Você está na página 1de 2

Psicoterapia Funcional Analítica - Programa

Unidade 1: Fundamentos teóricos da FAP


Professores: Paulo Gomes e Nathalie Medeiros
Princípios básicos da análise do comportamento. Os princípios da análise do
comportamento em sessão, o comportamento clinicamente relevante (CCR). Tipos de
comportamentos clinicamente relevante. As 5 regras para trabalhar com FAP: atenção
aos comportamentos clinicamente relevantes (CCRs), evocar comportamento relevante
em sessão, verificar os efeitos da intervenção e generalizar ao contexto natural do
paciente. Role Playing e recursos práticos

Unidade 2: Intimidade e relação terapêutica


Professores: Paulo Gomes e Ana Karina
Intimidade em uma perspectiva comportamental: processos envolvidos no
estabelecimento da intimidade. As problemáticas interpessoais como dificuldades para
estabelecer intimidade. Intimidade como processo transdiagnóstico. Habilidades e
obstáculos para estabelecimento de intimidade na pessoa do terapeuta. Criatividade na
relação terapêutica. Role playing e recursos práticos.

Unidade 3: Avaliação
Professores: Alessandra Villas-Boas e Luciana Verneque
Análise Funcional do Comportamento. Análise funcional do comportamento clínico.
Discriminação da topografia e função do comportamento. Formulação de caso em FAP.
Avaliação de classes funcionais. Classes funcionais relevantes em FAP. Avaliação usando
o FIAT-Q. Comportamentos problema e comportamento objetivo do terapeuta (T1s e
T2s.). Introdução ao modelo ACL. Role Playing e recursos práticos.

Unidade 4: Atenção as condutas relevantes e estabelecimento de paralelos


funcionais
Professores: Ana Karina e Nathalie Medeiros
Começo da terapia e apresentação do modelo. O FAP- RAP. Estrutura “lógica” de uma
intervenção FAP. Role playing e recursos práticos.
Unidade 5: Repertórios evocativos do terapeuta
Professores: Priscila Rolim e Luciana Verneque
Aprendizagem de repertórios e técnicas evocativas para convidar o cliente no momento
da terapia a emitir um comportamento mais adaptativo. Utilizar melhor as
competências do terapeuta como um potente agente de mudança. Utilização da análise
funcional do cliente e do terapeuta para criar um contexto onde o comportamento de
melhora possa surgir. A aprendizagem ocorrerá através de recursos teóricos, práticos e
vivenciais.
Unidade 6: Repertórios com funções reforçadoras no terapeuta, bloqueio de
comportamento problemático e verificação do efeito da intervenção
Professores: João Marçal e Ana Karina
Reforço natural vs. reforço arbitrário. Reforço natural em sessão. Feedback positivo e
avaliação da sessão. Trabalho com estabelecimento de tarefas inter-sessão.
Movimentos direcionados a generalização de melhorias ao contexto de vida cotidiana.
Role playing e recursos práticos.

Unidade 7: Inclusão da FAP no âmbito de trabalho com outros modelos contextuais


Professor: Paulo Gomes
Aplicação de FAP no âmbito da Terapia Cognitivo-comportamental. FAP no âmbito da
Terapia Dialética Comportamental. FAP no âmbito da Terapia de Aceitação e
Compromisso. FAP no âmbito da Ativação Comportamental para a Depressão.

Unidade 8 – Supervisão clínica


Todos os professores
Cronograma
Aulas 1, 2 e 3: unidade 1 (5, 12 e 19 agosto)
Aulas 4 e 5: unidade 2 (26 de agosto e 02 setembro)
Aulas 6, 7 e 8: unidade 3 (09, 16 e 23 de setembro)
Aulas 9, 10 e 11: unidade 4 (30, 07 e 14 de outubro)
Aulas 12, 13 e 14: unidade 5 (21, 28 de outubro e 04 de novembro)
Aulas 15, 16 e 17: unidade 6 (11, 18 e 25 de novembro)
Aula 18: unidade 7 (02 de dezembro)