Você está na página 1de 4

Palmas/TO, 04/07/2019.

ASSUNTO: Especificação Técnica dos Grupos Geradores Diesel

1. OBJETIVO

Essa Nota Técnica tem como objetivo padronizar a especificação técnica do


Grupo Motor Gerador que alimenta em regime standby as unidades operacionais.

Unidade Cidade Potência Standby


EEE

2. DESCRIÇÃO
Grupo motor gerador a diesel, montado em contêiner, trifásico, com fator de
potência de 0,8, tensão de trabalho de 380/220Vac em 60Hz, para funcionamento singelo e
automático, deverá ser composto de:

2.1. MOTOR
O motor deverá possuir as seguintes características:
 Injeção direta de combustível;
 4 tempos;
 Refrigeração líquida;
 Carter abastecido com carga de óleo lubrificante;
 Regulagem de velocidade eletrônica.

2.2. GERADOR
O gerador deverá possuir as seguintes características:
 Síncrono;
 Sem escovas (Brushless);
 Trifásico;
 Classe de isolação H;
 Ligação estrela com neutro acessível;
 4 polos;
 Mancal único com acoplamento por disco flexível;
 Enrolamento do estator com passo encurtado;
 Excitatriz rotativa alimentada por bobina auxiliar;
 Regulador eletrônico de tensão instalado junto ao gerador;
 Tensão nominal de 380/220Vca, 60Hz;
 Grau de proteção mínimo IP 21.

2.3. BASE METÁLICA


A base do grupo gerador deverá possuir as características descritas abaixo, para
garantir o alinhamento adequado e a estabilidade estrutural do conjunto: Estrutura robusta;
 Integralmente soldada;
 Fundo fechado;
 Fabricada a partir de longarinas e travessas de aço carbono;
 Possuir reforços nos locais de apoio dos equipamentos;
 Bacia de contenção com 110% do volume de líquidos integrada.

2.4. COMANDO
O quadro de comando e transferência automática e manual, deverá ser fornecido
integrado a carenagem do grupo gerador, contendo:
 Porta reforçadas com tranca e chave;
 Compartimentos separados para comando e força, atendendo as
exigências da NR10;
 Proteção em acrílico facilitando a visualização externa dos instrumentos;
 Permitir operação automática e /ou manual;
 Possuir supervisão de corrente alternada;
 Controle de partida/parada do grupo gerador em caso falte energia da linha;
 Medições de potência ativa (kW) e aparente (kVA);
 Medição de energia ativa (kWh);
 Tensões entre fase-fase (Vca) e fase-neutro (Vca), tanto para linha quanto
para gerador;
 Frequência (Hz);
 Corrente (A) individual das fases do gerador;
 Temperatura (°C) do liquido de arrefecimento;
 Tempo de funcionamento (horas);
 Tensão da bateria (Vcc);
 Sinalização do modo de operação;
 Indicação de alarme ativo;
 Registro de até 50 eventos;
 Status do grupo gerador;
 Status da chave de transferência;
 Proteção de sobre/sub tensão;
 Proteção de sobre/sub frequência;
 Proteção de sobre corrente;
 Proteção de sobre/sub velocidade do alternador;
 Proteção de sobre/sub tensão da bateria;
 Proteção de alta temperatura dos liquido de arrefecimento;
 Proteção de baixa pressão de óleo lubrificante;
 Retificador para alimentação de baterias, automático e microprocessado;
 Controlador horário para partidas e paradas pré-determinadas;
 Botoeira de soco de emergência;
 Chave de transferência para comutação em rampa, entre rede e gerador;
 Porta de comunicação serial RS 485, com protocolo ModBus RTU ou
Ethernet ou ModBus/TCP.

2.5. FORÇA
Na parte de força deverá possuir um dispositivo de proteção contra sobre carga e
curto circuito para o grupo motor gerador.
2.6. ACESSÓRIOS
O grupo motor gerador deverá ter minimamente os seguintes acessórios:
 Tanque de combustível, instalado na base do contêiner;
 Indicação de nível de combustível elétrico instalado no frontal do painel;
 Amortecedor de vibração de elastômero, resistente a cisalhamento,
montados entre o motor/gerador e a base metálica;
 Bateria de partida, montada sobre a base com suporte, cabos e conectores.

2.7. CONTÊINER
O GMG fornecido deverá ser silenciado para um nível de ruído inferior a 75dB(A),
com ±3dB(A) à 1,5 metros de distância, em todas as direções.
A carenagem deverá ser composta por painéis laterais, teto e portas de acesso
ao motor, gerador e quadro elétrico. Devendo estes serem fabricados em chapas e perfis de
aço galvanizado, aparafusados entre si, com pintura eletrostática a pó poliéster de alta
espessura.
A entrada de ar deverá ser lateral com saída frontal de fluxo vertical, dotadas de
tratamento acústico.

2.8. DIVERSOS
 Motor e gerador deverá ser fornecido com a pintura original dos seus
respectivos fabricantes;
 Carenagem e painel elétrico, deverá ser fornecido conforme padrão da
montadora;
 O manual deverá ser fornecido impresso e mídia eletrônica;
 Treinamento básico de operação e verificações de rotina, durante a entrega
técnica;
 O GMG deverá possuir autonomia mínima de 6 horas consecutivas.

Você também pode gostar