Você está na página 1de 2

CHAKRA ESPLÉNICO (ou Chakra Sexual)

2º Centro Energético

Se o rio correr, claro e límpido, no seu leito próprio, tudo estará bem nas suas margens.
LAO TZU

NOME / ELEMENTO Svadhishtana /Água

LOCALIZAÇÃO 4cm acima do osso pubiano (região do umbigo)

GLÂNDULAS ENDÓCRINAS Gónadas (Glândulas sexuais – testículos e ovários)

CORPO ÁURICO Emocional

COR / mantra Laranja /VAM

Liberdade, alegria, satisfação, curiosidade, expressão criativa e construtiva de


sentimentos, piedade, perdão, tolerância, justiça, transcendência, alquimia,
transmutação, diplomacia, intuição, profecia, revelação, pensamento prático, união
EM EQUILÍBRIO com o divino, prazer.

Incapacidade de perdoar, controle, injustiça, impiedade, intolerância, falta de tato,


menosprezo pelos outros, solidão, ressentimentos, depressão, crueldade, dependência
patológica, vícios, ciúme, inveja, preconceitos, resposta de fuga, confusão; problemas
de bexiga, problemas sexuais, sistema reprodutor, ancas, pernas, pés, nervo ciático,
EM DESEQUILÍBRIO desordens menstruais, desequilíbrios hormonais, espasmos musculares, cãibras, cólicas

Tab. 2 – Especificidades do Chakra Esplénico


Situa-se na zona umbilical, cerca de dois dedos abaixo do umbigo. É o chakra da alma, através do qual
experimentamos a liberdade de nos tornarmos tudo o que queremos ser. É o nosso ponto de equilíbrio e o centro
da energia ki – energia vital.
O chakra esplénico assume grande importância no nosso bem-estar e equilíbrio. Quando saudável, permite-nos
desfrutar da plenitude da vida, amando-a e tornando-a mais alegre e agradável, com foco no aqui e agora.
Aumenta a nossa criatividade e gosto pela arte, por tudo o que é belo. Senso comum saudável e pensamento
prático.

Está ligado às nossas emoções e relacionamentos com os outros, nomeadamente, relações afetivas, amorosas e
sexuais. É o chakra responsável pela reprodução, sexualidade, erotismo, desejo e sensualidade.

Órgãos e funções: Sistema urogenital (as suas glândulas correspondentes são os ovários, útero e seios, na mulher,
e os testículos e próstata, no homem) – motivação para a atividade sexual e capacidade para sentir sensações
sexuais; rins; apêndice; intestino grosso; intestino delgado; pele; região pélvica; bexiga; braços; todos os fluídos do
corpo (sangue, fluído intersticial, linfa, muco, secreções sexuais; saliva; suor; urina; secreções das membranas
mucosas; lágrimas); absorção de nutrientes.
Bloqueios no seu funcionamento: repercutem-se, muitas vezes, através de sintomas físicos, como doenças
relacionadas com os fluídos do corpo (laringe, linfa, saliva, bilís) ou com os órgãos processadores desses líquidos
(rins, bexiga, glândulas linfáticas).
Também é a origem de muitos medos, fantasmas e fantasias negativas ligadas à sexualidade e ao comportamento
com o sexo oposto. Quando funciona mal, pode originar conflitos relacionados com questões financeiras, poder e
sexo, refletindo-se nos nossos relacionamentos.

Comer compulsivamente.

Atitudes mentais: repressão da alegria, da sexualidade, do prazer, da beleza, do desejo; medo de perder a
autoridade; a estima; a condição social e o controle (de si e dos outros); papel de vítima; medo da proximidade
física; repugnância pelo corpo; mania das limpezas; incompreensão; mente muito racional; sentimentos impulsivos;
isolamento; frigidez; impotência; falta de apetite sexual; medo de cair.
Se os dois primeiros chakras (chakra Raiz e Esplénico)não estiverem abertos e a funcionar em pleno, os restantes
chakras ficarão limitados no seu funcionamento e potencial.
Tanto a prática de Reiki (terapia, cursos) como de Yoga ajudam a manter o equilíbrio e saúde dos nossos chakras –
do corpo energético – que, por sua vez, determina o bem-estar do nosso corpo físico.

DISFUNÇÕES
CHAKRA ORGÃOS MENTAIS/EMOCIONAIS DISFUNÇÕES FÍSICAS

Órgãos Sexuais Dor lombar crónica Ciática


Intestino Grosso Problemas de
Vértebras inferiores obstetrícia/ginecologia
Responsabilidade e culpa
Pélvis Dinheiro e Sexo Dor pélvica ou lombar
Poder e ControlE
Apêndice Potência sexual
Criatividade
Bexiga Problemas urinários
Ética e honra nas relações
Esplénico Zona da anca