ajuda a controlar os
acontecimentos. O
eclipse solar, no dia
2, será em Câncer, na
sua casa dos segredos.
Isso quase sempre
desenterra informações
obscuras. Urano,
planeta das surpresas,
na casa das realizações
e prêmios, promete
novidades maravilhosas
relacionadas à sua
posição profissional.
Como esse eclipse traz
Saturno oposto ao Sol
e à Lua, sua carga de
trabalho deverá ser

Grupo Único PDF Passe@diante pesada. Não lance nada


novo nos dias 9, 10 e
11. Já o eclipse lunar,
durante a Lua cheia
do dia 16, anuncia
tensões. Proteja ossos
e dentes e certifique-se
de estar descansando
o suficiente. Urano
alinhado a Marte
e Mercúrio pode
causar uma discussão
inesperada com
o parceiro amoroso
ou alguém no escritório.
Você ficará espantada

Câncer
com o caminho que a
Este será um mês poderoso. Nele, acontecem dois eclipses – um Lua nova no seu signo
21/6 a 21/7 solar, no seu signo, e outro lunar, em Capricórnio, seu signo oposto. abrirá no dia 31, mas
O conjunto de elementos acentuará seus desejos e os do parceiro mantenha a calma.
(amoroso ou profissional). O primeiro ocorre no dia 2, na Lua nova, Uma conjunção
e a obrigará a fechar as portas do passado para abrir novos caminhos. de planetas perto
Urano, o planeta das surpresas, trará novidades. Com Saturno oposto dessa Lua a deixará
Ilustração Willian Santiago

ao Sol, você estará pronta para assumir responsabilidades. Talvez se mais charmosa,
case ou entre de cabeça em um compromisso. O segundo eclipse, encorajando paixões.
na Lua cheia do dia 16, exigirá um ajuste grande na vida. Será um A criatividade também
período estranho. Não tome decisões definitivas mesmo que se será afetada. Aproveite,
sinta pressionada. A carreira e as finanças serão impactadas. pois as melhores
Cuide da saúde, pois ficará exausta em alguns momentos. ideias virão à tona.

158 claudia.com.br julho 2019


VIRGEM LIBRA ESCORPIÃO SAGITÁRIO CAPRICÓRNIO
23/8 a 22/9 23/9 a 22/10 23/10 a 21/11 22/11 a 21/12 22/12 a 20/1
Mercúrio, seu regente, As mudanças em sua Suas baterias parecem As finanças serão Você mergulhará em
estará retrógrado carreira prometem ser estar acabando. afetadas, reflexo de seus relacionamentos
entre os dias 7 e 31, intensas. No dia 2, o Mercúrio retrógrado de novos objetivos e para decidir qual o
mas você sentirá eclipse solar, durante 7 a 31 deste mês indica prioridades. Ainda próximo passo. O
a desaceleração a Lua nova em Câncer, que nenhuma decisão que a situação a eclipse solar, durante
antes, o que pode vai colocar as coisas importante deve ser deixe tensa, não se a Lua nova do dia 2,
ser frustrante. Afinal, em movimento. Fique tomada. É o momento desespere. Alguns concentrará sua energia
nessa fase é comum de olho nas ligações. certo para dar uma planetas virão ao seu em uma parceria de
nos distrairmos, As novidades serão pausa. A Lua nova do encontro para ajudá-la. amor ou de negócios.
esquecermos animadoras. Saturno dia 31 trará mudanças Durante o eclipse solar, Saturno, o planeta
compromissos e estará diretamente inesperadas, que vão na Lua nova do dia 2, professor, desafiará o
perdermos coisas. oposto à Lua. Então envolver discordâncias talvez herde ou ganhe Sol e a Lua, sugerindo
Evite tratar de acordos qualquer vaga lhe com parceiros de dinheiro da sua família. que você assuma
importantes. O eclipse trará influência e negócios, mas Ao mesmo tempo, um compromisso
solar, na Lua nova do responsabilidade. crescimento e aumento contas inadiáveis sério ou cumpra
dia 2, será em Câncer, Negocie seu salário, da remuneração. Urano aparecerão. Netuno uma promessa feita
sua casa das amizades. mas, se possível, não controlará seu medo. pode trazer alguma a alguém. Mercúrio,
Você estará mais assine contratos, Antes dessa etapa, confusão; então que rege contratos,
sociável e talvez viaje pois Mercúrio estará porém, você terá a confira tudo muitas estará retrógrado de 7

