Você está na página 1de 2

Tipos de sujeito

Nas orações, o sujeito é um substantivo ou pronome com o qual o verbo concorda em número
(singular ou plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª pessoa do discurso).

Podemos ver que o sujeito aparece de diferentes maneiras nas orações, e são esses os diferentes
tipos:

Sujeito simples – Representado por palavra ou expressão nominal com apenas um núcleo.

Sujeito composto – Representado por palavras ou expressões nominais em que estejam visíveis
dois ou mais núcleos.

Sujeito oculto – Não é representado por palavra ou expressão nominal visível na oração, mas
deixa-se identificar pela desinência do verbo ou pelo contexto.

Sujeito indeterminado – Não é representado por palavra ou expressão nominal visível na


oração, e não é possível (ou desejável) identificá-lo. O verbo da oração, em geral, vem na 3ª
pessoa do plural.

Oração sem sujeito – A inexistência de sujeito é caracterizada pela presença de verbo


impessoal, sempre empregado na 3ª pessoa do singular.

Noções sobre verbos

O verbo faz parte do predicado, que é parte fundamental da oração e a outra parte é o sujeito.

É o verbo que expressa os fatos, localizando-os no tempo.

Os verbos são palavras que se caracterizam e diferenciam por determinações que indicam modo,
tempo, pessoa e número. Essas terminações são chamadas flexões (ou desinências) verbais.

O modo verbal é indicado pelas terminações, assim como o tempo, a pessoa e o número.

Os modos do verbo:

Indicativo - é empregado quando o enunciador revela ter certeza sobre a existência do fato.

Subjuntivo – é empregado quando o falante pretende apresentar o fato como duvidoso, incerto,
possível.

Imperativo – é usado quando o enunciador expressa uma ordem, um pedido, uma


recomendação.

Formas nominais do verbo

Infinitivo – é o nome do verbo e sempre termina em –r. É a forma como localizamos um verbo
no dicionário.

Gerúndio – a terminação do gerúndio é –ndo. Para fazer o gerúndio de um verbo, basta eliminar
o –r do infinitivo e acrescentar – ndo. O gerúndio, em geral, apresenta uma ação em andamento,
não terminada.
Particípio – a terminação do particípio geralmente é –do. Diferentemente do gerúndio, que
apresenta a ação em andamento, o particípio apresenta a ação acabada.

Predicado

Os predicados das orações distinguem-se uns dos outros devido aos diferentes tipos de verbos
que os formam.

Verbo de ligação – sua função é ligar o adjetivo ao sujeito, o predicado que emprega o verbo de
ligação é classificado como predicado nominal. Seu núcleo é um adjetivo que na sintaxe, recebe
a classificação de predicativo do sujeito.

Verbo intransitivo – constitui o predicado de uma oração sem que precise do auxílio de outros
termos para completar seu sentido. Geralmente, os verbos intransitivos indicam: fatos
existenciais, emoções, voz e movimento.

Verbo transitivo – precisa termos que completem seu sentido. Esse termo que completa o
sentido do verbo é chamado de complemento verbal (objeto direto e objeto indireto).

O predicado formado por verbo intransitivo ou transitivo é classificado como predicado verbal,
já que seu núcleo é um verbo.

01. Numere de acordo com o seguinte código:

( 1 ) Sujeito Simples

( 2 ) Sujeito Composto

( 3 ) Sujeito Oculto

( 4 ) Sujeito Indeterminado

( 5 ) Oração sem sujeito

( 3 ) Vou viajar hoje.

( 5 ) Faz muitos anos que ele partiu.

( 1 ) A chuva impediu-lhe a saída.

( 2 ) Estão aí fora o repórter e o fotógrafo.

( 4 ) Assaltaram a loja da esquina.

( 3 ) Precisamos de bons médicos.

( 5 ) Há bons filmes em exibição.

( 1 ) Aquele mecânico está procurando emprego.

( 2 ) A velhinha e o fiscal fizeram um acordo.

( 4 ) Tomaram a bicicleta do garoto.

( 5 ) Ventou muito ontem à noite.