Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ

TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS


DISCIPLINA: OPERAÇÕES UNITÁRIAS I

Prof(a). Gracinda M. C. Silva

EXERCÍCIOS

1. Vapor saturado a 100°C é aquecido até 400°C. Use as tabelas de vapor


para determinar (a) a entrada de calor necessária (J/s) se uma corrente
contínua fluindo a 100 kg/s é submetida a este processo a pressão
constante e (b) a entrada de calor necessária (J) se 100 kg são submetidos
ao processo em um recipiente de volume constante. R: a) Q= 6,02. 107 J/s.
b) Q = 4,59.107 J.

2. Um óleo combustível é queimado com ar em uma caldeira. A combustão


produz 813 kW de energia térmica, 65% da qual é transferida como calor
aos tubos da caldeira que passam através da fornalha. Os produtos de
combustão passam da fornalha para uma chaminé a 650 °C. A água entra
na caldeira como líquido a 20°C e sai como vapor saturado a 20 bar. (a)
Calcule a taxa (kg/h) de produção de vapor. (b) Use tabelas de vapor para
estimar a vazão volumétrica do vapor produzido. R: a) m= 741 kg/h. b) ν =
69,7 m3/h.

3. Uma turbina, acionada a vapor d’água, opera adiabaticamente com uma


potência de 3000 kW. O vapor que aciona a turbina com uma velocidade de
60 m/s é disponível a 2,0 MPa e 600 K e é descarregado saturado à pressão
de 200 kPa e com uma velocidade de 300 m/s. Calcule a vazão mássica de
vapor d’água através da turbina. R: m=8,95 kg/s.

4. Vapor d’água superaquecido a 600 K e 200 kPa é necessário como fluido de


aquecimento em um trocador de calor com a vazão volumétrica de 2,0 m3/s.
Para produzi-lo, vapor d’água úmido com título de 90% efluente de uma
turbina a 200 kPa é misturado com vapor d’água superaquecido disponível a
200 kPa e 650 K. Se a mistura ocorre adiabaticamente, calcule as vazões
mássicas dos vapores de água a serem misturados. R: m1: 0,2 kg/s; m2:
1,25 kg/s.

5. Água líquida alimenta uma caldeira a 24°C e 10 bar, sendo convertida em


vapor saturado a pressão constante. Use as tabelas de vapor para calcular
∆H (kJ/kg) para este processo e calcule então o calor necessário para
produzir 15. 000 m3/h de vapor nas condições da saída. Admita que a
UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ
TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS
DISCIPLINA: OPERAÇÕES UNITÁRIAS I

Prof(a). Gracinda M. C. Silva

energia cinética do vapor é desprezível e que o vapor é descarregado


através de uma tubulação de 15 cm de diâmetro interno. R: Q = 5,8.104 kW.

6. Vapor superaquecido a 40 bar e 500°C flui com uma vazão mássica de 250
kg/min através de uma turbina adiabática, onde se expande até 5 bar. A
turbina desenvolve 1500 kW. Da turbina o vapor flui para um aquecedor,
onde é reaquecido de forma isobárica até a sua temperatura inicial.
Despreze mudanças na energia cinética. (a) Escreva um balanço de energia
na turbina, e use-o para determinar a temperatura da corrente de saída. (b)
Escreva um balanço de energia no aquecedor, e use-o para determinar o
calor necessário (kW) no vapor. c) Suponha que as tubulações de entrada e
saída da turbina têm diâmetro de 0,5 m. Mostre que é razoável desprezar as
mudanças na energia cinética para esta unidade. R: a) T = 310°C; b) Q=
1663 kW; c) ∆EK= 0,26 kW.

7. Gás propano entra em um trocador de calor adiabático contínuo a 40°C


e 250 kPa e sai a 240°C. Vapor superaquecido a 300°C e 5,0 bar entra no
trocador escoando de forma contracorrente ao propano, e sai como líquido
saturado na mesma pressão. a) Admitindo como base 100 moles de propano
na alimentação ao trocador, desenhe e rotule um fluxograma do processo.
Inclua no seu rotulado o volume do propano alimentado (m3), a massa de
vapor alimentado (kg) e o volume do vapor alimentado (m3). b) Calcule os
valores das entalpias específicas rotuladas na seguinte tabela de entalpias
de entrada-saída para este processo.

Referências: H2O (l, 0,01°C), C3H8 (g, 40°C).


Espécie nentrada Hentrada nsaída Hsaída

C3H8 100 mol Ha (kJ/mol) 100 mol Hc (kJ/mol)

H2O mW (Kg) Hb (kJ/mol) mW (Kg) Hd (kJ/mol)

Calcule a vazão mássica necessária de alimentação de vapor.


R: mW=0,798 kg