Você está na página 1de 2

A TERRA E A VIDA

O Big-Bang
No passado muito distante, há bilhões de anos, o Universo estava todo comprimido, ocupando um espaço
muito pequeno em relação ao espaço que ocupa atualmente. Ocorreu então, uma enorme explosão, conhecida pro Big-Bang.
Essa explosão deve ter ocorrido há aproximadamente 15 bilhões de anos e causou uma expansão muito grande no Universo.
A matéria, arremessada violentamente ao espaço, foi-se concentrando em numerosas aglomerações de
estrelas e outros corpos celestes, formando as galáxias.
Uma das galáxias é a Via-láctea, onde está o Sistema Solar, que tem como centro o Sol, ao redor do qual
giram os planetas e outros corpos celestes.
Um desses planetas é a Terra, planeta onde vivemos e que é habitado também por numerosos outros seres
vivos.
Acredita-se que o Sol tenha sido formado antes dos planetas. Ao redor Del girava muita matéria, como um
disco formado por poeira e gases. Aos poucos esse disco foi-se quebrando e seus pedaços foram se fundindo em massas que
deram origem aos planetas e aos asteróides.
Todos os corpos celestes se formaram a partir de matéria muito quente. O Sol, por exemplo, que é uma estrela,
continua muito quente até hoje, embora esteja se resfriando continuamente. Calcula-se que a temperatura no centro do Sol
seja de aproximadamente 20.000.000 oC e que na superfície seja cerca de 6.000oC.
Os planetas, inclusive a Terra, também se formaram como massas muito quentes, mas todos estão se
resfriando, sendo que alguns já se resfriaram o suficiente para que a sua superfície ficasse sólida. A Terra, por exemplo, tem
sua superfície sólida, mas seu interior ainda é quente.
FORMA E ESTRUTURA DA TERRA
A Terra possui forma esférica. No entanto, possui sua superfície irregular e achatamento nos pólos. A Terra não
é uma esfera perfeita e sua superfície apresenta numerosas saliências e depressões.
A maior depressão fica no Oceano Pacífico e tem mais de 11 quilômetros de profundidade; a maior elevação é
o Monte Everest que fica no Himalaia, com 8.848 metros de altitude.
Para você ter uma idéia do tamanho da terra, saiba que para dar uma volta completa em torno da região do
Equador precisamos percorrer aproximadamente 40 mil quilômetros.
O Equador é uma linha imaginária que divide a Terra em duas metades ou hemisférios: O Hemisfério Sul e o
Hemisfério Norte. No Brasil, a linha do Equador passa pela cidade do Macapá, capital do estado do Amapá.
ESTRUTURA DA TERRA
Podemos considerar a Terra formada pela crosta terrestre (litosfera), pelo manto e pelo núcleo. O manto e o
núcleo costumam ser considerados em duas partes cada um. O manto é subdividido em manto superior e manto inferior. O
núcleo em núcleo externo e núcleo interno.
desenho
Nas depressões da crosta há muita água depositada, constituindo a hidrosfera (hidro= água), que é
constituída pelos mares, oceanos, lagos, lagoas, rios, etc.
Envolvendo toda a Terra há uma camada de ar, chamada atmosfera com aproximadamente 700 quilômetros
de altura.
A crosta terrestre é sólida e muito fina, se comparada ao volume ocupado pela Terra. Você poderia compara-la,
de forma grosseira, à casca de uma laranja ou de um ovo.
Alem de fina e rugosa, a crosta também não é totalmente contínua, sendo dividida em alguns pedaços,
conhecidos como placas.

BIOSFERA: Regiões onde há vida no planeta.


LITOSFERA: a parte sólida formada a partir de rochas
HIDROSFERA: parte do planeta formada por água
ATMOSFERA: a camada de ar que envolve o planeta.

Você também pode gostar