Grupo Único PDF Passe@diante


com amigos. No dia 16,
o eclipse lunar, durante
retrógrado até 31.
Com o eclipse lunar,
oportunidade de viajar.
Perto do eclipse solar
vezes. Urano, de olho
na bagunça, enviará
a 31, mas os efeitos já
serão sentidos antes.
a Lua cheia, fará com durante a Lua cheia do dia 2, durante a Lua um recurso-surpresa É possível que uma
que você tome uma em Capricórnio, no dia nova em Câncer, você para que você saia de quantia de dinheiro
decisão a respeito do 16, transformações vai sentir vontade de ir qualquer emergência. saia da sua conta. Será,
seu par. Caso tenha vão exigir sua atenção. para um lugar pitoresco O eclipse lunar do porém, por uma boa
filhos, deve querer Talvez você precise próximo à água. dia 16, durante a Lua razão – um objetivo
fazer algo especial guardar dinheiro ou Mas não se desligue cheia em Capricórnio, importante que você
com eles. Com Saturno lidar com uma reforma. completamente do encerrará a questão tem em mente. O
no seu setor do amor, Os amigos terão trabalho. Urano, financeira. Mercúrio próximo eclipse lunar,
os compromissos papel importante, planeta dos eventos estará retrógrado que acontecerá na
ficarão mais sérios. trazendo conforto e inesperados, entrará de 7 a 31. Você se Lua cheia do dia 16,
Você estará ciente de relaxamento em um em conflito com Marte, sentirá pressionada exigirá que tome
que está dando um mês atarefado. Tente levando a confusões a aceitar propostas. uma decisão. Plutão
grande passo, e isso tirar um fim de semana no escritório. No dia Fuja de tudo que exigir em conjunção com a
não a assustará. Vênus de folga prolongado, 16, o segundo eclipse, obrigatoriedade. A Lua lhe dará força e
oposto a Saturno especialmente entre os lunar, será incontrolável. comunicação terá convicção. Dinheiro
não diminuirá sua dias 25 e 28, e viajar Poderá haver uma diversas falhas. Não será o tema, pois Urano
dedicação ao trabalho. para um lugar próximo. grande pressão para assine nada – nem e Marte anunciam uma
Apesar da preocupação Na segunda Lua nova que assine um contrato. mesmo a papelada despesa inesperada.
com dinheiro, suas do mês, no dia 31, Se puder, adie até do divórcio. Uma vez Mas não se preocupe,
perspectivas são quatro corpos celestiais agosto. Esse fenômeno passado o fenômeno, pois a Lua nova em
bem maiores do que em Leão iluminarão dará uma guinada em você recuperará as Leão, no dia 31, trará
você imagina. Elas se seu setor da amizade, sua vida, impedindo energias. A Lua nova a oportunidade de
tornarão cada vez mais sugerindo que o que você enxergue em Leão, no dia 31, ganhar uma boa soma.
evidentes conforme o começo de agosto as coisas. É possível resgatará o otimismo. Júpiter entrará em
fim do ano se aproxima será ideal para que suas prioridades Vênus no mesmo signo sintonia, vislumbrando
– a abundância encher o calendário mudem. Tenha calma aumenta a atmosfera um horizonte financeiro
está a caminho. de compromissos. para encarar o período. de romance. mais positivo.

claudia.com.br julho 2019 159


Horóscopo
SUSAN MILLER
astrologyzone.com

AQUÁRIO PEIXES ÁRIES TOURO GÊMEOS


21/1 a 19/2 20/2 a 20/3 21/3 a 20/4 21/4 a 20/5 21/5 a 20/6
Emissários de No dia 2, o eclipse Dois eclipses trazem Viagens estão saltando É possível que o eclipse
mudanças, os eclipses solar, durante a Lua mudanças (mesmo do seu mapa – os solar, durante a Lua
colocarão os holofotes nova em Câncer, que você não queira). eclipses farão você nova em Câncer, no dia
sobre as questões do colocará o foco na vida O primeiro, solar, em arrumar as malas e 2, faça você trocar de
trabalho. No solar do pessoal. Com Saturno Câncer, ocorrerá no partir. A primeira fuga trabalho, obter um
dia 2, durante a Lua oposto à Lua e ao Sol, dia 2 e impactará deve ser espontânea aumento ou conquistar
nova em Câncer, uma o fenômeno trará mais o setor do lar e da e curta, resultado do um novo cliente. A
revelação referente responsabilidades. É família. Como esse eclipse solar do dia 2, posição de Saturno
ao escritório vai provável que engate eclipse acontece na Lua na Lua nova. Você exigirá que preste
deixá-la surpresa. um compromisso sério nova, ele abre portas se afastará um pouco atenção nos detalhes
Ela pode envolver a com o parceiro. Seja para novas direções. das responsabilidades e respeite o tempo das
saída de alguém de qual for a promessa Você pode se mudar, da carreira e curtirá coisas. Você precisará
confiança. Ainda assim, assumida, ela reformar ou comprar o melhor da vida exercitar a paciência.
o fenômeno reunirá perdurará. Urano, o um imóvel. Como pessoal. Já o eclipse Se preciso, consulte um
informações para que planeta dos eventos Urano dará apoio, lunar, durante a Lua planejador financeiro
você faça planos e inesperados, em você encontrará tudo cheia, no dia 16, para ter certeza de
saiba se posicionar. ângulo amigável de que precisa muito será em Capricórnio, que lidará bem com
Saturno estará com o Sol e a Lua, rapidamente – e talvez motivando-a a o dinheiro extra. No
oposto ao Sol e à Lua, anuncia que uma envolva uma barganha. mergulhar na história dia 16, o eclipse lunar,

Grupo Único PDF Passe@diante


levando ao desânimo
ou mesmo a uma
ótima surpresa está
por vir. Pode ser que
O segundo eclipse,
lunar, ocorre durante
dos seus ancestrais
pelo mundo. Deve ser
durante a Lua cheia
em Capricórnio, irá
atmosfera depressiva. você embarque em a Lua cheia do dia 16, uma viagem mais influenciar novamente o
O mês exigirá muito uma viagem rápida e em Capricórnio, sua longa. Brigas por orçamento, em especial
de você. Procure se divertida. O segundo casa de reputação, dinheiro e posses na na área de dívidas.
preservar mentalmente eclipse, lunar, será na carreira e prêmios, e família podem surgir. Como Mercúrio estará
e se cuidar. Um familiar Lua cheia do dia 16. será mais emotivo. Não espere entrar em retrógrado de 7 a 31,
oferecerá suporte. O A atenção se voltará Marte em Leão, sua acordo ainda este atrasos e adiamentos
eclipse lunar do dia para um amigo que área do amor, também mês. Saturno estará são esperados. Sua
16, durante a Lua tentará lhe dizer algo influenciará sua próximo da Lua, agenda pode ficar
cheia, poderá trazer importante. Talvez criatividade, que estará fazendo com que às bastante irregular.
promoção, aumento vocês discordem ou ele em alta. O planeta vezes você se sinta Com Marte no setor de
salarial ou a finalização lhe cobre algo que você não se dará bem com sobrecarregada. Se viagens, marque uma
de um projeto. não considera justo. Urano, causando necessário, peça ajuda. escapada curta e sem
Qualquer tensão entre Saturno em ângulo uma discussão sobre Não se deixe levar por compromisso em um
você e o par (amoroso tenso com Vênus indica dinheiro. Mercúrio, medo e inseguranças, fim de semana. Pode
ou profissional) se que tarefas de trabalho astro da comunicação, achando que não vai ser para um lugar
dissipará na Lua nova devem ser finalizadas fica retrógrado de dar conta. Reflita sobre próximo, quente e
do dia 31. Com um antes do lazer. Marte 7 a 31. Pode ser que a as novidades, não ensolarado – é a
grupo de planetas e Urano também falta de comunicação responda rapidamente. oportunidade ideal
em seu setor das ficarão retesados. atrapalhe. Leve tudo Dê um tempo para ficar mais tempo
parcerias enviando Evite viajar. O percurso com tranquilidade. a si mesma para com a família. Na
boas vibrações terá inconvenientes. Entrar em conflito vai absorver o que está carreira, o melhor dia
para Júpiter, talvez Podem precisar de ser improdutivo. A acontecendo. No dia para fechar um acordo
você converse com você em casa. Apesar segunda Lua nova do 31, uma segunda Lua será 25, mas só
o parceiro sobre da comoção, na mês, no dia 31, vai nova traz evolução formalize no próximo
morarem juntos segunda metade do iluminar a seara da para sua casa. mês, depois que
ou oficializar mês você se destacará paixão. Os laços com Urano provocará Mercúrio voltar ao
o compromisso. profissionalmente. o par se fortalecerão. mudanças na carreira. movimento direto.

160 claudia.com.br julho 2019


Grupo Único PDF Passe@diante
Ponto final

Sereia no lago
Lembro dela tão singela Tudo fica complicado Ninguém tem que ser bonita
Com seus cachos bagunçados Muito sério e implicante Se você não acredita
Um montinho de areia O problema está aqui Eu explico neste instante.
E os brinquedos arrumados A vergonha está ali
O sorriso oscilante Nunca é bom o bastante. Pois o corpo se transforma
Que mudava a todo instante E a tudo é vulnerável
Refletia iluminado. Mesmo no tempo de férias Seja a moda ou o cabelo
Ir à praia é trabalhar E a estética comprável
Eu olhava da barraca Uma angústia pela busca Mas a personalidade
Esquecendo da leitura Que jamais vai acabar E a sua identidade
Algo nela me encantava O corpo? Só o perfeito Fazem o todo memorável.
Era como uma mistura Difícil é o conceito
De um sol que me sorria Definir e alcançar. Se com admiração

Grupo Único PDF Passe@diante


Como um raio de alegria
Do oceano, criatura. Mas aqui neste cordel
Outra vou elogiar
Muito mais do que “bonita”
Quero muito insistir Hoje tenho pra falar
Foi então que eu percebi Que perfeito é somente “Talentosa”, “inteligente”
O que tanto desejava O que é livre pra existir “Corajosa e “competente”
Quando enfim juntou as pernas Pra ser pleno, se bastar Sei também priorizar.
Como a cauda que abanava Por inteiro se aceitar
E fingindo ser sereia E por dentro evoluir. Férias para a sua mente:
Deslizava na areia Isso possa conquistar
Tão bonita que dançava. Imagine que lindeza No verão e no inverno
Toda a gente se amando Um amor pra transbordar
Minhas férias acabaram Tudo quanto for mulher Porque só quem se aprova
E a memória acompanhou No espelho admirando Quem se ama e se adora
Muito tempo pensei nisso Cada marca de história Tem espaço para amar.
Como música ficou Que se faz dedicatória
E lembrei de ser criança Como um livro completando. Vou lembrar da garotinha
Mas não tinha a confiança De suas pernas de sereia
Que a sereia demonstrou. Depois que compreendi E do seu desprendimento
A mensagem da sereia Ritmado na areia
Confiança de ser livre Escolhi outro destino Também do gelado lago
De viver e interpretar Bem distante da areia Que inspirado ao meu lado
Mesmo com algum receio Pela neve decidi Fez da poesia inteira.
Não deixar de experimentar E no frio me encolhi
Nem olhar se tem risada Pra me repensar inteira.
Se está sendo analisada
Decidir não se importar. Foi na beira de um lago JARID ARRAES é cordelista
Num silêncio apaixonante e poeta, autora de Heroínas Negras
Veja só que coisa é essa: Que me veio uma verdade Brasileiras em 15 Cordéis (Pólen)
Quando a gente vira grande Tão profunda e relevante: e de As Lendas de Dandara

162 claudia.com.br julho 2019

Você também pode gostar